ESTEQUIOMETRIA. Estudo das reações. Descrevendo uma reação química. Indicadores de uma reação química:

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ESTEQUIOMETRIA. Estudo das reações. Descrevendo uma reação química. Indicadores de uma reação química:"

Transcrição

1 ESTEQUIOMETRIA Estudo das reações Indicadores de uma reação química: Produção de um gás Liberação ou absorção de calor Formação de um precipitado Mudança de cor 3 Descrevendo uma reação química Representação de uma reação química Equação que represente a reação do gás metano com gás oxigênio e formação de gás carbônico e água: Reação do metano com oxigênio e formação de gás carbônico e água Metano e oxigênio gás carbônico e água (a) Representação com códigos: CH 4 + O 2! CO 2 + H 2 O

2 (b) Balanço o de massa de uma reação química (c) Indicação do estado físico: Hidrogênio gás Oxigênio gás Vapor d água 2H 2(g) + O 2(g)! 2H 2 O (g) reagentes produtos reagentes produtos Antes do balanço o de massa Após s o balanço o de massa Estequiometria C (s) + O 2 (g)! CO 2 (g) Balanço o de equação: cuidado! Não é apenas um acerto numérico Um(a) átomo C molécula O 2 molécula CO 2 Balanço o incorreto Uma dúzia Um mol Equilibrar a equação Balanço o incorreto átomos C 12 g de C Moléculas de O 2 32 g de C Moléculas de CO 2 44 g de CO 2 Balanço o correto 9

3 Qual é a quantidade máxima de ferro que pode ser extraída de 1,000 kg de hematita? (Considere excesso de CO(g) na reação). Dado os valores de massa molar (MM): Fe 2 O 3 = 159,69 g mol -1 Fe = 55,85 g mol -1 Fe 2 O 3 (s) + 3CO(g) 2Fe(s) + 3CO 2 (g) 1 átomo de C 4 átomos de H 4 átomos de O 1 átomo de C 4 átomos de H 4 átomos de O Qual é a quantidade máxima de alumínio necessária para obter cromo metálico a partir de 10,0 kg de óxido de cromo (III)? Cr 2 O 3 (s) + 2Al(s) 2Cr(s) + Al 2 O 3 (s) Dados os valores de massa molar (MM): Cr 2 O 3 = 151,99 g mol -1 Al = 26,98 g mol -1 Rendimento de uma reação: 100%? Rendimento de reação: é definido pela razão entre a quantidade de produto realmente obtido e a quantidade teoricamente prevista pela estequiometria da reação. Geralmente é dado em percentagem. Principais razões para que o rendimento de uma reação seja inferior a 100%: Perdas operacionais Presença de impurezas Ocorrência de reações paralelas Reagente limitante Possibilidade da reação não ser completa Questão: Qual é o rendimento percentual de um teste de combustão de 1,00 L de octano que produziu 1,14 kg de CO 2 quando o esperado era de 2,17 kg?

4 RENDIMENTO REAGENTE LIMITANTE REAGENTE EM EXCESSO Questão: Se 0,30 mol de zinco metálico for adicionado a 0,52 mol ácido clorídrico, qual é a quantidade (em mol) de gás hidrogênio produzida? Zn(s) + 2HCl(aq)! ZnCl 2 (aq) + H 2 (g) Definição: é o reagente fornecido em quantidade menor que a necessária pela estequiometria da reação. É inteiramente consumido até a reação se completar. em excesso: os que não são completamente consumidos O carbeto de cálcio (CaC 2 ) reage com água para formar o hidróxido de cálcio e o gás acetileno, segundo a reação abaixo. CaC 2 (s) + 2H 2 O(l) " Ca(OH) 2 (aq) + C 2 H 2 (g) 1. Qual é o reagente limitante quando 100 g de CaC 2 reagem com 100 g de água? 2. Qual é a quantidade de acetileno (em massa) que pode ser produzida? 3. Qual é a quantidade de reagente (em massa) que permanece após a reação se completar? O salicilato de metila, C 8 H 8 O 3, também chamado óleo de gualtéria, é preparado pelo aquecimento do ácido salicílico, C 7 H 6 O 3, com metanol, CH 3 OH: C 7 H 6 O 3 + CH 3 OH C 8 H 8 O 3 + H 2 O Em uma experiência, faz-se a reação entre 1,50 g de ácido salicílico e 11,20 g de metanol, tendo-se obtido 1,31 g de C 8 H 8 O 3. Pergunta-se: a) Qual a produção teórica, em gramas, de salicilato de metila? b) Qual o rendimento percentual da reação?

5 O cloreto de cálcio é formado a partir da reação do hidróxido de cálcio com ácido clorídrico, ocorrendo ainda a formação de água. Ca(OH) 2 + 2HCl CaCl 2 + 2H 2 O a) Quantos gramas de hidróxido de cálcio são necessários para a formação de 5 mol de cloreto de cálcio? b) Se a partir de 219g de ácido clorídrico são obtidos 300g do cloreto, qual foi o rendimento da reação? c) Quando são usados 444g de hidróxido de cálcio e 6,5 mol de ácido clorídrico, qual é o reagente limite da reação? E o reagente em excesso? O clorato de potássio (KClO 3 ) decompõe-se em cloreto de potássio e oxigênio segundo a reação abaixo representada: KClO 3 KCl + O 2 a) Para obter 100 litros de oxigênio gasoso, quantos gramas de clorato de potássio seriam necessários? (considere que para as condições da reação um litro de oxigênio gasoso pese 1,429g) b) A partir de quantos gramas de clorato de potássio são obtidos 149g de cloreto de potássio? Para uma mesma quantidade de clorato de potássio, quantos gramas de cloreto de potássio seriam obtidos se o rendimento da reação for de 97%? O cloreto de manganês, MnCl 2, pode ser preparado pela reação do permanganato de potássio com peróxido de hidrogênio em meio ácido. 2KMnO 4 (aq) + 5H 2 O 2 (aq) + 6HCl(aq) 2MnCl 2 (aq) + 5O 2 (g) + 8H 2 O(l) + 2KCl(aq) Em uma experiência, 30,0 g de KMnO 4, foram reagidos com 10,0 g de H 2 O 2 em presença 1,00 x 10 2 g de HCl. Calcule: a) A produção teórica, em gramas, do cloreto de manganês. b) O rendimento percentual da reação sabendo que foram obtidos nesse experimento 9,82 g de MnCl 2.

1) (Faap SP) A combustão completa do metanol pode ser representada pela equação não-balanceada:

1) (Faap SP) A combustão completa do metanol pode ser representada pela equação não-balanceada: 1) (Faap SP) A combustão completa do metanol pode ser representada pela equação não-balanceada: CH 3 OH (l) + O 2(g) CO 2(g) + H 2 O (l) Quando se utilizam 5,0 mols de metanol nessa reação, quantos mols

Leia mais

(a) Calcule a percentagem de urânio na carnotita. (b) Que massa de urânio pode ser obtida a partir de 1350 g de carnotita.

(a) Calcule a percentagem de urânio na carnotita. (b) Que massa de urânio pode ser obtida a partir de 1350 g de carnotita. Cálculos com fórmulas e equações químicas 3. 3.1 A análise de uma pequena amostra de Pb 3 (PO 4 ) 2 apresentou a quantidade de 0,100 g de chumbo. Responda os itens abaixo usando estes dados e as massas

Leia mais

1. A fermentação é um processo químico complexo do fabrico de vinho no qual a glucose é convertida em etanol e dióxido de carbono:

1. A fermentação é um processo químico complexo do fabrico de vinho no qual a glucose é convertida em etanol e dióxido de carbono: EB: QUÍMICA GERAL/ EQB: QUÍMICA GERAL I Capítulo 4. Reacções químicas II Ficha de exercícios 1. A fermentação é um processo químico complexo do fabrico de vinho no qual a glucose é convertida em etanol

Leia mais

P1 - PROVA DE QUÍMICA GERAL 09/04/11

P1 - PROVA DE QUÍMICA GERAL 09/04/11 P1 - PROVA DE QUÍMICA GERAL 09/04/11 Nome: Nº de Matrícula: GABARITO Turma: Assinatura: Questão Valor Grau Revisão 1 a 2,5 2 a 2,5 3 a 2,5 4 a 2,5 Total 10,0 Dados R = 0,0821 atm L mol -1 K -1 T (K) =

Leia mais

O processo B é químico. Ocorre uma recombinação entre os átomos, formando novas substâncias químicas. Há ocorrência de reação química.

O processo B é químico. Ocorre uma recombinação entre os átomos, formando novas substâncias químicas. Há ocorrência de reação química. 01 O processo A é físico. Não há transformação das espécies químicas apresentadas, ou seja, é um processo de mistura sem que haja a ocorrência de reação química. O processo B é químico. Ocorre uma recombinação

Leia mais

NOME: ANO: 2º ENSINO: MÉDIO TURMA: DATA: / / PROF(ª).: Luciano Raposo Freitas EXERCÍCIOS TERMOQUÍMICA QUÍMICA II (2º BIM)

NOME: ANO: 2º ENSINO: MÉDIO TURMA: DATA: / / PROF(ª).: Luciano Raposo Freitas EXERCÍCIOS TERMOQUÍMICA QUÍMICA II (2º BIM) NOME: ANO: 2º ENSINO: MÉDIO TURMA: DATA: / / PROF(ª).: Luciano Raposo Freitas EXERCÍCIOS TERMOQUÍMICA QUÍMICA II (2º BIM) 1. Nos motores de explosão existentes hoje em dia utiliza-se uma mistura de gasolina

Leia mais

ESTEQUIOMETRIA Folha 01 João Roberto Mazzei

ESTEQUIOMETRIA Folha 01 João Roberto Mazzei 01. (UFC 2009) O principal componente da cal, importante produto industrial fabricado no Ceará, é o óxido de cálcio (CaO). A produção de CaO se processa de acordo com a seguinte reação química: CaCO 3(s)

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS/DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS NATURAIS DISCIPLINA: QUÍMICA GERAL

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS/DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS NATURAIS DISCIPLINA: QUÍMICA GERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS/DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS NATURAIS DISCIPLINA: QUÍMICA GERAL PROFESSORAS: ROBERTA ZIOLLI e CLAUDIA NASCIMENTO LISTA DE EXERCÍCIOS

Leia mais

Química Fascículo 03 Elisabeth Pontes Araújo Elizabeth Loureiro Zink José Ricardo Lemes de Almeida

Química Fascículo 03 Elisabeth Pontes Araújo Elizabeth Loureiro Zink José Ricardo Lemes de Almeida Química Fascículo 03 Elisabeth Pontes Araújo Elizabeth Loureiro Zink José Ricardo Lemes de Almeida Índice Estequiometria...1 Exercícios...2 Gabarito...4 Estequiometria Balanço de massas e de quantidades

Leia mais

Atividade complementar. Substâncias e transformações químicas, entendendo os aspectos quantitativos

Atividade complementar. Substâncias e transformações químicas, entendendo os aspectos quantitativos Atividade complementar Substâncias e transformações químicas, entendendo os aspectos quantitativos Esta atividade tem como objetivo complementar e aprofundar os estudos sobre as transformações químicas,

Leia mais

2005 by Pearson Education. Capítulo 03

2005 by Pearson Education. Capítulo 03 QUÍMICA A Ciência Central 9ª Edição Capítulo 3 Estequiometria: cálculos com fórmulas e equações químicas David P. White Equações químicas Lavoisier: a massa é conservada em uma reação química. Equações

Leia mais

Atividade de Autoavaliação Recuperação 2 os anos Rodrigo ago/09

Atividade de Autoavaliação Recuperação 2 os anos Rodrigo ago/09 Química Atividade de Autoavaliação Recuperação 2 os anos Rodrigo ago/09 Re Resolução 1. O carbeto de cálcio CaC 2 (s) (massa molar = 64 g mol 1 ), também conhecido como carbureto, pode ser obtido aquecendo-se

Leia mais

Educadora: Cristina Tatiane Disciplina: Química Data: /12/2012 Estudante: 1ª Série

Educadora: Cristina Tatiane Disciplina: Química Data: /12/2012 Estudante: 1ª Série Educadora: Cristina Tatiane Disciplina: Química Data: /12/2012 Estudante: 1ª Série Questão 1 Faça as devidas conversões, pedidas a seguir: a) 500 g para Kg f) 298K para ºC b) 300 g para mg g) 850 cm 3

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO (UNIRIO) INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS DEP. BIOLOGIA / LIC

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO (UNIRIO) INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS DEP. BIOLOGIA / LIC UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO (UNIRIO) INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS DEP. DE CIÊNCIAS NATURAIS DISCIPLINA: QUÍMICA GERAL 2/2016 CURSOS: BIOMEDICINA / BACH. BIOLOGIA / LIC. BIOLOGIA LISTA

Leia mais

2. Funções Inorgânicas Substâncias químicas que compõem a Terra e que são essenciais para o organismo (minerais).

2. Funções Inorgânicas Substâncias químicas que compõem a Terra e que são essenciais para o organismo (minerais). 1. Funções orgânicas 2. Funções Inorgânicas Substâncias químicas que compõem a Terra e que são essenciais para o organismo (minerais). Eletrólitos e Não Eletrólitos Eletrólitos são substâncias que, em

Leia mais

12 GAB. 1 1 o DIA PASES 1 a ETAPA TRIÊNIO QUÍMICA QUESTÕES DE 21 A 30

12 GAB. 1 1 o DIA PASES 1 a ETAPA TRIÊNIO QUÍMICA QUESTÕES DE 21 A 30 12 GAB. 1 1 o DIA PASES 1 a ETAPA TRIÊNIO 2005-2007 QUÍMICA QUESTÕES DE 21 A 30 21. A hemoglobina das células vermelhas do sangue contém o complexo de ferro com uma porfirina. Sabendo que um indivíduo

Leia mais

TIPOS DE REAÇÕES QUÍMICAS

TIPOS DE REAÇÕES QUÍMICAS Tipos de Reações químicas 1 TIPOS DE REAÇÕES QUÍMICAS Introdução Várias reações da química inorgânica podem ser classificadas em uma das quatro categorias: combinação, decomposição, deslocamento simples

Leia mais

QUÍMICA. A Ciência Central 9ª Edição. Capítulo 3 Estequiometria: cálculos com fórmulas e equações químicas. Prof. Kleber Bergamaski.

QUÍMICA. A Ciência Central 9ª Edição. Capítulo 3 Estequiometria: cálculos com fórmulas e equações químicas. Prof. Kleber Bergamaski. QUÍMICA A Ciência Central 9ª Edição Capítulo 3 Estequiometria: cálculos com fórmulas e equações químicas Prof. Kleber Bergamaski Equações químicas 1789, lei da conservação da massa A massa total de uma

Leia mais

O que você deve saber sobre

O que você deve saber sobre O que você deve saber sobre Podemos conhecer as grandezas que regem a quantificação dos fenômenos químicos identificando o comportamento da massa, do número de partículas e do volume de diferentes substâncias.

Leia mais

COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR

COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR ASSESSORIA TÉCNICA Processo Avaliativo Recuperação - 3º Bimestre/2015 Disciplina: QUÍMICA 3ª série EM A/B Nome do aluno Nº Turma A Recuperação deve ser entregue no dia 08/09/2015.

Leia mais

Química Oxi-Redução Balanceamento de Equações Difícil [10 Questões]

Química Oxi-Redução Balanceamento de Equações Difícil [10 Questões] Química Oxi-Redução Balanceamento de Equações Difícil [10 Questões] 01 - (UNIFESP SP) Substâncias orgânicas, quando despejadas em sistemas aquáticos, podem sofrer diferentes reações em função, principalmente,

Leia mais

Ocorrência de reações

Ocorrência de reações Ocorrência de reações Dados: Força de ácidos e bases Classificação dos hidrácidos mais conhecidos: Regra prática para a classificação dos oxiácidos Determine a diferença (D) entre a quantidade de átomos

Leia mais

02)Numa reação endotérmica, há [1] de calor, a entalpia final (produtos) é [2] que a entalpia inicial (reagentes) e a

02)Numa reação endotérmica, há [1] de calor, a entalpia final (produtos) é [2] que a entalpia inicial (reagentes) e a 01)Numa reação exotérmica, há [1] de calor, a entalpia final (produtos) é [2] que a entalpia inicial (reagentes) e a variação de entalpia é [3] que zero. Completa-se corretamente essa frase substituindo-se

Leia mais

Lista de Exercícios - Professor facebook.com/profrodrigoartuso. Grandezas Químicas e Estequiometria

Lista de Exercícios - Professor facebook.com/profrodrigoartuso. Grandezas Químicas e Estequiometria Grandezas Químicas e Estequiometria Criando base 1 - Em 100 gramas de alumínio, quantos átomos deste elemento estão presentes? Dados: M(Al) = 27 g/mol 1 mol = 6,02 x 10 23 átomos a) 3,7 x 10 23 b) 27 x

Leia mais

CÁLCULO ESTEQUIOMÉTRICO. Prof.: Andrey kleber Migliorini

CÁLCULO ESTEQUIOMÉTRICO. Prof.: Andrey kleber Migliorini CÁLCULO ESTEQUIOMÉTRICO Prof.: Andrey kleber Migliorini Introdução Estequiometria: Stoikheîon = elemento metron = medida É o estudo das relações quantitativas (átomos, moléculas, massa, volume) entre as

Leia mais

Exercícios de Revisão - 2

Exercícios de Revisão - 2 Exercícios de Revisão - 2 1. Na tentativa de explicar a origem dos seres vivos, Müller reproduziu, em seu experimento, as condições atmosféricas primitivas, que continham os gases metano (CH4); amônia

Leia mais

Lista de exercícios 2 QB70D

Lista de exercícios 2 QB70D Lista de exercícios 2 QB70D 1) Suponha que você jogue uma bola de tênis para o alto. (a) A energia cinética da bola aumenta ou diminui à medida que ela ganha altitude? (b) O que acontece com a energia

Leia mais

Reações Químicas. Profº André Montillo

Reações Químicas. Profº André Montillo Reações Químicas Profº André Montillo www.montillo.com.br Definição: É o processo no qual 1 ou mais substâncias (regentes) se transformam em 1 ou mais substâncias novas (produtos). Estão presentes em todos

Leia mais

LABORATÓRIO DE QUÍMICA QUI126 1ª LISTA DE EXERCÍCIOS

LABORATÓRIO DE QUÍMICA QUI126 1ª LISTA DE EXERCÍCIOS 1. Soluções básicas servem para a dissolução de gorduras sólidas que obstruem tubulações das cozinhas. O hidróxido de sódio é um exemplo, pois reage com gorduras e gera produtos solúveis. Qual a massa

Leia mais

Pergunta I II III IV Total. Nota: Apresente todos os cálculos que efetuar

Pergunta I II III IV Total. Nota: Apresente todos os cálculos que efetuar 3 de março 2012 (Semifinal) Pergunta I II III IV Total Classificação Escola:. Nome:. Nome:. Nome:. Nota: Apresente todos os cálculos que efetuar Dados: Constante de Avogadro: N A = 6,022 x 10 23 mol -1

Leia mais

ESTEQUIOMETRIA Folha 02 João Roberto Mazzei

ESTEQUIOMETRIA Folha 02 João Roberto Mazzei 01. (CFT MG 2008) Cada mililitro de um medicamento antiácido contém 0,06 g de hidróxido de alumínio. A massa de ácido clorídrico do suco gástrico que é neutralizada pela ingestão de 26 ml desse medicamento

Leia mais

QUÍMICA CÁLCULOS ESTEQUIOMÉTRICOS

QUÍMICA CÁLCULOS ESTEQUIOMÉTRICOS QUÍMICA CÁLCULOS ESTEQUIOMÉTRICOS CÁLCULOS ESTEQUIOMÉTRICOS Os cálculos estequiométricos correspondem aos cálculos de massa, de quantidade de matéria e em alguns casos, de volumes das substâncias envolvidas

Leia mais

Exercícios: Cálculo estequiométrico

Exercícios: Cálculo estequiométrico Química Ficha 4 2 os anos Rodrigo fev/12 Nome: Nº: Turma: Exercícios: Cálculo estequiométrico 1. O carbeto de silício, SiC, é conhecido como carborundo. É uma substância muito dura, usada como abrasivo,

Leia mais

3) Dadas as equações: I CuCl 2 + H 2 SO 4

3) Dadas as equações: I CuCl 2 + H 2 SO 4 1) Observe as reações I e II abaixo: I NH 3 + HCl NH 4 Cl II 2HgO aquecimento 2Hg + O 2 Podemos afirmar que I e II são, respectivamente, reações de: a) síntese e análise b) simples troca e síntese c) dupla

Leia mais

Caderno e calculadora: indispensáveis!

Caderno e calculadora: indispensáveis! Caderno e calculadora: indispensáveis! Tabela periódica Computador e celular desligados Lista de exercícios: importantíssimo fazer e não copiar! Presença: 75% Sem prova substitutiva Prova Final: 45 < X

Leia mais

L E I S D A S R E A Ç Õ E S Q U Í M I C A S PROF. AGAMENON ROBERTO < 2011 >

L E I S D A S R E A Ç Õ E S Q U Í M I C A S PROF. AGAMENON ROBERTO < 2011 > L E I S D A S R E A Ç Õ E S Q U Í M I C A S PROF. AGAMENON ROBERTO < 2011 > Prof. Agamenon Roberto LEIS DAS REAÇÕES QUÍMICAS www.agamenonquimica.com 2 LEIS DAS REAÇÕES QUÍMICAS Um trabalho muito complicado

Leia mais

QUÍMICA Exercícios de revisão resolvidos

QUÍMICA Exercícios de revisão resolvidos 9. (ENEM 2013) A produção de aço envolve o aquecimento do minério de ferro, junto com carvão (carbono) e ar atmosférico em uma série de reações de oxirredução. O produto é chamado de ferro-gusa e contém

Leia mais

Observe o gráfico, cujas curvas representam as variações das massas desses radioisótopos ao longo das duas horas de duração do experimento.

Observe o gráfico, cujas curvas representam as variações das massas desses radioisótopos ao longo das duas horas de duração do experimento. Revisão Específicas 1. (UERJ 2015) Os preços dos metais para reciclagem variam em função da resistência de cada um à corrosão: quanto menor a tendência do metal à oxidação, maior será o preço. Na tabela,

Leia mais

Prof. Rafa - Química Cálculo Estequiométrico

Prof. Rafa - Química Cálculo Estequiométrico Prof. Rafa - Química Cálculo Estequiométrico Lista de exercícios 01. (UFBA) Hidreto de sódio reage com água, dando hidrogênio, segundo a reação: NaH + H 2 O NaOH + H 2 Para obter 10 mols de H 2, são necessários

Leia mais

3ª Série / Vestibular _ TD 08 _ 19 de abril

3ª Série / Vestibular _ TD 08 _ 19 de abril 3ª Série / Vestibular _ TD 08 _ 19 de abril 01. A corrosão de um metal é a sua destruição ou deterioração, devida à reação com o meio ambiente. O enferrujamento é o nome dado à corrosão do ferro: Fe(s)

Leia mais

Transformações físicas e químicas

Transformações físicas e químicas Gabaritos Professores: Alinne Borges Tiago Albuquerque Sandro Sobreira Josiane Reação química Pesquise Momento Sheldon Exercícios Transformações físicas e químicas Vídeos Leis de Lavoisier e Proust Transformações

Leia mais

Química C Extensivo V. 1

Química C Extensivo V. 1 GABARIT Química C Extensivo V. 1 Exercícios 01) C 10 H 14 5 NSP C: 12. 10 = 120 H: 1. 14 = 14 :. 5 = 80 N: 14. 1 = 14 S: 32. 1 = 32 P: 31. 1 = 31 291 u 02) C 9 H 13 3 N C: 12. 9 = 108 H: 1. 13 = 13 :.

Leia mais

QUÍMICA. a) linha horizontal. b) órbita. c) família. d) série. e) camada de valência.

QUÍMICA. a) linha horizontal. b) órbita. c) família. d) série. e) camada de valência. 13 QUÍMICA A posição dos elementos na Tabela Periódica permite prever as fórmulas das substâncias que contêm esses elementos e os tipos de ligação apropriados a essas substâncias. Na Tabela Periódica atual,

Leia mais

Cálculos Estequiométricos

Cálculos Estequiométricos Estequiometria significa medida de um elemento Com base numa equação química, podemos calcular o número de mols, o número de moléculas, a massa, o volume de uma ou mais substâncias, em função de algum

Leia mais

2005 by Pearson Education. Capítulo 04

2005 by Pearson Education. Capítulo 04 QUÍMICA A Ciência Central 9ª Edição Capítulo 4 Reações em soluções aquosas e estequiometria de soluções David P. White Propriedades gerais das soluções aquosas Propriedades eletrolíticas As soluções aquosas

Leia mais

Em quais das passagens destacadas a seguir está ocorrendo uma transformação química?

Em quais das passagens destacadas a seguir está ocorrendo uma transformação química? Atividade extra Questão 1 Adaptado de UFPE Em quais das passagens destacadas a seguir está ocorrendo uma transformação química? 1. O reflexo de luz nas águas onduladas pelos ventos lembrava-lhe os cabelos

Leia mais

Pb 2e Pb E 0,13 v. Ag 2e Ag E +0,80 v. Zn 2e Zn E 0,76 v. Al 3e Al E 1,06 v. Mg 2e Mg E 2,4 v. Cu 2e Cu E +0,34 v

Pb 2e Pb E 0,13 v. Ag 2e Ag E +0,80 v. Zn 2e Zn E 0,76 v. Al 3e Al E 1,06 v. Mg 2e Mg E 2,4 v. Cu 2e Cu E +0,34 v QUÍMICA 1ª QUESTÃO Umas das reações possíveis para obtenção do anidrido sulfúrico é a oxidação do anidrido sulfuroso por um agente oxidante forte em meio aquoso ácido, como segue a reação. Anidrido sulfuroso

Leia mais

P1 - PROVA DE QUÍMICA GERAL - 08/04/03

P1 - PROVA DE QUÍMICA GERAL - 08/04/03 P1 - PROVA DE QUÍMICA GERAL - 08/04/03 Nome: Nº de Matrícula: Turma: Assinatura: GABARITO Questão Valor Grau Revisão 1 a 2,0 2 a 2,0 3 a 2,0 4 a 2,0 5 a 2,0 Total 10,0 R = 0,0821 atm L mol -1 K -1 K =

Leia mais

20 Não se fazem mais nobres como antigamente pelo menos na Química. (Folha de S. Paulo, ). As descobertas de compostos como o XePtF 6

20 Não se fazem mais nobres como antigamente pelo menos na Química. (Folha de S. Paulo, ). As descobertas de compostos como o XePtF 6 20 Não se fazem mais nobres como antigamente pelo menos na Química. (Folha de S. Paulo, 17.08.2000). As descobertas de compostos como o XePtF 6, em 1962, e o HArF, recentemente obtido, contrariam a crença

Leia mais

PROVA DE QUÍMICA 2 o BIMESTRE DE 2012 PROF. MARCOS

PROVA DE QUÍMICA 2 o BIMESTRE DE 2012 PROF. MARCOS PROVA DE QUÍMICA 2 o BIMESTRE DE 2012 PROF. MARCOS Boa Prova NOME N o 1 a SÉRIE A compreensão do enunciado faz parte da questão. Não faça perguntas ao examinador. A prova deve ser feita com caneta azul

Leia mais

Funções Químicas: Ácidos, bases, sais e óxidos

Funções Químicas: Ácidos, bases, sais e óxidos Funções Químicas: Ácidos, bases, sais e óxidos Funções Químicas Grupo de substâncias compostas que possuem propriedades químicas semelhantes; As funções químicas são divididas de acordo com a divisão clássica

Leia mais

Estequiometria I. Estequiometria I Monitor: Gabriel dos Passos 10/04/2014. Material de apoio para Monitoria

Estequiometria I. Estequiometria I Monitor: Gabriel dos Passos 10/04/2014. Material de apoio para Monitoria 1. (UFSM-RS) O ácido fosfórico, usado em refrigerantes do tipo cola e possível causador da osteoporose, pode ser formado a partir da equação não-balanceada: Ca3(PO4)2 + H2SO4 ----> H3PO4 + CaSO4 Partindo-se

Leia mais

EB: QUÍMICA GERAL/ EQB: QUÍMICA GERAL I

EB: QUÍMICA GERAL/ EQB: QUÍMICA GERAL I EB: QUÍMICA GERAL/ EQB: QUÍMICA GERAL I Capítulo 6. Termoquímica Ficha de exercícios 1. Uma amostra de azoto gasoso expande-se do seu volume inicial de 1.6 L para 5.4 L, a temperatura constante. Calcule

Leia mais

a) 0,60 M e 0,20 M b) 0,45 M e 0,15 M c) 0,51 M e 0,17 M d) 0,75 M e 0,25 M

a) 0,60 M e 0,20 M b) 0,45 M e 0,15 M c) 0,51 M e 0,17 M d) 0,75 M e 0,25 M ª série E.M. - APE 1. (Vunesp) Medicamentos, na forma de preparados injetáveis, devem ser soluções isotônicas com relação aos fluidos celulares. O soro fisiológico, por exemplo, apresenta concentração

Leia mais

PROVA DE QUÍMICA. Adaptada da Tabela Periódica da IUPAC/versão 2007 Acesso: PROVA DE QUÍMICA - Caderno 1

PROVA DE QUÍMICA. Adaptada da Tabela Periódica da IUPAC/versão 2007 Acesso:  PROVA DE QUÍMICA - Caderno 1 PROVA DE QUÍMICA Adaptada da Tabela Periódica da IUPAC/versão 2007 Acesso: http://wwwiupacorg/reports/periodic_table/ 18 PROVA DE QUÍMICA - Caderno 1 QUESTÃO 25 1 Na extração do ouro, os garimpeiros costumam

Leia mais

INTRODUÇÃO. Podem ocorrer também modificações só perceptíveis a sensores colocados no meio reacional:

INTRODUÇÃO. Podem ocorrer também modificações só perceptíveis a sensores colocados no meio reacional: REAÇÕES INORGÂNICAS INTRODUÇÃO Uma reação química ocorre quando uma ou mais substâncias interagem de modo a formar novas substâncias. A ocorrência de uma reação pode ser detectada através de evidências

Leia mais

Química Oxi-Redução Balanceamento de Equações Fácil [20 Questões]

Química Oxi-Redução Balanceamento de Equações Fácil [20 Questões] Química Oxi-Redução Balanceamento de Equações Fácil [20 Questões] 01 - (UFPR) Das equações abaixo, qual(quais) está(estão) balanceada(s) corretamente? I. NH 3 + HCl NH 4 Cl II. BaCl 2 + H 2 SO 4 HCl +

Leia mais

QUÍMICA LIGAÇÕES QUÍMICAS PROF. SAUL SANTANA

QUÍMICA LIGAÇÕES QUÍMICAS PROF. SAUL SANTANA QUÍMICA LIGAÇÕES QUÍMICAS PROF. SAUL SANTANA Ligação Química O conceito de configuração eletrônica e o desenvolvimento da Tabela Periódica permitiu aos químicos uma base lógica para explicar a formação

Leia mais

3ª Série / Vestibular. As equações (I) e (II), acima, representam reações que podem ocorrer na formação do H 2SO 4. É correto afirmar que, na reação:

3ª Série / Vestibular. As equações (I) e (II), acima, representam reações que podem ocorrer na formação do H 2SO 4. É correto afirmar que, na reação: 3ª Série / Vestibular 01. I _ 2SO 2(g) + O 2(g) 2SO 3(g) II _ SO 3(g) + H 2O(l) H 2SO 4(ag) As equações (I) e (II), acima, representam reações que podem ocorrer na formação do H 2SO 4. É correto afirmar

Leia mais

Resumão do Hondinha. Reações químicas. Reações químicas

Resumão do Hondinha. Reações químicas. Reações químicas Resumão do Hondinha Reações químicas Em uma reação química ocorre a transformação de substâncias com determinadas propriedades iniciais (reagentes) em outras com propriedades diferentes (produtos). As

Leia mais

Aluno(a): nº: Turma: Data: / /2016. Matéria: Química Valor: 15,0

Aluno(a): nº: Turma: Data: / /2016. Matéria: Química Valor: 15,0 Aluno(a): nº: Turma: Nota Ano: 2º Ano EM Data: / /2016 Trabalho Recuperação Professor(a): Willian Novato Matéria: Química Valor: 15,0 PARA TODAS AS QUESTÕES, AS RESPOSTAS DEVERÃO CONSTAR DE RACIOCÍNIO

Leia mais

Estudo das reações. Pércio Augusto Mardini Farias. Este documento tem nível de compartilhamento de acordo com a licença 3.0 do Creative Commons.

Estudo das reações. Pércio Augusto Mardini Farias. Este documento tem nível de compartilhamento de acordo com a licença 3.0 do Creative Commons. Pércio Augusto Mardini Farias Este documento tem nível de compartilhamento de acordo com a licença 3.0 do Creative Commons. http://creativecommons.org.br http://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0/br/legalcode

Leia mais

Colégio Paulo VI Ensino Médio

Colégio Paulo VI Ensino Médio Colégio Paulo VI Ensino Médio Aluno (a): Nº.: 1º Ano - Ensino médio Turma: Turno: Vespertino Disciplina: Química Professor: Willian Prado Data: / / 2015 LISTA 1 Reações Químicas Balanceamento Introdução

Leia mais

+1 2 Nox +1 2 Carga Nox +7 8 Carga

+1 2 Nox +1 2 Carga Nox +7 8 Carga 01 Cl 2 Cl Nox = 0 Nox = 1 Cl O +1 2 Nox +1 2 Carga Cl O 4 +7 2 Nox +7 8 Carga Resposta: Respectivamente zero, 1, +1, +7. 1 02 a) NH 4 NO 3 NH 4 + cátion + NO 3 ânion N H 4 + 3 +1 Nox 3 +4 Carga N O 3

Leia mais

FÍSICO QUÍMICA AULA 2 - OXIDO- REDUÇÃO. Parte 2 Reações e conceitos

FÍSICO QUÍMICA AULA 2 - OXIDO- REDUÇÃO. Parte 2 Reações e conceitos FÍSICO QUÍMICA AULA 2 - OXIDO- REDUÇÃO Parte 2 Reações e conceitos Vimos anteriormente que oxidação é o processo no qual um átomo perde elétrons, tendo um aumento no N ox, enquanto na redução ganham-se

Leia mais

Número atômico de A = número atômico de B = 18

Número atômico de A = número atômico de B = 18 61 e QUÍMICA O elemento químico B possui 20 nêutrons, é isótopo do elemento químico A, que possui 18 prótons, e isóbaro do elemento químico C, que tem 16 nêutrons Com base nessas informações, pode-se afirmar

Leia mais

http://www.rumoaoita.com / - Material escrito por: Marlos Cunha (ITA T-12) Métodos de Balanceamento

http://www.rumoaoita.com / - Material escrito por: Marlos Cunha (ITA T-12) Métodos de Balanceamento Métodos de Balanceamento Conteúdo Introdução... 1 Método das tentativas... 1 Método algébrico... 1 Método do íon-elétron... 2 Método da oxi-redução... 3 Auto oxi-redução... 3 Balanceamento dependendo do

Leia mais

Proporção constante de Proust. Leis ponderais 1ª-Conservação das massas Lavoisier 2ª- Proporção constante de Proust

Proporção constante de Proust. Leis ponderais 1ª-Conservação das massas Lavoisier 2ª- Proporção constante de Proust LEI DE LAVOISIER Proporção constante de Proust Leis ponderais 1ª-Conservação das massas Lavoisier 2ª- Proporção constante de Proust Lei de conservação de massa 1.Com base na L ei de L avoisier, que

Leia mais

ESTEQUIOMETRIA DE REAÇÕES QUÍMICAS CÁLCULOS ESTEQUIOMÉTRICOS

ESTEQUIOMETRIA DE REAÇÕES QUÍMICAS CÁLCULOS ESTEQUIOMÉTRICOS ESTEQUIOMETRIA DE REAÇÕES QUÍMICAS CÁLCULOS ESTEQUIOMÉTRICOS Aula 10 META Mostrar como se realizam cálculos estequiométricos de reações em que um dos reagentes encontra-se em excesso, além de calcular

Leia mais

é uma alteração química onde matéria (um reagente ou reagentes) se convertem em uma nova substância ou substâncias (um produto ou produtos).

é uma alteração química onde matéria (um reagente ou reagentes) se convertem em uma nova substância ou substâncias (um produto ou produtos). REAÇÕES QUÍMICAS Reação Química é uma alteração química onde matéria (um reagente ou reagentes) se convertem em uma nova substância ou substâncias (um produto ou produtos). é um fenômeno onde os átomos

Leia mais

GABARITO. Química B Extensivo V. 6. Exercícios 06) A. I. Adição ou síntese. Dois reagentes (N 2. ). III. Adição ou síntese. Dois reagentes (P 2 07) A

GABARITO. Química B Extensivo V. 6. Exercícios 06) A. I. Adição ou síntese. Dois reagentes (N 2. ). III. Adição ou síntese. Dois reagentes (P 2 07) A GABARIT Química B Extensivo V 6 Exercícios 01) A a) Certa S + 2 S 2 Na síntese total, os reagentes são substâncias simples + Ca(H) 2 Ca + 2 Reação de neutralização do solo b) Errada S 3 é óxido ácido,

Leia mais

QUESTÕES OBJETIVAS. a) b) +110 c) -55 d) -110 e) -676

QUESTÕES OBJETIVAS. a) b) +110 c) -55 d) -110 e) -676 QUESTÕES OBJETIVAS Questão 9: O óxido de cálcio, conhecido como cal virgem, é comumente utilizado na construção civil. Sobre essa substância é INCORRETO afirmar que: a) pode ser obtida pelo aquecimento

Leia mais

QUÍMICA. Qual a fórmula molecular do menor alcadieno halênico com carbono quiral?

QUÍMICA. Qual a fórmula molecular do menor alcadieno halênico com carbono quiral? QUÍMICA Qual a fórmula molecular do menor alcadieno halênico com carbono quiral? C 6 H 10 ; C 7 H 10 ; C 7 H 12 ; C 6 H 8. C 6 H 12 ; O mirceno, composto responsável pelo gosto amargo da cerveja, possui

Leia mais

Nome: Nº: Turma: INSTRUÇÕES GERAIS. Instruções Específicas

Nome: Nº: Turma: INSTRUÇÕES GERAIS. Instruções Específicas Química Avaliação os anos Rodrigo mar/1 Nome: Nº: Turma: INSTRUÇÕES GERAIS 1. Nenhum material deve estar embaixo das carteiras. Livros e mochilas devem ficar guardados no armário. É proibido portar celular..

Leia mais

Com base nesses dados, calcule: a) Concentração em g/l. b) Título em massa.

Com base nesses dados, calcule: a) Concentração em g/l. b) Título em massa. ALUNO(a): Nº: SÉRIE: ª TURMA: UNIDADE: VV JC JP PC DATA: / /06 Obs.: Esta lista deve ser entregue apenas ao professor no dia da aula de Recuperação Valor: 5,0. Uma solução contendo 4 g de cloreto de sódio

Leia mais

Reacções químicas. Aspectos qualitativos e quantitativos de uma reacção química. Grau de pureza de uma substância

Reacções químicas. Aspectos qualitativos e quantitativos de uma reacção química. Grau de pureza de uma substância Reacções químicas Aspectos qualitativos e quantitativos de uma reacção química Prof. Luís Perna 2010/11 Grau de pureza de uma substância Muitos dos materiais que utilizamos no dia-a-dia possuem impurezas

Leia mais

a) Escreva os nomes das substâncias presentes nos frascos A, B e C. A B C

a) Escreva os nomes das substâncias presentes nos frascos A, B e C. A B C PROVA DE QUÍMICA 2ª ETAPA do VESTIBULAR 2006 (cada questão desta prova vale até cinco pontos) Questão 01 Foram encontrados, em um laboratório, três frascos A, B e C, contendo soluções incolores e sem rótulos.

Leia mais

FUNÇÕES E REAÇÕES INORGÂNICAS

FUNÇÕES E REAÇÕES INORGÂNICAS FUNÇÕES E REAÇÕES INORGÂNICAS 1-A Chuva ácida: SO 3 + H 2 O H 2 SO 4 2-B Neutralização: 2 H 3 PO 4 + 3 Ba(OH) 2 Ba 3 (PO 4 ) 2 + 6 H 2 O 3-E O NOX do enxofre no Na 2 SO 3 é +4, sendo o sulfito de sódio.

Leia mais

Calcule o calor de combustão do metano (CH 4) sabendo que: Entalpia de combustão ou calor de combustão é a variação de entalpia (ΔH) na reação de

Calcule o calor de combustão do metano (CH 4) sabendo que: Entalpia de combustão ou calor de combustão é a variação de entalpia (ΔH) na reação de QUÍMICA 3ºCOLEGIAL 1302 TERMOQUÍMICA Cálculo de Entalpia - Reação balanceada - Reação global através da Lei de Hess uma equação termoquímica pode ser expressa pela soma de 2 ou mais equações. Forma de

Leia mais

Equipe de Química QUÍMICA REDOX

Equipe de Química QUÍMICA REDOX Aluno (a): Série: 3ª Turma: TUTORIAL 7B Ensino Médio Equipe de Química Data: QUÍMICA REDOX O número de átomos numa reação química deve ser o mesmo nos reagentes e nos produtos. Para isso, existem diversos

Leia mais

Universidade Estadual de Maringá - PROINTE PRECEPTORIA DE QUÍMICA GERAL E INORGÂNICA QUIGI

Universidade Estadual de Maringá - PROINTE PRECEPTORIA DE QUÍMICA GERAL E INORGÂNICA QUIGI Universidade Estadual de Maringá - PROINTE PRECEPTORIA DE QUÍMICA GERAL E INORGÂNICA QUIGI CURSO DE ENGENHARIAS ELÉTRICA, MECÂNICA E QUÍMICA; FÍSICA E FARMÁCIA 1) A concentração máxima admissível de cloreto

Leia mais

1 Calcule a velocidade média de desaparecimento de A (bolinhas vermelhas) durante o intervalo de tempo de 20 a 40 s. Reação: A B

1 Calcule a velocidade média de desaparecimento de A (bolinhas vermelhas) durante o intervalo de tempo de 20 a 40 s. Reação: A B Físico-Química Prof. José Ginaldo Silva Jr. Lista de Exercícios de Cinética Química 1 Calcule a velocidade média de desaparecimento de A (bolinhas vermelhas) durante o intervalo de tempo de 20 a 40 s.

Leia mais

P2 - PROVA DE QUÍMICA GERAL - 18/05/13

P2 - PROVA DE QUÍMICA GERAL - 18/05/13 P - PROVA DE QUÍMICA GERAL - 18/05/13 Nome: Nº de Matrícula: GABARITO Turma: Assinatura: Questão Valor Grau Revisão 1 a,5 a,5 3 a,5 4 a,5 Total 10,0 Dados: T (K) = T ( C) + 73,15 R = 8,314 J mol -1 K -1

Leia mais

VII Olimpíada Catarinense de Química Etapa I - Colégios

VII Olimpíada Catarinense de Química Etapa I - Colégios VII Olimpíada Catarinense de Química 2011 Etapa I - Colégios Fonte: Chemistryland Segunda Série 1 01 200 ml de uma solução de hidróxido de alumínio são diluídos em água destilada até a sua concentração

Leia mais

PROVA DE QUÍMICA TABELA PERIÓDICA DOS ELEMENTOS

PROVA DE QUÍMICA TABELA PERIÓDICA DOS ELEMENTOS PROVA DE QUÍMICA TABELA PERIÓDICA DOS ELEMENTOS FONTE: Tabela Periódica da IUPAC/versão 2005(adaptada). Acesso: http://www.iupac.org/reports/periodic_table/ 25 QUESTÃO 3 Analise este quadro, em que se

Leia mais

1 de 9 01/11/12 11:12

1 de 9 01/11/12 11:12 Olimpiada Brasileira de Química 2002 - FASE III modalidade "A" 1. "A massa de um sistema químico isolado permanecerá constante independente das reações que nele ocorram". Este enunciado está de acordo

Leia mais

Leonnardo Cruvinel Furquim ESTEQUIOMETRIA

Leonnardo Cruvinel Furquim ESTEQUIOMETRIA Leonnardo Cruvinel Furquim ESTEQUIOMETRIA Leonnardo Cruvinel Furquim ESTEQUIOMETRIA O cálculo das quantidades das substâncias envolvidas em uma reação química é chamado estequiometria Leis Ponderais Lei

Leia mais

Fórmula percentual. Fórmula molecular do metano: CH 4 Massa atômica do carbono: 12g/mol Massa atômica do hidrogênio: 1g/mol

Fórmula percentual. Fórmula molecular do metano: CH 4 Massa atômica do carbono: 12g/mol Massa atômica do hidrogênio: 1g/mol Você sabia que a quantidade de substâncias envolvidas em uma reação química, é encontrada através do cálculo estequiométrico? Bem, mas para realizar esse cálculo, você precisa primeiro conhecer quais as

Leia mais

As questões de 31 a 34 referem-se ao texto abaixo.

As questões de 31 a 34 referem-se ao texto abaixo. QUÍMICA As questões de 31 a 34 referem-se ao texto abaixo. Em diversos países, o aproveitamento do lixo doméstico é quase 100%. Do lixo levado para as usinas de compostagem, após a reciclagem, obtém-se

Leia mais

Leis Históricas da Estequiometria

Leis Históricas da Estequiometria Estequiometria A proporção correta da mistura ar-combustível para o motor de uma carro de corrida pode ser tão importante quanto a habilidade do piloto para ganhar a corrida. As substâncias químicas, como

Leia mais

QUÍMICA REAÇÕES QUÍMICAS. Professor: Rafael Odorico

QUÍMICA REAÇÕES QUÍMICAS. Professor: Rafael Odorico QUÍMICA REAÇÕES QUÍMICAS É um fenômeno onde os átomos permanecem intactos. Durante as reações, as moléculas iniciais são "desmontadas" e os seus átomos são reaproveitados para "montar" novas moléculas.

Leia mais

Reações inorgânicas Atividades 2

Reações inorgânicas Atividades 2 Reações inorgânicas Atividades 2 Introdução Os exercícios propostos abaixo abordam o conteúdo de reações inorgânicas, com os principais tipos dessas reações, dessa vez com os nomes das substâncias, para

Leia mais

P1 - PROVA DE QUÍMICA GERAL 13/04/2013

P1 - PROVA DE QUÍMICA GERAL 13/04/2013 P1 - PROVA DE QUÍMICA GERAL 13/04/2013 Nome: Gabarito Nº de Matrícula: Turma: Assinatura: Questão Valor Grau Revisão 1 a 2,5 2 a 2,5 3 a 2,5 4 a 2,5 Total 10,0 Dados R = 0,0821 atm L mol -1 K -1 T (K)

Leia mais

Exercícios de Termoquímica

Exercícios de Termoquímica Exercícios de Termoquímica 1. Quando se adiciona cal viva (CaO) à água, há uma liberação de calor devida à seguinte reação química: CaO + H2O Ca (OH)2 + X kcal/mol Sabendo-se que as entalpias de formação

Leia mais

Estequiometria Reagente em Excesso

Estequiometria Reagente em Excesso Estequiometria Reagente em Excesso EXERCÍCIO RESOLVIDO (Efoa-MG) Em um recipiente são colocados para reagir 40,0 g de ácido sulfúrico (H 2 SO 4 ) com 40,0 g de hidróxido de sódio (NaOH). Sabe-se que um

Leia mais

PROVA DE QUÍMICA - 1998 Segunda Etapa

PROVA DE QUÍMICA - 1998 Segunda Etapa PROVA DE QUÍMICA - 1998 Segunda Etapa QUESTÃO 01 Num laboratório químico, havia três frascos que continham, respectivamente, um alcano, um álcool e um alqueno. Foram realizados experimentos que envolviam

Leia mais

Ficha Informativa n.º 2 Tipos de Reações Químicas

Ficha Informativa n.º 2 Tipos de Reações Químicas FÍSICO-QUÍMICA 8º ANO DE ESCOLARIDADE Ficha Informativa n.º 2 Tipos de Reações Químicas Nome: Data: / /20 INTRODUÇÃO TEÓRICA Reações Químicas Nas reações químicas, uma ou várias substâncias iniciais (reagentes)

Leia mais

01- (UNICAMP 2004) As condições oxidativas/redutoras e de ph desempenham

01- (UNICAMP 2004) As condições oxidativas/redutoras e de ph desempenham 01- (UNICAMP 2004) As condições oxidativas/redutoras e de ph desempenham importantes papéis em diversos processos naturais. Desses dois fatores dependem, por exemplo, a modificação de rochas e a presença

Leia mais

P1 - PROVA DE QUÍMICA GERAL 31/03/07

P1 - PROVA DE QUÍMICA GERAL 31/03/07 1 - ROVA DE QUÍMICA GERAL 31/03/07 Nome: GABARITO Nº de Matrícula: Turma: Assinatura: Questão Valor Grau Revisão 1 a,5 a,5 3 a,5 4 a,5 Total 10,0 Dados R 0,081 atm L mol -1 K -1 T (K) T ( C) + 73,15 1

Leia mais

Resoluções. Termoquímica

Resoluções. Termoquímica Segmento: EM/Pré-vestibular Coleção: Alfa, Beta e Gama Disciplina: Química Volume: 1 Série: 10 Resoluções Termoquímica 1. E I. Correta: O cloreto de cálcio é utilizado em compressas quentes devido ao fato

Leia mais