TIPOS DE SUJEITO GRAMÁTICA

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TIPOS DE SUJEITO GRAMÁTICA"

Transcrição

1 TIPOS DE SUJEITO GRAMÁTICA

2 TIPOS DE SUJEITO SUJEITO SIMPLES As regras do sujeito simples e do composto são bem parecidas, mas não iguais! Possui apenas 1 núcleo; O núcleo do sujeito simples SÓ PODE SER: SUBSTANTIVO, PRONOME ou VERBO; O núcleo do sujeito JAMAIS por ser antecedido de PREPOSIÇÃO; O verbo concorda com o sujeito; Antes de mais nada, precisamos saber o que é um sujeito e como achá-lo na oração. Para acharmos o sujeito, sempre perguntamos ao verbo: QUEM É QUE? A resposta à pergunta é o sujeito. Ex.: O eleitor confia na honestidade dos políticos. Quem é que confia na honestidade dos políticos? O eleitor = SUJEITO DA ORAÇÃO. Mas o que é um sujeito de oração? É um termo sobre o qual se diz alguma coisa. Lembrando que o sujeito tem um núcleo, ou seja, a palavra principal que não pode ser retirada. O que pode ser núcleo de sujeito? verbos; substantivos; pronomes. O SUJEITO... 1 Nem sempre é explícito; 2 Nem sempre há um sujeito; 3 De maneira geral, o verbo concorda com o sujeito; Sujeito simples também pode ser oculto (termo quase fora de uso), implícito ou desinencial. VOZ PASSIVA SINTÉTICA (VTD + SE+ SUJEITO) Ex.: Compraram-se todas as flores Verbos que tem sujeito geralmente posposto (postos após o verbo): COMEÇAR ACONTECER OCORRER SURGIR ACABAR Ex.: Ocorreram muitas greves durante o ano SUJEITO COMPOSTO Possui dois ou mais núcleos; Geralmente o verbo se apresenta na 3ª pessoa do plural; Cuidado com a ordem dos termos na oração. A ordem da oração não é rígida, pois pode variar. De qualquer forma, há dois termos que precisam ser observados: SUJEITO e VERBO. ORDEM DIRETA = sujeito + verbo + complementos + adjuntos ORDEM INDIRETA ou INVERSA = verbo + sujeito + complementos + adjuntos

3 Ex.: Todos os alunos e os professores comemoram as aprovações. Aplaudiram-se todos os convidados e palestrantes do evento. ATENÇÃO Sujeito composto + ordem direta = verbo no plural Sujeito composto + ordem inversa = verbo no plural ou concorda com núcleo mais próximo. Ex.: O pai e o filho foram à comemoração. Foi à comemoração o pai e o filho. SUJEITO INDETERMINADO Há sujeito, mas não podemos determinar. Há dois casos: V.T.I. / V.I. / V.L. + "se"= esse verbo tem que ficar na 3ª pessoa do singular Verbo na 3ª pessoa do plural sem "se". Mas cuidado: também há sujeito indeterminado com verbo no plural + "se". Observe: Ex.: Queixaram-se de maus tratos no presídio. Quem se queixou? Não sabemos, logo o sujeito é indeterminado. A partícula "se" é parte integrante do verbo e não índice de indeterminação. Ex.: Foram cedo para casa depois da festa. Esqueceu-se de todos os problemas. Na manhã de hoje, prenderam mais políticos na operação Lava jato. Trata-se muito bem das crianças nessa cidade. ORAÇÃO SEM SUJEITO Esse tipo de sujeito tem duas características importantes: O verbo geralmente está na 3ª p. do singular; Os verbos são chamados impessoais. Ex.: Choveu torrencialmente no Rio de Janeiro. Faz anos que ele viajou. Havia homens interessados no cargo. Houve muitos acidentes na BR 153.

4 EXERCÍCIOS GRAMÁTICA / TIPOS DE SUJEITO 1. Assinale a alternativa cujo sujeito se classifica do mesmo modo que o da frase Faz muito calor no Rio o ano inteiro : a) Antigamente havia mais interesse pela boa formação profissional. b) Falaram muito mal de vocês c) Vive-se bem no clima de montanha. d) Almejamos dias melhores. e) Haviam chegado cedo todos os candidatos. 2. A Universidade de Campinas, com a realização do seminário Perspectiva de Mudanças do Padrão Tecnológico da Agricultura, trouxe valiosa colaboração para os que estudam as migrações demográficas em nosso país. O sujeito do verbo TROUXE é: a) a realização do seminário b) valiosa colaboração c) A Universidade de Campinas d) o seminário e) Perspectiva de Mudanças do Padrão Tecnológico da Agricultura 4. A oração não possui sujeito em: a) Puseram fogo na loja. b) Vende-se esta casa. c) Naquele ano surgiram os sintomas da doença. d) Existem vagas para todos. e) Havia rasuras no texto. 5. A oração não é sem sujeito em: a) Ventava muito naquela noite. b) Deve haver eleições este ano. c) Choveu muito naquela cidade. d) Choveram asneiras no teste. e) Faz cinco anos que partiu. 6. Na oração: Reprovam alguns autores esta história, qual é o núcleo do sujeito? a) história b) alguns autores c) reprovam d) autores e) alguns 3. Na oração Na festa alguém assim nos disse, o sujeito classifica-se como: a) oculto b) sem sujeito c) composto d) indeterminado e) simples 7. Há sujeito composto em: a) Deus, Deus, que farei? b) Os livros contemplei, os quadros e as outras obras de arte. c) Nós, os homens de futuro, venceremos. d) Foram João e Maria. e) Ontem foi João, e José hoje.

5 8. Em Na mocidade, muitas coisas lhe haviam acontecido, temos oração: a) sem sujeito b) com sujeito simples c) com sujeito oculto d) com sujeito composto e) com sujeito indeterminado 9. "Havia alunos no parque". O sujeito é: a) oculto b) composto c) simples d) não existe sujeito e) indeterminado 10. O sujeito indeterminado está em: a) Vivo feliz. b) Vive-se feliz. c) Chove muito. d) Fui à Europa. e) Faz calor GABARITO COMENTADO 1A; 2C; 3E; 4E; 5D; 6B; 7D; 8B; 9E; 10B. 1. A alternativa correta é a letra A, pois o enunciado pede um verbo como o mesmo sujeito do verbo fazer. Esse verbo, na oração dada, é impessoal (sem sujeito). Bastava encontrar uma alternativa com oração sem sujeito. O verbo haver tem sentido de existir, por isso é impessoal, sem sujeito. 2. A alternativa correta é a letra C, pois o verbo trouxe tem como sujeito a universidade. Sempre faça a pergunta ao verbo: Quem é que? Neste caso, Quem é que trouxe? A universidade.) 3. A alternativa correta é a letra E, pois o sujeito de dizer é alguém. Portanto, sujeito simples, só um núcleo. 4. A alternativa correta é a letra E, pois o verbo haver, nesse caso, tem o sentido de existir e, por isso, não tem sujeito. 5. A alternativa correta é a letra D, pois, nesse caso, o verbo chover não é um fenômeno da natureza, e sim uma metáfora. O sujeito de chover é asneiras. 6. Cuidado! Aqui o verbo aparece antes do sujeito. Pergunte ao verbo: quem é que reprovaram esta história? A resposta é o sujeito: alguns autores. A alternativa correta é a letra B. 7. A alternativa correta é a letra D, pois o verbo ir (foram) não precisa de complemento. Quem é que foram? João e Maria = sujeito composto. 8. A alternativa correta é a letra B, pois o sujeito de acontecido é muitas coisas. O núcleo é coisas. Só um núcleo? Sujeito simples! 9. A alternativa correta é a letra E, pois o verbo haver com o sentido de existir não possui sujeito. 10. A alternativa correta é a letra B, pois temos um verbo intransitivo + "se". Há um sujeito para o verbo viver, mas não podemos determiná-lo.

Sujeito determinado: ocorre quando a terminação do verbo e o contexto permitem: - reconhecer que existe um elemento ao qual o predicado se refere;

Sujeito determinado: ocorre quando a terminação do verbo e o contexto permitem: - reconhecer que existe um elemento ao qual o predicado se refere; Tipos de sujeito Sujeito determinado: ocorre quando a terminação do verbo e o contexto permitem: - reconhecer que existe um elemento ao qual o predicado se refere; - indicar quem é esse elemento. Exemplo:

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA PROFª.: THAÍS

LÍNGUA PORTUGUESA PROFª.: THAÍS LÍNGUA PORTUGUESA PROFª.: THAÍS AULA 8 O VERBO E SEUS COMPLEMENTOS pág. 57 A ORAÇÃO E SUA ESTRUTURA BÁSICA Sujeito = o ser sobre o qual se declara alguma coisa. Predicado = o que se declara sobre o sujeito.

Leia mais

Cap. 5 Sujeito indeterminado e oração sem sujeito

Cap. 5 Sujeito indeterminado e oração sem sujeito Cap. 5 Sujeito indeterminado e oração sem sujeito Sujeito indeterminado Sujeito indeterminado é aquele que não é nomeado na oração, ou por não se querer nomeá-lo ou por se desconhecer quem pratica a ação.

Leia mais

APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM GRAMÁTICA TRADICIONAL AULA 3: SINTAXE TERMOS ESSENCIAIS. Tutora: Ariana de Carvalho

APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM GRAMÁTICA TRADICIONAL AULA 3: SINTAXE TERMOS ESSENCIAIS. Tutora: Ariana de Carvalho APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM GRAMÁTICA TRADICIONAL AULA 3: SINTAXE TERMOS ESSENCIAIS Tutora: Ariana de Carvalho O QUE É SINTAXE? É a parte da gramática que estuda as relações entre as palavras dentro

Leia mais

: é o termo da oração que, através de um verbo, projeta alguma afirmação sobre o sujeito.

: é o termo da oração que, através de um verbo, projeta alguma afirmação sobre o sujeito. feita através do predicado. : é o termo da oração que funciona como suporte de uma afirmação : é o termo da oração que, através de um verbo, projeta alguma afirmação sobre o sujeito. A pequena criança

Leia mais

REVISÃO CONCEITOS GRAMATICAIS 9º ANO

REVISÃO CONCEITOS GRAMATICAIS 9º ANO REVISÃO CONCEITOS GRAMATICAIS 9º ANO Observe os exemplos... Marisa comprou um carro. São termos essenciais da oração: Sujeito É o termo da oração sobre quem se declara alguma coisa Predicado É tudo aquilo

Leia mais

CONCEITOS GRAMATICAIS PARA ESTUDO CARLA FRASE. FRASE VERBAL: é frase que apresenta verbo ou locução verbal.

CONCEITOS GRAMATICAIS PARA ESTUDO CARLA FRASE. FRASE VERBAL: é frase que apresenta verbo ou locução verbal. CONCEITOS GRAMATICAIS PARA ESTUDO CARLA FRASE É uma enunciado (uma mensagem) de sentido completo que estabelece comunicação. Toda frase deve ser pontuada. FRASE VERBAL: é frase que apresenta verbo ou locução

Leia mais

COLÉGIO DIOCESANO SERIDOENSE. Professora: Caliana Medeiros.

COLÉGIO DIOCESANO SERIDOENSE. Professora: Caliana Medeiros. COLÉGIO DIOCESANO SERIDOENSE Professora: Caliana Medeiros. PREDICAÇÃO VERBAL Em função da relação que os verbos estabelecem com outras palavras, podemos dividi-los de duas maneiras: verbos de ligação verbos

Leia mais

Revisão:Tipos de sujeito

Revisão:Tipos de sujeito Revisão:Tipos de sujeito Sujeito Simples: possui apenas um núcleo. Exemplos: - Deus é perfeito! - A cegueira lhe torturava os últimos dias de vida. Sujeito Composto: possui dois ou mais núcleos. Exemplos:

Leia mais

PORTUGUÊS SÉRIE: Pré-Vestibular SINTAXE 1. Profª Raquel Sampaio

PORTUGUÊS SÉRIE: Pré-Vestibular SINTAXE 1. Profª Raquel Sampaio PORTUGUÊS SÉRIE: Pré-Vestibular SINTAXE 1 Profª Raquel Sampaio LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA SINTAXE 1 Profª. Raquel Freitas Sampaio É a parte da gramática que estuda as relações entre as palavras dentro

Leia mais

Sujeitos. Siene Alves Moreira Lucilene Eidna Faria. Faculdade Iseib BH Letras, 2º semestre/2013

Sujeitos. Siene Alves Moreira Lucilene Eidna Faria. Faculdade Iseib BH Letras, 2º semestre/2013 Sujeitos Siene Alves Moreira Lucilene Eidna Faria Faculdade Iseib BH Letras, 2º semestre/2013 Sujeitos Tipos de sujeitos: Sujeito simples Sujeito composto Sujeito indeterminado Sujeito inexistente O que

Leia mais

Lista 3 - Língua Portuguesa 1

Lista 3 - Língua Portuguesa 1 Lista 3 - Língua Portuguesa 1 Frase, oração e período; sujeito e predicado LISTA 3 - LP 1 - FRASE, ORAÇÃO E PERÍODO; SUJEITO E PREDICADO Frase, oração e período; sujeito e predicado Na fala ou na escrita,

Leia mais

PARECER SOBRE RECURSOS GABARITO OFICIAL CONCURSO PÚBLICO - EDITAL 01/2015.

PARECER SOBRE RECURSOS GABARITO OFICIAL CONCURSO PÚBLICO - EDITAL 01/2015. LÍNGUA PORTUGUESA ESCOLARIDADE ALFABETIZADO CARGO VIGIA QUESTÕES Nº 01 / 04 / 07 RECURSO DEFERIDO Questões anuladas. LÍNGUA PORTUGUESA ESCOLARIDADE NÍVEL MÉDIO CARGO AUXILIAR ADMINISTRATIVO QUESTÃO Nº

Leia mais

Odilei França. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações

Odilei França. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações Odilei França Graduado em Letras pela Fafipar. Graduado em Teologia pela Faculdade Batista. Professor de Língua Portuguesa para concursos públicos há 22 anos. Predicação verbal e sintaxe do período simples

Leia mais

Concordância Verbal. É o estudo da flexão de número e pessoa que deve haver entre o verbo e o sujeito.

Concordância Verbal. É o estudo da flexão de número e pessoa que deve haver entre o verbo e o sujeito. Concordância Verbal Concordância Verbal É o estudo da flexão de número e pessoa que deve haver entre o verbo e o sujeito. O verbo sempre concorda com o sujeito simples em número e pessoa. O aluno veio

Leia mais

Português 3º ano João J. Concordância Verbal

Português 3º ano João J. Concordância Verbal Português 3º ano João J. Concordância Verbal Concordância Verbal Concordância do verbo com o sujeito composto I. Quando o sujeito composto estiver posicionado antes do verbo, este ficará no plural. Ex.:

Leia mais

CURSO DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO PARÁ DATA 12/08/2016 DISCIPLINA PORTUGUÊS PROFESSOR RICARDO ERSE MONITOR LUCIANA FREITAS

CURSO DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO PARÁ DATA 12/08/2016 DISCIPLINA PORTUGUÊS PROFESSOR RICARDO ERSE MONITOR LUCIANA FREITAS CURSO DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO PARÁ DATA 12/08/2016 DISCIPLINA PORTUGUÊS PROFESSOR RICARDO ERSE MONITOR LUCIANA FREITAS AULA: 07 CONCORDÂNCIA Ementa Na aula de hoje serão abordados os seguintes

Leia mais

I. Sujeito e predicado: termos essenciais?

I. Sujeito e predicado: termos essenciais? Nome Nº Ano Turma Ensino Gabarito 8º Fund. II Disciplina Professora Natureza Código / Tipo Data Português Claudia Material de Apoio 5 MA5 2º / 2012 24/04/2012 Tema Estudos linguísticos: termos essenciais

Leia mais

Sujeito. Estudo do sujeito. Como identificar o sujeito? 29/12/ É o elemento a respeito de quem se diz alguma coisa.

Sujeito. Estudo do sujeito. Como identificar o sujeito? 29/12/ É o elemento a respeito de quem se diz alguma coisa. Eu Palavra Cantada Estudo do Professor Jailton Gêiser Fountain Sujeito - É o elemento a respeito de quem se diz alguma coisa. - É o termo da oração sobre o qual incide a informação prestada pelo. Como

Leia mais

SINTAXE DA ORAÇÃO E PERÍODO

SINTAXE DA ORAÇÃO E PERÍODO SINTAXE DA ORAÇÃO E PERÍODO Frase, oração e período. Frase: É o enunciado com sentido completo, capaz de fazer uma comunicação - Atenção! -Ontem choveu. - Cuidado! - A moça atravessava a rua. Nem toda

Leia mais

Nº da aula 02. Estudo da Sintaxe

Nº da aula 02. Estudo da Sintaxe Página1 Curso/Disciplina: Português para Concurso. Aula: Estudo da Sintaxe: Sujeito. Conceito; Classificações: sujeito determinado e indeterminado - 02 Professor (a): Rafael Cunha Monitor (a): Amanda Ibiapina

Leia mais

CURSO TJMG Nível Médio Oficial de Apoio Judiciário Nº

CURSO TJMG Nível Médio Oficial de Apoio Judiciário Nº CURSO TJMG Nível Médio Oficial de Apoio Judiciário Nº DATA 14/06/2016 DISCIPLINA Português - Gramática PROFESSOR Ricardo Erse MONITOR Paula Moura AULA 01/07 Ementa 1 Concordância... 2 a) Concordância nominal:...

Leia mais

REVISÃO DE ANÁLISE SINTÁTICA Período composto

REVISÃO DE ANÁLISE SINTÁTICA Período composto REVISÃO DE ANÁLISE SINTÁTICA Período composto Professora Melina 9º. Ano Relembrando... ORAÇÃO Enunciado organizado em torno de um verbo. Você abre a janela. PERÍODO SIMPLES frase formada por uma só oração.

Leia mais

Aula 7 O sujeito gramatical: tipologia (primeira parte)

Aula 7 O sujeito gramatical: tipologia (primeira parte) Aula 7 O sujeito gramatical: tipologia (primeira parte) Pablo Faria HL220C Prática de análise gramatical IEL/UNICAMP SUMÁRIO O SUJEITO GRAMATICAL: TIPOLOGIA Quantidade de núcleos Colocação Realização e

Leia mais

Obs.: Essa regra de concordância é excessivamente cobrada por todas as bancas.

Obs.: Essa regra de concordância é excessivamente cobrada por todas as bancas. Obs.: Se o verbo haver, com o sentido de existir, for o principal de uma locução verbal, seu auxiliar também ficará no singular. Ex.: Deve haver reclamações. (Devem existir reclamações) Obs.: Essa regra

Leia mais

Concordância e Regência Verbais

Concordância e Regência Verbais Concordância e Regência Verbais Enem 15 semanas 1. Para que se respeite a concordância verbal, será preciso corrigir a frase: a) Têm havido dúvidas sobre a capacidade do sistema de saúde cubano. b) Têm

Leia mais

Obs: *Predicativo do sujeito Ex.: A situação parece perfeita. * Predicativo do objeto Ex.: Os presos acharam a comida péssima.

Obs: *Predicativo do sujeito Ex.: A situação parece perfeita. * Predicativo do objeto Ex.: Os presos acharam a comida péssima. Obs: *Predicativo do sujeito Ex.: A situação parece perfeita. * Predicativo do objeto Ex.: Os presos acharam a comida péssima. Termos essenciais 1) Sujeito: é o termo a respeito do qual se declara alguma

Leia mais

Morfologia, Sintaxe e Morfossintaxe substantivo, verbo, Morfologia. Morfologia classes gramaticais

Morfologia, Sintaxe e Morfossintaxe substantivo, verbo, Morfologia. Morfologia classes gramaticais Língua Portuguesa Nesta bimestral você aprendeu sobre diversos conceitos como Morfologia, Sintaxe e Morfossintaxe, e partir desses conceitos vamos revisar os principais assuntos estudados. Quando falamos

Leia mais

Professora Kalyne Varela

Professora Kalyne Varela Professora Kalyne Varela 1. Fui eu que fiz o casamento. 4. Fui eu que fez o casamento. 8. Foste tu que fizeste o casamento. 16. Foste tu quem fez o casamento. 32. Fostes vós que fez o casamento. 64. Fostes

Leia mais

Português. Sujeito. Professor Arthur Scandelari.

Português. Sujeito. Professor Arthur Scandelari. Português Sujeito Professor Arthur Scandelari www.acasadoconcurseiro.com.br Português SUJEITO PARTE 1 1. (ESAF MPOG 2015) Quando, em 2001, Facundo Manes regressou a seu país, a Argentina, depois de concluir

Leia mais

CONCORDÂNCIA VERBAL PROFESSORA: JOSIANE

CONCORDÂNCIA VERBAL PROFESSORA: JOSIANE CONCORDÂNCIA VERBAL PROFESSORA: JOSIANE SINTAXE Concordância Verbal Ocorre quando o verbo se flexiona para concordar com o seu sujeito. Ex.: Ele gostava daquele seu jeito carinhoso de ser./ Eles gostavam

Leia mais

Há dois sintagmas essenciais: o sintagma nominal (SN), cujo núcleo é um nome ou palavra que seja equivalente; e o sintagma verbal (SV) cujo núcleo é

Há dois sintagmas essenciais: o sintagma nominal (SN), cujo núcleo é um nome ou palavra que seja equivalente; e o sintagma verbal (SV) cujo núcleo é Há dois sintagmas essenciais: o sintagma nominal (SN), cujo núcleo é um nome ou palavra que seja equivalente; e o sintagma verbal (SV) cujo núcleo é uma forma verbal. Existem também o sintagma adjetival

Leia mais

Português. Aula: 09/12. Prof. Felipe Oberg. Visite o Portal dos Concursos Públicos

Português. Aula: 09/12. Prof. Felipe Oberg.  Visite o Portal dos Concursos Públicos Português Aula: 09/12 Prof. Felipe Oberg UMA PARCERIA Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.BR Visite a loja virtual www.conquistadeconcurso.com.br MATERIAL DIDÁTICO EXCLUSIVO PARA

Leia mais

PREDICADO. Profª Fernanda Colcerniani

PREDICADO. Profª Fernanda Colcerniani PREDICADO Profª Fernanda Colcerniani PREDICADO É o termo que expressa aquilo que se afirma a respeito do sujeito: 1. Jardineiros diplomados regam flores [...] sujeito predicado 2. A luz da tua poesia é

Leia mais

Questão 01 Os hobbits

Questão 01 Os hobbits Educador: Angela Régia C. Curricular: Língua Portuguesa Data: / /2013 Estudante: 7º Ano Questão 01 Os hobbits Os hobbits são um povo discreto, mas muito antigo, que já foi mais numeroso do que é hoje.

Leia mais

Mapa Mental de Português Concordância Nominal

Mapa Mental de Português Concordância Nominal Mapa Mental de Português Concordância Nominal Mapas mentais de Portugês sobre concordância nominal. Mapa Mental de Português Concordância Verbal Diversos mapas mentais de Português sobre concordância verbal.

Leia mais

o erro: Vamos retomar o período simples do exemplo anterior e observar a classe gramatical e a função sintática da palavra

o erro: Vamos retomar o período simples do exemplo anterior e observar a classe gramatical e a função sintática da palavra Vamos retomar o período simples do exemplo anterior e observar a classe gramatical e a função sintática da palavra o erro: Neymar não admitiu o erro do juiz. suj VTD função: núcleo do direto classe: substantivo

Leia mais

Português. Sintaxe da Oração (Análise Sintática) Professor Carlos Zambeli.

Português. Sintaxe da Oração (Análise Sintática) Professor Carlos Zambeli. Português Sintaxe da Oração (Análise Sintática) Professor Carlos Zambeli www.acasadoconcurseiro.com.br Português SINTAXE DA ORAÇÃO (ANÁLISE SINTÁTICA) Frase: é o enunciado com sentido completo, capaz

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 12 Concordância Verbal e Nominal

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 12 Concordância Verbal e Nominal LÍNGUA PORTUGUESA Professora Rosane Reis MÓDULO 12 Concordância Verbal e Nominal CONCORDÂNCIA VERBAL REGRA GERAL O verbo concorda em número e pessoa com o sujeito. Com sujeito simples e singular ou substantivo

Leia mais

REVISÃO DE SINTAXE Predicação e Tipos de Predicado

REVISÃO DE SINTAXE Predicação e Tipos de Predicado Sintaxe Aula 3 (Língua Portuguesa / Redação / Hermenêutica / Teologia Patrística / Teologia de Missões) Tel: 8566.8968 REVISÃO DE SINTAXE Predicação e Tipos de Predicado (Língua Portuguesa / Redação /

Leia mais

Regra geral de concordância verbal

Regra geral de concordância verbal Regra geral de concordância verbal O verbo concorda em número e pessoa com o seu sujeito. Há, entretanto, uma série de regras e exceções relativas a casos de concordância verbal, que devem ser examinadas

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA 7 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª SHEILA RODRIGUES PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS

LÍNGUA PORTUGUESA 7 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª SHEILA RODRIGUES PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS LÍNGUA PORTUGUESA 7 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª SHEILA RODRIGUES PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade IV Ciência- O homem na construção do conhecimento 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES

Leia mais

FUNDAÇÃO EUCLIDES DA CUNHA CONCURSO PÚBLICO DE SÃO MATEUS RESPOSTA AO RECURSO DA PROVA OBJETIVA

FUNDAÇÃO EUCLIDES DA CUNHA CONCURSO PÚBLICO DE SÃO MATEUS RESPOSTA AO RECURSO DA PROVA OBJETIVA CONCURSO PÚBLICO DE SÃO MATEUS CARGO: Fonoaudiólogo S 43 QUESTÃO NÚMERO: 03 Embora a candidata não tenha apresentado fundamentação teórica, para dar origem ao presente recurso, esta Banca informa que a

Leia mais

ATENÇÃO! Material retirado da Internet, que eu considero de fonte segura e confiável. Os endereços estão no fim de cada assunto. TERMOS ESSENCIAIS DA ORAÇÃO Sujeito e Predicado Para que a oração tenha

Leia mais

Sujeito Simples. Sujeito Composto antes do verbo O verbo vai para o plural concordando com o sujeito. 18/12/2009. Ele chegou tarde.

Sujeito Simples. Sujeito Composto antes do verbo O verbo vai para o plural concordando com o sujeito. 18/12/2009. Ele chegou tarde. Sujeito Simples O verbo concorda em número e pessoa com o sujeito. Ele chegou tarde. Nós voltaremos logo. Sujeito Composto antes do verbo O verbo vai para o plural concordando com o sujeito. Rafa e Edu

Leia mais

REVISÃO DA SINTAXE. Elementos da análise sintática Problemas de concordância verbal. Prof. Paola C. Buvolini Freitas

REVISÃO DA SINTAXE. Elementos da análise sintática Problemas de concordância verbal. Prof. Paola C. Buvolini Freitas REVISÃO DA SINTAXE Elementos da análise sintática Problemas de concordância verbal Prof. Paola C. Buvolini Freitas paolabuvolini@gmail.com PREPOSIÇÕES palavras invariáveis DE (do, da, dos, das) indica

Leia mais

PARTÍCULA EXPLETIVA OU DE REALCE

PARTÍCULA EXPLETIVA OU DE REALCE FUNÇÕES DO QUE? Aqui estudaremos todas as classes gramaticais a que a palavra que pertence. SUBSTANTIVO A palavra que será substantivo, quando tiver o sentido de qualquer coisa ou alguma coisa, é sempre

Leia mais

MATERIAL N. 1 AULA 01 SUJEITO: OS PRIMEIROS DIAS DE PAZ SINTAXE DO PERÍODO SIMPLES NÚCLEO DO SUJEITO: DIAS CONCEITOS FUNDAMENTAIS SUJEITO COMPOSTO

MATERIAL N. 1 AULA 01 SUJEITO: OS PRIMEIROS DIAS DE PAZ SINTAXE DO PERÍODO SIMPLES NÚCLEO DO SUJEITO: DIAS CONCEITOS FUNDAMENTAIS SUJEITO COMPOSTO AULA 01 SINTAXE DO PERÍODO SIMPLES CONCEITOS FUNDAMENTAIS FRASE Frase é todo enunciado capaz de transmitir nossas idéias. Uma lua clara iluminava o céu. Socorro! ORAÇÃO É toda frase construída em torno

Leia mais

Língua Portuguesa. Professoras: Fernanda e Danúzia

Língua Portuguesa. Professoras: Fernanda e Danúzia Língua Portuguesa Professoras: Fernanda e Danúzia Nesta bimestral você aprendeu sobre diversos conceitos como Morfologia, Sintaxe e Morfossintaxe, e partir desses conceitos vamos revisar os principais

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA. Prof. Albert Iglésia

LÍNGUA PORTUGUESA. Prof. Albert Iglésia LÍNGUA PORTUGUESA Prof. Albert Iglésia 1 - Sujeito 2 - Predicado Essenciais 1 Complemento verbal 2 Complemento nominal 3 Agente da passiva Integrantes 1 Adjunto adverbial 2 Adjunto adnominal 3 Aposto Acessórios

Leia mais

CONCORDÂNCIA N O M I N A L E V E R B A L. Prof. Jorge Viana

CONCORDÂNCIA N O M I N A L E V E R B A L. Prof. Jorge Viana CONCORDÂNCIA N O M I N A L E V E R B A L Prof. Jorge Viana Observe: (A) As crianças prendem a sacola no espaldar da cama. suj. na 3ª pes. pl. verbo na 3ª pes. pl. (B) Crianças órfãs são minoria nos orfanatos.

Leia mais

CONCORDÂNCIA VERBAL Ocorre quando o verbo se flexiona para concordar com seu sujeito. Regra Geral: O sujeito concordará o verbo em número e pessoa.

CONCORDÂNCIA VERBAL Ocorre quando o verbo se flexiona para concordar com seu sujeito. Regra Geral: O sujeito concordará o verbo em número e pessoa. CONCORDÂNCIA VERBAL Ocorre quando o verbo se flexiona para concordar com seu sujeito. Regra Geral: O sujeito concordará o verbo em número e pessoa. A orquestra tocou uma valsa longa. 3ª p. Singular 3ª

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 12 Sintaxe V

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 12 Sintaxe V LÍNGUA PORTUGUESA Professora Rosane Reis MÓDULO 12 Sintaxe V CONCORDÂNCIA NOMINAL Consiste no estudo de relações entre adjetivo e substantivo, pronome e substantivo, artigo e substantivo, numeral e substantivo.

Leia mais

Orações sem sujeito Choveu na noite passada. Faz dez anos que não nos vemos. Está calor hoje. Havia muitos candidatos no último concurso.

Orações sem sujeito Choveu na noite passada. Faz dez anos que não nos vemos. Está calor hoje. Havia muitos candidatos no último concurso. Tipos de sujeito Simples Perto da mesa estava a poltrona. Composto Os professores e a equipe do curso agradecem o comprometimento. Oculto Conhecemos a verdade sobre este assunto. Orações sem sujeito Choveu

Leia mais

Período simples: conceitos e exemplos

Período simples: conceitos e exemplos Período simples: conceitos e exemplos Frase é todo enunciado (palavra ou conjunto de palavras) que apresente sentido completo. Ei! Olá! Até logo. Oração é a frase ou fragmento de frase que contém um verbo

Leia mais

Os alunos fizeram uma visita ao zoológico, onde puderam observar várias espécies de animais.

Os alunos fizeram uma visita ao zoológico, onde puderam observar várias espécies de animais. Uso do onde e aonde O advérbio é uma classe de palavras cuja função gramatical é acompanhar e modificar um verbo, exprimindo a circunstância da ação verbal, por isso o nome ad-vérbio, ou seja, a palavra

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ COORDENADORIA DE CONCURSOS CCV PARECER

UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ COORDENADORIA DE CONCURSOS CCV PARECER Questão 24 A questão 24 aborda sintaxe. O candidato deve identificar a frase em que o pronome oblíquo de 1ª pessoa me pode ser substituído pelo pronome de terceira pessoa lhe, noutras palavras, a frase

Leia mais

405. Assinale a alternativa onde o verbo haver não admite plural e, por isso, está errado:

405. Assinale a alternativa onde o verbo haver não admite plural e, por isso, está errado: CONCORDÂNCIA 405. Assinale a alternativa onde o verbo haver não admite plural e, por isso, está errado: a) os soldados se houveram como herói; b) os condenados houveram o perdão para seus erros; c) se

Leia mais

Português para Tribunal Regional Federal - 5ª Região (teoria e questões comentadas) Aula 03 (Concordância verbal e nominal.

Português para Tribunal Regional Federal - 5ª Região (teoria e questões comentadas) Aula 03 (Concordância verbal e nominal. Português para Tribunal Regional Federal - 5ª Região (teoria e questões comentadas) Aula 03 (Concordância verbal e nominal. Vozes do verbo) Chegamos à nossa terceira aula! O tema desta aula é muito importante.

Leia mais

CONCURSO IGP INSTITUTO GERAL DE PERÍCIAS 20 DICAS DE PORTUGUÊS

CONCURSO IGP INSTITUTO GERAL DE PERÍCIAS 20 DICAS DE PORTUGUÊS CONCURSO IGP INSTITUTO GERAL DE PERÍCIAS 20 DICAS DE PORTUGUÊS #1 20 DICAS DE PORTUGUÊS USO DOS PORQUÊS GRAFIA POR QUE PORQUE POR QUÊ PORQUÊ USO Substituível pelas expressões pelo(s) qual(s), pela(s) qual(s);

Leia mais

Noções de Morfossintaxe

Noções de Morfossintaxe Noções de Morfossintaxe Orações Substantivas É introduzida pelas conjunções QUE ou SE Aprenda a analisar a oração principal Oração Completiva Nominal Há a orientação de que Há a esperança de que Há o estudo

Leia mais

13) As expressões perto de e cerca de levam o verbo a concordar com o numeral. Ex.: Cerca de vinte pessoas estavam na loja.

13) As expressões perto de e cerca de levam o verbo a concordar com o numeral. Ex.: Cerca de vinte pessoas estavam na loja. 13) As expressões perto de e cerca de levam o verbo a concordar com o numeral. Ex.: Cerca de vinte pessoas estavam na loja. 14) Concordância com mais de e menos de. * Com numeral um: verbo no singular.

Leia mais

Exemplos adicionais: CERVEJA É BOM. A CERVEJA É BOA. ENTRADA É PROIBIDO. A ENTRADA É PROIBIDA.

Exemplos adicionais: CERVEJA É BOM. A CERVEJA É BOA. ENTRADA É PROIBIDO. A ENTRADA É PROIBIDA. Exemplos adicionais: CERVEJA É BOM. A CERVEJA É BOA. ENTRADA É PROIBIDO. A ENTRADA É PROIBIDA. 11) Haja vista. Ex.: Haja vista os resultados. (invariável) Obs.: Admitem-se também duas outras construções.

Leia mais

PREDICAÇÃO VERBAL Profª Giovana Uggioni Silveira

PREDICAÇÃO VERBAL Profª Giovana Uggioni Silveira PREDICAÇÃO VERBAL Profª Giovana Uggioni Silveira PREDICAÇÃO VERBAL VERBO DE LIGAÇÃO; VERBO TRANSITIVO; VERBO INTRANSITIVO. VERBO DE LIGAÇÃO (VL) Indica estado; Liga uma característica do sujeito (predicativo

Leia mais

Português. Concordância Nominal e Verbal. Professor Carlos Zambeli.

Português. Concordância Nominal e Verbal. Professor Carlos Zambeli. Português Concordância Nominal e Verbal Professor Carlos Zambeli www.acasadoconcurseiro.com.br Português CONCORDÂNCIA VERBAL Regra geral O verbo concorda com o núcleo do sujeito em número e pessoa. A

Leia mais

VERBOS. Profª Giovana Uggioni Silveira

VERBOS. Profª Giovana Uggioni Silveira VERBOS Profª Giovana Uggioni Silveira AÇÃO ESTADO FENÔMENOS DA NATUREZA FORMAS NOMINAIS DO VERBO Infinitivo (amar, fazer, partir, comemorar, por, ser, ir) terminados em AR - 1ª conjugação terminados em

Leia mais

É aquele que possui apenas um núcleo:

É aquele que possui apenas um núcleo: SINTAXE DA ORAÇÃO SUJEITO SIMPLES É aquele que possui apenas um núcleo: Alguns movimentos ecológicos nasceram em rede. O Twiter, que foi criado em 2006, se transformou em fenômeno de comunicação global.

Leia mais

A PARTÍCULA SE pode ser:

A PARTÍCULA SE pode ser: A PARTÍCULA SE pode ser: 1. Pronome reflexivo 2. Pronome recíproco 3. Pronome apassivador 4. Índice de indeterminação do sujeito 5. Parte integrante do verbo 6. Conjunção condicional 7. Palavra expletiva

Leia mais

O QUE É A CRASE? (preposição exigida pelo verbo ir + artigo acompanha o substantivo cidade)

O QUE É A CRASE? (preposição exigida pelo verbo ir + artigo acompanha o substantivo cidade) CRASE O QUE É A CRASE? Crase é a união, a fusão de duas vogais iguais. A crase é representada pelo acento grave (`). Observe com atenção as construções abaixo: Ex.: Hoje você irá A + A cidade. (preposição

Leia mais

Data de entrega : Entregar no dia da avaliação

Data de entrega : Entregar no dia da avaliação Disciplina: P. TEXTO Professor: Valdeci Lopes TRABALHO 2016 Ano: 8 ano Ensino: F. II Data de entrega : Entregar no dia da avaliação O trabalho será composto por duas partes: Exercícios de gramática (2.0

Leia mais

Funções do que e do se

Funções do que e do se Funções do que e do se Há muitas dúvidas quanto ao emprego do que e do se, pois podem ser empregados em várias funções morfossintáticas. Portanto, iremos analisar cada termo individualmente, a fim de que

Leia mais

A regra básica da concordância verbal é o verbo concordar em número (singular ou plural) e pessoa (1ª, 2ª ou 3ª) com o sujeito da frase.

A regra básica da concordância verbal é o verbo concordar em número (singular ou plural) e pessoa (1ª, 2ª ou 3ª) com o sujeito da frase. Português Aula 8 Concordância Verbal e Nominal A Língua Portuguesa é muito bem estruturada, portanto, tem várias regras que regem o seu uso. Para quem fala, lê e escreve nesse idioma, é fundamental conhecer

Leia mais

SUJEITO + PRONOME RELATIVO + VERBO + COMPLEMENTO. Ex.: Este é o assunto que fiz referência semana passada.

SUJEITO + PRONOME RELATIVO + VERBO + COMPLEMENTO. Ex.: Este é o assunto que fiz referência semana passada. PREPOSIÇÃO Ordem Direta da Oração: Sujeito + verbo + Complemento Ex.: Todos gostam de carnaval. Todos gostam carnaval. PREPOSIÇÃO QUEM ALGO ALGUÉM ALGUMA COISA SUJEITO + PRONOME RELATIVO + VERBO + COMPLEMENTO

Leia mais

EXERCÍCIOS DE ANÁLISE SINTÁTICA (PERÍODO SIMPLES) adnominal;

EXERCÍCIOS DE ANÁLISE SINTÁTICA (PERÍODO SIMPLES) adnominal; EXERCÍCIOS DE ANÁLISE SINTÁTICA (PERÍODO SIMPLES) 1. Considere a frase Ele andava triste porque não encontrava a companheira os verbos grifados são a) transitivo direto de ligação; b) de ligação intransitivo;

Leia mais

RESUMÃO LÍNGUA PORTUGUESA AO VIVO 07/06/13 LUCIA DEBORAH SINTAXE: TIPOS DE SUJEITO E DE PREDICADO SUJEITO

RESUMÃO LÍNGUA PORTUGUESA AO VIVO 07/06/13 LUCIA DEBORAH SINTAXE: TIPOS DE SUJEITO E DE PREDICADO SUJEITO LÍNGUA PORTUGUESA AO VIVO 07/06/13 LUCIA DEBORAH SINTAXE: TIPOS DE SUJEITO E DE PREDICADO RESUMÃO SUJEITO -QUANTO À EXPLICITUDE NÃO EXISTE, PORQUE O VERBO É IMPESSOAL= INEXISTENTE EXISTE, MAS NÃO PODE

Leia mais

Leia a tira para responder às questões.

Leia a tira para responder às questões. GOIÂNIA, / / 2017. PROFESSOR: Daniel DISCIPLINA: Gramática SÉRIE: 2 ano ALUNO(a): No Anhanguera você é + Enem Antes de iniciar a lista de exercícios leia atentamente as seguintes orientações: - É fundamental

Leia mais

Concordância Verbal. Prof. Cláudio Ribeiro

Concordância Verbal. Prof. Cláudio Ribeiro Concordância Verbal Regra Geral : O verbo concorda com o sujeito em pessoa e número. Exemplos: Realizou-se, em janeiro, visita à sede da empresa. Na ocasião, abordaram-se os aspectos financeiros, contábeis

Leia mais

Noções de Morfossintaxe

Noções de Morfossintaxe Noções de Morfossintaxe Orações Substantivas É introduzida pelas conjunções QUE ou SE Aprenda a analisar a oração principal Oração Completiva Nominal Há a orientação de que Há a esperança de que Há o estudo

Leia mais

PORTUGUÊS IBFC. Professor Marco Antonio Macarrão

PORTUGUÊS IBFC. Professor Marco Antonio Macarrão PORTUGUÊS IBFC Professor Marco Antonio Macarrão QUESTÃO 01: IBFC COMLURB MÉDIO 2016 Leia o texto abaixo e identifique qual das alternativas apresenta correta aplicação de crase, seguindo a mesma lógica

Leia mais

Conheça também nossa loja:

Conheça também nossa loja: O curso Agora Vou Aprender lhe dá todo suporte para que você aprenda bastante em nosso curso online. Caso tenha dúvidas, conte com o apoio do Professor Leo pelo email cursodoprofleo@gmail.com ou pelo Whatsapp

Leia mais

Observação: Em sentido conotativo, é possível a variação desses verbos, pois passa a existir um sujeito. Ex.: Choveram erros na prova.

Observação: Em sentido conotativo, é possível a variação desses verbos, pois passa a existir um sujeito. Ex.: Choveram erros na prova. Concordância Entende-se como concordância verbal aquela permite a perfeita relação do verbo com seu sujeito. Enquanto a nominal, faz a perfeita relação entre nomes como substantivos e adjetivos. Verbal

Leia mais

5 - Assinale a opção que apresenta a regência verbal incorreta, de acordo com a norma culta da língua: a) Os sertanejos aspiram a uma vida mais

5 - Assinale a opção que apresenta a regência verbal incorreta, de acordo com a norma culta da língua: a) Os sertanejos aspiram a uma vida mais 5 - Assinale a opção que apresenta a regência verbal incorreta, de acordo com a norma culta da língua: a) Os sertanejos aspiram a uma vida mais confortável. b) Obedeceu rigorosamente ao horário de trabalho

Leia mais

Provão. Língua Portuguesa 4 o ano. Vida da gente. Texto

Provão. Língua Portuguesa 4 o ano. Vida da gente. Texto Provão Língua Portuguesa 4 o ano Texto Vida da gente Todos os dias nós jogamos fora muitas coisas de que não precisamos mais. Para onde será que elas vão? Será que daria para usá-las novamente? Todo dia

Leia mais

Assuntos Muito Importantes Para as Provas IBFC

Assuntos Muito Importantes Para as Provas IBFC Assuntos Muito Importantes Para as Provas IBFC O texto apresenta uma estrutura cujo o processo de composição predominante é o narrativo. Todos os elementos abaixo são característicos desse tipo de texto,

Leia mais

Funções do substantivo. Sujeito Objeto direto Objeto indireto Complemento nominal Predicativo Aposto

Funções do substantivo. Sujeito Objeto direto Objeto indireto Complemento nominal Predicativo Aposto Funções do substantivo Sujeito Objeto direto Objeto indireto Complemento nominal Predicativo Aposto Orações desenvolvidas São introduzidas por uma conjunção integrante (que,se); ou introduzidas por pronome

Leia mais

Português. Predicação Verbal. Professor Arthur Scandelari.

Português. Predicação Verbal. Professor Arthur Scandelari. Português Predicação Verbal Professor Arthur Scandelari www.acasadoconcurseiro.com.br Português PREDICAÇÃO VERBAL PARTE 1 1. (FCC TRF-3 2016)... tanto o metódico Paul McCartney como o irrequieto John

Leia mais

JOSÉ ALMIR FONTELLA DORNELLES

JOSÉ ALMIR FONTELLA DORNELLES JOSÉ ALMIR FONTELLA DORNELLES Edição comemorativa de 20 anos. Revista, ampliada, novos exercícios e questões. 20ª edição Brasília 2014 2014 Vestcon Editora Ltda. Todos os direitos autorais desta obra são

Leia mais

Disciplina: Língua Portuguesa Data da realização: 26/09/2016. Pronomes Pessoais

Disciplina: Língua Portuguesa Data da realização: 26/09/2016. Pronomes Pessoais Ficha da semana 4º ano A e B Instruções: 1 Cada atividade terá uma data de realização e deverá ser entregue à professora no dia seguinte 2 As atividades deverão ser copiadas e respondidas no caderno de

Leia mais

Prof. José Antônio Sansevero Martins (Zé Laranja)

Prof. José Antônio Sansevero Martins (Zé Laranja) Prof. José Antônio Sansevero Martins (Zé Laranja) PERÍODO COMPOSTO 1. ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS Oração principal (incompleta) Oração subordinada substantiva (aquilo que falta na or. Principal)

Leia mais

Concurso da EsSA. 10 dicas imbatíveis de Português para o IPR IPR. e-book. Análise Sintática INSTITUTO PADRE REUS

Concurso da EsSA. 10 dicas imbatíveis de Português para o IPR IPR.  e-book. Análise Sintática INSTITUTO PADRE REUS 10 dicas imbatíveis de Português para o INSTITUTO PADRE REUS Concurso da EsSA Análise Sintática e-book INSTITUTO PADRE REUS www.ipronline.com.br INSTITUTO PADRE REUS TRANSFORMANDO RMAN AND O PESSOAS SOA

Leia mais

Português. Vozes Verbais. Professor Carlos Zambeli.

Português. Vozes Verbais. Professor Carlos Zambeli. Português Vozes Verbais Professor Carlos Zambeli www.acasadoconcurseiro.com.br Português VOZES VERBAIS Voz é a forma assumida pelo verbo para indicar a relação entre ele e seu sujeito. Escrevi uma redação!

Leia mais

APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM

APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM GRAMÁTICA TRADICIONAL SINTAXE II: TERMOS INTEGRANTES E TERMOS ACESSÓRIOS Tutora: Ariana de Carvalho TERMOS INTEGRANTES A nomenclatura está relacionada com a função dos

Leia mais

Concordância verbal. Manoel Francisco Guaranha

Concordância verbal. Manoel Francisco Guaranha Concordância verbal Manoel Francisco Guaranha Sujeito Composto Anteposto Com elementos coordenados, Casas, apartamentos e terrenos todos de 3ª pessoa são boas formas de investimento. Formado de palavras

Leia mais

Integrado Aulas 45 e 46 Apostila 6 Colocação Pronominal. Prof. Eloy Gustavo

Integrado Aulas 45 e 46 Apostila 6 Colocação Pronominal. Prof. Eloy Gustavo Integrado Aulas 45 e 46 Apostila 6 Colocação Pronominal Colocação Pronominal Definição: conjunto de regras que determinam a colocação dos pronomes oblíquos átonos. Pronomes Oblíquos Átonos: 1ª pessoa 2ª

Leia mais

Professor Marlos Pires Gonçalves

Professor Marlos Pires Gonçalves PRONOMES PRONOMES INDEFINIDOS Os pronomes indefinidos são palavras que se referem a 3ª pessoa gramatical de modo vago, sem precisão, indeterminado. Alguém telefonou para você. Algumas pessoas tumultuaram

Leia mais

UDESC 2015/2 PORTUGUÊS. Gabarito do departamento de português sem resposta. Comentário

UDESC 2015/2 PORTUGUÊS. Gabarito do departamento de português sem resposta. Comentário PORTUGUÊS Gabarito do departamento de português sem resposta. a) Incorreta. As orações iniciadas pela partícula se são subordinadas substantivas objetivas diretas do verbo discutir. b) Correta. Todas as

Leia mais

Revisão sujeito e predicado. Prof.ª Lucimar

Revisão sujeito e predicado. Prof.ª Lucimar Revisão sujeito e predicado Prof.ª Lucimar Tipos de sujeito Sujeito Simples: possui apenas um núcleo e este vem escrito. Exemplos: - Deus é perfeito! Sujeito simples Deus Núcleo do sujeito simples Deus

Leia mais

1. ARTIGO É uma palavra que determina outra classe de palavra chamada de substantivo. Divide-se em: - Artigo definido: o, a, os, as.

1. ARTIGO É uma palavra que determina outra classe de palavra chamada de substantivo. Divide-se em: - Artigo definido: o, a, os, as. CURSO DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO PARÁ DATA 11/08/2016 DISCIPLINA PORTUGUÊS PROFESSOR RICARDO ERSE MONITOR LUCIANA FREITAS AULA: 06 CLASSES GRAMATICAIS Ementa Na aula de hoje serão abordados

Leia mais

Concordância verbal. Temos que o verbo se apresenta na terceira pessoa do singular, pois faz referência a um sujeito, assim também expresso (ele).

Concordância verbal. Temos que o verbo se apresenta na terceira pessoa do singular, pois faz referência a um sujeito, assim também expresso (ele). Concordância verbal Ao falarmos sobre a concordância verbal, estamos nos referindo à relação de dependência estabelecida entre um termo e outro mediante um contexto oracional. Desta feita, os agentes principais

Leia mais

Professor Marlos Pires Gonçalves

Professor Marlos Pires Gonçalves Concordância verbal Introdução Este tutorial é uma proposta de ensino que tem por objetivo ajudar pessoas de diferentes níveis de aprendizagem a resolver dificuldades que encontram no estudo da concordância

Leia mais