Nova Esperança para a Vida Por David Batty

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Nova Esperança para a Vida Por David Batty"

Transcrição

1 Nova Esperança para a Vida Por David Batty Projeto 302 Nome do Aluno Data do Início / / Data do Fim / /

2 2 Nova Esperança Para a Vida Lição 302 David Batty 1ª Edição Brasil As referências Bíblicas usadas nesta Lição foram retiradas da seguinte versão da Bíblia: Todos os versículos registrados nesta lição são retirados da Bíblia Shedd. Edição Vida Nova (Revista e Atualizada) Sociedade Bíblica do Brasil, Todos os direitos, incluindo o direito de apresentação ou reprodução no todo ou em parte, sob qualquer forma, são reservados sob a Convenção Mundial dos Direitos do Autor e outras convenções pertinentes, tratados, ou proclamações. Nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida sem a permissão do Comitê para o Currículo do Desafio Jovem do Brasil. Essa lição é parte dos Estudos Pessoais para Novos Cristãos, desenvolvidos para uso com novos cristãos e outros interessados em crescimento espiritual. Essas lições são usadas correntemente em igrejas, escolas, ministérios em prisões, Desafio Jovem, e ministérios similares que trabalhem com novos cristãos. Os Estudos Pessoais para Novos Cristãos são designados para serem usados num programa de educação individualizado. Um curso de treinamento do professor está disponível para todos os interessados em usar estes materiais. Para mais informação procure: Desafio Jovem do Brasil Rua Roma n Lapa São Paulo SP - Brasil Fone: (11) Reimpresso no Desafio Jovem do Brasil.

3 3 Índice Parte 1: O meu primeiro tempo aqui...4 Parte 2: As minhas experiências lá fora...6 Parte 3: Regressar...11 Parte 4: Nova esperança para o crescimento...15

4 4 Obrigado por regressar. Esta é uma lição especial para você. Nestas últimas semanas, teve muitas experiências importantes. À medida que trabalhar neste projeto, terá oportunidade de olhar para algumas dessas experiências. Por favor, faça o possível para ser totalmente honesto com você mesmo quando responder às perguntas desta lição. Um dos propósitos principais desta lição ajudar a você e aos seus professores descobrirem áreas da sua vida em que precisa de crescimento. As suas respostas nos ajudarão a decidir quais os estudos que você terá nas próximas semanas. Nós sabemos que o Senhor está contente por tê-lo novamente aqui, e nós também estamos contentes por ter voltado. PARTE UM O MEU PRIMEIRO TEMPO AQUI 1. Quanto tempo estive no programa antes de ter saído? 2. Quanto tempo esteve em casa ou nas ruas antes de ter regressado para o Desafio Jovem?. 3. Há quantos dias voltou para o programa? Dias Semanas 4. Quais foram as razões que lhe trouxeram para cá pela primeira vez?

5 5 5. Quanto é que você achou que cresceu enquanto esteve no programa pela primeira vez? Muito Pouco Muito Pouco Descreva as áreas principais da sua vida em que cresceu. 6. Quais foram às razões que levaram você a sair do Programa? PARE: Peça ao seu professor para assinar aqui antes de fazer mais algum trabalho sobre esta lição. Assinatura do Professor

6 6 PARTE DOIS AS MINHAS EXPERIÊNCIAS LÁ FORA 1. Descreva como foi depois que você saiu do programa.

7 7 2. Pense nos dias em que esteve aqui pela primeira vez. Provavelmente teve algumas idéias de como seriam as coisas se você saísse e voltasse para as ruas ou para casa. O que é que esperava encontrar lá? Ficou surpreendido quando saiu? As coisas foram diferentes daquilo que esperava que fossem? Explique. 3. Como foi o seu relacionamento com Deus depois que saiu daqui? Virou as costas para Deus? Orou e leu a Bíblia? Falou com outros Crentes? Quantas vezes foi à igreja? Deus falou com você? Deus lhe ajudou ou protegeu você em qualquer situação?

8 8 4. Depois de sair do programa, houve alguns versículos Bíblicos que lhe ajudaram? Sim Não. Se sim, escreva os versículos. E explique brevemente como é que o versículo lhe ajudou. 1. Versículo: Como este versículo me ajudou. 2. Versículo: Como este versículo me ajudou.

9 9 3. Versículo: Como este versículo me ajudou. 4. Versículo: Como este versículo me ajudou.

10 10 5. Você testemunhou para alguma pessoa enquanto esteve fora do programa? Disse a alguém o que Deus fez na sua vida? Falou a alguém sobre como se tornar um Crente? Conte o que aconteceu? 6. Pense nas coisas que lhe aconteceram depois de ter saído pela primeira vez do programa. Em que área da sua vida suas atitudes mudaram enquanto esteve fora do programa? De que forma você cresceu enquanto esteve fora do programa? PARE: Peça ao seu professor para assinar aqui antes de fazer mais algum trabalho sobre esta lição. Assinatura do Professor

11 11 PARTE TRÊS REGRESSAR 1. O que levou você a ter vontade de voltar? Quem lhe encorajou a regressar? 2. Enquanto esteve vivendo em casa ou em outro lugar, provavelmente passou algum tempo pensando em regressar. Havia alguma coisa que impedia você de voltar? Explique a sua resposta. Por exemplo, um aluno disse, "Por causa do meu orgulho, eu não queria admitir que eu estava errado e precisava de ajuda." Outra aluna disse que, detestava pensar em ter que respeitar e obedecer a um membro da direção. Parece que ela sempre teve conflitos com esse membro enquanto esteve no programa.

12 12 3. Existem várias coisas que podem nos abater e que nos fazem ter o desejo de ir embora. Quando você esteve aqui, houve alguns problemas, aborrecimentos, ou irritações que lhe parecesse importantes? Mas agora vê que eles não eram assim tão importantes. Se passou por isso, dê um ou dois exemplos e descreva o que aconteceu Separe alguns minutos para imaginar o seguinte: vamos fingir que você poderia voltar atrás no tempo e que iria viver novamente os dias em que esteve aqui pela primeira vez. Faria alguma coisa de forma diferente? Explique. PARE: Peça ao seu professor para assinar aqui antes de fazer mais algum trabalho sobre esta lição. Assinatura do Professor

13 13 5. Quais mudanças a direção lhe pediu para ter antes de permitir que você voltasse? 6. Que crescimento é que você alcançou nestas áreas? PARE: Peça ao seu professor para assinar aqui antes de fazer mais algum trabalho sobre esta lição. Assinatura do Professor

14 14 7. Relatório Adicional. PARE: Peça ao seu professor para assinar aqui antes de fazer mais algum trabalho sobre esta lição. Assinatura do Professor

15 15 PARTE QUATRO NOVA ESPERANÇA PARA O CRESCIMENTO Na Parte Um deste projeto, você citou algumas razões porque veio para o Desafio Jovem da primeira vez. Estava à espera de algo melhor? Queria mudar? Talvez tenha pensado muito no que queria fazer enquanto esteve aqui. Mas, em algum momento você se perguntou o porquê que este ministério existe? Quais são os alvos da Direção? O Comitê Internacional do Currículo do Desafio Jovem escreveu uma afirmação do propósito para explicar o que o Desafio Jovem e outros ministérios semelhantes estão tentando fazer. Afirmação do Propósito do Desafio Jovem Evangelizar as pessoas com as vidas controladas por problemas e iniciar um processo de discipulado até ao ponto onde o aluno possa funcionar como um Crente na sociedade, aplicando princípios Bíblicos motivados espiritualmente aos relacionamentos na família, igreja local, vocação escolhida, e na comunidade. Vamos dar uma olhada no sentido desta afirmação. Nós queremos "evangelizar pessoas". O nosso alvo é ajudá-lo a se tornar um discípulo de Jesus. Depois queremos ajudá-lo a crescer "até ao ponto em que o aluno (você) possa andar como um discípulo de Jesus na sociedade". Quanto você tem que crescer antes que possa fazer isso com sucesso? Recentemente, quando deixou o programa, teve a oportunidade de viver como um "crente na sociedade." Que sucesso teve em relação a isto? A última parte da afirmação do propósito explica como você pode "andar como um crente na sociedade" com sucesso. Deve crescer até ao ponto em que possa aplicar princípios Bíblicos aos relacionamentos com a sua "família, igreja local, vocação escolhida, e a comunidade." Pense por alguns momentos nas áreas em que quer crescer.

16 16 1. Faça uma lista das áreas da sua vida em que precisa de crescimento. Pense especialmente nas áreas em que deve crescer para que não faça as mesmas coisas que te levaram a sair do programa pela primeira vez. Talvez deseje incluir sugestões à direção e aos membros da sua família. Sinta-se livre para pedir idéias a eles PARE: Peça ao seu professor para assinar aqui antes de fazer mais algum trabalho sobre esta lição. Assinatura do Professor

17 17 2. Deus quer ajudá-lo a crescer. A Bíblia está cheia de idéias práticas relacionadas às coisas que indicou para a atividade número 1 na página anterior. Escolha uma das coisas que escreveu na lista pedida na questão número 1 e use-a para completar as perguntas 2, 3, e 4. Aqui está uma área da minha vida em que eu quero crescer (ou um problema que eu preciso vencer). Escolha uma das áreas citadas na lista que você fez na página anterior: 3. Quando esteve aqui, teve algum estudo que falou sobre este problema? Se sim, diga o que aprendeu nas aulas que poderiam ter lhe ajudado com esse problema. 4. Usando uma concordância ou uma Bíblia com referências, procure pelo menos três versículos na Bíblia que lidem com essa questão. Escreva cada versículo e depois escreva as suas idéias de como esses versículos podem ajudá-lo a crescer. A. Versículo: Como este versículo pode me ajudar a crescer.

18 18 B. Versículo: Como este versículo pode me ajudar a crescer. C. Versículo: Como este versículo pode me ajudar a crescer. PARE: Peça ao seu professor para assinar aqui antes de fazer mais algum trabalho sobre esta lição. Assinatura do Professor

19 19 5. Muitas vezes os conflitos com as outras pessoas podem levar um aluno deixar o programa. Quando você esteve aqui houve algum conflito com alguma(s) pessoa(s) ou com alguém da direção que influenciou sua decisão de ir embora? Sim Não Se responder sim na atividade número 5, passe para a atividade número 6. Se responder não na atividade número 5 passe para a página 22, e faça a atividade número Você teve algum conflito com outra pessoa que influenciou a sua decisão de partir? Foi com a direção ou com um aluno? Explique brevemente como isto afetou a sua decisão de ir embora:

20 20 7. Já conseguiu solucionar o problema que tinha com essa pessoa? Sim Não A. Se sim, diga o que fez para restaurar o seu relacionamento com essa pessoa: Como é o seu relacionamento com esta pessoa agora? B. Se responder não, gostaria de esclarecer o problema entre você e essa pessoa? Sim Não Não tenho a certeza O que achas que pode fazer para esclarecer este problema e restaurar o seu relacionamento com essa pessoa?

21 21 O que é que você acha que a outra pessoa deve fazer para que o relacionamento de vocês possa ser restaurado? PARE: Peça ao seu professor para assinar aqui antes de fazer mais algum trabalho sobre esta lição. Assinatura do Professor 8. Relatório Adicional PARE: Peça ao seu professor para assinar aqui antes de fazer mais algum trabalho sobre esta lição. Assinatura do Professor

22 22 9. Escreva uma oração a Deus. Agradeça por tudo o que Ele tem feito por você nestas semanas passadas. Fale com Ele sobre as áreas da sua vida em que você quer crescer. 10. Situação de Aconselhamento: Qual é a sua opinião? O seu companheiro de quarto só está aqui há pouco tempo e está falando em ir embora. Baseado nas suas próprias experiências, o que você diria ao seu companheiro de quarto? PARE: Peça ao seu professor para assinar aqui antes de fazer mais algum trabalho sobre esta lição. Assinatura do Professor

TEUS PENSAMENTOS Projeto 203

TEUS PENSAMENTOS Projeto 203 TEUS PENSAMENTOS Projeto 203 Por David Batty Lição 203 Primeira Edição Nome do Aluno Data do Início_ Data do Fim 2 Projeto 203 Teus Pensamentos Os Teus Pensamentos Lição 203 David Batty 1ª Edição Brasil

Leia mais

Os 7 Melhores Modelos de COACHING em GRUPO

Os 7 Melhores Modelos de COACHING em GRUPO Os 7 Melhores Modelos de COACHING em GRUPO Olá, aqui é o Wilton Neto tudo bem?! E... Coaching em Grupo é muito divertido! Parabéns e obrigado por baixar do Manual com os 7 Melhores Modelos de Coaching

Leia mais

Disciplina de Leitura Bíblica Manual do Professor Por David Batty

Disciplina de Leitura Bíblica Manual do Professor Por David Batty Disciplina de Leitura Bíblica Manual do Professor Por David Batty 2 Leitura Bíblica David Batty 1ª Edição Brasil As referências Bíblicas usadas nesta Lição foram retiradas da seguinte versão da Bíblia:

Leia mais

24/06/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República

24/06/2010. Presidência da República Secretaria de Imprensa Discurso do Presidente da República Palavras do Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, na Escola Municipal de Rio Largo, durante encontro para tratar das providências sobre as enchentes Rio Largo - AL, 24 de junho de 2010 Bem,

Leia mais

Deus nos dá amigos. Um lugar especial. 5anos. Edição do aluno. Estudos bíblicos Pré-escolar. Ano CIV Nº 389

Deus nos dá amigos. Um lugar especial. 5anos. Edição do aluno. Estudos bíblicos Pré-escolar. Ano CIV Nº 389 Deus nos dá amigos Estudos bíblicos Pré-escolar 5anos e6 Ano CIV Nº 389 5107 Um lugar especial Edição do aluno Estamos de volta para mais um trimestre de alegria, aprendizado e muitas descobertas. Você

Leia mais

Manual Geral de Aplicação Universal Entrada 2008

Manual Geral de Aplicação Universal Entrada 2008 Universal Entrada 2008 Programa Programa - Manual do Aplicador Teste Universal - 2008 Teste Cognitivo Leitura/Escrita e Matemática Caro alfabetizador(a): Se você está recebendo este material, é porque

Leia mais

Contratar um plano de saúde é uma decisão que vai além da pesquisa de preços. Antes de

Contratar um plano de saúde é uma decisão que vai além da pesquisa de preços. Antes de Planos de saúde: Sete perguntas para fazer antes de contratar Antes de aderir a um plano de saúde, o consumidor precisa se informar sobre todas as condições do contrato, para não correr o risco de ser

Leia mais

Fundamentos de Bancos de Dados 3 a Prova Caderno de Questões

Fundamentos de Bancos de Dados 3 a Prova Caderno de Questões Fundamentos de Bancos de Dados 3 a Prova Caderno de Questões Prof. Carlos A. Heuser Dezembro de 2009 Duração: 2 horas Prova com consulta Questão 1 (Construção de modelo ER) Deseja-se projetar a base de

Leia mais

O que há por trás do véu?

O que há por trás do véu? O que há por trás do véu? Ex 34:29-35 Ao lermos esses versículos, a primeira coisa que observamos é que Moisés era um homem, um líder muito próximo, muito íntimo de Deus! A ponto de ficar com o seu rosto

Leia mais

Disciplina de Leitura Pessoal Manual do Aluno David Batty

Disciplina de Leitura Pessoal Manual do Aluno David Batty Disciplina de Leitura Pessoal Manual do Aluno David Batty Nome Data de início: / / Data de término: / / 2 Leitura Pessoal David Batty 1ª Edição Brasil As referências Bíblicas usadas nesta Lição foram retiradas

Leia mais

APRENDENDO COM AS TRADIÇÕES RELIGIOSAS

APRENDENDO COM AS TRADIÇÕES RELIGIOSAS SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: / / 0 UNIDADE: III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 6.º ANO/EF PROFESSOR(A): VALOR: 0,0 MÉDIA: 6,0 RESULTADO:

Leia mais

1 Produto: Podcast Formato: Áudio Canal: Minicast Tema: Os Inovadores., o livro. ebookcast (este ebook)

1 Produto: Podcast Formato: Áudio Canal: Minicast Tema: Os Inovadores., o livro. ebookcast (este ebook) 1 Produto: Podcast Formato: Áudio Canal: Minicast Tema: Os Inovadores., o livro Nossos conteúdos nos três formatos Minicast (ouça) ebookcast (este ebook) WebPage (leia) 2 Pagar ligações telefônicas e navegação

Leia mais

Mini Curso Fé Espartana

Mini Curso Fé Espartana Mini Curso Fé Espartana Todos os Direitos Reservados à SegredosdaFe.com 2014 Este produto pode ser distribuído livremente, desde que não seja alterado. Autor José Fernando, 44 anos, servo do Senhor, casado,

Leia mais

Agora Que Sou Um Cristão Por David Batty

Agora Que Sou Um Cristão Por David Batty Agora Que Sou Um Cristão Por David Batty Lição 106 Primeira Edição Nome do Aluno Data do Início Data da conclusão 2 Agora Que Sou Um Cristão Lição 106 David Batty 1ª Edição Brasil As referências Bíblicas

Leia mais

Comprador Inteligente

Comprador Inteligente Comprador Inteligente Se você quer se sentir rico, conte todas as coisas que tem e que o dinheiro não pode comprar. Provérbio Os alimentos e a água, roupa limpa e um lugar para viver: essas são coisas

Leia mais

EU VIM PARA SERVIR? Autor: Tiago Ferro Pavan

EU VIM PARA SERVIR? Autor: Tiago Ferro Pavan EU VIM PARA SERVIR? Autor: Tiago Ferro Pavan (Entra um jovem em cena e se depara com um cartaz da campanha da fraternidade (2015). O jovem lê o lema em voz alta): JOVEM: (Lendo) Eu vim para servir! JOVEM:

Leia mais

EAA Editora ARARA AZUL Ltda Revista Virtual de Cultura Surda ENTREVISTA. Carilissa Dall Alba

EAA Editora ARARA AZUL Ltda Revista Virtual de Cultura Surda ENTREVISTA. Carilissa Dall Alba EAA Editora ARARA AZUL Ltda Revista Virtual de Cultura Surda IDENTIFICAÇÃO Nome: Cidade: Estado: País: Formação: Profissão: Local de Trabalho: Local de Estudo: Contatos: Santa Maria RS Brasil Mestrado

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 75 Discurso na cerimónia de posse

Leia mais

Engenharia de Software II

Engenharia de Software II Engenharia de Software II Aula 26 http://www.ic.uff.br/~bianca/engsoft2/ Aula 26-21/07/2006 1 Ementa Processos de desenvolvimento de software Estratégias e técnicas de teste de software Métricas para software

Leia mais

M U L H E R E S D O B R A S I L. Setembro2015

M U L H E R E S D O B R A S I L. Setembro2015 M U L H E R E S D O B R A S I L Setembro2015 COMITÊ SOCIAL A Voz das Mulheres Palestra Andrea Chamma Cristina Schulman Maria Elisa Curcio Inegociáveis Não advogamos em causa própria; Todo o trabalho deve

Leia mais

Meninos e Meninas Brincando

Meninos e Meninas Brincando Meninos e Meninas Brincando J. C. Ryle "As praças da cidade se encherão de meninos e meninas, que nelas brincarão." (Zc.8:5) Queridas crianças, o texto acima fala de coisas que acontecerão. Deus está nos

Leia mais

Questionário de avaliação diagnóstica / Preliminary questionnaire

Questionário de avaliação diagnóstica / Preliminary questionnaire Este questionário foi aplicado durante o mês de Outubro a 105 alunos do 7º e 8º ano e pretende avaliar o nível de conhecimento que os alunos têm sobre Direitos da Criança. This questionnaire has been applied

Leia mais

Ensino Português no Estrangeiro Nível A1 Prova A (13A1AE) 60 minutos

Ensino Português no Estrangeiro Nível A1 Prova A (13A1AE) 60 minutos Ensino Português no Estrangeiro Nível A1 Prova A (13A1AE) 60 minutos Prova de certificação de nível de proficiência linguística no âmbito do Quadro de Referência para o Ensino Português no Estrangeiro,

Leia mais

O texto de hoje da UNESCO é simples mas deveria ser pensado por todos nós. Vamos a ele:

O texto de hoje da UNESCO é simples mas deveria ser pensado por todos nós. Vamos a ele: COMUICAÇÃO ( 2.communication) Extraído de páginas 76 e 77 do guia para professores da U ESCO: (Understanding and responding to children s needs in Inclusive Classrooms) www.unesco.org.com; traduzido do

Leia mais

ABNT NBR ISO. Atualização da ABNT NBR ISO 9001:2008 para a ABNT NBR ISO 9001:2015

ABNT NBR ISO. Atualização da ABNT NBR ISO 9001:2008 para a ABNT NBR ISO 9001:2015 ABNT NBR ISO 9001 Atualização da ABNT NBR ISO 9001:2008 para a ABNT NBR ISO 9001:2015 A ABNT NBR ISO 9001 é uma norma que define os requisitos para colocar um sistema de gestão da qualidade em vigor. Ela

Leia mais

COMO VENDER MAIS USANDO FUNIL DE VENDAS. Capítulo III: Etapas do Funil de Vendas

COMO VENDER MAIS USANDO FUNIL DE VENDAS. Capítulo III: Etapas do Funil de Vendas COMO VENDER MAIS USANDO FUNIL DE VENDAS Capítulo III: Etapas do Funil de Vendas Índice Introdução Defina suas etapas de vendas corretamente Como definir suas etapas de vendas 03 05 06 2 Introdução Olá,

Leia mais

RU Reunião de Unidade Tema: As 50 Melhores Dicas para uma Consultora de sucesso!!!!!!

RU Reunião de Unidade Tema: As 50 Melhores Dicas para uma Consultora de sucesso!!!!!! RU Reunião de Unidade Tema: As 50 Melhores Dicas para uma Consultora de sucesso!!!!!! Conhecimento gera Crescimento!! Porque você pode! 1 - Dizer SIM ao convite da Oportunidade Perfeita 2 - Ter sempre

Leia mais

Como Criar Seu Primeiro Negócio 100% Digital

Como Criar Seu Primeiro Negócio 100% Digital 1 2 Por Tiago Bastos Como Criar Seu Primeiro Negócio 100% Digital Por Tiago Bastos Declaração De Ganhos Com O Uso De Nossos Produtos A empresa Seu Primeiro Negócio Digital" não pode fazer garantias sobre

Leia mais

1. O rapaz da história faz realmente uma sopa de pedras? Explique.

1. O rapaz da história faz realmente uma sopa de pedras? Explique. Nome: Data: Unidade 1 Leia o texto a seguir e depois responda às questões de 1 a 9. A sopa de pedras Um rapaz pobre e faminto andava pelo campo em busca de alimento. Teve uma ideia e resolveu colocá-la

Leia mais

Estatuto do Grupo de Jovens Juventude Unida Para Encontrar Cristo

Estatuto do Grupo de Jovens Juventude Unida Para Encontrar Cristo Estatuto do Grupo de Jovens Juventude Unida Para Encontrar Cristo TÍTULO I Da Denominação, Missão e Objetivos Art. 1 o - O Grupo Jovem Juventude Unida Para Encontrar Cristo e, doravante aqui denominado

Leia mais

NavegadorContábil. Sim. Não. Sim. Não. Número 13-20 de agosto de 2010. Contabilização de operações de duplicata descontada e vendor

NavegadorContábil. Sim. Não. Sim. Não. Número 13-20 de agosto de 2010. Contabilização de operações de duplicata descontada e vendor NavegadorContábil Número 13-20 de agosto de 2010 Contabilização de operações de duplicata descontada e vendor Introdução Muitas empresas no Brasil, na administração de seu capital de giro, fazem uso de

Leia mais

As 10 Maneiras mais GARANTIDAS De Se Conseguir uma Entrevista de EMPREGO

As 10 Maneiras mais GARANTIDAS De Se Conseguir uma Entrevista de EMPREGO As 10 Maneiras mais GARANTIDAS De Se Conseguir uma Entrevista de EMPREGO Quais são as melhores maneiras de se obter uma entrevista de emprego nos dias de hoje? Em nossa situação atual, às vezes somos levados

Leia mais

Koinonia, descobrindo a alegria de pertencer.

Koinonia, descobrindo a alegria de pertencer. ESTUDO 07 TENHAM IGUAL CUIDADO UNS PELOS OUTROS Sinônimos: Cooperem, com igual cuidado, em favor uns dos outros. Sejam solícitos uns para com os outros. Todas as partes tenham o mesmo interesse umas pelas

Leia mais

Indíce. Indice... 1. 1) Identificar a sua persona (Cliente ideal)...erro! Indicador não definido. Exemplo... 4

Indíce. Indice... 1. 1) Identificar a sua persona (Cliente ideal)...erro! Indicador não definido. Exemplo... 4 Indíce Sumário Indice... 1 1) Identificar a sua persona (Cliente ideal)...erro! Indicador não definido. Exemplo... 4 2) Gerar relacionamento / lista de emails... 5 Exemplo... 6 3)Faça a oferta... 7 Exemplo...

Leia mais

4. Erros Mais Comuns em Entrevistas

4. Erros Mais Comuns em Entrevistas A ENTREVISTA DE SELEÇÃO Assuntos a serem abordados 1. Princípios Gerais 2. Tipos de Entrevista 3. Perguntas nas Entrevistas 4. Erros Mais Comuns em Entrevistas TODA BOA ENTREVISTA CONSISTE DE UMA PARTILHA

Leia mais

Exemplo COMO FAZER UM TRABALHO ESCOLAR O QUE DEVE CONSTAR EM UM TRABALHO ESCOLAR? Um Trabalho Escolar que se preze, de nível fundamental, deve conter:

Exemplo COMO FAZER UM TRABALHO ESCOLAR O QUE DEVE CONSTAR EM UM TRABALHO ESCOLAR? Um Trabalho Escolar que se preze, de nível fundamental, deve conter: COMO FAZER UM TRABALHO ESCOLAR O QUE DEVE CONSTAR EM UM TRABALHO ESCOLAR? Um Trabalho Escolar que se preze, de nível fundamental, deve conter: 1. Capa 2. Folha de Rosto 3. Sumário 4. Introdução 5. Texto

Leia mais

LIÇÃO 1 PERMANECER UNIDO COM CRISTO

LIÇÃO 1 PERMANECER UNIDO COM CRISTO LIÇÃO 1 PERMANECER UNIDO COM CRISTO RESUMO BÍBLICO: João 15 Conhecemos uma árvore pelo fruto que ela dá. Assim também é possível conhecer uma pessoa pelo fruto que ela apresenta. O Fruto não é uma produção

Leia mais

3. FALAR SOBRE A VOCAÇÃO

3. FALAR SOBRE A VOCAÇÃO 1 CATEQUESE VOCACIONAL 1. ACOLHIMENTO 2. ORAÇÃO INICIAL: A catequese deve iniciar sempre com uma oração conjunta: Todos de pé rezamos pedindo ao Senhor que continue a chamar jovens para a vida sacerdotal

Leia mais

ActivALEA. ative e atualize a sua literacia

ActivALEA. ative e atualize a sua literacia ActivALEA ative e atualize a sua literacia N.º 26 A FREQUÊNCIIA RELATIIVA PARA ESTIIMAR A PROBABIILIIDADE Por: Maria Eugénia Graça Martins Departamento de Estatística e Investigação Operacional da FCUL

Leia mais

GERÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DE RH

GERÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DE RH INDICE INÍCIO DA ENTREVISTA... ROTEIRO DE ENTREVISTAS PARA TODOS OS TIPOS DE CARGO... ROTEIRO DE ENTREVISTAS PARA O NÍVEL DE GESTÃO... FINAL DA ENTREVISTA... 03 04 05 06 RECRUTAMENTO & SELEÇÃO Srs. Gestores,

Leia mais

Painel: Como as escolas e as universidades podem atender as expectativas dos jovens e a nova demanda do mercado com relação ao empreendedorismo?

Painel: Como as escolas e as universidades podem atender as expectativas dos jovens e a nova demanda do mercado com relação ao empreendedorismo? Painel: Como as escolas e as universidades podem atender as expectativas dos jovens e a nova demanda do mercado com relação ao empreendedorismo? Gustavo Marujo EMPREENDEDORISMO NAS UNIVERSIDADES BRASILEIRAS

Leia mais

Pesquisa. Setembro 2014

Pesquisa. Setembro 2014 Pesquisa Setembro 2014 Perfil Quem é o nosso time? 66% está conosco há mais de 1 ano 69% são casadas 68% tem Filhos, 42% desses adolescentes Média de Idade 32 anos (20 a 56) 93% são mulheres 61% cursando

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Capoeira - menino Pé no Chão

Mostra de Projetos 2011. Capoeira - menino Pé no Chão Mostra Local de: Dois Vizinhos Mostra de Projetos 2011 Capoeira - menino Pé no Chão Categoria do projeto: Projetos em implantação, com resultados parciais. Nome da Instituição/Empresa: Associação Casa

Leia mais

UM JOGO BINOMIAL 1. INTRODUÇÃO

UM JOGO BINOMIAL 1. INTRODUÇÃO 1. INTRODUÇÃO UM JOGO BINOMIAL São muitos os casos de aplicação, no cotidiano de cada um de nós, dos conceitos de probabilidade. Afinal, o mundo é probabilístico, não determinístico; a natureza acontece

Leia mais

TESTES SOCIOMÉTRICOS

TESTES SOCIOMÉTRICOS TESTES SOCIOMÉTRICOS Docente: Mestre Mª João Marques da Silva Picão Oliveira TESTES SOCIOMÉTRICOS * O Teste Sociométrico ajuda-nos a avaliar o grau de integração duma criança/jovem no grupo; a descobrir

Leia mais

CÉU, A BELA CASA DE DEUS

CÉU, A BELA CASA DE DEUS Bíblia para crianças apresenta CÉU, A BELA CASA DE DEUS Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Lazarus Adaptado por: Sarah S. Traduzido por: Judith Menga Produzido por: Bible for Children www.m1914.org

Leia mais

Vivendo em grupo. Que sugestão você daria a dona Rosa para que as galinhas não se bicassem?...

Vivendo em grupo. Que sugestão você daria a dona Rosa para que as galinhas não se bicassem?... A UU L AL A Vivendo em grupo Todos os dias, pela manhã e à tarde, dona Rosa chamava suas galinhas para lhes dar comida. Elas vinham correndo e, assim que chegavam, dona Rosa começava a jogar o milho ou

Leia mais

Módulo 1 - Mês 1- Aula 3

Módulo 1 - Mês 1- Aula 3 PLANEJAMENTO BÁSICO Módulo 1 - Mês 1- Aula 3 PLANEJAMENTO BÁSICO Como construir renda estável em cada etapa 1. Etapas de Faturamento Para construir um rendimento estável, existe uma ordem a seguir. Na

Leia mais

FISHBOWL: Como sair do básico em busca de produtividade e inovação

FISHBOWL: Como sair do básico em busca de produtividade e inovação FISHBOWL: Como sair do básico em busca de produtividade e inovação Facilitador: Matheus Haddad (Webgoal) Estamos descobrindo novas formas de inovar ao mesmo tempo em que buscamos manter uma boa produtividade

Leia mais

01/09/2009. Entrevista do Presidente da República

01/09/2009. Entrevista do Presidente da República Entrevista coletiva concedida pelo Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, após cerimônia de encerramento do 27º Encontro Econômico Brasil-Alemanha (EEBA) Vitória-ES, 1º de setembro de 2009

Leia mais

DEUS PROVA O AMOR DE ABRAÃO

DEUS PROVA O AMOR DE ABRAÃO Bíblia para crianças apresenta DEUS PROVA O AMOR DE ABRAÃO Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Byron Unger; Lazarus Adaptado por: M Maillot; Tammy S. Traduzido por: Berenyce Brandão Produzido por:

Leia mais

Você sabia? Que a água que chega à torneira da sua casa é distribuída pela Manaus Ambiental? A empresa é a responsável pela água e esgoto de Manaus.

Você sabia? Que a água que chega à torneira da sua casa é distribuída pela Manaus Ambiental? A empresa é a responsável pela água e esgoto de Manaus. Cartilha Você sabia? Que a água que chega à torneira da sua casa é distribuída pela Manaus Ambiental? A empresa é a responsável pela água e esgoto de Manaus. Você sabe como é feito o tratamento da água

Leia mais

ARTIGO. Sobre monitoramento a Distancia e aplicação automática de medicamentos. Sistema de monitoração a distancia e aplicação de medicamentos.

ARTIGO. Sobre monitoramento a Distancia e aplicação automática de medicamentos. Sistema de monitoração a distancia e aplicação de medicamentos. ARTIGO Sobre monitoramento a Distancia e aplicação automática de medicamentos. Autor: Marcos José Sanvidotti Sistema de monitoração a distancia e aplicação de medicamentos. Resumo: O monitoramento a distância

Leia mais

Que tal ganhar uma viagem ao estilo Mary Kay? Você já ganhou alguma viagem de presente? Porque você não trabalharia por ela? Você sabe como ganhar?

Que tal ganhar uma viagem ao estilo Mary Kay? Você já ganhou alguma viagem de presente? Porque você não trabalharia por ela? Você sabe como ganhar? Que tal ganhar uma viagem ao estilo Mary Kay? Você já ganhou alguma viagem de presente? Porque você não trabalharia por ela? Você sabe como ganhar? Vamos aos requisitos!! Se formar diretora até 1 de agosto

Leia mais

Índice. Conteúdo. Planilha Profissional Para Cálculo de Preços de Artesanato

Índice. Conteúdo. Planilha Profissional Para Cálculo de Preços de Artesanato Índice Conteúdo Índice... 2 A Importância do Preço Correto... 3 Como chegar ao preço de venda adequado do meu produto?... 3 Como calcular o preço de venda lucro... 5 Como vender meus produtos pela internet...

Leia mais

Magistério profético na construção da Igreja do Porto

Magistério profético na construção da Igreja do Porto Magistério profético na construção da Igreja do Porto Excertos do pensamento de D. António Ferreira Gomes entre 1969-1982 A liberdade é sem dúvida um bem e um direito, inerente à pessoa humana, mas é antes

Leia mais

Ceará e o eclipse que ajudou Einstein

Ceará e o eclipse que ajudou Einstein Ceará e o eclipse que ajudou Einstein Eixo(s) temático(s) Terra e Universo Tema Sistema Solar Conteúdos Sistema Terra-Lua-Sol / eclipses Usos / objetivos Retomada de conhecimentos / avaliação / problematização

Leia mais

Seja bem-vindo! Conheça nosso plano de negócio!

Seja bem-vindo! Conheça nosso plano de negócio! Você está preste a conhecer um novo conceito de trabalho fundamentado em marketing de relacionamento, rede de cooperação baseado na economia solidária, capaz de melhorar a qualidade de vida em nosso planeta,

Leia mais

SUA ESCOLA, NOSSA ESCOLA CLARI E AS ATITUDES POSITIVAS

SUA ESCOLA, NOSSA ESCOLA CLARI E AS ATITUDES POSITIVAS SUA ESCOLA, NOSSA ESCOLA CLARI E AS ATITUDES POSITIVAS Resumo do Episódio: Clari e as atitudes positivas Em um tempo em que a profissão docente é assustada pela síndrome de Burnout, a escola apresentada

Leia mais

Cadeira de Tecnologias de Informação. Ano lectivo 2009/2010. Sites dinâmicos. Com Expression Web TI2009/10 EWD_1. Filipa Pires da Silva (2009)

Cadeira de Tecnologias de Informação. Ano lectivo 2009/2010. Sites dinâmicos. Com Expression Web TI2009/10 EWD_1. Filipa Pires da Silva (2009) Cadeira de Tecnologias de Informação Ano lectivo 2009/2010 Sites dinâmicos Com Expression Web TI2009/10 EWD_1 .ASPX vs.html HTML: HTML é uma linguagem para descrever páginas web HTML significa Hyper Text

Leia mais

Protocolo de Atendimento de Cliente que vai a Experiência Domiciliar Assistentes

Protocolo de Atendimento de Cliente que vai a Experiência Domiciliar Assistentes Protocolo de Atendimento de Cliente que vai a Experiência Domiciliar Assistentes Apresentado em 12 de dezembro de 2011. CLIENTE VAI EM TESTE DOMICILIAR O visual da Loja deve estar de acordo com o protocolo

Leia mais

10 PASSOS PARA VENCER A SI MESMO

10 PASSOS PARA VENCER A SI MESMO 10 PASSOS PARA VENCER A SI MESMO Por Cataria Soares 10 Passos para vencer a si mesmo O título parece estranho mas é a pura verdade! Para conquistarmos algo é preciso, em primeiro lugar, sermos determinados

Leia mais

O futuro da aposentadoria Um ato de equilíbrio. Relatório do Brasil

O futuro da aposentadoria Um ato de equilíbrio. Relatório do Brasil O futuro da aposentadoria Um ato de equilíbrio Relatório do Brasil A pesquisa O futuro da aposentadoria é uma pesquisa independente de referência mundial sobre tendências globais de aposentadoria realizada

Leia mais

Scholé é o braço da Perestroika que presta consultoria em educação/aprendizagem para escolas, universidades e governos. A ideia é compartilhar

Scholé é o braço da Perestroika que presta consultoria em educação/aprendizagem para escolas, universidades e governos. A ideia é compartilhar Scholé é o braço da Perestroika que presta consultoria em educação/aprendizagem para escolas, universidades e governos. A ideia é compartilhar conhecimentos, tendências e co-criar processos com instituições

Leia mais

O NASCIMENTO DE MOISÉS Lição 28

O NASCIMENTO DE MOISÉS Lição 28 O NASCIMENTO DE MOISÉS Lição 28 1 1. Objetivos: Ensinar que Deus tinha um plano para Moisés. Ensinar a cada aluno que Deus tem um plano para sua vida e ele pode confiar em Deus para guia-lo. 2. Lição Bíblica:

Leia mais

Análise Qualitativa no Gerenciamento de Riscos de Projetos

Análise Qualitativa no Gerenciamento de Riscos de Projetos Análise Qualitativa no Gerenciamento de Riscos de Projetos Olá Gerente de Projeto. Nos artigos anteriores descrevemos um breve histórico sobre a história e contextualização dos riscos, tanto na vida real

Leia mais

ANEXO III. Roteiro para Apresentação de Projetos do Tipo C R$ 50.001,00 a R$ 100.000,00

ANEXO III. Roteiro para Apresentação de Projetos do Tipo C R$ 50.001,00 a R$ 100.000,00 ANEXO III Roteiro para Apresentação de Projetos do Tipo C R$ 50.001,00 a R$ 100.000,00 1. Apresentação Geral: 1. Nome do projeto 2. Linha(s) Temática(s) 2. Localidade e município 3. Instituição Proponente

Leia mais

Transcrição da Teleconferência - Multiplus (MPLU3 BZ) Resultados do 2T14 Q&A 9 de agosto de 2014. Rafael Frade, Bradesco:

Transcrição da Teleconferência - Multiplus (MPLU3 BZ) Resultados do 2T14 Q&A 9 de agosto de 2014. Rafael Frade, Bradesco: Rafael Frade, Bradesco: Oi, bom dia a todos. Vocês mostraram aí a tendência declinante do breakage que vemos, só que houve um aumento bem significativo do breakage em Real. Se vocês pudessem explicar um

Leia mais

Prefácio. 2. As lições são programadas para pessoas que cumpram os seguintes requisitos:

Prefácio. 2. As lições são programadas para pessoas que cumpram os seguintes requisitos: Prefácio 1. Este curso foi preparado pelo Seminário por Extensão às Nações (SEAN). Para que se obtenha o máximo benefício de um seminário por extensão, é recomendável estudar sob a direção de um orientador,

Leia mais

Escrita de Relatórios

Escrita de Relatórios Guia 6 Escrita de Relatórios Auto-estudo Para o Gestor de Projecto Objectivos de aprendizagem Depois de ter lido o material do Guia de Escrita de Relatórios e ter concluído a secção de auto-estudo, será

Leia mais

TERMÔMETRO DA INTENSIDADE SEXUAL FEMININA INICIAR TESTE

TERMÔMETRO DA INTENSIDADE SEXUAL FEMININA INICIAR TESTE TERMÔMETRO DA INTENSIDADE SEXUAL FEMININA INICIAR TESTE TERMÔMETRO DA INTENSIDADE SEXUAL FEMININA O ciclo da resposta sexual da mulher é composto por três fases: Desejo, excitação e orgasmo. Ao responder

Leia mais

Como acertar na contratação do consultor de TI

Como acertar na contratação do consultor de TI Como acertar na contratação do consultor de TI Esse profissional especializado normalmente atua com prazos custos e por isso é imperativo localizar o perfil adequado. A contratação de um consultor de TI

Leia mais

Vamos dar uma olhada nos Processos de Produção Musical mas, antes, começaremos com alguns Conceitos Básicos.

Vamos dar uma olhada nos Processos de Produção Musical mas, antes, começaremos com alguns Conceitos Básicos. Vamos dar uma olhada nos Processos de Produção Musical mas, antes, começaremos com alguns Conceitos Básicos. O processo da produção musical tem sete pontos bem distintos. Antes de entender melhor os sete

Leia mais

FERRAMENTAS METODOLÓGICAS: BIBLIOTECA ONLINE PARA ONGS

FERRAMENTAS METODOLÓGICAS: BIBLIOTECA ONLINE PARA ONGS Prevenir a Violência contra à Honra pela educação & diálogo através de ONGs de Apoio a Imigrantes Documentário da CNN sobre crime de honra NOME DA ORGANIZAÇÃO PARCEIRA: Folkuniversitetet PAÍS: Suécia LÍNGUA:

Leia mais

Learning by Ear Aprender de Ouvido Globalização 07 Migração interna em África

Learning by Ear Aprender de Ouvido Globalização 07 Migração interna em África Autor: Sismondi Bidjocka Redacção: Yann Durand Learning by Ear Aprender de Ouvido Globalização 07 Migração interna em África 3 vozes: - um locutor 1 Daniel Machava - uma locutora 1 Nádia Issufo - uma locutora

Leia mais

Palavra & Vida Sugestões Didáticas 4 T/2013

Palavra & Vida Sugestões Didáticas 4 T/2013 Palavra & Vida Sugestões Didáticas 4 T/2013 Dulce Helena da Silva Mota de Lima Educadora Religiosa / Professora e Assistente Social Lição 12- O Sucesso que faz bem Texto Bíblico- Provérbios 3.2 Objetivos

Leia mais

Treinamento Salva Vidas atendimento@salvavidas.com www.facebook.com/salvavidas.biz Tel.: (11) 4473 4373

Treinamento Salva Vidas atendimento@salvavidas.com www.facebook.com/salvavidas.biz Tel.: (11) 4473 4373 Com treinamento, os fracos se tornam fortes, os medrosos se enchem de coragem, a igreja se torna dinâmica, eficiente e cheia de resultados; ao invés de problemas, soluções e frutos que permanecem para

Leia mais

NOVIDADES MULHERES EM ACÇÃO - CABINDA

NOVIDADES MULHERES EM ACÇÃO - CABINDA NOVIDADES MULHERES EM ACÇÃO - CABINDA JANEIRO 2011 - DEZEMBRO 2012 GOVERNO PROVINCIAL DE CABINDA INTRODUÇAO Financiado pela União Europeia Implementado pela ADPP Angola com o apoio do Governo Provincial

Leia mais

Não há segredos em nosso negócio. Por isso, pedale muito!!!

Não há segredos em nosso negócio. Por isso, pedale muito!!! 1 Não há segredos em nosso negócio. Por isso, pedale muito!!! COMO FUNCIONA A RODA DO NEGÓCIO MARY KAY???!!! Viver é como andar de bicicleta: É preciso estar em constante movimento para manter o equilíbrio.

Leia mais

RJ - Iphan dá uma nova esperança para a preservação da Aldeia Maracanã

RJ - Iphan dá uma nova esperança para a preservação da Aldeia Maracanã RJ - Iphan dá uma nova esperança para a preservação da Aldeia Maracanã Iphan promete esforço para tombamento da Aldeia. Índios mostram projetos. Reunião reacendeu a esperança de não ver o antigo Museu

Leia mais

Louvar a Deus. Dar a Deus o que é de Deus, e a César o que é de César. Nº 35A 29º Domingo do Tempo Comum - 19.10.2014

Louvar a Deus. Dar a Deus o que é de Deus, e a César o que é de César. Nº 35A 29º Domingo do Tempo Comum - 19.10.2014 Nº 35A 29º Domingo do Tempo Comum - 19.10.2014 Louvar a Deus 1. Dar a Deus o que é de Deus, e a César o que é de César Tu és Amor. Tu és Trindade. Tu és Sabedoria. Tu és segurança. Tu és alegria e paz.

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA INCLUSÃO DE PERIÓDICOS NO PORTAL DE PERIÓDICOS FCLAR UNESP

PROCEDIMENTOS PARA INCLUSÃO DE PERIÓDICOS NO PORTAL DE PERIÓDICOS FCLAR UNESP PROCEDIMENTOS PARA INCLUSÃO DE PERIÓDICOS NO PORTAL DE PERIÓDICOS FCLAR UNESP Os editores interessados em incluir sua revista no Portal de Periódicos FCLAr UNESP, devem apresentar um breve projeto, em

Leia mais

Centro de Hematologia e Hemoterapia do Paraná HEMEPAR Farm. Elvira Rosa Folda DVGQB Jul/2012

Centro de Hematologia e Hemoterapia do Paraná HEMEPAR Farm. Elvira Rosa Folda DVGQB Jul/2012 Centro de Hematologia e Hemoterapia do Paraná HEMEPAR Farm. Elvira Rosa Folda DVGQB Jul/2012 ABNT NBR ISO 9000:2000 Sistemas de Gestão da Qualidade Fundamentos e Vocabulário A documentação permite a comunicação

Leia mais

OFICINA DE ORGANIZAÇÃO PESSOAL MARCIA NOLETO PERSONAL ORGANIZER

OFICINA DE ORGANIZAÇÃO PESSOAL MARCIA NOLETO PERSONAL ORGANIZER OFICINA DE ORGANIZAÇÃO PESSOAL MARCIA NOLETO PERSONAL ORGANIZER MEU TEMPO É PRECIOSO ROTINA INSANA CAOS COMIDA PARA FAZER CASA PARA LIMPAR FILHOS PARA CUIDAR TRABALHO COMO SER ORGANIZADA? Processo que

Leia mais

Ao considerar o impacto ambiental das empilhadeiras, observe toda cadeia de suprimentos, da fonte de energia ao ponto de uso

Ao considerar o impacto ambiental das empilhadeiras, observe toda cadeia de suprimentos, da fonte de energia ao ponto de uso Energia limpa Ao considerar o impacto ambiental das empilhadeiras, observe toda cadeia de suprimentos, da fonte de energia ao ponto de uso Empilhadeira movida a hidrogênio H oje, quando se trata de escolher

Leia mais

Introdução ao. Script. Baltazar Tavares (Psycho Mantys) https://psychomantys.wordpress.com https://about.me/psycho_mantys

Introdução ao. Script. Baltazar Tavares (Psycho Mantys) https://psychomantys.wordpress.com https://about.me/psycho_mantys Introdução ao Script Baltazar Tavares (Psycho Mantys) https://psychomantys.wordpress.com https://about.me/psycho_mantys O que é Bash Script? O que é Bash + Script? O que é Bash? O que é Bash? Ele é um

Leia mais

Diversidade. Linguística. na Escola Portuguesa. Projecto Diversidade Linguística na Escola Portuguesa (ILTEC)

Diversidade. Linguística. na Escola Portuguesa. Projecto Diversidade Linguística na Escola Portuguesa (ILTEC) Diversidade Linguística na Escola Portuguesa Projecto Diversidade Linguística na Escola Portuguesa (ILTEC) www.iltec.pt www.dgidc.min-edu.pt www.gulbenkian.pt Texto Narrativo Quadro Geral O que se entende

Leia mais

Intervenção da Presidente da Câmara Municipal de Almada na Inauguração do 2º troço da 1ª fase da Rede do Metro Sul do Tejo. 15 de Dezembro de 2007

Intervenção da Presidente da Câmara Municipal de Almada na Inauguração do 2º troço da 1ª fase da Rede do Metro Sul do Tejo. 15 de Dezembro de 2007 na Inauguração do 2º troço da 1ª fase da Rede do Metro Sul do Tejo 15 de Dezembro de 2007 Exmo Sr. Ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações Exma Sra. Secretária de Estado dos Transportes

Leia mais

O conteúdo deste manual é propriedade da editora e dos autores. O manual não poderá ser revendido, nem cedido a terceiros.

O conteúdo deste manual é propriedade da editora e dos autores. O manual não poderá ser revendido, nem cedido a terceiros. Todos os direitos reservados. O conteúdo deste manual é propriedade da editora e dos autores. Não é autorizada a reprodução deste manual sem a autorização expressa e por escrito dos autores. O manual não

Leia mais

Guião de Apoio ao estudo da Ficha da Catequese Lições 1 à 14

Guião de Apoio ao estudo da Ficha da Catequese Lições 1 à 14 Guião de Apoio ao estudo da Ficha da Catequese Lições 1 à 14 Como sabem nas próximas catequeses (9 e 16 de Fevereiro) vamos ter duas fichas de revisão sobre as catequeses anteriores. Para tal, este guião

Leia mais

Treinamento sobre Progress Report.

Treinamento sobre Progress Report. Treinamento sobre Progress Report. Objetivo O foco aqui é trabalhar o desenvolvimento pessoal de cada aluno. O instrutor irá analisar cada um e pensar em suas dificuldades e barreiras de aprendizado e,

Leia mais

Meditação Caminhando com Jesus NOME: DATA: 24/02/2013 PROFESSORA: A CRIAÇÃO DO MUNDO. Versículos para decorar:

Meditação Caminhando com Jesus NOME: DATA: 24/02/2013 PROFESSORA: A CRIAÇÃO DO MUNDO. Versículos para decorar: Meditação Caminhando com Jesus NOME: DATA: 24/02/2013 PROFESSORA: 1- Deus criou os céus e a terra. Gênesis 1:1 A CRIAÇÃO DO MUNDO Versículos para decorar: 2 Pois, por meio dele, Deus criou tudo, no céu

Leia mais

COMO ELABORAR UM CURRÍCULO

COMO ELABORAR UM CURRÍCULO COMO ELABORAR UM CURRÍCULO Sandra Salgadinho O CURRÍCULO É UMA DAS MELHORES FORMAS DE MARKETING PESSOAL. É POR MEIO DESTE QUE UMA EMPRESA AVALIA O PERFIL DE UM PROFISSIONAL. É a forma convencionada de

Leia mais

Entrevista com o Prof. Luiz Carlos Crozera, autor da Hipnose Condicionativa.

Entrevista com o Prof. Luiz Carlos Crozera, autor da Hipnose Condicionativa. Entrevista com o Prof. Luiz Carlos Crozera, autor da Hipnose Condicionativa. 1. Hipnose é causada pelo poder do hipnotizador Naturalmente o hipnotizador deve ter o devido conhecimento e a força mental

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA Nome Nº Ano Data: Professor: Gabriela/ Fernanda Nota: (valor 1,0) 3 o.bimestre Neste bimestre, sua média foi inferior a 6,0 e você não assimilou os conteúdos mínimos

Leia mais

CADASTRO, TREINAMENTO E QUALIFICAÇÃO DE INSPETORES BPL

CADASTRO, TREINAMENTO E QUALIFICAÇÃO DE INSPETORES BPL CADASTRO, TREINAMENTO E QUALIFICAÇÃO DE INSPETORES NORMA Nº NIE-CGCRE-039 APROVADA EM ABR/2013 Nº 01/ SUMÁRIO 1 Objetivo 2 Campo de Aplicação 3 Responsabilidade 4 Documentos Complementares 5 Histórico

Leia mais

CRIAÇÃO DE TABELAS NO ACCESS. Criação de Tabelas no Access

CRIAÇÃO DE TABELAS NO ACCESS. Criação de Tabelas no Access CRIAÇÃO DE TABELAS NO ACCESS Criação de Tabelas no Access Sumário Conceitos / Autores chave... 3 1. Introdução... 4 2. Criação de um Banco de Dados... 4 3. Criação de Tabelas... 6 4. Vinculação de tabelas...

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA AMAMENTAÇÃO. Saiba quais os benefícios da amamentação para o seu bebê!

A IMPORTÂNCIA DA AMAMENTAÇÃO. Saiba quais os benefícios da amamentação para o seu bebê! A IMPORTÂNCIA DA AMAMENTAÇÃO Saiba quais os benefícios da amamentação para o seu bebê! IMPORTÂNCIA DA AMAMENTAÇÃO Sabemos que o começo do processo de amamentação nem sempre é fácil. Ele ocorre em um momento

Leia mais

PROC. Nº 0042/09 PLL Nº 001/09 EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS

PROC. Nº 0042/09 PLL Nº 001/09 EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS EXPOSIÇÃO DE MOTIVOS Padre Ladislau Molnar nasceu na cidade húngara de Székesfehérvár, no dia 3 de julho de 1931. Seus pais foram pequenos agricultores, profundamente católicos, que ensinavam a Bíblia

Leia mais

MANUAL DO AVALIADOR O que é uma Feira de Ciência? Por que avaliar os trabalhos? Como os avaliadores devem proceder?

MANUAL DO AVALIADOR O que é uma Feira de Ciência? Por que avaliar os trabalhos? Como os avaliadores devem proceder? MANUAL DO AVALIADOR O que é uma Feira de Ciência? É uma exposição que divulga os resultados de experimentos ou de levantamentos realizados, com rigor científico, por alunos, sob a orientação de um professor.

Leia mais