PROJETO 02 Análise de uma situação de aprendizagem baseada nas TIC

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "PROJETO 02 Análise de uma situação de aprendizagem baseada nas TIC"

Transcrição

1 Universidade Estadual de Campinas CS405 Tecnologia e Educação Prof: Jose Armando Valente Carolina Nivoloni RA e Natalia Damaceno Spostes RA PROJETO 02 Análise de uma situação de aprendizagem baseada nas TIC Como ensinar um iniciante a tocar teclado através de um software Resumo: Este projeto tem como objetivo relatar o processo de aprendizagem de uma pessoa, sem conhecimento prévio de um instrumento musical, no caso um teclado, através de um vídeo encontrado na internet. O vídeo mostrou um professor transmitindo noções básicas do teclado, suas notas e o dedilhado, isto é, a posição dos dedos no teclado para produzir as notas: do, ré, mi, fá, sol, lá, si. Palavras-chave: aprendizagem, teclado, vídeo, notas musicais. Introdução: Através da observação criteriosa desta situação de aprendizagem um jovem de 19 anos assistiu um vídeo encontrado na internet e assim começou a ter seus primeiros contatos com o teclado. Tratou-se de uma vídeo-aula denominada Tocando fácil teclado, encontrado no site onde o tecladista de nome Marcelo Elias ministrou a primeira aula. O vídeo teve duração de 10 minutos e 1 segundo e o aluno precisou de uma hora para assistí-lo voltando o vídeo quantas vezes foi necessário para rever os momentos de maiores dificuldades.

2 Como resultado o aluno conseguiu realizar os exercícios propostos pelo professor. Objetivo geral: Verificar se vídeos disponíveis na internet podem auxiliar o aprendizado de conteúdos diversos, como por exemplo um instrumento musical Objetivos específicos: 1. Observar a aprendizagem de conhecimentos primários em um jovem de 19 anos em seus contatos iniciais com o teclado através de uma vídeo-aula. 2. Observar o processo de aprendizagem envolvendo as facilidades e as dificuldades 3. Constatar o sucesso desse modo de aprender 4. Elaborar o relatório final Método utilizado: Foi uma aula ministrada pelo tecladista Marcelo Elias. O vídeo que se encontrava no site youtube teve duração de 10 minutos e 1 segundo. Foi exibida a aula numero 1 com o professor (facilitador) ensinando os princípios básicos do teclado: as suas notas musicais e o detilhado, isto é, a posição dos dedos no teclado para produzir as notas: dó, ré, mi, fa, sol, lá, si. A observação foi realizada na própria residência do aluno aprendiz que se tratava de um jovem do sexo masculino de nome Guilherme Damaceno Spostes cuja idade correnponde a 19 anos. Podemos dizer que o mesmo permaneceu atento durante toda a exibição do vídeo em seu próprio computador que levou uma hora aproximadamente. O vídeo ensinou cada movimento dos dedos de maneira detalhada. Enumerou os dedos de um a cinco tanto para os da mão esquerda, quanto para os da mão direita. Os dedos da mão direita começou pelo polegar que correspondeu ao numero um e assim sucessivamente até o dedo mínimo que correspondeu ao número cinco. Sendo que cada numero e dedo correspondia a uma nota musical no teclado. O mesmo ocorreu com a

3 mão esquerda onde cada dedo correspondeu a um número de um a cinco, começando pelo dedo polegar em direção ao dedo mínimo, no sentido da direita para a esquerda. Mostrou como as teclas pretas e brancas estão dispostas no teclado e o som que elas produzem. Ensinou também como localizar as notas musicais no teclado. E por fim passou um exercício em que o aluno deveria reproduzir tanto com a mão direita quanto com a mão esquerda as notas do, ré, mi fá, sol usando o dedilhado que ele anteriormente havia explicado. Resultado: O envolvimento do aluno foi grande pois o mesmo assistiu ao video 3 vezes do começo ao fim. É imporante informar aqui que na primeira vez precisou voltar várias vezes revendo alguns momentos para melhor compreender o que o professor ensinava. Somente conseguiu realizar com facilidade os exercicios propostos após assistir ao video três vezes. Ficou mexendo ainda nas outras teclas tentando entender sozinho como seria a seqüência do curso. Quando interrogado sobre o seu aprendizado o aluno disse que foi fácil, não houve necessidade de tirar nenhuma dúvida, já que o vídeo deixou bem claro cada etapa; antecipando as respostas para as dúvidas que os alunos pudessem ter. Ficou nítida a facilidade com que o aluno interagiu com o instrumento durante e após a aula. Disse até que gostaria de continuar assistindo as outras aulas também. Porém considerou que o professor poderia ter ensinado mais durante essa primeira aula. Disse que ele não foi objetivo e repetiu várias vezes as mesmas informações, tornandose prolixo. Quanto a sua velocidade ao ensino prático, achou adequada. Cabe aqui informar que a imagem da aula era em PIP, ou seja, uma câmera focalizava o teclado de cima e outra, de frente para o tecladista. Isto facilitou muito pois permitiu que o aluno tivesse a imagem aérea do teclado inteiro para se localizar no seu instrumento. Abaixo seguem as fotos do aluno tentando executar os exercícios no teclado que foram propostos pelo vídeo e em seguida mostra que o aluno ficou satisfeito com o resultado.

4 Figura 1: Aluno executando os exercícios propostos durante a observação. Figura 2: Aluno após realizar os exercícios

5 Conclusão: Considerando-se os resultados obtidos nessa observação podemos concluir como é útil e importante o emprego das TIC nas mais diversas aprendizagens, inclusive para o aprendizado de um instrumento musical. Um dos pontos positivos refere-se ao fato do aprendizado acontecer na própria residência economizando-se tempo e espaço; além disso existe a possibilidade de o aluno rever o vídeo quantas vezes achar necessário. Espero que se multiplique o número de vídeos existentes na internet abrangendo outras áreas do conhecimento. Um ponto negativo é que o aluno não pode retirar dúvidas com o professor, por se tratar de uma video aula e não há também um professor indicando se o aluno está fazendo os exercícios de maneira correta. Referências: ELIAS, Marcelo. Tocando Fácil Teclado. Vídeo disponível em:

APRENDIZAGEM DE MAQUIAGEM ANOS 80 ATRAVÉS DE VÍDEO TUTORIAL NO YOUTUBE

APRENDIZAGEM DE MAQUIAGEM ANOS 80 ATRAVÉS DE VÍDEO TUTORIAL NO YOUTUBE UNICAMP- Universidade Estadual de Campinas IA- Instituto de Artes APRENDIZAGEM DE MAQUIAGEM ANOS 80 ATRAVÉS DE VÍDEO TUTORIAL NO YOUTUBE Relatório de Projeto de Pesquisa Para disciplina CS 405 Educação

Leia mais

FÓRMULA VIOLÃO EXPRESS. Direitos Autorais

FÓRMULA VIOLÃO EXPRESS. Direitos Autorais Direitos Autorais Todos os Direitos reservados a Fábio de Amorim Teodoro. Este e-book só pode ser distribuído juntamente com o Curso Gratuito Fórmula Violão Express. Partes SEJA BEM do Violão VINDO Seja

Leia mais

Situação do jovem no mercado de trabalho no Brasil: um balanço dos últimos 10 anos 1

Situação do jovem no mercado de trabalho no Brasil: um balanço dos últimos 10 anos 1 Situação do jovem no mercado de trabalho no Brasil: um balanço dos últimos 1 anos 1 Marcio Pochmann 2 São Paulo fevereiro de 2.7. 1 Texto preliminar, sujeito a modificações. Situação do jovem no mercado

Leia mais

INICIAÇÃO À MÚSICA E AO VIOLÃO

INICIAÇÃO À MÚSICA E AO VIOLÃO INICIAÇÃO À MÚSICA E AO VIOLÃO MARIO SALES SANTOS TREINOS COM TRÊS DEDOS E OS PRIMEIROS ACORDES PARA TOCAR AS PRIMEIRAS MÚSICAS São Paulo 2013 SUMARIO OBJETIVO DA AULA... 02 TREINOS A SEREM EXECUTADOS...

Leia mais

1) Nas pautas abaixo, escrever o número das linhas e dos espaços, de baixo para cima: 2) Escrever 5 notas nas linhas e 5 notas nos espaços:

1) Nas pautas abaixo, escrever o número das linhas e dos espaços, de baixo para cima: 2) Escrever 5 notas nas linhas e 5 notas nos espaços: 1. PENTAGRAMA OU PAUTA: PAUTA é um conjunto de 5 LINHAS horizontais paralelas onde se escrevem os sons (notas) e os silêncios (pausas). A pauta começou com apenas uma linha colorida, no século IX. Outras

Leia mais

Análise de uma situação de aprendizagem baseada nas TIC. Aprendendo a fazer uma caipirinha matadora

Análise de uma situação de aprendizagem baseada nas TIC. Aprendendo a fazer uma caipirinha matadora Análise de uma situação de aprendizagem baseada nas TIC Aprendendo a fazer uma caipirinha matadora Laila Marques Pereira / RA: 091850 Fernando Gregório Catto / RA: 095719 UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS

Leia mais

INICIAÇÃO À MÚSICA E AO VIOLÃO

INICIAÇÃO À MÚSICA E AO VIOLÃO INICIAÇÃO À MÚSICA E AO VIOLÃO MARIO SALES SANTOS APLICAÇÃO DE ESCALAS PARA IMPROVISO São Paulo 2013 SUMARIO O QUE É IMPROVISO... 02 MODELOS DE ESCALAS... 02 ENCERRAMENTO... 05 O QUE É IMPROVISO? Improvisar

Leia mais

Aprenda Tocar Violão!

Aprenda Tocar Violão! COMUNICADO: Proibido por lei a cópia e alteração de qualquer parte desse e-book sem a prévia autorização do autor. Se souber de algum caso, denuncie. Aprenda Tocar Violão! www.violaomagico.com Violão Mágico

Leia mais

Acordes naturais maiores e menores - cifras para violão e guitarra - VERSÃO DE AVALIAÇÃO - VENDA PROIBIDA. Índice!

Acordes naturais maiores e menores - cifras para violão e guitarra - VERSÃO DE AVALIAÇÃO - VENDA PROIBIDA. Índice! Acordes naturais maiores e menores - cifras para violão e guitarra - VERSÃO DE AVALIAÇÃO - VENDA PROIBIDA Índice Versão de avaliação 4 Como interpretar os diagramas (cifras) 8 Para que serve isso? 9 Formação

Leia mais

A tecnologia aplicada ao ensino: Inserindo computadores nas escolas

A tecnologia aplicada ao ensino: Inserindo computadores nas escolas 149 Saber Digital A tecnologia aplicada ao ensino: Inserindo computadores nas escolas Robson da Silva Oliveira Discente da Faeterj Paracambi rs.oliver89@gmail.com Wendell Carlos Motta Maciel da Silva Discente

Leia mais

O ENSINO DO CONCEITO DE DERIVADA ATRAVÉS DO SOFTWARE WINPLOT: UM ESTUDO DE CASO NO CEFET RIO POMBA MG

O ENSINO DO CONCEITO DE DERIVADA ATRAVÉS DO SOFTWARE WINPLOT: UM ESTUDO DE CASO NO CEFET RIO POMBA MG O ENSINO DO CONCEITO DE DERIVADA ATRAVÉS DO SOFTWARE WINPLOT: UM ESTUDO DE CASO NO CEFET RIO POMBA MG VARGAS, Dênis Emanuel da Costa CEFET Rio Pomba SILVA, Natalia Moura Proença da CEFET Rio Pomba RESUMO:

Leia mais

O USO DE MAPAS CONCEITUAIS POR ALUNOS DE ENSINO MÉDIO DE JOVENS E ADULTOS

O USO DE MAPAS CONCEITUAIS POR ALUNOS DE ENSINO MÉDIO DE JOVENS E ADULTOS O USO DE MAPAS CONCEITUAIS POR ALUNOS DE ENSINO MÉDIO DE JOVENS E ADULTOS Alex de Santana Rodrigues 1 Cristiane S. da Silva 2 Resumo. Este artigo visa descrever e refletir sobre uma metodologia utilizada

Leia mais

AULAS ONLINE PELO SKYPE DESDE POR VÍDEO CONFERÊNCIA com DIA e HORA Marcada. Para ver os alunos que fazem aula CLIQUE AQUI - ALUNOS.

AULAS ONLINE PELO SKYPE DESDE POR VÍDEO CONFERÊNCIA com DIA e HORA Marcada. Para ver os alunos que fazem aula CLIQUE AQUI - ALUNOS. AULAS ONLINE PELO SKYPE DESDE 2011. POR VÍDEO CONFERÊNCIA com DIA e HORA Marcada. Para ver os alunos que fazem aula CLIQUE AQUI - ALUNOS. Professor Jeferson Oliveira, trabalha com partituras, geralmente

Leia mais

AULAS ONLINE PELO SKYPE DESDE POR VÍDEO CONFERÊNCIA com DIA e HORA Marcada. Para ver os alunos que fazem aula CLIQUE AQUI - ALUNOS.

AULAS ONLINE PELO SKYPE DESDE POR VÍDEO CONFERÊNCIA com DIA e HORA Marcada. Para ver os alunos que fazem aula CLIQUE AQUI - ALUNOS. AULAS ONLINE PELO SKYPE DESDE 2011. POR VÍDEO CONFERÊNCIA com DIA e HORA Marcada. Para ver os alunos que fazem aula CLIQUE AQUI - ALUNOS. Professor Jeferson Oliveira, trabalha com partituras, geralmente

Leia mais

Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA)

Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) Ultimamente o ensino a distância tem ganhado grande destaque em todo pais, por proporcionar capacitação a pessoas que não tem acesso ao ensino presencial. Esta proposta

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE EDUCAÇÃO PATRIMONIAL. 2. Nome do Projeto: Preservando o Passado, Pensando no Futuro

RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE EDUCAÇÃO PATRIMONIAL. 2. Nome do Projeto: Preservando o Passado, Pensando no Futuro Educação Patrimonial Município de Córrego do Bom Jesus/MG 2012 RELATÓRIO DE ATIVIDADES DE EDUCAÇÃO PATRIMONIAL 1. Município: Córrego do Bom Jesus 2. Nome do Projeto: Preservando o Passado, Pensando no

Leia mais

Direitos Autorais. Todos os Direitos reservados a Fábio de Amorim Teodoro. Este e-book só pode ser distribuído juntamente com o Curso Fórmula Violão.

Direitos Autorais. Todos os Direitos reservados a Fábio de Amorim Teodoro. Este e-book só pode ser distribuído juntamente com o Curso Fórmula Violão. Direitos Autorais Todos os Direitos reservados a Fábio de Amorim Teodoro. Este e-book só pode ser distribuído juntamente com o Curso Fórmula Violão. Palavras do Autor Nos diversos ambientes sociais nos

Leia mais

Índice. Conteúdo. Planilha Profissional Para Cálculo de Preços de Artesanato

Índice. Conteúdo. Planilha Profissional Para Cálculo de Preços de Artesanato Índice Conteúdo Índice... 2 A Importância do Preço Correto... 3 Como chegar ao preço de venda adequado do meu produto?... 3 Como calcular o preço de venda lucro... 5 Como vender meus produtos pela internet...

Leia mais

Violão Módulo I Iniciantes. Versão 1.0 MFA 1

Violão Módulo I Iniciantes. Versão 1.0 MFA 1 Violão Módulo I Iniciantes Versão 1.0 MFA 1 O princípio de tudo A música é transformação, a música é capaz de transformar som em sentimento, em emoção, é capaz de transformar o momento, o minuto, é capaz

Leia mais

Dicas e Truques para Piano e Teclado

Dicas e Truques para Piano e Teclado COMUNICADO: Proibido por lei a cópia e alteração de qualquer parte desse e-book sem a prévia autorização do autor. Se souber de algum caso, denuncie. Dicas e Truques para Piano e Teclado www.teclasmagicas.com

Leia mais

NOÇÕES BÁSICAS DE DIGITAÇÃO

NOÇÕES BÁSICAS DE DIGITAÇÃO 1 NOÇÕES BÁSICAS DE DIGITAÇÃO Desenvolvida exclusivamente para a DÍGITU S INFORMÁTICA & COMÉRCIO, por James Ribeiro Guimarães. 2 NOÇÕES BÁSICA DE DIGITAÇÃO. Nesta aula vamos usar o teclado virtual do Windows,

Leia mais

Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-Escolar da Nazaré. Atividade de Enriquecimento Curricular TIC. Pré-Escolar Nenúfares

Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-Escolar da Nazaré. Atividade de Enriquecimento Curricular TIC. Pré-Escolar Nenúfares Escola Básica do 1º Ciclo com Pré-Escolar da Nazaré Atividade de Enriquecimento Curricular TIC Pré-Escolar Nenúfares Docente: Telma Sá Ano Letivo: 2015/2016 1 O saber é um processo, não é um produto. Jerome

Leia mais

Cavalete: Serve para prender as cordas, deixando-as esticadas.

Cavalete: Serve para prender as cordas, deixando-as esticadas. VIOLÃO Escala Pentatônica Primeiros passos para tocar violão Para se tornar um bom músico, primeiramente você precisa conhecer bem o seu instrumento, então vamos lá? Segue abaixo um resumo para você

Leia mais

Como aprender rapidamente a tabuada.

Como aprender rapidamente a tabuada. VOCÊ MERECE O MELHOR Para gratidão e desenvolvimento do site http://wunderkindplus.jimdo.com/ Millennium bcp NIB/ 0033 0000 4520 7424 1440 5 Svyatoslav Hrynchak IBAN/ PT50 0033 0000 4520 7424 1440 5 BIC/SWIFT/

Leia mais

BREVE REFLEXÃO SOBRE A PRÁTICA PEDAGÓGICA EM AULAS NO ENSINO MÉDIO

BREVE REFLEXÃO SOBRE A PRÁTICA PEDAGÓGICA EM AULAS NO ENSINO MÉDIO 466 BREVE REFLEXÃO SOBRE A PRÁTICA PEDAGÓGICA EM AULAS NO ENSINO MÉDIO Hélio Márcio Nunes Lacerda UFT/Letras heliomarcio207@yahoo.co.uk Naiana Siqueira Galvão UFT/Letras anaiangalvao@hotmail.com Esse trabalho

Leia mais

VISEDU: JOGO DE REALIDADADE AUMENTADA DE LETRAS COM CONTEÚDO DINÂMICO

VISEDU: JOGO DE REALIDADADE AUMENTADA DE LETRAS COM CONTEÚDO DINÂMICO VISEDU: JOGO DE REALIDADADE AUMENTADA DE LETRAS COM CONTEÚDO DINÂMICO Aluna: Vivian de Lima Panzenhagen Orientador: Prof. Dalton Solano dos Reis, M. Sc Roteiro Introdução Objetivos Fundamentação Teórica

Leia mais

Um pouco sobre os Softwares Geogebra e Tangram

Um pouco sobre os Softwares Geogebra e Tangram Um pouco sobre os Softwares Geogebra e Tangram 1 Os softwares como são importântes para a Educação O Geogebra é um software gratuito e de fácil requisição destacado na disciplina de Matemática que tem

Leia mais

EDUCAÇÃO MATEMÁTICA: UM ESTUDO COM CRIANÇAS COM SÍNDROME DE DOWN. Palavras-chave: Inclusão; Síndrome de Down; Educação Matemática

EDUCAÇÃO MATEMÁTICA: UM ESTUDO COM CRIANÇAS COM SÍNDROME DE DOWN. Palavras-chave: Inclusão; Síndrome de Down; Educação Matemática EDUCAÇÃO MATEMÁTICA: UM ESTUDO COM CRIANÇAS COM SÍNDROME DE DOWN. Lucia Virgínia Mamcasz Viginheski UTFPR PPGECT/FACULDADE GUAIRACÁ/APADEVI - Guarapuava Elsa Midori Shimazaki UEM - Maringá Sani de Carvalho

Leia mais

Ações Concretas do PIBID de Matemática no Colégio Nestório Ribeiro. Palavras chaves: Ações concretas. Monitorias/Tutorias. Laboratório de Matemática.

Ações Concretas do PIBID de Matemática no Colégio Nestório Ribeiro. Palavras chaves: Ações concretas. Monitorias/Tutorias. Laboratório de Matemática. Ações Concretas do PIBID de Matemática no Colégio Nestório Ribeiro Relicler Pardim GOUVEIA 1 ; Stefane dos Santos REZENDE 2 ; Elizeu Antônio dos SANTOS 3 ; Braulio Sousa CARRIJO 4 ; Marineide Faustino

Leia mais

7 Passos para começar a aprender Violão do zero

7 Passos para começar a aprender Violão do zero 7 Passos para começar a aprender Violão do zero ISENÇÃO DE RESPONSABILIDADE Todas as informações contidas neste guia são provenientes de minhas experiências pessoais ao longo de vários anos. Embora eu

Leia mais

Universidade sem Fronteiras GIED Grupo de Informática Educativa. Atmosfera. Resumo Iconográfico. Pré-requisitos técnicos

Universidade sem Fronteiras GIED Grupo de Informática Educativa. Atmosfera. Resumo Iconográfico. Pré-requisitos técnicos Atmosfera Resumo Iconográfico Duração Pré-requisitos Pré-requisitos técnicos Estratégias Avaliação LEGENDA Uma hora-aula de 45 minutos Conhecimentos adquiridos em aulas passadas Conhecimentos de Informática

Leia mais

Manual do usuário Dicionário Técnico Industrial

Manual do usuário Dicionário Técnico Industrial Manual do usuário Dicionário Técnico Industrial Caio Nascimento Desenvolvedor do software Versão 2.0 Publicada em 18/07/13 Manual do usuário Dicionário Técnico Industrial Caio Nascimento Desenvolvedor

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS 1ª Série Técnicas de Negociação CST em Gestão de Recursos Humanos A atividade prática supervisionada (ATPS) é um método de ensinoaprendizagem desenvolvido por meio de

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO JULIA BERTHO DIAS. Plano de aula

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO JULIA BERTHO DIAS. Plano de aula UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO JULIA BERTHO DIAS Plano de aula São Paulo 2012 JULIA BERTHO DIAS Plano de aula Plano de aula elaborado para a disciplina de metodologia do ensino de português:

Leia mais

FOTO 3 X 4. Nome: Endereço: Bairro: CEP: Cidade: Estado: Fone: Associação ou Missão: União: Igreja: Distrito: Clube: Região: Iniciado em / /

FOTO 3 X 4. Nome: Endereço: Bairro: CEP: Cidade: Estado:   Fone: Associação ou Missão: União: Igreja: Distrito: Clube: Região: Iniciado em / / FOTO 3 X 4 Nome: Endereço: Bairro: CEP: Cidade: Estado: E-mail: Fone: Associação ou Missão: União: Igreja: Distrito: Clube: Região: Iniciado em / / PRÉ-REQUISITOS Ter completado 18 anos de idade, no mínimo

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO FLÁVIA DE OLIVEIRA SILVA. Plano de Aula Da câmera para o Facebook

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO FLÁVIA DE OLIVEIRA SILVA. Plano de Aula Da câmera para o Facebook UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO FLÁVIA DE OLIVEIRA SILVA Plano de Aula Da câmera para o Facebook São Paulo 2012 FLÁVIA DE OLIVEIRA SILVA Número USP 7.154.078 PLANO DE AULA Da câmera para

Leia mais

Apontamento técnico No. 5, Fevereiro de 2014 Como pedir apoio através do Ajuda Online do CAICC

Apontamento técnico No. 5, Fevereiro de 2014 Como pedir apoio através do Ajuda Online do CAICC Apontamento técnico No. 5, Fevereiro de 2014 Como pedir apoio através do Ajuda Online do CAICC Sumário Enquadramento... 1 1. Introdução... 1 1º Passo: Como aceder o Ajuda Online?... 2 2º Passo: Página

Leia mais

Concepção Pedagógica do curso-piloto Pradime on line 1

Concepção Pedagógica do curso-piloto Pradime on line 1 Concepção Pedagógica do curso-piloto Pradime on line 1 Equipe de Consultores do Pradime Celso Vallin Edna Tmarozzi, Maria Elisabette B.B. Prado Solange Lima D Agua Vitória Kachar No contexto virtual evidencia-se

Leia mais

APRENDA A TOCAR VIOLÃO EM 5 PASSOS!

APRENDA A TOCAR VIOLÃO EM 5 PASSOS! APRENDA A TOCAR VIOLÃO EM 5 PASSOS! por estrategiaeexcelencia, em 01.07.11 APRENDA A TOCAR VIOLÃO EM 5 AULAS MÉTODO SIMPLES E PRÁTICO POR MARCOS F.SILVA INTRODUÇÃO Antes de mais nada, quero explicar que

Leia mais

Informática para Concursos

Informática para Concursos Informática para Concursos Professor: Thiago Waltz Ferramentas Multimídia a) Ferramentas Multimídia Multimídia: Multimídia é a combinação, controlada por computador, de pelo menos um tipo de mídia estática

Leia mais

A MATEMÁTICA NA COPA: EXPLORANDO A MATEMÁTICA NA BANDEIRA DO BRASIL

A MATEMÁTICA NA COPA: EXPLORANDO A MATEMÁTICA NA BANDEIRA DO BRASIL A MATEMÁTICA NA COPA: EXPLORANDO A MATEMÁTICA NA BANDEIRA DO BRASIL Educação Matemática nos Anos Finais do Ensino Fundamental e Ensino Médio (EMAIEFEM) GT 10 Luciano Gomes SOARES lgs.007@hotmail.com Lindemberg

Leia mais

A Informática Na Educação: Como, Para Que e Por Que

A Informática Na Educação: Como, Para Que e Por Que RBEBBM -01/2001 A Informática Na Educação: Como, Para Que e Por Que Autores:José A. Valente Afiliação:Departamento de Multimeios e Nied - Universidade Estadual de Campinas - Unicamp, Campinas - SP javalente@unicamp.br

Leia mais

Paróquia Nsa. Sra. do Sagrado Coração (Santuário das Almas/Icaraí) Oficina de Teclado 1ª Etapa

Paróquia Nsa. Sra. do Sagrado Coração (Santuário das Almas/Icaraí) Oficina de Teclado 1ª Etapa Paróquia Nsa. Sra. do Sagrado Coração (Santuário das Almas/Icaraí) Oficina de Teclado 1ª Etapa www.oficinademusica.org Olá, pessoal Essa Apostila é direcionada para os alunos (as) da Oficina de Teclado.

Leia mais

Curso de Violão - Iniciante

Curso de Violão - Iniciante Curso de Violão - Iniciante Iniciante Música - É a arte de combinar sons de uma maneira agradável. Algumas partes fundamentais: Melodia - Combinação de sons sucessivos; Harmonia - Combinação de sons simultâneos;

Leia mais

As Novas Tecnologias no Processo Ensino-Aprendizagem da Matemática

As Novas Tecnologias no Processo Ensino-Aprendizagem da Matemática A UTILIZAÇÃO DE BLOGs COMO RECURSO PEDAGÓGICO NA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA Maria Angela Oliveira Oliveira Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho matematicangela2007@yahoo.com.br Resumo: O Mini-Curso

Leia mais

INICIAÇÃO À MÚSICA E AO VIOLÃO

INICIAÇÃO À MÚSICA E AO VIOLÃO INICIAÇÃO À MÚSICA E AO VIOLÃO MARIO SALES SANTOS ESCALAS E ACORDES São Paulo 2013 SUMARIO ALTURA MUSICAL... 02 INTERVALO... 02 POSIÇÃO DAS NOTAS MUSICAIS... 02 ESCALA MAIOR... 03 MONTAGEM DE ACORDES...

Leia mais

TOM, SEMITOM, SUSTENIDO, BEMOL.

TOM, SEMITOM, SUSTENIDO, BEMOL. TOM, SEMITOM, SUSTENIDO, BEMOL. Tom e semitom (ou tono e semitono): são diferenças específicas de altura, existentes entre as notas musicais, isto é, são medidas mínimas de diferença entre grave e agudo.

Leia mais

Núcleo EAD Tutorial TUTORIAL AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZADO - AVA

Núcleo EAD Tutorial TUTORIAL AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZADO - AVA TUTORIAL AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZADO - AVA 1 1. Tutorial Ambiente Virtual EAD O tutorial do ambiente virtual tem o intuito de abordar e solucionar problemas que venham a existir sobre os seguintes

Leia mais

Tutorial do aluno Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) Rede e-tec Brasil

Tutorial do aluno Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) Rede e-tec Brasil Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará Tutorial do aluno Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) Rede e-tec Brasil 2015 I F P A 1 0 5 a n o s SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 2 1 CALENDÁRIO

Leia mais

COLÉGIO MILITAR DOM PEDRO II MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL ONLINE PARA ALUNOS E RESPONSÁVEIS

COLÉGIO MILITAR DOM PEDRO II MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL ONLINE PARA ALUNOS E RESPONSÁVEIS COLÉGIO MILITAR DOM PEDRO II MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO PORTAL ONLINE PARA ALUNOS E RESPONSÁVEIS Manual do Sistema de Gestão Educacional Sumário 1. Portal do Aluno / Responsável... 1 1.1. Informações Gerais...

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ª Série Cálculo Numérico Engenharia Civil A atividade prática supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem desenvolvido por meio de um

Leia mais

Isolde Frank A F I N D O

Isolde Frank A F I N D O Isolde Frank A F I N A N D O A 1 V O Z INTRODUÇÃO A respeito de "cantar", nós nos perguntamos: Por que há tantas pessoas que dizem que não sabem cantar? Por que encontramos pessoas que já tiveram que ouvir

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS 1ª Série Técnicas de Negociação Administração A atividade prática supervisionada (ATPS) é um método de ensinoaprendizagem desenvolvido por meio de um conjunto de atividades

Leia mais

paulinhaven@hotmail.com Introdução

paulinhaven@hotmail.com Introdução DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM DOS ALUNOS NO ENSINO DE BIOLOGIA: REFLEXÃO A PARTIR DE SUBSTRATOS TEÓRICOS E PESQUISAS EM UMA ESCOLA PÚBLICA DE PARNAÍBA/PI 1 Ana Paula Costa do Nascimento 1 Nailton de Souza

Leia mais

Como escrever ou realizar os exercícios de aquecimento

Como escrever ou realizar os exercícios de aquecimento Como escrever ou realizar os exercícios de aquecimento Considerações 1-O alfabeto da Ergonomografia foi desenvolvido para ser utilizado nas folhas padronizadas dos cadernos escolares. 2-Daí as letras que

Leia mais

SITUAÇÃO DE USO Escolha de atividades físicas e aconselhamento e discussão sobre elas.

SITUAÇÃO DE USO Escolha de atividades físicas e aconselhamento e discussão sobre elas. UNIDADE: Quero perder uns quilinhos / Brasil SITUAÇÃO DE USO Escolha de atividades físicas e aconselhamento e discussão sobre elas. EXPECTATIVAS DE APRENDIZAGEM - Reconhecer o recurso argumentação em propagandas

Leia mais

2096-A Sistema de Pesagem Automática de Aves no Aviário

2096-A Sistema de Pesagem Automática de Aves no Aviário TOLEDO 2096-A Sistema de Pesagem Automática de Aves no Aviário GUIA RÁPIDO TOLEDO ÍNDICE DESIGNANDO A SENHA DE PROGRAMAÇÃO... 4 1. Alterando a Senha... 4 MODO F1 - ENTRANDO NA PROGRAMAÇÃO... 6 MODO F2

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS LISTA 03 RESOLUÇÕES

UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS LISTA 03 RESOLUÇÕES UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS E TECNOLÓGICAS CAMPUS DA CIDAO CURSO DE MATEMÁTICA CÁLCULO NUMÉRICO COMPUTACIONAL FRANCISCO FAGNER PORTELA AGUIAR LISTA 03 RESOLUÇÕES QUESTÃO

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS Comunicação Social Habilitação em Publicidade e Propaganda 8ª Série Direção e Finalização de Arte para Meios Impressos A atividade prática supervisionada (ATPS) é um

Leia mais

JOGOS E TECNOLOGIAS QUE AUXILIAM NO ENSINO DA MATEMÁTICA DO ENSINO MÉDIO

JOGOS E TECNOLOGIAS QUE AUXILIAM NO ENSINO DA MATEMÁTICA DO ENSINO MÉDIO JOGOS E TECNOLOGIAS QUE AUXILIAM NO ENSINO DA MATEMÁTICA DO ENSINO MÉDIO Anailde Felix Marques (1); Gildemar Lima Oliveira (1); Maria da Paz Medeiros (2); Ticiany Marques Da Silva (3); Aluska Dias Ramos

Leia mais

Caminhos da Escola. Episódio: Desafio da Matemática em Quadrinhos

Caminhos da Escola. Episódio: Desafio da Matemática em Quadrinhos Caminhos da Escola Episódio: Desafio da Matemática em Quadrinhos Resumo Neste vídeo, Léo Almeida cita vários exemplos em que os conhecimentos matemáticos aparecem na nossa rotina e apresenta um documentário

Leia mais

HIDROTABULEIRO: UMA PROPOSTA LÚDICA PARA TRABALHAR A HIDROSTÁTICA

HIDROTABULEIRO: UMA PROPOSTA LÚDICA PARA TRABALHAR A HIDROSTÁTICA HIDROTABULEIRO: UMA PROPOSTA LÚDICA PARA TRABALHAR A HIDROSTÁTICA Emmanuelle Dayane de Souza França emmanuelle.vs@gmail.com Marciana Cavalcante da Silva marcianakwy@gmail.com Isabelle Priscila Carneiro

Leia mais

TÍTULO: AS ATIVIDADES PRATICAS NOS LIVROS DE CIENCIAS CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

TÍTULO: AS ATIVIDADES PRATICAS NOS LIVROS DE CIENCIAS CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS TÍTULO: AS ATIVIDADES PRATICAS NOS LIVROS DE CIENCIAS CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E SAÚDE SUBÁREA: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS INSTITUIÇÃO: UNIVERSIDADE ANHANGUERA DE SÃO PAULO AUTOR(ES): PRISCA

Leia mais

HANDS-ON PROGRAMAÇÃO DE JOGOS PARA CRIANÇAS

HANDS-ON PROGRAMAÇÃO DE JOGOS PARA CRIANÇAS HANDS-ON PROGRAMAÇÃO DE JOGOS PARA CRIANÇAS Hoje vamos criar nosso primeiro jogo utilizando o Scratch, trabalharemos com Labirintos, você sabe o que é? Veja nosso Robô XM, ele precisa chegar ao quadradinho

Leia mais

Escolas Inovadoras. revista. Cidadão do século 21 A importância de articular habilidades e competências com as diferentes áreas do conhecimento

Escolas Inovadoras. revista. Cidadão do século 21 A importância de articular habilidades e competências com as diferentes áreas do conhecimento revista ANO o MAIO/2011 Cidadão do século 21 A importância de articular habilidades e competências com as diferentes áreas do conhecimento Ler para compreender A leitura como suporte para a compreensão

Leia mais

Curso de Violão. Música & Adoração. Música & Adoração. Ministério. Igreja Batista em Hidrolândia. Uma igreja que te ama

Curso de Violão. Música & Adoração. Música & Adoração. Ministério. Igreja Batista em Hidrolândia. Uma igreja que te ama Igreja Batista em Hidrolândia Uma igreja que te ama Curso de Violão Ministério Música & Adoração Produzido pelo Departamento de Ação Social da Igreja Batista em Hidrolândia. Proibida a reprodução por quaisquer

Leia mais

MANUAL DO RECURSO DE ACESSIBILIDADE DO WINDOWS

MANUAL DO RECURSO DE ACESSIBILIDADE DO WINDOWS MANUAL DO RECURSO DE ACESSIBILIDADE DO WINDOWS Eromi Izabel Hummel Maricelma Tavares Duarte 1 Caro Professor Cursista, O computador oferece muitas possibilidades para que pessoas com deficiência possam

Leia mais

O método é simples. 1. Entender o movimento (mentalmente), assimilá-lo. 2. Executar o movimento.

O método é simples. 1. Entender o movimento (mentalmente), assimilá-lo. 2. Executar o movimento. O método é simples Tocar bateria é coordenar os movimentos dos braços e pernas, só isso. Não é preciso ler partituras Não é preciso saber as notas musicais Não é preciso ter o dom para a música Aprender

Leia mais

VIOLÃO Flaviano Malara

VIOLÃO Flaviano Malara VIOLÃO Flaviano Malara DEDILHADOS para VIOLÃO Flaviano Malara DEDILHADOS para VIOLÃO RECOMENDAÇÕES POSTURA CORPO/INSTRUMENTO O violão possui 6 cordas; a primeira corda é a mais fina (aguda) e a sexta

Leia mais

Manual do Usuário. MA300 Dispositivo de Controle de Acesso. Versão 1.0

Manual do Usuário. MA300 Dispositivo de Controle de Acesso. Versão 1.0 Manual do Usuário MA300 Dispositivo de Controle de Acesso Versão 1.0 1 Sumário 1 Instruções... 3 1.1 Posicionamento dos Dedos... 3 1.2 Instruções para uso do cartão... 4 1.3 Utilização de um teclado externo

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS CST em Análise e Desenvolvimento de Sistemas 3ª Série Programação Estruturada II A Atividade Prática Supervisionada (ATPS) é um procedimento metodológico de ensino-aprendizagem

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Faculdade de Educação. Mayara Freitas Tricárico. Plano de aula

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Faculdade de Educação. Mayara Freitas Tricárico. Plano de aula UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Faculdade de Educação Mayara Freitas Tricárico Plano de aula São Paulo 2012 Mayara Freitas Tricárico Plano de aula apresentado para a Disciplina Metodologia do ensino de português:

Leia mais

DISCIPLINA: CONTABILIDADE GERAL PROF. BENADILSON

DISCIPLINA: CONTABILIDADE GERAL PROF. BENADILSON RESOLVA AS QUESTÕES DISCIPLINA: CONTABILIDADE GERAL PROF. BENADILSON 1) Qual o conceito de Contabilidade? 2) Cite três usuários da Contabilidade. 3) Para quem é mantida a Contabilidade? 4) Qual a diferença

Leia mais

O USO DE SOFTWARE DE GEOMETRIA DINÂMICA: DE PESQUISAS ACADÊMICAS PARA SALA DE AULA

O USO DE SOFTWARE DE GEOMETRIA DINÂMICA: DE PESQUISAS ACADÊMICAS PARA SALA DE AULA O USO DE SOFTWARE DE GEOMETRIA DINÂMICA: DE PESQUISAS ACADÊMICAS PARA SALA DE AULA Renan Mercuri Pinto Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - Campus de Rio Claro renanmercuri@yahoo.com.br

Leia mais

USO DO SOFTWARE MODELLUS NO ENSINO DE FÍSICA: VELOCIDADE MÉDIA E MOVIMENTO UNIFORME

USO DO SOFTWARE MODELLUS NO ENSINO DE FÍSICA: VELOCIDADE MÉDIA E MOVIMENTO UNIFORME USO DO SOFTWARE MODELLUS NO ENSINO DE FÍSICA: VELOCIDADE MÉDIA E MOVIMENTO UNIFORME Aula 5 META Fazer com que o aluno repense a importância do uso de experiências simples em sala de aula. Que ele perceba

Leia mais

Guia do Usuário. Avigilon Control Center móvel Versão para ios

Guia do Usuário. Avigilon Control Center móvel Versão para ios Guia do Usuário Avigilon Control Center móvel Versão 1.4.0.2 para ios 2011-2014 Avigilon Corporation. Todos os direitos reservados. A menos que seja expressamente concedido por escrito, nenhuma licença

Leia mais

FÓRUM DE DISCUSSÃO E RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS: UMA ALTERNATIVA PARA A EDUCAÇÃO MATEMÁTICA

FÓRUM DE DISCUSSÃO E RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS: UMA ALTERNATIVA PARA A EDUCAÇÃO MATEMÁTICA FÓRUM DE DISCUSSÃO E RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS: UMA ALTERNATIVA PARA A EDUCAÇÃO MATEMÁTICA Prof. Lisandro Bitencourt Machado[1] Profª. Dra. Marlise Gelle[2] [1] Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Ensino

Leia mais

Inclusão Digital e Alfabetização de Jovens e Adultos: um de experiência utilizando softwares livres

Inclusão Digital e Alfabetização de Jovens e Adultos: um de experiência utilizando softwares livres 1 Inclusão Digital e Alfabetização de Jovens e Adultos: um de experiência utilizando softwares livres relato Gersica Agripino Alencar 1 Danielle Juliana Silva Martins 2 Resumo As tecnologias da informação

Leia mais

Universidade sem Fronteiras GIED Grupo de Informática Educativa. Polígonos. Resumo Iconográfico. Pré-requisitos técnicos

Universidade sem Fronteiras GIED Grupo de Informática Educativa. Polígonos. Resumo Iconográfico. Pré-requisitos técnicos Polígonos Resumo Iconográfico Duração Pré-requisitos Pré-requisitos técnicos Estratégias Avaliação LEGENDA Uma hora-aula de 45 minutos Livro Didático Conhecimentos adquiridos em aaulas passadas Conhecimentos

Leia mais

PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA. Profa. Dra. Yara de Souza Tadano

PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA. Profa. Dra. Yara de Souza Tadano PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA Profa. Dra. Yara de Souza Tadano yaratadano@utfpr.edu.br Aula 8 11/2014 Distribuição Normal Vamos apresentar distribuições de probabilidades para variáveis aleatórias contínuas.

Leia mais

A utilização do Grasshopper no Curso de Arquitetura e Urbanismo da Unicamp

A utilização do Grasshopper no Curso de Arquitetura e Urbanismo da Unicamp A utilização do Grasshopper no Curso de Arquitetura e Urbanismo da Unicamp RESUMO Instituto de Artes UNICAMP CS405 Educação e Tecnologia Prof. Dr. José Armando Valente Adriano Reis RA: 150527 Gabriel Moreira

Leia mais

Recensão digital Dezembro de 2013

Recensão digital Dezembro de 2013 Educação, Formação & Tecnologias (julho dezembro, 2013), 6 (2), 105 109 Recensão digital Dezembro de 2013 As ferramentas digitais do Mundo Visual http://nlstore.leya.com/asa/newsletters/ev/imagens/html/vfinal.html

Leia mais

AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM MOODLE MANUAL DO ALUNO

AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM MOODLE MANUAL DO ALUNO Associação Educacional Santa Rita Coordenadoria de Ensino à Distância AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM MOODLE MANUAL DO ALUNO COORDENAÇÃO DE EAD E EQUIPE DE TI MARÇO DE 2017 Av. Jaçanã, 648 Jaçanã - São

Leia mais

CONCEITOS BÁSICOS DE HARDWARE E SOFTWARE

CONCEITOS BÁSICOS DE HARDWARE E SOFTWARE CONCEITOS BÁSICOS DE HARDWARE E SOFTWARE Conceitos Básicos A Informática é a informação automática, ou seja, é a utilização de algumas técnicas para o tratamento de informações por meio de um computador.

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA Nome Nº Ano Data: Professor: Gabriela/ Fernanda Nota: (valor 1,0) 3 o.bimestre Neste bimestre, sua média foi inferior a 6,0 e você não assimilou os conteúdos mínimos

Leia mais

Primeira Festa da Programação

Primeira Festa da Programação Primeira Festa da Programação 2016/2017 Turno da noite Joana trabalha à noite como caixa num supermercado, para com o dinheiro assim arduamente ganho sustentar os seus estudos na universidade. Joana entra

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS PRONATEC

FACULDADE PITÁGORAS PRONATEC FACULDADE PITÁGORAS PRONATEC DISCIPLINA: ARQUITETURA DE COMPUTADORES Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos carlos@oficinadapesquisa.com.br www.oficinadapesquisa.com.br Objetivos Ao final desta apostila,

Leia mais

Maio de Relatório de Avaliação do Workshop Estratégias de Estudo. Ano Letivo 2011/2012. Gabinete de Apoio ao Tutorado

Maio de Relatório de Avaliação do Workshop Estratégias de Estudo. Ano Letivo 2011/2012. Gabinete de Apoio ao Tutorado Maio de 2012 Relatório de Avaliação do Workshop Estratégias de Estudo Ano Letivo 2011/2012 Gabinete de Apoio ao Tutorado ÍNDICE 1. Introdução... 3 2. Avaliação Workshop Estratégias de Estudo - 2011/2012...

Leia mais

Instalando o Microsoft Office 2012-09-13 Versão 2.1

Instalando o Microsoft Office 2012-09-13 Versão 2.1 Instalando o Microsoft Office 2012-09-13 Versão 2.1 SUMÁRIO Instalando o Microsoft Office... 2 Informações de pré-instalação... 2 Instalando o Microsoft Office... 3 Introdução... 7 Precisa de mais ajuda?...

Leia mais

Relatório Individual Projeto final de Programação II. Xadrez. José Mauro Nazareth Cardoso Neto

Relatório Individual Projeto final de Programação II. Xadrez. José Mauro Nazareth Cardoso Neto Relatório Individual Projeto final de Programação II Xadrez José Mauro Nazareth Cardoso Neto Vitória, 18 de dezembro de 2011. I - Com respeito ao projeto de grupo 1. Dificuldades técnicas enfrentadas:

Leia mais

MICROSCÓPIO CASEIRO COM LASER

MICROSCÓPIO CASEIRO COM LASER MICROSCÓPIO CASEIRO COM LASER Autor (1); Luiz Henrique Cabral Calado; Co-autor (1) Adenirto Jefferson Gomes Alves; Co-autor (2) Ailson André Ramos Freitas; Co-autor(3) Saulo Oliveira Feitosa Instituto

Leia mais

UMA ABORDAGEM SOBRE O ESTUDO DE FUNÇÕES QUADRÁTICAS USANDO O GEOGEBRA

UMA ABORDAGEM SOBRE O ESTUDO DE FUNÇÕES QUADRÁTICAS USANDO O GEOGEBRA UMA ABORDAGEM SOBRE O ESTUDO DE FUNÇÕES QUADRÁTICAS USANDO O GEOGEBRA José Vinícius do Nascimento Silva 1 Joselito Elias de Araújo 2 R E S U M O: Com os grandes avanços tecnológicos, os educadores estão

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE EDUCAÇÃO Metodologia do ensino de português: a alfabetização Professora: Dra. Nilce da Silva Aluna: Neiva Zacarias Portes Nº USP: 3.020.360 Plano de aula. Parte I

Leia mais

INSTRUMENTAÇÃO E MEDIDAS

INSTRUMENTAÇÃO E MEDIDAS INSTRUMENTAÇÃO E MEDIDAS TRABALHO N.º2 CONTROLO DE UM DISPLAY DE 7 SEGMENTOS ATRAVÉS DA PORTA PARALELA USANDO COMUNICAÇÃO SÉRIE E PARALELA. Duração do trabalho 2 aulas práticas Ano Lectivo 2002/2003 Página

Leia mais

Inventário de habilidades escolares. Comunicação Oral

Inventário de habilidades escolares. Comunicação Oral Inventário de habilidades escolares Nome Idade Tempo na Escola Razões para a Indicação Grupo Aprendizagens Consolidadas (Currículo Escolar) Habilidades Realiza sem necessidade de suporte Realiza com ajuda

Leia mais

Que tal estudar geometria dinâmica?

Que tal estudar geometria dinâmica? Prática Pedagógica Que tal estudar geometria dinâmica? Com programas como o Geogebra, todos desenham, resolvem problemas e elaboram conjecturas Beatriz Vichessi Algumas ferramentas do Geogebra Ensinar

Leia mais

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS

ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS ATIVIDADES PRÁTICAS SUPERVISIONADAS Engenharia Civil 2ª Série Cálculo I A atividade prática supervisionada (ATPS) é um método de ensino-aprendizagem desenvolvido por meio de um conjunto de atividades programadas

Leia mais

A UTILIZAÇÃO DE JOGOS DE TABULEIRO NA EVOLUÇÃO DA APRENDIZAGEM

A UTILIZAÇÃO DE JOGOS DE TABULEIRO NA EVOLUÇÃO DA APRENDIZAGEM UNIFEOB Centro Universitário da Fundação de Ensino Octávio Bastos PROJETO DE PRÁTICAS BEM SUCEDIDAS EM SALA DE AULA MATEMÁTICA LICENCIATURA A UTILIZAÇÃO DE JOGOS DE TABULEIRO NA EVOLUÇÃO DA APRENDIZAGEM

Leia mais

5.0. Guia Prático 5 4G. Luz de notificação 2 Inserir ou retirar a. Tecla Liga/ Desliga Aumentar/ Diminuir volume. tampa traseira. bateria.

5.0. Guia Prático 5 4G. Luz de notificação 2 Inserir ou retirar a. Tecla Liga/ Desliga Aumentar/ Diminuir volume. tampa traseira. bateria. 1 1 Inserir ou retirar a tampa traseira 5 4G Guia Prático Luz de notificação 2 Inserir ou retirar a bateria 2 5.0 Tecla Liga/ Desliga Aumentar/ Diminuir volume 3 Carregar a bateria * 4 4 4 Inserir ou retirar

Leia mais

5.0 GUIA PRÁTICO. Flash Câmera frontal 2 Carregar a bateria. Diminuir/ Aumentar volume Tecla Liga/ Desliga. Início. Visão geral. Voltar.

5.0 GUIA PRÁTICO. Flash Câmera frontal 2 Carregar a bateria. Diminuir/ Aumentar volume Tecla Liga/ Desliga. Início. Visão geral. Voltar. GUIA PRÁTICO 1 Colocar ou retirar a tampa traseira. Flash Câmera frontal 2 Carregar a bateria. 5.0 Diminuir/ Aumentar volume Tecla Liga/ Desliga SIM2 Voltar Início Visão geral 3 Inserir ou retirar o SIM.

Leia mais