GERAÇÕES X E Y: COMO INFLUENCIAM O CONSUMIDOR POR MEIO DAS REDES SOCIAIS? 1

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "GERAÇÕES X E Y: COMO INFLUENCIAM O CONSUMIDOR POR MEIO DAS REDES SOCIAIS? 1"

Transcrição

1 1 GERAÇÕES X E Y: COMO INFLUENCIAM O CONSUMIDOR POR MEIO DAS REDES SOCIAIS? 1 Symone Rodrigues Rego - Autora 2 Leandro Belizário Viana - Co-Autor 3 RESUMO A conexão está cada dia mais acentuada, de forma que os indivíduos podem interagir e compartilhar seu índice de satisfação ou insatisfação sobre produtos e serviços comprados. Este compartilhamento se dá por meio dos prosumers, considerados formadores de opinião, pois se expõem e destacam-se nas redes sociais influenciando outras pessoas, sendo assim facilmente reconhecidos. O fácil acesso à tecnologia tem facilitado este rápido compartilhamento de idéias. Os prosumers se encaixam em gerações específicas, chamadas de gerações x e y. A finalidade é destacar, portanto, de forma clara, através de percentuais obtidos por pesquisas secundárias que os individuos estão mais conectados e impactando no processo de escolha de outros consumidores por meio das redes sociais, bem como relacionar o estudo das gerações ao comportamento dos prosumers. Palavras-chave: prosumers, redes sociais, gerações x e y. ABSTRACT The connection is more pronounced each day, so that individuals can interact and share their satisfaction or dissatisfaction about goods and services purchased. This is done through sharing of prosumers, considered opinion, therefore expose themselves and stand out on social networks influencing other people, so easily recognized. Easy access to technology has facilitated this rapid sharing of ideas. The prosumers fit specific generations, called generations x and y. The purpose is to highlight, so clearly, through percentages obtained by secondary research that individuals are more connected and impacting the process of choice of other consumers through social networks, as well as relate the study of the behavior of generations prosumers. Key-words: prosumers, social networks, generations x and y. 1 Título Original: COMO O POSICIONAMENTO DAS GERAÇÕES X E Y INFLUENCIAM O COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR POR MEIO DAS REDES SOCIAIS? Artigo apresentado na disciplina de Administração Mercadológica ao curso de Bacharel em Administração de Empresas na Faculdades Cearenses. 2 Graduanda em Bacharel de Administração de Empresas na Faculdades Cearenses. Estagiária do Controle de Qualidade da Schneider Electric ITB Fortaleza. 3 Administrador. Mestre em Administração de Empresas. Professor Universitário da Faculdades Cearenses.

2 2 SUMÁRIO: 1 INTRODUÇÃO; 2 REFERENCIAL TEÓRICO; 3 O COMPORTAMENTO DAS GERAÇÕES X E Y; 4 A INFLUENCIA DOS PROSUMERS E AS GERAÇÕES; 5 CONSIDERAÇÕES FINAIS; 6 BIBLIOGRAFIA. 1 INTRODUÇÃO Há tempos, popularmente, ouve-se dizer que a melhor propaganda é a de boca em boca, pois diversas estatísticas de marketing apresentam que clientes insatisfeitos divulgam mais a insatisfação sentida do que a alegria da concretização do serviço desejado. Mas, quando esta insatisfação se torna pública e pode ser compartilhada por meio das redes sociais através de um único clique ou alguns caracteres, a repercussão pode tomar uma proporção inesperada em segundos, e se for uma satisfação expressa e compartilhada, publicamente, pode se tornar uma oportunidade de negócios promissora. Tal comportamento é chamado de atitude, que segundo o Aaker, Kumar e Day (2001, apud Castro, 2008, p. 18) é definido como estados mentais usados pelo indivíduo para estruturar a forma pela qual eles percebem seu ambiente e para orientar a maneira como respondem a ele. Percebe-se que, para estes consumidores, mais do que dar um feedback é importante demonstrar sua opinião, seja ela satisfatória ou não perante à empresa escolhida por ele. Os consumidores estão entre um dos principais stakholders no mundo dos negócios e logo tem conhecimento de tamanha importância. O esperado, então, é que com o acesso facilitado à informatização, os mesmos façam questão de serem ouvidos e atendidos. O comércio eletrônico trouxe praticidade à vida destes consumidores, chamados de prosumers, pois participam de comunidades virtuais dando feedback às empresas escolhidas e se tornam formadores de opinião quando integram grupos pequenos, pois logo são identificados, sendo pertencentes, portanto, às gerações X e Y. 2 REFERENCIAL TEÓRICO Buscou-se por meio da junção de dois artigos (pesquisas secundárias) inteirar assuntos contemporâneos no que tange à comunicação virtual e a repercussão desta perante as estratégias das empresas, sejam elas virtuais ou não, visto que além do contato através das redes sociais, os individuos também interagem face a face. Inicialmente é apresentado como está o relacionamento das pessoas quanto à compartilhamento de idéias por meio dos mais diversos recursos tecnológicos. Adiante, faz-se um esclarecimento sobre o comportamento das principais gerações para que se entenda como

3 3 se comportam os individuos pertencente à cada uma isoladamente. Consequentemente é feito um comparativo entre o que Silveira e Soares (2011) definem em relação ao comportamento dos prosurmes nas redes sociais e o que Castro (2008) define em relação às gerações x e y. Os percentuais apresentados foram obtidos pelo autor através de amostra. Obteve-se também informações por meio da revista ProXXIma, especializada em assuntos relacionados ao Marketing Digital que destacou tanto em uma de suas edições como em seu website assuntos sobre o comportamento dos consumidores no ciberespaço em seus mais diversos âmbitos. 3 O COMPORTAMENTO DAS GERAÇÕES X E Y. Por fazerem parte do mesmo ambiente virtual, é através da interação com outros consumidores que já desfrutaram de um determinado produto ou serviço que os prosumers baseam seu processo de decisão no momento da análise. Thompson (2002, apud Abreu; Baldanza 2007, apud Silveira e Soares 2011, p.4) reforça afirmando que a interação se dissocia do ambiente físico de tal maneira que os indivíduos podem interagir uns com os outros ainda que não partilhem do mesmo ambiente espaço temporal. O compartillhamento de idéias se tornou possível graças ao avanço da tecnologia que está presente não só na casa dos indivíduos, mas também os acompanham através de seus celulares, ipads, iphones, tablets, etc. Portanto, quando se fala em influenciar e expressar opiniões é necessário cautela, pois somente através de uma segmentação de mercado adequada e um mapeamento cultural, é possível saber qual o perfil dos usuários que usufruem da liberdade de expressão online, afinal, nosso planeta não é habitado somente por internautas sedentos por expressar seus pensamentos, existem também aqueles que somente assistem e admiram, por algum motivo específico. O comportamento de alguns usuários pode ser compreendido por meio da classificação de gerações feita por Washburn (2000, apud Castro, 2008, p.26) sendo elas: Geração Silenciosa ( ): voltada ao patriotismo, ao sacrifício próprio, à ordem e à lei; Geração baby-boomer ( ): já dominante quanto à preferências, estilos e comportamento de compra. Pode ser definida como moralista, egoísta; Geração X ( ): voltada aos valores familiares e ao forte ciclos de amizade, valorizam a experiência; Geração Y ( ): cresceu em um ambiente tecnológico. Todas estas gerações estão presentes no mundo virtual, cada uma a seu modo. Por exemplo, por que a geração baby boomer se destaca quanto à preferências? Porque segundo

4 4 Castro (2008,p.29) viveram o momento histórico certa na idade certa, ou seja, viveram tudo em seu tempo determinado, podendo desfrutar da impossibilidade de se tornarem, possivelmente, adultos frustrados que não puderam viver seu momentos pré determinados socialmente. Isto impacta diretamente no marketing, pois indivíduos desta geração tiveram tempo suficiente para se conhecer em cada momento de sua vida, têm, consequentemente, de forma clara em suas mentes, quais os seus gostos e preferências. A geração X surge posteriormente com características destoantes, pois devido à vivência da ditadura e da repressão à liberdade de expressão no Brasil, formaram-se indivíduos com características, segundo Tulgan (1997 apud Castro, 2008, p. 30) como: individualistas, irreverentes, auto-confiantes, com clara percepção de seus direitos, que gostam de flexibilidade, liberdade e criatividade, sentem necessidade de feedback. Segundo Chester (2002, apud Castro, p ), a geração Y é mais que isso, pode ser chamada de geração www por serem detentoras do maior domínio e familiaridade com a tecnologia. Quem ainda não ouviu falar ou conviveu com uma criança de 3 anos de idade que ensinou seu vovô ou vovó a jogar no computador ou tablet? Segundo o Ibope Nilsen Online, em pesquisa realizada entre os anos de 2010 e 2012, o número de crianças de 2 a 11 anos aumentou em 15% ou mais que o dobro dos 7% de toda a internet residencial do período. A evolução nos últimos dois anos foi de um milhão de novas crianças por ano. Foi identificado também que as crianças brasileiras são as que passam mais tempo conectadas, ou seja, da pesquisa realizada, o Brasil corresponde a 14,1%, passa em média 17horas e 27minutos conectada e visita cerca de 797 páginas. Ainda segundo Chester, a geração Y costuma reinvidicar e questionar seus direitos, já que desde de cedo foram acostumados a terem seus desejos prontamente atendidos, logo, adquirem senso de autonomia em vez de serem guiadas por outras pessoas, buscando assim fazer mais e melhor, porém a seu modo. 4 A INFLUÊNCIA DOS PROSUMERS E AS GERAÇÕES Então, quais as semelhanças existentes entre as gerações X e Y e os prosumers? Várias. Já que Fonseca (2008 apud Silveira e Soares 2011 p. 2 e 4) relaciona as características dos prosumers como: consumidores virtuais, criadores do seu próprio estilo de vida (podendo servir de referência para quem os observa), fazem escolhas inteligentes, abraçam a mudança e a inovação, estão conectados e interagem, são capazes de acessar informação sem limites de espaço e de tempo, possuem enorme capacidade de influenciar quem os rodeia, são arbitros de marcas e gostam de saber como fazer.

5 5 Quanto a constante conexão e a interação, estas características podem ser confirmadas através de recente pesquisa da M. Sense feita à revista ProXXIma que detectou por meio de entrevista com pessoas nas cinco regiões do país que de 19:00hs às 22:00hs as pessoas dedicam 41% do seu horário de conexão às redes sociais, sendo portanto a atividade priorizada neste horário e dividida também com outras como: ler e enviar s (35%), jogar (19%), assistir à vídeos (31%), entre outras. Ao fazer um comparativo entre o tempo de conexão, divisão do tempo, prosumers e gerações x e y, um infográfico elaborado pelo Search Engine Journal e publicado no site da Revista ProXXIma, em setembro de 2011, veio para confirmar ainda mais que as gerações mais conectadas são exatamente a X e Y e não somente isto, houve um crescimento considerável entre 2005 e Em setembro de 2005, os usuários conectados com idade entre 18 e 29 anos representantes da geração Y- correspondiam a 16%, já em maio de 2008 passou a ser 67% e em maio de 2010 correspondia a 86%. Os usuários conectados com idade entre 30 a 49 anos representantes da geração X em setembro de 2005 correspondiam a 12%, em maio de 2008 o percentual subiu para 25% e em maio de 2010 elevou o índice para 61%. É com base nestes tipos de pesquisas que os profissionais do marketing se voltam para este mercado: o mercado online, de forma que as empresas estão investindo diariamente em ações de marcas junto às redes sociais e isso se estende a todo tipo de produto ou serviço, como por exemplo o mercado imobiliário. Neto (2012) em sua recente entrevista com Fernando Moulin verificou que a empresa Cyrela foi a primeira que concretizou uma venda no mercado imobiário em abril de 2011 pelo Facebook, bem como foi a primeira empresa responsável por uma ação promocional através do Instagram. Isto só foi possivel porque a empresa observou que 90% do seu público alvo usa internet para realizar compra de imóveis. Quando as pessoas buscam uma compra pela internet estão evitando burocracias, mal atendimento, filas, engarrafamentos no trânsito e buscando agilidade, praticidade, inovação e preços baixos em apenas um clique, logo, esperam ter seus desejos atendidos. Segundo a empresa e.bit com sete mil lojas cadastradas, 6,6% das pessoas realizam compras pela internet de 11hs às 12hs e 6,4% de 22hs às 23hs, ou seja, quando estão em seu intervalo de almoço e quando estão em casa. Mas sabe-se que ainda existem aquelas empresas que não se conectaram ao mundo virtual ou não adaptaram seu ambiente corporativo a este novo tipo de transação comercial, fazendo com que os clientes tenham que se deslocar até as lojas, todavia, antes de chegarem até o seu destino, eles já enfrentaram situações que buscavam evitar, como as

6 6 citadas acima e caso encontrem nesses ambientes o que também não queriam enfretar, recorrem às redes sociais para se expressarem e alertarem outros possíveis compradores. Firat et al (2008 apud Fonseca, 2008, apud Silveira e Soares, 2011, p. 8) reforça esta compreensão pontuando que os consumidores de hoje estão mais estão ativamente envolvidos na criação de valor e benefícios para o seu próprio consumo, logo, seu objetivo, consciente é tornar-se coprodutor de um produto ou serviço. Castro (2008, p.16) que obteve, por meio de pesquisas, afirma que 60% dos usuários já realizaram, por meio das redes sociais, algum tipo de crítica à uma marca e somente aqueles que se sentem autoconfiantes e tem o sua percepção clara quanto à qualidade, atendimento adequado e direitos do consumidor, são autoconfiantes para se manifestarem desta forma. 5 CONSIDERAÇÕES FINAIS É essencial que as empresas entendeam que os consumidores atuais, principalmente os que fazem parte da geração X e Y são bem cientes de que são a parte principal no negócio, pois se não fosse a demanda não haveria capital nem razão de existência para as organizações. Além disto, sentem-se bastante a vontade para declararem publicamente sua insatisfação, pois, segundo a pesquisa feita por Castro, (2008, p.16) demonstrou que 47% dos consumidores entrevistados já compraram algum produto ou serviço por indicações de grupos ou de comunidades virtuais que participam nas redes sociais. Os prosumers, portanto, fazem parte sim das gerações X e Y, pois seus comportamentos têm influenciado não somente consumidores como também as organizações que tiveram que se reestruturar e se readaptar aderindo cada vez mais às práticas virtuais se quisessem obter algum tipo de vantagem competitiva. Para tanto, Betti (2009 apud Silveira e Soares 2011 p.8) afirma que a Universidade de Duke dos Estados Unidos verificou por meio de pesquisas que as empresas hoje estão direcionando em média cerca de 10% de seu orçamento para o marketing através das redes sociais Essa influência acentuada pode ser vista como uma evolução na sociedade em questões de reconhecimento de direitos e conhecimento próprio, pois quando um indivíduo afirma com propriedade seu grau de satisfação em relação a um produto ou serviço, ele está definindo sua personalidade e influenciando pessoas a partir disto. Apesar das gerações X e Y terem nascido em épocas diferentes, acabaram adquirindo perfis parecidos quanto à liberdade de expressão, o que as diferenciam é somente a causa raiz pra isto, pois enquanto àquela o faz devido à repressão militar sofrida, esta o faz por se sentir no direito e por ter o prazer de fazer.

7 7 É válido salientar também que o comportamento latente, gritante e cada vez mais perceptível é feito não exclusivamente para exercício de direitos, estas gerações têm plena consciência que a tecnologia e as redes sociais vieram para facilitarem suas vidas nas mais diversas áreas, ou seja, ao mesmo em tempo em que encontram entretenimento, encontram relacionamento virtual, comércio com preços acessíveis, compras menos burocratizadas e consequentemente exercício de direitos e poder de influência, afinal, qual é a organização que deseja ficar mal falada no mundo virtual? Nenhuma.

8 8 6 BIBLIOGRAFIA CASTRO, Breno Giovanni Adaid. Segmentação Psicográfica de Consumidores: um estude de cortes nas gerações nascidas na geração x e posteriores. Ciências econômicas FUMEC, Belo Horizonte, PAULA, Ricardo de. O crescimento das mídias sociais em Disponível em <http://www.proxxima.com.br/proxxima/indicadores/conectados>. Acesso em 30/08/12. PROXXIMA, Revista. A web, quem diria, também tem prime time (p.26 a 34). Brincando na rede (p. 88 e 89) Exemplar 42. SILVEIRA, R.C.; SOARES, T.O.R. A influência das redes sociais no comportamento do consumidor: um estudo sobre as decisões de compra do consumidor nas comunidades virtuais. VII Congresso Nacional de Excelência em Gestão, 2011.

7 Passos Para a Criação de Uma Boa Loja Virtual. Índice

7 Passos Para a Criação de Uma Boa Loja Virtual. Índice 2 Índice Introdução... 3 Passo 1 Entender o que é Venda Online e E-commerce... 4 Passo 2 Entender o Mercado de Comércio Eletrônico... 5 Passo 3 Canais de Venda... 6 Passo 4 Como identificar uma Boa Plataforma

Leia mais

Gestão do Conhecimento. Aplicada ao Marketing

Gestão do Conhecimento. Aplicada ao Marketing Edson Roberto Scharf Gestão do Conhecimento Aplicada ao Marketing Visual Books Sumário Apresentação... 13 1 Marketing: A Empresa Conectada ao Futuro através do Conhecimento... 15 1.1 Conceito Central...15

Leia mais

EXP Digital, desenvolvendo soluções personalizadas para sua empresa alcançar a melhor performance no mundo virtual.

EXP Digital, desenvolvendo soluções personalizadas para sua empresa alcançar a melhor performance no mundo virtual. EXP Digital, desenvolvendo soluções personalizadas para sua empresa alcançar a melhor performance no mundo virtual. Somos uma empresa especializada em soluções voltadas ao segmento digital como: criação,

Leia mais

Como deixar seu negócio on-line. Tendências e a força das mídias sociais no VAREJO!

Como deixar seu negócio on-line. Tendências e a força das mídias sociais no VAREJO! Como deixar seu negócio on-line Tendências e a força das mídias sociais no VAREJO! A palavra de ordem das redes sociais é interação. Comparando a internet com outros meios de comunicação em massa como

Leia mais

AMBIENTES ONLINE: que formato tem o ambiente que os jovens procuram online?

AMBIENTES ONLINE: que formato tem o ambiente que os jovens procuram online? AMBIENTES ONLINE: que formato tem o ambiente que os jovens procuram online? Edgar Marcucci Reis 1 Jéssica Naiara dos Santos Batista 2 Resumo: O artigo apresenta uma visão sobre os ambientes online encontrados

Leia mais

LEVANTAMENTO E ANÁLISE DE RETORNO DAS PRINCIPAIS FERRAMENTAS DE MARKETING PROMOCIONAL UTILIZADAS NO MERCADO IMOBILIÁRIO REGIONAL DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ

LEVANTAMENTO E ANÁLISE DE RETORNO DAS PRINCIPAIS FERRAMENTAS DE MARKETING PROMOCIONAL UTILIZADAS NO MERCADO IMOBILIÁRIO REGIONAL DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ LEVANTAMENTO E ANÁLISE DE RETORNO DAS PRINCIPAIS FERRAMENTAS DE MARKETING PROMOCIONAL UTILIZADAS NO MERCADO IMOBILIÁRIO REGIONAL DE BALNEÁRIO CAMBORIÚ Alexandra Cardoso da Rosa Bittencourt 1 ; Rogério

Leia mais

E-books. Introdução às Mídias Sociais. Sebrae

E-books. Introdução às Mídias Sociais. Sebrae E-books Sebrae Marketing e Vendas Introdução às Mídias Sociais O que fazer com as mídias sociais Tipos de ações As principais mídias sociais Dicas e considerações finais Autor Felipe Orsoli 1 SUMÁRIO 1

Leia mais

Redes sociais. Guilherme Calil n o 05 Leonardo Pessoa n o 11 Natália Kovalski n o 21 Nícolas Morando n o 22 Renan Sangalli n o 26 Thiago Macedo n o 28

Redes sociais. Guilherme Calil n o 05 Leonardo Pessoa n o 11 Natália Kovalski n o 21 Nícolas Morando n o 22 Renan Sangalli n o 26 Thiago Macedo n o 28 Guilherme Calil n o 05 Leonardo Pessoa n o 11 Natália Kovalski n o 21 Nícolas Morando n o 22 Renan Sangalli n o 26 Thiago Macedo n o 28 Redes sociais Pesquisa estatística Professora: Rosa Zoppi FAEC Fundação

Leia mais

F-COMMERCE A REVOLUÇÃO DAS LOJAS VIRTUAIS NO FACEBOOK

F-COMMERCE A REVOLUÇÃO DAS LOJAS VIRTUAIS NO FACEBOOK F-COMMERCE A REVOLUÇÃO DAS LOJAS VIRTUAIS NO FACEBOOK Com o crescimento das mídias sociais, uma modalidade de vendas online que vem ganhando força é o F-commerce, termo usado para definir o comércio eletrônico

Leia mais

Aline Santos Carlos Augusto Peterson Almeida Rafael Rodrigues Ramon Assis

Aline Santos Carlos Augusto Peterson Almeida Rafael Rodrigues Ramon Assis Aline Santos Carlos Augusto Peterson Almeida Rafael Rodrigues Ramon Assis Marketing Digital Trabalho científico apresentado ao Professor Edvaldo Jr., docente da matéria Marketing Digital, da turma de Produção

Leia mais

MARKETING EM REDES SOCIAIS RESUMO

MARKETING EM REDES SOCIAIS RESUMO MARKETING EM REDES SOCIAIS Bruna Karine Ribeiro Simão Instituto Federal de Mato Grosso do Sul Campus Nova Andradina bruna_simao@hotmail.com Rodrigo Silva Duran Instituto Federal de Mato Grosso do Sul Campus

Leia mais

Sobre o estudo. Publico: De um lado: Consumidores Do outro: Profissionais de marketing, comunicação, design, pesquisa...

Sobre o estudo. Publico: De um lado: Consumidores Do outro: Profissionais de marketing, comunicação, design, pesquisa... Sobre o estudo perfil Publico: De um lado: Consumidores Do outro: Profissionais de marketing, comunicação, design, pesquisa... Amostra: Total: 1.035 respondentes Consumidores: 805 Profissionais: 230 objetivo

Leia mais

Prezado Futuro Cliente

Prezado Futuro Cliente Prezado Futuro Cliente É com grade satisfação que encaminhamos nossa apresentação institucional e certos de estabelecermos uma parceria de sucesso e duradoura. Ela foi desenvolvida com objetivo de mostrar

Leia mais

Estudo Hábitos. Hábitos de uso e comportamento dos internautas nas mídias sociais e como as empresas podem melhorar sua atuação nas redes

Estudo Hábitos. Hábitos de uso e comportamento dos internautas nas mídias sociais e como as empresas podem melhorar sua atuação nas redes Estudo Hábitos 2012 Hábitos de uso e comportamento dos internautas nas mídias sociais e como as empresas podem melhorar sua atuação nas redes O estudo O Estudo Hábitos é realizado anualmente pela E.life

Leia mais

efagundes com Curso Online sobre Comércio Eletrônico Eduardo Mayer Fagundes

efagundes com Curso Online sobre Comércio Eletrônico Eduardo Mayer Fagundes Curso Online sobre Comércio Eletrônico Eduardo Mayer Fagundes 1 Programa do Curso 1. Os consumidores 2. A Tecnologia 3. Marketing Digital 4. Logística 5. Meios de Pagamento 2 O Consumidor O objetivo do

Leia mais

A internet como influência para o consumo dos jovens brasileiros

A internet como influência para o consumo dos jovens brasileiros 3 A internet como influência para o consumo dos jovens brasileiros A internet é um meio de comunicação utilizado por pessoas de várias idades do mundo inteiro, e as finalidades dessa utilização podem variar

Leia mais

A confluência dos vídeos e a Internet

A confluência dos vídeos e a Internet WHITEPAPER A confluência dos vídeos e a Internet Por que sua empresa deveria investir em vídeos em 2013 e como a Construção Civil pode utilizar os vídeos como diferencial competitivo. 1 Saiba como os vídeos

Leia mais

Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex...

Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex... Atendimento pós-venda: gestão estratégica da ex... (/artigos /carreira/comopermanecercalmosob-pressao /89522/) Carreira Como permanecer calmo sob pressão (/artigos/carreira/como-permanecer-calmosob-pressao/89522/)

Leia mais

Como alavancar seus negócios com a Internet

Como alavancar seus negócios com a Internet Como alavancar seus negócios com a Internet 1 2 OBJETIVOS Entender a revolução que a internet trouxe para a vida e os negócios. Compreender o novo consumidor e como suas posturas nos afetam. 3 Dados da

Leia mais

3 DICAS QUE VÃO AJUDAR A POUPAR DINHEIRO EM SEU PRÓXIMO PROJETO DE VÍDEO

3 DICAS QUE VÃO AJUDAR A POUPAR DINHEIRO EM SEU PRÓXIMO PROJETO DE VÍDEO 3 DICAS QUE VÃO AJUDAR A POUPAR DINHEIRO EM SEU PRÓXIMO PROJETO DE VÍDEO Fazer vídeos hoje em dia já não é o bicho de 7 cabeças que realmente foi a pouco tempo atrás. Nesse e-book você vai começar a aprender

Leia mais

A INFLUÊNCIA DA INTERNET PARA O CONSUMIDOR DO SETOR DE TURISMO

A INFLUÊNCIA DA INTERNET PARA O CONSUMIDOR DO SETOR DE TURISMO A INFLUÊNCIA DA INTERNET PARA O CONSUMIDOR DO SETOR DE TURISMO Bruna Giovana de Sá Luiz Fernando de Souza Matheus Bernardi dos Santos RESUMO: O presente trabalho traz um estudo da relação entre a internet

Leia mais

Objetivos. Universo. Transformação. Administração 10/10/2012. Entender as definições de e-business e e- commerce;

Objetivos. Universo. Transformação. Administração 10/10/2012. Entender as definições de e-business e e- commerce; Objetivos Administração Profª Natacha Pouget Módulo: Gestão de Inovação e Ativos Intangíveis Tema da Aula: E-Business e Tecnologia da Informação I Entender as definições de e-business e e- commerce; Conhecer

Leia mais

FMU - FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS E-COMMERCE, SOCIAL COMMERCE, MOBILE MARKETING E MARKETING DE PERMISSÃO.

FMU - FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS E-COMMERCE, SOCIAL COMMERCE, MOBILE MARKETING E MARKETING DE PERMISSÃO. FMU - FACULDADES METROPOLITANAS UNIDAS E-COMMERCE, SOCIAL COMMERCE, MOBILE MARKETING E MARKETING DE PERMISSÃO. São Paulo - SP 2016 RENAN ROCHA ALVES - RA: 6448758 E-COMMERCE, SOCIAL COMMERCE, MOBILE MARKETING

Leia mais

Karina Maia - Agosto/2014

Karina Maia - Agosto/2014 Karina Maia - Agosto/2014 & O que mudou com o passar dos anos? 1994 2014 +5 Bilhões de Pesquisas por dia 1994 2014 +200 Bilhões Emails e chats por dia 1994 2014 +8M de horas Vídeos assistidos por hora

Leia mais

@JoaoKepler. Vendas 3.0

@JoaoKepler. Vendas 3.0 @JoaoKepler VENDAS 3.0 Inovação, Branding e Insights Como vender seu clube na nova era da comunicação utilizando a internet, e-mail, e redes sociais. O que vamos falar aqui hoje? O Poder da Internet, dos

Leia mais

13ª EDIÇÃO OUT 2013 F/RADAR PANORAMA DO BRASIL NA INTERNET

13ª EDIÇÃO OUT 2013 F/RADAR PANORAMA DO BRASIL NA INTERNET 13ª EDIÇÃO OUT 2013 F/RADAR PANORAMA DO BRASIL NA INTERNET AGENDA METODOLOGIA PANORAMA GERAL GRANDES APRENDIZADOS F/RADAR METODOLOGIA TÉCNICA Pesquisa quantitativa, com abordagem pessoal em pontos de fluxo

Leia mais

A Comunicação Mercadológica como Fator de Vantagem Competitiva Empresarial 1

A Comunicação Mercadológica como Fator de Vantagem Competitiva Empresarial 1 A Comunicação Mercadológica como Fator de Vantagem Competitiva Empresarial 1 Tiago Miranda RIBEIRO 2 Kenney Alves LIBERATO 3 Thays Regina Rodrigues PINHO 4 PALAVRAS-CHAVE: comunicação; marketing; estratégia.

Leia mais

Negócios inovadores, experiências e Insights no e-commerce. Inovações e Insights e-commerce

Negócios inovadores, experiências e Insights no e-commerce. Inovações e Insights e-commerce Negócios inovadores, experiências e Insights no e-commerce. Apresentação @JoaoKepler O Vendedor Na Era Digital Todos nós vendemos alguma coisa. Principalmente Imagem. Processo de Vendas O processo de vendas,

Leia mais

TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS.

TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS. Anais do Conic-Semesp. Volume 1, 2013 - Faculdade Anhanguera de Campinas - Unidade 3. ISSN 2357-8904 TÍTULO: MARKETING DIGITAL, ESTRATÉGIA FUNDAMENTAL PARA O CRESCIMENTO DAS EMPRESAS. CATEGORIA: CONCLUÍDO

Leia mais

Este documento provê informação atualizada, e simples de entender, para o empreendedor que precisa iniciar ou avaliar suas operações online.

Este documento provê informação atualizada, e simples de entender, para o empreendedor que precisa iniciar ou avaliar suas operações online. Os segredos dos negócios online A Internet comercial está no Brasil há menos de 14 anos. É muito pouco tempo. Nesses poucos anos ela já mudou nossas vidas de muitas maneiras. Do programa de televisão que

Leia mais

FACETAS DA MULHER BRASILEIRA: VISÃO DAS BRASILEIRAS SOBRE A IMAGEM DA MULHER NOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO

FACETAS DA MULHER BRASILEIRA: VISÃO DAS BRASILEIRAS SOBRE A IMAGEM DA MULHER NOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO FACETAS DA MULHER BRASILEIRA: VISÃO DAS BRASILEIRAS SOBRE A IMAGEM DA MULHER NOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO Fevereiro 2016 A MULHER NOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO O que mais incomoda no discurso/posição que a mulher

Leia mais

3 As Mídias Sociais como Ferramentas de Marketing

3 As Mídias Sociais como Ferramentas de Marketing 26 3 As Mídias Sociais como Ferramentas de Marketing O surgimento das mídias sociais está intimamente ligado ao fenômeno da geração de conteúdo pelo usuário e ao crescimento das redes sociais virtuais

Leia mais

ARKETING INTERNET SEO CRIATIVIDADE AGÊNCIA CRIAÇÃO

ARKETING INTERNET SEO CRIATIVIDADE AGÊNCIA CRIAÇÃO DESIGN CRIAÇÃO AGÊNCIA USABILIDA ARKETING INTERNET SEO DIGIT CRIATIVIDADE DESDE 1999 NO MERCADO, A M2BRNET É UMA AGÊNCIA DE MARKETING DIGITAL ESPECIALIZADA EM SOLUÇÕES PERSONALIZADAS. SI ARQ Desde 1999

Leia mais

HÁBITOS E COMPORTAMENTO

HÁBITOS E COMPORTAMENTO HÁBITOS E COMPORTAMENTO DOS USUÁRIOS DE REDES SOCIAIS NO BRASIL 2013 JUNHO 2013 LOCAIS DE ACESSO À INTERNET É o principal local de acesso para 10,7% Apesar da importância do acesso à internet no domicílio,

Leia mais

Eurípedes Alcântara Diretor de Redação

Eurípedes Alcântara Diretor de Redação 1 Informar, esclarecer e entreter o leitor, elevando seu nível de compreensão dos fatos, das tendências que sejam relevantes para a sua vida pessoal, profissional e sua compreensão do mundo. Eurípedes

Leia mais

SEMINÁRIO ABMES BASES DO MARKETING DIGITAL. Expositor. Júlio César de Castro Ferreira julio.ferreira@produtoranebadon.com.

SEMINÁRIO ABMES BASES DO MARKETING DIGITAL. Expositor. Júlio César de Castro Ferreira julio.ferreira@produtoranebadon.com. SEMINÁRIO ABMES BASES DO MARKETING DIGITAL Expositor Júlio César de Castro Ferreira julio.ferreira@produtoranebadon.com.br (61) 9613-6635 5 PILARES DO MARKETING DIGITAL 1 2 3 4 5 Presença digital: Ações

Leia mais

Resumo. Palavras-chave: twitter; ferramenta; planejamento; Greenpeace.

Resumo. Palavras-chave: twitter; ferramenta; planejamento; Greenpeace. O Twitter Como Ferramenta de Divulgação Para As Empresas: Um Estudo De Caso do GREENPEACE 1 Jonathan Emerson SANTANA 2 Gustavo Guilherme da Matta Caetano LOPES 3 Faculdade Internacional de Curitiba - FACINTER

Leia mais

Nosso Planeta Mobile: Brasil

Nosso Planeta Mobile: Brasil Nosso Planeta Mobile: Brasil Como entender o usuário de celular Maio de 2013 1 Resumo executivo Os smartphones se tornaram indispensáveis para nosso cotidiano. A difusão dos smartphones atinge 26 % da

Leia mais

Nosso Planeta Mobile: Brasil

Nosso Planeta Mobile: Brasil Nosso Planeta Mobile: Brasil Como entender o usuário de celular Maio de 2012 1 Resumo executivo Os smartphones se tornaram indispensáveis para nosso cotidiano. A difusão dos smartphones atinge 14% da população,

Leia mais

Guia Herbalife BOAS PRÁTICAS NA INTERNET

Guia Herbalife BOAS PRÁTICAS NA INTERNET Guia Herbalife BOAS PRÁTICAS NA INTERNET :: Índice O mundo ficou pequeno... 03 O que a Internet representa... 05 Vários caminhos levam a um só lugar: a informação... 06 Reputação positiva na Internet...

Leia mais

Plano de Ação para Mídias Sociais: ebook para agências de turismo. Copyright 2015. Agente no Turismo Strategia Consultoria Turística Ltda.

Plano de Ação para Mídias Sociais: ebook para agências de turismo. Copyright 2015. Agente no Turismo Strategia Consultoria Turística Ltda. Plano de Ação para Mídias Sociais: ebook para agências de turismo Copyright 2015 Agente no Turismo Strategia Consultoria Turística Ltda. Todos os direitos reservados. Pode ser compartilhado com conteúdo,

Leia mais

Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado

Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado Mídias sociais nas empresas O relacionamento online com o mercado Maio de 2010 Conteúdo Introdução...4 Principais conclusões...5 Dados adicionais da pesquisa...14 Nossas ofertas de serviços em mídias sociais...21

Leia mais

REDES SOCIAIS (muito mais fácil que parece)

REDES SOCIAIS (muito mais fácil que parece) REDES SOCIAIS (muito mais fácil que parece) WE THINK WEB Criamos ações e campanhas online, utilizando websites, sistemas, ações em redes sociais e ações mobile. Estamos há 12 anos conectando marcas e consumidores.

Leia mais

O MERCADO Análise SWOT

O MERCADO Análise SWOT THE PORTUGUESE COCK DIAGNÓSTICO O MERCADO Análise SWOT FORÇAS 1. Personalização e sua rapidez (conseguem fazê-lo num dia) 2. O caracter único 3. Rompe com a ideia da tradição = inovação 4. Vendem para

Leia mais

MARKETING DIGITAL. Maiêutica - Curso de Processos Gerenciais

MARKETING DIGITAL. Maiêutica - Curso de Processos Gerenciais MARKETING DIGITAL Maiêutica - Curso de Processos Gerenciais Rodrigo Hoffmann Bogo Prof. Inês Kloch Centro Universitário Leonardo da Vinci - UNIASSELVI Processos Gerenciais (EMD0123) Prática do Módulo IV

Leia mais

QUER FAZER O SEU NEGÓCIO CRESCER?

QUER FAZER O SEU NEGÓCIO CRESCER? QUER FAZER O SEU NEGÓCIO CRESCER? GARANTIR A PRESENÇA DA SUA EMPRESA NOS MEIOS ONLINE? TER UM SITE TOTALMENTE OTIMIZADO? IMPULSIONAR O AUMENTO DAS SUAS VENDAS? CONHEÇA A CERTIFICAÇÃO EM MARKETING DIGITAL

Leia mais

O que é comércio eletrônico?

O que é comércio eletrônico? COMÉRCIO ELETRÔNICO O que é comércio eletrônico? O comércio eletrônico ou e-commerce é a compra e venda de mercadorias ou serviços por meio da Internet, onde as chamadas Lojas Virtuais oferecem seus produtos

Leia mais

Mais informações sobre e-commerce em: www.portalgerenciais.com.br

Mais informações sobre e-commerce em: www.portalgerenciais.com.br Mais informações sobre e-commerce em: www.portalgerenciais.com.br Extra, Extra notícias fresquinhas Você pode ter uma loja que funciona 24hs, inclusive aos domingos e feriados, não paga aluguel e nem condomínio

Leia mais

Inteligência para ESTRATÉGIA DIGITAL

Inteligência para ESTRATÉGIA DIGITAL Inteligência para ESTRATÉGIA DIGITAL INTRODUÇÃO Já imaginou ter acesso a dados e estatísticas do website do concorrente? Com alguns aplicativos e ferramentas, isso já é possível. Com ajuda deles, você

Leia mais

Um mercado de oportunidades

Um mercado de oportunidades Um mercado de oportunidades Como grandes, pequenas e médias empresas se comunicam? Quem são os principais interlocutores e como procurá-los? Como desenvolver uma grande campanha e inovar a imagem de uma

Leia mais

Nas áreas urbanas, 44% da população está conectada à internet. 97% das empresas e 23,8% dos domicílios brasileiros estão conectados à internet.

Nas áreas urbanas, 44% da população está conectada à internet. 97% das empresas e 23,8% dos domicílios brasileiros estão conectados à internet. Algumas pesquisa realizada recentemente, revelaram resultados surpreendentes sobre o uso da Internet nas empresas no Brasil. Neste artigo interpreta alguns dados e lhe revela as soluções que podem ajudar

Leia mais

Marketing Digital. Prof. Rodrigo Mocellin. AV. Presidente Getúlio Vargas, 902 Rebouças - Curitiba, Paraná - 80230-030

Marketing Digital. Prof. Rodrigo Mocellin. AV. Presidente Getúlio Vargas, 902 Rebouças - Curitiba, Paraná - 80230-030 Marketing Digital Prof. Rodrigo Mocellin Pesquisa O objetivo maior do marketing é a identificação e satisfação das necessidades e desejos do cliente (KOTLER, 2000). Para identificar essas necessidades

Leia mais

Social Media. Criação Personalização Gerenciamento.

Social Media. Criação Personalização Gerenciamento. Criação Personalização Gerenciamento. A Cafuné Design trabalha com as principais mídias e plataformas digitais do momento: Facebook, Twiiter, Instagram, Youtube e LinkedIn. Novas ferramentas de mídia social

Leia mais

Influência da internet nas decisões de compra femininas

Influência da internet nas decisões de compra femininas Influência da internet nas decisões de compra femininas Sophia Mind A Sophia Mind Pesquisa e Inteligência de Mercado é a empresa do grupo de comunicação feminina Bolsa de Mulher voltada para pesquisa e

Leia mais

HSM Management Update nº16 - Janeiro 2005

HSM Management Update nº16 - Janeiro 2005 Pesquisa realizada com empresas industriais paulistas revela que a Internet e outras tecnologias de informação estão provocando uma revolução silenciosa na manufatura, mas continuam sendo subutilizadas.

Leia mais

MARKETING EMPRESARIAL MARCO ANTONIO LIMA GESTÃO EMPRESARIAL E SUSTENTABILIDADE

MARKETING EMPRESARIAL MARCO ANTONIO LIMA GESTÃO EMPRESARIAL E SUSTENTABILIDADE MARCO ANTONIO LIMA GESTÃO E SUSTENTABILIDADE Marketing: uma introdução Introdução ao Marketing O que é Marketing Marketing é a área do conhecimento que engloba todas as atividades concernentes às relações

Leia mais

5 Considerações finais 5.1. Reflexões sobre os resultados

5 Considerações finais 5.1. Reflexões sobre os resultados 5 Considerações finais 5.1. Reflexões sobre os resultados Ao longo da história o boca a boca sempre se mostrou como um meio eficaz de promoção de produtos e serviços, como advento da Internet esse poder

Leia mais

PESQUISA O USO DO E-MAIL MARKETING NAS CORPORAÇÕES BRASILEIRAS 4ª EDIÇÃO - 2009

PESQUISA O USO DO E-MAIL MARKETING NAS CORPORAÇÕES BRASILEIRAS 4ª EDIÇÃO - 2009 PESQUISA O USO DO E-MAIL MARKETING NAS CORPORAÇÕES BRASILEIRAS 4ª EDIÇÃO - 2009 REALIZAÇÃO TABULAÇÃO Quem Somos A WBI BRASIL é uma empresa especializada em planejamento de marketing digital, que presta

Leia mais

PERFIL DOS USUÁRIOS DE E-COMMERCE EM GUAÍBA

PERFIL DOS USUÁRIOS DE E-COMMERCE EM GUAÍBA PERFIL DOS USUÁRIOS DE E-COMMERCE EM GUAÍBA João Antonio Jardim Silveira 1 Amilto Muller ¹ Luciano Fagundes da Silva ¹ Luis Rodrigo Freitas ¹ Marines Costa ¹ RESUMO O presente artigo apresenta os resultados

Leia mais

PROFISSIONAL. Por que o Comércio Eletrônico em Multicanais é Fundamental para o Sucesso do seu Negócio On-line

PROFISSIONAL. Por que o Comércio Eletrônico em Multicanais é Fundamental para o Sucesso do seu Negócio On-line EDIÇÃO Nº 05 GRÁTIS FOTOGRAFIA PROFISSIONAL SOLUÇÕES PARA IMAGENS DE PRODUTO QUE CONQUISTARAM OS LÍDERES DO COMÉRCIO ELETRÔNICO Por que o Comércio Eletrônico em Multicanais é Fundamental para o Sucesso

Leia mais

AUTOR(ES): MAITHÊ CORSI DA SILVA, FERNANDO TEIXEIRA CARVALHO, RENAN GUSTAVO MOLINA

AUTOR(ES): MAITHÊ CORSI DA SILVA, FERNANDO TEIXEIRA CARVALHO, RENAN GUSTAVO MOLINA TÍTULO: A IMPORTÂNCIA DO E-COMMERCE NAS PEQUENAS EMPRESAS CATEGORIA: EM ANDAMENTO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE JAGUARIÚNA AUTOR(ES): MAITHÊ CORSI DA

Leia mais

Monitoramento de Redes Sociais

Monitoramento de Redes Sociais Monitoramento de Redes Sociais O QlikBrand é uma ferramenta profissional para monitoramento de mídias sociais e o primeiro "Social Mídia Discovery" com Qlikview. Localiza menções nas mídias sociais, interage

Leia mais

f/radar 14ª edição internet móvel, cidadania e consumo no Brasil

f/radar 14ª edição internet móvel, cidadania e consumo no Brasil f/radar 14ª edição internet móvel, cidadania e consumo no Brasil f/nazca + datafolha abril 2014 A computação social aumenta as possibilidades da inteligência coletiva e, por sua vez, a potência do povo

Leia mais

Sistemas web e comércio eletrônico. Aula 02 Arquiteturas de comércio eletrônico

Sistemas web e comércio eletrônico. Aula 02 Arquiteturas de comércio eletrônico Sistemas web e comércio eletrônico Aula 02 Arquiteturas de comércio eletrônico Tópicos abordados Arquitetura do e-commerce Aspectos importantes do e-commerce Modelos de negócios Identificação do modelo

Leia mais

Sua empresa on-line, 24hs por dia, para usuários em qualquer parte do mundo? SOMENTE UM SITE PERMITE ISSO!

Sua empresa on-line, 24hs por dia, para usuários em qualquer parte do mundo? SOMENTE UM SITE PERMITE ISSO! Sua empresa on-line, 24hs por dia, para usuários em qualquer parte do mundo? SOMENTE UM SITE PERMITE ISSO! Qualquer site? Um site de 1ª deve ser: Responsivo Com conteúdo campeão Otimizado Atualizável e

Leia mais

agente deve continuar funcionando mesmo depois que seu agenciador não está mais presente

agente deve continuar funcionando mesmo depois que seu agenciador não está mais presente Atributos Importantes Independência agente deve continuar funcionando mesmo depois que seu agenciador não está mais presente Adaptabilidade agente deve poder se adaptar a múltiplos ambientes, envolvendo

Leia mais

O novo desafio das marcas: uma visão global dos hábitos dos clientes em dispositivos móveis e redes sociais

O novo desafio das marcas: uma visão global dos hábitos dos clientes em dispositivos móveis e redes sociais O novo desafio das marcas: uma visão global dos hábitos dos clientes em dispositivos móveis e redes sociais SDL Campaign Management & Analytics Introdução Prezado profissional de marketing, A ideia de

Leia mais

Estudo de Web Marketing para a Prova NP1 Dia da prova: 07/10/2011

Estudo de Web Marketing para a Prova NP1 Dia da prova: 07/10/2011 Curso de Marketing Disciplina: Web Marketing Professor: Roberto Marcello Estudo de Web Marketing para a Prova NP1 Dia da prova: 07/10/2011 Web Marketing Web Marketing é qualquer esforço promocional realizado

Leia mais

Preparando--se para o desafio do cliente individual e digital Preparando Mauro Segura Marketing e Comunicação IBM Brasil Estudo Global 2013/2014 + 4.000 entrevistas 70 países +20 segmentos de mercado CEOs,

Leia mais

Resumo dos resultados de pesquisa de mídia social

Resumo dos resultados de pesquisa de mídia social Resumo dos resultados de pesquisa de mídia social Introdução: Com a Web 2.0 e suas ferramentas interativas (blog, fórum, sites interativos, redes sociais, etc.) as pessoas criam conteúdo e informação de

Leia mais

O Que Preciso para Vender pela Internet? E-Commerce

O Que Preciso para Vender pela Internet? E-Commerce Os números da INTERNET Números do Facebook Mídia Social Números do Facebook Mídia Social Números do Facebook Mídia Social Somos o 4º país do Mundo em número de usuários. Pr of. Ca rlo s No tar i Estatísticas

Leia mais

Trabalho Integrado. Ana Luiza. Isabella Souza. Nathália Roberta. Teoria de Pesquisa Opinião e Mercado. Direção de Arte

Trabalho Integrado. Ana Luiza. Isabella Souza. Nathália Roberta. Teoria de Pesquisa Opinião e Mercado. Direção de Arte Trabalho Integrado Teoria de Pesquisa Opinião e Mercado Direção de Arte Ana Luiza Isabella Souza Nathália Roberta Like Store A Like Store é um aplicativo recém chegado no Brasil, que funciona dentro do

Leia mais

ENSINO DE MATEMÁTICA PONTO BLOG

ENSINO DE MATEMÁTICA PONTO BLOG ENSINO DE MATEMÁTICA PONTO BLOG Moema Gomes Moraes 1 RESUMO: Este trabalho faz uma reflexão sobre os aspectos relacionados ao uso de Blogs no ensino de Matemática. Para isto, ele inicia fazendo uma reflexão

Leia mais

Peças para diferentes sites

Peças para diferentes sites Encontre aqui um apanhado de indicadores, estudos, análises e pesquisas de variadas fontes, todas vitais para avaliação e mensuração do desempenho e dos negócios no mundo digital. Confira Aunica The Tagnology

Leia mais

Título: ESTRATÉGIAS DE AMPLIAÇÃO DA PRESENÇA DO FLEURY MEDICINA E SAÚDE NAS REDES SOCIAIS

Título: ESTRATÉGIAS DE AMPLIAÇÃO DA PRESENÇA DO FLEURY MEDICINA E SAÚDE NAS REDES SOCIAIS Título: ESTRATÉGIAS DE AMPLIAÇÃO DA PRESENÇA DO FLEURY MEDICINA E SAÚDE NAS REDES SOCIAIS Autores: William Malfatti 1 ; Thaís Arruda 2 ; Sergio Auerbach 3 ; Kleber Soares Filho 4 ; Alex Fernandes 5 ; Melina

Leia mais

MARKETING l COMUNICAÇÃO

MARKETING l COMUNICAÇÃO MARKETING l COMUNICAÇÃO A MMNIETO A MM NIETO é uma empresa especializada no desenvolvimento projetos voltados para a área de marketing e comunicação. Cada projeto é realizado conforme a oportunidade do

Leia mais

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce...

Bleez Agência Digital... 3. Quem sou eu... 4. Introdução... 5. Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7. Quem está comprando no ecommerce... Sumário Bleez Agência Digital... 3 Quem sou eu... 4 Introdução... 5 Quanto o ecommerce cresceu no Brasil... 7 Quem está comprando no ecommerce... 10 Por que os brasileiros estão comprando mais... 12 O

Leia mais

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões MÍDIA KIT INTERNET Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões Segundo pesquisa da Nielsen IBOPE, até o 1º trimestre/2014 número 18% maior que o mesmo período de 2013. É a demonstração

Leia mais

Ofereça um atendimento de alto nível e surpreenda

Ofereça um atendimento de alto nível e surpreenda Ofereça um atendimento de alto nível e surpreenda Para profissionais do mercado imobiliário por Índice Introdução... 2 Seja o primeiro a responder... 3 Mantenha seu material em ordem... 4 Tenha o necessário

Leia mais

As 6 Práticas Essenciais de Marketing para Clínicas de Exames

As 6 Práticas Essenciais de Marketing para Clínicas de Exames As 6 Práticas Essenciais de Marketing para Clínicas de Exames Introdução Fique atento aos padrões do CFM ÍNDICE As 6 práticas essenciais de marketing para clínicas de exames Aposte em uma consultoria de

Leia mais

E SE VOCÊ PUDESSE EXTRAIR INTELIGÊNCIA DO CONTEÚDO PRODUZIDO SOBRE SUA MARCA OU PRODUTO NAS MÍDIAS SOCIAIS?

E SE VOCÊ PUDESSE EXTRAIR INTELIGÊNCIA DO CONTEÚDO PRODUZIDO SOBRE SUA MARCA OU PRODUTO NAS MÍDIAS SOCIAIS? E SE VOCÊ PUDESSE EXTRAIR INTELIGÊNCIA DO CONTEÚDO PRODUZIDO SOBRE SUA MARCA OU PRODUTO NAS MÍDIAS SOCIAIS? COM SOCIAL MEDIA RESEARCH VOCÊ PODE UMA NOVA METODOLOGIA QUE PARTE DO CRUZAMENTO ENTRE AS MELHORES

Leia mais

Capítulo 1 Por que Google Marketing?

Capítulo 1 Por que Google Marketing? Capítulo 1 Por que Google Marketing? O Google modificou substancialmente a maneira como o mercado lida com a informação e informação, na nossa sociedade pós terceira onda, é tudo. Do dinheiro ao eletrodoméstico,

Leia mais

Contextualização. *http://www.sophiamind.com/noticias/acesso-a-internet-movel-entre-as-mulherescresce-575-em-dois-anos/

Contextualização. *http://www.sophiamind.com/noticias/acesso-a-internet-movel-entre-as-mulherescresce-575-em-dois-anos/ Mobile Marketing Sophia Mind A Sophia Mind Pesquisa e Inteligência de Mercado é a empresa do grupo de comunicação feminina Bolsa de Mulher voltada para pesquisa e inteligência de mercado. Cem por cento

Leia mais

Varejo virtual ERA DIGITAL. por Tânia M. Vidigal Limeira FGV-EAESP

Varejo virtual ERA DIGITAL. por Tânia M. Vidigal Limeira FGV-EAESP ERA DIGITAL Varejo virtual Ovolume de operações registrado recentemente no âmbito do comércio eletrônico atesta que a Internet ainda não chegou às suas últimas fronteiras. Vencidas as barreiras tecnológicas

Leia mais

MBA em Gestão Estratégica de Marketing e Mercados

MBA em Gestão Estratégica de Marketing e Mercados MBA em Gestão Estratégica de Marketing e Mercados 1-OBJETIVOS OBJETIVO GERAL: Especializar profissionais com diploma do curso superior, que atuem nos setores empresariais, estratégicos, gerenciais e técnicos

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CONFEDERAÇÃO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL TRABALHO DE AVALIAÇÃO MARKETING PARA A QUALIDADE

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CONFEDERAÇÃO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL TRABALHO DE AVALIAÇÃO MARKETING PARA A QUALIDADE UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CONFEDERAÇÃO NACIONAL DE APRENDIZAGEM INDUSTRIAL TRABALHO DE AVALIAÇÃO MARKETING PARA A QUALIDADE CURITIBA ABRIL - 2000 ODILIO SEPULCRI TRABALHO DE AVALIAÇÃO MARKETING PARA

Leia mais

Como usar o monitoramento de mídias sociais numa campanha política

Como usar o monitoramento de mídias sociais numa campanha política Como usar o monitoramento de mídias sociais numa campanha política No Brasil, há poucas experiências conhecidas de uso de ferramentas de monitoramento de mídias sociais em campanhas políticas. Uma delas

Leia mais

Praticando o Conceito de Inteligência Estratégica Antecipativa (IEA) em uma Empresa de Software Médico

Praticando o Conceito de Inteligência Estratégica Antecipativa (IEA) em uma Empresa de Software Médico Praticando o Conceito de Inteligência Estratégica Antecipativa (IEA) em uma Empresa de Software Médico Pedro Freitas pedrof86@terra.com.br Henrique Freitas hf@ea.ufrgs.br Raquel Janissek-Muniz rjmuniz@ea.ufrgs.br

Leia mais

Marketing Empresarial MARCO ANTONIO LIMA GESTÃO EMPRESARIAL E SUSTENTABILIDADE

Marketing Empresarial MARCO ANTONIO LIMA GESTÃO EMPRESARIAL E SUSTENTABILIDADE Marketing Empresarial Capítulo 1 Marketing: uma introdução Introdução ao Marketing O que é Marketing Marketing é a área do conhecimento que engloba todas as atividades concernentes às relações de troca,

Leia mais

TIC Microempresas 2007

TIC Microempresas 2007 TIC Microempresas 2007 Em 2007, o Centro de Estudos sobre as Tecnologias da Informação e da Comunicação do NIC.br, no contexto da TIC Empresas 2007 1, realizou pela primeira vez um estudo sobre o uso das

Leia mais

Usabilidade da interface de sites e-commerce

Usabilidade da interface de sites e-commerce - 1 - Revista Eletrônica Multidisciplinar Pindorama do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia IFBA Usabilidade da interface de sites e-commerce Profª. MSc. Simone Azevedo Bandeira

Leia mais

MARKETING NAS REDES SOCIAIS. Carlos Henrique Cangussu (Discente do 2º ano do curso de Administração das Faculdades Integradas de Três Lagoas AEMS)

MARKETING NAS REDES SOCIAIS. Carlos Henrique Cangussu (Discente do 2º ano do curso de Administração das Faculdades Integradas de Três Lagoas AEMS) 1 MARKETING NAS REDES SOCIAIS Angela de Souza Brasil (Docente Esp. Faculdades Integradas de Três Carlos Henrique Cangussu Daniel Barbosa Maia Elisandra Inês Peirot Schneider Marcelo Da Silva Sivestre Tiago

Leia mais

Media Kit. Admistradores: Leticia Fernandes Sttephano Victorino

Media Kit. Admistradores: Leticia Fernandes Sttephano Victorino Media Kit Admistradores: Leticia Fernandes Sttephano Victorino O Farmácia News é um portal que dispõe de notícias, artigos, reportagens, entrevistas, fotos, vídeos, divulgação de eventos entre outros,

Leia mais

Marcel Ayres Diretor de Planejamento. Twitter @MarcelAyres Linkedin Meadiciona Renata Cerqueira Diretora de Monitoramento Online. Twitter @renatacbc

Marcel Ayres Diretor de Planejamento. Twitter @MarcelAyres Linkedin Meadiciona Renata Cerqueira Diretora de Monitoramento Online. Twitter @renatacbc Marcel Ayres Diretor de Planejamento. Também faz parte, como pesquisador, do Grupo de Pesquisa em Interações, Tecnologias Digitais e Sociedade. Desenvolve pesquisas sobre Realidade Aumentada, Mídias Digitais

Leia mais

Uso estratégico do Twitter: como usar o microblogging a favor da sua empresa. www.talk2.com.br

Uso estratégico do Twitter: como usar o microblogging a favor da sua empresa. www.talk2.com.br Uso estratégico do Twitter: como usar o microblogging a favor da sua empresa www.talk2.com.br 04 Introdução 4 05 08 10 16 Por que as pessoas seguem uma conta 5 O que você precisa ter e saber antes de criar

Leia mais

MODA SUSTENTÁVEL E CONSUMIDORES OSKLEN 1. Lílian Gonring CASOTTI 2 Vanessa Melo TORRES 3 Faculdades Integradas de São Pedro, Vitória, ES

MODA SUSTENTÁVEL E CONSUMIDORES OSKLEN 1. Lílian Gonring CASOTTI 2 Vanessa Melo TORRES 3 Faculdades Integradas de São Pedro, Vitória, ES MODA SUSTENTÁVEL E CONSUMIDORES OSKLEN 1 Lílian Gonring CASOTTI 2 Vanessa Melo TORRES 3 Faculdades Integradas de São Pedro, Vitória, ES RESUMO Falar de sustentabilidade se tornou comum em tempos que o

Leia mais

REDES SOCIAIS: ferramenta de recrutamento

REDES SOCIAIS: ferramenta de recrutamento REDES SOCIAIS: ferramenta de recrutamento Daniela Partzsch Köpp 1 Adair Mendes De Paula 2 Juliano Regiani Olbrzymek 3 Centro Universitário Leonardo da Vinci UNIASSELVI Graduação Tecnológica em Gestão de

Leia mais

Mídias Sociais e o Comércio Eletrônico

Mídias Sociais e o Comércio Eletrônico Mídias Sociais e o Comércio Eletrônico 2 Índice: Introdução Fim do email? Porque as mídias sociais são importantes No Brasil Como usar O lado prá=co 3 4 5 6 7 9 3 Introdução O uso das mídias sociais como

Leia mais

Índice. Introdução. Fase 1 - Participação da população brasileira. Fase 2 - Perfil do voluntário Características do serviço voluntário

Índice. Introdução. Fase 1 - Participação da população brasileira. Fase 2 - Perfil do voluntário Características do serviço voluntário Pesquisa Voluntariado no Brasil - 2011 Índice 1 2 3 4 Introdução Fase 1 - Participação da população brasileira Fase 2 - Perfil do voluntário Características do serviço voluntário Fase 3 - Segmentação 5

Leia mais

7 dicas rápidas de marketing digital para você sair na frente! MARKETING DIGITAL

7 dicas rápidas de marketing digital para você sair na frente! MARKETING DIGITAL DICAS PARA DIVULGAR SUA EMPRESA E AUMENTAR AS VENDAS NO FIM DE ANO 7 dicas rápidas de marketing digital para você sair na frente! MARKETING DIGITAL Sumário Apresentação Capítulo 1 - Crie conteúdo de alta

Leia mais