Implantação do novo datacenter. Superintendente de Informática. Observação: Os títulos que estiverem em vermelho são de preenchimento obrigatório.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Implantação do novo datacenter. Superintendente de Informática. Observação: Os títulos que estiverem em vermelho são de preenchimento obrigatório."

Transcrição

1 DATACENTER Nome do Projeto: Área Responsável: Implantação do novo datacenter. Superintendência de Informática Idealizadores/Responsáveis do Projeto: Nome Luiz Mauro de Pádua Silveira Cargo Superintendente de Informática Chefe do Departamento de Infraestrutura Gerente do Projeto: Nome Cargo Chefe de Departamento de Infraestrutura Observação: Os títulos que estiverem em vermelho são de preenchimento obrigatório. JUSTIFICATIVA Considerando a limitação de espaço físico do prédio do Ministério Público do Estado de Goiás, do Sistema de climatização e de capacidade energética do atual Datacenter que impossibilita a instalação de novos equipamentos servidores e serviços de TI, o plano de contingência e redundância de serviços é necessária a aquisição e instalação de um novo Datacenter de TI, pois o atual a ambiente não suporta abrigar de forma segura (equipamentos) servidores, sistemas de armazenamento (storages) e seus serviços de comunicação. A escolha da solução em contêiner justifica-se pela necessidade de espaço para ampliar a capacidade de processamento do Ministério Público do Estado de Goiás. Este tipo de solução tem como conceito de Datacenters modulares. Ao invés de construir enormes instalações para acomodar racks de servidores e storage, utiliza-se o contêiner como um módulo completo de processamento e expandido conforme a necessidade da instituição. SUPLAN Superintendência de Planejamento e Gestão Página 1/7

2 OBJETIVO O objetivo deste projeto é adquirir, instalar e interligar o novo Datacenter em até 24 meses. BENEFÍCIOS Esta aquisição proporcionará uma maior segurança aos equipamentos e serviços do Ministério Público do Estado de Goiás. Atenderá as orientações do Conselho Nacional do Ministério Público no Controle de Acesso e segurança para infraestrutura de servidores, estará em consonância com as melhores práticas para serviços de TI. O pedido de ser autoportante e transportável ou seja em contêiner, proporcionará ao Ministério Público do Estado de Goiás uma maior flexibilidade de instalação, mudanças de locais e expansão com a instalação de novas unidades. Até mesmo ser enviado para a nova sede, conforme a necessidade e conveniência da administração nos requisitos de segurança. Esta solução possui a capacidade de alta densidade de processamento. Em relação aos Datacenters tradicionais, possuem menor custo, menor consumo de energia para refrigeração, rápida implementação, pois em comparação aos datacenters tradicionais não necessita criar grandes infraestruturas para prever futuras expansões, basta adicionar novos módulos. Os contêineres podem ser empilhados, otimizando o espaço do prédio. São muito utilizados como sites backups, o que poderá ser uma opção de segurança, na contingência e disponibilidade de serviços de TI, com a construção da nova sede e atividades de planos de contingências adotados por esta instituição. SUPLAN Superintendência de Planejamento e Gestão Página 2/7

3 PRODUTO (S) Datacenter em Contêiner instalado na Sede do Ministério Público do Estado de Goiás interligado com todas as Alas da Sede, Anexo e Superintendência de Informática GRUPO DE ENTREGAS (MARCOS) / LINHA DO TEMPO (CRONOGRAMA) Grupo de Entrega (Marcos) Responsável Data Prevista Início Data Prevista Término Custo Previsto (R$) 1-Local da Instalação da Solução 2-Identificação e pesquisa de termos de referências e fornecedores 3-Visita Técnica. Servidores da Sinfo e Engenharia. 4-Apresentação da Solução e abordagem da Visita Técnica Administração Superior de Mores 06/01/ /02/ /01/ /04/ /05/ /05/ /05/ /05/ Estudo da Solução 6- Adesões de soluções 06/01/ /06/ /08/ /08/ Confecção do Termo de Referência para Adesão 8-Confecção de um termo próprio 9-Envio de Material para subsidiar a aquisição da Solução 10-Crítica e sugestões do Termo de Referência 11-Adequação do termo de referência/adesão de Solução Stella Silva Carvalho Morais Stella Silva Morais Helena Adorno Sérgio Romano 20/08/ /08/ /01/ /06/ /05/ /08/ /09/ /10/ /10/ /10/2014 SUPLAN Superintendência de Planejamento e Gestão Página 3/7

4 12 Envio para os fornecedores. 13-Adequação do Termo de referência e cotação de preços 16/10/ /11/ /12/ /12/ Publicação do Objeto Helena Adorno 08/12/ /12/ Apoio Técnico ao processo licitatório 16-Homologação da Licitação 17-Gestão do Contrato para Entrega e Execução do Serviço Procurador Geral de Justiça 12/01/ /03/ /03/ /04/2015 R$ ,00 06/04/ /09/ Entrega da Solução interligada com a Sede Contratada 01/10/201 11/11/2015 REQUISITOS: Requisitos Contêiner modular, autoportante, transportável e permitir expansão futura; Solução de Centro de Dados Modular Tipo Container com capacidade para alojar, no mínimo, 10 (dez) racks, com área de utilização mínima de 420 quatrocentos e vinte) Us, com potência mínima de 6 Kva, por rack, com Sistema de Climatização de Precisão (N+1), com Sistema Detecção e Alarme de incêndio com Detecção Prematura, Sistema Combate Automático de Incêndio com Gás, com Sistema de Monitoramento e Supervisão do Data Center (DCIM), Sistema de CFTV, com Sistema UPS Modular redundante, 24 (vinte e quatro) conexões em fibras ópticas (OM4) e 24 (vinte e quatro) conexões UTP 6A para cada Rack, totalmente instalado, integrado com infraestruturas existentes, conforme especificação técnica.instalação, Compatibilidade com os recursos de energia, grupo gerador e infraestrutura da sede do Ministério Público do Estado de Goiás; Serviços de assistência técnica de, no mínimo, 3 anos Contêiner com garantia de 10 anos. Suporte para Manutenção. Testes da Solução Treinamento da solução Classificação e Priorização dos Requisitos Desejável SUPLAN Superintendência de Planejamento e Gestão Página 4/7

5 ENVOLVIDOS/PARTES INTERESSADAS EXTERNAS E FATORES EXTERNOS: Nome Cargos/Funções Órgão/Área Contato (Telefone/ ) 1 PGJ Patrocinador PGJ 2 Subprocurador-Geral Administrativo Patrocinador SPGAA 3 Assessor Jurídica/Administrativa Apoio Jurídico Assessoria 4 Fornecedores Empresas Comercial/Té cnico Servidores, Membros e Cidadão Beneficiários MP-GO EQUIPE/RECURSOS DO PROJETO Nome Atribuições no Projeto Contato (Telefone/ ) 1 Luiz Mauro de Pádua Silveira Patrocinador e Idealizador Idealizador, Gestor, Confecção do Termo de Referência; Eduardo Augusto Heine de Melo Apoio Técnico: DPCD Stella Silva Carvalho Morais Apoio Técnico: Engenharia Helena Adorno Apoio Técnico: Processo Licitatório PREMISSAS Haverá local para instalação da solução; A Administração Superior autorizará a dotação Orçamentária; A equipe estará dedicada exclusivamente ao projeto; SUPLAN Superintendência de Planejamento e Gestão Página 5/7

6 Haverá informações necessárias da Superintendência de Engenharia para detectar e descrever a compatibilidade com os recursos de energia, grupo gerador e infraestrutura da sede do Ministério Público do Estado de Goiás; Haverá disponibilidade de Fornecedores capazes de atender a necessidade da Solução; Não haverá atrasos nas fases de Licitação; Comprometimento de outras áreas para elaboração e execução do projeto. RESTRIÇÕES Complexidade do projeto: O projeto é composto por várias matérias (energia elétrica, de climatização, de engenharia, de informática de engenharia mecânica, de monitoramento de segurança, os quais devem ser estudados e expostos no termo de referência; Fornecedores habilitados: Os fornecedores devem atender todas as especificações e necessidades do projeto; Processo licitatório: Questões legais devem ser atendidas no processo de aquisição da solução (lei 8666/93, prazos legais, solicitações de questionamentos, os quais limitam a aquisição); Gestão de Contratos: A Contratada deve atender as necessidades do projeto e questões legais e de segurança para instalação; RISCOS Risco Probabilidade de Ocorrência Ação para Tratamento do Risco Falta de Orçamento Baixa Previsão Orçamentária Estudo e avaliação de requisitos e serviços incompletos ou incompatíveis; Baixa Estudo e Análise do Termo de Referência por parte da equipe e Fornecedores Não ter resposta dos fornecedores nos prazos definidos. Cobrança dos prazos Inviabilidade do Local de Instalação Alta Aprovação da equipe, administração e fornecedores. SUPLAN Superintendência de Planejamento e Gestão Página 6/7

7 Não cumprimento do contrato por parte dos fornecedores ou Contratada. Aquisição inadequada na compra e instalação da solução. Problemas no Processo Licitatório. Requisitos Técnicos e jurídicos Pode participara do pleito licitatório empresas inabilitadas para fornecimento e instalação da solução. Falta da Capacidade dos Recursos Humanos em atender o projeto Não priorização das atividades (Atividades concorrentes), atraso do projeto Baixa. Estudo e análise de habilitação. Gestão de Contratos Experiência, Treinamento, Estudo, Avaliação de outras soluções. Estudo e avaliação do Termo de Referência detectar problemas legais, Especificações Técnicas etc. Verificação do Atendimento do Edital; Gestão de Contrato e Atendimento às normas técnicas e Habilitação das Empresas Priorização da Administração Apoio da Administração quanto ás demandas concorrentes. SUPLAN Superintendência de Planejamento e Gestão Página 7/7

Sinfo/DeSAD/Seção de Segurança da Informação

Sinfo/DeSAD/Seção de Segurança da Informação Backup Nome do Projeto: Área Responsável: Backup Sinfo/DeSAD/Seção de Segurança da Informação Idealizadores/Responsáveis do Projeto: Gerente do Projeto: Nome Wilker Bueno Luiz Mauro de Pádua Silveira José

Leia mais

Relatório do Plano de Ação

Relatório do Plano de Ação Descrição: MP - DATACENTER Responsável: José Henrique Alves Marçal Situação: Concluido Atividades 01. Avaliação de tecnologias em utilização no Estado 02. Prospecção de tecnologias do mercado 03. Definição

Leia mais

Governança de T.I. Superintendente de Informática

Governança de T.I. Superintendente de Informática Governança de T.I. Nome do Projeto: Área Responsável: Governança de T.I. Superintendência de Informática Idealizadores/Responsáveis do Projeto: Gerente do Projeto: Nome Cássio Silva de Brito Alexandre

Leia mais

No item 2.10 é mencionada a ferramenta de controle de acesso. Qual o nível de integração requerido e quais os métodos disponíveis nesta ferramenta?

No item 2.10 é mencionada a ferramenta de controle de acesso. Qual o nível de integração requerido e quais os métodos disponíveis nesta ferramenta? Perguntas: 1. 2. 3. Entendemos que o processo de mudança será realizado através do CMDB atual e que esta mudança deverá ser refletida na solução de DCIM. Além deste processo haverá alguma outra forma de

Leia mais

Distribuição de Processos do 2º Grau. Superintendente de Informática

Distribuição de Processos do 2º Grau. Superintendente de Informática Backup Nome do Projeto: Área Responsável: Distribuição de Processos do 2º Grau Superintendência de Informática Idealizadores/Responsáveis do Projeto: Gerente do Projeto: Nome Luiz Mauro de Pádua Silveira

Leia mais

Infraestrutura e Tecnologia - Assegurar adequados recursos de tecnologia da Informação

Infraestrutura e Tecnologia - Assegurar adequados recursos de tecnologia da Informação 1. Escopo ou finalidade do projeto O objetivo do projeto é dotar o MP-PR de estrutura computacional centralizada e própria, com condições de atender plenamente os requisitos de processamento e armazenamento

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2014-EMAP

PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2014-EMAP PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2014-EMAP O Pregoeiro da Empresa Maranhense de Administração Portuária - EMAP, designado pela Portaria nº 149/2013-PRE, de 29 de agosto de 2013, em razão de solicitação da empresa

Leia mais

PROJETO BÁSICO SUPRO/GETIS-2011/009 Brasília, 01 de abril de 2011.

PROJETO BÁSICO SUPRO/GETIS-2011/009 Brasília, 01 de abril de 2011. Projeto Básico Consulta Pública para Contratação de Serviços de DataCenters para Hospedagem de Equipamentos de Informática dos Sites Primário e Secundário do BRB. SUPRO/GETIS Abril/2011 PROJETO BÁSICO

Leia mais

PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA. ANEXO ÚNICO DO ATO PGJ n 056/2010

PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA. ANEXO ÚNICO DO ATO PGJ n 056/2010 PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA ANEXO ÚNICO DO ATO PGJ n 056/2010 SUPERINTENDÊNCIA DE ADMINISTRAÇÃO: Indicador: Percentual de órgãos com estrutura de equipamentos adequada. Meta: 79, 24% Melhorar a estrutura

Leia mais

Transformação do data center do Ministério do Meio Ambiente moderniza infraestrutura e reduz riscos

Transformação do data center do Ministério do Meio Ambiente moderniza infraestrutura e reduz riscos Transformação do data center do Ministério do Meio Ambiente moderniza infraestrutura e reduz riscos Perfil O Ministério do Meio Ambiente (MMA), criado em novembro de 1992, tem como missão promover a adoção

Leia mais

Administração de CPD Internet Data Center

Administração de CPD Internet Data Center Administração de CPD Internet Data Center Cássio D. B. Pinheiro pinheiro.cassio@ig.com.br cassio.orgfree.com Objetivos Apresentar os principais conceitos e elementos relacionados a um dos principais tipos

Leia mais

Termo de Abertura do Projeto TAP PJSETIN2011076 Aquisição de Switches de Acesso/Distribuição. Versão 1.0

Termo de Abertura do Projeto TAP PJSETIN2011076 Aquisição de Switches de Acesso/Distribuição. Versão 1.0 Versão 1.0 Estado do Ceará Poder Judiciário Tribunal de Justiça Elaborado por: Alexys Ribeiro Negreiros Aprovado por: Dilthey Pontes Forte Data modificação: 26/12/2011 Histórico de Revisões Data Versão

Leia mais

PROPOSTA DE PROJETO DE PESQUISA APLICADA PARA AUXÍLIO FINANCEIRO A CURSOS PROJETO DE TELEFONIA IP

PROPOSTA DE PROJETO DE PESQUISA APLICADA PARA AUXÍLIO FINANCEIRO A CURSOS PROJETO DE TELEFONIA IP Ministério Público do Estado do Paraná PROPOSTA DE PROJETO DE PESQUISA APLICADA PARA AUXÍLIO FINANCEIRO A CURSOS PROJETO DE TELEFONIA IP ALEXANDRE GOMES DE LIMA SILVA CURITIBA - PR 2012-2013 Ministério

Leia mais

REESTRUTURAÇÃO DA FÁBRICA NO JACARÉ - FQM.

REESTRUTURAÇÃO DA FÁBRICA NO JACARÉ - FQM. REESTRUTURAÇÃO DA FÁBRICA NO JACARÉ - FQM. A fábrica da FQM do Jacaré, composta por 09 (nove) prédios, sofria com os vários gargalos de comunicação existentes. Praticamente não havia uma infraestrutura

Leia mais

Gerenciamento de Propriedade & Soluções de Engenharia

Gerenciamento de Propriedade & Soluções de Engenharia Gerenciamento de Propriedade & Soluções de Engenharia Há 25 anos, a Engepred associa o conhecimento sobre o mercado imobiliário à experiência de promover o melhor funcionamento de shoppings centers, prédios

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇAO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA 1. DESCRIÇÃO DA SOLUÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇAO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA 1. DESCRIÇÃO DA SOLUÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ESTUDO TÉCNICO PRELIMINAR DA CONTRATAÇÃO 1. DESCRIÇÃO DA SOLUÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Aquisição de equipamentos para infraestrutura de redes de todo o IFRO 2. DEFINIÇÃO E ESPECIFICAÇÃO DE REQUISITOS

Leia mais

SUMÁRIO. Sistemas a serem considerados na construção de data centers. A gestão do projeto e a integração dos fornecedores

SUMÁRIO. Sistemas a serem considerados na construção de data centers. A gestão do projeto e a integração dos fornecedores REPORT 04 e fevereiro de 2013 INFRAESTRUTURA FÍSICA E DATA CENTERS SUMÁRIO Introdução O que são data centers Padrões construtivos para data centers Sistemas a serem considerados na construção de data centers

Leia mais

Contêiner como alternativa para redução de custos com energia

Contêiner como alternativa para redução de custos com energia Contêiner como alternativa para redução de custos com energia Mauro Faccioni Filho, Dr. Eng. FAZION 1 I - INTRODUÇÃO Os Data Centers são grandes consumidores de energia em todo o mundo, e esse fenômeno

Leia mais

NOVAS INSTALAÇÕES DA FQM BARRA.

NOVAS INSTALAÇÕES DA FQM BARRA. NOVAS INSTALAÇÕES DA FQM BARRA. A nova sede da FQM foi projetada para ocupar um andar do prédio do Condomínio O2 na Barra. Nossa missão foi adequar as necessidades do cliente ao projeto executivo elaborado

Leia mais

Preparando a Infraestrutura Física de Data Centers de Recebimento para Consolidação

Preparando a Infraestrutura Física de Data Centers de Recebimento para Consolidação Preparando a Infraestrutura Física de Data Centers de Recebimento para Consolidação White Paper 175 Revisão 1 Por Neil Rasmussen > Sumário Executivo A consolidação de um ou mais data centers em um data

Leia mais

XX Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2012-22 a 26 de outubro Rio de Janeiro - RJ - Brasil

XX Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2012-22 a 26 de outubro Rio de Janeiro - RJ - Brasil XX Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2012-22 a 26 de outubro Rio de Janeiro - RJ - Brasil José Monteiro Lysandro Junior Light Serviços de Eletricidade S/A jose.monteiro@light.com.br

Leia mais

Contêiner como alternativa para redução de custos com energia. Mauro Faccioni Filho, Dr.Eng

Contêiner como alternativa para redução de custos com energia. Mauro Faccioni Filho, Dr.Eng Contêiner como alternativa para redução de custos com energia Mauro Faccioni Filho, Dr.Eng TEMAS Mercado de DC e de Contêiner Eficiência Energética DC em contêiner Vantagens / Desvantagens Data Center

Leia mais

Co TRIBUNAL DE CONTAS

Co TRIBUNAL DE CONTAS 411 Co TRIBUNAL DE CONTAS PREGÃO ELETRÔNICO N 18/2014 PROCESSO N 1251712014-0 Esclarecimento n 1 Em atenção a pedido de esclarecimentos formulado por empresa interessada em participar da licitação em epígrafe,

Leia mais

REQUISITOS DE DATACENTERS PARA HOSPEDAGEM de PIX

REQUISITOS DE DATACENTERS PARA HOSPEDAGEM de PIX REQUISITOS DE DATACENTERS PARA HOSPEDAGEM de PIX Equipe de Engenharia PTT.br e-mail: eng@ptt.br Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR NIC.br DOCUMENTO DE USO RESTRITO. DIVULGAÇÃO SOMENTE COM PERMISSÃO

Leia mais

www.under.com.br 4007.1432 / 0800.886.1432 / 51 3301.1432

www.under.com.br 4007.1432 / 0800.886.1432 / 51 3301.1432 www.under.com.br 4007.1432 / 0800.886.1432 / 51 3301.1432 Sua Infra na Nuvem Quem somos A Under é uma empresa de tecnologia e infraestrutura para internet, fundada em 2002. Figuramos entre as maiores empresas

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA DEPARTAMENTO MINISTERIAL DE PRODUÇÃO - DEMPRO

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA DEPARTAMENTO MINISTERIAL DE PRODUÇÃO - DEMPRO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE PERNAMBUCO PROCURADORIA GERAL DE JUSTIÇA DEPARTAMENTO MINISTERIAL DE PRODUÇÃO - DEMPRO Folha de Informações e Despachos À CPL/SRP Seguem os esclarecimentos dos itens levantados

Leia mais

Número do Recibo:83500042

Número do Recibo:83500042 1 de 21 06/06/2012 18:25 Número do Recibo:83500042 Data de Preenchimento do Questionário: 06/06/2012. Comitête Gestor de Informática do Judiciário - Recibo de Preenchimento do Questionário: GOVERNANÇA

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ MINISTÉRIO PÚBLICO DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DO ESTADO DO PARÁ MPCM CONCURSO PÚBLICO N.º 01/2015

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ MINISTÉRIO PÚBLICO DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DO ESTADO DO PARÁ MPCM CONCURSO PÚBLICO N.º 01/2015 DO MINISTÉRIO PÚBLICO DE CONTAS DOS MUNICÍPIOS DO ESTADO 1 / 5 ANEXO 03 INFORMAÇÕES DOS CARGOS 1. CARGOS DE NÍVEL MÉDIO Cargo 01 Técnico em Administração Realizar atividades que envolvam a aplicação das

Leia mais

Ricardo Scheurer Sonda Supermercado

Ricardo Scheurer Sonda Supermercado Tema: Apresentador: Plano Diretor de Tecnologia da Informação Ricardo Scheurer Sonda Supermercado Objetivo desta palestra será resolver as seguintes questões: Porque fazer um PDTI? Quais os benefícios

Leia mais

Redução de impacto ambiental no consumo diário de líquidos. TERMO DE ABERTURA

Redução de impacto ambiental no consumo diário de líquidos. TERMO DE ABERTURA Redução de impacto ambiental no consumo diário de líquidos. TERMO DE ABERTURA Preparado por Cassius Marcellus de Freitas Rodrigues Versão: 1.1 Renata Rossi de Oliveira Aprovado por 17/09/12 Nome do Projeto:

Leia mais

Preparado por Subcomissão de Resíduos Sólidos Versão: 01 Aprovado por Dra. Elaini C. Trevisan 18/05/12

Preparado por Subcomissão de Resíduos Sólidos Versão: 01 Aprovado por Dra. Elaini C. Trevisan 18/05/12 Ampliação da Coleta Seletiva para sedes do MPGO no interior do Estado de Goiás e aperfeiçoamento do gerenciamento de resíduos sólidos da Sede da PGJ TERMO DE ABERTURA Preparado por Subcomissão de Resíduos

Leia mais

A empresa CLEMAR ENGENHARIA LTDA., solicita os seguintes esclarecimentos:

A empresa CLEMAR ENGENHARIA LTDA., solicita os seguintes esclarecimentos: COP-148/2009 Processo nº 000578-14.89/09-2 Assunto: Esclarecimento A empresa CLEMAR ENGENHARIA LTDA., solicita os seguintes esclarecimentos: Questionamento 1: CABEAMENTO ESTRUTURADO: Utilizando os diagramas

Leia mais

O DATA CENTER ONDE VOCÊ ENCONTRA A CONFIANÇA QUE EXIGE E A FLEXIBILIDADE QUE PRECISA

O DATA CENTER ONDE VOCÊ ENCONTRA A CONFIANÇA QUE EXIGE E A FLEXIBILIDADE QUE PRECISA O DATA CENTER ONDE VOCÊ ENCONTRA A CONFIANÇA QUE EXIGE E A FLEXIBILIDADE QUE PRECISA A ALOG A ALOG provê e gerencia ambientes de colocation, hosting e cloud computing de alta complexidade e é o primeiro

Leia mais

Presidência, DIRFOR, DENGEP, SEPAD, DIRSEP, DIRSUP, Gabinetes e Cartórios

Presidência, DIRFOR, DENGEP, SEPAD, DIRSEP, DIRSUP, Gabinetes e Cartórios 1. Escopo ou finalidade da iniciativa O Sistema Themis foi desenvolvido pelo TJRS e cedido ao TJMG. Este sistema informatiza a sessão de julgamento, potencializando o aumento do número de processos que

Leia mais

Gerenciamento inteligente de dados

Gerenciamento inteligente de dados Gerenciamento inteligente de dados Sanjeet Singh Grupo de produtos de armazenamento de dados da Dell ÍNDICE Índice RESUMO EXECUTIVO... 3 O GERENCIAMENTO DE DADOS DE HOJE... 3 VISÃO DA DELL: IDM... 4 OBJETIVOS

Leia mais

Outsourcing. A solução para hospedagem da SoftExpert.

Outsourcing. A solução para hospedagem da SoftExpert. Outsourcing A solução para hospedagem da SoftExpert. BENEFÍCIOS A SoftExpert oferece a seus clientes a possibilidade de Hospedagem em um Data Center com características, padrões de segurança e disponibilidade

Leia mais

Brasília, 19/09/2013. A Rede Nacional do Ministério Público Federal Ref.: Projeto Básico e Especificações Técnicas

Brasília, 19/09/2013. A Rede Nacional do Ministério Público Federal Ref.: Projeto Básico e Especificações Técnicas Brasília, 19/09/2013. A Rede Nacional do Ministério Público Federal Ref.: Projeto Básico e Especificações Técnicas Prezados, A Telemar Norte Leste S/A, pessoa jurídica de direito privado, prestadora de

Leia mais

Anexo III: Solução de Rede Local - LAN (Local Area Network)

Anexo III: Solução de Rede Local - LAN (Local Area Network) Anexo III: Solução de Rede Local - LAN (Local Area Network) 1. Objeto: 1.1. Contratação de uma Solução de rede de comunicação local (LAN) para interligar diferentes localidades físicas e os segmentos de

Leia mais

A falha em alguns destes pontos pode resultar num excessivo e desnecessário investimento/despesa

A falha em alguns destes pontos pode resultar num excessivo e desnecessário investimento/despesa Nuno Melo e Castro Segurança Infra-estruturas Hardware e software Políticas de autenticação Protecção dos dados Algoritmos de cifra Sistemas de detecção e prevenção de intrusões Medidas de segurança Devem

Leia mais

PERGUNTA 1: RESPOSTA 1: PERGUNTA 2: RESPOSTA 2: PERGUNTA 3: RESPOSTA 3: PERGUNTA - 4:

PERGUNTA 1: RESPOSTA 1: PERGUNTA 2: RESPOSTA 2: PERGUNTA 3: RESPOSTA 3: PERGUNTA - 4: PERGUNTA 1: Em relação ao Anexo II ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS, item 1.20 do Edital que diz Deve ser compatível com os sistemas operacionais Microsoft Windows Server 2003, Microsoft Windows Server 2008 e Linux

Leia mais

CARTILHA PARA ADESÃO ATA DE REGISTRO DE PREÇO DE SOLUÇÃO DE VÍDEO MONITORAMENTO CFTV

CARTILHA PARA ADESÃO ATA DE REGISTRO DE PREÇO DE SOLUÇÃO DE VÍDEO MONITORAMENTO CFTV CARTILHA PARA ADESÃO ATA DE REGISTRO DE PREÇO DE SOLUÇÃO DE VÍDEO MONITORAMENTO CFTV Control Teleinformática Ltda SRTV/Sul Qd. 701 Conj. L Bloco 1, 38 Sobreloja sala 24 Pag. 1 de 10 Brasília, setembro

Leia mais

Tema: Sustentabilidade Financeira Objetivo Estratégico: Gerir Recursos Financeiros de Forma Eficiente

Tema: Sustentabilidade Financeira Objetivo Estratégico: Gerir Recursos Financeiros de Forma Eficiente 1. Escopo ou finalidade do projeto Implantar uma sistemática de gestão de custos, objetivando o fornecimento de informações estratégicas de gastos segmentados por unidades de custos. O sistema deverá permitir

Leia mais

Gestão da Tecnologia da Informação

Gestão da Tecnologia da Informação TLCne-051027-P0 Gestão da Tecnologia da Informação Disciplina: Governança de TI São Paulo, Outubro de 2012 0 Sumário TLCne-051027-P1 Conteúdo desta Aula Abordar o domínio Adquirir e Implementar e todos

Leia mais

BMS - BUILDING MANAGEMENT SYSTEM

BMS - BUILDING MANAGEMENT SYSTEM BMS - BUILDING MANAGEMENT SYSTEM ADKL.ZELLER 18 ANOS DE EXPERIÊNCIA; SOLUÇÕES EM ENGENHARIA ELÉTRICA E AUTOMAÇÃO DE A a Z; DESENVOLVEMOS TODAS AS ETAPAS DE UM PROJETO; DIVERSAS CERTIFICAÇÕES; LONGAS PARCERIAS

Leia mais

Nome da Empresa Sistema digitalizado no almoxarifado do EMI

Nome da Empresa Sistema digitalizado no almoxarifado do EMI Nome da Empresa Documento Visão Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 23/02/2015 1.0 Início do projeto Anderson, Eduardo, Jessica, Sabrina, Samuel 25/02/2015 1.1 Correções Anderson e Eduardo

Leia mais

Superintendente de Informática. Pedro Ricardo Cruz Alves Garcia. Observação: Os títulos que estiverem em vermelho são de preenchimento obrigatório.

Superintendente de Informática. Pedro Ricardo Cruz Alves Garcia. Observação: Os títulos que estiverem em vermelho são de preenchimento obrigatório. MP DIGITAL Nome do Projeto: Área Responsável: MP Digital Superintendência de Informática Idealizadores/Responsáveis do Projeto: Gerente do Projeto: Nome Luiz Mauro de Pádua Silveira Alexandre Morgado de

Leia mais

PAULO GONÇALVES DA SILVA

PAULO GONÇALVES DA SILVA PAULO GONÇALVES DA SILVA Brasileiro, casado. Rua Serranópolis, 286 Vila Barros Guarulhos SP Telefone: (11) 95552-8586/2358-7807 E-mail: paulo.instalacao@gmail.com. OBJETIVO TECNOLOGO EM REDES REDES TECNICO

Leia mais

Soluções em Segurança

Soluções em Segurança Desafios das empresas no que se refere a segurança da infraestrutura de TI Dificuldade de entender os riscos aos quais a empresa está exposta na internet Risco de problemas gerados por ameaças externas

Leia mais

Este Manual aplica-se a todos os Usuário de T.I. do Ministério Público de Goiás. ATIVIDADE AUTORIDADE RESPONSABILIDADE Manter o Manual Atualizado

Este Manual aplica-se a todos os Usuário de T.I. do Ministério Público de Goiás. ATIVIDADE AUTORIDADE RESPONSABILIDADE Manter o Manual Atualizado Versão 01 - Página 1/8 1 Objetivo Orientar o usuário de T.I. a solicitar atendimento. Mostrar o fluxo da solicitação. Apresentar a Superintendência 2 Aplicação Este Manual aplica-se a todos os Usuário

Leia mais

PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA. ATO PGJ nº 19/2009

PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA. ATO PGJ nº 19/2009 ATO PGJ nº 19/2009 - Alterado o inciso III, do art. 3º, pelo Ato nº 23/2010, de 27/05/10, art. 1º. - Ver Errata do Ato-PGJ n.23/2010, publicado no DOMP n. 255 em 11/06/2010. - Ver Ato-PGJ n. 18/2009, arts.

Leia mais

Este tutorial apresenta os componentes principais e critérios de projeto da infra-estrutura de um Internet Data Center (IDC).

Este tutorial apresenta os componentes principais e critérios de projeto da infra-estrutura de um Internet Data Center (IDC). Infra-estrutura de Internet Data Center (IDC) Este tutorial apresenta os componentes principais e critérios de projeto da infra-estrutura de um Internet Data Center (IDC). Pollette Brancato Diretora de

Leia mais

Microsoft Azure. Softmanager Soluções em TI. ModernBiz

Microsoft Azure. Softmanager Soluções em TI. ModernBiz Microsoft Azure Softmanager Soluções em TI ModernBiz Programação ModernBiz: seu caminho para a empresa moderna Visão geral do Microsoft Azure Principais soluções de negócios Hospede seus aplicativos na

Leia mais

Ata da Reunião. 1. Criação do Site em um servidor de uma EFS, com conexões das demais EFS através da Internet.

Ata da Reunião. 1. Criação do Site em um servidor de uma EFS, com conexões das demais EFS através da Internet. 1º Reunião Técnica entre as Entidades Fiscalizadoras Superiores do Mercosul e a Contraloría General de la República de Bolivia, sobre a criação da Intranet do Mercosul Ata da Reunião Nos dias 04 e 05 de

Leia mais

PREGÃO N o 008/2013 PROPOSTA COMERCIAL

PREGÃO N o 008/2013 PROPOSTA COMERCIAL PREGÃO N o 008/2013 PROPOSTA COMERCIAL Empresa: Vixplus Informática Ltda ME Ao PREGÃO nº 008/2013. Prezados Senhores: Pela presente formulamos Proposta Comercial para fornecimento de equipamentos e softwares

Leia mais

Contingenciamento da Rede Corporativa PLANO DO PROJETO

Contingenciamento da Rede Corporativa PLANO DO PROJETO 1. Escopo ou finalidade do projeto O contingenciamento da Rede Corporativa, objetiva melhoria da comunicação de dados do TJERJ em todo o Estado do Rio de janeiro, assegurando o trafego ininterrupto de

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇAO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA 1. DESCRIÇÃO DA SOLUÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇAO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA 1. DESCRIÇÃO DA SOLUÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ESTUDO TÉCNICO PRELIMINAR DA CONTRATAÇÃO 1. DESCRIÇÃO DA SOLUÇÃO DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Aquisição de sistema de monitoramento por câmeras para todo o IFRO 2. DEFINIÇÃO E ESPECIFICAÇÃO DE REQUISITOS

Leia mais

Módulo 4. Visão geral dos controles do COBIT aplicáveis para implantação da Sarbanes, o papel de TI, a importância dos softwares e exercícios

Módulo 4. Visão geral dos controles do COBIT aplicáveis para implantação da Sarbanes, o papel de TI, a importância dos softwares e exercícios Módulo 4 Visão geral dos controles do COBIT aplicáveis para implantação da Sarbanes, o papel de TI, a importância dos softwares e exercícios Estruturas e Metodologias de controle adotadas na Sarbanes COBIT

Leia mais

Curso de Sistemas de Informação 8º período Disciplina: Tópicos Especiais Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-1

Curso de Sistemas de Informação 8º período Disciplina: Tópicos Especiais Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-1 Curso de Sistemas de Informação 8º período Disciplina: Tópicos Especiais Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-1 Aula 2 Arquitetura de Data Center Ambientes Colaborativos A história dos sistemas

Leia mais

Gestão de Armazenamento

Gestão de Armazenamento Gestão de Armazenamento 1. Introdução As organizações estão se deparando com o desafio de gerenciar com eficiência uma quantidade extraordinária de dados comerciais gerados por aplicativos e transações

Leia mais

Dataprev Aumenta a Eficiência na Entrega de Projetos em 40% com CA Clarity on Premise

Dataprev Aumenta a Eficiência na Entrega de Projetos em 40% com CA Clarity on Premise CUSTOMER SUCCESS STORY Dezembro 2013 Dataprev Aumenta a Eficiência na Entrega de Projetos em 40% com CA Clarity on Premise PERFIL DO CLIENTE Indústria: Setor público Companhia: Dataprev Empregados: 3.000+

Leia mais

Ferramentas do Sistema de Registro de Preços. Intenção de Registro de Preços - IRP e Adesão

Ferramentas do Sistema de Registro de Preços. Intenção de Registro de Preços - IRP e Adesão Ferramentas do Sistema de Registro de Preços Intenção de Registro de Preços - IRP e Adesão OBJETIVO Divulgar ferramentas e alternativas que auxiliam os gestores no planejamento e execução das despesas:

Leia mais

Virtualização e economia de recursos públicos

Virtualização e economia de recursos públicos Virtualização e economia de recursos públicos Tópicos Proposta Objetivos 1. Missão do PRODEST 2.O que é virtualização de servidores? 3. Histórico 4. Evolução em números 5. Infraestrutura alocada 6. Dados

Leia mais

ORDEM DE SERVIÇO OS 002/DINFO/2013 11/09/2013

ORDEM DE SERVIÇO OS 002/DINFO/2013 11/09/2013 A DIRETORIA DE INFORMÁTICA DINFO DA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO -UERJ, no uso de suas atribuições legais, estabelece: Art. 1º: Para fins de normatização do Serviço de Hospedagem de máquinas

Leia mais

COMPANHIA DOCAS DO ESTADO DE SÃO PAULO - CODESP AUTORIDADE PORTUÁRIA DE SANTOS

COMPANHIA DOCAS DO ESTADO DE SÃO PAULO - CODESP AUTORIDADE PORTUÁRIA DE SANTOS Assunto: Resposta aos questionamentos da empresa GTLOG Indústria, Comércio e Serviços de Tecnologia Ltda. ao RDCe 01/2015. De modo a dar continuidade ao processo licitatório da infraestrutura do Portolog

Leia mais

Acesse: www.eyenet.com.br ou ligue : (11) 5049-0441

Acesse: www.eyenet.com.br ou ligue : (11) 5049-0441 1 2 1) Proposta Comercial 2) Cases 3) Apresentação Eyenet 3 Objetivos do Projeto Construir uma intranet, oferecendo aos gestores, uma ferramenta web de fácil atualização de conteúdos, tornando-o um meio

Leia mais

CARTILHA PARA ADESÃO ATA DE REGISTRO DE PREÇO INSTITUTO FEDERAL DE BRASÍLIA IFB

CARTILHA PARA ADESÃO ATA DE REGISTRO DE PREÇO INSTITUTO FEDERAL DE BRASÍLIA IFB CARTILHA PARA ADESÃO ATA DE REGISTRO DE PREÇO INSTITUTO FEDERAL DE BRASÍLIA IFB Control Teleinformática Ltda SRTV/Sul Qd. 701 Conj. L Bloco 1, 38 Sobreloja sala 24 Pag. 1 de 10 Brasília, agosto de 2013

Leia mais

Monitoramento de data centers

Monitoramento de data centers Monitoramento de data centers Os data centers são hoje um ambiente complexo, com inúmeras variáveis para gerenciar. Os métodos usados pelas empresas são específicos e incapazes de fazer comparações adequadas

Leia mais

DECRETO Nº 277 DE 23 DE MARÇO DE 2015

DECRETO Nº 277 DE 23 DE MARÇO DE 2015 DECRETO Nº 277 DE 23 DE MARÇO DE 2015 Estabelece medidas administrativas temporárias para contenção e otimização de despesas, no âmbito do Poder Executivo, cria o Conselho Gestor para Eficiência Administrativa

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. 1. Objeto. 2. Antecedentes. 3. Objeto da Licitação

TERMO DE REFERÊNCIA. 1. Objeto. 2. Antecedentes. 3. Objeto da Licitação TERMO DE REFERÊNCIA 1. Objeto 1.1. Contratação de empresa especializada em auditoria de tecnologia da informação e comunicações, com foco em segurança da informação na análise de quatro domínios: Processos

Leia mais

Data Center. Soluções integradas para. de ambientes. críticos. Sistemas de energia: Obras civis: Clemar tem a experiência necessária

Data Center. Soluções integradas para. de ambientes. críticos. Sistemas de energia: Obras civis: Clemar tem a experiência necessária Data Center energia: Painéis distribuição PTTA em MT e B GMGs UPS em corrente contínua Infraestrutura elétrica (busway, eletrocalhas, iluminação etc.) aterramento e SPDA Soluções integradas para ambientes

Leia mais

Declaração de Escopo

Declaração de Escopo 1/9 Elaborado por: Adriano Marra, Bruno Mota, Bruno Leite, Janaina Versão: 1.4 Lima, Joao Augusto, Paulo Takagi, Ricardo Reis. Aprovado por: Porfírio Carlos Roberto Junior 24/08/2010 Time da Equipe de

Leia mais

CONSULTA AO MERCADO RFP REQUEST FOR PROPOSAL ÍNDICE

CONSULTA AO MERCADO RFP REQUEST FOR PROPOSAL ÍNDICE CONSULTA AO MERCADO RFP REQUEST FOR PROPOSAL ÍNDICE 1. Introdução 2. Objetivo 3. Termos e Condições 3.1 Publicidade 3.2 Responsabilidades 4. Cronograma e Contato 4.1 Cronograma 4.2 Contato 5. Entrega da

Leia mais

DIAGNÓSTICO E DEFINIÇÃO DE SOLUÇÕES

DIAGNÓSTICO E DEFINIÇÃO DE SOLUÇÕES Somos uma empresa brasileira, especializada em soluções de automação de máquinas e processos industriais, instalação, comissionamento e segurança de infraestrutura elétrica e de máquinas, microgeração

Leia mais

PORTARIA Nº 7.596, DE 11 DE DEZEMBRO DE 2014.

PORTARIA Nº 7.596, DE 11 DE DEZEMBRO DE 2014. PORTARIA Nº 7.596, DE 11 DE DEZEMBRO DE 2014. Regulamenta as atribuições e responsabilidades da Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicações do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região e dá

Leia mais

Rede Cooperativa de Municípios COMUNIC

Rede Cooperativa de Municípios COMUNIC c1508/02/0213:24 Rede Cooperativa de Municípios COMUNIC c2508/02/0213:24 COMUNIC Rede Cooperativa de Municípios A Rede Comunic é uma solução integrada que combina infra-estrutura, sistemas e serviços,

Leia mais

PROJETO LÓGICO DA REDE LOCAL DE COMPUTADORES DA REITORIA

PROJETO LÓGICO DA REDE LOCAL DE COMPUTADORES DA REITORIA PROJETO LÓGICO DA REDE LOCAL DE COMPUTADORES DA REITORIA COORDENAÇÃO DE TECNOLOGIA (COTEC) JUNHO/2011 Rua do Rouxinol, N 115 / Salvador Bahia CEP: 41.720-052 Telefone: (71) 3186-0001. Email: cotec@ifbaiano.edu.br

Leia mais

Comissionamento de Infraestrutura. Mauro Faccioni Filho, Dr.Engº.

Comissionamento de Infraestrutura. Mauro Faccioni Filho, Dr.Engº. Comissionamento de Infraestrutura Mauro Faccioni Filho, Dr.Engº. Resumo: O comissionamento é basicamente a confirmação de um processo ou processos. No entanto, há uma falta de conhecimento de como ele

Leia mais

Novos modelos de contratação de Tecnologia da Informação na administração pública e como administrar essa nova realidade: PPP e Cloud computing

Novos modelos de contratação de Tecnologia da Informação na administração pública e como administrar essa nova realidade: PPP e Cloud computing Novos modelos de contratação de Tecnologia da Informação na administração pública e como administrar essa nova realidade: PPP e Cloud computing Flávio José Fonseca de Souza Diretor do Núcleo de Fiscalização

Leia mais

UNIP UNIVERSIDADE PAULISTA

UNIP UNIVERSIDADE PAULISTA UNIP UNIVERSIDADE PAULISTA GERENCIAMENTO DE REDES Segurança Lógica e Física de Redes 2 Semestre de 2012 SEGURANÇA FÍSICA Introdução Recomendações para o controle do acesso físico Política de segurança

Leia mais

servidores não tem hábitos de práticar execícios regularmente. Ações Justificativa Tarefas Valor Unitário Valor Total

servidores não tem hábitos de práticar execícios regularmente. Ações Justificativa Tarefas Valor Unitário Valor Total MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS CAMPUS SÃO GABRIEL DA CACHOEIRA 1.Perspectiva Desenvolvimento de

Leia mais

Resolução CC-52, de 23-6-2004

Resolução CC-52, de 23-6-2004 Resolução CC-52, de 23-6-2004 ANEXO I Institui a Política e o Plano Estratégico de Uso de Software na Administração Pública Estadual O Secretário-Chefe da Casa Civil, na qualidade de Presidente do Comitê

Leia mais

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2014-2016

Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2014-2016 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO SUDESTE DE MINAS GERAIS Planejamento Estratégico de Tecnologia da Informação PETI 2014-2016 Versão 1.0 1 APRESENTAÇÃO O Planejamento

Leia mais

SOLUÇÕES COMPLETAS SOLUÇÕES COMPLETAS. em produtos e serviços de segurança eletrônica e telecomunicações

SOLUÇÕES COMPLETAS SOLUÇÕES COMPLETAS. em produtos e serviços de segurança eletrônica e telecomunicações SOLUÇÕES COMPLETAS em produtos e serviços de segurança eletrônica e telecomunicações SOLUÇÕES COMPLETAS em produtos e serviços de segurança eletrônica e telecomunicações CFTV IP CABEAMENTO ESTRUTURADO

Leia mais

Memorial Técnico para Aquisição de Solução modular escalável e móvel de Contêiner para Data Center

Memorial Técnico para Aquisição de Solução modular escalável e móvel de Contêiner para Data Center MUNICÍPIO DE SANTO ÂNGELO Memorial Técnico para Aquisição de Solução modular escalável e móvel de Contêiner para Data Center Projeto DATA CENTER José Fioravante Schneider 01/06/2015 Página 1 de 9 ÍNDICE

Leia mais

Buscamos sempre a solução mais eficaz, de acordo com o avanço tecnológico dos sistemas de Telecomunicações e Tecnologia da Informação.

Buscamos sempre a solução mais eficaz, de acordo com o avanço tecnológico dos sistemas de Telecomunicações e Tecnologia da Informação. A T7 Solutions Informática e Telecomunicações atua como prestadora de serviços de Infraestrutura de TI e Telecom, com foco no desenvolvimento e implementação de soluções de Infraestrutura, Dados e Voz.

Leia mais

2014 MANUAL DE COMPRAS CENTRO UNIVERSITÁRIO FUNDAÇÃO SANTO ANDRÉ PÁG. 1

2014 MANUAL DE COMPRAS CENTRO UNIVERSITÁRIO FUNDAÇÃO SANTO ANDRÉ PÁG. 1 2014 MANUAL DE COMPRAS CENTRO UNIVERSITÁRIO FUNDAÇÃO SANTO ANDRÉ PÁG. 1 2014 MANUAL DE COMPRAS CENTRO UNIVERSITÁRIO FUNDAÇÃO SANTO ANDRÉ PÁG. 2 COLABORADORES: Profa. Dra. Katia Cruzes Jorge Luiz Camaforto

Leia mais

Os principais sistemas de automação de data centers DCIM: uma visão técnica e metodologias de escolha. Moacyr Franco Neto

Os principais sistemas de automação de data centers DCIM: uma visão técnica e metodologias de escolha. Moacyr Franco Neto Os principais sistemas de automação de data centers DCIM: uma visão técnica e metodologias de escolha Moacyr Franco Neto Agenda 1 Definição de DCIM. 2 Modelos de DCIM. 3 Benefícios e funcionalidades. 4-

Leia mais

ERRATA Nº. 01 CONVITE 18/2008. A Comissão Permanente de Licitação informa alteração no referente Convite:

ERRATA Nº. 01 CONVITE 18/2008. A Comissão Permanente de Licitação informa alteração no referente Convite: 01/07/2008 ERRATA Nº. 01 CONVITE 18/2008 A Comissão Permanente de Licitação informa alteração no referente Convite: A data de abertura foi transferida para o dia 18/07/2008, às 14 horas; o prazo para realização

Leia mais

(Publicada no DOU de 27/4/2005, Seção 2, pág. 131)

(Publicada no DOU de 27/4/2005, Seção 2, pág. 131) PORTARIA- Nº 105, DE 25 DE ABRIL DE 2005 Aprova a realização do projeto de Implementação do Processo de Educação a Distância - Pégaso e designa seu gestor. O PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO,

Leia mais

P4-MPS.BR - Prova de Conhecimento do Processo de Aquisição do MPS.BR

P4-MPS.BR - Prova de Conhecimento do Processo de Aquisição do MPS.BR Data: 12 de Dezembro de 2006 Brasília) Horário: 13:00 às 17:00 horas (hora de e-mail: Nota: INSTRUÇÕES Você deve responder a todas as questões. O total máximo de pontos da prova é de 100 pontos (100%),

Leia mais

Infraestrutura para Computação em Nuvem Privada para Governo

Infraestrutura para Computação em Nuvem Privada para Governo Infraestrutura para Computação em Nuvem Privada para Governo Julio Cesar Ribeiro de Lima Gonçalves Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) Natal - RN - Brasil jcrlima@gmail.com Abstract. This

Leia mais

Assunto: Avaliação da documentação de Habilitação Técnica enviada pela empresa GIMP Engenharia participante do Pregão 02/2011 TB

Assunto: Avaliação da documentação de Habilitação Técnica enviada pela empresa GIMP Engenharia participante do Pregão 02/2011 TB NOTA TÉCNICA Nº /2011/Telebrás Assunto: Avaliação da documentação de Habilitação Técnica enviada pela empresa GIMP Engenharia participante do Pregão 02/2011 TB Elaboração: Gerência de Projetos Diretoria

Leia mais

DIRETRIZES PARA AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DA AUTORIDADE PÚBLICA OLÍMPICA

DIRETRIZES PARA AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DA AUTORIDADE PÚBLICA OLÍMPICA DIRETRIZES PARA AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS E SERVIÇOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DA AUTORIDADE PÚBLICA OLÍMPICA 1 APRESENTAÇÃO Este conjunto de diretrizes foi elaborado para orientar a aquisição de equipamentos

Leia mais

Curso de Sistemas de Informação 8º período Disciplina: Tópicos Especiais Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-1

Curso de Sistemas de Informação 8º período Disciplina: Tópicos Especiais Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-1 Curso de Sistemas de Informação 8º período Disciplina: Tópicos Especiais Professor: José Maurício S. Pinheiro V. 2009-1 Aula 1 Ambiente de Data Center Os serviços de comunicação em banda larga estão mais

Leia mais

Virtualização Desafios, Possíveis Soluções e Benefícios para o DATACENTER. Dr. Manoel Veras 24.10.2011 10:15-11:00

Virtualização Desafios, Possíveis Soluções e Benefícios para o DATACENTER. Dr. Manoel Veras 24.10.2011 10:15-11:00 Virtualização Desafios, Possíveis Soluções e Benefícios para o DATACENTER Dr. Manoel Veras 24.10.2011 10:15-11:00 Agenda Estado Atual Desafios Possíveis Soluções Benefícios Conclusões Estado Atual Virtualização

Leia mais

RESOLUÇÃO N 92, DE 10 DE OUTUBRO DE 2014.

RESOLUÇÃO N 92, DE 10 DE OUTUBRO DE 2014. RESOLUÇÃO N 92, DE 10 DE OUTUBRO DE 2014. Regulamenta o compartilhamento, entre o CAU/BR e os CAU/UF, da gestão, manutenção, evolução e despesas relativas ao Centro de Serviços Compartilhados do Conselho

Leia mais

Manual da Qualidade. Figura 1: Organograma da SInfo e Escopo de Certificação

Manual da Qualidade. Figura 1: Organograma da SInfo e Escopo de Certificação Criado por Aprovado por Analisado criticamente por Wilker Bueno de Freitas Rosa Luiz Mauro de Pádua Silveira Comitê da Qualidade 1 - SGQ- Sinfo A Superintendência de Informática Inserida dentro do quadro

Leia mais

Especial Online RESUMO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO. Redes de Computadores 2011-2 ISSN 1982-1816. www.unifoa.edu.br/cadernos/especiais.

Especial Online RESUMO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO. Redes de Computadores 2011-2 ISSN 1982-1816. www.unifoa.edu.br/cadernos/especiais. Especial Online ISSN 1982-1816 www.unifoa.edu.br/cadernos/especiais.html DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO Redes de Computadores 2011-2 EXPANSÃO E MELHORIA NA REDE DE COMPUTADORES DO INSTITUTO FEDERAL

Leia mais

Embratel como provedora de infraestrutura para Grandes Eventos

Embratel como provedora de infraestrutura para Grandes Eventos I D C C A S E S T U D Y Embratel como provedora de infraestrutura para Grandes Eventos Janeiro, 2015 João Paulo Bruder, Coordenador de Telecomunicações, IDC Brasil Patrocinado pela Embratel A eficiência

Leia mais

Termo de Abertura do Projeto TAP PJSETIN2012029 NOC Network Operation Center (Centro de Operação

Termo de Abertura do Projeto TAP PJSETIN2012029 NOC Network Operation Center (Centro de Operação Operação de Rede) Versão 1.0 Estado do Ceará Poder Judiciário Tribunal de Justiça Histórico de Revisões Data Versão Descrição Responsável 31/08/2012 0.1 Criação do documento Alexys Ribeiro Gerente do Projeto

Leia mais