Supranumerários - Implicações e Procedimentos Clínicos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Supranumerários - Implicações e Procedimentos Clínicos"

Transcrição

1 Tópico Especial Tema desenvolvido pelo conselho editorial e/ou convidados especiais abordando assuntos de interesse da classe ortodôntica Supranumerários - Implicações e Procedimentos Clínicos Os dentes supranumerários acometem 1 a 3% da população e são detectados geralmente em exames de rotina, afetando principalmente a dentadura permanente. maioria deles são assintomáticos e em 90% dos casos estão localizados na região anterior da maxila. Se não forem removidos precocemente, podem causar alterações no desenvolvimento da oclusão. Entre estas complicações destacam-se o apinhamento dentário, impacções de dentes permanentes, reabsorções radiculares, diastemas na linha média, erupção na cavidade nasal e formação de cisto primordial ou folicular. UNITERMOS: dentes supranumerários, irrupção ectópica. Supernumerary Teeth - Clinical implications and Procedures Supernumerary teeth are present in 1-3% of the population and are frequently detected during routine examination in dental office affecting mainly permanent dentition. Most of such teeth are asymptomatic and in 90% of the cases they are positioned in the anterior region of the upper jaw. If not removed early, they can lead changes in the development of occlusion. mong those side effects are dental crowding, impaction of permanent teeth, root resorption, midline spacing, tooth eruption in the nasal cavity and development of primordial or follicular cysts. UNITERMS: Supernumarary teeth, Ectopic teeth Renato Rodrigues de lmeida Celina Martins ajo Isbralde dilson Luiz Ramos C Hélio H. Terada D Rogério Ribeiro E Luiz Sérgio Carreiro F PROFESSOR SSISTENTE DOUTOR DO DEPRTMENTO DE ODONTOPEDITRI E ORTODONTI D FCULDDE DE ODONTOLOGI DE URU D UNIVERSIDDE DE SÃO PULO, URU-SP. PROFESSOR RESPONSÁVEL PEL DISCIPLIN DE ORTODONTI D FCULDDE DE ODONTOLOGI DE LINS E COORDENDOR DO CURSO DE ESPECILIZÇÃO EM ORTODONTI D FCULDDE DE ODONTOLOGI DE LINS - UNIMEP. ESPECILIST EM ORTODONTI E PROFESSOR DO CURSO DE ESPECILIZÇÃO EM ORTODONTI D FCULDDE DE ODONTOLOGI DE LINS - UNIMEP. C PROFESSOR DE ORTODONTI DO DEPRTMENTO DE ODONTOLOGI D UNIVERSIDDE ESTDUL DE MRINGÁ, MESTRE EM ORTODONTI PEL FCULDDE DE ODONTOLOGI DE URU- UNIVERSIDDE DE SÃO PULO, URU-SP, E COORDENDOR DO II CURSO DE ESPECILIZÇÃO EM ORTODONTI D MO (O - MRINGÁ). D PROFESSOR DE ORTODONTI DO DEPRTMENTO DE ODONTOLOGI D UNIVERSIDDE ESTDUL DE MRINGÁ, MESTRE E DOUTORNDO PEL FCULDDE DE ODONTOLOGI DE RRQUR - UNESP. Renato Rodrigues de lmeida E CIRURGIÃO DENTIST, GRDUDO PEL UNIVERSIDDE ESTDUL DE MRINGÁ. F PROFESSOR DE ORTODONTI D UNIVERSIDDE ESTDUL DE LONDRIN, MESTRE EM ORTODONTI PEL FCULDDE DE ODONTOLOGI DE URU, USP - URU. REVIST DENTL PRESS DE ORTODONTI E ORTOPEDI MXILR VOLUME 2, Nº 6 NOVEMRO / DEZEMRO

2 INTRODUÇÃO radiografia panorâmica tem se mostrado como importante método complementar de diagnóstico e planejamento odontológico. detecção precoce de cistos, reabsorções, impacções e dentes supranumerários entre outros problemas, facilitam a intervenção do profissional da área, evitando, muitas vezes, maiores complicações. Diante de uma suspeita de anormalidade detectada na radiografia ortopantomográfica, deve ser feita uma tomada periapical da área, ou mesmo uma oclusal 2, para avaliação com maior detalhe. Este procedimento requer muito menos radiação sobre o paciente em relação a quantidade necessária para a obtenção de uma série de radiografias periapicais da boca toda 3,25. LMEID et al 2 ressaltaram a importância da radiografia panorâmica também numa fase intermediária do tratamento, apresentando um caso ortodôntico onde o desenvolvimento tardio de pré-molares supranumerários não foi visível na radiografia inicial. Os supranumerários não irrompidos podem ser por acaso descobertos no exame radiográfico de rotina, sem a percepção dos efeitos nos dentes adjacentes, e raramente podem ser simplesmente mantidos sob observação radiográfica, porque causam, com freqüência, alterações no desenvolvimento da oclusão. REVISÃO DE LITERTUR Muitas teorias tem sido sugeridas para explicar a etiologia dos dentes supranumerários 15,27,31,33. alteração de desenvolvimento causada por uma hiperatividade da lâmina dentária é a hipótese mais aceita. FRMER e LWTON 12 e FOLEY et al 13 sugeriram a possibilidade de se originarem de restos epiteliais após o rompimento da lâmina dentária, tornando-se ativos para formação de outro dente. Diferentes etiologias podem explicar os vários tipos de supranumerários. CNGILOSI 10 enumerou algumas possíveis etiologias para o fenômeno. O atavismo (reaparecimento de dentes presentes em antepassados) o hiperdesenvolvimento do cordão epitelial, a hereditariedade, fissuras de lábio e palato além de outras alterações embriogênicas (síndromes), podem, segundo o autor justificam o desenvolvimento dos dentes supranumerários. KESSLER e KRUT 17 citaram o excesso de epitélio do germe dentário, a teoria da dicotomia (divisão do germe dentário) e a hiperatividade do ectomesênquima na iniciação da odontogênese como possíveis causas, também salientando o atavismo e a hereditariedade como fatores importantes neste distúrbio de desenvolvimento dentário. possibilidade de herança ligada ao sexo é suportada por RUNING et al 9, que observou a predileção maior para o sexo masculino na incidência de dentes supranumerários. SEDNO & GORLIN 30 relataram as bases genéticas para o desenvolvimento do mesiodens, supranumerário localizado na linha média da maxila (assim nomeado por OLK 6 ), concluindo ser um acontecimento autossômico dominante com penetração variável. influência genética no desenvolvimento destes dentes, caracterizada pela alta incidência de casos bilaterais simétricos, bem como distribuição na família em muitos casos, foi observada por muitos autores 17,28,33,34. Segundo MITCHELL 21, os dentes supranumerários podem ser classificados de acordo com sua posição ou forma. Três tipos são descritos baseados na localização: o Mesiodens, ocorrendo na região de linha média da premaxila; o Paramolar encontrado próximos aos segundos e terceiros molares; e o Distomolar, que se desenvolve mais distalmente. O autor ainda descreve quatro diferentes formas de dentes supranumerários na dentadura permanente. O mais comum supranumerário é o conóide, geralmente encontrado na região anterior média da maxila. O tipo Tuberculado possui forma arredondada e pode estar invaginado, também encontrado na mesma área, entretanto posicionado mais palatalmente do que a forma conóide. O terceiro tipo é chamado suplementar e se parece com um dente da série normal. E o quarto tipo de supranumerário, o autor considera o Odontoma. Os supranumerários podem apresentar-se isolados, em pares ou múltiplos. Este último caso é relatado na literatura geralmente associado à distúrbios embriológicos, como a displasia cleidocraniana 15 (Figs.1,,C,D), Síndrome de GRDNER 31 e fissuras de lábio e palato 32. YUSOF 35 descreve uma taxa de ocorrência de 21.2% para a síndrome de GRDNER, enquanto para os pacientes com fissura lábio-palatal a taxa de prevalência dos supranumerários é de 28%. STFNE 34 realizou o maior dos estudos envolvendo supranumerários. valiou radiografias periapicais da boca toda de adultos, constatando a presença de 500 supranumerários. maioria ocorreu na maxila (90%), sendo o mesiodens o mais prevalente. Em seguida vieram: o quarto molar, terceiro pré-molar inferior, incisivo lateral superior, terceiro pré-molar superior e o canino. SO 32 relatou uma incidência de 1 a 3% na população geral, sendo 90 a 98% localizados na maxila (particularmente na pré-maxila). inda cita a maior incidência no sexo masculino (2:1 em relação ao feminino). Segundo o autor, em 76 a 86% dos casos estes dentes aparecem isolados, em 12 a 23% apresentam-se em par e em menos de 1% são múltiplos. RUENSTEIN et al 27 numa amostra composta de pacientes ortodônticos, constataram que 0,64% apresentavam pré-molares supranumerários (Figs. 2,). Os pré-molares supranumerários superiores possuem uma morfologia variável, mas são predominante cônicos. Os da mandíbula tendem a assemelhar- REVIST DENTL PRESS DE ORTODONTI E ORTOPEDI MXILR VOLUME 2, Nº 6 NOVEMRO / DEZEMRO

3 C D Figura 1. Criança portadora de displasia cleidocraniana com flexão característica dos ombros (). specto radiográfico lateral (). Visão intra-bucal (C) e aspecto radiográfico panorâmico (D). Figura 2. 3º pré-molar supranumerário do lado direito (). Vista radiográfica periapical da região (). REVIST DENTL PRESS DE ORTODONTI E ORTOPEDI MXILR VOLUME 2, Nº 6 NOVEMRO / DEZEMRO

4 se à forma da coroa de um pré-molar normal. (KOCDERELI et al 19 ) Normalmente a complicação da presença destes dentes está relacionada ao apinhamento dentário decorrente da falta de espaço para estes elementos extras. lém disso, podem ocorrer impacções de dentes e reabsorções radiculares por pressão de um dente não irrompido 29,35. Outro problema que pode ocorrer, devido ao não irrompimento do supranumerário, é a formação de cisto dentígero. STFNE 34 encontrou que 5.5% dos casos de supranumerários apresentavam formação cística. O mesiodens, correspondendo de 45 a 66% dos casos, apresenta uma ampla variação de forma e tamanho, desde próximo a um incisivo central até um pequeno dente conóide. Pode apresentar-se individualmente ou em par, e quando impactado no processo alveolar pode encontrar-se invertido 11. Muitos mesiodens permanecem não irrompidos e apesar de maior frequência, o desenvolvimento de cisto é relativamente incomum, sendo relatado poucos casos na literatura 18,24. O tratamento a ser realizado diante de um caso de supranumerário poderá dispor de variadas condutas de acordo com a localização dos elementos, número e precocidade do diagnóstico. Visando prevenir o desenvolvimento dos problemas comumente associados aos dentes supranumerários, o tratamento indicado quase sempre consiste na remoção cirúrgica desses dentes, existindo variações, fundamentalmente, com relação à época mais apropriada para a sua execução, de acordo com as características peculiares a cada caso. Diversos autores 4,5,20,22, concordam que a remoção precoce dos dentes supranumerários justifica-se pela interferência com a irrupção ou a formação de dentes normais adjacentes prejudicando o desenvolvimento normal da oclusão, originando lesões císticas, ou irrompendo em posição ectópica. Por outro lado, em circunstâncias especiais, quando os dentes supranumerários não acarretam problemas para os dentes e estruturas vizinhas, pode ser realizado o acompanhamento e a observação periódica do caso, aguardando o término da rizogênese dos dentes adjacentes e o momento oportuno em que o paciente apresente uma idade que lhe permita aceitar melhor o procedimento cirúrgico. PRHIMOSCH 26 relata que a remoção pode não ser oportuna até que a formação da raiz adjacente esteja completa, geralmente entre 8 e 10 anos de idade. intervenção cirúrgica precoce é preferida, para induzir irrupção espontânea de incisivos permanentes, prevenir perda de espaço anterior, deslocamento de linha média, e extenso tratamento cirúrgico/ortodôntico. 1,16,18 Em muitas vezes o caso envolverá uma abordagem cirúrgico-ortodôntica, sugerindo condutas como nos casos a seguir: CSO CLÍNICO I 1 paciente J.G..P.F., com 6 anos e 2 meses de idade, apresentou-se com um microdente irrompido na região do incisivo central esquerdo decíduo (Fig. 3). Foi tomada uma radiografia ortopantomográfica, que mostrou tratarse de um caso de supranumerários (Fig. 3). presença de dois dentes extra provocou o deslocamento do germe dentário do incisivo central superior direito permanente. Diante desta situação, foi realizada a remoção cirúrgica dos supranumerários, para permitir a correta irrupção do dente afetado (Fig. 4). Também foi realizada a extração do incisivo central superior esquerdo decíduo, para acelerar a irrupção do sucessor permanente. pós a cicatrização, confeccionou-se um mantenedor de espaço que propiciou estética provisória e adequada função da língua durante a fonação e deglutição, evitando a instalação de hábitos deletérios (Fig. 4). pós um ano, os incisivos laterais decíduos esfoliaram-se e irromperam juntamente com o incisivo central direito, que estava numa posição mais profunda, causando uma irrupção mesializada do incisivo lateral adjacente, já que não encontrou seu guia de irrupção (Fig. 5). No exame da radiografia periapical, observou-se que o incisivo incluso estava em iminente irrupção, apresentando-se girovertido (Fig. 5). Utilizou-se um aparelho em W de Porter, para se corrigir a atresia superior manifestada nesta fase (Fig. 6). o mesmo tempo foi empregado um dispositivo fixo, composto por dois braquetes colocados no incisivo central esquerdo e no incisivo lateral direito, um segmento de fio,020 e uma mola de secção aberta ativada 2mm. Em 6 meses, o incisivo irrompeu girovertido, como esperado (Fig. 6). Numa visão radiográfica periapical, pudemos certificar de adequada formação radicular (Fig. 6C). Nestas condições, substituiu-se o aparelho de Porter por uma placa removível com ganchos para aplicar uma mecânica de rotação (binário). O incisivo central superior foi bandado e recebeu ganchos soldados nas faces distovestibular e mesiolingual. força aplicada foi de aproximadamente 40g, produzida por dois elásticos 3/16 (Fig. 7 e 7). Em dois meses já havia um melhor posicionamento do incisivo, entretanto, ocorreu uma recidiva do espaço obtido com a mecânica anterior (Fig. 8). Então, foi instituída nova recuperação de espaço, mediante o uso de aparelho fixo composto por braquetes colados aos incisivos centrais laterais, um fio.020 dobrado de forma a excluir o incisivo central direito, mola de secção aberta entre o incisivo lateral direito e o central esquerdo e um fio twist flex ligado a todos os incisivos para a correção da rotação (Fig. 8). Corrigida a giroversão, finalizou-se o alinhamento e nivelamento com um fio.016, simplificando-se o tratamento. pós 3 meses desta mecânica fixa, foram removidos todos os dispositivos ortodônticos. Como o incisivo central superior REVIST DENTL PRESS DE ORTODONTI E ORTOPEDI MXILR VOLUME 2, Nº 6 NOVEMRO / DEZEMRO

5 Figura 3. specto clínico () e radiográfico () do caso de supranumerário. Figura 4. specto inicial da remoção cirúrgica dos supra-numerários () e condição estética após a instalação do mantenedor de espaço (). Figura 5. specto clínico após irrupção dos incisivos central esquerdo e laterais direito e esquerdo () e radiograma periapical da área, demonstrando a iminente irrupção do incisivo central direito girovertido (). REVIST DENTL PRESS DE ORTODONTI E ORTOPEDI MXILR VOLUME 2, Nº 6 NOVEMRO / DEZEMRO

6 direito estava bem posicionado, mantendo um correto trespasse horizontal e vertical, a própria oclusão serviu de contenção, não necessitando de um aparelho para estabilizar a correção figura 9 apresenta uma radiografia panorâmica tomada 1 ano após o tratamento, demonstrando aspecto de normalidade ao final do segundo período transitório da dentadura mista. E após 2 anos de controle, pode-se observar as características normais na fase da dentadura permanente, ilustrada nas figuras 10, 10 e 10C. Em alguns casos, a simples intervenção cirúrgica e reorientação da via de irupção dentária por meio de aparelhos removíveis, é suficiente para devolver um padrão favorável de oclusão. s sequências das figuras dos casos cirúrgicos II e III ilustram estas evoluções. C Figura 6. Dispositivos ortodônticos utilizados para obtenção de espaço para a irrupção do incisivo incluso (); aspecto do incisivo logo após a irrupção (); rizogênese adequada do incisivo avaliada numa radiografia periapical (C). REVIST DENTL PRESS DE ORTODONTI E ORTOPEDI MXILR VOLUME 2, Nº 6 NOVEMRO / DEZEMRO

7 Figura 7. Dispositivo ortodôntico utilizado para a correção da rotação do incisivo central direito (, ). Figura 8. Dois meses após atuação com binário, houve perda de espaço para a correção do alinhamento do incisivo (); mecânica ortodôntica fixa aplicada subseqüentemente(). Figura 9. Radiografia panorâmica tomada 1 ano após o término do tratamento. C Figura 10. Características normais presentes após 2 anos de controle REVIST DENTL PRESS DE ORTODONTI E ORTOPEDI MXILR VOLUME 2, Nº 6 NOVEMRO / DEZEMRO

8 CSO CLÍNICO II Um paciente com 7 anos de idade procurou o tratamento ortodôntico, apresentando o incisivo central superior esquerdo girado (Fig. 11). pós a obtenção da radiografia periapical notou-se a presença de um mesiodens que alterou a via de erupção do incisivo central (Figs. 11). O dente supranumerário foi removido e instalou-se uma placa de Hawley com ganchos para a aplicação de forças binárias, utilizando-se elásticos 3/16 (Figs. 12 e 12). pós a correção da giroversão em 4 meses de tratamento, o diastema remanescente entre os dois incisivos centrais superiores foi resolvido com uma placa de Hawley e mola Figura 11. Incisivo central superior girovertido (). Radiografia periapical mostrando a presença do mesiodens (). Figura 12. Placa de Hawley com dispositivo para correção de rotação do 21 (). pós a correção da rotação (). digital (Fig. 13,), ativada a cada 3 semanas. Os aspectos clínicos e radiográficos, pré e pós tratamento ortodôntico, são apresentados nas figuras 14 e 15. REVIST DENTL PRESS DE ORTODONTI E ORTOPEDI MXILR VOLUME 2, Nº 6 NOVEMRO / DEZEMRO

9 Figura 13. Mola digital associada à placa de Hawley para o fechamento do diastema inter-incisivos. C D Figura 14. Características clínicas pré (,C) e pós-tratamento (,D). Figura 15. s radiografias panorâmicas mostram o caso antes () e após o tratamento ortodôntico (). REVIST DENTL PRESS DE ORTODONTI E ORTOPEDI MXILR VOLUME 2, Nº 6 NOVEMRO / DEZEMRO

10 CSO CLÍNICO III Outra terapia apenas com aparelhos removíveis foi eleita neste caso, onde o paciente, com 8 anos de idade apresentava um mesiodens (Fgs H) após a remoção cirúrgica do dente supranumerário (Fig. 17), uma placa de Hawley com mola digital foi instalada para mesializar o incisivo central e o lateral esquerdo (Figs. 18,, C). lém da recuperação de espaço para o canino superior esquerdo, o paciente apresentava infra-oclusão dos segundos molares decíduos inferiores, sugerindo agenesia dos dentes sucessores, o que não foi confirmado pelos exames radiográficos parciais (Figs. 19,). pós 6 meses de tratamento, os diastemas praticamente foram fechados (Figs. 20,, C, D), ativando-se as molas digitais de 3 em 3 semanas. Completado o 8º mês de terapia (Figs E), os molares decíduos em intra-oclusão foram removidos e foram instaladas placas de Hawley no arco superior e inferior para acompanhamento e orientação de erupção dos dentes sucessores (Figs. 22,, C, D) C D E F G H Figura 16. Paciente com 8 anos de idade, Classe I apresentando mesiodens. REVIST DENTL PRESS DE ORTODONTI E ORTOPEDI MXILR VOLUME 2, Nº 6 NOVEMRO / DEZEMRO

11 Figura 17. Uma semana após a remoção do dente supranumerário. Figura 18. Placa de Hawley associada a molas digitais para o fechamento de diastema inter-incisal e também para discreta vestibularização do incisivo lateral esquerdo. C D Figura 19. Molares decíduos em infra-oclusão C Figura 20. spectos clínicos após 6 meses de tratamento. D REVIST DENTL PRESS DE ORTODONTI E ORTOPEDI MXILR VOLUME 2, Nº 6 NOVEMRO / DEZEMRO

12 Figura 21. spectos clínicos após 8 meses de tratamento. C D E C D Figura 22. Foram instaladas Placas de Hawley nos arcos superior e inferior para manutenção de espaços. REVIST DENTL PRESS DE ORTODONTI E ORTOPEDI MXILR VOLUME 2, Nº 6 NOVEMRO / DEZEMRO

13 CSO CLÍNICO IV Uma paciente com 12 anos de idade procurou o tratamento ortodôntico pelo atraso na irrupção dos incisivos centrais e a presença de um dente atípico no lugar do 21. pós a obtenção da radiografia periapical da área, constatou-se a presença de mais um supranumerário não irrompido (Fig. 23,). Neste caso a presença dos dentes permanentes permitiu o tratamento com aparelho fixo, que foi utilizado para obtenção do espaço necessário para irrupção dos incisivos centrais, após a remoção Figura 23. specto clínico () e radiográfico () do caso de supranumerários da paciente com 12 anos de idade. dos supranumerários. mecânica utilizada envolveu a utilização da mola de secção aberta, obtendo espaço adequado para a irrupção dos incisivos centrais (Fig. 24, ). O incisivo central esquerdo irrompeu rapidamente, entretanto o central direito apresentou um certo atraso, o que conduziu a uma abordagem com tracionamento para acelerar o tratamento (Fig. 26, 27). pós o nivelamento e alinhamento inferior, foram soldados ganchos no fio inferior para servir de ancoragem ao tracionamento do incisivo antagonista (Fig. 25). Desta forma, cada vez que a paciente movimentava a mandíbula para baixo a tração era incentivada, e num curto espaço de tempo o dente 11 irrompeu (Fig. 28). Subseqüentemente o arco superior foi alinhado e nivelado finalizando-se o caso satisfatoriamente (Fig. 30 a 35). Figura 24. specto clínico () e radiográfico () após a obtenção do espaço REVIST DENTL PRESS DE ORTODONTI E ORTOPEDI MXILR VOLUME 2, Nº 6 NOVEMRO / DEZEMRO

14 Figura 25. specto clínico da montagem do aparelho fixo com ganchos inferiores para tração do 11. Figura 26. specto radiográfico antes da cirurgia. Figura 27. specto clínico da colagem do acessório para tração do 11. Figura 28. specto clínico da tração com elástico 5/16 após 2 meses de uso. REVIST DENTL PRESS DE ORTODONTI E ORTOPEDI MXILR VOLUME 2, Nº 6 NOVEMRO / DEZEMRO

15 Figura 29. spectos clínico () e radiográfico () iniciais. Figura 30. spectos clínico () e radiográfico () finais. REVIST DENTL PRESS DE ORTODONTI E ORTOPEDI MXILR VOLUME 2, Nº 6 NOVEMRO / DEZEMRO

16 C D E F Figura 31. specto clínicos e radiográficos antes (C,E) e após o tratamento (,,D,F) REVIST DENTL PRESS DE ORTODONTI E ORTOPEDI MXILR VOLUME 2, Nº 6 NOVEMRO / DEZEMRO

17 Figura 32. Telerradiografia em norma lateral inicial (12 anos de idade). Figura 33. Telerradiografia em norma lateral final (15 anos de idade). Figura 34. Vista frontal inicial. Figura 35. Vista frontal final. REVIST DENTL PRESS DE ORTODONTI E ORTOPEDI MXILR VOLUME 2, Nº 6 NOVEMRO / DEZEMRO

18 REFERÊNCIS ILIOGRÁFICS 01 - LMEID, R. R.; RMOS,. L. R.; CRREIRO, L. S. Supranumerário - Tratamento cirúrgico-ortodôntico : caso clínico. Ortod. Paranaense, v. 15, n. 1, p. 9-14, LMEID, R. R., VSCONCELOS, M.H.F., INSRLDE, C.M.. Importância das radiografias panorâmicas intermediárias em tratamentos ortodônticos. Rev Fac Odonto Lins, v. 1, n. 1, p , LVRES, L. C.; TVNO, O. Curso de Radiologia em Odontologia. São Paulo : Ed. Santos RREN, M. V. Surgical treatment of an unerupted supernumerary tooth attached to an unerupted permanent incisor. Pediat Dent, v. 5, n. 1, p. 83-4, Mar ECKER,. et al. Interdisciplinary treatment of multiple unerupted supernumerary teeth. m J Orthod Dentofacial Orthop, v. 81, n. 5, p , may OLK, L. Die Verberzahnlinger Oberen Incisiven des Menschen. Deutsche Monatsch Zahnh, v. 35, p. 185, REZNIK, N., MEIDN, Z., LIEERMN, M. Orthodontic positioning of an impacted supernumerary tooth : report of case. Quint Int, v. 21, n. 4, p , RIN, I.; ZILERMN, Y.; ZZ,. The unerupted maxillary central incisor : review of its etiology and treatment. J Dent Child, v. 49, p , september/october, RUNING, L.J.; DUNLOP, L.; MERGECE, M.E. Report of supernumerary teeth in school childen. J Dent Child, v. 24, p , CNGILOSI, T.J. Management of a Maxillary central incisor impacted by a supernumerary tooth. J mer Dent ss, v. 105, n. 5, p , CRVER, DD., PETERSON, SS., LEE.,. ilateral inverted supernumerary teeth. Oral Surg Oral Med Oral Pathol, v. 70, n. 1, p. 127, FRMER, E.D. & LWTON, F.E. Stone s Oral and dental diseases. 5. ed. Ednburgh: E &. S. Livingstonl Ltd, 1996, p FOLEY, M.F.; DEL RIO, C. Supernumerary teeth, Report of a case. Oral Surg Oral Med Oral Pathol, v. 30, p , FOSTER, T.D.; TYLOR, G.S. Characteristics of supernumerary teeth in the upper central incisor region. Dent Pract, v. 20, p. 8-12, FRME, K., EVNS, RIN. Progressive development of supranumerary teeth in cleidocranial dysplasia. r J Orthod, v. 16, n. 2, p , FREITS, M.R. et al. Dentes Supranumerários. Relato de um caso clínico acompanhado durante dez anos. Ortodontia, v. 26, n. 1, p. 92-7, KEELER, C.E. Heredity in Dentistry. Dental Cosmos, v. 77, p , KESSLER, H.P., KRUT, R.. Dentigerous cyst associated with an impacted mesiodens. Gen Dent, v. 37, n. 1, p. 47-9, KOCDERELI, I.; CIGER, S.; CKIRER,. Case report lateforming supernumeraries in the premolar regions. J Clin Orth, v. 28, n. 3, p , MCDONLD, R. E.; VERY, D. R. Odontopediatria (4 ed). Rio de Janeiro : Guanabara Koogan, 1988, p MITCHELL, L. Supernumerary teeth. Dental Update, p , march, NZIF, M. M.; RUFFLO, R. C.; ZULLO, I. Impacted supernumerary teeth : a survey of 50 cases. J m Dent ssoc, v. 106, p , OLIVER, R.G. n invisible supernumerary tooth. r J Orthod, v. 15, n. 1, p. 23-5, PPDOPOLUS, M.S. n unusual case of a dentigerous cyst due to a mesiodens. r J Oral Surg, v. 19, p , PETIT, G.G. Panoramic radiography. Dent Clin N mer, v.15, p , PRHIMOSCH, R. E. nterior supernumerary teeth assesment and surgical intervention in children. Pediat Dent, v. 3, p , RUENSTEIN, L.K. et al. Development of supernumerary premolars in anorthodontic population. Oral Surg Oral Med Oral Pathol, v. 71, n. 3, p , RUHLMN, D.C. & NEELY,.R. Multiple impacted and erupted supranumerary teeth. Oral Surg Oral Med Oral Pathol, v. 17, p , SSKUR, H., YOSHID, T., MRYM et al. Root resorption of upper permanent incisor caused by impacted canine. Int J Oral Surg, v. 13, p , SEDNO, H.O., GORLIN, R.J. Familial occurrence of mesiodens. Oral Surg, v. 27, n. 3, p , SHFER, W.G. Tratado de Patologia ucal. 4 ed. Rio de Janeiro : Interamericana. 1985, 43 p SO, L.L.Y. Unusual supernumerary teeth. ngle Orthod, v. 60, n. 4, p , STFNE, E.C. Supernumerary upper central incisor. Dental Cosmos, v. 73, p , STFNE, E.C. Supernumerary teeth. Dental Cosmos, v. 74, p. 653, TRCEY, C. LEE, R.T. Root resorption: the agressive unerupted second premolar. r J Orthod, v. 12, p , YUSOF, W.Z. Non-syndrome multiple supernumerary teeth: a literature review. J Can Dent ssoc, v. 56, n. 2, p , REVIST DENTL PRESS DE ORTODONTI E ORTOPEDI MXILR VOLUME 2, Nº 6 NOVEMRO / DEZEMRO

Tracionamento ortodôntico de incisivos central e lateral superiores impactados: caso clínico

Tracionamento ortodôntico de incisivos central e lateral superiores impactados: caso clínico Caso Clínico Tracionamento ortodôntico de incisivos central e lateral superiores impactados: caso clínico Plínio Coutinho Vilas Boas*, Luís Antônio Alves Bernardes**, Matheus Melo Pithon***, Diogo Piacentini

Leia mais

Reginaldo César Zanelato

Reginaldo César Zanelato Reginaldo César Zanelato Nos pacientes portadores da má oclusão de Classe II dentária, além das opções tradicionais de tratamento, como as extrações de pré-molares superiores e a distalização dos primeiros

Leia mais

RECUPERADORES DE ESPAÇO E SUA APLICAÇÃO CLÍNICA

RECUPERADORES DE ESPAÇO E SUA APLICAÇÃO CLÍNICA FOL Faculdade de Odontologia de Lins / UNIMEP RECUPERADORES DE ESPAÇO E SUA APLICAÇÃO CLÍNICA GUIDELINES ON THE USE OF SPACE REGAIN RENATO RODRIGUES DE ALMEIDA Professor assistente doutor do Departamento

Leia mais

Mordida Profunda Definição. Trespasse vertical

Mordida Profunda Definição. Trespasse vertical Mordida Profunda Definição Trespasse vertical Mordida Profunda Diagnóstico Os fatores que contribuem variam de acordo com a oclusão: u Em boas oclusões é determinda por fatores dentários: t Comprimento

Leia mais

INCISIVOS MAXILARES IMPACTADOS

INCISIVOS MAXILARES IMPACTADOS Miguel da Nóbrega Médico Especialista em Estomatologia DUO Faculdade de Cirurgia Dentária Universidade Toulouse miguel.nobrega@ortofunchal.com INCISIVOS MAXILARES IMPACTADOS ETIOLOGIA Aos anos, na maior

Leia mais

RADIOLOGIA EM ORTODONTIA

RADIOLOGIA EM ORTODONTIA RADIOLOGIA EM ORTODONTIA Sem dúvida alguma, o descobrimento do RX em 1.895, veio revolucionar o diagnóstico de diversas anomalias no campo da Medicina. A Odontologia, sendo área da saúde, como não poderia

Leia mais

Tratamento da má oclusão de Classe II divisão 1 a, através de recursos ortodônticos e ortopédicos faciais (funcionais e mecânicos): relato de caso

Tratamento da má oclusão de Classe II divisão 1 a, através de recursos ortodônticos e ortopédicos faciais (funcionais e mecânicos): relato de caso Caso Clínico Tratamento da má oclusão de Classe II divisão 1 a, através de recursos ortodônticos e ortopédicos faciais (funcionais e mecânicos): relato de caso José Euclides Nascimento* Luciano da Silva

Leia mais

PATRÍCIA MEDEIROS ARAÚJO

PATRÍCIA MEDEIROS ARAÚJO PATRÍCIA MEDEIROS ARAÚJO OCORRÊNCIA DE DENTES EXTRANUMERÁRIOS EM PACIENTES ATENDIDOS NO CENTRO CIRÚRGICO DA CLÍNICA ODONTOLÓGICA UNIVERSITÁRIA (COU) NO PERÍODO DE 2007 A 2012 Londrina 2013 PATRÍCIA MEDEIROS

Leia mais

incisivos inferiores 1,3,4,6. Há também um movimento do nariz para frente, tornando o perfil facial menos côncavo e, conseqüentemente,

incisivos inferiores 1,3,4,6. Há também um movimento do nariz para frente, tornando o perfil facial menos côncavo e, conseqüentemente, Série Aparelhos Ortodônticos MÁSCARA FACIAL INTRODUÇÃO Inúmeras formas de tratamento têm sido relatadas para a correção precoce da má oclusão de Classe III. No entanto, talvez por muitos casos necessitarem

Leia mais

DISPLASIA CLEIDOCRANIANA - RELATO DE CASO Rhaiza Carla Longo* Róger Reche* Claiton Tirello** Fabiane Schreiner***

DISPLASIA CLEIDOCRANIANA - RELATO DE CASO Rhaiza Carla Longo* Róger Reche* Claiton Tirello** Fabiane Schreiner*** DISPLASIA CLEIDOCRANIANA - RELATO DE CASO Rhaiza Carla Longo* Róger Reche* Claiton Tirello** Fabiane Schreiner*** *Acadêmicos do curso de Odontologia da Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai

Leia mais

Aula 4: TÉCNICA RADIOGRÁFICA INTRA-ORAL

Aula 4: TÉCNICA RADIOGRÁFICA INTRA-ORAL Aula 4: TÉCNICA RADIOGRÁFICA INTRA-ORAL Técnicas Radiográficas Periapical Exame do dente e osso alveolar que o rodeia; Interproximal Diagnóstico de cáries proximais, excessos marginais de restaurações;

Leia mais

ACHADOS CLÍNICOS E RADIOGRÁFICOS DE DENTE SUPRANUMERÁRIO NA REGIÃO POSTERIOR DA MAXILA

ACHADOS CLÍNICOS E RADIOGRÁFICOS DE DENTE SUPRANUMERÁRIO NA REGIÃO POSTERIOR DA MAXILA ACHADOS CLÍNICOS E RADIOGRÁFICOS DE DENTE SUPRANUMERÁRIO ACHADOS CLÍNICOS E RADIOGRÁFICOS DE DENTE SUPRANUMERÁRIO NA REGIÃO POSTERIOR DA MAXILA 253 CLINICAL AND RADIOGRAPHIC FINDINGS OF SUPERNUMERARY TOOTH

Leia mais

ANOMALIAS DENTÁRIAS EM PACIENTES PORTADORES DE FISSURAS LABIOPALATINAS: REVISÃO DE LITERATURA

ANOMALIAS DENTÁRIAS EM PACIENTES PORTADORES DE FISSURAS LABIOPALATINAS: REVISÃO DE LITERATURA Edited by Foxit PDF Editor Copyright (c) by Foxit Software Company, 2004 For Evaluation Only. ANOMALIAS DENTÁRIAS EM PACIENTES PORTADORES DE FISSURAS LABIOPALATINAS: REVISÃO DE LITERATURA DENTAL ANOMALIES

Leia mais

LINK CATÁLOGO DE EXAMES

LINK CATÁLOGO DE EXAMES Porque pedir um exame radiográfico? LINK CATÁLOGO DE EXAMES O exame radiográfico é solicitado para a visualização clinica das estruturas ósseas da cavidade bucal. Para isso, existem as mais diversas técnicas

Leia mais

MÁ-OCLUSÃO. Ortodontista: Qualquer desvio de posição do dente em relação ao normal

MÁ-OCLUSÃO. Ortodontista: Qualquer desvio de posição do dente em relação ao normal MÁ-OCLUSÃO Ortodontista: Qualquer desvio de posição do dente em relação ao normal Sanitarista: Inconveniente estético ou funcional de grande magnitude que possa interferir no relacionamento do indivíduo

Leia mais

Uso da Tomografia Computadorizada para Diagnóstico de Caninos Inclusos

Uso da Tomografia Computadorizada para Diagnóstico de Caninos Inclusos ISSN 1981-3708 Uso da Tomografia Computadorizada para Diagnóstico de Caninos Inclusos Use of Computed Tomography for Diagnostics of Canines Included Flávio R. MANZI 1, Emanuelle F. FERREIRA 2, Tatiana

Leia mais

Tratamento de Classe II, Divisão 1, com ausência congênita de incisivo lateral superior

Tratamento de Classe II, Divisão 1, com ausência congênita de incisivo lateral superior A RTIGO DE D IVULGA ÇÃO Tratamento de Classe II, Divisão 1, com ausência congênita de incisivo lateral superior Roberto M. A. LIMA FILHO*, Anna Carolina LIMA**, José H. G. de OLIVEIRA***, Antonio C. de

Leia mais

Alternativa Clínica para Recuperação de Espaço de Dentes Impactados

Alternativa Clínica para Recuperação de Espaço de Dentes Impactados CASO CLÍNICO Alternativa Clínica para Recuperação de Espaço de Dentes Impactados Clinical Alternative to Space Gain for Impacted Teeth Paulo Cesar Raveli CHIAVINI* Luiz Gonzaga GANDINI JR** Ary dos SANTOS-PINTO**

Leia mais

MANTENEDORES DE ESPAÇO

MANTENEDORES DE ESPAÇO MANTENEDORES DE ESPAÇO Conceito São aparelhos ortodônticos usados para manter o espaço nas arcadas dentárias, por perda precoce de dentes decíduos. Classificação Quanto ao uso: fixos semifixos removíveis

Leia mais

DENTE SUPRANUMERÁRIO RETIDO NO SEIO MAXILAR - RELATO DE CASO CLÍNICO CIRÚRGICO

DENTE SUPRANUMERÁRIO RETIDO NO SEIO MAXILAR - RELATO DE CASO CLÍNICO CIRÚRGICO 199 DENTE SUPRANUMERÁRIO RETIDO NO SEIO MAXILAR - SUPERNUMERARY IMPACTED TOOTH IN THE MAXILLARY SINUS - REPORT OF SURGICAL CLÍNICAL CASE Hugo COSTA E COSTA * Silvan CORRÊA ** Antônio José Duarte FERREIRA

Leia mais

ANA PAULA PERES PRETTI PISCITELLI DENTES IMPACTADOS NITERÓI

ANA PAULA PERES PRETTI PISCITELLI DENTES IMPACTADOS NITERÓI 1 ANA PAULA PERES PRETTI PISCITELLI DENTES IMPACTADOS NITERÓI 2012 2 ANA PAULA PERES PRETTI PISCITELLI DENTES IMPACTADOS Monografia apresentada a Faculdade Redentor, como requisito para obtenção do título

Leia mais

Transposição dentária: um desafio na clínica ortodôntica - relato de caso

Transposição dentária: um desafio na clínica ortodôntica - relato de caso Caso Clínico Transposição dentária: um desafio na clínica ortodôntica - relato de caso Otávio José Praxedes Neto*, Sergei Godeiro Fernandes Rabelo Caldas**, Angela Maria de Medeiros** Resumo Transposição

Leia mais

Diagnóstico da transposição dentária na ótica da clinica ortodôntica: utilização de tomografia computadorizada com

Diagnóstico da transposição dentária na ótica da clinica ortodôntica: utilização de tomografia computadorizada com RELATO DE CASO Diagnóstico da transposição dentária na ótica da clinica ortodôntica: utilização de tomografia computadorizada com feixe cônico Tooth transposition diagnosis in the perspective of orthodontics:

Leia mais

Má oclusão Classe I de Angle, com acentuada biprotrusão, tratada com extrações de dentes permanentes*

Má oclusão Classe I de Angle, com acentuada biprotrusão, tratada com extrações de dentes permanentes* C a s o C l í n i c o O Má oclusão Classe I de ngle, com acentuada biprotrusão, tratada com extrações de dentes permanentes* Marco ntônio Schroeder** Resumo Este relato de caso descreve o tratamento de

Leia mais

Extração Seriada, uma Alternativa

Extração Seriada, uma Alternativa Artigo de Divulgação Extração Seriada, uma Alternativa Serial Extraction, an Alternative Procedure Evandro Bronzi Resumo A extração seriada é um procedimento ortodôntico que visa harmonizar

Leia mais

ANÁLISE DA DENTIÇÃO MISTA

ANÁLISE DA DENTIÇÃO MISTA 1 ANÁLISE DA DENTIÇÃO MISTA INTRODUÇÃO O período da dentição mista inicia-se por volta dos 6 anos de idade com a erupção dos primeiros molares permanentes, e termina ao redor dos 12 anos de idade, com

Leia mais

Efetividade na Correção da Irrupção Ectópica dos Primeiros Molares Permanentes

Efetividade na Correção da Irrupção Ectópica dos Primeiros Molares Permanentes Efetividade na Correção da Irrupção Ectópica dos Primeiros Molares Permanentes Effectiveness on Correction of the Ectopic Eruption of the First Permanent Molars Autores: Eto*, L.F.; Correa** P.H.; Da Silva***

Leia mais

Extração atípica de incisivos centrais superiores: relato de caso clínico Atypical extraction of maxillary central incisors: case report

Extração atípica de incisivos centrais superiores: relato de caso clínico Atypical extraction of maxillary central incisors: case report RELATO DE CASO Extração atípica de incisivos centrais superiores: relato de caso clínico Atypical extraction of maxillary central incisors: case report MARCOS VALÉRIO FERRARI 1 JOSÉ RICARDO SCANAVINI 2

Leia mais

Hiperdontia: Relato de Caso com 8 Elementos Supranumerários Hyperdontia: a case report with 8 supernumerary teeth

Hiperdontia: Relato de Caso com 8 Elementos Supranumerários Hyperdontia: a case report with 8 supernumerary teeth Relato de Caso com 8 Elementos Supranumerários Hyperdontia: a case report with 8 supernumerary teeth Tiago Estevam de Almeida * Jesus Saavedra Junior ** Yataro Kawakami *** Carla Andréa Palis **** Pérsio

Leia mais

ISABEL CRISTINA DA SILVEIRA MACHADO CANINOS INCLUSOS NITERÓI RJ

ISABEL CRISTINA DA SILVEIRA MACHADO CANINOS INCLUSOS NITERÓI RJ ISABEL CRISTINA DA SILVEIRA MACHADO CANINOS INCLUSOS NITERÓI RJ 2011 ISABEL CRISTINA DA SILVEIRA MACHADO CANINOS INCLUSOS Monografia apresentada ao curso de Especialização em Ortodontia da Faculdade Redentor,

Leia mais

ELEMENTOS ESSENCIAIS DIAGNÓSTICO. Prof. Hélio Almeida de Moraes.

ELEMENTOS ESSENCIAIS DIAGNÓSTICO. Prof. Hélio Almeida de Moraes. ELEMENTOS ESSENCIAIS DE DIAGNÓSTICO Prof. Hélio Almeida de Moraes. ÍNDICE INTRODUÇÃO 1 Documentação do Paciente: 2 1- Ficha Clínica:- 2 A- Identificação: 2 B- Anamnese: 3 História da Família 3 História

Leia mais

Descrição, passo a passo, do aparelho de Herbst com coroas de açoa. o superiores e splint removível vel inferior

Descrição, passo a passo, do aparelho de Herbst com coroas de açoa. o superiores e splint removível vel inferior Descrição, passo a passo, do aparelho de Herbst com coroas de açoa o superiores e splint removível vel inferior MORO, A.; et al. Descrição, passo a passo, do aparelho de Herbst com coroas de aço superiores

Leia mais

TRATAMENTO ORTODÔNTICO DA MORDIDA ABERTA ANTERIOR EM PACIENTES ADULTOS

TRATAMENTO ORTODÔNTICO DA MORDIDA ABERTA ANTERIOR EM PACIENTES ADULTOS TRATAMENTO ORTODÔNTICO DA MORDIDA ABERTA ANTERIOR EM PACIENTES ADULTOS Jorge Ferreira Rodrigues 1 Marcella Maria Ribeiro do Amaral Andrade 2 Ernesto Dutra Rodrigues 3 Resumo O tratamento ortodôntico da

Leia mais

Abordagem Cirúrgica de Dente Supranumerário (Mesiodens) na Região Palatina: Caso Clínico

Abordagem Cirúrgica de Dente Supranumerário (Mesiodens) na Região Palatina: Caso Clínico CASO CLÍNICO Abordagem Cirúrgica de Dente Supranumerário (Mesiodens) na Região Palatina: Caso Clínico Marcelo Rodrigues Azenha*, Daniel Luiz Gaertner Zorzetto**, Clóvis Marzola***, Leonardo Alonso de Moura*,

Leia mais

2. Quando o implante dental é indicado?

2. Quando o implante dental é indicado? Dúvidas sobre implantodontia: 1. O que são implantes? São cilindros metálicos (titânio) com rosca semelhante a um parafuso que são introduzidos no osso da mandíbula (arco inferior) ou da maxila (arco superior),

Leia mais

5. MANEJO DOS DIVERSOS ESTÁGIOS DO DESENVOLVIMENTO DA OCLUSÃO

5. MANEJO DOS DIVERSOS ESTÁGIOS DO DESENVOLVIMENTO DA OCLUSÃO 5. MANEJO DOS DIVERSOS ESTÁGIOS DO DESENVOLVIMENTO DA OCLUSÃO Elaborado por: Bernardo Quiroga Souki (coordenador) Maria Celina Siquara da Rocha Ronald de Freitas Paixão Objetivo A Associação Brasileira

Leia mais

Uma vez estando estabelecidos os conceitos de oclusão normal, a etapa. subseqüente do processo de aprendizado passa a ser o estudo das variações

Uma vez estando estabelecidos os conceitos de oclusão normal, a etapa. subseqüente do processo de aprendizado passa a ser o estudo das variações 1 INTRODUÇÃO Uma vez estando estabelecidos os conceitos de oclusão normal, a etapa subseqüente do processo de aprendizado passa a ser o estudo das variações desse padrão. Vale a pena relembrarmos a definição

Leia mais

Aplicação da versatilidade do aparelho pré-ajustado MBT, nos casos que apresentam os incisivos laterais superiores em linguoversão

Aplicação da versatilidade do aparelho pré-ajustado MBT, nos casos que apresentam os incisivos laterais superiores em linguoversão Caso Clínico Aplicação da versatilidade do aparelho pré-ajustado MBT, nos casos que apresentam os incisivos laterais superiores em linguoversão Reginaldo César Zanelato*, Sáverio Mandetta**, Cássia Terezinha

Leia mais

Cobertura dos Planos Odontológicos OdontoPrev

Cobertura dos Planos Odontológicos OdontoPrev Cobertura dos Planos Odontológicos OdontoPrev Plano Integral... TRATAMENTO AMBULATORIAL/DIAGNÓSTICO Consulta EMERGÊNCIA Colagem de fragmentos (consiste na recolocação de partes de dente que sofreu fratura,

Leia mais

IGC - Índice do Grau de Complexidade

IGC - Índice do Grau de Complexidade IGC - Índice do Grau de Complexidade Uma medida da complexidade do caso DI -American Board of Orthodontics Autorização American Board of Orthodon1cs- ABO Atualização: 13.05.2013 12. Outros Itens pontuados

Leia mais

Dentes supranumerários retidos interferindo no tratamento ortodôntico

Dentes supranumerários retidos interferindo no tratamento ortodôntico ISSN 1806-7727 Dentes supranumerários retidos interferindo no tratamento ortodôntico Supernumerary teeth interfering in the orthodontic treatment Luís Francisco Gomes REIS* Allan GIOVANINI** Eli Luis NAMBA***

Leia mais

Assessoria ao Cirurgião Dentista

Assessoria ao Cirurgião Dentista Assessoria ao Cirurgião Dentista Publicação mensal interna a Papaiz edição IV agosto de 2014 Escrito por: Dr. André Simões, radiologista da Papaiz Diagnósticos Odontológicos por Imagem 11 3894 3030 papaizassociados.com.br

Leia mais

Palavras chaves: Traumatismos dentários ; Dentes decíduos ; Dentes permanentes

Palavras chaves: Traumatismos dentários ; Dentes decíduos ; Dentes permanentes TRAUMATISMO EM DENTES DECÍDUOS E SUA REPERCUSSÃO EM DENTES PERMANENTES JOVENS: RELATO DE CASO Márcia Cançado FIGUEIREDO 1 ;Sérgio Estelita Cavalcante BARROS 1 ;Deise PONZONI 1 Raissa Nsensele NYARWAYA

Leia mais

Tratamento de Diastema entre Incisivos Centrais Superiores com Aparelho Fixo Combinado a Aparelho Removível: Casos Clínicos

Tratamento de Diastema entre Incisivos Centrais Superiores com Aparelho Fixo Combinado a Aparelho Removível: Casos Clínicos CSO CLÍNICO Tratamento de Diastema entre Incisivos Centrais Superiores com parelho Fixo Combinado a parelho Removível: Casos Clínicos Interincisal Diastema Treatment with Fixed and Removable Combined ppliances:

Leia mais

Ciência e prática. Importância do tratamento ortodôntico como auxílio da reabilitação oral

Ciência e prática. Importância do tratamento ortodôntico como auxílio da reabilitação oral Importância do tratamento ortodôntico como auxílio da reabilitação oral 36 MAXILLARIS OUTUBRO 2015 Ciência e prática : Margarida Malta Médica dentista. Licenciada no Instituto Superior de Ciencias da Saúde

Leia mais

Tratamento da Má Oclusão de Classe II com Extração de Pré -Molares Superiores

Tratamento da Má Oclusão de Classe II com Extração de Pré -Molares Superiores Tratamento da Má Oclusão de Classe II com Extração de Pré -Molares Superiores Adriano César Trevisi Zanelato Coordenador do curso de especialização em Ortodontia pela Escola de Odontologia Cuiabá (MT).

Leia mais

Aula 9: Laudo Radiográfico

Aula 9: Laudo Radiográfico Aula 9: Laudo Radiográfico Autora: Profª. Rosana da Silva Berticelli Edição: Luana Christ e Bruna Reuter Definição: É a interpretação das imagens radiográficas, reconhecendo as estruturas e reparos anatômicos

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECIALIZADOS

CONHECIMENTOS ESPECIALIZADOS CONHECIMENTOS ESPECIALIZADOS 31) Sobre a reabsorção localizada severa, é correto afirmar que a) os dentes com dilaceração são fatores de risco. b) o tratamento ortodôntico não é o principal fator etiológico.

Leia mais

CRONOGRAMA CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA. APROVADO: MEC e CFO

CRONOGRAMA CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA. APROVADO: MEC e CFO CRONOGRAMA CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA APROVADO: MEC e CFO 1º. MÓDULO: 1º. DIA: Apresentação da Especialização / Aula teórica de Classificação das Más-oclusões 2º. DIA: Aula teórica de Etiologia

Leia mais

Tomografia Computorizada Dental

Tomografia Computorizada Dental + Universidade do Minho M. I. Engenharia Biomédica Beatriz Gonçalves Sob orientação de: J. Higino Correia Tomografia Computorizada Dental 2011/2012 + Casos Clínicos n Dentes privados do processo de erupção

Leia mais

Tracionamento ortodôntico: possíveis consequências nos caninos superiores e dentes adjacentes

Tracionamento ortodôntico: possíveis consequências nos caninos superiores e dentes adjacentes I n s i g h t O r t o d ô n t i c o Tracionamento ortodôntico: possíveis consequências nos caninos superiores e dentes adjacentes Parte 3: anquilose alveolodentária, reabsorção dentária por substituição,

Leia mais

Impacção Dentária: Condutas Clínicas - Apresentação de Casos Clínicos

Impacção Dentária: Condutas Clínicas - Apresentação de Casos Clínicos Artigo de Divulgação Relatos clínicos e de técnicas, investigações científicas e revisões literárias Impacção Dentária: Condutas Clínicas - Apresentação de Casos Clínicos Os autores discutem as condutas

Leia mais

REVISÃO DE LITERATURA

REVISÃO DE LITERATURA 0 FACULDADES UNIDAS DO NORTE DE MINAS - FUNORTE INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE MÔNICA DA SILVA PORTO CANINOS IMPACTADOS E ECTÓPICOS: REVISÃO DE LITERATURA SANTA CRUZ DO SUL, RS 2013 1 MÔNICA DA SILVA PORTO

Leia mais

INSTITUTO DE CIÊNCIAS DE SAÚDE FUNORTE MEGLEINE CAMILO SILVA MONTEIRO TÉCNICAS DE TRACIONAMENTO DE CANINO SUPERIOR IMPACTADO

INSTITUTO DE CIÊNCIAS DE SAÚDE FUNORTE MEGLEINE CAMILO SILVA MONTEIRO TÉCNICAS DE TRACIONAMENTO DE CANINO SUPERIOR IMPACTADO INSTITUTO DE CIÊNCIAS DE SAÚDE FUNORTE MEGLEINE CAMILO SILVA MONTEIRO TÉCNICAS DE TRACIONAMENTO DE CANINO SUPERIOR IMPACTADO Águas Claras-DF 2014 MEGLEINE CAMILO SILVA MONTEIRO TÉCNICAS DE TRACIONAMENTO

Leia mais

TRACIONAMENTO ORTODÔNTICO DE DENTES INCLUSOS UTILIZANDO DIFERENTES MÉTODOS

TRACIONAMENTO ORTODÔNTICO DE DENTES INCLUSOS UTILIZANDO DIFERENTES MÉTODOS TRACIONAMENTO ORTODÔNTICO DE DENTES INCLUSOS UTILIZANDO DIFERENTES MÉTODOS Igor Constantin Merlini* Júlia Melo de Abreu Vieira* Juliana Vieira Claudino* Klinger Pascoal Pereira* Larissa Costa Cardoso*

Leia mais

A Inter-relação Ortodontia e Prótese: apresentação de um. Caso Clínico. Caso Clínico

A Inter-relação Ortodontia e Prótese: apresentação de um. Caso Clínico. Caso Clínico Caso Clínico Apresentação ilustrada de casos tratados em Ortopedia, Ortodontia e/ou Cirurgia Ortognática A Inter-relação Ortodontia e Prótese: apresentação de um Caso Clínico Os autores apresentam o relato

Leia mais

Abordagem Segmentada para Intrusão Simultânea ao Fechamento de Espaço: Biomecânica do Arco Base de Três Peças

Abordagem Segmentada para Intrusão Simultânea ao Fechamento de Espaço: Biomecânica do Arco Base de Três Peças rtigo Traduzido bordagem Segmentada para Intrusão Simultânea ao Fechamento de Espaço: iomecânica do rco ase de Três Peças Segmented pproach to Simultaneous Intrusion and Space Closure: iomechanics of the

Leia mais

QUARTO MOLAR INCLUSO: RELATO DE CASO. Fourth Impacted Molar: a Case Report

QUARTO MOLAR INCLUSO: RELATO DE CASO. Fourth Impacted Molar: a Case Report QUARTO MOLAR INCLUSO: RELATO DE CASO Fourth Impacted Molar: a Case Report Recebido em 11/2004 Aprovado em 03/2005 André Vajgel Fernandes* Nélson Studart Rocha* Renata de Albuquerque Cavalcanti Almeida*

Leia mais

FECHAMENTO DE ESPAÇOS

FECHAMENTO DE ESPAÇOS FECHAMENTO DE ESPAÇOS Rua 144, n 77 - Setor Marista - Goiânia (GO) - CEP 74170-030 - PABX: (62) 278-4123 - 1 - Introdução Podemos definir essa etapa do tratamento ortodôntico como aquela onde o principal

Leia mais

A Importância do diagnóstico e intervenção precoce no tratamento das maloclusões em odontopediatria

A Importância do diagnóstico e intervenção precoce no tratamento das maloclusões em odontopediatria A Importância do diagnóstico e intervenção precoce no tratamento das maloclusões em odontopediatria The importance of early diagnosis and intervention in the treatment of malocclusion in pediatric dentistry

Leia mais

manter um dente recém- período suficientemente prolongado correção ortodôntica que se conceito polêmico.

manter um dente recém- período suficientemente prolongado correção ortodôntica que se conceito polêmico. Introdução CONTENÇÕES EM ORTODONTIA em ortodontia é o procedimento para manter um dente recém- movimentado em posição por um período suficientemente prolongado para assegurar a manutenção da correção ortodôntica

Leia mais

Tratamento da transposição de canino e pré-molar superior unilateral: abordagem por meio de mecânica segmentada

Tratamento da transposição de canino e pré-molar superior unilateral: abordagem por meio de mecânica segmentada Caso Clínico Tratamento da transposição de canino e pré-molar superior unilateral: abordagem por meio de mecânica segmentada Leopoldino Capelozza Filho*, Mauricio de Almeida Cardoso**, João Cardoso Neto***

Leia mais

The Odontogenic Cyst in Children: Analysis of the Surgical Decompression in 2 Cases

The Odontogenic Cyst in Children: Analysis of the Surgical Decompression in 2 Cases Cistos odontogênicos em crianças: análise da descompressão cirúrgica em dois casos The Odontogenic Cyst in Children: Analysis of the Surgical Decompression in 2 Cases Recebido em 05/02/2008 Aprovado em

Leia mais

Importância do exame radiográfico

Importância do exame radiográfico Exames e Indicações Importância do exame radiográfico O exame radiográfico de rotina associado ao exame clínico é a maneira mais efetiva de se obter o índice diagnóstico de 100% de cárie (segundo Estevam

Leia mais

ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DA COROA DENTAL

ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DA COROA DENTAL ASPECTO RADIOGRÁFICO DAS ALTERAÇÕES DA COROA DENTAL Analisando-se a imagem de um dente íntegro, todas as suas partes são facilmente identificáveis, pois já conhecemos sua escala de radiopacidade e posição

Leia mais

Contribuição ao estudo ortodôntico para caninos superiores impactados e. Contribution to the orthodontics study for impacted maxillary canine and

Contribuição ao estudo ortodôntico para caninos superiores impactados e. Contribution to the orthodontics study for impacted maxillary canine and Título Contribuição ao estudo ortodôntico para caninos superiores impactados e reabsorção radicular externa de incisivo lateral. Título em inglês Contribution to the orthodontics study for impacted maxillary

Leia mais

TRATAMENTO DE UMA CLASSE II COM IMPACTAÇÃO DE CANINO E DE PRÉ-MOLAR

TRATAMENTO DE UMA CLASSE II COM IMPACTAÇÃO DE CANINO E DE PRÉ-MOLAR Miguel da Nóbrega Médico Especialista em Estomatologia DUO Faculdade de Cirurgia Dentária Universidade Toulouse miguel.nobrega@ortofunchal.com TRATAMENTO DE UMA CLASSE II COM IMPACTAÇÃO DE CANINO E DE

Leia mais

Tratamento Ortodôntico da Classe III, Subdivisão: Apresentação de um Caso Clínico (Parte 1)

Tratamento Ortodôntico da Classe III, Subdivisão: Apresentação de um Caso Clínico (Parte 1) Artigo de Divulgação Tratamento Ortodôntico da Classe III, Subdivisão: Apresentação de um Caso Clínico (Parte 1) Treatment of a Class III, Subdivision Malocclusion: A Case Report (Part 1) Guilherme R.

Leia mais

RECUPERADORES DE ESPAÇO

RECUPERADORES DE ESPAÇO RECUPERADORES DE ESPAÇO Conceito Recuperadores de espaço são usados para recuperar o espaço perdido nas arcadas dentárias. Eles verticalizam os dentes que inclinaram, depois que outros foram perdidos.

Leia mais

Cirurgia Ortognática e Estética Facial: Qual sua importância na Odontologia Integrada?

Cirurgia Ortognática e Estética Facial: Qual sua importância na Odontologia Integrada? Cirurgia Ortognática e Estética Facial: Qual sua importância na Odontologia Integrada? A avaliação da estética facial, bem como sua relação com a comunicação e expressão da emoção, é parte importante no

Leia mais

Função canino desempenhada pelo pré-molar

Função canino desempenhada pelo pré-molar r t i g o I n é d i t o Função canino desempenhada pelo pré-molar Omar Gabriel da Silva Filho*, Paula Martinelli Carvalho**, Leopoldino Capelozza Filho***, Roberta Martinelli Carvalho**** Resumo extração

Leia mais

MORDIDA ABERTA EM PACIENTES JOVENS. RELATO CLÍNICO

MORDIDA ABERTA EM PACIENTES JOVENS. RELATO CLÍNICO MORDIDA ABERTA EM PACIENTES JOVENS. RELATO CLÍNICO UNIMEP Universidade Metodista de Piracicaba OPEN BITE IN YOUNG PATIENT. CLINICAL REPORT EVANDRO DA SILVA BRONZI Mestrando em Ortodontia na Faculdade de

Leia mais

Pesquisa Brasileira em Odontopediatria e Clínica Integrada ISSN: 1519-0501 apesb@terra.com.br Universidade Federal da Paraíba Brasil

Pesquisa Brasileira em Odontopediatria e Clínica Integrada ISSN: 1519-0501 apesb@terra.com.br Universidade Federal da Paraíba Brasil Pesquisa Brasileira em Odontopediatria e Clínica Integrada ISSN: 1519-0501 apesb@terra.com.br Universidade Federal da Paraíba Brasil Costa ARMOND, Mônica; Matos SALIBA, Jamilli Helena; Santos SILVA, Virginia

Leia mais

BOARD BRASILEIRO DE ORTODONTIA E ORTOPEDIA FACIAL

BOARD BRASILEIRO DE ORTODONTIA E ORTOPEDIA FACIAL Montagem das Pastas As pastas devem estar organizadas na seguinte ordem: I- Externo Página Título: colocar na capa frontal da pasta (a capa tem um envelope plástico para esta finalidade). BOARD BRASILEIRO

Leia mais

CC oliveira+1.qxp 27/6/12 13:13 Página 48. Displasia ectodérmica hipohidrótica: relato de um caso clínico

CC oliveira+1.qxp 27/6/12 13:13 Página 48. Displasia ectodérmica hipohidrótica: relato de um caso clínico CC oliveira+1.qxp 27/6/12 13:13 Página 48 Displasia ectodérmica hipohidrótica: relato de um caso clínico 48 CC oliveira+1.qxp 27/6/12 13:13 Página 49 Introdução A displasia ectodérmica (ED) é um grupo

Leia mais

Centro Universitário Cesmac CAMILA MARIA BEDER RIBEIRO

Centro Universitário Cesmac CAMILA MARIA BEDER RIBEIRO Centro Universitário Cesmac CAMILA MARIA BEDER RIBEIRO TUMORES ODONTOGÊNICOS Tumores odontogênicos - grupo de doenças heterogêneas que vão desde hamartomas ou proliferação de tecido não neoplásico a neoplasias

Leia mais

O aparelho de Herbst com Cantilever (CBJ) Passo a Passo

O aparelho de Herbst com Cantilever (CBJ) Passo a Passo O aparelho de Herbst com Cantilever (CBJ) Passo a Passo çã APARELHO DE HERBST COM CANTILEVER (CBJ) MAYES, 1994 Utiliza quatro coroas de açoa o nos primeiros molares e um cantilever,, a partir dos primeiros

Leia mais

Diagnóstico - Primeira Consulta. Radiologia ou Radiografia

Diagnóstico - Primeira Consulta. Radiologia ou Radiografia Diagnóstico - Primeira Consulta Consulta Inicial: É a primeira consulta feita com o cirurgião-dentista, com o objetivo de diagnosticar as patologias presentes e estabelecer o tratamento a ser feito. Exame

Leia mais

Otimização do mini-implante bene ciando o paciente ortodôntico apresentação de um caso clínico

Otimização do mini-implante bene ciando o paciente ortodôntico apresentação de um caso clínico Otimização do mini-implante bene ciando o paciente ortodôntico apresentação de um caso clínico Optimization of the mini implant benefiting the orthodontic patient - presentation of a clinical case 1 2

Leia mais

APRESENTAÇÃO DO APARELHO Componentes do aparelho extrabucal 3

APRESENTAÇÃO DO APARELHO Componentes do aparelho extrabucal 3 Série Aparelhos Ortodônticos EXTRABUCAL INTRODUÇÃO A ancoragem extrabucal ainda é um dos recursos mais utilizados e recomendados no tratamento da má oclusão de Classe II, primeira divisão, caracterizada

Leia mais

Técnicas radiográficas. Técnicas Radiográficas Intraorais em Odontologia. Técnicas Radiográficas Intraorais. Técnicas Radiográficas

Técnicas radiográficas. Técnicas Radiográficas Intraorais em Odontologia. Técnicas Radiográficas Intraorais. Técnicas Radiográficas Técnicas Radiográficas Intraorais em Odontologia Técnicas radiográficas Divididas em dois grandes grupos: Técnicas Intraorais Profª Paula Christensen Técnicas Radiográficas Técnicas Extraorais Técnicas

Leia mais

FLÁVIA NAYDA MAGALHÃES NUNES USO DA RADIOGRAFIA PANORÂMICA PARA DETECÇÃO PRECOCE DE ANOMALIAS DENTÁRIAS: RELATO DE CASO CLÍNICO.

FLÁVIA NAYDA MAGALHÃES NUNES USO DA RADIOGRAFIA PANORÂMICA PARA DETECÇÃO PRECOCE DE ANOMALIAS DENTÁRIAS: RELATO DE CASO CLÍNICO. FLÁVIA NAYDA MAGALHÃES NUNES USO DA RADIOGRAFIA PANORÂMICA PARA DETECÇÃO PRECOCE DE ANOMALIAS DENTÁRIAS: RELATO DE CASO CLÍNICO. Vitória da Conquista 2014 FLÁVIA NAYDA MAGALHÃES NUNES USO DA RADIOGRAFIA

Leia mais

Nivelamento 4x2: ponderações sobre sua aplicação na dentadura mista e permanente

Nivelamento 4x2: ponderações sobre sua aplicação na dentadura mista e permanente Dica Clínica Nivelamento 4x2: ponderações sobre sua aplicação na dentadura mista e permanente Omar Gabriel da Silva Filho*, Tulio Silva Lara**, Guilherme Ferreira Bibiano Silva*** Resumo A má oclusão figura

Leia mais

AMPUTAÇÃO RADICULAR COM OU SEM OBTURAÇÃO RETRÓGRADA 82000050 Amputação radicular sem obturação retrógrada

AMPUTAÇÃO RADICULAR COM OU SEM OBTURAÇÃO RETRÓGRADA 82000050 Amputação radicular sem obturação retrógrada 85400017 Ajuste Oclusal por acréscimo AJUSTE OCLUSAL 85400025 Ajuste Oclusal por desgaste seletivo AJUSTE OCLUSAL 82000034 Alveoloplastia ALVEOLOPLASTIA Amputação radicular com obturação retrógrada AMPUTAÇÃO

Leia mais

Orientação para interessados em tratamento ortodôntico

Orientação para interessados em tratamento ortodôntico 1 Orientação para interessados em tratamento ortodôntico Dras. Rosana Gerab Tramontina e Ana Carolina Muzete de Paula Ortodontia é a ciência que estuda o crescimento e o desenvolvimento da face e das dentições

Leia mais

DENTES SUPRANUMERÁRIOS

DENTES SUPRANUMERÁRIOS Temática, 1 (2006), pp. 53-66 DENTES SUPRANUMERÁRIOS Fernando Duarte Docente do ISAVE - Instituto Superior de Saúde do Alto Ave Médico Dentista Mestre em Cirurgia Oral e Maxilofacial pelo Eastman Dental

Leia mais

Transplante Dental* Coordenador: MACEDO, Sérgio Bruzadelli

Transplante Dental* Coordenador: MACEDO, Sérgio Bruzadelli Transplante Dental* Coordenador: MACEDO, Sérgio Bruzadelli LIMA, Richard Presley 1 ; DOS SANTOS, Mateus Veppo 2 ; DE MOURA, Cariacy Silva 3 ; GUILLEN, Gabriel Albuquerque 4 ; MELLO, Thais Samarina Sousa

Leia mais

TÁGIDES Saúde e Bem-Estar

TÁGIDES Saúde e Bem-Estar TÁGIDES Saúde e Bem-Estar Estrada Nacional 1,Urbanização Quinta do Cabo, lojas 8 e 9, Povos 2600-009, Vila Franca de Xira Tel; 263209176 914376214 924376162 Email: tagides.sbe@gmail.com Ortodontia- Bases

Leia mais

Série Aparelhos Ortodônticos

Série Aparelhos Ortodônticos Série Aparelhos Ortodônticos Em geral, o protocolo de tratamento nos casos de Classe III, principalmente naqueles com deficiência maxilar, tem sido a disjunção, seguida pela protração da ma-xila. De acordo

Leia mais

FACULDADE INGÁ CÁSSIA LORENA FIALHO MALHEIROS ETIOLOGIA, DIAGNÓSTICO E LOCALIZAÇÃO DE CANINOS PERMANENTES SUPERIORES IMPACTADOS

FACULDADE INGÁ CÁSSIA LORENA FIALHO MALHEIROS ETIOLOGIA, DIAGNÓSTICO E LOCALIZAÇÃO DE CANINOS PERMANENTES SUPERIORES IMPACTADOS 1 FACULDADE INGÁ CÁSSIA LORENA FIALHO MALHEIROS ETIOLOGIA, DIAGNÓSTICO E LOCALIZAÇÃO DE CANINOS PERMANENTES SUPERIORES IMPACTADOS PATOS DE MINAS MG 2013 2 CÁSSIA LORENA FIALHO MALHEIROS ETIOLOGIA, DIAGNÓSTICO

Leia mais

Aparelhos Ortodônticos Removíveis com Alta Retenção

Aparelhos Ortodônticos Removíveis com Alta Retenção Aparelhos Ortodônticos Removíveis com Alta Retenção Um novo conceito de ver e atuar com os aparelhos ortodônticos removíveis José Roberto Ramos Na maioria dos casos, o emprego dos aparelhos ortodônticos

Leia mais

PUCPR - O.R.T.O.D.O.N.T.I.A - GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO F I C H A C L Í N I C A Nome do/a Paciente: Número: 1.0 IDENTIFICAÇÃO DO PACIENTE 1.1 Nome: 1.2 Data de Nascimento: Sexo: F M Idade: 1.3 Peso: Kg

Leia mais

Tratamento da Classe II com Distalização do Arco Superior Utilizando Microparafusos Ortodônticos de Titânio

Tratamento da Classe II com Distalização do Arco Superior Utilizando Microparafusos Ortodônticos de Titânio Capítulo Tratamento da Classe II com Distalização do Arco Superior Utilizando Microparafusos Ortodônticos de Titânio 1 Henrique Mascarenhas Villela Andréa Lacerda Santos Sampaio Évelin Rocha Limoeiro Introdução

Leia mais

Boa leitura a todos e aguardamos seus comentários e sugestões. Ricardo Moresca

Boa leitura a todos e aguardamos seus comentários e sugestões. Ricardo Moresca Orthodontic Science and Practice. 2012; 5(19):261-274. 261 A Classe II é uma das más oclusões mais frequentes entre os pacientes que buscam pelo tratamento ortodôntico e a sua correção pode representar

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DAS AÇÕES DE SAÚDE BUCAL NA REDE DE SERVIÇOS DA SMSA DOCUMENTO AUXILIAR

DESENVOLVIMENTO DAS AÇÕES DE SAÚDE BUCAL NA REDE DE SERVIÇOS DA SMSA DOCUMENTO AUXILIAR PREFEITURA DE BELO HORIZONTE SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE GERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA DESENVOLVIMENTO DAS AÇÕES DE SAÚDE BUCAL NA REDE DE SERVIÇOS DA SMSA DOCUMENTO AUXILIAR COORDENAÇÃO TÉCNICA DE SAÚDE BUCAL

Leia mais

EPIDEMIOLOGIA DAS MÁS OCLUSÕES NA DENTADURA MISTA EM ESCOLARES DE TERESINA PI

EPIDEMIOLOGIA DAS MÁS OCLUSÕES NA DENTADURA MISTA EM ESCOLARES DE TERESINA PI EPIDEMIOLOGIA DAS MÁS OCLUSÕES NA DENTADURA MISTA EM ESCOLARES DE TERESINA PI Marcus Vinicius Neiva Nunes do Rego - NOVAFAPI Olívia de Freitas Mendes - NOVAFAPI Thaís Lima Rocha NOVAFAPI Núbia Queiroz

Leia mais

O tipo facial e a morfologia do arco dentário no planejamento ortodôntico

O tipo facial e a morfologia do arco dentário no planejamento ortodôntico Caso Clínico O tipo facial e a morfologia do arco dentário no planejamento ortodôntico Alexandre de Almeida Ribeiro* Resumo A morfologia do arco dentário está relacionada diretamente com as demais partes

Leia mais

Análise radiográfica da prevalência de terceiros molares retidos efetuada na clínica de odontologia do Centro Universitário Positivo

Análise radiográfica da prevalência de terceiros molares retidos efetuada na clínica de odontologia do Centro Universitário Positivo ISSN 1806-7727 Análise radiográfica da prevalência de terceiros molares retidos efetuada na clínica de odontologia do Centro Universitário Positivo Radiographic analysis of prevalence of impacted third

Leia mais

TABELA PARA O AGREGADO FAMILIAR. Tabela 2011

TABELA PARA O AGREGADO FAMILIAR. Tabela 2011 Dental Clinic New Generaction www.newgeneraction.com.pt Os sócios, colaboradores e familiares do SIT, poderão usufruir do Plano de Medicina Oral - DentalClinic New Generaction, mediante o pagamento de

Leia mais

CURSO INTENSIVO CLINICO E LABORATORIAL PARA CIRURGÕES DENTISTAS

CURSO INTENSIVO CLINICO E LABORATORIAL PARA CIRURGÕES DENTISTAS CURSO INTENSIVO CLINICO E LABORATORIAL PARA CIRURGÕES Dr. Dario Adolfi Dr. Gustavo Javier Vernazza Dr. Oswaldo Scopin de Andrade Data: 20 a 24 de setembro de 2010 PROGRAMA DO CURSO PRIMERO DIA Dr. Gustavo

Leia mais