ELEMENTOS ESSENCIAIS DIAGNÓSTICO. Prof. Hélio Almeida de Moraes.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ELEMENTOS ESSENCIAIS DIAGNÓSTICO. Prof. Hélio Almeida de Moraes."

Transcrição

1 ELEMENTOS ESSENCIAIS DE DIAGNÓSTICO Prof. Hélio Almeida de Moraes.

2 ÍNDICE INTRODUÇÃO 1 Documentação do Paciente: 2 1- Ficha Clínica:- 2 A- Identificação: 2 B- Anamnese: 3 História da Família 3 História do Paciente 3 História Médica 3 História Dentária 3 2- Exames: 4 Exame Clínico 4 Exame dos Modelos 4 Exame de Fotografias 4 Exame das Radiografias Intra-Orais 5 Exame das Telerradiografias 5 3- Diagnóstico e Plano de Tratamento: 5 4- Procedimentos utilizados no Tratamento Ortôdontico: 5 Preventivos 5 Interceptivos 5 Corretivos 5 BIBLIOGRAFIA 6

3 INTRODUÇÃO A prática ortodôntica exige do Especialista que cada caso de maloclusão seja estudado profundamente antes de ser iniciado o tratamento. Este processo constitui o que chamamos de Análise do Caso. A Análise de um Caso de uma maloclusão requer do Ortodontista ou do Cirurgião Dentista conhecimentos de: Anatomia da cabeça, Embriologia, Histologia, Fisiologia, Genética, Física, Radiologia, e uma série de informações do paciente para se chegar a um diagnóstico correto. Em Ortodontia, ou em Odontologia, um diagnóstico incorreto, falho, trás consequências desagradáveis para o paciente e sérios aborrecimentos para o profissional (processos judiciais). Ao analisar um caso de maloclusão, deve-se tentar responder às seguintes perguntas: O paciente necessita de tratamento ortodôntico? Agora ou mais tarde? É uma maloclusão transitória ou em desenvolvimento? Este problema está piorando ou melhorará por si mesmo? Qual o padrão de crescimento e desenvolvimento? A idade de desenvolvimento coincide com a idade cronológica? Quais os dentes que estão clinicamente presentes? Quais os dentes presentes, mas que ainda não irromperam completamente? Existe espaço suficiente para acomodar todos os dentes? Existe assimetria dos arcos? Existe discrepância com o tamanho dos dentes, ou o tamanho é normal para este tipo particular das arcadas? Aceitando então que a terapêutica é indicada agora, haverá necessidade de extração ou não? Quais os dentes que deverão ser movimentados, e em que direções? Qual o tipo de ancoragem (apoio para movimentar dentes): máxima ou mínima? Quanto tempo você pode depender do crescimento e do desenvolvimento? Quanto de crescimento, em que direção e em quais áreas você pode esperá-lo? Quando isso ocorrerá? Você pode expandir as arcadas, para corrigir o problema? Estas observações deverão ser anotadas na ficha clínica do paciente, a qual juntamente com outros elementos auxiliares de diagnóstico irá constituir a Documentação do Paciente. 1

4 Documentação do Paciente a- Ficha Clínica b- Radiografias Periapicais c- Radiografias Panorâmicas d- Telerradiografia em norma lateral ou frontal e Radiografia Mão e Punho f- Fotografias de Frente e Perfil, intra-orais g- Modelos de Estudo. 1- Ficha Clínica:- A ficha deve conter os dados do paciente com bastante clareza, de modo a não deixar dúvidas. Se possível, deve ser datilografada ou digitada. Usualmente a ficha é dividida em 04 partes:- A- Identificação B- Anamnese 3- Exames 4- Diagnóstico e Plano de Tratamento A- Identificação: Nome, sexo, idade, cor, nacionalidade, filiação, endereço, telefone. Estes dados são importantes não só para o diagnóstico, como também para o registro e localização do paciente. O nome serve como elemento identificador do paciente, o sexo associado à idade indicará o tempo que dispomos de crescimento e quando cessará o crescimento. Nos indivíduos do sexo feminino o crescimento cessa mais rapidamente que nos do sexo masculino. A idade ainda nos indicará o tipo de dentição (decídua, mista ou permanente), qual o melhor período para atuarmos com a terapêutica ortodôntica e quais os procedimentos que poderemos usar. Segundo alguns autores, os casos que estariam indicados para intervenção ortodôntica seriam:- a partir dos 5 anos, as Classes II e III insipientes; a partir dos 7 aos 11 anos, as Classes II e III, as mordidas abertas, mordidas cruzadas, e as extrações seriadas ou programadas, sendo que para o tratamento corretivo, a melhor idade seria a partir dos 11 anos nas meninas e 12 anos nos meninos. 2

5 Isto porque:- Todos os dentes já irromperam, O tratamento é mais estável, A rizogênese é mais completa, O paciente está mais desenvolvido intelectualmente, consequentemente obtém-se melhor cooperação do mesmo, A maloclusão já se instalou completamente. A cor e a nacionalidade indicarão as variações de perfil facial (reto, côncavo e convexo), a forma dos arcos dentários e as características das dentições em determinadas raças. A biprotrusão é uma característica normal, nos indivíduos de raça negra (melanoderma). A filiação informará a hereditariedade ou não da maloclusão. B- Anamnese: História da família, História do paciente, História médica e História dentária. História da Família Informará se o pai ou a mãe gozam de boa saúde, se são portadores de maloclusão, qual o tipo. Se os demais filhos apresentam anomalias dentárias. Informará ainda o relacionamento entre pais e filhos. Muitas crianças gostam de imitar os pais e existe maloclusões que são causadas por imitação e outras por herança. De modo que através da história da família poderemos suspeitar se a maloclusão é hereditária ou não. História do Paciente Informará se o desenvolvimento físico e dentário é proporcional ou não à idade. Se o desenvolvimento mental aparente é normal. Se é calmo, nervoso ou agitado. História Médica Através dos dados de saúde do paciente, poderemos saber se o mesmo teve alguma enfermidade grave, se as amígdalas e adenóides foram ou não removidas. História Dentária Os dados dentários deverão indicar o número de cáries nos dentes decíduos e permanentes, as perdas prematuras, as inflamações no periodonto, restaurações corretas, etc. 3

6 3- Exames: Clínico, dos modelos de estudo, das fotografias, das radiografias intra-orais e das telerradiografias. Exame Clínico O primeiro procedimento é verificar o número de dentes presentes no arco dentário (decíduos e permanentes). Relacionar a idade com a cronologia dentária. Pesquisar o número de cáries, restaurações, higidez dentária, etc. Examinar a oclusão, posicionar a oclusão em relação cêntrica (colocar a língua no palato). Verificar se a erupção dos primeiros molares permanentes está completa ou incompleta. Observar a relação ântero-posterior dos arcos dentários, diastemas, apinhamentos, desvios da linha média, mordidas cruzadas (cross bite), mordidas abertas (open bite), sobremordida (overbite), sobressaliência (overjet), relação dos caninos (chave de oclusão), relação dos primeiros molares permanentes (chave de oclusão), relação dos segundos molares decíduos (degrau reto, degrau mesial para a mandíbula ou degrau dista). Observar se o paciente é portador de hábitos tais como: sucção do polegar, sucção de outros dedos, morder objetos, interposição de língua e lábios, deglutição e fonação atípica. Examinar a inserção do freio labial (normal, alta ou baixa) e freio lingual. A fonação, se é normal ou anormal. A respiração se é bucal ou nasal. Os defeitos congênitos, tais como: lábio leporino e palato fissurado (fenda palatina). Observar a higiene oral se é boa, regular ou deficiente. A tonicidade dos lábios. A saúde dos tecidos orais (mucosa e gengiva). Exame dos modelos A análise dos modelos de estudo informará a forma e o tamanho dos dentes, a forma e o tamanho dos arcos dentários. A má posição individual dos dentes (mésio-versão, disto-versão, vestíbulo-versão, linguo-versão, etc.). A Curva de Spee se é normal, suave ou acentuada. Desvio da linha mediana, espaços primatas, largura e a altura do palato. Inclinação axial dos dentes, relação dos planos inclinados oclusais dos dentes. Discrepância ósseo-dentária, relação entre as bases apicais, relação transversal dos arcos dentários (distância inter-molar, distância inter-canina, mordida cruzada posterior). Comprimento clínico do arco, comprimento total do arco. Classificação da maloclusão, Análise da Dentição Mista, Análise de Modelos, etc. Exame de Fotografias A análise fotográfica revelará a existência ou não de deformidades do contorno facial. A assimetria facial. O tipo de perfil (reto, côncavo, convexo). A estética (boa, regular ou ruim). As fotografias também servem como registro antes e depois do tratamento, para comprovação da mudança verificada no perfil, alterações dentárias, manchas no esmalte dentário. 4

7 Exame das Radiografias Intra-Orais A análise radiográfica intra-oral permitirá observar os dentes presentes, os dentes restaurados insatisfatoriamente, dentes inclusos, dentes supranumerários, dentes a serem tratados, dentes com reabsorção radicular, dentes com reações periapicais, dentes anquilosados, dentes com rizogênese incompleta, dentes com erupção ectópica, dentes ausentes (agenesia), dentes fraturados, etc. Exame das Telerradiografias A análise cefalométrica informará as modificações do crescimento e desenvolvimento, a tendência de crescimento, a magnitude das anomalias a serem tratadas, conveniência ou inconveniência da terapêutica ortodôntica, as alterações provocadas pelo tratamento. Serve também para orientação do tratamento. No estudo das telerradiografias, as análises cefalométricas mais empregadas são as de: Steiner, Tweed, Wylie, Downs, padrão USP, entre outras. 3- Diagnóstico e Plano de Tratamento Uma vez terminado o estudo da documentação do paciente, o profissional já terá uma idéia do caso analisado. Saberá se o prognóstico é favorável, regular ou desfavorável, e qual o procedimento ortodôntico a ser empregado. Com as deduções devidamente anotadas, ele disporá de um roteiro o qual deverá seguir durante o transcurso do tratamento. 4- Procedimentos utilizados no Tratamento Ortôdontico: Preventivos Escovação, aplicação tópica de flúor, restaurações corretas, mantenedores de espaço, eliminação de hábitos orais. Interceptivos Recuperadores de espaço, redutores de diastemas, aparelhos para quebra de hábitos, planos inclinados, placas de mordida, descruzadores, mentoneiras, placa de Hawley para pequena movimentação, aparelho Extra-Oral, etc. Corretivos Aparatologia fixa associada à força extra-oral, com propósito de restabelecer a Oclusão Normal. 5

8 BIBLIOGRAFIA Araújo, M. C. M. Ortodontia para Clínicos, Cap. VI, Pag , Livraria Santos São Paulo, 1981 Paiva, A. L. Ortodontia Preventiva Básica, Cap. 1, Pag. 1-28, 2a. ed.,ed. Artes Médicas Ltda., Vigorito, J.W. Ortodontia - Clínica Preventiva, Cap. 1, Pag , Panamed Editorial, 1984 Faculdade de Odontologia São Leopoldo Mandic Disciplina de Ortodontia 14 de Maio de 2012 Prof. HÉLIO ALMEIDA DE MORAES. 3º Ano - 5º Período

PUCPR - O.R.T.O.D.O.N.T.I.A - GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO F I C H A C L Í N I C A Nome do/a Paciente: Número: 1.0 IDENTIFICAÇÃO DO PACIENTE 1.1 Nome: 1.2 Data de Nascimento: Sexo: F M Idade: 1.3 Peso: Kg

Leia mais

MÁ-OCLUSÃO. Ortodontista: Qualquer desvio de posição do dente em relação ao normal

MÁ-OCLUSÃO. Ortodontista: Qualquer desvio de posição do dente em relação ao normal MÁ-OCLUSÃO Ortodontista: Qualquer desvio de posição do dente em relação ao normal Sanitarista: Inconveniente estético ou funcional de grande magnitude que possa interferir no relacionamento do indivíduo

Leia mais

RADIOLOGIA EM ORTODONTIA

RADIOLOGIA EM ORTODONTIA RADIOLOGIA EM ORTODONTIA Sem dúvida alguma, o descobrimento do RX em 1.895, veio revolucionar o diagnóstico de diversas anomalias no campo da Medicina. A Odontologia, sendo área da saúde, como não poderia

Leia mais

Uma vez estando estabelecidos os conceitos de oclusão normal, a etapa. subseqüente do processo de aprendizado passa a ser o estudo das variações

Uma vez estando estabelecidos os conceitos de oclusão normal, a etapa. subseqüente do processo de aprendizado passa a ser o estudo das variações 1 INTRODUÇÃO Uma vez estando estabelecidos os conceitos de oclusão normal, a etapa subseqüente do processo de aprendizado passa a ser o estudo das variações desse padrão. Vale a pena relembrarmos a definição

Leia mais

MANTENEDORES DE ESPAÇO

MANTENEDORES DE ESPAÇO MANTENEDORES DE ESPAÇO Conceito São aparelhos ortodônticos usados para manter o espaço nas arcadas dentárias, por perda precoce de dentes decíduos. Classificação Quanto ao uso: fixos semifixos removíveis

Leia mais

IGC - Índice do Grau de Complexidade

IGC - Índice do Grau de Complexidade IGC - Índice do Grau de Complexidade Uma medida da complexidade do caso DI -American Board of Orthodontics Autorização American Board of Orthodon1cs- ABO Atualização: 13.05.2013 12. Outros Itens pontuados

Leia mais

BOARD BRASILEIRO DE ORTODONTIA E ORTOPEDIA FACIAL

BOARD BRASILEIRO DE ORTODONTIA E ORTOPEDIA FACIAL Montagem das Pastas As pastas devem estar organizadas na seguinte ordem: I- Externo Página Título: colocar na capa frontal da pasta (a capa tem um envelope plástico para esta finalidade). BOARD BRASILEIRO

Leia mais

Tratamento da má oclusão de Classe II divisão 1 a, através de recursos ortodônticos e ortopédicos faciais (funcionais e mecânicos): relato de caso

Tratamento da má oclusão de Classe II divisão 1 a, através de recursos ortodônticos e ortopédicos faciais (funcionais e mecânicos): relato de caso Caso Clínico Tratamento da má oclusão de Classe II divisão 1 a, através de recursos ortodônticos e ortopédicos faciais (funcionais e mecânicos): relato de caso José Euclides Nascimento* Luciano da Silva

Leia mais

ORTODONTIA GENERALIDADES HISTÓRICO EVOLUÇÃO DIVISÃO

ORTODONTIA GENERALIDADES HISTÓRICO EVOLUÇÃO DIVISÃO ORTODONTIA GENERALIDADES HISTÓRICO EVOLUÇÃO DIVISÃO Prof. Hélio Almeida de Moraes. ÍNDICE Definição: -...2 Maloclusão: -...2 Oclusão Dentária Normal: -...2 Histórico: -...3 Períodos: -...6 Divisão e Conceituação

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA Data: Nome do Paciente: Orientador(es): Nome do Aluno: QUALIFICAÇÃO Nacionalidade: Naturalidade: Etnia: Gênero: Data Nascimento: IDADE: Anos: Meses: Endereço: Bairro:

Leia mais

manter um dente recém- período suficientemente prolongado correção ortodôntica que se conceito polêmico.

manter um dente recém- período suficientemente prolongado correção ortodôntica que se conceito polêmico. Introdução CONTENÇÕES EM ORTODONTIA em ortodontia é o procedimento para manter um dente recém- movimentado em posição por um período suficientemente prolongado para assegurar a manutenção da correção ortodôntica

Leia mais

2. Quando o implante dental é indicado?

2. Quando o implante dental é indicado? Dúvidas sobre implantodontia: 1. O que são implantes? São cilindros metálicos (titânio) com rosca semelhante a um parafuso que são introduzidos no osso da mandíbula (arco inferior) ou da maxila (arco superior),

Leia mais

APARELHOS ORTODÔNTICOS. e ORTOPÉDICOS CUIDADOS & CURIOSIDADES. Ortodontia & Ortopedia Facial. Dr. Guilherme Thiesen CRO-SC 6117

APARELHOS ORTODÔNTICOS. e ORTOPÉDICOS CUIDADOS & CURIOSIDADES. Ortodontia & Ortopedia Facial. Dr. Guilherme Thiesen CRO-SC 6117 APARELHOS ORTODÔNTICOS e ORTOPÉDICOS CUIDADOS & CURIOSIDADES Dr. Guilherme Thiesen CRO-SC 6117 Ortodontia & Ortopedia Facial ORTODONTIA E Ortopedia Facial CUI CURI DADOS & OSIDADES Dr. Guilherme Thiesen

Leia mais

5. MANEJO DOS DIVERSOS ESTÁGIOS DO DESENVOLVIMENTO DA OCLUSÃO

5. MANEJO DOS DIVERSOS ESTÁGIOS DO DESENVOLVIMENTO DA OCLUSÃO 5. MANEJO DOS DIVERSOS ESTÁGIOS DO DESENVOLVIMENTO DA OCLUSÃO Elaborado por: Bernardo Quiroga Souki (coordenador) Maria Celina Siquara da Rocha Ronald de Freitas Paixão Objetivo A Associação Brasileira

Leia mais

TRATAMENTO DE UMA CLASSE II COM IMPACTAÇÃO DE CANINO E DE PRÉ-MOLAR

TRATAMENTO DE UMA CLASSE II COM IMPACTAÇÃO DE CANINO E DE PRÉ-MOLAR Miguel da Nóbrega Médico Especialista em Estomatologia DUO Faculdade de Cirurgia Dentária Universidade Toulouse miguel.nobrega@ortofunchal.com TRATAMENTO DE UMA CLASSE II COM IMPACTAÇÃO DE CANINO E DE

Leia mais

Orientação para interessados em tratamento ortodôntico

Orientação para interessados em tratamento ortodôntico 1 Orientação para interessados em tratamento ortodôntico Dras. Rosana Gerab Tramontina e Ana Carolina Muzete de Paula Ortodontia é a ciência que estuda o crescimento e o desenvolvimento da face e das dentições

Leia mais

Diagnóstico e Planejamento. Caracteríticas dos modelos: Anamnese Exame Clínico Exame Radiográfico Cefalometria Análise Facial. Análise de Modelos

Diagnóstico e Planejamento. Caracteríticas dos modelos: Anamnese Exame Clínico Exame Radiográfico Cefalometria Análise Facial. Análise de Modelos Análise de Mdl Modelos Anamnese Exame Clínico Exame Radiográfico Cefalometria Análise Facial Análise dos Modelos Diagnóstico e Planejamento Daniel G. Teixeira Diagnósticog e Planejamento; Avaliação do

Leia mais

LINK CATÁLOGO DE EXAMES

LINK CATÁLOGO DE EXAMES Porque pedir um exame radiográfico? LINK CATÁLOGO DE EXAMES O exame radiográfico é solicitado para a visualização clinica das estruturas ósseas da cavidade bucal. Para isso, existem as mais diversas técnicas

Leia mais

Mordida Profunda Definição. Trespasse vertical

Mordida Profunda Definição. Trespasse vertical Mordida Profunda Definição Trespasse vertical Mordida Profunda Diagnóstico Os fatores que contribuem variam de acordo com a oclusão: u Em boas oclusões é determinda por fatores dentários: t Comprimento

Leia mais

Cirurgia Ortognática e Estética Facial: Qual sua importância na Odontologia Integrada?

Cirurgia Ortognática e Estética Facial: Qual sua importância na Odontologia Integrada? Cirurgia Ortognática e Estética Facial: Qual sua importância na Odontologia Integrada? A avaliação da estética facial, bem como sua relação com a comunicação e expressão da emoção, é parte importante no

Leia mais

Tratamento de Classe II, Divisão 1, com ausência congênita de incisivo lateral superior

Tratamento de Classe II, Divisão 1, com ausência congênita de incisivo lateral superior A RTIGO DE D IVULGA ÇÃO Tratamento de Classe II, Divisão 1, com ausência congênita de incisivo lateral superior Roberto M. A. LIMA FILHO*, Anna Carolina LIMA**, José H. G. de OLIVEIRA***, Antonio C. de

Leia mais

Extração Seriada, uma Alternativa

Extração Seriada, uma Alternativa Artigo de Divulgação Extração Seriada, uma Alternativa Serial Extraction, an Alternative Procedure Evandro Bronzi Resumo A extração seriada é um procedimento ortodôntico que visa harmonizar

Leia mais

Saúde do Paciente. Dados Referentes à Identificação Pessoal do Paciente e Responsáveis

Saúde do Paciente. Dados Referentes à Identificação Pessoal do Paciente e Responsáveis Exame Clínico Em Ortodontia Dados Referentes à Identificação Pessoal do Paciente e Responsáveis Nome Gênero Dt Data de Nascimento; Pêso Altura; Endereço Telefone (recados); Pai Mãe Profissões Telefones;

Leia mais

TRATAMENTO ORTODÔNTICO DA MORDIDA ABERTA ANTERIOR EM PACIENTES ADULTOS

TRATAMENTO ORTODÔNTICO DA MORDIDA ABERTA ANTERIOR EM PACIENTES ADULTOS TRATAMENTO ORTODÔNTICO DA MORDIDA ABERTA ANTERIOR EM PACIENTES ADULTOS Jorge Ferreira Rodrigues 1 Marcella Maria Ribeiro do Amaral Andrade 2 Ernesto Dutra Rodrigues 3 Resumo O tratamento ortodôntico da

Leia mais

RECUPERADORES DE ESPAÇO

RECUPERADORES DE ESPAÇO RECUPERADORES DE ESPAÇO Conceito Recuperadores de espaço são usados para recuperar o espaço perdido nas arcadas dentárias. Eles verticalizam os dentes que inclinaram, depois que outros foram perdidos.

Leia mais

Aula 9: Laudo Radiográfico

Aula 9: Laudo Radiográfico Aula 9: Laudo Radiográfico Autora: Profª. Rosana da Silva Berticelli Edição: Luana Christ e Bruna Reuter Definição: É a interpretação das imagens radiográficas, reconhecendo as estruturas e reparos anatômicos

Leia mais

CRONOGRAMA CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA. APROVADO: MEC e CFO

CRONOGRAMA CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA. APROVADO: MEC e CFO CRONOGRAMA CURSO ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA APROVADO: MEC e CFO 1º. MÓDULO: 1º. DIA: Apresentação da Especialização / Aula teórica de Classificação das Más-oclusões 2º. DIA: Aula teórica de Etiologia

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CAMPUS DE SOBRAL CURSO DE ODONTOLOGIA PATOLOGIA GERAL E ORAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ CAMPUS DE SOBRAL CURSO DE ODONTOLOGIA PATOLOGIA GERAL E ORAL SUB- PATOLOGIA GERAL E ORAL Estomatologia Métodos de Diagnóstico I e II Processos Patológicos PROGRAMA SUGERIDO (PROVA ESCRITA / DIDÁTICA / PRÁTICA) - TEMAS 1. Cistos dos maxilares. 2. Neoplasias benignas

Leia mais

Classificação de Angle e Simon SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO 2 HISTÓRICO 3 OCLUSÃO NORMAL VS MALOCLUSÃO. 3.1 Oclusão normal. 3.2 Maloclusão

Classificação de Angle e Simon SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO 2 HISTÓRICO 3 OCLUSÃO NORMAL VS MALOCLUSÃO. 3.1 Oclusão normal. 3.2 Maloclusão Classificação de Angle e Simon SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO 2 HISTÓRICO 3 OCLUSÃO NORMAL VS MALOCLUSÃO 3.1 Oclusão normal. 3.2 Maloclusão 4 SISTEMAS DE CLASSIFICAÇÃO 4.1 Sistema de Angle 4.2 Sistema de Simon 4.3

Leia mais

Importância do exame radiográfico

Importância do exame radiográfico Exames e Indicações Importância do exame radiográfico O exame radiográfico de rotina associado ao exame clínico é a maneira mais efetiva de se obter o índice diagnóstico de 100% de cárie (segundo Estevam

Leia mais

Programa Laboratorial (hands on em Manequim)

Programa Laboratorial (hands on em Manequim) PROGRAMA DE CURSO DE EXCELÊNCIA EM ORTODONTIA COM 8 MÓDULOS DE 2 DIAS MENSAIS Prof. ROQUE JOSÉ MUELLER - Tratamento Ortodôntico de alta complexidade em adultos : diagnóstico, planejamento e plano de tratamento.

Leia mais

BOARD BRASILEIRO DE ORTODONTIA E ORTOPEDIA FACIAL. http://www.bbo.org.br [acesso em 15/02/2009, 07h30] Especificação dos Casos quanto às Categorias

BOARD BRASILEIRO DE ORTODONTIA E ORTOPEDIA FACIAL. http://www.bbo.org.br [acesso em 15/02/2009, 07h30] Especificação dos Casos quanto às Categorias BOARD BRASILEIRO DE ORTODONTIA E ORTOPEDIA FACIAL http://www.bbo.org.br [acesso em 15/02/2009, 07h30] Especificação dos Casos quanto às Categorias A escolha dos casos a serem apresentados deverá seguir

Leia mais

Tomografia Computorizada Dental

Tomografia Computorizada Dental + Universidade do Minho M. I. Engenharia Biomédica Beatriz Gonçalves Sob orientação de: J. Higino Correia Tomografia Computorizada Dental 2011/2012 + Casos Clínicos n Dentes privados do processo de erupção

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO Faculdade de Odontologia Departamento de Odontopediatria e Ortodontia

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO Faculdade de Odontologia Departamento de Odontopediatria e Ortodontia UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO Faculdade de Odontologia Departamento de Odontopediatria e Ortodontia DISCIPLINAS DO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ODONTOPEDIATRIA 1. ODONTOPEDIATRIA PROFESSOR RESPONSÁVEL:

Leia mais

ETIOLOGIA DAS MÁS OCLUSÕES Prof. Dr. Ricardo F. Paulin

ETIOLOGIA DAS MÁS OCLUSÕES Prof. Dr. Ricardo F. Paulin ETIOLOGIA DAS MÁS OCLUSÕES Prof. Dr. Ricardo F. Paulin I INTRODUÇÃO Etimologicamente o termo etiologia origina-se do grego AITIA = causa e do latim LOGOS = estudo. Etiologia, portanto, é o estudo, a investigação

Leia mais

INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE / SOEBRÁS EXTRAÇÕES SERIADAS

INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE / SOEBRÁS EXTRAÇÕES SERIADAS INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE FUNORTE / SOEBRÁS EXTRAÇÕES SERIADAS KATIA JANE SEIBERT Monografia apresentada ao Programa de Especialização em Ortodontia do ICS FUNORTE/SOEBRÁS NÚCLEO BRASÍLIA, como parte

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DAS AÇÕES DE SAÚDE BUCAL NA REDE DE SERVIÇOS DA SMSA DOCUMENTO AUXILIAR

DESENVOLVIMENTO DAS AÇÕES DE SAÚDE BUCAL NA REDE DE SERVIÇOS DA SMSA DOCUMENTO AUXILIAR PREFEITURA DE BELO HORIZONTE SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE GERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA DESENVOLVIMENTO DAS AÇÕES DE SAÚDE BUCAL NA REDE DE SERVIÇOS DA SMSA DOCUMENTO AUXILIAR COORDENAÇÃO TÉCNICA DE SAÚDE BUCAL

Leia mais

Solicitação de Exames

Solicitação de Exames Solicitação de Exames Dr. Fábio Eduardo Maiello Monteiro Alves CROSP: 85.833 Paciente: Data: / / Solicito os exames assinalados com a finalidade de: Entregar no consultório Enviar por E-mail Atualizar

Leia mais

Turma de Aperfeiçoamento Clínico A2

Turma de Aperfeiçoamento Clínico A2 Documentação Ortodôntica Turma de Aperfeiçoamento Clínico A2 Documentação Ortodôntica É a organização sistemática de elementos que conduzem a um diagnóstico e planejamento, associado à informações de extrema

Leia mais

TABELA PARA O AGREGADO FAMILIAR. Tabela 2011

TABELA PARA O AGREGADO FAMILIAR. Tabela 2011 Dental Clinic New Generaction www.newgeneraction.com.pt Os sócios, colaboradores e familiares do SIT, poderão usufruir do Plano de Medicina Oral - DentalClinic New Generaction, mediante o pagamento de

Leia mais

Tabela de Preços/Descontos. Público em geral. Consulta de Medicina Dentária. Dentisteria e Estética. Restauração com Compósito ou Amálgama 50 45

Tabela de Preços/Descontos. Público em geral. Consulta de Medicina Dentária. Dentisteria e Estética. Restauração com Compósito ou Amálgama 50 45 SMILt Tabela de Preços/Descontos Designação Público em geral Comunidade IPLeiria Consulta de Medicina Dentária Consulta de Medicina Dentária 50 45 Consulta de Urgência 50 45 Dentisteria e Estética Restauração

Leia mais

EPIDEMIOLOGIA DAS MÁS OCLUSÕES NA DENTADURA MISTA EM ESCOLARES DE TERESINA PI

EPIDEMIOLOGIA DAS MÁS OCLUSÕES NA DENTADURA MISTA EM ESCOLARES DE TERESINA PI EPIDEMIOLOGIA DAS MÁS OCLUSÕES NA DENTADURA MISTA EM ESCOLARES DE TERESINA PI Marcus Vinicius Neiva Nunes do Rego - NOVAFAPI Olívia de Freitas Mendes - NOVAFAPI Thaís Lima Rocha NOVAFAPI Núbia Queiroz

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECIALIZADOS

CONHECIMENTOS ESPECIALIZADOS CONHECIMENTOS ESPECIALIZADOS 31) Sobre a reabsorção localizada severa, é correto afirmar que a) os dentes com dilaceração são fatores de risco. b) o tratamento ortodôntico não é o principal fator etiológico.

Leia mais

Premissa. Códigos e rios

Premissa. Códigos e rios Índices epidemiológicos em saúde bucal 3/10/2011 Prof. Samuel Jorge Moysés, Ph.D. 1 Premissa A epidemiologia pode ser definida como o estudo da distribuição e dos determinantes de eventos ou estados relacionados

Leia mais

OCLUSÃO! ! Posições mandibulares. ! Movimentos mandibulares. ! Equilíbrio de forças atuantes - vestibulolingual

OCLUSÃO! ! Posições mandibulares. ! Movimentos mandibulares. ! Equilíbrio de forças atuantes - vestibulolingual Universidade de Brasília Departamento de Odontologia OCLUSÃO! NOÇÕES DE OCLUSÃO! Estudo das relações estáticas e dinâmicas entre as estruturas do sistema mastigatório!! Movimentos mandibulares Disciplina

Leia mais

Dr. Felipe Groch CRO 101.353 Especialização em Implantes Dentários

Dr. Felipe Groch CRO 101.353 Especialização em Implantes Dentários Nosso consultório odontológico está equipado para oferecer ao produtor rural todos os tratamentos odontológicos disponíveis na atualidade. Segue abaixo uma discriminação detalhada de cada tratamento oferecido

Leia mais

Extração atípica de incisivos centrais superiores: relato de caso clínico Atypical extraction of maxillary central incisors: case report

Extração atípica de incisivos centrais superiores: relato de caso clínico Atypical extraction of maxillary central incisors: case report RELATO DE CASO Extração atípica de incisivos centrais superiores: relato de caso clínico Atypical extraction of maxillary central incisors: case report MARCOS VALÉRIO FERRARI 1 JOSÉ RICARDO SCANAVINI 2

Leia mais

ODONTOLOGIA CANINA. Introdução

ODONTOLOGIA CANINA. Introdução ODONTOLOGIA CANINA Juliana Kowalesky Médica Veterinária Mestre pela FMVZ -USP Pós graduada em Odontologia Veterinária - ANCLIVEPA SP Sócia Fundadora da Associação Brasileira de Odontologia Veterinária

Leia mais

FECHAMENTO DE ESPAÇOS

FECHAMENTO DE ESPAÇOS FECHAMENTO DE ESPAÇOS Rua 144, n 77 - Setor Marista - Goiânia (GO) - CEP 74170-030 - PABX: (62) 278-4123 - 1 - Introdução Podemos definir essa etapa do tratamento ortodôntico como aquela onde o principal

Leia mais

Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde Bucal CID 10

Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde Bucal CID 10 Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde Bucal CID 10 K00 - Distúrbios do Desenvolvimento e da Erupção Dos Dentes K00.0 - Anodontia K00.1 - Dentes Supranumerários

Leia mais

Programa Nacional de Promoção da Saúde Oral. Direcção-Geral da Saúde Divisão de Saúde Escolar

Programa Nacional de Promoção da Saúde Oral. Direcção-Geral da Saúde Divisão de Saúde Escolar Programa Nacional de Promoção da Saúde Oral Direcção-Geral da Saúde Divisão de Saúde Escolar Para apoio às acções de promoção e educação para a saúde em Saúde Oral Produzido pela: Divisão de Saúde Escolar

Leia mais

Escrito por Administrator Ter, 02 de Fevereiro de 2010 09:14 - Última atualização Qua, 10 de Março de 2010 08:44

Escrito por Administrator Ter, 02 de Fevereiro de 2010 09:14 - Última atualização Qua, 10 de Março de 2010 08:44 Mitos e Verdades da Odontologia Mitos: Quanto maior e colorida for nossa escova dental, melhor! Mentira. A escova dental deve ser pequena ou média para permitir alcançar qualquer região da nossa boca.

Leia mais

É a etapa inicial do tratamento do canal, consiste em o dentista atingir a polpa dentária (nervinho do dente).

É a etapa inicial do tratamento do canal, consiste em o dentista atingir a polpa dentária (nervinho do dente). É a etapa inicial do tratamento do canal, consiste em o dentista atingir a polpa dentária (nervinho do dente). Consiste na regularização do alvéolo (local onde está inserido o dente), geralmente após a

Leia mais

RECUPERADORES DE ESPAÇO E SUA APLICAÇÃO CLÍNICA

RECUPERADORES DE ESPAÇO E SUA APLICAÇÃO CLÍNICA FOL Faculdade de Odontologia de Lins / UNIMEP RECUPERADORES DE ESPAÇO E SUA APLICAÇÃO CLÍNICA GUIDELINES ON THE USE OF SPACE REGAIN RENATO RODRIGUES DE ALMEIDA Professor assistente doutor do Departamento

Leia mais

Tratamento cirúrgico da má oclusão de Classe III dentária e esquelética

Tratamento cirúrgico da má oclusão de Classe III dentária e esquelética Caso Clínico BBO Tratamento cirúrgico da má oclusão de Classe III dentária e esquelética Ione Helena Vieira Portella Brunharo 1 O preparo ortodôntico para tratamento cirúrgico do padrão esquelético de

Leia mais

ANÁLISE DA DENTIÇÃO MISTA

ANÁLISE DA DENTIÇÃO MISTA 1 ANÁLISE DA DENTIÇÃO MISTA INTRODUÇÃO O período da dentição mista inicia-se por volta dos 6 anos de idade com a erupção dos primeiros molares permanentes, e termina ao redor dos 12 anos de idade, com

Leia mais

Reginaldo César Zanelato

Reginaldo César Zanelato Reginaldo César Zanelato Nos pacientes portadores da má oclusão de Classe II dentária, além das opções tradicionais de tratamento, como as extrações de pré-molares superiores e a distalização dos primeiros

Leia mais

DIAGNÓSTICO COLETA DE DADOS RACIOCÍNIO E DEDICAÇÃO

DIAGNÓSTICO COLETA DE DADOS RACIOCÍNIO E DEDICAÇÃO EXAME CLÍNICO DA DOENÇA PERIODONTAL DIAGNÓSTICO PERIODONTAL CONSISTE O DIAGNÓSTICO NA ANÁLISE DO PERIODONTAL HISTÓRICO DO CASO, NA AVALIAÇÃO DOS SINAIS CLÍNICOS E SINTOMAS, COMO TAMBÉM DOS RESULTADOS DE

Leia mais

Tabela Simplificare Denti II

Tabela Simplificare Denti II Tabela Simplificare Denti II Em consequência de condições especifícas convencionadas com os prestadores, o valor assumido pela Pessoa Segura poderá, em algumas circunstâncias, ser inferior ao valor máximo

Leia mais

Aula 4: TÉCNICA RADIOGRÁFICA INTRA-ORAL

Aula 4: TÉCNICA RADIOGRÁFICA INTRA-ORAL Aula 4: TÉCNICA RADIOGRÁFICA INTRA-ORAL Técnicas Radiográficas Periapical Exame do dente e osso alveolar que o rodeia; Interproximal Diagnóstico de cáries proximais, excessos marginais de restaurações;

Leia mais

Tracionamento ortodôntico de incisivos central e lateral superiores impactados: caso clínico

Tracionamento ortodôntico de incisivos central e lateral superiores impactados: caso clínico Caso Clínico Tracionamento ortodôntico de incisivos central e lateral superiores impactados: caso clínico Plínio Coutinho Vilas Boas*, Luís Antônio Alves Bernardes**, Matheus Melo Pithon***, Diogo Piacentini

Leia mais

Má oclusão Classe I de Angle, com acentuada biprotrusão, tratada com extrações de dentes permanentes*

Má oclusão Classe I de Angle, com acentuada biprotrusão, tratada com extrações de dentes permanentes* C a s o C l í n i c o O Má oclusão Classe I de ngle, com acentuada biprotrusão, tratada com extrações de dentes permanentes* Marco ntônio Schroeder** Resumo Este relato de caso descreve o tratamento de

Leia mais

DentalRede, Lda Tabela a aplicar ao: Exército Português

DentalRede, Lda Tabela a aplicar ao: Exército Português DentalRede, Lda Tabela a aplicar ao: Exército Português 1 - CONSULTA 10110 Exame clínico/consulta S/Custo 2 - ODONTOLOGIA PREVENTIVA 20630 Destartarização, polimento (Limpeza) S/Custo 20610 Aplicação tópica

Leia mais

PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DAS GUIAS DE ENCAMINHAMENTO ODONTOLÓGICO PROGEO

PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DAS GUIAS DE ENCAMINHAMENTO ODONTOLÓGICO PROGEO PROGRAMA DE GERENCIAMENTO DAS GUIAS DE ENCAMINHAMENTO ODONTOLÓGICO PROGEO 1 1. PROPÓSITO Efetuar controle da Guias de Encaminhamentos Odontológicos em conformidade com a Circular 006/2007 da DSM e DGPM-401

Leia mais

GUIA DE SAÚDE BUCAL E TRAUMATISMO DENTAL PARA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (EJA)

GUIA DE SAÚDE BUCAL E TRAUMATISMO DENTAL PARA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (EJA) GUIA DE SAÚDE BUCAL E TRAUMATISMO DENTAL PARA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS (EJA) AUTORES Ingryd Coutinho de Oliveira Priscila Cunha Nascimento Discentes da Graduação em Odontologia e Bolsistas de Ensino

Leia mais

MARCOS PRADEBON TRATAMENTO DA MÁ OCLUSÃO CLASSE II: REVISÃO DE LITERATURA

MARCOS PRADEBON TRATAMENTO DA MÁ OCLUSÃO CLASSE II: REVISÃO DE LITERATURA FACULDADES UNIDAS DO NORTE DE MINAS- FUNORTE INSTITUTO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE MARCOS PRADEBON TRATAMENTO DA MÁ OCLUSÃO CLASSE II: REVISÃO DE LITERATURA Santa Cruz do Sul 2013 MARCOS PRADEBON TRATAMENTO DA

Leia mais

Tabela de Preços Convencionados para Medicina Dentária e Estomatologia

Tabela de Preços Convencionados para Medicina Dentária e Estomatologia Tabela de Preços Convencionados para Medicina Dentária e Estomatologia Em consequência de condições específicas convencionadas com os prestadores, o valor assumido pela Pessoa Segura poderá, em algumas

Leia mais

Ortodontia/Ortopedia no SUS. II Encontro Nacional do Programa Brasil Sorridente São Paulo, 31 de janeiro 2014

Ortodontia/Ortopedia no SUS. II Encontro Nacional do Programa Brasil Sorridente São Paulo, 31 de janeiro 2014 Ortodontia/Ortopedia no SUS II Encontro Nacional do Programa Brasil Sorridente São Paulo, 31 de janeiro 2014 Grupo Hospitalar Conceição (GHC) Porto Alegre/RS Grupo Hospitalar Conceição (GHC) Vinculado

Leia mais

Glossário dental. Consulta - Exame clínico ao paciente, tratamento a realizar e orçamento.

Glossário dental. Consulta - Exame clínico ao paciente, tratamento a realizar e orçamento. Glossário dental (rev.060118) Consulta - Exame clínico ao paciente, tratamento a realizar e orçamento. Odontologia preventiva - Tratamento que visa evitar patologias futuras. A prevenção evita posteriormente

Leia mais

Atendimento Emergencial... Consulta Clinica Geral... Prescrições de Medicamentos... Exames Clínicos Periódicos... RADIOGRAFIAS E EXAMES RADIOLÓGICOS

Atendimento Emergencial... Consulta Clinica Geral... Prescrições de Medicamentos... Exames Clínicos Periódicos... RADIOGRAFIAS E EXAMES RADIOLÓGICOS DESBAN Procedimentos YES EMPRESARIAL SPLIT Cobertura somente na rede credenciada YES EMPRESARIAL SPLIT PLUS Cobertura rede aberta (Reembolso) Atendimento Emergencial...... Consulta Clinica Geral......

Leia mais

Palavras chaves: Traumatismos dentários ; Dentes decíduos ; Dentes permanentes

Palavras chaves: Traumatismos dentários ; Dentes decíduos ; Dentes permanentes TRAUMATISMO EM DENTES DECÍDUOS E SUA REPERCUSSÃO EM DENTES PERMANENTES JOVENS: RELATO DE CASO Márcia Cançado FIGUEIREDO 1 ;Sérgio Estelita Cavalcante BARROS 1 ;Deise PONZONI 1 Raissa Nsensele NYARWAYA

Leia mais

FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE PIRACICABA CETASE

FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE PIRACICABA CETASE FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE PIRACICABA CETASE CENTRO DE ESTUDOS E TRATAMENTO DAS ALTERAÇÕES FUNCIONAIS DO SISTEMA ESTOMATOGNÁTICO Área de Prótese Fixa e Escultura Dental FICHA CLÍNICA 1 - Dados Pessoais

Leia mais

REVISTA GESTÃO & SAÚDE (ISSN 1984-8153) EXTRAÇÃO DE INCISIVO INFERIOR EM ORTODONTIA LOWER INCISOR EXTRACTION IN ORTHODONTICS

REVISTA GESTÃO & SAÚDE (ISSN 1984-8153) EXTRAÇÃO DE INCISIVO INFERIOR EM ORTODONTIA LOWER INCISOR EXTRACTION IN ORTHODONTICS 1 EXTRAÇÃO DE INCISIVO INFERIOR EM ORTODONTIA LOWER INCISOR EXTRACTION IN ORTHODONTICS Tatiana Leite Moroz LESSA 1 Elcy ARRUDA 2 Roberley Araújo ASSAD 3 Fabiano Sfier de MELLO 4 Andrea Malluf Dabul de

Leia mais

Tabela de Copagamentos de Estomatologia

Tabela de Copagamentos de Estomatologia Tabela de de Estomatologia A tabela apresentada reúne os principais atos médicos contratados e respetivos copagamentos. Consulte em www.tranquilidade.pt a tabela com a totalidade dos atos médicos/copagamentos.

Leia mais

COBERTURAS DO PLANO VIP PLUS

COBERTURAS DO PLANO VIP PLUS COBERTURAS DO PLANO VIP PLUS DESCRIÇÃO DO SERVIÇO 01. DIAGNÓSTICO Exame clínico inicial Consultas com hora marcada Exame clínico final Exame admissional (exame de sanidade dentária) 02. ATENDIMENTO DE

Leia mais

Cirurgiã Dentista, Especialista em Radiologia, Especializanda em Ortodontia PLANO DE CURSO

Cirurgiã Dentista, Especialista em Radiologia, Especializanda em Ortodontia PLANO DE CURSO C U R S O O D O N T O L O G I A Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14 Componente Curricular: RADIOLOGIA Código: ODO-14 Pré-requisito: ANATOMIA

Leia mais

TIP-EDGE e a TÉCNICA DIFERENCIAL DO ARCO RETO.

TIP-EDGE e a TÉCNICA DIFERENCIAL DO ARCO RETO. TIP-EDGE e a TÉCNICA DIFERENCIAL DO ARCO RETO....Tip-Edge é um braquete com um slot edgewise modificado, pré-ajustado, que permite inclinação da coroa em uma direção e ainda cria ancoragem através de movimento

Leia mais

Cobertura dos Planos Odontológicos OdontoPrev

Cobertura dos Planos Odontológicos OdontoPrev Cobertura dos Planos Odontológicos OdontoPrev Plano Integral... TRATAMENTO AMBULATORIAL/DIAGNÓSTICO Consulta EMERGÊNCIA Colagem de fragmentos (consiste na recolocação de partes de dente que sofreu fratura,

Leia mais

2ª. PARTE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS. 21. Segundo Bonachela, os polígonos importantes a serem avaliados na condição de estabilidade da PPR são:

2ª. PARTE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS. 21. Segundo Bonachela, os polígonos importantes a serem avaliados na condição de estabilidade da PPR são: 2ª. PARTE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS PROTESE DENTÁRIA 21. Segundo Bonachela, os polígonos importantes a serem avaliados na condição de estabilidade da PPR são: a) Polígonos de Roy e de Kent. b) Polígono

Leia mais

Sinonímia Alterações Herdadas e Congênitas Defeitos de Desenvolvimento da Região Maxilofacial e Oral

Sinonímia Alterações Herdadas e Congênitas Defeitos de Desenvolvimento da Região Maxilofacial e Oral Sinonímia Alterações Herdadas e Congênitas Defeitos de Desenvolvimento da Região Maxilofacial e Oral Doença Hereditária: é um desvio da normalidade transmitidos por genes e que podem estar presentes ou

Leia mais

Breve Panorama Histórico

Breve Panorama Histórico Análise Facial Breve Panorama Histórico Norman Kingsley Kingsley (final do séc.xix): s a articulação dos dentes secundária à aparência facial. Breve Panorama Histórico Edward Angle (in (início séc. s XX)

Leia mais

Tabela de preços convencionada para medicina dentária e estomatologia

Tabela de preços convencionada para medicina dentária e estomatologia Tabela de preços convencionada para medicina dentária e estomatologia Em consequência de condições específicas convencionadas com os prestadores, o valor assumido pela Pessoa Segura poderá, em algumas

Leia mais

ANOMALIAS DENTÁRIAS EM PACIENTES PORTADORES DE FISSURAS LABIOPALATINAS: REVISÃO DE LITERATURA

ANOMALIAS DENTÁRIAS EM PACIENTES PORTADORES DE FISSURAS LABIOPALATINAS: REVISÃO DE LITERATURA Edited by Foxit PDF Editor Copyright (c) by Foxit Software Company, 2004 For Evaluation Only. ANOMALIAS DENTÁRIAS EM PACIENTES PORTADORES DE FISSURAS LABIOPALATINAS: REVISÃO DE LITERATURA DENTAL ANOMALIES

Leia mais

ROL DE PROCEDIMENTOS Atendimento em consultórios particulares dos cooperados em todo o Brasil

ROL DE PROCEDIMENTOS Atendimento em consultórios particulares dos cooperados em todo o Brasil ROL DE PROCEDIMENTOS Atendimento em consultórios particulares dos cooperados em todo o Brasil 1 DIAGNÓSTICO 1.1 Consulta Clínico 1.2 Consulta Especialista 1.3 Condicionamento em Odontologia para crianças

Leia mais

Série Aparelhos Ortodônticos

Série Aparelhos Ortodônticos Série Aparelhos Ortodônticos Em geral, o protocolo de tratamento nos casos de Classe III, principalmente naqueles com deficiência maxilar, tem sido a disjunção, seguida pela protração da ma-xila. De acordo

Leia mais

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A CERON PROCEDIMENTOS ODONTOLÓGICOS

CENTRAIS ELÉTRICAS DE RONDÔNIA S/A CERON PROCEDIMENTOS ODONTOLÓGICOS PROCEDIMENTOS ODONTOLÓGICOS PORTO VELHO 2003 1 PROCEDIMENTOS ODONTOLÓGICOS COLABORADOR/PROFISSIONAL 1. O Tratamento Odontológico somente poderá ser iniciado após retirada da guia de consulta no Setor Médico

Leia mais

IMAGENS DAS ALTERAÇÕES DA COROA DENTAL

IMAGENS DAS ALTERAÇÕES DA COROA DENTAL IMAGENS DAS ALTERAÇÕES DA COROA DENTAL Em um dente íntegro, suas imagens são facilmente identificáveis, pois já conhecemos a escala de radiopacidade. Estudamos as imagens das estruturas anatômicas, suas

Leia mais

Aparelhos Ortodônticos Removíveis com Alta Retenção

Aparelhos Ortodônticos Removíveis com Alta Retenção Aparelhos Ortodônticos Removíveis com Alta Retenção Um novo conceito de ver e atuar com os aparelhos ortodônticos removíveis José Roberto Ramos Na maioria dos casos, o emprego dos aparelhos ortodônticos

Leia mais

Técnicas radiográficas. Técnicas Radiográficas Intraorais em Odontologia. Técnicas Radiográficas Intraorais. Técnicas Radiográficas

Técnicas radiográficas. Técnicas Radiográficas Intraorais em Odontologia. Técnicas Radiográficas Intraorais. Técnicas Radiográficas Técnicas Radiográficas Intraorais em Odontologia Técnicas radiográficas Divididas em dois grandes grupos: Técnicas Intraorais Profª Paula Christensen Técnicas Radiográficas Técnicas Extraorais Técnicas

Leia mais

ASPECTO DE IMAGEM DAS ESTRUTURAS DO DENTE

ASPECTO DE IMAGEM DAS ESTRUTURAS DO DENTE ASPECTO DE IMAGEM DAS ESTRUTURAS DO DENTE O órgão dentário, um dos elementos do aparelho mastigatório, é constituído por tecidos especificamente dentais (esmalte, dentina, polpa) e por tecidos periodontais

Leia mais

A Importância da Saúde Bucal. na Saúde Geral

A Importância da Saúde Bucal. na Saúde Geral PALESTRA A Importância da Saúde Bucal na Saúde Geral A saúde começa pela boca Os dentes são importantes na mastigação dos alimentos, fala, e estética, influenciando diretamente na auto-estima do indivíduo

Leia mais

MORDIDA ABERTA EM PACIENTES JOVENS. RELATO CLÍNICO

MORDIDA ABERTA EM PACIENTES JOVENS. RELATO CLÍNICO MORDIDA ABERTA EM PACIENTES JOVENS. RELATO CLÍNICO UNIMEP Universidade Metodista de Piracicaba OPEN BITE IN YOUNG PATIENT. CLINICAL REPORT EVANDRO DA SILVA BRONZI Mestrando em Ortodontia na Faculdade de

Leia mais

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ODONTOLOGIA ESCOLA DE APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL EAP PI CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA JOÃO CARLOS DORNELES FERREIRA

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ODONTOLOGIA ESCOLA DE APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL EAP PI CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA JOÃO CARLOS DORNELES FERREIRA 10 ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ODONTOLOGIA ESCOLA DE APERFEIÇOAMENTO PROFISSIONAL EAP PI CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ORTODONTIA JOÃO CARLOS DORNELES FERREIRA ORTODONTIA E ORTOPEDIA FACIAL: Importância na Prevenção

Leia mais

Ana Sofia Mendonça Borges

Ana Sofia Mendonça Borges Ana Sofia Mendonça Borges Abordagem Ortodôntica da Gestão de Espaço em Dentição Mista ANEXOS Universidade Fernando Pessoa Faculdade de Ciências da Saúde Porto, 2011 Índice de Anexos Anexo 1 - Representação

Leia mais

AMPUTAÇÃO RADICULAR COM OU SEM OBTURAÇÃO RETRÓGRADA 82000050 Amputação radicular sem obturação retrógrada

AMPUTAÇÃO RADICULAR COM OU SEM OBTURAÇÃO RETRÓGRADA 82000050 Amputação radicular sem obturação retrógrada 85400017 Ajuste Oclusal por acréscimo AJUSTE OCLUSAL 85400025 Ajuste Oclusal por desgaste seletivo AJUSTE OCLUSAL 82000034 Alveoloplastia ALVEOLOPLASTIA Amputação radicular com obturação retrógrada AMPUTAÇÃO

Leia mais

ODONTOLOGIA ESTÉTICA

ODONTOLOGIA ESTÉTICA ODONTOLOGIA ESTÉTICA O sorriso enaltece os dentes que podem assim como outros elementos da face denunciar a idade cronológica do ser humano por meio de desgastes ou mesmo pela alteração da cor. Nesse contexto,

Leia mais

Glossário de Especialidades e Procedimentos Odontológicos

Glossário de Especialidades e Procedimentos Odontológicos Glossário de Especialidades e Procedimentos Odontológicos Dirimindo dúvidas que possam surgir através da análise das coberturas de nossos planos odontológicos, relacionamos abaixo os Procedimentos Odontológicos,

Leia mais

Doenças Periodontais. Tratamento e Prevenção. 1º e-book - COS - Clínica Odontológica Soares

Doenças Periodontais. Tratamento e Prevenção. 1º e-book - COS - Clínica Odontológica Soares Doenças Periodontais Tratamento e Prevenção 1º e-book - COS - Clínica Odontológica Soares Gengivite e Periodontite Guia para o paciente Aprenda mais sobre as Doenças Periodontais (de gengiva) As doenças

Leia mais

Exame do Sistema Estomatognático usando Análise Oclusal e Índice Epidemiológico para DCMs. Ana Carla Rios

Exame do Sistema Estomatognático usando Análise Oclusal e Índice Epidemiológico para DCMs. Ana Carla Rios Exame do Sistema Estomatognático usando Análise Oclusal e Índice Epidemiológico para DCMs Ana Carla Rios O Exame do Sistema Estomatognático utilizando a análise oclusal é parte importante do processo diagnóstico

Leia mais

EXAMES LABORATORIAIS DIAGNOSTICO ANATOMOPATOLOGICO EM MATERIAL DE BIOPSIA NA REGIAO BUCO-MAXILO- 81000138 FACIAL

EXAMES LABORATORIAIS DIAGNOSTICO ANATOMOPATOLOGICO EM MATERIAL DE BIOPSIA NA REGIAO BUCO-MAXILO- 81000138 FACIAL UNIODONTO PORTO ALEGRE Modalidade pré-pagamento sem coparticipação, ou seja, o contratante pagará apenas o valor da mensalidade e terá a sua disposição todos os beneficios previstos pela ANS. Atendimento

Leia mais