Universidade Federal de Uberlândia

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Universidade Federal de Uberlândia"

Transcrição

1 EDITAL Nº05/ PROGRAD/ DIREN/2010 ANEXO II 1 Título do Projeto: Automação de Fluxo de Trabalho Administrativo 2- Nome do Orientador: Autran Macêdo 3 Unidade: FACOM 4- Curso: Bacharelado em Ciência da Computação 5- Subprograma: Experiência Institucioanal 6 Justificativa: (Explicitar os motivos de ordem teórica e prática que justificam o Projeto) A comunicação digital, hoje, é uma exigência imprescindível para que uma organização tenha sucesso em suas atividades fins. As informações devem fluir de forma que todos os elementos envolvidos em um determinado processo ocorram dentro dos prazos e das normas regulamentares. Uma empresa ou um órgão público ou privado que não tenha um sistema digital de informação (e/ou comunicação) operando de forma adequada e estratégica, tende a ficar defasada quanto a suas atividades fins. Isto decorre da perda tanto de informações quanto de prazos para o cumprimento de determinadas tarefas. Atualmente, a maioria das organizações, dentre as quais a Universidade Federal de Uberlândia (UFU) é um exemplo, utiliza sistemas baseados em computador para a realização de seus negócios. Esses sistemas, em maior ou menor grau, procuram implementar o processo de negócio das organizações, desde a execução de uma atividade em nível de produção até uma tomada de decisão em nível estratégico. Assim, percebe-se a necessidade dos sistemas computacionais das organizações modelarem seus processos de negócios de forma eficiente e flexível. Por eficiente, entende-se a capacidade desses sistemas manterem dados fidedignos e integrados à realidade da organização. Por flexível, entende-se a capacidade de implementarem mudanças nos processos de negócio com o menor grau possível de interrupção na operacionalidade do mesmo. Dentro do contexto acima, percebe-se uma tendência dos sistemas computacionais das organizações integrarem informação e gerenciamento de fluxos de trabalho. Essa integração que envolve diferentes sistemas, tarefas e grupos de pessoas é foco de pesquisa em sistemas de workflow. Workflow[AH] é a automação, total ou parcial, de um processo de negócio. Essa automação pressupõe troca de documentos, informações e tarefas entre os participantes do processo, para a realização de uma ação [WfMC1]. Portanto, o objetivo de um sistema de workflow é o de auxiliar as organizações na especificação, execução, monitoração e coordenação do fluxo de trabalho em um ambiente organizacional. Embora, a ideia de automatizar processos, propalada pelo Workflow, seja atrativa, há relatos de empresas que investiram esforços e recursos nessa tecnologia, mas que depois de algum tempo a abandonaram [C].

2 Diferentes razões são justificativa para tal retrocesso, desde uma má avaliação sobre a aplicação do Workflow até a complexidade das ferramentas instaladas, que demandava pessoal especializado para operá-lo. Considerando o expoxto acima e a grande quantidade de fluxos de trabalho (processos) existente na UFU, a proposta deste projeto é avaliar a aplicação da tecnologia de Workflow na automção de processos de algumas unidades da UFU. Essa tecnologia será aplicada em uma unidade da UFU e sua efetividade será avaliada, em termos de usabilidade e de eficácia. 7 - Objetivos gerais Avaliar a aplicação de tecnologias relacionadas a Workflow para automação de fluxo de trabalho. Objetivos Específicos Criar um software para automação de processos baseado em Workflow adaptável aderente aos fluxos de trabalho de algumas unidades da UFU. Automatizar um fluxo de trabalho de uma unidade adminstrativa da UFU. Analisar a efetividade da automação do fluxo selecionado junto às pessoas envolvidas com o mesmo. 8 - Metodologia: (Descrever qual a metodologia do Projeto) O projeto será realizado conforme as etapas abaixo. 1. Estudo de Workflow O aluno irá estudar os conceitos de Workflow [AH] e especialmente de Workflow de Produção [LR], que se caracteriza por ser um tipo de workflow, no qual os processos de negócios estão bem definidos. 2. Treinamento em um Editor de Fluxo de Trabalho Os processos de negócio necessitam ser modelados de modo que um componente de software possa realizar o fluxo do processo. A modelagem, em geral, é realizada por uma ferramenta de software conhecida como Editor de Fluxo de Trabalho. Há várias ferramentas prontas e de código aberto, contudo, arbitrariamente será a utilizada a ferramenta JaWE [T1]. O aluno irá se familiarizar com tal ferramenta e especificar um processo hipotético para fins de treinamento com a mesma. 3. Estudo de um Motor de Workflow O motor de um sistema de workflow é o componente que realiza a execução de uma instância de um processo de negócio. Por exemplo, considere o processo de negócio Trancamento de Matrícula em Disciplina, de uma escola. Quando um aluno solicita um trancamento, esse processo é iniciado. É o motor que envia para o coordenador tal solicitação, em

3 conformidade com a definição do processo. Todas as tarefas desse processo são gerenciadas pelo motor. Portanto, é necessário experimentar um motor de workflow. Arbitrariamente, trabalharemos como o motor Shark [T2] por ser de código aberto e livre, embora haja outros motores igualmente disponíveis [M]. 4.Análise de componentes a serem agregados ao motor O motor simplesmente não se configura em um sistema de workflow. É necessário integrá-lo a outros componentes de software [WfMC2]. Portanto, será necessário conhecer detalhadamente a arquitetura desse motor para que seja possível determinar como integrar esses outros componentes ao mesmo. Estimamos que necessariamente serão necessários os componentes de administração (que realiza atividades de bastidores, como reiniciar uma instância de processo), de supervisão (que apresenta informações sobre as instâncias de processos) e de caixa de entrada (que apresenta para cada usuário as tarefas que estes derverão realizar). Os componentes que já estiverem prontos e disponíveis para uso (software livre) serão objetos de estudo. Esse estudo irá determinar se será viavel utilizá-los tal como se encontram ou adaptá-los às nossas necessidades. Caso algum componente não se enquadre a essas restrições, teremos de implementá-lo. 5. Estudo de Caso Iremos selecionar um processo de uma unidade adminstrativa da UFU. Duas unidades se prontificaram a auxiliar neste projeto: a Secretatia de Pós-Graduação em Ciência da Computação e a Secretaria de Pós- Graduação em Química. O processo será estudado quanto à sua finalidade e seus produtos resultantes, e posteriormente, será modelado por meio do JaWE (vide etapa 2). Uma vez modelado o processo será submetido ao sistema implementado na etapa Implantação do Sistema Uma vez concluída as etapas anteriores, teremos de implantar o sistema de workflow na unidade adminstrativa selecionada no estudo de caso. A implantação consistirá da instalação do sistema no computador do usuário, treinamento do usuário, acompanhamento deste ao longo das primeiras semanas de uso do sistema, e correção de algum eventual erro de software. 7. Análise do Estudo de Caso Iremos analisar a efetividade da automação do processo selecionado em termos de correção e em termos de usabilidade. Queremos determinar não somente se a tecnologia está corretamente implementada. Queremos também estabelecer se os usuários se beneficiaram de tal tecnologia e de como se deu esse benefício. Caso não tenho ocorrido benefício, iremos determinar o porquê e quais correções se farão necessárias na aplicação

4 da tecnologia, se for o caso de correção em tal aplicação. Essa análise será realizada por meio de verificação in loco do sistema e entrevista com os usuários do sistema. 9 - Avaliação: (Descrever a avaliação do Projeto) A execução do projeto será acompanhada por meio de reuniões semanais, com base no cronograma, e nos produtos de cada etapa do projeto. Cada etapa do projeto tem um ou mais produtos relacionados. Essa relação é apresentada abaixo. ETAPA Estudo de Workflow Treinamento em um Editor de Fluxo de Trabalho Estudo de um Motor de Workflow Análise de Componentes PRODUTO - Seminário: os conceitos de workflow. - Seminário: padrões para uma linguagem de especificação de processo. - Seminário: especificação de um processo hipotético utilizando os padrões para linguagem de especificação de processo. - Seminário: apresentação das principais funcionalidades do editor. - Seminário: apresentação da linguagem de especificação de processo contida no editor. - Seminário: apresentação de um processo hipotético descrito na liguagem do editor. - Seminário: comparação sobre a expressividade da linguagem do editor contra os padrões para linguagem de especificação do processo - Seminário: explicação do arquivo gerado pelo editor quando da edição de um processo: - Seminário: a arquitetura do motor. - Seminário: execução de um processo hipotético no motor - Seminário: como agregar novos componentes ao motor - Seminário: quais são os componentes a serem agregados ao motor?

5 Estudo de Caso Implantação do Sistema - Relatório: requisitos e arquitetura de cada componente; projeto de interface entre os componentes e o motor; IHC de cada componente. - Software: seleção ou implementação de cada compomente - Software: agregação dos compomentes ao motor, produzindo um sistema de gerência de workflow (SGWf). - Relatório: descrição da unidade administrativa selecionada para sediar o SGWf; e descrição do processo adminstrativo objeto da automação proporcionada pelo SGWf. - Teste: execução do processo selecionado - Software: instalação do SGWf - Treinamento: como utilizar e como acompanhar o processo automatizado Análise do Estudo de Caso - Relatório: resultado da implantação do SGWf Número de bolsas solicitadas: 1 (uma) 11 - Participantes do Projeto: (Detalhar as atividades de cada membro da equipe) Curso Nome Função (orientador/ colaborador) Autran Macêdo Orientador Bach.C.Computaç ão Impacto do Projeto: (Descrever os possíveis impactos e resultados esperados ao final do projeto; assim como a forma de difusão dos resultados do projeto) Impacto Esperamos que ao final do projeto tenhamos obtido um resultado afirmativo da aplicação de técnicas de workflow na automação do fluxo de trabalho da unidade administrativa selecionada. Assim ocorrendo, o software utilizado nessa unidade poderá ser utilizado também em demais unidades similares da UFU;

6 a automação de diversas unidades da UFU irá contribuir para agilidade e eficiência da realização das atividades administrativas da UFU; o sucesso esperado por este projeto irá minimizar o uso do papel normalmente envolvido nessas atividades; a UFU poderá liderar a automação administrativa entre as demais IFES e se tornar uma referência nesse tipo de automação. Difusão Esperamos que os resultados do projeto sejam divulgados por meio de artigos em conferência ou revista. Além disso, esperamos registrar o software resultante junto ao INPI para que a UFU, o aluno bolsista e o coordenador do projeto sejam os detentores da autoria do software. 13 Cronograma de execução: (Apresentar uma planilha de datas (mensal), contendo a descrição de cada fase de execução do projeto) Atividades do Cronograma (Ativ.) 1) Estudo de Workflow 2) Treinamento em um Editor de Fluxo de Trabalho 3) Estudo de um Motor de Workflow 4) Análise de componentes a serem agregados ao motor 5) Estudo de caso 6) Implantação do sistema 7) Análise do Estudo de Caso Ativ. 1 x 2 x Set. Out. Nov. Dez. Jan. Fev. Mar. Abr. Mai. Jun. Jul. Ago. 3 x 4 x x x x x x x 5 x x 6 x x 7 x x x 14 - Referências: (Seguir normas da ABNT) [AH] AALST, Wil van der & HEE, Kees van. Workflow Management: models, methods and systems. MIT Press, 2004.

7 [C] CRUZ, Tadeu José Costa Santos. Uso e Desuso de Sistemas de Workflow. Dissertação de mestrado, COPPE/UFRJ, Programa de Engenharia de Produção, [LR] LEYMANN, Frank & ROLLER, Dieter. Production Workflow: concepts and techniques. Prentice-Hall, [M] Manageability. Open Source Workflow Engines Written in Java. In: Acessado em 16/junho/2010 [T1] Together. Enhydra JaWE - Open Source Java Swing graphical native WfMC XPDL editor. In: Acessado em: 16/junho/2010. [WfMC1] WORKFLOW MANAGEMENT COALITION. Terminology & Glossary. Relatório TC In: Terminology-and-Glossary-English.html Acessado em: 12/junho/2010. [WfMC2] WORKFLOW MANAGEMENT COALITION. Reference Model. Acessado em: 16/junho/2010. Data Assinatura do responsável pelo Projeto

Workflow: Adicionando Coordenação das Atividades. Fábio Bezerra fbezerra@ic.unicamp.br

Workflow: Adicionando Coordenação das Atividades. Fábio Bezerra fbezerra@ic.unicamp.br Workflow: Adicionando Coordenação das Atividades Fábio Bezerra fbezerra@ic.unicamp.br Agenda Introdução Workflow Sistema Gerenciador de Workflow WfMC Modelo e Instância Workflows ad hoc Referências O que

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 1.72.380,00 0,00 0,00 0,00 361.00,00 22,96 22,96 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl Acum 14 set/11 15

Leia mais

Um Simulador para Avaliação da Antecipação de Tarefas em Sistemas Gerenciadores de Workflow

Um Simulador para Avaliação da Antecipação de Tarefas em Sistemas Gerenciadores de Workflow Um Simulador para Avaliação da Antecipação de Tarefas em Sistemas Gerenciadores de Workflow Resumo. A fim de flexibilizar o fluxo de controle e o fluxo de dados em Sistemas Gerenciadores de Workflow (SGWf),

Leia mais

Avaliação do uso de ferramentas de workflow em processos típicos de engenharia de software

Avaliação do uso de ferramentas de workflow em processos típicos de engenharia de software Avaliação do uso de ferramentas de workflow em processos típicos de engenharia de software Walter Itamar Mourão Arcadian Tecnologia S/A. Av. do Contorno 3505, sala 802 Belo Horizonte MG CEP: 30110-090

Leia mais

PROPOSTA DE SOFTWARE DE INSTALAÇÃO PARA UM AMBIENTE INTEGRADO DE GERÊNCIA DE PROJETOS E DE PROCESSOS DE NEGÓCIOS

PROPOSTA DE SOFTWARE DE INSTALAÇÃO PARA UM AMBIENTE INTEGRADO DE GERÊNCIA DE PROJETOS E DE PROCESSOS DE NEGÓCIOS PROPOSTA DE SOFTWARE DE INSTALAÇÃO PARA UM AMBIENTE INTEGRADO DE GERÊNCIA DE PROJETOS E DE PROCESSOS DE NEGÓCIOS Élysson Mendes Rezende Bacharelando em Sistemas de Informação Bolsista de Iniciação Científica

Leia mais

DATA DIA DIAS DO FRAÇÃO DATA DATA HORA DA INÍCIO DO ANO JULIANA SIDERAL T.U. SEMANA DO ANO TRÓPICO 2450000+ 2460000+

DATA DIA DIAS DO FRAÇÃO DATA DATA HORA DA INÍCIO DO ANO JULIANA SIDERAL T.U. SEMANA DO ANO TRÓPICO 2450000+ 2460000+ CALENDÁRIO, 2015 7 A JAN. 0 QUARTA -1-0.0018 7022.5 3750.3 1 QUINTA 0 +0.0009 7023.5 3751.3 2 SEXTA 1 +0.0037 7024.5 3752.3 3 SÁBADO 2 +0.0064 7025.5 3753.3 4 DOMINGO 3 +0.0091 7026.5 3754.3 5 SEGUNDA

Leia mais

SISTEMA DE WORKFLOW PARA MODELAGEM E EXECUÇÃO DE PROCESSOS DE SOFTWARE. Aluno: Roberto Reinert Orientador: Everaldo A. Grahl

SISTEMA DE WORKFLOW PARA MODELAGEM E EXECUÇÃO DE PROCESSOS DE SOFTWARE. Aluno: Roberto Reinert Orientador: Everaldo A. Grahl SISTEMA DE WORKFLOW PARA MODELAGEM E EXECUÇÃO DE PROCESSOS DE SOFTWARE Aluno: Roberto Reinert Orientador: Everaldo A. Grahl Roteiro de apresentação Introdução Objetivos Fundamentação Teórica Workflow Processo

Leia mais

GUIA DE CURSO. Tecnologia em Sistemas de Informação. Tecnologia em Desenvolvimento Web. Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas

GUIA DE CURSO. Tecnologia em Sistemas de Informação. Tecnologia em Desenvolvimento Web. Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas PIM PROGRAMA DE INTEGRAÇÃO COM O MERCADO GUIA DE CURSO Tecnologia em Sistemas de Informação Tecnologia em Desenvolvimento Web Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas Tecnologia em Sistemas

Leia mais

Processos de Desenvolvimento de Software

Processos de Desenvolvimento de Software Processos de Desenvolvimento de Software Gerenciamento de Projetos Mauro Lopes Carvalho Silva Professor EBTT DAI Departamento de Informática Campus Monte Castelo Instituto Federal de Educação Ciência e

Leia mais

Isac Velozo Aguiar Orientador: Eduardo Manuel de Freitas Jorge 19/06/2007

Isac Velozo Aguiar Orientador: Eduardo Manuel de Freitas Jorge 19/06/2007 MAX-FLOW UM ESTUDO DE INTERFACE E USABILIDADE DE UMA FERRAMENTA DE EDITORAÇÃO DE PROCESSOS Isac Velozo Aguiar Orientador: Eduardo Manuel de Freitas Jorge 19/06/2007 Agenda» Contexto;» Problemas;» Objetivos;»

Leia mais

Sistema de Help Desk e Controle de Chamados Baseado em Workflow. Cristian Paulo Prigol Marcel Hugo

Sistema de Help Desk e Controle de Chamados Baseado em Workflow. Cristian Paulo Prigol Marcel Hugo Sistema de Help Desk e Controle de Chamados Baseado em Workflow Cristian Paulo Prigol Marcel Hugo Seqüência da Apresentação Introdução e Objetivos Workflow Sistema Antigo e Sistema implementado JBPM Especificação

Leia mais

Sistemas Colaborativos & Workflow / DAS 5316

Sistemas Colaborativos & Workflow / DAS 5316 DAS 5316 Sistemas Colaborativos & Workflow FERRAMENTAS SISTEMAS COLABORATIVOS SISTEMAS COLABORATIVOS: -Sistemas/Softwares feitos para ajudar pessoas envolvidas em uma tarefa comum, para se atingir um determinado

Leia mais

AUXÍLIO FINANCEIRO A CURSOS PROJETO DE PESQUISA APLICADA SUMÁRIO

AUXÍLIO FINANCEIRO A CURSOS PROJETO DE PESQUISA APLICADA SUMÁRIO 1 AUÍLIO FINANCEIRO A CURSOS PROJETO DE PESQUISA APLICADA SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 2 2 O QUE É UM PROJETO?... 2 2.1 PROJETO DE PESQUISA... 2 3 CLASSIFICAÇÃO DAS PESQUISAS... 4 4 CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO PARA

Leia mais

PROGRAMA DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UNIEVANGÉLICA - 2015/2016. Projeto de Pesquisa do Coordenador e Subprojeto do Discente

PROGRAMA DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UNIEVANGÉLICA - 2015/2016. Projeto de Pesquisa do Coordenador e Subprojeto do Discente PROGRAMA DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA UNIEVANGÉLICA - 20/20 Projeto de Pesquisa do Coordenador e Subprojeto do Discente Projeto de Pesquisa NOME DO COORDENADOR EM CAIXA ALTA INFORMAÇÕES GERAIS

Leia mais

AGENDA. O Portal Corporativo. Arquitetura da Informação. Metodologia de Levantamento. Instrumentos Utilizados. Ferramentas

AGENDA. O Portal Corporativo. Arquitetura da Informação. Metodologia de Levantamento. Instrumentos Utilizados. Ferramentas AGENDA O Portal Corporativo Arquitetura da Informação Metodologia de Levantamento Instrumentos Utilizados Ferramentas PORTAL CORPORATIVO Na sociedade da informação é cada vez mais presente a necessidade

Leia mais

MODELO DE PROJETO SOCIAL. Telefone: Fax: E-mail da entidade: Nome do Responsável: Função/Cargo: E-mail do responsável:

MODELO DE PROJETO SOCIAL. Telefone: Fax: E-mail da entidade: Nome do Responsável: Função/Cargo: E-mail do responsável: MODELO DE PROJETO SOCIAL 1 IDENTIFICAÇÃO 1.1.Dados de Identificação do(s) Proponente(s) Proponente: (órgão ou entidade gestor do Projeto / Organização: Endereço : Nome CNPJ Telefone: Fax: E-mail da entidade:

Leia mais

Fundamentos em Teste de Software. Vinicius V. Pessoni viniciuspessoni@gmail.com

Fundamentos em Teste de Software. Vinicius V. Pessoni viniciuspessoni@gmail.com Fundamentos em Teste de Software Vinicius V. Pessoni viniciuspessoni@gmail.com Objetivos do treinamento 1. Expor os fundamentos de Teste de Software; 2. Conceituar os Níveis de Teste; 3. Detalhar sobre

Leia mais

ANEXO II MODELO DE PROJETO SOCIAL. Solicitação de Habilitação no Banco de Projetos Entidade/Organização

ANEXO II MODELO DE PROJETO SOCIAL. Solicitação de Habilitação no Banco de Projetos Entidade/Organização ANEXO II MODELO DE PROJETO SOCIAL Solicitação de Habilitação no Banco de Projetos Entidade/Organização 1 IDENTIFICAÇÃO 1.1.Dados de Identificação do(s) Proponente(s) Proponente: (órgão ou Nome entidade

Leia mais

PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, PESQUISA E INOVAÇÃO DIRETORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO Proposta de Projeto de Pesquisa

PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, PESQUISA E INOVAÇÃO DIRETORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO Proposta de Projeto de Pesquisa PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO, PESQUISA E INOVAÇÃO DIRETORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO Proposta de Projeto de Pesquisa IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO Título do Projeto de Pesquisa: School Blocks Sistema de Gestão Acadêmica

Leia mais

Planejamento da disciplina: Modelagem de processos de negócio

Planejamento da disciplina: Modelagem de processos de negócio UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS / INSTITUTO DE CIÊNCIAS EXATAS DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA COMPUTAÇÃO Planejamento da disciplina: Modelagem de processos de negócio Professor: Clarindo Isaías Pereira

Leia mais

Especificação e Proposição de uma Solução de GED e Workflow para a UFRJ

Especificação e Proposição de uma Solução de GED e Workflow para a UFRJ 05. 09. 2013 Especificação e Proposição de uma Solução de GED e Workflow para a UFRJ Lilian Bitton Migon CISI/DPA/COPPE Motivação do Projeto Plano Diretor da TIC: A situação atual na UFRJ, com algumas

Leia mais

Desenvolvimento de um software de gerenciamento de projetos para utilização na Web

Desenvolvimento de um software de gerenciamento de projetos para utilização na Web Resumo. Desenvolvimento de um software de gerenciamento de projetos para utilização na Web Autor: Danilo Humberto Dias Santos Orientador: Walteno Martins Parreira Júnior Bacharelado em Engenharia da Computação

Leia mais

ANEXO II PROPOSTA DE PROJETO DE EXTENSÃO

ANEXO II PROPOSTA DE PROJETO DE EXTENSÃO 1 Identificação 1.1 Título da Proposta ANEXO II PROPOSTA DE PROJETO DE EXTENSÃO 1.2 Origem campus Avançado Patrocínio campus Paracatu campus Uberlândia campus Ituiutaba campus Uberaba 1.3 Coordenação Docente

Leia mais

Safra 2016/2017. Safra 2015/2016

Safra 2016/2017. Safra 2015/2016 Valores de ATR e Preço da Tonelada de Cana-de-açúcar - Consecana do Estado do Paraná Safra 2016/2017 Mar/16 0,6048 0,6048 0,6048 66,04 73,77 Abr 0,6232 0,6232 0,5927 64,72 72,29 Mai 0,5585 0,5878 0,5868

Leia mais

ü Curso - Bacharelado em Sistemas de Informação

ü Curso - Bacharelado em Sistemas de Informação Curso - Bacharelado em Sistemas de Informação Nome e titulação do Coordenador: Coordenador: Prof. Wender A. Silva - Mestrado em Engenharia Elétrica (Ênfase em Processamento da Informação). Universidade

Leia mais

Projeto: Sistema de Gestão S.G.

Projeto: Sistema de Gestão S.G. Projeto: Sistema de Gestão S.G. Universidade Federal de Uberlândia 1/11 Histórico de revisão Versão 1.0 Data Ve rsão Descrição Autores 012 09/07/2 1.0 Descrição do Projeto de desenvolvimento do Sistema

Leia mais

Etapas e Desafios. plataforma de BPM corporativa. BPMS Showcase 2014. Kelly Sganderla Consultora de Processos, CBPP Kelly.sganderla@iprocess.com.

Etapas e Desafios. plataforma de BPM corporativa. BPMS Showcase 2014. Kelly Sganderla Consultora de Processos, CBPP Kelly.sganderla@iprocess.com. BPMS Showcase 2014 Etapas e Desafios na seleção de uma plataforma de BPM corporativa Apresentado por: Kelly Sganderla Consultora de Processos, CBPP Kelly.sganderla@iprocess.com.br Apresentando a iprocess

Leia mais

IV PLANO DE GERENCIAMENTO DE TEMPO

IV PLANO DE GERENCIAMENTO DE TEMPO IV PLANO DE GERENCIAMENTO DE TEMPO 1 - Descrição do Plano de Gerenciamento detempo (PMBOK) O gerenciamento de tempo do projeto inclui os processos necessários para realizar o término do projeto no prazo.

Leia mais

EDITAL 002/2015. Observação: A descrição das linhas de pesquisa pode ser acessada em: http://portal.unincor.br/index.php/linhas-de-pesquisa

EDITAL 002/2015. Observação: A descrição das linhas de pesquisa pode ser acessada em: http://portal.unincor.br/index.php/linhas-de-pesquisa EDITAL 002/2015 O Programa de Mestrado em Letras Linguagem, Cultura e Discurso, da Universidade Vale do Rio Verde (UNINCOR), torna público o edital de seleção de bolsista de pósdoutorado no âmbito do Programa

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA FARROUPILHA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROJETO DE LONGA DURAÇÃO 1. IDENTIFICAÇÃO 1.1 Título do Projeto:

Leia mais

Sistema de Automação Comercial de Pedidos

Sistema de Automação Comercial de Pedidos Termo de Abertura Sistema de Automação Comercial de Pedidos Cabana - Versão 1.0 Iteração 1.0- Release 1.0 Versão do Documento: 1.5 Histórico de Revisão Data Versão do Documento Descrição Autor 18/03/2011

Leia mais

IICA/BRA/09/005 Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura TERMO DE REFERÊNCIA Nº 02/2011 MODALIDADE PRODUTO

IICA/BRA/09/005 Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura TERMO DE REFERÊNCIA Nº 02/2011 MODALIDADE PRODUTO INSTITUTO INTERAMERICANO DE COOPERAÇÃO PARA A AGRICULTURA IICA/BRA/09/005 Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura TERMO DE REFERÊNCIA Nº 02/2011 MODALIDADE PRODUTO I - IDENTIFICAÇÃO DO

Leia mais

QUALIDADE DE SOFTWARE

QUALIDADE DE SOFTWARE QUALIDADE DE SOFTWARE Luiz Leão luizleao@gmail.com http://www.luizleao.com Questão 1 A ISO 9000-3 é um guia para a aplicação da ISO 9001 para o desenvolvimento, fornecimento e manutenção de software. As

Leia mais

ESPECIFICAÇÃO DO AMBIENTE EXPSEE SEGUNDO O MÉTODO CATALYSIS

ESPECIFICAÇÃO DO AMBIENTE EXPSEE SEGUNDO O MÉTODO CATALYSIS ESPECIFICAÇÃO DO AMBIENTE EXPSEE SEGUNDO O MÉTODO CATALYSIS RESUMO Este artigo apresenta a especificação de um sistema gerenciador de workflow, o ExPSEE, de acordo com a abordagem de desenvolvimento baseado

Leia mais

TABELA PRÁTICA PARA CÁLCULO DOS JUROS DE MORA ICMS ANEXA AO COMUNICADO DA-87/12

TABELA PRÁTICA PARA CÁLCULO DOS JUROS DE MORA ICMS ANEXA AO COMUNICADO DA-87/12 JANEIRO 2,8451 2,7133 2,4903 2,3303 2,1669 1,9859 1,7813 1,6288 1,4527 1,3148 1,1940 1,0684 FEVEREIRO 2,8351 2,6895 2,4758 2,3201 2,1544 1,9676 1,7705 1,6166 1,4412 1,3048 1,1840 1,0584 MARÇO 2,8251 2,6562

Leia mais

AUTARQUIA DO ENSINO SUPERIOR DE GARANHUNS PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS - PROUPE NOME DO AUTOR TÍTULO DO PROJETO DE PESQUISA

AUTARQUIA DO ENSINO SUPERIOR DE GARANHUNS PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS - PROUPE NOME DO AUTOR TÍTULO DO PROJETO DE PESQUISA AUTARQUIA DO ENSINO SUPERIOR DE GARANHUNS PROGRAMA UNIVERSIDADE PARA TODOS - PROUPE NOME DO AUTOR TÍTULO DO PROJETO DE PESQUISA GARANHUNS Ano ii NOME COMPLETO DO AUTOR TÍTULO DO PROJETO DE PESQUISA Projeto

Leia mais

UNIVERSIDADE VILA VELHA ES REITORIA EDITAL Nº 10/2012 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIBIC / UVV / FAPES

UNIVERSIDADE VILA VELHA ES REITORIA EDITAL Nº 10/2012 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIBIC / UVV / FAPES REITORIA EDITAL Nº 10/2012 PROGRAMA INSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIBIC / UVV / FAPES O Reitor da Universidade Vila Velha faz saber a todos os interessados que estarão abertas, de 31 de maio a

Leia mais

Biblioteca Digital da Unicamp

Biblioteca Digital da Unicamp Biblioteca Digital da Unicamp Luiz Atilio Vicentini vicentin@unicamp.br Florianópolis, novembro 2009. 2004 3.932 Teses = 627 mil visitas 370 mil downloads Formulário previa que as teses poderiam não ser

Leia mais

Análise qualitativa do processo de workflow da ouvidoria do IFMG campus Bambuí: um estudo de caso

Análise qualitativa do processo de workflow da ouvidoria do IFMG campus Bambuí: um estudo de caso Análise qualitativa do processo de workflow da ouvidoria do IFMG campus Bambuí: um estudo de caso Estefânia Paula da SILVA¹; Lígia Maria SOARES PASSOS² ¹ Aluna do curso de Engenharia de Produção do IFMG

Leia mais

Definição de Processos de Workflow

Definição de Processos de Workflow Definição de Processos de Tiago Telecken Universidade Federal do Rio Grande do Sul telecken@inf.ufrgs.br Resumo Este artigo apresenta uma introdução a tecnologia de workflow informando noções básicas sobre

Leia mais

AUTOMAÇÃO ESCRITÓRIOS

AUTOMAÇÃO ESCRITÓRIOS AUTOMAÇÃO DE ESCRITÓRIOS PESSOAS, WORKFLOWS,... AUTOMAÇÃO ESCRITÓRIOS Pode-se perceber mudanças no ambiente empresarial, no que concerne às tarefas básicas de um escritório. Algumas habilidades estão se

Leia mais

Regulamento Institucional

Regulamento Institucional FACULDADES INTEGRADAS DE CACOAL Regulamento Institucional ATIVIDADES COMPLEMENTARES O presente regulamento tem por finalidade normatizar o oferecimento, a matrícula, o aproveitamento e a validação das

Leia mais

Gestor(a): Desembargadora Maria Nailde Pinheiro Nogueira

Gestor(a): Desembargadora Maria Nailde Pinheiro Nogueira Gestor(a): Desembargadora Maria Nailde Pinheiro Nogueira Meta Meta 2 de 29 Meta 2 de 21 Meta 2 de 212 Meta 2 de 213 Descrição Identificar os processos judiciais mais antigos e adotar medidas concretas

Leia mais

Associação de Ensino Superior da Amazônia - AESA Faculdade de Ciências Humanas, Exatas e Letras de Rondônia - FARO

Associação de Ensino Superior da Amazônia - AESA Faculdade de Ciências Humanas, Exatas e Letras de Rondônia - FARO Coordenação de Pesquisa e Extensão. Título do Projeto de pesquisa/ Iniciação Cientifica. Coordenador do projeto: Curso de: Instruções para Preenchimento do Formulário. PESQUISA Caracterização e Objetivos:

Leia mais

Desenvolvimento de um CMS 1 para a criação e publicação de web sites acessíveis por deficientes visuais.

Desenvolvimento de um CMS 1 para a criação e publicação de web sites acessíveis por deficientes visuais. Desenvolvimento de um CMS 1 para a criação e publicação de web sites acessíveis por deficientes visuais. Tales Henrique José MOREIRA 1 ; Gabriel da SILVA 2 ; 1 Estudante de Tecnologia em Sistemas para

Leia mais

TRADUZINDO A DEFINIÇÃO DE PROCESSO EM XPDL PARA MODELOS EM REDES DE PETRI

TRADUZINDO A DEFINIÇÃO DE PROCESSO EM XPDL PARA MODELOS EM REDES DE PETRI XXIX ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO. TRADUZINDO A DEFINIÇÃO DE PROCESSO EM XPDL PARA MODELOS EM REDES DE PETRI Rosemary Francisco (PUCPR) rmaryf@gmail.com Eduardo de Freitas Rocha Loures (PUCPR)

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA MODELAGEM DE UMA PLATAFORMA VIRTUAL PARA SISTEMAS EMBUTIDOS BASEADA EM POWERPC

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA MODELAGEM DE UMA PLATAFORMA VIRTUAL PARA SISTEMAS EMBUTIDOS BASEADA EM POWERPC UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA DANIEL CARLOS CASAROTTO JOSE OTÁVIO CARLOMAGNO FILHO MODELAGEM DE UMA PLATAFORMA VIRTUAL PARA SISTEMAS EMBUTIDOS BASEADA EM POWERPC Florianópolis, 2004 DANIEL CARLOS

Leia mais

ITPA C P O R TO. Coppex. Coordenação de Pós-graduação, Pesquisa e Extensão

ITPA C P O R TO. Coppex. Coordenação de Pós-graduação, Pesquisa e Extensão Coppex ITPA C P O R TO Coordenação de Pós-graduação, Pesquisa e Extensão PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE EXTENSÃO PROBEX NORMAS E POLÍTICAS DE FOMENTO CAPÍTULO I DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 1º - O presente

Leia mais

Edital n o 79/2013 ANEXO III PROJETO DE PESQUISA AVALIAÇÃO

Edital n o 79/2013 ANEXO III PROJETO DE PESQUISA AVALIAÇÃO Edital n o 79/2013 ANEXO III PROJETO DE PESQUISA AVALIAÇÃO Qualidade do Projeto / Mérito Item Máximo Objetivo e Objetivos Específicos do Projeto 10 Justificativa 10 Clareza da Proposta 10 Coerência e Relevância

Leia mais

Ricardo Paulino Gerente de Processos e Estratégia

Ricardo Paulino Gerente de Processos e Estratégia Ricardo Paulino Gerente de Processos e Estratégia Agenda Sobre a Ferrettigroup Brasil O Escritório de Processos Estratégia Adotada Operacionalização do Escritório de Processos Cenário Atual Próximos Desafios

Leia mais

IMPLEMENTAÇÃO DAS CAMADAS Inference Machine e Message Service Element PARA UM SERVIDOR DE SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE Workflow HOSPITALAR

IMPLEMENTAÇÃO DAS CAMADAS Inference Machine e Message Service Element PARA UM SERVIDOR DE SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE Workflow HOSPITALAR IMPLEMENTAÇÃO DAS CAMADAS Inference Machine e Message Service Element PARA UM SERVIDOR DE SISTEMA DE GERENCIAMENTO DE Workflow HOSPITALAR Jeferson J. S. Boesing 1 ; Manassés Ribeiro 2 1.Aluno do Curso

Leia mais

MBA em Gestão de Pessoas

MBA em Gestão de Pessoas MBA em Gestão de Pessoas Legenda: Aulas ao vivo Avaliações Desafio Profissional Feriados Importantes MBA EM GESTÃO DE PESSOAS INFORMAÇÕES GERAIS IMPORTANTES - Os temas e Professores específicos de cada

Leia mais

DESENVOLVIMENTO DE INTERFACE WEB MULTIUSUÁRIO PARA SISTEMA DE GERAÇÃO AUTOMÁTICA DE QUADROS DE HORÁRIOS ESCOLARES. Trabalho de Graduação

DESENVOLVIMENTO DE INTERFACE WEB MULTIUSUÁRIO PARA SISTEMA DE GERAÇÃO AUTOMÁTICA DE QUADROS DE HORÁRIOS ESCOLARES. Trabalho de Graduação DESENVOLVIMENTO DE INTERFACE WEB MULTIUSUÁRIO PARA SISTEMA DE GERAÇÃO AUTOMÁTICA DE QUADROS DE HORÁRIOS ESCOLARES Trabalho de Graduação Orientando: Vinicius Stein Dani vsdani@inf.ufsm.br Orientadora: Giliane

Leia mais

Cronograma. T2Ti ERP. T2Ti Tecnologia da Informação Ltda T2Ti.COM CNPJ: 10.793.118/0001-78 Projeto T2Ti ERP. Atualizado em 20/11/2010

Cronograma. T2Ti ERP. T2Ti Tecnologia da Informação Ltda T2Ti.COM CNPJ: 10.793.118/0001-78 Projeto T2Ti ERP. Atualizado em 20/11/2010 Cronograma T2Ti ERP Atualizado em 20/11/2010 Cronograma Fizemos uma alteração no cronograma para contemplar a parte de requisitos separada da arte de implementação com os devidos responsáveis. Estamos

Leia mais

Edital 02/2015 Projeto UNA-SUS. Chamada para o Programa de Bolsas Acadêmicas

Edital 02/2015 Projeto UNA-SUS. Chamada para o Programa de Bolsas Acadêmicas Edital 02/2015 Projeto UNA-SUS Chamada para o Programa de Bolsas Acadêmicas A Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação torna público o presente Edital de chamada para o Programa de Bolsas Acadêmicas do

Leia mais

EDITAL 003 2015/2016 PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIC REDE DOCTUM DE ENSINO ANEXO I

EDITAL 003 2015/2016 PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIC REDE DOCTUM DE ENSINO ANEXO I EDITAL 003 2015/2016 PROGRAMA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIC REDE DOCTUM DE ENSINO Dra. Maria Renata Prado ANEXO I CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO DOS PROJETOS DE PESQUISA (PIC-B) PROPONENTE/TITULAÇÃO:

Leia mais

1. Ementa 2. Objetivos Gerais: 3. Objetivos Específicos 4. Estruturação do conteúdo da disciplina e sistemática as ser desenvolvida:

1. Ementa 2. Objetivos Gerais: 3. Objetivos Específicos 4. Estruturação do conteúdo da disciplina e sistemática as ser desenvolvida: 1. Ementa Gerenciamento e desenvolvimento de um projeto que acompanhe as etapas do ciclo de vida do software e ou hardware, com ênfase em: documentação, determinação dos requisitos, projeto lógico, projeto

Leia mais

Programa de Residência C.E.S.A.R/ Datacom

Programa de Residência C.E.S.A.R/ Datacom Programa de Residência C.E.S.A.R/ Datacom Desenvolvimento de Sistemas Embarcados e Gerência de Redes Edital do Processo Seletivo 2011.2 Setembro / 2011 V01.00 CONTEÚDO CONTEÚDO... 2 1. APRESENTAÇÃO DO

Leia mais

Plano de Atividades Formação Profissional

Plano de Atividades Formação Profissional Plano de Atividades Profissional Página 1 de 7 2015 Elaborado: Cristina Pereira Data: 19.02.2015 Aprovado: Direção Data: 26-02-2015 Profissional Página 2 de 7 ÍNDICE Introdução... 3 Objetivos Estratégicos...

Leia mais

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA SELEÇÃO DE PROJETOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PARA O PERÍODO 2015/2016

EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA SELEÇÃO DE PROJETOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PARA O PERÍODO 2015/2016 EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA SELEÇÃO DE PROJETOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PARA O PERÍODO 2015/2016 O Comitê Institucional de Iniciação Científica do Centro Universitário Estácio Radial de São Paulo, torna

Leia mais

Pacote Microsoft Partner;Waldemar Nogueira;Microsoft Office 2007[2 licença(s)];impressora A3[1 und]

Pacote Microsoft Partner;Waldemar Nogueira;Microsoft Office 2007[2 licença(s)];impressora A3[1 und] 0 Implantação do CMMI-DEV L2 509,13 dias 01/Fev/10 08/Fev/12 1 1 Iniciação 187 dias 01/Fev/10 01/Nov/10 2 1.1 Formar e institucionalizar SEPG 187 dias 01/Fev/10 01/Nov/10 3 1.1.1 Treinamento 2 dias 01/Fev/10

Leia mais

1. DESCRIÇÃO DO SIE Sistema de Informações para o Ensino

1. DESCRIÇÃO DO SIE Sistema de Informações para o Ensino 1. DESCRIÇÃO DO SIE Sistema de Informações para o Ensino O SIE é um sistema aplicativo integrado, projetado segundo uma arquitetura multicamadas, cuja concepção funcional privilegiou as exigências da Legislação

Leia mais

Tema: Por que estudar IHC (Interação Humano Computador)?

Tema: Por que estudar IHC (Interação Humano Computador)? Profa. Tatiana Aires Tavares tatiana@lavid.ufpb.br Tema: Por que estudar IHC (Interação Humano Computador)? Criar desejos... Resolver problemas do nosso dia-a-dia Facilitar a vida da gente Tornar possível...

Leia mais

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ. Campus Ponta Grossa ANDRÉ LUIS CORDEIRO DE FARIA RELATÓRIO DE ESTÁGIO

UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ. Campus Ponta Grossa ANDRÉ LUIS CORDEIRO DE FARIA RELATÓRIO DE ESTÁGIO UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ Campus Ponta Grossa ANDRÉ LUIS CORDEIRO DE FARIA RELATÓRIO DE ESTÁGIO Ponta Grossa 2012 ANDRÉ LUIS CORDEIRO DE FARIA RELATÓRIO DE ESTÁGIO Trabalho elaborado pelo

Leia mais

Questionário. A ferramenta auxilia na alocação de Não (0) x x x. Satisfatório (5) complexidade de um caso de uso? de uso (72) Sim (10)

Questionário. A ferramenta auxilia na alocação de Não (0) x x x. Satisfatório (5) complexidade de um caso de uso? de uso (72) Sim (10) Questionário Nível Avaliado Gerador de plano de teste Gerador de dados Função/característica do produto Gestão dos dados do plano de teste (51) Perguntas Pontuação Selenium BadBoy Canoo A ferramenta auilia

Leia mais

SISTEMA COMPUTACIONAL PARA ANÁLISES DE DADOS EM AGRICULTURA DE PRECISÃO

SISTEMA COMPUTACIONAL PARA ANÁLISES DE DADOS EM AGRICULTURA DE PRECISÃO UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO INSTITUTO DE TECNOLOGIA DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA PROJETO SISTEMA COMPUTACIONAL PARA ANÁLISES DE DADOS EM AGRICULTURA DE PRECISÃO ALUNO RICARDO CARDOSO TERZELLA

Leia mais

Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis EDITAL DE PROCESSO SELETIVO. Pós-Graduação Lato Sensu em Sistemas Web e Dispositivos Móveis

Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis EDITAL DE PROCESSO SELETIVO. Pós-Graduação Lato Sensu em Sistemas Web e Dispositivos Móveis Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Pós-Graduação Lato Sensu em Sistemas Web e Dispositivos Móveis A Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis, informa

Leia mais

Sistemas Web e Dispositivos Móveis (Curso em Parceria com o SENAI Tubarão)

Sistemas Web e Dispositivos Móveis (Curso em Parceria com o SENAI Tubarão) FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI FLORIANÓPOLIS EM PARCERIA COM O SENAI TUBARÃO DIREÇÃO GERAL DA FACULDADE: João Roberto Lorenzett COORDENAÇÃO DA FACULDADE: Priscila Basto Fagundes COORDENAÇÃO DO CURSO DE

Leia mais

Estudo de Caso. Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A.

Estudo de Caso. Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A. Estudo de Caso Projeto Correspondência Eletrônica nos Correios S.A. A Presidência dos Correios vislumbrou a possibilidade da Empresa apresentar aos seus clientes um novo serviço, que foi denominado de

Leia mais

Pós-Graduação em Formação de Gerentes Pós-Graduação em Gestão de Pessoas. COMUNICADO Nº 06, de 11 de abril de 2014

Pós-Graduação em Formação de Gerentes Pós-Graduação em Gestão de Pessoas. COMUNICADO Nº 06, de 11 de abril de 2014 Estado de Goiás Secretaria de Gestão e Planejamento Superintendência da Escola de Governo Henrique Santillo Pós-Graduação em Formação de Gerentes Pós-Graduação em Gestão de Pessoas COMUNICADO Nº 06, de

Leia mais

Especificação de Sistemas e Especificação de Requisitos

Especificação de Sistemas e Especificação de Requisitos Especificação de Sistemas e Especificação de Requisitos Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro Centro de Ciências Exatas e Tecnologia Escola de Informática Aplicada Curso: Bacharelado em Sistemas

Leia mais

PLANO DE TRABALHO: DESENVOLVIMENTO DE RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS SOBRE INTERFACES DIGITAIS

PLANO DE TRABALHO: DESENVOLVIMENTO DE RECURSOS EDUCACIONAIS ABERTOS SOBRE INTERFACES DIGITAIS PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO PARANÁ PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA PIBITI - 2014/15 RODRIGO FREESE GONZATTO PLANO DE TRABALHO:

Leia mais

Projeto de Ensino para a Disciplina CIÊNCIAS DO AMBIENTE

Projeto de Ensino para a Disciplina CIÊNCIAS DO AMBIENTE Projeto de Ensino para a Disciplina CIÊNCIAS DO AMBIENTE Campina Grande, outubro de 2009. 1 FORTALECIMENTO DO ENSINO DE CIÊNCIAS DO AMBIENTE NA ENGENHARIA Projeto de Ensino para a Disciplina Ciências do

Leia mais

Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis EDITAL DE PROCESSO SELETIVO. Pós-Graduação Lato Sensu em Sistemas Web e Dispositivos Móveis

Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis EDITAL DE PROCESSO SELETIVO. Pós-Graduação Lato Sensu em Sistemas Web e Dispositivos Móveis Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis EDITAL DE PROCESSO SELETIVO Pós-Graduação Lato Sensu em Sistemas Web e Dispositivos Móveis A Faculdade de Tecnologia SENAI/SC em Florianópolis informa

Leia mais

RELATÓRIO FINAL DE ATIVIDADES. Projeto de Iniciação Científica: Visualizador Dinâmico para Estruturas de Representação de Subdivisões Planares

RELATÓRIO FINAL DE ATIVIDADES. Projeto de Iniciação Científica: Visualizador Dinâmico para Estruturas de Representação de Subdivisões Planares RELATÓRIO FINAL DE ATIVIDADES Projeto de Iniciação Científica: Visualizador Dinâmico para Estruturas de Representação de Subdivisões Planares Orientador: Prof. Dr. Pedro J. de Rezende Orientado: Flávio

Leia mais

Engenharia de Software

Engenharia de Software Prof. M.Sc. Ronaldo C. de Oliveira ronaldooliveira@facom.ufu.br FACOM - 2011 2 Semana - Paradigmas e Processo de Software : Abrangência possui 3 elementos fundamentais: métodos: como fazer ferramentas:

Leia mais

Notas de Aula 02: Processos de Desenvolvimento de Software

Notas de Aula 02: Processos de Desenvolvimento de Software Notas de Aula 02: Processos de Desenvolvimento de Software Objetivos da aula: Introduzir os conceitos de um processo de desenvolvimento de software Definir os processos básicos Apresentar as vantagens

Leia mais

Professor: Disciplina:

Professor: Disciplina: Professor: Curso: Disciplina: Marcos Morais de Sousa marcosmoraisdesousa@gmail.com marcosmoraisdesousa.blogspot.com Sistemas de informação Engenharia de Software II Gerenciamento de Qualidade CMMI e MPS.BR

Leia mais

Workflow como Proposta de. Workflow. O Gerenciamento de Processos. Prof. Roquemar Baldam roquemar@pep.ufrj.br

Workflow como Proposta de. Workflow. O Gerenciamento de Processos. Prof. Roquemar Baldam roquemar@pep.ufrj.br Workflow como Proposta de Automação Flexível O Gerenciamento de Processos Planejamento do BPM Diretrizes e Especificações Seleção de processo críticos Alinhamento de processos à estratégia www.iconenet.com.br

Leia mais

PÓS -GRADUAÇÃO EM SISTEMAS WEB E DISPOSITIVOS MÓVEIS

PÓS -GRADUAÇÃO EM SISTEMAS WEB E DISPOSITIVOS MÓVEIS FACULDADE DE TECNOLOGIA SENAI FLORIANÓPOLIS DIREÇÃO GERAL DA FACULDADE: João Roberto Lorenzett COORDENAÇÃO DA FACULDADE: Priscila Basto Fagundes COORDENAÇÃO DO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU: Fernanda

Leia mais

Colóquio Internacional Democracia e interfaces digitais para a participação

Colóquio Internacional Democracia e interfaces digitais para a participação Colóquio Internacional Democracia e interfaces digitais para a participação pública (Projeto) PPG-AU/UFBA Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo 1 Contexto e justificativa Odesenvolvimento

Leia mais

UTILIZANDO ICONIX NO DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES DELPHI

UTILIZANDO ICONIX NO DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES DELPHI UTILIZANDO ICONIX NO DESENVOLVIMENTO DE APLICAÇÕES DELPHI Dr. George SILVA; Dr. Gilbert SILVA; Gabriel GUIMARÃES; Rodrigo MEDEIROS; Tiago ROSSINI; Centro Federal de Educação Tecnológica do Rio Grande do

Leia mais

Metodologia Científica PROJETO DE PESQUISA

Metodologia Científica PROJETO DE PESQUISA Metodologia Científica PROJETO DE PESQUISA Curso: Especialização em Redes Convergentes e Tecnologia de Voz sobre Ip Disciplina:Metodologia Científica Profa. : Kátia Lopes Silva FACULDADE DE CIÊNCIAS APLICADAS

Leia mais

Engenharia de Software Introdução. Ricardo Argenton Ramos UNIVASF Engenharia de Software I - Aula 1

Engenharia de Software Introdução. Ricardo Argenton Ramos UNIVASF Engenharia de Software I - Aula 1 Engenharia de Software Introdução Ricardo Argenton Ramos UNIVASF Engenharia de Software I - Aula 1 Tópicos Apresentação da Disciplina A importância do Software Software Aplicações de Software Paradigmas

Leia mais

Palavras-Chave: Aquisições; Planejamento de Aquisições; Controle de Aquisições; Projeto; Lead time; Processo; Meta.

Palavras-Chave: Aquisições; Planejamento de Aquisições; Controle de Aquisições; Projeto; Lead time; Processo; Meta. 1 A INFLUÊNCIA DO PLANEJAMENTO E CONTROLE DA AQUISIÇÃO NO PRAZO FINAL DO PROJETO Euza Neves Ribeiro Cunha RESUMO Um dos grandes desafios na gerência de projetos é planejar e administrar as restrições de

Leia mais

Universidade Federal de Santa Catarina Departamento de Informática e Estatística Curso de Bacharelado em Sistemas de Informação

Universidade Federal de Santa Catarina Departamento de Informática e Estatística Curso de Bacharelado em Sistemas de Informação Universidade Federal de Santa Catarina Departamento de Informática e Estatística Curso de Bacharelado em Sistemas de Informação Um Framework para Desenvolvimento de Workflows baseado em Padrões de Workflow

Leia mais

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO INSTITUCIONAL (PCI) Edital nº002/2015. 2º Processo Seletivo do PCI/IBICT de 2015

PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO INSTITUCIONAL (PCI) Edital nº002/2015. 2º Processo Seletivo do PCI/IBICT de 2015 PROGRAMA DE CAPACITAÇÃO INSTITUCIONAL (PCI) Edital nº002/2015 2º Processo Seletivo do PCI/IBICT de 2015 O INSTITUTO BRASILEIRO DE INFORMAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA (IBICT), Unidade de Pesquisa do Ministério

Leia mais

DSI é o processo cujo objetivo é introduzir mudanças num sistema de informação, com objetivo de melhorar o seu desempenho.

DSI é o processo cujo objetivo é introduzir mudanças num sistema de informação, com objetivo de melhorar o seu desempenho. - DSI DSI é o processo cujo objetivo é introduzir mudanças num sistema de informação, com objetivo de melhorar o seu desempenho. Preocupação: Problema técnicos Mudança na natureza e conteúdo do trabalho

Leia mais

Case APESC. Assessoria de Desenvolvimento Organizacional

Case APESC. Assessoria de Desenvolvimento Organizacional Case APESC Assessoria de Desenvolvimento Organizacional PROGRAMA Assessoria de Desenvolvimento Organizacional DO Gestão de Processos na APESC Metodologia Novo Olhar Benefícios e desafios Sistema de Gestão

Leia mais

Workflow Genético para Planejamento e Gerenciamento de Currículo em EAD

Workflow Genético para Planejamento e Gerenciamento de Currículo em EAD Workflow Genético para Planejamento e Gerenciamento de Currículo em EAD Autor: Robson da Silva Lopes 1, Orientadora: Prof a. Dr a. Márcia Aparecida Fernandes 1 1 Programa de Pós-Graduação em Ciência da

Leia mais

BPM Uma abordagem prática para o sucesso em Gestão de Processos

BPM Uma abordagem prática para o sucesso em Gestão de Processos BPM Uma abordagem prática para o sucesso em Gestão de Processos Este curso é ideal para quem está buscando sólidos conhecimentos em como desenvolver com sucesso um projeto de BPM. Maurício Affonso dos

Leia mais

A Informatização do Processo de Diplomação da Pós-Graduação na UFRGS

A Informatização do Processo de Diplomação da Pós-Graduação na UFRGS A Informatização do Processo de Diplomação da Pós-Graduação na UFRGS Thiago Stein Motta Elianara Corcini Lima Centro de Processamento de Dados Universidade Federal do Rio Grande do Sul {thiago, nara}@cpd.ufrgs.br

Leia mais

EDITAL PGPSE n 42/2014. Anexo II Roteiro Básico do Projeto

EDITAL PGPSE n 42/2014. Anexo II Roteiro Básico do Projeto EDITAL PGPSE n 42/2014 Anexo II Roteiro Básico do Projeto 1. TÍTULO DO PROJETO 2. INSTITUIÇÃO LÍDER 2.1 Nome da instituição 2.2 Sigla 2.3 Endereço 2.4 PPG da Instituição Líder vinculado ao Projeto 2.5

Leia mais

ERP: Pacote Pronto versus Solução in house

ERP: Pacote Pronto versus Solução in house ERP: Pacote Pronto versus Solução in house Introdução Com a disseminação da utilidade e dos ganhos em se informatizar e integrar os diversos departamentos de uma empresa com o uso de um ERP, algumas empresas

Leia mais

Valores de ATR e Preço da Tonelada de Cana-de-açúcar - Consecana do Estado de São Paulo

Valores de ATR e Preço da Tonelada de Cana-de-açúcar - Consecana do Estado de São Paulo Valores de ATR e Preço da Tonelada de Cana-de-açúcar - Consecana do Estado de São Paulo Safra 2015/2016 Mensal Acumulado Cana Campo (1) Cana Esteira (2) R$/Kg ATR R$/Kg ATR R$/Ton. R$/Ton. Abr/15 0,4909

Leia mais

MODELO DE GESTÃO DA INFORMAÇÃO COMO BASE DA AÇÃO COMERCIAL DE PEQUENAS EMPRESAS DE TI

MODELO DE GESTÃO DA INFORMAÇÃO COMO BASE DA AÇÃO COMERCIAL DE PEQUENAS EMPRESAS DE TI MODELO DE GESTÃO DA INFORMAÇÃO COMO BASE DA AÇÃO COMERCIAL DE PEQUENAS EMPRESAS DE TI Lina Krafta Proposta de Dissertação de Mestrado Orientador: Prof. Dr. Henrique Freitas Porto Alegre, 21 de Dezembro

Leia mais

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras realizar a pesquisa

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras realizar a pesquisa Núcleo de Pós Graduação Pitágoras realizar a pesquisa Como fazer pesquisa? interpretar resultados Especialização em Engenharia de Software com Ênfase em Java Disciplina: Orientação de Conclusão de Curso

Leia mais

PROCESSOS DE NEGÓCIOS: UMA VISÃO GERAL

PROCESSOS DE NEGÓCIOS: UMA VISÃO GERAL Universidade Federal de Santa Maria Sistemas de Informação ELC1093 Modelagem de Processos de Negócio PROCESSOS DE NEGÓCIOS: UMA VISÃO GERAL Profa. Lisandra Manzoni Fontoura Objetivos da Aula: Processos

Leia mais