Relatório Anual. Instituto Nossa Ilhéus. Instituto Nossa Ilhéus

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Relatório Anual. Instituto Nossa Ilhéus. Instituto Nossa Ilhéus"

Transcrição

1

2 Resumo da ONG O é uma iniciativa da sociedade civil organizada que tem por objetivo fortalecer a cidadania e a democracia participativa, tendo por base a sustentabilidade e o monitoramento social. O age sob os princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade, economicidade e da eficiência, e não faz qualquer discriminação de raça, cor, gênero ou religião. Para cumprir seus objetivos, o é uma instituição apartidária e é vedada a participação em campanhas de caráter político-partidário ou eleitorais, sob quaisquer meios ou formas. Foco de Atuacão Defesa de direitos Comunicação social e mídias Preservação da diversidade e da identidade cultural Desenvolvimento comunitário Público que Atende adolescentes - 12 até 19 anos jovens - 20 a 24 anos adultos (de 24 anos a 59 anos) idosos (mais de 60 anos) famílias organizações da sociedade civil movimentos sociais comunidades Missão Fortalecer a cidadania e a democracia participativa, tendo por base o desenvolvimento sustentável e o controle social. Governança - Diretoria Nome Cargo Atuação Profissional Maria do Socorro Ferreira de Diretora Presidente Relações Institucionais; Gestão Mendonça Morgana Krieger Diretora Administrativo Financeira Gestão Administrativa e Financeira; Gestão de

3 Ações e Resultados De Olho na Câmara de Vereadores A cidade é movida pela Cultura Sistema de Indicadores Sociais de Ilhéus Cidades Sustentáveis Combate a Corrupção Projetos Descrição: O De Olho na Câmara de Vereadores de Ilhéus é fruto da indignação com a distância e falta de respeito de alguns vereadores com a população, e tem o papel de acompanhar as sessões e divulgar para comunidade o que acontece na Câmara de Vereadores Resultados: Melhora na frequência dos vereadores nas sessões; Criação de blogs por parte dos vereadores; Público Atendido: Toda a sociedade Ilheense. Descrição: O projeto é baseado em um ciclo de debates sobre os aspectos que constituem e movem nossa cidade e nossa gente, além da discussão sobre políticas públicas necessárias para o desenvolvimento de ambos. Resultados: Criação do Grupo de Trabalho da Juventude (depois da discussão sobre políticas públicas para juventude); Impacto no conhecimento da população sobre a história de Ilhéus e as políticas públicas necessárias para o seu desenvolvimento; Público Atendido: Toda a sociedade ilheense. Investimento: R$ 8.199,82 Descrição: O Sistema de Indicadores de Ilhéus é uma ferramenta que, aráves de indicadores sobre a cidade e políticas públicas em várias áreas, retrata desafios e desigualdades da cidade, permitindo diagnosticar, planejar, monitorar e exercer o controle social. Resultados: Apropriação de dados para a elaboração de políticas públicas que sanem as dificuldades encontradas através da pesquisa dos indicadores. Público Atendido: Toda a sociedade ilheense. Investimento: R$ ,48 Descrição: O Programa Cidades Sustentáveis foi apresentado em Ilhéus em 19/04/2013. Desde então, o programa tem sido expandido na região com apoio do INI, aderindo ao Programa as cidades de Ilhéus, Itabuna, Uruçuca, Santa Luzia e Pau Brasil. Resultados: Disseminação do Programa Cidades Sustentáveis no Território Litoral Sul (BA); Implementação de políticas públicas voltadas para o desenvolvimento do Plano de Metas; Público Atendido: Toda sociedade ilheense e do Território Litoral Sul (BA). Investimento: R$ 223,51 Descrição: Através de parcerias com a ABRACCI, o MCCE e o Ministério Público e ações pontuais em programas de rádio e palestras, o INI fomenta o combate a corrupção na cidade de Ilhéus, buscando uma democracia justa e participativa. Resultados: Propagação do ideal de combate a corrupção; Busca por eleições mais "limpas" e justas; Conscientização dos cidadãos a respeito do voto. Público Atendido: Toda sociedade ilheense e do Território

4 Litoral Sul (BA). Resíduos Sólidos Economia Criativa Observatório Social Descrição: O Grupo de trabalho de Resíduos Sólidos busca a implementação da Política Nacional de Resíduos Sólidos em Ilhéus, através da inclusão socioprodutiva dos catadores de materiais recicláveis do município no processo produtivo da reciclagem. Resultados: Através de articulação com os vereadores, a obtenção do Reconhecimento de Utilidade Pública da cooperativa de catadores (COOLIMPA); Implementação do circuito de discussões Lixo Para onde vai? Para onde vamos? ; através de apoio e integração, obten Público Atendido: Toda sociedade ilheense. Investimento: R$ ,69 Descrição: Na iniciativa de promover uma agenda positiva para a cidade, o vem fomentando junto a seus parceiros a iniciativa de Economia Criativa na região. Resultados: Promoção de palestras com o intuito de expandir o conceito de Economia Criativa na região; Início de mapeamento e diagnóstico das iniciativas de Economia Criativa. Público Atendido: Toda sociedade ilheense e do Território Litoral Sul (BA). Descrição: No final de 2012, o INI e voluntários decidiram abraçar a iniciativa de trazer para Ilhéus o Observatório Social, uma instituição sem fins lucrativos, apartidária, que tem como o objetivo de contribuir para a melhoria da gestão pública. Resultados: Implementação do Observatório Social na cidade de Ilhéus; Capacitação dos membros do OSI e consequente disseminação de conhecimento sobre a área de monitoramento das contas públicas. Público Atendido: Toda sociedade ilheense. Investimento: R$ 827,49

5 Ação de Destaque DESCRIÇÃO O Sistema de Indicadores de Ilhéus é uma ferramenta de conhecimento e mobilização social. Através de 70 indicadores sobre a situação da cidade e o desempenho das políticas públicas em diversas áreas, o sistema retrata os desafios e as desigualdades da cidade, permitindo planejar, monitorar e exercer o controle social. PRINCIPAIS RESULTADOS - Ciclo de debates realizado pelo INI e pelo Teatro Popular de Ilhéus, através do projeto A Ilhéus que queremos, onde foram discutidas políticas públicas referentes aos indicadores; - Comprometimento dos candidatos a prefeito da cidade de Ilhéus junto aos indicadores; - Assinatura dos candidatos ao Programa Cidades Sustentáveis. PÚBLICOS ATENDIDOS Toda a população de Ilhéus APOIO TÉCNICO Kairós Desenvolvimento Social APOIO FINANCEIRO Instituto Arapyaú

6

7 Fontes de Recursos Financeiros GOVERNOS ESTRANGEIROS R$ 0,00 0,00% GOVERNO FEDERAL R$ 0,00 0,00% GOVERNO ESTADUAL R$ 0,00 0,00% GOVERNO MUNICIPAL R$ 0,00 0,00% EMPRESAS LOCAIS R$ 0,00 0,00% EMPRESAS NACIONAIS R$ 0,00 0,00% EMPRESAS ESTRANGEIRAS R$ 0,00 0,00% INSTITUTOS/ E OU FUNDAÇÕES LOCAIS R$ 0,00 0,00% INSTITUTOS/ E OU FUNDAÇÕES R$ ,12 99,85% NACIONAIS Instituto Arapyaú R$ ,43 98,86% Doação de Pessoa Jurídica R$ 2.746,69 1,14% INSTITUTOS/ E OU FUNDAÇÕES INTERNACIONAIS R$ 0,00 0,00% PESSOAS FÍSICAS R$ 354,82 0,15% Doação Pessoa Física R$ 200,00 56,37% Depósito Não Identificado R$ 154,82 43,63% PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS E VENDAS DE PRODUTO R$ 0,00 0,00% EVENTOS R$ 0,00 0,00% RECEITAS FINANCEIRAS R$ 0,00 0,00% TOTAL R$ , %

8 Recursos Aplicados Fontes Descrição DESPESAS ADMINISTRATIVAS Custos de manutenção da R$ , % instituição fora pessoal: aluguel, manutenção, materiais, equipamentos, comunicação e marketing, etc. PESSOAL ADMINISTRATIVO Salários e encargos do pessoal R$ , % administrativo (áreas meio) GOVERNO Pagamento de impostos (IPTU, R$ 267, % IPVA, etc) DESPESAS FINANCEIRAS Pagamento de taxas e tarifas R$ 436, % bancárias INVESTIMENTOS Compra de bens de capital (móveis, equipamentos, imóveis), reformas e manutenção. R$ , % Projetos De Olho na Câmara de Vereadores A cidade é movida pela Cultura Sistema de Indicadores Sociais de Ilhéus Cidades Sustentáveis Combate a Corrupção O De Olho na Câmara de Vereadores de Ilhéus é fruto da indignação com a distância e falta de respeito de alguns vereadores com a população, e tem o papel de acompanhar as sessões e divulgar para comunidade o que acontece na Câmara de Vereadores O projeto é baseado em um ciclo de debates sobre os aspectos que constituem e movem nossa cidade e nossa gente, além da discussão sobre políticas públicas necessárias para o desenvolvimento de ambos. O Sistema de Indicadores de Ilhéus é uma ferramenta que, aráves de indicadores sobre a cidade e políticas públicas em várias áreas, retrata desafios e desigualdades da cidade, permitindo diagnosticar, planejar, monitorar e exercer o controle social. O Programa Cidades Sustentáveis foi apresentado em Ilhéus em 19/04/2013. Desde então, o programa tem sido expandido na região com apoio do INI, aderindo ao Programa as cidades de Ilhéus, Itabuna, Uruçuca, Santa Luzia e Pau Brasil. Através de parcerias com a ABRACCI, o MCCE e o Ministério Público e ações pontuais em programas de rádio e palestras, o INI fomenta o combate a corrupção na cidade de Ilhéus, R$ 0, % R$ 8.199, % R$ , % R$ 223, % R$ 0, %

9 Resíduos Sólidos Economia Criativa Observatório Social buscando uma democracia justa e participativa. O Grupo de trabalho de Resíduos Sólidos busca a implementação da Política Nacional de Resíduos Sólidos em Ilhéus, através da inclusão socioprodutiva dos catadores de materiais recicláveis do município no processo produtivo da reciclagem. Na iniciativa de promover uma agenda positiva para a cidade, o vem fomentando junto a seus parceiros a iniciativa de Economia Criativa na região. No final de 2012, o INI e voluntários decidiram abraçar a iniciativa de trazer para Ilhéus o Observatório Social, uma instituição sem fins lucrativos, apartidária, que tem como o objetivo de contribuir para a melhoria da gestão pública. R$ , % R$ 0, % R$ 827, % TOTAL R$ , % TOTAL DE RECURSOS MOBILIZADOS R$ ,94 TOTAL DE RECURSOS APLICADOS R$ ,58 RESULTADO DO EXERCÍCIO R$ ,36

10 Powered by TCPDF ( Relatório Anual Endereco: Rua Eustáquio Bastos, 126, sala Centro Ilhéus - BA Telefone: (73) Site: * Este relatório foi gerado a partir de dados cadastrados pelas próprias ONGs no Portal Transparência. Acesse para ter acesso às informações completas desta, e de outras ONGs cadastradas. Iniciativa O ICom - Instituto Comunitário Grande Florianópolis é uma organização sem fins lucrativos que opera segundo conceito de Fundação Comunitária. Sua missão é promover o desenvolvimento comunitário por meio da mobilização, articulação e apoio a investidores e organizações sociais. Parceiros do Portal

Relatório Anual. Instituto Voluntários em Ação. Instituto Voluntários em Ação

Relatório Anual. Instituto Voluntários em Ação. Instituto Voluntários em Ação Resumo da ONG O é uma organização não governamental sem fins lucrativos que objetiva a difusão da cultura do voluntariado. Realiza suas atividades através do Portal Voluntários OnLine onde oportuniza o

Leia mais

Relatório Anual. Projeto de Educação Comunitária Integrar. Projeto de Educação Comunitária Integrar

Relatório Anual. Projeto de Educação Comunitária Integrar. Projeto de Educação Comunitária Integrar Resumo da ONG O (www.projetointegrar.org) foi criado a partir de interesses comuns de um grupo de professores da cidade de Florianópolis, que acreditam que a educação tem um papel imprescindível na transformação

Leia mais

Relatório Anual. Associação Florianopolitana de deficientes Físicos. Associação Florianopolitana de deficientes Físicos

Relatório Anual. Associação Florianopolitana de deficientes Físicos. Associação Florianopolitana de deficientes Físicos Resumo da ONG A Associação Florianopolitana de Deficientes Físicos - AFLODEF é uma entidade sem fins lucrativos, que tem como objetivo a inclusão social de pessoas com deficiênciae em vulnerabilidade social,

Leia mais

Relatório Anual. Associação Brasileira de Portadores de Câncer. Associação Brasileira de Portadores de Câncer

Relatório Anual. Associação Brasileira de Portadores de Câncer. Associação Brasileira de Portadores de Câncer Resumo da ONG A AMUCC - é uma organização da Sociedade Civil de Interesse Público, constituída por voluntários, sobreviventes do câncer (em sua maioria), cuidadores e simpatizantes da causa. Foi fundada

Leia mais

Relatório Anual. Associação Brasileira de Portadores de Câncer. Associação Brasileira de Portadores de Câncer

Relatório Anual. Associação Brasileira de Portadores de Câncer. Associação Brasileira de Portadores de Câncer Resumo da ONG A AMUCC - é uma organização da Sociedade Civil de Interesse Público, constituída por voluntários, sobreviventes do câncer (em sua maioria), cuidadores e simpatizantes da causa. Foi fundada

Leia mais

Relatório Anual. Instituto Çarakura. Instituto Çarakura

Relatório Anual. Instituto Çarakura. Instituto Çarakura Resumo da ONG O é uma organização não governamental ambientalista que tem como finalidade promover atividades referentes a preservação e a conservação da natureza, a valorização da diversidade cultural

Leia mais

Relatório Anual. ICom - Instituto Comunitário Grande Florianópolis. ICom - Instituto Comunitário Grande Florianópolis

Relatório Anual. ICom - Instituto Comunitário Grande Florianópolis. ICom - Instituto Comunitário Grande Florianópolis Resumo da ONG O ICom é uma organização sem fins lucrativos que opera segundo o conceito de fundação comunitária. Promove o desenvolvimento comunitário articulando e mobilizando investidores e organizações

Leia mais

Relatório Anual. Instituto Çarakura. Instituto Çarakura

Relatório Anual. Instituto Çarakura. Instituto Çarakura Resumo da ONG O é uma organização não governamental ambientalista que tem como finalidade promover atividades referentes a preservação e a conservação da natureza, a valorização da diversidade cultural

Leia mais

Prefeitura Municipal de Botucatu

Prefeitura Municipal de Botucatu I- Identificação: Projeto Empresa Solidária II- Apresentação : O Fundo Social de Solidariedade é um organismo da administração municipal, ligado ao gabinete do prefeito, que atua em diversos segmentos

Leia mais

Balanço das Experiências de Controle Social no Brasil

Balanço das Experiências de Controle Social no Brasil Balanço das Experiências de Controle Social no Brasil IX Congresso de Gestão Pública - CONGESP RN NATAL 13 de agosto de 2015 AMARRIBO BRASIL Lizete Verillo AMARRIBO BRASIL - INÍCIO Fundação Novembro/1999

Leia mais

Relatório Anual. CADI Centro de Assistência e Desenvolvimento Integral de SC

Relatório Anual. CADI Centro de Assistência e Desenvolvimento Integral de SC Resumo da ONG O CADI Palhoça é uma instituição não governamental cujo objetivo é executar, articular e fomentar ações e projetos que facilitem o desenvolvimento de comunidades. Desenvolve projetos em 6

Leia mais

Princípios, valores e iniciativas de mobilização comunitária. Território do Bem - Vitória/ES

Princípios, valores e iniciativas de mobilização comunitária. Território do Bem - Vitória/ES Princípios, valores e iniciativas de mobilização comunitária. Território do Bem - Vitória/ES O Ateliê de Idéias é uma organização social, sem fins lucrativos, fundada em 2003, que tem como missão desenvolver

Leia mais

Por uma educação de qualidade para crianças e adolescentes

Por uma educação de qualidade para crianças e adolescentes Por uma educação de qualidade para crianças e adolescentes O que é o Instituto C&A? Organização sem fins lucrativos que investe em educação Foi criada pelos acionistas da C&A em 1991 Missão Promover a

Leia mais

Brasília- IPEA-IFC-CONFEA Oficina de Políticas Públicas - 10/10/11 Lizete Verillo

Brasília- IPEA-IFC-CONFEA Oficina de Políticas Públicas - 10/10/11 Lizete Verillo Brasília- IPEA-IFC-CONFEA Oficina de Políticas Públicas - 10/10/11 Lizete Verillo Fundação Novembro/1999 Desenvolvimento social, cultural, turístico, econômico, juventude Objetivos: O acompanhamento da

Leia mais

Questionário para Instituidoras

Questionário para Instituidoras Parte 1 - Identificação da Instituidora Base: Quando não houver orientação em contrário, a data-base é 31 de Dezembro, 2007. Dados Gerais Nome da instituidora: CNPJ: Endereço da sede: Cidade: Estado: Site:

Leia mais

COORDENAÇÃO. ABES-SP, Instituto PÓLIS, CAIXA, ANAMMA, UNICAMP, Projeto Pares(Poli-USP), OAF, Sindicato dos Engenheiros, Fórum Recicla São Paulo, CRUMA

COORDENAÇÃO. ABES-SP, Instituto PÓLIS, CAIXA, ANAMMA, UNICAMP, Projeto Pares(Poli-USP), OAF, Sindicato dos Engenheiros, Fórum Recicla São Paulo, CRUMA COORDENAÇÃO ABES-SP, Instituto PÓLIS, CAIXA, ANAMMA, UNICAMP, Projeto Pares(Poli-USP), OAF, Sindicato dos Engenheiros, Fórum Recicla São Paulo, CRUMA Ministério Público - Procuradoria Regional dos Direitos

Leia mais

Relatório Anual. Instituto Ekko Brasil. Instituto Ekko Brasil

Relatório Anual. Instituto Ekko Brasil. Instituto Ekko Brasil Resumo da ONG O foi fundado numa tarde de domingo, em Outubro de 2004, na Lagoa do Peri, Ilha de Santa Catarina, por iniciativa de um grupo de pessoas que compartilhavam a preocupação com questões ambientais

Leia mais

Fundação Itaú Social. Por uma educação integral,

Fundação Itaú Social. Por uma educação integral, Fundação Itaú Social Por uma educação integral, integrada e integradora Visão Itaú Ser o banco líder em performance e perene reconhecidamente sólido e ético, destacando-se por equipes motivadas, comprometidas

Leia mais

DIRETRIZES DE FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/ NÓS PODEMOS

DIRETRIZES DE FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/ NÓS PODEMOS 1 DIRETRIZES DE FUNCIONAMENTO DO MOVIMENTO NACIONAL PELA CIDADANIA E SOLIDARIEDADE/ NÓS PODEMOS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES E OBJETIVO DO MOVIMENTO 2 Artigo 1º O Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade/Nós

Leia mais

Coordenação Técnica Agosto/2010. Iniciativa

Coordenação Técnica Agosto/2010. Iniciativa Coordenação Técnica Agosto/2010 Iniciativa FUNDAÇÃO ITAÚ SOCIAL NOSSA CAUSA O Itaú, por meio da Fundação Itaú Social, se dedica a formular, implantar e disseminar metodologias voltadas à melhoria de políticas

Leia mais

visitas às instituições sociais. Os colaboradores voluntários também foram consultados, por meio da aplicação de um questionário.

visitas às instituições sociais. Os colaboradores voluntários também foram consultados, por meio da aplicação de um questionário. 1. Apresentação O Voluntariado Empresarial é um dos canais de relacionamento de uma empresa com a comunidade que, por meio da atitude solidária e proativa de empresários e colaboradores, gera benefícios

Leia mais

MOVIMENTO PARANÁ SEM CORRUPÇÃO PLANEJAMENTO PARA 2014

MOVIMENTO PARANÁ SEM CORRUPÇÃO PLANEJAMENTO PARA 2014 MOVIMENTO PARANÁ SEM CORRUPÇÃO PLANEJAMENTO PARA 2014 Objetivo principal Disseminar, nas escolas do ensino médio, conhecimento e fomentar a prática de ações para o exercício da cidadania; Objetivos específicos

Leia mais

FDC E SUA RESPONSABILIDADE COMO UMA ESCOLA DE NEGÓCIOS

FDC E SUA RESPONSABILIDADE COMO UMA ESCOLA DE NEGÓCIOS FDC E SUA RESPONSABILIDADE COMO UMA ESCOLA DE NEGÓCIOS IV CONFERÊNCIA INTERAMERICANA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL EMPRESARIAL RIAL Cláudio Boechat Fundação Dom Cabral 12 DE DEZEMBRO, 2006 F U N D A Ç Ã O

Leia mais

Relatório de Sustentabilidade 2014

Relatório de Sustentabilidade 2014 1 Relatório de Sustentabilidade 2014 2 Linha do Tempo TAM VIAGENS 3 Política de Sustentabilidade A TAM Viagens uma Operadora de Turismo preocupada com a sustentabilidade, visa fortalecer o mercado e prover

Leia mais

O IDEC é uma organização não governamental de defesa do consumidor e sua missão e visão são:

O IDEC é uma organização não governamental de defesa do consumidor e sua missão e visão são: 24/2010 1. Identificação do Contratante Nº termo de referência: TdR nº 24/2010 Plano de aquisições: Linha 173 Título: consultor para desenvolvimento e venda de produtos e serviços Convênio: ATN/ME-10541-BR

Leia mais

O Projeto Casa Brasil de inclusão digital e social

O Projeto Casa Brasil de inclusão digital e social II Fórum de Informação em Saúde IV Encontro da Rede BiblioSUS O Projeto Casa Brasil de inclusão digital e social Maria de Fátima Ramos Brandão Outubro/2007 1 Apresentação O Projeto Casa Brasil Modelos

Leia mais

1. APRESENTAÇÃO 2. OBJETIVO E FOCO TEMÁTICO INSCRIÇÕES 14º DIA DO VOLUNTARIADO 2015.

1. APRESENTAÇÃO 2. OBJETIVO E FOCO TEMÁTICO INSCRIÇÕES 14º DIA DO VOLUNTARIADO 2015. REV.: 03 Pág.: 1 de 6 A Manaus Ambiental torna público que estão abertas as inscrições para a seleção de Instituições e Projetos Sociais para o 14º Dia do Voluntariado. A empresa realizará o processo de

Leia mais

Encontros Estaduais/Regionais_2015 Pautas nacionais do OSB

Encontros Estaduais/Regionais_2015 Pautas nacionais do OSB Encontros Estaduais/Regionais_2015 Pautas nacionais do OSB Rede OSB pelo Brasil Roraima Pará Piauí Tocantins Rondônia Goiás Mato Grosso D.Federal Minas Gerais Rio Grande do Norte Paraíba Pernambuco Alagoas

Leia mais

Encontros Estaduais/Regionais_2015 Pautas nacionais do OSB

Encontros Estaduais/Regionais_2015 Pautas nacionais do OSB Encontros Estaduais/Regionais_2015 Pautas nacionais do OSB 4 eixos de atuação da Rede OSB Licitações Cargos em Comissão Convênios Obras Processos Estoques Câmara Municipal 1- Gestão Pública 2- Educação

Leia mais

Projeto Empreendedores Cívicos

Projeto Empreendedores Cívicos Projeto Empreendedores Cívicos I. Conceito Empreendedores Cívicos são agentes de inovação social que fomentam e promovem transformações positivas em benefício da coletividade rumo a um Brasil Sustentável.

Leia mais

Plataforma dos Consumidores para as Eleições Municipais 2012

Plataforma dos Consumidores para as Eleições Municipais 2012 Plataforma dos Consumidores para as Eleições Municipais 2012 Plataforma dos Consumidores para as Eleições 2012 1 O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) é uma associação de consumidores sem

Leia mais

TRANSPARÊNCIA QUANTO À ATUAÇÃO PARLAMENTAR DIRETA

TRANSPARÊNCIA QUANTO À ATUAÇÃO PARLAMENTAR DIRETA De: Gabinete do Vereador Jimmy Pereira Para: Ação Jovem Brasil Resposta à solicitação de Informações para a formação do Índice de Transparência da Câmara do Rio TRANSPARÊNCIA QUANTO À ATUAÇÃO PARLAMENTAR

Leia mais

Coleta Seletiva Solidária na Colônia Juliano Moreira (Edital CSDT Fiocruz) JUNHO 2010 a AGOSTO 2011

Coleta Seletiva Solidária na Colônia Juliano Moreira (Edital CSDT Fiocruz) JUNHO 2010 a AGOSTO 2011 VPDIGT Plano de Metas de um Compromisso Institucional PROPOSTA DE IDENTIFICAÇAO DA ESTRUTURA DE UM COMPROMISSO INSTITUCIONAL / PROJETO COMPROMISSO VIGÊNCIA OBJETIVOS Coleta Seletiva Solidária na Colônia

Leia mais

Associação sem fins lucrativos, fundada em 1998, por um grupo de 11 empresários; 1475 associados: empresas de diferentes setores e portes.

Associação sem fins lucrativos, fundada em 1998, por um grupo de 11 empresários; 1475 associados: empresas de diferentes setores e portes. Instituto Ethos Associação sem fins lucrativos, fundada em 1998, por um grupo de 11 empresários; 1475 associados: empresas de diferentes setores e portes. MISSÃO: Mobilizar, sensibilizar e ajudar as empresas

Leia mais

PLANO DE DESENVOLVIMENTO TURÍSTICO 2014/2020 FARROUPILHA - RS

PLANO DE DESENVOLVIMENTO TURÍSTICO 2014/2020 FARROUPILHA - RS PLANO DE DESENVOLVIMENTO TURÍSTICO 2014/2020 FARROUPILHA - RS 22 de Outubro de 2014 AGENDA Relembrar o conceito de Plano Municipal de Turismo Etapas percorridas no desenvolvimento do PMT de Farroupilha

Leia mais

Nova ética emergindo de crises mudança no sistema de emprego exclusão/marginalização social aumento das demandas sociais concentração de poder e

Nova ética emergindo de crises mudança no sistema de emprego exclusão/marginalização social aumento das demandas sociais concentração de poder e PROGRAMA NACIONAL DE EDUCAÇÃO FISCAL - PNEF A EDUCAÇÃO FISCAL COMO EXERCÍCIO DE CIDADANIA CONTEXTO Nova ética emergindo de crises mudança no sistema de emprego exclusão/marginalização social aumento das

Leia mais

Planejamento e estratégia em turismo. Antonio Liccardo - UEPG

Planejamento e estratégia em turismo. Antonio Liccardo - UEPG Planejamento e estratégia em turismo Antonio Liccardo - UEPG O desenvolvimento do turismo impõe uma permanente articulação entre os diversos setores, públicos e privados, relacionados à atividade, no sentido

Leia mais

QUANDO TODO MUNDO JOGA JUNTO, TODO MUNDO GANHA!

QUANDO TODO MUNDO JOGA JUNTO, TODO MUNDO GANHA! QUANDO TODO MUNDO JOGA JUNTO, TODO MUNDO GANHA! NOSSA VISÃO Um mundo mais justo, onde todas as crianças e todos os adolescentes brincam, praticam esportes e se divertem de forma segura e inclusiva. NOSSO

Leia mais

PROGRAMA CIDADES SUSTENTÁVEIS

PROGRAMA CIDADES SUSTENTÁVEIS PROGRAMA CIDADES SUSTENTÁVEIS 2014 1 Índice 1. Contexto... 3 2. O Programa Cidades Sustentáveis (PCS)... 3 3. Iniciativas para 2014... 5 4. Recursos Financeiros... 9 5. Contrapartidas... 9 2 1. Contexto

Leia mais

Nossa Missão, Visão e Valores

Nossa Missão, Visão e Valores Nossa Missão, Visão e Valores Missão Acolher e mobilizar os imigrantes na luta por direitos, cidadania e empoderamento social e político; Combater o trabalho escravo, a xenofobia, o tráfico de pessoas

Leia mais

Política de Sustentabilidade das empresas Eletrobras

Política de Sustentabilidade das empresas Eletrobras Política de Sustentabilidade das empresas Eletrobras 1. DECLARAÇÃO Nós, das empresas Eletrobras, comprometemo-nos a contribuir efetivamente para o desenvolvimento sustentável, das áreas onde atuamos e

Leia mais

gestão das Instâncias de Governança nas regiões turísticas prioritárias do país.

gestão das Instâncias de Governança nas regiões turísticas prioritárias do país. OBJETIVO GERAL Estabelecer cooperação técnica para desenvolver e implementar ações que visem a fortalecer o ciclo da gestão das Instâncias de Governança nas regiões turísticas prioritárias do país. IMPORTANTE:

Leia mais

INICIATIVA COMUM REDES DE COLETIVOS JOVENS. Ana Beatriz Lorch Roth Superintendente Fundação Otacílio Coser

INICIATIVA COMUM REDES DE COLETIVOS JOVENS. Ana Beatriz Lorch Roth Superintendente Fundação Otacílio Coser INICIATIVA COMUM REDES DE COLETIVOS JOVENS Ana Beatriz Lorch Roth Superintendente Fundação Otacílio Coser Rede de Coletivos Jovens Apoiar iniciativas da juventude brasileira e beneficiar o maior número

Leia mais

Uma iniciativa que pretende RECONHECER AS BOAS PRÁTICAS em projetos que promovam o desenvolvimento sustentável.

Uma iniciativa que pretende RECONHECER AS BOAS PRÁTICAS em projetos que promovam o desenvolvimento sustentável. GREEN PROJECT AWARDS BRASIL Uma iniciativa que pretende RECONHECER AS BOAS PRÁTICAS em projetos que promovam o desenvolvimento sustentável. CANDIDATURAS 201 INSCRIÇÕES NO PRIMEIRO ANO INSCRIÇÕES FEITAS

Leia mais

Responsabilidade Social na Cadeia de Valor o papel do setor atacadista-distribuidor. Geraldo Eduardo da Silva Caixeta

Responsabilidade Social na Cadeia de Valor o papel do setor atacadista-distribuidor. Geraldo Eduardo da Silva Caixeta Responsabilidade Social na Cadeia de Valor o papel do setor atacadista-distribuidor Geraldo Eduardo da Silva Caixeta ABAD Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores Com mais de 25 anos de história,

Leia mais

FORMAÇÃO DA CIDADANIA OBJETIVOS E METAS

FORMAÇÃO DA CIDADANIA OBJETIVOS E METAS FORMAÇÃO DA CIDADANIA OBJETIVOS E METAS 1. Garantir a participação juvenil na elaboração e acompanhamento das políticas públicas na área de cidadania, em nível municipal, estadual e nacional, promovendo

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Dois temas centrais foram selecionados para o debate na conferência de 2012:

APRESENTAÇÃO. Dois temas centrais foram selecionados para o debate na conferência de 2012: Comércio + Sustentável APRESENTAÇÃO A Rio+20, como é chamada a Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável, vai ser realizada no Rio de Janeiro em junho de 2012. Exatos vinte anos

Leia mais

Paulo Itacarambi 6º Encontro de Lideranças CONFEA Brasília, 21 de fevereiro de 2011

Paulo Itacarambi 6º Encontro de Lideranças CONFEA Brasília, 21 de fevereiro de 2011 Combate à corrupção Promovendo uma economia responsável Paulo Itacarambi 6º Encontro de Lideranças CONFEA Brasília, 21 de fevereiro de 2011 Instituto Ethos Quem somos? Fundado em 1998 Missão Mobilizar,

Leia mais

Visa, como objetivo final, a promoção do desenvolvimento sustentável da região.

Visa, como objetivo final, a promoção do desenvolvimento sustentável da região. Agenda 21 Comperj Iniciativa voluntária de relacionamento da Petrobras para contribuir para que o investimento na região retorne para a população, fomentando a formação de capital social e participação

Leia mais

ANEXO I ROTEIRO PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS FIA 2011. Cada projeto deve conter no máximo 20 páginas

ANEXO I ROTEIRO PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS FIA 2011. Cada projeto deve conter no máximo 20 páginas Cada projeto deve conter no máximo 20 páginas 1. APRESENTAÇÃO Faça um resumo claro e objetivo do projeto, considerando a situação da criança e do adolescente, os dados de seu município, os resultados da

Leia mais

III- DADOS DO PRESIDENTE

III- DADOS DO PRESIDENTE PLANO DE AÇÃO 2014 I- IDENTIFICAÇÃO Nome: Associação dos Deficientes Físicos de Lençóis Paulista - ADEFILP Endereço: Pernambuco, 333, Jardim Cruzeiro Lençóis Paulista SP CEP 18680470 Telefone: (014) 3264-9700

Leia mais

Instituto Ethos. de Empresas e Responsabilidade Social. Emilio Martos Gerente Executivo de Relacionamento Empresarial

Instituto Ethos. de Empresas e Responsabilidade Social. Emilio Martos Gerente Executivo de Relacionamento Empresarial Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social Emilio Martos Gerente Executivo de Relacionamento Empresarial Missão do Instituto Ethos Mobilizar, sensibilizar e ajudar as empresas a gerir seus negócios

Leia mais

Jorn. Esp. Cris Guimarães

Jorn. Esp. Cris Guimarães As Relações Institucionais como Estratégia de Fortalecimento das Causas Sociais Jorn. Esp. Cris Guimarães Quem somos Missão: Potencializar o desenvolvimento integral da criança, adolescente e jovem numa

Leia mais

INCENTIVOS FISCAIS, UMA VISÃO GERAL

INCENTIVOS FISCAIS, UMA VISÃO GERAL INCENTIVOS FISCAIS, UMA VISÃO GERAL Danilo Brandani Tiisel danilo@socialprofit.com.br MOBILIZAÇÃO DE RECURSOS Características da Atividade Atividade planejada e complexa: envolve marketing, comunicação,

Leia mais

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL Prefeitura Municipal de Cachoeiro de Itapemirim - ES PROGRAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL Introdução O Programa Municipal de Educação Ambiental estabelece diretrizes, objetivos, potenciais participantes, linhas

Leia mais

A comunidade promovendo o DL

A comunidade promovendo o DL A comunidade promovendo o DL O que eu faço que contribui com o desenvolvimento de meu município? Vamos entender melhor a importância do local! Políticas Macro Econômicas As políticas macro econômicas são

Leia mais

No Brasil, a Shell contratou a ONG Dialog para desenvolver e operar o Programa, que possui três objetivos principais:

No Brasil, a Shell contratou a ONG Dialog para desenvolver e operar o Programa, que possui três objetivos principais: PROJETO DA SHELL BRASIL LTDA: INICIATIVA JOVEM Apresentação O IniciativaJovem é um programa de empreendedorismo que oferece suporte e estrutura para que jovens empreendedores de 18 a 30 anos desenvolvam

Leia mais

SUGESTÕES DE COMO ABORDAR NAS EMPRESAS O TEMA DO ENFRENTAMENTO DA EXPLORAÇÃO SEXUAL CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES

SUGESTÕES DE COMO ABORDAR NAS EMPRESAS O TEMA DO ENFRENTAMENTO DA EXPLORAÇÃO SEXUAL CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES SUGESTÕES DE COMO ABORDAR NAS EMPRESAS O TEMA DO ENFRENTAMENTO DA EXPLORAÇÃO SEXUAL CONTRA CRIANÇAS E ADOLESCENTES PRESIDENTA DA REPÚBLICA Dilma Vana Rousseff MINISTRA DE ESTADO CHEFE DA SECRETARIA DE

Leia mais

Nossos Valores Quem Somos? Nossa Missão Nossa Visão Nossa Atuação Nossos Resultados Modelos de Ecovilas e Projetos Sustentáveis.

Nossos Valores Quem Somos? Nossa Missão Nossa Visão Nossa Atuação Nossos Resultados Modelos de Ecovilas e Projetos Sustentáveis. Nossos Valores Quem Somos? Nossa Missão Nossa Visão Nossa Atuação Nossos Resultados Modelos de Ecovilas e Projetos Sustentáveis Localização Missão, Valores e Visão Os 5 Pilares Objetivos e estratégias

Leia mais

SEDE NACIONAL DA CAMPANHA

SEDE NACIONAL DA CAMPANHA Campanha Ponto Final na Violência contra as Mulheres e Meninas SEDE NACIONAL DA CAMPANHA REDE NACIONAL FEMINSTA DE SAÚDE, DIREITOS SEXUAIS E DIREITOS REPRODUTIVOS Avenida Salgado Filho, 28, cj 601. Porto

Leia mais

grande beleza da nossa parceria é que podemos trabalhar juntos, pela justiça social, sem muita burocracia e hierarquia. E neste início de 2014, a

grande beleza da nossa parceria é que podemos trabalhar juntos, pela justiça social, sem muita burocracia e hierarquia. E neste início de 2014, a A grande beleza da nossa parceria é que podemos trabalhar juntos, pela justiça social, sem muita burocracia e hierarquia. E neste início de 2014, a nossa grande meta continua (e nunca deve ser esquecida):

Leia mais

ANEXO 2 Estrutura Modalidade 1 ELIS PMEs PRÊMIO ECO - 2015

ANEXO 2 Estrutura Modalidade 1 ELIS PMEs PRÊMIO ECO - 2015 ANEXO 2 Estrutura Modalidade 1 ELIS PMEs PRÊMIO ECO - 2015 Critérios Descrições Pesos 1. Perfil da Organização Breve apresentação da empresa, seus principais produtos e atividades, sua estrutura operacional

Leia mais

Plano de Trabalho e Projeto Político-Pedagógico da Escola Legislativa de Araras

Plano de Trabalho e Projeto Político-Pedagógico da Escola Legislativa de Araras Plano de Trabalho e Projeto Político-Pedagógico da Escola Legislativa de Araras 1. Introdução O Projeto Político-Pedagógico da Escola Legislativa de Araras foi idealizado pelo Conselho Gestor da Escola,

Leia mais

Nº: 5745 terça feira, 05 de maio de 2015 COMISSÃO DIRETORA. ATO DA COMISSÃO DIRETORA N O 5, de 2015

Nº: 5745 terça feira, 05 de maio de 2015 COMISSÃO DIRETORA. ATO DA COMISSÃO DIRETORA N O 5, de 2015 30/06/2015 Boletim Administrativo Eletrônico de Pessoal Nº: 5745 terça feira, 05 de maio de 2015 COMISSÃO DIRETORA ATO DA COMISSÃO DIRETORA N O 5, de 2015 Revisa e altera os objetivos estratégicos do plano

Leia mais

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2003

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2003 RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2003 1. Palestras informativas O que é ser voluntário Objetivo: O voluntariado hoje, mais do que nunca, pressupõe responsabilidade e comprometimento e para que se alcancem os resultados

Leia mais

EDITAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS MUNICÍPIO DE MARANGUAPE-CE

EDITAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS MUNICÍPIO DE MARANGUAPE-CE EDITAL PARA APRESENTAÇÃO DE PROJETOS MUNICÍPIO DE MARANGUAPE-CE EDITAL N 20/2015 1. INTRODUÇÃO A ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE LUZIA LOPES GADÊLHA, por meio do Termo Convênio nº 05/2015, como parte integrante

Leia mais

PLANO DE GOVERNO 2015-2018 EXPEDITO JÚNIOR....o futuro pode ser melhorado por uma intervenção ativa no presente. Russel Ackoff

PLANO DE GOVERNO 2015-2018 EXPEDITO JÚNIOR....o futuro pode ser melhorado por uma intervenção ativa no presente. Russel Ackoff PLANO DE GOVERNO 2015-2018 EXPEDITO JÚNIOR...o futuro pode ser melhorado por uma intervenção ativa no presente. Russel Ackoff Julho/2014 0 APRESENTAÇÃO Se fôssemos traduzir o Plano de Governo 2015-2018

Leia mais

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004 RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004 1. Palestras informativas O que é ser voluntário Objetivo: O voluntariado hoje, mais do que nunca, pressupõe responsabilidade e comprometimento e para que se alcancem os resultados

Leia mais

UNICEF BRASIL Edital de Seleção de Consultor: RH/2014/013

UNICEF BRASIL Edital de Seleção de Consultor: RH/2014/013 UNICEF BRASIL Edital de Seleção de Consultor: RH/2014/013 O UNICEF, Fundo das Nações Unidas para a Infância, a Organização mundial pioneira na defesa dos direitos das crianças e adolescentes, convida profissionais

Leia mais

PROGRAMA CIDADANIA ATIVA 2013-16

PROGRAMA CIDADANIA ATIVA 2013-16 PROGRAMA CIDADANIA ATIVA 2013-16 FUNDAÇÃO CALOUSTE GULBENKIAN Luís Madureira Pires Lisboa, 22 de março de 2013 Enquadramento > O Mecanismo Financeiro EEE (MF/EEE) Desde a assinatura do acordo do Espaço

Leia mais

ASSOCIAÇÃO DE MORADORES DO BAIRRO PEDREGAL PROJETO OFICINA ESCOLA

ASSOCIAÇÃO DE MORADORES DO BAIRRO PEDREGAL PROJETO OFICINA ESCOLA Relatório das Ações Desenvolvidas pelo Projeto Oficina Escola 1. Apresentação Companheiros (as) da Associação Tremembé estamos concluindo mais um ano missão e com isso somos convidados (as) a socializar

Leia mais

Universidade Livre para a Eficiência Humana. Desenvolver e valorizar o ser humano nas empresas e sociedade

Universidade Livre para a Eficiência Humana. Desenvolver e valorizar o ser humano nas empresas e sociedade Universidade Livre para a Eficiência Humana Desenvolver e valorizar o ser humano nas empresas e sociedade MISSÃO Realizar ações inovadoras de inclusão social no mundo do trabalho, por meio do desenvolvimento

Leia mais

1ª Conferência Livre da Juventude em Meio Ambiente Foco em Recursos Hídricos

1ª Conferência Livre da Juventude em Meio Ambiente Foco em Recursos Hídricos 1ª Conferência Livre da Juventude em Meio Ambiente Foco em Recursos Hídricos Realização: Instituto Terrazul Parceria: Coordenadoria da Juventude da PMRJ Comitê da Bacia Hidrográfica da Baía de Guanabara

Leia mais

Educação para a Sustentabilidade Projeto ESPM Social São Paulo

Educação para a Sustentabilidade Projeto ESPM Social São Paulo Educação para a Sustentabilidade Projeto ESPM Social São Paulo (Escola Superior de Propaganda e Marketing) Apresentação: Prof. Ismael Rocha Prof. Carlos Frederico Lucio São Paulo, julho de 2011 Indicadores

Leia mais

Ministério Público do Trabalho Procuradoria Regional do Trabalho da Nona Região. www.prt9.mpt.gov.br

Ministério Público do Trabalho Procuradoria Regional do Trabalho da Nona Região. www.prt9.mpt.gov.br Ministério Público do Trabalho Procuradoria Regional do Trabalho da Nona Região www.prt9.mpt.gov.br A realidade Fundamentos Jurídicos Declaração Universal dos Direitos do Homem, que diz que o reconhecimento

Leia mais

Relatório de Comunicação e Engajamento COE. Associação Paranaense dos Engenheiros Ambientais APEAM

Relatório de Comunicação e Engajamento COE. Associação Paranaense dos Engenheiros Ambientais APEAM Relatório de Comunicação e Engajamento COE Associação Paranaense dos Engenheiros Ambientais APEAM Declaração de Apoio Continuo do Presidente 21/08/2015 Para as partes interessadas: Tenho o prazer de confirmar

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ Plano Plurianual 2004-2007

GOVERNO DO ESTADO DO PARÁ Plano Plurianual 2004-2007 Programa: SOCIAL INTEGRADA R$ 7.558.141,00 Assessorar a gestão das organizações sociais e implantar ações sociais integradas Incremento no número de Organizações Comunitárias apoiadas pelo Governo do Estado

Leia mais

1. APRESENTAÇÃO 2. DA ATUAÇÃO

1. APRESENTAÇÃO 2. DA ATUAÇÃO 1. APRESENTAÇÃO Cooperativa é uma sociedade de pessoas, com forma e caráter jurídico próprio, de natureza civil, constituídas para prestar serviços aos cooperados. Sua missão é promover a qualidade de

Leia mais

Agenda Regional de Desenvolvimento Sustentável Eixo 4: Gestão Regional Integrada

Agenda Regional de Desenvolvimento Sustentável Eixo 4: Gestão Regional Integrada Agenda Regional de Desenvolvimento Sustentável Eixo 4: Gestão Regional Integrada 1 O Projeto Litoral Sustentável 1ª Fase (2011/2012): Diagnósticos municipais (13 municípios) Diagnóstico regional (Já integralmente

Leia mais

PRÊMIO ABF- AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueado

PRÊMIO ABF- AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueado PRÊMIO ABF- AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueado Dados da empresa Razão Social: J&I Serviços Educacionais LTDA Nome Fantasia: Wizard Aparecidinha Data de fundação:

Leia mais

Manual do Padrinho. Projeto Adote um Município. Aperte enter para avançar

Manual do Padrinho. Projeto Adote um Município. Aperte enter para avançar Manual do Padrinho Projeto Adote um Município Aperte enter para avançar Caro Padrinho, Esse manual tem como objetivo passar orientações sobre o seu importante papel no âmbito do Projeto Adote um Município.

Leia mais

PMS-MT Cartilha. Breve histórico e Abrangência Objetivos gerais e benefícios esperados Componentes. Governança Funcionamento do Programa

PMS-MT Cartilha. Breve histórico e Abrangência Objetivos gerais e benefícios esperados Componentes. Governança Funcionamento do Programa PMS-MT Cartilha Breve histórico e Abrangência Objetivos gerais e benefícios esperados Componentes Fortalecimento da gestão ambiental municipal Contexto e benefícios Tarefas Regularização ambiental e fundiária

Leia mais

PRS - Programa de Responsabilidade Social do Crea-RS

PRS - Programa de Responsabilidade Social do Crea-RS PRS - Programa de Responsabilidade Social do Crea-RS Gestão de Administração e Finanças Gerência de Desenvolvimento Humano e Responsabilidade Social Junho/2014 Desenvolvimento Sustentável Social Econômico

Leia mais

Centro Mineiro de Referência em Resíduos Coleta Seletiva com inclusão sócio-produtiva dos Catadores de Materiais Recicláveis

Centro Mineiro de Referência em Resíduos Coleta Seletiva com inclusão sócio-produtiva dos Catadores de Materiais Recicláveis Centro Mineiro de Referência em Resíduos Coleta Seletiva com inclusão sócio-produtiva dos Catadores de Materiais Recicláveis O Centro Mineiro de Referência em Resíduos Criado em Junho de 2007, é uma iniciativa

Leia mais

Amcham Brasil Projeto Escola Legal 2008. Projeto Piloto

Amcham Brasil Projeto Escola Legal 2008. Projeto Piloto Amcham Brasil Projeto Escola Legal 2008 Projeto Piloto Apresentação Amcham Fundada em 1919, na capital paulista, a Câmara Americana de Comércio é uma organização não-governamental, sem fins lucrativos,

Leia mais

TERMO PÚBLICO, ABERTO À ADESÃO, DE COMPROMISSO PELO EMPREGO E TRABALHO DECENTE NA COPA DO MUNDO FIFA DE 2014 E NOS JOGOS OLÍMPICOS DE 2016.

TERMO PÚBLICO, ABERTO À ADESÃO, DE COMPROMISSO PELO EMPREGO E TRABALHO DECENTE NA COPA DO MUNDO FIFA DE 2014 E NOS JOGOS OLÍMPICOS DE 2016. TERMO PÚBLICO, ABERTO À ADESÃO, DE COMPROMISSO PELO EMPREGO E TRABALHO DECENTE NA COPA DO MUNDO FIFA DE 2014 E NOS JOGOS OLÍMPICOS DE 2016. O Ministério do Trabalho e Emprego, o Tribunal Regional do Trabalho,

Leia mais

Economia,Mercado e Empresas de Construção Civil: a sustentabilidade na prática. Paulo Itacarambi Instituto Ethos Setembro de 2008

Economia,Mercado e Empresas de Construção Civil: a sustentabilidade na prática. Paulo Itacarambi Instituto Ethos Setembro de 2008 Economia,Mercado e Empresas de Construção Civil: a sustentabilidade na prática Paulo Itacarambi Instituto Ethos Setembro de 2008 Paulo Itacarambi SBCS08 1 Como Alcançar o Desenvolvimento Sustentável? Políticas

Leia mais

Programa Local de Responsabilidade Social de Ferreira do Alentejo

Programa Local de Responsabilidade Social de Ferreira do Alentejo Regulamento do Programa Local de Responsabilidade Social de Preâmbulo O projeto Ferreira Solidária, financiado pelo Programa dos Contratos Locais de Desenvolvimento Social, prevê, no eixo 1, a implementação

Leia mais

Ministério Público do Trabalho

Ministério Público do Trabalho Ministério Público do Trabalho Procuradoria Regional do Trabalho da Nona Região www.prt9.mpt.gov.br A realidade Fundamentos Jurídicos Declaração Universal dos Direitos do Homem, que diz que o reconhecimento

Leia mais

Relatório Anual. CADI Centro de Assistência e Desenvolvimento Integral de SC

Relatório Anual. CADI Centro de Assistência e Desenvolvimento Integral de SC Resumo da ONG O CADI Palhoça é uma instituição não governamental com o objetivo de executar, articular e fomentar ações que contribuam para o desenvolvimento de comunidades. Desenvolve projetos em 6 eixos

Leia mais

Projeto Cidades da Copa PLANO DE AÇÃO PORTO ALEGRE - RS

Projeto Cidades da Copa PLANO DE AÇÃO PORTO ALEGRE - RS Projeto Cidades da Copa PLANO DE AÇÃO PORTO ALEGRE - RS PORTO ALEGRE EM AÇÃO É ESPORTE E EDUCAÇÃO O esporte não é educativo a priori, é o educador que precisa fazer dele ao mesmo tempo um objeto e meio

Leia mais

Plano de Ação. Colégio Estadual Ana Teixeira. Caculé - Bahia Abril, 2009.

Plano de Ação. Colégio Estadual Ana Teixeira. Caculé - Bahia Abril, 2009. Plano de Ação Colégio Estadual Ana Teixeira Caculé - Bahia Abril, 2009. IDENTIFICAÇÃO DA UNIDADE ESCOLAR Unidade Escolar: Colégio Estadual Ana Teixeira Endereço: Av. Antônio Coutinho nº 247 bairro São

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE MONTANHA ES SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE

PREFEITURA MUNICIPAL DE MONTANHA ES SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE 0 PREFEITURA MUNICIPAL DE MONTANHA ES SECRETARIA DE MEIO AMBIENTE PRORAMA DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL PEA PLANO DE AÇÃO Montanha ES 2014 1 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 02 2. JUSTIFICATIVA... 03 3. OBJETIVO GERAL...

Leia mais

Secretaria de Coordenação Política e Governança Local

Secretaria de Coordenação Política e Governança Local Governança Solidária Local O exemplo de Porto Alegre Secretaria de Coordenação Política e Governança Local Porto Alegre / RS / Brasil Brasília 2.027 Km Buenos Aires 1.063 Km Montevidéu 890 Km Assunção

Leia mais

Engajamento com Partes Interessadas

Engajamento com Partes Interessadas Instituto Votorantim Engajamento com Partes Interessadas Eixo temático Comunidade e Sociedade Principal objetivo da prática Apoiar o desenvolvimento de uma estratégia de relacionamento com as partes interessadas,

Leia mais

3601 - SECRETARIA DE GESTÃO ESTRATÉGICA E RELAÇÕES INTERNACIONAIS - ADMINISTRAÇÃO DIRETA

3601 - SECRETARIA DE GESTÃO ESTRATÉGICA E RELAÇÕES INTERNACIONAIS - ADMINISTRAÇÃO DIRETA 3601 - SECRETARIA DE GESTÃO ESTRATÉGICA E RELAÇÕES INTERNACIONAIS - ADMINISTRAÇÃO DIRETA Legislação: Lei nº 15.506, de 31 de julho de 1991; Decreto nº 15.813, de 24 de abril de 1992; Lei nº 15.738, de

Leia mais

Atividade I Como podemos fortalecer o Núcleo na Região para garantir a continuidade dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio - ODMs?

Atividade I Como podemos fortalecer o Núcleo na Região para garantir a continuidade dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio - ODMs? QUATRO BARRAS 09/07/2007 Horário: das 13h às 17h30 Local: Atividade I Como podemos fortalecer o Núcleo na Região para garantir a continuidade dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio - ODMs? Grupo 01:

Leia mais

http://www.youtube.com/watch?v=h54vsr wwueo

http://www.youtube.com/watch?v=h54vsr wwueo http://www.youtube.com/watch?v=h54vsr wwueo Site:http://www.ccnma.org.br Coordenador: Carlos Sérgio Ferreira (coordenação cultura e identidade Afro brasileira) O Centro de Cultura Negra do Maranhão é uma

Leia mais

1ª Retificação do Edital Nº 024/2015

1ª Retificação do Edital Nº 024/2015 1ª Retificação do Edital Nº 024/2015 O Diretor Geral do Câmpus Juiz de Fora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais (IF Sudeste MG), no uso de suas atribuições

Leia mais

MMX - Controladas e Coligadas

MMX - Controladas e Coligadas POLITICA CORPORATIVA PC. 1.16.01 Política de Meio Ambiente Emissão: 02/10/06 1 Objetivo: Estabelecer diretrizes visando proteger os recursos naturais e o meio ambiente em todas das unidades operacionais.

Leia mais