APRENDENDO COM AS TRADIÇÕES RELIGIOSAS

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "APRENDENDO COM AS TRADIÇÕES RELIGIOSAS"

Transcrição

1 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: / / 0 UNIDADE: III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 6.º ANO/EF PROFESSOR(A): VALOR: 0,0 MÉDIA: 6,0 RESULTADO: % TEXTO I APRENDENDO COM AS TRADIÇÕES RELIGIOSAS Todas as tradições religiosas possuem ensinamentos ou objetivos de vida. À medida que cada ser humano se comprometer a dar a sua contribuição em prol de um mundo melhor, o sonho das tradições religiosas estará acontecendo: o mundo será um lugar em que o amor, a alegria e a paz reinam! Tradições religiosas da Índia O hinduísmo é o nome comum às tradições religiosas milenares da Índia. Essas tradições formaram-se a partir do conjunto das tradições e na busca espiritual de povos que ocuparam a Índia, não havendo, portanto, especificamente um fundador. Os seus seguidores têm quatro objetivos de vida, que estão relacionados diretamente às fases de suas vidas. São eles:. Dharma, que busca conhecer as leis para viver corretamente;. Artha, que está relacionado ao sustento da família; 3. Kama, que representa o prazer, o desejo de desfrutar a vida; 4. Moksha, que é sentir-se livre das coisas que lhe prendem ao mundo, para ir ao encontro do Transcendente.

2 No budismo, assim como no hinduísmo, também há ensinamentos e regras para viver, chamadas de quatro nobres verdades:. Tanha;. Dukka; 3. Nirvana; 4. Samma. Elas falam respectivamente sobre: a origem, a causa, a cessação e o caminho para a cessação do sofrimento humano. Apesar de as duas religiões terem surgido em épocas diferentes, ambas oportunizam aos seus seguidores as orientações para o caminho da verdadeira felicidade. Disponível em: < Acesso em: set. 0. TEXTO II Religiões Monoteístas No judaísmo existem 0 mandamentos (o decálogo), seguidos pelos judeus para orientar a vida do povo. (º) não ter outros deuses; (º) não adorar outros deuses; (3º) não pronunciar o nome de Deus em vão; (4º) guardar o dia de sábado para santificá-lo; (5º) honrar pai e mãe; (6º) não matar; (7º) não cometer adultério; (8º) não roubar; (9º) não apresentar falso testemunho; (0º) não cobiçar a mulher do próximo nem as coisas alheias. A tradição cristã se formou a partir dos discípulos de Jesus, após a sua ressurreição. Muitos foram os ensinamentos deixados por Jesus, mas, para os cristãos, há aquele que se apresenta como marco da revelação da vontade de Deus: Amarás o Senhor teu Deus de todo o coração, com toda a alma, com todas as forças e com toda a mente, e o próximo como a ti mesmo. (Bíblia, NT, Lc 0, 7). Uma oração ensinada por Jesus é o Pai-Nosso. NARLOCH, Rogério Francisco. Redescobrindo o Universo Religioso. Vol. 6. Petrópolis: Vozes, 007. p.74 a 78. (Adaptado). Disponível em: < Acesso em: set. 0.

3 3 Para os muçulmanos existem cinco pilares que fazem parte da estrutura de suas vidas. São eles: º a profissão islâmica de fé; º a Oração; 3º a caridade; 4º o jejum de Ramadã; 5º a peregrinação (Hajj). Disponível em: < Acesso em: set. 0. TEXTO III Disponível em: Acesso em: 05 set. 0. Os Dois Lobos! Conta-se que certa vez um índio ancião, muito sábio, porém sempre açoitado por conflitos interiores, havia dito que dentro dele havia algo semelhante a dois lobos ferozes continuamente se digladiando: um cruel e mal e o outro muito bom. A curiosidade de seus ouvintes foi tamanha que um deles lhe fez a seguinte pergunta: Na sua opinião, qual dos dois lobos há de vencer a luta? A resposta foi curta e cheia de sabedoria: Aquele que eu alimentar. Contos e parábolas IN: NARLOCH, Rogério Francisco. Redescobrindo o Universo Religioso. Vol. 6. Petrópolis: Vozes, 007. p. 78. (adaptado). Disponível em: < Acesso em: set A partir das chaves e do TEXTO I, responda: A cada manhã que acordo experimento novamente um prazer supremo o da existência. Salvador Dali. a) A qual dos objetivos do hinduísmo a frase pode ser associada?,5 b) Releia o objetivo Artha e escreva o que você pode fazer para tornar a vida de uma pessoa (próxima ou não de você) mais digna? 0. Releia a fala da criança budista, na chave do TEXTO I, e responda: a) Quais sãos os ensinamentos e regras de vida do budismo? Explique-as. 3

4 c) Identifique três aspectos comuns entre as duas tradições religiosas da Índia. 03. Baseando-se no primeiro e quarto objetivos de vida hinduísta, responda. a) Escreva quais os momentos em que se pode buscar uma união profunda com o Transcendente. b) Cite uma atitude ética que você considera indispensável ao ser humano, para viver corretamente. Por quê? 04. Releia as três chaves do TEXTO II, e responda: a) O que significa religião monoteísta? Quais são elas? b) Quais são os pilares do Islamismo? Explique a importância deles na vida dos muçulmanos. 4

5 05. Considerando o que você aprendeu nesta etapa sobre os ensinamentos das religiões e com a história da chave (TEXTO III), elabore uma lista de três ações que você pode desenvolver diariamente no ambiente em que vive na família, na escola e na comunidade religiosa de modo a tornar melhor a convivência nesses espaços.. Família -,5. Escola - 3. Comunidade religiosa Com base nas tradições religiosas da Índia (TEXTO I), responda: Um dos pilares do islamismo é a oração diária. Durante as orações, os muçulmanos se prostram diante de Alá, num gesto de respeito e submissão. a) Escreva um gesto e uma posição usada pelos cristãos ao rezar? b) Qual a importância da oração em sua vida? 07. De acordo com os TEXTOS I, II e III, faça ao que se pede. a) Escreva e represente, por meio de um desenho, o maior ensinamento deixado por Jesus aos cristãos. b) Como é possível acontecer o sonho das tradições religiosas? Por quê? MGFA/gmf 5

DATA: / / 2012 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 7.º ANO/EF

DATA: / / 2012 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 7.º ANO/EF SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: / / 0 UNIDADE: III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 7.º ANO/EF PROFESSOR(A): VALOR: 0,0 MÉDIA: 6,0 RESULTADO:

Leia mais

DATA: / / 2015 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 1.º ANO/EM

DATA: / / 2015 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 1.º ANO/EM SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA UNIDADE: DATA: / / 015 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 1.º ANO/EM ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

Campinas do Sul 12 de março de 2016

Campinas do Sul 12 de março de 2016 Informativo Paroquial A BOA NOTÍCIA Paróquia Nossa Senhora dos Navegantes Campinas do Sul 12 de março de 2016 PROGRAMAÇÃO PAROQUIAL DA SEMANA: Sábado, 12 de março, às 14h, missa na comunidade Na. Sra.

Leia mais

FUNDAMENTOS DA FÉ CATÓLICA

FUNDAMENTOS DA FÉ CATÓLICA FUNDAMENTOS DA FÉ CATÓLICA 1 Deus quer nos tornar sagrados. Ele nos chama para crescer em santidade. Em sua providência, ele nos deu uma maneira de triunfar: a Sociedade de São Vicente de Paulo. 2 A Sociedade

Leia mais

DATA: / / 2015 III ETAPA AVALIAÇÃO DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 9.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: ALUNO(A): N.º: TURMA: ALUNO(A): N.º: TURMA: O SER HUMANO

DATA: / / 2015 III ETAPA AVALIAÇÃO DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 9.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: ALUNO(A): N.º: TURMA: ALUNO(A): N.º: TURMA: O SER HUMANO SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA UNIDADE: DATA: / / 205 III ETAPA AVALIAÇÃO DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 9.º ANO/EF PROFESSOR(A): VALOR: 0,0 MÉDIA: 6,0 RESULTADO:

Leia mais

LISTA DE CONTEÚDOS PARA RECUPERAÇÃO FINAL Professor :Airton José Müller Componente Curricular: Educação Religiosa

LISTA DE CONTEÚDOS PARA RECUPERAÇÃO FINAL Professor :Airton José Müller Componente Curricular: Educação Religiosa LIST DE CONTEÚDOS PR RECUPERÇÃO FINL - 2015 Professor :irton José Müller Componente Curricular: Educação Religiosa CONTEÚDOS DO EXME 6º no 16 C e D Quem sou eu? mizade, cooperação, respeito... Convivência

Leia mais

PASSAGENS BÍBLICAS. O julgamento de Salomão Mar Vermelho

PASSAGENS BÍBLICAS. O julgamento de Salomão Mar Vermelho PASSAGENS BÍBLICAS O julgamento de Salomão Mar Vermelho ESPAÇO CATÓLICO Os espaços católicos têm diferentes denominações e cada uma tem significado próprio e um sentido para os fiéis. O mais comum é a

Leia mais

b) Podemos afirmar que essa invenção é um exemplo de desenvolvimento sustentável? Justifique.

b) Podemos afirmar que essa invenção é um exemplo de desenvolvimento sustentável? Justifique. SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: 29 / / 206 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE GEOGRAFIA 4.º ANO/EF UNIDADE: ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

A vida é a convivência e o respeito à vida dos outros seres, humanos ou não. A vida é movimento constante. É energia. Fé na Vida (Adaptado).

A vida é a convivência e o respeito à vida dos outros seres, humanos ou não. A vida é movimento constante. É energia. Fé na Vida (Adaptado). SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: / / 205 UNIDADE: III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR (A):

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO I ETAPA LETIVA HISTÓRIA 2.º ANO/EF 2015

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO I ETAPA LETIVA HISTÓRIA 2.º ANO/EF 2015 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC Minas E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO I ETAPA LETIVA HISTÓRIA 2.º ANO/EF 2015 Caro(a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados

Leia mais

UNIDADE: DATA: 28 / 11 / 2015 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 2.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA:

UNIDADE: DATA: 28 / 11 / 2015 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 2.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA UNIDADE: DATA: 28 / / 205 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE LÍNGUA PORTUGUESA 2.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A):

Leia mais

DATA: / / 2016 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: VALOR: 10,0

DATA: / / 2016 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: VALOR: 10,0 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: / / 206 UNIDADE: III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 5.º ANO/EF 2017

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 5.º ANO/EF 2017 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC Minas E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 5.º ANO/EF 2017 Caro(a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados

Leia mais

O Cristianismo É uma religião abraâmica monoteísta centrada na vida e nos ensinamentos de Jesus, tais como são apresentados no Novo Testamento; A Fé

O Cristianismo É uma religião abraâmica monoteísta centrada na vida e nos ensinamentos de Jesus, tais como são apresentados no Novo Testamento; A Fé O Cristianismo É uma religião abraâmica monoteísta centrada na vida e nos ensinamentos de Jesus, tais como são apresentados no Novo Testamento; A Fé cristã crer em Jesus como o Cristo, Filho de Deus, Salvador

Leia mais

A fábula do porco-espinho

A fábula do porco-espinho SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA UNIDADE: DATA: / / 205 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 5.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR (A):

Leia mais

01. Observe a tela de Yara Tupinambá e faça o que se pede.

01. Observe a tela de Yara Tupinambá e faça o que se pede. SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA UNIDADE: DATA: 05 / 05 / 206 I ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE GEOGRAFIA 2.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

Sua religião é uma escolha pessoal e deve ser respeitada

Sua religião é uma escolha pessoal e deve ser respeitada Sua religião é uma escolha pessoal e deve ser respeitada O Dia Mundial da Religião, celebrado a 21 de janeiro, tem como principal objetivo sensibilizar a Humanidade para o respeito pelas diferentes crenças

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO II ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 4.º ANO/EF 2016

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO II ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 4.º ANO/EF 2016 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC Minas E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO II ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 4.º ANO/EF 2016 Caro(a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados

Leia mais

Ser testemunha de Jesus em fraternidade

Ser testemunha de Jesus em fraternidade Ser testemunha de Jesus em fraternidade Escuta do evangelho do domingo Jo 10,1-10; Eu Sou a Porta das ovelhas Estamos sempre à meditar sobre a nossa identidade No nosso voto, nos comprometemos à aprofundar

Leia mais

Ser testemunha de Jesus no estudo, no trabalho, no bairro

Ser testemunha de Jesus no estudo, no trabalho, no bairro Ser testemunha de Jesus no estudo, no trabalho, no bairro Escuta do evangelho do domingo Festa de Pentecostes Jo 20,19-23; Jesus Ressuscitado sopra o Espírito Santo sobre os discípulos No nosso voto, nos

Leia mais

Fazendo de Cristo o Seu Senhor

Fazendo de Cristo o Seu Senhor Livrinho 2 Pàgina 27 Lição Quatro Fazendo de Cristo o Seu Senhor Você Está Fazendo Bom Progresso Desde o momento da sua conversão você tem crescido espiritualmente e tem feito progresso na jornada cristã.

Leia mais

O CRISTÃO E O ECUMENISMO

O CRISTÃO E O ECUMENISMO O CRISTÃO E O ECUMENISMO PASTORAL Deus quer que seu povo seja unido. "Para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu, em ti; que também eles sejam um em nós, para que o mundo creia que tu me

Leia mais

TROVAS MAIS ALÉM... ESPÍRITOS DIVERSOS PSICOGRAFIA DE LEONARDO PAIXÃO

TROVAS MAIS ALÉM... ESPÍRITOS DIVERSOS PSICOGRAFIA DE LEONARDO PAIXÃO TROVAS MAIS ALÉM... ESPÍRITOS DIVERSOS PSICOGRAFIA DE LEONARDO PAIXÃO 1 Capa: Leonardo Paixão Digitação: Leonardo Paixão Permitida a reprodução desde que citada a fonte, conforme Lei 9.610, de 19 de Fevereiro

Leia mais

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR E PROGRAMAS

ORGANIZAÇÃO CURRICULAR E PROGRAMAS 4. a EDIÇÃO 1 O CICLO ENSINO BASICO ORGANIZAÇÃO CURRICULAR E PROGRAMAS EDUCAÇÃO MORAL E RELIGIOSA EVANGÉLICA PROGRAMA DO 1.º CICLO DO ENSINO BÁSICO À DESCOBERTA DE UM MUNDO DIFERENTE OBJECTIVOS GERAIS:

Leia mais

Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia - Ciências

Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia - Ciências Nome: Nº: Turma: Este caderno contém questões de: Português Matemática História Geografia - Ciências 1 Os exercícios deverão ser feitos no próprio livro. Livro de Gramática Reflexiva págs. 19, 20, 21 e

Leia mais

Amar a Deus e ao Próximo. Ano C XV Domingo do Tempo Comum

Amar a Deus e ao Próximo. Ano C XV Domingo do Tempo Comum Amar a Deus e ao Próximo. Ano C XV Domingo do Tempo Comum A Palavra de Deus, que vamos escutar, aponta-nos o caminho para encontrarmos a felicidade da vida eterna. É no amor a Deus sobre todas as coisas

Leia mais

2ª Feira, 22 de novembro Oração dos 5 dedos - Polegar

2ª Feira, 22 de novembro Oração dos 5 dedos - Polegar 2ª Feira, 22 de novembro Oração dos 5 dedos - Polegar Terminamos esta semana o 10-a-fio proposto para o mês de novembro de rezar. E para acabar em cheio, nada como acabar rezando como o Papa Francisco.

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDO III ETAPA LETIVA GEOGRAFIA

ROTEIRO DE ESTUDO III ETAPA LETIVA GEOGRAFIA SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC MINAS E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE ESTUDO III ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 4. o ANO/EF - 2015 Caro(a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados

Leia mais

Ciências/15 7º ano Turma:

Ciências/15 7º ano Turma: Ciências/15 7º ano Turma: 1º trimestre Nome: Data: / / 7ºcie301r Roteiro de Estudos- Recuperação de Ciências 7 ANO 1º trimestre O que estudamos no primeiro trimestre? No primeiro trimestre estudamos as

Leia mais

LIÇÃO 1 - COMEÇANDO A VIDA CRISTÃ

LIÇÃO 1 - COMEÇANDO A VIDA CRISTÃ 2015 MDA REDE JOVEM Tornar-se um cristão espiritualmente maduro é a ação de maior valor que podemos fazer por nós mesmos. LIÇÃO 1 - COMEÇANDO A VIDA CRISTÃ Jesus foi maior evangelista que o mundo já viu.

Leia mais

LIÇÃO TÍTULO TEXTO PRINCÍPIO VERSÍCULOS-CHAVE ALVOS. Aquele que é vigilante obedece ao Senhor. Aquele que é vigilante busca a sabedoria do Senhor.

LIÇÃO TÍTULO TEXTO PRINCÍPIO VERSÍCULOS-CHAVE ALVOS. Aquele que é vigilante obedece ao Senhor. Aquele que é vigilante busca a sabedoria do Senhor. TEMA CENTRAL Todos os direitos reservados por: MINISTÉRIO IGREJA EM CÉLULAS R. Ver. Antônio Carnasciali, 1661 CEP 81670-420 Curitiba-Paraná Fone/fax: (041) 3276-8655 trabalhoemconjunto@celulas.com.br edile@celulas.com.br

Leia mais

SEGUE-ME! VIVE COMO CRISTÃO! 2ª FEIRA

SEGUE-ME! VIVE COMO CRISTÃO! 2ª FEIRA 2ª FEIRA 24 de Setembro INTRODUÇÃO Bom dia! Estamos a começar mais uma nova semana! Certamente, uma semana com novos desafios. Um dos desafios que temos todos os dias é o da vivência da nossa fé. Este

Leia mais

proposta quaresmal para a Paróquia do Candal

proposta quaresmal para a Paróquia do Candal proposta quaresmal para a Paróquia do Candal Conhecer para viver, HOJE, as Obras de Misericórdia «As obras de misericórdia são acções caridosas em ajuda do próximo, nas suas necessidades corporais e espirituais.

Leia mais

2º 3 º ciclos 2017/18

2º 3 º ciclos 2017/18 CI 2º 3 º ciclos 2017/18 JUVENTUDE E VOCAÇÃO DE DOM BOSCO 2ª feira, dia 15 de janeiro de 2018 Bom dia a todos e boa semana! Dedicamos esta semana à juventude e decisão vocacional de Dom Bosco. Para João

Leia mais

O Sabbath. Uma estrutura de 24 horas sem ansiedade ou lista de afazeres

O Sabbath. Uma estrutura de 24 horas sem ansiedade ou lista de afazeres O Sabbath Uma estrutura de 24 horas sem ansiedade ou lista de afazeres Silêncio e concentração 3 Ainda que um exército se acampe contra mim, meu coração não temerá; ainda que se declare guerra contra mim,

Leia mais

A oração de Jesus - O Pai nosso

A oração de Jesus - O Pai nosso A oração de Jesus - O Pai nosso A oração do pai nosso Mateus 6.9-13 Essa é a tão conhecida e recitada oração do Pai Nosso. Muitos a fazem repetem e conhecem de cor e salteado. Porém muito mais do que recitar

Leia mais

Declaração Universal dos Direitos Humanos

Declaração Universal dos Direitos Humanos SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: / / 03 UNIDADE: III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 5.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

VIA SACRA MEDITADA PELAS FAMÍLIAS REFUGIADAS DA SÍRIA. D. Samir Nassar, Arcebispo de Damasco, Síria COMISSÃO EPISCOPAL PARA A FAMÍLIA NA SÍRIA

VIA SACRA MEDITADA PELAS FAMÍLIAS REFUGIADAS DA SÍRIA. D. Samir Nassar, Arcebispo de Damasco, Síria COMISSÃO EPISCOPAL PARA A FAMÍLIA NA SÍRIA VIA SACRA MEDITADA PELAS FAMÍLIAS REFUGIADAS DA SÍRIA COMISSÃO EPISCOPAL PARA A FAMÍLIA NA SÍRIA D. Samir Nassar, Arcebispo de Damasco, Síria Felizes os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque

Leia mais

1. Disse Jesus: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim jamais terá sede. Jo 6,35

1. Disse Jesus: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim jamais terá sede. Jo 6,35 1. Disse Jesus: Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome e quem crê em mim jamais terá sede. Jo 6,35 Senhor Jesus, Tu tens palavras de vida eterna e Tu revelas-te a nós como Pão da vida

Leia mais

2 -Observe as imagens de atividades e de objetos produzidos pelos antigos egípcios, entre 2000 e 1000 a.c.

2 -Observe as imagens de atividades e de objetos produzidos pelos antigos egípcios, entre 2000 e 1000 a.c. História 6 ano O Egito e o rio Nilo 1-Identifique os principais aspectos geográficos relacionados ao território do Egito Antigo. 2 -Observe as imagens de atividades e de objetos produzidos pelos antigos

Leia mais

DATA: 01 / 12 / 2016 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE HISTÓRIA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: VALOR: 10,0

DATA: 01 / 12 / 2016 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE HISTÓRIA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: VALOR: 10,0 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: 0 / 2 / 206 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE HISTÓRIA 3.º ANO/EF UNIDADE: ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

Evangelho de Lucas. O caminho aberto por Jesus: é o começo da Alegria em Deus Misericordioso.

Evangelho de Lucas. O caminho aberto por Jesus: é o começo da Alegria em Deus Misericordioso. Evangelho de Lucas O caminho aberto por Jesus: é o começo da Alegria em Deus Misericordioso. A Dimensão Bíblica da Missão Verbita Brasil Norte SVD Referente: Benjamin Eber Barrios (Gigio) SVD Material

Leia mais

POR QUE. Os Dez Mandamentos. O Decálogo

POR QUE. Os Dez Mandamentos. O Decálogo POR QUE Os Dez Mandamentos? O Decálogo A existência, na mente de muitos cristãos, de uma compreensão equivocada acerca do lugar e valor dos princípios morais e éticos estabelecidos por Deus. POR QUE Os

Leia mais

Salmo 23:! Viva uma vida com tranquilidade

Salmo 23:! Viva uma vida com tranquilidade Anésio Rodrigues Salmo 23 Salmo 23:! Viva uma vida com tranquilidade Salmo 23 O SENHOR é o meu pastor; e nada me faltará. Salmo 23 Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranquilas.

Leia mais

Neste ano da Vida Religiosa Consagrada fomos motivadas pelo Papa Francisco a recordar o passado com gratidão, viver o presente com paixão e abraçar o

Neste ano da Vida Religiosa Consagrada fomos motivadas pelo Papa Francisco a recordar o passado com gratidão, viver o presente com paixão e abraçar o Neste ano da Vida Religiosa Consagrada fomos motivadas pelo Papa Francisco a recordar o passado com gratidão, viver o presente com paixão e abraçar o futuro com esperança. Como o testemunho de vida da

Leia mais

Especulações sobre o amor

Especulações sobre o amor Especulações sobre o amor Janete Luiz Dócolas, Psicanalista O amor é um mistério que há muito tempo, talvez desde que fora percebido, os homens vem tentando compreender, descrever ou ao menos achar um

Leia mais

O ser humano é singular.

O ser humano é singular. SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: / / 206 UNIDADE: I ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 4.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

Matéria para a Reunião Geral de Estudo - 30 de março (sáb.)

Matéria para a Reunião Geral de Estudo - 30 de março (sáb.) Matéria para a Reunião Geral de Estudo - 30 de março (sáb.) 1 2 o inferno é a terra da luz tranquila Obs: Os textos desta apostila foram revisados com base na padronização dos termos, princípios e personagens

Leia mais

VÍDEO

VÍDEO 2ª FEIRA 8 de Outubro Bom dia! Durante toda esta semana vamos olhar para as nossas famílias. No final do mês de Agosto realizou-se o Encontro Internacional das Famílias com o Papa. Vejamos um pequeno resumo

Leia mais

11 A solução. Se você sofre em virtude das situações que você julga anormal à rotina, seja qual for o seu problema, reflita: Deus

11 A solução. Se você sofre em virtude das situações que você julga anormal à rotina, seja qual for o seu problema, reflita: Deus 11 A solução Depois de ter meditado tantas passagens da Palavra de Deus transcritas neste livro, espero que também tenha chegado à importante conclusão de que Deus é a solução. Se você ainda tem dúvidas,

Leia mais

Meninos e Meninas Brincando

Meninos e Meninas Brincando Meninos e Meninas Brincando J. C. Ryle "As praças da cidade se encherão de meninos e meninas, que nelas brincarão." (Zc.8:5) Queridas crianças, o texto acima fala de coisas que acontecerão. Deus está nos

Leia mais

Nós não estamos aqui para dizer que Davi foi o maior exemplo de pai

Nós não estamos aqui para dizer que Davi foi o maior exemplo de pai E há de ser que, se ouvires tudo o que eu te mandar, e andares pelos meus caminhos, e fizeres o que é reto aos meus olhos, guardando os meus estatutos e os meus mandamentos, como fez Davi, meu servo, eu

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO II ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 4.º ANO/EF 2017

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO II ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 4.º ANO/EF 2017 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC Minas E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO II ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 4.º ANO/EF 2017 Caro(a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados

Leia mais

TEMA: O MANUAL DO MISSIONÁRIO. Formadora: Helena Gaia

TEMA: O MANUAL DO MISSIONÁRIO. Formadora: Helena Gaia TEMA: O MANUAL DO MISSIONÁRIO Formadora: Helena Gaia A VISITA MISSIONÁRIA O QUE É VISITAR? É sair de si e ir ao encontro do outro, reconhecendo que ele existe; É ser mensageiro de Deus, portadores da Boa

Leia mais

A origem da Religiosidade

A origem da Religiosidade A origem da Religiosidade - Pré-história O homem pré-histórico vivenciava a religiosidade naquilo que para ele era inexplicável nos fenômenos físicos (raios, trovões, fogo, vulcões). Isto é presumível

Leia mais

Meditação sobre o Rosário I Qua, 06 de Maio de 2009 10:43 - Introdução. Côn. Henrique Soares da Costa

Meditação sobre o Rosário I Qua, 06 de Maio de 2009 10:43 - Introdução. Côn. Henrique Soares da Costa Introdução Côn. Henrique Soares da Costa Comecemos com um fato teológico surpreendente: o rosário é um dos modos de oração mais queridos pelo Povo de Deus. Está na alma, no instinto dos fiéis. Simples

Leia mais

Tema encontro : Quaresma

Tema encontro : Quaresma Tema encontro : Quaresma A quaresma é o tempo litúrgico de conversão, que a Igreja marca para nos preparar para a grande festa da Páscoa. É tempo para nos arrepender de nossos pecados e de mudar algo de

Leia mais

Deus fala através do trovão

Deus fala através do trovão Deus fala através do trovão Já havia dois dias que os israelitas, acampados próximo ao Sinal, estavam se preparando para a grande teofania. No terceiro dia, Deus enviou tão impressionantes sinais que o

Leia mais

PAZ TEM VOZ PAZ NA ESCOLA (O DIÁLOGO INTERRELIGIOSO)

PAZ TEM VOZ PAZ NA ESCOLA (O DIÁLOGO INTERRELIGIOSO) Instituto de Educação infantil e juvenil Outono, 2012. Londrina, de. Nome: Ano: tempo Início: Término: Total: Edição VII MMXII fase 3 parte 3 grupo A PAZ TEM VOZ PAZ NA ESCOLA (O DIÁLOGO INTERRELIGIOSO)

Leia mais

Espíritos Sofredores

Espíritos Sofredores Espíritos Sofredores SITUAÇÕES QUE LEVAM AO SOFRIMENTO - A busca pela Alma Gêmea; - Sucesso profissional e financeiro; - Apego material e emocional; - Enfermidade Espiritos Sofredores Homens Sofredores

Leia mais

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação

Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Presidência da República Casa Civil Secretaria de Administração Diretoria de Gestão de Pessoas Coordenação Geral de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca 73 Discurso na cerimónia de inauguração

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 3.º ANO/EF 2015

ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 3.º ANO/EF 2015 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC Minas E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 3.º ANO/EF 2015 Caro(a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados na

Leia mais

SUGESTÃO DE LITURGIA PARA O DOMINGO DE RAMOS E O DIA DO/A PASTOR/A 2014.

SUGESTÃO DE LITURGIA PARA O DOMINGO DE RAMOS E O DIA DO/A PASTOR/A 2014. SUGESTÃO DE LITURGIA PARA O DOMINGO DE RAMOS E O DIA DO/A PASTOR/A 2014. Adoração Acolhida Leitura Bíblica: Zacarias 9.9; 16-17. Sugestões de Cânticos: - HE 105 - Louvemos ao Senhor [Ademar de Campos]-

Leia mais

Leia com atenção o texto explicativo do Cartaz da Campanha da Fraternidade Ecumênica CFE 2016, e responda as questões 01, 02 e 03.

Leia com atenção o texto explicativo do Cartaz da Campanha da Fraternidade Ecumênica CFE 2016, e responda as questões 01, 02 e 03. SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: / / 206 UNIDADE: _ I ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 5.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

Lucas 12, Qual o tesouro de seu coração?

Lucas 12, Qual o tesouro de seu coração? Lucas 12, 32-34 Qual o tesouro de seu coração? Não tenha medo, pequeno rebanho, porque o Pai de vocês tem prazer em dar-lhes o Reino. Vendam os seus bens e distribuam o dinheiro em esmola. Façam para vocês

Leia mais

Jovem, Igreja e Sociedade Paulo Alves

Jovem, Igreja e Sociedade Paulo Alves PASTORES, LOBOS E POODLES Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos. Mateus 24:24 Porque tais falsos apóstolos

Leia mais

Qual é o empregado fiel e prudente? É aquele que o Senhor colocou responsável pelos outros empregados, para dar comida a eles na hora certa.

Qual é o empregado fiel e prudente? É aquele que o Senhor colocou responsável pelos outros empregados, para dar comida a eles na hora certa. Qual é o empregado fiel e prudente? É aquele que o Senhor colocou responsável pelos outros empregados, para dar comida a eles na hora certa. Feliz o empregado cujo Senhor o encontrar fazendo assim quando

Leia mais

Festa dos Mandamentos

Festa dos Mandamentos Festa dos Mandamentos VI Domingo do Tempo Comum 12 de Fevereiro de 2017 Paróquia da Sé Cântico Cristo Jesus, tu me chamaste. Eu te respondo, estou aqui. Tu me chamaste, pelo meu nome. Eu te respondo,

Leia mais

ENCONTRO VOCACIONAL PARA CATEQUESE

ENCONTRO VOCACIONAL PARA CATEQUESE ENCONTRO VOCACIONAL PARA CATEQUESE 1. OBJETIVO DO ENCONTRO Este encontro tem por objetivo despertar as crianças para a realidade da VOCAÇÃO como o chamado de Deus e a necessidade da resposta humana. 2.

Leia mais

Maomé nasce em 570 d.c. Filho de Mercadores, órfão aos 6 anos. financiar sua vida religiosa. 40 anos: visão do Anjo Gabriel.

Maomé nasce em 570 d.c. Filho de Mercadores, órfão aos 6 anos. financiar sua vida religiosa. 40 anos: visão do Anjo Gabriel. ISLAMISMO Hillal ou Crescente HISTÓRIA DE MAOMÉ Maomé nasce em 570 d.c. Filho de Mercadores, órfão aos 6 anos. Casa-se se com Khadija, rica, que vai financiar sua vida religiosa. 40 anos: visão do Anjo

Leia mais

O Cristianismo - Questionário

O Cristianismo - Questionário O Cristianismo Cristianismo é uma religião abraâmica monoteísta centrada na vida e nos ensinamentos de Jesus de Nazaré, tais como são apresentados no Novo Testamento; A fé cristã acredita essencialmente

Leia mais

Ano: 6º Turma: 6.1 e 6.2

Ano: 6º Turma: 6.1 e 6.2 COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 2ª Etapa 2014 Disciplina: HISTORIA Professor (a): RODRIGO CUNHA Ano: 6º Turma: 6.1 e 6.2 Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de

Leia mais

Colossenses: 1: 1-12

Colossenses: 1: 1-12 Colossenses: 1: 1-12 16/setembro/2018 Por que estudar Colossenses? 1. Ela nos motiva a crer na suficiência da pessoa e obra de Jesus Cristo. Ele é o preeminente, o único e Todo- Suficiente Salvador. 2.

Leia mais

FEDERAÇÃO ESPÍRITA DO RIO GRANDE DO SUL DEPARTAMENTO DE INFÂNCIA E JUVENTUDE. Roteiro Sugestivo para os Encontros de Estudo

FEDERAÇÃO ESPÍRITA DO RIO GRANDE DO SUL DEPARTAMENTO DE INFÂNCIA E JUVENTUDE. Roteiro Sugestivo para os Encontros de Estudo FEDERAÇÃO ESPÍRITA DO RIO GRANDE DO SUL DEPARTAMENTO DE INFÂNCIA E JUVENTUDE Roteiro Sugestivo para os Encontros de Estudo na Evangelização Espírita da Criança e do Jovem / 2000 Ciclo: 1º da Juventude

Leia mais

PARA O MATRIMÓNIO. R. Ouvi-nos, Senhor. Ou: Abençoai, Senhor, o vosso povo.

PARA O MATRIMÓNIO. R. Ouvi-nos, Senhor. Ou: Abençoai, Senhor, o vosso povo. MATRMÓNO 321 rmãos e irmãs: Celebrando o especial dom da graça e da caridade, com que Deus Se dignou consagrar o amor dos nossos irmãos N. e N., confiemo-los ao Senhor, dizendo (ou: cantando): Ou: Abençoai,

Leia mais

DATA: / / 2015 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 4.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR (A): VALOR: 10,0 MÉDIA: 6,0 RESULTADO: %

DATA: / / 2015 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 4.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR (A): VALOR: 10,0 MÉDIA: 6,0 RESULTADO: % SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: / / 205 UNIDADE: III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 4.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR (A):

Leia mais

www.gruporuah.com LETRAS E CIFRAS DO CD VAI COMEÇAR A MISSA

www.gruporuah.com LETRAS E CIFRAS DO CD VAI COMEÇAR A MISSA www.gruporuah.com LETRAS E CIFRAS DO CD VAI COMEÇAR A MISSA 2010 1 1 VAI COMEÇAR A MISSA (Entrada) Intr.: F#7 D B7 E A B7 E Vai começar a missa e o amor de Deus está A E F#7 B7 Bem junto a nós, inundando

Leia mais

LIÇÃO evange ho 2 II TRI LUCAS O BATISMO E AS TENTAÇÕES

LIÇÃO evange ho 2 II TRI LUCAS O BATISMO E AS TENTAÇÕES II TRI 2015 DE LUCAS LIÇÃO evange ho 2 O BATISMO E AS TENTAÇÕES INTRODUÇÃO ESBOÇO Voz - Visão - Audição Preparando o Caminho Arrependimento - Batismo - Frutos Identificando Àquele que vem Identificação

Leia mais

DATA: / / 2016 I ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR: 8,0 MÉDIA: 4,8 RESULTADO: %

DATA: / / 2016 I ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR: 8,0 MÉDIA: 4,8 RESULTADO: % SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: / / 206 UNIDADE: I ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 3.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

Primeiro dia Sinal-da-cruz; Oração preparatória para todos os dias; Ler e meditar Mt 2,1-2.

Primeiro dia Sinal-da-cruz; Oração preparatória para todos os dias; Ler e meditar Mt 2,1-2. Oração Inicial Novena a N. Srª do Desterro Meu Deus e meu Senhor, eis-me aqui, humildemente prostrado diante de Vossa majestade! Agradeço-Vos a inspiração que me destes, de vir, confiante, aos pés da Virgem

Leia mais

Ao Teu Lado (Marcelo Daimom)

Ao Teu Lado (Marcelo Daimom) Ao Teu Lado INTRO: A9 A9 Quero estar ao Teu lado, não me importa a distância Me perdoa a insegurança, tenho muito a aprender E/G# E7 ( F# G#) A9 Mas em meus poucos passos, já avisto a esperança E/G# Também

Leia mais

SER FORTALECIDO PELA ADORAÇÃO

SER FORTALECIDO PELA ADORAÇÃO Texto Base: João 4:19 a 24 Disse-lhe a mulher: Senhor, vejo que és profeta. Nossos pais adoraram neste monte, e vós dizeis que é em Jerusalém o lugar onde se deve adorar. Disse-lhe Jesus: Mulher, crê-me

Leia mais

A & C. Agradecemos confirmação até ao dia de Maio de 2012. A & C. Foi num momento especial que nos cruzamos,

A & C. Agradecemos confirmação até ao dia de Maio de 2012. A & C. Foi num momento especial que nos cruzamos, Primeiro foi o conhecimento, depois a amizade, seguiu-se um encontro, depois outro e outros mais e finalmente o amor, que nos une agora e para sempre. Será com a palavra sim que daremos início aquele que

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM Segunda-feira da 4ª Semana da Páscoa 1) Oração Ó Deus, que

Leia mais

Ensinos de Cristo O que Jesus Cristo ensinou?

Ensinos de Cristo O que Jesus Cristo ensinou? Introdução à 23/05/2011 A doutrina de Cristo segundo as escrituras Ensinos de Cristo O que Jesus Cristo ensinou? Ensinos de Cristo Jesus anunciou a chegada do reino, propôs altos padrões éticos àqueles

Leia mais

O OBREIRO E O RELACIONAMENTO FAMILIAR Ef 5:22-23 Ef 6:1-4 I Pe 3:1-7 I Cor 7:3-5 I Cor 7:33-34

O OBREIRO E O RELACIONAMENTO FAMILIAR Ef 5:22-23 Ef 6:1-4 I Pe 3:1-7 I Cor 7:3-5 I Cor 7:33-34 O OBREIRO E O RELACIONAMENTO FAMILIAR Ef 5:22-23 Ef 6:1-4 I Pe 3:1-7 I Cor 7:3-5 I Cor 7:33-34 INTRODUÇÃO: De conformidade com a palavra de Deus, o obreiro deve ter um bom, correto e eficaz relacionamento

Leia mais

VidaePalavra.Comunidade(s)

VidaePalavra.Comunidade(s) VidaePalavra.Comunidade(s) Unidade Pastoral da Cidade PVZ S. JOSÉ RIBAMAR III Domingo do Advento Ano B n.º 255 17/12/2017 Página 1 LITURGIA DA PALAVRA III DOMINGO DO ADVENTO ANO B 1ª Leitura: Is 61, 1-2a.10-11

Leia mais

KIDS ACONTECE NO MINISTÉRIO INFANTIL: estação DE 17 A 23 DE MARÇO DE 2019

KIDS ACONTECE NO MINISTÉRIO INFANTIL: estação DE 17 A 23 DE MARÇO DE 2019 ROTEIRO PGM INFANTIL DE 17 A 23 DE MARÇO DE 2019 estação KIDS ACONTECE NO MINISTÉRIO INFANTIL: 9h Espaço Baby (0 a 2 anos) Tempo Lúdico de 3 a 8 anos *Tempo Lúdico: Jogos, brincadeiras bíblicas e parque.

Leia mais

DATA: 01 / 12 / 2016 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE HISTÓRIA 2.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: VALOR: 10,0

DATA: 01 / 12 / 2016 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE HISTÓRIA 2.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: VALOR: 10,0 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: 0 / 2 / 206 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE HISTÓRIA 2.º ANO/EF UNIDADE: ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

05 - VIVA DE MANEIRA SANTA Vivendo fascinado pelo prazer de amar a Deus

05 - VIVA DE MANEIRA SANTA Vivendo fascinado pelo prazer de amar a Deus 05 - VIVA DE MANEIRA SANTA Vivendo fascinado pelo prazer de amar a Deus QUINTO COMPROMISSO: VIVA DE MANEIRA SANTA O Senhor nos chama a santidade porque Ele é santo. Nós só experimentamos a alegria de caminhar

Leia mais

Como você reage diante do que você ouve, vê, escuta e sente? 10.04.2016 slide 1

Como você reage diante do que você ouve, vê, escuta e sente? 10.04.2016 slide 1 Como você reage diante do que você ouve, vê, escuta e sente? 10.04.2016 slide 1 Como você reage diante do que você...? Ouve? Vê? 10.04.2016 slide 2 Como você reage diante do que você...? Escuta? Sente?

Leia mais

Oração, o elo perdido do espiritismo

Oração, o elo perdido do espiritismo Oração, o elo perdido do espiritismo A oração é um momento especial. Tão especial que deve ser praticada algumas vezes por dia. O estudo da doutrina espírita é complementado pela ação e pela oração. A

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 4.º ANO/EF 2015

ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 4.º ANO/EF 2015 SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA MANTENEDORA DA PUC Minas E DO COLÉGIO SANTA MARIA ROTEIRO DE ESTUDO I ETAPA LETIVA GEOGRAFIA 4.º ANO/EF 2015 Caro(a) aluno(a), É tempo de conferir os conteúdos estudados na

Leia mais

III Domingo da Páscoa

III Domingo da Páscoa III Domingo da Páscoa «Vede, sou Eu mesmo» Leitura dos Actos dos Apóstolos Actos 3, 13-15.17-19 Naqueles dias, Pedro disse ao povo: «O Deus de Abraão, de Isaac e de Jacob, o Deus de nossos pais, glorificou

Leia mais

IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA. MÓDULO I - O NOVO TESTAMENTO Aula XV AS CARTAS DE TIAGO E GÁLATAS

IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA. MÓDULO I - O NOVO TESTAMENTO Aula XV AS CARTAS DE TIAGO E GÁLATAS IGREJA DE CRISTO INTERNACIONAL DE BRASÍLIA ESCOLA BÍBLICA MÓDULO I - O NOVO TESTAMENTO Aula XV AS CARTAS DE TIAGO E GÁLATAS A LITERATURA DE PROTESTO A controvérsia a respeito da circuncisão obrigatória

Leia mais

( ) Os trabalhos nas minas eram realizados apenas por mulheres. ( ) Os trabalhadores escravizados eram de origem africana.

( ) Os trabalhos nas minas eram realizados apenas por mulheres. ( ) Os trabalhadores escravizados eram de origem africana. SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: 0 / 2 / 206 III ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE HISTÓRIA 4.º ANO/EF UNIDADE: ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR(A): VALOR:

Leia mais

Magistério profético na construção da Igreja do Porto

Magistério profético na construção da Igreja do Porto Magistério profético na construção da Igreja do Porto Excertos do pensamento de D. António Ferreira Gomes entre 1969-1982 A liberdade é sem dúvida um bem e um direito, inerente à pessoa humana, mas é antes

Leia mais

Uma reflexão sobre A Missão de Deus de Christopher Wright

Uma reflexão sobre A Missão de Deus de Christopher Wright Uma reflexão sobre A Missão de Deus de Christopher Wright A MISSÃO DE DEUS Christopher Wright Christopher Wright faz duas contribuições importantes. Primeiro, ele demonstra que a Bíblia, do início até

Leia mais

CATEQUESE 10 JESUS ENTREGA A SUA VIDA

CATEQUESE 10 JESUS ENTREGA A SUA VIDA CATEQUESE 10 JESUS ENTREGA A SUA VIDA Objectivos: 1. Descobrir na entrega da vida de Jesus a plenitude da Sua relação com Deus Pai. 2. Acolher a fidelidade de Jesus a esta relação como geradora de vida

Leia mais