Santa Casa: medicamentos na era digital

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Santa Casa: medicamentos na era digital"

Transcrição

1 DR/SPI PARA USO DOS CORREIOS MUDOU-SE FALECIDO DESCONHECIDO AUSENTE RECUSADO NÃO PROCURADO ENDEREÇO INSUFICIENTE NÃO EXISTE NÚMERO INFORMAÇÃO PORTEIRO/SÍNDICO DR/SPI REINTEGRADO AO SERVIÇO POSTAL EM: RESP.: Informativo Santa Casa FEVEREIRO/MARÇO 2011 Santa Casa: medicamentos na era digital Aos 156 anos de atividades, a Santa Casa de Piracicaba começa a descobrir os benefícios de adquirir 100% dos medicamentos que utiliza pela internet, modernizando sua gestão e economizando recursos. O novo sistema ampliou o número de fornecedores do Hospital, que passou a comprar de distribuidoras e indústrias de todo o país e a obter relatórios que facilitam a gestão de compras. Pág. 3 Veja também: Prefeitura altera traçado de galeria Página 5 Destaque no II Mutirão do Coração Página 6 Gestantes orientadas e tranquilas Página 8 Novas máquinas para a Central Página 9 Pediatrias recebem voluntários Página 10 Refinamento de TI às lideranças Página 11 Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Piracicaba - Av. Independência, Bairro Alto - CEP Piracicaba - SP IMPRESSO

2 2 Informativo da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Piracicaba PALAVRA DO PROVEDOR: João Orlando Pavão é provedor da Santa Casa de Piracicaba desde 1999 Santa Casa solidária Entendo que, enquanto instituição filantrópica, a Santa Casa de Piracicaba precisa, necessariamente, envolver-se com questões cruciais que se apresentam na área da saúde pública e também no seio de sua comunidade. Essa perspectiva justifica as ações empreendidas pela Irmandade fora das dependências do Hospital durante campanhas de atendimento gratuito à população e dão corpo ao processo de responsabilidade social de uma das casas de saúde mais tradicionais do país. Foi assim, por exemplo, quando fomos à Praça José Bonifácio durante o II Mutirão do Coração promovido pela Secretaria de Estado da Saúde e tivemos a honra de registrar o maior número de atendimentos realizados entre todas as instituições participantes. Esta ação, entretanto, apesar de salutar e extremamente importante, integra-se à relação de atividades desempenhadas com mais freqüência e naturalidade pelo nosso Hospital. O que fugiu ao senso comum, embora esteja entre as iniciativas defendidas pela Mesa Diretora do Hospital, foi a realização de campanha interna para arrecadação de produtos de higiene, leite e fraldas descartáveis em benefício das vítimas das enchentes que ocorreram em Piracicaba durante o mês de janeiro, atingindo pelo menos 800 pessoas. As doações mobilizaram diretores, médicos e funcionários dos mais diversos setores, revelando que a essência da filantropia não está presente apenas na origem e no nível da assistência médico-hospitalar que a Santa Casa direciona às populações de Piracicaba e região através do SUS- Sistema Único de Saúde. A filantropia defendida com unhas e dentes pela Santa Casa de Piracicaba manifesta-se, também, por meio de ações solidárias voltadas ao bem comum. Uma iniciativa realmente salutar e audaciosa que teve na determinação da Mesa Diretora e nas ações concretas da CIPA (Comissão Interna de Prevenção aos Acidentes de Trabalho) e do Serviço Social da Santa Casa a guarida necessária para arrecadar doações proporcionando, além de gêneros de primeira necessidade, alento e solidariedade em momentos de extrema vulnerabilidade humana. Obrigado a todos os que se sensibilizaram, participando efetivamente de mais uma ação empreendida pela Santa Casa tendo-se por estímulo o lema Cientia et carita ciência e caridade, estampado na fachada do prédio principal da Instituição. Secretário de Estado da Saúde José Cândido Chimionato, da Santa Casa de Franca; o provedor da Santa Casa de Piracicaba e diretor da Fehosp, João Orlando Pavão; José Reinaldo de Oliveira Júnior, presidente da Fehosp; o secretário da Saúde do Estado Giovanni Guido Cerri e Edson Rogatti, da Santa Casa de Palmital Empenhado em promover a aproximação das instituições filantrópicas com os órgãos responsáveis pela elaboração das políticas públicas que norteiam as ações e o ressarcimento dessas entidades pelo Sistema Único de Saúde-SUS, o provedor João Orlando Pavão Caixeta na ESALQ Durante a posse, o provedor João Orlando Pavão se encontrou com um de seus antigos professores, José Vicente Caixeta, pai do novo diretor da ESALQ participou recentemente de encontro como o secretário de estado da Saúde, Giovanni Guido Cerri. O encontro foi coordenado pela Fehosp e, segundo Pavão, serviu para apresentar ao novo secretário a dimensão e a importância das ações desenvolvidas pelas filantrópicas. O engenheiro civil José Vicente Caixeta Filho é o atual diretor da ESALQ/USP- Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, uma das instituições de ensino mais respeitadas do país. A solenidade de posse aconteceu no último dia 3 de fevereiro e reuniu diversas instituições, órgãos de classe e entidades representativas, entre elas, a Santa Casa de Piracicaba, representada pelo provedor João Orlando Pavão e pelo diretor Alexandre Valvano Neto. Fomos levar o apoio da Santa Casa ao novo diretor, por entendermos que o trabalho prestado pela ESALQ é fundamental à Piracicaba e ao país, justificaram. MESA DIRETORA: Mesa Diretora: João Orlando Pavão (provedor) / Adilson Zampieri (vice-provedor) e os diretores: Adilson Toniolo / Alexandre Valvano Neto / Diovaldo Ângelo Pizzinatto / Mário José Ronsini. Mesários: Antonio Orlando B. Piacentini / Cezário de Campos Ferrari / João Ferraz de Arruda / José Rosário Losso Netto / Julio Makoto Assari / Samir Tufic Arbex. Suplentes: Antonio Carlos Copatto / Jenival Dias Sampaio / Luis Guilherme Schnor / Valderes Perosse / Wolney Luis Stolf / Conselho Consultivo: Ary Marconi / Comendador Manuel Rodrigues Tavares de Almeida / Evandro Luiz de Almeida Haddad / José Pino / Juélio S. de Moura / Júlio Lázaro Sierra / Maria Amélia Leitão Ronsini / Patrícia Lafayete Carcanholo / Paulo Ferrari / Roberto Pedro Denipotti / Salvador José Cassano / Waldemar Romano / Wander Pereira Rossette Júnior. Administração: Vanda de Carvalho Petean EXPEDIENTE: Esta é uma publicação mensal da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Piracicaba, Avenida Independência, 953, Bairro Alto, CEP: Piracicaba / SP. (19) Jornalista responsável: Nilma de Oliveira Moratori (MTb ) Fotos: arquivo Santa Casa Projeto Gráfico: Comunique Propaganda Impressão: A Tribuna Piracicabana - Tiragem: exemplares

3 Fevereiro/Março Santa Casa chega à era digital Instituição ingressa em plataforma eletrônica de compras hospitalares, amplia fornecedores e moderniza gestão; no estado de São Paulo, movimentação da plataforma cresce 20% ao ano Aos 156 anos de atividades, a Santa Casa de Piracicaba começa a descobrir os benefícios de adquirir 100% dos medicamentos que utiliza pela internet, modernizando sua gestão e economizando recursos. O novo sistema ampliou o número de fornecedores do Hospital, que passou a comprar de distribuidoras e indústrias de todo o país e a obter relatórios que facilitam a gestão de compras. O ingresso da Irmandade no mundo digital se deu por meio da plataforma implantada pela Bionexo, maior comunidade de negócios hospitalares da América Latina e Europa. Trata-se de um modelo adotado em vários países e nas mais diferentes regiões brasileiras que usa a tecnologia para gerenciar informações do mercado de insumos hospitalares. Afiliada à Fehosp (Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo), a Santa Casa apresentou seus resultados no Road Show Bionexo Gestão de resultados no mundo digital, evento que reuniu mais de 100 gestores de hospitais paulistas no dia 24 de fevereiro, na cidade de Campinas/SP. A apresentação foi feita pelo provedor João Orlando Pavão, que também é diretor da Fehosp e antecipou a intenção da Santa Casa de participar do grupo de compras conjuntas da Federação, onde um grupo de hospitais filantrópicos se uniu para reduzir ainda mais os custos com este tipo de insumo. Pavão lembra ainda que, há três anos, a Fehosp é parceira da Bionexo, comunidade que reúne mais de 600 hospitais e 10 mil fornecedores na América Latina e Europa, com cerca de 20 mil usuários interligados em cinco países: Brasil, Argentina, México, Colômbia e Espanha. Verbas para a Santa Casa A Santa Casa de Piracicaba recebeu no último dia 17 de janeiro a visita do então deputado estadual Roberto Felício, que oficializou a liberação de verba consignada ao orçamento estadual no valor de R$200 mil à Instituição para aquisição de equipamentos para a UTI e Centro Cirúrgico. O provedor João Orlando Pavão enalteceu a iniciativa, reforçando a importância da parceria com a comunidade para que a Santa Casa suplante as dificuldades advindas da defasagem de até 50% da tabela SUS e dê continuidade aos investimentos que tem transformado Irmandade em modelo de gestão hospitalar. O provedor João Orlando Pavão, o deputado Roberto Felício, o vice-provedor Adilson Zampieri e o diretor Alexandre Valvano Comendador Almeida na Hemodiálise Mesa Diretora da Santa Casa apresenta novas instalações da Hemodiálise ao Comendador Almeida O novo prédio que a Santa Casa está construindo para abrigar a Unidade de Hemodiálise promete revolucionar o tratamento dispensado aos pacientes portadores de doenças renais em Piracicaba e região. A obra, em fase final de conclusão, recebeu recentemente a visita do Comendador Manoel Rodrigues Tavares de Almeida, empresário responsável por articulações que garantiram o apoio das empresas Cosan e Votorantim Cimentos para viabilização dos investimentos. O provedor João Orlando Pavão lembra que o Comendador é membro do Conselho Consultivo da Santa Casa e um grande parceiro da Instituição.

4 4 Informativo da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Piracicaba Missa, flores e cânticos no Dia do Enfermo efeito psicossomático podem ser atenuados no ambiente hospitalar por meio de uma assistência cada vez mais humanizada. O profissional de saúde tem que assistir aos pacientes com equidade, mas com entendimento de que cada ser é único e, portanto, deve ter sua história, sua cultura e seu livre arbítrio respeitados, avalia. Evolução da assistência A missa em reverência ao Dia Mundial do Enfermo reuniu cerca de 40 pessoas A Santa Casa de Piracicaba preparou uma ampla programação para comemorar o Dia do Enfermo, reverenciado em 11 de fevereiro desde 1992, quando foi instituído pelo papa João Paulo II com a finalidade de sensibilizar a sociedade sobre a importância da assistência religiosa aos doentes. No Hospital, as ações foram desenvolvidas pela Pastoral da Saúde sob a coordenação da Irma Davina Bernardi. No dia 10 à noite, a Pastoral celebrou missa ecumênica aberta à comunidade hospitalar. No dia 11, a partir das 13 horas, o coral formado por voluntários da Pastoral e funcionários da Santa Casa percorreram Unidades do Hospital entoando cânticos e distribuindo flores e orações aos enfermos hospitalizados. Na avaliação do diretor clínico, Walter Checoli, embora a Ciência venha evoluindo rapidamente, a dor e a morte não foram superadas. Isso por que, à medida em que são descobertas cura para várias doenças com o desenvolvimento de novos tratamentos, outras parecem se multiplicar, sobretudo as de fundo psicológico e emocional, justifica. Segundo ele, o que se observa no Hospital é o diagnóstico cada vez mais freqüente dos efeitos psicossomáticos associados às doenças. Todo doente sente-se fragilizado, pois sua dor física ou emocional é única, pondera Na análise da administradora Vanda Petean, o impacto negativo da doença e seu A Santa Casa mantém, em média, 350 pacientes hospitalizados em suas unidades de internação Atualmente, há pessoas especializadas para cuidar dos enfermos, como os profissionais de enfermagem e os médicos. Na Idade Média, porém, a enfermagem era exercida pelas ordens de freiras e monges. A enfermagem moderna, nos moldes atuais, teve início em 1860 na Inglaterra, com Florence Nightingale e a abertura da primeira escola voltada para esse tipo de ensinamento. No Brasil, os pioneiros foram os padres jesuítas, que passaram a atuar nas Santas Casas a partir de 1540, e irmãs de caridade, a partir de A profissão ganhou grande prestígio com o trabalho de Ana Neri, que se apresentou como voluntária, aos 51 anos, no início da Guerra do Paraguai (1865). No século XX, a atividade progrediu com a fundação da Cruz Vermelha Brasileira, no Rio de Janeiro, e da Escola de Enfermagem Ana Neri, declarada-escola padrão em Dr. André Augusto Júnior Gemeinder de Moraes CRM: 55620

5 Fevereiro/Março Prefeitura altera traçado de galeria que passava pela Santa Casa A Santa Casa de Piracicaba comemorou a solução de um problema que, há décadas, vinha comprometendo os projetos de ampliação de novas unidades e serviços pelo Hospital: a existência de uma tubulação de águas pluviais que cortava a área interna da Instituição, provavelmente, desde que o prédio atual foi construído. A situação ganhou maiores dimensões quando a Instituição decidiu utilizar a área para construir novas edificações e percebeu que a estrutura da tubulação, bastante antiga, poderia comprometer o projeto. A Prefeitura foi, então, acionada e, em outubro, deu início à alteração do traçado, implantando nova galeria de águas pluviais através da Semob (Secretaria Municipal de Obras). A obra foi concluída em janeiro com O provedor João Orlando Pavão e o vice-provedor da Santa Casa, Adilson Zampieri, durante encontro para agradecer o prefeito Barjas Negri, o procurador geral do município, Sérgio Bissoli, e o secretário de Obras, Arthur Ribeiro a instalação de 135 metros de tubulação com um metro e meio de diâmetro e 95 metros de tubos com um metro de diâmetro. O investimento, orçado em R$416 mil, possibilitou ainda a troca de toda a tubulação das ruas Riachuelo e Silva Jardim e instalação de bueiros que auxiliam no escoamento da água de chuva na região. Na análise do provedor da Santa Casa, João Orlando Pavão, que fez questão de agradecer pessoalmente ao prefeito Barjas Negri, o pronto atendimento por parte da Prefeitura revelou o comprometimento do poder público com a qualidade de vida da população. O redimensionamento da galeria proporcionará mais saúde e segurança ao cidadão, permitindo ainda à Santa Casa investir em melhorias que se refletirão na qualificação da assistência à comunidade, justificou. Elring Klinger doa fraldas a pacientes carentes A empresa Elring Klinger do Brasil doou 500 fraldas à Santa Casa de Piracicaba. A possibilidade de doação foi identificada pela empresa depois de contato feito junto a Pastoral da Saúde do Hospital, formada por voluntários que atuam diretamente junto ao paciente promovendo ações lúdicas e apoio espiritual através de visitas no leito. O provedor João Orlando Pavão enalteceu e reforçou a grandiosidade de iniciativas como esta, lembrando que as doações são fundamentais ao trabalho desenvolvido pelo Hospital que, para assistir aos pacientes mais carentes de forma adequada, precisa desta atenção e cuidado por parte de outras empresas e da comunidade. Líria Scarso, presidente da CIPA - Comissão Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho da Elring Klinger explica que a prática da doação se justifica pela responsabilidade social da empresa. Esta é uma iniciativa constante por parte da empresa, que desenvolve uma série de atividades beneficentes junto a outras instituições, revela. Segundo ela, atuar em benefício do próximo em várias frentes já faz parte da proposta de trabalho da Elring Klinger. O gerente de Qualidade, Meio Ambiente e Recursos Humanos da Elring Klinger, Marcelo Seneme, oficializou a doação Dr. André Luis Tucci Semeghini - CRM: 89929

6 6 Informativo da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Piracicaba Fehosp destaca atuação da Santa Casa em Mutirão do Coração Câmara cumprimenta a Instituição A ação na Praça José Bonifácio atendeu a comunidade de Piracicaba Matéria publicada pelo Jornal Novo Rumo, da Fehosp - Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo, aponta a Santa Casa de Piracicaba como o Hospital que realizou o maior número de atendimentos durante o II Mutirão do Coração, promovido em todo o Estado no período de 27 de novembro a 4 de dezembro. Acreditamos na seriedade do trabalho que a Secretaria de Estado da Saúde desenvolve junto à comunidade e participamos ativamente do evento, atendendo 284 pessoas, revela a administradora Vanda Petean, enaltecendo o compromisso da Instituição com a qualidade de vida da população. A publicação revela que o evento mobilizou 14 instituições de saúde associadas à Federação e apontou o Hospital Provisão (de São José dos Campos) como o segundo melhor colocado, com o registro de 234 pessoas atendidas, e a Santa Casa de Votuporanga, com a terceira melhor posição e 216 atendimentos. A iniciativa é resultado da parceria mantida entre o Governo do Estado, a Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (Socesp), a prefeitura de São Paulo, a prefeitura de Campinas, a Fehosp e a Universidade Nove de Julho (Uninove) para identificação dos riscos cardíacos a que estará sujeita a população pelos próximos cinco anos. Em Piracicaba, as atividades foram desenvolvidas pela Santa Casa na Praça José Bonifácio, no período das 8 Equipes multidisciplinares da Santa Casa realizaram atendimento rápido e humanizado às 17 horas do dia 27 de novembro, oportunidade em que as equipes da Instituição e do Emcor - Serviço de Emergências do Coração abordaram a população para medição de peso, altura, circunferência abdominal e pressão arterial, bem como análise de hábitos de vida. Logo após os exames, os resultados eram avaliados e o risco identificado, possibilitando a orientação específica a cada caso. O cardiologista Walter Checoli, diretor clínico da Santa Casa, revela que 55% dos participantes apresentaram risco alto para o desenvolvimento de doenças cardíacas e foram orientadas a buscarem orientação profissional na unidade de saúde mais próxima de sua residência. A relevante atuação da Santa Casa durante o II Mutirão do Coração foi reconhecida também pela Câmara de Vereadores de Piracicaba que, no próximo dia 14 de março, fará entrega de Moção de Aplausos à Instituição, em nome do provedor João Orlando Pavão, do diretor clínico e diretor do EMCOR, Walter Checoli, e da enfermeira do Programa de Saúde Inteligente, Teresinha Queiroz. Iniciativa do vereador Carlos Alberto Cavalcante, a Moção destaca o papel da Santa Casa enquanto instituição filantrópica comprometida com a qualidade de vida da população através da assistência que direciona dentro e fora de suas instalações. A Santa Casa é uma das instituições de saúde mais tradicionais do Brasil, constituindo-se hoje numa das estruturas mais consolidadas do sistema de hospitais de misericórdia, justifica o vereador.

7 Fevereiro/Março Mercado qualificado: Santa Casa amplia parceria para estágios Parceria firmada entre a Santa Casa e as Faculdades Anhanguera Educacional, Unimep (Universidade Metodista de Piracicaba), Enfermap, Colégio Industrial e SENAC (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial) para estágios supervisionados no Hospital tem possibilitado o aprimoramento profissional e a abertura de novos campos de trabalho para os futuros profissionais de enfermagem e fisioterapia de Piracicaba. Recebidos durante os Programas de Integração promovidos pelo Hospital, os estagiários conheceram normas e rotinas da Instituição que, entre outras exigências, abordou a necessidade da constante supervisão e acompanhamento dos estágios pelo professor responsável pelos cursos. As universidades e escolas técnicas mantém um professor para cada cin- Mário Mariotoni, coordenador do Setor de Fisioterapia, durante integração com os novos estagiários co alunos em áreas críticas, como pronto- -atendimento, central de materiais, UTIs, centro cirúrgico e centro obstétrico. Já para as áreas não-críticas, como as unidades de internação, há um professor para cada grupo de dez estagiários, revelam as enfermeiras do Nadep - Núcleo de Aprimoramento e Desenvolvimento de Pessoas. Semestralmente, são promovidas reuniões entre as faculdades e escolas técnicas conveniadas e a Santa Casa para a análise e aprimoramento dos trabalhos, num processo que, em sua análise, contribui para a qualificação da assistência na medida em que cerca de cuidados e técnica o preparo adequado do futuro profissional. Entendimento semelhante tem Mário Mariotoni, coordenador do Setor de Fisioterapia do Hospital. Trabalhamos para que os valores da Instituição sejam fielmente aplicados durante os estágios, preservando e transmitindo, além de conceitos técnicos, aspectos voltados à ética, ao comprometimento e à humanização da assistência, finaliza. Profissionais ainda mais habilitados Oportunidade de crescimento, qualificação profissional e desenvolvimento pessoal. São esses os objetivos da Santa Casa ao abrir as portas da Instituição para a realização de estágios supervisionados por meio de parcerias com instituições de ensino de nível t cnico e superior. A proposta é possibilitar que os futuros profissionais adquiram novas competências, estimulando o crescimento pessoal e profissional numa iniciativa que, certamente, resulta na qualidade assistencial, explica a administradora Vanda Petean. Ela lembra que tem sido bastante comum ao Hospital absorver parte desses profissionais depois que eles se formam. É interessante porque, depois, muitos estagiários retornam ao Hospital como profissionais habilitados e com amplo conhecimento da rotina e das regras da Instituição, conferindo ainda mais qualificação à assistência, avalia Cerca de 150 estagiários acompanharam a integração no último dia 9 Dr. Walter Checoli - CRM: 49748

8 8 Informativo da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Piracicaba Gestantes orientadas e tranquilas Prossegue até o dia 12 de abril, a primeira edição do Curso para Gestantes que a Santa Casa oferece este ano às futuras mamães através do Centro e Prevenção e Promoção de Saúde do Santa Casa Saúde. Os encontros tiveram início em fevereiro com encontros semanais coordenados para orientar quanto aos cuidados com o bebê e esclarecer as dúvidas mais freqüentes durante o período gestacional. Com início sempre às 18h30, no Salão de Convenções do Hospital, o Curso é gratuito e aberto a todas as gestantes interessadas em promover um bate-papo saudável e esclarecedor com profissionais das áreas de obstetrícia, neonatologia, enfermagem, nutrição, fisioterapia, fonoaudióloga e psicologia. A enfermeira do Programa de Saúde Inteligente, Terezinha Carvalho, revela que o Curso proporciona ainda O Curso para Gestantes registrou 97 participantes no primeiro dia aulas práticas sobre técnicas de banho do bebê, relaxamento, massagem Shantalla, amamentação e dicas úteis que poderão facilitar o dia-a-dia e enriquecer a relação entre pais e filhos. O curso é aberto também aos familiares, que podem visitar a Maternidade e o Centro Obstétrico numa dinâmica que, além de proporcionar a interação entre a gestante, sua família e os profissionais de saúde, gera bem estar e segurança à parturiente. É fundamental que a mãe conheça a estrutura que vai acolhê-la e recepcionar o seu bebê, justifica Terezinha. Ela informa que, paralelo ao Curso, as visitas às Unidades da Maternidade ocorrem frequentemente, a cada 15 dias, com oficinas mensais sobre o banho do bebê, aula prática quanto às vestimentas da criança, cuidados com o coto umbilical e posicionamento para amamentação. A aplicação da massagem Shantalla é um dos momentos mais marcantes do Curso para Gestantes. A técnica, milenar e de origem indiana, consiste em massagear de maneira adequada pontos específicos do corpo do bebê, proporcionando inúmeros benefícios ao recém- -nascido. A Shantalla é uma massagem voltada ao equilíbrio físico, emocional e energético do bebê, aliviando cólicas, regulando o sono e estreitando o vínculo Massagem que acalma da criança com os pais, revela a acupunturista Silvia Renata Silvestrini. Ela explica que a Shantalla é aplicada em bebês com idade entre dois e oito meses para transmitir amor, carinho e segurança ao bebê através do toque das mãos dos pais. Esse contato ajudará os pais a conhecer e a compreender melhor o corpo do bebê e a forma de comunicação utilizada pela criança. A massagem pode ser feita diariamente, atuando sobre todo o sistema neurológico equilibrando-o, desenvolve a coordenação motora, atua sobre a musculatura e articulações, alonga e promove a eliminação de tensões, previne e alivia cólicas intestinais e facilita o sono tranqüilo e profundo. As oficinas de Shantalla são realizadas no Saúde Inteligente e as interessadas em participar de um dos seis cursos que a Santa Casa promoverá este ano devem se inscrever pelo (19) Dr. Gustavo de Mendonça Borges CRM: Dr. José Henrique Mello de Freitas CRM: 64230

9 Fevereiro/Março Hospital adquire novas máquinas para Central de Materiais O Aumento de cirurgias realizadas pela Instituição e a demanda de materiais a serem lavados e preparados pela CME - Central de Materiais da Santa Casa levou a Instituição a investir na aquisição de dois novos equipamentos, garantindo maior dinamismo ao processo de esterilização pelo qual são submetidos os instrumentais cirúrgicos. De acordo com a enfermeira Ana Cláudia Moraes, responsável pela Central, as máquinas, uma Lavadora Ultrassônica e uma Sterrad, proporcionam métodos mais efetivos de limpeza, principalmente para materiais mais delicados, como os de fibras ópticas, e aqueles que possuem conformações complexas e lúmen (cavidade). Ela explica que a máquina ultrassônica produz a limpeza removendo a sujidade pelo processo de cavitação, deflagrado por inúmeras bolhas produzidas pela oscilação de ondas ultrassônicas que, ao explodirem na superfície Treinamento capacita funcionárias da Copa Promover a capacitação técnica, estimulando as habilidades para um atendimento cada vez mais diferenciado pelas funcionárias que atuam no Serviço de Copa da Santa Casa foi um dos objetivos do curso promovido pela Instituição no dia 26 de janeiro. A iniciativa deu continuidade no treinamento realizado no final do ano anterior, ampliando os temas abordados que, desta vez, focaram os tipos de Máquina Sterrad que otimizou o tempo de conclusão da esterilização das peças, criam uma pressão negativa, dissolvendo e disseminando os resíduos aderidos aos equipamentos. dieta, a qualidade dos alimentos, o atendimento ao cliente, o trabalho em equipe, a humanização, o uso de equipamentos de proteção individual, higiene pessoal e higiene dos equipamentos. Segundo a nutricionista Claudenice Sterde, o intuito foi promover um curso com a maior abrangência de conteúdo possível. Pensamos em um curso que atendesse as necessidades atuais das funcionárias da Copa, possibilitando que os temas apresen- Já possuíamos um equipamento semelhante e a aquisição de uma segunda unidade aumentou a quantidade de peças tados qualifiquem ainda mais o atendimento com base na segurança alimentar e no trabalho e na harmonia do relacionamento entre as equipes, ressalta. O treinamento teve o objetivo de dar continuidade no conteúdo apresentado durante o primeiro treinamento em outubro de 2010 lavadas e reduziu o tempo de esterilização dos instrumentais, promovendo inclusive o significativo aumento das vídeo-cirurgias realizadas no Centro Cirúrgico, revela Ana Cláudia. Ela explica que a Sterrad, por sua vez, é uma máquina termosensivel cujo processo de esterilização se dá por meio de reação físico-químico para produção de efeito letal aos microorganismos, incluindo os esporos, mais resistentes. Especialmente recomendada para a esterilização de fibras ópticas, sua utilização agilizou de forma considerável a realização das vídeos-cirurgias. Ana Cláudia explica que, antes, quando o processo era realizado em autoclaves à temperatura de 121ºC, o tempo para conclusão da esterilização era, em média, de 3 horas computando-se também o tempo necessário ao resfriamento do material. Com a aquisição da Sterrad, o processo é à frio e leva cerca de 51 minutos para ser concluído, revela.

10 10 Informativo da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Piracicaba Pediatrias recebem grupos voluntários Voluntários da Capelania Evangélica e do grupo Essência do Amor promoveram uma tarde animada para os pacientes da Santa Casa Pelo menos 90 pessoas, entre crianças e adultos hospitalizados e seus familiares, receberam a visita dos voluntários que atuam junto à Capelania Evangélica da Santa Casa (CEHOSP) e ao grupo Essência do Amor. O encontro foi marcado por brincadeiras, músicas e atividades com fantoches, fortalecendo a união estabelecida entre os dois grupos voluntários para proporcionar conforto e alegria no ambiente hospitalar. De acordo com Cristina Rocha, da Capelania Evangélica, o Essência do Amor também é formado por voluntários cristãos e, desta forma, a integração entre os dois grupos permite intensificar o trabalho que a CEHOSP já desenvolve no Hospital para promover a assistência espiritual. Trata-se de um momento extremamente importante ao paciente, que se sente mais fortalecido e otimista com as mensagens de amor e fé que são transmitidas durante as visitas, revela. Segundo Cristina, além das visitas nos leitos, os voluntários promovem ações também em datas especiais, como o Dia das Mães e o Dia das Crianças. Ver o sorriso e a satisfação expressa nos olhos de cada paciente, sentir de alguma forma o amor que Deus tem colocado em seus corações, levando paz e tranqüilidade, faz toda a diferença na vida do próximo. E essa é nossa maior recompensa, afirma. A Capelania Evangélica Hospitalar de Piracicaba (CEHOSP) é uma instituição sem fins lucrativos formada por voluntários cristãos capacitados a desenvolver atividades de apoio espiritual na área da saúde. O Serviço foi instituído na Santa Casa de Piracicaba em junho de 1999, quando os voluntários deram início às visitas no leito do paciente hospitalizado. O grupo é formado por 20 voluntários que separam tempo de suas atividades de trabalho e família para dedicar-se ao ministério da visitação, que ocorre às segundas e quintas-feiras após as 18 horas e em horários especiais quando solicitados pela equipe administrativa do Hospital ou pelo cliente. O trabalho baseia-se no conceito do atendimento integral, segundo o qual o paciente aceita melhor a hospitalização e tem mais chances de um rápido restabelecimento quando tem contemplados também aspectos da saúde emocional e espiritual. A experiência revela que o paciente é capaz de lidar melhor com a doença quando ele se sente assistido e amparado espiritualmente, revela Cristina. Ela lembra que a Capelania integra a Associação das Capelanias Evangélicas de São Paulo, entidade presente em mais de cem hospitais do Brasil e com representatividade em outros dez países.

11 Fevereiro/Março Investimento combate desperdício no refeitório Com o objetivo de proporcionar mais praticidade aos funcionários e melhor apresentação dos alimentos durante as refeições servidas aos funcionários no refeitório da Instituição, as bandejas antigas em inox foram substituídas por bandejas plásticas, pratos e saladeiras. A iniciativa partiu da Administração do Hospital e do Serviço de Nutrição, que já registrou inclusive uma sensível redução do desperdício de alimentos, já que as bandejas anteriores apresentavam diversas divisórias para os alimentos, permitindo que o funcionário se servisse com uma quantidade bastante superior a que seria consumida. Só nos três últimos meses, a sobra de alimentos, que antes somava 14 quilos diariamente, caiu para 8 quilos/dia, revela a nutricionista Claudenice Sterde. Segundo ela, apenas durante o almoço, o Hospital serve em média 400 refeições. Os pratos são criteriosamente preparados na Cozinha do Hospital por uma equipe que reúne cerca de 25 profissionais no preparo de um cardápio diversificado e balanceado, com carnes frescas e hortifrutis da época, informa Claudenice, lembrando que, além do prato principal, o funcionário tem sempre uma segunda opção. ANIVERSARIANTES DE MARÇO 01/03 Magda Shirley Marteloso 01/03 Dr. Raimundo Sant Ana 01/03 Patricia Schiavon 02/03 Cezário de Campos Ferrari 03/03 Marcelo Germano 05/03 Dra. Maria Cândida Alves Silva Chicanelli 05/03 Dra. Elisabete Cristina Silva Pereira 06/03 Dra. Sandra Noeli Sacht 06/03 Sandra Maria Bernhard 06/03 Paulo Sérgio Menezes 08/03 Alexandre Valvano Neto 09/03 Dr. Perci Zilli Bertolini 10/03 Dr. Javier Aurélio Miranda Lopez 10/03 Sílvia Elaine Zanetoni 10/03 Dr. Moracy Souza de Arruda Júnior 10/03 Dr. Maurício Celso de Carvalho 11/03 Dr. Ricardo Manzoni 11/03 Dr. Antônio César Colombo 11/03 Dr. Paulo Roberto Lara Coelho 12/03 Ariana do Nascimento 12/03 Dr. José Rosário Losso Netto 12/03 José Pino 15/03 Marcos Paulo Firmino 16/03 Roseli Teixeira Nunes Pereira 19/03 Sônia Maria Fornazier Barella 19/03 Dr. Orival José Macruz Ferreira da Silva 19/03 Dr. José Carlos Marques 19/03 Dr. José Henrique Mello de Freitas 22/03 Manuel Rodrigues Tavares de Almeida 22/03 Marlene Aparecida Geraldin 23/03 Dr. Mário José Ronsini 23/03 Dr. Sérgio Ricardo Guillaume 26/03 Dra. Mariângela Di Donato Catandi 27/03 Dr. Ruy Nogueira Costa Filho 28/03 Dr. Dorivaldo Custódio Barbosa 30/03 Dr. Eduardo Travolo 30/03 Daniele Ramon Ruocco 30/03 Francine Patricia Zarbetti 31/03 Aline de Castro Araújo 31/03 Dr. Fábio Ricardo Granato 31/03 Claúdia Beatris Bortoleto 31/03 Dr. João Paulo Aguiar Jordão Mainardi Iniciativa proporcionou redução do desperdício de alimentos no refeitório do Hospital TI promove Refinamento para Lideranças O treinamento com vistas ao Refinamento de TI - Tecnologia da Informação, direcionado às lideranças dos diversos setores do Hospital acontece semestralmente com o intuito de apresentar o planejamento de ações para o ano e as mudanças ocorridas na área de infra-estrutura, sistemas e processos do Departamento de Informática. Na análise do responsável pelo departamento de TI, Wlamir Machado, o resultado do treinamento, que ocorre há um ano, já pode ser notado no ambiente hospitalar. A conscientização das lideranças quanto ao período necessário para criação e implantação de sistemas é notável. Apresentamos nosso cronograma, que no momento registra aproximadamente 40 aplicações a serem desenvolvidas, e temos obtido a compreensão e apoio da comunidade hospitalar, revela. Ainda de acordo com Wlamir, durante o período que antecede o Refinamento, o departamento de TI trabalha para melhorar os processos de trabalho, buscando avanços e novas alternativas para aprimorar o desenvolvimento das atividades da Instituição. No Refinamento são demonstradas as implementações realizadas na área de sistemas, bem como os investimentos em infra-estrutura e o desenvolvimento dos sistemas solicitados pelos mais diversos setores e departamentos. Agostinho Martini Neto A Santa Casa acompanhou com pesar a notícia do falecimento do Sr. Agostinho Martini Neto, integrante da Mesa Diretora da Irmandade no período de 1972 a O provedor João Orlando Pavão conta que Agostinho participou de momentos históricos da Entidade durante os 22 anos em que atuou junto à Instituição. Agostinho foi vice-provedor da Santa Casa durante a gestão do comendador Antônio Romano, período marcado por um grande número de obras e pelo retorno das doações, depois de um curto período em que a Irmandade praticamente não recebeu nenhum tipo de auxilio financeiro ou em gêneros por parte da comunidade destaca.

12 Dr. Ruy Nogueira Costa Filho CRM: Dr. Norio Ikari - CRM: Dr. Norio Ikari - CRM: 24789

Adilson Zampieri é o novo provedor da Santa Casa

Adilson Zampieri é o novo provedor da Santa Casa 99 122 33030-2009 - DR/SPI PARA USO DOS CORREIOS MUDOU-SE FALECIDO DESCONHECIDO AUSENTE RECUSADO NÃO PROCURADO ENDEREÇO INSUFICIENTE NÃO EXISTE NÚMERO INFORMAÇÃO PORTEIRO/SÍNDICO 99 122 33030-2009 - DR/SPI

Leia mais

Cresce atuação do Comitê de Saúde nas Empresas

Cresce atuação do Comitê de Saúde nas Empresas 99 122 33030-2009 - DR/SPI www.santacasadepiracicaba.com.br 99 122 33030-2009 - DR/SPI Informativo Santa Casa - FEVEREIRO - 2010 Cresce atuação do Comitê de Saúde nas Empresas A proposta do Comitê de Saúde

Leia mais

HOSPITAL SÃO RAFAEL TUDO É POSSÍVEL A QUEM CRÊ

HOSPITAL SÃO RAFAEL TUDO É POSSÍVEL A QUEM CRÊ HOSPITAL SÃO RAFAEL TUDO É POSSÍVEL A QUEM CRÊ Origem A preocupação com as questões sociais fez com que o professor e sacerdote italiano D. Luigi Maria Verzé chegasse ao Brasil, em 1974, através do Monte

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS / 2014. Convênio Municipal Secretaria de Desenvolvimento Social

RELATÓRIO ANUAL DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS / 2014. Convênio Municipal Secretaria de Desenvolvimento Social RELATÓRIO ANUAL DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS / 2014 Convênio Municipal Secretaria de Desenvolvimento Social Entidade: Grupo de Pesquisa e Assistência ao Câncer Infantil Endereço: Rua Antônio Miguel Pereira

Leia mais

Eventos Fehosp 2012. Congresso Anual Audhosp Encontros Regionais

Eventos Fehosp 2012. Congresso Anual Audhosp Encontros Regionais Eventos Fehosp 2012 Congresso Anual Audhosp Encontros Regionais Hotel Palm Plaza Resort em Campinas 24 a 27 de abril de 2012 www.fehosp.com.br / eventos@fehosp.com.br FEHOSP Fundada em 1959, a Federação

Leia mais

O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE INTERNAÇÃO (11) 4414-6072. Horário de Funcionamento: De 2ª a 6ª: das 6h às 22h Sábados e feriados: das 7h às 19h

O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE INTERNAÇÃO (11) 4414-6072. Horário de Funcionamento: De 2ª a 6ª: das 6h às 22h Sábados e feriados: das 7h às 19h O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE INTERNAÇÃO Tel.: (11) 4414-6000 - Ramal: 6420 (11) 4414-6072 Horário de Funcionamento: De 2ª a 6ª: das 6h às 22h Sábados e feriados: das 7h às 19h Seja bem-vindo ao nosso

Leia mais

2-Titulo: CUIDANDO DO TRABALHADOR DA SAÚDE UMA EXPERIÊNCIA NO DISTRITO DE SAÚDE LESTE

2-Titulo: CUIDANDO DO TRABALHADOR DA SAÚDE UMA EXPERIÊNCIA NO DISTRITO DE SAÚDE LESTE 2º SEMINÁRIO NACIONAL HUMANIZA SUS Em Resposta, envio os dados sobre nosso trabalho: 1- Diretriz Valorização do trabalho e do trabalhador da saúde. 2-Titulo: CUIDANDO DO TRABALHADOR DA SAÚDE UMA EXPERIÊNCIA

Leia mais

1) Socorro e Desastre Itaóca

1) Socorro e Desastre Itaóca 1) Socorro e Desastre Itaóca A Cruz Vermelha Brasileira Filial do Estado de São Paulo deslocou um grupo de voluntários para prestar ajuda aos moradores da cidade de Itaóca, localizada no interior do estado,

Leia mais

"Acreditação: Valeu a pena investir na Certificação de Qualidade?" Centro Integrado de Atenção a Saúde CIAS Unimed Vitória - ES

Acreditação: Valeu a pena investir na Certificação de Qualidade? Centro Integrado de Atenção a Saúde CIAS Unimed Vitória - ES "Acreditação: Valeu a pena investir na Certificação de Qualidade?" Centro Integrado de Atenção a Saúde CIAS Unimed Vitória - ES AGENDA Programação do Evento - Histórico do Centro Integrado de Atenção a

Leia mais

ANEXO II "AÇÕES DE DESINSTITUCIONALIZAÇÃO E DE FORTALECIMENTO DA RAPS" INTEGRANTES, OU A SEREM INCLUÍDAS, NO PLANO DE AÇÃO DA RAPS

ANEXO II AÇÕES DE DESINSTITUCIONALIZAÇÃO E DE FORTALECIMENTO DA RAPS INTEGRANTES, OU A SEREM INCLUÍDAS, NO PLANO DE AÇÃO DA RAPS ANEXO II "AÇÕES DE DESINSTITUCIONALIZAÇÃO E DE FORTALECIMENTO DA RAPS" INTEGRANTES, OU A SEREM INCLUÍDAS, NO PLANO DE AÇÃO DA RAPS EQUIPE DE DESINSTITCUIONALIZAÇÃO - MODALIDADE: VALOR DO PROJETO: 1. DADOS

Leia mais

AMEEES DEPARTAMENTO ASSISTENCIAL PROJETO DE CAPELANIA ESPÍRITA

AMEEES DEPARTAMENTO ASSISTENCIAL PROJETO DE CAPELANIA ESPÍRITA AMEEES DEPARTAMENTO ASSISTENCIAL PROJETO DE CAPELANIA ESPÍRITA 1- Definição A Capelania Espírita é a prestação de apoio religioso espírita, oferecido a pacientes internados em hospitais e/ou a seus familiares,

Leia mais

Atuando com responsabilidade para. colher um futuro melhor. Fábrica de São José dos Campos

Atuando com responsabilidade para. colher um futuro melhor. Fábrica de São José dos Campos Atuando com responsabilidade para colher um futuro melhor. Fábrica de São José dos Campos Compromisso com um futuro melhor. Com o nosso trabalho, somos parte da solução para uma agricultura mais sustentável.

Leia mais

MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA HOME CARE

MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA HOME CARE MANUAL DE ORIENTAÇÕES PARA HOME CARE Elaborado por: Ana Paula de Menezes Assistente Social da CASSIND APRESENTAÇÃO A internação domiciliar ou home care é compreendida como a instalação de uma estrutura

Leia mais

visitas às instituições sociais. Os colaboradores voluntários também foram consultados, por meio da aplicação de um questionário.

visitas às instituições sociais. Os colaboradores voluntários também foram consultados, por meio da aplicação de um questionário. 1. Apresentação O Voluntariado Empresarial é um dos canais de relacionamento de uma empresa com a comunidade que, por meio da atitude solidária e proativa de empresários e colaboradores, gera benefícios

Leia mais

1)Campanha Pré-Calamidade

1)Campanha Pré-Calamidade 1)Campanha Pré-Calamidade A Cruz Vermelha de São Paulo, no cumprimento de sua missão de ajuda humanitária e de auxiliar as comunidades carentes, que sofrem com as enchentes e desabamentos provocados pelas

Leia mais

Pequeno Cotolengo Paranaense PROJETO ADOTE UM LEITO - Promovendo a garantia de direitos de crianças e adolescentes com deficiências múltiplas.

Pequeno Cotolengo Paranaense PROJETO ADOTE UM LEITO - Promovendo a garantia de direitos de crianças e adolescentes com deficiências múltiplas. Pequeno Cotolengo Paranaense PROJETO ADOTE UM LEITO - Promovendo a garantia de direitos de crianças e adolescentes com deficiências múltiplas. Missão Melhorar a qualidade de vida proporcionando inclusão

Leia mais

Programa Viver é Melhor. Categoria do projeto: I Projetos em andamento (projetos em execução atualmente)

Programa Viver é Melhor. Categoria do projeto: I Projetos em andamento (projetos em execução atualmente) Programa Viver é Melhor Mostra Local de: Londrina Categoria do projeto: I Projetos em andamento (projetos em execução atualmente) Nome da Instituição/Empresa: Legião da Boa Vontade (LBV) Cidade: Londrina/PR

Leia mais

Cidadania, conhecimento e oportunidade! Vale a pena conferir

Cidadania, conhecimento e oportunidade! Vale a pena conferir Cidadania, conhecimento e oportunidade! Vale a pena conferir PROJOVEM URBANO EM LONDRINA REALIZA AÇÃO SOCIAL E ARRECADA MAIS DE 500 KILOS DE GÊNEROS ALIMENTÍCIOS NA CAMPANHA OUTUBRO ROSA 2015 PARA HOSPITAL

Leia mais

1) Campanha do Agasalho

1) Campanha do Agasalho 1) Campanha do Agasalho A Cruz Vermelha Brasileira Filial do Estado de São Paulo realiza a Campanha do Agasalho para ajudar comunidades carentes a enfrentar o inverno. Neste ano, além da arrecadação e

Leia mais

CARTA ACORDO Nº. 0600.103.002 Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho mantenedora da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo

CARTA ACORDO Nº. 0600.103.002 Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho mantenedora da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo Ao Ministério da Saúde Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde Departamento de Gestão da Educação na Saúde E-mail: deges@saude.gov.br - prosaude@saude.gov.br CARTA ACORDO Nº. 0600.103.002

Leia mais

MANUAL DE ASPECTOS JURÍDICOS DO PROGRAMA DE VOLUNTARIADO DA CEMIG SAÚDE

MANUAL DE ASPECTOS JURÍDICOS DO PROGRAMA DE VOLUNTARIADO DA CEMIG SAÚDE Av. Barbacena, 472 8º andar Barro Preto CEP: 30190-130 Belo Horizonte/MG Tel.: 3253.4917 E-mail: renata.gontijo@cemigsaude.org.br Portal Corporativo: www.cemigsaude.org.br MANUAL DE ASPECTOS JURÍDICOS

Leia mais

Política de humanização no estado de São Paulo

Política de humanização no estado de São Paulo Artigo Política de humanização no estado de São Paulo Por Eliana Ribas A autora é psicanalista e doutora em Psicologia Clínica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Atua como coordenadora

Leia mais

Eventos Fehosp. Promovendo e fortalecendo as relações para o aprimoramento das ações na saúde.

Eventos Fehosp. Promovendo e fortalecendo as relações para o aprimoramento das ações na saúde. Eventos Fehosp. Promovendo e fortalecendo as relações para o aprimoramento das ações na saúde. Quem Somos A Fehosp Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes do Estado de São Paulo, é uma instituição

Leia mais

Igreja Adventista do 7º Dia - Central de Vitória Av. Carlos Moreira Lima, 1200 Ilha de Monte Belo CEP 29.050-650 Vitória, ES, Brasil Tel.

Igreja Adventista do 7º Dia - Central de Vitória Av. Carlos Moreira Lima, 1200 Ilha de Monte Belo CEP 29.050-650 Vitória, ES, Brasil Tel. Projeto de Acompanhamento de famílias Consiste no acompanhamento de famílias em situação de vulnerabilidade social e realização de ações visando auxiliar a família a melhorar sua qualidade de vida e aumentar

Leia mais

Uma área em expansão. Radiologia

Uma área em expansão. Radiologia Uma área em expansão Conhecimento especializado e treinamento em novas tecnologias abrem caminho para equipes de Enfermagem nos serviços de diagnóstico por imagem e radiologia A atuação da Enfermagem em

Leia mais

Projeto Amplitude. Plano de Ação 2015. Conteúdo

Projeto Amplitude. Plano de Ação 2015. Conteúdo Projeto Amplitude Plano de Ação 2015 P r o j e t o A m p l i t u d e R u a C a p i t ã o C a v a l c a n t i, 1 4 7 V i l a M a r i a n a S ã o P a u l o 11 4304-9906 w w w. p r o j e t o a m p l i t u

Leia mais

II Forum PLANISA de Gestão da Saúde. Como o Hospital Mãe de Deus usa o Planejamento Estratégico como ferramenta de Gestão

II Forum PLANISA de Gestão da Saúde. Como o Hospital Mãe de Deus usa o Planejamento Estratégico como ferramenta de Gestão II Forum PLANISA de Gestão da Saúde Como o Hospital Mãe de Deus usa o Planejamento Estratégico como ferramenta de Gestão HOSPITAL MÃE DE DEUS 380 leitos 2.234 funcionários 68.000 m 2 - área construída

Leia mais

Cartaz Desenvolvido para a Campanha Leuceminas: Você Faz A Diferença Na Cura Do Câncer. 1

Cartaz Desenvolvido para a Campanha Leuceminas: Você Faz A Diferença Na Cura Do Câncer. 1 Cartaz Desenvolvido para a Campanha Leuceminas: Você Faz A Diferença Na Cura Do Câncer. 1 Marleyde Alves dos SANTOS 2 Daniel Cardoso Pinto COELHO 3 Cláudia CONDÉ 4 Raísa moysés GENTA 5 Bruno César de SOUZA

Leia mais

Creche Pelicano Atendimento - 95 Crianças - entre 1 anos e seis meses a quatro anos

Creche Pelicano Atendimento - 95 Crianças - entre 1 anos e seis meses a quatro anos Missão Promover programas sustentáveis e contínuos, priorizando a educação da criança e o re-erguimento da família formando bases sólidas na diminuição das desigualdades sociais. Títulos Reconhecida com

Leia mais

Humanização no Atendimento

Humanização no Atendimento 1ª Jornada de Hotelaria Hospitalar Humanização no Atendimento Outubro de 2014 Juliana Hissamura Se pudéssemos ver o coração dos outros e entender os desafios que cada um enfrenta, acredito que nós trataríamos

Leia mais

9, 16 e 23 de outubro. www.mackenzievoluntario.com.br. No Mackenzie, o bem faz bem há 140 anos 1

9, 16 e 23 de outubro. www.mackenzievoluntario.com.br. No Mackenzie, o bem faz bem há 140 anos 1 9, 16 e 23 de outubro www.mackenzievoluntario.com.br No Mackenzie, o bem faz bem há 140 anos 1 O Projeto O Mackenzie Voluntário é um projeto de voluntariado que visa à prática da cidadania por meio do

Leia mais

Boletim Informativo. O ano de 2013. Informe RH - Redução da Jornada de Trabalho. Próxima edição C O N J U N T O H O S P I T A L A R DO M A N D A Q U I

Boletim Informativo. O ano de 2013. Informe RH - Redução da Jornada de Trabalho. Próxima edição C O N J U N T O H O S P I T A L A R DO M A N D A Q U I C O N J U N T O H O S P I T A L A R DO M A N D A Q U I Boletim Informativo Nossa Missão: Promover assistência segura à saúde, com respeito e ética aos usuários, desenvolvendo o ensino e pesquisa na busca

Leia mais

HUMAN INTEGRATION AND DEVELOPMENT INSTITUTE INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO E INTEGRAÇÃO HUMANA PROGRAMA CONVIVER

HUMAN INTEGRATION AND DEVELOPMENT INSTITUTE INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO E INTEGRAÇÃO HUMANA PROGRAMA CONVIVER PROGRAMA CONVIVER OBJETIVOS PARCERIAS Participarão do PROGRAMA CONVIVER como parceiros colaboradores e voluntários as entidades: PÚBLICAS FEDERAIS. PÚBLICAS ESTADUAIS. PÚBLICAS MUNICIPAIS. EMPRESÁRIOS.

Leia mais

INFORMAÇÕES SOBRE A ATUAÇÃO DOS VOLUNTÁRIOS NO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

INFORMAÇÕES SOBRE A ATUAÇÃO DOS VOLUNTÁRIOS NO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO INFORMAÇÕES SOBRE A ATUAÇÃO DOS VOLUNTÁRIOS NO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DEPARTAMENTO DE PROMOÇÃO DA SUSTENTABILIDADE CARTILHA DO VOLUNTÁRIO

Leia mais

Ministério da Saúde Secretaria Executiva Departamento de Economia da Saúde e Desenvolvimento

Ministério da Saúde Secretaria Executiva Departamento de Economia da Saúde e Desenvolvimento 1 Ministério da Saúde Secretaria Executiva Departamento de Economia da Saúde e Desenvolvimento I Congresso Informação de Custos e Qualidade do Gasto no Setor Público Oficina II Informação de Custo para

Leia mais

THALITA KUM PROJETO - CUIDANDO COM HUMANIDADE DOS ACAMADOS E DE SEUS CUIDADORES.

THALITA KUM PROJETO - CUIDANDO COM HUMANIDADE DOS ACAMADOS E DE SEUS CUIDADORES. THALITA KUM PROJETO - CUIDANDO COM HUMANIDADE DOS ACAMADOS E DE SEUS CUIDADORES. ANA LUCIA MESQUITA DUMONT; Elisa Nunes Figueiredo. Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte SMSA-BH (Atenção Básica)

Leia mais

PROPOSTA DE REORIENTAÇÃO DO CURSO DE ENFERMAGEM UFMS: Formando Profissionais Integrados ao SUS.

PROPOSTA DE REORIENTAÇÃO DO CURSO DE ENFERMAGEM UFMS: Formando Profissionais Integrados ao SUS. Centro de Ciências Biológicas e da Saúde - CCBS Coordenação do Curso de Enfermagem PROPOSTA DE REORIENTAÇÃO DO CURSO DE ENFERMAGEM UFMS: Formando Profissionais Integrados ao SUS. RESUMO DO PROJETO 1. INTRODUÇÃO:

Leia mais

Quarta-feira, 10.04.13

Quarta-feira, 10.04.13 Quarta-feira, 10.04.13 Veja os destaques de hoje: 1. Cursos noturnos nas Oficinas Educacionais Comunitárias 2. Centro de Qualificação Profissional oferece vagas para sete cursos 3. CGV realiza palestra

Leia mais

VIVENCIANDO ATIVIDADE DE EXTENSÃO NUMA COMUNIDADE CARENTE ATRAVÉS DA CONSULTA DE ENFERMAGEM À MULHERES 1

VIVENCIANDO ATIVIDADE DE EXTENSÃO NUMA COMUNIDADE CARENTE ATRAVÉS DA CONSULTA DE ENFERMAGEM À MULHERES 1 1 VIVENCIANDO ATIVIDADE DE EXTENSÃO NUMA COMUNIDADE CARENTE ATRAVÉS DA CONSULTA DE ENFERMAGEM À MULHERES 1 Anna Maria de Oliveira Salimena 2 Maria Carmen Simões Cardoso de Melo 3 Ívis Emília de Oliveira

Leia mais

Casa do Bom Menino. Informativo. Menino Gourmet é destaque de capa na revista Caterpillar. casadobommeninopiracicaba.org.br

Casa do Bom Menino. Informativo. Menino Gourmet é destaque de capa na revista Caterpillar. casadobommeninopiracicaba.org.br Informativo Casa do Bom Menino Edição 06 - Setembro/Outubro 2015 2015 Menino Gourmet é destaque de capa na revista Caterpillar O projeto Menino Gourmet da Casa do Bom Menino foi destaque de capa da revista

Leia mais

Atividade I Como podemos fortalecer o Núcleo na Região para garantir a continuidade dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio - ODMs?

Atividade I Como podemos fortalecer o Núcleo na Região para garantir a continuidade dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio - ODMs? QUATRO BARRAS 09/07/2007 Horário: das 13h às 17h30 Local: Atividade I Como podemos fortalecer o Núcleo na Região para garantir a continuidade dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio - ODMs? Grupo 01:

Leia mais

Nossos Valores Quem Somos? Nossa Missão Nossa Visão Nossa Atuação Nossos Resultados Modelos de Ecovilas e Projetos Sustentáveis.

Nossos Valores Quem Somos? Nossa Missão Nossa Visão Nossa Atuação Nossos Resultados Modelos de Ecovilas e Projetos Sustentáveis. Nossos Valores Quem Somos? Nossa Missão Nossa Visão Nossa Atuação Nossos Resultados Modelos de Ecovilas e Projetos Sustentáveis Localização Missão, Valores e Visão Os 5 Pilares Objetivos e estratégias

Leia mais

VISITA TÉCNICA AO HOSPITAL ALBERTO RASSI

VISITA TÉCNICA AO HOSPITAL ALBERTO RASSI VISITA TÉCNICA AO HOSPITAL ALBERTO RASSI A Comissão de Saúde e Promoção Social, de acordo com a competência regimental que lhe confere o Art. 45, inciso V, do Regimento Interno desta Casa de Leis, por

Leia mais

Nova sede Documento de doação do terreno entra para a fase final

Nova sede Documento de doação do terreno entra para a fase final www.aciaanapolis.com.br Nova sede Documento de doação do terreno entra para a fase final De 1º a 07 de Fevereiro de 2014 - Ano 09 - Nº 224 - Diretoria 2013/2015 Diretoria da Associação Comercial e Industrial

Leia mais

PROJETO BOQUINHA ALEGRE

PROJETO BOQUINHA ALEGRE PROJETO BOQUINHA ALEGRE IDENTIFICAÇÃO DA INSTITUIÇÃO A instituição Casas Lares Humberto de Campos é uma entidade, na modalidade de associação, sem fins lucrativos, mantida pelo Grupo Educacional e Assistencial

Leia mais

Instituto Sócrates Guanaes

Instituto Sócrates Guanaes Instituto Sócrates Guanaes Instituição de direito privado sem fins lucrativos; Fundado em 13 de julho de 2000; Qualificado como Organização Social; Reconhecido como instituição de utilidade pública municipal

Leia mais

PORTARIA Nº 071 REITOR/2007

PORTARIA Nº 071 REITOR/2007 UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MONTES CLAROS GABINETE DO REITOR PORTARIA Nº 071 REITOR/2007 CONSTITUI E NOMEIA GRUPO DE TRABALHO DE HUMANIZAÇÃO DO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO CLEMENTE DE FARIA - HUCF, E DÁ OUTRAS

Leia mais

Uma UTI só para. www.santacasadepiracicaba.com.br IMPRESSO

Uma UTI só para. www.santacasadepiracicaba.com.br IMPRESSO www.santacasadepiracicaba.com.br Informativo Santa Casa - MARÇO/ABRIL - 2009 Uma UTI só para crianças Imagine que, depois de se submeter aos cuidados de uma Unidade de Terapia Intensiva, a criança acorde

Leia mais

Balanço Social UNINORTE 2015

Balanço Social UNINORTE 2015 Balanço Social UNINORTE 2015 Diretora Acadêmica Vanessa Voglio Igami Diretora Administra va Ká a Cris na Do o Gasparini Diretora Comercial Indira Maria Kitamura Diretor Financeiro Fábio Ricardo Leite Secretária

Leia mais

P R O J E T O ALVORADA

P R O J E T O ALVORADA P R O J E T O ALVORADA O Projeto Alvorada foi idealizado pelo Presidente Fernando Henrique Cardoso para reduzir as desigualdades regionais e elevar a qualidade de vida das populações mais carentes do País.

Leia mais

ANJOS DA ENFERMAGEM: EDUCAÇÃO E SAÚDE ATRAVÉS DO LÚDICO

ANJOS DA ENFERMAGEM: EDUCAÇÃO E SAÚDE ATRAVÉS DO LÚDICO 1 IDENTIFICAÇÃO Título: ANJOS DA ENFERMAGEM: EDUCAÇÃO E SAÚDE ATRAVÉS DO LÚDICO Data de realização: Local de realização: IESUR Horário: será definido conforme cronograma Carga horária: definido conforme

Leia mais

Asilo São Vicente de Paulo

Asilo São Vicente de Paulo Asilo São Vicente de Paulo O Asilo São Vicente de Paulo promove a qualidade de vida e o resgate à dignidade da pessoa idosa. Atualmente é responsável pela garantia dos direitos fundamentais de 150 idosas.

Leia mais

Plano de Ação. Colégio Estadual Ana Teixeira. Caculé - Bahia Abril, 2009.

Plano de Ação. Colégio Estadual Ana Teixeira. Caculé - Bahia Abril, 2009. Plano de Ação Colégio Estadual Ana Teixeira Caculé - Bahia Abril, 2009. IDENTIFICAÇÃO DA UNIDADE ESCOLAR Unidade Escolar: Colégio Estadual Ana Teixeira Endereço: Av. Antônio Coutinho nº 247 bairro São

Leia mais

Esta entidade surgiu da preocupação do médico alagoano Alberto Augusto de Araújo Jorge com a questão da saúde em meu Estado.

Esta entidade surgiu da preocupação do médico alagoano Alberto Augusto de Araújo Jorge com a questão da saúde em meu Estado. Senhor Presidente Senhoras deputados Senhores deputados Quero hoje usar esta tribuna para parabenizar os primeiros cinquenta anos de uma instituição de saúde do meu Estado de Goiás, a Associação de Combate

Leia mais

1) Projeto Mais Saúde - Mutirões de Saúde

1) Projeto Mais Saúde - Mutirões de Saúde 1) Projeto Mais Saúde - Mutirões de Saúde A Cruz Vermelha Brasileira Filial do Estado de São Paulo, cumprindo sua missão de prevenir e atenuar o sofrimento humano, promove ações voltadas à população vulnerável

Leia mais

Fórum. Desafio da Gestão das Organizações Não Governamentais

Fórum. Desafio da Gestão das Organizações Não Governamentais Fórum Desafio da Gestão das Organizações Não Governamentais Centro Infantil Boldrini Nov / 2013 José Alberto Vieira Saltini Importância do Terceiro Setor É inegável a crescente importância do Terceiro

Leia mais

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DA SEGURANÇA PÚBLICA SUPERINTENDÊNCIA DOS SERVIÇOS PENITENCIÁRIOS DEPARTAMENTO DE TRATAMENTO PENAL

ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DA SEGURANÇA PÚBLICA SUPERINTENDÊNCIA DOS SERVIÇOS PENITENCIÁRIOS DEPARTAMENTO DE TRATAMENTO PENAL ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL SECRETARIA DA SEGURANÇA PÚBLICA SUPERINTENDÊNCIA DOS SERVIÇOS PENITENCIÁRIOS DEPARTAMENTO DE TRATAMENTO PENAL POLÍTICA DE ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE PRISIONAL A Política de Atenção

Leia mais

QUALIDADE E SEGURANÇA EM ASSISTÊNCIA DOMICILIAR E HOSPITALAR

QUALIDADE E SEGURANÇA EM ASSISTÊNCIA DOMICILIAR E HOSPITALAR QUALIDADE E SEGURANÇA EM ASSISTÊNCIA DOMICILIAR E HOSPITALAR HOME CARE Ajudar o paciente a resgatar a qualidade de vida em sua própria residência, é o compromisso do NADH. O atendimento personalizado é

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE

MANUAL DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE MANUAL DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE Revisão 00-fevereiro de 2014 1/11 SUMÁRIO 1. POLÍTICA DO SISTEMA DE GESTÃO... 3 2. OBJETIVOS DO SISTEMA DE GESTÃO... 3 3. ORGANIZAÇÃO... 4 4. HISTÓRICO... 6 5.

Leia mais

PROGRAMA DE AÇÃO 2015. Respostas sociais: O GAS-SVP define, para 2015, como objectivos gerais:

PROGRAMA DE AÇÃO 2015. Respostas sociais: O GAS-SVP define, para 2015, como objectivos gerais: PROGRAMA AÇÃO 2015 O GAS-SVP define, para 2015, como objectivos gerais: - Preservar a identidade da Instituição, de modo especial no que respeita a sua preferencial ação junto das pessoas, famílias e grupos

Leia mais

Relatório CVBSP. de Atividades. Jan Fev/2015

Relatório CVBSP. de Atividades. Jan Fev/2015 Jan Fev/2015 CVBSP Relatório de Atividades Índice. Resultados Gerais 03. Socorro e Desastre 04. Primeiros Socorros 05. Promoção à Saúde 06. Programas Comunitários 07. Juventude 09. Voluntariado 09. Expediente

Leia mais

PROGRAMA DE VOLUNTARIADO DA CLASSE CONTÁBIL

PROGRAMA DE VOLUNTARIADO DA CLASSE CONTÁBIL PROGRAMA DE VOLUNTARIADO DA CLASSE CONTÁBIL PROGRAMA DE VOLUNTARIADO DA CLASSE CONTÁBIL 1. Apresentação O Programa de Voluntariado da Classe Contábil, componente do plano de metas estratégicas do Conselho

Leia mais

RELATÓRIO SÍNTESE DA CPA (COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO) - 2014

RELATÓRIO SÍNTESE DA CPA (COMISSÃO PRÓPRIA DE AVALIAÇÃO) - 2014 A CPA (Comissão Própria De Avaliação) apresentou ao MEC, em março de 2015, o relatório da avaliação realizada no ano de 2014. A avaliação institucional, realizada anualmente, aborda as dimensões definidas

Leia mais

Ponto de Partida do Projeto Doar Escola do Futuro

Ponto de Partida do Projeto Doar Escola do Futuro Relatório Projeto Doar Objetivo: Envolver os alunos em Projetos Sociais, estimulando-os a colocar em prática os traços de caráter Cristão ensinados na Instituição. Potencializar a responsabilidade social,

Leia mais

A GESTÃO HOSPITALAR E A NOVA REALIDADE DO FINANCIAMENTO DA ASSISTÊNCIA RENILSON REHEM SALVADOR JULHO DE 2006

A GESTÃO HOSPITALAR E A NOVA REALIDADE DO FINANCIAMENTO DA ASSISTÊNCIA RENILSON REHEM SALVADOR JULHO DE 2006 A GESTÃO HOSPITALAR E A NOVA REALIDADE DO FINANCIAMENTO DA ASSISTÊNCIA RENILSON REHEM SALVADOR JULHO DE 2006 No passado, até porque os custos eram muito baixos, o financiamento da assistência hospitalar

Leia mais

Relatório de Ações 2012-2013. Socioambientais

Relatório de Ações 2012-2013. Socioambientais Relatório de Ações 2012-2013 Socioambientais O compromisso com o investimento em ações sociais foi sempre uma prática do Grupo 7COMm e de seus colaboradores. Com a expansão de suas atividades e a modernização

Leia mais

10 ANOS DO PROGRAMA COMUNITÁRIO PETROBRAS/REVAP.

10 ANOS DO PROGRAMA COMUNITÁRIO PETROBRAS/REVAP. POP: Prêmio Nacional de Relações Públicas Categoria: Relações Públicas e Responsabilidade Social Profissional: Aislan Ribeiro Greca Empresa: Petrobras 10 ANOS DO PROGRAMA COMUNITÁRIO PETROBRAS/REVAP. 2008

Leia mais

UM OLHAR SOBRE A ALIMENTAÇÃO NA EDUCAÇÃO INFANTIL. Sandra Aparecida Machado Polon Professora Pedagogia UNICENTRO 2

UM OLHAR SOBRE A ALIMENTAÇÃO NA EDUCAÇÃO INFANTIL. Sandra Aparecida Machado Polon Professora Pedagogia UNICENTRO 2 UM OLHAR SOBRE A ALIMENTAÇÃO NA EDUCAÇÃO INFANTIL Silvia de Souza acadêmica 3º ano Pedagogia UNICENTRO 1 Sandra Aparecida Machado Polon Professora Pedagogia UNICENTRO 2 RESUMO: Este artigo dialogou com

Leia mais

FINS LUCRATIVOS? VOCÊ JÁ PAROU PARA PENSAR NOS GASTOS E RENDIMENTOS DE UMA ORGANIZAÇÃO SEM. A Casa de David

FINS LUCRATIVOS? VOCÊ JÁ PAROU PARA PENSAR NOS GASTOS E RENDIMENTOS DE UMA ORGANIZAÇÃO SEM. A Casa de David VOCÊ JÁ PAROU PARA PENSAR NOS GASTOS E RENDIMENTOS DE UMA ORGANIZAÇÃO SEM FINS LUCRATIVOS? A Casa de David apresenta os seus e justifica porque você deve ajudá-la com o projeto Para disponibilizar abrigamento

Leia mais

Programa de Apoio a Pacientes Oncológicos e

Programa de Apoio a Pacientes Oncológicos e Programa de Apoio a Pacientes Oncológicos e Família Secretaria Municipal de Saúde CASC - Centro de Atenção a Saúde Coletiva Administração Municipal Horizontina RS Noroeste do Estado Distante 520 Km da

Leia mais

LEI COMPLEMENTAR Nº11/12 DE 10/07/2012 FAZ SABER A TODOS OS HABITANTES DESTE MUNICÍPIO QUE A CÂMARA MUNICIPAL APROVOU, E ELE SANCIONA A PRESENTE LEI:

LEI COMPLEMENTAR Nº11/12 DE 10/07/2012 FAZ SABER A TODOS OS HABITANTES DESTE MUNICÍPIO QUE A CÂMARA MUNICIPAL APROVOU, E ELE SANCIONA A PRESENTE LEI: LEI COMPLEMENTAR Nº11/12 DE 10/07/2012 CRIA CARGOS DE PROVIMENTO TEMPORÁRIO/EMPREGO PÚBLICO PARA EXECUÇÃO DE PROGRAMAS ESPECIAIS, E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. Vilibaldo Erich Schmid, Prefeito do Município

Leia mais

Projeto Jovem Aprendiz Irmã Scheilla. Categoria do projeto: I Projetos em andamento (projetos em execução atualmente)

Projeto Jovem Aprendiz Irmã Scheilla. Categoria do projeto: I Projetos em andamento (projetos em execução atualmente) Mostra Local de: Londrina Projeto Jovem Aprendiz Irmã Scheilla Categoria do projeto: I Projetos em andamento (projetos em execução atualmente) Nome da Instituição/Empresa: Núcleo Esoirita Irmã Scheilla

Leia mais

Gestão estratégica em processos de mudanças

Gestão estratégica em processos de mudanças Gestão estratégica em processos de mudanças REVISÃO DOS MACRO PONTOS DO PROJETO 1a. ETAPA: BASE PARA IMPLANTAÇÃO DE UM MODELO DE GESTÃO DE PERFORMANCE PROFISSIONAL, que compreenderá o processo de Análise

Leia mais

POLÍTICA DE VOLUNTARIADO DA CEMIG SAÚDE

POLÍTICA DE VOLUNTARIADO DA CEMIG SAÚDE POLÍTICA DE VOLUNTARIADO DA CEMIG SAÚDE Av. Barbacena, 472 8º andar Barro Preto CEP: 30190-130 Belo Horizonte/MG Tel.: 3253.4917 E-mail: renata.gontijo@cemigsaude.org.br Portal Corporativo: www.cemigsaude.org.br

Leia mais

Relatório Mesa 4. REDUZIR A MORTALIDADE INFANTIL Reduzir em dois terços, entre 1990 e 2015, a mortalidade de crianças menores de 5 anos.

Relatório Mesa 4. REDUZIR A MORTALIDADE INFANTIL Reduzir em dois terços, entre 1990 e 2015, a mortalidade de crianças menores de 5 anos. Relatório Mesa 4 OBJETIVO 4 Meta 5 REDUZIR A MORTALIDADE INFANTIL Reduzir em dois terços, entre 1990 e 2015, a mortalidade de crianças menores de 5 anos. I. Introdução Após a apresentação dos participantes

Leia mais

Estágio Curricular Supervisionado

Estágio Curricular Supervisionado Estágio Curricular Supervisionado CURSO DE ENFERMAGEM O curso de bacharelado em Enfermagem do IPTAN apresenta duas disciplinas em seu plano curricular pleno relativas ao estágio: Estágio Supervisionado

Leia mais

INFORMAÇÕES SOBRE A ATUAÇÃO DOS VOLUNTÁRIOS NO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

INFORMAÇÕES SOBRE A ATUAÇÃO DOS VOLUNTÁRIOS NO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO INFORMAÇÕES SOBRE A ATUAÇÃO DOS VOLUNTÁRIOS NO PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO 2 O voluntariado propicia diversos ganhos para todas as partes envolvidas. GABPRES/ DEAPE A experiência do voluntariado

Leia mais

Imagem do incêndio na comunidade de Tribo e famílias recebendo doações da Cruz Vermelha de São Paulo

Imagem do incêndio na comunidade de Tribo e famílias recebendo doações da Cruz Vermelha de São Paulo 1) Socorro e Desastre Incêndio na Brasilândia No dia 26 de setembro, a comunidade conhecida como Tribo, localizada na Brasilândia, Zona Norte de São Paulo, sofreu com um incêndio ocasionado por uma explosão

Leia mais

São Camilo Saúde Ano III, Edição 88

São Camilo Saúde Ano III, Edição 88 Informativo Semanal São Camilo Saúde Ano III, Edição 88 16-09 - 11 Hospital C. C. São Vicente de Paulo (Caxambu/) Hospital Coração de Jesus (Campo Verde/MT) Hospital e Maternidade Vital Brazil (Timóteo/)

Leia mais

PLANILHA DE OBJETIVOS E AÇÕES VIABILIZADORAS FT DE SAÚDE - "A SANTA MARIA QUE QUEREMOS"

PLANILHA DE OBJETIVOS E AÇÕES VIABILIZADORAS FT DE SAÚDE - A SANTA MARIA QUE QUEREMOS 1 - Apoiar a construção coletiva e implementação do Plano Realizar a Conferência com uma ampla participação da comunidade Sugerir propostas não contempladas na proposta do Plano Conferência Municipal de

Leia mais

Boletim Eletrônico Casa Abrigo Betel

Boletim Eletrônico Casa Abrigo Betel Boletim Eletrônico Casa Abrigo Betel Nesta edição: 5ª edição Agosto de 2011 Palavra da Presidente Palavra da Presidente 1 Conheça a Casa Abrigo Betel A importância do trabalho da enfermagem. A parceria

Leia mais

Plano de Ação. Plano de Ação - 2013. Plano de Ação para o Ano de 2013: Finalidades Estatutárias. Objetivos. Origem dos Recursos.

Plano de Ação. Plano de Ação - 2013. Plano de Ação para o Ano de 2013: Finalidades Estatutárias. Objetivos. Origem dos Recursos. Plano de Ação 2013 Plano de Ação para o Ano de 2013: Finalidades Estatutárias Objetivos Origem dos Recursos Infraestrutura Público Alvo Capacidade de Atendimento Recursos Financeiros Utilizados Recursos

Leia mais

FUNDAMENTOS E HISTÓRIA DA NUTRIÇÃO. Profª Omara Machado Araujo de Oliveira

FUNDAMENTOS E HISTÓRIA DA NUTRIÇÃO. Profª Omara Machado Araujo de Oliveira FUNDAMENTOS E HISTÓRIA DA NUTRIÇÃO Profª Omara Machado Araujo de Oliveira Nutricionista (UFF) Mestre em Saúde Coletiva (UFF) Pós-Graduada em Nutrição Clínica ( UFF) Surgimento da Nutrição O campo da Nutrição

Leia mais

Núcleo Rotary de Desenvolvimento Comunitário NRDC Bairro Guaíra Três de Maio RS

Núcleo Rotary de Desenvolvimento Comunitário NRDC Bairro Guaíra Três de Maio RS I - ABERTURA GERAL Três de Maio, próspero município, com 24 mil habitantes, predominantemente descendentes de alemães, italianos e poloneses, na região noroeste do Rio Grande do Sul, foi emancipado em

Leia mais

18/05/2015 - SEGUNDA- FEIRA

18/05/2015 - SEGUNDA- FEIRA 18/05/2015 - SEGUNDA- FEIRA 08:00h Abertura da Semana do Bebê MEAC - Coral dos profissionais da MEAC Responsável: Juliana (nutricionista) LOCAL: RECEPÇÃO PRINCIPAL 09:00h - Grupo de mães sobre cuidados

Leia mais

b. Completar a implantação da Rede com a construção de hospitais regionais para atendimentos de alta complexidade.

b. Completar a implantação da Rede com a construção de hospitais regionais para atendimentos de alta complexidade. No programa de governo do senador Roberto Requião, candidato ao governo do estado pela coligação Paraná Com Governo (PMDB/PV/PPL), consta um capítulo destinado apenas à universalização do acesso à Saúde.

Leia mais

23 anos UMA EXPERIÊNCIA A SER COMPARTILHADA

23 anos UMA EXPERIÊNCIA A SER COMPARTILHADA Hospital de Medicina Alternativa 23 anos UMA EXPERIÊNCIA A SER COMPARTILHADA 1986 - Projeto de Fitoterapia CONVÊNIO - Secretaria de Estado da Saúde - GO - Ministério da Saúde - Instituto Brasileiro de

Leia mais

PLANO DE TRABALHO CAMPUS DE FRANCISCO BELTRÃO QUATRIÊNIO 2016-2019

PLANO DE TRABALHO CAMPUS DE FRANCISCO BELTRÃO QUATRIÊNIO 2016-2019 PLANO DE TRABALHO CAMPUS DE FRANCISCO BELTRÃO QUATRIÊNIO 2016-2019 Candidato Gilmar Ribeiro de Mello SLOGAN: AÇÃO COLETIVA Página 1 INTRODUÇÃO Considerando as discussões realizadas com a comunidade interna

Leia mais

CRONOGRAMA DE IMPLEMENTAÇÃO DO PDI

CRONOGRAMA DE IMPLEMENTAÇÃO DO PDI CRONOGRAMA DE IMPLEMENTAÇÃO DO PDI A implementação do Plano de Desenvolvimento Institucional, envolve além dos objetivos e metas já descritos, o estabelecimento de indicadores, como forma de se fazer o

Leia mais

Mostra de Projetos 2011. Combatendo a Mortalidade Materna e Infantil: Maximizando a Atuação das Agentes de Saúde do Município de Altônia

Mostra de Projetos 2011. Combatendo a Mortalidade Materna e Infantil: Maximizando a Atuação das Agentes de Saúde do Município de Altônia Mostra de Projetos 2011 Combatendo a Mortalidade Materna e Infantil: Maximizando a Atuação das Agentes de Saúde do Município de Altônia Mostra Local de: Umuarama Categoria do projeto: I - Projetos em implantação,

Leia mais

Silvana Castellani Gerente de RH HCor Hospital do Coração

Silvana Castellani Gerente de RH HCor Hospital do Coração Silvana Castellani Gerente de RH HCor Hospital do Coração Posicionamento Estratégico Hospital filantrópico de referência em Cardiologia Clínica e Cirúrgica. Atuando com destaque em Ortopedia e outras especialidades.

Leia mais

X ENCONTRO NACIONAL: A MISSÃO DAS ENTIDADES DE ASSISTÊNCIA SOCIAL E A CERTIFICAÇÃO DAS ENTIDADES DE ATENDIMENTO

X ENCONTRO NACIONAL: A MISSÃO DAS ENTIDADES DE ASSISTÊNCIA SOCIAL E A CERTIFICAÇÃO DAS ENTIDADES DE ATENDIMENTO É NOTÍCIA - Nº 18 2011 EDIÇÃO ESPECIAL X ENCONTRO NACIONAL: A MISSÃO DAS ENTIDADES DE ASSISTÊNCIA SOCIAL E A CERTIFICAÇÃO DAS ENTIDADES DE ATENDIMENTO FEBRAEDA - CAMP SÃO BERNARDO DO CAMPO 08 DE ABRIL

Leia mais

TUCCA e Hospital Santa Marcelina

TUCCA e Hospital Santa Marcelina A TUCCA A TUCCA é uma organização não governamental, sem fins lucrativos, que oferece tratamento multidisciplinar de excelência a crianças e adolescentes carentes com câncer, sem custos ao paciente ou

Leia mais

Boletim Eletrônico Casa Abrigo Betel

Boletim Eletrônico Casa Abrigo Betel Boletim Eletrônico Casa Abrigo Betel 1ª edição Abril de 2011 Nesta edição: Palavra da Presidente Casa Abrigo Betel uma historia de lutas e vitorias. O Serviço Social e a Educação 1 2 3 Palavra da Presidente

Leia mais

Santa Casa de Misericórdia de Passos. Ronda dos Resíduos

Santa Casa de Misericórdia de Passos. Ronda dos Resíduos Santa Casa de Misericórdia de Passos Ronda dos Resíduos Autor: Christian Junior de Brito E-mail: assepsia@scpassos.org.br, brito.christian@bol.com.br Telefone: (35) 3529-1409 (35) 3529-1401 http://www.scmp.org.br

Leia mais

Humanização da assistência: Santa Casa retransmite partos on-line

Humanização da assistência: Santa Casa retransmite partos on-line www.santacasadepiracicaba.com.br Informativo Santa Casa - MAIO - 2009 Humanização da assistência: Santa Casa retransmite partos on-line A novidade é dirigida à parturientes que dão à luz pelo Santa Casa

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DA FUNETEC-PB. Presidente da FUNETEC-PB Cícero Nicácio do Nascimento Lopes. Superintendente Anselmo Guedes de Castilho

ADMINISTRAÇÃO DA FUNETEC-PB. Presidente da FUNETEC-PB Cícero Nicácio do Nascimento Lopes. Superintendente Anselmo Guedes de Castilho ADMINISTRAÇÃO DA FUNETEC-PB Presidente da FUNETEC-PB Cícero Nicácio do Nascimento Lopes Superintendente Anselmo Guedes de Castilho Diretora Escolar Helena Mercedes Monteiro Gerente de Ensino Adeane Nunes

Leia mais

Juliana S. Amaral Rocha Enfermeira de Práticas Assistenciais Hospital Alemão Oswaldo Cruz. Junho/ 2015

Juliana S. Amaral Rocha Enfermeira de Práticas Assistenciais Hospital Alemão Oswaldo Cruz. Junho/ 2015 Juliana S. Amaral Rocha Enfermeira de Práticas Assistenciais Hospital Alemão Oswaldo Cruz Junho/ 2015 MODELO ASSISTENCIAL - DEFINIÇÃO Forma como atribuições de tarefas, responsabilidade e autoridade são

Leia mais

A atuação do TecSaúde e da Fundação do Desenvolvimento Administrativo para a formação em EAD de trabalhadores do SUS

A atuação do TecSaúde e da Fundação do Desenvolvimento Administrativo para a formação em EAD de trabalhadores do SUS A atuação do TecSaúde e da Fundação do Desenvolvimento Administrativo para a formação em EAD de trabalhadores do SUS São Paulo SP Maio 2012 Setor Educacional Educação Corporativa Classificação das Áreas

Leia mais

Manual de Orientação ao Cliente

Manual de Orientação ao Cliente Manual de Orientação ao Cliente Prezado Cliente O Hospital IGESP reúne em um moderno complexo hospitalar, os mais avançados recursos tecnológicos e a excelência na qualidade do atendimento prestado por

Leia mais