A ser preenchido para todos os moradores do domicílio com 50 anos e mais de idade, pelos próprios ou pelo informante do domicílio ou pelo cuidador.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A ser preenchido para todos os moradores do domicílio com 50 anos e mais de idade, pelos próprios ou pelo informante do domicílio ou pelo cuidador."

Transcrição

1 Módulo I Saúde dos indivíduos com 50 anos e mais A ser preenchido para todos os moradores do domicílio com 50 anos e mais de idade, pelos próprios ou pelo informante do domicílio ou pelo cuidador. Primeiramente, gostaria de fazer algumas perguntas sobre os primeiros 15 anos de sua vida. Nome I1. Como descreveria a situação econômica de sua família durante os primeiros 15 anos de vida? 1. Muito boa 2. Boa 3. Regular 4. Ruim 5. Muito Ruim I2. Durante os primeiros 15 anos de vida, houve algum período em que passou fome porque sua família não podia comprar comida? I3. Como descreveria a sua saúde durante os primeiros 15 anos de vida? 1. Muito boa 2. Boa 3. Regular 4. Ruim 5. Muito Ruim Agora vamos falar sobre as dificuldades em realizar as atividades habituais. I4. Em geral, que grau de dificuldade tem para comer sozinho(a) com um prato colocado à sua frente? (Se 4: Ir para I7) I5. recebe alguma ajuda para comer?, porque não precisa (Se 2 ou 3: ir para I7) I6. Quem lhe presta ajuda para comer? 1

2 I7. Em geral, que grau de dificuldade tem para tomar banho sozinho(a) incluindo entrar e sair do chuveiro ou banheira? (Se 4: Ir para I10) I8. recebe alguma ajuda para tomar banho?, porque não precisa (Se 2 ou 3: ir para I10) I9. Quem lhe presta ajuda para tomar banho? I10. Em geral, que grau de dificuldade tem para ir ao banheiro sozinho(a) incluindo sentar e levantar do vaso sanitário? (Se 4: Ir para I13) I11. recebe alguma ajuda para ir ao banheiro?, porque não precisa (Se 2 ou 3: ir para I13) I12. Quem lhe presta ajuda para ir ao banheiro? 2

3 I13. Em geral, que grau de dificuldade tem para se vestir sozinho(a)? (Se 4: Ir para I16) I14. recebe alguma ajuda para se vestir?, porque não precisa (Se 2 ou 3: ir para I16) I15. Quem lhe presta ajuda para se vestir? I16. Em geral, que grau de dificuldade tem para andar em casa sozinho(a) no plano, do quarto para a sala, cozinha, etc.? (Se 4: Ir para I19) I17. recebe alguma ajuda para andar em casa?, porque não precisa (Se 2 ou 3: ir para I19) I18. Quem lhe presta ajuda para andar em casa? 3

4 I19. Em geral, que grau de dificuldade tem para deitar ou levantar da cama sozinho(a)? (Se 4: Ir para I22) I20. recebe alguma ajuda para deitar ou levantar da cama?, porque não precisa (Se 2 ou 3: ir para I22) I21. Quem lhe presta ajuda para deitar ou levantar da cama? I22. Em geral, que grau de dificuldade tem para sentar ou levantar da cadeira? (Se 4: Ir para I25) I23. recebe alguma ajuda para sentar ou levantar da cadeira?, porque não precisa (Se 2 ou 3: ir para I25) I24. Quem lhe presta ajuda para sentar ou levantar da cadeira? 4

5 I25. Em geral, que grau de dificuldade tem para fazer compras sozinho(a), por exemplo de alimentos, roupas ou medicamentos? (Se 4: Ir para I28) I26. recebe alguma ajuda para fazer compras?, porque não precisa (Se 2 ou 3: ir para I28) I27. Quem lhe presta ajuda para fazer compras? I28. Em geral, que grau de dificuldade tem para administrar as finanças sozinho(a) (cuidar do seu próprio dinheiro)? (Se 4: Ir para I31) I29. recebe alguma ajuda para administrar as finanças?, porque não precisa (Se 2 ou 3: ir para I31) I30. Quem lhe presta ajuda para administrar as finanças? 5

6 I31. Em geral, que grau de dificuldade tem para tomar os remédios sozinho(a)? (Se 4: Ir para I34) I32. recebe alguma ajuda para tomar os remédios?, porque não precisa (Se 2 ou 3: ir para I34) I33. Quem lhe presta ajuda para tomar os remédios? I34. Em geral, que grau de dificuldade tem para ir ao médico sozinho(a)? (Se 4: Ir para I37) I35. recebe alguma ajuda para ir ao médico?, porque não precisa (Se 2 ou 3: ir para I37) I36. Quem lhe presta ajuda para ir ao médico? I37. Em geral, que grau de dificuldade tem para sair sozinho(a) utilizando um transporte como ônibus, metrô, táxi, carro, etc.? (Se 4: Ir para I40) 6

7 I38. recebe alguma ajuda para sair?, porque não precisa (Se 2 ou 3: ir para I40) I39. Quem lhe presta ajuda para sair? Rede de apoio familiar e social Agora vamos a falar sobre as redes de apoio que tem. I40. Alguém da família, amigo ou vizinho, que more ou não com lhe presta ajuda: a. Com dinheiro? b. Dando roupas, remédios, comida ou outras coisas que precisa? c. Com tarefas fora de casa, como transporte, fazendo compras, indo ao banco, acompanhando às consultas médicas, etc.? d. Nas tarefas domésticas, como limpeza da casa, cuidando das roupas, fazendo comida, etc.? e. Fazendo companhia ou ouvindo seus problemas? f. Outro (Especifique: ) I41. oferece algum tipo de ajuda para alguém de sua família, amigo ou vizinho, que more ou não com ele(a)? a. Com dinheiro? b. Dando roupas, remédios, comida ou outras coisas? c. Tomando conta de crianças? d. Nas tarefas domésticas (limpeza da casa, cuidando das roupas, fazendo comida, etc)? e. Cuidando do cônjuge ou companheiro(a)? f. Cuidando de outros idosos ou adultos com limitações? I42. participa de atividades sociais organizadas (clubes, grupos comunitários ou religiosos, centros de convivência do idosos, etc.)? 7

8 Agora vamos falar sobre assistência de saúde I43. Quando foi a última vez que fez exame de vista por profissional de saúde? 1. Há menos de 6 meses 2. Entre 6 meses e menos de 1 ano 3. Entre 1 ano e menos de 2 anos 4. Entre 2 e 3 anos atrás 5. Mais de 3 anos atrás 6. Nunca (Se 6: Ir para I51) I44. Algum médico já lhe disse que tem catarata em uma ou em ambas as vistas? (Se 2: Ir para I51) I45. Houve indicação para realização de cirurgia nos olhos para retirar a catarata? (Se 2: Ir para I51) I46. fez a cirurgia? (Se 1: Ir para I48) I47. Qual o principal motivo de não ter feito a cirurgia de catarata? 1. Está marcada, mas ainda não fez achou necessário 3. Não conseguiu vaga 4. Estava com dificuldades financeiras 5. O serviço de saúde era muito distante 6. O plano de saúde não cobria a cirurgia 7. Não sabia onde realizar a cirurgia 8. Não tinha quem o(a) acompanhasse 9. Outro (Especifique: ) (Ir para I51) I48. A cirurgia foi coberta pelo plano de saúde? I49. pagou algum valor pela cirurgia? I50. A cirurgia foi feita através do Sistema Único de Saúde (SUS)? 3. Não sabe 8

9 I51. Nos últimos 12 meses, tomou vacina contra gripe? (Se 1: Ir para I53) I52. Qual o principal motivo por não ter tomado a vacina contra gripe? 1. Raramente fica gripado(a) sabia que era necessário tomar vacina contra gripe 3. Não sabia onde tomar a vacina 4. Tem medo da reação 5. Tem medo de injeção 6. Não tinha quem o(a) acompanhasse ao serviço de saúde 7. Estava com dificuldades financeiras 8. Teve dificuldades de transporte 9. O serviço de saúde era muito distante 10. A vacina não estava disponível no serviço que procurou 11. Contra-indicação médica 1 acredita que a vacina protege contra gripe 13. Outro (Especifique: ) I53. Nos últimos 12 meses, teve alguma queda que o(a) levou a procurar o serviço de saúde? (Se 2 e homem: Ir para I65; Se 2 e mulher: Ir para I61) I54. Na ocasião dessas quedas nos últimos 12 meses, fraturou quadril ou fêmur? (Se 2 e homem: Ir para I65; Se 2 e mulher: Ir para I61) I55. Teve necessidade de cirurgia? 1. Não (Se 1 e homem: Ir para I65; Se 1 e mulher: Ir para I61) 2. Sim, sem colocação de prótese 3. Sim, com colocação de prótese I56. A cirurgia foi coberta pelo plano de saúde? I57. pagou algum valor pela cirurgia? I58. A cirurgia foi feita através do Sistema Único de Saúde (SUS)? 3. Não sabe 9

10 I59. Quanto tempo esperou desde a hora que chegou ao hospital até a realização da cirurgia? horas (a ser completado para menos de 24 horas) dias meses I60. Por quanto tempo ficou internado(a)? dias meses As questões seguintes são dirigidas apenas às mulheres. I61. Quando foi a última vez que fez um exame de mamografia? 1. Menos de 1 ano atrás 2. De 1 ano a menos de 2 anos 3. De 2 anos a menos de 3 anos 4. 3 anos ou mais atrás 5. Nunca (Se 5: Ir para I65) I62. A última mamografia foi coberta por algum plano de saúde? I63. pagou algum valor pela última mamografia? I64. A última mamografia foi feita através do Sistema Único de Saúde (SUS)? 3. Não sabe I65. Quem foi o informante deste módulo? 1. Morador 1 2. Morador Morador n 5. Pessoa não-moradora 10

Módulo K - Saúde dos indivíduos com 60 anos ou mais e cobertura de mamografia entre mulheres de 50 anos e mais

Módulo K - Saúde dos indivíduos com 60 anos ou mais e cobertura de mamografia entre mulheres de 50 anos e mais Módulo K - Saúde dos indivíduos com 60 anos ou mais e cobertura de mamografia entre mulheres de 50 anos e mais Para mulheres de 50 a 59 anos de idade realizar apenas as perguntas K40 a K43 e K62. Primeiramente,

Leia mais

1. Muito boa 2. Boa 3. Regular 4. Ruim 5. Muito Ruim. 1. Sim 2. Não. 1. Muito boa 2. Boa 3. Regular 4. Ruim 5. Muito Ruim

1. Muito boa 2. Boa 3. Regular 4. Ruim 5. Muito Ruim. 1. Sim 2. Não. 1. Muito boa 2. Boa 3. Regular 4. Ruim 5. Muito Ruim ..... I. Saúde dos Idosos (indivíduos com 60 anos e mais) Horário de Início :. Primeiramente, gostaria de fazer algumas perguntas sobre os primeiros 15 anos de sua vida.. I1 I2 I3 Como o(a) sr(a) descreveria

Leia mais

Pesquisa Nacional de Saúde Módulo de Saúde dos indivíduos com 60 anos ou mais

Pesquisa Nacional de Saúde Módulo de Saúde dos indivíduos com 60 anos ou mais Pesquisa Nacional de Saúde Módulo de Saúde dos indivíduos com 60 anos ou mais Sumário Origem dos dados... 3 Descrição das variáveis disponíveis para tabulação... 4 Variáveis de conteúdo... 4 %Idosos c/limitação

Leia mais

F1. Quando foi a última vez que a sra fez um exame preventivo para câncer de colo do útero?

F1. Quando foi a última vez que a sra fez um exame preventivo para câncer de colo do útero? Módulo F - Saúde da Mulher (mulheres de 18 anos e mais de idade) Neste módulo, vamos fazer perguntas sobre a sua saúde, exames preventivos, história reprodutiva e planejamento familiar. F1. Quando foi

Leia mais

Qual o seu estado conjugal?

Qual o seu estado conjugal? .A. Características Sócio-Demográficas e Apoio Social Horário de Início : Neste módulo, vamos lhe perguntar sobre as suas características pessoais, como sexo e idade, características socioeconômicas, como

Leia mais

V1. Quando foi a última vez que o(a) sr(a) precisou consultar um médico? (siga V2) V2. Por qual motivo o(a) sr(a) precisou consultar um médico?

V1. Quando foi a última vez que o(a) sr(a) precisou consultar um médico? (siga V2) V2. Por qual motivo o(a) sr(a) precisou consultar um médico? Módulo V - Atendimento médico Neste módulo, vamos fazer perguntas sobre o atendimento médico, acesso ao atendimento e sua avaliação sobre o atendimento recebido no serviço de saúde. V1. Quando foi a última

Leia mais

Março/2016 Março/2016

Março/2016 Março/2016 São Paulo 2030 Março/2016 Março/2016 2 de 80 OBJETIVO Mapear as opiniões e as percepções dos moradores da cidade da São Paulo em relação a temas do cotidiano e à prestação de políticas públicas, bem como

Leia mais

R2. Qual o principal motivo da sra nunca ter feito um exame preventivo? 01. Nunca teve relações sexuais 02. Não acha necessário 03.

R2. Qual o principal motivo da sra nunca ter feito um exame preventivo? 01. Nunca teve relações sexuais 02. Não acha necessário 03. Módulo R. Saúde da Mulher (mulheres de 18 anos e mais de idade) Neste módulo, vamos fazer perguntas sobre a sua saúde, exames preventivos, história reprodutiva e planejamento familiar. R1. Quando foi a

Leia mais

Segurança e Insegurança Alimentar na Amazônia- Desigualdades e desafios

Segurança e Insegurança Alimentar na Amazônia- Desigualdades e desafios Segurança e Insegurança Alimentar na Amazônia- Desigualdades e desafios Ana Maria Segall Corrêa CONSEA Nacional GT de Indicadores e Monitoramento Junho de 2015 Objetivo Descrever a situação atual da SAN

Leia mais

QUESTIONÁRIO SOCIOECONÔMICO PARA ACOMPANHAMENTO PELO PROJETO SOFIAA SOCIAL ATENÇÃO:

QUESTIONÁRIO SOCIOECONÔMICO PARA ACOMPANHAMENTO PELO PROJETO SOFIAA SOCIAL ATENÇÃO: QUESTIONÁRIO SOCIOECONÔMICO PARA ACOMPANHAMENTO PELO PROJETO SOFIAA SOCIAL ATENÇÃO: A veracidade das respostas deste questionário é necessária e indispensável para sua participação no programa. Todas as

Leia mais

Módulo R - Saúde da Mulher (mulheres de 18 anos e mais de idade)

Módulo R - Saúde da Mulher (mulheres de 18 anos e mais de idade) Módulo R - Saúde da Mulher (mulheres de 18 anos e mais de idade) Neste módulo, vamos fazer perguntas sobre a sua saúde, exames preventivos, história reprodutiva e planejamento familiar. R1. Quando foi

Leia mais

PROJECTO DE INVESTIGAÇÃO QUESTIONÁRIO

PROJECTO DE INVESTIGAÇÃO QUESTIONÁRIO PROJECTO DE INVESTIGAÇÃO QUESTIONÁRIO O presente questionário foi elaborado no âmbito da disciplina Estágio e Projecto de Graduação, do 4º ano, da licenciatura em Enfermagem da Faculdade de Ciências da

Leia mais

A Kelly e o Karim desejam ficar à espera de bebé daqui a meio ano

A Kelly e o Karim desejam ficar à espera de bebé daqui a meio ano A Kelly e o Karim desejam ficar à espera de bebé daqui a meio ano A Kelly e o Karim desejam ficar à esperar de bebé daqui a meio ano. 1. A Kelly e o Karim desejam ficar à esperar de bebé daqui a meio ano.

Leia mais

[Entrevistador: As questões deste módulo são dirigidas às mulheres que tiveram o último parto posteriores a / / )

[Entrevistador: As questões deste módulo são dirigidas às mulheres que tiveram o último parto posteriores a / / ) Módulo S. Atendimento Pré-natal Agora vou lhe fazer perguntas sobre o atendimento pré-natal. [Entrevistador: As questões deste módulo são dirigidas às mulheres que tiveram o último parto posteriores a

Leia mais

B. Auto-Avaliação do Estado de Saúde Horário de Início :

B. Auto-Avaliação do Estado de Saúde Horário de Início : B. Auto-Avaliação do Estado de Saúde Horário de Início : As primeiras perguntas deste módulo são sobre sua saúde em geral, tanto sobre sua saúde física como sua saúde mental. 1. Muito boa 2. Boa B1 Em

Leia mais

Profª Drª Carmita Abdo Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Projeto Sexualidade (ProSex)

Profª Drª Carmita Abdo Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Projeto Sexualidade (ProSex) Profª Drª Carmita Abdo Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo Projeto Sexualidade (ProSex) Distribuição por Gênero 1715 entrevistados 60,3% 39,7% 51,9% Minas Gerais 48,1% (n = 550) (n = 362)

Leia mais

AS AVENTURAS DE MIGUEL - Bernardo S. Schmitt-

AS AVENTURAS DE MIGUEL - Bernardo S. Schmitt- AS AVENTURAS DE MIGUEL - Bernardo S. Schmitt- Era uma vez um menino chamado Miguel. Num dia sua mãe falou: - Olha, filho, hoje você vai para escola de ônibus. E o Miguel falou: - Mas eu não sou pequeno?

Leia mais

SONDAGEM DATAS COMEMORATIVAS DIA DOS PAIS

SONDAGEM DATAS COMEMORATIVAS DIA DOS PAIS SONDAGEM DATAS COMEMORATIVAS DIA DOS PAIS Agosto 2016 INTENÇÃO DE COMPRAS DIA DOS PAIS 2016 Intenção de Presentear 48,9% Têm intenção de presentear no Dia dos Pais 38,1% Não pretendem comprar presentes,

Leia mais

EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS. Segundo informações do Portal do Envelhecimento 1 :

EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS. Segundo informações do Portal do Envelhecimento 1 : EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS Segundo informações do Portal do Envelhecimento 1 : Aos cuidadores é designada a função de auxiliar as pessoas idosas no desempenho de suas atividades cotidianas que, comumente, são

Leia mais

Pesquisa de Orçamentos Familiares 2008-2009

Pesquisa de Orçamentos Familiares 2008-2009 Diretoria de Pesquisas Coordenação de Trabalho e Rendimento Pesquisa de Orçamentos Familiares 2008-2009 Perfil das Despesas Indicadores Selecionados 14/09/2012 POF 2008 2009 Objetivos: Investigação dos

Leia mais

Quedas em casa. Guia de segurança para pessoas idosas

Quedas em casa. Guia de segurança para pessoas idosas Quedas em casa Guia de segurança para pessoas idosas Não adianta fugir da realidade. Na medida em que a idade avança, a pessoa passa a ter as limitações próprias dos mais velhos. O risco de quedas por

Leia mais

É importante saber por que certas coisas são o que são. Quer dizer, saber por que acontecem de um jeito e não de outro. O arco-íris, por exemplo.

É importante saber por que certas coisas são o que são. Quer dizer, saber por que acontecem de um jeito e não de outro. O arco-íris, por exemplo. 1. É importante saber por que certas coisas são o que são. Quer dizer, saber por que acontecem de um jeito e não de outro. O arco-íris, por exemplo. O arco-íris pode parecer muito estranho se você não

Leia mais

Sete em cada dez sonhos de consumo dos brasileiros ainda não foram realizados.

Sete em cada dez sonhos de consumo dos brasileiros ainda não foram realizados. Sete em cada dez sonhos de consumo dos brasileiros ainda não foram realizados. Os brasileiros têm como principais sonhos de consumo viajar, frequentar restaurantes, querem comprar seu próprio carro e cuidar

Leia mais

Finanças Pessoais. Curso de Ciências Contábeis. Professora: Araceli Farias de Oliveira. Universidade do Sul de Santa Catarina

Finanças Pessoais. Curso de Ciências Contábeis. Professora: Araceli Farias de Oliveira. Universidade do Sul de Santa Catarina Finanças Pessoais Curso de Ciências Contábeis Professora: Araceli Farias de Oliveira de Santa Catarina Finanças Pessoais A principal razão para o descontrole das finanças pessoais e orçamento familiar

Leia mais

ANÁLISE DE INQUÉRITOS SATISFAÇÃO AOS UTENTES

ANÁLISE DE INQUÉRITOS SATISFAÇÃO AOS UTENTES ANÁLISE DE INQUÉRITOS SATISFAÇÃO AOS UTENTES No dia de Novembro de 0 foi aplicado um Inquérito de Satisfação aos Utentes, na USF Monte Pedral. O inquérito aplicado foi: Qual a sua opinião sobre o seu Médico

Leia mais

PARTE I A PREENCHER PELO/A DIRETOR/A TÉCNICO/A. Nome: Data de nascimento: / / Género: Masculino Feminino NIF: NISS: SNS:

PARTE I A PREENCHER PELO/A DIRETOR/A TÉCNICO/A. Nome: Data de nascimento: / / Género: Masculino Feminino NIF: NISS: SNS: FICHA DE CANDIDATURA Data de entrada da Candidatura: / / Nº de Candidatura: / A PREENCHER PELO/A DT: RS: ERPI - CANDIDATURA: SINGULAR CASAL CDD - COM TRANSPORTE SEM TRANSPORTE OUTRO (QUAL: ) SAD - HIGIENE

Leia mais

GEOGRAFIA 3º. Meu bairro

GEOGRAFIA 3º. Meu bairro 3º ANO 11 M/T 28/ago/12 GEOGRAFIA 3º Meu bairro Eu me chamo Natália. Quando era pequena, morava num bairro só de casas. O lugar era tão calmo que nós podíamos brincar no meio da rua. Parecia uma cidade

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS MANUAL DO SERVIDOR

UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA PRÓ-REITORIA DE GESTÃO DE PESSOAS MANUAL DO SERVIDOR Página de 5 PLANO DE SAÚDE - GEAP DEFINIÇÃO Ingresso: benefício que compreende a assistência médica, hospitalar, odontológica, psicológica e farmacêutica prestada pela operadora GEAP, visto que esta possui

Leia mais

ESTUDO SOBRE A EXCLUSÃO SOCIAL EM SAÚDE - BRASIL

ESTUDO SOBRE A EXCLUSÃO SOCIAL EM SAÚDE - BRASIL ESTUDO SOBRE A EXCLUSÃO SOCIAL EM SAÚDE - BRASIL BERNARD F. COUTTOLENC Universidade de São Paulo 2002 Objetivos do Estudo Quantificar a exclusão social em saúde no Brasil PNAD 1998 STEP (Strategies & Tools

Leia mais

QUESTIONÁRIO PARA EXAME DE CORAÇÃO

QUESTIONÁRIO PARA EXAME DE CORAÇÃO QUESTIONÁRIO PARA EXAME DE CORAÇÃO (Nome da escola) (Nome do aluno) (Data de nascimento) (Série) (turma) (ano) (mês) (dia) (idade) (sexo) : (M) / (F) (altura): cm (peso): Kg SOLICITAÇÃO AOS SENHORES PAIS

Leia mais

Anexo 6 Cartela de Pontos

Anexo 6 Cartela de Pontos Anexo 6 Cartela de Pontos JOGO DOS DADOS COMBINADOS GRUPO 1 GRUPO 2 GRUPO 3 GRUPO 4 GRUPO 5 1ª RODADA 2ª RODADA 3ª RODADA 4ª RODADA 5ª RODADA TOTAL Anexo 7 Problemas medidas não convencionais Situação-problema

Leia mais

Avaliação de impacto do Programa Escola Integrada de Belo Horizonte

Avaliação de impacto do Programa Escola Integrada de Belo Horizonte Avaliação de impacto do Programa Escola Integrada de Belo Horizonte Índice Programa Escola Integrada Avaliação de impacto Amostra Pesquisa Indicadores Resultados Impactos estimados Comentários Programa

Leia mais

CALENDÁRIO DO CURSO SUPERIOR DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS - SISTEMA EAD

CALENDÁRIO DO CURSO SUPERIOR DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS - SISTEMA EAD ESTRUTURA DO CALENDÁRIO Atualizado em 01/03/2010 Antes de utilizar o Calendário do Curso, leia atentamente o Manual do Aluno do SISTEMA EAD, para que possa entender o processo de avaliação, disciplinas,

Leia mais

CALENDÁRIO - PED ENSINO DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA Grupo 092 - Janeiro/2012

CALENDÁRIO - PED ENSINO DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA Grupo 092 - Janeiro/2012 Grupo 85 - CALENDÁRIO - PED ENSINO DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA CursoID 422 - GradeID 520 Estrutura do Calendário Antes de utilizar o Calendário do Curso, leia atentamente o Manual do Aluno de EAD para que

Leia mais

Paulistana. Apresentação do Case Tema: Sala de apoio ao Aleitamento Materno para Colaboradora

Paulistana. Apresentação do Case Tema: Sala de apoio ao Aleitamento Materno para Colaboradora Apresentação do Case Tema: Sala de apoio ao Aleitamento Materno para Colaboradora Introdução O leite humano é o melhor alimento que uma criança pode receber já que foi especialmente projetado para satisfazer

Leia mais

O QUE É? O RETINOBLASTOMA

O QUE É? O RETINOBLASTOMA O QUE É? O RETINOBLASTOMA Retina O RETINOBLASTOMA O QUE SIGNIFICA ESTADIO? O QUE É O RETINOBLASTOMA? O Retinoblastoma é um tumor que se desenvolve numa zona do olho chamada retina. A retina é uma fina

Leia mais

DENGUE. Jamila Rainha Jamila Rainha é cientista social e consultora de Pesquisa 3235-5436/9959-2986

DENGUE. Jamila Rainha Jamila Rainha é cientista social e consultora de Pesquisa 3235-5436/9959-2986 DENGUE A Secretaria de Saúde do Estado do Espírito Santo confirmou a primeira morte causada por dengue hemorrágica no ano de 2009. A vítima era moradora da Serra (terceiro município em números de casos

Leia mais

O QUE SÃO AS VACINAS?

O QUE SÃO AS VACINAS? VAMOS FALAR VACINAS SOBRE O QUE SÃO AS VACINAS? As vacinas são substâncias que estimulam o corpo a se defender contra os organismos (vírus e bactérias) que provocam doenças. Protegem milhões de crianças

Leia mais

Linhas de Cuidado - Saúde Bucal

Linhas de Cuidado - Saúde Bucal PLANO REGIONAL DE SAUDE DA PESSOA IDOSA DRS V Barretos EIXOS COLEGIADOS DE GESTÃO REGIONAL CGR NORTE E SUL PRIORIDADE 01: EIXO 1 Melhoria da cobertura vacinal VIGILÂNCIA E PROMOÇÃO À SAÚDE - Sensibilizar

Leia mais

MONITORAMENTO DA ATENÇÃO BÁSICA E EQUIPES DE SAÚDE NO ESTADO DE SÃO PAULO

MONITORAMENTO DA ATENÇÃO BÁSICA E EQUIPES DE SAÚDE NO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE DE SÃO PAULO COORDENADORIA DE PLANEJAMENTO DE SAÚDE MONITORAMENTO DA ATENÇÃO BÁSICA E EQUIPES DE SAÚDE NO ESTADO DE SÃO PAULO Orientação ao Interlocutor: 1. Explore bem o

Leia mais

OFICINA DE ORGANIZAÇÃO PESSOAL MARCIA NOLETO PERSONAL ORGANIZER

OFICINA DE ORGANIZAÇÃO PESSOAL MARCIA NOLETO PERSONAL ORGANIZER OFICINA DE ORGANIZAÇÃO PESSOAL MARCIA NOLETO PERSONAL ORGANIZER MEU TEMPO É PRECIOSO ROTINA INSANA CAOS COMIDA PARA FAZER CASA PARA LIMPAR FILHOS PARA CUIDAR TRABALHO COMO SER ORGANIZADA? Processo que

Leia mais

FUNCIONÁRIOS EFETIVOS

FUNCIONÁRIOS EFETIVOS NÚCLEO DE ESPORTES - NAVEGAR Coordenador: Cosme Eduardo Bernardes Professor: Cleber Campos de Souza E-mail: cebernardes@correio1.vitoria.es.gov.br Telefone: (27) 3382-6430 Endereço: Av. Dário Lourenço

Leia mais

Caracterização do território

Caracterização do território Perfil do Município de Betim, MG 30/07/2013 - Pág 1 de 14 Caracterização do território Área 346,8 km² IDHM 2010 0,749 Faixa do IDHM Alto (IDHM entre 0,700 e 0,799) (Censo 2010) 378089 hab. Densidade demográfica

Leia mais

O ADULTO QUE CUIDA. Psic. Ms Helenita Ferrari

O ADULTO QUE CUIDA. Psic. Ms Helenita Ferrari O ADULTO QUE CUIDA Psic. Ms Helenita Ferrari QUEM É O OUTRO, AQUELE QUE CUIDA? É o adulto que cuida. Aquele que exerce as funções de cuidado, que nem sempre é a mãe. Mas é a pessoa mais estável na vida

Leia mais

GUIA DE SINALIZAÇÃO DAS UNIDADES E SERVIÇOS DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE SUS

GUIA DE SINALIZAÇÃO DAS UNIDADES E SERVIÇOS DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE SUS GUIA DE SINALIZAÇÃO DAS UNIDADES E SERVIÇOS DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE SUS 1 COR COR COR C 100 M 70 Y 0 K 0 O AZUL DAS PLACAS DEVE SER CORRESPONDENTE AO DESCRITO NO SISTEMA DE POLICROMIA CMYK, CONFORME

Leia mais

Aula 01: Grandezas Físicas; Sistemas de Unidades; Vetores

Aula 01: Grandezas Físicas; Sistemas de Unidades; Vetores Aula 01: Grandezas Físicas; Sistemas de Unidades; Vetores Tópico 01: Grandezas Físicas - Introdução Caro aluno, quantas vezes você já ouviu alguém falar que Física e Matemática é tudo a mesma coisa? Que

Leia mais

1.2 Vitimização 1.2.6 Agressão física

1.2 Vitimização 1.2.6 Agressão física Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Características da vitimização e do acesso à justiça no Brasil 2009 Tabela 1.2.6.1.1 - Pessoas de 10 anos ou mais de idade que foram vítimas de agressão física,

Leia mais

BOLETIM DE CUIDADOS NO DOMICÍLIO

BOLETIM DE CUIDADOS NO DOMICÍLIO PESSOAS EM SITUAÇÃO DE DEPENDÊNCIA BOLETIM DE CUIDADOS NO DOMICÍLIO Ministério da Saúde Direcção-Geral da Saúde ESTE BOLETIM CONTÉM INFORMAÇÕES IMPORTANTES PARA A SAÚDE DA PESSOA A QUEM DIZ RESPEITO Conserve-o

Leia mais

Inquérito dos Hábitos de Sono aos Alunos do IST

Inquérito dos Hábitos de Sono aos Alunos do IST Inquérito dos Hábitos de Sono aos Alunos do IST Sexo: Ano Nascimento: Estado Civil : Vive : Curso que frequenta: Ano de Curso: Média de Curso: Número de Reprovações: http://www.inqueritomedicinadosono.pt.vu/

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº, DE 2009 (Do Sr. Capitão Assumção)

PROJETO DE LEI Nº, DE 2009 (Do Sr. Capitão Assumção) PROJETO DE LEI Nº, DE 2009 (Do Sr. Capitão Assumção) Altera dispositivo da lei 8.069 (Estatuto da Criança e do Adolescente) para obrigar a realização da triagem neonatal completa realizada em recém nascidos.

Leia mais

NOVO CALENDÁRIO VACINAÇÃO 2016 GVE 21 PRESIDENTE PRUDENTE 14 JANEIRO 2015

NOVO CALENDÁRIO VACINAÇÃO 2016 GVE 21 PRESIDENTE PRUDENTE 14 JANEIRO 2015 NOVO CALENDÁRIO VACINAÇÃO 2016 GVE 21 PRESIDENTE PRUDENTE 14 JANEIRO 2015 Ações propostas Período de janeiro a março de 2016 Municípios que tem VOPt Esquema vacinal 2016 Idade Vacina 2 meses VIP 4 meses

Leia mais

PROJETO DE LEI DA CÂMARA Nº 47, DE 2015

PROJETO DE LEI DA CÂMARA Nº 47, DE 2015 PROJETO DE LEI DA CÂMARA Nº 47, DE 2015 (Nº 3.575/2012, NA CASA DE ORIGEM) Altera os arts. 3º, 15 e 71 da Lei nº 10.741, de 1º de outubro de 2003, que dispõe sobre o Estatuto do Idoso e dá outras providências.

Leia mais

Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC) JOINVILLE

Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC) JOINVILLE Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC) JOINVILLE Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC) JOINVILLE FECOMÉRCIO SC SUMÁRIO Endividamento em Joinville 7 Considerações

Leia mais

7 SEGREDOS DE ESTILO DA MULHER EMPREENDEDORA P A U L A T A L M E L L I

7 SEGREDOS DE ESTILO DA MULHER EMPREENDEDORA P A U L A T A L M E L L I 7 SEGREDOS DE ESTILO DA MULHER EMPREENDEDORA P A U L A T A L M E L L I P O R P A U L A T A L M E L L I 01 Vista-se de acordo com a ocasião e/ou o cliente Muitas vezes confundimos o nosso estilo com a roupa

Leia mais

Formulário fora do período de validade!

Formulário fora do período de validade! Formulário fora do período de validade! Data Inicial: 01/05/2016 Data Final: 31/05/2016 Em caso de dúvida entre em contato com: Nome: Equipe de Promoção da Saúde (Gabriela, Gisele, Kátia e Roberta) Email:

Leia mais

Após anos 70: aumento significativo de recursos para restauração. Não se observa um aumento proporcional de

Após anos 70: aumento significativo de recursos para restauração. Não se observa um aumento proporcional de Aspectos sociais em projetos de restauração de áreas degradadas Maria Castellano CTR Campinas Gestão de recursos naturais Os recursos naturais são passíveis de serem utilizados por muitos indivíduos; É

Leia mais

Curso de Especialização em Saúde da Família Modalidade a Distância. Unidade 2 Módulo 3 Taxa ou coeficiente de mortalidade infantil

Curso de Especialização em Saúde da Família Modalidade a Distância. Unidade 2 Módulo 3 Taxa ou coeficiente de mortalidade infantil Curso de Especialização em Saúde da Família Modalidade a Distância Unidade 2 Módulo 3 Taxa ou coeficiente de mortalidade infantil A taxa ou coeficiente de mortalidade infantil é uma estimativa do risco

Leia mais

DESAFIOS PARA GARANTIR O TRABALHO DECENTE PARA OS/AS JOVENS, COM ESPECIAL ATENÇÃO ÀS QUESTÕES DE GÊNERO E RAÇA

DESAFIOS PARA GARANTIR O TRABALHO DECENTE PARA OS/AS JOVENS, COM ESPECIAL ATENÇÃO ÀS QUESTÕES DE GÊNERO E RAÇA DESAFIOS PARA GARANTIR O TRABALHO DECENTE PARA OS/AS JOVENS, COM ESPECIAL ATENÇÃO ÀS QUESTÕES DE GÊNERO E RAÇA FORUM NACIONAL TRABALHO DECENTE PARA OS JOVENS: FORTALECENDO A AGENDA NACIONAL DE TRABALHO

Leia mais

MUITO OBRIGADA PELA SUA COLABORAÇÃO! DIÁRIO DE ATIVIDADE FÍSICA (DAF 1) Antes de iniciar, leia com atenção as instruções que se seguem.

MUITO OBRIGADA PELA SUA COLABORAÇÃO! DIÁRIO DE ATIVIDADE FÍSICA (DAF 1) Antes de iniciar, leia com atenção as instruções que se seguem. A preencher pelo entrevistador: MUITO OBRIGADA PELA SUA COLABORAÇÃO! DIÁRIO DE ATIVIDADE FÍSICA (DAF ) Criança 6- anos O preenchimento deste diário é imprescindível para o conhecimento da atividade física

Leia mais

Censo Demográfico 2000

Censo Demográfico 2000 1 Censo Demográfico 2000 CD 1.02 Questionário da Amostra MUNICÍPIO: AGÊNCIA: 1 IDENTIFICAÇÃO 1.01 NÚMERO DO QUESTIONÁRIO 1.02 UF 1.03 MUNICÍPIO 1.04 DISTRITO 1.05 SUBDISTRITO 1.06 SETOR 1.07 N O DA PÁGINA

Leia mais

5 são flamenguistas. A metade dos restantes é

5 são flamenguistas. A metade dos restantes é Simulado de matemática Professor Quilelli Academia do Concurso Público 1) Joana comeu metade das balas que haviam em um saco. Marina comeu a terça parte das balas do saco. Eulália comeu as 5 balas restantes.

Leia mais

- Evitar olhar diretamente nos olhos do animal, pois esta é uma atitude interpretada como desafio;

- Evitar olhar diretamente nos olhos do animal, pois esta é uma atitude interpretada como desafio; http://www.pasteur.saude.sp.gov.br/cao/cao_06.htm O que fazer no caso de ataque de um animal - Evitar olhar diretamente nos olhos do animal, pois esta é uma atitude interpretada como desafio; - O rosto

Leia mais

Serviço de Edição e Informação Técnico-Científica/abril 2012 SISTEMA DE INFORMAÇÃO DO CÂNCER (SISCAN)

Serviço de Edição e Informação Técnico-Científica/abril 2012 SISTEMA DE INFORMAÇÃO DO CÂNCER (SISCAN) Serviço de Edição e Informação Técnico-Científica/abril 2012 SISTEMA DE INFORMAÇÃO DO CÂNCER (SISCAN) 1 O que é a versão web SISCAN? É a versão em plataforma web que integra os Sistemas de Informação do

Leia mais

Impossibilidade legal da transformação de categoria de pacientes particulares para SUS

Impossibilidade legal da transformação de categoria de pacientes particulares para SUS Impossibilidade legal da transformação de categoria de pacientes particulares para SUS Esclarecemos a todos os médicos e demais colaboradores envolvidos nos processos assistenciais dos pacientes do Instituto

Leia mais

LICENÇA PARENTAL INICIAL

LICENÇA PARENTAL INICIAL Direitos e Deveres da Parentalidade Lei n.º 59/2008, de 11 de Setembro Regime de Contrato de Trabalho em Funções Públicas (art.º 33º do Código do Trabalho (vs. Da Lei n.º 7/2009, de 12/02) e art. 40º do

Leia mais

UMA GRIPE INCOMUM TAMBÉM NESTA EDIÇÃO:

UMA GRIPE INCOMUM TAMBÉM NESTA EDIÇÃO: Em 1918 uma doença terrível saqueou o mundo, o surto de doenças com mais fatalidades na história moderna. A doença era a influenza, mas não era somente uma gripe... UMA GRIPE INCOMUM TAMBÉM NESTA EDIÇÃO:

Leia mais

A VIGILÂNCIA E A CONDUTA DA HIGIENE SANITÁRIA DOS AMBIENTES

A VIGILÂNCIA E A CONDUTA DA HIGIENE SANITÁRIA DOS AMBIENTES A VIGILÂNCIA E A CONDUTA DA HIGIENE SANITÁRIA DOS AMBIENTES Alan Ramos COSTA Discente UNILAGO Ellen de Lima BORGES Docente UNILAGO AUTORES RESUMO O objetivo deste projeto de pesquisa é divulgar a gravidade

Leia mais

NOME DA UNIDADE ESCOLAR: ( ) CRECHE ( ) EDI ( ) ESCOLA MUNICIPAL COM EDUCAÇÃO INFANTIL BAIRRO CRE

NOME DA UNIDADE ESCOLAR: ( ) CRECHE ( ) EDI ( ) ESCOLA MUNICIPAL COM EDUCAÇÃO INFANTIL BAIRRO CRE NOME DA UNIDADE ESCOLAR: ( ) CRECHE ( ) EDI ( ) ESCOLA MUNICIPAL COM EDUCAÇÃO INFANTIL BAIRRO CRE Pesquisa elaborada pelo Sepe/RJ - Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação do Rio de Janeiro SAE

Leia mais

Atividades Recreativas Arte de Acampar

Atividades Recreativas Arte de Acampar Introdução É uma boa atividade de observação. Primeiro você deve aprender os sinais de pista utilizados para comunicação nas trilhas de florestas e nos campos. Alguns, são idênticos aos usados no passado

Leia mais

ANEXO I. Autorização para efectuar recolha de dados

ANEXO I. Autorização para efectuar recolha de dados ANEXOS 73 74 ANEXO I Autorização para efectuar recolha de dados 7 76 ANEXO II Formulário 77 A Depressão no Idoso Consentimento Informado O presente questionário foi realizado pela Enfermeira Susana Drago,

Leia mais

Q1. Quando foi a última vez que o(a) sr(a) teve sua pressão arterial medida?

Q1. Quando foi a última vez que o(a) sr(a) teve sua pressão arterial medida? Módulo Q. Doenças crônicas As perguntas deste módulo são sobre doenças crônicas. Vamos fazer perguntas sobre diagnóstico de doenças, uso dos serviços de saúde e tratamento dos problemas. Q1. Quando foi

Leia mais

QUADRO DE FUNCIONÁRIOS

QUADRO DE FUNCIONÁRIOS CENTRO CULTURAL CARMÉLIA MARIA DE SOUZA - TEATRO CARMÉLIA Responsável: Antônio Carlos Carvalho Fundação: 2010 Telefone: (27) 3132-8372 Endereço: Rua Eng Manoel Passos de Barros, s/n Bairro: Mário Cypreste

Leia mais

Educação Financeira. Janeiro 2014. Slide 1

Educação Financeira. Janeiro 2014. Slide 1 Educação Financeira Janeiro 2014 Slide 1 OBJETIVOS DO ESTUDO (I) Comportamento financeiro: Hábitos de compra, financiamento, comportamento com relação a pagamento de contas, endividamento, inclusão do

Leia mais

INQUÉRITO DE SATISFAÇÃO DOS UTENTES DOS CUIDADOS DE SAÚDE PRIMÁRIOS DA RAA 2016 RESULTADOS PRELIMINARES

INQUÉRITO DE SATISFAÇÃO DOS UTENTES DOS CUIDADOS DE SAÚDE PRIMÁRIOS DA RAA 2016 RESULTADOS PRELIMINARES INQUÉRITO DE SATISFAÇÃO DOS UTENTES DOS CUIDADOS DE SAÚDE PRIMÁRIOS DA RAA 2016 RESULTADOS PRELIMINARES Direção Regional da Saúde junho de 2016 Índice Introdução... 3 1. Dados sociodemográficos... 4 2.

Leia mais

Tipo de Número Número Número Tipo de Data da Registro do Domicílio da Família do Indivíduo Morador Entrevista

Tipo de Número Número Número Tipo de Data da Registro do Domicílio da Família do Indivíduo Morador Entrevista Tipo de Número Número Número Tipo de Data da Registro do Domicílio da Família do Indivíduo Morador Entrevista 7 Bloco E - Atributos Pessoais (10 anos e mais) Dia Mês Ano Nome do Indivíduo Nome do Informante

Leia mais

QUESTIONÁRIO SOBRE CARACTERÍSTICAS DOMICILIARES

QUESTIONÁRIO SOBRE CARACTERÍSTICAS DOMICILIARES QUESTIONÁRIO SOBRE CARACTERÍSTICAS DOMICILIARES TIPO DO QUESTIONÁRIO INDIVIDUAL 1. A 2. B IDENTIFICAÇÃO E CONTROLE Unidade da Federação: --------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

Plano Plurianual - Fundo Municipal de Saúde (art. 165, 1º da Constituição Federal )

Plano Plurianual - Fundo Municipal de Saúde (art. 165, 1º da Constituição Federal ) PROGRAMA: ADMINISTRAÇÃO GERAL OBJETIVO: Manter as atividades administrativas e operacionais dos órgãos para melhoria da prestação de serviços ao público. Manutenção das Atividades Administrativas Fundo

Leia mais

Nº do Domicílio Nº da Nº do Tipo de Data da Entrevista Prenome do Indivíduo Prenome do Informante Família Indivíduo Morador 7

Nº do Domicílio Nº da Nº do Tipo de Data da Entrevista Prenome do Indivíduo Prenome do Informante Família Indivíduo Morador 7 NÚMERO DO QUESTIONÁRIO Nº do Domicílio Nº da Nº do Tipo de Data da Entrevista Prenome do Indivíduo Prenome do Informante Família Indivíduo Morador 7 1 2 6 7 8 9 10 11 12 17 BLOCO E - ATRIBUTOS PESSOAIS

Leia mais

RECUPERAÇÃO DE CRÉDITO Empréstimo de nome para terceiros. Abril de 2016

RECUPERAÇÃO DE CRÉDITO Empréstimo de nome para terceiros. Abril de 2016 RECUPERAÇÃO DE CRÉDITO Empréstimo de nome para terceiros Abril de 2016 OBJETIVOS DO ESTUDO Compreender o processo da inadimplência resultante do empréstimo do nome para terceiros. METODOLOGIA Público alvo:

Leia mais

TH 030- Sistemas Prediais Hidráulico Sanitários

TH 030- Sistemas Prediais Hidráulico Sanitários Universidade Federal do Paraná Engenharia Civil TH 030- Sistemas Prediais Hidráulico Sanitários Aula 17 Instalações de Esgoto Profª Heloise G. Knapik 1 Instalações prediais de esgotamento sanitário Objetivo

Leia mais

Morango Chocolate Laranja Iogurte

Morango Chocolate Laranja Iogurte PROFESSOR: EQUIPE DE HISTÓRIA E GEOGRAFIA BANCO DE QUESTÕES - HISTÓRIA E GEOGRAFIA 3 ANO - ENSINO FUNDAMENTAL ========================================================================== 01- Pensando no

Leia mais

É PRECISO MELHORAR O ORÇAMENTO COM A ASSISTÊNCIA MÉDICA E ODONTOLÓGICANO TRT DE SÃO PAULO

É PRECISO MELHORAR O ORÇAMENTO COM A ASSISTÊNCIA MÉDICA E ODONTOLÓGICANO TRT DE SÃO PAULO É PRECISO MELHORAR O ORÇAMENTO COM A ASSISTÊNCIA MÉDICA E ODONTOLÓGICANO TRT DE SÃO PAULO O Tribunal Regional do Trabalho da 2ª. Região TRT 2 tem uma dotação 1 inicial de R$ 26,4 milhões no orçamento de

Leia mais

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA

PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA PESQUISA DE OPINIÃO PÚBLICA SOBRE TRANSGÊNICOS DEZEMBRO 2002 OPP 573 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DA PESQUISA OBJETIVO LOCAL - Levantar junto a população da área em estudo opiniões sobre os transgênicos. -

Leia mais

Representantes da Fehosp na Comissão Estadual Maria Fátima da Conceição Hermínia Maria Martins

Representantes da Fehosp na Comissão Estadual Maria Fátima da Conceição Hermínia Maria Martins RELATÓRIO DA 2ª REUNIÃO DA COMISSÃO ESTADUAL DE MONITORAMENTO DO AUXÍLIO FINANCEIRO ÀS INSTITUIÇÕES FILANTRÓPICAS - SANTA CASA SUSTENTÁVEL REALIZADA EM 18/03/2016. Representantes da Fehosp na Comissão

Leia mais

PROJETO REVIVENDO O IASERJ

PROJETO REVIVENDO O IASERJ PROJETO REVIVENDO O IASERJ Proposta alternativa à cessão do IASERJ CENTRAL ao INCa Considerando que o servidor público estadual e seus dependentes ( aproximadamente 1.200.000 pessoas ) precisam ter suas

Leia mais

Micro e Pequenos Empresários retardam pagamento do 13º, mas a grande maioria conseguirá pagar o benefício até o final de 2003

Micro e Pequenos Empresários retardam pagamento do 13º, mas a grande maioria conseguirá pagar o benefício até o final de 2003 Micro e Pequenos Empresários retardam pagamento do 13º, mas a grande maioria conseguirá pagar o benefício até o final de 2003 Pesquisa coordenada pelo Instituto Fecomércio-RJ a pedido do SEBRAE/RJ (Serviço

Leia mais

AULÃO DO CARECÃO NÃO TENHO MEDO DE CARA FEIA! E NEM DE PROVA TAMBÉM.

AULÃO DO CARECÃO NÃO TENHO MEDO DE CARA FEIA! E NEM DE PROVA TAMBÉM. AULÃO DO CARECÃO NÃO TENHO MEDO DE CARA FEIA! E NEM DE PROVA TAMBÉM. QUESTÕES Faço a fácil ou a difícil? Como controlar meu tempo? Como controlar a ansiedade? ESTOU COM MEDO!!!!! Fórmula da APROVAÇÃO Ser

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE JOINVILLE SECRETARIA MUNICIPAL DA ASSISTÊNCIA SOCIAL

PREFEITURA MUNICIPAL DE JOINVILLE SECRETARIA MUNICIPAL DA ASSISTÊNCIA SOCIAL 2 PREFEITURA MUNICIPAL DE JOINVILLE SECRETARIA MUNICIPAL DA ASSISTÊNCIA SOCIAL PESQUISA DE OPINIÃO SOBRE O ATO DE DAR ESMOLAS EM JOINVILLE Análise de dados realizada por: PAINEL PESQUISAS, CONSULTORIA

Leia mais

(VERSÃO ORIGINAL COM EXCLUSÃO DE NOMES E IMAGENS DE PESSOAS)

(VERSÃO ORIGINAL COM EXCLUSÃO DE NOMES E IMAGENS DE PESSOAS) (VERSÃO ORIGINAL COM EXCLUSÃO DE NOMES E IMAGENS DE PESSOAS) Foto 01: Fachada da Unidade Básica de Saúde implanta no RUC Jatobá para os novos moradores. O objetivo dessa unidade é acompanhar o andamento

Leia mais

Pesquisa Mensal de Emprego

Pesquisa Mensal de Emprego Comunicação Social 25 de março de 2004 Pesquisa Mensal de Emprego Taxa de desocupação é de 12% em fevereiro Em fevereiro de 2004, a taxa de desocupação ficou estável tanto em relação ao mês anterior (11,7%)

Leia mais

Pindura pra mim. A maior ninhada registrada até hoje, ocorreu em 1944. Foxhound teve 24 filhotes.

Pindura pra mim. A maior ninhada registrada até hoje, ocorreu em 1944. Foxhound teve 24 filhotes. Pindura pra mim A Cliente vem trazer o cachorro pra banho, me diz que trocou de carro com o marido e que a carteira dela ficou no outro carro. Pergunta se poderia passar aqui outro dia para pagar e até

Leia mais

Documentos e Formulários para o Processo de Sinistro

Documentos e Formulários para o Processo de Sinistro Documentos e Formulários para o Processo de Sinistro Conte conosco! O Itaú está à sua disposição e sabe a importância de oferecer a você o apoio necessário neste momento. Por isso, preparamos este material

Leia mais

Dispõe sobre a proteção e os direitos das pessoas portadoras de transtornos mentais e redireciona o modelo assistencial em saúde mental.

Dispõe sobre a proteção e os direitos das pessoas portadoras de transtornos mentais e redireciona o modelo assistencial em saúde mental. Presidência da República Casa Civil Subchefia para Assuntos Jurídicos LEI No 10.216, DE 6 DE ABRIL DE 2001. Dispõe sobre a proteção e os direitos das pessoas portadoras de transtornos mentais e redireciona

Leia mais

ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE COLNIZA CNPJ: 04.213.687/0001-02

ESTADO DE MATO GROSSO PREFEITURA MUNICIPAL DE COLNIZA CNPJ: 04.213.687/0001-02 ANEXO I CARGOS, VAGAS, ESCOLARIDADE MÍNIMA EXIGIDA, CARGA HORÁRIA SEMANAL E VENCIMENTO Cargo Nº. Vagas/ por micro-área Escolaridade Mínima Carga Horária Semanal Vencimento Mensal Inicial (R$) Agente Comunitário

Leia mais

Tarefa 5: Elaborando Atividade para EAD (Parte 2) - Maykon dos Santos Marinho

Tarefa 5: Elaborando Atividade para EAD (Parte 2) - Maykon dos Santos Marinho Tarefa 5: Elaborando Atividade para EAD (Parte 2) Aluno: Maykon dos Santos Marinho Polo: Butantã Grupo: 16 Tutor: Maria Cláudia Padilha Tostes Tipo de atividade: Estudo de caso Caro (a) aluno (a), para

Leia mais

Educação Financeira. Crédito Consignado. Módulo 4: Negociação financeira

Educação Financeira. Crédito Consignado. Módulo 4: Negociação financeira Educação Financeira Crédito Consignado Módulo 4: Negociação financeira Objetivo Conscientizar nossos clientes sobre a importância da negociação financeira como alicerce de conforto, segurança e bem-estar

Leia mais

JOVENS COM UMA MISSÃO INSCRIÇÃO PARA OBREIRO

JOVENS COM UMA MISSÃO INSCRIÇÃO PARA OBREIRO INSCRIÇÃO PARA OBREIRO Depois de preenchida, envie para o seguinte e-mail: kingskids@jocumvitoria.org. Traga esta ficha impressa, caso você seja aceito para a nossa campanha, juntamente com o número e

Leia mais