ATA DA 4ª REUNIÃO ORDINÁRIA DA CIPA MSV 2006/2007

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ATA DA 4ª REUNIÃO ORDINÁRIA DA CIPA MSV 2006/2007"

Transcrição

1 ATA DA 4ª REUNIÃO ORDINÁRIA DA CIPA MSV 2006/2007 Atuação: Administrativo e Sinalização Av. Nações Unidas,7163 térreo Tel.: Data: 09/03/2007 Horário: 9h00 às 17h00 Local: ET Sala E-10 Presentes: SESMT: Engº Asafe Barbosa CIPA: Presidente: Osmar Torres DEM/GSS: Antonio Marcelino Damasceno GPC: Caio César B. Sarno DET 2/GED: Cássia de Genaro DET 3/GED: Julio Pedreira Limas DSA/GRA: Tânia Soares de Oliveira DHC/GSV: Eraldo de Oliveira DGM/GSU: Madalena Batista Sales DOS/GSV: Marina Retameiro da Silva DRM/GCR: Romilson Monteiro Soares GAF: Mauro Faria DR: Luciano Correia Florêncio GET 3: Maurílio Gomes dos Reis Iniciou-se a reunião com o Sr. Osmar informando que deixa o cargo de Presidente das CIPAs para assumir cargo no Sindicato após a eleição de 22/03/07, e que a Presidência passa a ser ocupada pelo atual Vice-Presidente da CIPA Operação, Sr. Maurílio Gomes dos Reis. Marina passou para os informes, iniciando pela reunião que ocorreu entre a Sra. Eleonora (GRA), Sr. Luis Carlos (DSA), Sr. Osmar e Marina, onde foram discutidos os seguintes pontos: 1

2 Vestiário da Sinalização: Sr. Luis Carlos informou que o prazo para o término da reforma é em Março, porém será difícil cumpri-lo. Quando questionado se os empregados da Sinalização teriam que trabalhar na referida reforma, este respondeu que não. Compra de cadeiras para o EVT Chico Landi: Sra. Eleonora informou que já está em processo de licitação para a compra, de acordo com a solicitação do responsável da área. Qualidade da água mineral consumida na : (conforme foi levantado na 3ª Reunião da CIPA MSV) Sra. Eleonora informou que não tinha conhecimento de problemas com a água, porém o contrato de fornecimento estava encerrando e em breve teríamos um novo fornecedor, onde serão pedidos todos os laudos de análise da água. Prédio da Formosa: Sr. Luis Carlos informou sobre as dificuldades com o contrato de manutenção dos elevadores, mas que no prazo de cinco dias eles voltariam a funcionar. O alarme de incêndio foi feito um diagnóstico em dezembro/2006 das condições e estava sendo providenciado. Com relação aos hidrantes, saída de emergência e extintores vencidos, deveríamos consultar o SESMT/DSS. O cipeiro Caio (GPC Formosa) complementou mais alguns problemas existentes na parte de segurança do prédio, como a bomba de recalque e a iluminação de emergência, que não funcionam. Aproveitamos então a presença do Engenheiro de Segurança do Trabalho, Sr. Asafe, para questionarmos quais as providências que deveriam ser tomas diante do referido 2

3 diagnóstico, o qual nos respondeu que realizaria uma vistoria técnica no local e só assim, iria emitir um relatório em relação as condições do prédio e que se houvesse a real necessidade, ele teria condições para interditar o local. Solicitamos que tal vistoria ocorresse o mais breve possível, pois todos os cipeiros temem com a eminência de algum acidente fatal. A cipeira Madalena relatou que existem três casos na área do GSU, de empregadas com problemas alérgicos por causa do papel higiênico. Todos concordaram com a má qualidade do papel higiênico fornecido pela empresa. Passou-se então para os informes de problemas por áreas: Sumidouro Sr. Osmar solicitou a instalação de iluminação no estacionamento do referido prédio, pois atualmente é utilizada a iluminação da via pública e quando esta queima ou fica desligada o estacionamento fica as escuras. A cipeira Tânia (DSA) informou que está providenciando para os buracos no piso do pátio de todo o Complexo Marginal serem tampados, pois em alguns pontos o piso está cedendo. Sr. Osmar reforçou a solicitação de um portão para pedestres em frente ao prédio Sumidouro e um local para estacionamento de motos mais próximo ao portão de entrada de veículos. Tânia também reforça a necessidade de uma vistoria no arquivo técnico do GSU (fundos do prédio Sumidouro) e iluminação em frente ao referido local. A cipeira Marina (Sinalização) alerta para o risco de acidente com as portas de vidro da entrada do prédio da Sinalização, pois estão desalinhadas e suas laminas se chocam, podendo quebrar. 3

4 O cipeiro Damasceno (Sinalização) solicita manutenção para a porta do DEM que dá excesso ao pátio e está oferecendo risco de acidente. O cipeiro Eraldo alerta para o vazamento do telhado na área do DHC, onde a água da chuva escorre pela rede elétrica. DETRAN A cipeira Madalena informou que os extintores permanecem no chão. Sr. Asafe informa que o SESMT já está providenciando os suportes. O balcão para atendimento aos munícipes é muito baixo e oferecem risco dos empregados serem agredidos. O Sr. Asafe informou que pedirá ao Técnico de Segurança avaliar as condições do local. Tomas Edson - O cipeiro Romilson (DRM) informa os seguintes problemas: necessidade de reforma do vestiário; temperatura excessiva no laboratório, é necessário comprar ventiladores para atenuar o problema; colocação de insulfilme nas janelas da área administrativa; necessidade da rebubinadora de cabos para o almoxarifado; instalação de gradil no mesanino do almoxarifado administrativo; nova escada de abrir para o almoxarifado, a atual está quebrada; troca do paviflex do laboratório e do almoxarifado administrativo por um piso antiderrapante liso; dedetização e desratização e o mobiliário em péssimo estado. Também solicita a vistoria do SESMT na área que está sendo construída no ET para acomodar a mecânica. GAF - O cipeiro Mauro informa sobre o entupimento no pátio de viaturas perto do quiosque, já está sendo providenciado uma solução; muro nos fundos da funilaria, que faz divisa com escola de samba, necessita de limpeza preventiva ou construção de um muro de contenção com amarramentos que impressão que este caia com a água da chuva que fica represada no local; piso que cedeu na área de alinhamento (Sr. Asafe 4

5 fez vistoria e informa a necessidade de compactamento do solo, e possivelmente a colocação de uma chapa de aço para regularizar o piso); necessidade de dedetização e desratização; instalação de ganchos para limpeza externa dos vidros. ET O cipeiro Julio (GED) solicita a mudança da lixeira que fica próximo ao local de treinamento das crianças, para perto do portão de saída do ET; solicita que lixos inflamáveis como madeiras, capim e latas de tintas vazias, não sejam armazenados perto do depósito de tintas. EVT Chico Landi A cipeira Cássia solicita a dedetização e desratização da área; reparo dos buracos no piso do pátio e nas calçadas; remoção dos galhos da poda das árvores que ficaram em frente ao portão de entrada; curso de primeiro socorros para os treinadores terem condições de atender uma emergência com as crianças que vão ao local e brigada de incêndio. Não havendo nada mais a ser discutido no momento, deu-se por encerrada a reunião. ORIGINAL ASSINADO ORIGINAL ASSINADO 5

6 Maurílio Gomes dos Reis Presidente das CIPAs MSV e Operação Marina Retameiro da Silva Secretária CIPA MSV 6

ATA DA 3ª REUNIÃO ORDINÁRIA DA CIPA OPERAÇÃO 2006/2007 Atuação: GETs 1,2,3,4,5,6, GEC, GES Site: Intranet Representação - Cipa

ATA DA 3ª REUNIÃO ORDINÁRIA DA CIPA OPERAÇÃO 2006/2007 Atuação: GETs 1,2,3,4,5,6, GEC, GES Site: Intranet Representação - Cipa ATA DA 3ª REUNIÃO ORDINÁRIA DA CIPA OPERAÇÃO 2006/2007 Atuação: GETs 1,2,3,4,5,6, GEC, GES Site: Intranet Representação - Cipa Data:08/02/07 HORÁRIO: 09H00 17H00 LOCAL (fixo toda segunda 5ª feira do mês):

Leia mais

ATA DA 5ª REUNIÃO ORDINÁRIA DA CIPA MSV 2006

ATA DA 5ª REUNIÃO ORDINÁRIA DA CIPA MSV 2006 ATA DA 5ª REUNIÃO ORDINÁRIA DA CIPA MSV 2006 Atuação: Administrativo e Sinalização e-mail: cipam@cetsp.com.br Av. Nações Unidas,7163 térreo Tel.: 3030-2444 Data: 13/04/2006 Horário: 9h00 às 17h00 Local:

Leia mais

Companhia de Engenharia de Tráfego

Companhia de Engenharia de Tráfego ATA DA 4ª REUNIÃO ORDINÁRIA DA CIPA OPERAÇÃO 2006/2007 Atuação: GETs 1,2,3,4,5,6, GEC, GES E-mail: Site: Intranet Representação - CIPA Data:08/03/07 HORÁRIO: 09H00 17H00 LOCAL (fixo toda segunda 5ª feira

Leia mais

Companhia de Engenharia de Tráfego

Companhia de Engenharia de Tráfego ATA DA 1ª REUNIÃO ORDINÁRIA DA CIPA OPERAÇÃO 2006/2007 Atuação: GETs 1,2,3,4,5,6, GEC, GES Endereço: Av. das Nações Unidas, 7163 - térreo Fone: 3030.2444 E-mail: Site: Intranet Representação - Cipa Data:14/12/06

Leia mais

ATA DA 6ª REUNIÃO ORDINÁRIA DA CIPA OPERAÇÃO - 2006

ATA DA 6ª REUNIÃO ORDINÁRIA DA CIPA OPERAÇÃO - 2006 ATA DA 6ª REUNIÃO ORDINÁRIA DA CIPA OPERAÇÃO - 2006 Atuação: GEC E GET's 1 A 6 E-mail: cipao@cetsp.com.br Av. Nações Unidas, 7163 térreo Tel.: 3030-2444 Data: 09/05/2006 Horário: 09h00 às 17h00 Local:

Leia mais

DATA HORA LOCAL PARTICIPANTES

DATA HORA LOCAL PARTICIPANTES ATA DE REUNIÃO DATA: 27 de março de 2012 HORA: 14:30 horas LOCAL: Promotoria de Justiça da Cidadania PARTICIPANTES: Dra. Maria Pilar Cerqueira Maquieira Menezes, Promotora de Justiça, a Diretora do Centro

Leia mais

PLANO DE FUGA EM OCORRÊNCIAS DE INCÊNDIOS E EMERGÊNCIAS EM ESCOLAS

PLANO DE FUGA EM OCORRÊNCIAS DE INCÊNDIOS E EMERGÊNCIAS EM ESCOLAS PLANO DE FUGA EM OCORRÊNCIAS DE INCÊNDIOS E EMERGÊNCIAS EM ESCOLAS PLANO DE EMERGÊNCIA CONTRA INCÊNDIO de acordo com o projeto de norma nº 24:203.002-004 da ABNT ( setembro 2000 ) 1 Objetivo 1.1 Estabelecer

Leia mais

Manual de Segurança e Saúde do Trabalho

Manual de Segurança e Saúde do Trabalho Manual de Segurança e Saúde do Trabalho 1 INTRODUÇÃO A política de recursos humanos da Toledo do Brasil abrange as áreas de recrutamento, seleção, treinamento e desenvolvimento de pessoal; administração

Leia mais

ATA DA 5ª REUNIÃO ORDINÁRIA DA CIPA OPERAÇÃO 2006

ATA DA 5ª REUNIÃO ORDINÁRIA DA CIPA OPERAÇÃO 2006 ATA DA 5ª REUNIÃO ORDINÁRIA DA CIPA OPERAÇÃO 2006 Atuação: GEC e GET s 1 a 6 e-mail: cipao@cetsp.com.br Av. Nações Unidas, 7163 térreo Tel. 3030-2444 Data: 11/04/2006 Horário: 09h00 às 17h00 Local: GET

Leia mais

PLANO DE EMERGÊNCIA. Preparar os funcionários para um rápido e eficiente abandono do edifício, em caso real de incêndio ou qualquer outra emergência.

PLANO DE EMERGÊNCIA. Preparar os funcionários para um rápido e eficiente abandono do edifício, em caso real de incêndio ou qualquer outra emergência. INTRODUÇÃO Em virtude do grande número de vítimas que os incêndios tem causado nos locais de maior concentração humana, principalmente edifícios e, tendo como causas principais à falta de conhecimento

Leia mais

2.2 A Administração do Condomínio dá ênfase às medidas preventivas, assim entendidas as seguintes:

2.2 A Administração do Condomínio dá ênfase às medidas preventivas, assim entendidas as seguintes: Fl. 01 de 06 1 Objetivo A presente Regulamentação Especial visa normalizar os procedimentos para o pessoal incumbido de prevenir ou combater um princípio de incêndio e de atuar em situações de emergência,

Leia mais

Não. Sim 7.1 Quais das modalidades abaixo são oferecidas com acompanhamento de professor. Judô, Ginática artística, Tênis, ritimica

Não. Sim 7.1 Quais das modalidades abaixo são oferecidas com acompanhamento de professor. Judô, Ginática artística, Tênis, ritimica 1. Faixa etária de pessoas atendidas De 5 a 10 anos; e acima de 24 anos 2. Escolas atendidas e empresas Escolas municipais e comunidade Grande Vitoria 3. Existem critérios que a criança/adoloscente seja

Leia mais

1.3.2 Um ponto de água e esgoto e uma tomada 110V para instalação de purificador

1.3.2 Um ponto de água e esgoto e uma tomada 110V para instalação de purificador Anexo I Chamamento Público 01/2014 1 Espaço A. Destinação Almoxarifado: armazenamento útil mínimo de 1.000m², divididos da seguinte forma: 1.1 Área de armazenagem 87% (mínimo de 870m²) 1.1.1 Sala administrativa

Leia mais

ATA DA 3ª REUNIÃO ORDINÁRIA DA CIPA OPERAÇÃO - 2006

ATA DA 3ª REUNIÃO ORDINÁRIA DA CIPA OPERAÇÃO - 2006 ATA DA 3ª REUNIÃO ORDINÁRIA DA CIPA OPERAÇÃO - 2006 Atuação: GEC E GET's 1 A 6 e-mail: cipao@cetsp.com.br Av. Nações Unidas, 7163 térreo Tel.: 3030-2444 Data: 14/02/2006 Horário: 09h00 às 17h00 Local:

Leia mais

MELHORIAS IMPLANTADAS NO CENTRO DE RECICLAGEM DA VILA PAULICÉIA - SÃO BERNARDO DO CAMPO/SP

MELHORIAS IMPLANTADAS NO CENTRO DE RECICLAGEM DA VILA PAULICÉIA - SÃO BERNARDO DO CAMPO/SP MELHORIAS IMPLANTADAS NO CENTRO DE RECICLAGEM DA VILA PAULICÉIA - SÃO BERNARDO DO CAMPO/SP Cristiane Ferreira, Fernanda Duran, Julia Lima e Juliana Santos Mercedes-Benz do Brasil Ltda. RESUMO O Centro

Leia mais

Apólice de Seguros Incêndio (Revisão das Coberturas)

Apólice de Seguros Incêndio (Revisão das Coberturas) Tabela de e Prazos de Manutenção Item Apólice de s Incêndio (Revisão das Coberturas) Revisar Condições e Importâncias Seguradas. arts. 1.346 e 1348, IX, do Código Civil e art. 13, parágrafo único da Lei

Leia mais

Prefeitura Municipal de Bom Despacho Estado de Minas Gerais Secretaria Municipal de Administração

Prefeitura Municipal de Bom Despacho Estado de Minas Gerais Secretaria Municipal de Administração 1. INTRODUÇÃO: Prefeitura Municipal de Bom Despacho Anexo V Laudo de Vistoria Predial Terminal Rodoviário de Passageiros de Bom Despacho O presente Laudo Técnico de Vistoria Predial foi solicitado pela

Leia mais

RELATÓRIO DE INSPEÇÃO PREDIAL

RELATÓRIO DE INSPEÇÃO PREDIAL RELATÓRIO DE INSPEÇÃO PREDIAL Agosto/2011 CONDOMÍNIO VISION Engº Claudio Eduardo Alves da Silva CREA nº: 0682580395 F o n e / F a x : ( 1 1 ) 2 6 5 1-5918 R. C e l. B e n to J o s é d e C a r v a lh o,

Leia mais

PROJETOS DE ACORDO COM A LEGISLAÇÃO DO CORPO DE BOMBEIROS

PROJETOS DE ACORDO COM A LEGISLAÇÃO DO CORPO DE BOMBEIROS PROJETOS DE ACORDO COM A LEGISLAÇÃO DO CORPO DE BOMBEIROS Adilson Antonio da Silva Tenente- Coronel do Corpo de Bombeiros Departamento de Prevenção ccbdsci@policiamilitar.sp.gov.br O CORPO DE BOMBEIROS

Leia mais

Material do curso PPRA EXPERT Apostila do aluno

Material do curso PPRA EXPERT Apostila do aluno PPRA MANUAL PRÁTICO PARA ELABORAÇÃO FORMULÁRIO PARA RECONHECIMENTO DOS RISCOS AMBIENTAIS Material do curso PPRA EXPERT Apostila do aluno RECONHECIMENTO DOS RISCOS AMBIENTAIS Esse Formulário deve ser aplicado

Leia mais

BRIGADA DE INCÊNDIO ORGANIZAÇÃO DA BRIGADA DE INCÊNDIO

BRIGADA DE INCÊNDIO ORGANIZAÇÃO DA BRIGADA DE INCÊNDIO BRIGADA DE INCÊNDIO Brigada de Incêndio: É um grupo organizado de pessoas voluntárias ou não, treinadas e capacitadas para atuarem dentro de uma área previamente estabelecida na prevenção, abandono e combate

Leia mais

RELATORIO DE MANUTENÇÃO JANEIRO A MARÇO 2012

RELATORIO DE MANUTENÇÃO JANEIRO A MARÇO 2012 RELATORIO DE MANUTENÇÃO JANEIRO A MARÇO 2012 Interdição quadra 44 após aterro Conserto de vala na Q18 Aquisição de novos armários Limpeza de areia em final de rua Colocação de grelha e pintura de guias

Leia mais

CENTRO DE REFERÊNCIA EM DST/AIDS

CENTRO DE REFERÊNCIA EM DST/AIDS DATA DA VISITA: 24/04/2015 Coordenador (a): Lauer Marinho Sandenberg E-mail: ddaids@vitoria.es.gov.br Endereço: Rua Cais do São Francisco, nº 54 Bairro: Centro Telefone: (27) 3132-5107 Horário de funcionamento:

Leia mais

REGULAMENTO. Condomínio Destaque por Excelência 2014

REGULAMENTO. Condomínio Destaque por Excelência 2014 REGULAMENTO Condomínio Destaque por Excelência 2014 SECOVI-SC Sindicato das Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis e dos Condomínios Residenciais e Comerciais de Santa Catarina,

Leia mais

PLANO DE EMERGÊNCIA. Para Mobilização e Desmobilização do. Edifício Sede da Coelba

PLANO DE EMERGÊNCIA. Para Mobilização e Desmobilização do. Edifício Sede da Coelba PLANO DE EMERGÊNCIA Para Mobilização e Desmobilização do Edifício Sede da Coelba Autores Osmar Átila Santos Paulo Américo Fortuna Carlos Andrade Giron Jilson Silva dos Santos Companhia de Eletricidade

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE MATO GROSSO

CONSELHO REGIONAL DE MEDICINA DO ESTADO DE MATO GROSSO TERMO DE VISTORIA Ao décimo nono dia do mês de janeiro do ano de dois mil e doze, o Conselho Regional de Medicina do Estado de Mato Grosso (CRM/MT) esteve presente no Hospital e Pronto Socorro Municipal

Leia mais

FORMULÁRIO DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO PROJETO TÉCNICO

FORMULÁRIO DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO PROJETO TÉCNICO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA E DA DEFESA SOCIAL CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DIRETORIA DE ATIVIDADES TÉCNICAS DAT/1 SEÇÃO DE ANÁLISE DE PROJETOS FORMULÁRIO DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO

Leia mais

Guia Prático para Construção de Calçadas

Guia Prático para Construção de Calçadas Guia Prático para Construção de Calçadas Secretaria de Planejamento e Desenvolvimento Urbano 19 3851.7021/ 3851.7022 E-mail: : spdu-contato@mogiguacu.sp.gov.br Introdução A acessibilidade é um direito

Leia mais

MUSEU CAPIXABA DO NEGRO

MUSEU CAPIXABA DO NEGRO DATA DA VISITA: 28/01/2014 DATA DA VISITA: 05/05/2015 Responsável: Wellington Barros Nascimento Endereço: Avenida República, 121 Bairro: Centro CEP: 29050-945 Telefone: (27) 3132-8351 / (27) 3222-4560

Leia mais

Normas de Segurança para o Instituto de Química da UFF

Normas de Segurança para o Instituto de Química da UFF Normas de Segurança para o Instituto de Química da UFF A Comissão de segurança do Instituto de Química da UFF(COSEIQ) ao elaborar essa proposta entende que sua função é vistoriar, fiscalizar as condições

Leia mais

RELATÓRIO TÉCNICO ORIENTATIVO PARA REVITALIZAÇÃO DOS CENTOS DE SAÚDE. Julho 2011 Revisão 02

RELATÓRIO TÉCNICO ORIENTATIVO PARA REVITALIZAÇÃO DOS CENTOS DE SAÚDE. Julho 2011 Revisão 02 RELATÓRIO TÉCNICO ORIENTATIVO PARA REVITALIZAÇÃO DOS CENTOS DE SAÚDE Julho 2011 Revisão 02 2 INTRODUÇÃO Os Centros de Saúde incluídos nesta categoria são unidades que foram construídas recentemente e que

Leia mais

Condomínio Residencial Manhattan

Condomínio Residencial Manhattan ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA 14 de Agosto de 2014 LEMBRANDO Condomínio Residencial Manhattan A participação do locatário depende de procuração do locador; Condôminos inadimplentes não podem participar

Leia mais

MONTAGEM INDUSTRIAL UNIDADE II O CANTEIRO DE OBRAS

MONTAGEM INDUSTRIAL UNIDADE II O CANTEIRO DE OBRAS MONTAGEM INDUSTRIAL UNIDADE II O CANTEIRO DE OBRAS O canteiro de obras Introdução Sistema de produção Em muitos casos de obras de construção e montagem o canteiro de obras pode ser comparado a uma fábrica

Leia mais

RELATÓRIO AQUISIÇÕES / MELHORIAS E BENFEITORIAS PERÍODO : 24/09/2013 À 27/03/2014. GESTÃO : SRªGRACIETE B.FIGUEIRA

RELATÓRIO AQUISIÇÕES / MELHORIAS E BENFEITORIAS PERÍODO : 24/09/2013 À 27/03/2014. GESTÃO : SRªGRACIETE B.FIGUEIRA RELATÓRIO AQUISIÇÕES / MELHORIAS E BENFEITORIAS PERÍODO : 24/09/2013 À 27/03/2014. GESTÃO : SRªGRACIETE B.FIGUEIRA 1. AQUISIÇÃO/PLANTIO DE 180 MUDAS DE SPAPHILLUN NA ENTRADA DE VISITANTE(PORTARIA); 2.

Leia mais

ENDEREÇO: Estrada de Itapecerica Nº 2.100.

ENDEREÇO: Estrada de Itapecerica Nº 2.100. PARECER TÉCNICO DAS ANOMALIAS ENCONTRADAS NA EDIFICAÇÃO DE GARANTIA POR PARTE DA CONSTRUTORA. 1ªPARTE TORRES 1 a 3. CONDOMÍNIO: Brink Condomínio Clube. ENDEREÇO: Estrada de Itapecerica Nº 2.100. CIDADE/UF:

Leia mais

Etapas do Manual de Operações de Segurança

Etapas do Manual de Operações de Segurança OPERAÇÕES www.proteccaocivil.pt DE SEGURANÇA CARACTERIZAÇÃO DO ESPAÇO IDENTIFICAÇÃO DE RISCOS ETAPAS LEVANTAMENTO DE MEIOS E RECURSOS ESTRUTURA INTERNA DE SEGURANÇA PLANO DE EVACUAÇÃO PLANO DE INTERVENÇÃO

Leia mais

PROJETO DE QUALIFICAÇÃO DA INFRAESTRUTURA DA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE DE BELO HORIZONTE

PROJETO DE QUALIFICAÇÃO DA INFRAESTRUTURA DA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE DE BELO HORIZONTE DOCUMENTO COMPLEMENTAR 05 PROJETO DE QUALIFICAÇÃO DA INFRAESTRUTURA DA ATENÇÃO PRIMÁRIA À SAÚDE DE BELO HORIZONTE RELATÓRIO TÉCNICO ORIENTATIVO PARA REVITALIZAÇÃO DOS CENTROS DE SAÚDE ÍNDICE A. INTRODUÇÃO...

Leia mais

Página 1 CMEI TEREZINHA VASCONCELLOS SALVADOR. Diretora: Neusa Maria Marinho Soares. Fundação: 01/02/1993. Criação: Lei nº 3.905

Página 1 CMEI TEREZINHA VASCONCELLOS SALVADOR. Diretora: Neusa Maria Marinho Soares. Fundação: 01/02/1993. Criação: Lei nº 3.905 CMEI TEREZINHA VASCONCELLOS SALVADOR Diretora: Neusa Maria Marinho Soares Fundação: 01/02/1993 Criação: Lei nº 3.905 Endereço: Avenida Vitória, s/n Bairro: Romão CEP.: 29040-010 Telefone: (27) 3322-2148

Leia mais

Página 1. 1.11 Dos alunos matriculados, quantos estão em Tempo Integral 80

Página 1. 1.11 Dos alunos matriculados, quantos estão em Tempo Integral 80 1. CORPO DISCENTE: Quantidade de alunos matriculados 1º ano 90 1.1 2º ano / 1ª série 95 1.2 3º ano / 2ª série 77 1.3 4º ano / 3ª série 74 1.4 5º ano / 4ª série 55 1.5 6º ano / 5ª série 32 1.6 7º ano /

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS DOM PEDRO II Cursos: Administração Ciências Econômicas Engenharia Civil Arquitetura e Urbanismo São José do Rio Preto SP.

FACULDADES INTEGRADAS DOM PEDRO II Cursos: Administração Ciências Econômicas Engenharia Civil Arquitetura e Urbanismo São José do Rio Preto SP. FACULDADES INTEGRADAS DOM PEDRO II Cursos: Administração Ciências Econômicas Engenharia Civil Arquitetura e Urbanismo São José do Rio Preto SP. CURSO: ENGENHARIA CIVIL Disciplina: HIGIENE E SEGURANÇA DO

Leia mais

Comando do Corpo de Bombeiros. Mód 5 Plano de Emergência Contra Incêndio e Brigada de Incêndio. Maj. QOBM Fernando

Comando do Corpo de Bombeiros. Mód 5 Plano de Emergência Contra Incêndio e Brigada de Incêndio. Maj. QOBM Fernando Comando do Corpo de Bombeiros Mód 5 Plano de Emergência Contra Incêndio e Brigada de Incêndio Maj. QOBM Fernando Plano de Emergência Requisitos para Elaboração e Aspectos a serem Observados; Implementação

Leia mais

ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA 03/06/2014

ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA 03/06/2014 ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA 03/06/2014 Obras de Melhoria, Revitalização e Manutenção 2012 a 2014 Falta de Segurança Clube literalmente ABERTO durante toda a semana sem qualquer controle de acesso

Leia mais

2.2 - A entrada ou saída de pedestres nas dependências da ULIVING BELA VISTA dar-se-á, pela recepção principal Rua Barata Ribeiro, 61

2.2 - A entrada ou saída de pedestres nas dependências da ULIVING BELA VISTA dar-se-á, pela recepção principal Rua Barata Ribeiro, 61 O Regulamento Interno da ULIVING BELA VISTA, localizado na cidade de SÃO PAULO CAPITAL, à Rua Barata Ribeiro nº 61 estabelece as regras de convivência e as relações entre os usuários do empreendimento.

Leia mais

RELATÓRIO DE MANUTENÇÃO OUTUBRO Á DEZEMBRO. Fechamento e Termino da churrasqueira da Bocha. Colocação de rachão no canal de água

RELATÓRIO DE MANUTENÇÃO OUTUBRO Á DEZEMBRO. Fechamento e Termino da churrasqueira da Bocha. Colocação de rachão no canal de água RELATÓRIO DE MANUTENÇÃO OUTUBRO Á DEZEMBRO Fechamento e Termino da churrasqueira da Bocha Colocação de rachão no canal de água Captura de espécie da fauna Plantação de mudas 1 Reparo no muro do condomínio

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE: Consultoria predial, Inspeção predial, Falhas de manutenção e uso, Anomalias endógenas.

PALAVRAS-CHAVE: Consultoria predial, Inspeção predial, Falhas de manutenção e uso, Anomalias endógenas. INSPEÇÃO DE PROCEDÊNCIA PREDIAL 1. RESUMO A ferramenta diagnóstica sugerida proporciona uma completa avaliação da edificação, relacionada à manutenção, garantia, reforma, vida útil de projeto, anomalia

Leia mais

RELATÓRIO DO ICP 02/2009 (INSTITUTO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE GOIÂNIA - IMAS)

RELATÓRIO DO ICP 02/2009 (INSTITUTO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE GOIÂNIA - IMAS) RELATÓRIO DO ICP 02/2009 (INSTITUTO DE ASSISTÊNCIA À SAÚDE DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE GOIÂNIA - IMAS) OBJETIVO DO ICP : Implantação e fiscalização do programa de saúde ocupacional (Decreto 523/2004 e

Leia mais

NORMAS DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIOS INSTRUÇÃO NORMATIVA (IN 031/DAT/CBMSC) PLANO DE EMERGÊNCIA

NORMAS DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIOS INSTRUÇÃO NORMATIVA (IN 031/DAT/CBMSC) PLANO DE EMERGÊNCIA ESTADO DE SANTA CATARINA SECRETARIA DE ESTADO DA SEGURANÇA PÚBLICA CORPO DE BOMBEIROS MILITAR DIRETORIA DE ATIVIDADES TÉCNICAS - DAT NORMAS DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIOS INSTRUÇÃO NORMATIVA (IN 031/DAT/CBMSC)

Leia mais

MANUAL DO CONSTRUTOR

MANUAL DO CONSTRUTOR 1. SOLICITAÇÕES PARA INÍCIO DA OBRA 01 jogo do projeto de arquitetura aprovado; Autorização para Construção emitida pela Associação Jardins Ibiza. 2. IMPLANTAÇÃO DO CANTEIRO DE OBRA 2.1 Fechamento do canteiro

Leia mais

Introdução. Esses acidentes são os mais variados possíveis. Ingestão de água sanitária ou outros

Introdução. Esses acidentes são os mais variados possíveis. Ingestão de água sanitária ou outros Introdução Quase todos os dias vemos nos noticiários ou ouvimos dos colegas relatos de acidentes ocorridos em residências, principalmente com crianças. Estatísticas de acidentes indicam que acidentes fatais

Leia mais

ANEXO I - Empresarial Italo Renda

ANEXO I - Empresarial Italo Renda ESPECIFÇÃO TÉCICA DATA: 09/11/2006 1) PAVTO. TÉRREO 1º E 2º NÍVEL: 6) Portões: Em alumínio ou gradinese automatizados. Recepção / Hall Social 4) Balcão do atendimento: em madeira, vidro ou granito, com

Leia mais

Corpo de Bombeiros. São Paulo

Corpo de Bombeiros. São Paulo Corpo de Bombeiros São Paulo ACIDENTES E INCÊNDIOS DOMÉSTICOS ADULTOS E IDOSOS Acidentes Os acidentes domésticos são muito comuns. Mesmo com todo o cuidado, há objetos e situações que podem tornar todas

Leia mais

RELATÓRIO (outubro à dezembro)

RELATÓRIO (outubro à dezembro) RELATÓRIO (outubro à dezembro) Dando continuidade aos serviços de manutenção e conservação do condomínio, observa-se o proveito dos resultados dos esforços de toda a equipe de colaboradores, através da

Leia mais

ANEXO 5. Detalhamento dos serviços sob responsabilidade da Concessionária

ANEXO 5. Detalhamento dos serviços sob responsabilidade da Concessionária ANEXO 5 Detalhamento dos serviços sob responsabilidade da Concessionária 1 1. INTRODUÇÃO O presente anexo busca delimitar e detalhar as atividades e serviços sob responsabilidade da CONCESSIONÁRIA no âmbito

Leia mais

Corpo de Bombeiros. São Paulo

Corpo de Bombeiros. São Paulo Corpo de Bombeiros São Paulo ACIDENTES E INCÊNDIOS DOMÉSTICOS ADULTOS Acidentes Os acidentes domésticos são muito comuns. Mesmo com todo o cuidado, há objetos e situações que podem tornar todas as divisões

Leia mais

Sinalização. Catálogo de Placas EXTINTOR DE INCÊNDIO 164,2/21,3-2.329-K-W/ 10.513.146/0001-94

Sinalização. Catálogo de Placas EXTINTOR DE INCÊNDIO 164,2/21,3-2.329-K-W/ 10.513.146/0001-94 Sinalização Catálogo de Placas EXTINTOR DE INCÊNDIO 164,2/21,3-2.329-K-W/ 10.513.146/0001-94 Materiais VINIL AUTO-ADESIVO PVC / PS Utilizado em ambientes internos e externos. Pode ser confeccionado com

Leia mais

Página 1. PRAÇA DA CIÊNCIA - Espaço da Ciência e Tecnologia Nenel Miranda. Coordenadora: Patrícia Queiroga. Email: pracaciencia@hotmail.

Página 1. PRAÇA DA CIÊNCIA - Espaço da Ciência e Tecnologia Nenel Miranda. Coordenadora: Patrícia Queiroga. Email: pracaciencia@hotmail. PRAÇA DA CIÊNCIA - Espaço da Ciência e Tecnologia Nenel Miranda Coordenadora: Patrícia Queiroga Email: pracaciencia@hotmail.com Fundação: 11/10/1999 Criação: Lei nº 4.998 Endereço: Av Américo Buaiz, s/n

Leia mais

NORMA TÉCNICA N o 11 PLANOS DE INTERVENÇÃO DE INCÊNDIO

NORMA TÉCNICA N o 11 PLANOS DE INTERVENÇÃO DE INCÊNDIO ANEXO XI AO DECRETO N o 3.950, de 25 de janeiro de 2010. NORMA TÉCNICA N o 11 PLANOS DE INTERVENÇÃO DE INCÊNDIO 1. OBJETIVOS Esta Norma Técnica estabelece princípios gerais para: a) o levantamento de riscos

Leia mais

RISCI RELATORIO DE INSPEÇÃO DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO CAISM

RISCI RELATORIO DE INSPEÇÃO DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO CAISM RISCI RELATORIO DE INSPEÇÃO DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO CAISM Ano 2015 CIPA/UNICAMP Sumário: 1 Objetivo e Aplicação. 2 Embasamento Técnico Legal. 3 Síntese da solicitação. 4 Adequações. 5 Penalidades.

Leia mais

SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO LTDA.

SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO LTDA. RELATÓRIO ACOMPANHAMENTO MENSAL SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO LTDA. Objetivo. Este relatório tem por objetivo avaliar e mitigar os riscos equivalentes desta edificação. Foram realizadas diversas vistorias

Leia mais

BIBLIOTECA. METRAGEM MÍNIMA (m2)

BIBLIOTECA. METRAGEM MÍNIMA (m2) BIBLIOTECA Administração Balcão de atendimento Balcão de referência Mesa de trabalho para 6 servidores, sendo recomendado 5 a 6m 2 /2 pessoas, com espaço para armários comuns e armários-arquivo para documentos

Leia mais

O que fazer em caso de sismo

O que fazer em caso de sismo www.aterratreme.pt O que fazer em caso de sismo Todos os anos se realiza o exercício de prevenção de risco sísmico A Terra Treme, pois é importante relembrar as regras básicas de segurança incluindo alguns

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. JUSTIFICATIVA: Considerando que os serviços de manutenção predial são imprescindíveis e de natureza contínua. Ademais, existem fatores diversos que influenciam na preservação

Leia mais

DIRETORIA DE GESTÃO DEPARTAMENTO DE SUPRIMENTOS

DIRETORIA DE GESTÃO DEPARTAMENTO DE SUPRIMENTOS ANEXO III DO TERMO DE REFERENCIA ASPECTOS DE MEIO AMBIENTE 1 OBJETO 1.1 Este anexo discrimina o objeto de contratação de serviços sob os aspectos da legislação ambiental vigente, obrigações e deveres,

Leia mais

Incêndios e Explosões Baseado no original do Instituto Nacional de Seguridad e Higiene en el Trabajo - da Espanha) - www.mtas.

Incêndios e Explosões Baseado no original do Instituto Nacional de Seguridad e Higiene en el Trabajo - da Espanha) - www.mtas. Incêndios e Explosões Baseado no original do Instituto Nacional de Seguridad e Higiene en el Trabajo - da Espanha) - www.mtas.es/insht/ INTRODUÇÃO Os incêndios e explosões, ainda que representem uma porcentagem

Leia mais

RELATÓRIO DE MANUTENÇÃO JANEIRO Á MARÇO 2011

RELATÓRIO DE MANUTENÇÃO JANEIRO Á MARÇO 2011 RELATÓRIO DE MANUTENÇÃO JANEIRO Á MARÇO 2011 Situação de caixa de águas pluviais Desobstrução da vala Limpeza da caixa Situação das valetas de águas pluviais 1 Corte, Limpeza e desobstrução das valas Corte

Leia mais

Agrotóxicos Adjuvantes e Produtos Afins. Autor: Douglas Fernando Ferrari Auditor em Saúde e Segurança do Trabalho IAS/ABNT.

Agrotóxicos Adjuvantes e Produtos Afins. Autor: Douglas Fernando Ferrari Auditor em Saúde e Segurança do Trabalho IAS/ABNT. Agrotóxicos Adjuvantes e Produtos Afins Autor: Douglas Fernando Ferrari Auditor em Saúde e Segurança do Trabalho IAS/ABNT. AGROTÓXICOS DEFINIÇÃO: Agrotóxicos são produtos químicos utilizados para combater

Leia mais

Proprietário Página 1 de 6

Proprietário Página 1 de 6 MEMORIAL DESCRITIVO DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO E PÂNICO ACOPIARA PREFEITURA MUNICIPAL DE ACOPIARA(CE) DATA 10/11/2011 MEMORIAL DESCRITIVO E JUSTIFICATIVO DE CÁLCULO DO PROJETO DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO

Leia mais

End. Rua Gonçalves Dias, 1075 MEMORIAL DO EMPREENDIMENTO

End. Rua Gonçalves Dias, 1075 MEMORIAL DO EMPREENDIMENTO End. Rua Gonçalves Dias, 1075 MEMORIAL DO EMPREENDIMENTO INFORMAÇÕES GERAIS Endereço do Empreendimento Rua Gonçalves Dias, N 1075 Menino Deus - Porto Alegre RS Composição do Apartamento Tipo 03 Dormitórios

Leia mais

PROGRAMA DE MANUTENÇÃO PREDIAL ÁREA DE SAÚDE PMP

PROGRAMA DE MANUTENÇÃO PREDIAL ÁREA DE SAÚDE PMP PROGRAMA DE MANUTENÇÃO PREDIAL ÁREA DE SAÚDE PMP / 2015 www.aeplan.unicamp.br NOVEMBRO/2014 PROGRAMA DE MANUTENÇÃO PREDIAL ÁREA DE SAÚDE O objetivo deste programa é de apoiar as Unidades da Área de Saúde

Leia mais

RELATÓRIO DE MANUTENÇÃO JULHO Á SETEMBRO 2011

RELATÓRIO DE MANUTENÇÃO JULHO Á SETEMBRO 2011 RELATÓRIO DE MANUTENÇÃO JULHO Á SETEMBRO 2011 Preparação de aterro para colocação de tubos (erosão do lago) Limpeza de asfalto devido materiais de obras Corte de barranco e preparação de piso para acesso

Leia mais

NORMA TÉCNICA N o 25 MEDIDAS DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO EM SUBESTAÇÕES ELÉTRICAS

NORMA TÉCNICA N o 25 MEDIDAS DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO EM SUBESTAÇÕES ELÉTRICAS ANEXO XXV AO DECRETO N o 3.950, de 25 de janeiro de 2010. NORMA TÉCNICA N o 25 MEDIDAS DE SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO EM SUBESTAÇÕES ELÉTRICAS 1. OBJETIVO Esta Norma Técnica estabelece as medidas de segurança

Leia mais

GAZETA DO POVO VIDA. Metade das escolas estaduais não tem segurança contra incêndios E CIDADANIA

GAZETA DO POVO VIDA. Metade das escolas estaduais não tem segurança contra incêndios E CIDADANIA GAZETA DO POVO VIDA E CIDADANIA PERIGO Metade das escolas estaduais não tem segurança contra incêndios Sem liberação do Corpo de Bombeiros, as instituições de ensino funcionam irregularmente, colocando

Leia mais

ORIENTAÇÕES SOBRE VISTORIAS

ORIENTAÇÕES SOBRE VISTORIAS Regulamentação: ORIENTAÇÕES SOBRE VISTORIAS Em Cascavel a vistoria do Corpo de Bombeiros foi regulamentada, pelo convênio entre a Prefeitura Municipal de Cascavel e o Corpo de Bombeiros, através da Lei

Leia mais

ESTUDO DE ADEQUAÇÃO DO IMÓVEL LOCADO PELA UNIFESP CAMPUS GUARULHOS

ESTUDO DE ADEQUAÇÃO DO IMÓVEL LOCADO PELA UNIFESP CAMPUS GUARULHOS ESTUDO DE ADEQUAÇÃO DO IMÓVEL LOCADO PELA UNIFESP CAMPUS GUARULHOS Fevereiro 2013 Estudo de Viabilidade Situação Atual: Hoje o Campus de Guarulhos da UNIFESP abriga as escolas de Filosofia, Letras e Ciências

Leia mais

ATA REUNIÃO DOS MORADORES DA 2ª FASE RESIDENCIAL SÃO CRISTÓVÃO

ATA REUNIÃO DOS MORADORES DA 2ª FASE RESIDENCIAL SÃO CRISTÓVÃO ATA REUNIÃO DOS MORADORES DA 2ª FASE RESIDENCIAL SÃO CRISTÓVÃO REFERENTE À APROVAÇÃO DA VISTORIA DA ÁREA EXTERNA SOLICITADA POR JULIANA (SOBRENOME) DA EMPRESA SISAN SC EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA

Leia mais

MANUAL DO CONSTRUTOR

MANUAL DO CONSTRUTOR 1. SOLICITAÇÕES PARA INÍCIO DA OBRA 01 jogo do projeto de arquitetura aprovado; Autorização para Construção emitida pelo CONDOMÍNIO RESIDENCIAL JARDINS COIMBRA. 2. IMPLANTAÇÃO DO CANTEIRO DE OBRA 2.1 Fechamento

Leia mais

Palestrantes: Carlos Cotta Rodrigues José Félix Drigo

Palestrantes: Carlos Cotta Rodrigues José Félix Drigo SEGURANÇA CONTRA INCÊNDIO RELACIONADOS AO NOVO DECRETO ESTADUAL DO CORPO DE BOMBEIROS DO ESTADO DE SÃO PAULO DESAFIO PERMANENTE Palestrantes: Carlos Cotta Rodrigues José Félix Drigo Alguns Números do CBPMESP

Leia mais

ROTEIRO DE INSPEÇÃO PARA AVALIAÇÃO DA ESTRUTURA FÍSICA DAS INSTITUIÇÕES DE LONGA PERMANÊNCIA PARA IDOSOS

ROTEIRO DE INSPEÇÃO PARA AVALIAÇÃO DA ESTRUTURA FÍSICA DAS INSTITUIÇÕES DE LONGA PERMANÊNCIA PARA IDOSOS I IDENTIFICAÇÃO DO ESTABELECIMENTO Nome: Endereço: AP: Nome Fantasia: Inscrição Municipal: Nº do Processo: CNPJ: Tipo de Serviço: ( ) Municipal ( ) Filantrópico ( ) Conveniado SUS RJ ( ) Privado ( ) Estadual

Leia mais

DEPARTAMENTO DE MANUTENÇÃO ATIVIDADES REALIZADAS NO CAMPUS DE SÃO RAIMUNDO NONATO DE 17/08/11 a 19/08/2011.

DEPARTAMENTO DE MANUTENÇÃO ATIVIDADES REALIZADAS NO CAMPUS DE SÃO RAIMUNDO NONATO DE 17/08/11 a 19/08/2011. ATIVIDADES REALIZADAS NO CAMPUS DE SÃO RAIMUNDO NONATO DE 17/08/11 a 19/08/2011. 01 Afixação de piquetes de isolamento na fossa. Antes Depois 02 - Reparos na sala de aula - 01 (04 lâmpadas queimadas, substituição

Leia mais

SEGURANÇA E PREVENÇÃO CONTRA INCENDIOS

SEGURANÇA E PREVENÇÃO CONTRA INCENDIOS SEGURANÇA E PREVENÇÃO CONTRA INCENDIOS SEGURANÇA DO TRABALHO E BOMBEIROS UNIFESP GUARULHOS 2013/2014 Prezad@s companheiros de atividades, UNIFESP GUARULHOS A notícia que correu o mundo neste inicio de

Leia mais

RELATÓRIO. gestão abr-2009 / out 2010

RELATÓRIO. gestão abr-2009 / out 2010 RELATÓRIO gestão abr-2009 / out 2010 Apresentação Decreto Estadual nº. 28.833, de 18 de janeiro de 2006, desapropriação do imóvel cinemas Ritz e Astor(1974); Área total de 1.684,80m² - inaugurado em 2007,cuja

Leia mais

Em Distribuidora de Medicamentos, Correlatos, Cosméticos e Saneantes Domissanitários.

Em Distribuidora de Medicamentos, Correlatos, Cosméticos e Saneantes Domissanitários. Em Distribuidora de Medicamentos, Correlatos, Cosméticos e Saneantes Domissanitários. Nº PROCESSO REQUERIMENTO RAZÃO SOCIAL IDENTIFICAÇÃO DO ESTABELECIMENTO NOME DE FANTASIA NÚMERO DO CNPJ NÚMERO ÚLTIMO

Leia mais

RELATÓRIO DO ICP 09/2007 (SECRETARIA ESTADUAL DA FAZENDA - SEFAZ)

RELATÓRIO DO ICP 09/2007 (SECRETARIA ESTADUAL DA FAZENDA - SEFAZ) RELATÓRIO DO ICP 09/2007 (SECRETARIA ESTADUAL DA FAZENDA - SEFAZ) OBJETIVO DO ICP : Implantação do programa de saúde ocupacíonal (Decreto 5.757/2003) para os servidores da SEFAZ. Conquistas de 2010 (Ações

Leia mais

ESPAÇO CORPORATIVO SILVA BUENO - CSB 261

ESPAÇO CORPORATIVO SILVA BUENO - CSB 261 ESPAÇO CORPORATIVO SILVA BUENO - CSB 261 RELATÓRIO DE ANDAMENTO DAS OBRAS PERÍODO MAIO DE 2015 Andamento das obras no período Obras no Ático: Início da instalação de luminárias iniciado; Conclusão das

Leia mais

6As áreas de abastecimento representam uma possível fonte de poluição ao meio

6As áreas de abastecimento representam uma possível fonte de poluição ao meio ÁREA DE ABASTECIMENTO E ARMAZENAMENTO DE COMBUSTÍVEL 6As áreas de abastecimento representam uma possível fonte de poluição ao meio ambiente e seu manuseio e armazenagem também apresentam considerável grau

Leia mais

CONCESSÃO DOS SERVIÇOS PÚBLICOS DE TRANSPORTE COLETIVO URBANO DE PASSAGEIROS DO MUNICÍPIO DE CURITIBANOS-SC

CONCESSÃO DOS SERVIÇOS PÚBLICOS DE TRANSPORTE COLETIVO URBANO DE PASSAGEIROS DO MUNICÍPIO DE CURITIBANOS-SC CONCESSÃO DOS SERVIÇOS PÚBLICOS DE TRANSPORTE COLETIVO URBANO DE PASSAGEIROS DO MUNICÍPIO DE CURITIBANOS-SC PLANO DE OUTORGA ANEXO V CADERNO DE ESPECIFICAÇÃO DE INSTALAÇÕES E APARELHAMENTO Abril/2014 Sumário

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO. Corpo de Bombeiros INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº.

SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO. Corpo de Bombeiros INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº. SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO Corpo de Bombeiros INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº. 35/2011 Túnel rodoviário SUMÁRIO 1 Objetivo 2 Aplicação 3 Referências

Leia mais

Manual de Orientação

Manual de Orientação Manual de Orientação Fone: (47) 3635-6682 Direção de Administração Orientações para solicitação de serviços ou compras I SOLICITAÇÃO DE SERVIÇOS O solicitante deve abrir processo e encaminhar a Coordenadoria

Leia mais

Procedimentos administrativos Parte 5 Plano de Segurança Simplificado

Procedimentos administrativos Parte 5 Plano de Segurança Simplificado Março 2015 Vigência: 15 de março de 2015 NPT 001. Procedimentos administrativos Parte 5 Plano de Segurança Simplificado CORPO DE BOMBEIROS BM/7 Versão: 02 Norma de Procedimento Técnico 6 páginas SUMÁRIO

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO. Vista das Obras da Arena Allianz Parque W Torres e Sociedade esportiva Palmeiras - Data: 30/07/2014

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO. Vista das Obras da Arena Allianz Parque W Torres e Sociedade esportiva Palmeiras - Data: 30/07/2014 PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO Vista das Obras da Arena Allianz Parque W Torres e Sociedade esportiva Palmeiras - Data: 30/07/2014 CADERNO TÉCNICO SÃO PAULO, JANEIRO DE 2015 ALVARA DE AUTORIZAÇÃO

Leia mais

PPCI (PLANO DE PROTEÇÃO DE COMBATE A INCÊNDIO) PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO SEBASTIÃO DO CAÍ

PPCI (PLANO DE PROTEÇÃO DE COMBATE A INCÊNDIO) PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO SEBASTIÃO DO CAÍ PPCI (PLANO DE PROTEÇÃO DE COMBATE A INCÊNDIO) PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO SEBASTIÃO DO CAÍ End.: Rua Mal. Floriano Peixoto, 426 Bairro: Centro São Sebastião do Caí RS Ocupação: Ginásio Poliu Esportivo

Leia mais

SERVIÇOS REALIZADOS PELA NOVA ADMINISTRAÇÃO 2011/2012

SERVIÇOS REALIZADOS PELA NOVA ADMINISTRAÇÃO 2011/2012 ADMINISTRAÇÃO RELATÓRIOS SOLICITADOS DOS PRESTADORES DE SERVIÇO ATENDIMENTO DE EMERGÊNCIA OU INSPEÇÃO A VÁRIOS APARTAMENTOS POR VAZAMENTOS INTERMEDIAÇÃO ENTRE OS MORADORES POR MOTIVOS DE VAZAMENTO E OUTROS

Leia mais

2.1 - Estabelecer normas de acesso de pessoas a ULIVING SOROCABA.

2.1 - Estabelecer normas de acesso de pessoas a ULIVING SOROCABA. O Regulamento Interno da ULIVING SOROCABA, localizado na cidade de SOROCABA à Rua Bernardo Ferraz nº 100 estabelece as regras de convivência e as relações entre os usuários do empreendimento. I - HORÁRIO

Leia mais

Corpo de Bombeiros. Plano de emergência contra incêndio

Corpo de Bombeiros. Plano de emergência contra incêndio SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO Corpo de Bombeiros INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº. 16/2011 Plano de emergência contra incêndio SUMÁRIO 1 Objetivo 2 Aplicação

Leia mais

Deliberação da Indicação de Administração Condominial da Mérito Consultoria de Imóveis S.C. Ltda

Deliberação da Indicação de Administração Condominial da Mérito Consultoria de Imóveis S.C. Ltda Apresentação Institucional da Construtora Tarjab e da Incorporadora Meritor; Apresentação Geral do Empreendimento; Informações sobre o status do Processo de Vistoria das Unidades e Área Comum; Deliberação

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO. Corpo de Bombeiros INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº 16/2011

SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO. Corpo de Bombeiros INSTRUÇÃO TÉCNICA Nº 16/2011 Instrução Técnica nº 16/2011 - Plano de emergência contra incêndio 409 SECRETARIA DE ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO Corpo de Bombeiros INSTRUÇÃO TÉCNICA

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO. # Os apartamentos TIPO DOIS QUARTOS e TRÊS QUARTOS terão direito a uma vaga de estacionamento para cada unidade.

ESPECIFICAÇÃO. # Os apartamentos TIPO DOIS QUARTOS e TRÊS QUARTOS terão direito a uma vaga de estacionamento para cada unidade. ESPECIFICAÇÃO 1. INFORMAÇÕES GERAIS. 1.1 EMPREENDIMENTO...: Edifício RACE; 1.2 CONSTRUÇÃO...: Reycon Empreendimentos Ltda; 1.3 INCORPORAÇÃO...: Reycon Empreendimentos Ltda; 1.4 LOCALIZAÇÃO...:Confluência

Leia mais

Rotina de Higiene e Limpeza

Rotina de Higiene e Limpeza Rotina de Higiene e Limpeza Diáriamente Calçadas Varrer as calçadas, retirando o lixo das jardineiras e junto ao meio fio (retirando as fezes dos animais). Jardineiras e vasos Rregar as plantas a tardinha

Leia mais

NORMAS REGULAMENTADORAS - NR ABAIXO ESTÃO AS NORMAS REGULAMENTADORAS VIGENTES DO MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO

NORMAS REGULAMENTADORAS - NR ABAIXO ESTÃO AS NORMAS REGULAMENTADORAS VIGENTES DO MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO NORMAS REGULAMENTADORAS - NR ABAIXO ESTÃO AS NORMAS REGULAMENTADORAS VIGENTES DO MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO NR 1 - Disposições Gerais As Normas Regulamentadoras são de observância obrigatória por

Leia mais