Guião de Apoio ao estudo da Ficha da Catequese Lições 1 à 14

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Guião de Apoio ao estudo da Ficha da Catequese Lições 1 à 14"

Transcrição

1 Guião de Apoio ao estudo da Ficha da Catequese Lições 1 à 14 Como sabem nas próximas catequeses (9 e 16 de Fevereiro) vamos ter duas fichas de revisão sobre as catequeses anteriores. Para tal, este guião é a continuação do trabalho que realizaram na catequese anterior (2 de Fevereiro), aqui vão encontrar perguntas e respostas, que resumem as aprendizagens feitas ao longo destas 14 catequeses. É importante que recorram à Bíblia, ao catecismo e aos apontamentos que têm no caderno da catequese. A ficha do próximo domingo (9 de Fevereiro), compreende as lições da 1 à 7, pelo que inicialmente neste guião vão apenas estar disponíveis essas lições para estudo. Posteriormente, a segunda ficha que compreende as lições 8 à 14, vai ser realizada no dia 16 de Fevereiro e, o restante guião para estudo vai ser entregue na próxima catequese, de modo a não terem de estudar tudo de uma só vez e se puderem dedicar integralmente ao que vai sair. De qualquer modo aconselho-vos a estudarem os Sacramentos, os Mandamentos e as orações que fomos aprendendo ao longo destes ano de catequese, pois de certeza que vão sair em uma das fichas. Importante: As respostas às perguntas escritas no guião, vão de acordo com o que está escrito ao longo das páginas do catecismo! É claro que cada um de vós pode responder de maneira diferente, segundo o que ache ser o mais correto, mas é óbvio que não podem fugir do tema colocado na pergunta. Algumas destas perguntas podem sair na ficha, mas colocadas de maneira diferente, através de outro tipo de exercícios como esquemas, completar espaços dos textos e muitas outras.

2 Este guião orienta-vos o estudo, uma vez que sei que têm tido muitas avaliações ao longo destas semanas! Um bom estudo e em caso de dúvidas não hesitem em contactar-me! A catequista

3 Questões Lição 1 à 7 1) Será que Deus tem um projeto para cada um de nós? a) Sim, Deus tem um Projeto para cada um de nós. 2) Qual é esse projeto? a) O Projeto de Deus para nós, é o Projeto da nossa felicidade e o caminho para ima vida verdadeira, vida para sempre, vida sem fim. 3) Como se realiza este Projeto de Deus? a) Este Projeto realiza-se com a ajuda de cada um de nós, praticando o bem, ajudando os outros e participando na missão que Deus tem para cada um de nós. 4) Quando começou o Projeto de Deus? a) O Projeto de Deus começou desde o inicio da Humanidade. 5) Lê Ez 34, ) Qual o livro que relata a vida do Povo de Israel? a) O livro que relata a vida do Povo de Israel é o livro do Êxodo. 7) Lê Ex 2, 23-25; 3, 7-8a 8) Procura na Bíblia e lê: a) Ex 15, 1-3 b) 2 Sam 22, 1-4 c) Is 12, 1-6 i) Faz um pequeno resumo sobre o que acabas-te de ler, salientando o mais importante. ( A elaboração do resumo fica ao critério de cada um de vós ) Palavras/ ideias-chave: Povo de Israel / Libertação / Deus /Aliança 9) Todos nós fazemos parte do Projeto de Deus? a) Sim, todos nós fazemos parte do Projeto de Deus. 10) Deus é o autor de tudo aquilo que vemos quando olhamos à nossa volta. a) Porquê que Deus criou tudo isto? Questões 1 à 9, correspondem à lição 1 (p.10 12)

4 i) Deus criou o mundo, para o oferecer aos Seres Humanos, para que estes se realizem e sejam felizes. 11) Recordas-te do teu trabalho individual da catequese? Pois bem, vai ajudar-te agora nas questões seguintes: a) Lê Gen 1, 1-2 b) Quantos são os dias da criação? i) Os dias da Criação são 6. c) O que foi criado ao longo dos vários dias? i) Ao longo dos 6 dias, foram criados: O céu e a terra; dia e a noite; tarde e a manhã; mar; flora e a fauna; sol, a lua e as estrelas e, o homem e a mulher. d) Em que dia Deus descansou? i) Deus descansou no 7ºdia. 12) Lê Gen 2 a) O que criou Deus no 6ºDia? i) No 6ºdia, Deus criou os animais domésticos e os répteis e, o Homem e a Mulher. Questões 10 à 11d, correspondem à lição 2 (p.14 16) Questões 12 à 13b, correspondem à lição 2 b) Que nome deu Deus ao Homem? E à Mulher? (p.18 20) i) Deus chamou ao homem, Adão e à mulher, Eva. 13) Lê Gen 1, a) Deus fez o Homem à imagem e semelhança de quem? i) Deus fez o Homem, à sua imagem e semelhança. b) O que posso fazer para continuar a obra de Deus? i) Para continuar a obra de Deus, tenho de praticar o bem, ser feliz e 14) O que é o mal? ajudar os outros. (resposta individual ao critério de cada um de vós) 15) O que está a acontecer atualmente no mundo? Predomina o bem ou o mal? a) Atualmente no mundo, existem muitas guerras, muito egoísmo, predominando o mal. 16) Os homens e as mulheres seguem sempre as indicações de Deus? Questão 14 à 17b pertence à lição 4

5 a) Não, pois se o fizessem não existiria o mal, não existiriam tantas guerras e no mundo predominava a Paz. 17) Lê Gen 4, 1-16 a) O que aconteceu a estes dois irmãos? b) O que levou Abel a cometer o mal? (A resposta a estas questões decorre de acordo com a análise e leitura dos textos, sendo a descrição do sucedido feita de maneira diferente, de acordo com a interpretação de cada um) 18) Lê Is 41, 8-10 a) Como se veio a chamar este Povo? i) Este povo veio a chamar-se, o Povo de Deus. 19) Lê Lc 14, a) O que devemos fazer, para fazer parte desta comunidade? i) Para fazer parte desta comunidade, devemos ser como irmãos e irmãs, isto é, sermos uma única família, a família do Povo de Deus. b) Nós fazemos parte do Povo de Deus, desde que dia? i) Nós fazemos parte do Povo de Deus, apartir do dia do nosso Batismo. 20) Como se chamava o fundador, pai e patriarca do Povo de Deus? a) O fundador, pai e Patriarca do Povo de Deus, chamava-se Abraão. 21) Quem foi Abraão? a) Abraão foi um homem que se preocupava sempre em escutar Deus e em fazer aquilo que Deus lhe indicava, deste modo Abraão foi um homem a quem Deus chamou e lhe deu uma missão. 22) Lê Gen 12, ) Lê: a) O que aconteceu a Abraão? i) Abraão dispôs-se a cumprir as indicações de Deus e aceitou percorrer os caminhos que Deus lhe indicava, tendo deixado a sua terra e a sua família. Para Abraão o mais importante era ouvir a voz de Deus e obedecer a Deus. a) Gen 37, b) Gen 39, 2-5 c) Gen 39, d) Gen 50, Pergunta 18 à 19 i), pertencem à catequese 5 Pergunta 20 à 22 i) pertence à lição 6

6 24) O que aconteceu a José? a) Resposta de acordo com a análise individual de cada um sobre o texto. 25) Alguma vez o Senhor Deus, abandonou José? a) Não, Deus nunca abandonou José, tal como nunca nos abandona. 26) Quem foi José? a) José foi um homem bom, justo, verdadeiro, honesto, bondoso, capaz de seguir o caminho do bem, capaz de falar a verdade e capaz de oferecer o perdão. Pergunta 23 à 26, corresponde à lição 7

ENCONTRO VOCACIONAL PARA CATEQUESE

ENCONTRO VOCACIONAL PARA CATEQUESE ENCONTRO VOCACIONAL PARA CATEQUESE 1. OBJETIVO DO ENCONTRO Este encontro tem por objetivo despertar as crianças para a realidade da VOCAÇÃO como o chamado de Deus e a necessidade da resposta humana. 2.

Leia mais

O meu horário de estudo

O meu horário de estudo www.livrosdefisica-jc.com.br O meu horário de estudo Preenche este horário segundo a distribuição de tempo que tencionas fazer: Pinta de vermelho o tempo ocupado em aulas; Pinta de cor de laranja o tempo

Leia mais

Bíblia para crianças apresenta QUANDO DEUS CRIOU TODAS AS COISAS

Bíblia para crianças apresenta QUANDO DEUS CRIOU TODAS AS COISAS Bíblia para crianças apresenta QUANDO DEUS CRIOU TODAS AS COISAS Escrito por: Edward Hughes Ilustrado por: Byron Unger; Lazarus Adaptado por: Bob Davies; Tammy S. O texto bíblico desta história é extraído

Leia mais

A Minha Bíblia. Adaptado por Judy Bartel do livro A Tua Bíblia de L. Jeter Walker

A Minha Bíblia. Adaptado por Judy Bartel do livro A Tua Bíblia de L. Jeter Walker A Minha Bíblia Adaptado por Judy Bartel do livro A Tua Bíblia de L. Jeter Walker Universidade Global Instituto de Correspondência Internacional 1211 South Glenstone Avenue Springfield, Missouri 65804 USA

Leia mais

OS SERES VIVOS DO AMBIENTE PRÓXIMO

OS SERES VIVOS DO AMBIENTE PRÓXIMO OS SERES VIVOS DO AMBIENTE PRÓXIMO Comparo e classifico as plantas segundo alguns critérios. Desde sempre o homem tomou consciência da variedade de plantas que o rodeavam e sentiu necessidade de as reunir

Leia mais

Uma saudação carinhosa

Uma saudação carinhosa Meus caros amiguitos e amiguitas! Uma saudação carinhosa Olá! Chamo-me António Marto. Sou o novo Bispo desta diocese de Leiria-Fátima. Sabem o que é ser Bispo? Eu explico-vos através de uma comparação

Leia mais

Planeamentos de cultos familiares usando os temas dos Manuais da Disciplina de Educação Moral e Religiosa (Adventista).

Planeamentos de cultos familiares usando os temas dos Manuais da Disciplina de Educação Moral e Religiosa (Adventista). Planeamentos de cultos familiares usando os temas dos Manuais da Disciplina de Educação Moral e Religiosa (Adventista). Manuais: Adolfo S. Suárez A Escolha Certa. Tatuí (SP): Casa Publicadora Brasileira,

Leia mais

Meditação Caminhando com Jesus NOME: DATA: 24/02/2013 PROFESSORA: A CRIAÇÃO DO MUNDO. Versículos para decorar:

Meditação Caminhando com Jesus NOME: DATA: 24/02/2013 PROFESSORA: A CRIAÇÃO DO MUNDO. Versículos para decorar: Meditação Caminhando com Jesus NOME: DATA: 24/02/2013 PROFESSORA: 1- Deus criou os céus e a terra. Gênesis 1:1 A CRIAÇÃO DO MUNDO Versículos para decorar: 2 Pois, por meio dele, Deus criou tudo, no céu

Leia mais

Nº 31 C 13ºDomingo do Tempo Comum-26.6.2016

Nº 31 C 13ºDomingo do Tempo Comum-26.6.2016 Nº 31 C 13ºDomingo do Tempo Comum-26.6.2016 Vamos de Férias Com Jesus Que bom! Começaram as férias! Não há aulas, vamos para a praia, para o campo, para o estrangeiro... mas vamos com Jesus. Ouvimos no

Leia mais

«Pedi ao Senhor da seara que mande trabalhadores para a sua seara» EVANGELHO Mt 9,36-10,8

«Pedi ao Senhor da seara que mande trabalhadores para a sua seara» EVANGELHO Mt 9,36-10,8 Ambiente: Costuma-se chamar ao texto que vai dos v.9,36 a 11,1, o discurso da missão : nele, Jesus envia os discípulos e define a missão desses discípulos anunciar a chegada do Reino. Este discurso da

Leia mais

Lição 15. No mês sétimo, ao primeiro do mês, tereis descanso, memorial com. sonido de trombetas, santa convocação

Lição 15. No mês sétimo, ao primeiro do mês, tereis descanso, memorial com. sonido de trombetas, santa convocação Os Mistérios de Deus Estudo Bíblico Lição 15 No mês sétimo, ao primeiro do mês, tereis descanso, memorial com sonido de trombetas, santa convocação Levíticos 23:24 Esta publicação não é para ser vendida

Leia mais

Leitura da Bíblia. Disciplina. Instituto de Ensino Bíblico Teológico Aliança 31/03/2011

Leitura da Bíblia. Disciplina. Instituto de Ensino Bíblico Teológico Aliança 31/03/2011 Leitura da Bíblia Disciplina 31/03/2011 Este material didático, é de grande importância para o estudo em seminário, visando a formação dos futuros líderes e obreiros da Igreja Aliança Evangélica Missionária.

Leia mais

Catequese 2º ano Ensina-nos a rezar (Revisões fim de ano)

Catequese 2º ano Ensina-nos a rezar (Revisões fim de ano) Catequese 2º ano Ensina-nos a rezar (Revisões fim de ano) Na catequese encontramos essencialmente uma Pessoa: Jesus, Filho único do Deus, que sofreu e morreu por nós e que agora, ressuscitado, vive connosco

Leia mais

A ALIANÇA DE DEUS COM ISRAEL Lição 39

A ALIANÇA DE DEUS COM ISRAEL Lição 39 A ALIANÇA DE DEUS COM ISRAEL Lição 39 1 1. Objetivos: Ensinar que Deus fez uma aliança divina com os israelitas porque Ele os amava. Ensinar que Deus nos promete um lar no céu se obedecermos a seus mandamentos.

Leia mais

O CASAMENTO E O LAR Por Rex Jackson

O CASAMENTO E O LAR Por Rex Jackson O CASAMENTO E O LAR O CASAMENTO E O LAR Por Rex Jackson Universidade Global (UG) Instituto de Correspondência Internacional (ICI) 1211 South Glenstone Avenue Springfield, Missouri 65804 USA Endereço do

Leia mais

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA

EVANGELHO DO DIA E HOMILIA EVANGELHO DO DIA E HOMILIA (LECTIO DIVINA) REFLEXÕES DE FREI CARLOS MESTERS,, O. CARM REFLEXÕES E ILUSTRAÇÕES DE PE. LUCAS DE PAULA ALMEIDA, CM 1) Oração Quinta-feira da 1ª Semana da Quaresma Dai-nos,

Leia mais

01. O Senhor É Santo 02. Hosana no Alto dos Céus Hosana, hosana/ hosana, hosana/ hosana no alto dos céus. (2x) 03. Santo é o Senhor Deus do Universo

01. O Senhor É Santo 02. Hosana no Alto dos Céus Hosana, hosana/ hosana, hosana/ hosana no alto dos céus. (2x) 03. Santo é o Senhor Deus do Universo 01. O Senhor É Santo O Senhor é Santo, o Senhor é Santo, o Senhor é Santo/ O Senhor é nosso Deus, o Senhor é nosso Pai/ Que Seu reino de Amor se estenda sobre a Terra. O Senhor é Santo,o Senhor é Santo,

Leia mais

CELEBRAÇÕES NA COMUNIDADE ORIENTAÇÕES PARA AS CELEBRAÇÕES

CELEBRAÇÕES NA COMUNIDADE ORIENTAÇÕES PARA AS CELEBRAÇÕES CELEBRAÇÕES NA COMUNIDADE ORIENTAÇÕES PARA AS CELEBRAÇÕES A catequese deve iniciar o catequizando na vida litúrgica da comunidade. Nesse sentido, é importante que o catequista leve seu grupo de catequese

Leia mais

a) Abraão intercedeu pela família do seu sobrinho Ló (Gn 18,22-33); b) Moisés intercedeu a favor do povo de Israel (Êxodo 32,9-14; Dt 9,18);

a) Abraão intercedeu pela família do seu sobrinho Ló (Gn 18,22-33); b) Moisés intercedeu a favor do povo de Israel (Êxodo 32,9-14; Dt 9,18); Algumas pessoas creem que Deus está no controle de tudo. Mas se Deus está no controle de tudo, porque temos fome, miséria, doenças cada vez piores, violências até contra crianças inocentes, estupros, pedofilia,

Leia mais

KJV King James Bible Study Correspondence Course An Outreach of Highway Evangelistic Ministries 5311 Windridge lane ~ Lockhart, Florida 32810 ~ USA

KJV King James Bible Study Correspondence Course An Outreach of Highway Evangelistic Ministries 5311 Windridge lane ~ Lockhart, Florida 32810 ~ USA 1 O meu Trabalho e o meu Patrão Lição 14 (volte para as páginas 4, e 5) Qual deve ser a minha atitude para com o meu serviço e o meu patrão? Desde que a Bíblia é a autoridade final em tudo o que se encontra

Leia mais

O Jesus da Bíblia Ele não está mais na cruz 2014 de Jair Alves 1 Edição/ 2014 Todos os direitos reservados por: Jair Alves de Sousa

O Jesus da Bíblia Ele não está mais na cruz 2014 de Jair Alves 1 Edição/ 2014 Todos os direitos reservados por: Jair Alves de Sousa O Jesus da Bíblia Ele não está mais na cruz 2014 de Jair Alves 1 Edição/ 2014 Todos os direitos reservados por: Jair Alves de Sousa Nenhuma parte desta publicação poderá ser utilizada ou reproduzida -

Leia mais

Como conduzir uma entrevista de início vencendo as objeções...

Como conduzir uma entrevista de início vencendo as objeções... Como conduzir uma entrevista de início vencendo as objeções... Danielle Chaves Diretora de Vendas Independente Mary Kay 1 Faça uma visita ao você do futuro Se você não entende a importância de plantar,

Leia mais

O que é que Sansão tem a ver com Jesus? Alguns princípios de interpretação da Bíblia\ IBVNG 16/10/2010 John Beswick Pallister

O que é que Sansão tem a ver com Jesus? Alguns princípios de interpretação da Bíblia\ IBVNG 16/10/2010 John Beswick Pallister O que é que Sansão tem a ver com Jesus? Alguns princípios de interpretação da Bíblia\ IBVNG 16/10/2010 John Beswick Pallister O problema 1. Fazer a ponte entre o texto original e nós 2. Interpretação:

Leia mais

Revista da Escola Bíblica de Crianças Deus é tudo pra mim. Apresentação. A Deus toda a glória.

Revista da Escola Bíblica de Crianças Deus é tudo pra mim. Apresentação. A Deus toda a glória. Apresentação A Deus toda a glória. É com muita satisfação que apresentamos a todas professoras e professores da Escola Bílica Infantil, esta maravilhosa revista. Com o intuíto de provermos nossas crianças

Leia mais

THEREZINHA OLIVEIRA EVANGELHO É SIMPLES ASSIM

THEREZINHA OLIVEIRA EVANGELHO É SIMPLES ASSIM THEREZINHA OLIVEIRA EVANGELHO É SIMPLES ASSIM CAMPINAS SP 2010 SUMÁRIO Prólogo Um homem extraordinário...1 Capítulo 1 Ele nasceu em Belém...5 Capítulo 2 Pastores e magos...9 Capítulo 3 Fugindo a Herodes...13

Leia mais

Um chamado à oração. Letras. Editora. j. c. RyLE. Tradução Rodrigo Silva

Um chamado à oração. Letras. Editora. j. c. RyLE. Tradução Rodrigo Silva Um chamado à oração Um chamado à oração j. c. RyLE Tradução Rodrigo Silva Editora Letras Título Original: A Call to Prayer por J. C. Ryle Copyright Editora Letras 1ª edição em português: outubro de 2012

Leia mais

MUITO OBRIGADA PELA SUA COLABORAÇÃO! DIÁRIO DE ATIVIDADE FÍSICA (DAF 1) Antes de iniciar, leia com atenção as instruções que se seguem.

MUITO OBRIGADA PELA SUA COLABORAÇÃO! DIÁRIO DE ATIVIDADE FÍSICA (DAF 1) Antes de iniciar, leia com atenção as instruções que se seguem. A preencher pelo entrevistador: MUITO OBRIGADA PELA SUA COLABORAÇÃO! DIÁRIO DE ATIVIDADE FÍSICA (DAF ) Criança 6- anos O preenchimento deste diário é imprescindível para o conhecimento da atividade física

Leia mais

Como Criar o Hábito de Estudar a Bíblia?

Como Criar o Hábito de Estudar a Bíblia? Como Criar o Hábito de Estudar a Bíblia? 1. Competência a ser construída: Criar o hábito de estudar a Bíblia. Encontro 06 Aconselhamos que você professor, estude e pratique o método de estudo da Bíblia

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA Nome Nº 8º Ano Data: Professor: Piero/ Thales Nota: (valor 1,0) 3 o Bimestre a) Introdução Neste bimestre, sua média foi inferior a 6,0 e você não assimilou os conteúdos

Leia mais

Qual é o empregado fiel e prudente? É aquele que o Senhor colocou responsável pelos outros empregados, para dar comida a eles na hora certa.

Qual é o empregado fiel e prudente? É aquele que o Senhor colocou responsável pelos outros empregados, para dar comida a eles na hora certa. Qual é o empregado fiel e prudente? É aquele que o Senhor colocou responsável pelos outros empregados, para dar comida a eles na hora certa. Feliz o empregado cujo Senhor o encontrar fazendo assim quando

Leia mais

Palavra & Vida Sugestões Didáticas 4 T/2013

Palavra & Vida Sugestões Didáticas 4 T/2013 Palavra & Vida Sugestões Didáticas 4 T/2013 Dulce Helena da Silva Mota de Lima Educadora Religiosa / Professora e Assistente Social Lição 12- O Sucesso que faz bem Texto Bíblico- Provérbios 3.2 Objetivos

Leia mais

Olá, amiguinho, melhor exemplo. Na nossa revista teremos. também muitas atividades e joguinhos legais para você

Olá, amiguinho, melhor exemplo. Na nossa revista teremos. também muitas atividades e joguinhos legais para você Olá, amiguinho, Como é bom estarmos juntos novamente! Neste trimestre, teremos muitas novidades para você. Você descobrirá, lendo as primeiras histórias desta revista, que Deus nos deu um livro muito especial

Leia mais

Dicas Para Ser Um Ótimo Músico. Parte 1/6. Departamento de Música AD Vale das Virtudes

Dicas Para Ser Um Ótimo Músico. Parte 1/6. Departamento de Música AD Vale das Virtudes Dicas Para Ser Um Ótimo Músico Parte 1/6 Departamento de Música AD Vale das Virtudes Paz do Senhor Jesus! É com muita alegria e satisfação que lhe apresentamos nosso 1º Curso Online ministrado pelo do

Leia mais

só aceita na congregação pessoas que se sujeitem ao Reino e ao Líder que Ele mesmo escolheu.

só aceita na congregação pessoas que se sujeitem ao Reino e ao Líder que Ele mesmo escolheu. Deus só aceita na congregação pessoas que se sujeitem ao Reino e ao Líder que Ele mesmo escolheu. Qualquer pessoa que atacar quem Deus escolheu estará atacando o próprio Deus, além de estar agindo por

Leia mais

QUEBRA-GELO EDIFICAÇÃO BOLETIM GCEM COMUNA KIDS

QUEBRA-GELO EDIFICAÇÃO BOLETIM GCEM COMUNA KIDS TEMA CENTRAL da apostila DEUS E EU Veremos nos livros de Ezequiel, Obadias, Miqueias, Habacuque, Ageu, Zacarias e Malaquias como Deus se revelou a seu povo. Descobrindo quem Deus é, descobrimos quem somos

Leia mais

Organização da Campanha

Organização da Campanha Mês das Missões O mês de outubro é, para a Igreja, o período no qual são intensificadas as iniciativas de animação e cooperação em prol das Missões em todo o mundo. O objetivo é sensibilizar, despertar

Leia mais

O NASCIMENTO DE MOISÉS Lição 28

O NASCIMENTO DE MOISÉS Lição 28 O NASCIMENTO DE MOISÉS Lição 28 1 1. Objetivos: Ensinar que Deus tinha um plano para Moisés. Ensinar a cada aluno que Deus tem um plano para sua vida e ele pode confiar em Deus para guia-lo. 2. Lição Bíblica:

Leia mais

Recursos-chave para Gestores de Projecto Guia 3 Pensamento Crítico Auto-estudo Para o Gestor de Projecto

Recursos-chave para Gestores de Projecto Guia 3 Pensamento Crítico Auto-estudo Para o Gestor de Projecto Guia 3 Pensamento Crítico Auto-estudo Para o Gestor de Projecto Objectivos de aprendizagem Depois de ter lido o material de consulta do Guia de Pensamento Crítico e ter concluído este guia de estudo,

Leia mais

3. FALAR SOBRE A VOCAÇÃO

3. FALAR SOBRE A VOCAÇÃO 1 CATEQUESE VOCACIONAL 1. ACOLHIMENTO 2. ORAÇÃO INICIAL: A catequese deve iniciar sempre com uma oração conjunta: Todos de pé rezamos pedindo ao Senhor que continue a chamar jovens para a vida sacerdotal

Leia mais

CRUZEIRINHO DO MESTRE IRINEU

CRUZEIRINHO DO MESTRE IRINEU CRUZEIRINHO DO MESTRE IRINEU 1 2 1. Dou Viva a Deus Nas Alturas waltz Dou viva a Deus nas alturas E a Virgem Mãe nosso amor Viva todo Ser Divino E Jesus Cristo Redentor Eu peço a Deus nas alturas Para

Leia mais

CANTOS DA PRIMEIRA EUCARISTIA

CANTOS DA PRIMEIRA EUCARISTIA CANTOS DA PRIMEIRA EUCARISTIA CANTO DE ENTRADA: E B7 E B7 E B7 E B7 E Jesus meu amigo, estou aqui, estou aqui para celebrar, para agradecer e A B7 partilhar o pão e a Fé. A B G#m C#m A F# B7 Celebrar o

Leia mais

A palavra louvar significa: Enaltecer com palavras, falar bem, elogiar declarar digno de aprovação, aplaudir, aprovar, exaltar, declarar como bendito,

A palavra louvar significa: Enaltecer com palavras, falar bem, elogiar declarar digno de aprovação, aplaudir, aprovar, exaltar, declarar como bendito, Música ou Louvor? Isaías 6.1-7 A palavra louvar significa: Enaltecer com palavras, falar bem, elogiar declarar digno de aprovação, aplaudir, aprovar, exaltar, declarar como bendito, confiar, reconhecer

Leia mais

A Salvação vêm dos Judeus

A Salvação vêm dos Judeus A Salvação vêm dos Judeus Este estudo elucida as raízes da fé cristã em sua essência. A história mostra a "Lei" dada aos judeus e mais tarde, com a vinda de Jesus Cristo, também dada aos gentios para que

Leia mais

4 O Encontro: A Eucaristia Dominical: expressão maior de espiritualidade

4 O Encontro: A Eucaristia Dominical: expressão maior de espiritualidade Hora da Família 2014 Sumário 05 07 08 10 11 APRESENTAÇÃO INTRODUÇÃO PARAMOTIVAR ORAÇÃOINICIAL ORAÇÃOFINAL Encontros 13 18 23 28 33 38 42 4 1 O Encontro: A espiritualidade cristã na família 2 O Encontro:

Leia mais

GRUPO III 1º BIMESTRE PROVA A

GRUPO III 1º BIMESTRE PROVA A Sistema de Ensino PROVA III 1º BIMESTRE PROVA A Valor da prova: Vitória-régia Os pajés tupis-guaranis contavam que, no começo do mundo, toda vez que a Lua se escondia no horizonte, parecendo descer por

Leia mais

MISSÃO BOM SAMARITANO. O bom samaritano (Jean-François Millet)

MISSÃO BOM SAMARITANO. O bom samaritano (Jean-François Millet) MISSÃO BOM SAMARITANO O bom samaritano (Jean-François Millet) 08 maio Festa da Vida 2016 Objetivos Partilhar e celebrar a fé em conjunto Dar continuidade à caminhada realizada na catequese e partilhá-la

Leia mais

AS DIFICULDADES ENCONTRADAS PELAS CRIANÇAS QUE TRABALHAM E ESTUDAM

AS DIFICULDADES ENCONTRADAS PELAS CRIANÇAS QUE TRABALHAM E ESTUDAM UNIVERSIDADE CANDIDO MENDES PRÓ-REITORIA DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO DIRETORIA DE PROJETOS ESPECIAIS PROJETO A VEZ DO MESTRE AS DIFICULDADES ENCONTRADAS PELAS CRIANÇAS QUE TRABALHAM E ESTUDAM Flávia

Leia mais

ABRO A PORTA À BONDADE DE DEUS. Caminhada do Advento e Natal 2015 DIOCESE DE AVEIRO

ABRO A PORTA À BONDADE DE DEUS. Caminhada do Advento e Natal 2015 DIOCESE DE AVEIRO ABRO A PORTA À BONDADE DE DEUS Caminhada do Advento e Natal 2015 DIOCESE DE AVEIRO INTRODUÇÃO «ABRO A PORTA À BONDADE DE DEUS» ANO DA MISERICÓRDIA PORTA SANTA INTRODUÇÃO «ABRO A PORTA À BONDADE DE DEUS»

Leia mais

DOM BOSCO E SUA FÉ: ESCOLA DE SANTIDADE

DOM BOSCO E SUA FÉ: ESCOLA DE SANTIDADE DOM BOSCO E SUA FÉ: ESCOLA DE SANTIDADE ANIMADOR 1: A escola de Santidade de Dom Bosco foi alimentar os seus sonhos no cotidiano, acreditando no que Deus lhe confiava. A vocação e todo o sentido da vida

Leia mais

Amigo de Deus (Tg2.23)

Amigo de Deus (Tg2.23) Amigo de Deus (Tg2.23) Introdução: A Bíblia esta recheada de exemplos de verdadeiras amizades, destacamos as mais importantes e tiramos lições para escolhermos nossas amizades. 20 de julho dia do amigo.

Leia mais

ESCOLA MUNICIPAL ANÁPOLIS, PROFESSORA: ALUNO (A): ANO: MÊS: DOMINGO SEGUNDA TERÇA QUARTA QUINTA SEXTA SÁBADO

ESCOLA MUNICIPAL ANÁPOLIS, PROFESSORA: ALUNO (A): ANO: MÊS: DOMINGO SEGUNDA TERÇA QUARTA QUINTA SEXTA SÁBADO PREENCHA O CALENDÁRIO ABAIXO: MÊS: DOMINGO SEGUNDA TERÇA QUARTA QUINTA SEXTA SÁBADO AGORA, RESPONDA: A) QUANTOS DIAS TÊM NO MÊS? B) QUE DIA DA SEMANA COMEÇOU O MÊS? C) QUE DIA DA SEMANA TERMINOU O MÊS?

Leia mais

Atraindo o Prover de Deus. Escrito por Tarcisio Carnete Junior Ter, 29 de Dezembro de 2015 16:39

Atraindo o Prover de Deus. Escrito por Tarcisio Carnete Junior Ter, 29 de Dezembro de 2015 16:39 Ao chegarmos próximo do final de Ano é muito comum planejarmos o Novo Ano. Nossa esperança e desejo nos impulsionam a sonhar, isso nos remete a fé de um futuro melhor. É nesta esperança que vamos vencer

Leia mais

Sinto, por vezes, que alguns responsáveis governamentais parecem ter dificuldades em entender as reivindicações e as aspirações dos Corvinos.

Sinto, por vezes, que alguns responsáveis governamentais parecem ter dificuldades em entender as reivindicações e as aspirações dos Corvinos. Sinto, por vezes, que alguns responsáveis governamentais parecem ter dificuldades em entender as reivindicações e as aspirações dos Corvinos. Sinto também que, sempre que falamos em investimentos importantes

Leia mais

Prova de Aferição de Matemática

Prova de Aferição de Matemática PROVA DE AFERIÇÃO DO ENSINO BÁSICO A PREENCHER PELO ALUNO Rubrica do Professor Aplicador Nome A PREENCHER PELO AGRUPAMENTO Número convencional do Aluno Número convencional do Aluno A PREENCHER PELA U.A.

Leia mais

OS MANDAMENTOS DE CRISTO

OS MANDAMENTOS DE CRISTO OS MANDAMENTOS DE CRISTO Equipando Discípulos para fazerem discípulos, ensinando-os a obedecer, todas as coisas que Jesus ordenou Uma adaptação de George Patterson 7 Comandos de Cristo (Readaptação de

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE RELIGIÃO DO 1º CICLO 1º ANO

PLANIFICAÇÃO ANUAL DE RELIGIÃO DO 1º CICLO 1º ANO PLANIFICAÇÃO ANUAL DE RELIGIÃO DO 1º CICLO 1º ANO TÓPICOS 1º PERÍODO OBJECTIVOS ORAÇÕES / DOUTRINA CRISTÃ ACTIVIDADES CELEBRAÇÕES AVALIAÇÃO A criação Deus é grande e poderoso Tudo nos fala de Deus Deus

Leia mais

Capítulo 1 Por que Estudar a História dos Hebreus Lição de Áudio: Velho Testamento Lição nº 27

Capítulo 1 Por que Estudar a História dos Hebreus Lição de Áudio: Velho Testamento Lição nº 27 Capítulo 1 Por que Estudar a História dos Hebreus Lição de Áudio: Velho Testamento Lição nº 27 Objetivo: Aprender porque a História dos Hebreus é importante para nós hoje. Essas coisas aconteceram a eles

Leia mais

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE. Programa de Recuperação Paralela. 1ª Etapa 2013. Ano: 9 Turma: 91/92

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE. Programa de Recuperação Paralela. 1ª Etapa 2013. Ano: 9 Turma: 91/92 COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 1ª Etapa 2013 Disciplina: ARTE Professor (a): JANAINA Ano: 9 Turma: 91/92 Caro aluno, você está recebendo o conteúdo de recuperação. Faça

Leia mais

COMO TRATA DEUS O PECADO DA COBIÇA

COMO TRATA DEUS O PECADO DA COBIÇA COMO TRATA DEUS O PECADO DA COBIÇA JOSUÉ CAP. 6 E 7 I. INTRODUÇÃO A. COBIÇA É um apetite desorganizado pelas coisas materiais. É É um desejo veemente de ter coisas, possessões e poder alheio. Este ato

Leia mais

DEUS PROVA O AMOR DE ABRAÃO

DEUS PROVA O AMOR DE ABRAÃO Bíblia para crianças apresenta DEUS PROVA O AMOR DE ABRAÃO Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:Byron Unger; Lazarus Adaptado por: M Maillot; Tammy S. Traduzido por: Berenyce Brandão Produzido por:

Leia mais

PROCESSO SELETIVO TRANSFERÊNCIA 2011

PROCESSO SELETIVO TRANSFERÊNCIA 2011 ESCREVA AQUI SEU NÚMERO DE INSCRIÇÃO: INSTRUÇÕES 1. Só abra o caderno de prova quando autorizado. Ao fazê-lo, verifique se a seqüência de páginas está correta. Se encontrar alguma falha, chame um fiscal

Leia mais

CELEBRAÇÃO DA FESTA DA PALAVRA

CELEBRAÇÃO DA FESTA DA PALAVRA CELEBRAÇÃO DA PALAVRA PARÓQUIA DE SÃO VICTOR Acolhimento (O acolhimento será feito à medida que as crianças vão chegando. Começaremos por ensaiar os cânticos a cantar durante a celebração.) CELEBRAÇÃO

Leia mais

SOLUÇÕES N2 2015. item a) O maior dos quatro retângulos tem lados de medida 30 4 = 26 cm e 20 7 = 13 cm. Logo, sua área é 26 x 13= 338 cm 2.

SOLUÇÕES N2 2015. item a) O maior dos quatro retângulos tem lados de medida 30 4 = 26 cm e 20 7 = 13 cm. Logo, sua área é 26 x 13= 338 cm 2. Solução da prova da 1 a fase OBMEP 2015 Nível 1 1 SOLUÇÕES N2 2015 N2Q1 Solução O maior dos quatro retângulos tem lados de medida 30 4 = 26 cm e 20 7 = 13 cm. Logo, sua área é 26 x 13= 338 cm 2. Com um

Leia mais

FICHA DE TRABALHO DE BIOLOGIA 12º ANO Hereditariedade Humana

FICHA DE TRABALHO DE BIOLOGIA 12º ANO Hereditariedade Humana FICHA DE TRABALHO DE BIOLOGIA 12º ANO Hereditariedade Humana Exercício 1 O Sr. José da Silva, um pequeno criador de porcos do Alentejo, desejando melhorar a qualidade de sua criação, comprou um porco de

Leia mais

Lição 3. Como surgiu o povo de Deus? Texto bíblico: Gênesis 12.1-8

Lição 3. Como surgiu o povo de Deus? Texto bíblico: Gênesis 12.1-8 Lição 3 Como surgiu o povo de Deus? Texto bíblico: Gênesis 12.1-8 Introdução: De modo geral, todas as pessoas cultivam uma certa curiosidade sobre a sua história. Como gênero humano, a nossa história tem

Leia mais

JACÓ: FUGA/CASAMENTO E FILHOS

JACÓ: FUGA/CASAMENTO E FILHOS Momento com Deus Crianças de 10 a 11 anos NOME: DATA: 23/06/2013 JACÓ: FUGA/CASAMENTO E FILHOS Versículos para Decorar: 1- Antes eu te conhecia só de ouvir falar,mas agora eu te vejo com os meus próprios

Leia mais

LITURGIA DA PALAVRA II

LITURGIA DA PALAVRA II LITURGIA DA PALAVRA II José Carlos Pereira Liturgia da Palavra II Reflexões para os domingos, solenidades, festas e memórias Direção editorial: Claudiano Avelino dos Santos Assistente editorial: Jacqueline

Leia mais

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA

ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA ROTEIRO DE RECUPERAÇÃO DE HISTÓRIA Nome Nº 9º Ano Data: Professor: Piero/ Thales 1 o Bimestre Nota: (valor 1,0) a) Introdução Neste bimestre, sua média foi inferior a 6,0 e você não assimilou os conteúdos

Leia mais

2.Diferenças semânticas entre as orações subordinadas adjetivas. 3.Funções sintáticas dos pronomes relativos nas orações adjetivas.

2.Diferenças semânticas entre as orações subordinadas adjetivas. 3.Funções sintáticas dos pronomes relativos nas orações adjetivas. OITAVA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET Professora: Sandra Franco Período Composto 1.Orações Subordinadas Adjetivas. 2.Diferenças semânticas entre as orações subordinadas adjetivas. 3.Funções sintáticas dos

Leia mais

Agora Que Sou Um Cristão Por David Batty

Agora Que Sou Um Cristão Por David Batty Agora Que Sou Um Cristão Por David Batty Lição 106 Primeira Edição Nome do Aluno Data do Início Data da conclusão 2 Agora Que Sou Um Cristão Lição 106 David Batty 1ª Edição Brasil As referências Bíblicas

Leia mais

DATA: / / 2015 I ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 4.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR (A): VALOR: 8,0 MÉDIA: 4,8 RESULTADO: %

DATA: / / 2015 I ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 4.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR (A): VALOR: 8,0 MÉDIA: 4,8 RESULTADO: % SOCIEDADE MINEIRA DE CULTURA Mantenedora da PUC Minas e do COLÉGIO SANTA MARIA DATA: / / 205 UNIDADE: I ETAPA AVALIAÇÃO ESPECIAL DE EDUCAÇÃO RELIGIOSA 4.º ANO/EF ALUNO(A): N.º: TURMA: PROFESSOR (A): VALOR:

Leia mais

Lista de Exercícios - Adição

Lista de Exercícios - Adição Nota: Os exercícios desta aula são referentes ao seguinte vídeo Matemática Zero 2.0 - Aula 4 - Adição - (parte 1 de 2) Endereço: https://www.youtube.com/watch?v=ss7v8dgjz34 Gabaritos nas últimas páginas!

Leia mais

ISAQUE E REBECA: CASAMENTO E FILHOS

ISAQUE E REBECA: CASAMENTO E FILHOS Momento com Deus Crianças de 10 a 11 anos NOME: DATA: 09/06/2013 ISAQUE E REBECA: CASAMENTO E FILHOS Versículos para Decorar 1- Quem quiser tornar-se importante entre vocês deverá ser servo. Marcos 10:43b

Leia mais

Copyright de todos artigos, textos, desenhos e lições. A reprodução parcial ou total deste ebook só é permitida através de autorização por escrito de

Copyright de todos artigos, textos, desenhos e lições. A reprodução parcial ou total deste ebook só é permitida através de autorização por escrito de 1 Veja nesta aula uma introdução aos elementos básicos da perspectiva. (Mateus Machado) 1. DEFINIÇÃO INTRODUÇÃO A PERSPECTIVA Podemos dizer que a perspectiva é sem dúvida uma matéria dentro do desenho

Leia mais

- Não tem como ter a graça se ainda estamos debaixo do pecado. Ou você morreu para o pecado; ou ainda não se converteu de fato.

- Não tem como ter a graça se ainda estamos debaixo do pecado. Ou você morreu para o pecado; ou ainda não se converteu de fato. Romanos 6:1-11. Na semana passada falamos sobre a Graça de Deus. Pode parecer algo simples, mas a má compreensão desse tema tem gerado muitos problemas no meio evangélico. Pois alguns entendem a graça

Leia mais

Avalia os teus conhecimentos do 6º Ano de catequese

Avalia os teus conhecimentos do 6º Ano de catequese Nome: Avalia os teus conhecimentos do 6º Ano de catequese Bloco 1 Jesus, o Filho de Deus que vai ao nosso encontro 1 Completa as seguintes afirmações: a) Aquele que veio trazer ao mundo a salvação de Deus.

Leia mais

Líderes para Uma Nova Geração. Ricardo Agreste

Líderes para Uma Nova Geração. Ricardo Agreste Líderes para Uma Nova Geração Ricardo Agreste Alertas e Conselhos Alertas e Conselhos 70% dos líderes terminam suas vidas ou carreiras num ponto bem abaixo do que sonhavam. Dr. J. Robert Clinton Eu não

Leia mais

O HOMEM RICO E O HOMEM POBRE

O HOMEM RICO E O HOMEM POBRE Bíblia para crianças apresenta O HOMEM RICO E O HOMEM POBRE Escrito por: Edward Hughes Ilustradopor:M. Maillot; Lazarus Adaptado por: M. Maillot; Sarah S. Traduzido por: Berenyce Brandão Produzido por:

Leia mais

ITINERÁRIO CATEQUÉTICO. Iniciação à vida cristã: Um processo de inspiração catecumenal

ITINERÁRIO CATEQUÉTICO. Iniciação à vida cristã: Um processo de inspiração catecumenal ITINERÁRIO CATEQUÉTICO Iniciação à vida cristã: Um processo de inspiração catecumenal COMO É PROPOSTO O PROCESSO CATEQUÉTICO NO ITINERÁRIO? O Itinerário orienta a construção do processo catequético conforme

Leia mais

A construção de uma casa

A construção de uma casa 5º ano Catequese 1 A construção de uma casa De quem precisamos? Quais os materiais a comprar? 5º Ano 1ª Catequese " O Projeto de DEUS" Vamos construir uma casa: (Desenhar uma casa, a planta da casa, etc.)

Leia mais

Se liga Se liga. Estudantes. Participe das aulas. na dica! Transforme Estudar em Hábito

Se liga Se liga. Estudantes. Participe das aulas. na dica! Transforme Estudar em Hábito Hábitos deestudo Estudantes O estudo é o movimento das perguntas, sua extensão, seu aprofundamento. (Jorge Larossa) prender é descobrir e redescobrir constantemente o mundo. É um exercício complexo que

Leia mais

Troca do livro LIÇÕES DE PORTUGUÊS E HISTÓRIA - 5 ano 5 A e B 5 C Semana de 27 de junho a 1 de julho de 2016 quarta-feira quinta-feira

Troca do livro LIÇÕES DE PORTUGUÊS E HISTÓRIA - 5 ano 5 A e B 5 C Semana de 27 de junho a 1 de julho de 2016 quarta-feira quinta-feira Troca do livro LIÇÕES DE PORTUGUÊS E HISTÓRIA - 5 ano 5 A e B 5 C Semana de 27 de junho a 1 de julho de 2016 quarta-feira quinta-feira Leia o poema abaixo para responder as lições de Língua Portuguesa:

Leia mais

BÍBLIA NA FAMÍLIA E FAMILIARIDADE COM A BÍBLIA!

BÍBLIA NA FAMÍLIA E FAMILIARIDADE COM A BÍBLIA! Sexta-feira, 4 de maio de 2012 BÍBLIA NA FAMÍLIA E FAMILIARIDADE COM A BÍBLIA! FORMAÇÃO BÍBLICA DE LEITORES REUNIÃO DE PAIS - FESTA DA PALAVRA Bíblia na família e familiaridade com a Bíblia! Desde o Concílio

Leia mais

6º ANO A. Disciplina: Matemática I Conteúdo Aplicado: Frações Atividade de Sala: Exercícios de revisão Atividade de Casa: No caderno frações

6º ANO A. Disciplina: Matemática I Conteúdo Aplicado: Frações Atividade de Sala: Exercícios de revisão Atividade de Casa: No caderno frações 6º ANO A Disciplina: Artes Conteúdo Aplicado: Folclore: Região Sul Apresentação das lendas da Região Sul. Atividade de casa: Trabalho de pesquisa manifestações folcloricas da Região Sul. Disciplina: Lab.

Leia mais

O quê. você deseja. para a tua vida?

O quê. você deseja. para a tua vida? O quê você deseja para a tua vida? Esta é uma boa pergunta. Muitas vezes andamos sem saber para onde. Desejamos algo... e não sabemos o quê. Mas há alguém que nos ama e deseja o melhor para nós. Sabe quem

Leia mais

ELAINE TEREZINHA MATTIOLI COVIELLO PIRANGI SÃO PAULO MODELO MATEMÁTICO

ELAINE TEREZINHA MATTIOLI COVIELLO PIRANGI SÃO PAULO MODELO MATEMÁTICO MODELAGEM E MODELAÇÃO MATEMÁTICA: uma nova visão do ensino e da aprendizagem de matemática ELAINE TEREZINHA MATTIOLI COVIELLO PIRANGI SÃO PAULO MODELO MATEMÁTICO Para definir Modelo Matemático Bassanezi

Leia mais

Identificação do Candidato

Identificação do Candidato INSTRUÇÕES Na parte inferior desta capa, preencha todos os espaços destinados à sua identificação. Se, em qualquer outro local deste Caderno, você assinar, rubricar, escrever mensagem, etc., será automaticamente

Leia mais

O Nascimento de Jesus nosso Salvador

O Nascimento de Jesus nosso Salvador Este livrinho faz parte do material disponibilizado pelo projecto Presépio na Cidade. O Presépio na Cidade é um projecto de leigos católicos voluntários, cujo lema de 2005 é Presépio, berço do Cristo Vivo

Leia mais

A PALAVRA DE DEUS NAS CELEBRAÇÕES DA EUCARISTIA E DA PALAVRA

A PALAVRA DE DEUS NAS CELEBRAÇÕES DA EUCARISTIA E DA PALAVRA PLVR DE DEUS NS ELERÇÕES D EURISTI E D PLVR 1 Em sua opinião, como anda o sistema de som em sua omunidade? 21% 18% 61% O microfone e o som funcionam bem. (61%) O microfone e o som não funcionam bem. (18%)

Leia mais

KJV King James Bible Study Correspondence Course An Outreach of Highway Evangelistic Ministries 5311 Windridge lane ~ Lockhart, Florida 32810 ~ USA

KJV King James Bible Study Correspondence Course An Outreach of Highway Evangelistic Ministries 5311 Windridge lane ~ Lockhart, Florida 32810 ~ USA 1 Oração Lição 6 (volte para as páginas 4 e 5) Como é importante a oração na minha vida Alguém uma vez disse que um cristão é apenas tão forte na sua vida de oração. Está uma grande relação da verdade

Leia mais

ESPANHOL Cont. Ano Letivo 2015/2016 INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA. 11º Ano de Escolaridade

ESPANHOL Cont. Ano Letivo 2015/2016 INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA. 11º Ano de Escolaridade Ano Letivo 2015/2016 INFORMAÇÃO - PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA ESPANHOL Cont. 11º Ano de Escolaridade Prova 368 2016 Decreto-Lei nº 139/2012, de 5 de julho 1. Objeto de avaliação A prova a que esta

Leia mais

Guião da Lição 25 SOMOS A IGREJA QUE ELE FUNDOU

Guião da Lição 25 SOMOS A IGREJA QUE ELE FUNDOU Guião da Lição 25 SOMOS A IGREJA QUE ELE FUNDOU A família e os nossos amigos mais próximos, que são como uma família, são muito importantes para nós. Tratam-se todos, de uma comunidade de pessoas ligadas

Leia mais

O No encerramento do estudo sobre a escatologia, analisaremos a questão do destino final dos mortos.

O No encerramento do estudo sobre a escatologia, analisaremos a questão do destino final dos mortos. O No encerramento do estudo sobre a escatologia, analisaremos a questão do destino final dos mortos. O A morte física não é senão o início de nossa existência na eternidade. www.portalebd.org.br Slide

Leia mais

A lua no cinema. Segunda-feira Curitiba, 18 de agosto de 2014. Leia o poema abaixo e responda:

A lua no cinema. Segunda-feira Curitiba, 18 de agosto de 2014. Leia o poema abaixo e responda: Segunda-feira Curitiba, 18 de agosto de 2014. Leia o poema abaixo e responda: A lua no cinema A lua foi ao cinema, passava um filme engraçado, a história de uma estrela que não tinha namorado. Não tinha

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA MOODLE DO IAVE

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA MOODLE DO IAVE MANUAL DE UTILIZAÇÃO DA PLATAFORMA MOODLE DO IAVE JUNHO 2016 Índice Introdução... 3 1. Acesso à plataforma Moodle do IAVE, I.P.... 4 2. Descrição e utilização dos fóruns... 7 Fórum notícias... 7 Fórum

Leia mais

Oficina IV Das Mudanças Críticas... ao jogo dos Atores 1

Oficina IV Das Mudanças Críticas... ao jogo dos Atores 1 1 Oficina IV Das Mudanças Críticas... ao jogo dos 1 ❶ Listar os fatores de mudanças de qualquer natureza (regulamentação, econômica, social, cultural, tecnológica, meio ambiente, demográfica, política

Leia mais

MÉTODOS DE ESTUDOS BÍBLICOS

MÉTODOS DE ESTUDOS BÍBLICOS IGREJA BATISTA CIDADE UNIVERSITÁRIA MINISTÉRIO DE EDUCAÇÃO CRISTÃ NÚCLEO DE ENSINO BÁSICO MÉTODOS DE ESTUDOS BÍBLICOS ABDÊNAGO LISBOA JUNIOR MARCELO FELTRIM HENRIQUE BLANDY 2 SUMÁRIO LIÇÃO ASSUNTO PÁGINA

Leia mais

POLÍCIA MILITAR DO PARANÁ Comando do Corpo de Bombeiros 4º GRUPAMENTO DE BOMBEIROS

POLÍCIA MILITAR DO PARANÁ Comando do Corpo de Bombeiros 4º GRUPAMENTO DE BOMBEIROS POLÍCIA MILITAR DO PARANÁ Comando do Corpo de Bombeiros 4º GRUPAMENTO DE BOMBEIROS P.A.I. Plano Anual de Instrução ANEXO B TUTORIAL DE ACESSO AO SISTEMA EaD 1º Ten. QOBM Amarildo Roberto Ribeiro CASCAVEL-

Leia mais

Quem é o Profeta Muhammad?

Quem é o Profeta Muhammad? Quem é o Profeta Muhammad? من هو ليب مد ص االله عليه وسلم [رتغايل portuguese [português - www.islamreligion.com website موقع دين الا سلام 2013-1434 O profeta Muhammad, que a misericórdia e bênçãos de Deus

Leia mais

Compreendendo a notícia e a reportagem

Compreendendo a notícia e a reportagem A leitura, para ser considerada como tal, precisa ser compreendida. Não basta decodificar as palavras sem entender o que elas querem dizer. Para existir compreensão de um texto no seu todo, é preciso que

Leia mais