COLÉGIO DIOCESANO SERIDOENSE. Professora: Caliana Medeiros.

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "COLÉGIO DIOCESANO SERIDOENSE. Professora: Caliana Medeiros."

Transcrição

1 COLÉGIO DIOCESANO SERIDOENSE Professora: Caliana Medeiros.

2 PREDICAÇÃO VERBAL Em função da relação que os verbos estabelecem com outras palavras, podemos dividi-los de duas maneiras: verbos de ligação verbos significativos

3 Verbo de ligação é todo verbo que liga o sujeito ao predicado. Hipótese E se Deus é canhoto e criou com a mão esquerda? Isso explica, talvez, as coisas deste mundo. Carlos Drummond de Andrade

4 VERBOS SIGNIFICATIVOS São aqueles que expressam uma informação/ ação: Verbos intransitivos - não exige complemento. À noite, o cachorro latia intensamente. Verbos transitivos - não têm sentido completo; exigem um complemento. Podem ser: diretos, indiretos ou bitransitivos (direto e indireto).

5 Verbo transitivo direto - exige complemento sem preposição. A chuva de ontem inundou nossa rua. Verbo transitivo indireto - exige complemento com preposição. Todos os participantes concordaram com o projeto.

6 Verbo bitransitivo - exige dois complementos: um com preposição e outro sem preposição. *O clube enviou cartas a todos os associados.

7 Uma questão de contexto: A canoa virou rapidamente. (VI) O motorista virou o carro à direta. (VTD) Meu chefe virou fera. (VL) O aluno falou muito bem. (VI) O aluno falou palavras belas. (VTD) O aluno falou palavras belas ao professor. (VTDI) Estávamos muito cansados. (VL) A mobília estava num dos cômodos da casa. (VI)

8 São dois os termos essenciais (ou principais) de uma oração: SUJEITO- ser do qual se dá uma informação e concorda com o verbo. PREDICADO - informação que se dá a respeito do sujeito. Obs.:Podemos ter uma oração sem sujeito, mas nunca sem predicado.

9 O SUJEITO Palavra (ou conjunto de palavras) que concorda com o verbo

10 Sujeito simples - possui apenas um núcleo (que pode ser representado por um substantivo, pronome, ou qualquer palavra substantivada). É facílimo este problema! (núcleo =problema) O sete é um número cabalístico (secreto). (Núcleo = sete) As novas e eficientes técnicas de cultivo à lavoura ajudaram a aumentar a nossa produção. (Núcleo= técnicas)

11 A pessoa que não lê fica parada no tempo. (Núcleo= pessoa ) (Núcleo= que = pronome) Aquele seu andar era-me bem conhecido. (Núcleo=andar)

12 SUJEITO COMPOSTO - possui dois ou mais núcleos. O burro e o cavalo nadavam ao lado da canoa. núcleo núcleo núcleo núcleo Ela e o marido partiram para uma viagem.

13 *SUJEITO OCULTO- ELÍPTICO OU DESINENCIAL - quando está implícito, isto é, quando não está expresso mas se deduz do contexto. *Viajarei amanhã. (Eu) *Caminharemos amanhã. (Nós)

14 SUJEITO INDETERMINADO Quando não se pode ou não se quer indicar o sujeito que pratica a ação. Podemos indeterminá-lo: usando-se o verbo na 3ª pessoa do plural, sem referência a qualquer sujeito já expresso. Bateram palmas no portãozinho da frente. De qualquer modo, foi judiação demitirem a moça.

15 *Com verbo ativo na 3ª pessoa do singular + pronome SE. Trata-se de fenômenos que a Ciência não explica. Aqui vive-se bem. Deixando o verbo no infinitivo impessoal. Era penoso carregar aqueles fardos enormes. É triste assistir a estas cenas repulsivas.

16 ORAÇÃO SEM SUJEITO São orações construídas com verbos impessoais, na 3ª pessoa do singular. HAVER - ( no sentido de existir, acontecer, realizar-se, decorrer) Há plantas venenosas. Deve haver leis mais sábias

17 FAZER, PASSAR, SER, ESTAR ( com sentido de tempo ) *Faz dois anos que me formei. *Abria a janela, se estava calor. *Era(m) trinta de maio de (*) datas *Já passava das cinco da tarde. VERBOS QUE INDICAM FENÔMENOS NATURAIS *Ventava muito durante a noite. *Nevou no Sul do país. *Choveu durante todo o verão.

18 Choveram cartas para você. Verbo usado em sentido figurado; possui sujeito. sujeito = cartas

19 O PREDICADO É a informação que temos a respeito do sujeito.

20 Exemplo: Os deputados e senadores do PT reuniram-se ontem, durante um almoço em Brasília. Sujeito composto: deputados e senadores (verbo reuniram-se) Predicado Verbal

21 TERMOS RELACIONADOS AOS VERBOS OBJETO DIRETO OBJETO INDIRETO

22 OBJETO DIRETO Termo que completa o sentido dos verbos transitivos diretos, aparecendo sem a preposição exigida pelo verbo e sendo o destinatário do processo verbal.

23 OBJETO DIRETO PREPOSICIONADO Há casos em que o objeto direto vem precedido de preposição. Isso ocorre principalmente: 1. quando o OD é um pronome pessoal tônico: Deste modo prejudicas a ti e a ele. 2. Quando o OD é o pronome relativo QUEM: João tinha um filho a quem idolatrava. (idolatrava o filho)

24 3. com nomes próprios ou comuns, referentes a pessoas, principalmente na expressão dos sentimentos: Judas traiu a Cristo. / Amemos a Deus sobre todas as coisas. 4. Em construções enfáticas, nas quais antecipamos o OD para dar-lhes realce: * A você é que não enganam!

25 OBJETO INDIRETO É o termo que completa o verbo transitivo indireto, regido de preposição sendo, também o destinatário do processo verbal. Exemplo: Eles acreditam em Deus. Meus vizinhos gostam de música internacional. A moça pensou nos bons momentos que viveram juntos.

26 Atenção OS OBJETOS E OS PRONOMES OBLÍQUOS Tendo em vista uma boa coesão textual, podemos, muitas vezes, substituir palavras ou termos com função de objeto (direto ou indireto) por pronomes oblíquos. Eles continuarão a exercer a mesma função que a de antes. Ninguém me visitou. (OD) Rogo-lhe que fique. (OI) Avistaram-na de longe. (OD) Observação: O objeto indireto é sempre regido de preposição, mesmo sob a forma de pronome, que, no caso, aparece implícita: Rogo-lhe = rogo a você/ A Ele, A Ela.

REVISÃO CONCEITOS GRAMATICAIS 9º ANO

REVISÃO CONCEITOS GRAMATICAIS 9º ANO REVISÃO CONCEITOS GRAMATICAIS 9º ANO Observe os exemplos... Marisa comprou um carro. São termos essenciais da oração: Sujeito É o termo da oração sobre quem se declara alguma coisa Predicado É tudo aquilo

Leia mais

Revisão:Tipos de sujeito

Revisão:Tipos de sujeito Revisão:Tipos de sujeito Sujeito Simples: possui apenas um núcleo. Exemplos: - Deus é perfeito! - A cegueira lhe torturava os últimos dias de vida. Sujeito Composto: possui dois ou mais núcleos. Exemplos:

Leia mais

Sujeitos. Siene Alves Moreira Lucilene Eidna Faria. Faculdade Iseib BH Letras, 2º semestre/2013

Sujeitos. Siene Alves Moreira Lucilene Eidna Faria. Faculdade Iseib BH Letras, 2º semestre/2013 Sujeitos Siene Alves Moreira Lucilene Eidna Faria Faculdade Iseib BH Letras, 2º semestre/2013 Sujeitos Tipos de sujeitos: Sujeito simples Sujeito composto Sujeito indeterminado Sujeito inexistente O que

Leia mais

: é o termo da oração que, através de um verbo, projeta alguma afirmação sobre o sujeito.

: é o termo da oração que, através de um verbo, projeta alguma afirmação sobre o sujeito. feita através do predicado. : é o termo da oração que funciona como suporte de uma afirmação : é o termo da oração que, através de um verbo, projeta alguma afirmação sobre o sujeito. A pequena criança

Leia mais

CONCEITOS GRAMATICAIS PARA ESTUDO CARLA FRASE. FRASE VERBAL: é frase que apresenta verbo ou locução verbal.

CONCEITOS GRAMATICAIS PARA ESTUDO CARLA FRASE. FRASE VERBAL: é frase que apresenta verbo ou locução verbal. CONCEITOS GRAMATICAIS PARA ESTUDO CARLA FRASE É uma enunciado (uma mensagem) de sentido completo que estabelece comunicação. Toda frase deve ser pontuada. FRASE VERBAL: é frase que apresenta verbo ou locução

Leia mais

Lista 3 - Língua Portuguesa 1

Lista 3 - Língua Portuguesa 1 Lista 3 - Língua Portuguesa 1 Frase, oração e período; sujeito e predicado LISTA 3 - LP 1 - FRASE, ORAÇÃO E PERÍODO; SUJEITO E PREDICADO Frase, oração e período; sujeito e predicado Na fala ou na escrita,

Leia mais

PREDICADO. Profª Fernanda Colcerniani

PREDICADO. Profª Fernanda Colcerniani PREDICADO Profª Fernanda Colcerniani PREDICADO É o termo que expressa aquilo que se afirma a respeito do sujeito: 1. Jardineiros diplomados regam flores [...] sujeito predicado 2. A luz da tua poesia é

Leia mais

ATENÇÃO! Material retirado da Internet, que eu considero de fonte segura e confiável. Os endereços estão no fim de cada assunto. TERMOS ESSENCIAIS DA ORAÇÃO Sujeito e Predicado Para que a oração tenha

Leia mais

Sujeito. Estudo do sujeito. Como identificar o sujeito? 29/12/ É o elemento a respeito de quem se diz alguma coisa.

Sujeito. Estudo do sujeito. Como identificar o sujeito? 29/12/ É o elemento a respeito de quem se diz alguma coisa. Eu Palavra Cantada Estudo do Professor Jailton Gêiser Fountain Sujeito - É o elemento a respeito de quem se diz alguma coisa. - É o termo da oração sobre o qual incide a informação prestada pelo. Como

Leia mais

Há dois sintagmas essenciais: o sintagma nominal (SN), cujo núcleo é um nome ou palavra que seja equivalente; e o sintagma verbal (SV) cujo núcleo é

Há dois sintagmas essenciais: o sintagma nominal (SN), cujo núcleo é um nome ou palavra que seja equivalente; e o sintagma verbal (SV) cujo núcleo é Há dois sintagmas essenciais: o sintagma nominal (SN), cujo núcleo é um nome ou palavra que seja equivalente; e o sintagma verbal (SV) cujo núcleo é uma forma verbal. Existem também o sintagma adjetival

Leia mais

Odilei França. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações

Odilei França. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações Odilei França Graduado em Letras pela Fafipar. Graduado em Teologia pela Faculdade Batista. Professor de Língua Portuguesa para concursos públicos há 22 anos. Predicação verbal e sintaxe do período simples

Leia mais

MATERIAL N. 1 AULA 01 SUJEITO: OS PRIMEIROS DIAS DE PAZ SINTAXE DO PERÍODO SIMPLES NÚCLEO DO SUJEITO: DIAS CONCEITOS FUNDAMENTAIS SUJEITO COMPOSTO

MATERIAL N. 1 AULA 01 SUJEITO: OS PRIMEIROS DIAS DE PAZ SINTAXE DO PERÍODO SIMPLES NÚCLEO DO SUJEITO: DIAS CONCEITOS FUNDAMENTAIS SUJEITO COMPOSTO AULA 01 SINTAXE DO PERÍODO SIMPLES CONCEITOS FUNDAMENTAIS FRASE Frase é todo enunciado capaz de transmitir nossas idéias. Uma lua clara iluminava o céu. Socorro! ORAÇÃO É toda frase construída em torno

Leia mais

Português. Sintaxe da Oração (Análise Sintática) Professor Carlos Zambeli.

Português. Sintaxe da Oração (Análise Sintática) Professor Carlos Zambeli. Português Sintaxe da Oração (Análise Sintática) Professor Carlos Zambeli www.acasadoconcurseiro.com.br Português SINTAXE DA ORAÇÃO (ANÁLISE SINTÁTICA) Frase: é o enunciado com sentido completo, capaz

Leia mais

Português 3º ano João J. Concordância Verbal

Português 3º ano João J. Concordância Verbal Português 3º ano João J. Concordância Verbal Concordância Verbal Concordância do verbo com o sujeito composto I. Quando o sujeito composto estiver posicionado antes do verbo, este ficará no plural. Ex.:

Leia mais

Termos ligados ao nome. adnominal e aposto) e o vocativo. Apostila 2, Capítulo 4 Unidades 21 a 24 (pág. 407 a 417) Professora Simone

Termos ligados ao nome. adnominal e aposto) e o vocativo. Apostila 2, Capítulo 4 Unidades 21 a 24 (pág. 407 a 417) Professora Simone Termos ligados ao nome (complemento nominal, adjunto adnominal e aposto) e o vocativo Apostila 2, Capítulo 4 Unidades 21 a 24 (pág. 407 a 417) Professora Simone 2 Regência Nominal Designa a relação existente

Leia mais

CURSO TJMG Nível Médio Oficial de Apoio Judiciário Nº

CURSO TJMG Nível Médio Oficial de Apoio Judiciário Nº CURSO TJMG Nível Médio Oficial de Apoio Judiciário Nº DATA 14/06/2016 DISCIPLINA Português - Gramática PROFESSOR Ricardo Erse MONITOR Paula Moura AULA 01/07 Ementa 1 Concordância... 2 a) Concordância nominal:...

Leia mais

Morfossintaxe Frase, Sujeito, Predicado

Morfossintaxe Frase, Sujeito, Predicado Morfossintaxe Frase, Sujeito, Predicado Frase É a unidade de texto que numa situação de comunicação é capaz de transmitir um pensamento completo. (Que susto!, Droga!, Socorro!!, Fora!) Tipos de frase:

Leia mais

Período simples: conceitos e exemplos

Período simples: conceitos e exemplos Período simples: conceitos e exemplos Frase é todo enunciado (palavra ou conjunto de palavras) que apresente sentido completo. Ei! Olá! Até logo. Oração é a frase ou fragmento de frase que contém um verbo

Leia mais

REVISÃO DE ANÁLISE SINTÁTICA Período composto

REVISÃO DE ANÁLISE SINTÁTICA Período composto REVISÃO DE ANÁLISE SINTÁTICA Período composto Professora Melina 9º. Ano Relembrando... ORAÇÃO Enunciado organizado em torno de um verbo. Você abre a janela. PERÍODO SIMPLES frase formada por uma só oração.

Leia mais

Transitividade Verbal

Transitividade Verbal Transitividade Verbal 1 Predicação Verbal Chama-se predicação verbal o resultado da ligação que se estabelece entre o sujeito e o verbo e entre os verbos e os complementos. Quanto à predicação, os verbos

Leia mais

Cap. 5 Sujeito indeterminado e oração sem sujeito

Cap. 5 Sujeito indeterminado e oração sem sujeito Cap. 5 Sujeito indeterminado e oração sem sujeito Sujeito indeterminado Sujeito indeterminado é aquele que não é nomeado na oração, ou por não se querer nomeá-lo ou por se desconhecer quem pratica a ação.

Leia mais

TERMOS RELACIONADOS AO VERBO

TERMOS RELACIONADOS AO VERBO TERMOS RELACIONADOS AO VERBO objeto direto objeto indireto V E R B O agente da passiva adjunto adverbial ADJUNTO ADVERBIAL: é o termo da oração que indica as circunstâncias em que se dá a ação verbal (de

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA 9 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª DINANCI SILVA PROFª. SHIRLEY VASCONCELOS

LÍNGUA PORTUGUESA 9 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª DINANCI SILVA PROFª. SHIRLEY VASCONCELOS LÍNGUA PORTUGUESA 9 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª DINANCI SILVA PROFª. SHIRLEY VASCONCELOS CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade I Tecnologia: corpo, movimento e linguagem na era da informação. 2 CONTEÚDOS E

Leia mais

JOSÉ ALMIR FONTELLA DORNELLES

JOSÉ ALMIR FONTELLA DORNELLES JOSÉ ALMIR FONTELLA DORNELLES Edição comemorativa de 20 anos. Revista, ampliada, novos exercícios e questões. 20ª edição Brasília 2014 2014 Vestcon Editora Ltda. Todos os direitos autorais desta obra são

Leia mais

Nº da aula 02. Estudo da Sintaxe

Nº da aula 02. Estudo da Sintaxe Página1 Curso/Disciplina: Português para Concurso. Aula: Estudo da Sintaxe: Sujeito. Conceito; Classificações: sujeito determinado e indeterminado - 02 Professor (a): Rafael Cunha Monitor (a): Amanda Ibiapina

Leia mais

- Transitivo direto e indireto O garoto ofereceu. - Verbo intransitivo Ele morreu. A criança dormiu.

- Transitivo direto e indireto O garoto ofereceu. - Verbo intransitivo Ele morreu. A criança dormiu. - Transitivo direto e indireto O garoto ofereceu - Verbo intransitivo Ele morreu. A criança dormiu. COMPLEMENTO NOMINAL É o termo que completa o sentido de uma palavra que não seja verbo. Assim, pode referir-se

Leia mais

Português. Aula: 09/12. Prof. Felipe Oberg. Visite o Portal dos Concursos Públicos

Português. Aula: 09/12. Prof. Felipe Oberg.  Visite o Portal dos Concursos Públicos Português Aula: 09/12 Prof. Felipe Oberg UMA PARCERIA Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.BR Visite a loja virtual www.conquistadeconcurso.com.br MATERIAL DIDÁTICO EXCLUSIVO PARA

Leia mais

o erro: Vamos retomar o período simples do exemplo anterior e observar a classe gramatical e a função sintática da palavra

o erro: Vamos retomar o período simples do exemplo anterior e observar a classe gramatical e a função sintática da palavra Vamos retomar o período simples do exemplo anterior e observar a classe gramatical e a função sintática da palavra o erro: Neymar não admitiu o erro do juiz. suj VTD função: núcleo do direto classe: substantivo

Leia mais

Colégio Diocesano Seridoense Sistema Objetivo de Ensino. Pronome relativo. Prof.ª Caliana Medeiros. Caicó/RN 05/10/2015

Colégio Diocesano Seridoense Sistema Objetivo de Ensino. Pronome relativo. Prof.ª Caliana Medeiros. Caicó/RN 05/10/2015 Colégio Diocesano Seridoense Sistema Objetivo de Ensino Pronome relativo Prof.ª Caliana Medeiros Caicó/RN 05/10/2015 Tente Outra Vez Raul Seixas Veja! Não diga que a canção Está perdida Tenha fé em Deus

Leia mais

Questão 01 Os hobbits

Questão 01 Os hobbits Educador: Angela Régia C. Curricular: Língua Portuguesa Data: / /2013 Estudante: 7º Ano Questão 01 Os hobbits Os hobbits são um povo discreto, mas muito antigo, que já foi mais numeroso do que é hoje.

Leia mais

CURSO DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO PARÁ DATA 12/08/2016 DISCIPLINA PORTUGUÊS PROFESSOR RICARDO ERSE MONITOR LUCIANA FREITAS

CURSO DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO PARÁ DATA 12/08/2016 DISCIPLINA PORTUGUÊS PROFESSOR RICARDO ERSE MONITOR LUCIANA FREITAS CURSO DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO PARÁ DATA 12/08/2016 DISCIPLINA PORTUGUÊS PROFESSOR RICARDO ERSE MONITOR LUCIANA FREITAS AULA: 07 CONCORDÂNCIA Ementa Na aula de hoje serão abordados os seguintes

Leia mais

Linguagem Língua portuguesa. Preposição e sua construção de sentido

Linguagem Língua portuguesa. Preposição e sua construção de sentido Linguagem Língua portuguesa Preposição e sua construção de sentido Conceito Preposições: ligam palavras e orações, isoladamente NÃO possuem função sintática, possuem na frase um valor semântico. A função

Leia mais

Obs.: Essa regra de concordância é excessivamente cobrada por todas as bancas.

Obs.: Essa regra de concordância é excessivamente cobrada por todas as bancas. Obs.: Se o verbo haver, com o sentido de existir, for o principal de uma locução verbal, seu auxiliar também ficará no singular. Ex.: Deve haver reclamações. (Devem existir reclamações) Obs.: Essa regra

Leia mais

Regra geral de concordância verbal

Regra geral de concordância verbal Regra geral de concordância verbal O verbo concorda em número e pessoa com o seu sujeito. Há, entretanto, uma série de regras e exceções relativas a casos de concordância verbal, que devem ser examinadas

Leia mais

Orações Subordinadas Substantivas Objetivas. Izabela da Cunha Bataglioli & Yuli Thamires Magalhães

Orações Subordinadas Substantivas Objetivas. Izabela da Cunha Bataglioli & Yuli Thamires Magalhães Orações Subordinadas Substantivas Objetivas Izabela da Cunha Bataglioli & Yuli Thamires Magalhães Orações Objetivas Diretas A oração subordinada substantiva objetiva direta exerce função de objeto direto

Leia mais

CLASSIFICAÇÃO DAS CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS

CLASSIFICAÇÃO DAS CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS CLASSIFICAÇÃO DAS CONJUNÇÕES SUBORDINATIVAS CAUSAIS Principais conjunções causais: porque, visto que, já que, uma vez que, como (= porque). Exemplos: - Não pude comprar o CD porque estava em falta. - Ele

Leia mais

ORDEM DIRETA DOS TERMOS DA ORAÇÃO

ORDEM DIRETA DOS TERMOS DA ORAÇÃO ORDEM DIRETA DOS TERMOS DA ORAÇÃO S V C ADJ. ADV. Simples Composto Oculto Indeterm. * oração sem sujeito VI VTD VTI VTDI VL *LV (verbo ser/estar + verbo no particípio) Ø OD OI OD + OI PS AG. da PASSIVA

Leia mais

ESTUDO DIRIGIDO DE LÍNGUA PORTUGUESA DO 8º ANO PARA 0 2 BIMESTRE DE 2016

ESTUDO DIRIGIDO DE LÍNGUA PORTUGUESA DO 8º ANO PARA 0 2 BIMESTRE DE 2016 FUNDAÇÃO OSORIO PROFESSORA: REGINA CÉLIA DA SILVA ANDRADE ESTUDO DIRIGIDO DE LÍNGUA PORTUGUESA DO 8º ANO PARA 0 2 BIMESTRE DE 2016 TEXTO TEATRAL Características: Texto escrito para ser representado Escrito

Leia mais

Língua Portuguesa Mara Rúbia

Língua Portuguesa Mara Rúbia Língua Portuguesa Mara Rúbia Regência nominal é o nome da relação existente entre um nome (substantivo, adjetivo ou advérbio) e os termos regidos por esse nome. Determina se os seus complementos são acompanhados

Leia mais

EXERCÍCIOS DE ANÁLISE SINTÁTICA (PERÍODO SIMPLES) adnominal;

EXERCÍCIOS DE ANÁLISE SINTÁTICA (PERÍODO SIMPLES) adnominal; EXERCÍCIOS DE ANÁLISE SINTÁTICA (PERÍODO SIMPLES) 1. Considere a frase Ele andava triste porque não encontrava a companheira os verbos grifados são a) transitivo direto de ligação; b) de ligação intransitivo;

Leia mais

Pronomes. Prof. Flaverlei A. Silva

Pronomes. Prof. Flaverlei A. Silva Pronomes Prof. Flaverlei A. Silva Pronomes São palavras que substituem ou acompanham outras palavras, principalmente os substantivos. Podem também remeter a palavras, orações e frases expressas anteriormente.

Leia mais

CONCORDÂNCIA VERBAL. Página 192

CONCORDÂNCIA VERBAL. Página 192 CONCORDÂNCIA VERBAL Página 192 CONCORDÂNCIA VERBAL É a concordância do verbo com seu sujeito, em número e pessoa. Regras 1) Sujeito COLETIVO = verbo no singular. Ex.: A multidão invadiu o estádio. 2) Sujeito

Leia mais

Concordância verbal. Manoel Francisco Guaranha

Concordância verbal. Manoel Francisco Guaranha Concordância verbal Manoel Francisco Guaranha Sujeito Composto Anteposto Com elementos coordenados, Casas, apartamentos e terrenos todos de 3ª pessoa são boas formas de investimento. Formado de palavras

Leia mais

Sumário. Apresentação. Parte 1 Período simples 1 Quadro geral dos termos da oração 3 Frase, oração e período 3

Sumário. Apresentação. Parte 1 Período simples 1 Quadro geral dos termos da oração 3 Frase, oração e período 3 Sumário Prefácio Apresentação XIII XV Parte 1 Período simples 1 Quadro geral dos termos da oração 3 Frase, oração e período 3 1. Tipologia do sujeito 6 Método para identificar o sujeito 6 Sujeito simples

Leia mais

Complemento nominal Adjunto adnominal Objeto indireto Predicativo do sujeito Predicativo do objeto Adjunto Adverbial Agente da passiva Aposto e

Complemento nominal Adjunto adnominal Objeto indireto Predicativo do sujeito Predicativo do objeto Adjunto Adverbial Agente da passiva Aposto e Complemento nominal Adjunto adnominal Objeto indireto Predicativo do sujeito Predicativo do objeto Adjunto Adverbial Agente da passiva Aposto e Vocativo Tipos de predicado COMPLEMENTO NOMINAL OU ADJUNTO

Leia mais

Regência Verbal. É a relação de um verbo sobre seus complementos (OD, OI) e adjuntos adverbiais.

Regência Verbal. É a relação de um verbo sobre seus complementos (OD, OI) e adjuntos adverbiais. REGÊNCIA VERBAL Regência Verbal É a relação de um verbo sobre seus complementos (OD, OI) e adjuntos adverbiais. Em alguns casos, a variação de regência provoca uma alteração de sentido do verbo. A seguir,

Leia mais

Concurso da EsSA. 10 dicas imbatíveis de Português para o IPR IPR. e-book. Análise Sintática INSTITUTO PADRE REUS

Concurso da EsSA. 10 dicas imbatíveis de Português para o IPR IPR.  e-book. Análise Sintática INSTITUTO PADRE REUS 10 dicas imbatíveis de Português para o INSTITUTO PADRE REUS Concurso da EsSA Análise Sintática e-book INSTITUTO PADRE REUS www.ipronline.com.br INSTITUTO PADRE REUS TRANSFORMANDO RMAN AND O PESSOAS SOA

Leia mais

Professor Marlos Pires Gonçalves

Professor Marlos Pires Gonçalves Concordância verbal Introdução Este tutorial é uma proposta de ensino que tem por objetivo ajudar pessoas de diferentes níveis de aprendizagem a resolver dificuldades que encontram no estudo da concordância

Leia mais

ATENÇÃO! Material retirado da Internet, que eu considero de fonte segura e confiável. Os endereços estão no fim de cada assunto. Termos acessórios da oração Apesar de prescindíveis são necessários para

Leia mais

Concordância. 1

Concordância.  1 Sumário Concordância Visão Geral... 4 Concordância verbal - Visão Geral... 5 Verbo fazer haver e ser visão geral... 6 Visc - HFs - Haver e fazer indicando tempo... 7 Visc - Hfs - Verbo haver - existência

Leia mais

Português. Profa. Flávia Rita

Português. Profa. Flávia Rita Português Profa. Flávia Rita Pergunta da Aluna: Danny Unidade: Para de minas 1- você mencionou em uma de suas aulas sobre pronome que o SE (sendo pronome apassivador) segue a regra dos demais pronomes

Leia mais

REVISÃO E AVALIAÇÃO DA UNIDADE IV

REVISÃO E AVALIAÇÃO DA UNIDADE IV 2 REVISÃO 1 REVISÃO 2 REVISÃO 3 REVISÃO E AVALIAÇÃO DA UNIDADE IV 3 Verbos são palavras que exprimem ações, estado, mudança de estado e fenômenos meteorológicos, sempre em determinado tempo. A palavra

Leia mais

Concordância Verbal. É o estudo da flexão de número e pessoa que deve haver entre o verbo e o sujeito.

Concordância Verbal. É o estudo da flexão de número e pessoa que deve haver entre o verbo e o sujeito. Concordância Verbal Concordância Verbal É o estudo da flexão de número e pessoa que deve haver entre o verbo e o sujeito. O verbo sempre concorda com o sujeito simples em número e pessoa. O aluno veio

Leia mais

Hoje vamos aprender um pouquinho sobre Regência Verbal, já que em muitos casos a língua espanhola difere muito da portuguesa.

Hoje vamos aprender um pouquinho sobre Regência Verbal, já que em muitos casos a língua espanhola difere muito da portuguesa. Introdução Hoje vamos aprender um pouquinho sobre Regência Verbal, já que em muitos casos a língua espanhola difere muito da portuguesa. Entretanto, antes de passarmos a analisar a regência de alguns verbos,

Leia mais

e Transitividade Verbal Professora Jaqueline Cappellari

e Transitividade Verbal Professora Jaqueline Cappellari e Transitividade Verbal Professora Jaqueline Cappellari O verbo pode ser: Classifique os complementos verbais a seguir em objeto direto (OD) ou objeto indireto (OI): Verbos intransitivos São os verbos

Leia mais

QUARTA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET. Professora: Sandra Franco

QUARTA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET. Professora: Sandra Franco QUARTA AULA DE GRAMÁTICA - INTERNET Professora: Sandra Franco 1. Predicativos: a)do sujeito; b)do objeto. 2. Predicado: a) verbal; b) nominal; c) verbo-nominal. 3. Resumos. 4. Exercícios. Apesar de não

Leia mais

Sujeito Simples. Sujeito Composto antes do verbo O verbo vai para o plural concordando com o sujeito. 18/12/2009. Ele chegou tarde.

Sujeito Simples. Sujeito Composto antes do verbo O verbo vai para o plural concordando com o sujeito. 18/12/2009. Ele chegou tarde. Sujeito Simples O verbo concorda em número e pessoa com o sujeito. Ele chegou tarde. Nós voltaremos logo. Sujeito Composto antes do verbo O verbo vai para o plural concordando com o sujeito. Rafa e Edu

Leia mais

BOLSÃO 2017 / 6º ANO

BOLSÃO 2017 / 6º ANO Você que se inscreveu no Bolsão do Colégio Futuro Vip para cursar o 6º ano do Ensino Fundamental está BOLSÃO 2017 / 6º ANO Fonética Fonema distinção entre FONEMA e LETRA Sílaba número de sílabas / divisão

Leia mais

UDESC 2015/2 PORTUGUÊS. Gabarito do departamento de português sem resposta. Comentário

UDESC 2015/2 PORTUGUÊS. Gabarito do departamento de português sem resposta. Comentário PORTUGUÊS Gabarito do departamento de português sem resposta. a) Incorreta. As orações iniciadas pela partícula se são subordinadas substantivas objetivas diretas do verbo discutir. b) Correta. Todas as

Leia mais

PALAVRAS-CHAVE: língua Apinayé, sintaxe, educação escolar indígena.

PALAVRAS-CHAVE: língua Apinayé, sintaxe, educação escolar indígena. ASPECTOS SINTÁTICOS DA LÍNGUA APINAYÉ Loureane Rocha de SOUZA 1 Francisco Edviges ALBUQUERQUE 2 1 Aluna do curso de Licenciatura em Letras; Universidade Federal do Tocantins, campus de Araguaína; e- mail:

Leia mais

13) As expressões perto de e cerca de levam o verbo a concordar com o numeral. Ex.: Cerca de vinte pessoas estavam na loja.

13) As expressões perto de e cerca de levam o verbo a concordar com o numeral. Ex.: Cerca de vinte pessoas estavam na loja. 13) As expressões perto de e cerca de levam o verbo a concordar com o numeral. Ex.: Cerca de vinte pessoas estavam na loja. 14) Concordância com mais de e menos de. * Com numeral um: verbo no singular.

Leia mais

ELEMENTAR da LÍNGUA PORTUGUESA

ELEMENTAR da LÍNGUA PORTUGUESA GRAMÁTICA ELEMENTAR da LÍNGUA PORTUGUESA A. Gomes Ferreira J. Nunes de Figueiredo 2. CICLO Oo Introdução I. ONDE SE FALA A LÍNGUA PORTUGUESA II. A PALAVRA. A FRASE. SINTAXE E MORFOLOGIA MATÉRIA DAS UNIDADES

Leia mais

Mapa Mental de Português Concordância Nominal

Mapa Mental de Português Concordância Nominal Mapa Mental de Português Concordância Nominal Mapas mentais de Portugês sobre concordância nominal. Mapa Mental de Português Concordância Verbal Diversos mapas mentais de Português sobre concordância verbal.

Leia mais

CONCORDÂNCIA VERBAL Ocorre quando o verbo se flexiona para concordar com seu sujeito. Regra Geral: O sujeito concordará o verbo em número e pessoa.

CONCORDÂNCIA VERBAL Ocorre quando o verbo se flexiona para concordar com seu sujeito. Regra Geral: O sujeito concordará o verbo em número e pessoa. CONCORDÂNCIA VERBAL Ocorre quando o verbo se flexiona para concordar com seu sujeito. Regra Geral: O sujeito concordará o verbo em número e pessoa. A orquestra tocou uma valsa longa. 3ª p. Singular 3ª

Leia mais

@profdecioterror Décio Terror Filho (32)

@profdecioterror Décio Terror Filho (32) @profdecioterror Décio Terror Filho (32) 98447 5981 Concordância verbal Regência verbal 1. O candidato realizou a prova. VTD + OD 2. duvidou do gabarito. VTI + OI 3. enviou recursos à banca examinadora.

Leia mais

Gramática Tradicional Sintaxe I termos essenciais da oração

Gramática Tradicional Sintaxe I termos essenciais da oração Gramática Tradicional Sintaxe I termos essenciais da oração Apoio Pedagógico ao Núcleo Comum Tutora: Thais Torres Guimarães thaistorresg@gmail.com O que é SINTAXE? Parte da gramática que se ocupa da combinação

Leia mais

Revisão sujeito e predicado. Prof.ª Lucimar

Revisão sujeito e predicado. Prof.ª Lucimar Revisão sujeito e predicado Prof.ª Lucimar Tipos de sujeito Sujeito Simples: possui apenas um núcleo e este vem escrito. Exemplos: - Deus é perfeito! Sujeito simples Deus Núcleo do sujeito simples Deus

Leia mais

1. ARTIGO É uma palavra que determina outra classe de palavra chamada de substantivo. Divide-se em: - Artigo definido: o, a, os, as.

1. ARTIGO É uma palavra que determina outra classe de palavra chamada de substantivo. Divide-se em: - Artigo definido: o, a, os, as. CURSO DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO PARÁ DATA 11/08/2016 DISCIPLINA PORTUGUÊS PROFESSOR RICARDO ERSE MONITOR LUCIANA FREITAS AULA: 06 CLASSES GRAMATICAIS Ementa Na aula de hoje serão abordados

Leia mais

Pronomes. Podem substituir ou acompanhar um nome ou substantivo. Ele esteve aqui ontem. Ele esteve aqui e criticou o seu projeto.

Pronomes. Podem substituir ou acompanhar um nome ou substantivo. Ele esteve aqui ontem. Ele esteve aqui e criticou o seu projeto. Pronomes Podem substituir ou acompanhar um nome ou substantivo. Ele esteve aqui ontem. Ele esteve aqui e criticou o seu projeto. Pessoais Possessivos Demonstrativos Relativos Indefinidos Interrogativos

Leia mais

Noções de Morfossintaxe

Noções de Morfossintaxe Noções de Morfossintaxe Orações Substantivas É introduzida pelas conjunções QUE ou SE Aprenda a analisar a oração principal Oração Completiva Nominal Há a orientação de que Há a esperança de que Há o estudo

Leia mais

Pronomes. Nomes são palavras com valor lexical, isto é, com significado em si mesmas.

Pronomes. Nomes são palavras com valor lexical, isto é, com significado em si mesmas. Pronomes Nome X Pronome Pronomes Nomes são palavras com valor lexical, isto é, com significado em si mesmas. Ex.: bola, azul, carro... Pronomes são palavras com valor gramatical, isto é, sem significação

Leia mais

Noções de Morfossintaxe

Noções de Morfossintaxe Noções de Morfossintaxe Orações Substantivas É introduzida pelas conjunções QUE ou SE Aprenda a analisar a oração principal Oração Completiva Nominal Há a orientação de que Há a esperança de que Há o estudo

Leia mais

CENTRO DE ESTUDOS SOMA

CENTRO DE ESTUDOS SOMA FICHA DE TRABALHO FUNÇÕES SINTÁTICAS E SUBCLASSE DOS VERBOS 1. Identifica as funções sintáticas presentes nas frases, usando os números apresentados: 1- sujeito 2- predicado 3-complemento direto 4 - complemento

Leia mais

INSS Português Predicação Verbal Eli Castro Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor.

INSS Português Predicação Verbal Eli Castro Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. INSS Português Predicação Verbal Eli Castro 2012 Copyright. Curso Agora Eu Passo - Todos os direitos reservados ao autor. Predicação verbal É a capacidade que o verbo tem de oferecer elementos sintáticos

Leia mais

USO DA CRASE. Bruna Camargo

USO DA CRASE. Bruna Camargo USO DA CRASE Bruna Camargo Conceito Fusão entre duas vogais idênticas. A + A = À Justificativa Sua correta utilização é, sobretudo, sinal de competência linguística em regência nominal e verbal, em se

Leia mais

CONCORDÂNCIA VERBAL PROFESSORA: JOSIANE

CONCORDÂNCIA VERBAL PROFESSORA: JOSIANE CONCORDÂNCIA VERBAL PROFESSORA: JOSIANE SINTAXE Concordância Verbal Ocorre quando o verbo se flexiona para concordar com o seu sujeito. Ex.: Ele gostava daquele seu jeito carinhoso de ser./ Eles gostavam

Leia mais

Integrado Aulas 38 e 39 Apostila 5; pág. 87 Sintaxe de Regência

Integrado Aulas 38 e 39 Apostila 5; pág. 87 Sintaxe de Regência Integrado Aulas 38 e 39 Apostila 5; pág. 87 Sintaxe de Regência Definições Mecanismo que regula as ligações entre um verbo ou um nome (termos regentes) e os seus complementos (termos regidos). Em termos

Leia mais

Emprego e Função Sintática dos Pronomes Relativos

Emprego e Função Sintática dos Pronomes Relativos Emprego e Função Sintática dos Pronomes Relativos Ensino Fundamental 9º ano Pronomes relativos São aqueles que retomam um substantivo (ou um pronome) anterior a eles, substituindo-o no início da oração

Leia mais

Língua Portuguesa. Prof. Pablo Alex Laroca Gomes. Curitiba Paraná

Língua Portuguesa. Prof. Pablo Alex Laroca Gomes. Curitiba Paraná Língua Portuguesa Prof. Pablo Alex Laroca Gomes Curitiba Paraná Polícia Militar - SP Prof. Pablo Alex Língua Portuguesa Aula 04 Sujeito Sintaxe A função sintática que denominamos sujeito, é um termo essencial

Leia mais

GRAU DOS ADJETIVOS Para expressar as variações de intensidade, o adjetivo apresenta-se em dois graus: comparativo e superlativo.

GRAU DOS ADJETIVOS Para expressar as variações de intensidade, o adjetivo apresenta-se em dois graus: comparativo e superlativo. GRAU DOS ADJETIVOS Para expressar as variações de intensidade, o adjetivo apresenta-se em dois graus: comparativo e superlativo. 1. Grau comparativo O grau comparativo estabelece uma comparação entre dois

Leia mais

Introdução 1. Frase 1. Frase e Oração 1. Oração e Período 1. O que e análise sintática? 2. Termos Essenciais da Oração 2.

Introdução 1. Frase 1. Frase e Oração 1. Oração e Período 1. O que e análise sintática? 2. Termos Essenciais da Oração 2. . Sintaxe I . Sumário Introdução 1 Frase 1 Frase e Oração 1 Oração e Período 1 O que e análise sintática? 2 Termos Essenciais da Oração 2 Sujeito 2 Tipos de Sujeito 3 Oração sem Sujeito 4 Predicado 5 Classificação

Leia mais

Capítulo 2 - Acentuação gráfica Regras gerais...10 Casos especiais...10 Prosódia...12 Exercícios...14

Capítulo 2 - Acentuação gráfica Regras gerais...10 Casos especiais...10 Prosódia...12 Exercícios...14 Sumário Capítulo 1 - Noções de fonética... 2 Fonemas...2 Letra...2 Sílaba...2 Número de sílabas...3 Tonicidade...3 Posição da sílaba tônica...3 Dígrafos...3 Encontros consonantais...3 Encontros vocálicos...4

Leia mais

ROTEIRO DE ESTUDOS DISCIPLINA: QUÍMICA RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 2º EM DATA DA PROVA: /12/2016 CONTEÚDO:

ROTEIRO DE ESTUDOS DISCIPLINA: QUÍMICA RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 2º EM DATA DA PROVA: /12/2016 CONTEÚDO: DISCIPLINA: QUÍMICA RECUPERAÇÃO FINAL SÉRIE: 2º EM 1) Balanceamento pelo método das tentativas; 2) Leis de Lavoisier e Proust; 3) Cálculo estequiométrico; 4) Estudo dos gases; 5) Soluções Estudo das concentrações;

Leia mais

Português. Regência Nominal e Verbal. Professor Carlos Zambeli.

Português. Regência Nominal e Verbal. Professor Carlos Zambeli. Português Regência Nominal e Verbal Professor Carlos Zambeli www.acasadoconcurseiro.com.br Português REGÊNCIA NOMINAL E VERBAL A regência verbal estuda a relação que se estabelece entre os verbos e os

Leia mais

ATENÇÃO! Material retirado da Internet, que eu considero de fonte segura e confiável. Os endereços estão no fim de cada assunto. Colocação pronominal A colocação dos pronomes pessoais oblíquos átonos na

Leia mais

Funções gramaticais: Objeto direto e indireto. Luiz Arthur Pagani (UFPR)

Funções gramaticais: Objeto direto e indireto. Luiz Arthur Pagani (UFPR) Funções gramaticais: Objeto direto e indireto (UFPR) 1 1 Tradição gramatical termos essenciais, mas condicionados ao verbo: Objeto direto é o complemento transitivo direto, ou seja, o complemento que normalmente

Leia mais

Língua Portuguesa. Professoras: Fernanda e Danúzia

Língua Portuguesa. Professoras: Fernanda e Danúzia Língua Portuguesa Professoras: Fernanda e Danúzia Nesta bimestral você aprendeu sobre diversos conceitos como Morfologia, Sintaxe e Morfossintaxe, e partir desses conceitos vamos revisar os principais

Leia mais

REVISÃO: SINTAXE. Tipos de sujeito, complementos verbais, adjuntos adnominais e adverbiais e complementos nominais.

REVISÃO: SINTAXE. Tipos de sujeito, complementos verbais, adjuntos adnominais e adverbiais e complementos nominais. REVISÃO: SINTAXE Tipos de sujeito, complementos verbais, adjuntos adnominais e adverbiais e complementos nominais. Sujeito e Predicado: termos essenciais da oração Sujeito: termo da oração com o qual o

Leia mais

Lista 4 - Língua Portuguesa 1

Lista 4 - Língua Portuguesa 1 Lista 4 - Língua Portuguesa 1 Termos ligados ao verbo LISTA 4 - LP 1 - TERMOS LIGADOS AO VERBO Termos ligados ao verbo No ED anterior, vimos que dentre os tipos de predicados há o Predicado Verbal, que

Leia mais

*SÃO PALAVRAS EMPREGADAS PARA ACOMPANHAR OU SUBSTITUIR OS SUBSTANTIVOS. *PRONOME SUBSTANTIVO = SUBSTITUI *PRONOME ADJETIVO = ACOMPANHA

*SÃO PALAVRAS EMPREGADAS PARA ACOMPANHAR OU SUBSTITUIR OS SUBSTANTIVOS. *PRONOME SUBSTANTIVO = SUBSTITUI *PRONOME ADJETIVO = ACOMPANHA * AULA 07 PRONOME *SÃO PALAVRAS EMPREGADAS PARA ACOMPANHAR OU SUBSTITUIR OS SUBSTANTIVOS. *PRONOME SUBSTANTIVO = SUBSTITUI ALGUÉM BATEU À PORTA *PRONOME ADJETIVO = ACOMPANHA ALGUMAS ALUNAS VIERAM À AULA

Leia mais

Português para Tribunal Regional Federal - 5ª Região (teoria e questões comentadas) Aula 03 (Concordância verbal e nominal.

Português para Tribunal Regional Federal - 5ª Região (teoria e questões comentadas) Aula 03 (Concordância verbal e nominal. Português para Tribunal Regional Federal - 5ª Região (teoria e questões comentadas) Aula 03 (Concordância verbal e nominal. Vozes do verbo) Chegamos à nossa terceira aula! O tema desta aula é muito importante.

Leia mais

MANUAL DO ALUNO 7º ANO / 3º TRIMESTRE 2015

MANUAL DO ALUNO 7º ANO / 3º TRIMESTRE 2015 MANUAL DO ALUNO 7º ANO / 3º TRIMESTRE 2015 CALENDÁRIO DE AVALIAÇÕES AVALIAÇÃO MULTIDISCILINAR BLOCO I - DATA: 18/09/2015 PORTUGUÊS, HISTÓRIA, INGLÊS E FILOSOFIA Leitura e interpretação de texto. Sujeito

Leia mais

O PREDICADO COMPLEXO

O PREDICADO COMPLEXO PROFESSOR: EQUIPE DE PORTUGUÊS BANCO DE QUESTÕES - LÍNGUA PORTUGUESA - 2ª SÉRIE - ENSINO MÉDIO ============================================================================================= O PREDICADO

Leia mais

FUNDAÇÃO EUCLIDES DA CUNHA CONCURSO PÚBLICO DE SÃO MATEUS RESPOSTA AO RECURSO DA PROVA OBJETIVA

FUNDAÇÃO EUCLIDES DA CUNHA CONCURSO PÚBLICO DE SÃO MATEUS RESPOSTA AO RECURSO DA PROVA OBJETIVA CONCURSO PÚBLICO DE SÃO MATEUS CARGO: Fonoaudiólogo S 43 QUESTÃO NÚMERO: 03 Embora a candidata não tenha apresentado fundamentação teórica, para dar origem ao presente recurso, esta Banca informa que a

Leia mais

PROFESSOR FELIPE OBERG

PROFESSOR FELIPE OBERG Conteúdo programático: 1 Compreensão e interpretação de textos. 2 Tipologia textual. 3 Ortografia oficial. 4 Acentuação gráfica. 5 Emprego das classes de palavras. 6 Emprego do sinal indicativo de crase.

Leia mais

Conheça também nossa loja:

Conheça também nossa loja: O curso Agora Vou Aprender lhe dá todo suporte para que você aprenda bastante em nosso curso online. Caso tenha dúvidas, conte com o apoio do Professor Leo pelo email cursodoprofleo@gmail.com ou pelo Whatsapp

Leia mais

QUESTÃO SOBRE INTERPRETAÇÃO DE TEXTO

QUESTÃO SOBRE INTERPRETAÇÃO DE TEXTO COMENTÁRIOS À PROVA DE LÍNGUA PORTUGUESA E À QUESTÃO 38 DO CONCURSO PARA ASSISTENTE EM ADMINISTRAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL UFRGS CERTAME REALIZADO NO DIA 21 DE JUNHO DE 2015 QUESTÃO

Leia mais

CONCORDÂNCIA N O M I N A L E V E R B A L. Prof. Jorge Viana

CONCORDÂNCIA N O M I N A L E V E R B A L. Prof. Jorge Viana CONCORDÂNCIA N O M I N A L E V E R B A L Prof. Jorge Viana Observe: (A) As crianças prendem a sacola no espaldar da cama. suj. na 3ª pes. pl. verbo na 3ª pes. pl. (B) Crianças órfãs são minoria nos orfanatos.

Leia mais

Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS APRESENTAÇÃO PARTE I FONÉTICA

Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS APRESENTAÇÃO PARTE I FONÉTICA Súmario Súmario APRESENTAÇÃO DA COLEÇÃO SINOPSES PARA CARREIRAS FISCAIS... 15 APRESENTAÇÃO... 17 PARTE I FONÉTICA CAPÍTULO 1 ORTOGRAFIA... 21 1. Introdução... 21 2. O alfabeto...21 3. Emprego das letras

Leia mais

TER 3º Bimestre- 7º ano - Português. Verbo Intransitivo e Verbo Transitivo

TER 3º Bimestre- 7º ano - Português. Verbo Intransitivo e Verbo Transitivo TER 3º Bimestre- 7º ano - Português Verbo Intransitivo e Verbo Transitivo Leia as frases a seguir: A- Durante a aula, a garotinha chorou. B- Durante a aula, a garotinha quebrou. Na frase 1, o verbo tem

Leia mais