DATA: 02/10/15 ETAPA: 3ª VALOR: 15,0 NOTA: ASSUNTO: 1ª parcial SÉRIE: 6º ano TURMA:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "DATA: 02/10/15 ETAPA: 3ª VALOR: 15,0 NOTA: ASSUNTO: 1ª parcial SÉRIE: 6º ano TURMA:"

Transcrição

1 DISCIPLINA: Língua Portuguesa PROFESSORAS: Patrícia e Rose DATA: 02/10/15 ETAPA: 3ª VALOR: 15,0 NOTA: ASSUNTO: 1ª parcial SÉRIE: 6º ano TURMA: NOME COMPLETO: Coordenação Nº: I N S T R U Ç Õ E S 1. Esta prova contém 10 questões, sendo 4 fechadas e 6 questões discursivas. Verifique se o seu exemplar está completo. 2. Leia sempre - e atentamente - cada questão antes de responder a ela. 3. Nas questões de múltipla escolha, marque, a caneta, apenas uma alternativa. Não sendo permitidas rasuras. 4. Dê respostas completas às questões discursivas e redija-as utilizando tinta azul ou preta. Evite rasuras, não sendo permitido o uso de corretivo. 5. Sua prova é um documento, portanto não a entregue com respostas escritas a lápis. 6. LEMBRE-SE DE QUE VOCÊ SERÁ AVALIADO PELO QUE ESCREVEU E NÃO PELO QUE PENSOU EM ESCREVER; ATENTE, POIS, À FORMULAÇÃO DE SUAS RESPOSTAS. 7. Para uma possível revisão, é necessário que todas as instruções acima tenham sido seguidas e que tenha a prova guardada em seu poder. Boa prova! Há momentos na vida em que nos sentimos rei ou herói; e em outros nos sentimos uma pulga ou uma mosca. O texto a seguir vai nos mostrar o sentimento da personagem principal pelo fato de ela descobrir que havia mais de uma garota com o nome Maria. Você já se deu conta de que, em todo o mundo, só existe um você? TEXTO I UMA DAS MARIAS Um dia, Maria chegou em casa da escola muito triste. O que foi? perguntou a mãe de Maria. Mas Maria nem quis conversa. Foi direto para o seu quarto, pegou o seu Snoopy e se atirou na cama, onde ficou deitada, emburrada. A mãe de Maria foi ver se Maria estava com febre. Não estava. Perguntou se Maria estava sentindo alguma coisa. Não estava. Perguntou se estava com fome. Não estava. Perguntou o que era então. Nada disse Maria. A mãe resolveu não insistir. Deixou Maria deitada na cama, abraçada com seu Snoopy, emburrada. Quando o pai de Maria chegou em casa do trabalho, a mãe de Maria avisou: Melhor nem falar com ela... Maria estava com cara de poucos amigos. Pior. Estava com cara de amigo nenhum. Na mesa do jantar, Maria de repente falou: Eu não valo nada. O pai de Maria disse: Em primeiro lugar, não se diz eu não valo nada. É eu não valho nada. Em segundo lugar, não é verdade. Você vale muito. Quer dizer, vale muito. Não valho. Mas o que é isso? disse a mãe de Maria. Você é a nossa filha querida. Todos gostam de você. A mamãe, o papai, a vovó, os tios, as tias. Para nós, você é uma preciosidade. Mas Maria não se convenceu. Disse que era igual a mil outras pessoas. Só na minha aula tem sete Marias! Querida... começou a dizer a mãe. Mas o pai interrompeu. Maria disse o pai você sabe por que um diamante vale tanto dinheiro? Porque é bonito. Porque é raro. Um pedaço de vidro também é bonito. Mas o vidro se encontra em toda parte. Um diamante é difícil de encontrar. Quanto mais rara é uma coisa, mais ela vale. Você sabe por que o ouro vale tanto? Por quê? Porque tem pouquíssimo ouro no mundo. Se ouro fosse como areia, a gente ia caminhar no ouro, ia rolar no ouro, e depois ia chegar em casa e lavar o ouro do corpo para não ficar suja. Agora, imagina se em todo mundo só existisse uma pepita de ouro. Ia ser a coisa mais valiosa do mundo. Pois é. E em todo mundo só existe uma Maria. Só na minha aula são sete. Mas são outras Marias. São iguais a mim. Dois olhos, um nariz... Mas essa pintinha aqui nenhuma delas tem. É...

2 Você já se deu conta que em todo o mundo só existe uma você? Mas pai... Só uma. Você é uma raridade. Podem existir outras parecidas. Mas você, você mesma, só existe uma. Se algum dia aparecer outra você na sua frente, você pode dizer: é falsa. Então eu sou a coisa mais valiosa do mundo. Olha, você deve estar valendo aí uns três trilhões... Naquela noite a mãe de Maria passou perto do quarto dela e ouviu Maria falando com o Snoopy: Sabe um diamante?... (VERÍSSIMO, Luis Fernando. O santinho. 3ª ed. Porto Alegre: L&PM, p ) QUESTÃO 01 Valor: 1,5 (Descritor: Explicar informação explícita presente no texto.). O texto que você acabou de ler é uma crônica, uma narrativa que se baseia em fatos do dia a dia. Após sua leitura, é possível perceber que a protagonista chega da escola muito triste porque A) a mãe não insiste em saber o problema que ela enfrenta. B) ela tem poucos amigos na escola onde estuda. C) ela não identifica as colegas de turma como Maria. D) a mãe não queria que o pai falasse com ela. E) ela não se sente uma menina especial. QUESTÃO 02 Valor: 1,5 (Descritor: Inferir o sentido de uma palavra ou expressão a partir de um contexto imediato.) COMENTE o sentido da expressão Estava com cara de amigo nenhum. Maria estava zangada e não queria falar com ninguém. QUESTÃO 03 Valor: 1,5 (Descritor: Redigir parágrafo, levantando hipóteses sobre dados, elementos e situações presentes em textos.) A mãe tenta convencer Maria de que ela é importante. O pai, vendo que os argumentos da mãe não conseguem convencê-la, muda de estratégia e a compara a um diamante. REDIJA um parágrafo, explicitando o que haveria em comum entre a menina e o objeto comparado. O fato de ambos serem raros, difíceis de serem encontrados e, por isso, valerem muito, fez com que o pai utilizasse tal argumento. QUESTÃO 04 Valor: 1,5 (Descritor: Reconhecer os mecanismos de coesão como recursos materiais de construção da coerência textual, visando à produção de sentido.)

3 Observe os seguintes trechos: I - Um dia, Maria chegou em casa da escola muito triste. O que foi? perguntou a mãe de Maria. Mas Maria nem quis conversa. Foi direto para o quarto, pegou o seu Snoopy e se atirou na cama, onde ficou deitada, emburrada. II - Você já se deu conta que em todo mundo só existe uma de você? Mas pai... Só uma. Você é uma raridade. Podem existir outras parecidas. Mas você, você mesma, só existe uma. O uso do sinal de interrogação no trecho I e das reticências trecho II, representa, respectivamente: A) curiosidade discordância. B) dúvida susto. C) impaciência contrariedade. D) silenciamento preocupação. E) suspense indignação. QUESTÃO 05 Valor: 1,5 (Descritor: Inferir o significado de palavras e expressões em determinado contexto.) Ao responder à filha, dizendo Mas são outras Marias o pai A) arrepende-se do nome fornecido à filha, ao vê-la muito triste. B) concorda com a filha, repetindo uma reclamação feita por Maria. C) contraria a filha ao dizer que ser igual às outras Marias é bom. D) reclama com a filha, por ter escolhido este nome com carinho. E) tenta convencer a filha de que ela é tão única quanto diamante. QUESTÃO 06 Valor: 1,5 (Descritor: Comentar uma informação do texto, relacionando-a com outras pressupostas pelo contexto.) Para finalizar a conversa, o pai transforma o valor da menina, como pessoa, em valor monetário. COMENTE o motivo de ele dar a Maria um valor tão alto. O pai dá à filha um valor muito alto porque a ama muito; ou, na tentativa de convencê-la, utiliza um valor alto para impressioná-la. QUESTÃO 07 Valor: 1,5 (Descritor: Indicar valor semântico do termo grifado.) No terceiro parágrafo do texto, há a seguinte frase: Mas Maria nem quis conversa. A) INDIQUE uma palavra de significado equivalente que possa substituir o termo grifado. A palavra que pode substituir o termo grifado sem prejuíso de sentido é não.

4 B) TRANSCREVA do texto outra frase em que a palavra nem aparece com o mesmo significado. Melhor nem falar com ela... QUESTÃO 08 Valor: 1,5 (Descritor: Verificar, por meios de questões propostas, a função semântico-estilística da classe de palavras na construção do texto.) Analise as palavras utilizadas na composição da frase abaixo. Naquela noite a (1) mãe de Maria (2) passou perto do quarto dela e ouviu(3) Maria falando com o Snoopy(4) CLASSIFIQUE os termos grifados em: substantivo, artigo, verbo e locução adjetiva. 1) artigo 2) locução adjetiva 3) verbo 4) substantivo TEXTO II Segundo Freire, a adoção é o processo afetivo e legal por meio do qual uma criança passa a ser filho de um adulto ou de um casal. (..) Adotar é então tornar filho, pela lei e pelo afeto, uma criança que perdeu, ou nunca teve, a proteção daqueles que a geraram. Leia o texto abaixo para responder às questões 7 e 8. O QUE É PRECISO PARA SER PAI A psicóloga Luciana Pereira Barreto, que trabalha no serviço de Psicologia da Vara Central da Infância e da Juventude, em São Paulo, explica que o Estatuto da Criança e do Adolescente não permite que uma criança seja retirada de sua família por causa da pobreza. De acordo com as leis brasileiras, para que uma criança seja adotada, é preciso provar que ela foi abandonada ou, por algum motivo sério, que o juiz decida que ela precisa morar com outra família. Para que a adoção dê certo, Luciana diz que o desejo de um adulto em se tornar pai de uma criança que ele não gerou é muito importante. Os pais adotivos não podem simplesmente querer ajudar uma criança sem família. Para a psicóloga, a criança sempre deve saber que foi adotada, mesmo que isso tenha acontecido quando ela era um bebê. (Folha de S. Paulo, Folhinha. São Paulo, 12 ago. 2009) QUESTÃO 09 Valor: 1,5 (Descritor: Indicar finalidade de textos de diferentes gêneros.) A finalidade da reportagem O que é preciso para ser pai é: A) Contar a história de uma criança que foi adotada. B) Descrever a relação de uma criança com seus pais adotivos. C) Divulgar o Estatuto da Criança para os seus leitores. D) Esclarecer as condições para se adotar uma criança. E) Explicar a função do juiz na adoção de crianças.

5 QUESTÃO 10 Valor: 1,5 (Descritor: Contestar afirmação, considerando o texto lido.) Em casos de adoção é fundamental manter o sigilo sobre o tema, para garantir a felicidade da família. A afirmativa condiz com a opinião da psicóloga? JUSTIFIQUE sua resposta. A afirmativa não condiz com a afirmativa da psicóloga. Segundo ela é fundamental que a criança saiba que foi adotada.

1º SIMULADO DE PORTUGUÊS 6º ANO CMBH/ 1º SEMESTRE

1º SIMULADO DE PORTUGUÊS 6º ANO CMBH/ 1º SEMESTRE CENPRO 1 1º SIMULADO DE PORTUGUÊS 6º ANO CMBH/ 1º SEMESTRE 1ª parte Leia atentamente o texto a seguir e depois responda aos itens de 01 a 20. O DIAMANTE Luís Fernando Veríssimo 05 10 15 20 25 30 35 40

Leia mais

DATA: VALOR: 20 PONTOS NOTA: ASSUNTO: TRABALHO DE RECUPERAÇÃO FINAL NOME COMPLETO:

DATA: VALOR: 20 PONTOS NOTA: ASSUNTO: TRABALHO DE RECUPERAÇÃO FINAL NOME COMPLETO: DISCIPLINA: FILOSOFIA PROFESSOR: ENRIQUE MARCATTO DATA: VALOR: 20 PONTOS NOTA: NOME COMPLETO: ASSUNTO: TRABALHO DE RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 1ª EM TURMA: Nº: I N S T R U Ç Õ E S 1. Esta atividade contém

Leia mais

DATA: 02 / 12 / 2013 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA:

DATA: 02 / 12 / 2013 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: 0 / / 03 UNIDADE: III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

LISTA DE RECUPERAÇÃO DE LINGUAGENS 7º ANO CARLA

LISTA DE RECUPERAÇÃO DE LINGUAGENS 7º ANO CARLA LISTA DE RECUPERAÇÃO DE LINGUAGENS 7º ANO CARLA TEXTO 1. De onde vem a narradora e protagonista do texto? (0,4) 2. Para a autora o que apagava as lembranças de sua infância? (0,4) 3. Retire do texto dois

Leia mais

DATA: 02 / 05 / 2016 I ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA:

DATA: 02 / 05 / 2016 I ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA UNIDADE: DATA: 02 / 05 / 206 I ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A):

Leia mais

DATA: / / 2014 VALOR: 20,0 pontos NOTA: NOME COMPLETO:

DATA: / / 2014 VALOR: 20,0 pontos NOTA: NOME COMPLETO: DISCIPLINA: Física PROFESSORES: Marcus Sant Ana / Fabiano Dias DATA: / / 2014 VALOR: 20,0 pontos NOTA: NOME COMPLETO: ASSUNTO: TRABALHO DE RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 2ª SÉRIE EM TURMA: Nº: I N S T R U Ç

Leia mais

PROJETO ATUALIDADE EM FOCO

PROJETO ATUALIDADE EM FOCO Centro Educacional Souza Amorim Jardim Escola Gente Sabida Sistema de Ensino PH Vila da Penha PRODUÇÃO TEXTUAL Nº3 ENTREGA: 17/ 03/ 2016 2º Ano do Ensino Médio Nome do aluno: Professor (a): DISCIPLINA:

Leia mais

Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Língua Portuguesa

Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Língua Portuguesa COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Bloco de Recuperação Paralela DISCIPLINA: Língua Portuguesa Nome: Ano: 5º Ano 2º Etapa 2014 Colégio Nossa Senhora da Piedade Área do Conhecimento: Códigos e Linguagens

Leia mais

Produção de texto. Observe a imagem e produza um texto narrativo, com no mínimo 10 linhas, a partir do título proposto

Produção de texto. Observe a imagem e produza um texto narrativo, com no mínimo 10 linhas, a partir do título proposto E. E. Ernesto Solon Borges Disciplina: Língua Portuguesa Profª. Regente: Vania Progetec: Cristina Ano: 8º Ano A Alunos: Dayane Sales e Emily Cristina Data: 12/11/2014 Produção de texto Se eu tivesse um

Leia mais

Um belo dia de sol, Jessi caminhava feliz para sua escola.

Um belo dia de sol, Jessi caminhava feliz para sua escola. Jessy Um belo dia de sol, Jessi caminhava feliz para sua escola. Jessi era uma garota linda, tinha a pele escura como o chocolate, seus olhos eram pretos e brilhantes que pareciam duas lindas amoras, seu

Leia mais

VAMOS FALAR SOBRE LÍNGUA PORTUGUESA?... 8

VAMOS FALAR SOBRE LÍNGUA PORTUGUESA?... 8 Sumário 1 VAMOS FALAR SOBRE LÍNGUA PORTUGUESA?... 8 Para ler e conversar... 8 Texto 1 Problemas com o português, Mauricio de Sousa... 9 Pensando sobre o gênero: história em quadrinhos... 14 Língua: reflexão

Leia mais

UNIDADE: DATA: 28 / 11 / 2015 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 2.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA:

UNIDADE: DATA: 28 / 11 / 2015 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 2.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA UNIDADE: DATA: 28 / / 205 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 2.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A):

Leia mais

ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO - 4º ano -

ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO - 4º ano - COLÉGIO ARNALDO 2014 ATIVIDADES DE RECUPERAÇÃO - 4º ano - PORTUGUÊS Aluno(a): Ano: Professora: Valor: 20 pontos Obteve: Conteúdo de Recuperação Identificar o sentido ou expressão em um texto. Localizar

Leia mais

Êta bicho curioso! Sempre tentamos entender como funcionam as coisas?

Êta bicho curioso! Sempre tentamos entender como funcionam as coisas? Êta bicho curioso! Oi! Tem uma coisa engraçada acontecendo comigo: estou super curioso sobre tudo. Minha mãe que anda louca comigo pois não paro de perguntar o porquê de tudo...mas olha só quanta coisa

Leia mais

Hábitos de Estudo. 1. Onde estudar?

Hábitos de Estudo. 1. Onde estudar? Hábitos de Estudo Queridos alunos, Você sabe estudar? Estudar deve ser um hábito como escovar os dentes, comer e dormir? Qual o lugar apropriado para estudar? É adequado estudar da mesma forma para as

Leia mais

Atividades Avaliativas

Atividades Avaliativas Atividades Avaliativas Língua Portuguesa 4 o ano 2 o bimestre Nome: data: 1 Leia atentamente o texto e responda as questões a seguir. Era um lobo muito bobo Que fome sentia aquele lobo! Então, resolveu

Leia mais

Quem tem boca vai a Roma

Quem tem boca vai a Roma Quem tem boca vai a Roma AUUL AL A MÓDULO 14 Na aula passada, nós vimos como as informações constituem mapas que nos ajudam no dia-a-dia. É só saber buscá-las, isto é, quem tem boca vai a Roma. Hoje, nós

Leia mais

Ensino Português no Estrangeiro Nível A1 Prova A (13A1AE) 60 minutos

Ensino Português no Estrangeiro Nível A1 Prova A (13A1AE) 60 minutos Ensino Português no Estrangeiro Nível A1 Prova A (13A1AE) 60 minutos Prova de certificação de nível de proficiência linguística no âmbito do Quadro de Referência para o Ensino Português no Estrangeiro,

Leia mais

A opção correta é D. Marca-se a resposta da seguinte maneira: 00 A B C D E

A opção correta é D. Marca-se a resposta da seguinte maneira: 00 A B C D E MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO DECEx - DEPA (Casa de Thomaz Coelho / 1889) CONCURSO DE ADMISSÃO AO 6º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL 2011/2012 06 DE NOVEMBRO DE 2011 INSTRUÇÕES AOS CANDIDATOS INSTRUÇÕES

Leia mais

O SEGREDO DO ARCO-ÍRIS

O SEGREDO DO ARCO-ÍRIS O SEGREDO DO ARCO-ÍRIS helenaconectada.blogspot.com.br erto dia, Kika estava na escola e durante o recreio viu um lindo arco-íris no céu e disse: Olha! Um arco-íris! Seus coleguinhas olharam para o céu

Leia mais

A v a mæe

A v a mæe N@o mæe@: D@a@t@a@: A v a l@i@a@ç@ã@o @d@o 1.º @t r@i mæe s@t ræe@ L@í n@g@u@a@ P@o r@t@u@g@uæe s@a@ 2.º @a n@o I n f o r m@a@ç@ã@o : Desejos de Natal Furioso, Zeca saiu de casa. Tinha de espairecer. Apetecia-lhe

Leia mais

ESPANHOL INIC. Ano Letivo 2013/2014 INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA. 11º Ano de Escolaridade

ESPANHOL INIC. Ano Letivo 2013/2014 INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA. 11º Ano de Escolaridade Ano Letivo 2013/2014 INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA ESPANHOL INIC. 11º Ano de Escolaridade Prova 375 2014 Decreto-Lei nº 139/2012, de 5 de julho 1. Objeto de avaliação A prova a que esta

Leia mais

Era domingo e o céu estava mais

Era domingo e o céu estava mais Estórias de Iracema Maria Helena Magalhães Ilustrações de Veridiana Magalhães Era domingo e o céu estava mais azul que o azul mais azul que se possa imaginar. O sol de maio deixava o dia ainda mais bonito

Leia mais

Meditação Sala Verde MISSÕES NA ÁFRICA. Nome: Professor: Telefone Versículo para Decorar (Estamos usando a Bíblia na Nova Versão Internacional)

Meditação Sala Verde MISSÕES NA ÁFRICA. Nome: Professor: Telefone Versículo para Decorar (Estamos usando a Bíblia na Nova Versão Internacional) 1ª Semana Mês das Missões Meditação Sala Verde MISSÕES NA ÁFRICA Nome: Professor: Telefone Versículo para Decorar (Estamos usando a Bíblia na Nova Versão Internacional) Vão pelo mundo todo e preguem o

Leia mais

Nome: Número: Data: / / 2011 Série: 5ª Turma: Disciplina: Língua Portuguesa Professora: Inês Pinheiro

Nome: Número: Data: / / 2011 Série: 5ª Turma: Disciplina: Língua Portuguesa Professora: Inês Pinheiro Nome: Número: Data: / / 2011 Série: 5ª Turma: Disciplina: Língua Portuguesa Professora: Inês Pinheiro Exercícios preparatórios com respostas para o exame de Língua Portuguesa Texto 01: Leia a tirinha a

Leia mais

A minha vida sempre foi imaginar. Queria ter um irmãozinho para brincar...

A minha vida sempre foi imaginar. Queria ter um irmãozinho para brincar... O pequeno Will A minha vida sempre foi imaginar. Queria ter um irmãozinho para brincar... Então um dia tomei coragem e corri até mamãe e falei: - Mãeee queria tanto um irmãozinho, para brincar comigo!

Leia mais

Meu nome é César e hoje começam minhas aulas numa nova escola. Por causa disso, estou de péssimo

Meu nome é César e hoje começam minhas aulas numa nova escola. Por causa disso, estou de péssimo 1. Meu nome é César e hoje começam minhas aulas numa nova escola. Por causa disso, estou de péssimo humor. Todo ano é a mesma coisa: tenho que trocar de escola, de colegas, de professores, de bairro e,

Leia mais

Pronome. 1- Serafina é a menina que escreveu o texto acima. Por que ela resolveu deixar seu diário guardado em uma gaveta?

Pronome. 1- Serafina é a menina que escreveu o texto acima. Por que ela resolveu deixar seu diário guardado em uma gaveta? Atividade de estudo de Português Pronome 5º ano Leia o texto abaixo. É setembro, lua cheia, o tempo está gostoso. Não está fazendo nem muito calor, nem muito frio. Diário, Já faz mais de um mês que eu

Leia mais

1ª QUESTÃO MÚLTIPLA ESCOLHA. Marque no cartão de respostas a única alternativa que responde de maneira correta ao pedido de cada item

1ª QUESTÃO MÚLTIPLA ESCOLHA. Marque no cartão de respostas a única alternativa que responde de maneira correta ao pedido de cada item 1ª QUESTÃO MÚLTIPLA ESCOLHA Marque no cartão de respostas a única alternativa que responde de maneira correta ao pedido de cada item Considere o texto a seguir para responder os itens 1 a 11, 18 e 19.

Leia mais

Àhistória de uma garota

Àhistória de uma garota Àhistória de uma garota Gabriele é uma menina cheio de sonhos ela morava com sua mãe Maria seu pai Miguel Gabriele sofre muito ela tem apena 13 anos e já sofre Deus de quando ela era pequena a história

Leia mais

MARATONA CULTURAL 2009 CARTILHA DO CANDIDATO 2ª FASE

MARATONA CULTURAL 2009 CARTILHA DO CANDIDATO 2ª FASE MARATONA CULTURAL 2009 CARTILHA DO CANDIDATO 2ª FASE Você está recebendo a cartilha com as orientações para a construção dos trabalhos da 2ª fase da Maratona Cultural 2009. Fique atento aos procedimentos

Leia mais

DATA DE ENTREGA 19/12/2016 VALOR: 20,0 NOTA:

DATA DE ENTREGA 19/12/2016 VALOR: 20,0 NOTA: DISCIPLINA: FILOSOFIA PROFESSOR: ENRIQUE MARCATTO DATA DE ENTREGA 19/12/2016 VALOR: 20,0 NOTA: NOME COMPLETO: ASSUNTO: TRABALHO DE RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 3ª SÉRIE/EM TURMA: Nº: 01. RELAÇÃO DO CONTEÚDO

Leia mais

DATA: / / 2014 ETAPA: 3ª VALOR: 20,0 pontos NOTA:

DATA: / / 2014 ETAPA: 3ª VALOR: 20,0 pontos NOTA: DISCIPLINA: Física PROFESSORES: Fabiano Vasconcelos Dias DATA: / / 2014 ETAPA: 3ª VALOR: 20,0 pontos NOTA: NOME COMPLETO: ASSUNTO: TRABALHO DE RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 3ª SÉRIE EM TURMA: Nº: I N S T R

Leia mais

Meu amigo mais antigo

Meu amigo mais antigo Valor Máximo: 10,0 Valor Obtido (VO): Erros Ortográficos (EO): Nota Final (VO-EO): Vencendo Desafios de Língua Portuguesa Ensino Fundamental I 3º ano Texto I Meu amigo mais antigo Meu pai e minha mãe acreditavam

Leia mais

Evangelização Espírita Ismênia de Jesus Plano de Aula Jardim (3 a 5 anos) Título: Sentimento de Fraternidade

Evangelização Espírita Ismênia de Jesus Plano de Aula Jardim (3 a 5 anos) Título: Sentimento de Fraternidade Plano de Aula 17 Centro Espírita Ismênia de Jesus Evangelização Espírita Ismênia de Jesus Plano de Aula Jardim (3 a 5 anos) Educadoras: Edma e Priscila Dia: 13/06/2016 Título: Sentimento de Fraternidade

Leia mais

MÃE, QUANDO EU CRESCER...

MÃE, QUANDO EU CRESCER... MÃE, QUANDO EU CRESCER... Dedico este livro a todas as pessoas que admiram e valorizam a delicadeza das crianças! Me chamo Carol, mas prefiro que me chamem de Cacau, além de ser um apelido que acho carinhoso,

Leia mais

ATIVIDADES PARA RECUPERAÇÃO PARALELA LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR (A): Juliana B. Stoll TURMA: 8º ANO

ATIVIDADES PARA RECUPERAÇÃO PARALELA LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR (A): Juliana B. Stoll TURMA: 8º ANO ATIVIDADES PARA RECUPERAÇÃO PARALELA LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR (A): Juliana B. Stoll TURMA: 8º ANO REVISÃO 1ª Questão Leia: Um dia, Maria chegou em casa da escola, muito triste. O que foi? perguntou

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE LÍNGUA PORTUGUESA

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE LÍNGUA PORTUGUESA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO FINAL DE LÍNGUA PORTUGUESA Nome: Nº 8º Data / / Professor: Nota: A INTRODUÇÃO Agora, você terá a oportunidade de recuperar os conteúdos do ano por meio de um roteiro de estudo. Leia

Leia mais

TEXTO I Embaixo da ponte, sem número

TEXTO I Embaixo da ponte, sem número NOME: TURMA: UNIDADE: NOTA: DATA DE ENTREGA: 18 / 05 / 2016 TEXTO I Embaixo da ponte, sem número O endereço das famílias R. e S. é um buraco que fica embaixo de um viaduto sem nome, ao lado da ponte da

Leia mais

Exercício Extra 31. Nome: Turma:

Exercício Extra 31. Nome: Turma: Exercício Extra 31 Nome: Turma: LÍNGUA PORTUGUESA 3º ano do Ensino Fundamental Data: 10/10/2016 Data de devolução: 17/10/2016 História meio ao contrário [...] Foi um alívio geral. Então, o rei completou,

Leia mais

O Estranho Homem. S. Esteves

O Estranho Homem. S. Esteves O Estranho Homem S. Esteves [ 2 ] O conteúdo desta obra literária inclusive as imagens, está protegido pela legislação autoral vigente no Brasil, e pelas regras internacionais estabelecidas na Convenção

Leia mais

O EMPREGADO QUE NÀO QUIS PERDOAR Lição Objetivos: Ensinar que precisamos perdoar aos outros que pecam contra nós.

O EMPREGADO QUE NÀO QUIS PERDOAR Lição Objetivos: Ensinar que precisamos perdoar aos outros que pecam contra nós. O EMPREGADO QUE NÀO QUIS PERDOAR Lição 32 1 1. Objetivos: Ensinar que precisamos perdoar aos outros que pecam contra nós. 2. Lição Bíblica: Mateus 18.21-35 (Leitura bíblica para o professor e base bíblica

Leia mais

1. ARTIGO É uma palavra que determina outra classe de palavra chamada de substantivo. Divide-se em: - Artigo definido: o, a, os, as.

1. ARTIGO É uma palavra que determina outra classe de palavra chamada de substantivo. Divide-se em: - Artigo definido: o, a, os, as. CURSO DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO PARÁ DATA 11/08/2016 DISCIPLINA PORTUGUÊS PROFESSOR RICARDO ERSE MONITOR LUCIANA FREITAS AULA: 06 CLASSES GRAMATICAIS Ementa Na aula de hoje serão abordados

Leia mais

Leitura e Mediação Pedagógica

Leitura e Mediação Pedagógica Protocolo Colaborador: 23 Leitura e Mediação Pedagógica S. Pesquisador: Helen Danyane Soares Caetano de Souza 04-set-10 Dentro de casa tem Transcrição (1) P: Bom dia S.? (2) C: Bom dia. (3) P: Tudo bem?

Leia mais

1. A língua portuguesa é viva. Palavras e expressões surgem, outras são esquecidas e algumas até somem.

1. A língua portuguesa é viva. Palavras e expressões surgem, outras são esquecidas e algumas até somem. NOME: TURMA: UNIDADE: NOTA: DATA DE ENTREGA: 15 / 06 / 2016 TEXTO I MEU AMIGO MAIS ANTIGO Meu pai e minha mãe acreditavam que presente bom para o filho era livro. Meus colegas de grupo escolar era assim

Leia mais

1. O rapaz da história faz realmente uma sopa de pedras? Explique.

1. O rapaz da história faz realmente uma sopa de pedras? Explique. Nome: Data: Unidade 1 Leia o texto a seguir e depois responda às questões de 1 a 9. A sopa de pedras Um rapaz pobre e faminto andava pelo campo em busca de alimento. Teve uma ideia e resolveu colocá-la

Leia mais

Ano Letivo 2014/2015. Introdução INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS. 1ª e 2ª Fase. Prova 21 2015

Ano Letivo 2014/2015. Introdução INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS. 1ª e 2ª Fase. Prova 21 2015 Ano Letivo 2014/2015 INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS 1ª e 2ª Fase Prova 21 2015 9ºAno/3.º Ciclo do Ensino Básico Prova Escrita/Oral Introdução O presente documento visa divulgar as

Leia mais

Dicas incríveis para vender mais... muito mais

Dicas incríveis para vender mais... muito mais 5... Dicas incríveis para vender mais... muito mais O que você vai encontrar neste ebook o que você vai encontrar neste ebook aprenda como gerar 3 mil reais em vendas no Facebook sem gastar com anúncios

Leia mais

INGLÊS - Nível 2 2016. 2.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei nº 17/2016, de 4 de abril)

INGLÊS - Nível 2 2016. 2.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei nº 17/2016, de 4 de abril) INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS - Nível 2 2016 Prova 06 / 2016 1ª e 2ª Fase 2.º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei nº 17/2016, de 4 de abril) O presente documento divulga informação

Leia mais

Quatro alunos do 6º ano de uma escola, em uma aula de matemática, fizeram as seguintes afirmativas:

Quatro alunos do 6º ano de uma escola, em uma aula de matemática, fizeram as seguintes afirmativas: ATIVIDADE PROVÃO 2º BIMESTRE 6º ANO MAT PROVA DIA 09/07 QUESTÃO 01 (Descritor: estabelecer uma conclusão baseando-se nas definições de divisores e múltiplos de um número natural e números primos) Quatro

Leia mais

Quando o Sol se apaixonou pela Lua. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Curso Superior de Tecnologia em Jogos Digitais 2016

Quando o Sol se apaixonou pela Lua. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Curso Superior de Tecnologia em Jogos Digitais 2016 Pontifícia Universidade Católica de São Paulo Curso Superior de Tecnologia em Jogos Digitais 2016 Quando o Sol se apaixonou pela Lua Letícia Cruz RA00178896 Linguagem Audiovisual e Games Eliseu Lopes Desenho

Leia mais

Praktická portugalština II

Praktická portugalština II Praktická portugalština II D I D A K T I C K Ý P R O J E K T V P O R T U G A L Š T I N Ě ( P R A K T I C K Ý K U R Z P R O S T U D E N T Y B C. C Y K L U ) P R I O R I T N Í O B L A S T I : P O R T U G

Leia mais

I CONGRESSO BRASILEIRO DE ENFERMAGEM NEONATAL Bioética e Biodireito na Atenção Neonatal FILIAÇÃO UNISSEXUAL. Profª Drª Luciana Moas

I CONGRESSO BRASILEIRO DE ENFERMAGEM NEONATAL Bioética e Biodireito na Atenção Neonatal FILIAÇÃO UNISSEXUAL. Profª Drª Luciana Moas I CONGRESSO BRASILEIRO DE ENFERMAGEM NEONATAL Bioética e Biodireito na Atenção Neonatal FILIAÇÃO UNISSEXUAL O IMPACTO DAS INOVAÇÕES BIOTECNOLÓGICAS NO PARENTESCO: A DISTINÇÃO ENTRE PAI E GENITOR Meu Deus

Leia mais

5º ano. Atividade de Estudo de Português - 21/10/2016

5º ano. Atividade de Estudo de Português - 21/10/2016 4 Atividade de Estudo de Português - 21/10/2016 5º ano Leia o texto abaixo, em seguida responda. PECHADA O apelido foi instantâneo. No primeiro dia de aula, o aluno novo já estava sendo chamado de Gaúcho.

Leia mais

COMO TER SUA ESPOSA DE VOLTA

COMO TER SUA ESPOSA DE VOLTA COMO TER SUA ESPOSA DE VOLTA Trechos selecionados do livro Estratégias poderosas para fazê-la voltar para você. www.salveseucasamento.com.br Mark Love E-book gratuito Esse e-book gratuito é composto de

Leia mais

O melhor amigo Interpretação de Texto para 4º e 5º Ano

O melhor amigo Interpretação de Texto para 4º e 5º Ano O melhor amigo Interpretação de Texto para 4º e 5º Ano O melhor amigo Interpretação de Textos para 4º e 5º Ano O melhor amigo A mãe estava na sala, costurando. O menino abriu a porta da rua, meio ressabiado,

Leia mais

O criador de ilusões

O criador de ilusões O criador de ilusões De repente do escuro ficou claro, deu para ver as roupas brancas entre aventais e máscaras e foi preciso chorar, logo uma voz familiar misturada com um cheiro doce e agradável de

Leia mais

UM JOGO BINOMIAL 1. INTRODUÇÃO

UM JOGO BINOMIAL 1. INTRODUÇÃO 1. INTRODUÇÃO UM JOGO BINOMIAL São muitos os casos de aplicação, no cotidiano de cada um de nós, dos conceitos de probabilidade. Afinal, o mundo é probabilístico, não determinístico; a natureza acontece

Leia mais

III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 6.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA:

III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 6.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA UNIDADE: DATA: 01 / 12 / 2015 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 6.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A):

Leia mais

COLÉGIOO NOSSA SENHORA DE SION. O reizinho mandão

COLÉGIOO NOSSA SENHORA DE SION. O reizinho mandão COLÉGIOO NOSSA SENHORA DE SION Troca do livro Segunda-feira Curitiba, 5 de maio de 2014. Leia o texto abaixo: Lições de Língua Portuguesa, História e Vivência Religiosa- 4º ano Eu vou contar pra vocês

Leia mais

MATEMÁTICA. 1. Recorte e cole o anexo 1 em seu caderno de Matemática, em seguida, faça as operações com capricho e atenção. Não se esqueça do Q.V.L.

MATEMÁTICA. 1. Recorte e cole o anexo 1 em seu caderno de Matemática, em seguida, faça as operações com capricho e atenção. Não se esqueça do Q.V.L. 10- Roteiro de tarefas- semana de 11 a 22 de abril -4º ANO COLÉGIO EXTERNATO SÃO JOSÉ Goiânia, de de 2016. Nome: nº: Turma: Professor (a): ROTEIRO DE TAREFAS SEMANA DE 11 A 22 DE ABRIL ACESSO AO ROTEIRO

Leia mais

Edição conforme o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa

Edição conforme o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa Edição conforme o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa Ilustração da Capa: Grace Kelli Pereira Projeto gráfico e editoração eletrônica: WOZi Revisão: Roque Aloisio Weschenfelder Todos os direitos desta

Leia mais

Dificuldades da Língua Portuguesa

Dificuldades da Língua Portuguesa Dificuldades da Língua Portuguesa 1. A / há Emprega-se a na indicação de tempo futuro; emprega-se há na indicação de tempo passado. Ex.: Ela voltará daqui a um ano. Ex.: Eu não a vejo há muito tempo. 2.

Leia mais

Prova de Língua Portuguesa (Acesso aos mestrados profissionalizantes) 3ª Fase de Candidatura

Prova de Língua Portuguesa (Acesso aos mestrados profissionalizantes) 3ª Fase de Candidatura INSTITUTO POLITÉCNICO DE LISBOA ESCOLA SUPERIOR DE EDUCAÇÃO DE LISBOA 2013 Prova de Língua Portuguesa (Acesso aos mestrados profissionalizantes) 3ª Fase de Candidatura DURAÇÃO DA PROVA 2h.30m (mais 30

Leia mais

Papagaio Congelado. 01- A história que você acabou de ler se passa: (C) em uma floresta.

Papagaio Congelado. 01- A história que você acabou de ler se passa: (C) em uma floresta. PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS BANCO DE QUESTÕES - LÍNGUA PORTUGUESA - 3 ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ========================================================================== Texto 1 Papagaio Congelado Um

Leia mais

... RIO DE JANEIRO, 14 DE DEZEMBRO DE 2008

... RIO DE JANEIRO, 14 DE DEZEMBRO DE 2008 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COLÉGIO PEDRO II DIRETORIA-GERAL SECRETARIA DE ENSINO EXAME DE SELEÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE CANDIDATOS À MATRÍCULA NO PROVA DE MATEMÁTICA 2009 UNIDADE ESCOLAR NOME DO(A) CANDIDATO(A):......

Leia mais

A escrita que faz a diferença

A escrita que faz a diferença A escrita que faz a diferença Inclua a Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro em seu planejamento de ensino A Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro é uma iniciativa do Ministério

Leia mais

Jimboê. Português. Avaliação. Projeto. 4 o ano. 2 o bimestre

Jimboê. Português. Avaliação. Projeto. 4 o ano. 2 o bimestre Professor, esta sugestão de avaliação corresponde ao segundo bimestre escolar ou às Unidades 3 e 4 do Livro do Aluno. Projeto Jimboê Português 4 o ano Avaliação 2 o bimestre 1 Avaliação Português NOME:

Leia mais

Compreendendo a notícia e a reportagem

Compreendendo a notícia e a reportagem A leitura, para ser considerada como tal, precisa ser compreendida. Não basta decodificar as palavras sem entender o que elas querem dizer. Para existir compreensão de um texto no seu todo, é preciso que

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 3ª PROVA SUBSTITUTIVA DE LÍNGUA PORTUGUESA Aluno(a): Nº Ano: 7º Turma: Data: Nota: Professora: Paula Valor da Prova: 40 pontos Assinatura do responsável: Orientações

Leia mais

G A B A R I T O PH SISTEMA DE ENSINO. Prova ph P-01. Tipo H4-05/2015

G A B A R I T O PH SISTEMA DE ENSINO. Prova ph P-01. Tipo H4-05/2015 PH SISTEMA DE ENSINO Prova ph P-01 Tipo H4-05/2015 G A B A R I T O 01. D 11. D 21. C 31. D 02. C 12. B 22. B 32. A 03. D 13. D 23. D 04. A 14. A 24. C 05. B 15. A 25. A 00 06. A 16. B 26. B 00 07. D 17.

Leia mais

Olimpíada Brasileira de Robótica 2011

Olimpíada Brasileira de Robótica 2011 Olimpíada Brasileira de Robótica 2011 Modalidade: Teórica Nível 1 (1º a 3º anos ensino fundamental) Duração: 2 horas Nome do Aluno:...Matr:... Escola:... Cidade:... Estado:... Realização: Apoio: Caro(a)

Leia mais

Avaliação Final - 3º Ano. Língua Portuguesa O SONHO

Avaliação Final - 3º Ano. Língua Portuguesa O SONHO Agrupamento de Escolas de Revelhe EB1 de Boavista Vila Cova Informação Avaliação Final - 3º Ano Língua Portuguesa Nome Data I- Leitura do texto O SONHO Eu não estava a perceber nada, mas agradava-me ouvir

Leia mais

Anedota. Apresente dois recursos usados pelo autor dessa anedota para provocar o humor, a graça. Depois explique de acordo com o contexto.

Anedota. Apresente dois recursos usados pelo autor dessa anedota para provocar o humor, a graça. Depois explique de acordo com o contexto. PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA 2º TRIMESTRE DE 2010 PROFª GICÉLIA NOME Nº 6º ANO Você já sabe que deve usar caneta preta ou azul, evitar rasuras, caprichar na letra, desenvolver respostas completas e não utilizar

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL SIGMA

CENTRO EDUCACIONAL SIGMA 4ºAno 1.4 LÍNGUA PORTUGUESA 1º período 5 de abril de 2016 Cuide da organização da sua prova. Escreva de forma legível. Fique atento à ortografia e elabore respostas claras. Tudo isso será considerado na

Leia mais

CEDERJ MÉTODOS DETERMINÍSTICOS 1 - EP4. Prezado Aluno,

CEDERJ MÉTODOS DETERMINÍSTICOS 1 - EP4. Prezado Aluno, CEDERJ MÉTODOS DETERMINÍSTICOS 1 - EP4 Prezado Aluno, Neste EP daremos sequência ao nosso estudo da linguagem da lógica matemática. Aqui veremos o conectivo que causa mais dificuldades para os alunos e

Leia mais

Era uma vez uma princesa. Ela era a mais bela

Era uma vez uma princesa. Ela era a mais bela Era uma vez uma princesa. Ela era a mais bela do reino. Era também meiga, inteligente e talentosa. Todos a admiravam. Todos queriam estar perto dela. Todos queriam fazê-la feliz, pois o seu sorriso iluminava

Leia mais

PROGRAMA DE RETOMADA DE CONTEÚDO

PROGRAMA DE RETOMADA DE CONTEÚDO Colégio Amorim Santa Teresa Fone: 2909-1422 Diretoria de Ensino Região Centro Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio. Rua Lagoa Panema, 466 Vila Guilherme NOTA PROFESSORA PROGRAMA DE RETOMADA

Leia mais

INSTITUTO DOS PUPILOS DO EXÉRCITO - CONCURSO DE ADMISSÃO - ANO LETIVO DE 2016/2017 2ª FASE

INSTITUTO DOS PUPILOS DO EXÉRCITO - CONCURSO DE ADMISSÃO - ANO LETIVO DE 2016/2017 2ª FASE INSTITUTO DOS PUPILOS DO EXÉRCITO - CONCURSO DE ADMISSÃO - ANO LETIVO DE 2016/2017 2ª FASE Candidato Nº Nº CONVENCIONAL Nome 5º ANO PROVA DE PORTUGUÊS (Duração da prova: 50 minutos) Classificação: ( )

Leia mais

Centro de Ensino Médio 02 do Gama Professor: Cirenio Soares

Centro de Ensino Médio 02 do Gama Professor: Cirenio Soares Centro de Ensino Médio 02 do Gama Professor: Cirenio Soares TIPOS DE DISCURSO DISCURSO DIRETO = REPRODUÇÃO O próprio personagem fala. Paulo disse a ele: _ Venha cá. DISCURSO INDIRETO = TRADUÇÃO O autor

Leia mais

ONDE ESTÁ O MEDO? Ficha de Avaliação de Língua Portuguesa 5.º ano. Nome N.º Turma: Data: / / Lê o texto com atenção.

ONDE ESTÁ O MEDO? Ficha de Avaliação de Língua Portuguesa 5.º ano. Nome N.º Turma: Data: / / Lê o texto com atenção. Ficha de Avaliação de Língua Portuguesa 5.º ano Nome N.º Turma: Data: / / Auto-avaliação do aluno: Achei o teste fácil difícil muito difícil Porque: me preparei não estudei não estive atento nas aulas

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COLÉGIO PEDRO II DIREÇÃO-GERAL DIRETORIA DE ENSINO EXAME DE SELEÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE CANDIDATOS PROVA DE PORTUGUÊS 2012

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COLÉGIO PEDRO II DIREÇÃO-GERAL DIRETORIA DE ENSINO EXAME DE SELEÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE CANDIDATOS PROVA DE PORTUGUÊS 2012 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO COLÉGIO PEDRO II DIREÇÃO-GERAL DIRETORIA DE ENSINO EXAME DE SELEÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DE CANDIDATOS À MATRÍCULA NA 1ª SÉRIE DO ENSINO MÉDIO REGULAR PROVA DE PORTUGUÊS 2012 UNIDADE

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL SIGMA

CENTRO EDUCACIONAL SIGMA 5ºAno 1.5 LÍNGUA PORTUGUESA 1º período 5 de abril de 2016 Cuide da organização da sua prova. Escreva de forma legível. Fique atento à ortografia e elabore respostas claras. Tudo isso será considerado na

Leia mais

Cópia autorizada. II

Cópia autorizada. II II Sugestões de avaliação Português Compreensão de texto 3 o ano Unidade 6 5 Unidade 6 Compreensão de texto Nome: Data: Leia este texto. Os habitantes de uma região onde havia um castelo muito antigo tinham

Leia mais

TEXTO I EU, O LIVRO. 1. (1,2) Sobre o texto I, faça as questões propostas: a) Identifique o narrador do texto I.

TEXTO I EU, O LIVRO. 1. (1,2) Sobre o texto I, faça as questões propostas: a) Identifique o narrador do texto I. NOME: TURMA: UNIDADE: NOTA: DATA DE ENTREGA: 05 / 07 / 2017 TEXTO I EU, O LIVRO Sou muito especial. Minha tecnologia é insuperável. Funciono sem fios, bateria, pilhas ou circuitos eletrônicos. Sou útil

Leia mais

Colégio Santa Dorotéia

Colégio Santa Dorotéia Você vai conhecer um sapo que queria muito ser um príncipe, será que ele consegue se transformar? LEIA o texto: Colégio Santa Dorotéia Tema Transversal: Casa comum, nossa responsabilidade. Disciplina:

Leia mais

AS AVENTURAS DE MIGUEL - Bernardo S. Schmitt-

AS AVENTURAS DE MIGUEL - Bernardo S. Schmitt- AS AVENTURAS DE MIGUEL - Bernardo S. Schmitt- Era uma vez um menino chamado Miguel. Num dia sua mãe falou: - Olha, filho, hoje você vai para escola de ônibus. E o Miguel falou: - Mas eu não sou pequeno?

Leia mais

PROJETO DE LÍNGUA PORTUGUESA

PROJETO DE LÍNGUA PORTUGUESA ASSOCIAÇÃO ESCOLA 31 DE JANEIRO 2012/13 PROJETO DE LÍNGUA PORTUGUESA TRANSVERSALIDADE NA CORREÇÃO DA ESCRITA E DA EXPRESSÃO ORAL DEPARTAMENTO DE LÍNGUAS E CIÊNCIAS SOCIAIS E HUMANAS INTRODUÇÃO A língua

Leia mais

Produção de texto Ensino Fundamental - anos iniciais

Produção de texto Ensino Fundamental - anos iniciais Produção de texto Ensino Fundamental - anos iniciais Você ensina Língua Portuguesa ou Práticas de Linguagem? Túnel do tempo Anos 1950 Nessa época, as escolas costumavam pedir composições livres ou com

Leia mais

Vila Praia de Âncora Monopólio privado do 3º ciclo com escola pública disponível do outro lado da Rua.

Vila Praia de Âncora Monopólio privado do 3º ciclo com escola pública disponível do outro lado da Rua. Vila Praia de Âncora Monopólio privado do 3º ciclo com escola pública disponível do outro lado da Rua. N a verdade, na escola básica do Vale do Âncora, em Vila Praia de Âncora, podemos usar, e com mais

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA 6 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª DINANCI SILVA PROF. MÁRIO PAIXÃO

LÍNGUA PORTUGUESA 6 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª DINANCI SILVA PROF. MÁRIO PAIXÃO LÍNGUA PORTUGUESA 6 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª DINANCI SILVA PROF. MÁRIO PAIXÃO CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade III Trabalho: a trajetória humana, suas produções e manifestações. 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES

Leia mais

Dicas Crie um estilo pessoal

Dicas Crie um estilo pessoal Introdução Esse mini ebook foi feito especialmente para você que deseja conquistar lindas mulheres. Nas próximas páginas será compartilhado dicas práticas para que você conquiste mulheres de forma mais

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Alhandra, Sobralinho e São João dos Montes. BECRE Soeiro Pereira Gomes

Agrupamento de Escolas de Alhandra, Sobralinho e São João dos Montes. BECRE Soeiro Pereira Gomes Após teres lido a obra de António Mota, Pedro Alecrim, assinala com uma cruz X, de acordo com a referida obra, a opção correta em cada uma das seguintes afirmações. 1 Pedro e alguns colegas fazem parte

Leia mais

Descobrindo a Carreira Executiva Mary Kay. Fundamentos, Prática, Possíveis Desafios e Quebra de Objeções

Descobrindo a Carreira Executiva Mary Kay. Fundamentos, Prática, Possíveis Desafios e Quebra de Objeções Descobrindo a Carreira Executiva Mary Kay Fundamentos, Prática, Possíveis Desafios e Quebra de Objeções Princípios da Carreira Executiva Mary Kay A sra Mary Kay Ash criou a carreira com base na sua experiência

Leia mais

A humanidade investe em pesquisas, aprimora tecnologias, busca outros mundos. Mas também cria realidades que parecem estar...

A humanidade investe em pesquisas, aprimora tecnologias, busca outros mundos. Mas também cria realidades que parecem estar... NOME: TURMA: UNIDADE: NOTA: DATA DE ENTREGA: 13 / 07 / 2016 TEXTO I A humanidade investe em pesquisas, aprimora tecnologias, busca outros mundos. Mas também cria realidades que parecem estar... ALÉM DA

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS REDAÇÃO

LISTA DE EXERCÍCIOS REDAÇÃO LISTA DE EXERCÍCIOS REDAÇÃO P1-2º BIMESTRE 6º ANO FUNDAMENTAL II Aluno (a): Turno: Turma: Unidade Data: / /2016 HABILIDADES E COMPETÊNCIAS Revisar a estrutura dos tipos textuais narração e descrição. Conhecer

Leia mais

Juro lealdade à bandeira dos Estados Unidos da... autch! No terceiro ano, as pessoas adoram dar beliscões. Era o Zezinho-Nelinho-Betinho.

Juro lealdade à bandeira dos Estados Unidos da... autch! No terceiro ano, as pessoas adoram dar beliscões. Era o Zezinho-Nelinho-Betinho. ÍTULO 1 Juro lealdade à bandeira dos Estados Unidos da... autch! No terceiro ano, as pessoas adoram dar beliscões. Era o Zezinho-Nelinho-Betinho. Julinho sussurrou. Vou pensar no teu caso respondi -lhe,

Leia mais

AS QUESTÕES OBRIGATORIAMENTE DEVEM SER ENTREGUES EM UMA FOLHA À

AS QUESTÕES OBRIGATORIAMENTE DEVEM SER ENTREGUES EM UMA FOLHA À ENSINO FUNDAMENTAL Conteúdos do 8º Ano 3º/4º Bimestre 2014 Trabalho de Dependência Nome: N. o : Turma: Professor(a): Márcio Data: / /2014 Unidade: Cascadura Mananciais Méier Taquara Língua Portuguesa Resultado

Leia mais

Hoje, às 10h, o H, nosso herói, habitante do abecedário, humilde, honrado e honesto, perdeu uma perna enquanto praticava natação. A perna desapareceu

Hoje, às 10h, o H, nosso herói, habitante do abecedário, humilde, honrado e honesto, perdeu uma perna enquanto praticava natação. A perna desapareceu Hoje, às 10h, o H, nosso herói, habitante do abecedário, humilde, honrado e honesto, perdeu uma perna enquanto praticava natação. A perna desapareceu no horizonte. O que há-de fazer o h? Um dia a letra

Leia mais