Barra Funda Contatos: Ludô

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Barra Funda Contatos: Ludô Email: cca@centroculturalafricano.org"

Transcrição

1 Barra Funda Contatos: Ludô Metas Atividades André Takahashi Apoios Solicitados Prazo Prioridade 1 Qualidade da infraestrutura urbana para crianças e adolescentes Evento Festival Comunitário na Praça com o objetivo de (saneamento, utilização dos espaços pela comunidade, de chamar a asfalto, calçadas e atenção do poder público para a revitalização desses praças) e das espaços de lazer e manutenção dos espaços verdes da condições Barra Funda. Intervenções culturais e artisticas ambientais (lixo, promovendo artistas locais. verde, poluição sonora, qualidade do ar). 1- Recursos materiais para a infraestrutura do evento: - aluguel de barracas; - equipamentos de som e imagem; - palco; - cadeiras; - mesas; - outros; R$ , Recursos para as intervenções artisticas e culturais: - ajuda de custo para os artistas locais; - materiais diversos (tinta, spray, cola, papeis coloridos, pinceis, rolinhos para pintura, pastilhas para mosaico, fita crepe, entre outros); R$ 6.000, Recursos materiais para as demais atividades a serem executadas nos eventos: - lanches; - brindes; - bolas e coletes para as práticas esportivas; R$ 5.000, Recursos para o materiais de ( comunicação: 04 eventos) - cartazes, flyers, faixas, carro de som (divulgação); - boletim informativo (3.000 exemplares) contendo os principais resultados dos eventos; R$ 4.000,00. TOTAL: R$ ,00.

2 Prioridade 2 Ampliar a abrangência e qualidade dos programas complementares a escola. Projeto Nossa Cara - aprimorar a qualidade do ambiente físico escolar com a intervenção do proprio aluno, agente de transformação do espaço, além de favorecer a reeducação ambiental e manifestação cultural; 1- Infraestrutura para a realização do projeto: Escolas da região cedendo seu espaço físico para a realização das atividades; 2- Materiais e equipamentos para a (Areia, Barbante, Cola branca, Cola goma arabica, Cola para madeira, Cimento, Estiletes, Fita crepe, Fita adesiva demarcadora, Goma e cola (lambe-lambe), Guardanapos para decoupage, Termolina leitosa, Tinta acrilica, Tinta spray, Tina guache, Tinta esmalte, Tinta para piso, Tinta PVA, Jornal para revistas, Massa corrida, Lixas, Papeis, Papel cartão, Papel de pipa, pastilhas de mosaico, rejunte para mosaico, rolinhos para pintura, tesouras, turquesa para corte, verniz incolor para madeira, Camera digital, Filmadora digital) 3- Material de comunicação: - cartazes, flyers (divulgação); - portifólio fotografico com as principais atividades realizadas no projeto e com o testemunho nos alunos participantes. TOTAL: R$ ,00. (oficinas semanais)

3 Prioridade 4 Promover ações para a diminuição de adolescentes envolvidos em atividades violentas e/ou ilicitas Oficinas sobre Justiça Restaurativa com o objetivo de mobilizar e promover a tematica no âmbito escolar; 1- Infraestrutura para a -Escolas da região cedendo seu espaço físico e mobilizando seus funcionários para a realização das oficinas; 2- Recursos humanos para a -Profissional habilitado na tematica; -Ajuda de custo e transporte para o profissional; R$ 4.000,00 3- Recursos materiais para -Materiais de papelaria (papeis, pastas, canetas, apostilas); -Alimentação; R$ 2.000,00 4- Recursos para o materiais de comunicação: -cartazes, flyers, faixas, carro de som (divulgação); -boletim informativo (3.000 exemplares) contendo os principais resultados das oficinas; R$ 2.000,00 TOTAL: R$ 8.000,00 (04 oficinas) Prioridade 5 Quantidade e qualidade dos equipamentos e atividades que permitam a crianças e adolescentes se expressar, acessar, produzir e difundir informações e conhecimentos por meio de tecnologias de informação e comunicação Projeto Tô Dentro - documentário sobre o mundo do trabalho, realizado por jovens que buscam o seu primeiro emprego no proprio bairro. O objetivo é que os jovens possam conhecer o mercado de trabalho através do ensino e aprendizagem no curso de video; 1- Recursos materiais e equipamentos para a realização do documentário; 2- Ajuda de custo para alimentação dos jovens participantes; 3- Recursos para o materiais de comunicação: - cartazes, flyers, faixas, carro de som (divulgação); - boletim informativo (3.000 exemplares) contendo os principais resultados do documentário; TOTAL: R$ ,00. Duração: 06 meses

4 Prioridade 6 Promover ações para a diminuição do preconceito contra crianças e adolescentes por conta da sua raça ou etnia dentro e fora da comunidade Projeto nas escolas: ciclo de oficinas que retratam a questão do imigrante da america latina, o preconceito nas escolas, a fomentação de discussões e mobilização comunitaria; 1- Local para a realização do projeto; 2- Recursos materiais e humanos para a realização das oficinas ; 3- Recursos para o materiais de comunicação: - cartazes, flyers, faixas, carro de som (divulgação); - boletim informativo (3.000 exemplares) contendo os principais resultados das oficinas; TOTAL: a ser definido (04 oficinas)

5 Prioridade 7 Fortalecimento de ações para as questões da primeira infância, criança e adolescente. Proposta que já possui uma primeira etapa consolidada, com recursos investidos e entendidos aqui como valor de contrapartida, onde seu resultado se projeta em uma perspectiva sem limite de tempo para validação e com largo alcance de visibilidade. A ação propõe o acompanhamento e diagnóstico sobre os fatores de violência com análise por amostragem do contexto que permeia o universo de influência mais próximo da criança em situação de vulnerabilidade que possibilite agir sobre a melhoria do ambiente e convívio familiar, contribuindo para a diminuição das ocorrências de violência doméstica, inclusive orientando sobre formas de educar que não se baseiem em castigo físico ou humilhante como formadores de sujeitos, ao mesmo tempo em que articula na região central de São Paulo a criação de uma rede local em favor da primeira infância. 1- Local de referência e administração, com coordenação para planejamento, encontros e sistematização das atividades ,00). 2- Recursos materiais para a realização da pesquisa 4.000,00). 3- Recursos humanos para a realização da pesquisa ,00). 4- Sistematização do resultado, das amostras e compilação dos dados (equivalente financeiro de: R$ ,00). 5- Elaboração e publicação de material educativo sobre o resultado, acessível, onde o produto final sirva para toda a sociedade e outras iniciativas que pretendam atuar sobre a problemática (equivalente financeiro de: R$ ,00). 6- Fortalecimento do olhar para questões da primeira infância (0 a 6 anos) consolidando um grupo capaz de operar em sistema de rede, atuando em sinergia com outras redes e iniciativas, inclusive nacionais. Recursos materiais diversos (equivalente financeiro de [valor condensado]: R$ ,00). TOTAL: ,00 ( Já investidos : ,00 Investimento restante: ,00) Previsão de início das atividades: Dezembro de Duração: 6 meses para a fase de diagnóstico e 1 ano para formar um grupo consolidado para a primeira infância.

O Homem e o Meio Ambiente. Escola Estadual Affonso Roquette. Programa Integrar Kinross Paracatu

O Homem e o Meio Ambiente. Escola Estadual Affonso Roquette. Programa Integrar Kinross Paracatu O Homem e o Meio Ambiente. Escola Estadual Affonso Roquette. Programa Integrar Kinross Paracatu Agosto de 2012 O Homem e o Meio Ambiente. Escola: E.E. Affonso Roquette. Justificativa A partir do processo

Leia mais

Políticas Setoriais Secretarias Municipais: Saúde, Assistência Social, Educação, Direitos Humanos(quando houver). Participações Desejáveis

Políticas Setoriais Secretarias Municipais: Saúde, Assistência Social, Educação, Direitos Humanos(quando houver). Participações Desejáveis PARÂMETROS PARA A CONSTITUIÇÃO DAS COMISSÕES INTERSETORIAIS DE ACOMPANHAMENTO DO PLANO NACIONAL DE PROMOÇÃO, PROTEÇÃO E DEFESA DO DIREITO DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES À CONVIVÊNCIA FAMILIAR E COMUNITÁRIA

Leia mais

Pólos da Paz e Praças da Paz SulAmérica

Pólos da Paz e Praças da Paz SulAmérica A iniciativa O projeto Praças é uma iniciativa do Instituto Sou da Paz, em parceria com a SulAmérica, que promove a revitalização de praças públicas da periferia de São Paulo com a participação da comunidade

Leia mais

INTRODUÇÃO. Sobre o Sou da Paz: Sobre os Festivais Esportivos:

INTRODUÇÃO. Sobre o Sou da Paz: Sobre os Festivais Esportivos: 1 INTRODUÇÃO Sobre o Sou da Paz: O Sou da Paz é uma organização que há mais de 10 anos trabalha para a prevenção da violência e promoção da cultura de paz no Brasil, atuando nas seguintes áreas complementares:

Leia mais

APROSA Associação das Promotoras Legais Populares do Cabo de Santo Agostinho RECICLARTES RECICLANDO VIDAS!

APROSA Associação das Promotoras Legais Populares do Cabo de Santo Agostinho RECICLARTES RECICLANDO VIDAS! APROSA Associação das Promotoras Legais Populares do Cabo de Santo Agostinho RECICLARTES RECICLANDO VIDAS! Cabo de Santo Agostinho, 2010 Descrição do Projeto Segundo a comissão Mundial sobre o Meio Ambiente

Leia mais

Lista de Materiais 2016 Maternal I - Educação Infantil.

Lista de Materiais 2016 Maternal I - Educação Infantil. Maternal I - Educação Infantil. 5 Botões coloridos grandes 2 Caixas de giz de cera curton com 12 cores 1 Camiseta grande usada (para pintura) 2 Caixas de fósforo (cheia) 2 Caixas de pintura a dedo com

Leia mais

SERVIÇOS DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS SCFV

SERVIÇOS DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS SCFV SERVIÇOS DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS SCFV SOCIOASSISTENCIAL X SOCIOEDUCATIVO SOCIOASSISTENCIAL apoio efetivo prestado a família, através da inclusão em programas de transferência de renda

Leia mais

PROGRAMA Nº- 105 CASA DA MULHER/CENTRO ESPECIALIZADO DE ATENDIMENTO A MULHER CASA ABRIGO

PROGRAMA Nº- 105 CASA DA MULHER/CENTRO ESPECIALIZADO DE ATENDIMENTO A MULHER CASA ABRIGO ÓRGÃO RESPONSÁVEL: Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulher NOME: PROGRAMA Nº- 105 CASA DA MULHER/CENTRO ESPECIALIZADO DE ATENDIMENTO A MULHER CASA ABRIGO Código Descrição FUNÇÃO: 14 Direitos

Leia mais

PLANEJAMENTO TRIMESTRAL III Trimestre / 2009. PROFESSORA: Bianca de Souza NÚCLEO 3 TURMA N3-8 OBJETIVOS 1

PLANEJAMENTO TRIMESTRAL III Trimestre / 2009. PROFESSORA: Bianca de Souza NÚCLEO 3 TURMA N3-8 OBJETIVOS 1 PLANEJAMENTO TRIMESTRAL III Trimestre / 2009 PROFESSORA: Bianca de Souza OBJETIVOS 1 Os objetivos para o terceiro trimestre com a turma N3-8 é o estudo e a construção de uma maquete da escola. Uma sequência

Leia mais

ORIENTAÇÕES GERAIS SOBRE AS PRÓXIMAS ETAPAS DA VIRADA EDUCAÇÃO MINAS GERAIS

ORIENTAÇÕES GERAIS SOBRE AS PRÓXIMAS ETAPAS DA VIRADA EDUCAÇÃO MINAS GERAIS ORIENTAÇÕES GERAIS SOBRE AS PRÓXIMAS ETAPAS DA VIRADA EDUCAÇÃO MINAS GERAIS >>> Rodas de Conversa A SEE, em parceria com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (unicef) e com a colaboração de ONGs,

Leia mais

PLANO DE AÇÃO DO ENSINO FUNDAMENTAL DIURNO

PLANO DE AÇÃO DO ENSINO FUNDAMENTAL DIURNO FORMULÁRIO 14: Plano de Ação PLANO DE AÇÃO DO ENSINO FUNDAMENTAL DIURNO META PLURIANUAL: Aumentar para 87% a taxa de aprovação e reduzir para 7% a taxa de abandono no Ensino Fundamental até dezembro de

Leia mais

LISTA DE MATERIAL DE ARTE - 2012

LISTA DE MATERIAL DE ARTE - 2012 LISTA DE MATERIAL DE ARTE - 2012 ARTE - 6º ano 01 lápis 2B 01 Marcador para Porcelana Creative Marker na cor roxa. 01 Pote de 250 ml de tinta acrílica (cor vermelha ou amarela). 01 caixa de cola colorida

Leia mais

PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO APRENDER PARA EMPREENDER

PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO APRENDER PARA EMPREENDER PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO APRENDER PARA EMPREENDER Empreendedorismo Aprender para Empreender O projeto, a ser realizado, em escolas públicas, com a tividades destinadas a alunos e professores. Propõese

Leia mais

PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA

PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA PLANO DE AÇÃO FÓRUM DO MUNICÍPIO QUE EDUCA PROPOSTA DE AÇÃO Criar um fórum permanente onde representantes dos vários segmentos do poder público e da sociedade civil atuem juntos em busca de uma educação

Leia mais

Políticas Públicas no Brasil. Secretaria Nacional de Juventude

Políticas Públicas no Brasil. Secretaria Nacional de Juventude Políticas Públicas no Brasil Secretaria Nacional de Juventude Prioridades 2012 PPJ como política de Estado Articulação Intersetorial (Comitê, Avaliação do Projovem) Marcos Legais Estatuto da Juventude

Leia mais

QUANDO TODO MUNDO JOGA JUNTO, TODO MUNDO GANHA!

QUANDO TODO MUNDO JOGA JUNTO, TODO MUNDO GANHA! QUANDO TODO MUNDO JOGA JUNTO, TODO MUNDO GANHA! NOSSA VISÃO Um mundo mais justo, onde todas as crianças e todos os adolescentes brincam, praticam esportes e se divertem de forma segura e inclusiva. NOSSO

Leia mais

Mulheres Periféricas

Mulheres Periféricas PROGRAMA PARA A VALORIZAÇÃO DE INICIATIVAS CULTURAIS VAI SECRETARIA MUNICIPAL DA CULTURA São Paulo, fevereiro de 2011 Mulheres Periféricas Proponente RG: CPF: Rua Fone: E-mail: 1 Índice Dados do Projeto

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA INSTITUTO DE PESQUISA E PLANEJAMENTO URBANO DE CURITIBA

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA INSTITUTO DE PESQUISA E PLANEJAMENTO URBANO DE CURITIBA PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA INSTITUTO DE PESQUISA E PLANEJAMENTO URBANO DE CURITIBA OFICINA DE CAPACITAÇÃO PARA O PLANO DIRETOR: REGIONAL PORTÃO 25/03/2014 CURITIBA MARÇO/2014 Propostas do dia 25

Leia mais

PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS

PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS EDUCAÇÃO BÁSICA ENSINO SUPERIOR EDUCAÇÃO NÃO-FORMAL EDUCAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DO SISTEMA DE JUSTIÇA E SEGURANÇA EDUCAÇÃO E MÍDIA Comitê Nacional de Educação

Leia mais

PROGRAMA TEMPO DE ESCOLAO

PROGRAMA TEMPO DE ESCOLAO PROGRAMA TEMPO DE ESCOLAO O Programa Tempo de Escola foi iniciado em junho de 2010, com a participação de Escolas Municipais e ONGs executoras. O Programa Tempo de Escola, que inclui o Programa Mais Educação

Leia mais

CALENDÁRIO 2014 MATERIAIS COMPLEMENTARES DIA 1 DE AGOSTO DIA DO ESTUDANTE

CALENDÁRIO 2014 MATERIAIS COMPLEMENTARES DIA 1 DE AGOSTO DIA DO ESTUDANTE DIA 1 DE AGOSTO DIA DO ESTUDANTE ATIVIDADE 1: GINCANA ESTUDANTIL 1. RESUMO DA AÇÃO 1.1 Proposta Organizar uma gincana para que os estudantes de diferentes salas possam participar e competir, com provas

Leia mais

CASA POLLY MANSÃO ESTILO ASHLEY MANUAL TÉCNICO DE MONTAGEM

CASA POLLY MANSÃO ESTILO ASHLEY MANUAL TÉCNICO DE MONTAGEM MANUAL TÉCNICO DE MONTAGEM INSTRUÇOES E INDICAÇÕES AO USUÁRIO RESUMO: OBRIGADO POR ADQUIDIR UM DE NOSSOS PRODUTOS. ESTE ITEM É UM PRODUTO COMERCIALIZADO PARA FINS ARTESANAIS, FABRICADO ATRAVES DO PROCESSO

Leia mais

CAPACITAÇÃO PARA ELABORAÇÃO DO PMSB FUNASA CREA/MG AGOSTO 2013 MÓDULO I CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DAS OFICINAS SEGUNDA-FEIRA (TARDE)

CAPACITAÇÃO PARA ELABORAÇÃO DO PMSB FUNASA CREA/MG AGOSTO 2013 MÓDULO I CONTEÚDO PROGRAMÁTICO DAS OFICINAS SEGUNDA-FEIRA (TARDE) SEGUNDA-FEIRA (TARDE) 13:00/14:00 Apresentação 1 - PMSB Introdução aos trabalhos. Grupos. Apresentar os participantes. Explorar a sensibilidade, princípio de percepção e integração do grupo. Formalizar

Leia mais

O que é Planejamento?

O que é Planejamento? O que é Planejamento? Situação futura desejada Tomada de decisão Organização Planejamento é algo que se faz antes de agir, ou seja, é uma tomada antecipada de decisão. É um processo de decidir o que fazere

Leia mais

RELATO DE EXPERIÊNCIA - A PRAÇA VAI VIRAR MAR

RELATO DE EXPERIÊNCIA - A PRAÇA VAI VIRAR MAR RELATO DE EXPERIÊNCIA - A PRAÇA VAI VIRAR MAR Comemoração do Dia Internacional do Meio Ambiente 05 de junho de 2014 A comemoração do dia internacional do meio ambiente faz parte do quadro de eventos programados

Leia mais

Capacitação para Elaboração de Projetos Culturais - 2013

Capacitação para Elaboração de Projetos Culturais - 2013 Capacitação para Elaboração de Projetos Culturais - 2013 FUNDAÇÃO CULTURAL DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ Andréa Wolff Maikon Dias O que é um projeto? Um projeto é um conjunto de ações integradas, que levam a um

Leia mais

SÃO BERNARDO DO CAMPO

SÃO BERNARDO DO CAMPO 1 PPA Participativo 2014-2017 Prestação de Contas O PPA Participativo 2014-2017 em números 21 plenárias 13.471 participantes 200 grupos de trabalho 400 diretrizes 55 programas e ações R$ 18,6 bilhões 3

Leia mais

Planejamento e estratégia em turismo. Antonio Liccardo - UEPG

Planejamento e estratégia em turismo. Antonio Liccardo - UEPG Planejamento e estratégia em turismo Antonio Liccardo - UEPG O desenvolvimento do turismo impõe uma permanente articulação entre os diversos setores, públicos e privados, relacionados à atividade, no sentido

Leia mais

MANUAL DE PROJETOS SOCIAIS

MANUAL DE PROJETOS SOCIAIS MANUAL DE PROJETOS SOCIAIS CAMPOS DOS GOYTACAZES - RJ 2010 O Manual a seguir orienta o preenchimento do Formulário de Projetos Sociais dos Conselhos. Assim, para o encaminhamento de Projetos Sociais aos

Leia mais

O olho que pensa, a mão que faz, o corpo que inventa

O olho que pensa, a mão que faz, o corpo que inventa G eoff Rees Be neat h t he re ef, 199 2, s er igr af i a Fot o: Fau st o Fleur y O olho que pensa, a mão que faz, o corpo que inventa Com as proposições didáticas sugeridas, espera-se que os alunos possam

Leia mais

PAIF:4 PROJOVEM:4 PETI:4 IDOSO:4 10 20 Unid. TINTA RELEVO DIMENSIONAL frasco com 25g, na cor rosa. CREAS:4 PAIF:4 PROJOVEM:4 PETI:4 IDOSO:4 11 20

PAIF:4 PROJOVEM:4 PETI:4 IDOSO:4 10 20 Unid. TINTA RELEVO DIMENSIONAL frasco com 25g, na cor rosa. CREAS:4 PAIF:4 PROJOVEM:4 PETI:4 IDOSO:4 11 20 ANEXO II Aquisição de material de artesanato para uso nas atividades desenvolvidas nos projetos sociais junto ao CRAS, coordenado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social Item Quant. Unidade

Leia mais

ANEXO IV Secretaria Municipal de Educação. Carta Convite 017/2012. 01 Laminas para retro projetor unid 50

ANEXO IV Secretaria Municipal de Educação. Carta Convite 017/2012. 01 Laminas para retro projetor unid 50 Prefeitura Municipal de Santa Tereza Av. Itália, 474 - centro - Santa Tereza/RS Fone/fax: (54) 3456.1033 - CEP 95715-000 e-mail: adm@santatereza.rs.gov.br - http://www.santatereza.rs.gov.br Carta Convite

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CUIABÁ SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO URBANO E MEIO AMBIENTE DE CARA LIMPA COM A NATUREZA

PREFEITURA MUNICIPAL DE CUIABÁ SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO URBANO E MEIO AMBIENTE DE CARA LIMPA COM A NATUREZA PREFEITURA MUNICIPAL DE CUIABÁ SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO URBANO E MEIO AMBIENTE DE CARA LIMPA COM A NATUREZA Cuiabá- 2009 I - Apresentação Este Programa pretende sensibilizar a sociedade cuiabana para

Leia mais

MANUAL CASA BARBIE ESTILO VICTORIA MANUAL TÉCNICO DE MONTAGEM

MANUAL CASA BARBIE ESTILO VICTORIA MANUAL TÉCNICO DE MONTAGEM MANUAL TÉCNICO DE MONTAGEM INSTRUÇOES E INDICAÇÕES AO USUÁRIO RESUMO: OBRIGADO POR ADQUIDIR UM DE NOSSOS PRODUTOS. ESTE ITEM É UM PRODUTO COMERCIALIZADO PARA FINS ARTESANAIS, FABRICADO ATRAVES DO PROCESSO

Leia mais

PROJETO ATIVIDADES ARTÍSTICAS/CRIATIVAS

PROJETO ATIVIDADES ARTÍSTICAS/CRIATIVAS PROJETO ATIVIDADES ARTÍSTICAS/CRIATIVAS CONSULTORIA PEDAGÓGICA: Prof. Dr. Lutiere Dalla Valle Professor da Universidade Federal de Santa Maria atua na formação de professores de artes visuais e artistas

Leia mais

RELAÇÃO DE MATERIAIS DIDÁTICOS CMJF 2016. Relação de Material Didático para o 6º Ano do Ensino Fundamental

RELAÇÃO DE MATERIAIS DIDÁTICOS CMJF 2016. Relação de Material Didático para o 6º Ano do Ensino Fundamental RELAÇÃO DE MATERIAIS DIDÁTICOS CMJF 2016 Relação de Material Didático para o 6º Ano do Ensino Fundamental CFB 01 pasta catálogo com no mínimo 30 plásticos 01 Minidicionário da (nova ortografia) com 90

Leia mais

Grêmio em Forma: o fomento à participação dos jovens na escola como estratégia de prevenção da violência

Grêmio em Forma: o fomento à participação dos jovens na escola como estratégia de prevenção da violência Grêmio em Forma: o fomento à participação dos jovens na escola como estratégia de prevenção da violência (Artigo publicado no livro Violência & Juventude, editora Hucitec, 2010) Este texto pretende apresentar

Leia mais

UNIVERSIDADE DO CONTESTADO CAMPUS MAFRA

UNIVERSIDADE DO CONTESTADO CAMPUS MAFRA UNIVERSIDADE DO CONTESTADO PROJETO GERAÇÃO DE RENDA COM USO DE MATERIAIS ALTERNATIVOS Mafra, outubro de 2008. SUMÁRIO 1 APRESENTAÇÃO... 3 2 JUSTIFICATIVA... 3 3 CARACTERIZAÇÃO DO PÚBLICO ENVOLVIDO... 4

Leia mais

I Seminário Nacional de Controle Social A sociedade no acompanhamento da gestão pública Brasília, 25, 26 e 27 de Set/2009

I Seminário Nacional de Controle Social A sociedade no acompanhamento da gestão pública Brasília, 25, 26 e 27 de Set/2009 I Seminário Nacional de Controle Social A sociedade no acompanhamento da gestão pública Brasília, 25, 26 e 27 de Set/2009 Observatório da Educação participação e controle da sociedade civil nas políticas

Leia mais

SISTEMA DE INFORMAÇÃO PARA OBSERVATÓRIO SÓCIO-AMBIENTAL

SISTEMA DE INFORMAÇÃO PARA OBSERVATÓRIO SÓCIO-AMBIENTAL SISTEMA DE INFORMAÇÃO PARA OBSERVATÓRIO SÓCIO-AMBIENTAL FICHA DE APRESENTAÇÃO SISTEMA INTERATIVO DE MONITORAÇÃO E PARTICIPAÇÃO PARA O APOIO À IMPLEMENTAÇÃO DA PLATAFORMA DE C O O P E R A Ç Ã O A M B I

Leia mais

Atenciosamente Direção/Coordenação

Atenciosamente Direção/Coordenação Material Escolar - 2015-1º ANO ENSINO FUNDAMENTAL I Uso Coletivo 10 lápis pretos nº 02 01 gibi 01 caixa polionda azul marinho 01 fita crepe escolar larga 04 borrachas macias 01 rolo de lastex 02 apontadores

Leia mais

Conteúdo DIAGNÓSTICO COMUNITÁRIO... 17 AVALIAÇÃO DAS METAS NOS FÓRUNS... 18 PLANO DE AÇÃO... 15 GAL ACOPROVI E A MUDANÇA APRENDER...

Conteúdo DIAGNÓSTICO COMUNITÁRIO... 17 AVALIAÇÃO DAS METAS NOS FÓRUNS... 18 PLANO DE AÇÃO... 15 GAL ACOPROVI E A MUDANÇA APRENDER... Conteúdo INTRODUÇÃO E DELIMITAÇÃO DO OBJETO DO RELATÓRIO... 3 O CAMINHO DA PLATAFORMA DOS CENTROS URBANOS... 5 AS 30 METAS COMUNITÁRIAS... 5 DIAGNÓSTICO PARTICIPATIVO... 7 Fórum Comunitário... 8 ELABORAÇÃO

Leia mais

Projeto Cidades da Copa PLANO DE AÇÃO PORTO ALEGRE - RS

Projeto Cidades da Copa PLANO DE AÇÃO PORTO ALEGRE - RS Projeto Cidades da Copa PLANO DE AÇÃO PORTO ALEGRE - RS PORTO ALEGRE EM AÇÃO É ESPORTE E EDUCAÇÃO O esporte não é educativo a priori, é o educador que precisa fazer dele ao mesmo tempo um objeto e meio

Leia mais

EIXO DE TRABALHO 01 DIREITO A CIDADANIA, PARTICIPAÇÃO SOCIAL E POLÍTICA E A REPRESENTAÇÃO JUVENIL

EIXO DE TRABALHO 01 DIREITO A CIDADANIA, PARTICIPAÇÃO SOCIAL E POLÍTICA E A REPRESENTAÇÃO JUVENIL EIXO DE TRABALHO 01 DIREITO A CIDADANIA, PARTICIPAÇÃO SOCIAL E POLÍTICA E A REPRESENTAÇÃO JUVENIL Proposta I Fomentar a criação de grêmios estudantis, fóruns de juventude, diretórios centrais de estudantes,

Leia mais

Prioridades para o PA 2014 Comunidade Externa. Câmpus Restinga Junho, 2013. Desenvolvimento Institucional

Prioridades para o PA 2014 Comunidade Externa. Câmpus Restinga Junho, 2013. Desenvolvimento Institucional Prioridades para o PA 2014 Comunidade Externa Câmpus Restinga Junho, 2013 Desenvolvimento Institucional APRESENTAÇÃO O presente relatório deve ser considerado como um Anexo ao Diagnóstico das Prioridades

Leia mais

RESOLVEM celebrar o presente Acordo, mediante as cláusulas e condições seguintes:

RESOLVEM celebrar o presente Acordo, mediante as cláusulas e condições seguintes: ACORDO DE PARCERIA ACORDO DE PARCERIA, QUE ENTRE SI CELEBRAM ATUAÇÃO VOLUNTÁRIA ASSOCIAÇÃO DE VOLUNTARIADO E VISANDO ESTABELECER UM REGIME DE MÚTUA COLABORAÇÃO E DE FORTALECIMENTO INSTITUCIONAL ENTRE OS

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO DEPARTAMENTO DE ORÇAMENTO E CONTROLE SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA

PREFEITURA MUNICIPAL DE VOLTA REDONDA SECRETARIA MUNICIPAL DE PLANEJAMENTO DEPARTAMENTO DE ORÇAMENTO E CONTROLE SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA PROGRAMA Nº- 042 PALCO SOBRE RODAS Projeto inspirado no clássico modelo de teatro itinerante, através da montagem de um palco móvel que percorre os bairros da cidade, levando cultura. Levar o Palco sobre

Leia mais

BASQUETE FEMININO DE BLUMENAU FMD BLUMENAU / VASTO VERDE PROPOSTA DE PARCERIA

BASQUETE FEMININO DE BLUMENAU FMD BLUMENAU / VASTO VERDE PROPOSTA DE PARCERIA BASQUETE FEMININO DE BLUMENAU FMD BLUMENAU / VASTO VERDE PROPOSTA DE PARCERIA As empresas cidadãs como são chamadas as empresas que se utilizam do marketing social, sabem da importância de sua imagem e

Leia mais

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 05/2014

EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 05/2014 EDITAL DE SELEÇÃO DE PESSOAL Nº 05/2014 O Instituto Aliança com o Adolescente, associação civil sem fins lucrativos e qualificada como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público OSCIP, MJ nº 08015.013735/2002-16,

Leia mais

www.sescoopsp.coop.br

www.sescoopsp.coop.br Gerência: Mario Cesar Ralise PROMOÇÃO E SAÚDE, BEM ESTAR E QUALIDADE DE VIDA SESCOOP CULTURAL COOPERATIVIDADE SAÚDE E SEGURANÇA NO TRABALHO PROGRAMAS DE PROMOÇÃO SOCIAL CAMPANHAS EDUCAÇÃO COOPERATIVA CICLO

Leia mais

UNICEF BRASIL Edital de Licitação RH/2012/022. Reabertura do Processo Licitatório

UNICEF BRASIL Edital de Licitação RH/2012/022. Reabertura do Processo Licitatório UNICEF BRASIL Edital de Licitação RH/2012/022 Reabertura do Processo Licitatório O UNICEF, Fundo das Nações Unidas para a Infância, a Organização mundial pioneira na defesa dos direitos das crianças e

Leia mais

PROGRAMA MEDIAÇÃO DE CONFLITOS

PROGRAMA MEDIAÇÃO DE CONFLITOS Programa Mediação Conflitos PROGRAMA MEDIAÇÃO DE CONFLITOS MARCO LÓGICO 2015 Programa Mediação Conflitos A- Intificação do Problema (Árvore problemas): ÁRVORE DE PROBLEMAS CONSEQUÊNCIAS PROBLEMA Homicídios

Leia mais

EDITAL 2012 PARA APOIO À REALIZAÇÃO DE ATIVIDADES ARTÍSTICO - CULTURAIS NA UFSCar - CCult

EDITAL 2012 PARA APOIO À REALIZAÇÃO DE ATIVIDADES ARTÍSTICO - CULTURAIS NA UFSCar - CCult EDITAL 2012 PARA APOIO À REALIZAÇÃO DE ATIVIDADES ARTÍSTICO - CULTURAIS NA UFSCar - CCult JUSTIFICATIVA O estatuto da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) no Capítulo 1, artigo 3º. define como finalidade

Leia mais

Inscrições abertas para edital com foco em crianças e adolescentes

Inscrições abertas para edital com foco em crianças e adolescentes Financiamento e apoio técnico Inscrições abertas para edital com foco em crianças e adolescentes A Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR) e o Conselho Nacional dos Direitos

Leia mais

Processo de construção do Plano Municipal pela Primeira Infância do Rio de Janeiro, Brasil

Processo de construção do Plano Municipal pela Primeira Infância do Rio de Janeiro, Brasil Processo de construção do Plano Municipal pela Primeira Infância do Rio de Janeiro, Brasil Irene Rizzini Universidade PUC-Rio - CIESPI Centro Internacional de Estudos e Pesquisas sobre a Infância Rio de

Leia mais

CRONOGRAMA DE IMPLEMENTAÇÃO DO PDI

CRONOGRAMA DE IMPLEMENTAÇÃO DO PDI CRONOGRAMA DE IMPLEMENTAÇÃO DO PDI A implementação do Plano de Desenvolvimento Institucional, envolve além dos objetivos e metas já descritos, o estabelecimento de indicadores, como forma de se fazer o

Leia mais

Projeto: PEQUENOS OLHARES, GRANDES CAMINHOS

Projeto: PEQUENOS OLHARES, GRANDES CAMINHOS Projeto: PEQUENOS OLHARES, GRANDES CAMINHOS FLORIANÓPOLIS, 2014 1 Identificação: Nome: AEBAS ASSOCIAÇÃO EVANGÉLICA BENEFICENTE DE ASSISTÊNCIA SOCIAL Início das Atividades: 1955 CNPJ: 83.932.608/0001-81

Leia mais

RESOLUÇÃO CONJUNTA CNAS/CONANDA Nº 001 DE 09 DE JUNHO DE 2010

RESOLUÇÃO CONJUNTA CNAS/CONANDA Nº 001 DE 09 DE JUNHO DE 2010 RESOLUÇÃO CONJUNTA CNAS/CONANDA Nº 001 DE 09 DE JUNHO DE 2010 Estabelece parâmetros para orientar a constituição, no âmbito dos Estados, Municípios e Distrito Federal, de Comissões Intersetoriais de Convivência

Leia mais

ENFRENTAMENTO DA VIOLÊNCIA CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES: BALANÇO DE UMA DÉCADA

ENFRENTAMENTO DA VIOLÊNCIA CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES: BALANÇO DE UMA DÉCADA ENFRENTAMENTO DA VIOLÊNCIA CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES: BALANÇO DE UMA DÉCADA Área Temática: Direitos Humanos e Justiça Liza Holzmann (Coordenadora da Ação de Extensão) Liza Holzmann 1 Palavras Chave:

Leia mais

Projeto. Amigos da Rede

Projeto. Amigos da Rede PREFEITURA MUNICIPAL DE MAUÁ e Ribeirão Pires Projeto Amigos da Rede Mauá Dez/2009. 1. APRESENTAÇÃO O município de Mauá, que integra a Região metropolitana de São Paulo, realizou sua emancipação a partir

Leia mais

TETRA PAK E ONG NOOLHAR Projeto Cultura Ambiental nas Escolas Oficina Educação para Sustentabilidade

TETRA PAK E ONG NOOLHAR Projeto Cultura Ambiental nas Escolas Oficina Educação para Sustentabilidade TETRA PAK E ONG NOOLHAR Projeto Cultura Ambiental nas Escolas Oficina Educação para Sustentabilidade Auditório da SEJCT (onde foi realizada a oficina) Caruaru, Pernambuco (PE) Educador Ambiental: William

Leia mais

projeto Resgatando o Prazer de brincar

projeto Resgatando o Prazer de brincar projeto Resgatando o Prazer de brincar São Paulo 1 Diana Gomes Signorelli Karine de Oliveira Costa MARIANA CERQUEIRA RODRIGUEZ Pedro Michelli Arantes Colégio Equipe Este projeto faz parte do Programa Aprendiz

Leia mais

POLUIÇÃO VISUAL NA CIDADE DE SÃO PAULO

POLUIÇÃO VISUAL NA CIDADE DE SÃO PAULO Pesquisa Quantitativa de Opinião Pública POLUIÇÃO VISUAL NA CIDADE DE SÃO PAULO Julho/ 2006 Índice I. Metodologia e Amostra II. Contexto III. Poluição Visual IV. O Projeto de Lei V. Considerações Finais

Leia mais

Filme: Ilha das Flores

Filme: Ilha das Flores Filme: Ilha das Flores Gênero Documentário/Experimental Diretor Jorge Furtado Elenco Ciça Reckziegel Ano 1989 Duração 13 min Cor Colorido Bitola 35mm País Brasil Disponível no Porta Curtas: www.portacurtas.com.br/curtanaescola/filme.asp?cod=647

Leia mais

Programa Escola Aberta

Programa Escola Aberta Programa Escola Aberta O Programa Escola Aberta foi criado a partir de um acordo de cooperação técnica entre Ministério da Educação e a Unesco, implantado em 2004. No Estado do Paraná tem seu início no

Leia mais

LISTA DE MATERIAIS 2015 - MINI MATERNAL E MATERNAL

LISTA DE MATERIAIS 2015 - MINI MATERNAL E MATERNAL LISTA DE MATERIAIS 2015 - MINI MATERNAL E MATERNAL MATERIAL ESCOLAR 2 Caixas de pintura a dedo com 6 cores 2 Caixas de cola colorida 1 Caixa de gizão de Cera 3 Caixas de massa de modelar com 12 cores 1

Leia mais

Lista de Material Ensino Fundamental 2º ano EF ARTE Material Individual

Lista de Material Ensino Fundamental 2º ano EF ARTE Material Individual Lista de Material Ensino Fundamental 2º ano EF - 2011 01 lápis grafite HB 01 tela virada 30 x 30 cm 01 cola em bastão 21g 01 cartão telado 18 x 24 cm 01 placa de MDF 20 x 20 cm (0,5 cm espessura) 01 folha

Leia mais

a p r e s e n t a CARTILHA EXPO.GRITO

a p r e s e n t a CARTILHA EXPO.GRITO a p r e s e n t a CARTILHA EXPO.GRITO ÍNDICE Pré Produção 04 Produção 11 Pós Produção 12 Contatos 13 PRÉ PRODUÇÃO 1) Levantamento do SPOT Foto boa, Medidas, Características do ponto, Tratamento do local

Leia mais

Semana do Design 2009. Programação dos workshops 3/11-3ª-feira

Semana do Design 2009. Programação dos workshops 3/11-3ª-feira Semana do Design 2009 Programação dos workshops 3/11-3ª-feira Workshop 1. Tema: Design de personagens e Toy Art Professor: Marcelo Bosqueti Data: 3/11 Local: Oficina de marcenaria Proposta da atividade:

Leia mais

PROJETO AGENTE VERDE PAV sustentabilidade em ação

PROJETO AGENTE VERDE PAV sustentabilidade em ação PROJETO AGENTE VERDE PAV sustentabilidade em ação Discrição do PAV Apartir da década de 1980 a produção de embalagens e produtos descartáveis aumentou significativamente nos países desenvolvidos e em desenvolvimento

Leia mais

SECRETARIA DE RECURSOS NATURAIS E MEIO AMBIENTE EVENTO: SEMINÁRIO DE GESTÃO PÚBLICA SUSTENTÁVEL - PROGRAMA CIDADES SUSTENTÁVEIS REGISTRO DE ENCONTRO

SECRETARIA DE RECURSOS NATURAIS E MEIO AMBIENTE EVENTO: SEMINÁRIO DE GESTÃO PÚBLICA SUSTENTÁVEL - PROGRAMA CIDADES SUSTENTÁVEIS REGISTRO DE ENCONTRO SECRETARIA DE RECURSOS NATURAIS E MEIO AMBIENTE EVENTO: SEMINÁRIO DE GESTÃO PÚBLICA SUSTENTÁVEL - PROGRAMA CIDADES SUSTENTÁVEIS REGISTRO DE ENCONTRO Dia: 30/04 Horário: das 08h às 17h Local: Auditório

Leia mais

Apostila de Técnicas 2011

Apostila de Técnicas 2011 Apostila de Técnicas 2011 Apostila de Técnicas tinta ainda úmida, obtendo assim o efeito de couro, seque; 7. Aplique aleatoriamente uma demão generosa de Hidro Vitral Gato Preto Incolor. 8. Logo em seguida

Leia mais

PLANO MUNICIPAL DE ENFRENTAMENTO A VIOLÊNCIA SEXUAL CONTRA A CRIANÇA E O ADOLESCENTE

PLANO MUNICIPAL DE ENFRENTAMENTO A VIOLÊNCIA SEXUAL CONTRA A CRIANÇA E O ADOLESCENTE PLANO MUNICIPAL DE ENFRENTAMENTO A VIOLÊNCIA SEXUAL CONTRA A CRIANÇA E O ADOLESCENTE APRESENTAÇÃO: A violência sexual contra a criança e o adolescente tem sido um problema de difícil enfrentamento por

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO/TÉCNICO

MEMORIAL DESCRITIVO/TÉCNICO MEMORIAL DESCRITIVO/TÉCNICO PROPRIETÁRIO: Prefeitura Municipal de Carmo de Minas. ENDEREÇO: Rua Luiz Gomes, nº. 150, Bairro: Centro, CEP: 37472-000. CNPJ: 18.188.243/0001-60. ENDEREÇO DA OBRA: Rua Euclides

Leia mais

SOBRE O DESENVOLVIMENTO DE ATIVIDADES ARTÍSTICAS, CIENTÍFICAS E CULTURAIS NO PROCESSO DA 3ª CONFERÊNCIA NACIONAL DE JUVENTUDE

SOBRE O DESENVOLVIMENTO DE ATIVIDADES ARTÍSTICAS, CIENTÍFICAS E CULTURAIS NO PROCESSO DA 3ª CONFERÊNCIA NACIONAL DE JUVENTUDE RESOLUÇÃO 08/2015, DA COMISSÃO ORGANIZADORA NACIONAL A Comissão Organizadora da 3ª Conferência Nacional de Juventude, no uso de suas atribuições regimentais, em conformidade com o artigo 6º, objetivo específico

Leia mais

Colégio Universitário Professor Canísio Ignácio Lunkes LISTA DE MATERIAL ESCOLAR 2014 EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL I

Colégio Universitário Professor Canísio Ignácio Lunkes LISTA DE MATERIAL ESCOLAR 2014 EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL I LISTA DE MATERIAL ESCOLAR 2014 EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL I Material de uso individual 01 Copo com tampa com nome do aluno Obs: Os materiais abaixo deverão ficar dentro da mochila do aluno 01 Caixa de

Leia mais

Fórum Estadual de Educação PR Plano Nacional de Educação PNE 2011/2020

Fórum Estadual de Educação PR Plano Nacional de Educação PNE 2011/2020 Fórum Estadual de Educação PR Plano Nacional de Educação PNE 2011/2020 Sessão de Debate Regional Sudoeste, 01/07/2011 UTFPR Campus Pato Branco Região: Sudoeste Cidade: Pato Branco Data do debate: 01-07-2011

Leia mais

Proposta. Projeto Brasileiro. Brasília, outubro de 2012

Proposta. Projeto Brasileiro. Brasília, outubro de 2012 Proposta Projeto Brasileiro Brasília, outubro de 2012 1 - Existe, em seu país, política pública, programa ou estratégia de acesso ao Direito, para a população em condição de vulnerabilidade (grupos vulneráveis)?

Leia mais

GUIA DE SUGESTÕES DE ATIVIDADES SEMANA SAÚDE NA ESCOLA TEMA: PARTICIPAÇÃO JUVENIL/INFANTIL

GUIA DE SUGESTÕES DE ATIVIDADES SEMANA SAÚDE NA ESCOLA TEMA: PARTICIPAÇÃO JUVENIL/INFANTIL MINISTÉRIO DA SAÚDE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO GUIA DE SUGESTÕES DE ATIVIDADES SEMANA SAÚDE NA ESCOLA TEMA: PARTICIPAÇÃO JUVENIL/INFANTIL Brasília - DF 2013 GUIA DE SUGESTÕES DE ATIVIDADES SEMANA SAÚDE NA

Leia mais

Regimento Interno do processo de construção do Plano de Educação da Cidade de São Paulo

Regimento Interno do processo de construção do Plano de Educação da Cidade de São Paulo Regimento Interno do processo de construção do Plano de Educação da Cidade de São Paulo CAPÍTULO I Artigo 1o. A construção do Plano de Educação da Cidade de São Paulo realizar-se-á entre fevereiro e junho

Leia mais

FÓRUM MUNDIAL DE DIREITOS HUMANOS. Data: 10 a 13 de Dezembro de 2013 Local: Brasília

FÓRUM MUNDIAL DE DIREITOS HUMANOS. Data: 10 a 13 de Dezembro de 2013 Local: Brasília FÓRUM MUNDIAL DE DIREITOS HUMANOS Data: 10 a 13 de Dezembro de 2013 Local: Brasília Nome do Evento: Fórum Mundial de Direitos Humanos Tema central: Diálogo e Respeito às Diferenças Objetivo: Promover um

Leia mais

Solicitação de Proposta Comercial N 014/2011

Solicitação de Proposta Comercial N 014/2011 Solicitação de Proposta Comercial N 014/2011 A Fundação Assis Chateaubriand, inscrita no CNPJ sob o n 03.657.848/0001-86, com sede no SIG/SUL Quadra 02, Nº 340, Bloco 01, Térreo, Brasília/DF, torna pública

Leia mais

ANEXO II DIRETRIZES DOS SERVIÇOS DAS LINHAS DE AÇÃO DO EDITAL 001/SEMFAS/FMAS/2015

ANEXO II DIRETRIZES DOS SERVIÇOS DAS LINHAS DE AÇÃO DO EDITAL 001/SEMFAS/FMAS/2015 ANEXO II DIRETRIZES DOS SERVIÇOS DAS LINHAS DE AÇÃO DO EDITAL 001/SEMFAS/FMAS/2015 LINHA DE AÇÃO I: SERVIÇO DE PROTEÇÃO SOCIAL BÁSICA DE SERVIÇO DE CONVIVÊNCIA E FORTALECIMENTO DE VÍNCULOS PARA CRIANÇAS

Leia mais

MATERIAL. 01 Livro de Literatura Infantil adequado para faixa etária (com capa dura e não encapar)

MATERIAL. 01 Livro de Literatura Infantil adequado para faixa etária (com capa dura e não encapar) LISTA DE MATERIAIS - 2016 MATERNAL I - EDUCAÇÃO INFANTIL 02 Vidros de brilho (cola) 01 Uma folha de EVA (grande) 03 Pacotes de colheres descartáveis (pequena) 01 Pacote de canudo flexível grosso 01 Caixa

Leia mais

6. o ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF. FRANCISCA AGUIAR PROF. SUZY PINTO

6. o ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF. FRANCISCA AGUIAR PROF. SUZY PINTO 6. o ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF. FRANCISCA AGUIAR PROF. SUZY PINTO Unidade II Cultura: a pluralidade na expressão humana. Aula 6.2 Conteúdo Porque construir seu próprio brinquedo? Habilidades (Re)criar

Leia mais

Roteiro. 1.O Projeto. 2.Plano de trabalho previsto. 3.Atividades realizadas e evidências. 4.Atividades extras. 5.Resultados

Roteiro. 1.O Projeto. 2.Plano de trabalho previsto. 3.Atividades realizadas e evidências. 4.Atividades extras. 5.Resultados oteiro 1.O Projeto 2.Plano de trabalho previsto 3.Atividades realizadas e evidências 4.Atividades extras 5.esultados O Projeto: FILMA NOIS EDUCOMINICANDO FUTEBOL E DESENVOLVIMENTO O Projeto A expressão

Leia mais

1 MINUTA DO PLANO DE COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÃO SOCIAL

1 MINUTA DO PLANO DE COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÃO SOCIAL 1 MINUTA DO PLANO DE COMUNICAÇÃO E PARTICIPAÇÃO SOCIAL 1.1 APRESENTAÇÃO O Plano de Comunicação e Participação Social subsidiará a elaboração do Plano Diretor de Mobilidade Urbana, criando as bases para

Leia mais

PROJETO: Encontro de Fortalecimento e Capacitação da Rede de Garantia dos Direitos da Criança e Adolescente do município de Palhoça - SC

PROJETO: Encontro de Fortalecimento e Capacitação da Rede de Garantia dos Direitos da Criança e Adolescente do município de Palhoça - SC Prefeitura Municipal de Palhoça Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente PROJETO: Encontro de Fortalecimento e Capacitação da Rede de Garantia dos Direitos da Criança e Adolescente do

Leia mais

Programa de Trabalho

Programa de Trabalho Código Especificação Corrente Capital T O T A L 01 01.031 01.031.0012 01.122 01.122.0002 01.128 01.128.0010 01.846 01.846.0002 03 03.122 03.122.0002 03.241 03.241.0003 03.422 03.422.0003 04 04.121 04.121.0016

Leia mais

HIGIENE PESSOAL KIDS I 4 meses à 1 Ano - INTEGRAL

HIGIENE PESSOAL KIDS I 4 meses à 1 Ano - INTEGRAL LISTA DE MATERIAIS PEDAGÓGICOS HIGIENE PESSOAL KIDS I 4 meses à 1 Ano - INTEGRAL 1 SABONETE LÍQUIDO / SHAMPOO / CONDICIONADOR 1 PENTE OU ESCOVA 1 HIDRATANTE OU PERFUME INFANTIL 1 CREME DE ASSADURAS 1 LENÇO

Leia mais

Equipamentos Data Show e Pasta contendo: lápis, caneta e papel para anotação, tema a discutir, sonorização.

Equipamentos Data Show e Pasta contendo: lápis, caneta e papel para anotação, tema a discutir, sonorização. PREPARAÇÃO Número de participantes estimado: 100 Local: Sesc Data: 20/09 Duração: 8hs Recepcionista / Credenciamento Convites: Convite oficial, faixa, carro de som nas ruas, entrevistas nas rádios e outros

Leia mais

Educação Permanente Para Atenção Integral Ao Usuário De Álcool e outras Drogas- EPAD

Educação Permanente Para Atenção Integral Ao Usuário De Álcool e outras Drogas- EPAD PREFEITURA DE GOIANIA SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE COORDENAÇÃO DE SAÚDE DA FAMÍLIA-COESF DISTRITO SANITÁRIO NOROESTE NÚCLEO DE APOIO A SAÚDE DA FAMÍLIA Educação Permanente Para Atenção Integral Ao Usuário

Leia mais

Roteiro de Diretrizes para Pré-Conferências Regionais de Políticas para as Mulheres. 1. Autonomia econômica, Trabalho e Desenvolvimento;

Roteiro de Diretrizes para Pré-Conferências Regionais de Políticas para as Mulheres. 1. Autonomia econômica, Trabalho e Desenvolvimento; Roteiro de Diretrizes para Pré-Conferências Regionais de Políticas para as Mulheres 1. Autonomia econômica, Trabalho e Desenvolvimento; Objetivo geral Promover a igualdade no mundo do trabalho e a autonomia

Leia mais

Relat a óri r o Despert r ar r 2 013

Relat a óri r o Despert r ar r 2 013 Relatório Despertar 2013 2 Apoiada na crença de que é possível contribuir para o desenvolvimento humano na totalidade dos seus potenciais, a Associação Comunitária Despertar, realiza anualmente ações que

Leia mais

Conhecendo a Fundação Vale

Conhecendo a Fundação Vale Conhecendo a Fundação Vale 1 Conhecendo a Fundação Vale 2 1 Apresentação Missão Contribuir para o desenvolvimento integrado econômico, ambiental e social dos territórios onde a Vale atua, articulando e

Leia mais

DIRETRIZ NACIONAL DE EDUCAÇÃO, PROMOCÃO SOCIAL E DESENVOLVIMENTO COOPERATIVISTA

DIRETRIZ NACIONAL DE EDUCAÇÃO, PROMOCÃO SOCIAL E DESENVOLVIMENTO COOPERATIVISTA DIRETRIZ NACIONAL DE EDUCAÇÃO, PROMOCÃO SOCIAL E DESENVOLVIMENTO COOPERATIVISTA Área de Atuação 1. Formação Profissional Cooperativista São ações voltadas à formação, qualificação e capacitação dos associados,

Leia mais

Palavras-chave: LEITURA E ESCRITA, CIDADANIA, PROTAGONISMO SOCIAL. OFICINA PALAVRA MAGICA DE LEITURA E ESCRITA

Palavras-chave: LEITURA E ESCRITA, CIDADANIA, PROTAGONISMO SOCIAL. OFICINA PALAVRA MAGICA DE LEITURA E ESCRITA OFICINA PALAVRA MAGICA DE LEITURA E ESCRITA ELAINE CRISTINA TOMAZ SILVA (FUNDAÇÃO PALAVRA MÁGICA). Resumo A Oficina Palavra Mágica de Leitura e Escrita, desenvolvida pela Fundação Palavra Mágica, é um

Leia mais

Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento. (2010-2015) ENED Plano de Acção

Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento. (2010-2015) ENED Plano de Acção Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento (2010-2015) ENED Plano de Acção Estratégia Nacional de Educação para o Desenvolvimento (2010-2015) ENED Plano de Acção 02 Estratégia Nacional de

Leia mais

REGIMENTO INTERNO DA CONFERÊNCIA DA CIDADE DE ALFENAS/MG CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS

REGIMENTO INTERNO DA CONFERÊNCIA DA CIDADE DE ALFENAS/MG CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS REGIMENTO INTERNO DA CONFERÊNCIA DA CIDADE DE ALFENAS/MG CAPÍTULO I DOS OBJETIVOS Art. 1º - A 2ª Conferência Municipal das Cidades convocada por Decreto Municipal nº 732, de 14 de fevereiro de 2013, a

Leia mais

LISTA DE MATERIAL 1º Ano Ensino Fundamental 2015

LISTA DE MATERIAL 1º Ano Ensino Fundamental 2015 LISTA DE MATERIAL 1º Ano Ensino Fundamental 2015 02 lápis de escrever- não enviar lapiseiras, 02 borrachas 02 tubos de cola 01 estojo com divisórias 01 pote de tinta guache 250 ml (cor ) 20 folhas A3 01

Leia mais