LNEC : estudo estratigráfico de ver revestimentos e acompanhamento a dezenas de casos de estudo.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "LNEC 1990-2005: estudo estratigráfico de ver revestimentos e acompanhamento a dezenas de casos de estudo."

Transcrição

1 LNEC : estudo estratigráfico de ver revestimentos e acompanhamento a dezenas de casos de estudo. A PROCURA DE ABORDAGENS CIENTÍFICAS 1993: DMRU-CML Seminário A COR DE LISBOA J. Aguiar, J; Henriques - A estratigrafia como método de garantir cientificamente a autenticidade cromática de um edifício. LISBOA: CML, 1993 (policopiado) 1

2 1993: DMRU-CML Seminário A COR DE LISBOA J. Aguiar, J; Henriques - A estratigrafia como método de garantir cientificamente a autenticidade cromática de um edifício. LISBOA: CML, 1993 (policopiado) Colaboração do LNEC com a CML e CMS: Estudos de cor para a Encosta do Castelo e para a Praça do Rossio; Estudos de cor para o Centro Histórico de Sintra. 2

3 OBRAS PIONEIRAS E MODIFICAÇÃO DA PRAXIS DO ESTADO PORTUGUÊS (IPPC/AR E DGEMN) RESTAURO DAS FACHADAS DO PALÁCIO NACIONAL DE SINTRA O acompanhamento atento e crítico das intervenções, aprendendo a urgente necessidade de começarmos a fazer MENOS em vez de fazer DEMAIS! Palácio Nacional de Sintra (assessoria ao Restauro de Fernando Henriques ASC-ICCROM) Colaboração do LNEC com o IPPAR: a descoberta do amarelo-ocre e dos barramentos do Palácio de Mafra! 3

4 Colaboração do LNEC com o IPPAR: a descoberta do amarelo-ocre e dos barramentos do Palácio de Mafra! CONSERVAÇÃO DE SUPERFÍCIES ARQUITECTÓNICAS OBRAS PIONEIRAS: J. CORDOVIL (ICCROM) Restauro da fachada da antiga delegação de D.G.Turismo de Évora 4

5 NOVAS GERAÇÕES DE RESTAURADORES DE PINTURA MURAL QUE GRADUALMENTE SE APROXIMAM DO RESTAURO ARQUITECTÓNICO Joaquim Caetano (ICCROM) e José Pestana, Intervenções da Mural da História, St. Leocádia e Restauros em Tomar. Irene Frazão (ICCROM) e Arlinda Silva, Restauro de frescos, Cuba em Monsaraz NOVAS EMPRESAS E ESTALEIROS DOS ANOS 80 E 90 QUE MODIFICAM AS PRAXIS DA CONSERVAÇÃO EM PORTUGAL 5

6 TENTATIVAS E INTERVENÇÕES URBANAS, ÉVORA : Projecto Integrado de Salvaguarda dos Acabamentos Tradicionais do Centro Histórico de Évora ÉVORA: BRANCA OU COM COR? Dissertações desenvolvidas na Universidade de Évora, Curso de Mestrado em Recuperação do Património Arquitectónico e Paisagístico, orientadas por J. Aguiar: Helena Mourato - um Plano de Cor para a Praça do Geraldo. 6

7 Praça do Giraldo: restauro de stuccos O pouco que fizemos (antes e depois): Rua Cândido dos Reis: restituição cromática. 7

8 ÉVORA, a necessidade de CONSERVAR e RESTAURAR não só dos Monumentos mas também a Cidade Histórica, contra a triste realidade da demasiada substituição e da encapotada renovação! Évora, Rua 5 de Outubro, restauro de esgrafitos e de fingidos de azulejos: consolidação; restituição da adesão; (re)integração cromática (Sofia Lopes c/ apoio de Irene Frazão) Évora: Rua 5 de Outubro, conservação e restauro de esgrafitos e de fingidos de azulejos: consolidação; restituição da adesão; (re)integração cromática (Restauradora: Sofia Lopes c/ apoio de Irene Frazão) 8

9 O RESTAURO URBANO, finalmente? Évora 2005/2006: restauros urbanos pela empresa NOVA CONSERVAÇÃO! 9

JOAN CASEDEVALLE SERRA: METODOLOGIA

JOAN CASEDEVALLE SERRA: METODOLOGIA JOAN CASEDEVALLE SERRA: METODOLOGIA O MÉTODO DE LENCLOS E O PLANO DE BEJA, INÍCIO ANOS 80 Charola Convento de Cristo, Tomar 1 OS PLANOS DE COR EXIGEM ESPECÍFICAS METODOLOGIAS DE ESTUDO E DESENVOLVIMENTO

Leia mais

FASE 3 (1998-2003) 3.1 Criação da Comissão Especial Casa de Dona Yayá (1998)

FASE 3 (1998-2003) 3.1 Criação da Comissão Especial Casa de Dona Yayá (1998) 3.1 Criação da Comissão Especial Casa de Dona Yayá (1998) 3.2 O restauro de murais artísticos realizado pelo programa Identificação, Consolidação e Restauração de Pinturas Murais (Canteiro Escola) do CPC

Leia mais

JOSÉ AGUIAR Curriculum Vitae

JOSÉ AGUIAR Curriculum Vitae JOSÉ AGUIAR Curriculum Vitae REFERÊNCIAS BIOGRÁFICAS Nome completo: José Manuel Aguiar Portela da Costa Data de nascimento:1961/02/05. Naturalidade: Vila Real Estado civil: Casado e pai de Tomás de Sousa

Leia mais

CARTA INTERNACIONAL SOBRE A CONSERVAÇÃO E O RESTAURO DE MONUMENTOS E SÍTIOS

CARTA INTERNACIONAL SOBRE A CONSERVAÇÃO E O RESTAURO DE MONUMENTOS E SÍTIOS CADERNOS DE SOCIOMUSEOLOGIA Nº 15-1999 105 CARTA DE VENEZA 1964 CARTA INTERNACIONAL SOBRE A CONSERVAÇÃO E O RESTAURO DE MONUMENTOS E SÍTIOS Os monumentos de um povo, portadores de uma mensagem do passado,

Leia mais

PLANO DE CONSERVAÇÃO PREVENTIVA DO MUSEU CASA DE RUI BARBOSA - CONSERVAÇAO DAS SUPERFÍCIES ARQUITETÔNICAS DO MUSEU CASA DE RUI BARBOSA

PLANO DE CONSERVAÇÃO PREVENTIVA DO MUSEU CASA DE RUI BARBOSA - CONSERVAÇAO DAS SUPERFÍCIES ARQUITETÔNICAS DO MUSEU CASA DE RUI BARBOSA CMI Centro de Memória e Informação CMI Dados do Projeto e do(a) Coordenador do Projeto Título do Projeto Plano de Conservação Preventiva do Museu Casa de Rui Barbosa: CONSERVAÇÃO DAS SUPERFÍCIES ARQUITETÔNICAS

Leia mais

Conservação dos rebocos exteriores da Igreja de Nossa Senhora da Assunção

Conservação dos rebocos exteriores da Igreja de Nossa Senhora da Assunção Conservação dos rebocos exteriores da Igreja de Nossa Senhora da Assunção Sofia Salema Arquitecta, Mestre em Conservação do Património Arquitectónico e Paisagístico, bolseira de doutoramento da FCT (Fundação

Leia mais

Seminário A Qualidade nas Intervenções de Conservação, Reabilitação e Valorização das Casas Antigas

Seminário A Qualidade nas Intervenções de Conservação, Reabilitação e Valorização das Casas Antigas Seminário A Qualidade nas Intervenções de Conservação, Reabilitação e Valorização das Casas Antigas Data: Sábado, 14 de Novembro de 2009, 14h00 18h30 Local: Palácio dos Marqueses de Fronteira, em Lisboa

Leia mais

M.N. Ramos Ferreira - Eletricidade e Mecânica, Lda. Escritório Al. D. Pedro V, 25 S/L Dt. 4400-115 V. N. Gaia - PORTUGAL Tel. +351 223 709 911 fax +351 223 709 921 geral@mnrf.pt www.mnrf.pt 01 Índice

Leia mais

Claudia S. Rodrigues de Carvalho. Eletrônico: crcarvalho@rb.gov.br Telefônico: 55-21- 32894676 Núcleo de Preservação Arquitetônica

Claudia S. Rodrigues de Carvalho. Eletrônico: crcarvalho@rb.gov.br Telefônico: 55-21- 32894676 Núcleo de Preservação Arquitetônica CMI Dados do Projeto e do(a) Coordenador do Projeto CMI Centro de Memória e Informação Título do Projeto Coordenador do Projeto: Endereços para contato: Setor: Plano de Conservação Preventiva do Museu

Leia mais

PRIMEIRO ANO DE TRABALHOS DE CONSERVAÇÃO E RESTAURO DOS ACERVOS DOS NÚCLEOS MUSEOLÓGICOS DO MUNICÍPIO DE ABRANTES

PRIMEIRO ANO DE TRABALHOS DE CONSERVAÇÃO E RESTAURO DOS ACERVOS DOS NÚCLEOS MUSEOLÓGICOS DO MUNICÍPIO DE ABRANTES PRIMEIRO ANO DE TRABALHOS DE CONSERVAÇÃO E RESTAURO DOS ACERVOS DOS NÚCLEOS MUSEOLÓGICOS DO MUNICÍPIO DE ABRANTES Técnicos Superiores de Conservação e Restauro: Isabel dos Santos Filipe Pereira (2013/2014)

Leia mais

Eng.º José Pinto Leite

Eng.º José Pinto Leite Dia 27 de Maio Investimento e sustentabilidade Eng.º José Pinto Leite Programa Polis Congresso LIDER A 09 Sustentabilidade e o POLIS José Manuel Pinto Leite IST 27/05/2009 1 Sustentabilidade e o POLIS

Leia mais

Pegue no carro e parta à descoberta de Portugal!

Pegue no carro e parta à descoberta de Portugal! Criamos três itinerários pensando em quem procura a autenticidade e valoriza a liberdade... Pegue no carro e parta à descoberta de Portugal! Tenha a liberdade de conhecer, de desfrutar de cada lugar, ao

Leia mais

DIRECTÓRIO DE ARQUIVOS E COLECÇÕES DOCUMENTAIS DA EX-DGEMN DATAS EXTREMAS. Comissão Administrativa das Obras do Novo Estádio de Lisboa - Arquivo

DIRECTÓRIO DE ARQUIVOS E COLECÇÕES DOCUMENTAIS DA EX-DGEMN DATAS EXTREMAS. Comissão Administrativa das Obras do Novo Estádio de Lisboa - Arquivo Estádio Nacional 163787 Comissão Administrativa das Obras do Novo Estádio de Lisboa - Arquivo 1931-1948 13,25 ml (incl. 40, 7 fotografias) Comissão para a Aquisição de Mobiliário - Arquivo / Secção de

Leia mais

CONSERVAÇÃO DE REVESTIMENTOS HISTÓRICOS

CONSERVAÇÃO DE REVESTIMENTOS HISTÓRICOS PONTA DELGADA, 15 NOVEMBRO CONSERVAÇÃO DE REVESTIMENTOS HISTÓRICOS 3 Maria do Rosário Veiga rveiga@lnec.pt novembro 2013 PONTA DELGADA, 15 NOVEMBRO ESTRATÉGIAS DE CONSERVAÇÃO Critérios de decisão, técnicas

Leia mais

PENSANDO JÁ O CENTRO HISTÓRICO? A INTERVENÇÃO DA DGEMN NA SÉ DO PORTO (1929-1982)

PENSANDO JÁ O CENTRO HISTÓRICO? A INTERVENÇÃO DA DGEMN NA SÉ DO PORTO (1929-1982) PENSANDO JÁ O CENTRO HISTÓRICO? A INTERVENÇÃO DA DGEMN NA SÉ DO PORTO (1929-1982) MARIA LEONOR BOTELHO DCTP-FLUP mlbotelho@letras.up.pt 5 Dez 2013 17º Aniversário da Classificação do Centro Histórico do

Leia mais

RESTAURO DE REVESTIMENTOS E SUPERFÍCIES ARQUITECTÓNICAS ALGUNS CASOS DE ESTUDO

RESTAURO DE REVESTIMENTOS E SUPERFÍCIES ARQUITECTÓNICAS ALGUNS CASOS DE ESTUDO OFICINA: TÉCNICAS TRADICIONAIS TRADICIONAIS DE REVESTIMENTO DE REVESTIMENTO C.M.BEJA, 2007 José Aguiar Professor Associado da FA UT, Presidente do ICOMOS Portugal. RESTAURO DE REVESTIMENTOS E SUPERFÍCIES

Leia mais

O papel do BPI no financiamento da reabilitação urbana: o programa JESSICA

O papel do BPI no financiamento da reabilitação urbana: o programa JESSICA O papel do BPI no financiamento da reabilitação urbana: o programa JESSICA Conferência CPCI e AIP/CCI Confederação Portuguesa da Construção e do Imobiliário Associação Industrial Portuguesa / Câmara de

Leia mais

RELATÓRIO DA VISITA REALIZADA AO MUSEU NACIONAL DO AZULEJO. 7 de março de 2012

RELATÓRIO DA VISITA REALIZADA AO MUSEU NACIONAL DO AZULEJO. 7 de março de 2012 RELATÓRIO DA VISITA REALIZADA AO MUSEU NACIONAL DO AZULEJO 7 de março de 2012 No dia 7 de março de 2012, pelas 11 horas, uma delegação da Comissão para a Ética, a Cidadania e a Comunicação, composta pelos

Leia mais

Programa de Incentivo em Lisboa Top Vip

Programa de Incentivo em Lisboa Top Vip Programa de Incentivo em Lisboa Top Vip Dia 1 Chegada dos participantes. Transfere para Belém em autocarro com acompanhamento de guia. Em Belém, área dedicada ao período das Descobertas, iremos encontrar

Leia mais

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA E ACOMPANHAMENTO DE OBRAS

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA E ACOMPANHAMENTO DE OBRAS PRO APAC 2 PLANILHA ORÇAMENTÁRIA E ACOMPANHAMENTO DE OBRAS PLANILHA ORÇAMENTÁRIA (ANEXO VI) APRESENTAÇÃO DE PLANILHAS COM MAIOR DETALHAMENTO POSSÍVEL. NÃO UTILIZAR A UNIDADES GENÉRICAS OU A EXPRESSÃO

Leia mais

Monumento ao Pescador, Costa da Caparica, 1985

Monumento ao Pescador, Costa da Caparica, 1985 Monumento ao Pescador, Costa da Caparica, 1985 Mural em Baixo-relevo, Casa Mortuária de Alhos Vedros, 1986 Monumento ao Bombeiro, Sines, 1992 Viagem, Almada, 1994 Um Olhar Sobre o Rio, Área de serviço

Leia mais

Contextualização da conservação e da salvaguarda na ROTA DO ROMÂNICO

Contextualização da conservação e da salvaguarda na ROTA DO ROMÂNICO Contextualização da conservação e da salvaguarda na ROTA UNESCO 31 C/4 Medium-Term Strategy - 2002 2007 (...) Cultural heritage is a key component of identities and is rapidly becoming a key factor for

Leia mais

CURRICULUM VITAE Márcia Dantas Braga 1960 Rio de Janeiro CAURJ A10493-0

CURRICULUM VITAE Márcia Dantas Braga 1960 Rio de Janeiro CAURJ A10493-0 CURRICULUM VITAE Márcia Dantas Braga 1960 Rio de Janeiro CAURJ A10493-0 FORMAÇÃO ACADÊMICA MESTRE Ciências em Arquitetura, Faculdade de Arquitetura e Urbanismo UFRJ (1999) GRADUAÇÃO Arquitetura e Urbanismo

Leia mais

I - Disposições gerais. Artigo 1.º Âmbito da cooperação

I - Disposições gerais. Artigo 1.º Âmbito da cooperação Decreto n.º 25/2002 Acordo de Cooperação na Área da Educação e Cultura entre a República Portuguesa e a Região Administrativa Especial de Macau da República Popular da China, assinado em Lisboa, em 29

Leia mais

DIAS, Joana Isabel Lampreia de Almeida

DIAS, Joana Isabel Lampreia de Almeida INFORMAÇÃO PESSOAL Nome DIAS, Joana Isabel Lampreia de Almeida Telefone 213977426 / 964780415 Correio electrónico arterestauropinturaeescultura@gmail.com Nacionalidade Portuguesa EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL

Leia mais

www.parquesdesintra.pt Parques de Sintra Monte da Lua, S.A.

www.parquesdesintra.pt Parques de Sintra Monte da Lua, S.A. www.parquesdesintra.pt Parques de Sintra Monte da Lua, S.A. Seminário Técnico do Projeto LIFE Biodiscoveries Espécies Invasoras 29 Janeiro 2015 Paisagem Cultural de Sintra Classificada 1995 Parques de

Leia mais

Ciclo Obra Aberta * Visitas guiadas a obras da autoria do arquitecto José Marques da Silva

Ciclo Obra Aberta * Visitas guiadas a obras da autoria do arquitecto José Marques da Silva Ciclo Obra Aberta * Visitas guiadas a obras da autoria do arquitecto José Marques da Silva 17 de Outubro Sábado 10h30 - Estação de S. Bento (1896-1916), por Nuno Tasso de Sousa - Teatro Nacional S. João

Leia mais

Património Industrial: Tradição, Inovação, Conservação. Geografias da cal. matéria-prima, produção, técnicas e repercussão.

Património Industrial: Tradição, Inovação, Conservação. Geografias da cal. matéria-prima, produção, técnicas e repercussão. Património Industrial: Tradição, Inovação, Conservação Geografias da cal matéria-prima, produção, técnicas e repercussão Inês Cardoso Lisboa 25 Setembro 2015 Património Industrial: Tradição, Inovação,

Leia mais

A sustentabilidade da paisagem em Tomar

A sustentabilidade da paisagem em Tomar A sustentabilidade da paisagem em Tomar A Cerca e a Mata Nacional dos Sete Montes como espaço verde, urbano, que enquadra, protege e valoriza o património único do Castelo e do Convento de Cristo Fernando

Leia mais

UMA ARQUEOLOGIA DA COR? Conservação de superfícies e revestimentos no património urbano português.

UMA ARQUEOLOGIA DA COR? Conservação de superfícies e revestimentos no património urbano português. Património Arquitectónico, registo e interpretação critérios de intervenção! IPPAR, 16 de Setembro 2005, Museu de Etnologia de Lisboa UMA ARQUEOLOGIA DA COR? Conservação de superfícies e revestimentos

Leia mais

Apresentação da Empresa

Apresentação da Empresa Apresentação da Empresa Apresentamos a Coversteel S.A., uma nova Empresa constituída em Dezembro de 2011, dirigida a uma oportunidade que apareceu no mercado nacional, na área dos revestimentos metálicos

Leia mais

LINHA DE CRÉDITO JESSICA - BPI

LINHA DE CRÉDITO JESSICA - BPI LINHA DE CRÉDITO JESSICA - BPI Balanço do 1º ano e Perspectivas Porto, 28 Nov 2012 ÍNDICE 1. Ponto de situação 2. Condições dos financiamentos JESSICA do BPI 3. Operações fechadas 4. Projectos em carteira

Leia mais

Projecto de Candidatura da Universidade de Coimbra a Património Mundial

Projecto de Candidatura da Universidade de Coimbra a Património Mundial Projecto de Candidatura da Universidade de Coimbra a Património Mundial 1 Coimbra - 1941 Coimbra - 2001 2 Pólo II - Estado actual Pólo III - Estado actual 3 Pólo I - Estado actual 4 Pólo I - Estado actual

Leia mais

EUROPA, UM PATRIMÓNIO COMUM. Título: Solares de Portugal na Europa das Tradições

EUROPA, UM PATRIMÓNIO COMUM. Título: Solares de Portugal na Europa das Tradições EUROPA, UM PATRIMÓNIO COMUM Título: Solares de Portugal na Europa das Tradições Ponte de Lima, Janeiro de 2000 EUROPA, UM PATRIMÓNIO COMUM 1 - TÍTULO: Solares de Portugal na Europa das Tradições 2 AUTOR:

Leia mais

Serviços de Informação e Documentação Avenida das Forças Armadas 1649-026 Lisboa Tel: 217903024 Fax: 217903025 URL: http://biblioteca.iscte.

Serviços de Informação e Documentação Avenida das Forças Armadas 1649-026 Lisboa Tel: 217903024 Fax: 217903025 URL: http://biblioteca.iscte. Serviços de Informação e Documentação Avenida das Forças Armadas 1649-026 Lisboa Tel: 217903024 Fax: 217903025 URL: http://biblioteca.iscte.pt E-mail: biblioteca@iscte.pt Com a actividade Arte na Biblioteca

Leia mais

Rota dos Vinhos de Portugal - 7 noites/8 dias Excursão com Guia - Somente Terrestre

Rota dos Vinhos de Portugal - 7 noites/8 dias Excursão com Guia - Somente Terrestre Rota dos Vinhos de Portugal - 7 noites/8 dias Excursão com Guia - Somente Terrestre Pacote Inclui: -> Traslado de chegada e saída em Lisboa e Porto; -> Serviços privativos com motorista de turismo experiente

Leia mais

A CIDADELA DE CASCAIS: O MONUMENTO, A ENVOLVENTE URBANA E O VALOR SOCIAL

A CIDADELA DE CASCAIS: O MONUMENTO, A ENVOLVENTE URBANA E O VALOR SOCIAL 349 A CIDADELA DE CASCAIS: O MONUMENTO, A ENVOLVENTE URBANA E O VALOR SOCIAL Jacinta Bugalhão O conjunto monumental militar designado globalmente como Cidadela de Cascais (e que engloba, nesta acepção,

Leia mais

Patrimônio da FAU-USP

Patrimônio da FAU-USP Patrimônio da FAU-USP FONTE: http://www.cimentoitambe.com.br/patrimonio-da-arquitetura-de-sppredio-da-fau-sera-restaurado/ FAU Edifício Artigas Bibliografia sobre o edifício ALBUQUERQUE, Roberto

Leia mais

Um projecto central na reabilitação da frente ribeirinha

Um projecto central na reabilitação da frente ribeirinha Um projecto central na reabilitação da frente ribeirinha Na frente ribeirinha de Lisboa, a poucos minutos do Parque das Nações, desenvolve-se um novo condomínio que enquadra toda a estrutura pré-existente

Leia mais

PAC CIDADES HISTÓRICAS. Natal /RN

PAC CIDADES HISTÓRICAS. Natal /RN PAC CIDADES HISTÓRICAS Natal /RN INTRODUÇÃO O Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), iniciado em 2007, é uma inciativa do governo federal coordenada pelo Ministério do Planejamento que promoveu a

Leia mais

UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ OS OFÍCIOS DO RESTAURO

UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ OS OFÍCIOS DO RESTAURO UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ OS OFÍCIOS DO RESTAURO O UNIVERSO DA RESTAURAÇÃO NO RIO DE JANEIRO O estado do Rio de Janeiro apresenta um enorme acervo de imóveis de valor cultural, histórico, artístico, arquitetônico

Leia mais

Decreto n.º 22/95 Acordo de Cooperação Cultural e Científica entre o Governo da República Portuguesa e o Governo da Federação da Rússia

Decreto n.º 22/95 Acordo de Cooperação Cultural e Científica entre o Governo da República Portuguesa e o Governo da Federação da Rússia Decreto n.º 22/95 Acordo de Cooperação Cultural e Científica entre o Governo da República Portuguesa e o Governo da Federação da Rússia Nos termos da alínea c) do n.º 1 do artigo 200.º da Constituição,

Leia mais

Da Existência, ou Não, de Pintura Mural a Fresco de Expressão Românica em Portugal

Da Existência, ou Não, de Pintura Mural a Fresco de Expressão Românica em Portugal PAINEL V Artes do Românico II Da Existência, ou Não, de Pintura Mural a Fresco de Expressão Românica em Portugal JOAQUIM INÁCIO CAETANO Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa 85 Introdução Desde

Leia mais

CONTRIBUTO DAS ARGAMASSAS NA SUSTENTABILIDADE LISBOA 15.05.2015

CONTRIBUTO DAS ARGAMASSAS NA SUSTENTABILIDADE LISBOA 15.05.2015 CONTRIBUTO DAS ARGAMASSAS NA SUSTENTABILIDADE LISBOA 15.05.2015 ÍNDICE SOLUÇÕES EM ARGAMASSAS PARA A REABILITAÇÃO ENERGÉTICA Sobre a Secil Argamassas Perspectiva de melhoramento do conforto André Correia

Leia mais

GECoRPA CLASSIFICAÇÃO DAS EMPRESAS DA ÁREA DA CONSERVAÇÃO DO PATRIMÓNIO ARQUITETÓNICO E DA REABILITAÇÃO DE CONSTRUÇÕES ANTIGAS

GECoRPA CLASSIFICAÇÃO DAS EMPRESAS DA ÁREA DA CONSERVAÇÃO DO PATRIMÓNIO ARQUITETÓNICO E DA REABILITAÇÃO DE CONSTRUÇÕES ANTIGAS GECoRPA CLASSIFICAÇÃO DAS EMPRESAS DA ÁREA DA CONSERVAÇÃO DO PATRIMÓNIO ARQUITETÓNICO E DA REABILITAÇÃO DE CONSTRUÇÕES ANTIGAS Grupo I PROJETO, FISCALIZAÇÃO E CONSULTORIA Categoria I.1. Conservação e Restauro

Leia mais

CURRICULUM VITAE PEDRO MARIGUESA ARQUITECTOS

CURRICULUM VITAE PEDRO MARIGUESA ARQUITECTOS CURRICULUM VITAE PEDRO MARIGUESA ARQUITECTOS CURRICULUM VITAE Informação pessoal Nome Pedro Alexandre Tomé de Freitas Mariguesa Morada Calçada de São Vicente 106, 3º esq. 1100-571 Lisboa Portugal Telefone/Fax

Leia mais

Bairro Ourives. Lotes A, B, C e D. Setembro de 2014

Bairro Ourives. Lotes A, B, C e D. Setembro de 2014 Bairro Ourives Lotes A, B, C e D Setembro de 2014 OBJETIVO Com o objetivo de dar continuidade às ações desenvolvidas no âmbito do PIPARU - Programa de Investimento Prioritário em Ações de Reabilitação

Leia mais

Patrimônio. Foco na história

Patrimônio. Foco na história Patrimônio Foco na história 30 metrópole campinas 19/6/11 À esquerda, a foto vencedora Corredor, de Matheus Spina; abaixo, detalhe da Mandala, por José Roberto Magalhães: exposição que vai até 31 de julho

Leia mais

PLANO DE ALINHAMENTO E CÉRCEAS PARA A AVENIDA DA REPÚBLICA. Janeiro 2006

PLANO DE ALINHAMENTO E CÉRCEAS PARA A AVENIDA DA REPÚBLICA. Janeiro 2006 C Â M A R A M U N I C I P A L D E L I S B O A DIRECÇÃO MUNICIPAL DE PLANEAMENTO URBANO DEPARTAMENTO DE PLANEAMENTO URBANO PLANO DE PORMENOR, MODALIDADE SIMPLIFICADA, DESIGNADO POR: PLANO DE ALINHAMENTO

Leia mais

Reabilitação do Património nas Smart Cities O Caso de Lisboa

Reabilitação do Património nas Smart Cities O Caso de Lisboa Quarta conferência do ciclo dedicado às Smart Cities Reabilitação do Património nas Smart Cities O Caso de Lisboa João Appleton 19 de Junho de 2014 Esta apresentação parte de três pressupostos: A reabilitação

Leia mais

Centro Histórico de Santarém: Como integrar a herança cultural nos desafios do futuro?

Centro Histórico de Santarém: Como integrar a herança cultural nos desafios do futuro? Centro Histórico de Santarém: Como integrar a herança cultural nos desafios do futuro? Vive-se um tempo de descrédito, generalizado, relativamente às soluções urbanísticas encontradas para o crescimento

Leia mais

A Arqueologia da Arquitectura

A Arqueologia da Arquitectura Maria de Magalhães Ramalho Mestrado em Reabilitação da Arquitectura e Núcleos Urbanos FAUTL - 2006/2007 A Arqueologia da Arquitectura Maria de Magalhães Ramalho Departamento de Estudos-IPPAR 1 A maior

Leia mais

Missão Administrativa da(o) Secretária(o) de Justiça A Bandeira Nacional e os tribunais de 1.ª instância CFFJ - 2012

Missão Administrativa da(o) Secretária(o) de Justiça A Bandeira Nacional e os tribunais de 1.ª instância CFFJ - 2012 Missão Administrativa da(o) Secretária(o) de Justiça A Bandeira Nacional e os tribunais de 1.ª instância CFFJ - 2012 Direção-Geral da Administração da Justiça A Bandeira Nacional e os tribunais de 1ª instância

Leia mais

AQUEDUTOS DE PORTUGAL ÁGUA E PATRIMÓNIO Évora 2011/2012 CONVENTO DOS REMÉDIOS - Ciclo de conferências no Convento sobre o tema Água e Património

AQUEDUTOS DE PORTUGAL ÁGUA E PATRIMÓNIO Évora 2011/2012 CONVENTO DOS REMÉDIOS - Ciclo de conferências no Convento sobre o tema Água e Património AQUEDUTOS DE PORTUGAL ÁGUA E PATRIMÓNIO Évora 2011/2012 CONVENTO DOS REMÉDIOS - Ciclo de conferências no Convento sobre o tema Água e Património Arquitecta: Professora Doutora Maria do Céu Simões Tereno

Leia mais

CURRICULUM VITAE. Dados Pessoais

CURRICULUM VITAE. Dados Pessoais CURRICULUM VITAE Dados Pessoais Nome: Nuno Ricardo Pereira Branco Data de Nascimento: 21-09-1979 Bilhete de Identidade n.º: 225276909 Estado Civil: Casado Contactos: Residência: Avenida dos Estados Unidos

Leia mais

MUSEU DO AZULEJO APRESENTAÇÃO

MUSEU DO AZULEJO APRESENTAÇÃO MUSEU DO AZULEJO APRESENTAÇÃO O Museu Nacional do Azulejo tem por missão recolher, conservar, estudar e divulgar exemplares representativos da evolução da Cerâmica e do Azulejo em Portugal, promovendo

Leia mais

Seminário Europa um Património Comum e exposição dos Solares de Portugal promovido pela TURIHAB e o IPPAR no Mosteiro de Jerónimos

Seminário Europa um Património Comum e exposição dos Solares de Portugal promovido pela TURIHAB e o IPPAR no Mosteiro de Jerónimos Mosteiro de Jerónimos - - Lisboa - (20 de Janeiro de 2000) Seminário Europa um Património Comum e exposição dos promovido pela TURIHAB e o IPPAR no Mosteiro de Jerónimos Intervenções de: Dr. Miguel Soromenho

Leia mais

Museu Nacional de Arqueologia

Museu Nacional de Arqueologia Museu Nacional de Arqueologia - História O atual Museu Nacional de Arqueologia (MNA) foi fundado em 1893 pelo Doutor José Leite de Vasconcelos (e daí a designação oficial mais completa do Museu, conforme

Leia mais

DOS PROBLEMAS AOS CONCEITOS: CONSERVAÇÃO, RESTAURO E RENOVAÇÃO DE REVESTIMENTOS EXTERIORES, EM CENTROS HISTÓRICOS

DOS PROBLEMAS AOS CONCEITOS: CONSERVAÇÃO, RESTAURO E RENOVAÇÃO DE REVESTIMENTOS EXTERIORES, EM CENTROS HISTÓRICOS DOS PROBLEMAS AOS CONCEITOS: CONSERVAÇÃO, RESTAURO E RENOVAÇÃO DE REVESTIMENTOS EXTERIORES, EM CENTROS HISTÓRICOS José Aguiar * Correio electrónico: jaguiar@lnec.pt Resumo Os revestimentos exteriores de

Leia mais

UNIDADE OFERTA / CONDIÇÕES MORADA WEB SITE EMAIL. -25% Rua da Escola Secundária, nº 104 www.ginasiosdavinci.com alcochete@davinci.com.

UNIDADE OFERTA / CONDIÇÕES MORADA WEB SITE EMAIL. -25% Rua da Escola Secundária, nº 104 www.ginasiosdavinci.com alcochete@davinci.com. UNIDADE OFERTA / CONDIÇÕES MORADA WEB SITE EMAIL ALCOCHETE -condicionado à disponibilidade de vaga e horário. Informações Rua da Escola Secundária, nº 104 alcochete@davinci.com.pt ALFORNELOS ALMADA AMORA

Leia mais

COMEMORAÇÕES DO 1º DE MAIO DE 2014 CGTP-IN

COMEMORAÇÕES DO 1º DE MAIO DE 2014 CGTP-IN COMEMORAÇÕES DO 1º DE MAIO DE 2014 CGTP-IN DISTRITO DIA HORA INICIATIVA LOCAL AÇORES Concurso/Exposição de Maios Praça Velha Angra do Heroísmo 14:00 Entrega de prémios às Escolas participantes no concurso

Leia mais

Museu Nacional de Arqueologia Feira de Réplicas

Museu Nacional de Arqueologia Feira de Réplicas Museu Nacional de Arqueologia Feira de Réplicas e Material Didáctico de Arqueologia 18 e 19 de Junho de 2005 Horário das 10h00 às 18h00 Objectivos Promover iniciativas de valorização e divulgação patrimonial

Leia mais

IHRU Ciclo de conferências Centros históricos e vida contemporânea. Auditório do Metropolitano de Lisboa, estação Alto dos Moinhos, em 2009.11.

IHRU Ciclo de conferências Centros históricos e vida contemporânea. Auditório do Metropolitano de Lisboa, estação Alto dos Moinhos, em 2009.11. IHRU Ciclo de conferências Centros históricos e vida contemporânea Auditório do Metropolitano de Lisboa, estação Alto dos Moinhos, em 2009.11.06 Participação de Vítor Cóias (GECoRPA) no painel Intervenções

Leia mais

CENTRAL SOLAR FOTOVOLTAICA DE AMARELEJA REFERÊNCIA MUNDIAL NO DESENVOLVIMENTO DAS ENERGIAS RENOVÁVEIS

CENTRAL SOLAR FOTOVOLTAICA DE AMARELEJA REFERÊNCIA MUNDIAL NO DESENVOLVIMENTO DAS ENERGIAS RENOVÁVEIS CENTRAL SOLAR FOTOVOLTAICA DE AMARELEJA REFERÊNCIA MUNDIAL NO DESENVOLVIMENTO DAS ENERGIAS RENOVÁVEIS A MAIOR CENTRAL FOTOVOLTAICA DO MUNDO COM SEGUIDORES SOLARES AMARELEJA ENTRADA PRINCIPAL A central

Leia mais

Resumo. Agradecimentos Índice resumido Índice de Quadros Índice de Figuras Índice de Gráficos Abreviaturas Preâmbulo Nota metodológica

Resumo. Agradecimentos Índice resumido Índice de Quadros Índice de Figuras Índice de Gráficos Abreviaturas Preâmbulo Nota metodológica Índice geral Resumo Abstract Agradecimentos Índice resumido Índice de Quadros Índice de Figuras Índice de Gráficos Abreviaturas Preâmbulo Nota metodológica i iii v ix xi xvi xviii xix xxi xxiii Introdução

Leia mais

i i i j j ITEM DESCRIÇÃO / BIMESTRE 1 2 3 4 5 6 7 s 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 23 26

i i i j j ITEM DESCRIÇÃO / BIMESTRE 1 2 3 4 5 6 7 s 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 23 26 j j ITEM DESCRIÇÃO / BIMESTRE OBRAS EMEROENCIAIS NA COBERTURA DO PALACETE ( 996 à jui/997). Impermeabilização do terraço e torres 2 3 4 5 6 7 s 9 0 2 3 4 5 6 7 8 9 20 2 22 23 24 23 26.2 instalações Elétricas

Leia mais

PLANO DE CONSERVAÇÃO PREVENTIVA DO MUSEU CASA DE RUI BARBOSA - CONSERVAÇAO DAS SUPERFÍCIES ARQUITETÔNICAS DO MUSEU CASA DE RUI BARBOSA

PLANO DE CONSERVAÇÃO PREVENTIVA DO MUSEU CASA DE RUI BARBOSA - CONSERVAÇAO DAS SUPERFÍCIES ARQUITETÔNICAS DO MUSEU CASA DE RUI BARBOSA 1. Justificativa/Caracterização do Problema Em 2010 demos início a pesquisa Conservação de Superfícies Arquitetônicas do Museu Casa de Rui Barbosa, com o objetivo de definir parâmetros para execução de

Leia mais

TURISMO CULTURAL produto estratégico para Portugal. Abrantes, 2011

TURISMO CULTURAL produto estratégico para Portugal. Abrantes, 2011 TURISMO CULTURAL produto estratégico para Portugal Abrantes, 2011 O TURISMO CULTURAL HOJE 44 milhões de turistas procuram turismo cultural na Europa O património cultural motiva a viagem e, por isso, aproxima

Leia mais

R 1 O T E I R O 2 0 0 5

R 1 O T E I R O 2 0 0 5 R O T E I R O 1 2 0 0 5 2 SUMÁRIO A - INTRODUÇÃO B CRITÉRIOS TÉCNICOS C ORIENTAÇÕES TÉCNICAS 1. Pesquisa Histórica 2. Pesquisa Arqueológica 3. Prospecções 4. Análises Laboratoriais 5. Levantamento Arquitetônico

Leia mais

Património, gastronomia, natureza, cidades, praia enfim, uma multiplicidade de oferta turística e cultural para conhecer, sempre a viajar de comboio.

Património, gastronomia, natureza, cidades, praia enfim, uma multiplicidade de oferta turística e cultural para conhecer, sempre a viajar de comboio. 2015, o ano de lançamento deste divertido projeto pessoal que na prática sempre foi o nosso hobby preferencial: comboios, mais precisamente, viajar de comboio por essa imensa Ibéria de cenários paisagísticos

Leia mais

REABILITAÇÃO DO PALÁCIO DA BOLSA 2ª FASE

REABILITAÇÃO DO PALÁCIO DA BOLSA 2ª FASE REABILITAÇÃO DO PALÁCIO DA BOLSA 2ª FASE REABILITAÇÃO DO PALÁCIO DA BOLSA 2ª FASE A ASSOCIAÇÃO COMERCIAL INICIOU EM 1842 A CONSTRUÇÃO DO PALÁCIO DA BOLSA, UM DOS MAIS NOTÁVEIS MONUMENTOS PORTUENSES DA

Leia mais

Curso(s): Licenciaturas em Engenharia Total de horas Aulas Teórico-Práticas 60 h

Curso(s): Licenciaturas em Engenharia Total de horas Aulas Teórico-Práticas 60 h UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA F A C U L D A D E D E E NGE N H ARIA Disciplina de DESENHO Contexto da Disciplina Horas de Trabalho do Aluno Curso(s): Licenciaturas em Engenharia Total de horas Aulas

Leia mais

Morada: Alameda dos Oceanos nº114 7º Direito 1990 353 Moscavide Portugal

Morada: Alameda dos Oceanos nº114 7º Direito 1990 353 Moscavide Portugal BALTAZAR, ANTÓNIO JOSÉ MENDES Morada: Alameda dos Oceanos nº114 7º Direito 1990 353 Moscavide Portugal Tm: +351 91 924 69 45 Email: ajmbaltazar@gmail.com Nacionalidade: Portuguesa Data de nascimento: 06-07-1970

Leia mais

CADERNOS DE SOCIOMUSEOLOGIA Nº 15-1999 5

CADERNOS DE SOCIOMUSEOLOGIA Nº 15-1999 5 CADERNOS DE SOCIOMUSEOLOGIA Nº 15-1999 5 APRESENTAÇÃO. O presente número dos Cadernos de Sociomuseologia, reúne um conjunto de documentos sobre museologia e património que se encontram dispersos e muitas

Leia mais

A cor como linguagem: reflexões sociológicas sobre as dinâmicas cromáticas nos revestimentos e acabamentos históricos de Coimbra

A cor como linguagem: reflexões sociológicas sobre as dinâmicas cromáticas nos revestimentos e acabamentos históricos de Coimbra Simpósio Património em Construção: Contextos para a sua preservação A cor como linguagem: reflexões sociológicas sobre as dinâmicas cromáticas nos revestimentos e acabamentos históricos de Coimbra Paulo

Leia mais

Hotel Contactos / Contacts Preços / Prices 2014

Hotel Contactos / Contacts Preços / Prices 2014 ALTIS AVENIDA HOTEL centro histórico, a 30 min. do LNEC historical centre, 30 min. from LNEC Metro / Subway: Restauradores Rua º de Dezembro 20 tel: + 35 2 044 00 00 / fax: + 35 2 044 0 99 e-mail: reservationsavenida@altishotels.com

Leia mais

Patrocinadores: Apoiantes: Media Partners:

Patrocinadores: Apoiantes: Media Partners: Patrocinadores: Ouro: Prata: Apoiantes: Media Partners: ENQUADRAMENTO Num mercado em mudança a sustentabilidade pode ser uma oportunidade chave para dinamizar o sector e o LiderA um contributo na procura

Leia mais

ANO INTERNACIONAL DO PLANETA TERRA - AIPT (2007-2009)

ANO INTERNACIONAL DO PLANETA TERRA - AIPT (2007-2009) ANO INTERNACIONAL DO PLANETA TERRA - AIPT (2007-2009) O AIPT tem o Alto Patrocínio de Sua Excelência o Presidente da República Portuguesa ESTRUTURA DO COMITÉ PORTUGUÊS PARA O AIPT O Comité Português para

Leia mais

CURRICULUM VITAE REFERÊNCIAS CONSERVAÇÃO E RESTAURO DE AZULEJOS

CURRICULUM VITAE REFERÊNCIAS CONSERVAÇÃO E RESTAURO DE AZULEJOS CURRICULUM VITAE REFERÊNCIAS CONSERVAÇÃO E RESTAURO DE AZULEJOS 2012 Diagnóstico, coordenação e execução da intervenção de inventariação e conservação e restauro do conjunto azulejar pombalino existente

Leia mais

BUSINESS BRIEFING Comércio de Rua Lisboa e Porto

BUSINESS BRIEFING Comércio de Rua Lisboa e Porto Comércio de Rua Lisboa e Porto MAIO 2015 Avenida da Liberdade. Fonte: C&W INTRODUÇÃO Numa fase em que o comércio de rua em Portugal atrai retalhistas e investidores de todo o mundo, a Cushman & Wakefield

Leia mais

CURRICULUM VITAE NUNO ESTEVES ENGENHEIRO CIVIL

CURRICULUM VITAE NUNO ESTEVES ENGENHEIRO CIVIL CURRICULUM VITAE NUNO ESTEVES ENGENHEIRO CIVIL IDENTIFICAÇÃO PESSOAL Nome: Nuno José Correia de Freitas Couto Esteves Naturalidade: Monserrate Viana do Castelo Data de Nascimento: 05/10/1974 Nacionalidade:

Leia mais

02-07-2015 PROGRAMA DE VOLUNTARIADO CULTURAL DA FUNDAÇÃO EUGÉNIO DE ALMEIDA. Tânia Semedo Silva Técnica da Área Social

02-07-2015 PROGRAMA DE VOLUNTARIADO CULTURAL DA FUNDAÇÃO EUGÉNIO DE ALMEIDA. Tânia Semedo Silva Técnica da Área Social PROGRAMA DE VOLUNTARIADO CULTURAL DA FUNDAÇÃO EUGÉNIO DE ALMEIDA Tânia Semedo Silva Técnica da Área Social 1 A FUNDAÇÃO EUGÉNIO DE ALMEIDA Estabelecida em 1963 por Vasco Maria Eugénio de Almeida Missão:

Leia mais

As Plantas e a Engenharia Natural ao serviço da Restauração Ecológica e da Conservação da Natureza

As Plantas e a Engenharia Natural ao serviço da Restauração Ecológica e da Conservação da Natureza As Plantas e a Engenharia Natural ao serviço da Restauração Ecológica e da Conservação da Natureza O planeamento, construção e gestão de espaços tendencialmente sustentáveis, exigem princípios de orientação

Leia mais

Turismo de Portugal é pioneiro na sustentabilidade

Turismo de Portugal é pioneiro na sustentabilidade Divulgação do primeiro relatório Turismo de Portugal é pioneiro na sustentabilidade O Turismo de Portugal apresentou ontem o seu Relatório de Sustentabilidade, tornando-se no primeiro Instituto Público

Leia mais

Programa. 20 fevereiro. 9h30-10h00 Receção aos participantes. 10h00-10h30 Sessão de abertura e boas-vindas aos participantes

Programa. 20 fevereiro. 9h30-10h00 Receção aos participantes. 10h00-10h30 Sessão de abertura e boas-vindas aos participantes BIBLIOTECA NACIONAL DE PORTUGAL Auditório Programa 20 fevereiro 9h30-10h00 Receção aos participantes 10h00-10h30 Sessão de abertura e boas-vindas aos participantes 10h30-10h45 Madalena Costa Lima (Artis-IHA/FLUL)

Leia mais

INOVAÇÃO E SUSTENTABILIDADE NA CONSTRUÇÃO CONSTRUÇÃO COM PAINÉIS DE MADEIRA CLT UMA NOVA GERAÇÃO DE EDIFÍCIOS

INOVAÇÃO E SUSTENTABILIDADE NA CONSTRUÇÃO CONSTRUÇÃO COM PAINÉIS DE MADEIRA CLT UMA NOVA GERAÇÃO DE EDIFÍCIOS INOVAÇÃO E SUSTENTABILIDADE NA CONSTRUÇÃO CONSTRUÇÃO COM PAINÉIS DE MADEIRA CLT UMA NOVA GERAÇÃO DE EDIFÍCIOS LISBOA, JULHO 2015 SISTEMA CONSTRUTIVO CLT - CONCEITO CARACTERÍSTICAS GERAIS ESTRATOS ORTOGONAIS

Leia mais

Portugal Completo com Santiago de Compostela - PT12

Portugal Completo com Santiago de Compostela - PT12 Portugal Completo com Santiago de Compostela - PT12 Operador: Rdmc Incoming & Outgoing Dias de Saída na Semana Moeda: Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom Dias Limite para Venda: 30 X X X X X X X Quantidade mínima

Leia mais

SECRETÁRIA DE ESTADO ADJUNTA E DA DEFESA NACIONAL. Inauguração do Arquivo do Museu Militar dos Açores

SECRETÁRIA DE ESTADO ADJUNTA E DA DEFESA NACIONAL. Inauguração do Arquivo do Museu Militar dos Açores INTERVENÇÃO DA SECRETÁRIA DE ESTADO ADJUNTA E DA DEFESA NACIONAL BERTA DE MELO CABRAL Inauguração do Arquivo do Museu Militar dos Açores Ponta Delgada, Forte de São Brás, 20 de junho de 2015 Só serão válidas

Leia mais

NOTA JUSTIFICATIVA. a) Revestimento de fachadas

NOTA JUSTIFICATIVA. a) Revestimento de fachadas Proposta de Regulamento do programa de incentivos à recuperação de fachadas, coberturas e vãos de imóveis degradados nos aglomerados urbano nos Concelho de Penamacor NOTA JUSTIFICATIVA Pretende-se com

Leia mais

Fonte: CML Fonte: CML, Américo Simas Seminário Internacional sobre Serviços de Táxi Mobilidade: os novos desafios para Lisboa CML, Novembro de 2008 Carta Europeia de Segurança Rodoviária Data de adesão

Leia mais

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS. 2768 Diário da República, 1.ª série N.º 102 25 de maio de 2012

PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA PRESIDÊNCIA DO CONSELHO DE MINISTROS. 2768 Diário da República, 1.ª série N.º 102 25 de maio de 2012 2768 Diário da República, 1.ª série N.º 102 25 de maio de 2012 PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Decreto do Presidente da República n.º 89/2012 O Presidente da República decreta, nos termos do artigo 135.º, alínea

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CAMPO MAIOR

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE CAMPO MAIOR 1. Promover o espírito solidário e de voluntariado; desenvolvimento cultural e científico dos alunos; tomar contacto com realidades museológicas Visita às exposições sobre o lince e Projeto de Arte 2ª

Leia mais

DECRETO Nº 7.643 de 10 de junho de 2005.

DECRETO Nº 7.643 de 10 de junho de 2005. DECRETO Nº 7.643 de 10 de junho de 2005. Dispõe sobre as competências, a estrutura básica e o Quadro de Lotação de Cargos Comissionados da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo - SEMURB, e

Leia mais

ES C O L A S U PERI O R A G RÁ RI A

ES C O L A S U PERI O R A G RÁ RI A Licenciatura em Ecoturismo Ref.ª : 1822006 Ano lectivo: 2012-13 DESCRITOR DA UNIDADE CURRICULAR HISTÓRIA E PATRIMÓNIO CULTURAL HISTORY AND CULTURAL HERITAGE 1. Unidade Curricular: 1.1 Área científica:

Leia mais

ANÁLISE COMPARATIVA DADOS ESTATÍSTICOS EMPREGABILIDADE NOS CICLOS DE ESTUDOS DE ARQUITETURA E DESIGN EM PORTUGAL 2010

ANÁLISE COMPARATIVA DADOS ESTATÍSTICOS EMPREGABILIDADE NOS CICLOS DE ESTUDOS DE ARQUITETURA E DESIGN EM PORTUGAL 2010 ANÁLISE COMPARATIVA DADOS ESTATÍSTICOS EMPREGABILIDADE NOS CICLOS DE ESTUDOS DE ARQUITETURA E DESIGN EM PORTUGAL 2010 EMPREGABILIDADE A informação estatística recolhida neste documento é baseada no relatório

Leia mais

ANUÁRIO DO PATRIMÓNIO 2012 N.º 1

ANUÁRIO DO PATRIMÓNIO 2012 N.º 1 ANUÁRIO DO PATRIMÓNIO 2012 N.º 1 «Acreditamos que uma relação de proximidade e diálogo entre todos os intervenientes envolvidos nesta área pode fazê-la crescer mais forte e criar valor num país cujas fronteiras

Leia mais

Intervenção em Bens Culturais. Centro de Ensino Superior do Amapá (CEAP) Prof.: Msc. Dinah Tutyia

Intervenção em Bens Culturais. Centro de Ensino Superior do Amapá (CEAP) Prof.: Msc. Dinah Tutyia Intervenção em Bens Culturais Edificados Centro de Ensino Superior do Amapá (CEAP) Prof.: Msc. Dinah Tutyia O QUE É UM PROJETO DE INTERVENÇÃO NO PATRIMÔNIO EDIFICADO? Compreende-se por Projeto de Intervenção

Leia mais

Apresentação de Resultados 2009. 10 Março 2010

Apresentação de Resultados 2009. 10 Março 2010 Apresentação de Resultados 2009 10 Março 2010 Principais acontecimentos de 2009 Conclusão da integração das empresas adquiridas no final de 2008, Tecnidata e Roff Abertura de Centros de Serviços dedicados

Leia mais