A pré-impressão como vantagem competitiva. São Paulo, abril de 2008

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A pré-impressão como vantagem competitiva. São Paulo, abril de 2008"

Transcrição

1 A pré-impressão como vantagem competitiva São Paulo, abril de 2008

2 Definição A pré-impressão é o processo de preparação do original para a impressão

3 Atividades Preparação do original Impressão de provas Gravação de chapas VANTAGEM COMPETITIVA

4 Parceria estratégica O provedor de pré-impressão pode ser mais do um simples fornecedor de clichês. É o parceiro estratégico ideal para estabelecer vantagens competitivas.

5 Provedor de pré-impressão Responsável pela qualidade de impressão. Contribui para o aumento da produtividade. (controle de processo na impressão) Conhece as necessidades do packing-buyer. Facilita o relacionamento entre a produção, criação e produtores de bens de consumo (CPC). Elo vital do fluxo de trabalho end-to-end.

6 Controle de processo na impressão Mais produtividade Melhor repetibilidade Maior competitividade

7 Controle de variáveis X Controle de processo

8 Possíveis causas de problemas Offset: 198 Flexografia: 28 FRANK ANTONY Vice-Presidente de O perações da Chattanooga Times Free Press TN EUA e membro da FTA

9 Variáveis Offset CHAPAS Erro de exp osição 01 Prob lema de revelação 01 Prob lema de camada 01 FOTOLITO Erro de exp osição 01 Prob lema na revelação 01 Densidade do filme 01 BLANQUETA (2X) Desgaste 02 Dureza 02 Esmagamento 02 ROLOS ENTINTADORES (X10) Desgaste da b orracha 10 Danos 10 Endurecimento 10 DOSADORES DE TINTA (X32) Desgaste 32 Disfunção da válvula 32 Lâmina de alimentação 01 SISTEMA DE MOLHA C ondição da água 01 Solução de molha 01 Ajustes 20 CILINDRO DE CHAPA Danos 01 CILINDRO DA BLANQUETA Danos 02 AJUSTE DO ROLO IMPRESSOR Transferência de tinta 10 C hap a p / b lanqueta 08 Blanqueta p / imp ressão 08 ESPECIFICAÇÃO DE ROLOS Entitandores 10 C ilindro de chap a 01 C ilindros da b lanqueta 02 AJUSTE DE TINTA Volume de tinta 32 Volume de água 01 TOTAL 198

10 Variáveis Flexo Pré-impressão CHAPAS Erro de exp osição 01 Prob lema de revelação 01 Prob lema de matéria-p rima 01 FOTOLITO Erro de exp osição 01 Prob lema na revelação 01 Densidade do filme 01 DUPLA-FACE Desgaste 01 Dureza 01 Esmagamento 01 ANILOX Desgaste 01 Danos 01 Entup imento 01 CÂMARA DE TINTA / DOCTOR-BLADE Desgaste 02 Excesso de p ressão 02 Falta de p ressão 02 Prob lema na válvula 02 ROLO IMPRESSOR Danos 01 ROLO ALIMENTADOR Danos 01 AJUSTE DO ROLO IMPRESSOR Anilox parachapa 01 C hap a p / sub strato 01 ESPECIFICAÇÃO DE ROLOS Anilox 01 C ilindro de chap a 01 AJUSTE DE TINTA Densidade 01 Viscosidade 01 TOTAL 28

11 Controle de processo Medição Pré-impressão Densitômetro de reflexão

12 Ganho de ponto Pré-impressão Leitura do fingerprint O ganho de ponto é obtido com a medição da porcentagem (dot área) dos steps do fingerprint com densitômetro.

13 Ganho de ponto Pré-impressão Leitura do fingerprint Mediçãodeum fingerprint de uma impressora banda-estreita. Retícula de 60 lpc e gravação convencional.

14 Ganho de ponto Pré-impressão Leitura do fingerprint Step de controle do ganho de ponto. Convencional

15 Ganho de ponto Pré-impressão Leitura do fingerprint Step de controle do ganho de ponto. Digital

16 Controle Densidade Pré-impressão A densidade de tinta sólida ou espessura da camada de tinta é um ponto chave na medição do fingerprint. A mesma revela a escala de valores tonais que encontraremos ao longo de todo o impresso. O densitômetro mede a quantidade de luz refletida pelo substrato em valores numéricos. Quanto mais alta a medição, mais espessa é a camada de tinta e mais saturada será a cor.

17 Controle Densidade de sólidos Padrão de densidade para flexografia Amarelo Papel 1,00 Filme 1,00 Magenta Cyan Preto 1,25 1,30 1,55+ 1,20 1,25 1,50+ Não existe um padrão de densidade de fato na indústria flexográfica, mas apenas um guia para ajudar a encontrar o melhor equilíbrio de cores no processo CMYK.

18 Controle Densidade na impressão O controle da densidade de sólidos cria a primeira padronização a partir do fingerprint edefine as tonalidades de cores possíveis de serem alcançadas na impressora. A pré-impressão pode definir curvas de compensação que somente terão validade enquanto a medida de densidade forem mantidas ao longo da impressão. C M Y K

19 Controle Pré-impressão Observação sobre densidade No controle de cores são utilizados no Brasil, tanto o padrão ANSI como DIN que utilizam filtrosamarelosdiferentesna medição. A pré-impressão e a impressão devem estar certos de que estão utilizando o mesmo padrão. A densidade da tinta varia de acordo com a secagem e absorção por substrato, deve-se encontar a correlação entre a medição com tinta seca e molhada afim de viabilizar a medição durante a impressão.

20 Controle Observação sobre densidade As cores do processo CMYK contém contaminantes que criam o componente cinza que causa desvio de tonalidades. Cyan deveria conter 100% de pigmento cyan, entretanto, contém pigmentos amarelos e magenta e assim por diante. Cyan ideal 100% Cyan real 23% 32% 45%

21 Controle Pré-impressão Determinando o componente cinza (gris) O compontente cinza encontra-se baixo da linha vermelha e o desvio da cor cyan é mostrado acima da linha. 45% Cyan real Desvio de ton 32% 23% Componente cinza

22 Controle Pré-impressão Desvio de tonalidade com densitômetro O densitômetro utiliza filtros que permitem mostrar o perfil da tinta, fornecendo a leitura de cada CMYK cor presente. 1,18 (Dmax) Cyan real 0,45 (Dm) 0,22 (Dmim) Contaminantes

23 Controle Pré-impressão Medida do cinza no densitômetro Equação para cálculo do percentual do valor de cinza. Cyan real 1,18 (Dmax) 0,45 (Dm) 0,22 (Dmim) Dmin 0,22 Valor de cinza = x 100 = x 100 = 18,64% Dmax 1,18

24 Controle Pré-impressão Percentual de desvio de tonalidade O nível de contaminação causada pelo magenta no cyan é fornecida pela equação: Dm Dmin 0,45 0,22 erro (%) = Dmax Dmin x 100 = 1,18 0,22 x 100 0,23 erro (%) = x 100 = 23,95% 0,96

25 Controle Pré-impressão Contraste de impressão Contraste é essencialmente a diferença criada pelos pontos impressos a partir da tinta sólida. Na impressão de retícula é desejável o máximo de contraste. O desafio consiste em alcançar a máxima densidade possível nos sólidos e ao mesmo tempo manter as retículas limpas e abertas.

26 Controle Pré-impressão Contraste de impressão M 75 O contraste é obtido com medida da diferença de densidade entre a tinta sólida (100%) e o step de 3/4 da mesma tinta (75%) Equação: (dens. Sólido dens. 75%) x 100 Contraste = densidade da tinta sólida A leitura de contraste de 25% é aceitável, 10% é muito baixo. Deve-se buscar o contraste mais alto possível.

27 Controle Pré-impressão Dica sobre contraste O contraste diminui durante a impressão e o seu monitoramento através de um gráfico, permite a previsão de falhas antes que elas afetem seriamente a impressão.

28 Organização Internacional de Cooperação para a Integração de Processos em Préimpressão, Impressão e Pós-impressão. Guardiã do padrão JDF

29 Entidade sem fins lucrativos formada em setembro de 2000 com sede na Suiça. Sucessora da CIP3, criada pela Heidelberg em Fundadores: Adobe, Agfa Heidelberg e MAN Roland.

30 Objetivo: Definir futuras versões do JDF, estudar requerimentos de usários e desenhar o Kit de Desenvolvimento de Software JDF (SDK).

31 Participantes (312 atualmente): fornecedores, consultores e usuários finais de impressos, indústria gráfica e setores associados. Abrangência: equipamentos, periféricos, softwares e processos.

32 Reuniõessemanaisde20grupos técnicos e administrativos via WebEx. Seis reuniões anuais face-to-face ao redor do mundo e um encontro anual de participantes (GraphExpo).

33 Predecessores do JDF CIP3 PPF (Print Production Format) préajuste do entintador e operações de pósimpressão. Adobe PJTF (Portable Job Ticket Format). IfraTrack da IFRA e Graphic. Communication s Industry Architectrure Project.

34 Nasce o Job Definition Format 2001 Publicação do JDF 1.0 Abril e Outubro de 2002 JDF 1.1 e 1.1a Abril de 2004 JDF 1.2 (Drupa 2004)

35 Oqueé? Pré-impressão Padrão da indústria desenhado para simplificar a troca de informações entre diferentes aplicações e sistemas dentro e em torno da indústria das artes gráficas.

36

37 Oqueé? Pré-impressão Possibita a integração de dados de aplicações comerciais e de planejamento ao fluxo de informações técnicas. Reúne crescente número de padrões baseados em XML, asseguando máxima portabilidade entre plataformas.

38 Oqueé? Pré-impressão Pronta interação com sistemas baseados na Internet. Padrão proposto para especificação de job ticket end-to-end com formato de arquivo baseado em XML. Padrão de descrição de mensagem. Protocolo para troca de mensagem (JMF).

39 Oquefaz Facilita a troca de informações entre diferentes aplicações e sistemas. Permite a implementação e a operação de soluções individuais de fluxo de trabalho pelos participantes da cadeia produtiva (mídia, design, artes gráficas e empresas de serviços on-demand e de e-commerce).

40 Oquefaz Permite a integração de produtos heterogêneos de diferentes fornecedores, assegurando um fluxo de trabalho sem interrupção (end-to-end).

41 Principais características Permite o acompanhamento do projeto gráfico desde a origem até a sua conclusão com a descrição detalhada do processo de criação, pré-impressão impressão, acabamento e entrega.

42 Principais características Serve de ponte na lacuna de comunicação entre o sistema de produção e de gerenciamento da informação (MIS). Permite o rastreamento instantâneo do projeto e dos dispositivos, bem como pré e pós cálculos detalhados das ordens de serviços gráficos.

43 Principais características Estabelece a ponte entre a visualização do cliente e o processo de manufatura, definindo a apresentação do produto independente de processo ou uma vista de produção com informações de processo.

44 Principais características Permite definir e rastrear qualquer fluxo de produção definido pelo usuário sem a restrição imposta por modelos de fluxo de trabalho suportados. Capacidade de processamento serial, paralelo, sobreposto e interativo em combinações arbitrárias e em diferentes locais.

45 Principais características Inexistência de pré-condições para a sua funcionalidade

46 OqueéJMF O sistemadefluxodetrabalhoeomis agem como agentes JDF, controlando e comunicando com um controlador. O controlador é um conceito importante do JDF. Pode comandar um, vários ou todos os equipamentos de um departamento (ex.: pós-impressão).

47 OqueéJMF JMF (Job Messaging Format) é a linguagem de comunicação entre um agente JDF e o controlador. Baseado em XML é parte do esquema JDF. Permite ao controlador enviar informações de status e de operação de equipamentos para o fluxo JDF para MIS ou sistema de fluxo de trabalho.

48 OqueéJMF O controlador faz o registro no MIS ou no fluxo de produção, dos equipamentos suportados por ele, informando a marca e o modelo. O controlador deve fornecer diferentes níveis de suporte para JMF como possibilitar mudanças de última hora na fila de execução.

49 OqueéJMF Uma mensagem JMF pode ser bi ou unidirecional. O MIS envia o comando para o controlador que não responde. Na aquisição de equipamentos, avaliar a capacidade JDF em atender a estratégia de automação da empresa.

50 OqueéJMF JMF pode ser utilizado para enviar comando de um controlador para outro. Característica que possibilita suporte para processos combinados.

51

52 Terreno fértil Produção de embalagens

53 Os clientes de amanhã serão conquistados com a qualidade que fazemos hoje.

54 Obrigado! Tel.: (11) TPG SERVIÇOS GRÁFICOS

55 Perguntas? Pré-impressão

56 Perguntas? Pré-impressão

57 A pré-impressão como vantagem competitiva São Paulo, abril de 2008

A pré-impressão ponto por ponto. Goiânia, maio de 2008

A pré-impressão ponto por ponto. Goiânia, maio de 2008 A pré-impressão ponto por ponto Goiânia, maio de 2008 Definição A pré-impressão é a técnica de preparação do original para possibilitar a sua reprodução por meio de um processo de impressão. CRIAÇÃO PRÉ-IMPRESSÃO

Leia mais

custos Ana Carina Marcussi Atuando no mercado desde 2000

custos Ana Carina Marcussi Atuando no mercado desde 2000 Treinamento Técnico T sobre a importância de clichês e pré-impressão na redução de custos Ana Carina Marcussi Formação em Administração de empresas Atuando no mercado desde 2000 Gerente Comercial Clicherlux

Leia mais

automatizar a criação de embalagens

automatizar a criação de embalagens 3 motivos para automatizar a criação de embalagens 1. Qualidade máxima em todos os projetos 2. Todas as tarefas envolvidas na execução do projeto 3. Integração com sistemas administrativos de pedidos O

Leia mais

Special Effects for Print. Design em uma nova dimensão com o Process Metallic Color System por Color-Logic

Special Effects for Print. Design em uma nova dimensão com o Process Metallic Color System por Color-Logic Special Effects for Print Design em uma nova dimensão com o Process Metallic Color System por Color-Logic Process Metallic Color System O sistema Process Metallic Color System (Sistema de Cores Metálicas

Leia mais

sobre clichês e pré- impressão para papelão ondulado Ana Carina Marcussi Gerente Comercial - Clicherlux

sobre clichês e pré- impressão para papelão ondulado Ana Carina Marcussi Gerente Comercial - Clicherlux Treinamento Técnico T sobre clichês e pré- impressão para papelão ondulado Ana Carina Marcussi Gerente Comercial - Clicherlux Histórico da Flexografia Década de 1930 nos Estados Unidos, em 1952 foi dado

Leia mais

Quadricromia. e as Retículas AM e FM

Quadricromia. e as Retículas AM e FM Quadricromia e as Retículas AM e FM A retícula A retícula tradicional ou convencional AM (Amplitude Modulada) é composta de pontos eqüidistantes e com dimensões variáveis. A retícula A retícula tradicional

Leia mais

Prof. Wanderlei Paré PROCESSOS DE IMPRESSÃO

Prof. Wanderlei Paré PROCESSOS DE IMPRESSÃO CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS DIRETA QUANDO A MATRIZ IMPRIME DIRETAMENTE SOBRE O PAPEL. INDIRETA QUANDO A MATRIZ IMPRIME SOBRE UMA SUPERFÍCIE E DESTA PARA O PAPEL. PLANA QUANDO TODA A SUPERFÍCIE DA MATRIZ TOMA

Leia mais

Configurando Color Sttings - no CS3 Shift + Ctrl + K

Configurando Color Sttings - no CS3 Shift + Ctrl + K GCR Photoshop CS3 Cores Digitais Primeiramente, vamos entender como é possível substituir o CMY por preto apenas nas áreas cinzas e escuras sem influenciar nas outras cores da foto. Quando um scanner captura

Leia mais

Introdução à Produção Gráfica

Introdução à Produção Gráfica Introdução à Produção Gráfica Flávio Gomes 1 - Sistemas de Cores Atualmente boa parte dos layouts desenvolvidos para impressão são elaborados em softwares gráficos, esses softwares utilizam um processo

Leia mais

Guia de qualidade de cores

Guia de qualidade de cores Página 1 de 5 Guia de qualidade de cores O Guia de qualidade de cores ajuda você a entender como as operações disponíveis na impressora podem ser usadas para ajustar e personalizar a saída colorida. Menu

Leia mais

THE SWEDISH DOCTOR BLADE

THE SWEDISH DOCTOR BLADE THE SWEDISH DOCTOR BLADE SOBRE A PRIMEBLADE A PrimeBlade Sweden AB é uma empresa fabricante e fornecedora global de lâminas doctorblade para impressoras flexográfica, rotogravura e offset. Juntamente com

Leia mais

Técnico em Artes Gráficas pelo SENAI-SP, graduado em Administração e pós-graduado em Administração. Atualmente é gestor e consultor de empresas do

Técnico em Artes Gráficas pelo SENAI-SP, graduado em Administração e pós-graduado em Administração. Atualmente é gestor e consultor de empresas do Técnico em Artes Gráficas pelo SENAI-SP, graduado em Administração e pós-graduado em Administração. Atualmente é gestor e consultor de empresas do segmento gráfico de conversão e ministra cursos e palestras

Leia mais

Associação dos Agentes de Fornecedores de Equipamentos e Insumos para a Indústria Gráfica.

Associação dos Agentes de Fornecedores de Equipamentos e Insumos para a Indústria Gráfica. Associação dos Agentes de Fornecedores de Equipamentos e Insumos para a Indústria Gráfica. Planejamento & Sucesso de um Trabalho Gráfico Alexandre Keese alekeese@dtp.com.br Editor da Revista Desktop e

Leia mais

Calibração, Qualificação Internacional e Aparência Compartilhada de impressos.

Calibração, Qualificação Internacional e Aparência Compartilhada de impressos. Calibração, Qualificação Internacional e Aparência Compartilhada de impressos. Pontos Chaves 35 anos de experiência em flexografia. Unidades em locais estratégicos. Mais de 140 colaboradores. Sempre em

Leia mais

Gerenciamento de Cores e Provas na Indústria de Embalagens

Gerenciamento de Cores e Provas na Indústria de Embalagens Gerenciamento de Cores e Provas na Indústria de Embalagens Desafios da Indústria de Embalagens Grande pressão de tempo e custos Exigências de Produção { O ciclo de vida dos produtos de bens de consumo

Leia mais

A Inca Digital leva os recursos de flexibilidade e desempenho garantidos para um nível mais alto com a série Onset X

A Inca Digital leva os recursos de flexibilidade e desempenho garantidos para um nível mais alto com a série Onset X A Inca Digital leva os recursos de flexibilidade e desempenho garantidos para um nível mais alto com a série Onset X A nova plataforma revolucionária tem potencial para 14 canais, mesa de vácuo com 25

Leia mais

Fiery Color Server SERVER & CONTROLLER SOLUTIONS. Glossário

Fiery Color Server SERVER & CONTROLLER SOLUTIONS. Glossário Fiery Color Server SERVER & CONTROLLER SOLUTIONS Glossário 2004 Electronics for Imaging, Inc. As informações nesta publicação estão cobertas pelos termos das Avisos de caráter legal deste produto. 45044849

Leia mais

WORKING TOGETHER PROCURA REDUZIR CUSTOS DE PRODUÇÃO DE MATERIAIS DE COMUNICAÇÃO?

WORKING TOGETHER PROCURA REDUZIR CUSTOS DE PRODUÇÃO DE MATERIAIS DE COMUNICAÇÃO? PROCURA REDUZIR CUSTOS DE PRODUÇÃO DE MATERIAIS DE COMUNICAÇÃO? ENTÃO NÃO PROCURE MAIS. COM OS SERVIÇOS DE PROCUREMENT DA POLIVALOR ENCONTROU A SOLUÇÃO. Reduzir custos, seleccionar o fornecedor que garante

Leia mais

SOLUÇÕES EM GESTÃO DE RELACIONAMENTO

SOLUÇÕES EM GESTÃO DE RELACIONAMENTO SOLUÇÕES EM GESTÃO DE RELACIONAMENTO Hoje as empresas necessitam e muito de uma ferramenta de Gestão de Clientes! Porém, o alto custo de tal ferramenta inviabiliza sua implantação em empresas de pequeno

Leia mais

Provas com a mesma tecnologia, integridade de pontos e retículas do seu processo de impressão

Provas com a mesma tecnologia, integridade de pontos e retículas do seu processo de impressão Provas com a mesma tecnologia, integridade de pontos e retículas do seu processo de impressão Com Chromedot você tem provas com pontos idênticos aos do CTP, fotocompositora ou clichê com lineatura de até

Leia mais

Programa ITG de Qualidade Gráfica

Programa ITG de Qualidade Gráfica Programa ITG de Qualidade Gráfica Densitometria de Reflexão Manual Técnico ITG (sofrendo revisão técnica por Ary Luiz Bon e David Manoel Barbosa) Autoria: Carlos E. Monteiro / Alberto S. Lopes Material

Leia mais

Dentre os cilindros gravados este é o PRODUTO PRINCIPAL DA EMPRESA, é o coração da impressão flexográfica, estando disponível em três versões :

Dentre os cilindros gravados este é o PRODUTO PRINCIPAL DA EMPRESA, é o coração da impressão flexográfica, estando disponível em três versões : 4 - CILINDRO NICRONILOX Dentre os cilindros gravados este é o PRODUTO PRINCIPL D EMPRES, é o coração da impressão flexográfica, estando disponível em três versões : - cilindro NICRONILOX cerâmico gravado

Leia mais

Uma nova maneira de interagir com a Gráfica Art3! A mais nova tecnologia em aprovação de arquivos via WEB.

Uma nova maneira de interagir com a Gráfica Art3! A mais nova tecnologia em aprovação de arquivos via WEB. Uma nova maneira de interagir com a Gráfica Art3! A mais nova tecnologia em aprovação de arquivos via WEB. O Portal Art3 é um sistema que permite uma grande flexibilidade na entrega e aprovação de seus

Leia mais

HD FLEXO Flexo de alta-definição Jorge Fumio Kurossu Barueri, 21 de março de 2013

HD FLEXO Flexo de alta-definição Jorge Fumio Kurossu Barueri, 21 de março de 2013 HD FLEXO Flexo de alta-definição Jorge Fumio Kurossu Barueri, 21 de março de 2013 Pré-impressão flexo - evolução Chapa de fotopolímero (1973, lançamento do Cyrel) Introdução do processo fotográfico para

Leia mais

SISTEMA GERENCIADOR DE BANCO DE DADOS

SISTEMA GERENCIADOR DE BANCO DE DADOS BANCO DE DADOS Universidade do Estado de Santa Catarina Centro de Ciências Tecnológicas Departamento de Ciência da Computação Prof. Alexandre Veloso de Matos alexandre.matos@udesc.br SISTEMA GERENCIADOR

Leia mais

FECHAMENTO DE ARQUIVO PARA IMPRESSÃO DIGITAL

FECHAMENTO DE ARQUIVO PARA IMPRESSÃO DIGITAL FECHAMENTO DE ARQUIVO PARA IMPRESSÃO DIGITAL GERENCIAMENTO DE COR CONFORME ISO 12647-2:2004 Buscando qualidade, agilidade e fidelidade nas cores dos materiais impressos aos nossos clientes, a Dinâmica

Leia mais

Agfa Graphics na InPrint 2015 a integração da impressão à produção

Agfa Graphics na InPrint 2015 a integração da impressão à produção na InPrint 2015 a integração da impressão à produção O poder da impressão de jato de tinta em aplicações industriais. Mortsel, 30 de outubro de 2015 A, durante a InPrint, está se posicionando como parceira

Leia mais

Otimize o fluxo de trabalho para impressão e acabamento de grande formato

Otimize o fluxo de trabalho para impressão e acabamento de grande formato Otimize o fluxo de trabalho para impressão e acabamento de grande formato i-cut Suite Elimine erros, poupe tempo e reduza o desperdício com o i-cut Suite. O i-cut Suite é um conjunto de softwares de pré-impressão

Leia mais

Curso de Tecnologia 1º semestre Introdução à Informática Professor: Gale. Thiago R. França: 06030860 Denis Brolesi: : 06030711

Curso de Tecnologia 1º semestre Introdução à Informática Professor: Gale. Thiago R. França: 06030860 Denis Brolesi: : 06030711 Curso de Tecnologia 1º semestre Introdução à Informática Professor: Gale Thiago R. França: 06030860 Denis Brolesi: : 06030711 Introdução: Há 4 tipos básicos de impressoras utilizados normalmente em escritórios,

Leia mais

Referência de cores Fiery

Referência de cores Fiery 2014 Electronics For Imaging. As informações nesta publicação estão cobertas pelos termos dos Avisos de caráter legal deste produto. 11 de junho de 2014 Conteúdo 3 Conteúdo Introdução à referência de cores

Leia mais

I M A G I N E PARA DE IMPRESSÃO COMERCIAL E DIGITAL. Ter seus arquivos de impressão prontos em segundos

I M A G I N E PARA DE IMPRESSÃO COMERCIAL E DIGITAL. Ter seus arquivos de impressão prontos em segundos I M A G I N E Ter seus arquivos de impressão prontos em segundos Poder fazer rapidamente as alterações de último minuto Monitorar automaticamente todo o processo de produção Economizar de forma significativa

Leia mais

Alguns métodos utilizados

Alguns métodos utilizados Alguns métodos utilizados TIF Algumas pessoas exportam o trabalho feito no Corel em formato TIF,que é um procedimento comum para impressão em jornais e publicações impressas. Para exportar desta forma

Leia mais

Regulagem do grupo impressor

Regulagem do grupo impressor Regulagem do grupo impressor Descrição do grupo impressor flexográfico típico e sua regulagem básica Robson Yuri 2 REGULAGEM DO GRUPO IMPRESSOR Regulagem do grupo impressor. Por Robson Yuri* Os grupos

Leia mais

Porque as. cores mudam?

Porque as. cores mudam? Porque as cores mudam? O que são cores? As cores não existem materialmente. Não possuem corpo, peso e etc. As cores correspondem à interpretação que nosso cérebro dá a certo tipo de radiação eletro-magnética

Leia mais

Gestão de Sistemas de Informação II Introdução ao COBIT

Gestão de Sistemas de Informação II Introdução ao COBIT Gestão de Sistemas de Informação II Introdução ao COBIT Professor Samuel Graeff prof.samuel@uniuv.edu.br COBIT O que e? COBIT significa Control Objectives for Information and related Technology - Objetivos

Leia mais

P ROVA: página impressa, fora de escala industrial, para identificação de erros e

P ROVA: página impressa, fora de escala industrial, para identificação de erros e P ROVA: página impressa, fora de escala industrial, para identificação de erros e eventual correção anteriormente à impressão final. Existem vários tipos de prova de impressão e cada tipo recebe um nome

Leia mais

15 Computador, projeto e manufatura

15 Computador, projeto e manufatura A U A UL LA Computador, projeto e manufatura Um problema Depois de pronto o desenho de uma peça ou objeto, de que maneira ele é utilizado na fabricação? Parte da resposta está na Aula 2, que aborda as

Leia mais

Perguntas Freqüentes sobre a Gráfica Abril

Perguntas Freqüentes sobre a Gráfica Abril Perguntas Freqüentes sobre a Gráfica Abril Qual é o papel usado na impressão de revistas? Cada revista utiliza um tipo de papel diferente. Na gráfica são utilizados papéis do tipo LWC, SC, Couchê, Jornal

Leia mais

gerenciamento Gerenciamento da cor de cor na pré-impressão e impressão digital Ary Luiz Bon Alberto Sanches Lopes

gerenciamento Gerenciamento da cor de cor na pré-impressão e impressão digital Ary Luiz Bon Alberto Sanches Lopes Gerenciamento da cor na pré-impressão e impressão digital Ary Luiz Bon Alberto Sanches Lopes Gerenciamento da cor na pré-impressão e impressão digital Apresentação em 5 partes Filosofia de trabalho do.

Leia mais

Anderson L. S. Moreira

Anderson L. S. Moreira Tecnologia da Informação Aula 10 Fato Real A batalha pelos dados Anderson L. S. Moreira anderson.moreira@ifpe.edu.br Instituto Federal de Pernambuco Recife PE Esta apresentação está sob licença Creative

Leia mais

Imagens Digitais Tratamento de Imagens

Imagens Digitais Tratamento de Imagens Imagens Digitais Imagens de Bitmap Bitmap = Mapa de Bits ou Imagens Raster São as imagens formadas por pixels em oposição às imagens vetoriais. Imagens de Bitmap Imagem de bitmap Imagem vetorial Imagens

Leia mais

BP 13.1.0.0 EU ESTOU AQUI

BP 13.1.0.0 EU ESTOU AQUI W W W. Q I P C. C O M BP 13.1.0.0 EU ESTOU AQUI Visão A Q.I. Press Controls desenvolve e fornece sistemas de medição ótica Como estar aí significa ter as pessoas certas, nosso Departamento e controle para

Leia mais

Aprenda as melhores práticas para construir um completo sistema de teste automatizado

Aprenda as melhores práticas para construir um completo sistema de teste automatizado Aprenda as melhores práticas para construir um completo sistema de teste automatizado Renan Azevedo Engenheiro de Produto de Teste e Medição -Américas Aprenda as melhores práticas para construir um completo

Leia mais

Soluções de Output LRS

Soluções de Output LRS Soluções de Output LRS Enormes economias de custo estão aguardando L O G O A B A I X O D A S U P E R F Í C I E Organizações de todos os tamanhos enfrentam um desafio singular: reduzir dramaticamente os

Leia mais

IMPRESSÕES GRUPO SINOS A MELHOR IMPRESSÃO DA INFORMAÇÃO

IMPRESSÕES GRUPO SINOS A MELHOR IMPRESSÃO DA INFORMAÇÃO IMPRESSÕES GRUPO SINOS A MELHOR IMPRESSÃO DA INFORMAÇÃO Impressos Grupo Sinos é o parque gráfico, ou a unidade de negócios do Grupo, onde são impressos os jornais, periódicos, revistas e peças gráficas

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA FECHAMENTO E ENVIO DE ARQUIVOS DE JORNAIS PARA IMPRESSÃO

PROCEDIMENTOS PARA FECHAMENTO E ENVIO DE ARQUIVOS DE JORNAIS PARA IMPRESSÃO PROCEDIMENTOS PARA FECHAMENTO E ENVIO DE ARQUIVOS DE JORNAIS PARA IMPRESSÃO JANEIRO/2012 Introdução Este guia descreve os padrões, formatos e procedimentos a serem adotados na preparação e fechamento de

Leia mais

Hoje é inegável que a sobrevivência das organizações depende de dados precisos e atualizados.

Hoje é inegável que a sobrevivência das organizações depende de dados precisos e atualizados. BANCO DE DADOS Universidade do Estado de Santa Catarina Centro de Ciências Tecnológicas Departamento de Ciência da Computação Prof. Alexandre Veloso de Matos alexandre.matos@udesc.br INTRODUÇÃO Hoje é

Leia mais

Programa de Serviços

Programa de Serviços Programa de Serviços Um Parceiro da Heidelberg Sucesso e segurança para o convertedor de rótulos A maior diversidade de substrato. Um marca de qualidade emerge: um sistema de máquina Gallus garante a mais

Leia mais

DICAS. #gruposantaedwiges

DICAS. #gruposantaedwiges DICAS Para você que irá confiar o fechamento à nossa gráfica, recomendamos que você se atente a pequenos detalhes de seu arquivo, pois estes farão enorme diferença na qualidade final do seu impresso gráfico.

Leia mais

GUIA DE PROCEDIMENTOS PARA FABRICAÇÃO CD / DVD NO PADRÃO NOVODISC

GUIA DE PROCEDIMENTOS PARA FABRICAÇÃO CD / DVD NO PADRÃO NOVODISC GUIA DE PROCEDIMENTOS PARA FABRICAÇÃO CD / DVD NO PADRÃO NOVODISC MATERIAL A SER ENVIADO PARA A NOVODISC : FORNECIMENTO DE MATRIZES CD / DVD ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS DE RÓTULO E PEÇAS GRÁFICAS EMBALAGENS

Leia mais

Simplicidade e versatilidade de substratos. Jato de tinta térmico. Videojet 8610

Simplicidade e versatilidade de substratos. Jato de tinta térmico. Videojet 8610 Simplicidade e versatilidade de substratos Jato de tinta térmico Videojet 8610 2 Revolucionando a tecnologia de jato de tinta térmico, a Videojet 8610 combina a simplicidade de um sistema de impressão

Leia mais

Comunicado à Imprensa

Comunicado à Imprensa Industry 4.0 Página 1 de 6 Beckhoff na Hanover Messe: Hall 9 Stand F06 Indústria 4.0 Fórum: Controle baseado em PC como base tecnológica para aplicações em fabricas inteligentes Com o Indústria Integrada

Leia mais

Curso de Engenharia de Produção. Manutenção dos Sistemas de Produção

Curso de Engenharia de Produção. Manutenção dos Sistemas de Produção Curso de Engenharia de Produção Manutenção dos Sistemas de Produção Introdução: Conceito Antigo de Organização da Manutenção: Planejamento e Administração de recursos ( pessoal, sobressalentes e equipamentos)

Leia mais

PUBLICIDADE & PROPAGANDA PRODUÇÃO GRÁFICA

PUBLICIDADE & PROPAGANDA PRODUÇÃO GRÁFICA PRODUÇÃO GRÁFICA PUBLICIDADE & PROPAGANDA Prova Semestral --> 50% da nota final. Sistema de avaliação Atividades em laboratório --> 25% da nota final Exercícios de práticos feitos nos Laboratórios de informática.

Leia mais

Novo Guia de uso rápido do PROJUDI

Novo Guia de uso rápido do PROJUDI 1. O que é o PROJUDI? Novo Guia de uso rápido do PROJUDI O Processo Judicial Digital PROJUDI, também chamado de processo virtual ou de processo eletrônico, pode ser definido como um software que reproduz

Leia mais

Conceitos ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. Comunicação; Formas de escritas; Processo de contagem primitivo;

Conceitos ADMINISTRAÇÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO. Comunicação; Formas de escritas; Processo de contagem primitivo; Conceitos Comunicação; Formas de escritas; Bacharel Rosélio Marcos Santana Processo de contagem primitivo; roseliomarcos@yahoo.com.br Inicio do primitivo processamento de dados do homem. ADMINISTRAÇÃO

Leia mais

Solução completa de gerenciamento online de embalagens

Solução completa de gerenciamento online de embalagens Solução completa de gerenciamento online de embalagens WebCenter O WebCenter é uma poderosa plataforma baseada na web para gerenciamento de embalagens que administra seu processo de negócios e aprova ciclos

Leia mais

A cor é a música dos olhos. Goethe

A cor é a música dos olhos. Goethe LUZ - COR - TINTA A cor é a música dos olhos. Goethe ONDAS ELETROMAGNÉTICAS RAIO X CALOR RÁDIO 1/1000000 nm 1/1000 nm 1 nm 400 nm 700 1/1000 mm 1 mm 1 m 1 km 1000 km RAIOS GAMA E ALFA LUZ TELEVISÃO CORRENTE

Leia mais

Agfa Graphics anuncia os novos IntelliTune e OptiInk na WPE2015 (Hamburgo-Alemanha)

Agfa Graphics anuncia os novos IntelliTune e OptiInk na WPE2015 (Hamburgo-Alemanha) anuncia os novos IntelliTune e OptiInk na WPE2015 (Hamburgo-Alemanha) Aprimoramento de imagens para impressões de alta qualidade e baixo custo. Mortsel, 30 de setembro de 2015 O Arkitex Enhance IntelliTune

Leia mais

Sistema de Registro de Contratos e Financiamentos

Sistema de Registro de Contratos e Financiamentos Sistema de Registro de Contratos e Financiamentos Manual de Utilização Financeiras Versão 1.2 Manual de utilização do software para os usuários do Sistema de Registro de Contratos e Financiamentos, com

Leia mais

Nome da Empresa Sistema digitalizado no almoxarifado do EMI

Nome da Empresa Sistema digitalizado no almoxarifado do EMI Nome da Empresa Documento Visão Histórico de Revisões Data Versão Descrição Autor 23/02/2015 1.0 Início do projeto Anderson, Eduardo, Jessica, Sabrina, Samuel 25/02/2015 1.1 Correções Anderson e Eduardo

Leia mais

Fornece novos benefícios para o mercado postal

Fornece novos benefícios para o mercado postal Entrega de Pacotes e Encomendas Classificação de correspondências e pacotes Vantage TM Sorting Solution Classificadora flexível e de alta velocidade Fornece novos benefícios para o mercado postal A classificadora

Leia mais

Sistema Flexográfico Digital Flexcel NX. Tudo. é possível

Sistema Flexográfico Digital Flexcel NX. Tudo. é possível Sistema Flexográfico Digital Flexcel NX Tudo é possível Várias opções de aplicações Ampliando as fronteiras da impressão flexográfica, o Sistema Kodak Flexcel NX permite que você Faça mais com flexo em

Leia mais

Assine e coloque seu número de inscrição no quadro abaixo. Preencha, com traços firmes, o espaço reservado a cada opção na folha de resposta.

Assine e coloque seu número de inscrição no quadro abaixo. Preencha, com traços firmes, o espaço reservado a cada opção na folha de resposta. 1 Prezado(a) candidato(a): Assine e coloque seu número de inscrição no quadro abaixo. Preencha, com traços firmes, o espaço reservado a cada opção na folha de resposta. Nº de Inscrição Nome PROVA DE CONHECIMENTOS

Leia mais

ColorBox Ferramentas para a digitalização da cor

ColorBox Ferramentas para a digitalização da cor ColorBox Ferramentas para a digitalização da cor Apresentando o ColorBox O ColorBox é um conjunto de aplicações e serviços que a Sun Chemical fornece para implementar um fluxo de gerenciamento de cores

Leia mais

Gerenciamento de Cores e Controle de Processos na Impressão Offset

Gerenciamento de Cores e Controle de Processos na Impressão Offset Gerenciamento de Cores e Controle de Processos na Impressão Offset Desaos da Impressão Offset Complexo tratamento de arquivos Diferentes resultados de cores Pressões de tempo e custos { São utilizados

Leia mais

Software. Bem vindo ao mundo do GED e Tecnologias Digitais. Gerenciamento Eletrônico de Documentos, Softwares, e muito mais...

Software. Bem vindo ao mundo do GED e Tecnologias Digitais. Gerenciamento Eletrônico de Documentos, Softwares, e muito mais... Software www.imagecomnet.com.br Bem vindo ao mundo do GED e Tecnologias Digitais Gerenciamento Eletrônico de Documentos, Softwares, e muito mais... A Empresa A Imagecom, uma empresa conceituada no ramo

Leia mais

Sistemas Colaborativos Simulado

Sistemas Colaborativos Simulado Verdadeiro ou Falso Sistemas Colaborativos Simulado 1. Todos os tipos de organizações estão se unindo a empresas de tecnologia na implementação de uma ampla classe de usos de redes intranet. Algumas das

Leia mais

Instrumentos para medição de energia, de parâmetros ambientais e de processos.

Instrumentos para medição de energia, de parâmetros ambientais e de processos. Electrex - instrumentos e softwares para a medição, economia, gerenciamento de consumos e de produç Quem somos Desde 1993, a Electrex projeta, produz e comercializa, na Itália e no mundo, instrumentos

Leia mais

MSc Eliton Smith elitonsmith@gmail.com. Gerenciamento e Administração de Redes

MSc Eliton Smith elitonsmith@gmail.com. Gerenciamento e Administração de Redes MSc Eliton Smith elitonsmith@gmail.com Gerenciamento e Administração de Redes 2 Gerência de Redes ou Gerenciamento de Redes É o controle de qualquer objeto passível de ser monitorado numa estrutura de

Leia mais

Sistemas Empresariais. Capítulo 3: Sistemas de Negócios. Colaboração SPT SIG

Sistemas Empresariais. Capítulo 3: Sistemas de Negócios. Colaboração SPT SIG Capítulo 3: Sistemas de Negócios Colaboração SPT SIG Objetivos do Capítulo Explicar como os SI empresariais podem apoiar as necessidades de informação de executivos, gerentes e profissionais de empresas.

Leia mais

Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais

Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais Capítulo 3: Sistemas de Apoio Gerenciais Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais Objetivos do Capítulo Explicar como os SI empresariais podem apoiar as necessidades de informação de executivos,

Leia mais

Sistema de Mídia Digital

Sistema de Mídia Digital Sistema de Mídia Digital Sistema completo para gestão de conteúdo informativo, entretenimento e publicidade para diversos ramos mercadológicos: Supermercados; Ônibus; Academias; Shoppings; Universidades;

Leia mais

Usando os Softwares Corretos. Tudo bem explicadinho

Usando os Softwares Corretos. Tudo bem explicadinho Cartilha da Pré-Impressão A JACUÍ apresenta sua Cartilha da Pré-Impressão, elaborada especialmente como ferramenta de auxílio aos nossos clientes/agências. Facilitar o desenvolvimento de seus impressos

Leia mais

Aula 2: RIA - Aplicações Ricas para Internet Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina

Aula 2: RIA - Aplicações Ricas para Internet Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina Programação para Internet Rica 1 Aula 2: RIA - Aplicações Ricas para Internet Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina Objetivo: Identificar as principais características de uma Aplicação Internet Rica.

Leia mais

CMs - Gestão de cor. josé gomes ferreira

CMs - Gestão de cor. josé gomes ferreira josé gomes ferreira CMs - Gestão de cor APRESENTAÇÃO A Gestão de Cor da captura à impressão! Conhecer e compreender a teoria da cor para a gestão de cor. A Luz e a sua natureza, os espaços de cor, etc.

Leia mais

Outro componente no portfólio de produtos da KBA-MePrint AG

Outro componente no portfólio de produtos da KBA-MePrint AG Varius LX-TX Impressora Offset modular e sem água para uma diversidade de aplicações ilimitada Impressão de etiquetas e laminada com uma qualidade imbatível Varius LX-TX Outro componente no portfólio de

Leia mais

Otimização no fluxo de informação através de ferramenta eletrônica. Confecção de notas fiscais, holerites, boletos bancários.

Otimização no fluxo de informação através de ferramenta eletrônica. Confecção de notas fiscais, holerites, boletos bancários. Soluções - Hardwares OUTSOURCING DE IMPRESSÃO Consultoria Técnica Projeto de reengenharia de impressão. BILHETAGEM - ACCOUNTING Gestão e gerenciamento de impressão. WORKFLOW Otimização no fluxo de informação

Leia mais

Software de gerenciamento de trabalho

Software de gerenciamento de trabalho Software de gerenciamento de trabalho Software de gerenciamento de trabalho GoalPost O software de gerenciamento de trabalho (LMS) GoalPost da Intelligrated fornece informações sob demanda para medir,

Leia mais

Considerações gerais sobre arquivos abertos e fechados

Considerações gerais sobre arquivos abertos e fechados Considerações gerais sobre arquivos abertos e fechados Este tutorial tem por finalidade esclarecer algumas dúvidas sobre arquivos abertos e arquivos fechados. Leia e entenda um pouco mais sobre PDF, diferenças

Leia mais

Relacionamento Clientes

Relacionamento Clientes FENÍCIA CRM & SRM O Fenícia CRM (Customer Relationship Management - Sistema de Gerenciamento do Relacionamento com os Clientes) é uma ferramenta de gestão com foco no cliente, essencial para angariar e

Leia mais

- SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE ENXOVAL HOSPITALAR - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MÍNIMAS

- SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE ENXOVAL HOSPITALAR - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MÍNIMAS - SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE ENXOVAL HOSPITALAR - ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS MÍNIMAS I - Aspectos gerais: 1. Sistema eletrônico para gestão e rastreamento do enxoval hospitalar, composto por etiquetas dotadas

Leia mais

CSF FasTest SOLUÇÕES DE OUTPUT DE PAGAMENTO

CSF FasTest SOLUÇÕES DE OUTPUT DE PAGAMENTO CSF FasTest SOLUÇÕES DE OUTPUT DE PAGAMENTO CSF FasTest Reduzindo o esforço empregado nos testes Os testes são a faca de dois gumes da composição de documentos: durante o ciclo de vida de seu documento,

Leia mais

27/10/2011. Visão do Papel Integrado dos SI Dentro de uma Organização

27/10/2011. Visão do Papel Integrado dos SI Dentro de uma Organização Visão do Papel Integrado dos SI Dentro de uma Organização 1 Tipos de SI Depende do tipo de apoio a ser oferecido Deve-se levar em consideração: Usuários operações (entrada +processamento + saída) destino

Leia mais

2 Editoração Eletrônica

2 Editoração Eletrônica 8 2 Editoração Eletrônica A década de 80 foi um marco na história da computação. Foi quando a maioria dos esforços dos desenvolvedores, tanto de equipamentos, quanto de programas, foram direcionados para

Leia mais

UM POUCO DE COMPUTAÇÃO GRÁFICA.

UM POUCO DE COMPUTAÇÃO GRÁFICA. UM POUCO DE COMPUTAÇÃO GRÁFICA. Imagem digital é a representação de uma imagem bidimensional usando números binários codificados de modo a permitir seu armazenamento, transferência, impressão ou reprodução,

Leia mais

Algoritmos: Lógica para desenvolvimento de programação de computadores. Autor: José Augusto Manzano. Capítulo 1 Abordagem Contextual

Algoritmos: Lógica para desenvolvimento de programação de computadores. Autor: José Augusto Manzano. Capítulo 1 Abordagem Contextual Algoritmos: Lógica para desenvolvimento de programação de computadores Autor: José Augusto Manzano Capítulo 1 Abordagem Contextual 1.1. Definições Básicas Raciocínio lógico depende de vários fatores para

Leia mais

Sistemas de Informações. Daniel Gondim

Sistemas de Informações. Daniel Gondim Sistemas de Informações Daniel Gondim Roteiro da Aula SPT Sistema de Processamento de Transações Visão geral; métodos e objetivos Atividades no processamento de transações Controle de Administração Aplicações

Leia mais

Suprimentos 1. Cartuchos de toner. Imprimindo. Usando cores. Manuseio de papel. Manutenção. Solução de problemas. Administração.

Suprimentos 1. Cartuchos de toner. Imprimindo. Usando cores. Manuseio de papel. Manutenção. Solução de problemas. Administração. Cartuchos de toner Suprimentos 1 Aviso: Não toque no rolo do cartucho de toner, localizado sob a tampa. Tampa Sua impressora utiliza quatro cartuchos de toner separados, um para cada cor: ciano, amarelo,

Leia mais

6 Quarta parte logística - Quarterização

6 Quarta parte logística - Quarterização 87 6 Conclusão A concorrência aumentou muito nos últimos anos e com isso os clientes estão recebendo produtos com melhor qualidade e um nível de serviço melhor. As empresas precisam, cada vez mais, melhorar

Leia mais

Suprimentos originais HP

Suprimentos originais HP Suprimentos originais HP Entendendo a função dos suprimentos HP na qualidade e confiabilidade da impressão. Cada vez que você utilizar suprimentos originais HP, terá impressos produzidos por componentes

Leia mais

Este software resolve todos esses problemas.adobe reader é um software free, para ler os arquivos pdf..

Este software resolve todos esses problemas.adobe reader é um software free, para ler os arquivos pdf.. Conhecendo arquivos PDF O PDF surgiu graças aos esforços de um dos fundadores da empresa Adobe Systems, John Warnock. A idéia inicial era criar uma tecnologia que permitisse a visualização de arquivos

Leia mais

SENAI - ALIMENTOS E BEBIDAS - BOAS PRÁTICAS PARA SERVIÇOS DE ALIMENTAÇÃO - RDC 216 ME EPP 80,00 CURSO

SENAI - ALIMENTOS E BEBIDAS - BOAS PRÁTICAS PARA SERVIÇOS DE ALIMENTAÇÃO - RDC 216 ME EPP 80,00 CURSO FORMATO EVENTO SINOPSE PÚBLICO CARGA- HORÁRIA PREÇO SENAI - ALIMENTOS E BEBIDAS - BOAS PRÁTICAS PARA SERVIÇOS DE ALIMENTAÇÃO - RDC 216 80,00 SENAI - AUTOMOTIVO - MECÂNICO DE TRANSMISSÃO AUTOMÁTICA 120

Leia mais

Glossário Apresenta a definição dos termos, siglas e abreviações utilizadas no contexto do projeto Citsmart.

Glossário Apresenta a definição dos termos, siglas e abreviações utilizadas no contexto do projeto Citsmart. Apresenta a definição dos termos, siglas e abreviações utilizadas no contexto do projeto Citsmart. Versão 1.6 15/08/2013 Visão Resumida Data Criação 15/08/2013 Versão Documento 1.6 Projeto Responsáveis

Leia mais

Fotografia Digital Obtenção da Imagem e Impressão

Fotografia Digital Obtenção da Imagem e Impressão Fotografia Digital Obtenção da Imagem e Impressão 1 Diferenças entre o CCD e o Filme: O filme como já vimos, é uma película de poliéster, coberta em um dos lados por uma gelatina de origem animal com partículas

Leia mais

Manual de Artes Fechamento de Arquivos para a OPEC/GP Novembro/2007 Manual de Artes da OPEC Arquivos Impressos

Manual de Artes Fechamento de Arquivos para a OPEC/GP Novembro/2007 Manual de Artes da OPEC Arquivos Impressos Manual de Artes Fechamento de Arquivos para a OPEC/GP Novembro/2007 Manual de Artes da OPEC Arquivos Impressos Gazeta do Povo -vs02- Recomendações para preparação da arte final Segue abaixo algumas dicas

Leia mais

Scitum reduz em 50% o tempo de produção de relatórios com CA Business Service Insight

Scitum reduz em 50% o tempo de produção de relatórios com CA Business Service Insight CUSTOMER SUCCESS STORY Scitum reduz em 50% o tempo de produção de relatórios com CA Business Service Insight PERFIL DO CLIENTE Indústria: Serviços de TI Empresa: Scitum Funcionários: 450+ EMPRESA Empresa

Leia mais

Espectro Eletromagnético. Espectro Eletromagnético. Onda Curta - Radio. Vermelho. Laranja Amarelo. Luz Visível. Luz Visível. Verde. Azul.

Espectro Eletromagnético. Espectro Eletromagnético. Onda Curta - Radio. Vermelho. Laranja Amarelo. Luz Visível. Luz Visível. Verde. Azul. Aplliicações Ulltraviiolleta p. 1/12 Utiilliizando Tecnollogiia de Ponta UV na Indústtrri I ia Grráffi ica e Moveleirra Sumárri io 1. INTRODUÇÃO Nesta Palestra: - O que são raios ultravioleta e infravermelho

Leia mais

Conteúdo 2 - Conceitos básicos de produção gráfica. professor Rafael Hoffmann

Conteúdo 2 - Conceitos básicos de produção gráfica. professor Rafael Hoffmann Conteúdo 2 - Conceitos básicos de produção gráfica professor Rafael Hoffmann Cor Modelos cromáticos - Síntese aditiva/cor-luz Isaac Newton foi o responsável pelo desenvolvimento da teoria das cores. Em

Leia mais

Solução Planner para Nota Fiscal Eletrônica (P/NF-e 3.7)

Solução Planner para Nota Fiscal Eletrônica (P/NF-e 3.7) Solução Planner para Nota Fiscal Eletrônica (P/NF-e 3.7) Introdução Desde abril de 2008 a Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) se tornou obrigatória para diversos setores da economia nacional. A cada 6 meses,

Leia mais