BuscaLegis.ccj.ufsc.br

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "BuscaLegis.ccj.ufsc.br"

Transcrição

1 BuscaLegis.ccj.ufsc.br O Direito Administrativo e o Princípio da Supremacia do Interesse Público sobre o Interesse Privado Fernanda Yasue Kinoshita* sábado, 3 de junho de 2006, 09:56h. 1 Conceito Segundo Marçal Justen Filho "o direito administrativo é o conjunto das normas jurídicas de direito público que disciplinam as atividades administrativas necessárias à realização dos direitos fundamentais e a organização e o funcionamento das estruturas estatais e não estatais encarregadas de seu desempenho". Referidas normas jurídicas que se extraem do conceito acima mencionado se componham de regras e princípios, sendo diferenciados de acordo com suas atuações, ou seja, as primeiras correspondem a uma solução determinada sobre como as pessoas devem agir, e os segundos - os quais serão tratados com mais afincos -, correspondem aos valores jurídicos genéricos que não fornecem direta ou imediatamente a disciplina sobre a atuação dos sujeitos. Desta maneira, ao que se refere aos princípios, segundo Jose dos Santos Carvalho Filho, os mesmos "são os postulados fundamentais que inspiram todo o modo de agir da administração publica", ou ainda, são aqueles que "constituem os fundamentos da validade da ação administrativa, ou, por outras palavras, os sustentáculos da atividade pública". Assim, é necessário observar à importância dos princípios no direito administrativo que disciplinam as atividades administrativas, como se verifica no conceito de Hely Lopes Meirelles que ao definir o direito administrativo, refere-se apenas aos princípios, sem ao

2 menos fazer alusão às regras jurídicas, veremos: "o direito administrativo é o conjunto harmônico de princípios jurídicos que regem os órgãos, os agentes e as atividades administrativas, tendentes a realizar concreta, direta e imediatamente os fins desejados pelo Estado". Vale destacar que em concepção prevalente na doutrina, conforme diz Marçal Justen Filho, "o regime jurídico de direito publico, que preside o direito administrativo, caracteriza-se pela supremacia do interesse publico", o qual passaremos a demonstrar a seguir. 2 Princípios administrativos: Os princípios administrativos que se enquadram em princípios jurídicos referidos por Hely Lopes Meireles, podem ser divididos em duas ordens: os expressos ou gerais e os reconhecidos. Os primeiros são aqueles elencados pela Constituição Federal exatamente no artigo 37, onde os quais se "revelam diretrizes fundamentais da Administração, de modo que só se poderá considerar válida a conduta administrativa se estiver compatível com eles", entre eles destacam-se os princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência. Já os princípios reconhecidos não estão previstos propriamente no ordenamento constitucional, mas também orientam as diretrizes da Administração Publica e tem a mesma relevância que os primeiros, tendo reconhecimento relevante por parte da doutrina e jurisprudência. Entre eles, iremos destacar o principio da supremacia do interesse público. 3 O princípio da supremacia do interesse público sobre o interesse privado: Antes de falarmos propriamente do princípio da supremacia do interesse público, é importante destacar qual o sentido da expressão "interesse público". O interesse público, segundo Celso Antonio Bandeira de Mello, "é uma expressão que se liga aos interesses dos indivíduos, mas que fazem parte de uma coletividade, ou seja, não há desvinculação entre os interesses individuais e coletivos". Para Marçal Justen Filho, "os interesses públicos não coincidem com os interesses do agente, nem do Estado e muitas vezes não vai coincidir com o interesse da maioria das pessoas da coletividade, ou seja, não se pode desvincular com o interesse coletivo, com respeito às garantias fundamentais e direitos". Desta forma, o interesse público é aquele que corresponde a uma proteção da coletividade, prevalecendo sempre ao interesse privado das pessoas, não sendo, portanto, o destinatário do ato da administração apenas um individuo, mas sim o grupo social num todo, buscando desta maneira, o welfare state, ou seja, o Estado do bem estar social.

3 Assim, ao analisarmos a expressão "interesse público", podemos chegar ao princípio da supremacia do interesse público, o qual segundo Maria Sylvia Zanella Di Pietro, pode ser chamado também de "princípio da finalidade pública, onde se está presente tanto no momento da elaboração da lei como no momento da sua execução em concreto pela Administração Publica. Ele inspira o legislador e vincula a autoridade administrativa em toda a sua atuação". Ou ainda, para Marçal Justen Filho, "a supremacia do interesse público significa sua superioridade sobre os demais interesses existentes na sociedade. Os interesses privados não podem prevalecer sobre o interesse publico. A indisponibilidade indica a impossibilidade de sacrifício ou transigência quanto ao interesse público, e é em decorrência de sua supremacia". Ocorre com este principio uma evolução do que diz respeito às atividades assumidas pela Administração publica, a qual para atender o interesse da coletividade, utilizou-se do mesmo como instrumento para o bem estar social. Explicita ainda, Maria Sylvia Zanella Di Pietro que "em nome do primado do interesse público, inúmeras transformações ocorreram: o Estado para atender as necessidades coletivas, visando resguardar a ordem publica e econômica, passou a revelar-se na interferência, no funcionamento e na propriedade das empresas que condicionam o uso da propriedade ao bem estar social; nas que reservam para o Estado a propriedade e a exploração de determinados bens, como as minas e as demais riquezas do subsolo; nas que permitem a desapropriação para a justa distribuição da propriedade; cresce a preocupação com os interesses difusos, como o meio ambiente e o patrimônio histórico e artístico nacional". Por fim, cabe destacar que não se pode confundir tal supremacia do interesse público com o interesse do Estado e/ou do agente que exerce uma função administrativa. Primeiro, porque os interesses coletivos não se limitam apenas a entes estatais, mas também aqueles chamados de não estatais que compreendem o chamado terceiro setor (e ai esta a supremacia do interesse publico sobre o interesse privado). E segundo, porque o agente não pode se prevalecer de uma conduta que satisfaça seu próprio interesse deve submeter-se as disciplinas que satisfaça a uma generalidade de interesses da coletividade, ou seja, o direito administrativo não o faculta em cumprir ou não cumprir o interesse público. 4 Reflexos do princípio da supremacia do interesse público: A supremacia do interesse público gera alguns reflexos específicos em prol a Administração Publica, os quais destacam-se: a imperatividade, a exigibilidade e a autoexecutoriedade. Ou seja, pode a Administração Pública impor a realização de algum ato à terceiro, pode adotar medidas indiretas para a realização de algo que satisfaças as necessidades coletivas, bem como notificar, e aplicar sanções para aqueles que não obedeçam as suas determinações, tomando desta forma, medidas necessárias para a realização do ato, antes de recorrer ao poder judiciário. Tais reflexos são prerrogativas conferidas a Administração Publica.

4 5 Considerações Nos ensina Marçal Justen Filho que o "direito é o instrumento compensatório das desigualdades entre as pessoas e os grupos", desta maneira, ao juntar-se com o "administrativo", torna-se um meio de regular os interesses entre os particulares e a coletividade através da Administração Publica. Referidas relações tratam de direitos e interesses fundamentais/coletivo/difusos dos cidadãos e estão ligadas diretamente com a dignidade da pessoa humana. Ademais, por estarem sempre (os interesses) prevalecidos de algum valor (seja moral, afetivo, utilitário, etc), eles devem ser observados em supremacia ao interesse privado, só que com o fim de se trazer um equilíbrio entre os mesmos e a Administração Publica, e não em um contexto de repressão ao primeiro. "Uma vez determinados os interesses públicos, a Administração Pública passar a ter o poder-dever de atuar. Não lhe cabe mais deixar de atendê-los, procrastinar, variá-lo, ou declinar de sua competência: o interesse público específico torna-se indisponível para a Administração Pública, seja de que natureza for", conforme diz Diego Figueiredo Moreira Neto. Bibliografia BANDEIRA DE MELLO, Celso Antônio. Curso de Direito Administrativo. 15 a. ed. São Paulo: Malheiros, CARVALHO, Jose dos Santos Carvalho. Manual de Direito Administrativo. 6ª. ed. Rio de Janeiro: Lumen Júris, DI PIETRO, Maria Sylvia Zanella. Direito Administrativo. 13ª. ed. São Paulo: Atlas, JUSTEN, Marçal Justen. Curso de Direito Adminstrativo. São Paulo: Saraiva, 2005, pág. 2, 35, 36, 37, 39. MEIRELLES, Hely Lopes. Direito Administrativo Brasileiro. 20ª. ed. São Paulo: Malheiros, MOREIRA NETO, Diogo de Figueiredo. Curso de Direito Administrativo. 11 a.ed. Rio de Janeiro: Forense, 1996.

5 KINOSHITA, Fernanda Yasue. O Direito Administrativo e o Princípio da Supremacia do Interesse Público sobre o Interesse Privado. &categoria=1. Acesso em 01 Ago

CRONOGRAMA DAS AULAS

CRONOGRAMA DAS AULAS CRONOGRAMA DAS AULAS Curso: DIREITO Departamento: VDI Disciplina: Direito Administrativo I- VDI00033 Carga horária: 60hs Pré-requisitos: Semestre de referência: 2016 1 Dias e horários: terças e quartas,

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA Faculdade Anísio Teixeira de Feira de Santana Autorizada pela Portaria Ministerial nº 552 de 22 de março de 2001 e publicada no Diário Oficial da União de 26 de março de 2001. Endereço: Rua Juracy Magalhães,

Leia mais

Prof. Rafael Oliveira. SUGESTÕES BIBLIOGRÁFICAS PARA CONCURSOS PÚBLICOS CURSO DE DIREITO ADMINISTRATIVO

Prof. Rafael Oliveira.  SUGESTÕES BIBLIOGRÁFICAS PARA CONCURSOS PÚBLICOS CURSO DE DIREITO ADMINISTRATIVO SUGESTÕES BIBLIOGRÁFICAS PARA CONCURSOS PÚBLICOS CURSO DE DIREITO ADMINISTRATIVO PROF. RAFAEL OLIVEIRA 1) BIBLIOGRAFIA BÁSICA: CARVALHO FILHO, José dos Santos. Manual de Direito Administrativo, Rio de

Leia mais

PLANO DE CURSO. Procurar estabelecer as relações entre Direitos Humanos, Direitos Fundamentais e a Organização

PLANO DE CURSO. Procurar estabelecer as relações entre Direitos Humanos, Direitos Fundamentais e a Organização COLEGIADO DO CURSO DE DIREITO Componente Curricular: DIREITO ADMINSTRATIVO II Código: DIR-369-b CH Total: 60h Pré-requisito: DIREITO ADMINSTRATIVO I Período Letivo: 2016.1 Turma: 5ºsemestre Professor:

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE DIREITO

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE DIREITO DIREITO ADMINISTRATIVO II DES 0312 PROGRAMA DE AULAS PROFESSOR DOUTOR VITOR RHEIN SCHIRATO MONITORES VICTORIA MALTA CORRADINI FELIPE NAPOLITANO MAROTTA MARCO ANTONIO MORAES ALBERTO 2º Semestre de 2016

Leia mais

Ano 5º Ano. Eixo de Formação Eixo de Formação Profissional. Professor(es) Ms. Demétrius Amaral Beltrão Ms Julio Cesar da Silva Tavares

Ano 5º Ano. Eixo de Formação Eixo de Formação Profissional. Professor(es) Ms. Demétrius Amaral Beltrão Ms Julio Cesar da Silva Tavares Página 1 de 5 A EMENTA Licitações e Contratos Administrativos. Tipos de atividade administrativa: Serviços Públicos e Limitação da autonomia privada (Poder de polícia). Ordenamento urbano e estatuto da

Leia mais

ÁGORA Revista Eletrônica Ano VII nº 14 Junho de P

ÁGORA Revista Eletrônica Ano VII nº 14 Junho de P ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA BRASILEIRA: RELAÇÕES DE DIREITO E PRINCÍPIOS ADMINISTRATIVOS Rodrigo Janoni Carvalho 1 O Direito Administrativo é o ramo do Direito Público que disciplina a função administrativa

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais

Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais Código da Disciplina: 2716 Vigência: 1 / 2004 Disciplina: DIREITO ADMINISTRATIVO I Código do Curso: 17 Curso: Direito Unidade: NÚCLEO UNIV BH Turno: NOITE Período: 6 Créditos: 4 Carga Horária TOTAL 60

Leia mais

Plano de Ensino. Princípios de Direito Administrativo. Centralização e descentralização na Administração Pública.

Plano de Ensino. Princípios de Direito Administrativo. Centralização e descentralização na Administração Pública. Identificação Plano de Ensino Curso: Direito Disciplina: Direito Administrativo II Ano/semestre: 2012/01 Carga horária: Total: 40h Semanal: 04h Professora: Roberta Rasseli Zanete Período/turno: 7º período

Leia mais

PRINCÍPIO DA LEGALIDADE NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. DIREITO ADMINISTRATIVO.

PRINCÍPIO DA LEGALIDADE NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. DIREITO ADMINISTRATIVO. PRINCÍPIO DA LEGALIDADE NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. DIREITO ADMINISTRATIVO. Daniel Rodrigues de Oliveira, graduando no 6º período do curso de direito da Faculdade de Administração e Negócios de Sergipe,

Leia mais

O Regime Jurídico Administrativo

O Regime Jurídico Administrativo O Regime Jurídico Administrativo Análise geral Vivian Cristina Lima López Valle* Não se ignora que presentemente é sempre maior a ingerência do Estado na vida do cidadão. A razão de ser da Administração

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO 01 - PRINCÍPIOS. Prof. Dra. Nara Suzana Stainr Pires

DIREITO ADMINISTRATIVO 01 - PRINCÍPIOS. Prof. Dra. Nara Suzana Stainr Pires DIREITO ADMINISTRATIVO 01 - PRINCÍPIOS Prof. Dra. Nara Suzana Stainr Pires Regras que funcionam como parâmetros para a interpretação das demais normas jurídicas NORTEADORES/ORIENTADORES NÃO IMPÕEM UMA

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO I. Administração Pública: princípios básicos.... 002 II. Poderes Administrativos: poder hierárquico; poder disciplinar; poder regulamentar; poder de polícia; uso e abuso do poder....

Leia mais

Categorias/ Questões. Conteúdos/ Matéria. Textos, filmes e outros materiais. Habilidades e Competências. Tipo de aula. Semana 1 UNIDADE I

Categorias/ Questões. Conteúdos/ Matéria. Textos, filmes e outros materiais. Habilidades e Competências. Tipo de aula. Semana 1 UNIDADE I PLANO DE CURSO DISCIPLINA: AGENTES E CONTRATAÇÕES PÚBLICAS (CÓD. ENEX 60124) ETAPA: 5ª TOTAL DE ENCONTROS: 15 SEMANAS Semana Conteúdos/ Matéria Categorias/ Questões Tipo de aula Habilidades e Competências

Leia mais

A Importância do Controle Interno na Administração Pública. Leônidas Monteiro Gonçalves Analista de Controle Externo TCE/PA

A Importância do Controle Interno na Administração Pública. Leônidas Monteiro Gonçalves Analista de Controle Externo TCE/PA A Importância do Controle Interno na Administração Pública Leônidas Monteiro Gonçalves Analista de Controle Externo TCE/PA A importância do Controle Interno na Administração Pública Fins do Estado - Satisfação

Leia mais

1. IDENTIFICAÇÃO 2. EMENTA 3. OBJETIVOS

1. IDENTIFICAÇÃO 2. EMENTA 3. OBJETIVOS 1. IDENTIFICAÇÃO PERÍODO: 6 CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 NOME DA DISCIPLINA: DIREITO ADMINISTRATIVO I NOME DO CURSO: PEDAGOGIA 2. EMENTA Fontes. Conceitos básicos.

Leia mais

NOÇÕES DE DIREITO ADMINISTRATIVO I. Princípios de Direito Administrativo... 002 II. Administração Direta e Indireta. Órgãos públicos... 007 III. Ato Administrativo... 015 IV. Poderes e Deveres dos Administradores

Leia mais

Organização da Aula. Direito Administrativo Aula n. 3. Contextualização. Atividades Administrativas. Instrumentalização. Atividades Administrativas

Organização da Aula. Direito Administrativo Aula n. 3. Contextualização. Atividades Administrativas. Instrumentalização. Atividades Administrativas Organização da Aula Direito Administrativo Aula n. 3 Atividades Administrativas Professor: Silvano Alves Alcantara Inserir o vídeo: Contextualização http://www.youtube.com/watch?v= L9YBAy2Hhbc De 0:00

Leia mais

Objetivos: Dar ao aluno noções gerais sobre o Estado e a ordem social e oferecer-lhe o pleno conhecimento da organização constitucional brasileira.

Objetivos: Dar ao aluno noções gerais sobre o Estado e a ordem social e oferecer-lhe o pleno conhecimento da organização constitucional brasileira. DISCIPLINA: CONSTITUCIONAL I CARGA HORÁRIA TOTAL: 60 CRÉDITOS: 04 CÓDIGO: DIR 02-07411 Dar ao aluno noções gerais sobre o Estado e a ordem social e oferecer-lhe o pleno conhecimento da organização constitucional

Leia mais

IMPACTOS)DA)JUDICIALIZAÇÃO)DA)SAÚDE)NA)GESTÃO)PÚBLICA) ) )

IMPACTOS)DA)JUDICIALIZAÇÃO)DA)SAÚDE)NA)GESTÃO)PÚBLICA) ) ) RESUMO IMPACTOSDAJUDICIALIZAÇÃODASAÚDENAGESTÃOPÚBLICA DanielCarlosNeto 1 Ajudicializaçãodasaúderefere8seàbuscadoJudiciáriocomoaúltimaalternativa paraobtençãodomedicamentooutratamentooranegadopelosus,sejaporfalta

Leia mais

PLANO DE CURSO 2014/02 DETALHAMENTO DOS CONTEÚDOS DE ENSINO AULAS. Apresentação e integração do professor e dos alunos.

PLANO DE CURSO 2014/02 DETALHAMENTO DOS CONTEÚDOS DE ENSINO AULAS. Apresentação e integração do professor e dos alunos. Este Plano de Curso poderá sofrer alterações a critério do professor e/ou da Coordenação. PLANO DE CURSO 2014/02 DISCIPLINA: DIREITO ADMINISTRATIVO I PROFESSOR: ANDERSON SANT ANA PEDRA TURMA: 6º AM / DN

Leia mais

Direito Administrativo

Direito Administrativo Direito Administrativo Princípios constitucionais da Administração Pública Professora Tatiana Marcello www.acasadoconcurseiro.com.br Direito Administrativo PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS DA ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Organização da Aula. Direito Administrativo Aula n. 2. Contextualização

Organização da Aula. Direito Administrativo Aula n. 2. Contextualização Organização da Aula Direito Administrativo Aula n. 2 Administração Pública Professor: Silvano Alves Alcantara Contextualização Câmara autoriza prefeito a criar empresa pública para gerir novo Pronto-Socorro

Leia mais

IUS RESUMOS. Noções introdutórias de Direito Administrativo e Regime Jurídico da Administração. Organizado por: Elaine Cristina Ferreira Gomes

IUS RESUMOS. Noções introdutórias de Direito Administrativo e Regime Jurídico da Administração. Organizado por: Elaine Cristina Ferreira Gomes Noções introdutórias de Direito Administrativo e Regime Jurídico da Administração Organizado por: Elaine Cristina Ferreira Gomes SUMÁRIO I NOÇÕES INTRODUTÓRIAS DE DIREITO ADMINISTRATIVO E REGIME JURÍDICO

Leia mais

A NECESSIDADE DE LICITAÇÃO PELAS ENTIDADES DO SISTEMA S

A NECESSIDADE DE LICITAÇÃO PELAS ENTIDADES DO SISTEMA S A NECESSIDADE DE LICITAÇÃO PELAS ENTIDADES DO SISTEMA S Lucas Pessôa Moreira 1 RESUMO: O artigo estudará a obrigatoriedade de realização de licitação pelas entidades componentes do denominado sistema S

Leia mais

IUS RESUMOS. Administração Pública - Parte II. Organizado por: Elaine Cristina Ferreira Gomes

IUS RESUMOS. Administração Pública - Parte II. Organizado por: Elaine Cristina Ferreira Gomes Administração Pública - Parte II Organizado por: Elaine Cristina Ferreira Gomes SUMÁRIO I. ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA PARTE II... 3 1. Desconcentração Administrativa... 3 1.1 Diferença entre desconcentração

Leia mais

No que concerne à licitação, ao controle da administração pública e ao regime jurídico administrativo, julgue os itens de 57 a 60.

No que concerne à licitação, ao controle da administração pública e ao regime jurídico administrativo, julgue os itens de 57 a 60. 01 Q360917 Direito Administrativo Regime jurídico administrativo Ano: 2014 Banca: CESPE Órgão: MDICProva: Agente Administrativo BETA No que concerne à licitação, ao controle da administração pública e

Leia mais

O Principio da Publicidade tem seu campo de maior atuação no Administrativo, Assim, José Afonso da Silva 2, diz que:

O Principio da Publicidade tem seu campo de maior atuação no Administrativo, Assim, José Afonso da Silva 2, diz que: Principio da Publicidade. O Presente Trabalho vem elucidar dois princípios da suma importância para o Estado democrático de direito ao qual estamos inseridos, freqüentemente ouvimos falar sobre esses princípios,

Leia mais

Breves notas sobre o ônus da prova no processo administrativo brasileiro

Breves notas sobre o ônus da prova no processo administrativo brasileiro ISSN 1127-8579 Pubblicato dal 29/04/2010 All'indirizzo http://www.diritto.it/docs/29446-breves-notas-sobre-o-nus-da-prova-noprocesso-administrativo-brasileiro Autore: Wendel de Brito Lemos Teixeira Breves

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br O controle externo da Administração Pública Guilherme de Abreu e Silva* 1. Introdução Este artigo tem como objetivo apresentar e discutir os mecanismos e instituições que são importantes

Leia mais

Direito Administrativo I

Direito Administrativo I Faculdade de Direito Milton Campos Reconhecida pelo Ministério da Educação Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Direito Público Direito Administrativo I Carga Horária: 60 h/a 1- Ementa 1 Estado. 2 Poderes

Leia mais

Lei de Parcerias - Lei nº /14. Fundamentos Princípios Diretrizes

Lei de Parcerias - Lei nº /14. Fundamentos Princípios Diretrizes Lei de Parcerias - Lei nº 13.019/14 Fundamentos Princípios Diretrizes Lei nº 13.019/14 Estabelece o regime jurídico das parcerias voluntárias, envolvendo ou não transferências de recursos financeiros,

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Princípios da Licitação de acordo com a Lei n.º 8.666/93 Ane Carolina Novaes* Dispõem o artigo 3º da Lei 8.666 de 21/06/93, que as licitações serão processadas e julgadas na conformidade

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Licitação João Batista Rios Júnior* 1. O QUE É. Quando a administração pública no uso e gozo de suas atribuições convoca, mediante edital ou convite, empresas empenhadas em apresentar

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Os princípios norteadores do processo administrativo Marcelle Ferras de Gouveia Granja Introdução Este artigo versará sobre os princípios específicos do processo administrativo previstos

Leia mais

PROVA DAS DISCIPLINAS CORRELATAS DIREITO ADMINISTRATIVO

PROVA DAS DISCIPLINAS CORRELATAS DIREITO ADMINISTRATIVO P á g i n a 1 PROVA DAS DISCIPLINAS CORRELATAS DIREITO ADMINISTRATIVO QUESTÃO 1 - Quanto aos princípios constitucionais da Administração Pública, assinale a alternativa correta. A. O princípio da supremacia

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE GESTÃO DE PESSOAS COORDENADORIA DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS PLANO DE TREINAMENTO Curso: Cursos de Desenvolvimento de Servidores : Legislação Específica (Lei nº 8.112/90 e alterações) - Módulo

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Vinculação e discricionariedade do ato administrativo: limites à atuação do administrador Fernanda Sanson Zagonel * INTRODUÇÃO Buscar-se-á, com o presente estudo, analisar importantes

Leia mais

PÁGINA DE IDENTIFICAÇÃO

PÁGINA DE IDENTIFICAÇÃO PÁGINA DE IDENTIFICAÇÃO Título: A autarquização para o alcance da eficiência na gestão dos serviços de saneamento Autores: 1) Francisco dos Santos Lopes - Superintendente da Águas de Sarandi Serviço 2)

Leia mais

PARECER: 02/2015 ASSESSORIA JURIDICA Requerente: Mesa Diretora da Câmara Municipal de Rafael Godeiro.

PARECER: 02/2015 ASSESSORIA JURIDICA Requerente: Mesa Diretora da Câmara Municipal de Rafael Godeiro. PARECER: 02/2015 ASSESSORIA JURIDICA Requerente: Mesa Diretora da Câmara Municipal de Rafael Godeiro. ASSUNTO: Contratação de Servidores Temporários para Atender as Necessidades da Administração Municipal.

Leia mais

LEI /2011: LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO E A GARANTIA CONSTITUCIONAL DA PUBLICIDADE NOS ATOS ADMINISTRATIVOS

LEI /2011: LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO E A GARANTIA CONSTITUCIONAL DA PUBLICIDADE NOS ATOS ADMINISTRATIVOS LEI 12.527/2011: LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO E A GARANTIA CONSTITUCIONAL DA PUBLICIDADE NOS ATOS ADMINISTRATIVOS Francyelle Yngrid Gurka (frangurka@hotmail.com) Orientador: Prof. Mestre Volney Campos dos

Leia mais

COMENTÁRIO DAS QUESTÕES DA PROVA PARA AFRE RS BANCA FUNDATEC

COMENTÁRIO DAS QUESTÕES DA PROVA PARA AFRE RS BANCA FUNDATEC COMENTÁRIO DAS QUESTÕES DA PROVA PARA AFRE RS BANCA FUNDATEC DIREITO ADMINISTRATIVO QUESTÃO 32 Os atos administrativos estão sujeitos a um regime jurídico especial, que se traduz pela conjugação de certos

Leia mais

HABEAS CORPUS NAS TRANSGRESSÕES DISCIPLINARES MILITARES

HABEAS CORPUS NAS TRANSGRESSÕES DISCIPLINARES MILITARES HABEAS CORPUS NAS TRANSGRESSÕES DISCIPLINARES MILITARES Autor: TC Alexandre CARVALHO de Araújo Credenciais: - Curso de Direção para Engenheiros-Militares (ECEME, 2006); - Graduação em Direito (UERJ, 2000);

Leia mais

Prof. Rafael Oliveira. www.professorrafaeloliveira.com.br SUGESTÕES BIBLIOGRÁFICAS PARA CONCURSOS PÚBLICOS CURSO DE DIREITO ADMINISTRATIVO

Prof. Rafael Oliveira. www.professorrafaeloliveira.com.br SUGESTÕES BIBLIOGRÁFICAS PARA CONCURSOS PÚBLICOS CURSO DE DIREITO ADMINISTRATIVO SUGESTÕES BIBLIOGRÁFICAS PARA CONCURSOS PÚBLICOS CURSO DE DIREITO ADMINISTRATIVO PROF. RAFAEL OLIVEIRA 1) BIBLIOGRAFIA BÁSICA: OLIVEIRA, Rafael Carvalho Rezende. Curso de Direito Administrativo, 3ª ed.,

Leia mais

PAINEL 3: "Desafios e Perspectivas face a Nova lei de finanças públicas e o processo de Convergência aos padrões internacionais"

PAINEL 3: Desafios e Perspectivas face a Nova lei de finanças públicas e o processo de Convergência aos padrões internacionais PAINEL 3: "Desafios e Perspectivas face a Nova lei de finanças públicas e o processo de Convergência aos padrões internacionais" PLS 229: Inovações, Riscos e oportunidades NATAL - RN 20 de Outubro de 2016

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO I. Direito Administrativo e Administração Pública... 002 II. Organização Administrativa do Estado Brasileiro... 007 III. Administração Pública Direta e Indireta... 024 IV. Ato Administrativo...

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO

DIREITO ADMINISTRATIVO DIREITO ADMINISTRATIVO 01. Assinale a alternativa incorreta acerca dos princípios constitucionais da Administracao Publica a) A Administração e imprescindível justificar seus atos. b) Ao administrador

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA NÚCLEO DE CIÊNCIAS SOCIAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS

UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA NÚCLEO DE CIÊNCIAS SOCIAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA NÚCLEO DE CIÊNCIAS SOCIAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS JURÍDICAS DISCIPLINA: DIREITO ADMINISTRATIVO I CÓDIGO: CARGA HORÁRIA: 80 h.a. N.º DE CRÉDITOS: 04 PRÉ-REQUISITO: DIREITO

Leia mais

O PRINCÍPIO CONSTITUCIONAL DA EFICIÊNCIA NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA EM DEFESA DOS DIREITOS DOS CIDADÃOS 1

O PRINCÍPIO CONSTITUCIONAL DA EFICIÊNCIA NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA EM DEFESA DOS DIREITOS DOS CIDADÃOS 1 O PRINCÍPIO CONSTITUCIONAL DA EFICIÊNCIA NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA EM DEFESA DOS DIREITOS DOS CIDADÃOS 1 Cristine Tatiele Homerding 2, Danieli Fernanda Kraemer 3, Marlene Scyzvski 4, Pamela Schmidt 5, Vanessa

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO

DIREITO ADMINISTRATIVO DIREITO ADMINISTRATIVO Conceito José Cretella Jr. Ramo do Direito Público Interno que regula a atividade das pessoas jurídicas públicas e a instituição de meios e órgãos relativos à ação dessas pessoas.

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br Revogação do Ato Administrativo Beatriz Mattar Araújo* 1. INTRODUÇÃO Dentro do parâmetro da extinção dos atos administrativos, uma causa deve ser avaliada: a revogação Os atos administrativos

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: PROCESSO ADMINISTRATIVO Código da Disciplina: JUR319 Curso: DIREITO Semestre de oferta da disciplina: Faculdade responsável: FACULDADE DE DIREITO Programa em vigência

Leia mais

A Administração Pública Direta e Indireta

A Administração Pública Direta e Indireta A Administração Pública Direta e Indireta Augusto Antônio Fontanive Leal e Poliana Borges Costa 1 Resumo: Definir Administração Pública e expor suas atribuições. Explanar sobre serviços públicos e suas

Leia mais

NOÇÕES BÁSICAS SOBRE OS PRINCÍPIOS REGENTES DA ATIVIDADE DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. Everaldo Rocha Bezerra Costa Procuradoria Federal junto à UFG

NOÇÕES BÁSICAS SOBRE OS PRINCÍPIOS REGENTES DA ATIVIDADE DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. Everaldo Rocha Bezerra Costa Procuradoria Federal junto à UFG NOÇÕES BÁSICAS SOBRE OS PRINCÍPIOS REGENTES DA ATIVIDADE DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Everaldo Rocha Bezerra Costa Procuradoria Federal junto à UFG I INTRODUÇÃO II PRINCÍPIOS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA A administração

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.br

BuscaLegis.ccj.ufsc.br BuscaLegis.ccj.ufsc.br A adequada e eficaz prestação dos serviços públicos. A interrupção da prestação dos serviços essenciais e suas conseqüências Marcelo Azevedo Chamone* I) Serviços públicos sob incidência

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: DIREITO AMBIENTAL Código da Disciplina: JUR 163 Curso: DIREITO Semestre de oferta da disciplina: 10º Faculdade responsável: FACULDADE DE DIREITO Programa em vigência

Leia mais

CURSO DE DIREITO ADMINISTRATIVO Raphael Spyere do Nascimento

CURSO DE DIREITO ADMINISTRATIVO Raphael Spyere do Nascimento Poderes Administrativos 1. (CESPE/ANEEL/2010) Com fundamento no poder disciplinar, a administração pública, ao ter conhecimento de prática de falta por servidor público, pode escolher entre a instauração

Leia mais

PROCESSOS COLETIVOS. Bolsista Apresentador : Lessandra Bertolazi Gauer, Nome do Orientador: José Maria Rosa Tesheiner. Resumo

PROCESSOS COLETIVOS. Bolsista Apresentador : Lessandra Bertolazi Gauer, Nome do Orientador: José Maria Rosa Tesheiner. Resumo PROCESSOS COLETIVOS XI Salão de Iniciação Científica PUCRS Bolsista Apresentador : Lessandra Bertolazi Gauer, Nome do Orientador: José Maria Rosa Tesheiner Faculdade de Direito, PUCRS. Resumo 1. Tutela

Leia mais

SUGESTÕES BIBLIOGRÁFICAS CONCURSO: MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO

SUGESTÕES BIBLIOGRÁFICAS CONCURSO: MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO 1 SUGESTÕES BIBLIOGRÁFICAS CONCURSO: MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO DISCIPLINAS: Direito Constitucional Direitos Humanos Direito do Trabalho Direito Civil Direito Empresarial Direito Processual Civil Direito

Leia mais

FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2011

FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2011 FACULDADE DE DIREITO DE SOROCABA FADI 2011 Disciplina: Direito Administrativo I Departamento IV Direito do Estado Docente Responsável: Prof. José Pedro Zaccariotto Carga Horária Anual: 100 horas/aula Tipo:

Leia mais

Direito Administrativo. Lista de Exercícios. Poderes Administrativos

Direito Administrativo. Lista de Exercícios. Poderes Administrativos Direito Administrativo Lista de Exercícios Poderes Administrativos 1. Considere que a prefeitura de determinado município tenha concedido licença para reforma de estabelecimento comercial. Nessa situação

Leia mais

OS PRINCÍPIOS DA RAZOABILIDADE E DA PROPORCIONALIDADE COMO VALORES QUE ENSEJAM O CONTROLE DA DISCRICIONARIEDADE NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

OS PRINCÍPIOS DA RAZOABILIDADE E DA PROPORCIONALIDADE COMO VALORES QUE ENSEJAM O CONTROLE DA DISCRICIONARIEDADE NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA 1 OS PRINCÍPIOS DA RAZOABILIDADE E DA PROPORCIONALIDADE COMO VALORES QUE ENSEJAM O CONTROLE DA DISCRICIONARIEDADE NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Cynthia Alves Rodrigues Centro Universitário da Fundação Educacional

Leia mais

2 CONTORNOS BÁSICOS DA DISCRICIONARIEDADE ADMINISTRATIVA

2 CONTORNOS BÁSICOS DA DISCRICIONARIEDADE ADMINISTRATIVA 1 INTRODUÇÃO As controvérsias originadas a partir da análise da discricionariedade administrativa, bem como dos conceitos indeterminados no âmbito da ciência do Direito Administrativo brasileiro, faz surgir

Leia mais

Princípios da Administração Pública

Princípios da Administração Pública Princípios da Administração Pública Regime Jurídico Administrativo Supraprincípios Supremacia do interesse público Princípios Constitucionais Princípios Infraconstitucionais RAD 2601 Direito Administrativo

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE DIREITO DEPARTAMENTO DE DIREITO DO ESTADO

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE DIREITO DEPARTAMENTO DE DIREITO DO ESTADO UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FACULDADE DE DIREITO DEPARTAMENTO DE DIREITO DO ESTADO Curso: Fundamentos de Direito Público Dias da semana e horário: 5ªs feiras, das 15h00 às 17h30 Docente: Prof. Dr. Rodrigo

Leia mais

PLANO DE ENSINO EMENTA

PLANO DE ENSINO EMENTA PLANO DE ENSINO FACULDADE: Faculdade de Ciências Jurídicas e Sociais CURSO: Direito Período: 3 o DEPARTAMENTO: Ano: 2016 DISCIPLINA: Direito Constitucional (Teoria Geral da Constituição) CARGA HORÁRIA:

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA COMO FUNÇÃO DO ESTADO

ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA COMO FUNÇÃO DO ESTADO ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA COMO FUNÇÃO DO ESTADO Estado: Pessoa Jurídica de Direito Público; Submetido às normas estipuladas pela Constituição Federal; Dirigido por um governo que possui soberania reconhecida

Leia mais

COMISSÃO DE SEGURANÇA PÚBLICA E COMBATE AO CRIME ORGANIZADO PROJETO DE LEI Nº 1.277, DE 2015

COMISSÃO DE SEGURANÇA PÚBLICA E COMBATE AO CRIME ORGANIZADO PROJETO DE LEI Nº 1.277, DE 2015 COMISSÃO DE SEGURANÇA PÚBLICA E COMBATE AO CRIME ORGANIZADO. PROJETO DE LEI Nº 1.277, DE 2015 (Apenso: PL 2117/2015) Altera o art. 11 da Lei nº 8.429, de 2 de junho de 1992, para caracterizar como atos

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: DIREITO ADMINISTRATIVO II Código da Disciplina: JUR 261 Curso: DIREITO Semestre de oferta da disciplina: 9 Faculdade responsável: FACULDADE DE DIREITO Programa em vigência

Leia mais

UNIDADE 1 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO CONTROLE

UNIDADE 1 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO CONTROLE UNIDADE 1 INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO CONTROLE ESTATAL Conceito de controle: O controle consiste em verificar se tudo ocorre de acordo com o programa adotado, as ordens dadas e os princípios admitidos. Tem

Leia mais

NORMA DE REGULAMENTAÇÃO DA CONDUTA DO RADIALISTA QUANTO A CONFLITOS DE INTERESSES E QUESTÕES RELACIONADAS NOR 308

NORMA DE REGULAMENTAÇÃO DA CONDUTA DO RADIALISTA QUANTO A CONFLITOS DE INTERESSES E QUESTÕES RELACIONADAS NOR 308 MANUAL DE PESSOAL CÓD. 300 ASSUNTO: REGULAMENTAÇÃO DA CONDUTA DO RADIALISTA QUANTO A CONFLITOS DE INTERESSES E QUESTÕES RELACIONADAS CÓD: NOR 308 APROVAÇÃO: Resolução nº 023/05, de 25/10/2005 NORMA DE

Leia mais

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA RECURSO Nº 107, DE 2015

COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA RECURSO Nº 107, DE 2015 COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA RECURSO Nº 107, DE 2015 (Apensos: Recurso nº 108/2015; Recurso nº 114/2016 e Recurso nº 144/2016) Recorre da decisão do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar

Leia mais

PLANO DE ENSINO DIREITO ADMINISTRATIVO II. Graduação 7º PERÍODO A, B e D Eixo de Formação Eixo de Formação Profissional

PLANO DE ENSINO DIREITO ADMINISTRATIVO II. Graduação 7º PERÍODO A, B e D Eixo de Formação Eixo de Formação Profissional Página 1 de 6 Disciplina Curso Curso Semestral DIREITO ADMINISTRATIVO II Período Turmas Graduação 7º PERÍODO A, B e D Eixo de Formação Eixo de Formação Profissional Docentes Professor Dr. Demétrius Amaral

Leia mais

Tarefa 1 Unidade 1 Gabarito

Tarefa 1 Unidade 1 Gabarito DISCIPLINA: Auditoria e Controladoria PROFESSORA: Tany Marin TUTORA: Macilena Oliveira Tarefa 1 Unidade 1 Gabarito 1-(FCC\2013 TRT / Fascículo Unidade 1 pg. 17) Determinada empresa privada recebeu subvenção

Leia mais

Direitos fundamentais propriedade. João Miguel da Luz Rivero Fundamento constitucional

Direitos fundamentais propriedade. João Miguel da Luz Rivero Fundamento constitucional Direitos fundamentais propriedade João Miguel da Luz Rivero jmlrivero@gmail.com Fundamento constitucional O regime jurídico da propriedade tem seu fundamento na Constituição. Esta garante o direito de

Leia mais

Princípios da Administração Pública

Princípios da Administração Pública Princípios da Administração Pública PRINCÍPIO DA LEGALIDADE Conceito: Ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de lei (art. 5º, II da CF). O Princípio da legalidade

Leia mais

%"345 ( 6" 5 * " "! ""5' " 5'( '(* " 8" "5 '(' "!5 '* "" " 5 '*( 5 '** 95 '*' '*< "!345 '*2 = 5 '*, " >5 '' " 5 ''( "4 >5 ''' 34 3"85 ''< 34 5?

%345 ( 6 5 *  ! 5'  5'( '(*  8 5 '(' !5 '*   5 '*( 5 '** 95 '*' '*< !345 '*2 = 5 '*,  >5 ''  5 ''( 4 >5 ''' 34 385 ''< 34 5? ! %"345 ( 6" 5 * " "! ""5' " 5'( "" "075 '(( 5 '(* " 8" "5 '(' "!5 '* "" " 5 '*( 5 '** 95 '*' 5'*:5'*;5 '*< "!345 '*2 = 5 '*, " >5 '' " 5 ''( &"3"85''*"9 "4 >5 ''' 34!"5'':" 5''; 3"85 ''< 34 5?45 "" &"!""@AB"

Leia mais

APELAÇÃO CÍVEL E REEXAME NECESSÁRIO Nº DA 3ª VARA DA FAZENDA PÚBLICA DE CURITIBA EMENTA

APELAÇÃO CÍVEL E REEXAME NECESSÁRIO Nº DA 3ª VARA DA FAZENDA PÚBLICA DE CURITIBA EMENTA APELAÇÃO CÍVEL E REEXAME NECESSÁRIO Nº. 947645-7 DA 3ª VARA DA FAZENDA PÚBLICA DE CURITIBA Apelante : ESTADO DO PARANÁ Apelado Relator : RUBENS GARCEZ DA LUZ : Des. LEONEL CUNHA EMENTA 1) DIREITO ADMINISTRATIVO.

Leia mais

Provas escritas individuais ou provas escritas individuais e trabalho(s)

Provas escritas individuais ou provas escritas individuais e trabalho(s) Programa de DIREITO INTERNACIONAL PÚBLICO 7º período: 2h/s Aula: Teórica EMENTA Aspectos preliminares. Relações entre o sistema interno e o externo de Direito. A sociedade internacional. O Estado. Organizações

Leia mais

A função social da empresa

A função social da empresa A função social da empresa Considerações iniciais A função social da empresa tem como fundamento fornecer a sociedade bens e serviços que possam satisfazer suas necessidades. A propriedade privada é um

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO

DIREITO ADMINISTRATIVO DIREITO ADMINISTRATIVO Aula Inaugural -Princípios do Direito Administrativo Profº.. Francisco De Poli de Oliveira OBJETIVOS 1. Conhecer os princípios pios explícitos e implícitos do Direito Administrativo;

Leia mais

SUMÁRIO. 3 PODERES DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Poder-dever... 57

SUMÁRIO. 3 PODERES DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA Poder-dever... 57 SUMÁRIO 1 DIREITO ADMINISTRATIVO... 15 1.1 Introdução ao estudo do Direito Administrativo... 15 1.2 Ramo do direito público... 17 1.3 Conceito de Administração Pública e de Direito Administrativo... 19

Leia mais

AULÃO AO VIVO PC-GO. Prof. Rodrigo Cardoso

AULÃO AO VIVO PC-GO. Prof. Rodrigo Cardoso AULÃO AO VIVO PC-GO Prof. Rodrigo Cardoso 1 (CESPE 2016/PC-PE/AGENTE DE POLÍCIA) Considerando as fontes do direito administrativo como sendo aquelas regras ou aqueles comportamentos que provocam o surgimento

Leia mais

Parecer AJ nº 383/ Trata-se de consulta formulada pela I. Chefia de Gabinete por solicitação do Excelentíssimo Defensor Público-Geral.

Parecer AJ nº 383/ Trata-se de consulta formulada pela I. Chefia de Gabinete por solicitação do Excelentíssimo Defensor Público-Geral. Processo Nº 4276/2014 Interessado: Defensoria Pública Assunto: Consulta da Chefia de Gabinete sobre a possibilidade de atribuição de gratificação mensal a título de representação (GR), art. 135, III, da

Leia mais

Faculdades Cathedral Curso de Direito DIREITO CIVIL - I. Professor Vilmar A Silva

Faculdades Cathedral Curso de Direito DIREITO CIVIL - I. Professor Vilmar A Silva Faculdades Cathedral Curso de Direito DIREITO CIVIL - I Professor Vilmar A Silva NORMA JURÍDICA É a condição garantida pelo poder coercitivo do Estado, tendo como objetivo teórico a garantia da vida em

Leia mais

PROGRAMA 2º Semestre de 2016

PROGRAMA 2º Semestre de 2016 Disciplina: DES-114 Teoria do Estado I Professores: Cristiane Lucena Carneiro / Yi Shin Tang Número de Horas: 60 Número de Créditos: 04 PROGRAMA 2º Semestre de 2016 A OBJETIVOS DA DISCIPLINA A disciplina

Leia mais

Disciplina: Teoria das Organizações AULA 4

Disciplina: Teoria das Organizações AULA 4 Disciplina: Teoria das Organizações AULA 4 Assunto: Prof Ms Keilla Lopes Mestre em Administração pela UFBA Especialista em Gestão Empresarial pela UEFS Graduada em Administração pela UEFS Contatos: E-mail:

Leia mais

f ÅâÄtwÉ wx IED / V Çv t céä à vt `öüv t cxä áátü INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO CIÊNCIA POLÍTICA

f ÅâÄtwÉ wx IED / V Çv t céä à vt `öüv t cxä áátü INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO CIÊNCIA POLÍTICA INTRODUÇÃO AO ESTUDO DO DIREITO CIÊNCIA POLÍTICA 01) Não se enquadra na subdivisão de "Público" o direito: a) Constitucional b) Administrativo. c) Judiciário / processual. d) Penal. e) Comercial. 02) Não

Leia mais

* Agradecimento especial ao Prof. Ney Arataú, da AEDB, responsável por parte do roteiro desta aula.

* Agradecimento especial ao Prof. Ney Arataú, da AEDB, responsável por parte do roteiro desta aula. * Agradecimento especial ao Prof. Ney Arataú, da AEDB, responsável por parte do roteiro desta aula. 1. Direito Natural 2. Direito Positivo x Consuetudinário 3. Direito Objetivo x Subjetivo Não é escrito

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE ARAÇOIABA DA SERRA

PREFEITURA MUNICIPAL DE ARAÇOIABA DA SERRA DECRETO Nº. 1491, DE 10 DE JANEIRO DE 2013. Institui a Mesa Permanente de Negociação com os Servidores Municipais - MESA e dá outras providências.. MARA LÚCIA FERREIRA DE MELO, Prefeita Municipal da Cidade

Leia mais

TÍTULO: SOLUÇÃO DE CONTROVÉRSIAS NO DIREITO INTERNACIONAL CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS

TÍTULO: SOLUÇÃO DE CONTROVÉRSIAS NO DIREITO INTERNACIONAL CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: SOLUÇÃO DE CONTROVÉRSIAS NO DIREITO INTERNACIONAL CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS HUMANAS

Leia mais

O PRINCÍPIO DA CAPACIDADE CONTRIBUTIVA E OS IMPOSTOS DIRETOS E INDIRETOS

O PRINCÍPIO DA CAPACIDADE CONTRIBUTIVA E OS IMPOSTOS DIRETOS E INDIRETOS O PRINCÍPIO DA CAPACIDADE CONTRIBUTIVA E OS IMPOSTOS DIRETOS E INDIRETOS Giovana JERONIMO 1 Wesley TEIXEIRA 2 RESUMO: através de um breve apontamento teórico, o presente estudo buscou analisar o princípio

Leia mais

Direito Constitucional

Direito Constitucional Direito Constitucional Aula 03 Os direitos desta obra foram cedidos à Universidade Nove de Julho Este material é parte integrante da disciplina oferecida pela UNINOVE. O acesso às atividades, conteúdos

Leia mais

Notas prévias à 12ª edição 7 Agradecimentos (1ª edição) 9 Abreviaturas 11 Prefácio (1ª edição) 15 Sumário 19 Notas introdutórias 21

Notas prévias à 12ª edição 7 Agradecimentos (1ª edição) 9 Abreviaturas 11 Prefácio (1ª edição) 15 Sumário 19 Notas introdutórias 21 Índice geral Notas prévias à 12ª edição 7 Agradecimentos (1ª edição) 9 Abreviaturas 11 Prefácio (1ª edição) 15 Sumário 19 Notas introdutórias 21 1ª P A R T E O Sistema dos Direitos Fundamentais na Constituição:

Leia mais

DIREITO ADMINISTRATIVO TEMA: SMA/RJ 2013 FJG/RIO PGM/RJ AUXILIAR PROCURADORIA 01. A característica segundo a qual a Administração Pública e o Contratado não estarão no mesmo plano jurídico já que a Administração

Leia mais

Palavras-Chave: princípio da eficiência; Administração Pública; Constituição Federal.

Palavras-Chave: princípio da eficiência; Administração Pública; Constituição Federal. Princípio da eficiência da Administração Pública 1 Marcelo Couto Machado 2 Resumo O presente artigo trata do princípio da eficiência na Administração Pública que foi introduzido ao texto da Constituição

Leia mais

BuscaLegis.ccj.ufsc.Br

BuscaLegis.ccj.ufsc.Br BuscaLegis.ccj.ufsc.Br Teoria Geral da Prova no Processo Civil Daniel Nobre Morelli INTRODUÇÃO Podemos considerar prova como o meio pelo qual se procura demonstrar que certos fatos, expostos no processo,

Leia mais

Direito Administrativo 1.1 Introdução ao estudo do Direito Administrativo

Direito Administrativo 1.1 Introdução ao estudo do Direito Administrativo Direito Administrativo 1 1.1 Introdução ao estudo do Direito Administrativo O Direito Administrativo como disciplina autônoma nasceu com a implantação do Estado de Direito, no período que sucedeu à Revolução

Leia mais

ÉTICA UMA QUESTÃO DE SOBREVIVÊNCIA

ÉTICA UMA QUESTÃO DE SOBREVIVÊNCIA ÉTICA UMA QUESTÃO DE SOBREVIVÊNCIA 1 MEMBROS DA COMISSÃO DE ÉTICA: Port. 216-2009-SEFAZ e alterações 1- Selma Pedroso de Barros Presidente 2- Karina T. Velho Membro Executivo 3- Roseli Raquel Ricas Membro

Leia mais

PRINCÍPIOS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: IDENTIFICAÇÃO E ENTENDIMENTOS SOBRE AS CONCEPÇÕES CONTEMPORÂNEAS NO ÂMBITO DA ESFERA PÚBLICA

PRINCÍPIOS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: IDENTIFICAÇÃO E ENTENDIMENTOS SOBRE AS CONCEPÇÕES CONTEMPORÂNEAS NO ÂMBITO DA ESFERA PÚBLICA 60 PRINCÍPIOS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: IDENTIFICAÇÃO E ENTENDIMENTOS SOBRE AS CONCEPÇÕES CONTEMPORÂNEAS NO ÂMBITO DA ESFERA PÚBLICA Emilia Ferreira Pena Dias Resumo: O presente artigo tem por objetivo

Leia mais