um monstro veio a ` escola! Atividade para ensinar regras e expectativas durante os primeiros dias de aulas Ideia retirada do site:

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "um monstro veio a ` escola! Atividade para ensinar regras e expectativas durante os primeiros dias de aulas Ideia retirada do site:"

Transcrição

1 O dia em que um monstro veio a ` escola! Atividade para ensinar regras e expectativas durante os primeiros dias de aulas Ideia retirada do do 1º Ciclo

2 ! O dia em que um monstro veio à escola Quando o Rui entrou para o autocarro da escola, viu que lá dentro estava um monstrinho e ficou muito surpreendido. Ele não sabia que os monstrinhos estavam autorizados a ir à escola. Mas lá estava o monstro. Fazia muitos barulhos estranhos e não se mantinha sentado. Subia para cima dos bancos e punha a cabeça de fora da janela. Ocupava tanto espaço que o Rui nem tinha espaço para se sentar. - Este monstrinho é mesmo muito barulhento! Aposto que nem aqui devia estar. sussurrou o Rui à Rita. Mas a professora não pareceu nada surpreendida ao ver o monstrinho entrar na sala de aula. Empurrou para passar à frente, agarrou nos livros de leitura e atirou-os ao chão. Quando o Rui e os outros alunos se sentaram, o monstrinho começou a atirar os lápis de cor. - Acaba já com isso! Gritou a professora. Nem os monstros estão autorizados a estragar o material. O monstrinho largou os lápis e começou a gritar. Gritava tão alto que ninguém conseguia ouvir a professora. - Acaba já com essa gritaria! Disse finalmente a professora. O monstrinho parou de gritar. Tocou a campainha e a professora disse: - Meninos, está na hora do recreio.

3 Todos se levantaram e saíram calmamente para brincar, com exceção do monstrinho. Correu apressadamente para a rua, empurrando quem encontrava no caminho. No intervalo, o monstrinho continuava a comportar-se como um monstro, tirando brinquedos aos colegas e empurrando-os. Subia aos portões e impedia os meninos de ir à casa de banho. Quando regressaram à sala, a professora tentou ler uma história mas o monstrinho tossia e ria alto. Ninguém conseguia ouvir a leitura. Não parava quieto, incomodando quem estava ao seu lado e não ouvia a história. À hora de almoço, o monstrinho mexia nos tabuleiros dos colegas, tirando comida. Sujou toda a mesa e deixou cair a sopa. Mais tarde, chegou a hora da pintura. O monstrinho pintou uma grande linha preta nos desenhos dos colegas. Quando foi a atividade de música e os alunos iam cantar, o monstrinho começou a pisar os pés dos colegas. Já muito zangada, a professora chamou o monstrinho para junto dela. - Sabes que és um verdadeiro monstrinho e os monstros não são autorizados na escola. Vai-te embora e não voltes! E sabem o que aconteceu? O monstrinho começou a chorar e todos ficaram a olhar para ele, espantados. - Desculpem! Soluçava o monstrinho. Eu nunca vim à escola. Não sabia que era contra as regras gritar, empurrar, atirar coisas... Por favor, não me digam para não voltar. Eu gostei da escola e vou aprender a portar-me bem se todos me ajudarem. Eu prometo! A professora perguntou a opinião dos alunos. Decidiram fazer uma lista das regras para o monstrinho aprender a comportar-se. Todos concordaram em deixar o monstrinho ficar se ele cumprir as regras. O monstrinho prometeu

4 que se ia esforçar para ser bem comportado e poder ficar na escola a aprender e brincar com os seus novos amigos.!! No dia seguinte, o monstrinho entrou muito calmamente na sala e começou logo a trabalhar. Cuidou do seu material e ajudou quem precisava. À hora de almoço, o monstrinho respeitou a fila do refeitório e não empurrou ninguém. Comeu calmamente e manteve a mesa limpa. No intervalo, brincou com os colegas sem magoar ninguém e até emprestou os seus brinquedos. Na hora da leitura, ouviu atentamente a história que a professora contou e manteve-se sossegado enquanto ouvia. No fim do dia, a professora perguntou aos alunos a sua opinião sobre o comportamento do monstrinho ao longo do dia.! Gabriel. - Foi um bom ouvinte. Disse a Íris. - Gostei de brincar com ele no intervalo. Disse o Gustavo. - Almoçou ao meu lado no refeitório e portou-se muito bem. Disse o De seguida, a professora perguntou ao monstrinho como se tinha sentido. - Eu acho que tive um bom dia. Portei-me bem brincando, partilhando, ouvindo e trabalhando. Disse o monstrinho. - Concordo! Exclamou a professora. Nesse dia, o monstrinho regressou muito feliz à sua casa, sentindo-se orgulhoso pelo seu bom comportamento. Estava desejoso de voltar à escola no dia seguinte!!!

5 levantar ~ a mao Sentar corretamente

6 partilhar ouvir trabalhar com empenho ajudar os outros

7 participar ser arrumado ser paciente ser amigo

8

9 interromper distrair-se estragar o material conversar

10 Not keeping hands to self falar alto brincar na aula Deitar-se na cadeira

11 perturbar a fila magoar os colegas mentir

12 bater empurrar dizer asneiras cuspir

13 gritar Bons comportamentos

14 MAus comportamentos Muito mau!

15 Podemos ouvir com?

16 Um monstro ouve com os olhos, e Tu? sim! eu olho para quem esta a falar enquanto ouco!

17 Um monstro pode ouvir com a sua boca, e tu? Sim! eu mantenho a boca ~ fechada e nao falo nem faco barulhos quando estou a ouvir!

18 Um monstro pode ouvir com o seu corpo, e tu? sim! o meu corpo esta virado para quem esta a falar enquanto ouco!

19 um monstro pode ouvir com as suas maos, e tu? ~ ~ sim! as minhas maos ficam quietas quando estou a ouvir!

20 Um monstro pode ouvir com os seus pes. e tu? sim! os meus pes ficam sossegados quando estou a ouvir!

21 Um monstro pode ouvir com o seu cerebro, e tu? Sim! O meu cerebro esta a pensar enquanto eu estou a ouvir!

22 Um monstro pode ouvir com o seu coracao, e tu? ~ sim! o meu coracao preocupa-se com o que ~ ~ a pessoa esta a dizer!

23 Ser Um bom ouvinte cérebro olhos boca coração corpo pés mãos

24

25 Como posso ser um bom ouvinte? Nome

Juro lealdade à bandeira dos Estados Unidos da... autch! No terceiro ano, as pessoas adoram dar beliscões. Era o Zezinho-Nelinho-Betinho.

Juro lealdade à bandeira dos Estados Unidos da... autch! No terceiro ano, as pessoas adoram dar beliscões. Era o Zezinho-Nelinho-Betinho. ÍTULO 1 Juro lealdade à bandeira dos Estados Unidos da... autch! No terceiro ano, as pessoas adoram dar beliscões. Era o Zezinho-Nelinho-Betinho. Julinho sussurrou. Vou pensar no teu caso respondi -lhe,

Leia mais

A volta às aulas do Pequeno Nicolau

A volta às aulas do Pequeno Nicolau HISTÓRIAS INÉDITAS DO PEQUENO NICOLAU René Goscinny Jean-Jacques Sempé A volta às aulas do Pequeno Nicolau Tradução Pedro Karp Vasquez Volta às aulas MAMÃE DISSE QUE AMANHÃ iremos comprar coisas para a

Leia mais

24/06/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República

24/06/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República Palavras do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na Escola Municipal de Rio Largo, durante encontro para tratar das providências sobre as enchentes Rio Largo - AL, 24 de junho de 2010 Bem,

Leia mais

Na escola estão Pedro e Thiago conversando. THIAGO: Não, tive que dormi mais cedo por que eu tenho prova de matemática hoje.

Na escola estão Pedro e Thiago conversando. THIAGO: Não, tive que dormi mais cedo por que eu tenho prova de matemática hoje. MENININHA Na escola estão Pedro e Thiago conversando. PEDRO: Cara você viu o jogo ontem? THIAGO: Não, tive que dormi mais cedo por que eu tenho prova de matemática hoje. PEDRO: Bah tu perdeu um baita jogo.

Leia mais

Duende, duende, duende, um príncipe diferente! NANA - Engraçadinha... Bem, nós vamos contar algumas histórias pra vocês...

Duende, duende, duende, um príncipe diferente! NANA - Engraçadinha... Bem, nós vamos contar algumas histórias pra vocês... Duende, duende, duende, um príncipe diferente! NANA - Oi! Eu sou a Giovanna, a Nana! NINA - E eu sou a Nina! NANA - Ah, fala o teu nome inteiro, né, Marina! NINA - Ué, pra quê? Você acabou de dizer! NANA

Leia mais

Quando Acontece... A Intriga

Quando Acontece... A Intriga A Intriga A Intriga Marcia Pimentel 2 Marcia Pimentel Quando Acontece... A Intriga Marcia Pimentel 3 A Intriga Marcia Pimentel 4 Copyright 2010 By Marcia Pimentel Título: Quando Acontece... A Intriga Todos

Leia mais

ONDJAKI. A BICICLETA QUe TINHA BIGODES. estórias sem luz elétrica. Livros do Dia e da Noite

ONDJAKI. A BICICLETA QUe TINHA BIGODES. estórias sem luz elétrica. Livros do Dia e da Noite ONDJAKI A BICICLETA QUe TINHA BIGODES estórias sem luz elétrica Livros do Dia e da Noite Na minha rua vive o tio Rui, que é escritor e inventa estórias e poemas que até chegam a outros países muito internacionais.

Leia mais

Meninos e Meninas Brincando

Meninos e Meninas Brincando Meninos e Meninas Brincando J. C. Ryle "As praças da cidade se encherão de meninos e meninas, que nelas brincarão." (Zc.8:5) Queridas crianças, o texto acima fala de coisas que acontecerão. Deus está nos

Leia mais

A6- Boomwhackers. Eu- boomwhackers, mais? Tu consideras que aprendeste alguma coisa nova? A4 Aprender de novo acho que só, talvez algumas técnicas a

A6- Boomwhackers. Eu- boomwhackers, mais? Tu consideras que aprendeste alguma coisa nova? A4 Aprender de novo acho que só, talvez algumas técnicas a Entrevista 4 Alunos entrevistados: Aluno 1- Inês Bártolo Aluno 2 Inês Bento Aluno 3- João Duarte Aluno 4-Miguel Coelho Aluno 5- Daniel Silva Aluno 6- Diogo Marques Eu Antes de mais quero saber se vocês

Leia mais

I A noite estava tranquila e serena. O silêncio inundava a casa. A família toda já estava a dormir. O dia seguinte era dia de trabalho para uns e de escola para outros. Apenas se ouvia o tic-tac do despertador

Leia mais

O texto de hoje da UNESCO é simples mas deveria ser pensado por todos nós. Vamos a ele:

O texto de hoje da UNESCO é simples mas deveria ser pensado por todos nós. Vamos a ele: COMUICAÇÃO ( 2.communication) Extraído de páginas 76 e 77 do guia para professores da U ESCO: (Understanding and responding to children s needs in Inclusive Classrooms) www.unesco.org.com; traduzido do

Leia mais

Rua Pirapetinga, 567 - Serra - 30220-150 Belo Horizonte - MG -Tel. (31) 3282-2366 www.universoproducao.com.br conheca todos os amigos do pipoca! A Universo Produção realiza há mais de 15 anos uma série

Leia mais

Dicas incríveis para vender mais... muito mais

Dicas incríveis para vender mais... muito mais 5... Dicas incríveis para vender mais... muito mais O que você vai encontrar neste ebook o que você vai encontrar neste ebook aprenda como gerar 3 mil reais em vendas no Facebook sem gastar com anúncios

Leia mais

Pontuação e entonação

Pontuação e entonação Sequência didática para a sala de aula 6 PORTUGUÊS Unidade 1 Brinquedos (páginas 32 a 34) 1 Objetivo: empregar adequadamente os sinais de pontuação. Aula 1: entonação e efeito de sentido dos sinais de

Leia mais

Deus nos dá amigos. Um lugar especial. 5anos. Edição do aluno. Estudos bíblicos Pré-escolar. Ano CIV Nº 389

Deus nos dá amigos. Um lugar especial. 5anos. Edição do aluno. Estudos bíblicos Pré-escolar. Ano CIV Nº 389 Deus nos dá amigos Estudos bíblicos Pré-escolar 5anos e6 Ano CIV Nº 389 5107 Um lugar especial Edição do aluno Estamos de volta para mais um trimestre de alegria, aprendizado e muitas descobertas. Você

Leia mais

Matthew Dicks. Memórias de Um Amigo Imaginário

Matthew Dicks. Memórias de Um Amigo Imaginário Matthew Dicks Memórias de Um Amigo Imaginário Tradução Victor Antunes Para a Clara Capítulo 1 Isto é o que eu sei: Chamo-me Budo. Existo há cinco anos. Cinco anos é muito tempo para alguém como eu. Foi

Leia mais

Auto-disciplina, Privação, Compromisso, Responsabilidade.

Auto-disciplina, Privação, Compromisso, Responsabilidade. Valores: Competências -chave: Auto-disciplina, Privação, Compromisso, Responsabilidade. Ser capaz de gerir a frustração; Resistir à tentação e esperar pela recompensa; Reduzir riscos praticando o auto-controlo;

Leia mais

Prefácio. Educar é provocar a inteligência, é a arte do desafio. (Cury, 2004: 126).

Prefácio. Educar é provocar a inteligência, é a arte do desafio. (Cury, 2004: 126). 1 Prefácio O livro presente é um conjunto de textos, ilustrações e fotografias que surgiram da necessidade de se trabalhar cooperativamente, de modo a aprofundar-se melhor o tema do nosso Projecto Educativo

Leia mais

Você sabia? Que a água que chega à torneira da sua casa é distribuída pela Manaus Ambiental? A empresa é a responsável pela água e esgoto de Manaus.

Você sabia? Que a água que chega à torneira da sua casa é distribuída pela Manaus Ambiental? A empresa é a responsável pela água e esgoto de Manaus. Cartilha Você sabia? Que a água que chega à torneira da sua casa é distribuída pela Manaus Ambiental? A empresa é a responsável pela água e esgoto de Manaus. Você sabe como é feito o tratamento da água

Leia mais

Suas pernas para pedalar, escalar, levantar da cama, ir aonde

Suas pernas para pedalar, escalar, levantar da cama, ir aonde Use-se Post (0043) No que se referem os adultos, todo mundo sabe mais ou menos onde está se metendo, ninguém é totalmente inocente. Se nos usam, algum consentimento a gente deu, mesmo sem termos assinado

Leia mais

José Roberto TORERO Marcus Aurelius PIMENTA

José Roberto TORERO Marcus Aurelius PIMENTA José Roberto TORERO Marcus Aurelius PIMENTA Copyright 2012 by Padaria de Textos Copyright das ilustrações 2012 by Eduardo Oliveira Todos os direitos desta edição reservados à EDITORA OBJETIVA LTDA. Rua

Leia mais

Mentira tem perna curta de Emílio Carlos

Mentira tem perna curta de Emílio Carlos Mentira tem perna curta de Emílio Carlos Era uma tarde como outra qualquer. Pedro e Ana tinham chegado da escola e almoçado. Depois viram um pouco de TV e agora era a hora de fazer a tarefa. Enquanto Pedro

Leia mais

Manual do. Curioso para saber como cuidar do seu novo amiguinho? VEM COMIGO PARA DESCOBRIR!

Manual do. Curioso para saber como cuidar do seu novo amiguinho? VEM COMIGO PARA DESCOBRIR! Manual do Curioso para saber como cuidar do seu novo amiguinho? VEM COMIGO PARA DESCOBRIR! O laboratório Labovet trabalha desde 1991 na produção de medicamentos e produtos de higiene para animais pet,

Leia mais

OFICINA DE ORGANIZAÇÃO PESSOAL MARCIA NOLETO PERSONAL ORGANIZER

OFICINA DE ORGANIZAÇÃO PESSOAL MARCIA NOLETO PERSONAL ORGANIZER OFICINA DE ORGANIZAÇÃO PESSOAL MARCIA NOLETO PERSONAL ORGANIZER MEU TEMPO É PRECIOSO ROTINA INSANA CAOS COMIDA PARA FAZER CASA PARA LIMPAR FILHOS PARA CUIDAR TRABALHO COMO SER ORGANIZADA? Processo que

Leia mais

O Estranho Homem. S. Esteves

O Estranho Homem. S. Esteves O Estranho Homem S. Esteves [ 2 ] O conteúdo desta obra literária inclusive as imagens, está protegido pela legislação autoral vigente no Brasil, e pelas regras internacionais estabelecidas na Convenção

Leia mais

Exercícios de gramática do uso da língua portuguesa do Brasil

Exercícios de gramática do uso da língua portuguesa do Brasil Sugestão: estes exercícios devem ser feitos depois de estudar a Unidade 4 por completo do livrotexto Muito Prazer Unidade 4 I Verbos regulares no futuro do presente simples indicativo Estar Ser Ir Eu estarei

Leia mais

Pesquisa. Setembro 2014

Pesquisa. Setembro 2014 Pesquisa Setembro 2014 Perfil Quem é o nosso time? 66% está conosco há mais de 1 ano 69% são casadas 68% tem Filhos, 42% desses adolescentes Média de Idade 32 anos (20 a 56) 93% são mulheres 61% cursando

Leia mais

CADERNO DE INTERVENÇÃO EM DISFONIA INFANTIL. Diz a Vozinha. Lia Cancela Ilustrado por: Soraia Sòl

CADERNO DE INTERVENÇÃO EM DISFONIA INFANTIL. Diz a Vozinha. Lia Cancela Ilustrado por: Soraia Sòl CADERNO DE INTERVENÇÃO EM DISFONIA INFANTIL Diz a Vozinha Lia Cancela Ilustrado por: Soraia Sòl Índice 1 - Consciencialização de comportamentos de saúde vocal Oh vozinha quem é o terapeuta da fala? Oh

Leia mais

Registo de Opinião Sobre o 1.º Ano de Projecto. Crianças

Registo de Opinião Sobre o 1.º Ano de Projecto. Crianças Registo de Opinião Sobre o 1.º Ano de Projecto Crianças Gostei de muito de estar aqui na escola, de brincar com todos, gostei muito, muito do acampamento e das visitas de estudo e para o ano vou ficar

Leia mais

Bíblia para crianças. apresenta JESUS CURA UM CEGO

Bíblia para crianças. apresenta JESUS CURA UM CEGO Bíblia para crianças apresenta JESUS CURA UM CEGO Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Janie Forest Adaptado por: Ruth Klassen O texto bíblico desta história é extraído ou adaptado da Bíblia na Linguagem

Leia mais

Como conduzir uma entrevista de início vencendo as objeções...

Como conduzir uma entrevista de início vencendo as objeções... Como conduzir uma entrevista de início vencendo as objeções... Danielle Chaves Diretora de Vendas Independente Mary Kay 1 Faça uma visita ao você do futuro Se você não entende a importância de plantar,

Leia mais

Aprender a comer bem

Aprender a comer bem Aprender a comer bem 3 Todos os dias os Cufitas vão para escola aprender coisas novas. Aprender a ler, a escrever e no recreio brincam com os amigos. Um dia no recreio, encontraram o João a chorar e perguntaram-lhe:

Leia mais

c- Muitas vezes nos deparamos com situações em que nos sentimos tão pequenos e às vezes pensamos que não vamos dar conta de solucioná-las.

c- Muitas vezes nos deparamos com situações em que nos sentimos tão pequenos e às vezes pensamos que não vamos dar conta de solucioná-las. FICHA DA SEMANA 5º ANO A e B Instruções: 1- Cada atividade terá uma data de realização e deverá ser entregue a professora no dia seguinte; 2- As atividades deverão ser copiadas e respondidas no caderno,

Leia mais

Disciplinar na Adolescência: Onde está o manual de instruções?

Disciplinar na Adolescência: Onde está o manual de instruções? Disciplinar na Adolescência: Onde está o manual de instruções? Disciplinar na Adolescência: Onde está o manual de instruções? Na adolescência (autonomia, responsabilidade, relação pais filhos, regras e

Leia mais

A ser preenchido para todos os moradores do domicílio com 50 anos e mais de idade, pelos próprios ou pelo informante do domicílio ou pelo cuidador.

A ser preenchido para todos os moradores do domicílio com 50 anos e mais de idade, pelos próprios ou pelo informante do domicílio ou pelo cuidador. Módulo I Saúde dos indivíduos com 50 anos e mais A ser preenchido para todos os moradores do domicílio com 50 anos e mais de idade, pelos próprios ou pelo informante do domicílio ou pelo cuidador. Primeiramente,

Leia mais

Teatro A História da Carochinha

Teatro A História da Carochinha Teatro A História da - O meu nome é, gosto muito de limpar. Arrumo a casa toda, sempre a cantar. Tenho uma vida pacata mas gostava de casar. Vestir um vestido branco e um marido arranjar. Mas preciso de

Leia mais

Êta bicho curioso! Sempre tentamos entender como funcionam as coisas?

Êta bicho curioso! Sempre tentamos entender como funcionam as coisas? Êta bicho curioso! Oi! Tem uma coisa engraçada acontecendo comigo: estou super curioso sobre tudo. Minha mãe que anda louca comigo pois não paro de perguntar o porquê de tudo...mas olha só quanta coisa

Leia mais

PROJETO ALFABETIZANDO JÁ! 3º ANO

PROJETO ALFABETIZANDO JÁ! 3º ANO A Galinha Ruiva Era uma vez uma galinha ruiva, que morava com seus pintinhos numa fazenda. Um dia ela encontrou umas espigas de milho e pensou que se o semeasse e quando estivesse maduro, pronto para colher,

Leia mais

Antonio uma visita inusitada

Antonio uma visita inusitada Antonio uma visita inusitada Era sábado,uma manha com um sol lindo no verão todas as manha são lindas e radiantes.acordei Maria com beijo e entreguei sua mamadeira apesar de ter quatro anos ainda gosta

Leia mais

O QUE SABEMOS: O QUE QUEREMOS SABER: ONDE PODEMOS SABER: O QUE É O CINEMA? O QUE É PRECISO PARA FAZER FILMES? O QUE CONTAM OS FILMES?

O QUE SABEMOS: O QUE QUEREMOS SABER: ONDE PODEMOS SABER: O QUE É O CINEMA? O QUE É PRECISO PARA FAZER FILMES? O QUE CONTAM OS FILMES? SALA 4B Após a exploração de uma história em que a ilustração mostrava uma cidade toda cinzenta, as crianças levantaram hipóteses sobre a sua possível causa: - Parece o tempo antigo (Tiago F.) - Parece

Leia mais

À CONVERSA COM UMA PROFISSIONAL

À CONVERSA COM UMA PROFISSIONAL À CONVERSA COM UMA PROFISSIONAL A 27 de abril de 2012, os alunos do 2º F do curso profissional de Técnico de Turismo, realizaram uma entrevista, a uma profissional da área. A entrevista foi previamente

Leia mais

Segmentos da Entrevista do Protocolo 5: Alunos do Pré-Escolar

Segmentos da Entrevista do Protocolo 5: Alunos do Pré-Escolar Segmentos da Entrevista do Protocolo 5: Alunos do Pré-Escolar CATEGORIAS OBJECTIVOS ESPECÍFICOS S. C. Sim, porque vou para a beira de um amigo, o Y. P5/E1/UR1 Vou jogar à bola, vou aprender coisas. E,

Leia mais

DATA: 02/10/15 ETAPA: 3ª VALOR: 15,0 NOTA: ASSUNTO: 1ª parcial SÉRIE: 6º ano TURMA:

DATA: 02/10/15 ETAPA: 3ª VALOR: 15,0 NOTA: ASSUNTO: 1ª parcial SÉRIE: 6º ano TURMA: DISCIPLINA: Língua Portuguesa PROFESSORAS: Patrícia e Rose DATA: 02/10/15 ETAPA: 3ª VALOR: 15,0 NOTA: ASSUNTO: 1ª parcial SÉRIE: 6º ano TURMA: NOME COMPLETO: Coordenação Nº: I N S T R U Ç Õ E S 1. Esta

Leia mais

ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO - 4º ano -

ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO - 4º ano - COLÉGIO ARNALDO 2014 ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO - 4º ano - PORTUGUÊS Aluno(a): Ano: Professora: Valor: 20 pontos Obteve: Conteúdo de Recuperação Identificar o sentido ou expressão em um texto. Localizar

Leia mais

O que há por trás do véu?

O que há por trás do véu? O que há por trás do véu? Ex 34:29-35 Ao lermos esses versículos, a primeira coisa que observamos é que Moisés era um homem, um líder muito próximo, muito íntimo de Deus! A ponto de ficar com o seu rosto

Leia mais

REPRESENTAÇÃO/INVENÇÃO

REPRESENTAÇÃO/INVENÇÃO REPRESENTAÇÃO/INVENÇÃO Vanessa Pincerato Fernandes 1 Dolores Scarparo 2 RESUMO Este trabalho analisa dois textos, do discurso literário, produzidos por alunos de Ensino Fundamental. Esta análise compreende

Leia mais

A Formiga. Gustavo Rela

A Formiga. Gustavo Rela A Formiga e a Baleia Gustavo Rela Enia Mara de Carvalho São Paulo 2014 Copyright 2014 by Editora Baraúna SE Ltda Capa e ilustrações Gustavo Rela Projeto Gráfico Jacilene Moraes Produção Textual Gustavo

Leia mais

RENDA FIXA SEM MISTÉRIOS

RENDA FIXA SEM MISTÉRIOS Talvez você já tenha vivido o momento de encontrar uma nota de R$50,00 perdida num dos bolsos de uma calça que há tempos não usava, certamente vai se lembrar da felicidade que esta agradável surpresa te

Leia mais

A IGREJA E OS DESAFIOS DA CULTURA URBANA Rev. Valdinei A. Ferreira. 1 Coríntios 14.10-12

A IGREJA E OS DESAFIOS DA CULTURA URBANA Rev. Valdinei A. Ferreira. 1 Coríntios 14.10-12 A IGREJA E OS DESAFIOS DA CULTURA URBANA Rev. Valdinei A. Ferreira 1 Coríntios 14.10-12 Se reconhecemos o Espírito de Deus como única fonte e manancial da verdade, não menosprezaremos a verdade onde quer

Leia mais

FUNÇÕES SINTÁTICAS DOS PRONOMES PESSOAIS OBLÍQUOS ÁTONOS

FUNÇÕES SINTÁTICAS DOS PRONOMES PESSOAIS OBLÍQUOS ÁTONOS LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA: FUNÇÕES SINTÁTICAS DOS PRONOMES PESSOAIS OBLÍQUOS ÁTONOS PROF.º PAULO SCARDUA PRONOME OBLÍQUO O E VARIAÇÕES SUJEITO DE VERBO NO INFINITIVO O pronome obliquo O, quando acompanha

Leia mais

CATEQUESE 10 JESUS ENTREGA A SUA VIDA

CATEQUESE 10 JESUS ENTREGA A SUA VIDA CATEQUESE 10 JESUS ENTREGA A SUA VIDA Objectivos: 1. Descobrir na entrega da vida de Jesus a plenitude da Sua relação com Deus Pai. 2. Acolher a fidelidade de Jesus a esta relação como geradora de vida

Leia mais

HISTÓRIAS DA BÍBLIA. para ler e pensar

HISTÓRIAS DA BÍBLIA. para ler e pensar HISTÓRIAS DA BÍBLIA para ler e pensar 9789897410048 Alice Vieira HISTÓRIAS DA BÍBLIA para ler e pensar ilustrações de Carla Nazareth A história de Rute Era um tempo de grandes fomes e privações. Uma mulher,

Leia mais

Mini Curso Fé Espartana

Mini Curso Fé Espartana Mini Curso Fé Espartana Todos os Direitos Reservados à SegredosdaFe.com 2014 Este produto pode ser distribuído livremente, desde que não seja alterado. Autor José Fernando, 44 anos, servo do Senhor, casado,

Leia mais

CRIE SEU CANTOR VIRTUAL

CRIE SEU CANTOR VIRTUAL CRIE SEU CANTOR VIRTUAL CRIE SEU CANTOR VIRTUAL Já pensou que ótimo seria se você pudesse ter um VOCALOID só seu para cantar junto com seu favorito? É possível você ter um cantor virtual com a sua voz

Leia mais

Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva

Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva Orientação para pacientes com Cálculo (pedra) da vesícula. Quem pode ter pedra (cálculo) na vesícula? Pedra ou calculo da vesícula e uma doença bastante comum.

Leia mais

01 RABISQUE ALGO "Ahh mas eu não sei desenhar...". Gente, eu não faço nem boneco palito, sério mesmo! Quando eu digo que a gente precisa desenhar, podem ser desenhos simples, rabiscos! Esteja sempre fazendo

Leia mais

TERMÔMETRO DA INTENSIDADE SEXUAL FEMININA INICIAR TESTE

TERMÔMETRO DA INTENSIDADE SEXUAL FEMININA INICIAR TESTE TERMÔMETRO DA INTENSIDADE SEXUAL FEMININA INICIAR TESTE TERMÔMETRO DA INTENSIDADE SEXUAL FEMININA O ciclo da resposta sexual da mulher é composto por três fases: Desejo, excitação e orgasmo. Ao responder

Leia mais

EAA Editora ARARA AZUL Ltda Revista Virtual de Cultura Surda ENTREVISTA. Carilissa Dall Alba

EAA Editora ARARA AZUL Ltda Revista Virtual de Cultura Surda ENTREVISTA. Carilissa Dall Alba EAA Editora ARARA AZUL Ltda Revista Virtual de Cultura Surda IDENTIFICAÇÃO Nome: Cidade: Estado: País: Formação: Profissão: Local de Trabalho: Local de Estudo: Contatos: Santa Maria RS Brasil Mestrado

Leia mais

NOVIDADES MULHERES EM ACÇÃO - CABINDA

NOVIDADES MULHERES EM ACÇÃO - CABINDA NOVIDADES MULHERES EM ACÇÃO - CABINDA JANEIRO 2011 - DEZEMBRO 2012 GOVERNO PROVINCIAL DE CABINDA INTRODUÇAO Financiado pela União Europeia Implementado pela ADPP Angola com o apoio do Governo Provincial

Leia mais

Tema do Projeto Educativo: Quero ser grande e feliz

Tema do Projeto Educativo: Quero ser grande e feliz Tema do Projeto Educativo: Quero ser grande e feliz A primeira tarefa da educação é ensinar a ver É através dos olhos que as crianças tomam contacto com a beleza e o fascínio do mundo Os olhos têm de ser

Leia mais

ANEXO II REGISTOS DE OBSERVAÇÃO. Descrição Diária 1 Registo de Incidente Crítico 1 Registo de Incidente Crítico 2 Registo de Incidente Crítico 3

ANEXO II REGISTOS DE OBSERVAÇÃO. Descrição Diária 1 Registo de Incidente Crítico 1 Registo de Incidente Crítico 2 Registo de Incidente Crítico 3 ANEXO II REGISTOS DE OBSERVAÇÃO Descrição Diária 1 Registo de Incidente Crítico 1 Registo de Incidente Crítico 2 Registo de Incidente Crítico 3 Descrição Diária 1 Data: 29/10/2014 Nome da criança: Beatriz

Leia mais

OFICINA DE ESCRITA. Uma aventura na Biblioteca

OFICINA DE ESCRITA. Uma aventura na Biblioteca OFICINA DE ESCRITA Uma aventura na Biblioteca Esta oficina de escrita surgiu no seguimento da visita à Biblioteca de uma turma do 5º ano de escolaridade e foi realizada em conjunto com a disciplina de

Leia mais

Treinamento sobre Progress Report.

Treinamento sobre Progress Report. Treinamento sobre Progress Report. Objetivo O foco aqui é trabalhar o desenvolvimento pessoal de cada aluno. O instrutor irá analisar cada um e pensar em suas dificuldades e barreiras de aprendizado e,

Leia mais

CURSO DE SUPERVISORES

CURSO DE SUPERVISORES 2016 CURSO DE SUPERVISORES [Com Ferramentas de Coaching] AULA 3 Bruno Monteiro INSTITUTO LIDERANÇA DE SUCESSO AAULA 3 APRENDENDO A ENCORAJAR OS LIDERADOSR O supervisor precisa saber encorajar os seus liderados

Leia mais

Top Copywriting Para Vendas

Top Copywriting Para Vendas Top Copywriting Para Vendas (TOP COPYWRITING PARA VENDAS + 3 BÔNUS ESPECIAIS) - Você Vai Aprender De Forma Incrivelmente Simples E Rápida Como Alcançar O Tão Esperado Sucesso Nas Suas Vendas Online, Mesmo

Leia mais

O TERRÍVEL SENHOR SAL E O REINO CORPO HUMANO

O TERRÍVEL SENHOR SAL E O REINO CORPO HUMANO O TERRÍVEL SENHOR SAL E O REINO CORPO HUMANO MOVIMENTO 2020 MOVIMENTO 2020 O TERRÍVEL SENHOR SAL E O REINO CORPO HUMANO Era uma vez um reino mágico chamado Corpo Humano, onde tudo funcionava em sintonia.

Leia mais

RJ - Iphan dá uma nova esperança para a preservação da Aldeia Maracanã

RJ - Iphan dá uma nova esperança para a preservação da Aldeia Maracanã RJ - Iphan dá uma nova esperança para a preservação da Aldeia Maracanã Iphan promete esforço para tombamento da Aldeia. Índios mostram projetos. Reunião reacendeu a esperança de não ver o antigo Museu

Leia mais

Dicas Para Ser Um Ótimo Músico. Parte 1/6. Departamento de Música AD Vale das Virtudes

Dicas Para Ser Um Ótimo Músico. Parte 1/6. Departamento de Música AD Vale das Virtudes Dicas Para Ser Um Ótimo Músico Parte 1/6 Departamento de Música AD Vale das Virtudes Paz do Senhor Jesus! É com muita alegria e satisfação que lhe apresentamos nosso 1º Curso Online ministrado pelo do

Leia mais

Leitura e Mediação Pedagógica

Leitura e Mediação Pedagógica Protocolo Colaborador: 23 Leitura e Mediação Pedagógica S. Pesquisador: Helen Danyane Soares Caetano de Souza 04-set-10 Dentro de casa tem Transcrição (1) P: Bom dia S.? (2) C: Bom dia. (3) P: Tudo bem?

Leia mais

O objectivo desta curta comunicação é tentar definir o que é este algo e como promovê-lo.

O objectivo desta curta comunicação é tentar definir o que é este algo e como promovê-lo. Aprender a Pensar v251102 Ao trabalhar no Núcleo de Aconselhamento Psicológico, muitas vezes somos confrontados com pessoas que apresentam dificuldades em estudar. Esta comunicação é fruto de algumas reflexões

Leia mais

BREVE REFLEXÃO SOBRE A PRÁTICA PEDAGÓGICA EM AULAS NO ENSINO MÉDIO

BREVE REFLEXÃO SOBRE A PRÁTICA PEDAGÓGICA EM AULAS NO ENSINO MÉDIO 466 BREVE REFLEXÃO SOBRE A PRÁTICA PEDAGÓGICA EM AULAS NO ENSINO MÉDIO Hélio Márcio Nunes Lacerda UFT/Letras heliomarcio207@yahoo.co.uk Naiana Siqueira Galvão UFT/Letras anaiangalvao@hotmail.com Esse trabalho

Leia mais

FISHBOWL: Como sair do básico em busca de produtividade e inovação

FISHBOWL: Como sair do básico em busca de produtividade e inovação FISHBOWL: Como sair do básico em busca de produtividade e inovação Facilitador: Matheus Haddad (Webgoal) Estamos descobrindo novas formas de inovar ao mesmo tempo em que buscamos manter uma boa produtividade

Leia mais

Palavra & Vida Sugestões Didáticas 4 T/2013

Palavra & Vida Sugestões Didáticas 4 T/2013 Palavra & Vida Sugestões Didáticas 4 T/2013 Dulce Helena da Silva Mota de Lima Educadora Religiosa / Professora e Assistente Social Lição 12- O Sucesso que faz bem Texto Bíblico- Provérbios 3.2 Objetivos

Leia mais

PROJETO 02 Análise de uma situação de aprendizagem baseada nas TIC

PROJETO 02 Análise de uma situação de aprendizagem baseada nas TIC Universidade Estadual de Campinas CS405 Tecnologia e Educação Prof: Jose Armando Valente Carolina Nivoloni RA070420 e Natalia Damaceno Spostes RA 063332 PROJETO 02 Análise de uma situação de aprendizagem

Leia mais

Isabela de Mello Iori. Reportagem Literária. ONG Crescimento Limpo

Isabela de Mello Iori. Reportagem Literária. ONG Crescimento Limpo Faculdade Prudente de Moraes Isabela de Mello Iori Jornalismo / 4º Semestre Reportagem Literária ONG Crescimento Limpo Profª Rosana Bueno Disciplina: Técnicas de Reportagem ITU / SP Reportagem Literária

Leia mais

Questionário de avaliação diagnóstica / Preliminary questionnaire

Questionário de avaliação diagnóstica / Preliminary questionnaire Este questionário foi aplicado durante o mês de Outubro a 105 alunos do 7º e 8º ano e pretende avaliar o nível de conhecimento que os alunos têm sobre Direitos da Criança. This questionnaire has been applied

Leia mais

Preparação psicológica e emocional para o vestibular e concursos

Preparação psicológica e emocional para o vestibular e concursos Preparação psicológica e emocional para o vestibular e concursos A familiaridade com a palavra vestibular provavelmente surgiu na sua vida durante o ensino médio e possivelmente se transformou num gerador

Leia mais

FISIOTERAPIA. " Orientações sobre a fisioterapia para pais de crianças com epidermólise bolhosa "

FISIOTERAPIA.  Orientações sobre a fisioterapia para pais de crianças com epidermólise bolhosa FISIOTERAPIA " Orientações sobre a fisioterapia para pais de crianças com epidermólise bolhosa " http://blog.ebinfoworld.com/?p=80 Traduzido e adaptado por Gisele Malaquias, fisioterapeuta em Cerqueira

Leia mais

Ahmmm... Deus? O mesmo flash de ainda há pouco e, de novo, estava à Sua frente:

Ahmmm... Deus? O mesmo flash de ainda há pouco e, de novo, estava à Sua frente: EAÍ, CARA? O que é que eu estou fazendo aqui? Quem é você? Você sabe muito bem quem Eu sou. É... Vai fundo, fala!... Deus? Viu? Não era tão difícil assim! Claro que Eu sou Deus. É assim que você Me imaginava,

Leia mais

O NASCIMENTO DE MOISÉS Lição 28

O NASCIMENTO DE MOISÉS Lição 28 O NASCIMENTO DE MOISÉS Lição 28 1 1. Objetivos: Ensinar que Deus tinha um plano para Moisés. Ensinar a cada aluno que Deus tem um plano para sua vida e ele pode confiar em Deus para guia-lo. 2. Lição Bíblica:

Leia mais

Meu Guia. Pamella Padilha

Meu Guia. Pamella Padilha Meu Guia Pamella Padilha Meu Guia Sentir se confiante (postura na coluna) para falar, pensar, agir, olhar. Posso olhar e falar com qualquer pessoa, desde o mendigo até a pessoa mais linda do mundo, ter

Leia mais

É HORA DE INVESTIR EM VOCÊ

É HORA DE INVESTIR EM VOCÊ 01 É HORA DE INVESTIR EM VOCÊ Como inovar na carreira e se dar bem no mercado. Lídice da Matta 02 03 Sumário Introdução... 4 Não tenha medo de errar... 7 Veja mudanças como oportunidades... 8 Busque referências...

Leia mais

Verticalização 'cerca' casas em bairros de São Paulo

Verticalização 'cerca' casas em bairros de São Paulo Verticalização 'cerca' casas em bairros de São Paulo Onda de empreendimentos imobiliários deixa moradores ilhados. Entre 2001 e 2010 foram lançados 3.420 edifícios residenciais na capital. Maria Aparecida

Leia mais

AS AVENTURAS DE MIGUEL - Bernardo S. Schmitt-

AS AVENTURAS DE MIGUEL - Bernardo S. Schmitt- AS AVENTURAS DE MIGUEL - Bernardo S. Schmitt- Era uma vez um menino chamado Miguel. Num dia sua mãe falou: - Olha, filho, hoje você vai para escola de ônibus. E o Miguel falou: - Mas eu não sou pequeno?

Leia mais

AUTORES E ILUSTRADORES: FRANCISCO PAGENOTTO LOPES HELENA CHRISTINA ESTER HIDALGO PELICANO 1º - ANO A

AUTORES E ILUSTRADORES: FRANCISCO PAGENOTTO LOPES HELENA CHRISTINA ESTER HIDALGO PELICANO 1º - ANO A AUTORES E ILUSTRADORES: FRANCISCO PAGENOTTO LOPES HELENA CHRISTINA ESTER HIDALGO PELICANO 1º - ANO A APRESENTAÇÃO AO LONGO DESTE SEMESTRE AS CRIANÇAS DO 1º ANO REALIZARAM EM DUPLA UM TRABALHO DE PRODUÇÃO

Leia mais

Protocolo de Atendimento de Cliente que vai a Experiência Domiciliar Assistentes

Protocolo de Atendimento de Cliente que vai a Experiência Domiciliar Assistentes Protocolo de Atendimento de Cliente que vai a Experiência Domiciliar Assistentes Apresentado em 12 de dezembro de 2011. CLIENTE VAI EM TESTE DOMICILIAR O visual da Loja deve estar de acordo com o protocolo

Leia mais

Tarefa 5: Elaborando Atividade para EAD (Parte 2) - Maykon dos Santos Marinho

Tarefa 5: Elaborando Atividade para EAD (Parte 2) - Maykon dos Santos Marinho Tarefa 5: Elaborando Atividade para EAD (Parte 2) Aluno: Maykon dos Santos Marinho Polo: Butantã Grupo: 16 Tutor: Maria Cláudia Padilha Tostes Tipo de atividade: Estudo de caso Caro (a) aluno (a), para

Leia mais

PROGRAMA DE VOLUNTÁRIOS DO FMDH MANUAL DO CANDIDATO

PROGRAMA DE VOLUNTÁRIOS DO FMDH MANUAL DO CANDIDATO PROGRAMA DE VOLUNTÁRIOS DO FMDH MANUAL DO CANDIDATO O Programa de Voluntários do FÓRUM MUNDIAL DE DIREITOS HUMANOS FMDH lhe da às boas vindas! Apresentamos, a seguir, orientações aos interessados em atuar

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 73 Discurso na cerimónia de inauguração

Leia mais

Criptografando os seus dados

Criptografando os seus dados Criptografando os seus dados Vou mostrar como criar um local em seu computador, uma pasta por exemplo para que você possa guardar coisas com o máximo de segurança, para isso, vamos primeiro fazer download

Leia mais

História de Carmem Biancho Flores

História de Carmem Biancho Flores História de Carmem Biancho Flores Nascimento: 14 de julho de 1953 Falecimento: 6 de outubro de 2013 Foi no dia 14 de julho de 1953 que Valdemar e Alda Biancho tiveram sua filha Carmen, que passou muitas

Leia mais

ATENÇÃO PARA O BOLETIM DO SEU FILHO!!

ATENÇÃO PARA O BOLETIM DO SEU FILHO!! ATENÇÃO PARA O BOLETIM DO SEU FILHO!! Denominação Abreviação Porcentagem Equivalente Ótimo OT 100% a 90% Muito bom MB 89% a 81% Bom B 80% a 70% Regular R 69% a 50% Insuficiente I menos de 50% Ficou com

Leia mais

A Tartaruga Marinha 1

A Tartaruga Marinha 1 A Tartaruga Marinha 1 Pipoca era um cão de raça terrier que morava perto da praia. Era uma zona agradável onde quase nunca fazia frio e por isso adorava ir passear na areia e sentir aquela brisa vinda

Leia mais

Manual Geral de Aplicação Universal Entrada 2008

Manual Geral de Aplicação Universal Entrada 2008 Universal Entrada 2008 Programa Programa - Manual do Aplicador Teste Universal - 2008 Teste Cognitivo Leitura/Escrita e Matemática Caro alfabetizador(a): Se você está recebendo este material, é porque

Leia mais

a) b) c) d) e) f) g) h) 2 1 3 3 2 1 3 3

a) b) c) d) e) f) g) h) 2 1 3 3 2 1 3 3 1. Cada alínea vale 1 ponto.[8 pontos] a) b) c) d) e) f) g) h) 2 1 3 3 2 1 3 3 2. Delimite e classifique as orações das frases que a seguir se apresentam: Cada alínea vale 1 ponto.[11 pontos] a) Quando

Leia mais

O Empreendedor Corporativo

O Empreendedor Corporativo O Empreendedor Corporativo por Alexandre Cury Como você se sente em relação ao seu trabalho? Você acorda todos os dias bem disposto e cheio de ideias ou levanta da cama com aquela sensação de quem vai

Leia mais

O ENSINO DE GEOGRAFIA: ALFABETIZAÇÃO CARTOGRÁFICA

O ENSINO DE GEOGRAFIA: ALFABETIZAÇÃO CARTOGRÁFICA O ENSINO DE GEOGRAFIA: ALFABETIZAÇÃO CARTOGRÁFICA Adriana Patrocinio Pereira. ALFABETIZAÇÃO CARTOGRÁFICA A CONSTRUÇÃO DA LATERALIDADE O banho de papel. Atividade desenvolvida na EMEF Profª Claudete da

Leia mais

Lição 10. fazer muitas orações). Formação Espiritual: Serviço, Encorajamento e Oração Dons e Mutualidade

Lição 10. fazer muitas orações). Formação Espiritual: Serviço, Encorajamento e Oração Dons e Mutualidade FRUTOS-3 Descoberta Lição 10 4-6 Anos Unidade 3: Aprendendo a Viver Como Um Amigo de Jesus Amigos de Jesus Fazem Coisas para Ajudar os Outros História Bíblica Atos 12: 1-17; 4: 36; I Tessalonicenses 5:11,

Leia mais