: é o termo da oração que, através de um verbo, projeta alguma afirmação sobre o sujeito.

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download ": é o termo da oração que, através de um verbo, projeta alguma afirmação sobre o sujeito."

Transcrição

1 feita através do predicado. : é o termo da oração que funciona como suporte de uma afirmação : é o termo da oração que, através de um verbo, projeta alguma afirmação sobre o sujeito. A pequena criança Sujeito me contou a novidade com alegria no olhar. Predicado Para ajudar a localizar o sujeito há três critérios: Concordância: o verbo está sempre na mesma pessoa e número que o seu sujeito; Posição: normalmente, o sujeito precede o verbo e, mesmo que venha depois, pode ser transposto naturalmente para antes; Permutação: quando o núcleo do sujeito é um substantivo, pode ser permutado pelos pronomes ele, ela, eles, elas. Sujeito determinado: ocorre quando a terminação do verbo e o contexto permitem: - reconhecer que existe um elemento ao qual o predicado se refere;

2 - indicar quem é esse elemento. A carrocinha levou meu cachorro. O sujeito determinado pode ainda ser subclassificado como: Sujeito determinado simples: aquele que tem apenas um núcleo. A mãe levantou-se aborrecida. Sujeito determinado composto: aquele que tem mais de um núcleo. Arroz e feijão não saíam de nossos pratos. O sujeito determinado pode não ocorrer explícito na oração. Há quem costume classificá-lo como: - sujeito determinado implícito na desinência verbal; - sujeito elíptico; Vou ao cinema na sessão das dez. (sujeito = eu implícito na desinência verbal) Sujeito indeterminado: ocorre quando a terminação do verbo e o contexto permitem reconhecer que: - existe um elemento ao qual o predicado se refere, mas - não é possível identificar quem é, nem quantos são esses elementos. Chegaram da festa tarde demais. Há duas maneiras de se indeterminar o sujeito: - pode-se colocar o verbo na terceira pessoa do plural, sem referência a nenhum antecedente;

3 Dizem péssimas coisas sobre você. - justapondo-se o pronome se índice de indeterminação do sujeito ao verbo na terceira pessoa do singular. Precisa-se de balconista. * Quando o verbo está na terceira pessoa do plural, fazendo referência a elementos antecedentes, o sujeito classifica-se como determinado. A sua família não te respeita. Dizem péssimas coisas sobre você. * É preciso não confundir a classificação do sujeito em frases aparentemente equivalentes como as que seguem: Exemplos: Discutiu-se o fato. Discordou-se do fato. Na primeira, o sujeito é determinado; na segunda é indeterminado. Para compreender a diferença entre um caso e outro, é preciso levar em conta que o pronome se pode funcionar como: Partícula apassivadora: nesse caso, sempre há na frase um sujeito determinado; Índice de indeterminação do sujeito: nesse caso, o sujeito é indeterminado. Se Partícula apassivadora Quando o pronome se funciona como partícula apassivadora, ocorre a seguinte estrutura: Verbo na terceira pessoa (singular e plural) Pronome se; Um substantivo (ou palavra equivalente) não precedido de preposição; É possível a transformação na voz passiva com o verbo ser (voz passiva analítica). Contou se a história. verbo na 3ª pessoa pronome substantivo sem preposição. Transformação:

4 Foi contada voz passiva analítica (com o verbo ser) a história. A análise da frase anterior será então a seguinte: Contou se a história. Voz passiva partícula sujeito sintética ou apassivadora determinado pronominal simples Quando o pronome se funciona como índice de indeterminação do sujeito, ocorre esta estrutura: Verbo na terceira pessoa do singular; Pronome se; Não ocorre um substantivo sem preposição que possa ser colocado como sujeito do verbo na voz passiva analítica. Falou se da história. verbo na 3ª pronome substantivo com pessoa do preposição singular Transformação na voz passiva analítica não é possível. A frase terá então a seguinte análise:? falou se da história sujeito verbo índice de objeto indeterminado na voz indeterminação ativa do sujeito Sujeito inexistente: ocorre quando simplesmente não existe elemento ao qual o predicado se refere. Choveu durante o dia. O verbo que não tem sujeito chama-se impessoal e os verbos impessoais mais comuns são os seguintes: - haver: no sentido de existir, acontecer e na indicação de tempo passado.

5 Houve poucas reclamações. - fazer: na indicação de tempo passado e de fenômenos da natureza. Faz dois anos que te perdi. - ser: na indicação de tempo e distância. É dia. - todos os verbos que indicam fenômenos da natureza; Nevou durante a madrugada. Choveu muito durante o dia. Veja também: Tipos de Predicado

Sujeito determinado: ocorre quando a terminação do verbo e o contexto permitem: - reconhecer que existe um elemento ao qual o predicado se refere;

Sujeito determinado: ocorre quando a terminação do verbo e o contexto permitem: - reconhecer que existe um elemento ao qual o predicado se refere; Tipos de sujeito Sujeito determinado: ocorre quando a terminação do verbo e o contexto permitem: - reconhecer que existe um elemento ao qual o predicado se refere; - indicar quem é esse elemento. Exemplo:

Leia mais

Bárbara da Silva. Português. Aula 55 Classificação do sujeito

Bárbara da Silva. Português. Aula 55 Classificação do sujeito Bárbara da Silva Português Aula 55 Classificação do sujeito Classificação do Sujeito O sujeito das orações da língua portuguesa pode ser determinado ou indeterminado. Existem ainda as orações sem sujeito.

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA: REVISÃO DE TEXTO II

LÍNGUA PORTUGUESA: REVISÃO DE TEXTO II LÍNGUA PORTUGUESA: REVISÃO DE TEXTO II Prof. Francisco Platão Savioli ESTRUTURA SINTÁTICA DO PERÍODO SIMPLES (1) (TEMA 3) SUJEITO E PREDICADO Constituintes básicos da oração As chuvas sujeito provocaram

Leia mais

REVISÃO CONCEITOS GRAMATICAIS 9º ANO

REVISÃO CONCEITOS GRAMATICAIS 9º ANO REVISÃO CONCEITOS GRAMATICAIS 9º ANO Observe os exemplos... Marisa comprou um carro. São termos essenciais da oração: Sujeito É o termo da oração sobre quem se declara alguma coisa Predicado É tudo aquilo

Leia mais

Português 3º ano João J. Concordância Verbal

Português 3º ano João J. Concordância Verbal Português 3º ano João J. Concordância Verbal Concordância Verbal Concordância do verbo com o sujeito composto I. Quando o sujeito composto estiver posicionado antes do verbo, este ficará no plural. Ex.:

Leia mais

SUJEITO: O QUE É? QUAIS SÃO SEUS TIPOS?

SUJEITO: O QUE É? QUAIS SÃO SEUS TIPOS? Aulas 33 à 36 Prof. Sabrina Moraes SUJEITO: O QUE É? QUAIS SÃO SEUS TIPOS? O sujeito é o termo da oração que realiza ou sofre com uma ação verbal, concordando com o verbo e nomeando o ser do qual se declara

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA PROFª.: THAÍS

LÍNGUA PORTUGUESA PROFª.: THAÍS LÍNGUA PORTUGUESA PROFª.: THAÍS AULA 8 O VERBO E SEUS COMPLEMENTOS pág. 57 A ORAÇÃO E SUA ESTRUTURA BÁSICA Sujeito = o ser sobre o qual se declara alguma coisa. Predicado = o que se declara sobre o sujeito.

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 11 Sintaxe IV

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 11 Sintaxe IV LÍNGUA PORTUGUESA Professora Rosane Reis MÓDULO 11 Sintaxe IV CONCORDÂNCIA VERBAL REGRA GERAL O verbo concorda em número e pessoa com o sujeito. Com sujeito simples e singular ou substantivo coletivo,

Leia mais

CORREÇÃO DE ATIVIDADES DO CADERNO FOLHA DE PERGUNTAS SOBRE OS TIPOS DE SUJEITOS

CORREÇÃO DE ATIVIDADES DO CADERNO FOLHA DE PERGUNTAS SOBRE OS TIPOS DE SUJEITOS OLÉGIO IMACULADA CONCEIÇÃO 7º ano CORREÇÃO DE ATIVIDADES DO CADERNO FOLHA DE PERGUNTAS SOBRE OS TIPOS DE SUJEITOS 1) Quem é o sujeito de uma oração? Nas orações, o sujeito é um substantivo ou pronome com

Leia mais

Obs.: Essa regra de concordância é excessivamente cobrada por todas as bancas.

Obs.: Essa regra de concordância é excessivamente cobrada por todas as bancas. Obs.: Se o verbo haver, com o sentido de existir, for o principal de uma locução verbal, seu auxiliar também ficará no singular. Ex.: Deve haver reclamações. (Devem existir reclamações) Obs.: Essa regra

Leia mais

Colégio Diocesano Seridoense- CDS

Colégio Diocesano Seridoense- CDS Colégio Diocesano Seridoense- CDS SUJEITO E PREDICADO C A L I A N A M E D E I R O S A morfologia estuda as classes gramaticais, isto é, o campo da seleção, enquanto a sintaxe estuda o campo da combinação

Leia mais

Tipos de Sujeito. Profª Fernanda Machado

Tipos de Sujeito. Profª Fernanda Machado Tipos de Sujeito Profª Fernanda Machado Sujeito Simples: possui apenas um núcleo e este vem expresso na sentença. Os homens destroem a natureza. Quem destrói a natureza? Os homens Deus é perfeito! Quem

Leia mais

CURSO DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO PARÁ DATA 12/08/2016 DISCIPLINA PORTUGUÊS PROFESSOR RICARDO ERSE MONITOR LUCIANA FREITAS

CURSO DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO PARÁ DATA 12/08/2016 DISCIPLINA PORTUGUÊS PROFESSOR RICARDO ERSE MONITOR LUCIANA FREITAS CURSO DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO PARÁ DATA 12/08/2016 DISCIPLINA PORTUGUÊS PROFESSOR RICARDO ERSE MONITOR LUCIANA FREITAS AULA: 07 CONCORDÂNCIA Ementa Na aula de hoje serão abordados os seguintes

Leia mais

Português. Aula: 09/12. Prof. Felipe Oberg. Visite o Portal dos Concursos Públicos

Português. Aula: 09/12. Prof. Felipe Oberg.  Visite o Portal dos Concursos Públicos Português Aula: 09/12 Prof. Felipe Oberg UMA PARCERIA Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.BR Visite a loja virtual www.conquistadeconcurso.com.br MATERIAL DIDÁTICO EXCLUSIVO PARA

Leia mais

PROFESSORA PATRÍCIA TAVARES

PROFESSORA PATRÍCIA TAVARES PROFESSORA PATRÍCIA TAVARES 1. Verbo com sujeito simples O verbo concorda em número e pessoa, não interessando a posição. Ex.: Ele chegou tarde. 2. Sujeito composto antes do verbo a) o verbo vai para o

Leia mais

Lista 3 - Língua Portuguesa 1

Lista 3 - Língua Portuguesa 1 Lista 3 - Língua Portuguesa 1 Frase, oração e período; sujeito e predicado LISTA 3 - LP 1 - FRASE, ORAÇÃO E PERÍODO; SUJEITO E PREDICADO Frase, oração e período; sujeito e predicado Na fala ou na escrita,

Leia mais

TERMOS ESSENCIAIS DA ORAÇÃO

TERMOS ESSENCIAIS DA ORAÇÃO TERMOS ESSENCIAIS DA ORAÇÃO SUJEITO: DEFINIÇÃO 1. Termo da oração sobre o qual se dá uma informação; 2. Elemento do qual se fala na oração; 3. O ser a quem se refere a informação verbal da oração; TIPOS

Leia mais

Há dois sintagmas essenciais: o sintagma nominal (SN), cujo núcleo é um nome ou palavra que seja equivalente; e o sintagma verbal (SV) cujo núcleo é

Há dois sintagmas essenciais: o sintagma nominal (SN), cujo núcleo é um nome ou palavra que seja equivalente; e o sintagma verbal (SV) cujo núcleo é Há dois sintagmas essenciais: o sintagma nominal (SN), cujo núcleo é um nome ou palavra que seja equivalente; e o sintagma verbal (SV) cujo núcleo é uma forma verbal. Existem também o sintagma adjetival

Leia mais

ATENÇÃO! Material retirado da Internet, que eu considero de fonte segura e confiável. Os endereços estão no fim de cada assunto. TERMOS ESSENCIAIS DA ORAÇÃO Sujeito e Predicado Para que a oração tenha

Leia mais

TIPOS DE SUJEITO GRAMÁTICA

TIPOS DE SUJEITO GRAMÁTICA TIPOS DE SUJEITO GRAMÁTICA TIPOS DE SUJEITO SUJEITO SIMPLES As regras do sujeito simples e do composto são bem parecidas, mas não iguais! Possui apenas 1 núcleo; O núcleo do sujeito simples SÓ PODE SER:

Leia mais

Obs: *Predicativo do sujeito Ex.: A situação parece perfeita. * Predicativo do objeto Ex.: Os presos acharam a comida péssima.

Obs: *Predicativo do sujeito Ex.: A situação parece perfeita. * Predicativo do objeto Ex.: Os presos acharam a comida péssima. Obs: *Predicativo do sujeito Ex.: A situação parece perfeita. * Predicativo do objeto Ex.: Os presos acharam a comida péssima. Termos essenciais 1) Sujeito: é o termo a respeito do qual se declara alguma

Leia mais

CONCEITOS GRAMATICAIS PARA ESTUDO CARLA FRASE. FRASE VERBAL: é frase que apresenta verbo ou locução verbal.

CONCEITOS GRAMATICAIS PARA ESTUDO CARLA FRASE. FRASE VERBAL: é frase que apresenta verbo ou locução verbal. CONCEITOS GRAMATICAIS PARA ESTUDO CARLA FRASE É uma enunciado (uma mensagem) de sentido completo que estabelece comunicação. Toda frase deve ser pontuada. FRASE VERBAL: é frase que apresenta verbo ou locução

Leia mais

APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM GRAMÁTICA TRADICIONAL AULA 3: SINTAXE TERMOS ESSENCIAIS. Tutora: Ariana de Carvalho

APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM GRAMÁTICA TRADICIONAL AULA 3: SINTAXE TERMOS ESSENCIAIS. Tutora: Ariana de Carvalho APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM GRAMÁTICA TRADICIONAL AULA 3: SINTAXE TERMOS ESSENCIAIS Tutora: Ariana de Carvalho O QUE É SINTAXE? É a parte da gramática que estuda as relações entre as palavras dentro

Leia mais

COLÉGIO DIOCESANO SERIDOENSE. Professora: Caliana Medeiros.

COLÉGIO DIOCESANO SERIDOENSE. Professora: Caliana Medeiros. COLÉGIO DIOCESANO SERIDOENSE Professora: Caliana Medeiros. PREDICAÇÃO VERBAL Em função da relação que os verbos estabelecem com outras palavras, podemos dividi-los de duas maneiras: verbos de ligação verbos

Leia mais

Revisão:Tipos de sujeito

Revisão:Tipos de sujeito Revisão:Tipos de sujeito Sujeito Simples: possui apenas um núcleo. Exemplos: - Deus é perfeito! - A cegueira lhe torturava os últimos dias de vida. Sujeito Composto: possui dois ou mais núcleos. Exemplos:

Leia mais

Prof. Aramis de Cássio Internet: twitter:

Prof. Aramis de Cássio Internet:    twitter: Prof. Aramis de Cássio Internet: www.blogdoaramis.wordpress.com e-mail: aramisdecassio@rocketmail.com twitter: www.twitter.com/aramisdecassio São palavras que exprimem ação, estado, mudança de estado e

Leia mais

MATERIAL N. 1 AULA 01 SUJEITO: OS PRIMEIROS DIAS DE PAZ SINTAXE DO PERÍODO SIMPLES NÚCLEO DO SUJEITO: DIAS CONCEITOS FUNDAMENTAIS SUJEITO COMPOSTO

MATERIAL N. 1 AULA 01 SUJEITO: OS PRIMEIROS DIAS DE PAZ SINTAXE DO PERÍODO SIMPLES NÚCLEO DO SUJEITO: DIAS CONCEITOS FUNDAMENTAIS SUJEITO COMPOSTO AULA 01 SINTAXE DO PERÍODO SIMPLES CONCEITOS FUNDAMENTAIS FRASE Frase é todo enunciado capaz de transmitir nossas idéias. Uma lua clara iluminava o céu. Socorro! ORAÇÃO É toda frase construída em torno

Leia mais

PORTUGUÊS SÉRIE: Pré-Vestibular SINTAXE 1. Profª Raquel Sampaio

PORTUGUÊS SÉRIE: Pré-Vestibular SINTAXE 1. Profª Raquel Sampaio PORTUGUÊS SÉRIE: Pré-Vestibular SINTAXE 1 Profª Raquel Sampaio LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA SINTAXE 1 Profª. Raquel Freitas Sampaio É a parte da gramática que estuda as relações entre as palavras dentro

Leia mais

Cap. 5 Sujeito indeterminado e oração sem sujeito

Cap. 5 Sujeito indeterminado e oração sem sujeito Cap. 5 Sujeito indeterminado e oração sem sujeito Sujeito indeterminado Sujeito indeterminado é aquele que não é nomeado na oração, ou por não se querer nomeá-lo ou por se desconhecer quem pratica a ação.

Leia mais

Professora Kalyne Varela

Professora Kalyne Varela Professora Kalyne Varela 1. Fui eu que fiz o casamento. 4. Fui eu que fez o casamento. 8. Foste tu que fizeste o casamento. 16. Foste tu quem fez o casamento. 32. Fostes vós que fez o casamento. 64. Fostes

Leia mais

Regra geral de concordância verbal

Regra geral de concordância verbal Regra geral de concordância verbal O verbo concorda em número e pessoa com o seu sujeito. Há, entretanto, uma série de regras e exceções relativas a casos de concordância verbal, que devem ser examinadas

Leia mais

CURSO TJMG Nível Médio Oficial de Apoio Judiciário Nº

CURSO TJMG Nível Médio Oficial de Apoio Judiciário Nº CURSO TJMG Nível Médio Oficial de Apoio Judiciário Nº DATA 14/06/2016 DISCIPLINA Português - Gramática PROFESSOR Ricardo Erse MONITOR Paula Moura AULA 01/07 Ementa 1 Concordância... 2 a) Concordância nominal:...

Leia mais

Bárbara da Silva. Português. Aula 49 Vozes do verbo

Bárbara da Silva. Português. Aula 49 Vozes do verbo Bárbara da Silva Português Aula 49 Vozes do verbo Vozes do Verbo Dá-se o nome de voz à forma assumida pelo verbo para indicar se o sujeito gramatical é agente ou paciente da ação. São três as vozes verbais:

Leia mais

Sujeitos. Siene Alves Moreira Lucilene Eidna Faria. Faculdade Iseib BH Letras, 2º semestre/2013

Sujeitos. Siene Alves Moreira Lucilene Eidna Faria. Faculdade Iseib BH Letras, 2º semestre/2013 Sujeitos Siene Alves Moreira Lucilene Eidna Faria Faculdade Iseib BH Letras, 2º semestre/2013 Sujeitos Tipos de sujeitos: Sujeito simples Sujeito composto Sujeito indeterminado Sujeito inexistente O que

Leia mais

SINTAXE DA ORAÇÃO E PERÍODO

SINTAXE DA ORAÇÃO E PERÍODO SINTAXE DA ORAÇÃO E PERÍODO Frase, oração e período. Frase: É o enunciado com sentido completo, capaz de fazer uma comunicação - Atenção! -Ontem choveu. - Cuidado! - A moça atravessava a rua. Nem toda

Leia mais

REVISÃO DE ANÁLISE SINTÁTICA Período composto

REVISÃO DE ANÁLISE SINTÁTICA Período composto REVISÃO DE ANÁLISE SINTÁTICA Período composto Professora Melina 9º. Ano Relembrando... ORAÇÃO Enunciado organizado em torno de um verbo. Você abre a janela. PERÍODO SIMPLES frase formada por uma só oração.

Leia mais

REVISÃO DA SINTAXE. Elementos da análise sintática Problemas de concordância verbal. Prof. Paola C. Buvolini Freitas

REVISÃO DA SINTAXE. Elementos da análise sintática Problemas de concordância verbal. Prof. Paola C. Buvolini Freitas REVISÃO DA SINTAXE Elementos da análise sintática Problemas de concordância verbal Prof. Paola C. Buvolini Freitas paolabuvolini@gmail.com PREPOSIÇÕES palavras invariáveis DE (do, da, dos, das) indica

Leia mais

Nº da aula 02. Estudo da Sintaxe

Nº da aula 02. Estudo da Sintaxe Página1 Curso/Disciplina: Português para Concurso. Aula: Estudo da Sintaxe: Sujeito. Conceito; Classificações: sujeito determinado e indeterminado - 02 Professor (a): Rafael Cunha Monitor (a): Amanda Ibiapina

Leia mais

CONCORDÂNCIA VERBAL. Página 192

CONCORDÂNCIA VERBAL. Página 192 CONCORDÂNCIA VERBAL Página 192 CONCORDÂNCIA VERBAL É a concordância do verbo com seu sujeito, em número e pessoa. Regras 1) Sujeito COLETIVO = verbo no singular. Ex.: A multidão invadiu o estádio. 2) Sujeito

Leia mais

Prof. André Moraes CONCORDÂNCIA VERBAL

Prof. André Moraes CONCORDÂNCIA VERBAL Prof. André Moraes CONCORDÂNCIA VERBAL O verbo concorda com o sujeito em número e pessoa. Exemplos: Eu saí da sala. Tu saíste da sala. Os alunos saíram da sala. Regras: 1) Quando o sujeito é composto,

Leia mais

CONCORDÂNCIA N O M I N A L E V E R B A L. Prof. Jorge Viana

CONCORDÂNCIA N O M I N A L E V E R B A L. Prof. Jorge Viana CONCORDÂNCIA N O M I N A L E V E R B A L Prof. Jorge Viana Observe: (A) As crianças prendem a sacola no espaldar da cama. suj. na 3ª pes. pl. verbo na 3ª pes. pl. (B) Crianças órfãs são minoria nos orfanatos.

Leia mais

I. Sujeito e predicado: termos essenciais?

I. Sujeito e predicado: termos essenciais? Nome Nº Ano Turma Ensino Gabarito 8º Fund. II Disciplina Professora Natureza Código / Tipo Data Português Claudia Material de Apoio 5 MA5 2º / 2012 24/04/2012 Tema Estudos linguísticos: termos essenciais

Leia mais

Mapa Mental de Português Concordância Nominal

Mapa Mental de Português Concordância Nominal Mapa Mental de Português Concordância Nominal Mapas mentais de Portugês sobre concordância nominal. Mapa Mental de Português Concordância Verbal Diversos mapas mentais de Português sobre concordância verbal.

Leia mais

Concordância Verbal. É o estudo da flexão de número e pessoa que deve haver entre o verbo e o sujeito.

Concordância Verbal. É o estudo da flexão de número e pessoa que deve haver entre o verbo e o sujeito. Concordância Verbal Concordância Verbal É o estudo da flexão de número e pessoa que deve haver entre o verbo e o sujeito. O verbo sempre concorda com o sujeito simples em número e pessoa. O aluno veio

Leia mais

Sujeito Simples. Sujeito Composto antes do verbo O verbo vai para o plural concordando com o sujeito. 18/12/2009. Ele chegou tarde.

Sujeito Simples. Sujeito Composto antes do verbo O verbo vai para o plural concordando com o sujeito. 18/12/2009. Ele chegou tarde. Sujeito Simples O verbo concorda em número e pessoa com o sujeito. Ele chegou tarde. Nós voltaremos logo. Sujeito Composto antes do verbo O verbo vai para o plural concordando com o sujeito. Rafa e Edu

Leia mais

Bárbara da Silva. Português. Aula 54 Predicado II

Bárbara da Silva. Português. Aula 54 Predicado II Bárbara da Silva Português Aula 54 Predicado II Predicado Nominal Apresenta as seguintes características: a) Possui um nome (substantivo ou adjetivo) como núcleo; b) É formado por um verbo de ligação mais

Leia mais

o erro: Vamos retomar o período simples do exemplo anterior e observar a classe gramatical e a função sintática da palavra

o erro: Vamos retomar o período simples do exemplo anterior e observar a classe gramatical e a função sintática da palavra Vamos retomar o período simples do exemplo anterior e observar a classe gramatical e a função sintática da palavra o erro: Neymar não admitiu o erro do juiz. suj VTD função: núcleo do direto classe: substantivo

Leia mais

Aula 7 O sujeito gramatical: tipologia (primeira parte)

Aula 7 O sujeito gramatical: tipologia (primeira parte) Aula 7 O sujeito gramatical: tipologia (primeira parte) Pablo Faria HL220C Prática de análise gramatical IEL/UNICAMP SUMÁRIO O SUJEITO GRAMATICAL: TIPOLOGIA Quantidade de núcleos Colocação Realização e

Leia mais

FUNDAÇÃO EUCLIDES DA CUNHA CONCURSO PÚBLICO DE SÃO MATEUS RESPOSTA AO RECURSO DA PROVA OBJETIVA

FUNDAÇÃO EUCLIDES DA CUNHA CONCURSO PÚBLICO DE SÃO MATEUS RESPOSTA AO RECURSO DA PROVA OBJETIVA CONCURSO PÚBLICO DE SÃO MATEUS CARGO: Fonoaudiólogo S 43 QUESTÃO NÚMERO: 03 Embora a candidata não tenha apresentado fundamentação teórica, para dar origem ao presente recurso, esta Banca informa que a

Leia mais

Concordância verbal e nominal

Concordância verbal e nominal Concordância verbal e nominal Eudenise de Albuquerque Limeira Concordância verbal A regra básica da concordância verbal é o verbo concordar em número (singular ou plural) e pessoa (1ª, 2ª ou 3ª) com o

Leia mais

CONCORDÂNCIA VERBAL PROFESSORA: JOSIANE

CONCORDÂNCIA VERBAL PROFESSORA: JOSIANE CONCORDÂNCIA VERBAL PROFESSORA: JOSIANE SINTAXE Concordância Verbal Ocorre quando o verbo se flexiona para concordar com o seu sujeito. Ex.: Ele gostava daquele seu jeito carinhoso de ser./ Eles gostavam

Leia mais

CONCORDÂNCIA VERBAL Ocorre quando o verbo se flexiona para concordar com seu sujeito. Regra Geral: O sujeito concordará o verbo em número e pessoa.

CONCORDÂNCIA VERBAL Ocorre quando o verbo se flexiona para concordar com seu sujeito. Regra Geral: O sujeito concordará o verbo em número e pessoa. CONCORDÂNCIA VERBAL Ocorre quando o verbo se flexiona para concordar com seu sujeito. Regra Geral: O sujeito concordará o verbo em número e pessoa. A orquestra tocou uma valsa longa. 3ª p. Singular 3ª

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA 7 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª SHEILA RODRIGUES PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS

LÍNGUA PORTUGUESA 7 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª SHEILA RODRIGUES PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS LÍNGUA PORTUGUESA 7 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª SHEILA RODRIGUES PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade IV Ciência- O homem na construção do conhecimento 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES

Leia mais

Prof.ª Cristiana Ferreira Nunes

Prof.ª Cristiana Ferreira Nunes Prof.ª Cristiana Ferreira Nunes 2012 São Subordinadas Substantivas as orações equivalentes a substantivos dos períodos simples. Exemplos: Período simples: Substantivo (núcleo do OD) Quero a sua presença

Leia mais

Lições de Português pela análise sintática

Lições de Português pela análise sintática Evanildo Bechara Professor Titular e Emérito da Universidade do Estado do Riy'deJãneÍro;(tJERj) e da Universidade Federal Fluminense (UFF) Membro da A caciemia 'Brasileira de Letras e da Academia Brasileira

Leia mais

Funções do pronome se. Pronome reflexivo. Narciso contemplava-se na água. = Narciso contemplava a si próprio. sujeito

Funções do pronome se. Pronome reflexivo. Narciso contemplava-se na água. = Narciso contemplava a si próprio. sujeito FUNÇÕES DO PRONOME SE Prof. Daniel Funções do pronome se - pronome reflexivo - pronome apassivador - índice de indeterminação do sujeito Pronome reflexivo Narciso contemplava-se na água. = Narciso contemplava

Leia mais

Português. Profa. Flávia Rita

Português. Profa. Flávia Rita Português Profa. Flávia Rita Pergunta da Aluna: Danny Unidade: Para de minas 1- você mencionou em uma de suas aulas sobre pronome que o SE (sendo pronome apassivador) segue a regra dos demais pronomes

Leia mais

Concordância e Regência Verbais

Concordância e Regência Verbais Concordância e Regência Verbais Enem 15 semanas 1. Para que se respeite a concordância verbal, será preciso corrigir a frase: a) Têm havido dúvidas sobre a capacidade do sistema de saúde cubano. b) Têm

Leia mais

PORTUGUÊS 1 PORTUGUÊS TEXTO 1 TEXTO 3 TEXTO 4 TEXTO 2

PORTUGUÊS 1 PORTUGUÊS TEXTO 1 TEXTO 3 TEXTO 4 TEXTO 2 TEXTO 1 TEXTO 3 TEXTO 4 TEXTO 2 1 PORTUGUÊS QUESTÃO 01 O texto afirma que os registros iniciais são oriundos dos relatos orais de marinheiros, o que invalida o item I. Logo no início do texto, tem-se que

Leia mais

Bárbara da Silva. Português. Aula 20 Concordância verbal II

Bárbara da Silva. Português. Aula 20 Concordância verbal II Bárbara da Silva Português Aula 20 Concordância verbal II 7) Com a expressão "um dos que", embora alguns gramáticos considerem a concordância facultativa, a preferência é pelo uso verbo no plural, para

Leia mais

Concordância Nominal

Concordância Nominal Concordância Nominal Concordância nominal nada mais é que o ajuste que fazemos aos demais termos da oração para que concordem em gênero e número com o substantivo. Teremos que alterar, portanto, o artigo,

Leia mais

Aula 01 CONCORDÂNCIA VERBAL TEORIA (PARTE 1).

Aula 01 CONCORDÂNCIA VERBAL TEORIA (PARTE 1). Curso/Disciplina: Português para Concursos (Concordância Verbal) Aula: Português para Concursos (Concordância Verbal) - 01 Professor : André Moraes Monitor : Virgilio Frederich Aula 01 CONCORDÂNCIA VERBAL

Leia mais

Concordância Verbal. Prof. Cláudio Ribeiro

Concordância Verbal. Prof. Cláudio Ribeiro Concordância Verbal Regra Geral : O verbo concorda com o sujeito em pessoa e número. Exemplos: Realizou-se, em janeiro, visita à sede da empresa. Na ocasião, abordaram-se os aspectos financeiros, contábeis

Leia mais

Professor Marlos Pires Gonçalves

Professor Marlos Pires Gonçalves Concordância verbal Introdução Este tutorial é uma proposta de ensino que tem por objetivo ajudar pessoas de diferentes níveis de aprendizagem a resolver dificuldades que encontram no estudo da concordância

Leia mais

a) Quando o sujeito for representado pelos pronomes - isto, isso, aquilo, tudo, o - e o predicativo estiver no plural.

a) Quando o sujeito for representado pelos pronomes - isto, isso, aquilo, tudo, o - e o predicativo estiver no plural. O Verbo "Ser" A concordância verbal se dá sempre entre o verbo e o sujeito da oração. No caso do verbo ser, essa concordância pode ocorrer também entre o verbo e o predicativo do sujeito. O verbo ser concordará

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 12 Concordância Verbal e Nominal

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 12 Concordância Verbal e Nominal LÍNGUA PORTUGUESA Professora Rosane Reis MÓDULO 12 Concordância Verbal e Nominal CONCORDÂNCIA VERBAL REGRA GERAL O verbo concorda em número e pessoa com o sujeito. Com sujeito simples e singular ou substantivo

Leia mais

1º Curso de Redação Josiene Duarte e Vinícius de Sousa Marina Luizato e Morgana Alves

1º Curso de Redação Josiene Duarte e Vinícius de Sousa Marina Luizato e Morgana Alves 1º Curso de Redação Josiene Duarte e Vinícius de Sousa Marina Luizato e Morgana Alves Quando bate uma saudade Vem quando bate uma saudade Triste, carregado de emoção Ou aflito quando um beijo já não arde

Leia mais

Morfologia, Sintaxe e Morfossintaxe substantivo, verbo, Morfologia. Morfologia classes gramaticais

Morfologia, Sintaxe e Morfossintaxe substantivo, verbo, Morfologia. Morfologia classes gramaticais Língua Portuguesa Nesta bimestral você aprendeu sobre diversos conceitos como Morfologia, Sintaxe e Morfossintaxe, e partir desses conceitos vamos revisar os principais assuntos estudados. Quando falamos

Leia mais

Fernando Gonsales. Niquel Náusea Mickey é a vovozinha. São Paulo. CircoSampa,1991.p.24.

Fernando Gonsales. Niquel Náusea Mickey é a vovozinha. São Paulo. CircoSampa,1991.p.24. CONCORDÂNCIA NOMINAL REGRA GERAL TEXTO I - Leia atentamente a tirinha que se segue. Fernando Gonsales. Niquel Náusea Mickey é a vovozinha. São Paulo. CircoSampa,1991.p.24. Observe, no 1º e no 2º quadrinhos,

Leia mais

Bárbara da Silva. Português. Aula 52 Adjunto adnominal

Bárbara da Silva. Português. Aula 52 Adjunto adnominal Bárbara da Silva Português Aula 52 Adjunto adnominal Adjunto Adnominal É o termo que determina, especifica ou explica um substantivo. O adjunto adnominal possui função adjetiva na oração, a qual pode ser

Leia mais

PORTUGUÊS - SINTAXE (ESTUDO DIRIGIDO)

PORTUGUÊS - SINTAXE (ESTUDO DIRIGIDO) Instituto de Educação Infantil e Juvenil 9º ANO Outono, 2017. Londrina, de. Nome: Hora de início: PORTUGUÊS - SINTAXE (ESTUDO DIRIGIDO) ANTÔNIO VIEIRA Reproduzimos aqui um pequeno trecho do famoso Sermão

Leia mais

Concordância. 1

Concordância.  1 Sumário Concordância Visão Geral... 4 Concordância verbal - Visão Geral... 5 Verbo fazer haver e ser visão geral... 6 Visc - HFs - Haver e fazer indicando tempo... 7 Visc - Hfs - Verbo haver - existência

Leia mais

Exemplos adicionais: CERVEJA É BOM. A CERVEJA É BOA. ENTRADA É PROIBIDO. A ENTRADA É PROIBIDA.

Exemplos adicionais: CERVEJA É BOM. A CERVEJA É BOA. ENTRADA É PROIBIDO. A ENTRADA É PROIBIDA. Exemplos adicionais: CERVEJA É BOM. A CERVEJA É BOA. ENTRADA É PROIBIDO. A ENTRADA É PROIBIDA. 11) Haja vista. Ex.: Haja vista os resultados. (invariável) Obs.: Admitem-se também duas outras construções.

Leia mais

13) As expressões perto de e cerca de levam o verbo a concordar com o numeral. Ex.: Cerca de vinte pessoas estavam na loja.

13) As expressões perto de e cerca de levam o verbo a concordar com o numeral. Ex.: Cerca de vinte pessoas estavam na loja. 13) As expressões perto de e cerca de levam o verbo a concordar com o numeral. Ex.: Cerca de vinte pessoas estavam na loja. 14) Concordância com mais de e menos de. * Com numeral um: verbo no singular.

Leia mais

O QUE É A CRASE? (preposição exigida pelo verbo ir + artigo acompanha o substantivo cidade)

O QUE É A CRASE? (preposição exigida pelo verbo ir + artigo acompanha o substantivo cidade) CRASE O QUE É A CRASE? Crase é a união, a fusão de duas vogais iguais. A crase é representada pelo acento grave (`). Observe com atenção as construções abaixo: Ex.: Hoje você irá A + A cidade. (preposição

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ COORDENADORIA DE CONCURSOS CCV PARECER

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ COORDENADORIA DE CONCURSOS CCV PARECER Questão 24 A questão 24 aborda sintaxe. O candidato deve identificar a frase em que o pronome oblíquo de 1ª pessoa me pode ser substituído pelo pronome de terceira pessoa lhe, noutras palavras, a frase

Leia mais

Integrado Aulas 45 e 46 Apostila 6 Colocação Pronominal. Prof. Eloy Gustavo

Integrado Aulas 45 e 46 Apostila 6 Colocação Pronominal. Prof. Eloy Gustavo Integrado Aulas 45 e 46 Apostila 6 Colocação Pronominal Colocação Pronominal Definição: conjunto de regras que determinam a colocação dos pronomes oblíquos átonos. Pronomes Oblíquos Átonos: 1ª pessoa 2ª

Leia mais

Sujeito. Estudo do sujeito. Como identificar o sujeito? 29/12/ É o elemento a respeito de quem se diz alguma coisa.

Sujeito. Estudo do sujeito. Como identificar o sujeito? 29/12/ É o elemento a respeito de quem se diz alguma coisa. Eu Palavra Cantada Estudo do Professor Jailton Gêiser Fountain Sujeito - É o elemento a respeito de quem se diz alguma coisa. - É o termo da oração sobre o qual incide a informação prestada pelo. Como

Leia mais

PROFESSOR FELIPE OBERG

PROFESSOR FELIPE OBERG Conteúdo programático: 1 Compreensão e interpretação de textos. 2 Tipologia textual. 3 Ortografia oficial. 4 Acentuação gráfica. 5 Emprego das classes de palavras. 6 Emprego do sinal indicativo de crase.

Leia mais

Língua Portuguesa. Professoras: Fernanda e Danúzia

Língua Portuguesa. Professoras: Fernanda e Danúzia Língua Portuguesa Professoras: Fernanda e Danúzia Nesta bimestral você aprendeu sobre diversos conceitos como Morfologia, Sintaxe e Morfossintaxe, e partir desses conceitos vamos revisar os principais

Leia mais

- Transitivo direto e indireto O garoto ofereceu. - Verbo intransitivo Ele morreu. A criança dormiu.

- Transitivo direto e indireto O garoto ofereceu. - Verbo intransitivo Ele morreu. A criança dormiu. - Transitivo direto e indireto O garoto ofereceu - Verbo intransitivo Ele morreu. A criança dormiu. COMPLEMENTO NOMINAL É o termo que completa o sentido de uma palavra que não seja verbo. Assim, pode referir-se

Leia mais

Gêneros e Tipologia textuais e seus elementos constituintes (1).

Gêneros e Tipologia textuais e seus elementos constituintes (1). Aula Demonstrativa Compreensão e interpretação de textos verbais e não verbais. Análise de discursos no plano das relações entre Linguagem, Comunicação e Sociedade. Produção e recepção textuais nas práticas

Leia mais

Português. Profa. Flávia Rita

Português. Profa. Flávia Rita Português Profa. Flávia Rita Pergunta da Aluna: Mariana Antunes Pereira Unidade:Conselheiro lafaiete Falar sobre completo e adjunto adnominal, as diferenças e particularidades de cada um. Resposta : Complemento

Leia mais

ELEMENTAR da LÍNGUA PORTUGUESA

ELEMENTAR da LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA ELEMENTAR da LÍNGUA PORTUGUESA A. Gomes Ferreira J. Nunes de Figueiredo 2. CICLO Oo Introdução I. ONDE SE FALA A LÍNGUA PORTUGUESA II. A PALAVRA. A FRASE. SINTAXE E MORFOLOGIA MATÉRIA DAS UNIDADES

Leia mais

JOSÉ ALMIR FONTELLA DORNELLES

JOSÉ ALMIR FONTELLA DORNELLES JOSÉ ALMIR FONTELLA DORNELLES Edição comemorativa de 20 anos. Revista, ampliada, novos exercícios e questões. 20ª edição Brasília 2014 2014 Vestcon Editora Ltda. Todos os direitos autorais desta obra são

Leia mais

VERBOS. Profª Giovana Uggioni Silveira

VERBOS. Profª Giovana Uggioni Silveira VERBOS Profª Giovana Uggioni Silveira AÇÃO ESTADO FENÔMENOS DA NATUREZA FORMAS NOMINAIS DO VERBO Infinitivo (amar, fazer, partir, comemorar, por, ser, ir) terminados em AR - 1ª conjugação terminados em

Leia mais

Estudos de morfologia verbal: aspectos verbais, paradigmas de conjugação e tempos verbais

Estudos de morfologia verbal: aspectos verbais, paradigmas de conjugação e tempos verbais COLÉGIO DELOS APARECIDA DE GOIÂNIA ENSINO MÉDIO GRAMÁTICA DA LÍNGUA PORTUGUESA TEMA: Estudos de morfologia verbal: aspectos verbais, paradigmas de conjugação e tempos verbais Professor Eliel de Queiroz

Leia mais

Capítulo 2 - Acentuação gráfica Regras gerais...10 Casos especiais...10 Prosódia...12 Exercícios...14

Capítulo 2 - Acentuação gráfica Regras gerais...10 Casos especiais...10 Prosódia...12 Exercícios...14 Sumário Capítulo 1 - Noções de fonética... 2 Fonemas...2 Letra...2 Sílaba...2 Número de sílabas...3 Tonicidade...3 Posição da sílaba tônica...3 Dígrafos...3 Encontros consonantais...3 Encontros vocálicos...4

Leia mais

Português. Sintaxe da Oração (Análise Sintática) Professor Carlos Zambeli.

Português. Sintaxe da Oração (Análise Sintática) Professor Carlos Zambeli. Português Sintaxe da Oração (Análise Sintática) Professor Carlos Zambeli www.acasadoconcurseiro.com.br Português SINTAXE DA ORAÇÃO (ANÁLISE SINTÁTICA) Frase: é o enunciado com sentido completo, capaz

Leia mais

COLÉGIO DIOCESANO SERIDOENSE

COLÉGIO DIOCESANO SERIDOENSE COLÉGIO DIOCESANO SERIDOENSE 8º ano Professora: Allana Rauana Almeida Cortez. Dá-se o nome de VOZ à forma assumida pelo verbo para indicar se o sujeito gramatical é AGENTE ou PACIENTE da ação. As vozes

Leia mais

Sumário. Apresentação. Parte 1 Período simples 1 Quadro geral dos termos da oração 3 Frase, oração e período 3

Sumário. Apresentação. Parte 1 Período simples 1 Quadro geral dos termos da oração 3 Frase, oração e período 3 Sumário Prefácio Apresentação XIII XV Parte 1 Período simples 1 Quadro geral dos termos da oração 3 Frase, oração e período 3 1. Tipologia do sujeito 6 Método para identificar o sujeito 6 Sujeito simples

Leia mais

Os casos especiais do sujeito composto: a) Quando o sujeito composto estiver antes do verbo, esse último ficará no plural.

Os casos especiais do sujeito composto: a) Quando o sujeito composto estiver antes do verbo, esse último ficará no plural. Os casos especiais do sujeito composto: a) Quando o sujeito composto estiver antes do verbo, esse último ficará no plural. Exemplo: Paola e Pedro gostaram do seu interesse em vender a casa. b) Quando o

Leia mais

Professor Marlos Pires Gonçalves

Professor Marlos Pires Gonçalves PRONOMES PRONOMES INDEFINIDOS Os pronomes indefinidos são palavras que se referem a 3ª pessoa gramatical de modo vago, sem precisão, indeterminado. Alguém telefonou para você. Algumas pessoas tumultuaram

Leia mais

CONCURSO IGP INSTITUTO GERAL DE PERÍCIAS 20 DICAS DE PORTUGUÊS

CONCURSO IGP INSTITUTO GERAL DE PERÍCIAS 20 DICAS DE PORTUGUÊS CONCURSO IGP INSTITUTO GERAL DE PERÍCIAS 20 DICAS DE PORTUGUÊS #1 20 DICAS DE PORTUGUÊS USO DOS PORQUÊS GRAFIA POR QUE PORQUE POR QUÊ PORQUÊ USO Substituível pelas expressões pelo(s) qual(s), pela(s) qual(s);

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE: língua Apinayé, sintaxe, educação escolar indígena.

PALAVRAS-CHAVE: língua Apinayé, sintaxe, educação escolar indígena. ASPECTOS SINTÁTICOS DA LÍNGUA APINAYÉ Loureane Rocha de SOUZA 1 Francisco Edviges ALBUQUERQUE 2 1 Aluna do curso de Licenciatura em Letras; Universidade Federal do Tocantins, campus de Araguaína; e- mail:

Leia mais

TERMOS RELACIONADOS AO VERBO

TERMOS RELACIONADOS AO VERBO TERMOS RELACIONADOS AO VERBO objeto direto objeto indireto V E R B O agente da passiva adjunto adverbial ADJUNTO ADVERBIAL: é o termo da oração que indica as circunstâncias em que se dá a ação verbal (de

Leia mais

Professor Marlos Pires Gonçalves

Professor Marlos Pires Gonçalves COLOCAÇÃO PRONOMINAL Em relação ao verbo os pronomes oblíquos átonos (me, nos, te, vos, o, a, os, as, lhe, lhes, se) podem aparecer em três posições distintas: Antes do verbo PRÓCLISE; No meio do verbo

Leia mais

Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS APRESENTAÇÃO PARTE I FONÉTICA

Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS APRESENTAÇÃO PARTE I FONÉTICA Súmario Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS... 15 APRESENTAÇÃO... 17 PARTE I FONÉTICA CAPÍTULO 1 ORTOGRAFIA... 21 1. Introdução... 21 2. O alfabeto...21 3. Emprego das letras

Leia mais

Evento: Seleção para o Semestre I das Casas de Cultura Estrangeira PARECER

Evento: Seleção para o Semestre I das Casas de Cultura Estrangeira PARECER Questão 22 A questão 22 trata de sintaxe, especificamente, item 4.4 do Programa: distinção entre regentes e regidos. É correta a alternativa B. No trecho até incendiar a secretaria da escola para queimar

Leia mais

Estudo do Predicado e Predicativo do Sujeito

Estudo do Predicado e Predicativo do Sujeito Estudo do Predicado e Predicativo do Sujeito O estudo do predicado O predicado, como já vimos, é o termo da oração que contém o verbo. Apesar de sujeito e predicado serem termos essenciais da oração, há

Leia mais