ÁGORA Revista Eletrônica Ano VII nº 14 Junho de P

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "ÁGORA Revista Eletrônica Ano VII nº 14 Junho de P"

Transcrição

1 ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA BRASILEIRA: RELAÇÕES DE DIREITO E PRINCÍPIOS ADMINISTRATIVOS Rodrigo Janoni Carvalho 1 O Direito Administrativo é o ramo do Direito Público que disciplina a função administrativa e os órgãos que a exercem. Representa o conjunto harmônico de princípios jurídicos que regem os órgãos, os agentes e as atividades públicas tendentes a realizar concreta, direta e imediatamente os fins desejados pelo Estado. É característica marcante do direito público a desigualdade nas relações jurídicas por ele regidas, tendo em conta a prevalência dos interesses públicos sobre os interesses privados. Como exemplo, são possíveis as medidas como a desapropriação de um imóvel privado para a construção de uma estrada. A Constituição assegura o direito de propriedade, mas faculta ao Poder Público efetuar desapropriações, desde que o proprietário receba justa e prévia indenização. Definição: o conjunto de regras e princípios aplicáveis à estruturação e ao funcionamento das pessoas e órgãos integrantes da administração pública, às relações entre esta e seus agentes, ao exercício da função administrativa, especialmente às relações com os administrados, e à gestão dos bens públicos, tendo em conta a finalidade geral de bem atender ao interesse público. Fontes: não se encontra codificado, sendo norteado por quatro fontes principais: a lei, a jurisprudência, a doutrina e os costumes. Princípios: não há hierarquia entre os princípios (expressos ou não), visto que tais diretrizes devem ser aplicadas de forma harmoniosa. Assim, a aplicação de um princípio não exclui a aplicação de outro. 1 Especialista em Gestão e Políticas Públicas. Bacharel e Licenciado em História pela Universidade Federal de Uberlândia/MG. F,:

2 CF, Art. 37. A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência. 2 I. Princípios Expressos (Previstos em Lei) a) Legalidade Na Administração Pública não há liberdade nem vontade pessoal. Enquanto na administração particular é lícito fazer o que a lei não proíbe, na Administração Pública só é permitido fazer o que a lei autoriza. A lei para o particular significa pode fazer assim : para o administrador significa deve fazer assim. O princípio da legalidade representa a consagração da ideia de que a Administração Pública só poderá ser exercida em conformidade com a lei, sendo a atividade administrativa, consequentemente, sublegal ou infralegal, devendo restringir-se à expedição de comandos que assegurem a fiel execução da lei. A Administração Pública, além de não poder atuar contra a lei (contra legem) ou além da lei (praeter legem), só poderá atuar segundo a lei (secundum legem). Os atos que não respeitem às disposições legais deverão ser invalidados pelo Poder Judiciário ou pela própria Administração Pública. b) Impessoalidade Na sua formulação tradicional, o princípio da impessoalidade se confunde com o princípio da finalidade da atuação administrativa. De acordo com este, há somente um fim a ser perseguido pela Administração: o interesse público. A impessoalidade da atuação administrativa impede que um ato seja praticado visando a interesses do agente ou de terceiros. Impede também perseguições, favorecimentos ou descriminações. CF, art. 37, 1º A publicidade dos atos, programas, obras, serviços e campanhas dos órgãos públicos deverá ter caráter educativo, informativo ou de orientação social, dela não podendo constar nomes, símbolos ou imagens que caracterizem promoção pessoal de autoridades ou servidores públicos. 3 2 BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil: promulgada em 5 de outubro de Contém as emendas constitucionais posteriores. Brasília, DF: Senado, Idem, ibidem. F,:

3 Isso quer dizer que, se o prefeito de determinada cidade faz uma obra, ele não pode divulgar que a obra foi executada pelo prefeito X, mas sim que a obra foi realizada pela Prefeitura do Município Y. c) Moralidade Tal princípio é mais do que a moralidade ligada a bons costumes. A conduta do administrador deve ser toda pautada em bons costumes, em uma conduta justa e ética. Mas tal princípio da moralidade tem proporções jurídicas, ou seja, não basta que a conduta do administrador seja legal, pois também deverá ser honesta, acima de tudo. A moralidade administrativa constitui pressuposto de validade de todo ato da Administração Pública, sendo que o ato administrativo não terá que obedecer somente à lei jurídica, mas também à lei ética da própria instituição, pois nem tudo que é legal é honesto; a moral administrativa é imposta ao agente público para sua conduta interna, segundo as exigências da instituição a que serve e a finalidade de sua ação: o bem comum. d) Publicidade Está relacionado com a transparência da Administração Pública. A publicidade dos atos da administração deve ser ampla. Em princípio, todo ato administrativo deve ser publicado, só se admitindo o sigilo nos casos de segurança nacional, investigações policiais ou interesse superior da administração, em processo previamente declarado sigiloso. A publicidade não é elemento formativo do ato, mas é requisito de eficácia e moralidade. O princípio da publicidade dos atos e contratos administrativos, além de assegurar seus efeitos externos, visa a propiciar seu conhecimento e controle pelos interessados diretos e pelo povo em geral. Os atos internos da Administração Pública não necessitam de publicação no Diário Oficial, mas, apenas, aqueles que produzem efeitos externos. Por fim, não há que se confundir a publicidade dos atos administrativos, com a respectiva publicação. Veremos que no caso de licitação na modalidade convite, não é necessária a publicação da carta-convite, no Diário Oficial, porém deve ser dada a respectiva publicidade da mesma, através de sua afixação no mural da repartição, por exemplo. Assim, a publicação no Diário Oficial é dispensável em alguns atos, porém, a publicidade não. F,:

4 e) Eficiência É aquele que impõe a todo agente público a obrigação de realizar suas atribuições com presteza, perfeição e rendimento funcional. Administrador eficiente é aquele que sempre procura praticar os seus atos com economicidade, procurando sempre atingir o melhor custo benefício à Administração. A Emenda Constitucional 19/98 foi responsável pela introdução de tal princípio no Texto Constitucional. Consequentemente, várias passagens da nossa Carta Magna sofreram influências de tal princípio. Uma das principais seria a necessidade de aprovação em Avaliação Especial de Desempenho como condição para aquisição da estabilidade. Após a EC 19/98, a estabilidade não é mais automática, após o decurso do prazo fixado de 3 anos (ampliado de 2 para 3 anos, após a referida Emenda Constitucional). II. Princípios Implícitos ou Reconhecidos a) Supremacia do Interesse Público sobre o Particular Apesar de não encontrar previsão expressa no Texto Constitucional, tal princípio é decorrência do regime democrático e do sistema representativo. Através dele, presume-se que a atuação do Estado tenha por finalidade o interesse público. Sempre que o Estado estiver presente na relação jurídica, como representante da sociedade, seus interesses prevalecerão sobre os interesses particulares, visto que o Estado defende o bem comum. Tal princípio marca uma relação de verticalidade existente entre o Estado e os particulares. b) Indisponibilidade do Interesse Público Os bens e interesses públicos são indisponíveis, ou seja, não pertencem à Administração ou a seus agentes, cabendo aos mesmos somente sua gestão em prol da coletividade. Veda ao administrador quaisquer atos que impliquem renúncia de direitos da Administração ou que, injustificadamente, onerem a sociedade. c) Motivação F,:

5 Motivação é a exposição dos motivos que determinaram a prática do ato; é a exteriorização dos motivos que originaram a prática do ato. Formalmente, definimos motivação como sendo a exposição da situação de fato ou de direito que autoriza ou determina a prática do ato administrativo. Todos os atos administrativos válidos possuem um motivo, porém, a motivação não será obrigatória quando a lei dispensar ou se a natureza do ato for com ela compatível. Nesses casos, o motivo não será expresso pela Administração, ou seja, embora o motivo exista, não haverá motivação do ato. d) Continuidade do Serviço Público Os serviços públicos por serem prestados no interesse da coletividade devem ser adequados e seu fornecimento não deve sofrer interrupções. A Lei 8.987/95 (estabelece normas gerais sobre as concessões e permissões de serviço público) estabelece em seu art. 6º que serviço público adequado é aquele que atende a alguns requisitos, dentre eles, o da continuidade. Porém, devemos ressaltar que isto não se aplicará às interrupções por situações de emergência ou após aviso prévio nos casos de segurança, ordem técnica ou inadimplência do usuário. A única situação em que pode haver interrupção na prestação do serviço, sem aviso prévio ao usuário e que não caracteriza descontinuidade é em caso de emergência. e) Probidade Administrativa A conduta do administrador público deve ser honesta, pautada na boa conduta e na boa-fé. Ganhou status constitucional com a atual Constituição de O art. 37, 4º traz as consequências de um ato de improbidade administrativa e o art. 85, V, dispõe que é crime de responsabilidade do Presidente da República a prática de atos que atentem contra a probidade administrativa. A improbidade administrativa é regulamentada pela Lei 8.428/92. F,:

6 f) Autotutela Decorre do princípio da legalidade. Por esse princípio a Administração pode controlar seus próprios atos, anulando os ilegais (controle de legalidade) e revogando os inconvenientes ou inoportunos (controle de mérito). De forma sucinta, é o princípio que autoriza que a Administração Pública revise os seus atos e conserte os seus erros. g) Razoabilidade e da Proporcionalidade São tidos como princípios gerais de Direito, aplicáveis a praticamente todos os ramos da ciência jurídica. No âmbito do Direito Administrativo encontram aplicação especialmente no que concerne à prática de atos administrativos que impliquem restrição ou condicionamento a direitos dos administrados ou imposição de sanções administrativas. Funcionam como os maiores limitadores impostos à liberdade de atuação do administrador público. Trata-se da aferição da adequação da conduta escolhida pelo agente público à finalidade que a lei expressa. Visa sempre analisar se a conduta do agente público foi razoável e se os fins atingidos foram proporcionais a determinado caso em concreto. h) Segurança Jurídica O ordenamento jurídico vigente garante que a Administração deve interpretar a norma administrativa da forma que melhor garanta o atendimento do fim público a que se dirige, vedada aplicação retroativa de nova interpretação. O princípio da segurança jurídica não veda que a Administração mude a interpretação dada anteriormente sobre determinada norma administrativa, porém, veda que a Administração aplique retroativamente essa nova interpretação. Por força de tal princípio, por exemplo, veremos que a Administração Pública terá um prazo decadencial de 5 anos para anular atos administrativos que beneficiem os seus destinatários, salvo se comprovada a má-fé do administrador público. III. Regime Jurídico Administrativo É o conjunto das prerrogativas e restrições a que está sujeita a Administração e que não são encontradas nas relações entre particulares. Tal expressão abrange o conjunto de regras que tipificam F,:

7 o Direito Administrativo, colocando a Administração Pública numa posição de supremacia em relação aos particulares, demonstrando o desequilíbrio na relação jurídica existente, característica dos diversos ramos do Direito Público. Segundo Maria Sylvia Di Pietro, o regime jurídico administrativo pauta-se em dois princípios básicos: a legalidade e a supremacia do interesse público sobre o particular. Para assegurar-se a liberdade, sujeita-se a Administração Pública à observância da lei; é a aplicação, ao direito público, do princípio da legalidade. Para assegurar-se a autoridade da Administração Pública, necessária à consecução de seus fins, são-lhe outorgados prerrogativas e privilégios que lhe permitem assegurar a supremacia do interesse público sobre o particular. Já para Celso Antônio Bandeira de Mello, acompanhado da doutrina majoritária, o estudo do regime jurídico administrativo se delineia em função da consagração de dois princípios: supremacia de interesse público sobre o particular e a indisponibilidade, pela Administração Pública, dos interesses públicos. O autor afirma que Em suma, o necessário parece-nos é encarecer que na administração os bens e os interesses não se acham entregues à livre disposição da vontade do administrador. Antes, para este, coloca-se a obrigação, o dever de curá-los nos termos da finalidade a que estão adstritos. É a ordem legal que dispõe sobre ela. 4 Em suma... Princípios Embasadores do Regime Jurídico Administrativo: Maria Sylvia Di Pietro legalidade e supremacia do interesse público sobre o particular. Celso Antônio Bandeira de Mello supremacia do interesse público sobre o particular e indisponibilidade, pela Administração Pública, dos interesses públicos. BIBLIOGRAFIA ALEXANDRINO, Marcelo e PAULO, Vicente. Direito Administrativo Descomplicado. São Paulo: Método, BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil: promulgada em 5 de outubro de Contém as emendas constitucionais posteriores. Brasília, DF: Senado, MEIRELLES, Hely Lopes. Direito Administrativo Brasileiro. São Paulo: Malheiros Editores, MELLO, Celso Antônio Bandeira De. Curso de Direito Administrativo. São Paulo: Malheiros Editores, PIETRO, Maria Sylvia Zanella Di. Direito Administrativo. São Paulo: Editora Atlas, MELLO, Celso Antônio Bandeira De. Curso de Direito Administrativo. São Paulo: Malheiros Editores, F,:

Programa de Consolidação da Aprendizagem - Encontro 05 - Prof. Renato Fenili

Programa de Consolidação da Aprendizagem - Encontro 05 - Prof. Renato Fenili Programa de Consolidação da Aprendizagem - Encontro 05 - Prof. Renato Fenili I. CONCEITO DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA I. CONCEITOS DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA A Administração (Pública) é o aparelhamento do Estado

Leia mais

Direito Administrativo

Direito Administrativo Direito Administrativo Princípios constitucionais da Administração Pública Professora Tatiana Marcello www.acasadoconcurseiro.com.br Direito Administrativo PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS DA ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Direito Administrativo

Direito Administrativo Direito Administrativo Conceito, Objeto e Fontes do Direito Administrativo Professora Tatiana Marcello www.acasadoconcurseiro.com.br Direito Administrativo CONCEITO, OBJETO E FONTES DO DIREITO ADMINISTRATIVO

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br O Direito Administrativo e o Princípio da Supremacia do Interesse Público sobre o Interesse Privado Fernanda Yasue Kinoshita* sábado, 3 de junho de 2006, 09:56h. 1 Conceito Segundo

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO I. A Função do Estado. Origem do Direito Administrativo. O Regime Jurídicoadministrativo. Princípios Constitucionais do Direito Administrativo... 02 II. Administração Pública...

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO 01 - PRINCÍPIOS. Prof. Dra. Nara Suzana Stainr Pires

DIREITO ADMINISTRATIVO 01 - PRINCÍPIOS. Prof. Dra. Nara Suzana Stainr Pires DIREITO ADMINISTRATIVO 01 - PRINCÍPIOS Prof. Dra. Nara Suzana Stainr Pires Regras que funcionam como parâmetros para a interpretação das demais normas jurídicas NORTEADORES/ORIENTADORES NÃO IMPÕEM UMA

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO. Ricardo Alexandre

DIREITO ADMINISTRATIVO. Ricardo Alexandre DIREITO ADMINISTRATIVO Ricardo Alexandre PREPARATÓRIO TCE-SP Para estudar os Princípios da Administração Pública é preciso recordar o Ordenamento Jurídico Brasileiro, que é composto por um conjunto de

Leia mais

Direito Administrativo

Direito Administrativo Direito Administrativo Revisão - Regime Jurídico Administrativo - Questões (10) José Carlos Machado Júnior josecarlosmachadojunior@gmail.com 1. Estado 2. Nação 3. Federação 4. Constituição 5. Regime Jurídico

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO

DIREITO ADMINISTRATIVO AULA 02: PRINCÍPIOS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Professor Thiago Gomes ACHADO NÃO É ROUBADO? 1. CONCEITO Conceito de Princípio Princípios da Administração Pública Constitucionais Art. 37, caput, CF A administração

Leia mais

PRINCÍPIOS DA ADMINISTRAÇÃO: Paula Freire 2012

PRINCÍPIOS DA ADMINISTRAÇÃO: Paula Freire 2012 PRINCÍPIOS DA ADMINISTRAÇÃO: Paula Freire 2012 PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS Legalidade; Impessoalidade; Moralidade; Publicidade; Eficiência. ART. 37, CAPUT, CF/88: Art. 37. A administração pública direta

Leia mais

IUS RESUMOS. Noções introdutórias de Direito Administrativo e Regime Jurídico da Administração. Organizado por: Elaine Cristina Ferreira Gomes

IUS RESUMOS. Noções introdutórias de Direito Administrativo e Regime Jurídico da Administração. Organizado por: Elaine Cristina Ferreira Gomes Noções introdutórias de Direito Administrativo e Regime Jurídico da Administração Organizado por: Elaine Cristina Ferreira Gomes SUMÁRIO I NOÇÕES INTRODUTÓRIAS DE DIREITO ADMINISTRATIVO E REGIME JURÍDICO

Leia mais

PRINCÍPIO DA LEGALIDADE NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. DIREITO ADMINISTRATIVO.

PRINCÍPIO DA LEGALIDADE NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. DIREITO ADMINISTRATIVO. PRINCÍPIO DA LEGALIDADE NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. DIREITO ADMINISTRATIVO. Daniel Rodrigues de Oliveira, graduando no 6º período do curso de direito da Faculdade de Administração e Negócios de Sergipe,

Leia mais

NOÇÕES BÁSICAS SOBRE OS PRINCÍPIOS REGENTES DA ATIVIDADE DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. Everaldo Rocha Bezerra Costa Procuradoria Federal junto à UFG

NOÇÕES BÁSICAS SOBRE OS PRINCÍPIOS REGENTES DA ATIVIDADE DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. Everaldo Rocha Bezerra Costa Procuradoria Federal junto à UFG NOÇÕES BÁSICAS SOBRE OS PRINCÍPIOS REGENTES DA ATIVIDADE DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Everaldo Rocha Bezerra Costa Procuradoria Federal junto à UFG I INTRODUÇÃO II PRINCÍPIOS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA A administração

Leia mais

NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO

NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO 63 QUESTÕES DE PROVAS IBFC POR ASSUNTOS 09 QUESTÕES DE PROVAS DE OUTRAS BANCAS 05 QUESTÕES ELABORADAS PELO EMMENTAL Edição Maio 2017 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É vedada

Leia mais

Princípios da Administração Pública

Princípios da Administração Pública Princípios da Administração Pública Regime Jurídico Administrativo Supraprincípios Supremacia do interesse público Princípios Constitucionais Princípios Infraconstitucionais RAD 2601 Direito Administrativo

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO

DIREITO ADMINISTRATIVO DIREITO ADMINISTRATIVO PROF. MES. BRUNO VARGENS NUNES 1PROFESSOR BRUNO VARGENS CONCEITO Existem vários conceitos para definir o Direito Administrativo. O critério que predomina hoje é o que diz que ele

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ÉTICA

UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ÉTICA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA ÉTICA Prof. Vitor Maciel ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA CONCEITO Todo aparelhamento do estado preordenado à realização de seus serviços, visando à satisfação das necessidades coletivas.

Leia mais

OS PRINCÍPIOS ATRELADOS A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

OS PRINCÍPIOS ATRELADOS A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA 1 OS PRINCÍPIOS ATRELADOS A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA D AGOSTINI, Jhonata Nathan 1 GIRALDI, Franciele Natacha 2 VIEIRA, Tiago Vidal 3 RESUMO Nosso ordenamento jurídico está constantemente influenciado por

Leia mais

VÍTOR ALVES DIREITO ADMINISTRATIVO

VÍTOR ALVES DIREITO ADMINISTRATIVO VÍTOR ALVES DIREITO ADMINISTRATIVO 150 QUESTÕES DE PROVAS DA BANCA ORGANIZADORA DO CONCURSO SEFAZ/MS E DE OUTRAS INSTITUIÇÕES DE MS GABARITADAS. Seleção das Questões: Prof. Vítor Alves Coordenação e Organização:

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO

DIREITO ADMINISTRATIVO DIREITO ADMINISTRATIVO Aula Inaugural -Princípios do Direito Administrativo Profº.. Francisco De Poli de Oliveira OBJETIVOS 1. Conhecer os princípios pios explícitos e implícitos do Direito Administrativo;

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO I. Direito Administrativo e Administração Pública... 002 II. Organização Administrativa do Estado Brasileiro... 007 III. Administração Pública Direta e Indireta... 024 IV. Ato Administrativo...

Leia mais

No que concerne à licitação, ao controle da administração pública e ao regime jurídico administrativo, julgue os itens de 57 a 60.

No que concerne à licitação, ao controle da administração pública e ao regime jurídico administrativo, julgue os itens de 57 a 60. 01 Q360917 Direito Administrativo Regime jurídico administrativo Ano: 2014 Banca: CESPE Órgão: MDICProva: Agente Administrativo BETA No que concerne à licitação, ao controle da administração pública e

Leia mais

Apostila de apoio Direito Administrativo - Site Nota 11

Apostila de apoio Direito Administrativo - Site Nota 11 Apostila de apoio Direito Administrativo - Site Nota 11 Capítulo 01: Conceito, Noções Introdutórias e Princípios do Direito Administrativo O que são as apostilas de apoio do Site Nota 11? Trata-se de um

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Princípios da Licitação de acordo com a Lei n.º 8.666/93 Ane Carolina Novaes* Dispõem o artigo 3º da Lei 8.666 de 21/06/93, que as licitações serão processadas e julgadas na conformidade

Leia mais

NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO I. Princípios de Direito Administrativo... 002 II. Administração Direta e Indireta. Órgãos públicos... 007 III. Ato Administrativo... 015 IV. Poderes e Deveres dos Administradores

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO I. Administração Pública: princípios básicos.... 002 II. Poderes Administrativos: poder hierárquico; poder disciplinar; poder regulamentar; poder de polícia; uso e abuso do poder....

Leia mais

FAPAN FACULDADE DE AGRONEGÓCIO DE PARAÍSO DO NORTE PRINCÍPIOS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

FAPAN FACULDADE DE AGRONEGÓCIO DE PARAÍSO DO NORTE PRINCÍPIOS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA PRINCÍPIOS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA 1. EXPLÍCITOS: 2. IMPLÍCITOS: Art. 37, Caput, CF (EXPLÍCITOS): 1. EXPLÍCITOS: a) Princípio da legalidade ( arts. 5º, II; 37 caput e 84, IV): Ressalvas: Medidas provisórias

Leia mais

Direito Administrativo

Direito Administrativo Direito Administrativo Controle da Administração Pública Professora Tatiana Marcello www.acasadoconcurseiro.com.br Direito Administrativo CONTROLE DA ADMINISTRAÇÃO 1. Conceitos É o poder de fiscalização

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO E ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

DIREITO ADMINISTRATIVO E ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA DIREITO ADMINISTRATIVO E ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Autonomia e controle no setor público Controlar é qualquer ação tomada pela administração pública com o objetivo de atingir metas preestabelecidas. A administração

Leia mais

Princípios da Administração Pública

Princípios da Administração Pública Princípios da Administração Pública PRINCÍPIO DA LEGALIDADE Conceito: Ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de lei (art. 5º, II da CF). O Princípio da legalidade

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO. MARATONA DO PONTO FCC Prof. Luiz Lima

DIREITO ADMINISTRATIVO. MARATONA DO PONTO FCC Prof. Luiz Lima DIREITO ADMINISTRATIVO MARATONA DO PONTO FCC Prof. Luiz Lima MARATONA DO PONTO CESPE Foco na Banca FCC Estudo das Leis e seus principais artigos / atualização jurisprudencial Aulas ao vivo (1h40 min de

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO TEMA: SMA/RJ 2013 FJG/RIO PGM/RJ AUXILIAR PROCURADORIA 01. A característica segundo a qual a Administração Pública e o Contratado não estarão no mesmo plano jurídico já que a Administração

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Licitação João Batista Rios Júnior* 1. O QUE É. Quando a administração pública no uso e gozo de suas atribuições convoca, mediante edital ou convite, empresas empenhadas em apresentar

Leia mais

O PRINCÍPIO CONSTITUCIONAL DA EFICIÊNCIA NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA EM DEFESA DOS DIREITOS DOS CIDADÃOS 1

O PRINCÍPIO CONSTITUCIONAL DA EFICIÊNCIA NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA EM DEFESA DOS DIREITOS DOS CIDADÃOS 1 O PRINCÍPIO CONSTITUCIONAL DA EFICIÊNCIA NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA EM DEFESA DOS DIREITOS DOS CIDADÃOS 1 Cristine Tatiele Homerding 2, Danieli Fernanda Kraemer 3, Marlene Scyzvski 4, Pamela Schmidt 5, Vanessa

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO

DIREITO ADMINISTRATIVO DIREITO ADMINISTRATIVO Conceito José Cretella Jr. Ramo do Direito Público Interno que regula a atividade das pessoas jurídicas públicas e a instituição de meios e órgãos relativos à ação dessas pessoas.

Leia mais

AULA DE DIREITO ADMINISTRATIVO I Profª Lúcia Luz Meyer revisto e atualizado em

AULA DE DIREITO ADMINISTRATIVO I Profª Lúcia Luz Meyer revisto e atualizado em AULA DE DIREITO ADMINISTRATIVO I Profª Lúcia Luz Meyer revisto e atualizado em 02.2010 PONTO 04 REGIME JURÍDICO ADMINISTRATIVO Roteiro de Aula (05 fls) SUMÁRIO: 4.1. Conteúdo do regime jurídico administrativo.

Leia mais

Programa de Consolidação da Aprendizagem - Encontro 05 Resolução de Questões

Programa de Consolidação da Aprendizagem - Encontro 05 Resolução de Questões Programa de Consolidação da Aprendizagem - Encontro 05 Resolução de Questões Prof. Renato Fenili Agosto de 2016 I. CONCEITOS DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA 1. (CESPE / MS / 2010) Conceitua-se administração pública,

Leia mais

PARECER Nº, DE SENADO FEDERAL Gabinete do Senador ALOYSIO NUNES FERREIRA. RELATOR: Senador ALOYSIO NUNES FERREIRA I RELATÓRIO

PARECER Nº, DE SENADO FEDERAL Gabinete do Senador ALOYSIO NUNES FERREIRA. RELATOR: Senador ALOYSIO NUNES FERREIRA I RELATÓRIO PARECER Nº, DE 2015 Da COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO, JUSTIÇA E CIDADANIA, sobre o Projeto de Lei do Senado nº 244, de 2014, que acrescenta incisos ao art. 11 da Lei nº 8.429, de 2 de junho de 1992, para incluir

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais

Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais Código da Disciplina: 2716 Vigência: 1 / 2004 Disciplina: DIREITO ADMINISTRATIVO I Código do Curso: 17 Curso: Direito Unidade: NÚCLEO UNIV BH Turno: NOITE Período: 6 Créditos: 4 Carga Horária TOTAL 60

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br (Artigos) limites do revogar: revogação de ato administrativo e interesse público Sonia Maria Pimentel Lobo * A revogação é modalidade de extinção de ato administrativo que ocorre

Leia mais

28/05/2015 ANA CLÁUDIA CAMPOS ASSUNTOS:

28/05/2015 ANA CLÁUDIA CAMPOS ASSUNTOS: ASSUNTOS: 1. Regime Jurídico-Administrativo. Princípios Básicos da Administração pública. 2. Deveres e Poderes administrativos. 3. Atos Administrativos: conceito; requisitos; atributos; classificação;

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO QUESTÕES DO CESPE

DIREITO ADMINISTRATIVO QUESTÕES DO CESPE DIREITO ADMINISTRATIVO QUESTÕES DO CESPE Prof. João Eudes 1. (CESPE/2009) A administração pública é regida pelo princípio da autotutela, segundo o qual o administrador público está obrigado a denunciar

Leia mais

CURSO DE DIREITO ADMINISTRATIVO Raphael Spyere do Nascimento

CURSO DE DIREITO ADMINISTRATIVO Raphael Spyere do Nascimento Administração Pública 1. (CESPE/TCE-AC/2008) O princípio da legalidade tem por escopo possibilitar ao administrador público fazer o que a lei permitir. No entanto, esse princípio não tem caráter absoluto,

Leia mais

LEI /2011: LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO E A GARANTIA CONSTITUCIONAL DA PUBLICIDADE NOS ATOS ADMINISTRATIVOS

LEI /2011: LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO E A GARANTIA CONSTITUCIONAL DA PUBLICIDADE NOS ATOS ADMINISTRATIVOS LEI 12.527/2011: LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO E A GARANTIA CONSTITUCIONAL DA PUBLICIDADE NOS ATOS ADMINISTRATIVOS Francyelle Yngrid Gurka (frangurka@hotmail.com) Orientador: Prof. Mestre Volney Campos dos

Leia mais

PROVA DAS DISCIPLINAS CORRELATAS DIREITO ADMINISTRATIVO

PROVA DAS DISCIPLINAS CORRELATAS DIREITO ADMINISTRATIVO P á g i n a 1 PROVA DAS DISCIPLINAS CORRELATAS DIREITO ADMINISTRATIVO QUESTÃO 1 - Quanto aos princípios constitucionais da Administração Pública, assinale a alternativa correta. A. O princípio da supremacia

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO

DIREITO ADMINISTRATIVO DIREITO ADMINISTRATIVO 01. Assinale a alternativa incorreta acerca dos princípios constitucionais da Administracao Publica a) A Administração e imprescindível justificar seus atos. b) Ao administrador

Leia mais

O Principio da Publicidade tem seu campo de maior atuação no Administrativo, Assim, José Afonso da Silva 2, diz que:

O Principio da Publicidade tem seu campo de maior atuação no Administrativo, Assim, José Afonso da Silva 2, diz que: Principio da Publicidade. O Presente Trabalho vem elucidar dois princípios da suma importância para o Estado democrático de direito ao qual estamos inseridos, freqüentemente ouvimos falar sobre esses princípios,

Leia mais

ATA - Exercício Direito Administrativo Exercício Giuliano Menezes Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

ATA - Exercício Direito Administrativo Exercício Giuliano Menezes Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. ATA - Exercício Direito Administrativo Exercício Giuliano Menezes 2012 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. ATA - Exercícios Giuliano Menezes 01)Marque V ou F: a) O

Leia mais

03/05/2017 MARIANO BORGES DIREITO ADMINISTRATIVO

03/05/2017 MARIANO BORGES DIREITO ADMINISTRATIVO MARIANO BORGES DIREITO ADMINISTRATIVO 1. O regime jurídico administrativo é composto por inúmeras normativas que conferem unidade ao Direito Administrativo brasileiro. Majoritariamente, a doutrina apresenta

Leia mais

,UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO P L A N O D E E N S I N O

,UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO P L A N O D E E N S I N O ,UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAPÁ PRÓ-REITORIA DE ENSINO DE GRADUAÇÃO P L A N O D E E N S I N O I IDENTIFICAÇÃO Curso: Bacharelado em Administração Disciplina: Direito Administrativo Ano Letivo: 2017 Semestre:

Leia mais

CRONOGRAMA DAS AULAS

CRONOGRAMA DAS AULAS CRONOGRAMA DAS AULAS Curso: DIREITO Departamento: VDI Disciplina: Direito Administrativo I- VDI00033 Carga horária: 60hs Pré-requisitos: Semestre de referência: 2016 1 Dias e horários: terças e quartas,

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO E CONSTITUCIONAL 2014

DIREITO ADMINISTRATIVO E CONSTITUCIONAL 2014 DIREITO ADMINISTRATIVO E CONSTITUCIONAL 2014 51. "José da Silva, Senador da República, discursa na tribuna do Senado defendendo a legalização do aborto para mulheres grávidas que não tenham constituído

Leia mais

42) Quanto aos elementos ou requisitos de validade dos atos administrativos não podemos afirmar:

42) Quanto aos elementos ou requisitos de validade dos atos administrativos não podemos afirmar: Finalmente, hoje, terminaremos os comentários ao simulado da 2ª Feira do Concurso. 41) Analise as situações abaixo e assinale a alternativa correta: I Ronaldo é Auditor Fiscal da Receita Federal aposentado

Leia mais

COMENTÁRIO DAS QUESTÕES DA PROVA PARA AFRE RS BANCA FUNDATEC

COMENTÁRIO DAS QUESTÕES DA PROVA PARA AFRE RS BANCA FUNDATEC COMENTÁRIO DAS QUESTÕES DA PROVA PARA AFRE RS BANCA FUNDATEC DIREITO ADMINISTRATIVO QUESTÃO 32 Os atos administrativos estão sujeitos a um regime jurídico especial, que se traduz pela conjugação de certos

Leia mais

o PRINCÍPIO DA MORALIDADE E

o PRINCÍPIO DA MORALIDADE E o PRINCÍPIO DA MORALIDADE E SEU ÂMBITO DE APLICAÇÃO DANIEL ROCHA DE FARIAS Advogado da União em Brasília Secretaria Geral do Contencioso - SGCT/GAB Sumário: 1. Introdução - 2. Surgimento do Princípio da

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Os princípios norteadores do processo administrativo Marcelle Ferras de Gouveia Granja Introdução Este artigo versará sobre os princípios específicos do processo administrativo previstos

Leia mais

O Projeto Fiscalização do Exercício e da Atividade Profissional (2010/2011) diligenciou no sentido de identificar padrões adotados pelos Regionais em

O Projeto Fiscalização do Exercício e da Atividade Profissional (2010/2011) diligenciou no sentido de identificar padrões adotados pelos Regionais em O Projeto Fiscalização do Exercício e da Atividade Profissional (2010/2011) diligenciou no sentido de identificar padrões adotados pelos Regionais em matéria de fiscalização, para, através de uma análise

Leia mais

STJ SUMÁRIO CAPÍTULO I NOÇÕES INTRODUTÓRIAS

STJ SUMÁRIO CAPÍTULO I NOÇÕES INTRODUTÓRIAS STJ00081433 SUMÁRIO CAPÍTULO I NOÇÕES INTRODUTÓRIAS 1 I. Funções estatais I 2. Conceito e objeto do direito administrativo 2 3. Codificação e fontes do direito administrativo 4 4. Sistemas administrativos:

Leia mais

Objetivos: Dar ao aluno noções gerais sobre o Estado e a ordem social e oferecer-lhe o pleno conhecimento da organização constitucional brasileira.

Objetivos: Dar ao aluno noções gerais sobre o Estado e a ordem social e oferecer-lhe o pleno conhecimento da organização constitucional brasileira. DISCIPLINA: CONSTITUCIONAL I CARGA HORÁRIA TOTAL: 60 CRÉDITOS: 04 CÓDIGO: DIR 02-07411 Dar ao aluno noções gerais sobre o Estado e a ordem social e oferecer-lhe o pleno conhecimento da organização constitucional

Leia mais

Direito Administrativo Princípios da Administração. Professor: Leonardo Torres.

Direito Administrativo Princípios da Administração. Professor: Leonardo Torres. Professor: Leonardo Torres. Professor Leonardo Torres. www.aprovaconcursos.com.br Página 1 de 12 Advogado, especialista em Direito Público, professor de Direito Administrativo dos principais cursos preparatórios

Leia mais

HABEAS CORPUS NAS TRANSGRESSÕES DISCIPLINARES MILITARES

HABEAS CORPUS NAS TRANSGRESSÕES DISCIPLINARES MILITARES HABEAS CORPUS NAS TRANSGRESSÕES DISCIPLINARES MILITARES Autor: TC Alexandre CARVALHO de Araújo Credenciais: - Curso de Direção para Engenheiros-Militares (ECEME, 2006); - Graduação em Direito (UERJ, 2000);

Leia mais

Terceiro Setor e o Direito Administrativo

Terceiro Setor e o Direito Administrativo Terceiro Setor e o Direito Administrativo Ponto n. 8 - Controle Administrativo: controle interno PROFESSOR DR. GUSTAVO JUSTINO DE OLIVEIRA Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP) São Paulo

Leia mais

A Lei do Colarinho Branco no âmbito das licitações públicas

A Lei do Colarinho Branco no âmbito das licitações públicas BuscaLegis.ccj.ufsc.Br A Lei do Colarinho Branco no âmbito das licitações públicas Camillo Soubhia Netto* I. Síntese. No ano de 1992, foi promulgada a Lei nº 8.429, para disciplinar a conduta dos agentes

Leia mais

A Importância do Controle Interno na Administração Pública. Leônidas Monteiro Gonçalves Analista de Controle Externo TCE/PA

A Importância do Controle Interno na Administração Pública. Leônidas Monteiro Gonçalves Analista de Controle Externo TCE/PA A Importância do Controle Interno na Administração Pública Leônidas Monteiro Gonçalves Analista de Controle Externo TCE/PA A importância do Controle Interno na Administração Pública Fins do Estado - Satisfação

Leia mais

SERVIÇOS PÚBLICOS CONCEITO

SERVIÇOS PÚBLICOS CONCEITO SERVIÇOS PÚBLICOS CONCEITO A CONSTITUIÇÃO FEDERAL DISPÕE EXPRESSAMENTE QUE INCUMBE AO PODER PÚBLICO A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS PÚBLICOS. DESTARTE, NÃO É TAREFA FÁCIL DEFINIR O SERVIÇO PÚBLICO, POIS SUA NOÇÃO

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Os meios de controle da Administração Pública: considerações Marinete Dresch de Moraes* A Administração Pública, visando atender as necessidades sociais e buscando a realização do

Leia mais

Nota, xi Nota à 9a edição, xiii

Nota, xi Nota à 9a edição, xiii Nota, xi Nota à 9a edição, xiii 1 Direito Administrativo, 1 1.1 Introdução ao estudo do Direito Administrativo, 1 1.2 Ramo do direito público, 3 1.3 Conceito de Administração Pública e de Direito Administrativo,

Leia mais

Princípios 1- CONCEITO. 2 - Regime Jurí dico e Teoria da Ponderaça o 3 - PRINCI PIOS

Princípios 1- CONCEITO. 2 - Regime Jurí dico e Teoria da Ponderaça o 3 - PRINCI PIOS 1- CONCEITO Na lição de José dos Santos Carvalho Filho, Princípios Administrativos são os postulados fundamentais que inspiram todo o modo de agir da Administração Pública. Representam os pilares pré-normativos,

Leia mais

Organização da Aula 2. Gestão do Orçamento Público. Aula 2. Contextualização

Organização da Aula 2. Gestão do Orçamento Público. Aula 2. Contextualização Organização da Aula 2 Gestão do Orçamento Público Aula 2 Base legal e orçamento público Princípios Constitucionais; Legislação e instrumentos legais de planejamento público orçamentário. Prof. Nivaldo

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001. Endereço: Rua Juracy Magalhães,

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ARAÇOIABA DA SERRA

PREFEITURA MUNICIPAL DE ARAÇOIABA DA SERRA DECRETO Nº. 1491, DE 10 DE JANEIRO DE 2013. Institui a Mesa Permanente de Negociação com os Servidores Municipais - MESA e dá outras providências.. MARA LÚCIA FERREIRA DE MELO, Prefeita Municipal da Cidade

Leia mais

Capítulo 1 - Elementos do Direito Administrativo

Capítulo 1 - Elementos do Direito Administrativo Sumário Capítulo 1 - Elementos do Direito Administrativo 1.1. O Direito Administrativo 1 1.1.1. Histórico e fontes 1 1.1.2. Conceito 6 1.1.3. A função administrativa 8 1.2. Regime Jurídico-Administrativo

Leia mais

EXERCÍCIOS SOBRE NOÇOES INTRODUTÓRIAS E PRINCIPIOS DO DIREITO ADMINISTRATIVO.

EXERCÍCIOS SOBRE NOÇOES INTRODUTÓRIAS E PRINCIPIOS DO DIREITO ADMINISTRATIVO. EXERCÍCIOS SOBRE NOÇOES INTRODUTÓRIAS E PRINCIPIOS DO DIREITO ADMINISTRATIVO. QUESTOES SUBJETIVAS 1 Qual a importância da jurisdição única (sistema inglês) no sistema brasileiro? Explique. 2 Conceitue

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO TJ - PE. Prof. Luiz Lima

DIREITO ADMINISTRATIVO TJ - PE. Prof. Luiz Lima DIREITO ADMINISTRATIVO TJ - PE Prof. Luiz Lima PODERES DA ADMINISTRAÇÃO Conceito: conjunto de prerrogativas de direito público que a ordem jurídica confere aos agentes administrativos para o fim de permitir

Leia mais

Direito Administrativo Vinícius Soares EXERCÍCIOS

Direito Administrativo Vinícius Soares EXERCÍCIOS EXERCÍCIOS 01 (CESPE 2014 CAIXA) Em relação à organização administrativa do estado brasileiro e aos princípios administrativos, julgue os itens a seguir Dado o princípio da legalidade, os agentes públicos

Leia mais

Direito Administrativo. Estado, Governo e Adm. Pública

Direito Administrativo. Estado, Governo e Adm. Pública Direito Administrativo AULA 01 Estado, Governo e Adm. Pública Conceitos Estado É uma estrutura política e organizacional que se sobrepõe à sociedade, ao mesmo tempo que dela faz parte. Governo - É o conjunto

Leia mais

Tropa de Elite Polícia Militar Direito Constitucional Da Administração Pública Cristiano Lopes

Tropa de Elite Polícia Militar Direito Constitucional Da Administração Pública Cristiano Lopes Tropa de Elite Polícia Militar Direito Constitucional Da Administração Pública Cristiano Lopes 2012 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Prof.

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO MESTRADO

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO MESTRADO UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO PÓS-GRADUAÇÃO EM DIREITO MESTRADO JURISDICIZAÇÃO DA DISCRICIONARIEDADE ADMINISTRATIVA: VALORAÇÃO PRINCIPIOLÓGICA CONSTITUCIONAL DA ATUAÇÃO DISCRICIONÁRIA DA ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Regime jurídico administrativo

Regime jurídico administrativo Direito Administrativo Lista de Exercícios Regime Jurídico Administrativo 1. Com relação aos princípios que fundamentam a administração pública, assinale a opção correta. a) A publicidade marca o início

Leia mais

BASES CONCEITUAIS - SISTEMA DE NEGOCIAÇÃO PERMANENTE da Administração Pública Federal - SINP/FEDERAL

BASES CONCEITUAIS - SISTEMA DE NEGOCIAÇÃO PERMANENTE da Administração Pública Federal - SINP/FEDERAL BASES CONCEITUAIS - SISTEMA DE NEGOCIAÇÃO PERMANENTE da Administração Pública Federal - SINP/FEDERAL 1- As bases conceituais do Sistema de Negociação Permanente da Administração Pública Federal - SINP/FEDERAL

Leia mais

Estado, governo e administração pública: conceitos, elementos, poderes, organização, natureza, fins e princípios

Estado, governo e administração pública: conceitos, elementos, poderes, organização, natureza, fins e princípios Estado, governo e administração pública: conceitos, elementos, poderes, organização, natureza, fins e princípios O conceito de Direito Administrativo pode ser elaborado de várias maneiras distintas, dependendo

Leia mais

Prof. Dr. Vander Ferreira de Andrade

Prof. Dr. Vander Ferreira de Andrade Prof. Dr. Vander Ferreira de Andrade Organização Estatal Vedação aos entes federativos: I - estabelecer cultos religiosos ou igrejas, subvencioná-los, embaraçar-lhes o funcionamento ou manter com eles

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001. Endereço: Rua Juracy Magalhães,

Leia mais

Conceito: conjunto de regras e princípios que visam reger os agentes, os órgãos e as atividades

Conceito: conjunto de regras e princípios que visam reger os agentes, os órgãos e as atividades DIREITO ADMINISTRATIVO: Conceito: conjunto de regras e princípios que visam reger os agentes, os órgãos e as atividades administrativas, tendentes a realizar os fins desejados pelo Estado. Fontes: 1ª Lei;

Leia mais

SUMÁRIO. 3 PODERES DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Poder-dever... 57

SUMÁRIO. 3 PODERES DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Poder-dever... 57 SUMÁRIO 1 DIREITO ADMINISTRATIVO... 15 1.1 Introdução ao estudo do Direito Administrativo... 15 1.2 Ramo do direito público... 17 1.3 Conceito de Administração Pública e de Direito Administrativo... 19

Leia mais

AULÃO AO VIVO PC-GO. Prof. Rodrigo Cardoso

AULÃO AO VIVO PC-GO. Prof. Rodrigo Cardoso AULÃO AO VIVO PC-GO Prof. Rodrigo Cardoso 1 (CESPE 2016/PC-PE/AGENTE DE POLÍCIA) Considerando as fontes do direito administrativo como sendo aquelas regras ou aqueles comportamentos que provocam o surgimento

Leia mais

ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA BRASILEIRA

ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA BRASILEIRA ORGANIZAÇÃO ADMINISTRATIVA BRASILEIRA ASSUNTO: A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA BRASILEIRA OBJETIVOS: APRESENTAR A BASE DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA BRASILEIRA; APRESENTAR OS PRINCÍPIOS QUE NORTEIAM A ADM PUB; IDENTIFICAR

Leia mais

Atos Administrativos e sua Invalidação 1. ATRIBUTOS DO ATO ADMINISTRATIVO

Atos Administrativos e sua Invalidação 1. ATRIBUTOS DO ATO ADMINISTRATIVO Atos Administrativos e sua Invalidação 1. ATRIBUTOS DO ATO ADMINISTRATIVO Atributos são prerrogativas que existem por conta dos interesses que a Administração representa, são as qualidades que permitem

Leia mais

PARECER JURIDICO DO RELATÓRIO FUNDAMENTOS JURÍDICOS

PARECER JURIDICO DO RELATÓRIO FUNDAMENTOS JURÍDICOS PARECER JURIDICO Contratante : PREFEITURA MUNICIPAL DE RIO BONITO-RJ Interessado : COMISSÃO GERAL DE CONCURSOS PÚBLICOS DO I.C. Assunto : Participação do gestor do contrato no concurso público. DO RELATÓRIO

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO. Prof. Luiz Antonio Lima

DIREITO ADMINISTRATIVO. Prof. Luiz Antonio Lima DIREITO ADMINISTRATIVO Prof. Luiz Antonio Lima Atos discricionários e atos vinculados: - Conceito de ato vinculado: Ato vinculado é aquele que possui expressamente em lei todos os elementos já preenchidos

Leia mais

OS PRINCÍPIOS DA RAZOABILIDADE E DA PROPORCIONALIDADE COMO VALORES QUE ENSEJAM O CONTROLE DA DISCRICIONARIEDADE NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

OS PRINCÍPIOS DA RAZOABILIDADE E DA PROPORCIONALIDADE COMO VALORES QUE ENSEJAM O CONTROLE DA DISCRICIONARIEDADE NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA 1 OS PRINCÍPIOS DA RAZOABILIDADE E DA PROPORCIONALIDADE COMO VALORES QUE ENSEJAM O CONTROLE DA DISCRICIONARIEDADE NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Cynthia Alves Rodrigues Centro Universitário da Fundação Educacional

Leia mais

ATOS ADMINISTRATIVOS

ATOS ADMINISTRATIVOS Os Fatos Jurídicos Administrativos são acontecimentos que produzem efeitos na área jurídica do direito administrativo. Os ATOS ADMINISTRATIVOS são manifestações de vontade que geram consequências jurídicas,

Leia mais

CONCURSO PÚBLICO 571 PROCURADOR MUNICIPAL EDITAL 37 ANEXO III

CONCURSO PÚBLICO 571 PROCURADOR MUNICIPAL EDITAL 37 ANEXO III CONCURSO PÚBLICO 571 PROCURADOR MUNICIPAL EDITAL 37 ANEXO III 1. Pontos para a Prova Oral. DIREITO CONSTITUCIONAL TEORIA 1. Noções de Teoria da Constituição e do Direito Constitucional. Objeto. Métodos.

Leia mais

PRINCÍPIOS DO DIREITO DO TRABALHO

PRINCÍPIOS DO DIREITO DO TRABALHO PRINCÍPIOS DO DIREITO DO TRABALHO CONCEITO E FINALIDADE Os princípios do Direito do Trabalho são as ideias fundamentais e informadoras do ordenamento jurídico trabalhista. São o alicerce cientifico, as

Leia mais

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE RONDÔNIA

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE RONDÔNIA INQUÉRITO CIVIL PÚBLICO Portaria nº 08/2014 Parquet Web n. 2014001010026297 DEFESA DA PROBIDADE EMENTA: INQUÉRITO CIVIL PÚBLICO. ATUAÇÃO EXTRAJUDICIAL DO PARQUET. OBJETIVO DEFESA DA PROBIDADE. POSSÍVEL

Leia mais

COMANDO-GERAL DESPACHO EM REQUERIMENTO N /14 - DRH-5

COMANDO-GERAL DESPACHO EM REQUERIMENTO N /14 - DRH-5 COMANDO-GERAL DESPACHO EM REQUERIMENTO N. 5.305/14 - DRH-5 O CORONEL BM COMANDANTE GERAL, no uso de suas atribuições regulamentares e o requerimento do candidato Marcus Vinícyus Faria de Miranda, RESOLVE:

Leia mais

I - O ESTADO, A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, O DIREITO ADMINISTRATIVO E O REGIME JURÍDICO- ADMINISTRATIVO

I - O ESTADO, A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, O DIREITO ADMINISTRATIVO E O REGIME JURÍDICO- ADMINISTRATIVO Direito Administrativo Sumário Capítulo I - O ESTADO, A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, O DIREITO ADMINISTRATIVO E O REGIME JURÍDICO- ADMINISTRATIVO 1. Estado: conceito, evolução e transformações... 17 2. Administração

Leia mais

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação.

Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação. PLANO DE CURSO - 2010/01 Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e / ou da Coordenação. DISCIPLINA: DIREITO ADMINISTRATIVO I PROFESSOR: ELVIO FERREIRA SARTÓRIO TURMA: 6EN UNIDADES

Leia mais

PARECER: 02/2015 ASSESSORIA JURIDICA Requerente: Mesa Diretora da Câmara Municipal de Rafael Godeiro.

PARECER: 02/2015 ASSESSORIA JURIDICA Requerente: Mesa Diretora da Câmara Municipal de Rafael Godeiro. PARECER: 02/2015 ASSESSORIA JURIDICA Requerente: Mesa Diretora da Câmara Municipal de Rafael Godeiro. ASSUNTO: Contratação de Servidores Temporários para Atender as Necessidades da Administração Municipal.

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Ação Civil Pública para tutela ambiental Analisa os apectos atuais da Ação Civil Pública com base na Lei n. 7.437/85 no âmbito da tutela ambiental. Cláudia Melina Kamaroski Mundstoch

Leia mais