CONTRATO DE MANUTENÇÃO DE SISTEMA DO AR CONDICIONADO DO PRÉDIO DA SMOV AV. BORGES DE MEDEIROS Nº 2244 ANEXO XII - PROJETO BÁSICO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONTRATO DE MANUTENÇÃO DE SISTEMA DO AR CONDICIONADO DO PRÉDIO DA SMOV AV. BORGES DE MEDEIROS Nº 2244 ANEXO XII - PROJETO BÁSICO"

Transcrição

1 1 CONTRATO DE MANUTENÇÃO DE SISTEMA DO AR CONDICIONADO DO PRÉDIO DA SMOV AV. BORGES DE MEDEIROS Nº 2244 ANEXO XII - PROJETO BÁSICO 1. OBJETO Serviços de manutenção preventiva e corretiva de sistema do ar condicionado central do prédio da SMOV, Av. Borges de Medeiros 2244, com fornecimento de mão-de-obra especializada e de peças de reposição. 2. DADOS DO SISTEMA O prédio para fins de condicionamento ambiental, foi dividido em 04(quatro) quadrantes por andar, a saber: Nordeste (NE) Noroeste (NO) Sudeste (SE) Sudoeste (SO) Cada quadrante é condicionado por uma máquina composta por 02 (dois) compressores para o sistema de resfriamento, que recebem as denominações de: Compressor direito. Compressor esquerdo. E na calefação por 02 (dois) baterias de resistência elétricas. 2.1 POTÊNCIA FRIGORÍFICA INSTALADA:

2 DO 2 AO 7 PAVIMENTOS: POTÊNCIA POR PAVIMENTO: NE: 2 X 7,5 TR = 15 TR; NO: 2 X 7,5 TR = 15 TR; SE: 2 X 7,5 TR = 15 TR; SO: 2 X 7,5 TR = 15 TR; PF por pavimento = 60 TR POTÊNCIA TOTAL RELATIVA AOS PAVIMENTOS DO 2 AO 7 : 6 (seis) pavimentos x 60 TR / pavimento = 360 TR NO 1 PAVIMENTO (TÉRREO): NE: não existe máquina; NO: 2 X 5 TR = 10 TR; SE: 1 X 5 TR = 5 TR; SO: 2 X 5 TR = 10 TR; PF do 1 pavimento = 25 TR POTÊNCIA FRIGORÍFICA INSTALADA NO PRÉDIO: 2 ao 7 pavimentos = 360 TR; 1 pavimento = 25 TR; Potência frigorífica instalada no prédio = 385 TR. OBS: A - O sistema é totalmente composto por máquinas de expansão direta de procedência CEIBRASIL; B - Os compressores do sistema são de 02 (dois) tipos: Herméticos; Semi herméticos. E de diversas procedências das quais citamos, entre outras: Coplaweld; Coplande e DWM; Kaltekopressorem; GMBH.

3 3 2.2 POTÊNCIA RESISTIVA INSTALADA: Cada máquina, com já foi dito, está equipada com 02 (duas) baterias de resistências elétricas de Watts, cada bateria; DO 2 AO 7 PAVIMENTOS: NE: 2 X W = W; NO: 2 X W = W; SE: 2 X W = W; SO: 2 X W = W; Potência resistiva instalada por pavimento = W POTÊNCIA RESISTIVA TOTAL RELATIVA AOS PAVIMENTOS DO 2 AO 7 : 06 (seis) pavimentos X W / pavimento = W NO 1 PAVIMENTO (Térreo): NE: não existe máquina; NO: 2 X W = W; SE: 1 X W = W; SO: 2 X W = W; Potência resistiva instalada no 1 pavimento = W POTÊNCIA RESISTIVA TOTAL INSTALADA O PRÉDIO: Do 2 ao 7 pavimentos = W; O 1 pavimento = W. Total Instalada o Prédio = W. 2.3 RESFRIAMENTO:

4 4 O resfriamento é a água com condensadores são do tipo SHEL AND TUBE. O sistema é constituído dos seguintes elementos: TORRES DE RESFRIAMENTO: Procedência: ALFATERM; Modelo: ASP 1070/4/154B; Ano de fabricação: dezembro de Dados de projeto: 200 m³/ h 35 C/ 29,526 C GRUPO MOTO BOMBA PARA RECALQUE DA ÁGUA DE CONDENSAÇÃO: Procedência das bombas: diversas; Procedência dos motores: diversas; Potência de cada grupo: 30 CV; N de unidades: 04 (quatro); Funcionamento: 03 (três) unidades titulares; 01 (uma) unidade reserva; OBS: Localização dos equipamentos: Os equipamentos descritos nos itens anteriores (4.1 e 4.2) estão instalados ao ar livre, sobre o 7 pavimento do prédio. A casa de força destes equipamentos, também, está localizada sobre o 7 pavimento, próximo aos equipamentos GRUPO MOTO BOMBA PARA RECALQUE DA ÁGUA DE REPOSIÇÃO DAS TORRES: É constituída por duas unidades moto bomba, sendo uma reserva. Características dos elementos das unidades: MOTOR ELÉTRICO: Procedência: WEG; Potência : 5 CV. BOMBA DE RECALQUE: Procedência: Worthington; Potência: 5 CV; Rotor: 6 ¾.

5 5 OBS: Localização dos equipamentos: No pavimento térreo junto à caixa d água inferior que o prédio sede da SMOV.

6 6 LEGENDA: CE: Compressor esquerdo; CD: Compressor direito; NO: Noroeste; NE: Nordeste; SO: Sudoeste; SE: Sudeste 3. SERVIÇOS A SEREM EXECUTADOS (mão-de de-obra) 3.1 MANUTENÇÃO MECÂNICA PRELIMINAR (após ordem de início) Equipe: 1 (um) Oficial de refrigeração e 2 (dois) ½ Oficiais de refrigeração. Horas totais estimadas: 120 horas Torres de arrefecimento: Tarefas: verificar o estado das ventoinhas dos motores dos ventiladores, conexões elétricas das caixas dos motores das bombas e dos ventiladores das torres, lubrificar os mancais dos ventiladores, completar o nível de óleo das bombas, limpar os esguichos, esgotar e lavar as bacias das torres, limpar o filtro Y, revisar o quadro de comando, lixar e pintar tubulações das torres (terraço) Máquinas de ar condicionado: Tarefas: limpar as casas de máquinas, lavar condensadores que estiveram sujos e com incrustações, limpar as bandejas, lavar as serpentinas, lavar os filtros de ar, eliminar vazamentos e completar a carga de gás dos compressores, regular os termostatos e pressostatos 3.2 MANUTENÇÃO PREVENTIVA MENSAL Equipe: 1 (um) Oficial de refrigeração e 1 (um) ½ Oficial de refrigeração. Horas totais ano estimadas: 96 horas (8 horas mensais) Torres de arrefecimento: Tarefas: medir corrente dos motores dos ventiladores e das bombas das torres e revisar o quadro de comando Máquinas de ar condicionado:

7 7 Tarefas: medir corrente dos motores dos ventiladores, dos compressores e medir pressões dos compressores. 3.3 MANUTENÇÃO CORRETIVA Equipe: 1 (um) Oficial de refrigeração e 2 (dois) ½ Oficiais de refrigeração. Horas totais estimadas: 384 horas (32 horas mensais) Tarefas: a) realizar intervenções corretivas no local, quantas forem necessárias, para a conservação e conserto do sistema, havendo ou não a troca de peças (novas ou recondicionadas), devido ao mau funcionamento, quebra, desgaste ou queima de quaisquer componentes e equipamentos do sistema do ar condicionado, de forma a mantê-lo em perfeitas condições de funcionamento. b) atender chamadas de emergência para reparação do sistema, fora do horário normal de trabalho. 4. DAS PEÇAS DE REPOSIÇÃO LISTADAS (materiais) Quando necessário, as peças e equipamentos de reposição listados no anexo I deverão ser fornecidas pela contratada e seguir preços ofertados na ocasião das propostas da licitação; 5. DAS DESPESAS EVENTUAIS Despesas a serem efetuadas nas seguintes situações: 5.1 No fornecimento, quando necessário, de quaisquer outras peças e equipamentos de reposição de difícil previsão, não listados no anexo I, porém, necessários para a reparação preventiva e corretiva do sistema. Estas peças ou equipamentos deverão ser fornecidos pela contratada, após apresentação de orçamento discriminado, cabendo à contratante o pagamento à contratada do valor correspondente, após análise do orçamento pela fiscalização, com verba específica destinada para este fim (item 6.3). Na ocasião da substituição da peça ou equipamento de reposição não será cobrada mão-de-obra extra.

8 8 5.2No fornecimento de itens de peças de reposição listados no anexo I, quando superado os quantitativos estimados na tabela. Na ocasião da substituição destes itens não será cobrada mão-de-obra extra. 5.3 No fornecimento, quando necessário, de serviços de recondicionamento de equipamentos, tais como, motores elétricos, bombas, compressores, etc, que exijam a remoção do equipamento do prédio para execução de serviços especializados externos pela contratada. Estes serviços deverão ser fornecidos pela contratada, após apresentação de orçamento discriminado, cabendo à contratante o pagamento à contratada do valor correspondente, após análise do orçamento pela fiscalização, com verba específica destinada para este fim (item 6.3). Da mesma forma que os itens anteriores, na ocasião da remoção e instalação do equipamento recondicionado da instalação, não será cobrada mão-de-obra extra. 6. DISPOSIÇÕES GERAIS 6.1 A empresa deverá apresentar registro no Conselho Regional de Engenharia Arquitetura e Agronomia (CREA-RS), indicando o nome do responsável técnico em Engenharia Mecânica. 6.2 A empresa deverá apresentar o mínimo de 3 (três) atestados de capacidade técnica fornecidos por pessoa jurídica de direito público ou privado, devidamente registrados na entidade profissional competente (Crea), relativo ao objeto desta licitação. 6.3 Todas as tarefas deverão ser registradas em Relatórios de Manutenção, elaborados mensalmente, no qual deverão constar os serviços executados pela empresa, devidamente assinados pelo técnico de empresa que efetuou o serviço e pela fiscalização ou funcionário da zeladoria do prédio designado para acompanhamento dos serviços. 6.4 Junto com as faturas para pagamento deverão ser anexadas cópias dos respectivos Relatórios de Manutenção para conferência da fiscalização. 6.5 A mão-de-obra deverá contar com pelo menos um Técnico em Refrigeração (Oficial de Refrigeração) para a execução dos serviços.

9 9 6.6 Nas intervenções corretivas, a contratada deverá comparecer ao local em no máximo 4 horas após o chamado, devendo colocar o sistema em pleno funcionamento em até 24 horas a contar do chamado. 6.7 Durante a vigência do contrato a empresa deverá propor melhorias ao sistema de ar condicionado, em sintonia com as atuais normas da ANVISA e ABNT. 6.8 Despesas com materiais de consumo, necessários a realização dos serviços, tais como, óleos, graxas, lixas, tintas, etc., correrão por conta da contratada, sem ônus a contratante.

CONTRATO DE MANUTENÇÃO DE SISTEMA DO AR CONDICIONADO DO PAÇO MUNICIPAL, PRAÇA MONTEVIDÉU Nº10. Anexo XII - PROJETO BÁSICO

CONTRATO DE MANUTENÇÃO DE SISTEMA DO AR CONDICIONADO DO PAÇO MUNICIPAL, PRAÇA MONTEVIDÉU Nº10. Anexo XII - PROJETO BÁSICO 1 CONTRATO DE MANUTENÇÃO DE SISTEMA DO AR CONDICIONADO DO PAÇO MUNICIPAL, PRAÇA MONTEVIDÉU Nº10 Anexo XII - PROJETO BÁSICO 1. OBJETO Serviços de manutenção preventiva e corretiva de sistema do ar condicionado

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. 2.1 A manutenção preventiva para os aparelhos de Ar Condicionado do tipo janela:

TERMO DE REFERÊNCIA. 2.1 A manutenção preventiva para os aparelhos de Ar Condicionado do tipo janela: ANEXO II TERMO DE REFERÊNCIA 1 DO OBJETO DA LICITAÇÃO 1.1 CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA MANUTENÇÃO PREVENTIVA E CORRETIVA COM REPOSIÇÃO PARCIAL DE PEÇAS ORIGINAIS DOS EQUIPAMENTOS DE REFRIGERAÇÃO

Leia mais

ANEXO I ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Nº 001/2015

ANEXO I ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Nº 001/2015 ANEXO I ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS Nº 001/2015 MANUTENÇÃO PREVENTIVA-CORRETIVA E IMPLANTAÇÃO DO PMOC PROGRAMA DE MANUTENÇÃO, OPERAÇÃO E CONTROLE NOS APARELHOS DE AR CONDICIONADOS, DE ACORDO PORTARIA 3.523/98

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. DO OBJETO 1.1. Contratação de empresa especializada em manutenção preventiva e corretiva, com reposição de peças originais, sem ônus adicional para a CONTRATANTE, em aparelhos

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA FUNDAÇÃO CECIERJ TERMO DE REFERÊNCIA

GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SECRETARIA DE ESTADO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA FUNDAÇÃO CECIERJ TERMO DE REFERÊNCIA TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETO Prestação de serviço de retífica e instalação de 4 (quatro) compressores marca Worthington, reforma de 2 (duas) torres de resfriamento marca Alpina, manutenção de 5 (cinco)

Leia mais

PLANO DE MANUTENÇÃO E INSPEÇÃO PREDIAL APÊNDICE A

PLANO DE MANUTENÇÃO E INSPEÇÃO PREDIAL APÊNDICE A TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DA BAHIA DIRETORIA DE ENGENHARIA E ARQUITETURA PLANO DE MANUTENÇÃO E INSPEÇÃO PREDIAL APÊNDICE A A amplitude da manutenção e inspeção indicada no Termo de Referência está

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS CONTRATO DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS Pelo presente instrumento particular e na melhor forma de direito, as partes abaixo identificadas (i), registrada na Junta Comercial do Estado de sob o nº, inscrita no

Leia mais

MANUAL DE OPERAÇÕES CASA DE RUI BARBOSA

MANUAL DE OPERAÇÕES CASA DE RUI BARBOSA MANUAL DE OPERAÇÕES CLIMATIZAÇÃO DA BIBLIOTECA CASA DE RUI BARBOSA Av. São Clemente, Nº134 Botafogo Rio de Janeiro/RJ 1 O presente Manual tem por objetivo descrever e especificar as características operacionais,

Leia mais

AR CONDICIONADO. Componentes

AR CONDICIONADO. Componentes AR CONDICIONADO AR CONDICIONADO Basicamente, a exemplo do que ocorre com um refrigerador (geladeira), a finalidade do ar condicionado é extrair o calor de uma fonte quente, transferindo-o para uma fonte

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS E VIAÇÃO ESCRITÓRIO DE PROJETOS E OBRAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE SECRETARIA MUNICIPAL DE OBRAS E VIAÇÃO ESCRITÓRIO DE PROJETOS E OBRAS ANEXO XI - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PARA RECUPERAÇÃO DAS MÁQUINAS DO SISTEMA DE AR CONDICIONADO DO PRÉDIO SEDE DA SMOV AV. BORGES DE MEDEIROS N o. 2244 - POA/RS. 1. OBJETO: Estas especificações técnicas

Leia mais

ANEXO XVII PLANO DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS E EDIFICAÇÕES

ANEXO XVII PLANO DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS E EDIFICAÇÕES ANEXO XVII PLANO DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS E EDIFICAÇÕES Complexo Esportivo de Deodoro Edital 1.10 1. Instalações Hidráulicas e Sanitárias Os serviços de manutenção de instalações hidráulicas e sanitárias,

Leia mais

ANEXO I CONDIÇÕES GERAIS DE CONTRATAÇÃO

ANEXO I CONDIÇÕES GERAIS DE CONTRATAÇÃO 1 PRODUTOS 1.1 Serviço de manutenção preventiva mensal e corretiva, quando necessário, para o elevador da Unidade Operacional da Anatel no Estado de Santa Catarina UO031, situada à Rua Saldanha Marinho,

Leia mais

PROJETOS DEMONSTRATIVOS DE CONTENÇÃO DE VAZAMENTOS DE HCFCs EM SUPERMERCADOS

PROJETOS DEMONSTRATIVOS DE CONTENÇÃO DE VAZAMENTOS DE HCFCs EM SUPERMERCADOS PROJETOS DEMONSTRATIVOS DE CONTENÇÃO DE VAZAMENTOS DE HCFCs EM SUPERMERCADOS EDITAL DE MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE 1. CONTEXTO Na 64ª Reunião do Comitê Executivo do Fundo Multilateral para Implementação

Leia mais

CARTA CONVITE Nº 030/2014

CARTA CONVITE Nº 030/2014 São Paulo, 09 de setembro de 2014. CARTA CONVITE Nº 030/2014 Manutenção preventiva, corretiva e periódica de aparelhos de ar condicionado e instalações elétricas para o Museu da Imigração. O, Organização

Leia mais

158488.32015.3415.4570.2376716580.588

158488.32015.3415.4570.2376716580.588 158488.32015.3415.4570.2376716580.588 MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Secretaria Executiva Subsecretaria de Planejamento e Orçamento Instituto Federal de Educação, Ciencia e Tecnologia do Rio de Janeiro Campus

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE PERNAMBUCO DIRETORIA DE SAÚDE PROJETO BÁSICO

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE PERNAMBUCO DIRETORIA DE SAÚDE PROJETO BÁSICO DIRETORIA DE SAÚDE PROJETO BÁSICO 1. JUSTIFICATIVA 1.1. A manutenção preventiva é necessária para ampliar a vida útil do equipamento, com aumento da sua segurança e desempenho, e consequente redução de

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. 1.2 A proposta deverá ser elaborada, por lote, com base no Anexo I Relação de Ar Condicionado.

TERMO DE REFERÊNCIA. 1.2 A proposta deverá ser elaborada, por lote, com base no Anexo I Relação de Ar Condicionado. ANEXO II TERMO DE REFERÊNCIA 1 DO OBJETO DA LICITAÇÃO 1.1 A presente licitação, na modalidade PREGÃO PRESENCIAL, do tipo MENOR POR LOTE, destina-se a na CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA MANUTENÇÃO

Leia mais

Este catálogo tem o objetivo de facilitar a identificação dos componentes, agilizando a reposição dos mesmos.

Este catálogo tem o objetivo de facilitar a identificação dos componentes, agilizando a reposição dos mesmos. PARA O USUÁRIO Este catálogo tem o objetivo de facilitar a identificação dos componentes, agilizando a reposição dos mesmos. PARA SOLICITAR AS PEÇAS Entre em contato com nosso representante mais próximo,

Leia mais

ANEXO XII ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ANEXO XII ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ANEXO XII ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO PREVENTIVA, TERMOGRAFIA E MANUTENÇÃO CORRETIVA EM SUBESTAÇÕES TRANSFORMADORAS DE PRÉDIOS DO MUNICÍPIO DE PORTO ALEGRE 1. OBJETO: Serviços de manutenção

Leia mais

ESTADO DO CEARÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE BARBALHA SECRETARIA DE INFRAESTRUTURA E OBRAS PROJETO BÁSICO MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ESTADO DO CEARÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE BARBALHA SECRETARIA DE INFRAESTRUTURA E OBRAS PROJETO BÁSICO MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS PROJETO BÁSICO MEMORIAL DESCRITIVO E ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS - OBRA: CONSTRUÇÃO DE MURO ARRIMO - LOCAL: TERRENO DO CENTRO DE EDUCAÇÃO INFANTIL - BARBALHA/CEARÁ. 1.0 - CONSIDERAÇÕES INICIAIS - Este Relatório

Leia mais

M a n u a l d o M e c â n i c o

M a n u a l d o M e c â n i c o M a n u a l d o M e c â n i c o folder2.indd 1 20/11/2009 14 12 35 Manual do Mecânico GNV GÁS NATURAL VEICULAR Entenda o GNV e saiba quais os cuidados necessários para a manutenção de veículos que utilizam

Leia mais

ANEXO II PLANILHAS PROGRAMA DE MANUTENÇÃO PREVENTIVA E FOLHAS DE REGISTRO PROGRAMA DE MANUTENÇÃO PREVENTIVA

ANEXO II PLANILHAS PROGRAMA DE MANUTENÇÃO PREVENTIVA E FOLHAS DE REGISTRO PROGRAMA DE MANUTENÇÃO PREVENTIVA ANEXO II PLANILHAS PROGRAMA DE MANUTENÇÃO PREVENTIVA E FOLHAS DE REGISTRO PROGRAMA DE MANUTENÇÃO PREVENTIVA FINATEC - EDIFÍCIO SEDE ENDEREÇO: LOCALIZAÇÃO DO EQUIPAMENTO: UNIDADE MOD.: Nº DE SÉRIE: CÓDIGO

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE Secretaria Municipal da Produção, Indústria e Comércio

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE Secretaria Municipal da Produção, Indústria e Comércio PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTO ALEGRE Secretaria Municipal da Produção, Indústria e Comércio TOMADA DE PREÇOS n.º 01/12 Processo n.º 011.003009.11.4 Anexo 1 Projeto Básico O presente Projeto Básico tem

Leia mais

Este catálogo tem o objetivo de facilitar a identificação dos componentes, agilizando a reposição dos mesmos.

Este catálogo tem o objetivo de facilitar a identificação dos componentes, agilizando a reposição dos mesmos. PARA O USUÁRIO Este catálogo tem o objetivo de facilitar a identificação dos componentes, agilizando a reposição dos mesmos. PARA SOLICITAR AS PEÇAS Entre em contato com nosso representante mais próximo,

Leia mais

(DOU 166 31.8.98, Seção I, pags. 40 a 42)

(DOU 166 31.8.98, Seção I, pags. 40 a 42) (DOU 166 31.8.98, Seção I, pags. 40 a 42) Portaria nº 3.523/GM Em, 28 de agosto de 1998 O Ministro de Estado da Saúde, no uso das atribuições que lhe confere o artigo 87, Parágrafo único, item II, da Constituição

Leia mais

Introdução à Manutenção O QUE VOCÊ ENTENDE POR MANUTENÇÃO?

Introdução à Manutenção O QUE VOCÊ ENTENDE POR MANUTENÇÃO? MANUTENÇÃO Introdução à Manutenção O QUE VOCÊ ENTENDE POR MANUTENÇÃO? Conceito de Manutenção segundo o dicionário Michaelis UOL 1. Ato ou efeito de manter (-se). 2. Sustento. 3. Dispêndio com a conservação

Leia mais

Câmara Municipal de São Paulo

Câmara Municipal de São Paulo TERMO DE CONTRATO Nº 10/01 PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO DO AR CONDICIONADO CENTRAL E MINI CENTRAL, QUE ENTRE SI CELEBRAM A CÂMARA MUNICIPAL DE SÃO PAULO E DELI-AR COMÉRCIO E MANUTENÇÃO EM AR

Leia mais

23/06/2010. Eficiência Energética: Regulamentação, Classificação e Conformidade Técnica. Roberto Lamberts

23/06/2010. Eficiência Energética: Regulamentação, Classificação e Conformidade Técnica. Roberto Lamberts Eficiência Energética: Regulamentação, Classificação e Conformidade Técnica Roberto Lamberts Oficina 09 junho de 2010 1 ETIQUETAGEM DE EDIFICAÇÕES Publicação: junho de 2009. EDIFÍCIOS ETIQUETADOS CETRAGUA

Leia mais

Memorial Técnico para Aquisição de Solução modular escalável e móvel de Contêiner para Data Center

Memorial Técnico para Aquisição de Solução modular escalável e móvel de Contêiner para Data Center MUNICÍPIO DE SANTO ÂNGELO Memorial Técnico para Aquisição de Solução modular escalável e móvel de Contêiner para Data Center Projeto DATA CENTER José Fioravante Schneider 01/06/2015 Página 1 de 9 ÍNDICE

Leia mais

ANEXO I CONDIÇÕES DE CONTRATAÇÃO DOS SERVIÇOS PREGÃO AMPLO Nº 011/2005 PROCESSO Nº 53569.002.040/2005

ANEXO I CONDIÇÕES DE CONTRATAÇÃO DOS SERVIÇOS PREGÃO AMPLO Nº 011/2005 PROCESSO Nº 53569.002.040/2005 1. OBJETO ANEXO I CONDIÇÕES DE CONTRATAÇÃO DOS SERVIÇOS PREGÃO AMPLO Nº 011/2005 PROCESSO Nº 53569.002.040/2005 1.1. Estas especificações visam estabelecer as condições de execução dos serviços de manutenção

Leia mais

ANEXO I ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ANEXO I ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS CONCORRÊNCIA DIRAT/CPLIC- 005/2006 1 ANEXO I ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS I Serviços de manutenção preventiva e corretiva, higienização e análise da qualidade do ar de sistemas centrais de climatização de ambientes,

Leia mais

câmnnn MUNICIPAL DE sno PAULI

câmnnn MUNICIPAL DE sno PAULI câmnnn MUNICIPAL DE sno PAULI TERMo DE contrato N. 18 /04 IARA IRESTAçÃo DE serviços DE MANUTENÇÃO PREYENTIVA E corretiva DoS EQUIPAMENTOS DE AR condicionado CENTRÀL E MINr CENTRAL CELEBRADo ENTRE A câuena

Leia mais

EMPRESA BRASILEIRA DE INFRA ESTRUTURA AEROPORTUÁRIA AEROPORTO INTERNACIONAL DE NAVEGANTES TERMO DE REFERÊNCIA

EMPRESA BRASILEIRA DE INFRA ESTRUTURA AEROPORTUÁRIA AEROPORTO INTERNACIONAL DE NAVEGANTES TERMO DE REFERÊNCIA 1 EMPRESA BRASILEIRA DE INFRA ESTRUTURA AEROPORTUÁRIA AEROPORTO INTERNACIONAL DE NAVEGANTES TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETO Fornecimento e instalação de películas de proteção para vidros, conforme descrição

Leia mais

COMUNICADO IMPORTANTE

COMUNICADO IMPORTANTE COMUNICADO IMPORTANTE A FUJITSU GENERAL DO BRASIL LTDA. vem, pelo presente, comunicar uma importante mudança no prazo de garantia contratual dos condicionadores de ar da marca FUJITSU: O prazo de garantia

Leia mais

ANEXO III PROGRAMA DE TRABALHO DE MANUTENÇÃO

ANEXO III PROGRAMA DE TRABALHO DE MANUTENÇÃO CONCORRÊNCIA DIRAT/CPLIC- 005/2006 1 Equipamento : Chillers ANEXO III PROGRAMA DE TRABALHO DE MANUTENÇÃO 1. PROGRAMA DE TRABALHO DE MANUTENÇÃO PREVENTIVA Verificar a existência de ruídos e vibrações anormais

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA INSTALAÇÃO DE REDE DE GÁS NATURAL À NOVA USINA DE ASFALTO

TERMO DE REFERÊNCIA INSTALAÇÃO DE REDE DE GÁS NATURAL À NOVA USINA DE ASFALTO TERMO DE REFERÊNCIA INSTALAÇÃO DE REDE DE GÁS NATURAL À NOVA USINA DE ASFALTO 1. INTRODUÇÃO Este Termo de Referência tem por objetivo estabelecer as exigências técnicas e a metodologia para a contratação

Leia mais

Ar Condicionado Split System Hi-Wall

Ar Condicionado Split System Hi-Wall COTAÇÃO ELETRÔNICA: 027/2013 COMPRASNET Termo de Referência Ar Condicionado Split System Hi-Wall Sala dos Administradores Almoxarifado Unidade Pedro de Toledo 1- OBJETO Contratação de empresa especializada

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. (Serviço de Manutenção dos Condicionadores de Ar da Câmara Municipal de Sinop MT)

TERMO DE REFERÊNCIA. (Serviço de Manutenção dos Condicionadores de Ar da Câmara Municipal de Sinop MT) TERMO DE REFERÊNCIA (Serviço de Manutenção dos Condicionadores de Ar da Câmara Municipal de Sinop MT) 1. DO OBJETO 1.1 A presente licitação tem por objeto a seleção da proposta mais vantajosa para a CÂMARA

Leia mais

A manutenção preventiva é de suma importância para prolongar a vida útil da máquina e suas partes. Abaixo, algumas dicas de manutenção preventiva:

A manutenção preventiva é de suma importância para prolongar a vida útil da máquina e suas partes. Abaixo, algumas dicas de manutenção preventiva: Manutenção Preventiva e Corretiva de Rosqueadeiras Manual de Manutenção: Preventivo / Corretivo Preventivo: Toda máquina exige cuidados e manutenção preventiva. Sugerimos aos nossos clientes que treinem

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. Descrição dos Equipamentos

TERMO DE REFERÊNCIA. Descrição dos Equipamentos ANEXO II TERMO DE REFERÊNCIA 1 DO OBJETO DA LICITAÇÃO 1.1 CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO PREVENTIVA E CORRETIVA DOS EQUIPAMENTOS UTILIZADOS NA COZINHA ESCOLA

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Convite nº 081/2007 Fls.

PREFEITURA MUNICIPAL DE FRANCA Secretaria de Planejamento e Gestão Econômica Divisão de Licitações e Compras Convite nº 081/2007 Fls. Convite nº 081/2007 Fls. 1 CARTA CONVITE Processo nº 11784/05 Convite nº 081/2007 Entrega Envelopes até o dia: 15 de junho de 2007, às 14h00. Abertura Envelopes dia: 15 de junho de 2007, às 14h30. A COMISSÃO

Leia mais

Manual de Instrucoes. Balcao Distribicao Refrigerado. o futuro chegou a cozinha. refrigeracao coccao linha modular exposicao distribuicao apoio

Manual de Instrucoes. Balcao Distribicao Refrigerado. o futuro chegou a cozinha. refrigeracao coccao linha modular exposicao distribuicao apoio Manual de Instrucoes Balcao Distribicao Refrigerado o futuro chegou a cozinha refrigeracao coccao linha modular exposicao distribuicao apoio Obrigado por ter adquirido Equipamentos ELVI É com satisfação

Leia mais

Com a globalização da economia, a busca da

Com a globalização da economia, a busca da A U A UL LA Introdução à manutenção Com a globalização da economia, a busca da qualidade total em serviços, produtos e gerenciamento ambiental passou a ser a meta de todas as empresas. O que a manutenção

Leia mais

BOLETIM DE GARANTIA. (N o 05 / 2013) LED do TIMER pisca frequência de 1Hz / segundo. LED do TIMER pisca freqüência de 1Hz / segundo.

BOLETIM DE GARANTIA. (N o 05 / 2013) LED do TIMER pisca frequência de 1Hz / segundo. LED do TIMER pisca freqüência de 1Hz / segundo. BOLETIM DE GARANTIA (N o 05 / 2013) Código de erro do Cassete e Piso-Teto No. TIPO DESCRIÇÃO Flash Blink Código Nota 1 Falha 2 Falha 3 Falha 4 Falha 5 Falha 6 Falha Placa acusa erro no sensor de temperatura

Leia mais

PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR

PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR PROJETO BÁSICO GRAMADOTUR 1 Projeto Básico da contratação de serviços: 1.1 O presente Projeto Básico tem como objetivo a contratação de empresa para locação de impressoras, incluindo o fornecimento de

Leia mais

CHAMADA PÚBLICA Nº 005/2014. Compra de Ar Condicionado Automotivo.

CHAMADA PÚBLICA Nº 005/2014. Compra de Ar Condicionado Automotivo. São Paulo, 30 de julho de 2014. CHAMADA PÚBLICA Nº 005/2014 Compra de Ar Condicionado Automotivo. O, Organização Social gestora do Museu do Café, de acordo com seu Regulamento de Compras e Contratações,

Leia mais

ATO CONVOCATÓRIO 30/2012 MAR Museu de Arte do Rio

ATO CONVOCATÓRIO 30/2012 MAR Museu de Arte do Rio ATO CONVOCATÓRIO 30/2012 MAR Museu de Arte do Rio 1. INTRODUÇÃO Considerando que o Museu de Arte do Rio MAR será uma das âncoras do plano de revitalização da região portuária da cidade e será instalado

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. JUSTIFICATIVA: Considerando que os serviços de manutenção predial são imprescindíveis e de natureza contínua. Ademais, existem fatores diversos que influenciam na preservação

Leia mais

COMPANHIA DE ÁGUA E ESGOTOS DA PARAÍBA DIRETORIA DE EXPANSÃO GERÊNCIA EXECUTIVA DE PLANEJAMENTO E PROJETOS

COMPANHIA DE ÁGUA E ESGOTOS DA PARAÍBA DIRETORIA DE EXPANSÃO GERÊNCIA EXECUTIVA DE PLANEJAMENTO E PROJETOS 1 ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA DO GRUPO GERADOR - 30 KVA ESTAÇÃO ELEVATÓRIA DE ESGOTO - EEE1 JARDIM CIDADE UNIVERSITÁRIA 1. OBJETIVO Esta especificação técnica apresenta as características técnicas e comerciais

Leia mais

CREA-RS. Integrando Profissionais e Sociedade CÂMARA ESPECIALIZADA DE ENGENHARIA INDUSTRIAL

CREA-RS. Integrando Profissionais e Sociedade CÂMARA ESPECIALIZADA DE ENGENHARIA INDUSTRIAL CREA-RS Integrando Profissionais e Sociedade CÂMARA ESPECIALIZADA DE ENGENHARIA INDUSTRIAL INSPEÇÃO TÉCNICA DE SEGURANÇA VEICULAR O QUE FISCALIZAR ONDE FISCALIZAR PARÂMETRO LEGISLAÇÃO Inspeção Empresas

Leia mais

Higienização em Redes de Dutos de Ar Condicionado

Higienização em Redes de Dutos de Ar Condicionado Higienização em Redes de Dutos de Ar Condicionado Engenheiro Carlos Alberto Araujo de Queiroz CREA-RJ 1978104018 Legislação PORTARIA M.S. nº 3.523/98 RESOLUÇÃO RE-09/03 da ANVISA LEI ESTADUAL nº 4.192/03

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO DA OBRA

MEMORIAL DESCRITIVO DA OBRA 1 PROJETO Nº 013/2014 Solicitação: MEMORIAL DESCRITIVO Tipo da Obra: PINTURA MURETA, POSTES, BRINQUEDOS DO PARQUE INFANTIL E TROCA PISO SALAS DE AULA Reforma: local indicado em planta Local: EMEI CRIANÇA

Leia mais

Rua. Zadir Índio, 213 Centro Maceió. Fone (82)3315-2357 http:// www.seds.al.gov.br

Rua. Zadir Índio, 213 Centro Maceió. Fone (82)3315-2357 http:// www.seds.al.gov.br ESTADO DE ALAGOAS SECRETARIA DE ESTADO DA DEFESA SOCIAL COORDENAÇÃO SETORIAL ADMINISTRATIVO, GESTÃO E DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS, TRANSPORTES, INSTALAÇÕES E LOGÍSTICA - CSAGDPTIL Rua. Zadir Índio, 213

Leia mais

Manual de: Manutenção Preventiva Lubrificação. Carroceria para transporte de: Ovos

Manual de: Manutenção Preventiva Lubrificação. Carroceria para transporte de: Ovos Manual de: Manutenção Preventiva Lubrificação Carroceria para transporte de: Ovos Local: Estrutura da Carroceria 01 01 Ano Reapertar parafusos da estrutura no chassi. 02 06 Meses Verificar vedação das

Leia mais

Boletim da Engenharia

Boletim da Engenharia Boletim da Engenharia 15 Instalação, operação e manutenção dos sistemas de refrigeração comercial 03/04 Introdução É bem provável que a maioria das deficiências de operação em sistemas de refrigeração

Leia mais

Guia de Assistências BB Seguro Residencial

Guia de Assistências BB Seguro Residencial Guia de Assistências BB Seguro Residencial Como acionar os serviços de assistência? Sempre que precisar acionar uma assistência, entre em contato com a Central de Atendimento Aliança do Brasil: 0800 729

Leia mais

MEMORIAL DESCRITIVO Julho / 2015. Escola Básica Municipal Encano Central Reforma da Cobertura Indaial / SC

MEMORIAL DESCRITIVO Julho / 2015. Escola Básica Municipal Encano Central Reforma da Cobertura Indaial / SC MEMORIAL DESCRITIVO Julho / 2015 Escola Básica Municipal Encano Central Reforma da Cobertura Indaial / SC 1. INFORMAÇÕES PRELIMINARES 1.1. RESPONSÁVEL TÉCNICO PELO PROJETO Carlos Henrique Nagel Engenheiro

Leia mais

ANEXO I AO EDITAL DE PREGÃO AMPLO Nº 3/2009-ER01 TERMO DE REFERÊNCIA ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ANEXO I AO EDITAL DE PREGÃO AMPLO Nº 3/2009-ER01 TERMO DE REFERÊNCIA ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ANEXO I AO EDITAL DE PREGÃO AMPLO Nº 3/2009-ER01 TERMO DE REFERÊNCIA ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MANUTENÇÃO PREVENTIVA E CORRETIVA NAS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS, HIDRÁULICAS, SANITÁRIA, COMBATE A INCÊNDIO E GRUPO

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE OSÓRIO SECRETARIA DE OBRAS SANEAMENTO E TRÂNSITO MEMORIAL DESCRITIVO

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE OSÓRIO SECRETARIA DE OBRAS SANEAMENTO E TRÂNSITO MEMORIAL DESCRITIVO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE OSÓRIO SECRETARIA DE OBRAS SANEAMENTO E TRÂNSITO MEMORIAL DESCRITIVO OBJETO: Fechamento de quadra esportiva da Escola Municipal de Ensino Fundamental

Leia mais

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO GR06 Nº 03/2015-ANATEL ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO GR06 Nº 03/2015-ANATEL ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETIVO 1.1. Iniciar procedimento licitatório, no âmbito da Agência Nacional de Telecomunicações Anatel, para contratar serviços continuados de manutenção preventiva e corretiva em equipamentos de

Leia mais

Considerando que é dever do Estado instaurar condições para a existência de concorrência justa no País, resolve baixar as seguintes disposições:

Considerando que é dever do Estado instaurar condições para a existência de concorrência justa no País, resolve baixar as seguintes disposições: MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO, INDÚSTRIA E COMÉRCIO EXTERIOR - MDIC INSTITUTO NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL-INMETRO Portaria nº 109, de 13 de junho de 2005. O PRESIDENTE DO

Leia mais

Contratação de empresa para adequação do Sistema de Proteção de Incêndio Chuveiros Automáticos (Sprinkler).

Contratação de empresa para adequação do Sistema de Proteção de Incêndio Chuveiros Automáticos (Sprinkler). SISTEMA DE CHUVEIROS AUTOMÁTICOS OBJETO: Contratação de empresa para adequação do Sistema de Proteção de Incêndio Chuveiros Automáticos (Sprinkler). O serviço visa contratar uma empresa para manutenção

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 04/2010

TERMO DE REFERÊNCIA Nº 04/2010 TERMO DE REFERÊNCIA Nº 04/2010 AQUISIÇÃO E INSTALAÇÃO DE COMPRESSORES DE AR CONDICIONADO PRÉDIO SEDE DA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO, LOCALIZADO À RUA MARIA CESAR,68 BAIRRO DO RECIFE RECIFE/PE 1/10 1. OBJETO

Leia mais

II. OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA

II. OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA Contrato n.º 087/09, de prestação de serviços de manutenção preventiva e corretiva nos equipamentos de ar condicionado instalados na(s) Subseção(ões) Judiciária(s) de Londrina e Paranaguá, firmado entre

Leia mais

PORTFÓLIO. Os principais serviços oferecidos são:

PORTFÓLIO. Os principais serviços oferecidos são: PORTFÓLIO A JCT Manutenção é uma empresa voltada à execução de serviços em áreas de utilidades em empresas industriais e comerciais. A gama de serviços abrange desde o projeto de instalações até a manutenção

Leia mais

Coldex Tosi Ar Condicionado

Coldex Tosi Ar Condicionado Coldex Tosi Ar Condicionado Condicionadores de Ar Self Contained 5 a 40 TR tipo ROOF-TOP ESPECIFICAÇÕES A linha SELF CONTAINED TOSI foi projetada visando obter a melhor relação custo-beneficio do mercado,

Leia mais

SECRETARIA DE ESTADO DA CULTURA DO ESTADO DE SÃO PAULO

SECRETARIA DE ESTADO DA CULTURA DO ESTADO DE SÃO PAULO FL.: 1/8 SECRETARIA DE ESTADO DA CULTURA DO ESTADO DE SÃO PAULO SISTEMA DO AR CONDICIONADO CENTRO DE CULTURA, MEMÓRIA E ESTUDOS DA DIVERSIDADE SEXUAL DO ESTADO DE SÃO PAULO. LOJAS 515 e 518 - METRÔ REPÚBLICA

Leia mais

Condensação. Ciclo de refrigeração

Condensação. Ciclo de refrigeração Condensação Ciclo de refrigeração Condensação Três fases: Fase 1 Dessuperaquecimento Redução da temperatura até a temp. de condensação Fase 2 Condensação Mudança de fase Fase 3 - Subresfriamento Redução

Leia mais

* Produto deve ser usado por no máximo 6 horas continuas com intervalo de no mínimo 1 hora para resfriamento do motor. Manual Gerador Série ND7000

* Produto deve ser usado por no máximo 6 horas continuas com intervalo de no mínimo 1 hora para resfriamento do motor. Manual Gerador Série ND7000 * Produto deve ser usado por no máximo 6 horas continuas com intervalo de no mínimo 1 hora para resfriamento do motor. Manual Gerador Série ND7000 Termo de garantia A NTS do Brasil concede garantia

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA PARA A LOCAÇÃO DE VEÍCULOS BLINDADOS NÍVEL III A

TERMO DE REFERÊNCIA PARA A LOCAÇÃO DE VEÍCULOS BLINDADOS NÍVEL III A TERMO DE REFERÊNCIA PARA A LOCAÇÃO DE VEÍCULOS BLINDADOS NÍVEL III A JUSTIFICATIVA O presente Termo de Referência tem por objetivo, estabelecer as especificações técnicas para a contratação de empresa

Leia mais

Termo de Referência 12/2015

Termo de Referência 12/2015 (ISO Em Processo de Implantação) Itapira, 25 de Setembro de 2015. Termo de Referência 12/2015 Especificações para a contratação de empresa especializada para execução, com fornecimento de materiais, equipamento

Leia mais

Programas de Manutenção Scania.

Programas de Manutenção Scania. . Melhor performance, maior economia. SCAN1112_0857_Folheto_210x297mm.indd 1 A alta produtividade que somente um Scania pode apresentar é potencializada com os Programas de Manutenção Scania. Para oferecer

Leia mais

ANEXO I. Endereço completo. Complemento Bairro Cidade UF

ANEXO I. Endereço completo. Complemento Bairro Cidade UF 1 - Identificação do Ambiente ou Conjunto de Ambientes: ANEXO I PLANO DE MANUTENÇÃO, OPERAÇÃO E CONTROLE - PMOC. Nome (Edifício/Entidade) Endereço completo N.º Complemento Bairro Cidade UF Telefone: Fax:

Leia mais

Parabéns pelo seu novo Bebedouro!

Parabéns pelo seu novo Bebedouro! Manual de Instruções Bebedouros Tipo Garrafão.S.T.I.L.L.E. Parabéns pelo seu novo Bebedouro! Nós da Begel ficamos muito satisfeitos por você ter depositado sua confiança em mais um de nossos produtos.

Leia mais

NBR Títulos/Objetivos Pág

NBR Títulos/Objetivos Pág Coleção completa 0 009 Veículos rodoviários automotores Retífica de motores alternativos de combustão interna Esta Norma estabelece os princípios gerais para execução de retífica completa de motores alternativos

Leia mais

PLANO DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS DA PRODUÇÃO

PLANO DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTOS DA PRODUÇÃO Pág.: 1 de 9 Identificação do equipamento ELEVADOR DE PASSAGEIROS E CARGAS Com Relação às Torres: Prumo; Espessura da parede do tubo; Resistência e nivelamento da base; Estaiamento; Aterramento elétrico

Leia mais

TERMO DE GARANTIA PRODUTOS IMPLY

TERMO DE GARANTIA PRODUTOS IMPLY TERMO DE GARANTIA PRODUTOS IMPLY Este documento é parte integrante como anexo a Nota Fiscal de venda/aluguel dos produtos comercializados pela Imply Tecnologia Eletrônica de modo a garantir o funcionamento

Leia mais

Manual de Instrucoes. Pass-Through Refrigerado. o futuro chegou a cozinha. refrigeracao coccao linha modular exposicao distribuicao apoio

Manual de Instrucoes. Pass-Through Refrigerado. o futuro chegou a cozinha. refrigeracao coccao linha modular exposicao distribuicao apoio Manual de Instrucoes Pass-Through Refrigerado o futuro chegou a cozinha refrigeracao coccao linha modular exposicao distribuicao apoio Obrigado por ter adquirido Equipamentos ELVI É com satisfação que

Leia mais

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina

Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina CONTRATO N. 146/2007 Contrato para a prestação de serviços de manutenção preventiva e corretiva em 2 (duas) centrais de ar condicionado, autorizado pelo Senhor

Leia mais

PROJETOS DEMONSTRATIVOS DE CONTENÇÃO DE VAZAMENTOS DE HCFCs EM SUPERMERCADOS

PROJETOS DEMONSTRATIVOS DE CONTENÇÃO DE VAZAMENTOS DE HCFCs EM SUPERMERCADOS PROJETOS DEMONSTRATIVOS DE CONTENÇÃO DE VAZAMENTOS DE HCFCs EM SUPERMERCADOS EDITAL DE MANIFESTAÇÃO DE INTERESSE 1. CONTEXTO Na 64ª Reunião do Comitê Executivo do Fundo Multilateral para Implementação

Leia mais

ÍNDICE CONHECENDO A MÁQUINA...1 TRABALHANDO COM A PREMIUM...3 CUIDADOS GERAIS...5 CERTIFICADO DE GARANTIA...6

ÍNDICE CONHECENDO A MÁQUINA...1 TRABALHANDO COM A PREMIUM...3 CUIDADOS GERAIS...5 CERTIFICADO DE GARANTIA...6 ÍNDICE CONHECENDO A MÁQUINA...1 TRABALHANDO COM A PREMIUM...3 CUIDADOS GERAIS...5 CERTIFICADO DE GARANTIA...6 CONHECENDO A MÁQUINA 1 PAINEL DE COMANDO 4 2 5 2 ESTEIRA 3 EMPILHADEIRA 4 SINALEIRO 1 6 5 BOTÃO

Leia mais

ANEXO- II TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO- II TERMO DE REFERÊNCIA AEROPORTO INTERNACIONAL DE RECIFE/GUARARAPES-GILBERTO FREYRE ANEXO- II TERMO DE REFERÊNCIA CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE REMANUFATURAMENTO DE 12 (DOZE) COMPRESSORES

Leia mais

INSTALAÇÃO E SEGURANÇA NOS ELEVADORES

INSTALAÇÃO E SEGURANÇA NOS ELEVADORES INSTALAÇÃO E SEGURANÇA NOS ELEVADORES Objetivo: Analisar as condições de funcionamento e segurança dos seus equipamentos 09/11/2014 Autor: LUIZ BARATTA - SENGE / RJ 1 NORMAS ABNT ABNT NBR 5665:1983 ERRATA

Leia mais

ANEXO I AO EDITAL DE PREGÃO AMPLO Nº 3/2009-ER01AF/ER01 TERMO DE REFERÊNCIA ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

ANEXO I AO EDITAL DE PREGÃO AMPLO Nº 3/2009-ER01AF/ER01 TERMO DE REFERÊNCIA ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ANEXO I AO EDITAL DE PREGÃO AMPLO Nº 3/2009-ER01AF/ER01 TERMO DE REFERÊNCIA ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MANUTENÇÃO PREVENTIVA E CORRETIVA NAS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS, HIDRÁULICAS, SANITÁRIA, COMBATE A INCÊNDIO

Leia mais

Informações e Alertas...1. Lista de Peças...2. Funções...3 Dados Técnicos...3

Informações e Alertas...1. Lista de Peças...2. Funções...3 Dados Técnicos...3 INTRODUÇÃO Parabéns Ao escolher a linha Built de produtos, você optou por um produto de qualidade. A coifa da Built agrega beleza, praticidade e economia. É prático e fácil de limpar. A Built se especializou

Leia mais

CONTRATO DE MANUTENÇÃO INSTALAÇÕES

CONTRATO DE MANUTENÇÃO INSTALAÇÕES CONTRATO DE MANUTENÇÃO INSTALAÇÕES ViseuIn. Engenharia e Serviços Técnicos Lda Cliente: Data : ViseuIn Engenharia e Serviços Técnicos, Lda Rua Eng.º Manuel Silva Almeida 291 C Marzovelos 3510-590 Viseu

Leia mais

Prefeitura Municipal de Bom Jesus do Itabapoana Estado do Rio de Janeiro Coordenadoria de Compras e Licitações. ATA DE REGISTRO DE PREÇOS n.

Prefeitura Municipal de Bom Jesus do Itabapoana Estado do Rio de Janeiro Coordenadoria de Compras e Licitações. ATA DE REGISTRO DE PREÇOS n. ATA DE REGISTRO DE PREÇOS n. 079/2013 PREGÃO PRESENCIAL PARA REGISTRO DE PREÇOS n. 079/2013 PROCESSO n. 6.214/2013 Aos vinte e cinco dias do mês de setembro do ano de 2013, a Prefeitura Municipal de Bom

Leia mais

PORTARIA DO MINISTÉRIO DA SAÚDE NR. 3.523 de 28/08/98.

PORTARIA DO MINISTÉRIO DA SAÚDE NR. 3.523 de 28/08/98. PORTARIA DO MINISTÉRIO DA SAÚDE NR. 3.523 de 28/08/98. O Ministro de Estado da Saúde, no uso das atribuições que lhe confere o artigo 87, Parágrafo único, item II, da Constituição Federal e tendo em vista

Leia mais

ANEXO II ao Edital de PREGÃO AMPLO Nº 13/2009

ANEXO II ao Edital de PREGÃO AMPLO Nº 13/2009 ANEXO II ao Edital de PREGÃO AMPLO Nº 13/2009 CADERNO DE ENCARGOS MANUTENÇÃO PREVENTIVA E CORRETIVA DO SISTEMA ELÉTRICO, HIDRÁULICO E COMBATE A INCÊNDIO. COMPLEXO SEDE DA ANATEL E UNIDADE DE SOBRADINHO

Leia mais

ANEXO XIII - Termo de referência para contratação do projeto de redes de água. Avenida Professor Oscar Pereira

ANEXO XIII - Termo de referência para contratação do projeto de redes de água. Avenida Professor Oscar Pereira ANEXO XIII - Termo de referência para contratação do projeto de redes de água 1-Objetivo Avenida Professor Oscar Pereira Elaboração de projeto executivo para substituição/ampliação das redes de abastecimento

Leia mais

Descrever o princípio de funcionamento dos motores Ciclo Otto Identificar os componentes básicos do motor.

Descrever o princípio de funcionamento dos motores Ciclo Otto Identificar os componentes básicos do motor. Objetivos Descrever o princípio de funcionamento dos motores Ciclo Otto Identificar os componentes básicos do motor. Descrição Neste módulo são abordados os princípios de funcionamento do motor Ciclo Otto,

Leia mais

ESGOTAMENTO ESPECIFICAÇÕES OBJETIVO... 2 CONSIDERAÇÕES GERAIS... 2 CONSIDERAÇÕES ESPECÍFICAS... 2

ESGOTAMENTO ESPECIFICAÇÕES OBJETIVO... 2 CONSIDERAÇÕES GERAIS... 2 CONSIDERAÇÕES ESPECÍFICAS... 2 1/7 SUMÁRIO OBJETIVO... 2 CONSIDERAÇÕES GERAIS... 2 CONSIDERAÇÕES ESPECÍFICAS... 2 01 ESGOTAMENTO COM BOMBAS... 3 02 REBAIXAMENTO DE LENÇOL FREÁTICO COM PONTEIRAS FILTRANTES... 3 03 REBAIXAMENTO DE LENÇOL

Leia mais

Manual de: Manutenção Preventiva Lubrificação. Carroceria para transporte de: Pintos

Manual de: Manutenção Preventiva Lubrificação. Carroceria para transporte de: Pintos Manual de: Manutenção Preventiva Lubrificação Carroceria para transporte de: Pintos Local: Estrutura da Carroceria 01 01 Ano Reapertar parafusos da estrutura no chassi. 02 06 Meses Verificar vedação das

Leia mais

Serviço Público Federal Conselho Regional de Corretores de Imóveis Estado de São Paulo

Serviço Público Federal Conselho Regional de Corretores de Imóveis Estado de São Paulo ANEXO VII PREGÃO PRESENCIAL Nº. 021/2015 Termo de Referência 1. DO OBJETO 1.1. Este Termo de Referência tem por objetivo a aquisição, por intermédio de licitação na modalidade de Pregão Presencial, de

Leia mais

ANEXO 01 MEMORIAL DESCRITIVO

ANEXO 01 MEMORIAL DESCRITIVO ANEXO 01 MEMORIAL DESCRITIVO SERVIÇO FORNECIMENTO DE EQUIPAMENTOS TIPO CAMINHÃO PIPA PARA ATENDIMENTO ÀS OPERAÇÕES DE SUPRIMENTO DE ÁGUA EM ÁREAS DEFICITÁRIAS DE REDES DE ABASTECIMENTO, COM CAPACIDADE

Leia mais

MANUAL DE INSTRUÇÕES REFRIGERADOR PARA ÔNIBUS MODELO G7

MANUAL DE INSTRUÇÕES REFRIGERADOR PARA ÔNIBUS MODELO G7 MANUAL DE INSTRUÇÕES Compact Indústria de Produtos Termodinâmicos Ltda. Fábrica: Est. BR-116 KM 152,3, 21940 Pavilhão 1 Bairro Planalto Caxias do Sul - RS - CEP 95070-070 Fone (0XX) 54-2108-3838- Fax:

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE CANOAS DIRETORIA DE GESTÃO DE PROJETOS DE ENGENHARIA E ARQUITETURA

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL PREFEITURA MUNICIPAL DE CANOAS DIRETORIA DE GESTÃO DE PROJETOS DE ENGENHARIA E ARQUITETURA TELECENTROS COMUNITÁRIOS IMPLANTAÇÃO DE CINCO UNIDADES MEMORIAL DESCRITIVO O presente documento refere-se à implantação de cinco Telecentros Comunitários, vinculados às Bibliotecas Públicas Municipais,

Leia mais

ULITEC-1000 LIMPA TANQUE

ULITEC-1000 LIMPA TANQUE MANUAL DE INSTRUÇÕES ULITEC-1000 LIMPA TANQUE MOTOR ELÉTRICO / MOTOR A GASOLINA APRESENTAÇÃO A DOCTOR DIESEL parabeniza-o(s) pela aquisição do(s) produto(s) de nossa fabricação, pois ao investir em tecnologia

Leia mais

Mecanização. Cuidados Básicos de Manutenção do Trator de Rodas

Mecanização. Cuidados Básicos de Manutenção do Trator de Rodas 1 de 6 10/16/aaaa 11:40 Mecanização Cuidados Básicos de Manutenção do Trator de Rodas Cuidados básicos de Nome Manutenção do Trator de Rodas Produto Informação Tecnológica Data Abril - 2000 Preço - Linha

Leia mais

ANEXO 1 TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO 1 TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO 1 TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETO O objeto de Termo de Referência consiste na contratação de empresa especializada na prestação de serviços de reforma e modernização do sistema de transporte vertical

Leia mais