Índice. Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 1 / 44

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Índice. Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 1 / 44"

Transcrição

1 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 1 / 44 Índice 1 Apresentação Ambiente Operacional & Requisitos Normas do pregão eletrônico Realização do Pregão Eletrônico Procedimentos Credenciamento prévio dos Fornecedores no Sistema ASI Publicação da Licitação Envio de Propostas Abertura da Sessão Pública Início da Sessão de Disputa Negociação com o Licitante melhor classificado na disputa Intenção de Interposição de Recursos Adjudicação do Objeto ao Licitante Vencedor Ata da Sessão Licitada Homologação da Licitação Publicação dos Resultados Acesso ao sistema login Configuração Geral Para consultar informações de uma licitação...13 Definição dos critérios de pesquisa Situações de Licitação para Consulta Resultado da consulta Detalhamento da Licitação Detalhamento do Lote Quadro de Envio e Recebimento de Mensagens (CHAT) Execução do Pregão Eletrônico Abertura das propostas Configuração da Sala de Disputa Sala de Disputa Visualizar e acompanhar licitações Lances durante a sessão de disputa Alterar o tempo de disputa em andamento...28 Defina o novo tempo para a disputa em andamento e clique em CONFIRMAR....28

2 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 2 / Suspender/Reabrir a sessão pública Ordem de classificação Negociação com o Licitante melhor classificado na disputa Envio de Documentação Visualizar Documentos Anexados Tempo de Recurso Interposição de Recursos Adjudicação Revogar Licitação Anular Lote Homologar Lote Ata Acesso à ata eletrônica Convocar Remanescente...41

3 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 3 / 44 1 Apresentação O presente manual tem por finalidade orientar os usuários a participar, acompanhar e visualizar o andamento de licitações na modalidade de Pregão Eletrônico. O manual apresenta o passo a passo de cada procedimento para operacionalização do Pregão Eletrônico, de forma que os usuários compreendam e usufruam facilmente de todas as funcionalidades de que o sistema dispõe. As licitações efetuadas pela Administração Pública visam garantir a observância do princípio constitucional da legalidade, da isonomia, da impessoalidade e os demais expressos no art. 3º da Lei 8.666/93, além de selecionar a proposta mais vantajosa para a Administração. O Decreto nº 5.450, de 31 de maio de 2005, busca efetivar o cumprimento de tais princípios e estabelece normas e procedimentos para a realização de licitações na modalidade de pregão, na forma eletrônica. O pregão eletrônico destina-se à aquisição de bens e serviços comuns, estando assim conceituados aqueles cujos padrões de desempenho e qualidade possam ser objetivamente definidos em edital, por meio de especificações usuais de mercado. É realizado em sessão pública, utilizando a internet para promover a comunicação. Além disso, o pregão eletrônico é um procedimento que permite aos licitantes, quando aberta a etapa competitiva, encaminhar lances exclusivamente por meio do sistema eletrônico. Durante o transcurso da sessão pública, os licitantes são informados em tempo real, do valor do menor lance oferecido até o momento, podendo oferecer outro de menor valor, recuperando a vantagem sobre os demais licitantes. Todas as etapas de realização do pregão eletrônico serão disponibilizadas para operação e acompanhamento por meio do sistema de Pregão Eletrônico, via internet. Bom proveito!

4 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 4 / 44 2 Ambiente Operacional & Requisitos O sistema Pregão Eletrônico, quanto à usabilidade, apresenta grande facilidade na interação com o usuário, além de uma interface clara que oferece rápida compreensão dos dados e comandos disponíveis. O Sistema Pregão Eletrônico pode ser utilizado com Firefox 3.6, IE 7.0 e IE 8.0.

5 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 5 / 44 3 Normas do pregão eletrônico Aliados aos preceitos constitucionais, aplicam-se ao sistema Pregão Eletrônico as seguintes leis e decretos: Lei nº de 21 de junho de 1993 Lei nº de 17 de julho de 2002 Lei Complementar nº 123 de 14 de dezembro de 2006 Decreto nº de 19 de setembro de 2001 Decreto nº de 05 de setembro de 2007 Decreto nº de 31 de maio de 2005 Para visualizar as normas do Pregão Eletrônico no sistema, clique no botão: 1. Ilustração: botão para normas do pregão eletrônico

6 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 6 / 44 4 Realização do Pregão Eletrônico 4.1 Procedimentos A realização do Pregão Eletrônico obedece aos seguintes procedimentos: Credenciamento prévio dos Fornecedores no Sistema ASI Os fornecedores interessados em participar pela primeira vez das licitações, na modalidade Pregão Eletrônico, devem se credenciar junto ao órgão organizador e encaminhar, para o endereço indicado, impresso e assinado o Termo de Responsabilidade de Utilização da Senha e a documentação especificada pelo MPF, que validará as informações registradas no Sistema e verificará a autenticidade da documentação exigida e apresentada Publicação da Licitação Os editais dos certames licitatórios estarão disponíveis no Portal da Transparência do MPF e da Unidade organizadora da licitação Envio de Propostas Após a divulgação do edital, os licitantes deverão acessar o sistema Pregão Eletrônico para preenchimento de sua proposta-preço, através do formulário eletrônico, com a descrição do objeto ofertado e preço, até a data e hora marcadas para abertura da sessão, quando então encerra-se automaticamente a fase de recebimento de propostas Abertura da Sessão Pública Na data e horário previstos em edital, o Pregoeiro responsável pela condução do certame entrará em uma sala de disputa virtual, dando início a sessão pública, com acesso e abertura das propostas eletrônicas enviadas pelos fornecedores. Nesta fase, o Pregoeiro avalia a compatibilidade das especificações contidas nas propostas-preço com aquelas constantes no objeto do edital. Havendo a desclassificação de alguma proposta, o Pregoeiro informará via chat o motivo pelo qual o fornecedor teve sua proposta desclassificada. O fornecedor que tiver sua proposta classificada poderá participar da sessão de disputa, ofertando novos lances dentro do tempo estabelecido, acrescido do tempo randômico gerado aleatoriamente pelo sistema.

7 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 7 / 44 Qualquer interessado poderá acompanhar o desenvolvimento da licitação na modalidade pregão eletrônico em tempo real, por meio da internet Início da Sessão de Disputa Analisadas e classificadas as propostas-preços, o Pregoeiro iniciará a disputa da sessão, momento em que os fornecedores passarão a ofertar lances na sala virtual de disputa. A disputa é realizada pelos fornecedores dentro da própria sala virtual, sendo visualizada por lote ou pelo Quadro Resumo, útil nos casos em que a licitação é composta por mais de um lote de disputa onde o fornecedor participa. Os três últimos minutos, do tempo estipulado para a oferta de lances para os lotes, são avisados automaticamente pelo sistema, quando é informado o início do tempo randômico (tempo aleatório gerado pelo sistema, entre 1 segundo e 30 minutos). Durante o período de tempo randômico os fornecedores poderão continuar ofertando novos lances, findo o qual encerra-se a etapa de disputa Negociação com o Licitante melhor classificado na disputa Encerrada a disputa e ordenada a classificação das propostas, o Pregoeiro negociará via chat, exclusivamente, com os primeiros classificados em seus respectivos lotes, o valor final ofertado e analisará a documentação de habilitação destes fornecedores. Ocorrendo o aceite na negociação e constatada a regularidade da documentação, os mesmos serão declarados vencedores, momento no qual serão disponibilizadas para visualização as propostas-preço de todos os fornecedores. Havendo desclassificação ou inabilitação do fornecedor, será negociado com o subsequente na ordem de classificação até que se apure um vencedor Intenção de Interposição de Recursos Declarado(s) o(s) vencedor(res) na disputa do lote, o Pregoeiro dará início ao prazo, configurado previamente no sistema, para que os fornecedores interessados manifestem, motivadamente, as intenções de interposição de recurso. Tais manifestações serão possíveis no sistema, através de campo específico, quando lhe será concedido o prazo de três dias para apresentar as razões de recurso, ficando os demais licitantes, desde logo, intimados para, querendo, apresentar contrarrazões em igual prazo, que começará a contar do término do prazo do recorrente, sendo-lhes assegurada vista imediata dos elementos indispensáveis à defesa dos seus interesses. O acolhimento de recurso importará na invalidação apenas dos atos insuscetíveis de aproveitamento.

8 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 8 / Adjudicação do Objeto ao Licitante Vencedor A falta de manifestação imediata e motivada do licitante quanto à intenção de recorrer, importará na decadência desse direito, ficando o pregoeiro autorizado a adjudicar o objeto ao licitante declarado vencedor Ata da Sessão Licitada Todas as informações registradas no sistema, durante a sessão pública, são partes integrantes da Ata Eletrônica, sendo disponibilizadas no sistema aos interessados para conhecimento do julgamento exarado Homologação da Licitação Realizada a adjudicação do objeto aos fornecedores vencedores do certame, o julgamento é submetido à autoridade competente para conhecimento e homologação do resultado da licitação Publicação dos Resultados Após a sessão pública será disponibilizada ata eletrônica, com os registros de todos os eventos ocorridos ao longo da disputa, bem como a situação em que se encontra o processo licitatório, ficando disponível para consulta de qualquer interessado.

9 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 9 / 44 5 Acesso ao sistema login O acesso ao sistema de Pregão Eletrônico é possível tanto para usuários credenciados no Sistema ASI quanto para visitantes. O usuário que está previamente credenciado no sistema ASI informa os dados gerais para acesso, conforme a tela abaixo: 2. Ilustração: tela de login Tela inicial A funcionalidade abaixo apresenta todos os acessos ao sistema.

10 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 10 / 44 Ilustração 3: Menu Ao clicar na opção ajuda o sistema exibe o help. Ao clicar na opção sobre o sistema disponibiliza a versão atual do sistema Pregão Eletrônico. Ao clicar na opção sair o sistema retorna para tela de login, conforme imagem 02. O sistema apresenta data e hora atuais. Ao clicar em normas do pregão o sistema exibe a legislação relacionada ao Pregão Eletrônico. Ao clicar em consulta licitação o sistema permite consultar licitações agendadas, em andamento, encerradas e consultas específicas. Ao clicar em configuração geral o sistema permite que o usuário do Pregão Eletrônico configure funcionalidades do sistema.

11 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 11 / 44 6 Configuração Geral Ramo de Atividade O sistema Pregão Eletrônico permite ao Administrador ou ao Pregoeiro configurar o ramo de atividade dos Fornecedores. Esta verificação se dá no momento em que um deles autoriza ou não os Fornecedores a participarem da licitação, de acordo com o seu ramo de atividade. 4. Ilustração: botão Configuração Geral Estas informações são obtidas por meio do sistema ASI que faz o mapeamento de acordo com o objeto licitado e, desta forma, verifica o ramo de atividade indicando se determinado(s) fornecedor(es) poderá(ão) ou não participar da licitação. Se o Administrador ou o Pregoeiro optar pela não verificação do ramo de atividade, então todos os fornecedores poderão enviar propostas para a licitação. Caso contrário, o sistema não permitirá o envio da proposta. 5. Ilustração: tela Configuração Para configurar o ramo de atividade, clique no botão Configuração Geral (ver ilustração). Serão apresentadas as opções SIM ou NÃO. Após selecionar a opção desejada, clique em SALVAR.

12 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 12 / 44 Em seguida, o sistema apresentará uma mensagem: Operação Realizada com Sucesso! Tema O sistema permite que seja escolhido um tema com as opções: Verde e azul. Consultar Licitações consulta geral (pregoeiro) Esta função permite ao usuário realizar consulta dos pregões eletrônicos registrados com os status: Licitações agendadas, licitações em andamento e licitações encerradas. Licitações Agendadas: são aquelas licitações que têm pelo menos um lote agendado. Ao selecionar, poderão ser visualizados o objeto da licitação e a data prevista para a realização da sessão pública. Licitações em Andamento: são aquelas licitações que têm pelo menos um lote sendo realizado no momento e que podem ser acompanhadas para conhecimento das propostas enviadas, dos lances ofertados e das mensagens trocadas entre o pregoeiro e os fornecedores participantes. Licitações Encerradas: são aquelas licitações que têm pelo menos um lote encerrado, mas que ainda não foram adjudicadas pelo responsável pela licitação. NOTA: Entenda-se, para fins deste manual, que o termo Licitações será utilizado para referir-se sempre aos pregões eletrônicos registrados neste sistema.

13 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 13 / Para consultar informações de uma licitação Após logar no sistema com o perfil de Pregoeiro, o usuário deverá acessar a página de pesquisa para ter acesso a uma determinada licitação. Definição dos critérios de pesquisa 6. Ilustração: campos de filtro para consulta de licitação 6.2 Situações de Licitação para Consulta

14 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 14 / 44 Todos: O sistema apresentará todas as licitações cadastradas. Disputa não iniciada: O sistema apresenta todas as licitações que ainda não iniciaram a disputa. Disputa em andamento: O sistema apresenta todas as disputas que estão em andamento. Em negociação: O sistema apresenta todas as licitações que estão na fase de negociação. Envio de documentação: O sistema possibilita consultar licitações que estão em fase de envio de documentação. Aguardando prazo recurso: O sistema possibilita consultar todas as licitações que estão aguardando o prazo recursal. Nota: Lote que possui todas as propostas desclassificadas na análise de proposta será considerado fracassado. Sendo assim será aguardado o prazo recursal, pois não haverá disputa. Em fase de interposição de recurso: O sistema possibilita consultar licitações que estiverem na fase de intenção de recurso. Adjudicados: O sistema possibilita consultar todas as licitações adjudicadas. Homologadas: O sistema possibilita consultar licitações que estiverem homologadas. Desertor: O sistema permite consultar licitações desertas. Anuladas: O sistema permite consultar licitações anuladas. Revogadas: O sistema permite consultar licitações revogadas Suspenso: Permite consultar licitações suspensas. Nota: Suspender lote/licitação - Caracteriza-se pela paralisação temporária do procedimento licitatório, em qualquer fase de execução, conforme interesse da Administração, devidamente motivado. Após o preenchimento das informações, clique no botão O sistema apresentará uma relação de licitações que se encontram na situação pesquisada. 6.3 Resultado da consulta O sistema possibilita visualizar o detalhamento da licitação, nº do edital, licitação, situação, sigla da UG, UF e data da sessão pública. Nota: Para melhor visualização, o sistema permite escolher a ordem de visualização: nº do edital ou data da sessão pública.

15 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 15 / 44 A seguir, o pregoeiro seleciona a licitação desejada e logo visualiza o detalhamento da licitação conforme abaixo.

16 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 16 / Detalhamento da Licitação Na tela de detalhamento da licitação, o sistema apresenta os dados referentes à licitação pesquisada. Nos dados gerais encontram-se o nome da Unidade Gestora do órgão responsável pela Licitação, o número do edital e o número do processo cadastrado previamente no Sistema ASI. O pregoeiro também tem informações sobre a sessão pública tais como: data de início e fim de recebimento das propostas pelos fornecedores. 6.5 Detalhamento do Lote No detalhamento do Lote é possível ao Pregoeiro consultar as seguintes informações : descrição do lote, situação atual do lote, quantidades do item. Ainda nesta tela de consulta, o Pregoeiro tem a possibilidade de consultar outras licitações, bem como acessar a sala de disputa, por meio dos botões abaixo:

17 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 17 / 44

18 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 18 / 44 Clique no botão Sala de Disputa para acessar diretamente a sala de disputas. (Ver tópico Sala de Disputa). 7. Ilustraão: botão Sala de disputa

19 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 19 / 44 7 Quadro de Envio e Recebimento de Mensagens (CHAT) O fornecedor tem a sua disposição um meio de comunicação com o coordenador da licitação que, no caso de Pregão é o Pregoeiro. Na área do chat da sala de disputa constam todas as mensagens enviadas pelo pregoeiro. As mensagens no quadro são diferenciadas pela origem. As mensagens do sistema e as mensagens trocadas entre o coordenador e participantes são identificadas por cores diferentes. Mensagens emitidas pelo sistema são vermelhas; as emitidas pelo pregoeiro são verdes e as mensagens trocadas pelos fornecedores são cinzas. Todas as mensagens enviadas por um fornecedor são visualizadas por todos os usuários, prevalecendo o princípio da transparência do processo. São exemplos de mensagens informativas para o fornecedor: da abertura da disputa, do início do período randômico (de 1 segundo a 30 minutos após a hora de término definida no edital), do encerramento da disputa, do prazo para recurso, dentre outros eventos. É de extrema importância que os fornecedores e todos os usuários fiquem atentos às mensagens exibidas. Veja abaixo um exemplo de mensagens emitidas pelo sistema no Chat da Sala de Disputa: 8. Ilustração: chat da sala de disputa Para enviar mensagens digita o respectivo texto no campo e clique no botão Enviar. Quando o Pregoeiro clicar no botão, conforme indicado na tela acima, o sistema apresentará as configurações da sala de disputa e dará, ao pregoeiro, as possibilidades de visualização e execução da licitação.

20 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 20 / 44 8 Execução do Pregão Eletrônico 8.1 Abertura das propostas A execução do Pregão Eletrônico inicia-se com a abertura das propostas pelo Pregoeiro. As propostas só podem ser abertas depois de atingida a data e o horário de abertura. Após selecionar a licitação, de acordo com instruções do tópico Consulta pelo Pregoeiro, serão apresentados um painel onde o Pregoeiro visualiza informações daquela licitação e um chat para enviar mensagens aos participantes da licitação. Atenção! As telas apresentadas neste tópico do manual são meramente exemplificativas e só podem ser visualizadas quando o usuário está logado com perfil de Pregoeiro. 8.2 Configuração da Sala de Disputa Ao clicar no botão de configurações, localizado no canto superior do chat, uma tela com 3 abas será apresentada para que o pregoeiro defina configurações referentes à disputa.

21 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 21 / 44 Na primeira aba o pregoeiro visualizará um quadro resumo com os lotes listados. Na segunda aba o pregoeiro terá como opção analisar as propostas de todos os lotes, classificar o fornecedor e desclassificar. No caso de desclassificação o pregoeiro deverá justificar o motivo. O pregoeiro poderá enviar mensagens por meio do chat para todos os fornecedores.

22 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 22 / 44 Ao selecionar a opção avançar, o sistema apresenta a terceira aba (Iniciar disputa) para que sejam configurados os tempos de duração de disputa, duração para envio de documentação e duração do tempo de recurso. Nota: Os tempos são configurados para todos os lotes. Campos apresentados na aba iniciar disputa: Lote: Selecione o lote que será configurado; Duração: Informe o tempo de disputa do lote; Critério de julgamento: O sistema exibe o critério de julgamento selecionado no ASI: Menor Valor, Maior Valor, Menor Percentual, Maior Percentual; Tempo de Envio de Documentação: Defina o tempo que os fornecedores poderão enviar documentos. Duração do tempo de recurso: Defina o tempo que os fornecedores poderão manisfestar intenção de recursos.

23 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 23 / 44 Ao selecionar o botão configuração o sistema permite que o pregoeiro configure o mesmo tempo para todos os lotes. Ao clicar na opção atualizar o sistema volta à tela de iniciar disputa, podendo iniciar a disputa.

24 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 24 / 44 9 Sala de Disputa O sistema de Pregão Eletrônico permite a todos os usuários do sistema acessarem a sala de disputa. Para participar das licitações, os fornecedores devem enviar as propostas com antecedência dentro do prazo limite e devem estar com suas habilitações em dia. Para que o usuário acesse a sala de disputa, seja para participar ou acompanhar as licitações, deverá primeiramente consultar a licitação pretendida, conforme os passos indicados no tópico de Consulta de Licitações deste manual e, em seguida, clicar no botão Sala de disputa. Veja os procedimentos de acesso à sala de disputa no tópico Consulta geral pelo Pregoeiro. 9.1 Visualizar e acompanhar licitações O Pregão Eletrônico é uma modalidade de licitação que permite a qualquer cidadão visualizar e acompanhar, em tempo real, as licitações que estão em andamento. Após selecionada a licitação em andamento, clique no botão Sala de Disputa para entrar na sala de disputa. Na sala de disputa será apresentado um chat que exibe as mensagens enviadas pelo sistema ou pelo Pregoeiro aos Fornecedores. Além disso, a sala de disputa apresenta um painel que exibe uma sequência de numeração dos lotes, bem como um quadro resumo para acompanhamento das salas de disputa. As licitações podem conter vários lotes ou apenas um lote.

25 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 25 / Ilustração: visualizaçaõ de lote na sala de disputa Selecione o lote que deseja visualizar, clicando no botão. A sala de disputa do lote será apresentada em formato maximizado. Veja a imagem seguinte: Durante a disputa é possível alterar o tempo conforme o botão alterar situado ao lado esquerdo da imagem acima. Durante a disputa ficam habilitadas as seguintes opções: Suspender/Reabrir, Anexar documentos, e Visualizar documentos. O sistema apresenta algumas informações referentes à licitação conforme a imagem acima.

26 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 26 / 44 Na parte inferior o sistema exibe as seguintes legendas: cancelar lance - Informa que o lance pode ser cancelado. lance cancelado - Informa que o lance foi cancelado pelo pregoeiro. Solicitação de cancelamento - Informa que existe um pedido de cancelamento de lance. Solicitação negada - Informa que o pregoeiro negou o pedido de cancelamento. 9.2 Lances durante a sessão de disputa Dado o início da sessão, o sistema emitirá uma mensagem no chat informando o início da disputa. A partir deste momento, os fornecedores estão habilitados para enviar lances ao lote desejado; basta digitar o valor do lance e clicar no botão ENVIAR. Após o envio do lance, o sistema apresentará a seguinte mensagem: "Lance enviado com sucesso". O pregoeiro visualiza os lances na opção lances ofertados conforme imagem abaixo. No lote em disputa clique no botão, localizado no canto superior direito da tela, para ampliá-lo e desse modo visualizar a tela com todas as informações da disputa. Veja o exemplo de uma tela maximizada da sala de disputa: Durante a disputa, o chat fica desabilitado para os fornecedores. Apenas o campo para envio de lances fica habilitado. Abaixo deste campo, fica disponibilizada a informação do último lance e o menor lance enviado até o momento.

27 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 27 / 44 Caso o pregoeiro pretenda cancelar um lance, deverá clicar no ícone de cancelamento, conforme abaixo: Em seguida, o sistema apresentará um campo para a justificativa do cancelamento: Informe o motivo do cancelamento e clique no botão Confirmar. Neste momento, o cancelamento do lance dependerá da confirmação do Pregoeiro. Caso o pregoeiro confirme, o ícone de lance cancelado aparecerá ao lado do lance.

28 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 28 / Alterar o tempo de disputa em andamento Clique sobre o botão ALTERAR e a seguinte tela será apresentada: Defina o novo tempo para a disputa em andamento e clique em CONFIRMAR. 9.4 Suspender/Reabrir a sessão pública Se durante a sessão pública houver a necessidade de suspensão da disputa, clique no botão SUSPENDER/REABRIR. O sistema apresentará uma tela para a confirmação desta ação. Clique sobre um dos botões para confirmar ou cancelar esta operação. Para reabrir a sessão, basta seguir os mesmos procedimentos e clicar em CONFIRMAR. Nota: Ao finalizar o tempo de disputa inicia-se o tempo randômico, que pode variar de 1 segundo a 30 minutos. Durante o período randômico, os fornecedores continuam enviando seus lances. Finalizado este período, o sistema classifica automaticamente o fornecedor vencedor. Nota: Poderá ser suspenso/reaberto um lote por vez.

29 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 29 / Ordem de classificação O sistema disponibiliza a ordem de classificação conforme abaixo: Legendas: Restaurar - Ao selecionar o ícone restaurar o sistema retorna ao passo anterior. Desclassificar - Ao selecionar o ícone desclassificar o sistema desclassifica o fornecedor. Sendo assim é necessário preencher a justificativa. Nota: A justificativa é apresentada no chat. Habilitar Ao selecionar o ícone habilitar o sistema habilita o fornecedor. Inabilitar Ao selecionar o ícone Inabilitar o sistema Inabilita o fornecedor. Sendo assim é necessário preencher a justificativa. Registrar lance O registro de lance só será utilizado quando existir ME/PE, pois o valor do lance enviado pelo fornecedor deverá ser registrado no sistema. 9.6 Negociação com o Licitante melhor classificado na disputa Encerrada a disputa e ordenada a classificação das propostas, o Pregoeiro negociará via Chat exclusivamente na opção de atualizar proposta. O Usuário deverá acessar o botão atualizar proposta conforme figura abaixo.

30 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 30 / 44 O pregoeiro receberá do fornecedor a proposta atualizada. Proposta Inicial - O sistema apresenta os dados referentes à proposta inicial. Proposta Final Quando o pregoeiro clicar no botão carregar proposta o sistema apresentará o valor final negociado. Simulador O pregoeiro e o fornecedor poderão usar essa opção para recalcular valores da proposta, utilizando o chat como auxílio na negociação do melhor valor.

31 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 31 / 44 Havendo desclassificação ou inabilitação do fornecedor será negociado com o subsequente, na ordem de classificação, até que se apure um vencedor.

32 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 32 / Envio de Documentação Outra funcionalidade disponível ao Pregoeiro, durante a sessão de disputa, é o anexo de documentos referentes à Licitação em andamento. Para anexar um documento, clique no botão ANEXAR DOCUMENTO:

33 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 33 / 44 [1] Escolha o fornecedor: Selecione o fornecedor relacionado ao documento que será anexado; [2] Adicionar Arquivo: Procure o arquivo que será anexado; [3] Enviar Arquivo: Clique neste botão para submeter o arquivo ao sistema; Após estes procedimentos, clique em SALVAR.

34 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 34 / Visualizar Documentos Anexados Para visualizar todos os documentos anexados referentes à Licitação, clique no botão VISUALIZAR DOCUMENTOS Nesta tela os documentos são informados pelo fornecedor. Para visualizá-los, clique sobre o link na coluna "nome", e o arquivo será apresentado. Após o término de negociação, o botão Tempo de Recurso será habilitado.

35 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 35 / Tempo de Recurso Ao clicar no botão para iniciar o tempo de recurso, o sistema apresentará a seguinte tela : Ao confirmar, o sistema apresentará a mensagem: "Tempo de recurso iniciado com sucesso". Durante este período os fornecedores podem enviar seus recursos Interposição de Recursos Declarados os vencedores na disputa dos lotes, o Pregoeiro definirá, no sistema, o tempo para que os demais fornecedores manifestem intenções de interposição de recursos. Nesta etapa, o chat será habilitado para os participantes e todas as mensagens serão visualizadas por todos. O fornecedor que manifestar, motivadamente, intenção de recurso dentro do prazo estipulado, deverá encaminhar os memoriais, no prazo legal, sendo que o recurso administrativo deverá tratar-se, somente, do que foi fundamentado em sua intenção postada. Nota: O pregoeiro não possui tempo estipulado para responder os manifestos. O pregoeiro poderá visualizar o histórico de todas as manifestações de recursos.

36 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 36 / 44 A imagem abaixo, exibe a aba com históricos de todas as manifestações feitas pelo fornecedor e pregoeiro.

37 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 37 / Adjudicação Encerrado o tempo para interposição de recurso, o pregoeiro poderá adjudicar o objeto acessando a sala de disputa e clicando no botão ADJUDICAR, conforme abaixo: O sistema solicitará confirmação para esta ação. Confirme a operação e o sistema apresentará mensagem de confirmação.

38 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 38 / Revogar Licitação Caso a intenção seja revogar toda a Licitação, o procedimento é o mesmo. O pregoeiro deverá clicar no botão e expor os motivos da Revogação. Em seguida, será apresentada a mensagem de confirmação da operação: Licitação Revogada com sucesso! O Sistema apresentará um campo para justificativa, em que o Pregoeiro informará os motivos da Revogação. Após digitar a justificativa, clique no botão Confirmar. O sistema apresentará a mensagem de confirmação da operação Licitação Revogada com sucesso!

39 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 39 / Anular Lote Para anular um lote, o Pregoeiro deverá seguir os seguintes passos: 1. Consultar a Licitação, conforme instruções do tópico de consulta de licitações. Veja a tela de uma licitação na situação Em Andamento. 2. Clique no botão Anular Lote conforme indicado acima. 3.O Sistema apresentará uma mensagem para que o Pregoeiro confirme a Anulação do lote. 4.Clique no botão Confirmar. O sistema apresentará a mensagem de confirmação da operação "Lote Anulado com sucesso!"

40 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 40 / Homologar Lote Para homologar um lote, o Homologador ou o Pregoeiro deverá seguir os seguintes passos: 1.Consultar a Licitação, conforme instruções do tópico de consulta de licitações. Veja a tela de uma licitação na situação Em Adjudicado: 2.Clique no botão Homologar Lote conforme indicado pela acima. 3. O Sistema apresentará uma mensagem para o Homologador/Pregoeiro confirmar a homologação:

41 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 41 / Ata Acesso à ata eletrônica A Ata Eletrônica contém o registro de todos os eventos ocorridos ao longo da sessão pública e fica disponível para qualquer cidadão, a partir do momento em que se encerra a fase de disputa de todos os seus lotes. Pode ser acessada efetuando-se a pesquisa de licitações para o público em geral, conforme orientações do tópico Consulta deste manual, como também pela pesquisa pelos Fornecedores, após o login no sistema. A ata pode ser acessada na página de detalhamento da Licitação. Basta clicar no botão Relatório/Ata. Dica: A ata da sessão pública fica indisponível enquanto houver, na licitação, lotes pendentes de disputa Convocar Remanescente Na falta do adjudicatário o sistema permite convocar o remanescente. Conforme imagem.

42 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 42 / 44 Na convocação o usuário poderá visualizar os dados da licitação e a ordem de classificação Para que haja a convocação do próximo fornecedor classificado, o pregoeiro deverá justificar esta operação. Caso haja necessidade, o sistema possibilita anexar documentos referentes à convocação, conforme imagens abaixo.

43 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 43 / 44 O Pregoeiro poderá visualizar os dados da licitação e informar o motivo da convocação no campo justificativa. O sistema permite anexar arquivos. Clique no botão Salvar anexo. O sistema apresentará a mensagem de confirmação da operação "Anexo salvo com sucesso!" O pregoeiro poderá visualizar a proposta inicial e proposta final do fornecedor conforme imagem abaixo.

44 Manual Pregão eletrônico Perfil Pregoeiro - 44 / 44 Ilustrações 1. Ilustração: botão para normas do pregão eletrônico Ilustração: tela de login...9 Ilustração 3: Menu Ilustração: botão Configuração Geral Ilustração: tela Configuração Ilustração: campos de filtro para consulta de licitação Ilustraão: botão Sala de disputa Ilustração: chat da sala de disputa Ilustração: visualizaçaõ de lote na sala de disputa...26

Índice. Pregão Eletrônico perfil de fornecedor - 1 / 37

Índice. Pregão Eletrônico perfil de fornecedor - 1 / 37 Pregão Eletrônico perfil de fornecedor - 1 / 37 Índice 1 -. Apresentação...3 2 -. Ambiente Operacional & Requisitos...4 3 -. Normas do Pregão Eletrônico...5 4 -. Procedimentos do Pregão Eletrônico...6

Leia mais

CIGAM MÓDULOS DE COMPRAS WEB EPROCUREMENT

CIGAM MÓDULOS DE COMPRAS WEB EPROCUREMENT CIGAM MÓDULOS DE COMPRAS WEB EPROCUREMENT MANUAL DE OPERAÇÃO Rev. 02.11 03/05/12 CRM - CIGAM - Compras web 1 Sumário 1. INTRODUÇÃO... 3 2. CIGAM DESKTOP Solicitação de Compra (SOC)... 4 2.1. Envio do pedido

Leia mais

Manual da Central de Compras

Manual da Central de Compras Sistema de Compras Eletrônicas - COE Manual da Central de Compras Portal Compras RS Portal Pregão On-Line Banrisul Portal Compras PROCERGS Governo do Estado do Rio Grande do Sul Secretaria de Administração

Leia mais

PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO

PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO Compra Direta - Guia do Fornecedor PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO Página As informações contidas neste documento, incluindo quaisquer URLs e outras possíveis referências a web sites, estão sujeitas

Leia mais

Coordenando a licitação

Coordenando a licitação Coordenando a licitação Licitação Pública Modalidade: Pregão eletrônico Para controlar uma licitação, o usuário deve acessar, no menu, o botão sala de negociação e, em seguida, escolher a opção controlar

Leia mais

PREGÃO PRESENCIAL Manual do Pregoeiro

PREGÃO PRESENCIAL Manual do Pregoeiro MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS PREGÃO PRESENCIAL Manual do Pregoeiro Brasília 2005 MINISTRO

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO Manual do Fornecedor

PREGÃO ELETRÔNICO Manual do Fornecedor MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS PREGÃO ELETRÔNICO Manual do Fornecedor Brasília Julho/2006

Leia mais

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DO FORNECEDOR PARA PARTICIPAÇÃO EM

MANUAL DE PROCEDIMENTOS DO FORNECEDOR PARA PARTICIPAÇÃO EM MANUAL DE PROCEDIMENTOS DO FORNECEDOR PARA PARTICIPAÇÃO EM COTAÇÕES E PREGÕES ELETRÔNICOS Sumário 1. Introdução... 2 2. Procedimento para cadastro... 2 3. Conhecendo o Sistema de Compras Eletrônicas da

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO Manual de Simulação

PREGÃO ELETRÔNICO Manual de Simulação MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS PREGÃO ELETRÔNICO Manual de Simulação AMBIENTE DE TREINAMENTO

Leia mais

Sistema Gestor de Compras - MS Manual do Licitante 3.15. Pregão Eletrônico

Sistema Gestor de Compras - MS Manual do Licitante 3.15. Pregão Eletrônico Sistema Gestor de Compras - MS Manual do Licitante 3.15 19/07/2012 ÍNDICE DA REVISÃO Data Versão Descrição Páginas 14/09/2009 3.0.1 18/10/2009 3.0.2 15/03/2010 3.0.6 08/06/2010 3.0.9 08/06/2010 3.0.9 Alterada

Leia mais

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS DIVULGAÇÃO DE COMPRAS COTAÇÃO ELETRÔNICA MANUAL DO USUÁRIO

Leia mais

Escolhendo um modelo de edital no BBMNET

Escolhendo um modelo de edital no BBMNET Como criar e publicar um edital Escolhendo um modelo de edital no BBMNET Para criar e publicar um edital, escolha primeiro entre as opções Licitação PÚBLICA ou PRIVADA (conforme a situação jurídica do

Leia mais

Caixa Econômica Federal Gerência Nacional de Suprimentos

Caixa Econômica Federal Gerência Nacional de Suprimentos Caixa Econômica Federal Gerência Nacional de Suprimentos CAIXA GESUP Brasília Janeiro/2010 1 SUMÁRIO 1 Introdução... 3 2 Acesso... 4 3 Pregão Eletrônico... 5 3.1 Como consultar editais... 6 3.2 Credenciamento...

Leia mais

paradigma WBC Public - pregão eletrônico Guia do Fornecedor paradigma WBC Public v6.0 g1.1

paradigma WBC Public - pregão eletrônico Guia do Fornecedor paradigma WBC Public v6.0 g1.1 paradigma WBC Public - pregão eletrônico Guia do Fornecedor paradigma WBC Public v6.0 g1.1 agosto de 2007 As informações contidas neste documento, incluíndo quaisquer URLs e outras possíveis referências

Leia mais

ÍNDICE. Manual do COMPRASNET Versão 1 Jan/2002 2

ÍNDICE. Manual do COMPRASNET Versão 1 Jan/2002 2 ÍNDICE ÍNDICE...2 1. Introdução...3 2. Navegando pela área de livre acesso...4 3. Navegando pela área de ACESSO SEGURO...6 A. Instalando o Certificado de Segurança...6 B. Fazendo Cadastramento nos Serviços

Leia mais

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA.

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA. MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA Pregão Eletrônico Fornecedor Manual do Fornecedor Versão 1 1 Sumário 1 Introdução...

Leia mais

Portal dos Convênios SICONV. Execução Cotação Eletrônica de Preços. Entidades Privadas sem Fins Lucrativos. Manual do Usuário

Portal dos Convênios SICONV. Execução Cotação Eletrônica de Preços. Entidades Privadas sem Fins Lucrativos. Manual do Usuário MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios SICONV Execução Cotação Eletrônica de Preços

Leia mais

paradigma WBC Public - pregão eletrônico Guia do Fornecedor paradigma WBC Public v6.0 g1.1

paradigma WBC Public - pregão eletrônico Guia do Fornecedor paradigma WBC Public v6.0 g1.1 paradigma WBC Public - pregão eletrônico Guia do Fornecedor paradigma WBC Public v6.0 g1.1 agosto de 2007 As informações contidas neste documento, incluíndo quaisquer URLs e outras possíveis referências

Leia mais

DEPARTAMENTO DE SUPRIMENTOS APRESENTAÇÃO PREGÃO CESP ONLINE

DEPARTAMENTO DE SUPRIMENTOS APRESENTAÇÃO PREGÃO CESP ONLINE PREGÃO CESP ONLINE APRESENTAÇÃO O Pregão é a modalidade de Licitação para aquisição de bens, serviços comuns e Engenharia em que a disputa pela contratação é feita em sessão pública, por meio de Propostas

Leia mais

Portal Contador Parceiro

Portal Contador Parceiro Portal Contador Parceiro Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa 1. Portal Contador Parceiro... 03 2. Acesso ao Portal... 04 3. Profissionais...11 4. Restrito...16 4.1 Perfil... 18 4.2 Artigos...

Leia mais

Guia do Fornecedor. WBC Public Pregão eletrônico

Guia do Fornecedor. WBC Public Pregão eletrônico Guia do Fornecedor WBC Public Pregão eletrônico As informações contidas neste documento, incluindo quaisquer URLs e outras possíveis referências a web sites, estão sujeitas a mudança sem aviso prévio.

Leia mais

Antes de começar, o Solicitante e outros envolvidos dentro do projeto (Orientador, Coordenador ou outro Responsável Técnico) devem verificar:

Antes de começar, o Solicitante e outros envolvidos dentro do projeto (Orientador, Coordenador ou outro Responsável Técnico) devem verificar: SOLICITAÇÃO DE FOMENTO on-line MANUAL DO USUÁRIO 1 CONTATOS... 2 2 ANTES DE COMEÇAR... 2 3 ENTRAR NO SISTEMA INFAPERJ... 3 3.1 ACESSO AO SISTEMA...3 3.2 LOGIN...4 4 APRESENTAÇÃO GERAL DA INTERFACE... 5

Leia mais

Pagamento - Fornecedor

Pagamento - Fornecedor Pagamento - Fornecedor MT-212-00137 - 1 Última Atualização 30/08/2014 I. Objetivos Após este módulo de capacitação você será capaz de: Carregar Documentos Fiscais Verificar o status de envio dos documentos

Leia mais

Manual Cadastro Completo

Manual Cadastro Completo Manual Cadastro Completo Índice 1. Objetivo... 3 2. O Projeto e-suprir... 3 3. Fluxo do Processo de Cadastro... 3 4. Cadastro Simples... 4 5. Recebendo Usuário e Senha... 7 6. Cadastro Completo... 7 7.

Leia mais

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição. Núcleo de Tecnologia da Informação

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição. Núcleo de Tecnologia da Informação Divisão de Almoxarifado DIAX/CGM/PRAD Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição Versão On-Line Núcleo de Tecnologia da Informação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Manual do Sistema

Leia mais

Manual para Transportadoras

Manual para Transportadoras Índice 1 Objetivo... 3 2 O Projeto e-suprir... 3 3 Introdução... 3 4 Informações Básicas... 4 4.1 Painel de Controle Compras... 4 5 Acessando o Pedido... 5 6 Digitando o Espelho de Nota Fiscal... 7 6.1

Leia mais

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB 0 Sumário Introdução... 2 Funcionalidades... 2 Requisitos Necessários... 2 Faturamento Web... 3 Faturamento Simplificado... 4 Faturamento Detalhado... 9 Faturamento

Leia mais

AVISO: Os exemplos contidos no HELP ONLINE são meramente ilustrativos e têm como objetivo principal ensinar o usuário a utilizar o sistema.

AVISO: Os exemplos contidos no HELP ONLINE são meramente ilustrativos e têm como objetivo principal ensinar o usuário a utilizar o sistema. AVISO: Os exemplos contidos no HELP ONLINE são meramente ilustrativos e têm como objetivo principal ensinar o usuário a utilizar o sistema. Os casos não refletem casos reais e não devem ser utilizados

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO. EDITAL ESMPU n. 177/2008

ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO. EDITAL ESMPU n. 177/2008 ESCOLA SUPERIOR DO MINISTÉRIO PÚBLICO DA UNIÃO EDITAL ESMPU n. 177/2008 A Escola Superior do Ministério Público da União ESMPU comunica que estarão abertas, no período de 13 a 15 de outubro de 2008, as

Leia mais

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Departamento de Administração Gabinete do Vice-Reitor

UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO. Departamento de Administração Gabinete do Vice-Reitor UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO Departamento de Administração Gabinete do Vice-Reitor Tendo em vista a necessidade de modernização dos sistemas corporativos e as dificuldades de implementar manutenções preventivas,

Leia mais

Guia Rápido para Acesso, Preenchimento e Envio Formulário de Cadastro da Empresa e Formulário de Projeto

Guia Rápido para Acesso, Preenchimento e Envio Formulário de Cadastro da Empresa e Formulário de Projeto EDITAL DE SELEÇÃO PÚBLICA MCTI/AEB/FINEP/FNDCT Subvenção Econômica à Inovação Transferência de Tecnologia do SGDC 01/2015 Transferência de Tecnologia Espacial no Âmbito do Decreto nº 7.769 de 28/06/2012

Leia mais

Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão

Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão NOVOSIS 3ª Versão Conteúdo Introdução... 3 Principais recursos:... 4 Para o cidadão:... 4 Para os órgãos públicos:... 4 Como Utilizar o SIC...

Leia mais

e- SIC Manual do SIC

e- SIC Manual do SIC e- SIC Manual do SIC Sumário Introdução.. 3 O e-sic.. 4 Primeiro acesso.. 5 Perfis de usuário.. 6 Cadastro de usuário no e-sic.. 7 Alteração de dados de usuários.. 9 Atualização de dados do SIC.. 11 Registro

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO Manual do Pregoeiro

PREGÃO ELETRÔNICO Manual do Pregoeiro MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS PREGÃO ELETRÔNICO Manual do Pregoeiro Brasília Julho/2006 MINISTRO

Leia mais

PREGÃO ELETRÔNICO Manual do Pregoeiro

PREGÃO ELETRÔNICO Manual do Pregoeiro MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS PREGÃO ELETRÔNICO Manual do Pregoeiro Brasília Maio/2006 MINISTRO

Leia mais

Para envio de Termos de Contrato, Editais de Licitação e Atos de Pessoal TCM-GO SUPERINTENDÊNCIA DE INFORMÁTICA

Para envio de Termos de Contrato, Editais de Licitação e Atos de Pessoal TCM-GO SUPERINTENDÊNCIA DE INFORMÁTICA Para envio de Termos de Contrato, Editais de Licitação e Atos de Pessoal TCM-GO SUPERINTENDÊNCIA DE INFORMÁTICA :: Acesso Inicial ( p/ acessar o módulo de Envio e Cadastro) Clique no link Portal dos Jurisdicionados,

Leia mais

REMOÇÃO 2015 Versão 10/04/2015

REMOÇÃO 2015 Versão 10/04/2015 Versão 10/04/2015 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 03 ACESSANDO O SISTEMA... 04 CONSULTA DE VAGAS... 06 CRIAR SOLICITAÇÃO PARA REMOÇÃO 2015... 09 PREENCHENDO A COMARCA/FORO... 10 ALTERANDO A SOLICITAÇÃO CADASTRADA...

Leia mais

MANUAL Credenciados SGMC Sistema de Gestão de Modalidades de Credenciamento

MANUAL Credenciados SGMC Sistema de Gestão de Modalidades de Credenciamento MANUAL Credenciados SGMC Sistema de Gestão de Modalidades de Credenciamento SEBRAE-GO 1 Sumário Introdução... 3 1) Acesso ao Sistema... 4 1.1. LOGIN... 4 1.2. ALTERAR SENHA... 7 1.3. RECUPERAR SENHA...

Leia mais

SUMÁRIO DESCRIÇÃO DO PROGRAMA. 1 Link do Sistema 3. 2 Primeiro acesso 3. 3 Para entrar no Sistema 5. 4 Para registrar uma demanda 6

SUMÁRIO DESCRIÇÃO DO PROGRAMA. 1 Link do Sistema 3. 2 Primeiro acesso 3. 3 Para entrar no Sistema 5. 4 Para registrar uma demanda 6 TUTORIAL SUMÁRIO DESCRIÇÃO DO PROGRAMA PÁG DO DEMANDANTE 1 Link do Sistema 3 2 Primeiro acesso 3 3 Para entrar no Sistema 5 4 Para registrar uma demanda 6 5 Acompanhamento da demanda 9 2 TUTORIAL DESCRIÇÃO

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. Conteúdo 1. Descrição geral 2 2. Resumo das funcionalidades 3 3. Efetuar cadastro no sistema 4 4. Acessar o sistema 6 5. Funcionalidades do menu 7 5.1 Dados cadastrais 7 5.2 Grupos de usuários 7 5.3 Funcionários

Leia mais

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA SECRETÁRIAS

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA SECRETÁRIAS HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR PARA SECRETÁRIAS 1 - A TELA AGENDA 1.1 - TIPOS DE AGENDA 1.1.1 AGENDA NORMAL 1.1.2 AGENDA ENCAIXE 2 - AGENDANDO CONSULTAS 2.1 - AGENDANDO UMA CONSULTA NA AGENDA

Leia mais

Tutorial de Utilização do AMBIENTE DE CREDENCIAMENTO DE SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS. Área de Operações Indiretas - AOI

Tutorial de Utilização do AMBIENTE DE CREDENCIAMENTO DE SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS. Área de Operações Indiretas - AOI Tutorial de Utilização do AMBIENTE DE CREDENCIAMENTO DE SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS Área de Operações Indiretas - AOI SUMÁRIO 1 ENTRADA NO SISTEMA... 1 2 UTILIZAÇÃO DO AUTOSERVIÇO DE TROCA DE SENHAS... 7 3 MODALIDADES

Leia mais

Apresentando o novo modelo de atendimento Centro Marista de Serviços - CMS. Curitiba, Julho de 2014

Apresentando o novo modelo de atendimento Centro Marista de Serviços - CMS. Curitiba, Julho de 2014 Apresentando o novo modelo de atendimento Centro Marista de Serviços - CMS Curitiba, Julho de 2014 Vamos à prática: Como abrir um chamado? Entre na ferramenta com seu login e senha de rede (a mesma que

Leia mais

Manual do Sistema de Demandas da FUNDEPAG

Manual do Sistema de Demandas da FUNDEPAG 2015 Manual do Sistema de Demandas da FUNDEPAG Manual do Sistema de Demandas da FUNDEPAG Cliente Institucional e Atualizado em: 11 de setembro de 2015 Sumário 1. Conceito do software... 1 2. Abertura de

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura Ministério da Cultura MANUAL DO PROPONENTE: PROPOSTAS VERSÃO 1.1 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 10/11/2011 1.0 Criação do documento. Aline Oliveira - MINC 07/01/2013 1.1 Atualização do

Leia mais

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO?

Figura 1: tela inicial do BlueControl COMO COLOCAR A SALA DE INFORMÁTICA EM FUNCIONAMENTO? Índice BlueControl... 3 1 - Efetuando o logon no Windows... 4 2 - Efetuando o login no BlueControl... 5 3 - A grade de horários... 9 3.1 - Trabalhando com o calendário... 9 3.2 - Cancelando uma atividade

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL. PTU Web

MANUAL OPERACIONAL. PTU Web MANUAL OPERACIONAL PTU Web Versão 8.0 24/08/2011 ÍNDICE Índice... 2 PTU Web... 4 O que é o PTU Web?... 4 Como acessar o PTU Web?... 4 Listagem de arquivos enviados e recebidos... 5 Unimeds disponíveis

Leia mais

Ministério da Cultura

Ministério da Cultura Ministério da Cultura MANUAL DO PROPONENTE: ADMINISTRATIVO VERSÃO 1.0 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 08/01/2013 1.0 Criação do documento. Aline Oliveira - MINC 3 ÍNDICE 1. APRESENTAÇÃO...

Leia mais

Relatórios... 23 Documentos... 24 Simulador... 25 Quadrante 1... 28 Quadrante 2... 28 Quadrante 3... 28 Quadrante 4... 28 Alterar Senha...

Relatórios... 23 Documentos... 24 Simulador... 25 Quadrante 1... 28 Quadrante 2... 28 Quadrante 3... 28 Quadrante 4... 28 Alterar Senha... Sumário Objetivo... 3 Primeiro acesso (Cadastro de senha)... 4 Recuperação de senha... 5 Acessando a Área Restrita... 7 Sessão... 8 Painel do Participante... 8 Menu... 8 Atualizações... 9 Navegação e usabilidade...

Leia mais

Manual de Utilização ZENDESK. Instruções Básicas

Manual de Utilização ZENDESK. Instruções Básicas Manual de Utilização ZENDESK Instruções Básicas Novembro/2013 SUMÁRIO 1 Acesso à ferramenta... 3 2 A Ferramenta... 4 3 Tickets... 8 3.1 Novo Ticket... 8 3.2 Acompanhamentos de Tickets já existentes...

Leia mais

Manual do Portal Pregão Online Banrisul

Manual do Portal Pregão Online Banrisul Sistema de Compras Eletrônicas - COE Manual do Portal Pregão Online Banrisul Pregão Online Banrisul Governo do Estado do Rio Grande do Sul Secretaria de Administração e Recursos Humanos Central de Compras

Leia mais

Portal de Compras. São José do Rio Preto

Portal de Compras. São José do Rio Preto Portal de Compras São José do Rio Preto Sumário DÚVIDAS GERAIS...2 PREGÃO ELETRÔNICO... 4 EMPRO Empresa Municipal de Processamento de Dados 1 DÚVIDAS GERAIS 1.O que é o Fluxograma das Etapas? Resposta:

Leia mais

Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Departamento de Logística e Serviços Gerais

Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Departamento de Logística e Serviços Gerais PREGÃO ELETRÔNICO Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação Departamento de Logística e Serviços Gerais 2008 O SISTEMA INTEGRADO DE ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Geral. Núcleo de Tecnologia da Informação

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Geral. Núcleo de Tecnologia da Informação Divisão de Almoxarifado DIAX/CGM/PRAD Manual do Sistema de Almoxarifado Geral Versão On-Line Núcleo de Tecnologia da Informação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Manual do Sistema de Almoxarifado

Leia mais

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA.

MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA. MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA Pregão Eletrônico Órgão Público Pregoeiro Manual do Usuário - Parte I Versão

Leia mais

Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO

Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO Versão 1.0 Julho/2012 ÍNDICE 1 REQUISITOS MÍNIMOS PARA INSTALAÇÃO... 4 1.1 Equipamento e Sistemas Operacionais 4 1.1.1

Leia mais

SAGRES LICITAÇÕES MANUAL

SAGRES LICITAÇÕES MANUAL SAGRES LICITAÇÕES MANUAL Sumário 1 - Objetivo...5 2 - Instrução Normativa 003/2014-TCE/RR...5 3 - A quem se destina o...5 4 - Perfis dos usuários do...5 5 - Regras de cadastro de usuários...6 6 - Acesso

Leia mais

Acompanhamento e Execução de Projetos

Acompanhamento e Execução de Projetos Acompanhamento e Execução de Projetos Manual do Usuário Atualizado em: 28/11/2013 Página 1/24 Sumário 1. INTRODUÇÃO... 3 2. ABRANGÊNCIA DO SISTEMA... 3 3. DESCRIÇÃO DO SISTEMA... 3 4. COMO ACESSAR O SISTEMA...

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SIGPBF

SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SIGPBF SISTEMA DE GESTÃO DO PROGRAMA BOLSA FAMÍLIA SIGPBF APLICATIVO DE FORMULÁRIOS GUIA DE NAVEGAÇÃO PERFIL MUNICÍPIO Versão do Guia: 1.1 Brasília, DF Abril de 2011 2011 Ministério do Desenvolvimento Social

Leia mais

E&L Nota Fiscal de Serviços Eletrônica. Manual do Ambiente do Prestador de Serviços do Município

E&L Nota Fiscal de Serviços Eletrônica. Manual do Ambiente do Prestador de Serviços do Município E&L Nota Fiscal de Serviços Eletrônica Manual do Ambiente do Prestador de Serviços do Município Após receber a confirmação de aceite do Credenciamento via e-mail já é possível efetuar o login no sistema

Leia mais

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA SECRETÁRIAS

HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA SECRETÁRIAS HELP DE UTILIZAÇÃO DO SISTEMA ONLINE DOCTOR/SBOT PARA SECRETÁRIAS 1 - A TELA AGENDA 1.1 - TIPOS DE AGENDA 1.1.1 AGENDA NORMAL 1.1.2 AGENDA ENCAIXE 2 - AGENDANDO CONSULTAS 2.1 - AGENDANDO UMA CONSULTA NA

Leia mais

Pagamentos MT-212-00137-6 Última Atualização 06/01/2015

Pagamentos MT-212-00137-6 Última Atualização 06/01/2015 Pagamentos MT-212-00137-6 Última Atualização 06/01/2015 I. Objetivos Após este módulo de capacitação você será capaz de: Carregar Documentos Fiscais Verificar o status de envio dos documentos fiscais Consultar

Leia mais

PORTAL EMPRESA SIMPLES Registro e Licenciamento de Empresas MANUAL RLE. Baixa Simplificada de Empresas

PORTAL EMPRESA SIMPLES Registro e Licenciamento de Empresas MANUAL RLE. Baixa Simplificada de Empresas PORTAL EMPRESA SIMPLES Registro e Licenciamento de Empresas MANUAL RLE Baixa Simplificada de Empresas 2 Sumário 1 Como preparar o computador para uso do certificado digital...04 2 Primeiro Acesso: Cadastro

Leia mais

AVISO: Os exemplos contidos no HELP ONLINE são meramente ilustrativos e têm como objetivo principal ensinar o usuário a utilizar o sistema.

AVISO: Os exemplos contidos no HELP ONLINE são meramente ilustrativos e têm como objetivo principal ensinar o usuário a utilizar o sistema. AVISO: Os exemplos contidos no HELP ONLINE são meramente ilustrativos e têm como objetivo principal ensinar o usuário a utilizar o sistema. Os casos não refletem casos reais e não devem ser utilizados

Leia mais

e- SIC Manual do Cidadão

e- SIC Manual do Cidadão e- SIC Manual do Cidadão Sumário Introdução 3 O e-sic 4 Primeiro acesso 5 Cadastrando-se no e-sic 6 Acessando o e-sic 7 Funções do e-sic 8 Envio de avisos por e-mail pelo e-sic 9 Como fazer um pedido de

Leia mais

FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP

FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP FAQ Sistema Eletrônico de Informações SEI-MP 1. Quem pode obter o acesso ao SEI-MP? O SEI-MP está disponível apenas para usuários e colaboradores internos do MP. Usuários externos não estão autorizados

Leia mais

Consultório On-line. Tudo o que você precisa em um só lugar.

Consultório On-line. Tudo o que você precisa em um só lugar. Índice 1) Acesso ao sistema 2) Recepção do paciente 3) Envio do atendimento para faturamento: consulta médica ou procedimentos simples 4) Envio do atendimento para faturamento: procedimentos previamente

Leia mais

F.A.Q. PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO

F.A.Q. PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO F.A.Q. PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO Página 1 Sumário DÚVIDAS GERAIS... 3 PREGÃO ELETRÔNICO... 6 Página 2 DÚVIDAS GERAIS 1. O que é o Fluxograma das Etapas? Resposta: O fluxograma representa

Leia mais

PORTAL EMPRESA SIMPLES Registro e Licenciamento de Empresas MANUAL RLE

PORTAL EMPRESA SIMPLES Registro e Licenciamento de Empresas MANUAL RLE PORTAL EMPRESA SIMPLES Registro e MANUAL RLE 2 Sumário 1 Como preparar o computador para uso do certificado digital...04 2 Primeiro acesso: cadastro do cidadão...10 3 Consulta de Classificação de Risco...13

Leia mais

MANUAL PRÁTICO PARA CADASTRO DE MATERIAL E REQUISIÇÃO DE COMPRA NO SIPAC.

MANUAL PRÁTICO PARA CADASTRO DE MATERIAL E REQUISIÇÃO DE COMPRA NO SIPAC. MANUAL PRÁTICO PARA CADASTRO DE MATERIAL E REQUISIÇÃO DE COMPRA NO SIPAC. 1. CONSULTA DE MATERIAL 1.1. NÃO, O MATERIAL NÃO CONSTA NO CATÁLOGO 1.2. SIM, O MATERIAL CONSTA NO CATÁLOGO 2. CADASTRO DE MATERIAL

Leia mais

A barra de menu a direita possibilita efetuar login/logout do sistema e também voltar para a página principal.

A barra de menu a direita possibilita efetuar login/logout do sistema e também voltar para a página principal. MANUAL DO SISCOOP Sumário 1 Menu de Navegação... 3 2 Gerenciar País... 5 3- Gerenciamento de Registro... 8 3.1 Adicionar um registro... 8 3.2 Editar um registro... 10 3.3 Excluir um registro... 11 3.4

Leia mais

Questionários MT-611-00004 Última Atualização 25/04/2012

Questionários MT-611-00004 Última Atualização 25/04/2012 Questionários MT-611-00004 Última Atualização 25/04/2012 I. Objetivos Após completar este módulo de capacitação você será capaz de: 1. Entender os conceitos envolvidos no processo de avaliação realizado

Leia mais

SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO

SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO RM Agilis Manual do Usuário Ouvidoria, Correspondência Interna, Controle de Processos, Protocolo Eletrônico, Solicitação de Manutenção Interna, Solicitação de Obras em Lojas,

Leia mais

GUIA DE USUÁRIO - GU-

GUIA DE USUÁRIO - GU- 1/22 Revisão 00 de 20//12 1. OBJETIVO Orientar o usuário para a pesquisa e visualização detalhada de todas as ordens de compra emitidas, emitir confirmações de aceite, submeter solicitação de alteração,

Leia mais

Fundap. Programa de Estágio. Manual de Utilização do Sistema de Administração de Bolsas de Estágio. Plano de Estágio

Fundap. Programa de Estágio. Manual de Utilização do Sistema de Administração de Bolsas de Estágio. Plano de Estágio Fundap Fundação do Desenvolvimento Administrativo Programa de Estágio Programa de Estágio Manual de Utilização do Sistema de Administração de Bolsas de Estágio Plano de Estágio Julho de 2008 SABE - Sistema

Leia mais

Manual Laboratório. ICS Sistemas de Gestão em Saúde ICS 01/01/2014

Manual Laboratório. ICS Sistemas de Gestão em Saúde ICS 01/01/2014 2014 Manual Laboratório ICS Sistemas de Gestão em Saúde ICS 01/01/2014 Sumário Acesso ao Sistema... 2 Menu Cadastros... 4 Cadastro de usuários... 4 Inclusão de Novo Usuário... 5 Alteração de usuários...

Leia mais

DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PJe Manual do Servidor (2º Grau) Versão 2.0 Diretoria da Tecnologia da Informação 1 DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PJe Manual

Leia mais

Índice. Para encerrar um atendimento (suporte)... 17. Conversa... 17. Adicionar Pessoa (na mesma conversa)... 20

Índice. Para encerrar um atendimento (suporte)... 17. Conversa... 17. Adicionar Pessoa (na mesma conversa)... 20 Guia de utilização Índice Introdução... 3 O que é o sistema BlueTalk... 3 Quem vai utilizar?... 3 A utilização do BlueTalk pelo estagiário do Programa Acessa Escola... 5 A arquitetura do sistema BlueTalk...

Leia mais

SUMÁRIO. Faculdade Católica do Tocantins www.catolica-to.edu.br

SUMÁRIO. Faculdade Católica do Tocantins www.catolica-to.edu.br MANUAL DO PORTAL ACADÊMICO Passo a passo do Portal Acadêmico www.catolica-to.edu.br - suporterm@catolica-to.edu.br SUMÁRIO Objetivo Manual do Portal Acadêmico... 03 Navegadores... 03 Endereço Eletrônico

Leia mais

Regime Diferenciado de Contratações Públicas

Regime Diferenciado de Contratações Públicas MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO. SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA Regime Diferenciado de Contratações Públicas RDC Eletrônico Perfil Fornecedor

Leia mais

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA CADASTRO DE AÇÃO DE EXTENSÃO DO LOGIN AO FORMULÁRIO DE CADASTRO... 3

ORIENTAÇÕES GERAIS PARA CADASTRO DE AÇÃO DE EXTENSÃO DO LOGIN AO FORMULÁRIO DE CADASTRO... 3 TUTORIAL SIEX ORIENTAÇÕES GERAIS PARA CADASTRO DE AÇÃO DE EXTENSÃO DO LOGIN AO FORMULÁRIO DE CADASTRO... 3 1. Como acessar ao formulário de inscrição de proposta... 3 2. Quais os passos de preenchimento

Leia mais

SIASP SISTEMA DE ADMINISTRAÇÃO DE ALMOXARIFADO SERVIÇOS E PATRIMÔNIO MANUAL DO USUÁRIO

SIASP SISTEMA DE ADMINISTRAÇÃO DE ALMOXARIFADO SERVIÇOS E PATRIMÔNIO MANUAL DO USUÁRIO MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO SECRETARIA EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO GERAL DE MODERNIZAÇÃO E INFORMÁTICA SIASP SISTEMA DE ADMINISTRAÇÃO DE ALMOXARIFADO

Leia mais

II Torneio de Programação em LabVIEW

II Torneio de Programação em LabVIEW Desenvolvimento da Aplicação II Torneio de Programação em LabVIEW Seção I: Requisitos Gerais A aplicação submetida deverá atender, pelo menos, às exigências de funcionamento descritas na Seção II deste

Leia mais

E&L Protocolo, Documentos Eletrônicos e Processos Perguntas Frequentes

E&L Protocolo, Documentos Eletrônicos e Processos Perguntas Frequentes E&L Protocolo, Documentos Eletrônicos e Processos Perguntas Frequentes 1. É possível excluir um processo que já foi enviado? Só será possível excluir o processo se o mesmo ainda não tiver sido recebido.

Leia mais

Manual do Portal do Fornecedor. isupplier

Manual do Portal do Fornecedor. isupplier isupplier Revisão 01 Setembro 2011 Sumário 1 Acesso ao portal isupplier... 03 2 Home Funções da Tela Inicial... 05 3 Ordens de Compra Consultar Ordens de Compra... 07 4 Entregas Consultar Entregas... 13

Leia mais

DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DA PARAÍBA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PJe Manual do Servidor de Secretaria Versão 1.0 Diretoria da Tecnologia da Informação 1 DIRETORIA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PJe Manual

Leia mais

Manual de Utilização do Assistente do Certificado Digital Serasa Experian. Manual do Produto

Manual de Utilização do Assistente do Certificado Digital Serasa Experian. Manual do Produto Manual de Utilização do Assistente do Certificado Digital Serasa Experian Manual do Produto Índice Introdução - Assistente do Certificado Digital Serasa Experian 3 1. Verificação de Ambiente 4 2. Instalação

Leia mais

Portal dos Convênios SICONV. Ajuste do Plano de Trabalho, Termo Aditivo e Prorroga de Ofício Perfis de Convenente e Concedente.

Portal dos Convênios SICONV. Ajuste do Plano de Trabalho, Termo Aditivo e Prorroga de Ofício Perfis de Convenente e Concedente. MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO ORÇAMENTO E GESTÃO SECRETARIA DE LOGÍSTICA E TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO DEPARTAMENTO DE LOGÍSTICA E SERVIÇOS GERAIS Portal dos Convênios SICONV Ajuste do Plano de Trabalho, Termo

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. 1. Descrição Geral Este manual descreve as operações disponíveis no módulo VTWEB Client, cuja finalidade é gerenciar cadastros de funcionários, realização de pedidos e controle financeiro dos pedidos.

Leia mais

G-Bar. Módulo Básico Versão 4.0

G-Bar. Módulo Básico Versão 4.0 G-Bar Software para Gerenciamento de Centrais de Corte e Dobra de Aço Módulo Básico Versão 4.0 Pedidos de Vendas Manual do Usuário 1 As informações contidas neste documento, incluindo links, telas e funcionamento

Leia mais

MANUAL DO GERENCIADOR ESCOLAR WEB

MANUAL DO GERENCIADOR ESCOLAR WEB CNS LEARNING MANUAL DO GERENCIADOR ESCOLAR WEB Versão Online 13 Índice ÍNDICE... 1 VISÃO GERAL... 2 CONCEITO E APRESENTAÇÃO VISUAL... 2 PRINCIPAIS MÓDULOS... 3 ESTRUTURAÇÃO... 3 CURSOS... 4 TURMAS... 4

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA

MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA SISTEMA IMASUL DE REGISTROS E INFORMAÇÕES ESTRATÉGICAS DO MEIO AMBIENTE MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA Manual Operacional para uso exclusivo do módulo do Sistema Estadual de

Leia mais

ACESSAR O SISCONV. O ACESSO AO SISCONV É EFETUADO A PARTIR DO LOGIN NO SITE DO CBMDF PELO USUÁRIO CADASTRADO: https://www.cbm.df.gov.

ACESSAR O SISCONV. O ACESSO AO SISCONV É EFETUADO A PARTIR DO LOGIN NO SITE DO CBMDF PELO USUÁRIO CADASTRADO: https://www.cbm.df.gov. ACESSAR O SISCONV O ACESSO AO SISCONV É EFETUADO A PARTIR DO LOGIN NO SITE DO CBMDF PELO USUÁRIO CADASTRADO: https://www.cbm.df.gov.br/ TELA PARA LOGIN CLICAR NO BOTÃO VIATURAS SERÁ DIRECIONADO PARA TELA

Leia mais

Licitações-e RDC presencial Técnica e Preço. Orientações para o Comprador

Licitações-e RDC presencial Técnica e Preço. Orientações para o Comprador Licitações-e RDC presencial Técnica e Preço Orientações para o Comprador 1 Sumário 1. Utilizando o Licitações-e para o RDC presencial por técnica e preço... 4 2. Quem pode realizar um processo de RDC...

Leia mais

Moodle - CEAD Manual do Estudante

Moodle - CEAD Manual do Estudante Moodle - CEAD Manual do Estudante Índice Introdução 3 Acessando o Ambiente 4 Acessando o Curso 5 Navegando no Ambiente do Curso 5 Box Participantes 5 Box Atividades 5 Box Buscar nos Fóruns 5 Box Administração

Leia mais

Centro de Agricultura Alternativa CAA Manual do Usuário do Portal Ypadê Balaio Digital Tecnologia em Gestão Ltda ME. Manual do Usuário Portal Ypadê

Centro de Agricultura Alternativa CAA Manual do Usuário do Portal Ypadê Balaio Digital Tecnologia em Gestão Ltda ME. Manual do Usuário Portal Ypadê Centro de Agricultura Alternativa CAA Manual do Usuário Portal Ypadê Montes Claros, 16 de Julho de 2011 Revisão 3 Sumário 1. Apresentação do portal e escopo deste documento... 2 2. Acessando o Portal Ypadê...

Leia mais

MUNICÍPIO DE SENGÉS CNPJ/MF 76.911.676/0001-07 TRAVESSA SENADOR SOUZA NAVES N. 95 SENGÉS PARANÁ

MUNICÍPIO DE SENGÉS CNPJ/MF 76.911.676/0001-07 TRAVESSA SENADOR SOUZA NAVES N. 95 SENGÉS PARANÁ DECRETO Nº 600/2014 Súmula:- Regulamenta a aquisição de Bens Permanentes, de Consumo e Serviços destinados a Administração Direta, Indireta e Fundacional do Município de Sengés, através de Pregão, tendo

Leia mais

1. Introdução Pregão Eletrônico

1. Introdução Pregão Eletrônico Índice 1. Introdução...3 2. Obtendo Senha de acesso...4 3. Identificando pregões de seu interesse...5 4. Encaminhando uma Proposta... 10 4.1. Incorporando o arquivo anexo à proposta... 11 4.2. Informando

Leia mais

MANUAL DO PORTAL ACADÊMICO - ALUNO

MANUAL DO PORTAL ACADÊMICO - ALUNO MANUAL DO PORTAL ACADÊMICO - ALUNO Passo a passo do Portal Acadêmico www.ucb.br - atende@ucb.br SUMÁRIO Objetivo Manual do Portal Acadêmico... 03 Navegadores... 03 Endereço Eletrônico (site)... 03 Bloqueador

Leia mais