Lista de Exercícios - Professor facebook.com/profrodrigoartuso. Grandezas Químicas e Estequiometria

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Lista de Exercícios - Professor facebook.com/profrodrigoartuso. Grandezas Químicas e Estequiometria"

Transcrição

1 Grandezas Químicas e Estequiometria Criando base 1 - Em 100 gramas de alumínio, quantos átomos deste elemento estão presentes? Dados: M(Al) = 27 g/mol 1 mol = 6,02 x átomos a) 3,7 x b) 27 x c) 3,7 x d) 2,22 x e) 27,31 x Na Natureza, de cada 5 átomos de boro, 1 tem massa atômica igual a 10u e 4 têm massa atômica igual a 11u Com base nestes dados, a massa atômica do boro, expressa em unidades de massa atômica, é igual a : a)10 b) 10,5 c) 10,8 d) 11 e) 11,5 3 - Em 1 mol de moléculas de H 3 PO 4 tem-se: a) átomos de hidrogênio e átomos de fósforo. b) 1 átomo de cada elemento. c) 3 íons H + e 1 íon (PO 4 ) 3-. d) 1 mol de cada elemento. e) 4 mols de átomos de oxigênio e 1 mol de átomos de fósforo. 4 - Em um recipiente contendo 200g de água (H 2 O) foram dissolvidos 15g de sacarose (C 12 H 22 O 11 ). Considerando as massas molares do carbono=12g.mol -1, hidrogênio=1g.mol -1 e oxigênio=16g.mol -1, os números de mols de água e de sacarose nesta solução são, respectivamente: a) 10,2778 mol e 0,0408 mol. b) 11,1111 mol e 0,0439 mol. c) 10,2778 mol e 0,0439 mol. d) 11,9444 mol e 0,0439 mol.

2 5 - Hidreto de sódio reage com água, dando hidrogênio, segundo a reação: NaH + H 2 O NaOH + H 2 Para obter 10 mols de H 2, são necessários quantos mols de água? a) 40 mols b) 20 mols c) 10 mols d) 15 mols e) 2 mols 6 - No motor de um carro a álcool, o vapor do combustível é misturado com o ar e se queima à custa de faísca elétrica produzida pela vela no interior do cilindro. Dada a seguinte reação, não balanceada: C 2 H 6 O(l) + O 2 (g) CO 2 (g) + H 2 O(l) A quantidade, em mols, de água formada na combustão completa de 138 gramas de etanol é igual a: (Dado massa molar em g/mol: H=1, C=12, O=16) a) 1 b) 3 c) 6 d) 9 e) O inseticida DDT (massa molar = 354,5 g/mol) é fabricado a partir de clorobenzeno (massa molar = 112,5 g/mol) e cloral, de acordo com a equação: 2 C 6 H 5 Cl + C 2 HCl 3 O C 14 H 9 Cl 5 + H 2 O Clorobenzeno Cloral DDT Partindo-se de uma tonelada (1t) de clorobenzeno e admitindo-se rendimento de 100%, a massa de DDT produzida é igual a: a) 1,575 t b) 1,260 t c) 800,0 kg d) 354,5 kg e) 160,0 kg 8 - O carbeto de silício (SiC) possui uma estrutura idêntica à do diamante e, por isso, apresenta elevada dureza, sendo utilizado, por exemplo, na confecção de esmeril para afiar facas e no corte de vidros. Uma forma de obtenção do carbeto de silício dá-se por meio da reação de aquecimento de coque com areia, conforme expressa a equação a seguir: 3 C + SiO 2 SiC + 2 CO A massa de carbeto de silício, em kg, que se forma a partir da utilização de 1kg de carbono presente no coque é, aproximadamente, a) 0,33 b) 0,78 c) 1,11 d) 1,44 e) 3,33

3 Aperfeiçoando raciocínio 1 - No combate à dor e à febre, um medicamento muito utilizado é a aspirina, cuja composição centesimal é: C = 60,00 %, H = 4,44 % e O = 35,56 %. Sabendo-se que em uma amostra de aspirina com 0,18 g de massa existem 6, moléculas, conclui-se que a fórmula molecular desse composto é: a) C 9 H 6 O 3 b) C 8 H 4 O 5 c) C 10 H 12 O 3 d) C 9 H 8 O 4 e)c 8 H 8 O Pessoas com pressão arterial elevada precisam reduzir o teor de sódio de suas dietas. Um dos meios de se conseguir isto é através do uso do chamado "sal light", uma mistura de cloreto de sódio e cloreto de potássio sólidos. Num frasco de "sal light" pode-se ler a informação: "Cada grama de sal light contém 195 miligramas de sódio e 260 miligramas de potássio". Comparando o "sal light" com o sal comum, a redução no teor de sódio (massas molares, em g/mol: Na = 23,0, K = 39,1 e Cl = 35,5) é de, aproximadamente, a) 20%. b) 40%. c) 50%. d) 60%. e) 80%. 3 - A presença do ozônio (O 3 ) na troposfera é altamente indesejável, e seu limite permitido por lei é de 160 microgramas por metro cúbico de ar. No dia 30/7/1995, na cidade de São Paulo, foi registrado um índice de 760 microgramas de O 3 por metro cúbico de ar. Assinale a alternativa que indica quantos mols de O 3 por metro cúbico de ar foram encontrados acima do limite permitido por lei no dia considerado. (Dado:1 micrograma = 10-6 g) a) 1,25 x 10-5 mol b) 1,25 x 10-2 mol c) 1,87 x 10-5 mol d) 1,87 x 10-2 mol e) 2,50 x 10-5 mol 4 - Anfetaminas são aminas utilizadas como estimulantes e vulgarmente conhecidas por "bolinhas".

4 Uma dessas substâncias é a benzedrina, que apresenta a seguinte composição percentual: 80 % de carbono, 9,63 % de hidrogênio e 10,37 % de nitrogênio. Sabendo-se que a sua massa molar é 135 g/mol, pode-se afirmar que a sua fórmula molecular é a) C 9 H 15 N. b) C 8 H 14 N 2. c) C 9 H 26 N. d) C 8 H 20 N. e) C 8 H 13 N. 5 - A obtenção de etanol, a partir de sacarose (açúcar) por fermentação, pode ser apresentada pela seguinte equação: C 12 H 22 O 11 + H 2 O 4 C 2 H 5 OH + 4 CO 2 Admitindo-se que o processo tenha rendimento de 100% e que o etanol seja anidro (puro), calcule a massa (em kg) de açúcar necessária para produzir um volume de 50 litros de etanol, suficiente para encher um tanque de um automóvel. Dados: Densidade do etanol = 0,8 g/cm3 Massa molar da sacarose = 342 g/mol Massa molar do etanol = 46 g/mol 74,35 kg 6 - Duas das reações que ocorrem na produção do ferro são representadas por: 2C (s) + O 2(g) 2 CO (g) Fe 2 O 3(s) + 3 CO (g) 2 Fe (s) + 3 CO 2(g) O monóxido de carbono formado na primeira reação é consumido na segunda reação. Considerando apenas estas duas etapas do processo, calcule a massa aproximada, em kg, de carvão consumido na produção de uma tonelada de ferro. Dados: massas atômicas: Fe = 56; C = 12; O = kg 7 - A Conferência de Kyoto sobre mudanças climáticas, realizada em 1997, estabeleceu metas globais para a redução da emissão atmosférica de CO 2. A partir daí, várias técnicas para o sequestro do CO 2 presente em emissões gasosas vem sendo intensamente estudadas. a) Uma indústria implantou um processo de seqüestro de CO 2 através da reação com Mg 2 SiO 4 conforme a equação representada a seguir: Mg 2 SiO CO 2 2MgCO 3 + SiO 2 Determine, apresentando seus cálculos, o número de mols do óxido formado quando 4400 g de CO 2 são sequestrados. b) Essa indústria reduziu sua emissão para L de CO 2 por dia nas CNTP. A meta é emitir menos de 500 kg de CO 2 por dia. Indique se a indústria atingiu a meta. Justifique sua resposta. 8 - Uma das maneiras de produzir gás metano é reagir carbeto de alumínio (Al4C3) com água, de acordo com a equação não balanceada:

5 Al 4 C 3(s) + H 2 O (l) Al(OH) 3(aq) + CH 4(g) Reagindo-se 288,0 gramas de carbeto de alumínio completamente com a água, assinale o volume em litros de gás metano produzido por essa reação, nas CNTP. a) 44,8 d) 134,4 b) 67,2 c) 89,2 9 - (UNICAMP) Pegada de carbono, do Inglês carbon footprint, é a massa de gases do efeito estufa emitida por uma determinada atividade. Ela pode ser calculada para uma pessoa, uma fábrica, um país ou qualquer dispositivo, considerando-se qualquer intervalo de tempo. Esse cálculo, no entanto, é bem complexo e requer informações muito detalhadas. Por isso, no lugar da pegada de carbono, utiliza-se o fator de emissão de CO 2, que é definido como a massa emitida de CO 2 por atividade. Uma pessoa, por exemplo, tem um fator de emissão de cerca de 800 gramas de CO 2 por dia, catabolizando açúcar (CH 2 O)n e gordura (CH 2 )n. a) Tomando por base os dois combustíveis humanos citados (açúcar e gordura), qual deles teria maior fator de emissão de CO 2, considerando-se uma mesma massa consumida? Justifique. b) Uma pessoa utiliza diariamente, em média, 150 gramas de gás butano (C 4 H 10 ) cozinhando alimentos. O fator de emissão de CO 2 relativo a esse cozimento é maior, menor ou igual ao da catabolização diária do ser humano indicada no texto? Justifique.

Professor Marcus Ennes. -Estequiometria

Professor Marcus Ennes. -Estequiometria Professor Marcus Ennes -Estequiometria - RELAÇÕES FUNDAMENTAIS RAZÃO E PROPORÇÃO 1) Um formigueiro é composto por 2.000 formigas. Cada formiga consome por dia, 1.500 moléculas de glicose (C 6 H 12 O 6

Leia mais

LISTA 02 - TEORIA ATÔMICA MOLECULAR

LISTA 02 - TEORIA ATÔMICA MOLECULAR LISTA 02 - TEORIA ATÔMICA MOLECULAR 1º ano QUÍMICA PROF. PEDRO 2º Bimestre Questão 01) A massa de uma molécula de ácido acético, CH 3 COOH, é: a) 1,0. 10-21 g b) 1,0. 10-22 g c) 1,0. 10-23 g d) 1,0. 10-24

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS: TRANSFORMAÇÕES FÍSICAS E QUÍMICAS PROPRIEDADES FÍSICAS E QUÍMICAS ALGARISMOS SIGNIFICATIVOS ESTEQUIOMETRIA

LISTA DE EXERCÍCIOS: TRANSFORMAÇÕES FÍSICAS E QUÍMICAS PROPRIEDADES FÍSICAS E QUÍMICAS ALGARISMOS SIGNIFICATIVOS ESTEQUIOMETRIA UNIVERSIDADE FEDERAL D ESTAD D RI DE JANEIR (UNIRI) INSTITUT DE BICIÊNCIAS DEP. DE CIÊNCIAS NATURAIS DISCIPLINA: QUÍMICA GERAL E INRGÂNICA 2/2015 PRFª.: CLAUDIA JRGE D NASCIMENT LISTA DE EXERCÍCIS: MATÉRIA

Leia mais

AULA 10 ESTEQUIOMETRIA

AULA 10 ESTEQUIOMETRIA AULA 10 ESTEQUIOMETRIA Cálculo estequiométrico ou estequiometria é o cálculo de quantidades de substâncias que interagem, pode ser do reagente consumido ou do produto formado. Baseia-se nas proporções

Leia mais

QUÍMICA GERAL PROF. PAULO VALIM

QUÍMICA GERAL PROF. PAULO VALIM QUÍMICA GERAL PROF. PAULO VALIM 3 QUANTIDADADES E MEDIDAS Gás Nobre para catalisar sua reação, vamos disponibilizar alguns exercícios com gabarito ao final de cada capítulo de estudo. Eles não fazem parte

Leia mais

QUÍMICA MÓDULO 20 CÁLCULO ESTEQUIOMÉTRICO. Professor Edson Cruz

QUÍMICA MÓDULO 20 CÁLCULO ESTEQUIOMÉTRICO. Professor Edson Cruz QUÍMICA Professor Edson Cruz MÓDULO 20 CÁLCULO ESTEQUIOMÉTRICO INTRODUÇÃO Agora que já sabemos os pré-requisitos para o entendimento do cálculo estequiométrico, podemos defini-lo como "o método matemático

Leia mais

Pb 2e Pb E 0,13 v. Ag 2e Ag E +0,80 v. Zn 2e Zn E 0,76 v. Al 3e Al E 1,06 v. Mg 2e Mg E 2,4 v. Cu 2e Cu E +0,34 v

Pb 2e Pb E 0,13 v. Ag 2e Ag E +0,80 v. Zn 2e Zn E 0,76 v. Al 3e Al E 1,06 v. Mg 2e Mg E 2,4 v. Cu 2e Cu E +0,34 v QUÍMICA 1ª QUESTÃO Umas das reações possíveis para obtenção do anidrido sulfúrico é a oxidação do anidrido sulfuroso por um agente oxidante forte em meio aquoso ácido, como segue a reação. Anidrido sulfuroso

Leia mais

Gavião Peixoto nº 124 Edifício Manhattan /

Gavião Peixoto nº 124 Edifício Manhattan / 1)Você já sentiu o ardido de pimenta na boca? Pois bem, a substância responsável pela sensação picante na língua é a capsaicina, substância ativa das pimentas. Sua fórmula estrutural está representada

Leia mais

Prof. Msc. João Neto

Prof. Msc. João Neto Prof. Msc. João Neto Massa atômica Prof. Msc. João Neto 2 1u = 1,66x -24 g Prof. Msc. João Neto 3 Prof. Msc. João Neto 4 Massa atômica: massa de um átomo Prof. Msc. João Neto 5 Isótopos: átomos de mesmo

Leia mais

1) (Faap SP) A combustão completa do metanol pode ser representada pela equação não-balanceada:

1) (Faap SP) A combustão completa do metanol pode ser representada pela equação não-balanceada: 1) (Faap SP) A combustão completa do metanol pode ser representada pela equação não-balanceada: CH 3 OH (l) + O 2(g) CO 2(g) + H 2 O (l) Quando se utilizam 5,0 mols de metanol nessa reação, quantos mols

Leia mais

Qui. Allan Rodrigues Gabriel Pereira (Renan Micha)

Qui. Allan Rodrigues Gabriel Pereira (Renan Micha) Semana 10 Allan Rodrigues Gabriel Pereira (Renan Micha) Este conteúdo pertence ao Descomplica. Está vedada a cópia ou a reprodução não autorizada previamente e por escrito. Todos os direitos reservados.

Leia mais

Projeto de Recuperação Final - 1ª Série (EM)

Projeto de Recuperação Final - 1ª Série (EM) Projeto de Recuperação Final - 1ª Série (EM) QUÍMICA MATÉRIA A SER ESTUDADA VOLUME CAPÍTULO ASSUNTO 5 15 Funções inorgânicas: identificação e nomenclatura de ácidos e bases 5 16 Funções inorgânicas- sais:

Leia mais

12 GAB. 1 1 o DIA PASES 1 a ETAPA TRIÊNIO QUÍMICA QUESTÕES DE 21 A 30

12 GAB. 1 1 o DIA PASES 1 a ETAPA TRIÊNIO QUÍMICA QUESTÕES DE 21 A 30 12 GAB. 1 1 o DIA PASES 1 a ETAPA TRIÊNIO 2005-2007 QUÍMICA QUESTÕES DE 21 A 30 21. A hemoglobina das células vermelhas do sangue contém o complexo de ferro com uma porfirina. Sabendo que um indivíduo

Leia mais

Estequiometria. Priscila Milani

Estequiometria. Priscila Milani Estequiometria Priscila Milani Cálculo de massa para amostras impuras: Reagentes impuros, principalmente em reações industriais, ou porque eles são mais baratos ou porque eles já são encontrados na Natureza

Leia mais

INSTITUTO GEREMARIO DANTAS COMPONENTE CURRICULAR: QUÍMICA EXERCÍCIOS EXTRAS 2º TRIMESTRE 2016

INSTITUTO GEREMARIO DANTAS COMPONENTE CURRICULAR: QUÍMICA EXERCÍCIOS EXTRAS 2º TRIMESTRE 2016 INSTITUTO GEREMARIO DANTAS Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Fone: (21) 21087900 Rio de Janeiro RJ www.igd.com.br Aluno(a): 1º Ano: C11 Nº Professor: Lúcia Nascimento COMPONENTE CURRICULAR:

Leia mais

ESTEQUIOMETRIA. Estudo das reações. Descrevendo uma reação química. Indicadores de uma reação química:

ESTEQUIOMETRIA. Estudo das reações. Descrevendo uma reação química. Indicadores de uma reação química: ESTEQUIOMETRIA Estudo das reações Indicadores de uma reação química: Produção de um gás Liberação ou absorção de calor Formação de um precipitado Mudança de cor 3 Descrevendo uma reação química Reagentes

Leia mais

ESTEQUIOMETRIA. Estudo das reações. Indicadores de uma reação química:

ESTEQUIOMETRIA. Estudo das reações. Indicadores de uma reação química: ESTEQUIOMETRIA Estudo das reações Indicadores de uma reação química: Produção de um gás Liberação ou absorção de calor Formação de um precipitado Mudança de cor 3 Descrevendo uma reação química Reagentes

Leia mais

ESTEQUIOMETRIA. Estudo das reações. Descrevendo uma reação química. Indicadores de uma reação química:

ESTEQUIOMETRIA. Estudo das reações. Descrevendo uma reação química. Indicadores de uma reação química: ESTEQUIOMETRIA Estudo das reações Indicadores de uma reação química: Produção de um gás Liberação ou absorção de calor Formação de um precipitado Mudança de cor 3 Descrevendo uma reação química Representação

Leia mais

Atividade complementar. Substâncias e transformações químicas, entendendo os aspectos quantitativos

Atividade complementar. Substâncias e transformações químicas, entendendo os aspectos quantitativos Atividade complementar Substâncias e transformações químicas, entendendo os aspectos quantitativos Esta atividade tem como objetivo complementar e aprofundar os estudos sobre as transformações químicas,

Leia mais

O que você deve saber sobre

O que você deve saber sobre O que você deve saber sobre Podemos conhecer as grandezas que regem a quantificação dos fenômenos químicos identificando o comportamento da massa, do número de partículas e do volume de diferentes substâncias.

Leia mais

QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 29 ESTEQUIOMETRIA: EXCESSO E LIMITANTE

QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 29 ESTEQUIOMETRIA: EXCESSO E LIMITANTE QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 29 ESTEQUIOMETRIA: EXCESSO E LIMITANTE Como pode cair no enem (UFF) O cloreto de alumínio é um reagente muito utilizado em processos industriais que pode ser obtido por meio da

Leia mais

QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 21 RELAÇÕES NUMÉRICAS FUNDAMENTAIS - PARTE 1

QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 21 RELAÇÕES NUMÉRICAS FUNDAMENTAIS - PARTE 1 QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 21 RELAÇÕES NUMÉRICAS FUNDAMENTAIS - PARTE 1 Unidade de massa atômica (u) Como pode cair no enem (CESGRANRIO) Um elemento X tem massa atômica 63,5 e apresenta os isótopos 63 X

Leia mais

Fuvest 2009 (Questão 1 a 8)

Fuvest 2009 (Questão 1 a 8) (Questão 1 a 8) 1. Água pode ser eletrolisada com a finalidade de se demonstrar sua composição. A figura representa uma aparelhagem em que foi feita a eletrólise da água, usando eletrodos inertes de platina.

Leia mais

Prof. Rafa - Química Cálculo Estequiométrico

Prof. Rafa - Química Cálculo Estequiométrico Prof. Rafa - Química Cálculo Estequiométrico Lista de exercícios 01. (UFBA) Hidreto de sódio reage com água, dando hidrogênio, segundo a reação: NaH + H 2 O NaOH + H 2 Para obter 10 mols de H 2, são necessários

Leia mais

PROVA DE QUÍMICA. Tendo em vista as propriedades coligativas dessas soluções, é CORRETO afirmar

PROVA DE QUÍMICA. Tendo em vista as propriedades coligativas dessas soluções, é CORRETO afirmar 17 PROVA DE QUÍMICA Q U E S T Ã O 2 6 Z e X são elementos químicos que apresentam respectivamente 2 e 6 elétrons no nível de valência. A fórmula química resultante da combinação entre átomos dos elementos

Leia mais

QUÍMICA CÁLCULOS ESTEQUIOMÉTRICOS

QUÍMICA CÁLCULOS ESTEQUIOMÉTRICOS QUÍMICA CÁLCULOS ESTEQUIOMÉTRICOS CÁLCULOS ESTEQUIOMÉTRICOS Os cálculos estequiométricos correspondem aos cálculos de massa, de quantidade de matéria e em alguns casos, de volumes das substâncias envolvidas

Leia mais

Concurso de Seleção 2004 QUÍMICA

Concurso de Seleção 2004 QUÍMICA QUÍMICA QUESTÃ 51 Leia o texto abaixo.... Pensem nas feridas Como rosas cálidas Mas oh não se esqueçam Da rosa da rosa Da rosa de Hiroshima A rosa hereditária... MRAIS, V. de. MATGRSS, N.

Leia mais

(a) Calcule a percentagem de urânio na carnotita. (b) Que massa de urânio pode ser obtida a partir de 1350 g de carnotita.

(a) Calcule a percentagem de urânio na carnotita. (b) Que massa de urânio pode ser obtida a partir de 1350 g de carnotita. Cálculos com fórmulas e equações químicas 3. 3.1 A análise de uma pequena amostra de Pb 3 (PO 4 ) 2 apresentou a quantidade de 0,100 g de chumbo. Responda os itens abaixo usando estes dados e as massas

Leia mais

ESTEQUIOMETRIA Folha 01 João Roberto Mazzei

ESTEQUIOMETRIA Folha 01 João Roberto Mazzei 01. (UFC 2009) O principal componente da cal, importante produto industrial fabricado no Ceará, é o óxido de cálcio (CaO). A produção de CaO se processa de acordo com a seguinte reação química: CaCO 3(s)

Leia mais

3ªHumanas e Master - Química Prof os João Lins e Alexandre Estevão

3ªHumanas e Master - Química Prof os João Lins e Alexandre Estevão 3ªHumanas e Master - Química Prof os João Lins e Alexandre Estevão 1) Um sistema heterogêneo, S, é constituído por uma solução colorida e um sólido branco. O sistema foi submetido ao seguinte esquema de

Leia mais

Química Fascículo 03 Elisabeth Pontes Araújo Elizabeth Loureiro Zink José Ricardo Lemes de Almeida

Química Fascículo 03 Elisabeth Pontes Araújo Elizabeth Loureiro Zink José Ricardo Lemes de Almeida Química Fascículo 03 Elisabeth Pontes Araújo Elizabeth Loureiro Zink José Ricardo Lemes de Almeida Índice Estequiometria...1 Exercícios...2 Gabarito...4 Estequiometria Balanço de massas e de quantidades

Leia mais

QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 30 ESTEQUIOMETRIA: REAÇÕES CONSECUTIVAS

QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 30 ESTEQUIOMETRIA: REAÇÕES CONSECUTIVAS QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 30 ESTEQUIOMETRIA: REAÇÕES CONSECUTIVAS Como pode cair no enem Um dos efeitos da chamada chuva ácida causada pelo SO 2(g) lançado na atmosfera, é a transformação do mármore, CaCO

Leia mais

Material 4: Estequiometria EQUAÇÕES QUÍMICAS REAGENTES PRODUTOS. Sódio + Água hidróxido de sódio + Hidrogênio

Material 4: Estequiometria EQUAÇÕES QUÍMICAS REAGENTES PRODUTOS. Sódio + Água hidróxido de sódio + Hidrogênio EQUAÇÕES QUÍMICAS REAÇÃO QUÍMICA: É o processo de uma mudança química (Átkins). Este processo é representado por meio de uma EQUAÇÃO QUÌMICA. As EQUAÇÕES QUÍMICAS são representadas por: REAGENTES PRODUTOS

Leia mais

NOX EXERCÍCIOS QUÍMICA PROF- LEONARDO. 01)Quais são os números de oxidação do iodo nas substâncias l 2, Nal, NalO 4 e Al I 3?

NOX EXERCÍCIOS QUÍMICA PROF- LEONARDO. 01)Quais são os números de oxidação do iodo nas substâncias l 2, Nal, NalO 4 e Al I 3? NOX EXERCÍCIOS QUÍMICA PROF- LEONARDO 01)Quais são os números de oxidação do iodo nas substâncias l 2, Nal, NalO 4 e Al I 3? 02. O número de oxidação do manganês no permanganato de potássio (KMnO4) é:

Leia mais

Conteúdo 28/03/2017. Equações Químicas e Estequiometria, Balanceamento de Equações Químicas, Relação de Massa em Equações Químicas,

Conteúdo 28/03/2017. Equações Químicas e Estequiometria, Balanceamento de Equações Químicas, Relação de Massa em Equações Químicas, Química Geral I Química - Licenciatura Prof. Udo Eckard Sinks Conteúdo 28/03/2017 Equações Químicas e Estequiometria, Balanceamento de Equações Químicas, Relação de Massa em Equações Químicas, Química

Leia mais

COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR

COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR ASSESSORIA TÉCNICA Processo Avaliativo Recuperação - 3º Bimestre/2015 Disciplina: QUÍMICA 3ª série EM A/B Nome do aluno Nº Turma A Recuperação deve ser entregue no dia 08/09/2015.

Leia mais

Professora Talita Marcília Lista de Exercícios

Professora Talita Marcília Lista de Exercícios assa Atômica 1. (Unimontes 2014) O cloro presente no PVC tem dois isótopos estáveis. O cloro-35, com massa 34,97u, constitui 75,77% do cloro encontrado na natureza. O outro isótopo é o cloro-37, de massa

Leia mais

QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 22 RELAÇÕES NUMÉRICAS FUNDAMENTAIS - PARTE 2

QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 22 RELAÇÕES NUMÉRICAS FUNDAMENTAIS - PARTE 2 QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 22 RELAÇÕES NUMÉRICAS FUNDAMENTAIS - PARTE 2 Fixação 1) (UNESP) O volume de uma massa fixa de gás ideal, a pressão constante, é diretamente proporcional à: a) concentração do gás.

Leia mais

NOME: ANO: 2º ENSINO: MÉDIO TURMA: DATA: / / PROF(ª).: Luciano Raposo Freitas EXERCÍCIOS TERMOQUÍMICA QUÍMICA II (2º BIM)

NOME: ANO: 2º ENSINO: MÉDIO TURMA: DATA: / / PROF(ª).: Luciano Raposo Freitas EXERCÍCIOS TERMOQUÍMICA QUÍMICA II (2º BIM) NOME: ANO: 2º ENSINO: MÉDIO TURMA: DATA: / / PROF(ª).: Luciano Raposo Freitas EXERCÍCIOS TERMOQUÍMICA QUÍMICA II (2º BIM) 1. Nos motores de explosão existentes hoje em dia utiliza-se uma mistura de gasolina

Leia mais

Balanceamento de equações

Balanceamento de equações Balanceamento de equações Química Geral Prof. Edson Nossol Uberlândia, 26/08/2016 Equações químicas Lavoisier: a massa é conservada em uma reação química. Equações químicas: descrições de reações químicas.

Leia mais

QUÍMICA - 3 o ANO MÓDULO 18 ESTUDO DOS GASES

QUÍMICA - 3 o ANO MÓDULO 18 ESTUDO DOS GASES QUÍMICA - 3 o ANO MÓDULO 18 ESTUDO DOS GASES m m 1 = 2 mol mol 1 2 No que se refere à composição em volume da atmosfera terrestre há 2,5 bilhões de anos, Como pode cair no enem (ENEM) As áreas numeradas

Leia mais

Química Calculos Estequiométricos Difícil [10 Questões]

Química Calculos Estequiométricos Difícil [10 Questões] Química Calculos Estequiométricos Difícil [10 Questões] 01 - (UFES) Uma amostra de calcário dolomítico, contendo 60% de carbonato de cálcio e 21% de carbonato de magnésio, sofre decomposição quando submetida

Leia mais

Exercícios: Cálculo estequiométrico

Exercícios: Cálculo estequiométrico Química Ficha 4 2 os anos Rodrigo fev/12 Nome: Nº: Turma: Exercícios: Cálculo estequiométrico 1. O carbeto de silício, SiC, é conhecido como carborundo. É uma substância muito dura, usada como abrasivo,

Leia mais

VII Olimpíada Catarinense de Química Etapa I - Colégios

VII Olimpíada Catarinense de Química Etapa I - Colégios VII Olimpíada Catarinense de Química 2011 Etapa I - Colégios Fonte: Chemistryland Segunda Série 1 01 200 ml de uma solução de hidróxido de alumínio são diluídos em água destilada até a sua concentração

Leia mais

a) Escreva os nomes das substâncias presentes nos frascos A, B e C. A B C

a) Escreva os nomes das substâncias presentes nos frascos A, B e C. A B C PROVA DE QUÍMICA 2ª ETAPA do VESTIBULAR 2006 (cada questão desta prova vale até cinco pontos) Questão 01 Foram encontrados, em um laboratório, três frascos A, B e C, contendo soluções incolores e sem rótulos.

Leia mais

Qui. Allan Rodrigues Xandão (Gabriel Pereira)

Qui. Allan Rodrigues Xandão (Gabriel Pereira) Semana 15 Allan Rodrigues Xandão (Gabriel Pereira) Este conteúdo pertence ao Descomplica. Está vedada a cópia ou a reprodução não autorizada previamente e por escrito. Todos os direitos reservados. 23

Leia mais

REVISIONAL DE QUÍMICA 1º ANO PROF. RICARDO

REVISIONAL DE QUÍMICA 1º ANO PROF. RICARDO REVISIONAL DE QUÍMICA 1º ANO PROF. RICARDO 1- Um aluno de química, ao investigar as propriedades de gases, colocou uma garrafa plástica (PET), contendo ar e devidamente fechada, em um freezer e observou

Leia mais

numérico é: a) H 2 CO 3 b) H 4 P 2 O 7 c) C 6 H 12 O 6 d) Al 2 (SO 4 ) 3 e) Fe 2 (CO 3 ) 3 f) Ca 3 (PO 4 ) 2 g) (NH 4 ) 2 S

numérico é: a) H 2 CO 3 b) H 4 P 2 O 7 c) C 6 H 12 O 6 d) Al 2 (SO 4 ) 3 e) Fe 2 (CO 3 ) 3 f) Ca 3 (PO 4 ) 2 g) (NH 4 ) 2 S Constante de Avogadro (antigamente chamada número de Avogadro é o número de átomos de 1 C contidos em 0,01 kg de 1 C. Seu valor numérico é: Cálculos Químicos Massa atômica, massa molecular e mol átomo

Leia mais

Química 3. Prof. Msc. João Neto

Química 3. Prof. Msc. João Neto Química 3 Apostila 1 Prof. Msc. João Neto Massa atômica Prof. Msc. João Neto 2 1u = 1,66x10-24 g Prof. Msc. João Neto 3 Prof. Msc. João Neto 4 Massa atômica: massa de um átomo Prof. Msc. João Neto 5 Isótopos:

Leia mais

Estequiometria Folha 04 Prof.: João Roberto Mazzei

Estequiometria Folha 04 Prof.: João Roberto Mazzei 01- (UFRRJ 2005) Observe a figura e leia o texto. No balão A, são adicionados carbonato de sódio e ácido clorídrico em quantidades suficientes para a produção de 11,2 litros de um gás, nas CNTP, sendo

Leia mais

Qui. Allan Rodrigues Xandão (Renan Micha) (Gabriel Pereira)

Qui. Allan Rodrigues Xandão (Renan Micha) (Gabriel Pereira) Semana 12 Allan Rodrigues Xandão (Renan Micha) (Gabriel Pereira) Este conteúdo pertence ao Descomplica. Está vedada a cópia ou a reprodução não autorizada previamente e por escrito. Todos os direitos reservados.

Leia mais

Cálculo Estequiométrico Rodrigo Bandeira

Cálculo Estequiométrico Rodrigo Bandeira Rodrigo Bandeira Balanceamento de Reações Quantidade de cada elemento antes de depois da seta devem ser iguais Coeficientes Estequiométricos 1 N 2 (g) + 3 H 2 (g) 2 NH 3 (g) H 2 NH 3 N 2 H 2 NH 3 H 2 Exemplos:

Leia mais

símbolos que indicam o estado da matéria de cada componente da reação: s para sólido, l para líquido, g para gasoso e aq para aquoso

símbolos que indicam o estado da matéria de cada componente da reação: s para sólido, l para líquido, g para gasoso e aq para aquoso ESTEQUIOMETRIA Estequiometria é uma palavra de origem grega que significa quantidade. Os cálculos decorrentes da estequiometria são importantes para quantificarmos reações químicas, ou seja, descobrirmos

Leia mais

UFU 2008/2-1ª FASE. 1-A substância, representada pela fórmula estrutural abaixo, é bastante utilizada como analgésico (aspirina).

UFU 2008/2-1ª FASE. 1-A substância, representada pela fórmula estrutural abaixo, é bastante utilizada como analgésico (aspirina). UFU 2008/2-1ª FASE 1-A substância, representada pela fórmula estrutural abaixo, é bastante utilizada como analgésico (aspirina). Com base nessas informações, marque a alternativa correta. A) Uma massa

Leia mais

QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 25 ESTEQUIOMETRIA: TIPOS DE FÓRMULA

QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 25 ESTEQUIOMETRIA: TIPOS DE FÓRMULA QUÍMICA - 1 o ANO MÓDULO 25 ESTEQUIOMETRIA: TIPOS DE FÓRMULA Fixação 1) (PUC) A água oxigenada é uma solução de peróxido de hidrogênio (H 2 O 2 ) fortemente antis éptica por liberar O 2. Os percentuais,

Leia mais

LEI DA CONSERVAÇÃO DAS MASSAS

LEI DA CONSERVAÇÃO DAS MASSAS LEIS QUÍMICAS LEI DA CONSERVAÇÃO DAS MASSAS Antoine Lavoisier (1743-1794) demonstrou, através de cuidadosas medidas, que, se uma reação é conduzida em um recipiente fechado, de tal modo que nenhum produto

Leia mais

Professora Talita Marcília Lista de Exercícios Cálculo Estequiométrico

Professora Talita Marcília Lista de Exercícios Cálculo Estequiométrico 1) (UNISA-SP - adaptada) Na combustão de 4L de etano (C 2 H 6 ), o volume de oxigênio (medido em CNTP) consumido será: a) 7L b) 14L c) 3,5L d) 22,4L e) 44,8L Equação e balanceamento 2) (ENEM) Atualmente,

Leia mais

IX OSEQUIM - Olimpíada Sergipana de Química 2ª Etapa - Modalidade B

IX OSEQUIM - Olimpíada Sergipana de Química 2ª Etapa - Modalidade B Bom dia aluno! Está é a prova da segunda etapa da IX OSEQUIM, Olimpíada Sergipana de Química, modalidade B, para alunos que se encontram cursando o 2º. Ano do ensino médio em 2015. Confira se a sua prova

Leia mais

AULA 05: Isso significa que 1 átomo de hidrogênio pesa 1/12 da massa do carbono-12.

AULA 05: Isso significa que 1 átomo de hidrogênio pesa 1/12 da massa do carbono-12. SETOR 2306 Turma de Maio/Manhã Aulas 05 e 06 Resolução dos eercícios de sala AULA 05: EXERCÍCIO 1) (discutido em sala) Hidrogênio (MA = 1,0 u). Isso significa que 1 átomo de hidrogênio pesa 1/12 da massa

Leia mais

Atividade de Autoavaliação Recuperação 2 os anos Rodrigo ago/09

Atividade de Autoavaliação Recuperação 2 os anos Rodrigo ago/09 Química Atividade de Autoavaliação Recuperação 2 os anos Rodrigo ago/09 Re Resolução 1. O carbeto de cálcio CaC 2 (s) (massa molar = 64 g mol 1 ), também conhecido como carbureto, pode ser obtido aquecendo-se

Leia mais

O processo B é químico. Ocorre uma recombinação entre os átomos, formando novas substâncias químicas. Há ocorrência de reação química.

O processo B é químico. Ocorre uma recombinação entre os átomos, formando novas substâncias químicas. Há ocorrência de reação química. 01 O processo A é físico. Não há transformação das espécies químicas apresentadas, ou seja, é um processo de mistura sem que haja a ocorrência de reação química. O processo B é químico. Ocorre uma recombinação

Leia mais

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio

Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Colégio FAAT Ensino Fundamental e Médio Conteúdo: Cálculos químicos Estudo dos gases Recuperação do 4 Bimestre disciplina Química 1ºano Lista de exercícios 1-1,0 mol de glicose (C 6 H 12 O 6 ) corresponde

Leia mais

A equação fornecida, quando trabalhada como oxi-redução fica como mostrado abaixo.

A equação fornecida, quando trabalhada como oxi-redução fica como mostrado abaixo. 01. Item D A equação fornecida, quando trabalhada como oxi-redução fica como mostrado abaixo. Fe 2 O 3 (s) + C (s) + O 2 (g) Fe (s) + CO 2 + energia +3 0 0 0 +4 2 Redução1 Redução2 Oxidação I Correto.

Leia mais

Solubilidade, estequiometria, misturas e gases

Solubilidade, estequiometria, misturas e gases Solubilidade, estequiometria, misturas e gases 1) O cientista italiano Amedeo Avogadro, na tentativa de compreender relações de volumes nas reações dos gases, propôs uma hipótese, estabelecendo que (CNTP

Leia mais

QUÍMICA. A Ciência Central 9ª Edição. Capítulo 3 Estequiometria: cálculos com fórmulas e equações químicas. Prof. Kleber Bergamaski.

QUÍMICA. A Ciência Central 9ª Edição. Capítulo 3 Estequiometria: cálculos com fórmulas e equações químicas. Prof. Kleber Bergamaski. QUÍMICA A Ciência Central 9ª Edição Capítulo 3 Estequiometria: cálculos com fórmulas e equações químicas Prof. Kleber Bergamaski Equações químicas 1789, lei da conservação da massa A massa total de uma

Leia mais

QUÍMICA PRIMEIRA ETAPA

QUÍMICA PRIMEIRA ETAPA QUÍMICA PRIMEIRA ETAPA - 1998 QUESTÃO 01 Uma mistura de hidrogênio, H 2 (g), e oxigênio, O 2 (g), reage, num recipiente hermeticamente fechado, em alta temperatura e em presença de um catalisador, produzindo

Leia mais

ESTEQUIOMETRIA. Lista IV complementar. 1. A combustão completa do metanol pode ser representada pela equação nãobalanceada:

ESTEQUIOMETRIA. Lista IV complementar. 1. A combustão completa do metanol pode ser representada pela equação nãobalanceada: 1. A combustão completa do metanol pode ser representada pela equação nãobalanceada: CH 3 OH (l) + O 2(g) = CO 2(g) + H 2 O (l) (A) 1,0 mol (B) 1,5 mols (C) 2,0 mols (D) 2,5 mols (E) 3,0 mols Quando se

Leia mais

QUÍMICA - 2 o ANO MÓDULO 16 EQUILÍBRIO QUÍMICO: K P E K C

QUÍMICA - 2 o ANO MÓDULO 16 EQUILÍBRIO QUÍMICO: K P E K C QUÍMICA - 2 o ANO MÓDULO 16 EQUILÍBRIO QUÍMICO: K P E K C velocidade [ ] ( mol/l ) V 1 V 2 V = V 1 2 Produto Reagente te tempo tempo [ H 2].[ A K C = [ HA ] 2 2 ] 5 2 2 x = (1 2x) 2 5 2 2 x = (1~ x) 2

Leia mais

1ª Parte: Questões resolvidas

1ª Parte: Questões resolvidas ANÁLISE ELEMENTAR QUANTITATIVA DISCIPLINA: QUÍMICA GERAL / TURMA: 1º ano Ensino Médio 1ª Parte: Questões resolvidas Nota: A massa molecular de um composto, pode ser calculada em função da densidade de

Leia mais

Química Analítica I Tratamento dos dados analíticos Soluções analíticas

Química Analítica I Tratamento dos dados analíticos Soluções analíticas Química Analítica I Tratamento dos dados analíticos Soluções analíticas Profª Simone Noremberg Kunz 2 Mol Medidas em química analítica É a quantidade de uma espécie química que contém 6,02x10 23 partículas

Leia mais

Relações numéricas. 25 abr. u.m.a, massa atômica, número de massa, massa molecular, massa molar, número de avogadro, volume molar,

Relações numéricas. 25 abr. u.m.a, massa atômica, número de massa, massa molecular, massa molar, número de avogadro, volume molar, Relações numéricas 25 abr u.m.a, massa atômica, número de massa, massa molecular, massa molar, número de avogadro, volume molar, CNTP 01. Resumo 02. Exercício de Aula 03. Exercício de Casa 04. Questão

Leia mais

Massa Atômica (M.A.) é a massa de um átomo, expressa em u.

Massa Atômica (M.A.) é a massa de um átomo, expressa em u. Química Profª Simone AULA 9 QUANTIDADE DE MATÉRIA (MOL) A química é essa ciência que deseja compreender os mistérios da matéria, e nesse estudo serão abordados aspectos quantitativos e qualitativos. Nessa

Leia mais

1. (Fuvest modificado) Ao misturar acetona com bromo, na presença de ácido, ocorre a transformação representada pela equação química:

1. (Fuvest modificado) Ao misturar acetona com bromo, na presença de ácido, ocorre a transformação representada pela equação química: Química Avaliação Mensal 3 os anos Décio e Vivian mar/12 Nome: Nº: Turma: GABARITO PROVA MENSAL 1º BIMESTRE 1. (Fuvest 2012 - modificado) Ao misturar acetona com bromo, na presença de ácido, ocorre a transformação

Leia mais

PROVA DE QUÍMICA SEGUNDA ETAPA DO VESTIBULAR 99 DA UFMG

PROVA DE QUÍMICA SEGUNDA ETAPA DO VESTIBULAR 99 DA UFMG PROVA DE QUÍMICA SEGUNDA ETAPA DO VESTIBULAR 99 DA UFMG QUESTÃO 01 A queima do enxofre produz um dos seus óxidos, SO 2 (g) ou SO 3 (g). A identificação de qual dos dois é, realmente, produzido pode ser

Leia mais

P1 - PROVA DE QUÍMICA GERAL 10/09/05

P1 - PROVA DE QUÍMICA GERAL 10/09/05 P1 - PROVA DE QUÍMICA GERAL 10/09/05 Nome: Nº de Matrícula: Gabarito Turma: Assinatura: Questão Valor Grau Revisão 1 a 2,5 2 a 2,5 3 a 2,5 4 a 2,5 Total 10,0 Dados R 0,0821 atm L mol -1 K -1 K C + 273,15

Leia mais

Educadora: Cristina Tatiane Disciplina: Química Data: /12/2012 Estudante: 1ª Série

Educadora: Cristina Tatiane Disciplina: Química Data: /12/2012 Estudante: 1ª Série Educadora: Cristina Tatiane Disciplina: Química Data: /12/2012 Estudante: 1ª Série Questão 1 Faça as devidas conversões, pedidas a seguir: a) 500 g para Kg f) 298K para ºC b) 300 g para mg g) 850 cm 3

Leia mais

Olimpíada Brasileira de Química Fase III (Etapa 1 nacional)

Olimpíada Brasileira de Química Fase III (Etapa 1 nacional) Page 1 of 5 Olimpíada Brasileira de Química - 2001 Fase III (Etapa 1 nacional) Questão 1 (48 th Chemistry Olympiad - Final National Competition - 2001 - Estonia) Exame aplicado em 01.09.2001 Os compostos

Leia mais

QUÍMICA Exercícios de revisão resolvidos

QUÍMICA Exercícios de revisão resolvidos 9. (ENEM 2013) A produção de aço envolve o aquecimento do minério de ferro, junto com carvão (carbono) e ar atmosférico em uma série de reações de oxirredução. O produto é chamado de ferro-gusa e contém

Leia mais

, e o óxido de ferro III, iniciada por centelha elétrica. A equação para a reação é: 6NaN 3. (s) 3Na 2

, e o óxido de ferro III, iniciada por centelha elétrica. A equação para a reação é: 6NaN 3. (s) 3Na 2 20 QUÍMICA s automóveis modernos estão equipados com air bags (bolsas de ar) para proteger os ocupantes em caso de colisão. Muitos deles são inflados com nitrogênio, N 2, gás liberado na reação muito rápida

Leia mais

Deve-se esperar uma redução na velocidade de rotação do hidrômetro em dias frios.

Deve-se esperar uma redução na velocidade de rotação do hidrômetro em dias frios. 01. Considere que dez litros de cada um dos seguintes gases estão nas mesmas condições de pressão e temperatura: PH 3, C 2 H 6 O, H 2, NH 3, Ne, Cl 2 e SO 2. A alternativa que apresenta corretamente os

Leia mais

Exercícios Sobre Massa atômica e molecular

Exercícios Sobre Massa atômica e molecular Exercícios Sobre Massa atômica e molecular Dado: 01. As massas moleculares do álcool etílico (C 2H 5OH) e do ácido acético (C 2H 4O 2) são respectivamente: a) 60 u e 46 u b) 66 u e 40 u c) 46 u e 66 u

Leia mais

OQ-SP 2012 Exame da Fase Final Nota parcial. Série: 2ª ou 3ª; Ingresso: Redação Fuvest ORRP TVQ; Senha [ ] Parte I Experimentos de combustão da vela

OQ-SP 2012 Exame da Fase Final Nota parcial. Série: 2ª ou 3ª; Ingresso: Redação Fuvest ORRP TVQ; Senha [ ] Parte I Experimentos de combustão da vela 1 Parte I Experimentos de combustão da vela I.1 Seria o consumo de oxigênio o fator determinante da subida do nível da água no Erlenmeyer no experimento I.1, ou há nos experimentos 1 e 2 evidências que

Leia mais

02)Numa reação endotérmica, há [1] de calor, a entalpia final (produtos) é [2] que a entalpia inicial (reagentes) e a

02)Numa reação endotérmica, há [1] de calor, a entalpia final (produtos) é [2] que a entalpia inicial (reagentes) e a 01)Numa reação exotérmica, há [1] de calor, a entalpia final (produtos) é [2] que a entalpia inicial (reagentes) e a variação de entalpia é [3] que zero. Completa-se corretamente essa frase substituindo-se

Leia mais

QUÍMICA - 2 o ANO MÓDULO 03 SOLUÇÕES: INTRODUÇÃO - PARTE 3

QUÍMICA - 2 o ANO MÓDULO 03 SOLUÇÕES: INTRODUÇÃO - PARTE 3 QUÍMICA - 2 o ANO MÓDULO 03 SOLUÇÕES: INTRODUÇÃO - PARTE 3 Fixação 1) (PUC) No preparo de solução alvejante de tinturaria, 521,5g de hipoclorito de sódio são dissolvidos em água suficiente para 10,0 litros

Leia mais

Cálculos Estequiométricos

Cálculos Estequiométricos Estequiometria significa medida de um elemento Com base numa equação química, podemos calcular o número de mols, o número de moléculas, a massa, o volume de uma ou mais substâncias, em função de algum

Leia mais

QUÍMICA 2 PROF EMANUELE CASOS PARTICULARES DE CÁLCULO ESTEQUIOMÉTRICO

QUÍMICA 2 PROF EMANUELE CASOS PARTICULARES DE CÁLCULO ESTEQUIOMÉTRICO QUÍMICA 2 PROF EMANUELE 4.2.2 - CASOS PARTICULARES DE CÁLCULO ESTEQUIOMÉTRICO A) QUANDO APARECEM REAÇÕES CONSECUTIVAS Consideremos, como exemplo, a fabricação industrial do ácido sulfúrico a partir do

Leia mais

QUÍMICA - 3 o ANO MÓDULO 25 MISTURA DE SOLUÇÕES

QUÍMICA - 3 o ANO MÓDULO 25 MISTURA DE SOLUÇÕES QUÍMICA - 3 o ANO MÓDULO 25 MISTURA DE SOLUÇÕES + = 1 2 F 1) M x V = M X V (x = 1) (x = 1) M b V b = M a V a 2) m x = M x V MOL (x = 1) (x = 1) m B = M a V a MOL 3) + = NaOH KOH H 2 SO 4 4) M x V M x V

Leia mais

Universidade Estadual de Maringá - PROINTE PRECEPTORIA DE QUÍMICA GERAL E INORGÂNICA QUIGI

Universidade Estadual de Maringá - PROINTE PRECEPTORIA DE QUÍMICA GERAL E INORGÂNICA QUIGI Universidade Estadual de Maringá - PROINTE PRECEPTORIA DE QUÍMICA GERAL E INORGÂNICA QUIGI CURSO DE ENGENHARIAS ELÉTRICA, MECÂNICA E QUÍMICA; FÍSICA E FARMÁCIA 1) A concentração máxima admissível de cloreto

Leia mais

2005 by Pearson Education. Capítulo 03

2005 by Pearson Education. Capítulo 03 QUÍMICA A Ciência Central 9ª Edição Capítulo 3 Estequiometria: cálculos com fórmulas e equações químicas David P. White Equações químicas Lavoisier: a massa é conservada em uma reação química. Equações

Leia mais

Texto para as questões 31 e 32.

Texto para as questões 31 e 32. QUÍMICA Texto para as questões 31 e 32. Um sinal de que o bico do queimador do fogão está entupido é o aparecimento de chama amarela, quando o fogo é aceso. Nessa situação, ocorre a formação de carbono

Leia mais

Propriedades e Usos dos Materiais

Propriedades e Usos dos Materiais Propriedades e Usos dos Materiais Propriedades e Usos dos Materiais 1. O rótulo de uma lata de desodorante em aerosol apresenta, entre outras, as seguintes principal razão dessa advertência é: a) O aumento

Leia mais

Exercícios: gases (2)

Exercícios: gases (2) Química Ficha 8 2 os anos Rodrigo abril/12 Nome: Nº: Turma: Exercícios: gases (2) 1) (Unicamp) Após a limpeza do banheiro, Rango foi à sala e removeu todos os móveis e, de tão feliz e apaixonado, começou

Leia mais

P1 - PROVA DE QUÍMICA GERAL - 08/04/03

P1 - PROVA DE QUÍMICA GERAL - 08/04/03 P1 - PROVA DE QUÍMICA GERAL - 08/04/03 Nome: Nº de Matrícula: Turma: Assinatura: GABARITO Questão Valor Grau Revisão 1 a 2,0 2 a 2,0 3 a 2,0 4 a 2,0 5 a 2,0 Total 10,0 R = 0,0821 atm L mol -1 K -1 K =

Leia mais

Com base nesses dados, calcule: a) Concentração em g/l. b) Título em massa.

Com base nesses dados, calcule: a) Concentração em g/l. b) Título em massa. ALUNO(a): Nº: SÉRIE: ª TURMA: UNIDADE: VV JC JP PC DATA: / /06 Obs.: Esta lista deve ser entregue apenas ao professor no dia da aula de Recuperação Valor: 5,0. Uma solução contendo 4 g de cloreto de sódio

Leia mais

INSTITUTO GEREMARIO DANTAS COMPONENTE CURRICULAR: QUÍMICA EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO PARCIAL 2016

INSTITUTO GEREMARIO DANTAS COMPONENTE CURRICULAR: QUÍMICA EXERCÍCIOS DE RECUPERAÇÃO PARCIAL 2016 INSTITUTO GEREMARIO DANTAS Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Fone: (21) 21087900 Rio de Janeiro RJ www.igd.com.br Aluno(a): 1º Ano: C11 Nº Professora: Lúcia Nascimento COMPONENTE CURRICULAR:

Leia mais

MASSA ATÔMICA. 1u corresponde a 1, g, que equivale aproximadamente à massa de um próton ou de um nêutron.

MASSA ATÔMICA. 1u corresponde a 1, g, que equivale aproximadamente à massa de um próton ou de um nêutron. Cálculos Químicos MASSA ATÔMICA Na convenção da IUPAC (União Internacional de Química Pura e Aplicada) realizada em 1961, adotou-se como unidade padrão para massa atômica o equivalente a 1/12 da massa

Leia mais

29/03/ TRANSFORMAÇÕES QUÍMICAS PROVA 1 GABARITO - prova tipo A

29/03/ TRANSFORMAÇÕES QUÍMICAS PROVA 1 GABARITO - prova tipo A 29/03/2016 - TRANSFORMAÇÕES QUÍMICAS PROVA 1 GABARITO - prova tipo A Texto para as questões 1 a 10: O permanganato de potássio (KMnO 4 ) é um forte agente oxidante. Em laboratório, pode ser empregado para

Leia mais

Estequiometria. Índice. Por Victor Costa

Estequiometria. Índice. Por Victor Costa Estequiometria Por Victor Costa Índice 1. Massa atômica 2. Mol 3. Massa molar 4. Massa molecular 5. Composição percentual 6. Reação química 7. Balanceamento 8. Reagente limitante 9. Rendimento Essa aula

Leia mais

a) 65,2 103 b) 32,6 103 c) 24, d) 16,3 103 e) 10,9 103

a) 65,2 103 b) 32,6 103 c) 24, d) 16,3 103 e) 10,9 103 01) (FEI-SP) A queima de 46 g de álcool etílico (C 2H 6O) libera 32,6 kcal. Sabendo que a densidade do álcool é de 0,8g/cm3, o calor liberado na queima de 28,75 litros de álcool será, em kcal, a) 65,2

Leia mais

III OLIMPÍADA DE QUÍMICA DO GRANDE ABC - 03/06/2017 ENSINO MÉDIO - FASE 2

III OLIMPÍADA DE QUÍMICA DO GRANDE ABC - 03/06/2017 ENSINO MÉDIO - FASE 2 III OLIMPÍADA DE QUÍMICA DO GRANDE ABC - 03/06/2017 ENSINO MÉDIO - FASE 2 INSTRUÇÕES: 1. A prova consta de 3 questões discursivas (5 pontos cada) e de 17 questões objetivas (1 ponto cada), cada uma com

Leia mais