A economia é o estudo da organização social através do qual os homens satisfazem suas necessidades de bens e serviços escassos.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A economia é o estudo da organização social através do qual os homens satisfazem suas necessidades de bens e serviços escassos."

Transcrição

1 IMPORTANTE: Tratando-se de uma representação esquematizada das aulas previstas, o material que integra esse Desenvolvimento Programático não é suficiente para o acompanhamento do curso. Sua leitura, sem o devido acompanhamento das aulas e das leituras indicadas, pode, inclusive, levar o aluno não familiarizado com os temas expostos a erros de interpretação ou ao aprendizado superficial, insuficiente para a consecução dos objetivos propostos. 1. OBJETO DA CIÊNCIA ECONÔMICA A economia é uma ciência social, porque estuda e o funcionamento da sociedade. A economia ocupa- se do: comportamento humano; e como as pessoas e as organizações na sociedade se empenham na produção, troca e consumo de bens e serviços. A economia é o estudo da organização social através do qual os homens satisfazem suas necessidades de bens e serviços escassos. Cabe também à Ciência Econômica fornecer respostas a perguntas como: - O que é inflação? - Por que a distribuição da renda é tão desigual? - Por que existe desemprego? - Qual o papel do governo? - Como se determinam os preços? 2. PROBLEMAS ECONÔMICOS FUNDAMENTAIS - O que e quanto produzir? (quais e quantos produtos devem ser produzidos) - Como produzir? (por quem serão os bens e serviços produzidos e quais técnicas serão utilizadas) - Para quem produzir? (para quem se destinará a produção?) O que é Economia? - A Economia é o estudo de como as pessoas e a sociedade decidem empregar 1

2 recursos escassos (que poderiam ter usos alternativos) para produzir bens variados e para os distribuir para consumo, agora ou no futuro, entre as várias pessoas e grupos da sociedade. Economia é uma ciência social que estuda a administração dos recursos escassos entre usos alternativos e fins competitivos. (Paul Samuelson) 3. QUANTIFICAÇÃO DA REALIDADE ECONÔMICA A Quantificação da Realidade Econômica Unidades Monetárias, Variáveis-fluxo e variáveis-estoque, Variável: qualquer mensuração capaz de variar. Variável fluxo: medida dentro de intervalos de tempo. Variável estoque: são medidas em ponto (momentos, instantes) do tempo. Relações entre variáveis (funcionais, Incrementais), Indicadores Econômicos (Índices, Medidas de Tendência Central com exemplos de alguns Índices de Preços mais comentados pelos órgãos de comunicação) Quocientes (Relação Dívida/PIB, por exemplo), Coeficientes (Coeficiente de Gini, p.e.) 4. ORGANIZAÇÃO ECONÔMICA As soluções para os problemas centrais dependem do tipo de organização econômica vigente. Economia de mercado (livre-empresa) Economia planificada centralmente Economia mista Economia de mercado Típico das economias capitalistas as quais têm, como característica básica, a propriedade privada dos meios de produção tais como fábricas e terras, e sua operação tendo por objetivo a obtenção do lucro, sob condições em que predomine a concorrência. 2

3 O sistema de preços. Como uma economia de mercado resolve as questões econômicas fundamentais. O fluxo circular da atividade econômica. Economia planificada centralmente Típica dos países socialistas, em que prevalece a propriedade estatal dos meios de produção. Nesse tipo de sistema as questões econômicas fundamentais não são resolvidas maneira descentralizada, via Mercado e preços, mas pelo planejamento central, em que a maior parte das decisões de natureza econômica são tomadas pelo Estado. Economia mista Nos sistemas de economia mista, uma parte dos meios de produção pertence ao Estado (empresas públicas) e a outra parte pertence ao setor privado (empresas privadas). Nesse tipo de sistema cabe ao Estado a orientação e controle de muitos aspectos da economia. O que produzir? Como produzir? Para quem produzir? O fluxo circular da atividade econômica: um modelo com governo METODOLOGIA DA ECONOMIA Teorias e modelos Teorias: extrair conhecimentos sobre o funcionamento do sistema econômico. Modelos: representação simplificada da realidade ou das principais características de uma teoria. Métodos de análise Os métodos científicos caracterizam-se pelo raciocínio lógico e classificam-se em: Método Indutivo: parte de fatos particulares para se chegar a conclusões gerais. Método Dedutivo: é um método de raciocínio que parte de premissas gerais para conclusões específicas; a conclusão pode ser válida sem que seja 3

4 necessariamente verdadeira. Distinção entre Argumentos Positivos e Normativos Argumentos Positivos: procuram entender e explicar os fenômenos econômicos como eles realmente são. Argumentos Normativos: dizem respeito ao que deveria ser. 5. ESCASSEZ E ESCOLHA A Curva de Possibilidades de Produção O problema da escassez é central em qualquer economia. - produzir o máximo de bens e serviços a partir dos recursos escassos disponíveis para cada sociedade. Daí surge a necessidade da escolha. - A escassez dos recursos de produção disponíveis gera a escassez de bens - denominados "bens econômicos". Bens têm custo de oportunidade porque são escassos. Necessidades humanas As necessidades humanas são ilimitadas. Tem de haver escolha Necessidades não econômicas (bens livres) e necessidades econômicas (bens econômicos). Bens e serviços Produtos ou Bens Materiais: são aqueles bens que possuem características físicas de peso, forma, dimensão (casa, automóvel, livro, roupa, etc.) Serviços ou Bens Imateriais: são os de natureza abstrata (uma consulta médica, uma palestra, o serviço de um advogado, etc.) Classificação por finalidade: Produtos ou Bens de Consumo: atendem de forma direta ou imediata necessidades humanas. (alimentos, geladeira) Produtos ou Bens de Produção: são empregados na produção dos bens de consumo. (máquinas e equipamentos) A curva de possibilidade de produção: uma ilustração do problema da escassez e da escolha 4

5 Algumas aplicações - O crescimento. - O crescimento e o dilema de escolha entre bens de consumo e bens de capital. 6. ANÁLISE DA DEMANDA O conceito da demanda individual A demanda (ou procura) de um indivíduo por um determinado bem (ou serviço) refere-se à quantidade desse bem que ele está disposto e capacitado a comprar, por unidade de tempo. A quantidade que um consumidor irá adquirir de um determinado bem depende de vários fatores, dentre os quais destacamos: O preço do bem. A renda ou salário do consumidor. O gosto e preferência do consumidor. O preço dos bens relacionados. Relação entre quantidade demandada e preço Escala de demanda individual Ponto Preço Quantidade (R$/quantidade) (litros/semana) A 4,00 2 B 3,00 4 C 2,00 6 D 1,00 8 A curva de demanda individual: a curva da demanda é desenhada de cima para baixo, da esquerda para a direita. A demanda de mercado Imaginemos um mercado composto por apenas dois indivíduos, cada um com a seguinte escala de demanda: 5

6 Preço (R$/unidade) Quantidade João Quantidade José Quantidade de mercado 4, , , , Demanda não linear É importante lembrar que a demanda não é, necessariamente, linear. Preço (R$/unidade) Quantidade demandada 25, , , , , ANÁLISE DA OFERTA Conceito Quantidade de um determinado bem que o produtor deseja vender no mercado, por unidade de tempo. A quantidade que o produtor irá ofertar no mercado depende: Do preço do bem. Preço dos fatores de produção. Tecnologia. Preço dos outros bens. Clima. 6

7 Relação entre quantidade ofertada e preço Escala de oferta individual Ponto Preço Quantidade (R$/unidade) (peças/mês) A 100, B 80, C 60, D 40, A curva de oferta individual: é desenhada de baixo para cima, da esquerda para a direita, e sua inclinação positiva indica que a quantidade ofertada aumenta quando o preço do produto se eleva. A oferta de mercado Preço (R$/unidade) Quantidade Quantidade Produtor A Produtor B 100, , , , Quantidade de mercado Oferta não linear Preço Quantidade (R$/unidade) 25, , , , ,

8 8. EQUILÍBRIO E ALTERAÇÕES O equilíbrio em um mercado competitivo Preço por unidade Quantidade demandada Quantidade ofertada Excesso de oferta (+) e de demanda (-) Pressão sobre preço 100, descendente 90, descendente 80, descendente 70, descendente 60, descendente 50, nenhuma 40, ascendente 30, ascendente 20, ascendente 10, ascendente O excesso de oferta O excesso de demanda O equilíbrio com oferta e demanda não lineares Preço (R$/unidade) Quantidade demandada Quantidade ofertada Excesso de oferta (+) e de demanda (-) Pressão sobre preço descendente descendente descendente nenhuma ascendente Alterações no equilíbrio Mudança da demanda Relações entre a demanda de um bem e a renda do consumidor. Relações entre a demanda de um bem e o preço dos outros bens: bens substitutos e bens complementares. Relações entre a demanda e o gosto do consumidor. Mudança da oferta 8

9 Preço dos fatores de produção. Preço dos outros bens: bens substitutos e bens complementares. Relação com a tecnologia. Mudanças no equilíbrio Devido a um aumento da demanda. Devido a uma diminuição da demanda. Devido a um aumento da oferta. Devido a uma diminuição da oferta. Determinação matemática do equilíbrio A demanda q d = a bp onde: q d = quantidade demandada; P = preço; e a e b são constantes positivas. A oferta q s = c + dp onde: q s = quantidade ofertada; P = preço do produto; e c e d são constantes positivas. A determinação do equilíbrio q d = q s 9. ELASTICIDADE Elasticidade-preço da Oferta Elasticidade preço da demanda 9

10 Já sabemos, do nosso estudo sobre a demanda, que uma variação no preço de um bem será acompanhada de uma variação na quantidade demandada desse mesmo bem. Isso significa dizer que a demanda é sensível a variações no preço. Existem bens cuja demanda é mais sensível a alterações de preço do que outros bens. Curvas de demanda elástica e inelástica e despesa total Demanda elástica A diminuição no preço provoca uma perda de despesa que é mais do que compensada pelos aumentos de despesa decorrentes da expansão nas compras. Diz-se, neste caso, que a demanda é elástica, uma vez que os consumidores se mostram sensíveis a mudanças de preço. Assim, uma redução no preço do bem provocará um grande aumento na quantidade demandada desse bem, elevando o Dispêndio Total com o produto. Por outro lado, caso haja um aumento no preço do bem, haverá uma grande redução na quantidade demandada desse mesmo bem, diminuindo o Dispêndio Total com o produto. Demanda inelástica A diminuição no preço provoca uma perda de despesa que é menos do que compensada pelos aumentos de despesa decorrentes da expansão nas compras. Diz-se, neste caso, que a demanda é inelástica, uma vez que os consumidores se mostram pouco sensíveis a mudanças de preço. Assim, uma redução no preço do bem provocará um pequeno aumento na quantidade demandada desse bem e uma queda no Dispêndio Total. Da mesma forma, um aumento no preço do bem acarretará uma pequena redução na quantidade demandada desse mesmo bem, acarretando uma elevação no Dispêndio Total. Classificação da elasticidade A Elasticidade-Preço da Demanda é o termo técnico utilizado para descrever os relacionamentos existentes entre alterações de preço, alterações nas quantidades demandadas e alterações no Dispêndio Total (ou na Receita Total). Ela nos mostra o grau de sensibilidade da demanda como resposta a alterações no preço do produto. 10

11 Demanda elástica em relação ao preço; Demanda inelástica em relação ao preço; e Demanda com elasticidade unitária. Medição numérica da elasticidade q% Ep d = P% onde: Ep d = coeficiente de elasticidade q% = variação percentual da quantidade demandada P% = variação percentual no preço Devemos notar que o coeficiente de elasticidade-preço da demanda tem sinal negativo já que, segundo a lei da procura, a quantidade demandada varia inversamente ao preço. Entretanto, por uma questão de conveniência convencionouse abandoná-lo, uma vez que ele tão-somente reflete a inclinação da curva de demanda. Ep d > 1 demanda elástica; Ep d = 1 demanda com elasticidade unitária; e Ep d < 1 demanda inelástica. Fatores que influenciam a elasticidade-preço da demanda O grau de essencialidade. Possibilidade de substituição. Importância relativa do bem no orçamento do consumidor. O tempo. 11

12 Elasticidade-renda da demanda q% E r = Y% Bem elástico em relação à renda. Bem inelástico em relação à renda. Bem com elasticidade-renda unitária. Bem que independe da renda. Bem com elasticidade-renda da demanda negativa. Elasticidade-preço cruzada da demanda Mede a variação percentual na quantidade demandada de um bem x resultante da variação percentual no preço do bem y. Exy > 0 Exy < 0 Exy = 0 bens substitutos. bens complementares. bens independentes. 10. ESTRUTURAS DE MERCADO Introdução Estudar a maneira pela qual se determinam os preços dos produtos e as quantidades que serão produzidas nos mais diferentes mercados. Os mercados estão estruturados de acordo com: Número de firmas produtoras atuando no mercado; e Homogeneidade ou diferenciação dos produtos da firma. Concorrência perfeita As hipóteses nas quais o modelo de concorrência perfeita se baseia são as 12

13 seguintes: Existência de um grande número de compradores e de vendedores; Os produtos são homogêneos; Livre entrada e saída de empresas; e Transparência de mercado. Monopólio A ocorrência de monopólio está condicionada ao cumprimento das seguintes hipóteses: Um determinado produto é suprido por uma única empresa; Não há substitutos próximos para esse produto; e Existem obstáculos (barreiras) à entrada de novas formas na indústria. Principais obstáculos ao ingresso de firmas concorrentes no mercado: Existência de economias de escala na firma monopolista inplicando no surgimento do monopólio natural; Controle sobre o fornecimento de matérias-primas; Proteção de patentes; Monopólio legal. Concorrência monopolística Mercado no qual existem muitas empresas vendendo produtos diferenciados que sejam substitutos próximos entre si. Oligopólio Um pequeno número de empresas domina o mercado, controlando a oferta de um produto que pode ser homogêneo ou diferenciado. 11. ESTRUTURAS DE MERCADO E ELASTICIDADE Relação entre estruuras de mercado e respectivas elasticidades O presente Desenvolvimento Programático baseia-se, em boa parte, no livro PASSOS, C. R. M.; NOGAMI, O. Princípios de Economia. 5. Ed. São Paulo: Cengage, 2012, que integra a bibliografia deste curso. 13

Sistema de preços. Prof. Regis Augusto Ely. Agosto de Revisão Novembro de Oferta e demanda. 1.1 Curva de demanda

Sistema de preços. Prof. Regis Augusto Ely. Agosto de Revisão Novembro de Oferta e demanda. 1.1 Curva de demanda Sistema de preços Prof. Regis Augusto Ely Agosto de 2011 - Revisão Novembro de 2012 1 Oferta e demanda 1.1 Curva de demanda A curva de demanda descreve a relação entre preço e quantidade demandada. Aumentando

Leia mais

ECONOMIA E MERCADO MBA EM CONTROLADORIA E FINANÇAS PGCF PROF. JOÃO EVANGELISTA DIAS MONTEIRO

ECONOMIA E MERCADO MBA EM CONTROLADORIA E FINANÇAS PGCF PROF. JOÃO EVANGELISTA DIAS MONTEIRO ECONOMIA E MERCADO MBA EM CONTROLADORIA E FINANÇAS PGCF PROF. JOÃO EVANGELISTA DIAS MONTEIRO 1 OBJETIVOS DA AULA 1 Noções Básicas de Economia e sistemas econômicos Os Problemas Fundamentais da Economia

Leia mais

Especialização em Logística Integrada de Produção

Especialização em Logística Integrada de Produção Especialização em Logística Integrada de Produção Avaliação Econômica de Projetos Renato Seixas Introdução Avaliação Econômica de Projetos Professor: Renato Seixas renato.seixas@ufes.br Horário: Sexta-Feira:

Leia mais

MICROECONOMIA OFERTA E DEMANDA

MICROECONOMIA OFERTA E DEMANDA MICROECONOMIA OFERTA E DEMANDA Disciplina: Economia e Mercado Professora: Karina Cabrini Zampronio Micro e Macroeconomia Microeconomia é o ramo da Teoria Econômica que estuda o funcionamento do mercado

Leia mais

O Básico sobre a Oferta e a Demanda. Anotações de Aula Professor Adriano Paranaiba 1

O Básico sobre a Oferta e a Demanda. Anotações de Aula Professor Adriano Paranaiba 1 O Básico sobre a Oferta e a Demanda Anotações de Aula Professor Adriano Paranaiba 1 Tópicos para Discussão Oferta e Demanda O Mecanismo de Mercado Deslocamentos na Oferta e na Demanda Elasticidades da

Leia mais

ESTRUTURAS DE MERCADO

ESTRUTURAS DE MERCADO ESTRUTURAS DE MERCADO Vamos estudar a maneira como se determinam os preços dos produtos e as quantidades que serão produzidas nos diversos mercados de uma economia. Tais mercados, por sua vez, estão estruturados

Leia mais

PRO 2208 Introdução a Economia. Aula 4 - Elasticidade. Prof. Dr. Regina Meyer Branski

PRO 2208 Introdução a Economia. Aula 4 - Elasticidade. Prof. Dr. Regina Meyer Branski PRO 2208 Introdução a Economia Aula 4 - Elasticidade Prof. Dr. Regina Meyer Branski Elasticidade Objetivos Elasticidade-Preço da Demanda Elasticidade-Preço Cruzada da Demanda Elasticidade-Renda da Demanda

Leia mais

Capítulo 8. Maximização de lucros e oferta competitiva 25/09/2015. Mercados perfeitamente competitivos. Mercados perfeitamente competitivos

Capítulo 8. Maximização de lucros e oferta competitiva 25/09/2015. Mercados perfeitamente competitivos. Mercados perfeitamente competitivos Mercados perfeitamente competitivos Capítulo 8 Maximização de lucros e oferta competitiva O modelo de competição perfeita baseia-se em três pressupostos básicos: 1. as empresas são tomadoras de preços

Leia mais

Examinemos as duas curvas de demanda dispostas abaixo. Qual a diferença entre uma e outra?

Examinemos as duas curvas de demanda dispostas abaixo. Qual a diferença entre uma e outra? Economia de Mercado Módulo 17 A ELASTICIDADE PREÇO DA DEMANDA Examinemos as duas curvas de demanda dispostas abaixo. Qual a diferença entre uma e outra? A forma e a inclinação de uma curva de demanda constituem

Leia mais

Administração AULA- 8. Economia Elasticidade. Prof. Isnard Martins. Bibliografia: Rosseti J. Introdução à Economia. Atlas Isnard Martins Pag - 1

Administração AULA- 8. Economia Elasticidade. Prof. Isnard Martins. Bibliografia: Rosseti J. Introdução à Economia. Atlas Isnard Martins Pag - 1 Administração AULA- 8 1 Economia Prof. Isnard Martins Bibliografia: Rosseti J. Introdução à Economia. Atlas 2006 Robert Heilbroner Micro Economia N.Gregory Mankiw Isnard Martins Pag - 1 As curvas apresentam

Leia mais

ECONOMIA - PROFº. ALEX MENDES. Economia. PROFº Alex Mendes

ECONOMIA - PROFº. ALEX MENDES. Economia. PROFº Alex Mendes Economia PROFº Alex Mendes 1 Noções de Economia do Setor Público Objetivo Geral Apresentar os movimentos de mercado como resultado das forças de oferta e demanda, e o papel dos preços nesta dinâmica. Objetivos

Leia mais

[Ano] Estruturas de Mercado e Decisão. Campus Virtual Cruzeiro do Sul

[Ano] Estruturas de Mercado e Decisão. Campus Virtual Cruzeiro do Sul [Ano] Estruturas de Mercado e Decisão Estruturas de Mercado e Decisão MATERIAL TEÓRICO Responsável pelo Conteúdo: Prof. Ms. Andressa Guimarães Rego Revisão Textual: Profa. Ms. Alessandra Fabiana Cavalcante

Leia mais

preço das matérias primas e dos fatores de

preço das matérias primas e dos fatores de Oferta Individual versus Oferta de Mercado A oferta de determinado bem depende de vários fatores: preço do próprio bem preço das matérias primas e dos fatores de produção tecnologia utilizada Oferta Individual

Leia mais

ECONOMIA - LISTA DE EXERCÍCIOS 1

ECONOMIA - LISTA DE EXERCÍCIOS 1 1. Constitui um bem de capital: ECONOMIA - LISTA DE EXERCÍCIOS 1 a) os bens e serviços que se destinam ao atendimento direto das necessidades humanas. b) os bens que aumentam a eficiência do trabalho humano.

Leia mais

Microeconomia I. Bibliografia. Mercado. Arilton Teixeira Mankiw, cap 4. Pindyck and Rubenfeld, caps. 2 e 4

Microeconomia I. Bibliografia. Mercado. Arilton Teixeira Mankiw, cap 4. Pindyck and Rubenfeld, caps. 2 e 4 Microeconomia I Arilton Teixeira arilton@fucape.br 2012 1 Bibliografia Mankiw, cap 4. Pindyck and Rubenfeld, caps. 2 e 4 2 Mercado Definição: É o conjunto de agentes, compradores e vendedores, que negociam

Leia mais

2 OFERTA E DEMANDA I: COMO OS MERCADOS FUNCIONAM

2 OFERTA E DEMANDA I: COMO OS MERCADOS FUNCIONAM 2 OFERTA E DEMANDA I: COMO OS MERCADOS FUNCIONAM As Forças de 4 Mercado: Oferta e Demanda Oferta e Demanda Oferta e demanda são os dois termos mais usados por economistas. Oferta e demanda são as forças

Leia mais

Estruturas de Mercado Fundamentos de Economia VASCONCELLOS E GARCIA, Franciane Alves Cardoso Mestranda em Economia PPGECO/UFRN.

Estruturas de Mercado Fundamentos de Economia VASCONCELLOS E GARCIA, Franciane Alves Cardoso Mestranda em Economia PPGECO/UFRN. Estruturas de Mercado Fundamentos de Economia VASCONCELLOS E GARCIA, 2004 Franciane Alves Cardoso Mestranda em Economia PPGECO/UFRN. Bolsista REUNI Estruturas de Mercado Concorrência perfeita Monopólio

Leia mais

Elasticidade da Oferta e Procura. Aula 6 Isnard Martins

Elasticidade da Oferta e Procura. Aula 6 Isnard Martins Elasticidade da Oferta e Procura 5 Aula 6 Isnard Martins Revisão - A Procura Na Geometria Euclidiana, dados dois pontos P1=(x1,y1) e P2=(x2,y2) X1 X2 No plano cartesiano, existe uma única reta que passa

Leia mais

Introdução à Microeconomia

Introdução à Microeconomia Fundamentos de economia: introdução à microeconomia e macroeconomia Prof. Ms. Marco marco.arbex@live.estacio.br Blog: www.marcoarbex.wordpress.com Introdução à Microeconomia Introdução à Microeconomia

Leia mais

Curso de Revisão e Exercícios

Curso de Revisão e Exercícios Curso de Revisão e Exercícios Concurso de Admissão à Carreira Diplomática MÓDULO 1 MICROECONOMIA Aula 1/6 Noções Básicas Curva de Possibilidades de Produção CPP A curva evidencia o objeto da economia:

Leia mais

Economia- prof. Rodrigo Janiques. 1. Com relação à demanda do consumidor, julgue os itens subsequentes.

Economia- prof. Rodrigo Janiques. 1. Com relação à demanda do consumidor, julgue os itens subsequentes. Economia- prof. Rodrigo Janiques 1. Com relação à demanda do consumidor, julgue os itens subsequentes. A demanda por um bem é influenciada por uma série de variáveis, como renda e preferências, por exemplo,

Leia mais

Introdução à Microeconomia

Introdução à Microeconomia Fundamentos de economia: introdução à microeconomia e macroeconomia Prof. Ms. Marco A. Arbex marco.arbex@live.estacio.br Introdução à Microeconomia Blog: www.marcoarbex.wordpress.com Introdução à Microeconomia

Leia mais

As questões de 1 a 16 serão respondidas em sala de aula. As questões de 17 a 53 deverão ser entregues ao final do semestre.

As questões de 1 a 16 serão respondidas em sala de aula. As questões de 17 a 53 deverão ser entregues ao final do semestre. ECONOMIA - LISTA DE EXERCÍCIOS 1 As questões de 1 a 16 serão respondidas em sala de aula. As questões de 17 a 53 deverão ser entregues ao final do semestre. 1. Constitui um bem de capital: a) os bens e

Leia mais

Esalq/USP Curso de Ciências dos Alimentos Les 144-Introdução à Economia Oferta, demanda e preços

Esalq/USP Curso de Ciências dos Alimentos Les 144-Introdução à Economia Oferta, demanda e preços Esalq/USP Curso de Ciências dos Alimentos Les 144-Introdução à Economia Oferta, demanda e preços Oferta A curva de oferta A curva de oferta mostra a quantidade de uma mercadoria que os produtores estão

Leia mais

Elasticidades. Microeconomia - Prof. Marco Arbex. Microeconomia Prof. Marco Arbex. Elasticidade = sensibilidade, resposta

Elasticidades. Microeconomia - Prof. Marco Arbex. Microeconomia Prof. Marco Arbex. Elasticidade = sensibilidade, resposta Elasticidades Microeconomia Prof. Marco Arbex E-mail: marco.arbex@live.estacio.br Blog: www.marcoarbex.wordpress.com Introdução Elasticidade = sensibilidade, resposta - Elasticidade é a alteração percentual

Leia mais

Índice ECONOMIA E NEGÓCIOS PARTE I. Índice de caixas, figuras e tabelas 13. Prefácio para os estudantes 19. Prefácio para os professores 21

Índice ECONOMIA E NEGÓCIOS PARTE I. Índice de caixas, figuras e tabelas 13. Prefácio para os estudantes 19. Prefácio para os professores 21 Índice Índice de caixas, figuras e tabelas 13 Prefácio para os estudantes 19 Prefácio para os professores 21 PARTE I ECONOMIA E NEGÓCIOS Capítulo 1 Ambiente empresarial 1.1. Âmbito da economia empresarial

Leia mais

Economia. Sumário. Prof.Carlos NEMER 1. Conceito. Elasticidade da Demanda e da Oferta

Economia. Sumário. Prof.Carlos NEMER 1. Conceito. Elasticidade da Demanda e da Oferta Economia Carlos Nemer 3ª Ed. Capítulo 6: Elasticidade da Demanda e da Oferta Poli-UFRJ Copyright 2005. Direitos Autorais reservados ao II-6-1 43/01 05 Sumário 1. Conceito; 2. ; 3. Elasticidade- Cruzada

Leia mais

Microeconomia Aula 01. Capítulos 1 e 2 do Pyndick e Rubinfeld

Microeconomia Aula 01. Capítulos 1 e 2 do Pyndick e Rubinfeld Microeconomia Aula 01 Capítulos 1 e 2 do Pyndick e Rubinfeld n A Microeconomia lida com: l Comportamento de unidades individuais u u No Consumo Como escolher o quê comprar Na produção Como escolher o quê

Leia mais

TEORIA ECONÔMICA I. Princípios de Microeconomia

TEORIA ECONÔMICA I. Princípios de Microeconomia TEORIA ECONÔMICA I Princípios de Microeconomia INTRODUÇÃO À MICROECONOMIA A MICROECONOMIA é também conhecida como teoria dos preços, pois analisa a formação de preços no mercado. PRESSUPOSTOS BÁSICOS DA

Leia mais

MICROECONOMIA

MICROECONOMIA MICROECONOMIA 01. (Fiscal ISS-SP/98) Se a quantidade demandada de um bem permanece inalterada quando o seu preço aumenta, pode-se concluir que a elasticidade preço deste bem é: a) Menor do que a unidade.

Leia mais

Economia Alimentar. Agentes e Circuito Económico

Economia Alimentar. Agentes e Circuito Económico Economia Alimentar Agentes e Circuito Económico Agentes Económicos numa economia simplificada Famílias Empresas Engloba as famílias enquanto unidades de consumo e de fornecimento de trabalho e capital

Leia mais

Economia dos Recursos Naturais. Agentes e Circuito Económico

Economia dos Recursos Naturais. Agentes e Circuito Económico Economia dos Recursos Naturais Agentes e Circuito Económico Agentes Económicos numa economia simplificada Famílias Empresas Engloba as famílias enquanto unidades de consumo e de fornecimento de trabalho

Leia mais

Elasticidade. Copyright 2004 South-Western

Elasticidade. Copyright 2004 South-Western Elasticidade 5 Copyright 2004 South-Western Copyright 2004 South-Western/Thomson Learning Elasticidade Permite analisar oferta e demanda com precisão. Mede o quanto compradores e vendedores respondem a

Leia mais

Elasticidades da demanda. Elasticidades da demanda. Elasticidades da demanda

Elasticidades da demanda. Elasticidades da demanda. Elasticidades da demanda Elasticidade Capítulo III Em geral, a elasticidade é uma medida da sensibilidade de uma variável em relação a outra. Ela nos informa a variação percentual em uma variável em decorrência da variação de

Leia mais

Estruturas de Mercado e Maximização de lucro. Mercado em Concorrência Perfeita Monopólio Concorrência Monopolística Oligopólio

Estruturas de Mercado e Maximização de lucro. Mercado em Concorrência Perfeita Monopólio Concorrência Monopolística Oligopólio Estruturas de Mercado e Maximização de lucro Mercado em Concorrência Perfeita Monopólio Concorrência Monopolística Oligopólio 1 Introdução As várias formas ou estruturas de mercado dependem fundamentalmente

Leia mais

Se não houvesse escassez de recursos, não haveria necessidade de estudarmos questões como...:

Se não houvesse escassez de recursos, não haveria necessidade de estudarmos questões como...: INTRODUÇÃO MACROECONOMIA Prof. Saravalli CONCEITOS Economia -> grego OIKOS (casa); nomos (normas, lei). Ciência social que estuda como o indivíduo e a sociedade decidem utilizar recursos produtivos escassos,

Leia mais

Microeconomia. UNIDADE 7 Aula 7.3. Prof - Isnard Martins

Microeconomia. UNIDADE 7 Aula 7.3. Prof - Isnard Martins Microeconomia UNIDADE 7 Aula 7.3 Prof - Isnard Martins Vasconcelos M.A, Economia Micro e Macro, 4a Edição Douglas Evans.Managerial Economics.Prentice Hall. New Jersey 1 Monopólio Formas de Mercado Concorrência

Leia mais

SISTEMAS ECONÔMICOS. Capitalista Socialista Misto

SISTEMAS ECONÔMICOS. Capitalista Socialista Misto SISTEMAS ECONÔMICOS Capitalista Socialista Misto 1 Sistema Econômico / Organização Econômica Principais formas:. Economia de Mercado (ou descentralizada, tipo capitalista) Sistema de concorrência pura

Leia mais

Parte 1: Oferta, demanda e equilíbrio de mercado. Parte 2: Elasticidades. O conceito de utilidade marginal. Microeconomia - Prof. Marco A.

Parte 1: Oferta, demanda e equilíbrio de mercado. Parte 2: Elasticidades. O conceito de utilidade marginal. Microeconomia - Prof. Marco A. A lei da oferta e Parte 1: Oferta, e equilíbrio de mercado Parte 2: Elasticidades Prof. Ms. Marco A. Arbex marco.arbex@live.estacio.br BLOG: www.marcoarbex.wordpress.com Dois reais......e noventa centavos

Leia mais

Unidade II ECONOMIA E MERCADO. Prof. Rodrigo Marchesin

Unidade II ECONOMIA E MERCADO. Prof. Rodrigo Marchesin Unidade II ECONOMIA E MERCADO Prof. Rodrigo Marchesin Introdução Microeconomia: teoria dos preços formação dos preços oferta x demanda Hipótese coeteris paribus Expressão latina, tudo o mais permanece

Leia mais

Oferta e Demanda. 4. Oferta e Demanda. Mercado. O Que São os Mercados? Preços. Mercado

Oferta e Demanda. 4. Oferta e Demanda. Mercado. O Que São os Mercados? Preços. Mercado Oferta e Demanda 4. Oferta e Demanda São as duas palavras mais usadas por economistas São as forças que fazem os mercados funcionarem A microeconomia moderna lida com a oferta, demanda e o equilíbrio do

Leia mais

NOÇÕES SOBRE ESTRUTURAS DE MERCADO: UM RESUMO SOB A PERSPECTIVA DA TEORIA ECONÔMICA BÁSICA

NOÇÕES SOBRE ESTRUTURAS DE MERCADO: UM RESUMO SOB A PERSPECTIVA DA TEORIA ECONÔMICA BÁSICA NOÇÕES SOBRE ESTRUTURAS DE MERCADO: UM RESUMO SOB A PERSPECTIVA DA TEORIA ECONÔMICA BÁSICA Ulisses Pereira Ribeiro 1 A estrutura ou Tipo de mercado indica o grau de controle competitivo existente em um

Leia mais

Economia é a ciência que se preocupa em alocar recursos escassos, orientando a escolha do que, como e para quem produzir com teorias e informação.

Economia é a ciência que se preocupa em alocar recursos escassos, orientando a escolha do que, como e para quem produzir com teorias e informação. Economia é a ciência que se preocupa em alocar recursos escassos, orientando a escolha do que, como e para quem produzir com teorias e informação. Escassez Necessidades Ilimitadas Recursos Limitados 1

Leia mais

Microeconomia. Prof.: Antonio Carlos Assumpção

Microeconomia. Prof.: Antonio Carlos Assumpção Microeconomia O Básico Sobre a Oferta e a Demanda Prof.: Antonio Carlos Assumpção Tópicos Discutidos Oferta e Demanda O Mecanismo de Mercado Mudanças no Equilíbrio do Mercado Elasticidades da Oferta e

Leia mais

Fundamentos da Teoria Econômica I

Fundamentos da Teoria Econômica I UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO INSTITUTO DE ECONOMIA PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM POLÍTICAS PÚBLICAS, ESTRATÉGIAS E DESENVOLVIMENTO Fundamentos da Teoria Econômica I Prof. Marcelo Matos Bibliografia

Leia mais

Qte depois da entrada

Qte depois da entrada CAPÍTULO 3 OFERTA E DEMANDA 1 MERCADO COMPETITIVO muitos compradores e vendedores, ações de qualquer indivíduo não tem efeito perceptível sobre o preço. Ex. de merc não competitivo coca-cola. O merc competitivo

Leia mais

6 CUSTOS DE PRODUÇÃO QUESTÕES PROPOSTAS

6 CUSTOS DE PRODUÇÃO QUESTÕES PROPOSTAS 1 6 CUSTOS DE PRODUÇÃO QUESTÕES PROPOSTAS 1. Se conhecemos a função produção, o que mais precisamos saber a fim de conhecer a função custos: a) A relação entre a quantidade produzida e a quantidade de

Leia mais

Compreendendo as Estruturas de Mercado

Compreendendo as Estruturas de Mercado Compreendendo as Estruturas de Mercado Profa. Celina Martins Ramalho O Conceito de Estrutura de Mercado Objetivo Apresentar as estruturas de mercado sobre as quais se organizam os mercados de concorrência

Leia mais

Introdução ao Estudo da Economia. Contextualização. Aula 3. Instrumentalização. Estruturas de Mercado. Prof. Me. Ciro Burgos

Introdução ao Estudo da Economia. Contextualização. Aula 3. Instrumentalização. Estruturas de Mercado. Prof. Me. Ciro Burgos Introdução ao Estudo da Economia Aula 3 Contextualização Prof. Me. Ciro Burgos É fundamental conhecer as estruturas de mercado, onde a empresa atua, para agir de forma correta Como agem; impactos sobre

Leia mais

INSS Economia Conceitos Básicos Fabio Lobo

INSS Economia Conceitos Básicos Fabio Lobo INSS Economia Conceitos Básicos Fabio Lobo 2012 Copyright. Curso Agora eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. Economia Conceitos Básicos CONCEITOS BÁSICOS Etimologicamente, a palavra economia

Leia mais

Curso de Economia Prof. Ms. Rodrigo Marquez facebook: Rodrigo Marquez

Curso de Economia Prof. Ms. Rodrigo Marquez facebook: Rodrigo Marquez Curso de Economia Prof. Ms. Rodrigo Marquez twitter: @rodrigopmjr facebook: Rodrigo Marquez e-mail: rodrigopmjr@hotmail.com Questões de fixação (UFG, 2014) Suponha que a demanda de um certo produto agrícola

Leia mais

ELASTICIDADE E SUAS APLICAÇÕES

ELASTICIDADE E SUAS APLICAÇÕES ELASTICIDADE E SUAS APLICAÇÕES OBJETIVO GERAL Introduzir o conceito de elasticidade e suas aplicações como forma de entender melhor e específica os efeitos de mudanças nos preços sobre a oferta e a demanda.

Leia mais

EXERCICIOS SOBRE: TEORIA DO CONSUMIDOR VII Rendimento total, médio e marginal e conceito de elasticidade aplicado á procura e á oferta

EXERCICIOS SOBRE: TEORIA DO CONSUMIDOR VII Rendimento total, médio e marginal e conceito de elasticidade aplicado á procura e á oferta EXERCICIOS SOBRE: TEORIA DO CONSUMIDOR VII Rendimento total, médio e marginal e conceito de elasticidade aplicado á procura e á oferta Exercício Nº 1 Defina e caracterize os seguintes conceitos: a) Receita

Leia mais

Monopólio. Varian cap. 24

Monopólio. Varian cap. 24 Monopólio Varian cap. 24 Introdução Definição: Uma empresa produz uma mercadoria sem substitutos próximos. Monopolista pode obter lucro econômico puro, mesmo no longo prazo. Mas, e novas empresas não são

Leia mais

ESTRUTURAS DE MERCADO

ESTRUTURAS DE MERCADO ESTRUTURAS DE MERCADO 1 CONTRATO PEDAGÓGICO/PLANO DE ENSINO Aula Tema 1 Apresentação/Contrato Pedagógico/Introdução à Economia 2 Introdução à Economia Trabalho Evolução do Pensamento Econômico 3 Demanda,

Leia mais

Marco Antonio Sandoval de Vasconcellos Apresentação elaborada por: Roberto Name Ribeiro Francisco Carlos B. dos Santos

Marco Antonio Sandoval de Vasconcellos Apresentação elaborada por: Roberto Name Ribeiro Francisco Carlos B. dos Santos Marco Antonio Sandoval de Vasconcellos Apresentação elaborada por: Roberto Name Ribeiro Francisco Carlos B. dos Santos 1 Capítulo 1: Introdução à Economia Conceito de Economia Problemas Econômicos Fundamentais

Leia mais

Matemática Aplicada à Economia LES 201

Matemática Aplicada à Economia LES 201 Matemática Aplicada à Economia LES 201 Aula 1 07/08/2017 Luiz Fernando Satolo A natureza da economia matemática Economia matemática não é um ramo especial da economia é uma abordagem à análise econômica

Leia mais

Economia para Engenharia

Economia para Engenharia Economia para Engenharia Eng. Telecomunicações Aula 03 rev. 01 abrul/16 Roteiro» Introdução» Estrutura de mercado» Sistemas econômicos Capitalismo; Socialismo; Economia Mista;» Divisão do estudo econômico»

Leia mais

Introdução à Microeconomia

Introdução à Microeconomia Introdução à Microeconomia Marcelo Pessoa de Matos Aula 9 PARTE I: O MERCADO COMPETITIVO BIBLIOGRAFIA DA PARTE I: Krugman & Wells, apêndice cap. 2 e caps. 3 a 6 Varian, caps. 1, 14,15 BIBLIOGRAFIA DESTA

Leia mais

Elasticidade-preço. No caso dos consumidores temos a elasticidade-preço da demanda. No caso dos produtores, elasticidade-preço da oferta;

Elasticidade-preço. No caso dos consumidores temos a elasticidade-preço da demanda. No caso dos produtores, elasticidade-preço da oferta; Elasticidade Elasticidade significa sensibilidade. Ela mostra quão sensíveis são os consumidores de um produto X (ou seus produtores), quando seu preço sofre uma variação para mais ou para menos. Em outras

Leia mais

TP043 Microeconomia 28/10/2009 AULA 16 Bibliografia: PINDYCK CAPÍTULO 7 (final) e capítulo 8

TP043 Microeconomia 28/10/2009 AULA 16 Bibliografia: PINDYCK CAPÍTULO 7 (final) e capítulo 8 TP043 Microeconomia 28/10/2009 AULA 16 Bibliografia: PINDYCK CAPÍTULO 7 (final) e capítulo 8 Economias de escala O aumento da produção é maior do que o aumento dos custos. Deseconomias de escala O aumento

Leia mais

Microeconomia. UNIDADE 1 Aula 3.1

Microeconomia. UNIDADE 1 Aula 3.1 Microeconomia UNIDADE 1 Aula 3.1 Prof - Isnard Martins Rosseti, J, Introdução à Economia, Atlas, 2006 Vasconcelos M.A, Economia Micro e Macro, 4a Edição 1 ELASTICIDADE CONCEITOS Elasticidade O que ocorre

Leia mais

Economia Florestal. Agentes e Circuito Económico

Economia Florestal. Agentes e Circuito Económico Economia Florestal Agentes e Circuito Económico Agentes Económicos numa economia simplificada Famílias Empresas Engloba as famílias enquanto unidades de consumo e de fornecimento de trabalho e capital

Leia mais

Elasticidade 2. Trata-se de um conceito de ampla aplicação em Economia. Vejamos alguns exemplos:

Elasticidade 2. Trata-se de um conceito de ampla aplicação em Economia. Vejamos alguns exemplos: Elasticidade 1 Quando aumenta o preço de um bem, a quantidade demandada deve cair, coeteris paribus. Ou seja, conhecemos apenas a direção, o sentido, mas não a magnitude numérica: isto é, se o preço aumenta

Leia mais

ESTRUTURAS DE MERCADO. Fundamentos de Economia e Mercado

ESTRUTURAS DE MERCADO. Fundamentos de Economia e Mercado ESTRUTURAS DE MERCADO Fundamentos de Economia e Mercado ESTRUTURAS DE MERCADO As várias formas ou estruturas de mercados dependem fundamentalmente de três características: 1. Número de empresas que compõe

Leia mais

Oferta e Procura. Aula 5 Isnard Martins

Oferta e Procura. Aula 5 Isnard Martins Oferta e Procura 5 Aula 5 Isnard Martins Análise da Demanda de Mercado Demanda (ou procura) é a quantidade de determinado bem ou serviço que os consumidores desejam adquirir, num dado período. A Demanda

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS 1ª PARTE: Concorrência Perfeita, Concorrência Monopolística, Monopólio e Oligopólio.

LISTA DE EXERCÍCIOS 1ª PARTE: Concorrência Perfeita, Concorrência Monopolística, Monopólio e Oligopólio. UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL - UFRGS FACULDADE DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS DISCIPLINA: TEORIA MICROECONÔMICA II ESTÁGIO DOCÊNCIA: VÍVIAN DOS SANTOS QUEIROZ PROFESSOR:

Leia mais

Notas de Aula 5: MONOPÓLIO (Varian cap.23) Uma firma em uma indústria Não há substitutos próximos para o bem que a firma produz Barreiras à entrada

Notas de Aula 5: MONOPÓLIO (Varian cap.23) Uma firma em uma indústria Não há substitutos próximos para o bem que a firma produz Barreiras à entrada TEORIA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL UFRGS DEPARTAMENTO DE ECONOMIA CURSO DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS DISCIPLINA: TEORIA MICROECONÔMICA II Primeiro Semestre/2001 Professor: Sabino da Silva Porto

Leia mais

Assine e coloque seu número de inscrição no quadro abaixo. Preencha, com traços firmes, o espaço reservado a cada opção na folha de resposta.

Assine e coloque seu número de inscrição no quadro abaixo. Preencha, com traços firmes, o espaço reservado a cada opção na folha de resposta. 1 Prezado(a) candidato(a): Assine e coloque seu número de inscrição no quadro abaixo. Preencha, com traços firmes, o espaço reservado a cada opção na folha de resposta. Nº de Inscrição Nome PROVA DE CONHECIMENTOS

Leia mais

Introdução à Economia Curso de Ciências Econômicas Demanda do Consumidor Aula 2

Introdução à Economia Curso de Ciências Econômicas Demanda do Consumidor Aula 2 Introdução à Economia Curso de Ciências Econômicas Demanda do Consumidor Aula 2 Modelando a realidade Modelos para simplificar a realidade Representações gráficas Representações matemáticas: Função: relação

Leia mais

Introdução à Microeconomia. Elasticidades. Danilo Igliori

Introdução à Microeconomia. Elasticidades. Danilo Igliori Introdução à Microeconomia Elasticidades Danilo Igliori (digliori@usp.br) Elasticidade (sensibilidade de resposta à mudança de uma variavel) Noção de elasticidade: Por exemplo, se a oferta aumentar, o

Leia mais

Capítulo 2 -Análise da Oferta e da Procura

Capítulo 2 -Análise da Oferta e da Procura Capítulo 2 -Análise da Oferta e da Procura 1. Motivação O Mercado de Milho nos EUA 2. Definição de Mercados Competitivos 3. A Curva de Demanda de Mercado 4. A Curva de Oferta de Mercado 5. Equilíbrio 6.

Leia mais

29/03/2016. Oferta e Demanda. Oferta e Demanda. O Que São os Mercados? Mercado. Mercado. Preços

29/03/2016. Oferta e Demanda. Oferta e Demanda. O Que São os Mercados? Mercado. Mercado. Preços Oferta e Demanda Oferta e Demanda ARTE I São as duas palavras mais usadas por economistas. São as forças que fazem os mercados funcionarem. A microeconomia moderna lida com a oferta, demanda e o equilíbrio

Leia mais

Módulo 7 Demanda, Oferta e Equilíbrio de mercado

Módulo 7 Demanda, Oferta e Equilíbrio de mercado Módulo 7 Demanda, Oferta e Equilíbrio de mercado Como vimos, a microeconomia ou teoria dos preços analisa como consumidores e empresas interagem no mercado, e como essa interação determina o preço e a

Leia mais

Introdução à Microeconomia. As forças de mercado: oferta e demanda. Danilo Igliori

Introdução à Microeconomia. As forças de mercado: oferta e demanda. Danilo Igliori Introdução à Microeconomia As forças de mercado: oferta e demanda Danilo Igliori (digliori@usp.br) As Forças de Mercado de Oferta e Demanda Oferta e demanda estão entre as palavras que os economistas utilizam

Leia mais

PRO 3206 Introdução à Economia

PRO 3206 Introdução à Economia PRO 3206 Introdução à Economia Aulas 2 e 3 Mercados, Oferta e Demanda PRO 2208 Davi Nakano Fundamentos de Microeconomia Estuda o comportamento das: Famílias Teoria do consumidor demanda Empresas Teoria

Leia mais

FUNDAMENTOS DE MICROECONOMIA: DEMANDA, OFERTA E EQUILÍBRIO DE MERCADO

FUNDAMENTOS DE MICROECONOMIA: DEMANDA, OFERTA E EQUILÍBRIO DE MERCADO FUNDAMENTOS DE MICROECONOMIA: DEMANDA, OFERTA E EQUILÍBRIO DE MERCADO MICROECONOMIA É a parte da teoria econômica que estuda o comportamento das famílias e das empresas e os mercados nos quais operam.

Leia mais

Sugestão de cronograma das aulas de Introdução à Economia

Sugestão de cronograma das aulas de Introdução à Economia Aula Data 1 29/out 1 30/out Ter 2 31/out Qua 2 1/nov Qui Sugestão de cronograma das aulas de Introdução à Economia Conteúd o Especificado Economia: análise (ec. positiva ) e política (ec. normativa ),

Leia mais

Teoria da Elasticidade

Teoria da Elasticidade Profa. Celina Martins Ramalho O que é elasticidade? Objetivo Introduzir o conceito de elasticidade, aplicando-o tanto à demanda como à oferta. Entender os determinantes da elasticidade preço da demanda

Leia mais

PRO Introdução à Economia

PRO Introdução à Economia PRO 2208 Introdução à Economia Aulas 2 e 3 Mercados, Oferta e Demanda PRO 2208 Davi Nakano Mercados, Oferta e Demanda Mercado: grupo de compradores e de vendedores de um dado bem ou serviço Oferta e Demanda

Leia mais

CURSO LIVRE DE ECONOMIA

CURSO LIVRE DE ECONOMIA UNIVERSIDADE DA MADEIRA Departamento de Gestão e Economia CURSO LIVRE DE ECONOMIA Preços e Mercados Exercícios 1. Indique se as seguintes afirmações são verdadeiras ou falsas, justificando os casos em

Leia mais

ECO Introdução à Economia

ECO Introdução à Economia Federal University of Roraima, Brazil From the SelectedWorks of Elói Martins Senhoras Winter October 17, 2008 ECO 101 - Introdução à Economia Eloi Martins Senhoras Available at: https://works.bepress.com/eloi/61/

Leia mais

A DEMANDA E A OFERTA. Curso Online

A DEMANDA E A OFERTA. Curso Online A DEMANDA E A OFERTA Curso Online 1 2Todos os Direitos Reservados ESSE CURSO FOI CRIADO E É PROMOVIDO PELA INSTITUIÇÃO Bem Vindo ao Curso! A Evolução do Pensamento Econômico: Escola Clássica 1-3 A EVOLUÇÃO

Leia mais

Este Fundamentos de Microeconomia é um texto cuidadosamente elaborado por professores com muitos anos de experiência no ensino de graduação

Este Fundamentos de Microeconomia é um texto cuidadosamente elaborado por professores com muitos anos de experiência no ensino de graduação PREFÁCIO A Economia é definida, em muitos livros, como a ciência social que estuda como os indivíduos e a sociedade decidem utilizar recursos escassos para produzir bens e serviços, e como distribuir esta

Leia mais

Economia ESTRUTURAS DE MERCADO. Prof. Me. Diego Fernandes

Economia ESTRUTURAS DE MERCADO. Prof. Me. Diego Fernandes Economia ESTRUTURAS DE MERCADO 1 Leitura Leitura do capítulo 7 (p. 165-203) do livro: Introdução à Economia do Marco Antonio S. Vasconcellos, 2012 - livro online disponível no site da biblioteca. Para

Leia mais

Unidade Letiva 5 Preços e mercados Mercado é uma situação em que vendedores e compradores ajustam o preço e a quantidade do bem a transacionar.

Unidade Letiva 5 Preços e mercados Mercado é uma situação em que vendedores e compradores ajustam o preço e a quantidade do bem a transacionar. Mercado é uma situação em que vendedores e compradores ajustam o preço e a quantidade do bem a transacionar. O mercado não necessita da existência de um espaço físico nem da presença dos seus participantes;

Leia mais

Concorrência Perfeita

Concorrência Perfeita UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE CIÊNCIAS ECONÔMICAS Disciplina: Teoria Microeconômica II Professor: Sabino da Silva Porto Junior Lista 1-2007/01 Concorrência Perfeita (ANPEC 97)

Leia mais

Demanda Individual e Demanda de Mercado

Demanda Individual e Demanda de Mercado Demanda Individual e Demanda de Mercado RAD1606 - Introdução à Microeconomia Transparências: Pindyck e Rubinfeld, Microeconomia. Prof. Dr. Jorge Henrique Caldeira de Oliveira Efeitos de variações no preço

Leia mais

MICROECONOMIA AULA 02 Prof. Jorge Junior

MICROECONOMIA AULA 02 Prof. Jorge Junior MICROECONOMIA AULA 02 Prof. Jorge Junior AULA SOBRE ELASTICIDADE a) CONCEITO: Elasticidade se refere à um tipo de sensibilidade, tem a ver com variações co-relacionadas. Por exemplo: Se eu digo que a demanda

Leia mais

Economia de Empresas e da Estratégia (RAD 5048) Prof. Dr. Jorge Henrique Caldeira de Oliveira

Economia de Empresas e da Estratégia (RAD 5048) Prof. Dr. Jorge Henrique Caldeira de Oliveira Economia de Empresas e da Estratégia (RAD 5048) Prof. Dr. Jorge Henrique Caldeira de Oliveira Bibliografia Obrigatória BRICKLEY J. A. SMITH C. W. e ZIMMERMAN J. L., Managerial economics and organizational

Leia mais

P, pode-se verificar que a elasticidade será igual a ε. b. Escreva uma equação para a função de demanda

P, pode-se verificar que a elasticidade será igual a ε. b. Escreva uma equação para a função de demanda Exercícios Numéricos 1. A elasticidade-preço da demanda por aveia é constante e igual a -1. Quando o preço da aveia é de US $ 10 por unidade, o montante total exigido é de 6.000 unidades. a. Verifique

Leia mais

ECONOMIA EMPRESARIAL

ECONOMIA EMPRESARIAL Parte 1 ECONOMIA EMPRESARIAL Profa. Ms. Sandra Costa OBJETIVO capacitar executivos capazes de compreender os impactos da política econômica nas organizações e atuar nas decisões estratégicas das empresas;

Leia mais

PRO à Economia

PRO à Economia Introdução à Economia Aula 3 Mercados, Oferta e Demanda Oferta e Demanda Oferta e Demanda são suas palavras utilizadas com freqüência em Economia São as as forças que movimentam as as economias de de mercado

Leia mais

FORÇAS DE OFERTA E DEMANDA DOS MERCADOS

FORÇAS DE OFERTA E DEMANDA DOS MERCADOS FORÇAS DE OFERTA E DEMANDA DOS MERCADOS OBJETIVO GERAL Apresentar os movimentos de mercado como resultado das forças de oferta e demanda, e o papel dos preços nesta dinâmica. OBJETIVOS ESECÍFICOS Apresentar

Leia mais

ESTRUTURAS DE MERCADO

ESTRUTURAS DE MERCADO ESTRUTURAS DE MERCADO Mercado em Concorrência Perfeita Monopólio Oligopólio Concorrência Monopolística Marco Antonio Sandoval devasconcellos (baseado) 1 ESTRUTURAS DE MERCADO As várias formas ou estruturas

Leia mais

FORÇAS DE OFERTA E DEMANDA DOS MERCADOS

FORÇAS DE OFERTA E DEMANDA DOS MERCADOS FORÇAS DE OFERTA E DEMANDA DOS MERCADOS OBJETIVO GERAL Apresentar os movimentos de mercado como resultado das forças de oferta e demanda, e o papel dos preços nesta dinâmica. OBJETIVOS ESECÍFICOS Apresentar

Leia mais

IFSC Câmpus Lages Economia Microeconomia Profª. Larisse Kupski

IFSC Câmpus Lages Economia Microeconomia Profª. Larisse Kupski IFSC Câmpus Lages Economia Microeconomia Profª. Larisse Kupski Fundamentos microeconomia A Microeconomia, ou Teoria de Preços, é a parte da teoria econômica que estuda o comportamento das famílias e das

Leia mais

Capítulo 5 Elasticidade e sua Aplicação

Capítulo 5 Elasticidade e sua Aplicação Capítulo 5 Elasticidade e sua Aplicação Lista de Exercícios: 1. Quando se estuda como determinado evento ou política afeta o mercado, a elasticidade fornece informações quanto: a. aos efeitos da equidade

Leia mais

INTRODUÇÃO À ECONOMIA

INTRODUÇÃO À ECONOMIA INTRODUÇÃO À ECONOMIA Capítulo I ESCASSEZ A escassez ocorre porque os desejos humanos excedem as quantidades de produção possíveis com período e recursos disponíveis, porém limitados. ESCASSEZ A escassez

Leia mais

Elasticidade Preço da Demanda

Elasticidade Preço da Demanda Elasticidade Preço da Demanda. Elasticidade Preço da Demanda Sabemos que se o preço do bem aumenta, a procura por esse bem diminui. A elasticidade irá mostrar a intensidade dessa relação aumento de preço

Leia mais