I. Sujeito e predicado: termos essenciais?

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "I. Sujeito e predicado: termos essenciais?"

Transcrição

1 Nome Nº Ano Turma Ensino Gabarito 8º Fund. II Disciplina Professora Natureza Código / Tipo Data Português Claudia Material de Apoio 5 MA5 2º / /04/2012 Tema Estudos linguísticos: termos essenciais e termos complementares da oração I. Sujeito e predicado: termos essenciais? Você sabe que a essência da oração ou da frase verbal é o fato de o seu núcleo ser um verbo e este determinar as funções dos outros termos, por isso podemos afirmar que não há oração sem PREDICADO, embora possa haver oração sem SUJEITO. PREDICADO e SUJEITO são chamados termos essenciais da oração. O predicado compõe-se do verbo e todas as outras palavras que a ele estejam ligadas. Assim sendo, o núcleo do predicado é o verbo. O sujeito é a pessoa, ser, objeto ou abstração (ideia) e todas as palavras que lhe estejam ligadas, a quem o predicado se refere; particularmente o verbo com o qual concorda em número e pessoa. Discuta com seu colega: Nenhuma alma viva compareceram ao funeral do prefeito. Quantas estranhezas vocês notam no enunciado? A primeira análise que se faz do sujeito é se ele é determinável ou não. Dessa análise pode-se classificálo em SUJEITO DETERMINADO (de 1ª, 2ª ou 3ª pessoa) ou em SUJEITO INDETERMINADO (3ª pessoa do plural ou com um verbo pronominal (pronome SE) na 3ª pessoa do singular). A segunda análise que se faz do sujeito, sendo ele determinado, trata da quantidade, o número, de pessoas, seres objetos ou abstrações que o compõe. Dessa análise pode-se classificá-lo em SIMPLES ou COMPOSTO. A terceira análise que se faz do sujeito é obrigatória quando não há uma pessoa, um ser, abstração ou objeto explícito e só é possível reconhecer na desinência número-pessoal do verbo, a pessoa gramatical a quem o verbo se remete. Nesse caso, o sujeito recebe a classificação de OCULTO. Há um último caso que é a oração sem sujeito. É muito fácil compreender essa classificação, basta pensar que o verbo refere-se a fenômenos naturais e por isso não há alguém, um sujeito, que os promova. Exemplo: Chove. Anoitece. Relampeja, etc. O núcleo do sujeito é, quase sempre, o nome de um ser, pessoa, objeto ou abstração, portanto um substantivo ou um pronome pessoal, um pronome demonstrativo, um pronome interrogativo ou um pronome indefinido. É possível, ainda, que o núcleo do sujeito seja um numeral ou uma expressão substantivada. Para relembrar, complete a tabela abaixo com os pronomes: Pronomes Pronomes pessoais Pronomes demonstrativos Pronomes Interrogativos 1ª pessoa - Singular 2ª pessoa - Singular 3ª pessoa - Singular 1ª pessoa Plural 2ª pessoa Plural 3ª pessoa Plural Pronomes Indefinidos

2 II. Primeiros passos para análise sintática do período simples: 1º. Encontre o verbo; 2º. Analise a desinência número-pessoal e determine a que pessoa gramatical o verbo se refere; 3º. Procure o sujeito, certificando-se de que ele concorda com o verbo; 4º. Isole o sujeito entre colchetes [ ] e depois o predicado também entre colchetes. 5º. Grife o núcleo do sujeito e depois o núcleo do predicado. III. O Sujeito e a significação do verbo Muitas vezes, dizemos que um verbo é aquele que expressa ação contida em um enunciado. Porém, se analisarmos detidamente os textos, perceberemos que o verbo também pode expressar um estado. Ora, qual a diferença entre AÇÃO e ESTADO? Pesquise com seu colega: abra na página 62 de seu livro didático e leia o texto O Boi de Guia. Grife com um traço os verbos que expressem estado e com dois traços os verbos que expressem ação. IV. SEM PREDICADO! Não. Sempre com predicados. Já concluímos que há orações que não tem sujeito, mas nunca haverá sem predicado. Agora observamos que os verbos podem expressar AÇÃO, ESTADO ou PROCESSO. Mas o que é o predicado? Predicado é qualquer declaração, ainda que sem referência a um ser. Leia e discuta com seus colegas: Era uma vez um casal: Modesto e Ana. Modesto e Ana foram para Brasília. Viajaram de avião e houve turbulência. Fazia um tempo horrível! Nunca passaram tanto medo. Quase morreram! a. Analise os tipos de sujeito existentes e classifique-os em seu caderno. b. Dê explicações lógicas para a utilização de cada um dos sujeitos. c. Quais verbos têm sentido se enunciados sem complementos? d. Quais verbos exigem complementos para terem sentido? e. Quais verbos denotam ação praticada ocorrida e quais denotam estado? f. Há algum verbo que pode ser entendido em duplo sentido? Qual e por quê? V. Tipos de predicados Diante das respostas ao exercício anterior, você já percebeu que há diferentes tipos de predicados que são classificados da seguinte forma: Predicado verbal É constituído por um verbo significativo, que podem ser intransitivos ou transitivos. Verbos intransitivos São aqueles que possuem sentido completo, não exigem complemento. O meu sobrinho já nasceu. 2 LP8º_1tri12_MA5 - gabarito

3 Verbos transitivos - São aqueles precisam ser complementados, porque tem sentido, mas não completo. Note: Os rapazes jogam. O presidente falou. Ana escreveu. Você está satisfeito com essas informações? Esse complemento pode ligar-se diretamente ao verbo (verbo transitivo direto exige Objeto direto) ou por intermédio de uma preposição (verbo transitivo indireto exige Objeto indireto). Em alguns casos o verbo exige os dois tipos. Os rapazes jogam vôlei. (Objeto Direto - "futebol") O presidente falou ao povo. (Objeto Indireto - "ao país") Ana escreveu uma carta à tia. (Objeto direto e indireto - "uma carta", - "à tia") Pesquise com seu colega: Volte ao texto da página 62 de seu livro didático e leia o texto O Boi de Guia. Reveja os verbos grifados com dois traços os verbos e classifique-os quanto à transitividade. Utilize a legenda, colocando a sigla em cima dos verbos: VI VTD VTI VTDI Verbo intransitivo Verbo transitivo direto Verbo transitivo indireto Verbo transitivo direto e indireto Predicado nominal é formado por um verbo de ligação, sem significação definida, e exige a presença de um elemento que lhe conceda sentido, ao qual chamamos predicativo do sujeito. Esta paisagem é bonita. ("bonita" - predicativo do sujeito) Esta paisagem anda bonita. Esta paisagem parece bonita. Esta paisagem continua bonita. Esta paisagem permanece bonita. Esta paisagem vive bonita. Os principais verbos de ligação são: ser, estar, parecer, andar, continuar, ficar, permanecer. Note, porém, que há verbos que são retirados do seu campo de significação original e tem sentidos outros como é o caso dos verbos andar e viver. Nesse caso, deverá ser analisado o sentido do enunciado: Discuta com seu colega: Ele anda com seus cavalos todos os dias. Ele anda atrasado todos os dias. Explique a diferença dessas orações. 3 LP8º_1tri12_MA5 - gabarito

4 Predicado Verbo-Nominal: tem por núcleo um verbo significativo e o predicativo do sujeito. Nesse caso, o verbo significativo também faz a função de ligação entre o predicativo e o sujeito. Discuta com seu colega: Considerando as orações: O trem chegou na estação. O trem estava atrasado. transforme-as em uma única oração com o mesmo sentido e diga quantas informações são dadas sobre o sujeito simples TREM. ATIVIDADES PRÁTICAS 1) Considerando os estudos realizados sobre o sujeito, analise as orações abaixo classifique todos os termos essenciais, inclusive quanto à transitividade verbal. a) O gato de pelo branco dormiu no telhado. Sujeito Simples: O gato de pelo branco Núcleo do Sujeito Simples: gato Predicado Verbal: dormiu no telhado Núcleo do predicado verbal: dormiu (verbo intransitivo) b) Os meus dois irmãos viajaram. Sujeito Simples: Os meus dois irmãos Núcleo do Sujeito Simples: irmãos Predicado Verbal: viajaram Núcleo do predicado verbal: viajaram (verbo intransitivo) c) Viver é bom. Sujeito Simples: Viver Núcleo do Sujeito simples: viver Verbo de ligação: é Predicado Nominal: é bom Predicativo do Sujeito: bom Núcleo do predicado nominal: bom d) Despreocupadas, as pessoas passeavam. Sujeito Simples: As pessoas Núcleo do sujeito simples: pessoas Predicado verbo-nominal: passeavam despreocupadas Predicado verbal/núcleo do predicado verbal: passeavam Predicado nominal/predicativo do sujeito: despreocupadas. e) Nada foi tão belo. Sujeito Simples: Nada Núcleo do sujeito simples: nada Predicado nominal: foi [tão] belo Verbo de ligação: foi predicativo do sujeito: belo f) As doenças e as guerras ceifam milhares de vidas. Sujeito Composto: As doenças e as guerras Núcleo do Sujeito Simples: doenças, guerras Predicado Verbal: ceifam milhares de vidas Núcleo do predicado verbal: ceifam (verbo transitivo direto) 4 LP8º_1tri12_MA5 - gabarito

5 Objeto direto: milhares de vidas. Núcleo do objeto direto: vidas g) Agora só buscas as praias ardentes. (José de Alencar) Sujeito Oculto: (Tu) Núcleo do Sujeito oculto (Tu) Predicado Verbal: buscas as praias ardentes. Núcleo do predicado verbal: buscas (verbo transitivo direto) Objeto direto: as praias ardentes Núcleo do objeto direto: praias h) Pedro, eu passei no vestibular!!!! Sujeito Simples: Eu Núcleo do Sujeito Simples: Eu Predicado Verbal: passei no vestibular Núcleo do predicado verbal: passei (verbo transitivo indireto) Objeto indireto: no vestibular Núcleo do objeto indireto: vestibular Atenção: Pedro é vocativo i) Devido às fortes chuvas, os rios estavam cheios. Sujeito Simples: os rios Núcleo do sujeito simples: rios Predicado nominal: estavam cheios Verbo de ligação: estavam predicativo do sujeito: cheios Atenção: Devido às fortes chuvas explica a causa, por isso é adjunto adverbial e não deve ser analisado no momento. j) Também são meios de comunicação cartazes, filmes e fotografias. Sujeito Composto: cartazes, filmes e fotografias Núcleo do Sujeito Simples: cartazes, filmes, fotografias Predicado Nominal: também são meios de comunicação. Verbo de ligação: são Predicativo do sujeito: meios de comunicação. k) Trancaram-se no consultório o médico e o paciente. Sujeito Composto: o médico e o paciente Núcleo do Sujeito Simples: médico, paciente Predicado verbal: trancaram-se no consultório. (verbo transitivo direto e indireto) Objeto direto: se Objeto indireto: no consultório. l) Aqui se assiste a bons filmes. Sujeito Indeterminado Índice de indeterminação do sujeito: se Predicado verbal: assiste a bons filmes (verbo transitivo indireto) Objeto indireto: a bons filmes Núcleo do objeto indireto: filmes Atenção: Aqui: Adjunto adverbial de lugar não deve ser analisado no momento. 5 LP8º_1tri12_MA5 - gabarito

6 m) Viajarei amanhã. Sujeito Oculto: (Eu) Predicado Verbal: viajarei amanhã (verbo intransitivo) Núcleo do predicado verbal viajarei Atenção: Amanhã: Adjunto adverbial de tempo não deve ser analisado no momento. n) Apagaram o quadro. Sujeito indeterminado. Predicado verbal: apagaram o quadro Núcleo do predicado verbal: apagaram (verbo transitivo direto) Objeto direto: o quadro Núcleo do objeto direto: quadro o) Jornais e revistas publicaram o aniversário do CMPA. Sujeito composto: Jornais e revistas. Núcleo do sujeito composto: jornais, revistas Predicado verbal: publicaram o aniversário do CMPA. (verbo transitivo direto) Objeto direto: o aniversário do CMPA Núcleo do objeto direto: aniversário 2) Reescreva as frases a seguir em seu caderno, substituindo o ASTERISCO (*) pelos verbos HAVER e EXISTIR. Lembre-se que o verbo concorda com o sujeito, quando for o caso. a) *pessoas famosas na estreia do filme. Há pessoas famosas na estreia do filme. Existem pessoas famosas na estreia do filme. b) * viajado de carro até o sul do país. Havia viajado de carro até o sul do país. Não é possível. c) * bons professores em nossas escolas. Há professores em nossas escolas. Existem professores em nossas escolas. d) * meses não tenho notícias dos dois. Há meses não tenho notícias dos dois. Não é possível. 3) No exercício anterior, você notou que em alguns casos houve a flexão do verbo HAVER para o plural e em outros não. Explique esse fenômeno com argumentos gramaticais. O verbo haver, quando impessoal, deve permanecer no singular. 4) Leia o texto do poeta Mário Quintana e responda: DESTINO ATROZ Um poeta sofre três vezes: primeiro quando ele os sente, depois quando ele os escreve e, por último, quando declamam os seus versos. Mário Quintana (Caderno H) 1. Por que o poeta sofre? 6 LP8º_1tri12_MA5 - gabarito

7 O poeta sofre quando sente os versos, quando escreve os versos e quando seus versos são declamados. 2. Quem declama os versos? Não é possível saber porque o sujeito é indeterminado (3ª pessoa do plural sem referência no texto) 3. Qual a função do pronome oblíquo os em suas duas ocorrências? Objeto Direto. 7 LP8º_1tri12_MA5 - gabarito

Lista 3 - Língua Portuguesa 1

Lista 3 - Língua Portuguesa 1 Lista 3 - Língua Portuguesa 1 Frase, oração e período; sujeito e predicado LISTA 3 - LP 1 - FRASE, ORAÇÃO E PERÍODO; SUJEITO E PREDICADO Frase, oração e período; sujeito e predicado Na fala ou na escrita,

Leia mais

Fonte:intervox.nce.ufrj.br/~diniz/d/direito/ ouapostila_portugues_varlinguistica_2.pdf

Fonte:intervox.nce.ufrj.br/~diniz/d/direito/ ouapostila_portugues_varlinguistica_2.pdf Sobre Variação Linguística Você já conversou com uma pessoa simples, que vive na roça? Teve oportunidade de observar como essa pessoa fala? Leia o texto a seguir: Texto I Seu dotô me conhece? Patativa

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA PROFª.: THAÍS

LÍNGUA PORTUGUESA PROFª.: THAÍS LÍNGUA PORTUGUESA PROFª.: THAÍS AULA 8 O VERBO E SEUS COMPLEMENTOS pág. 57 A ORAÇÃO E SUA ESTRUTURA BÁSICA Sujeito = o ser sobre o qual se declara alguma coisa. Predicado = o que se declara sobre o sujeito.

Leia mais

Estudo do Predicado e Predicativo do Sujeito

Estudo do Predicado e Predicativo do Sujeito Estudo do Predicado e Predicativo do Sujeito O estudo do predicado O predicado, como já vimos, é o termo da oração que contém o verbo. Apesar de sujeito e predicado serem termos essenciais da oração, há

Leia mais

REVISÃO CONCEITOS GRAMATICAIS 9º ANO

REVISÃO CONCEITOS GRAMATICAIS 9º ANO REVISÃO CONCEITOS GRAMATICAIS 9º ANO Observe os exemplos... Marisa comprou um carro. São termos essenciais da oração: Sujeito É o termo da oração sobre quem se declara alguma coisa Predicado É tudo aquilo

Leia mais

Há dois sintagmas essenciais: o sintagma nominal (SN), cujo núcleo é um nome ou palavra que seja equivalente; e o sintagma verbal (SV) cujo núcleo é

Há dois sintagmas essenciais: o sintagma nominal (SN), cujo núcleo é um nome ou palavra que seja equivalente; e o sintagma verbal (SV) cujo núcleo é Há dois sintagmas essenciais: o sintagma nominal (SN), cujo núcleo é um nome ou palavra que seja equivalente; e o sintagma verbal (SV) cujo núcleo é uma forma verbal. Existem também o sintagma adjetival

Leia mais

APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM GRAMÁTICA TRADICIONAL AULA 3: SINTAXE TERMOS ESSENCIAIS. Tutora: Ariana de Carvalho

APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM GRAMÁTICA TRADICIONAL AULA 3: SINTAXE TERMOS ESSENCIAIS. Tutora: Ariana de Carvalho APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM GRAMÁTICA TRADICIONAL AULA 3: SINTAXE TERMOS ESSENCIAIS Tutora: Ariana de Carvalho O QUE É SINTAXE? É a parte da gramática que estuda as relações entre as palavras dentro

Leia mais

Obs: *Predicativo do sujeito Ex.: A situação parece perfeita. * Predicativo do objeto Ex.: Os presos acharam a comida péssima.

Obs: *Predicativo do sujeito Ex.: A situação parece perfeita. * Predicativo do objeto Ex.: Os presos acharam a comida péssima. Obs: *Predicativo do sujeito Ex.: A situação parece perfeita. * Predicativo do objeto Ex.: Os presos acharam a comida péssima. Termos essenciais 1) Sujeito: é o termo a respeito do qual se declara alguma

Leia mais

Exercícios de múltipla escolha

Exercícios de múltipla escolha Exercícios de múltipla escolha 1-A classe gramatical da palavra alegria é: a-substantivo b-adjetivo c-advérbio d-pronome e-sujeito 2-A função sintática da palavra alegria é: a-predicado b-predicativo do

Leia mais

Revisão:Tipos de sujeito

Revisão:Tipos de sujeito Revisão:Tipos de sujeito Sujeito Simples: possui apenas um núcleo. Exemplos: - Deus é perfeito! - A cegueira lhe torturava os últimos dias de vida. Sujeito Composto: possui dois ou mais núcleos. Exemplos:

Leia mais

REVISÃO DE SINTAXE Predicação e Tipos de Predicado

REVISÃO DE SINTAXE Predicação e Tipos de Predicado Sintaxe Aula 3 (Língua Portuguesa / Redação / Hermenêutica / Teologia Patrística / Teologia de Missões) Tel: 8566.8968 REVISÃO DE SINTAXE Predicação e Tipos de Predicado (Língua Portuguesa / Redação /

Leia mais

Nº da aula 02. Estudo da Sintaxe

Nº da aula 02. Estudo da Sintaxe Página1 Curso/Disciplina: Português para Concurso. Aula: Estudo da Sintaxe: Sujeito. Conceito; Classificações: sujeito determinado e indeterminado - 02 Professor (a): Rafael Cunha Monitor (a): Amanda Ibiapina

Leia mais

Sujeito determinado: ocorre quando a terminação do verbo e o contexto permitem: - reconhecer que existe um elemento ao qual o predicado se refere;

Sujeito determinado: ocorre quando a terminação do verbo e o contexto permitem: - reconhecer que existe um elemento ao qual o predicado se refere; Tipos de sujeito Sujeito determinado: ocorre quando a terminação do verbo e o contexto permitem: - reconhecer que existe um elemento ao qual o predicado se refere; - indicar quem é esse elemento. Exemplo:

Leia mais

Língua. Portuguesa. Sintaxe da Oração

Língua. Portuguesa. Sintaxe da Oração Língua Portuguesa Sintaxe da Oração Frase Oração Período Frase: Bom dia! Ele resolveu a questão. Oração: Ele resolveu a questão. Espero que ele resolva a questão. Frase Oração Período Período Simples:

Leia mais

Obs.: Essa regra de concordância é excessivamente cobrada por todas as bancas.

Obs.: Essa regra de concordância é excessivamente cobrada por todas as bancas. Obs.: Se o verbo haver, com o sentido de existir, for o principal de uma locução verbal, seu auxiliar também ficará no singular. Ex.: Deve haver reclamações. (Devem existir reclamações) Obs.: Essa regra

Leia mais

MATERIAL N. 1 AULA 01 SUJEITO: OS PRIMEIROS DIAS DE PAZ SINTAXE DO PERÍODO SIMPLES NÚCLEO DO SUJEITO: DIAS CONCEITOS FUNDAMENTAIS SUJEITO COMPOSTO

MATERIAL N. 1 AULA 01 SUJEITO: OS PRIMEIROS DIAS DE PAZ SINTAXE DO PERÍODO SIMPLES NÚCLEO DO SUJEITO: DIAS CONCEITOS FUNDAMENTAIS SUJEITO COMPOSTO AULA 01 SINTAXE DO PERÍODO SIMPLES CONCEITOS FUNDAMENTAIS FRASE Frase é todo enunciado capaz de transmitir nossas idéias. Uma lua clara iluminava o céu. Socorro! ORAÇÃO É toda frase construída em torno

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA: REVISÃO DE TEXTO II

LÍNGUA PORTUGUESA: REVISÃO DE TEXTO II LÍNGUA PORTUGUESA: REVISÃO DE TEXTO II Prof. Francisco Platão Savioli ESTRUTURA SINTÁTICA DO PERÍODO SIMPLES (1) (TEMA 3) SUJEITO E PREDICADO Constituintes básicos da oração As chuvas sujeito provocaram

Leia mais

PREDICADO. Profª Fernanda Colcerniani

PREDICADO. Profª Fernanda Colcerniani PREDICADO Profª Fernanda Colcerniani PREDICADO É o termo que expressa aquilo que se afirma a respeito do sujeito: 1. Jardineiros diplomados regam flores [...] sujeito predicado 2. A luz da tua poesia é

Leia mais

Bárbara da Silva. Português. Aula 55 Classificação do sujeito

Bárbara da Silva. Português. Aula 55 Classificação do sujeito Bárbara da Silva Português Aula 55 Classificação do sujeito Classificação do Sujeito O sujeito das orações da língua portuguesa pode ser determinado ou indeterminado. Existem ainda as orações sem sujeito.

Leia mais

TIPOS DE SUJEITO GRAMÁTICA

TIPOS DE SUJEITO GRAMÁTICA TIPOS DE SUJEITO GRAMÁTICA TIPOS DE SUJEITO SUJEITO SIMPLES As regras do sujeito simples e do composto são bem parecidas, mas não iguais! Possui apenas 1 núcleo; O núcleo do sujeito simples SÓ PODE SER:

Leia mais

Morfologia, Sintaxe e Morfossintaxe substantivo, verbo, Morfologia. Morfologia classes gramaticais

Morfologia, Sintaxe e Morfossintaxe substantivo, verbo, Morfologia. Morfologia classes gramaticais Língua Portuguesa Nesta bimestral você aprendeu sobre diversos conceitos como Morfologia, Sintaxe e Morfossintaxe, e partir desses conceitos vamos revisar os principais assuntos estudados. Quando falamos

Leia mais

Cap. 5 Sujeito indeterminado e oração sem sujeito

Cap. 5 Sujeito indeterminado e oração sem sujeito Cap. 5 Sujeito indeterminado e oração sem sujeito Sujeito indeterminado Sujeito indeterminado é aquele que não é nomeado na oração, ou por não se querer nomeá-lo ou por se desconhecer quem pratica a ação.

Leia mais

AULA 11. Sintaxe da oração e do período MINISTÉRIO DA FAZENDA

AULA 11. Sintaxe da oração e do período MINISTÉRIO DA FAZENDA AULA 11 Sintaxe da oração e do período MINISTÉRIO DA FAZENDA Professor Marlus Geronasso Frase, período e oração Frase é todo enunciado suficiente por si mesmo para estabelecer comunicação. Expressa juízo,

Leia mais

Apresentação 11 Lista de abreviações 13. Parte I: NATUREZA, ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO DA LINGUAGEM

Apresentação 11 Lista de abreviações 13. Parte I: NATUREZA, ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO DA LINGUAGEM Sumário Apresentação 11 Lista de abreviações 13 Parte I: NATUREZA, ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO DA LINGUAGEM O homem, a linguagem e o conhecimento ( 1-6) O processo da comunicação humana ( 7-11) Funções da

Leia mais

Tipos de Sujeito. Profª Fernanda Machado

Tipos de Sujeito. Profª Fernanda Machado Tipos de Sujeito Profª Fernanda Machado Sujeito Simples: possui apenas um núcleo e este vem expresso na sentença. Os homens destroem a natureza. Quem destrói a natureza? Os homens Deus é perfeito! Quem

Leia mais

: é o termo da oração que, através de um verbo, projeta alguma afirmação sobre o sujeito.

: é o termo da oração que, através de um verbo, projeta alguma afirmação sobre o sujeito. feita através do predicado. : é o termo da oração que funciona como suporte de uma afirmação : é o termo da oração que, através de um verbo, projeta alguma afirmação sobre o sujeito. A pequena criança

Leia mais

PORTUGUÊS SÉRIE: Pré-Vestibular SINTAXE 2. Profª Raquel Sampaio

PORTUGUÊS SÉRIE: Pré-Vestibular SINTAXE 2. Profª Raquel Sampaio PORTUGUÊS SÉRIE: Pré-Vestibular SINTAXE 2 Profª Raquel Sampaio LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA SINTAXE 2 Profª. Raquel Freitas Sampaio PREDICAÇÃO VERBAL VERBO NOCIONAL INDICA AÇÃO OU FATO de LIGAÇÃO INDICA

Leia mais

Fernando Gonsales. Niquel Náusea Mickey é a vovozinha. São Paulo. CircoSampa,1991.p.24.

Fernando Gonsales. Niquel Náusea Mickey é a vovozinha. São Paulo. CircoSampa,1991.p.24. CONCORDÂNCIA NOMINAL REGRA GERAL TEXTO I - Leia atentamente a tirinha que se segue. Fernando Gonsales. Niquel Náusea Mickey é a vovozinha. São Paulo. CircoSampa,1991.p.24. Observe, no 1º e no 2º quadrinhos,

Leia mais

REVISÃO DE ANÁLISE SINTÁTICA Período composto

REVISÃO DE ANÁLISE SINTÁTICA Período composto REVISÃO DE ANÁLISE SINTÁTICA Período composto Professora Melina 9º. Ano Relembrando... ORAÇÃO Enunciado organizado em torno de um verbo. Você abre a janela. PERÍODO SIMPLES frase formada por uma só oração.

Leia mais

CONCEITOS GRAMATICAIS PARA ESTUDO CARLA FRASE. FRASE VERBAL: é frase que apresenta verbo ou locução verbal.

CONCEITOS GRAMATICAIS PARA ESTUDO CARLA FRASE. FRASE VERBAL: é frase que apresenta verbo ou locução verbal. CONCEITOS GRAMATICAIS PARA ESTUDO CARLA FRASE É uma enunciado (uma mensagem) de sentido completo que estabelece comunicação. Toda frase deve ser pontuada. FRASE VERBAL: é frase que apresenta verbo ou locução

Leia mais

COLÉGIO DIOCESANO SERIDOENSE. Professora: Caliana Medeiros.

COLÉGIO DIOCESANO SERIDOENSE. Professora: Caliana Medeiros. COLÉGIO DIOCESANO SERIDOENSE Professora: Caliana Medeiros. PREDICAÇÃO VERBAL Em função da relação que os verbos estabelecem com outras palavras, podemos dividi-los de duas maneiras: verbos de ligação verbos

Leia mais

CENTRO EDUCACIONAL NOVO MUNDO PORTUGUÊS

CENTRO EDUCACIONAL NOVO MUNDO  PORTUGUÊS CENTRO EDUCACIONAL NOVO MUNDO www.cenm.com.br 3 o DESAFIO CENM - 2014 PORTUGUÊS 1. A classificação sintática da expressão de criança que acompanha o substantivo olhos na capa do livro é (A) adjunto adnominal.

Leia mais

Questão 01 Os hobbits

Questão 01 Os hobbits Educador: Angela Régia C. Curricular: Língua Portuguesa Data: / /2013 Estudante: 7º Ano Questão 01 Os hobbits Os hobbits são um povo discreto, mas muito antigo, que já foi mais numeroso do que é hoje.

Leia mais

PORTUGUÊS CONCORDÂNCIA NOMINAL (ESTUDO DIRIGIDO)

PORTUGUÊS CONCORDÂNCIA NOMINAL (ESTUDO DIRIGIDO) Instituto de Educação Infantil e Juvenil 9º ANO Inverno, 2017. Londrina, de. Nome: PORTUGUÊS CONCORDÂNCIA NOMINAL (ESTUDO DIRIGIDO) Leia a frase abaixo e reescreva-a utilizando as normas gramaticais. O

Leia mais

Português. Sintaxe da Oração (Análise Sintática) Professor Carlos Zambeli.

Português. Sintaxe da Oração (Análise Sintática) Professor Carlos Zambeli. Português Sintaxe da Oração (Análise Sintática) Professor Carlos Zambeli www.acasadoconcurseiro.com.br Português SINTAXE DA ORAÇÃO (ANÁLISE SINTÁTICA) Frase: é o enunciado com sentido completo, capaz

Leia mais

I. As CLASSES GRAMATICAIS:

I. As CLASSES GRAMATICAIS: Marília, de de. NOME: Nº: TURMA: ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS RECUPERAÇÃO PARALELA Você deverá saber: I. As CLASSES GRAMATICAIS: II. SUJEITO e PREDICADO 3. Sublinhe o sujeito de cada oração, circulando seus

Leia mais

Orações subordinadas substantivas: objetiva direta, objetiva indireta e predicativa

Orações subordinadas substantivas: objetiva direta, objetiva indireta e predicativa Orações subordinadas substantivas: objetiva direta, objetiva indireta e predicativa Objetivos Compreender a relação sintática na construção do texto: orações subordinadas substantivas Conteúdos Oração

Leia mais

Odilei França. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações

Odilei França. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações Odilei França Graduado em Letras pela Fafipar. Graduado em Teologia pela Faculdade Batista. Professor de Língua Portuguesa para concursos públicos há 22 anos. Predicação verbal e sintaxe do período simples

Leia mais

TERMOS ESSENCIAIS DA ORAÇÃO

TERMOS ESSENCIAIS DA ORAÇÃO TERMOS ESSENCIAIS DA ORAÇÃO SUJEITO: DEFINIÇÃO 1. Termo da oração sobre o qual se dá uma informação; 2. Elemento do qual se fala na oração; 3. O ser a quem se refere a informação verbal da oração; TIPOS

Leia mais

FUNDAÇÃO EUCLIDES DA CUNHA CONCURSO PÚBLICO DE SÃO MATEUS RESPOSTA AO RECURSO DA PROVA OBJETIVA

FUNDAÇÃO EUCLIDES DA CUNHA CONCURSO PÚBLICO DE SÃO MATEUS RESPOSTA AO RECURSO DA PROVA OBJETIVA CONCURSO PÚBLICO DE SÃO MATEUS CARGO: Fonoaudiólogo S 43 QUESTÃO NÚMERO: 03 Embora a candidata não tenha apresentado fundamentação teórica, para dar origem ao presente recurso, esta Banca informa que a

Leia mais

Lições de Português pela análise sintática

Lições de Português pela análise sintática Evanildo Bechara Professor Titular e Emérito da Universidade do Estado do Riy'deJãneÍro;(tJERj) e da Universidade Federal Fluminense (UFF) Membro da A caciemia 'Brasileira de Letras e da Academia Brasileira

Leia mais

PORTUGUÊS SÉRIE: Pré-Vestibular SINTAXE 1. Profª Raquel Sampaio

PORTUGUÊS SÉRIE: Pré-Vestibular SINTAXE 1. Profª Raquel Sampaio PORTUGUÊS SÉRIE: Pré-Vestibular SINTAXE 1 Profª Raquel Sampaio LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA SINTAXE 1 Profª. Raquel Freitas Sampaio É a parte da gramática que estuda as relações entre as palavras dentro

Leia mais

Regra geral de concordância verbal

Regra geral de concordância verbal Regra geral de concordância verbal O verbo concorda em número e pessoa com o seu sujeito. Há, entretanto, uma série de regras e exceções relativas a casos de concordância verbal, que devem ser examinadas

Leia mais

Português. Predicação Verbal. Professor Arthur Scandelari.

Português. Predicação Verbal. Professor Arthur Scandelari. Português Predicação Verbal Professor Arthur Scandelari www.acasadoconcurseiro.com.br Português PREDICAÇÃO VERBAL PARTE 1 1. (FCC TRF-3 2016)... tanto o metódico Paul McCartney como o irrequieto John

Leia mais

RESUMÃO LÍNGUA PORTUGUESA AO VIVO 07/06/13 LUCIA DEBORAH SINTAXE: TIPOS DE SUJEITO E DE PREDICADO SUJEITO

RESUMÃO LÍNGUA PORTUGUESA AO VIVO 07/06/13 LUCIA DEBORAH SINTAXE: TIPOS DE SUJEITO E DE PREDICADO SUJEITO LÍNGUA PORTUGUESA AO VIVO 07/06/13 LUCIA DEBORAH SINTAXE: TIPOS DE SUJEITO E DE PREDICADO RESUMÃO SUJEITO -QUANTO À EXPLICITUDE NÃO EXISTE, PORQUE O VERBO É IMPESSOAL= INEXISTENTE EXISTE, MAS NÃO PODE

Leia mais

Português. Sujeito. Professor Arthur Scandelari.

Português. Sujeito. Professor Arthur Scandelari. Português Sujeito Professor Arthur Scandelari www.acasadoconcurseiro.com.br Português SUJEITO PARTE 1 1. (ESAF MPOG 2015) Quando, em 2001, Facundo Manes regressou a seu país, a Argentina, depois de concluir

Leia mais

Os alunos fizeram uma visita ao zoológico, onde puderam observar várias espécies de animais.

Os alunos fizeram uma visita ao zoológico, onde puderam observar várias espécies de animais. Uso do onde e aonde O advérbio é uma classe de palavras cuja função gramatical é acompanhar e modificar um verbo, exprimindo a circunstância da ação verbal, por isso o nome ad-vérbio, ou seja, a palavra

Leia mais

EXERCÍCIOS DE ANÁLISE SINTÁTICA (PERÍODO SIMPLES) adnominal;

EXERCÍCIOS DE ANÁLISE SINTÁTICA (PERÍODO SIMPLES) adnominal; EXERCÍCIOS DE ANÁLISE SINTÁTICA (PERÍODO SIMPLES) 1. Considere a frase Ele andava triste porque não encontrava a companheira os verbos grifados são a) transitivo direto de ligação; b) de ligação intransitivo;

Leia mais

Bárbara da Silva. Português. Aula 54 Predicado II

Bárbara da Silva. Português. Aula 54 Predicado II Bárbara da Silva Português Aula 54 Predicado II Predicado Nominal Apresenta as seguintes características: a) Possui um nome (substantivo ou adjetivo) como núcleo; b) É formado por um verbo de ligação mais

Leia mais

Carta do leitor e carta de reclamação Artigo de opinião

Carta do leitor e carta de reclamação Artigo de opinião 1 Leia as manchetes. a) Chuva provoca alagamentos e falta de energia em São Paulo. (Disponível em: www.uol.com.br. Acesso em: 28 de setembro de 2009) a) Identifique o verbo. b) Quais são as palavras que

Leia mais

Colégio Diocesano Seridoense- CDS

Colégio Diocesano Seridoense- CDS Colégio Diocesano Seridoense- CDS SUJEITO E PREDICADO C A L I A N A M E D E I R O S A morfologia estuda as classes gramaticais, isto é, o campo da seleção, enquanto a sintaxe estuda o campo da combinação

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 11 Sintaxe IV

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 11 Sintaxe IV LÍNGUA PORTUGUESA Professora Rosane Reis MÓDULO 11 Sintaxe IV CONCORDÂNCIA VERBAL REGRA GERAL O verbo concorda em número e pessoa com o sujeito. Com sujeito simples e singular ou substantivo coletivo,

Leia mais

Português 3º ano João J. Concordância Verbal

Português 3º ano João J. Concordância Verbal Português 3º ano João J. Concordância Verbal Concordância Verbal Concordância do verbo com o sujeito composto I. Quando o sujeito composto estiver posicionado antes do verbo, este ficará no plural. Ex.:

Leia mais

PROFESSORA PATRÍCIA TAVARES

PROFESSORA PATRÍCIA TAVARES PROFESSORA PATRÍCIA TAVARES 1. Verbo com sujeito simples O verbo concorda em número e pessoa, não interessando a posição. Ex.: Ele chegou tarde. 2. Sujeito composto antes do verbo a) o verbo vai para o

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ COORDENADORIA DE CONCURSOS CCV

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ COORDENADORIA DE CONCURSOS CCV Língua Portuguesa I Questão 15 A questão 15 aborda compreensão leitora. É correta a alternativa (A). O texto opõe o instinto da águia ao instinto da tartaruga, apresentando-os como ligados a esses animais

Leia mais

Sumário. Apresentação. Parte 1 Período simples 1 Quadro geral dos termos da oração 3 Frase, oração e período 3

Sumário. Apresentação. Parte 1 Período simples 1 Quadro geral dos termos da oração 3 Frase, oração e período 3 Sumário Prefácio Apresentação XIII XV Parte 1 Período simples 1 Quadro geral dos termos da oração 3 Frase, oração e período 3 1. Tipologia do sujeito 6 Método para identificar o sujeito 6 Sujeito simples

Leia mais

CORREÇÃO DE ATIVIDADES DO CADERNO FOLHA DE PERGUNTAS SOBRE OS TIPOS DE SUJEITOS

CORREÇÃO DE ATIVIDADES DO CADERNO FOLHA DE PERGUNTAS SOBRE OS TIPOS DE SUJEITOS OLÉGIO IMACULADA CONCEIÇÃO 7º ano CORREÇÃO DE ATIVIDADES DO CADERNO FOLHA DE PERGUNTAS SOBRE OS TIPOS DE SUJEITOS 1) Quem é o sujeito de uma oração? Nas orações, o sujeito é um substantivo ou pronome com

Leia mais

Português SINTAXE FRASE, ORAÇÃO E PERÍODO ESTUDO DA GRAMÁTICA

Português SINTAXE FRASE, ORAÇÃO E PERÍODO ESTUDO DA GRAMÁTICA FRASE, ORAÇÃO E PERÍODO ESTUDO DA GRAMÁTICA Você já deve ter ouvido falar sobre as várias partes em que se divide a Gramática. Você já estudou a Fonologia e a Morfologia; agora é a vez da Sintaxe. A Sintaxe

Leia mais

Exemplos adicionais: CERVEJA É BOM. A CERVEJA É BOA. ENTRADA É PROIBIDO. A ENTRADA É PROIBIDA.

Exemplos adicionais: CERVEJA É BOM. A CERVEJA É BOA. ENTRADA É PROIBIDO. A ENTRADA É PROIBIDA. Exemplos adicionais: CERVEJA É BOM. A CERVEJA É BOA. ENTRADA É PROIBIDO. A ENTRADA É PROIBIDA. 11) Haja vista. Ex.: Haja vista os resultados. (invariável) Obs.: Admitem-se também duas outras construções.

Leia mais

PREDICAÇÃO VERBAL Profª Giovana Uggioni Silveira

PREDICAÇÃO VERBAL Profª Giovana Uggioni Silveira PREDICAÇÃO VERBAL Profª Giovana Uggioni Silveira PREDICAÇÃO VERBAL VERBO DE LIGAÇÃO; VERBO TRANSITIVO; VERBO INTRANSITIVO. VERBO DE LIGAÇÃO (VL) Indica estado; Liga uma característica do sujeito (predicativo

Leia mais

Aula 01 CONCORDÂNCIA VERBAL TEORIA (PARTE 1).

Aula 01 CONCORDÂNCIA VERBAL TEORIA (PARTE 1). Curso/Disciplina: Português para Concursos (Concordância Verbal) Aula: Português para Concursos (Concordância Verbal) - 01 Professor : André Moraes Monitor : Virgilio Frederich Aula 01 CONCORDÂNCIA VERBAL

Leia mais

Língua Portuguesa. Professoras: Fernanda e Danúzia

Língua Portuguesa. Professoras: Fernanda e Danúzia Língua Portuguesa Professoras: Fernanda e Danúzia Nesta bimestral você aprendeu sobre diversos conceitos como Morfologia, Sintaxe e Morfossintaxe, e partir desses conceitos vamos revisar os principais

Leia mais

Português. Regência Nominal e Verbal. Professor Carlos Zambeli.

Português. Regência Nominal e Verbal. Professor Carlos Zambeli. Português Regência Nominal e Verbal Professor Carlos Zambeli www.acasadoconcurseiro.com.br Português REGÊNCIA NOMINAL E VERBAL A regência verbal estuda a relação que se estabelece entre os verbos e os

Leia mais

Transitividade Verbal

Transitividade Verbal Transitividade Verbal Chama-se predicação verbal o resultado da ligação que se estabelece entre o sujeito e o verbo e entre os verbos e os complementos. Quanto à predicação, os verbos podem ser intransitivos,

Leia mais

Sujeito. Estudo do sujeito. Como identificar o sujeito? 29/12/ É o elemento a respeito de quem se diz alguma coisa.

Sujeito. Estudo do sujeito. Como identificar o sujeito? 29/12/ É o elemento a respeito de quem se diz alguma coisa. Eu Palavra Cantada Estudo do Professor Jailton Gêiser Fountain Sujeito - É o elemento a respeito de quem se diz alguma coisa. - É o termo da oração sobre o qual incide a informação prestada pelo. Como

Leia mais

Transitividade Verbal

Transitividade Verbal Transitividade Verbal 1 Predicação Verbal Chama-se predicação verbal o resultado da ligação que se estabelece entre o sujeito e o verbo e entre os verbos e os complementos. Quanto à predicação, os verbos

Leia mais

Sujeito Simples. Sujeito Composto antes do verbo O verbo vai para o plural concordando com o sujeito. 18/12/2009. Ele chegou tarde.

Sujeito Simples. Sujeito Composto antes do verbo O verbo vai para o plural concordando com o sujeito. 18/12/2009. Ele chegou tarde. Sujeito Simples O verbo concorda em número e pessoa com o sujeito. Ele chegou tarde. Nós voltaremos logo. Sujeito Composto antes do verbo O verbo vai para o plural concordando com o sujeito. Rafa e Edu

Leia mais

REVISÃO. Profª Fernanda Machado

REVISÃO. Profª Fernanda Machado REVISÃO Profª Fernanda Machado O QUE É SINTAXE? É a parte da gramática que estuda as relações entre as palavras dentro de uma frase. O QUE DEVEMOS APRENDER? Identificar e reconhecer os constituintes sintáticos

Leia mais

Bárbara da Silva. Português. Aula 52 Adjunto adnominal

Bárbara da Silva. Português. Aula 52 Adjunto adnominal Bárbara da Silva Português Aula 52 Adjunto adnominal Adjunto Adnominal É o termo que determina, especifica ou explica um substantivo. O adjunto adnominal possui função adjetiva na oração, a qual pode ser

Leia mais

Conteúdos para as Provas de Seleção 6º ano do Ensino Fundamental ao Ensino Médio

Conteúdos para as Provas de Seleção 6º ano do Ensino Fundamental ao Ensino Médio Conteúdos para as Provas de Seleção 6º ano do Ensino Fundamental ao Ensino Médio Português Ao final do 6 ano: Leitura, interpretação e compreensão dos diversos textos que circulam na sociedade: - inferir

Leia mais

Orações Subordinadas d Adjetivas. Apostila 3, Capítulo 9 Unidades 39 e 40 (pág. 322 a 329)

Orações Subordinadas d Adjetivas. Apostila 3, Capítulo 9 Unidades 39 e 40 (pág. 322 a 329) Orações Subordinadas d Adjetivas Apostila 3, Capítulo 9 Unidades 39 e 40 (pág. 322 a 329) Professora Simone 2 Orações Subordinadas Adjetivas A sua história assustadora será contada para todos assustadora

Leia mais

ENSINO FUNDAMENTAL 2 ª FASE

ENSINO FUNDAMENTAL 2 ª FASE ENSINO FUNDAMENTAL 2 ª FASE CONTEÚDO 6 º ANO Língua Portuguesa 1) Produção de texto: Narração. Foco narrativo: narrador-observador. Estrutura do texto narrativo. Elementos narrativos. Uso do diálogo. Paragrafação.

Leia mais

SUJEITO: O QUE É? QUAIS SÃO SEUS TIPOS?

SUJEITO: O QUE É? QUAIS SÃO SEUS TIPOS? Aulas 33 à 36 Prof. Sabrina Moraes SUJEITO: O QUE É? QUAIS SÃO SEUS TIPOS? O sujeito é o termo da oração que realiza ou sofre com uma ação verbal, concordando com o verbo e nomeando o ser do qual se declara

Leia mais

SINTAXE. Profa. Luana Lemos.

SINTAXE. Profa. Luana Lemos. SINTAXE Profa. Luana Lemos llemos@salesiano.org.br 1 O ESTUDO DO PREDICADO llemos@salesiano.org.br 2 No meu mundo ideal, todo mundo lê Nietzsche, Kant e Schopenhauer. Sujeito Todo mundo também entende

Leia mais

Exercícios sobre tipos de predicado

Exercícios sobre tipos de predicado Exercícios sobre tipos de predicado Exercício 1: Identifique a alternativa em que aparece um predicado verbo-nominal: Os viajantes chegaram cedo ao destino. Demitiram o secretário da instituição. Nomearam

Leia mais

TERMOS RELACIONADOS AO VERBO

TERMOS RELACIONADOS AO VERBO TERMOS RELACIONADOS AO VERBO objeto direto objeto indireto V E R B O agente da passiva adjunto adverbial ADJUNTO ADVERBIAL: é o termo da oração que indica as circunstâncias em que se dá a ação verbal (de

Leia mais

Planificação Longo Prazo

Planificação Longo Prazo DEPARTAMENTO LÍNGUAS ANO LETIVO 2017 / 2018 DISCIPLINA Português ANO 7.ºANO Planificação Longo Prazo CONTEÚDOS TEXTOS DOS MEDIA E DO QUOTIDIANO 1.º período Textos não literários Notícia Reportagem Texto

Leia mais

PREDICAÇÃO VERBAL Profª Giovana Uggioni Silveira

PREDICAÇÃO VERBAL Profª Giovana Uggioni Silveira PREDICAÇÃO VERBAL Profª Giovana Uggioni Silveira PREDICAÇÃO VERBAL VERBO DE LIGAÇÃO; VERBO TRANSITIVO; VERBO INTRANSITIVO. VERBO DE LIGAÇÃO (VL) Indica estado; Liga uma característica do sujeito (predicativo

Leia mais

Aula 7 O sujeito gramatical: tipologia (primeira parte)

Aula 7 O sujeito gramatical: tipologia (primeira parte) Aula 7 O sujeito gramatical: tipologia (primeira parte) Pablo Faria HL220C Prática de análise gramatical IEL/UNICAMP SUMÁRIO O SUJEITO GRAMATICAL: TIPOLOGIA Quantidade de núcleos Colocação Realização e

Leia mais

Funções sintáticas. Porto Editora

Funções sintáticas. Porto Editora Funções sintáticas Funções sintáticas ao nível da frase Sujeito Função sintática desempenhada por grupos nominais ou por alguns tipos de orações. O sujeito pode ser classificado como: sujeito simples sujeito

Leia mais

ATENÇÃO! Material retirado da Internet, que eu considero de fonte segura e confiável. Os endereços estão no fim de cada assunto. TERMOS ESSENCIAIS DA ORAÇÃO Sujeito e Predicado Para que a oração tenha

Leia mais

LISTA DE EXERCÍCIOS GRAMÁTICA

LISTA DE EXERCÍCIOS GRAMÁTICA LISTA DE EXERCÍCIOS GRAMÁTICA P1-2º BIMESTRE 7º ANO FUNDAMENTAL II Aluno (a): Turno: Turma: Unidade Data: / /2016 HABILIDADES E COMPETÊNCIAS Saber o que é frase, oração. Reconhecer os predicativos do sujeito

Leia mais

Capítulo 2 - Acentuação gráfica Regras gerais...10 Casos especiais...10 Prosódia...12 Exercícios...14

Capítulo 2 - Acentuação gráfica Regras gerais...10 Casos especiais...10 Prosódia...12 Exercícios...14 Sumário Capítulo 1 - Noções de fonética... 2 Fonemas...2 Letra...2 Sílaba...2 Número de sílabas...3 Tonicidade...3 Posição da sílaba tônica...3 Dígrafos...3 Encontros consonantais...3 Encontros vocálicos...4

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DAS CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS

CLASSIFICAÇÃO DAS CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS CLASSIFICAÇÃO DAS CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS CAUSAIS Principais conjunções causais: porque, visto que, já que, uma vez que, como (= porque). Exemplos: - Não pude comprar o CD porque estava em falta. - Ele

Leia mais

Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS APRESENTAÇÃO PARTE I FONÉTICA

Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS APRESENTAÇÃO PARTE I FONÉTICA Súmario Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS... 15 APRESENTAÇÃO... 17 PARTE I FONÉTICA CAPÍTULO 1 ORTOGRAFIA... 21 1. Introdução... 21 2. O alfabeto...21 3. Emprego das letras

Leia mais

Sumário PARTE 1. Apresentação da Coleção Apresentação Sobre português... 23

Sumário PARTE 1. Apresentação da Coleção Apresentação Sobre português... 23 Sumário... 15 Apresentação da Coleção... 17 Apresentação... 19 Sobre português...... 23 PARTE 1 Capítulo 1 MORFOLOGIA 1... 27 Substantivo Adjetivo Advérbio (Pré-requisitos para a concordância nominal)

Leia mais

PREDICADO: APROFUNDANDO-SE NO ASSUNTO PARTE 2

PREDICADO: APROFUNDANDO-SE NO ASSUNTO PARTE 2 Aulas 41 à 44 PREDICADO: APROFUNDANDO-SE NO ASSUNTO PARTE 2 Começamos a ver, semana passada, o material que é relacionado ao predicado. Esta semana continuaremos esse mesmo assunto, pois ainda temos algumas

Leia mais

Bárbara da Silva. Português. Aula 53 Predicado I

Bárbara da Silva. Português. Aula 53 Predicado I Bárbara da Silva Português Aula 53 Predicado I Predicado - Predicado é aquilo que se declara a respeito do sujeito. - Nele é obrigatória a presença de um verbo ou locução verbal. - Quando se identifica

Leia mais

Termos ligados ao nome. adnominal e aposto) e o vocativo. Apostila 2, Capítulo 4 Unidades 21 a 24 (pág. 407 a 417) Professora Simone

Termos ligados ao nome. adnominal e aposto) e o vocativo. Apostila 2, Capítulo 4 Unidades 21 a 24 (pág. 407 a 417) Professora Simone Termos ligados ao nome (complemento nominal, adjunto adnominal e aposto) e o vocativo Apostila 2, Capítulo 4 Unidades 21 a 24 (pág. 407 a 417) Professora Simone 2 Regência Nominal Designa a relação existente

Leia mais

Sumário PARTE 1. MORFOLOGIA Pronomes demonstrativos Pronomes relativos O relativo que O relativo qual O relativo quem...

Sumário PARTE 1. MORFOLOGIA Pronomes demonstrativos Pronomes relativos O relativo que O relativo qual O relativo quem... Sumário Edital sistematizado... 15 Apresentação da Coleção... 17 Apresentação... 19 Sobre português...... 23 PARTE 1 Capítulo 1 MORFOLOGIA 1... 27 Substantivo Adjetivo Advérbio (Pré-requisitos para a concordância

Leia mais

Disciplina: Português

Disciplina: Português Lista de Exercícios Aluno(a): Nº. Professora: Patrícia Série: 2º Ano Disciplina: Português Data da prova: Leia com atenção o texto abaixo: Lista de exercícios Durante muito tempo o único objetivo dos sinais

Leia mais

Sumário. Capítulo 1 Comunicação 1

Sumário. Capítulo 1 Comunicação 1 Sumário Capítulo 1 Comunicação 1 1.1 Elementos da comunicação 1 1.2 Linguagem, língua e fala 1 1.3 Significante e significado 2 1.4 Língua escrita e falada 2 1.5 Modalidades da língua 2 1.6 Funções da

Leia mais

DISCIPLINA DE LÍNGUA PORTUGUESA

DISCIPLINA DE LÍNGUA PORTUGUESA DISCIPLINA DE LÍNGUA PORTUGUESA OBJETIVOS: 6º ano Usar a Língua Portuguesa como língua materna, para integrar e organizar o mundo e a própria identidade com visão empreendedora e como pensador capaz de

Leia mais

ENSINO FUNDAMENTAL II

ENSINO FUNDAMENTAL II ENSINO FUNDAMENTAL II CONTEÚDO 6 º ANO 1) Produção de texto: Narração. Foco narrativo: narrador-observador. Estrutura do texto narrativo. Elementos narrativos. Uso do diálogo. Paragrafação. 2) Texto: Leitura

Leia mais

PORTUGUÊS ABEL MOTA PREPARAR OS TESTES

PORTUGUÊS ABEL MOTA PREPARAR OS TESTES 7 PORTUGUÊS ABEL MOTA PREPARAR OS TESTES PARTE 1 LEITURA 1 A IMPRENSA 5 6 A imprensa e os jornais Classificação dos jornais Público-alvo Secções Géneros jornalísticos Do acontecimento ao leitor fazer Escolher

Leia mais

Português. Aula: 09/12. Prof. Felipe Oberg. Visite o Portal dos Concursos Públicos

Português. Aula: 09/12. Prof. Felipe Oberg.  Visite o Portal dos Concursos Públicos Português Aula: 09/12 Prof. Felipe Oberg UMA PARCERIA Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.BR Visite a loja virtual www.conquistadeconcurso.com.br MATERIAL DIDÁTICO EXCLUSIVO PARA

Leia mais

CURSO TJMG Nível Médio Oficial de Apoio Judiciário Nº

CURSO TJMG Nível Médio Oficial de Apoio Judiciário Nº CURSO TJMG Nível Médio Oficial de Apoio Judiciário Nº DATA 14/06/2016 DISCIPLINA Português - Gramática PROFESSOR Ricardo Erse MONITOR Paula Moura AULA 01/07 Ementa 1 Concordância... 2 a) Concordância nominal:...

Leia mais

Prof. André Moraes CONCORDÂNCIA VERBAL

Prof. André Moraes CONCORDÂNCIA VERBAL Prof. André Moraes CONCORDÂNCIA VERBAL O verbo concorda com o sujeito em número e pessoa. Exemplos: Eu saí da sala. Tu saíste da sala. Os alunos saíram da sala. Regras: 1) Quando o sujeito é composto,

Leia mais

PORTUGUESA 1- JULGUE OS ITENS ABAIXO E JUSTIFIQUE OS ERRADOS.

PORTUGUESA 1- JULGUE OS ITENS ABAIXO E JUSTIFIQUE OS ERRADOS. NOME : SÉRIE: TURMA: MATRÍCULA : EXERCÍCIOS DE GRAMÁTICA ENSINO: MÉDIO PORTUGUESA 1- JULGUE OS ITENS ABAIXO E JUSTIFIQUE OS ERRADOS. a) Temos verbo de ligação em Marta não estava no shopping. b) O verbo

Leia mais

Sumário. Capítulo 1 Comunicação 1

Sumário. Capítulo 1 Comunicação 1 Sumário Capítulo 1 Comunicação 1 1.1 Elementos da comunicação 1 1.2 Linguagem, língua e fala 1 1.3 Significante e significado 2 1.4 Língua escrita e falada 2 1.5 Variedades linguísticas 2 1.6 Funções da

Leia mais