CONCORDÂNCIA N O M I N A L E V E R B A L. Prof. Jorge Viana

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "CONCORDÂNCIA N O M I N A L E V E R B A L. Prof. Jorge Viana"

Transcrição

1 CONCORDÂNCIA N O M I N A L E V E R B A L Prof. Jorge Viana

2 Observe: (A) As crianças prendem a sacola no espaldar da cama. suj. na 3ª pes. pl. verbo na 3ª pes. pl. (B) Crianças órfãs são minoria nos orfanatos. subst. fem. pl. adj. fem. pl. Nos dois casos houve flexões de pessoa e número (no caso do verbo) e de gênero e número (no caso adjetivo com substantivo) Veja ainda: (A) As mães moram no emprego (C) Isso resolve nossos problemas. artigo fem. pl. subst. fem. pl. pron. masc. pl. subst. masc. pl. (B) Leonardo tem dois anos. numeral masc. pl. subst. masc. pl.

3 CONCORDÂNCIA É A IGUALDADE DE GÊNERO E NÚMERO ENTRE SUBSTANTIVO E ADJETIVO, ARTIGO, NUMERAL E PRONOME, E IGUALDADE DE NÚMERO E PESSOA ENTRE VERBO E SUJEITO. Há dois tipos de concordância estudados pela gramática: 1. Concordância verbal: o verbo se flexiona para concordar com o seu sujeito (A criança brinca/ As crianças brincam.) 2. Concordância nominal: o artigo, o adjetivo, o pronome ou o numeral se flexionam para concordar com o substantivo a que se referem (as mães; crianças órfãs; nossos problemas; dois anos).

4 1. Regra Geral: CONCORDÂNCIA NOMINAL Os artigos, adjetivos, numerais e pronomes adjetivos devem ser flexionados em gênero e número para se adequarem ao substantivo a que se referem. Veja o exemplo: As (artigo) nossas (pronome) alunas (subst. fem. pl.) duas (numeral) melhores (adjetivo)

5 2. É proibido / é necessário / é bom / é preciso, etc. Observe: É proibido entrada. sujeito É necessário prudência na estrada. sujeito Se o sujeito dessas expressões vier determinado por artigo, pronome ou adjetivo, tanto o verbo como o adjetivo concordam com ele. A entrada é proibida. Sujeito: entrada (antecipado do artigo a) É necessária muita prudência. Sujeito: prudência (antecipado pelo pronome muita) 3. Palavras que têm concordância especial Anexo / obrigado / mesmo a. Os documentos vão anexos às cartas. b. Muito obrigada, disse ela. c. Elas mesmas fizeram o trabalho.

6 ALERTA / MENOS Fiquem alerta. Havia menos gente do que eu imaginava. Alerta e menos são palavras invariáveis. Caro / barato / meio Quando funcionam como advérbio, essas palavras são invariáveis. Quando funcionam como adjetivo ou numeral, concordam com o nome a que se referem. Esses computadores custam caro. Esses computadores estão caros. Elas ficaram meio decepcionadas com o resultado do jogo. Tomei meia xícara de café. Anexo / incluso Segue anexo o livro. Segue anexa a prova. Seguem anexos os livros. Seguem anexas as provas. Vai incluso o documento. Vai inclusa a duplicata. Vão inclusos os documentos. Vão inclusas as duplicatas.

7 4. UM SÓ ADJETIVO REFERINDO-SE A MAIS DE UM SUBSTANTIVO Se o adjetivo vier antes dos substantivos a que se refere, concordará com o substantivo mais próximo. Escolheste má hora e lugar para falar. Escolheste mau lugar e hora para falar. Se o adjetivo vier depois dos substantivos a que se refere, a concordância tanto poderá ser feita no plural quanto com o substantivo mais próximo. Encontramos a aluna e o aluno aborrecido. Encontramos a aluna e o aluno aborrecidos. Quando optarmos pelo segundo caso, a concordância será feita no masculino plural se um dos substantivos for masculino. A casa tinha um jardim, uma piscina e uma quadra maravilhosos. Se somente um dos substantivos estiver sendo qualificado, o adjetivo concordará com ele. Comeu peixe e laranja madura. Da janela avistava sol e mar azul.

8 5. CONCORDÂNCIA DAS EXPRESSÕES FORMADAS PELO VERBO SER + ADJETIVO As expressões formadas pelo verbo ser + adjetivo (é bom, é necessário, é proibido, etc.) não devem variar. Água de coco é bom. Chuva é necessário para a agricultura. Bebida alcoólica é proibido para menores. Se o sujeito dessas expressões vier antecedido de artigo (ou outro determinante qualquer), a concordância será obrigatória. A água de coco é boa. Aquela chuva foi necessária para a agricultura. 6. Concordância dos pronomes de tratamento Os pronomes de tratamento (Vossa Majestade, Vossa Alteza, Vossa Excelência, etc.) obedecem à flexão da terceira pessoa. Vossa Alteza não precisa preocupar-se com seus inimigos. Vossas Excelências não se importam com seus opositores.

9 6. CONCORDÂNCIA IDEOLÓGICA Quando a concordância não é feita com a palavra expressa na oração, mas com a idéia ou sentido nela subentendido. Os sertões, de Euclides da Cunha, conta a Guerra dos Canudos. Vidas secas, de Graciliano Ramos, narra as desventuras de uma família retirante do Nordeste brasileiro. Verbo concorda com a idéia de obra, livro. A dinâmica e populosa São Paulo, continua sofrendo com as enchentes Verbo concorda com idéia subentendida de cidade. Os brasileiros somos um povo cordial. Verbo concorda com a idéia nós já que o autor se incluiu entre os brasileiros.

10 Observe os exemplos abaixo: CONCORDÂNCIA VERBAL Sujeito Verbo Eu nasci no Rio de Janeiro. Tu nasceste no Rio de Janeiro. Glorinha nasceu no Rio de Janeiro. Glorinha e seu avô moram no Rio de Janeiro. O verbo concorda com o sujeito em pessoa e número, mesmo que o verbo venha posposto ao sujeito. Verbo Aconteceram Faltaram Sujeito muitas tragédias cinco alunos.

11 Sujeito composto O verbo deve ficar no plural. Caso o sujeito composto esteja depois do verbo, a concordância poderá ser feita com o núcleo mais próximo. O diretor e os professores saíram. Saíram o diretor e os professores. Saiu o diretor e os professores. Sujeito composto de pessoas diferentes 1. Se entre elas houver primeira pessoa, o verbo concordará com a primeira pessoa no plural. Eu, tu e os alunos saímos. O aluno e eu chegamos. 2. Se o sujeito composto for formado por uma segunda e uma terceira pessoa, o verbo concordará com a segunda pessoa do plural. Tu e ele saístes. O aluno e tu chegastes. (Como vós tem caído em desuso, admite-se, nesses casos, a concordância na terceira pessoa do plural)

12 O sujeito é pronome relativo que O verbo deverá concordar com o antecedente desse pronome. Fui eu que falei. Foi o aluno que falou. Fomos nós que falamos. Foram eles que falaram. O sujeito é pronome relativo quem O verbo deverá concordar com esse pronome, ficando na terceira pessoa do singular. Fui eu quem falou. Foi o aluno quem falou. Foste tu quem falou. Foram eles quem falou. O sujeito é um coletivo O verbo deve ficar no singular. A multidão gritava entusiasmada. Caso o substantivo coletivo venha especificado, a concordância pode ser feita com o verbo no singular ou no plural. Um bando de aves voava (ou voavam) alegremente.

13 Concordância de haver e fazer impessoais O verbo haver, quando indica tempo ou é usado no sentido de existir, ocorrer, e o verbo fazer, quando indica tempo, são verbos impessoais, não têm sujeito e devem permanecer na terceira pessoa do singular. Havia muitos livros na biblioteca. Faz mais de dez anos que ele não viaja. Quando se junta aos verbos haver e fazer impessoais, o verbo auxiliar também fica no singular. Devia haver muitos livros na biblioteca. Vai fazer mais de dez anos que ele não viaja. Obs.: O verbo existir não é impessoal, ou seja, tem sujeito e deve concordar com ele.

14 Concordância do verbo ser O verbo ser apresenta uma particularidade: muitas vezes deixa de concordar com o sujeito para concordar com o predicativo. Veja alguns casos: quando, na oração, houver pronome pessoal, o verbo ser concordará com ele, seja sujeito, seja predicativo. Os responsáveis somos nós. Nós somos os responsáveis. O professor sou eu. Eu sou o professor. quando o sujeito for um dos pronomes interrogativos que ou quem, o verbo ser concordará obrigatoriamente com o predicativo. Que são células? Quem foram os responsáveis? quando o verbo ser for impessoal, isto é, indicar tempo, data ou distância, deverá concordar com o predicativo. É uma hora. São duas horas. Daqui até a escola são cinco quilômetros. São dezenove de novembro. Na indicação de data, admite-se a concordância com a palavra dia, subentendida Hoje é (dia) dezenove de novembro.

15 Quando aparecer a partícula se, você deve saber primeiro qual é a predicação do verbo: se for transitivo direto, o se será partícula apassivadora e o verbo concordará com o sujeito; se for transitivo indireto, o se será índice de indeterminação do sujeito e o verbo ficará na 3ª pessoa do singular. O se como partícula apassivadora Procuram-se secretárias equivale a Secretárias são procuradas. O se como índice de indeterminação do sujeito Necessita-se de pedreiros. Nesta cidade, gosta-se de comidas exóticas. Não se confia em pessoas estranhas.

CONCORDÂNCIA NOMINAL. Profª.: ADRIANA CARVALHO DE ANDRADE

CONCORDÂNCIA NOMINAL. Profª.: ADRIANA CARVALHO DE ANDRADE CONCORDÂNCIA NOMINAL Profª.: ADRIANA CARVALHO DE ANDRADE Concordância Nominal Regra Geral O artigo, o pronome, o numeral e o adjetivo devem concordar em gênero e número com o substantivo ao qual se referem.

Leia mais

AULA 13 CONCORDÂNCIA VERBAL E CONCORDÂNCIA NOMINAL MINISTÉRIO DA FAZENDA

AULA 13 CONCORDÂNCIA VERBAL E CONCORDÂNCIA NOMINAL MINISTÉRIO DA FAZENDA AULA 13 CONCORDÂNCIA VERBAL E CONCORDÂNCIA NOMINAL MINISTÉRIO DA FAZENDA Professor Marlus Geronasso CONCORDÂNCIA VERBAL Ocorre quando o verbo se flexiona para concordar com o seu sujeito. Exemplos: Ele

Leia mais

Concordância Nominal. Profª.: Fátima Liporage

Concordância Nominal. Profª.: Fátima Liporage Concordância Nominal 1 Profª.: Fátima Liporage Concordância Nominal Regra Geral O artigo, o pronome, o numeral e o adjetivo devem concordar em gênero e número com o substantivo ao qual se referem. Ex.:

Leia mais

Obs.: Essa regra de concordância é excessivamente cobrada por todas as bancas.

Obs.: Essa regra de concordância é excessivamente cobrada por todas as bancas. Obs.: Se o verbo haver, com o sentido de existir, for o principal de uma locução verbal, seu auxiliar também ficará no singular. Ex.: Deve haver reclamações. (Devem existir reclamações) Obs.: Essa regra

Leia mais

Concordância Nominal. Prof. Jorge Viana de Moraes

Concordância Nominal. Prof. Jorge Viana de Moraes Concordância Nominal Prof. Jorge Viana de Moraes Concordância Nominal Regra Geral O artigo, o pronome, o numeral e o adjetivo devem concordar em gênero e número com o substantivo ao qual se referem. Ex.:

Leia mais

Português 3º ano João J. Concordância Verbal

Português 3º ano João J. Concordância Verbal Português 3º ano João J. Concordância Verbal Concordância Verbal Concordância do verbo com o sujeito composto I. Quando o sujeito composto estiver posicionado antes do verbo, este ficará no plural. Ex.:

Leia mais

Concordância Verbal. Prof. Cláudio Ribeiro

Concordância Verbal. Prof. Cláudio Ribeiro Concordância Verbal Regra Geral : O verbo concorda com o sujeito em pessoa e número. Exemplos: Realizou-se, em janeiro, visita à sede da empresa. Na ocasião, abordaram-se os aspectos financeiros, contábeis

Leia mais

CONCORDÂNCIA VERBAL PROFESSORA: JOSIANE

CONCORDÂNCIA VERBAL PROFESSORA: JOSIANE CONCORDÂNCIA VERBAL PROFESSORA: JOSIANE SINTAXE Concordância Verbal Ocorre quando o verbo se flexiona para concordar com o seu sujeito. Ex.: Ele gostava daquele seu jeito carinhoso de ser./ Eles gostavam

Leia mais

Regra geral de concordância verbal

Regra geral de concordância verbal Regra geral de concordância verbal O verbo concorda em número e pessoa com o seu sujeito. Há, entretanto, uma série de regras e exceções relativas a casos de concordância verbal, que devem ser examinadas

Leia mais

CONCORDÂNCIA VERBAL Ocorre quando o verbo se flexiona para concordar com seu sujeito. Regra Geral: O sujeito concordará o verbo em número e pessoa.

CONCORDÂNCIA VERBAL Ocorre quando o verbo se flexiona para concordar com seu sujeito. Regra Geral: O sujeito concordará o verbo em número e pessoa. CONCORDÂNCIA VERBAL Ocorre quando o verbo se flexiona para concordar com seu sujeito. Regra Geral: O sujeito concordará o verbo em número e pessoa. A orquestra tocou uma valsa longa. 3ª p. Singular 3ª

Leia mais

CURSO TJMG Nível Médio Oficial de Apoio Judiciário Nº

CURSO TJMG Nível Médio Oficial de Apoio Judiciário Nº CURSO TJMG Nível Médio Oficial de Apoio Judiciário Nº DATA 14/06/2016 DISCIPLINA Português - Gramática PROFESSOR Ricardo Erse MONITOR Paula Moura AULA 01/07 Ementa 1 Concordância... 2 a) Concordância nominal:...

Leia mais

Mapa Mental de Português Concordância Nominal

Mapa Mental de Português Concordância Nominal Mapa Mental de Português Concordância Nominal Mapas mentais de Portugês sobre concordância nominal. Mapa Mental de Português Concordância Verbal Diversos mapas mentais de Português sobre concordância verbal.

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 12 Concordância Verbal e Nominal

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 12 Concordância Verbal e Nominal LÍNGUA PORTUGUESA Professora Rosane Reis MÓDULO 12 Concordância Verbal e Nominal CONCORDÂNCIA VERBAL REGRA GERAL O verbo concorda em número e pessoa com o sujeito. Com sujeito simples e singular ou substantivo

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 12 Sintaxe V

LÍNGUA PORTUGUESA. Professora Rosane Reis. MÓDULO 12 Sintaxe V LÍNGUA PORTUGUESA Professora Rosane Reis MÓDULO 12 Sintaxe V CONCORDÂNCIA NOMINAL Consiste no estudo de relações entre adjetivo e substantivo, pronome e substantivo, artigo e substantivo, numeral e substantivo.

Leia mais

Concordância Verbal. É o estudo da flexão de número e pessoa que deve haver entre o verbo e o sujeito.

Concordância Verbal. É o estudo da flexão de número e pessoa que deve haver entre o verbo e o sujeito. Concordância Verbal Concordância Verbal É o estudo da flexão de número e pessoa que deve haver entre o verbo e o sujeito. O verbo sempre concorda com o sujeito simples em número e pessoa. O aluno veio

Leia mais

Concordância Nominal

Concordância Nominal Concordância Nominal Concordância nominal nada mais é que o ajuste que fazemos aos demais termos da oração para que concordem em gênero e número com o substantivo. Teremos que alterar, portanto, o artigo,

Leia mais

Exemplos adicionais: CERVEJA É BOM. A CERVEJA É BOA. ENTRADA É PROIBIDO. A ENTRADA É PROIBIDA.

Exemplos adicionais: CERVEJA É BOM. A CERVEJA É BOA. ENTRADA É PROIBIDO. A ENTRADA É PROIBIDA. Exemplos adicionais: CERVEJA É BOM. A CERVEJA É BOA. ENTRADA É PROIBIDO. A ENTRADA É PROIBIDA. 11) Haja vista. Ex.: Haja vista os resultados. (invariável) Obs.: Admitem-se também duas outras construções.

Leia mais

Professor Marlos Pires Gonçalves

Professor Marlos Pires Gonçalves Concordância verbal Introdução Este tutorial é uma proposta de ensino que tem por objetivo ajudar pessoas de diferentes níveis de aprendizagem a resolver dificuldades que encontram no estudo da concordância

Leia mais

a) Quando o sujeito for representado pelos pronomes - isto, isso, aquilo, tudo, o - e o predicativo estiver no plural.

a) Quando o sujeito for representado pelos pronomes - isto, isso, aquilo, tudo, o - e o predicativo estiver no plural. O Verbo "Ser" A concordância verbal se dá sempre entre o verbo e o sujeito da oração. No caso do verbo ser, essa concordância pode ocorrer também entre o verbo e o predicativo do sujeito. O verbo ser concordará

Leia mais

Sujeito Simples. Sujeito Composto antes do verbo O verbo vai para o plural concordando com o sujeito. 18/12/2009. Ele chegou tarde.

Sujeito Simples. Sujeito Composto antes do verbo O verbo vai para o plural concordando com o sujeito. 18/12/2009. Ele chegou tarde. Sujeito Simples O verbo concorda em número e pessoa com o sujeito. Ele chegou tarde. Nós voltaremos logo. Sujeito Composto antes do verbo O verbo vai para o plural concordando com o sujeito. Rafa e Edu

Leia mais

CURSO DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO PARÁ DATA 12/08/2016 DISCIPLINA PORTUGUÊS PROFESSOR RICARDO ERSE MONITOR LUCIANA FREITAS

CURSO DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO PARÁ DATA 12/08/2016 DISCIPLINA PORTUGUÊS PROFESSOR RICARDO ERSE MONITOR LUCIANA FREITAS CURSO DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL DO ESTADO DO PARÁ DATA 12/08/2016 DISCIPLINA PORTUGUÊS PROFESSOR RICARDO ERSE MONITOR LUCIANA FREITAS AULA: 07 CONCORDÂNCIA Ementa Na aula de hoje serão abordados os seguintes

Leia mais

Quando o adjetivo posposto se refere a dois ou mais substantivos, concorda com o último ou vai facultativamente:

Quando o adjetivo posposto se refere a dois ou mais substantivos, concorda com o último ou vai facultativamente: Page 1 of 5 Concordância Nominal 1. Substantivo + Substantivo... + Adjetivo Quando o adjetivo posposto se refere a dois ou mais substantivos, concorda com o último ou vai facultativamente: para o plural,

Leia mais

CONCORDÂNCIA NOMINAL. Página 172

CONCORDÂNCIA NOMINAL. Página 172 CONCORDÂNCIA NOMINAL Página 172 CONCORDÂNCIA NOMINAL É a concordância, em gênero e número, entre o substantivo e seus determinantes: o adjetivo, o pronome adjetivo, o artigo, o numeral e o verbo no particípio.

Leia mais

Lista 4 - Língua Portuguesa 1

Lista 4 - Língua Portuguesa 1 Lista 4 - Língua Portuguesa 1 Termos ligados ao verbo LISTA 4 - LP 1 - TERMOS LIGADOS AO VERBO Termos ligados ao verbo No ED anterior, vimos que dentre os tipos de predicados há o Predicado Verbal, que

Leia mais

Professora Kalyne Varela

Professora Kalyne Varela Professora Kalyne Varela 1. Fui eu que fiz o casamento. 4. Fui eu que fez o casamento. 8. Foste tu que fizeste o casamento. 16. Foste tu quem fez o casamento. 32. Fostes vós que fez o casamento. 64. Fostes

Leia mais

Concordância verbal e nominal

Concordância verbal e nominal Concordância verbal e nominal Eudenise de Albuquerque Limeira Concordância verbal A regra básica da concordância verbal é o verbo concordar em número (singular ou plural) e pessoa (1ª, 2ª ou 3ª) com o

Leia mais

Português. Aula: 09/12. Prof. Felipe Oberg. Visite o Portal dos Concursos Públicos

Português. Aula: 09/12. Prof. Felipe Oberg.  Visite o Portal dos Concursos Públicos Português Aula: 09/12 Prof. Felipe Oberg UMA PARCERIA Visite o Portal dos Concursos Públicos WWW.CURSOAPROVACAO.COM.BR Visite a loja virtual www.conquistadeconcurso.com.br MATERIAL DIDÁTICO EXCLUSIVO PARA

Leia mais

CONCORDÂNCIA NOMINAL LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR EDUARDO BELMONTE

CONCORDÂNCIA NOMINAL LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR EDUARDO BELMONTE CONCORDÂNCIA NOMINAL LÍNGUA PORTUGUESA PROFESSOR EDUARDO BELMONTE 1) REGRA GERAL Subdivisão de nossos estudos 2) CONCORDÂNCIA DO ADJETIVO COM VÁRIOS SUSTANTIVOS 3) Casos específicos No segundo jogo

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA 7 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª SHEILA RODRIGUES PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS

LÍNGUA PORTUGUESA 7 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª SHEILA RODRIGUES PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS LÍNGUA PORTUGUESA 7 ANO ENSINO FUNDAMENTAL PROF.ª SHEILA RODRIGUES PROF.ª SHIRLEY VASCONCELOS CONTEÚDOS E HABILIDADES Unidade IV Ciência- O homem na construção do conhecimento 2 CONTEÚDOS E HABILIDADES

Leia mais

Concordância verbal. Temos que o verbo se apresenta na terceira pessoa do singular, pois faz referência a um sujeito, assim também expresso (ele).

Concordância verbal. Temos que o verbo se apresenta na terceira pessoa do singular, pois faz referência a um sujeito, assim também expresso (ele). Concordância verbal Ao falarmos sobre a concordância verbal, estamos nos referindo à relação de dependência estabelecida entre um termo e outro mediante um contexto oracional. Desta feita, os agentes principais

Leia mais

Português. Concordância Nominal e Verbal. Professor Carlos Zambeli.

Português. Concordância Nominal e Verbal. Professor Carlos Zambeli. Português Concordância Nominal e Verbal Professor Carlos Zambeli www.acasadoconcurseiro.com.br Português CONCORDÂNCIA VERBAL Regra geral O verbo concorda com o núcleo do sujeito em número e pessoa. A

Leia mais

: é o termo da oração que, através de um verbo, projeta alguma afirmação sobre o sujeito.

: é o termo da oração que, através de um verbo, projeta alguma afirmação sobre o sujeito. feita através do predicado. : é o termo da oração que funciona como suporte de uma afirmação : é o termo da oração que, através de um verbo, projeta alguma afirmação sobre o sujeito. A pequena criança

Leia mais

Usa-se ainda, neste caso, sujeito antes do verbo ou a palavra interrogativa no fim da oração: De quem você falava? Ele comprou o quê?

Usa-se ainda, neste caso, sujeito antes do verbo ou a palavra interrogativa no fim da oração: De quem você falava? Ele comprou o quê? Usa-se ainda, neste caso, sujeito antes do verbo ou a palavra interrogativa no fim da oração: De quem você falava? Ele comprou o quê? 7. ) Nas orações exclamativas, de sentido optativo ou não, é frequente

Leia mais

Português Professora Raquel 8ª série / 3º trimestre

Português Professora Raquel 8ª série / 3º trimestre Português Professora Raquel 8ª série / 3º trimestre 1. Assinale a concordância inadequada. Concordância do verbo Ser a) Aqui faz verões terríveis. b) Era três horas quando Pedro saiu. c) A maior parte

Leia mais

Núcleo de Educação a Distância 1 UVAONLINE. Comunicação Oral e Escrita. Unidade 6. Concordância

Núcleo de Educação a Distância 1 UVAONLINE. Comunicação Oral e Escrita. Unidade 6. Concordância Núcleo de Educação a Distância 1 UVAONLINE Comunicação Oral e Escrita Unidade 6 Concordância Núcleo de Educação a Distância 2 Aviso importante! Este material foi produzido com o objetivo de permitir que

Leia mais

A regra básica da concordância verbal é o verbo concordar em número (singular ou plural) e pessoa (1ª, 2ª ou 3ª) com o sujeito da frase.

A regra básica da concordância verbal é o verbo concordar em número (singular ou plural) e pessoa (1ª, 2ª ou 3ª) com o sujeito da frase. Português Aula 8 Concordância Verbal e Nominal A Língua Portuguesa é muito bem estruturada, portanto, tem várias regras que regem o seu uso. Para quem fala, lê e escreve nesse idioma, é fundamental conhecer

Leia mais

Sujeito determinado: ocorre quando a terminação do verbo e o contexto permitem: - reconhecer que existe um elemento ao qual o predicado se refere;

Sujeito determinado: ocorre quando a terminação do verbo e o contexto permitem: - reconhecer que existe um elemento ao qual o predicado se refere; Tipos de sujeito Sujeito determinado: ocorre quando a terminação do verbo e o contexto permitem: - reconhecer que existe um elemento ao qual o predicado se refere; - indicar quem é esse elemento. Exemplo:

Leia mais

% 1 ) 4! '# 6-9! :* 0 &* 6 < '! &! #6$"! $

% 1 ) 4! '# 6-9! :* 0 &* 6 < '! &! #6$! $ !!"!# $" % & ' ( ) " * +,"" -.!/ 0 1 * 2 3 / 4/#"!! 1 56" 5, $'*' % 1 ) 4! 7 + 86'# 6-9! :* 0 &* 6 2 36"6; < '! &! #6$"! $ 1# /#?* >/ /? @! % 9 @! ) A! + 85! -,;?

Leia mais

CONCORDÂNCIA VERBAL E REGÊNCIA VERBAL E NOMINAL

CONCORDÂNCIA VERBAL E REGÊNCIA VERBAL E NOMINAL APOIO PEDAGÍGICO AO NÚCLEO COMUM CONCORDÂNCIA VERBAL E NOMINAL REGÊNCIA VERBAL E NOMINAL Tutora: Ariana de Carvalho CONCORDÂNCIA NOMINAL Ocorre entre o núcleo (normalmente um substantivo ou um

Leia mais

AULA AO VIVO - CONCORDÂNCIA VERBAL E NOMINAL, VARIABILIDADE LINGUÍSTICA 20/09/13 PROFA. LÚCIA DEBORAH

AULA AO VIVO - CONCORDÂNCIA VERBAL E NOMINAL, VARIABILIDADE LINGUÍSTICA 20/09/13 PROFA. LÚCIA DEBORAH AULA AO VIVO - CONCORDÂNCIA VERBAL E NOMINAL, VARIABILIDADE LINGUÍSTICA 20/09/13 PROFA. LÚCIA DEBORAH CONCORDÂNCIA harmonia de flexões. Entre o verbo e seu sujeito, chama-se concordância verbal; entre

Leia mais

Obs: *Predicativo do sujeito Ex.: A situação parece perfeita. * Predicativo do objeto Ex.: Os presos acharam a comida péssima.

Obs: *Predicativo do sujeito Ex.: A situação parece perfeita. * Predicativo do objeto Ex.: Os presos acharam a comida péssima. Obs: *Predicativo do sujeito Ex.: A situação parece perfeita. * Predicativo do objeto Ex.: Os presos acharam a comida péssima. Termos essenciais 1) Sujeito: é o termo a respeito do qual se declara alguma

Leia mais

CONCEITOS GRAMATICAIS PARA ESTUDO CARLA FRASE. FRASE VERBAL: é frase que apresenta verbo ou locução verbal.

CONCEITOS GRAMATICAIS PARA ESTUDO CARLA FRASE. FRASE VERBAL: é frase que apresenta verbo ou locução verbal. CONCEITOS GRAMATICAIS PARA ESTUDO CARLA FRASE É uma enunciado (uma mensagem) de sentido completo que estabelece comunicação. Toda frase deve ser pontuada. FRASE VERBAL: é frase que apresenta verbo ou locução

Leia mais

Concordância Verbal. Casos especiais: Sujeito Simples

Concordância Verbal. Casos especiais: Sujeito Simples Concordância Verbal Em gramática o nome de concordância refere-se à circunstância de um adjetivo variar em gênero e número de acordo com o substantivo a que se refere (concordância nominal) e à de um verbo

Leia mais

Concordância Verbal e Nominal CONCORDÂNCIA VERBAL. Por Exemplo: Um bando de vândalos destruiu / destruíram o monumento. Observe:

Concordância Verbal e Nominal CONCORDÂNCIA VERBAL. Por Exemplo: Um bando de vândalos destruiu / destruíram o monumento. Observe: 1 Concordância Verbal e Nominal Observe: As crianças estão animadas. Crianças animadas. No primeiro exemplo, o verbo estar se encontra na terceira pessoa do plural, concordando com o seu sujeito, as crianças.

Leia mais

REVISÃO DE ANÁLISE SINTÁTICA Período composto

REVISÃO DE ANÁLISE SINTÁTICA Período composto REVISÃO DE ANÁLISE SINTÁTICA Período composto Professora Melina 9º. Ano Relembrando... ORAÇÃO Enunciado organizado em torno de um verbo. Você abre a janela. PERÍODO SIMPLES frase formada por uma só oração.

Leia mais

ATENÇÃO! Material retirado da Internet, que eu considero de fonte segura e confiável. Os endereços estão no fim de cada assunto. Concordância Nominal 1. Substantivo + Substantivo... + Adjetivo Quando o

Leia mais

Lembre-se: normalmente, o substantivo funciona como núcleo de um termo da oração, e o adjetivo, como adjunto adnominal.

Lembre-se: normalmente, o substantivo funciona como núcleo de um termo da oração, e o adjetivo, como adjunto adnominal. Estudante: Educador: Suzana Borges 8ºAno/Turma: C.Curricular: Português A concordância nominal se baseia na relação entre um substantivo (ou pronome, ou numeral substantivo) e as palavras que a ele se

Leia mais

Concordância e Regência Verbais

Concordância e Regência Verbais Concordância e Regência Verbais Enem 15 semanas 1. Para que se respeite a concordância verbal, será preciso corrigir a frase: a) Têm havido dúvidas sobre a capacidade do sistema de saúde cubano. b) Têm

Leia mais

Curso Popular de Formação de Defensoras e Defensores Públicos. Língua Portuguesa

Curso Popular de Formação de Defensoras e Defensores Públicos. Língua Portuguesa Curso Popular de Formação de Defensoras e Defensores Públicos Língua Portuguesa a a a O verbo concorda com o sujeito a que se refere em número (singular/ plural) e pessoa (1, 2, 3 ) A autora efetuou o

Leia mais

Morfologia, Sintaxe e Morfossintaxe substantivo, verbo, Morfologia. Morfologia classes gramaticais

Morfologia, Sintaxe e Morfossintaxe substantivo, verbo, Morfologia. Morfologia classes gramaticais Língua Portuguesa Nesta bimestral você aprendeu sobre diversos conceitos como Morfologia, Sintaxe e Morfossintaxe, e partir desses conceitos vamos revisar os principais assuntos estudados. Quando falamos

Leia mais

Pronome é a palavra variável que substitui ou acompanha o substantivo.

Pronome é a palavra variável que substitui ou acompanha o substantivo. Pronome é a palavra variável que substitui ou acompanha o substantivo. PESSOAS GRAMATICAIS Numa situação comunicativa há sempre três elementos envolvidos, chamados pessoas do discurso ou pessoas gramaticais,

Leia mais

Há dois sintagmas essenciais: o sintagma nominal (SN), cujo núcleo é um nome ou palavra que seja equivalente; e o sintagma verbal (SV) cujo núcleo é

Há dois sintagmas essenciais: o sintagma nominal (SN), cujo núcleo é um nome ou palavra que seja equivalente; e o sintagma verbal (SV) cujo núcleo é Há dois sintagmas essenciais: o sintagma nominal (SN), cujo núcleo é um nome ou palavra que seja equivalente; e o sintagma verbal (SV) cujo núcleo é uma forma verbal. Existem também o sintagma adjetival

Leia mais

13) As expressões perto de e cerca de levam o verbo a concordar com o numeral. Ex.: Cerca de vinte pessoas estavam na loja.

13) As expressões perto de e cerca de levam o verbo a concordar com o numeral. Ex.: Cerca de vinte pessoas estavam na loja. 13) As expressões perto de e cerca de levam o verbo a concordar com o numeral. Ex.: Cerca de vinte pessoas estavam na loja. 14) Concordância com mais de e menos de. * Com numeral um: verbo no singular.

Leia mais

Observação: Em sentido conotativo, é possível a variação desses verbos, pois passa a existir um sujeito. Ex.: Choveram erros na prova.

Observação: Em sentido conotativo, é possível a variação desses verbos, pois passa a existir um sujeito. Ex.: Choveram erros na prova. Concordância Entende-se como concordância verbal aquela permite a perfeita relação do verbo com seu sujeito. Enquanto a nominal, faz a perfeita relação entre nomes como substantivos e adjetivos. Verbal

Leia mais

APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM

APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM GRAMÁTICA TRADICIONAL SINTAXE II: TERMOS INTEGRANTES E TERMOS ACESSÓRIOS Tutora: Ariana de Carvalho TERMOS INTEGRANTES A nomenclatura está relacionada com a função dos

Leia mais

Pronomes. Prof. Flaverlei A. Silva

Pronomes. Prof. Flaverlei A. Silva Pronomes Prof. Flaverlei A. Silva Pronomes São palavras que substituem ou acompanham outras palavras, principalmente os substantivos. Podem também remeter a palavras, orações e frases expressas anteriormente.

Leia mais

MATERIAL N. 1 AULA 01 SUJEITO: OS PRIMEIROS DIAS DE PAZ SINTAXE DO PERÍODO SIMPLES NÚCLEO DO SUJEITO: DIAS CONCEITOS FUNDAMENTAIS SUJEITO COMPOSTO

MATERIAL N. 1 AULA 01 SUJEITO: OS PRIMEIROS DIAS DE PAZ SINTAXE DO PERÍODO SIMPLES NÚCLEO DO SUJEITO: DIAS CONCEITOS FUNDAMENTAIS SUJEITO COMPOSTO AULA 01 SINTAXE DO PERÍODO SIMPLES CONCEITOS FUNDAMENTAIS FRASE Frase é todo enunciado capaz de transmitir nossas idéias. Uma lua clara iluminava o céu. Socorro! ORAÇÃO É toda frase construída em torno

Leia mais

CONCORDÂNCIA VERBAL. Página 192

CONCORDÂNCIA VERBAL. Página 192 CONCORDÂNCIA VERBAL Página 192 CONCORDÂNCIA VERBAL É a concordância do verbo com seu sujeito, em número e pessoa. Regras 1) Sujeito COLETIVO = verbo no singular. Ex.: A multidão invadiu o estádio. 2) Sujeito

Leia mais

Concordância verbal. Manoel Francisco Guaranha

Concordância verbal. Manoel Francisco Guaranha Concordância verbal Manoel Francisco Guaranha Sujeito Composto Anteposto Com elementos coordenados, Casas, apartamentos e terrenos todos de 3ª pessoa são boas formas de investimento. Formado de palavras

Leia mais

o erro: Vamos retomar o período simples do exemplo anterior e observar a classe gramatical e a função sintática da palavra

o erro: Vamos retomar o período simples do exemplo anterior e observar a classe gramatical e a função sintática da palavra Vamos retomar o período simples do exemplo anterior e observar a classe gramatical e a função sintática da palavra o erro: Neymar não admitiu o erro do juiz. suj VTD função: núcleo do direto classe: substantivo

Leia mais

Adjetivos PROFESSORA CAMILLA

Adjetivos PROFESSORA CAMILLA Adjetivos PROFESSORA CAMILLA Conceituando Os adjetivos são palavras que atribuem características (qualidades, estados, aparência) aos seres. Nas frases, funcionam como especificadores do substantivo (do

Leia mais

Lista 3 - Língua Portuguesa 1

Lista 3 - Língua Portuguesa 1 Lista 3 - Língua Portuguesa 1 Frase, oração e período; sujeito e predicado LISTA 3 - LP 1 - FRASE, ORAÇÃO E PERÍODO; SUJEITO E PREDICADO Frase, oração e período; sujeito e predicado Na fala ou na escrita,

Leia mais

Língua Portuguesa. Professoras: Fernanda e Danúzia

Língua Portuguesa. Professoras: Fernanda e Danúzia Língua Portuguesa Professoras: Fernanda e Danúzia Nesta bimestral você aprendeu sobre diversos conceitos como Morfologia, Sintaxe e Morfossintaxe, e partir desses conceitos vamos revisar os principais

Leia mais

Concordância. 1

Concordância.  1 Sumário Concordância Visão Geral... 4 Concordância verbal - Visão Geral... 5 Verbo fazer haver e ser visão geral... 6 Visc - HFs - Haver e fazer indicando tempo... 7 Visc - Hfs - Verbo haver - existência

Leia mais

LÍNGUA PORTUGUESA PROFª.: THAÍS

LÍNGUA PORTUGUESA PROFª.: THAÍS LÍNGUA PORTUGUESA PROFª.: THAÍS AULA 8 O VERBO E SEUS COMPLEMENTOS pág. 57 A ORAÇÃO E SUA ESTRUTURA BÁSICA Sujeito = o ser sobre o qual se declara alguma coisa. Predicado = o que se declara sobre o sujeito.

Leia mais

SINTAXE CONCORDÂNCIA VERBAL

SINTAXE CONCORDÂNCIA VERBAL SINTAXE CONCORDÂNCIA VERBAL CONCEITO Mecanismo gramatical em que, por meio de desinências, as palavras se flexionam indicando que estão relacionadas e combinadas. QUANTO AO TIPO: VERBAL : a forma verbal

Leia mais

UDESC 2015/2 PORTUGUÊS. Gabarito do departamento de português sem resposta. Comentário

UDESC 2015/2 PORTUGUÊS. Gabarito do departamento de português sem resposta. Comentário PORTUGUÊS Gabarito do departamento de português sem resposta. a) Incorreta. As orações iniciadas pela partícula se são subordinadas substantivas objetivas diretas do verbo discutir. b) Correta. Todas as

Leia mais

PORTUGUES. Correção atividades aula 02. d) O homem ficou furioso com a brincadeira. e) Ele terminou o trabalho ontem à tarde.

PORTUGUES. Correção atividades aula 02. d) O homem ficou furioso com a brincadeira. e) Ele terminou o trabalho ontem à tarde. Correção atividades aula 02 d) O homem ficou furioso com a brincadeira. e) Ele terminou o trabalho ontem à tarde. 04) (PUCSP) Na oração: A inspiração é fugaz, violenta, podemos afirmar que o predicado

Leia mais

Unidade IV Ciência: O homem na construção do conhecimento Aula 40 Revisão e avaliação da unidade IV

Unidade IV Ciência: O homem na construção do conhecimento Aula 40 Revisão e avaliação da unidade IV 2 FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA Unidade IV Ciência: O homem na construção do conhecimento Aula 40 Revisão e avaliação da unidade IV 3 REVISÃO 1 REVISÃO 2 REVISÃO 3 4 REVISÃO

Leia mais

Português. Profa. Flávia Rita

Português. Profa. Flávia Rita Português Profa. Flávia Rita Pergunta da Aluna: Danny Unidade: Para de minas 1- você mencionou em uma de suas aulas sobre pronome que o SE (sendo pronome apassivador) segue a regra dos demais pronomes

Leia mais

A gente não quer só alimento. Queremos amor e paz [silepse de número - o verbo querer ficou no plural, e seu sujeito oculto (A gente) é singular]

A gente não quer só alimento. Queremos amor e paz [silepse de número - o verbo querer ficou no plural, e seu sujeito oculto (A gente) é singular] m) Silepse - É a concordância que se faz com a ideia, e não com a palavra expressa. É também chamada de concordância ideológica. Há três tipos de silepse: de gênero (a concordância se faz com a ideia feminina

Leia mais

Odilei França. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações

Odilei França. Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A., mais informações Odilei França Graduado em Letras pela Fafipar. Graduado em Teologia pela Faculdade Batista. Professor de Língua Portuguesa para concursos públicos há 22 anos. Sintaxe de concordância Concordância verbal

Leia mais

ATENÇÃO! Material retirado da Internet, que eu considero de fonte segura e confiável. Os endereços estão no fim de cada assunto. TERMOS ESSENCIAIS DA ORAÇÃO Sujeito e Predicado Para que a oração tenha

Leia mais

Os alunos fizeram uma visita ao zoológico, onde puderam observar várias espécies de animais.

Os alunos fizeram uma visita ao zoológico, onde puderam observar várias espécies de animais. Uso do onde e aonde O advérbio é uma classe de palavras cuja função gramatical é acompanhar e modificar um verbo, exprimindo a circunstância da ação verbal, por isso o nome ad-vérbio, ou seja, a palavra

Leia mais

Profª: Adriana Figueiredo Língua Portuguesa INSS AULAS DE 21 A 25. Língua Portuguesa INSS Professora: Adriana Figueiredo

Profª: Adriana Figueiredo Língua Portuguesa INSS AULAS DE 21 A 25. Língua Portuguesa INSS Professora: Adriana Figueiredo Professora: Adriana Figueiredo 1 de 17 CONCORDÂNCIA NOMINAL 1) É bom, é proibido, é permitido, é necessário...:se o substantivo não vier determinado, o adjetivo fica invariável. Ex.: Entrada é proibido.

Leia mais

PLURAL DOS COMPOSTOS. I) FAZEM O PLURAL COMO OS SUBSTANTIVOS SIMPLES QUANDO. Girassóis, pontapés, mandachuvas.

PLURAL DOS COMPOSTOS. I) FAZEM O PLURAL COMO OS SUBSTANTIVOS SIMPLES QUANDO. Girassóis, pontapés, mandachuvas. PLURAL DOS COMPOSTOS. I) FAZEM O PLURAL COMO OS SUBSTANTIVOS SIMPLES QUANDO NÃO LIGADOS POR HÍFEN. Girassóis, pontapés, mandachuvas. II) FLEXIONAM-SE OS DOIS ELEMENTOS NO CASO DE: substantivo + substantivo

Leia mais

Gramática Eletrônica. Os mercados brasileiro e argentino anseiam por taxas de juros mais baixas.

Gramática Eletrônica. Os mercados brasileiro e argentino anseiam por taxas de juros mais baixas. Lição 15 Concordância nominal A concordância nominal consiste também na adequação harmônica das palavras na frase. O artigo, o adjetivo, o pronome adjetivo e o numeral concordam em gênero e número com

Leia mais

Português 3º ano João J. Concordância Verbal II

Português 3º ano João J. Concordância Verbal II Português 3º ano João J. Concordância Verbal II CONCORDÂNCIA VERBAL É a concordância do verbo com o seu sujeito. Caso geral: o verbo concorda com o sujeito em número e pessoa. Ex: Ela não acredita em Deus.

Leia mais

Emprego de palavras e expressões

Emprego de palavras e expressões Emprego de palavras e expressões Livro 01 Prof. Eugênio Torres Módulo 02 POR QUE POR QUÊ PORQUE PORQUÊ o Por que- Emprega-se quando equivale a por qual motivo ou a pelo qual. Usado também no início ou

Leia mais

CRASE 3 EXERCÍCIOS DE TREINAMENTO

CRASE 3 EXERCÍCIOS DE TREINAMENTO SUMÁRIO CRASE 3 EXERCÍCIOS DE TREINAMENTO 9 2 CRASE CRASE é um fenômeno fonético e sintático; fonético, porque simboliza a soma de dois sons iguais (A + A), sintático, porque sua ocorrência depende da

Leia mais

REVISÃO CONCEITOS GRAMATICAIS 9º ANO

REVISÃO CONCEITOS GRAMATICAIS 9º ANO REVISÃO CONCEITOS GRAMATICAIS 9º ANO Observe os exemplos... Marisa comprou um carro. São termos essenciais da oração: Sujeito É o termo da oração sobre quem se declara alguma coisa Predicado É tudo aquilo

Leia mais

Disciplina: Língua Portuguesa Professor (a): Felipe Amaral Turma:3º ano FG e TI

Disciplina: Língua Portuguesa Professor (a): Felipe Amaral Turma:3º ano FG e TI COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE Programa de Recuperação Paralela 2ª Etapa 2012 Disciplina: Língua Portuguesa Professor (a): Felipe Amaral Ano: 2012 Turma:3º ano FG e TI Caro aluno, você está recebendo

Leia mais

Cap. 5 Sujeito indeterminado e oração sem sujeito

Cap. 5 Sujeito indeterminado e oração sem sujeito Cap. 5 Sujeito indeterminado e oração sem sujeito Sujeito indeterminado Sujeito indeterminado é aquele que não é nomeado na oração, ou por não se querer nomeá-lo ou por se desconhecer quem pratica a ação.

Leia mais

PARTÍCULA EXPLETIVA OU DE REALCE

PARTÍCULA EXPLETIVA OU DE REALCE FUNÇÕES DO QUE? Aqui estudaremos todas as classes gramaticais a que a palavra que pertence. SUBSTANTIVO A palavra que será substantivo, quando tiver o sentido de qualquer coisa ou alguma coisa, é sempre

Leia mais

APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM GRAMÁTICA TRADICIONAL AULA 3: SINTAXE TERMOS ESSENCIAIS. Tutora: Ariana de Carvalho

APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM GRAMÁTICA TRADICIONAL AULA 3: SINTAXE TERMOS ESSENCIAIS. Tutora: Ariana de Carvalho APOIO PEDAGÓGICO AO NÚCLEO COMUM GRAMÁTICA TRADICIONAL AULA 3: SINTAXE TERMOS ESSENCIAIS Tutora: Ariana de Carvalho O QUE É SINTAXE? É a parte da gramática que estuda as relações entre as palavras dentro

Leia mais

FUNDAÇÃO EUCLIDES DA CUNHA CONCURSO PÚBLICO DE SÃO MATEUS RESPOSTA AO RECURSO DA PROVA OBJETIVA

FUNDAÇÃO EUCLIDES DA CUNHA CONCURSO PÚBLICO DE SÃO MATEUS RESPOSTA AO RECURSO DA PROVA OBJETIVA CONCURSO PÚBLICO DE SÃO MATEUS CARGO: Fonoaudiólogo S 43 QUESTÃO NÚMERO: 03 Embora a candidata não tenha apresentado fundamentação teórica, para dar origem ao presente recurso, esta Banca informa que a

Leia mais

Apostila. Concordância Verbal e Nominal. Profª. Maria Regina

Apostila. Concordância Verbal e Nominal. Profª. Maria Regina Apostila Concordância Verbal e Nominal Profª. Maria Regina Concordância Verbal e Nominal Conceito A Concordância Nominal é o acordo entre o nome (substantivo) e seus modificadores (artigo, pronome, numeral,

Leia mais

AULA 5 CLASSES DE PALAVRAS I. POLÍCIA CIVIL de São Paulo

AULA 5 CLASSES DE PALAVRAS I. POLÍCIA CIVIL de São Paulo AULA 5 CLASSES DE PALAVRAS I POLÍCIA CIVIL de São Paulo Professor Marlus Geronasso CLASSES GRAMATICAIS São reconhecidas normativamente dez classes gramaticais pela maioria dos gramáticos: substantivo;

Leia mais

PRONOMES Pronomes Prof. Fábio Martins

PRONOMES Pronomes Prof. Fábio Martins PRONOMES Pronomes Prof. Fábio Martins Artigo s Adjetivo s Substantivos Pronomes Numerai s Funções do Pronome: Onde você estaria se não fosse eu? Ninguém me valoriza nesta casa Substitui o substantivo

Leia mais

Funções do pronome se. Pronome reflexivo. Narciso contemplava-se na água. = Narciso contemplava a si próprio. sujeito

Funções do pronome se. Pronome reflexivo. Narciso contemplava-se na água. = Narciso contemplava a si próprio. sujeito FUNÇÕES DO PRONOME SE Prof. Daniel Funções do pronome se - pronome reflexivo - pronome apassivador - índice de indeterminação do sujeito Pronome reflexivo Narciso contemplava-se na água. = Narciso contemplava

Leia mais

Português. Vozes Verbais. Professor Carlos Zambeli.

Português. Vozes Verbais. Professor Carlos Zambeli. Português Vozes Verbais Professor Carlos Zambeli www.acasadoconcurseiro.com.br Português VOZES VERBAIS Voz é a forma assumida pelo verbo para indicar a relação entre ele e seu sujeito. Escrevi uma redação!

Leia mais

1º PERÍODO COLÉGIO DE SANTA DOROTEIA LISBOA ANO LETIVO 2016/2017 DEPARTAMENTO DE PORTUGUÊS DISCIPLINA: PORTUGUÊS 7º ANO ...

1º PERÍODO COLÉGIO DE SANTA DOROTEIA LISBOA ANO LETIVO 2016/2017 DEPARTAMENTO DE PORTUGUÊS DISCIPLINA: PORTUGUÊS 7º ANO ... ... DEPARTAMENTO DE PORTUGUÊS DISCIPLINA: PORTUGUÊS 7º ANO Conteúdos Aulas previstas 1º PERÍODO Textos jornalísticos (notícia, entrevista, reportagem, artigo de opinião, comentário, crónica) Textos biográficos

Leia mais

9 - (CESGRANRIO) Complete CORRETAMENTE as lacunas da seguinte frase: A obra de Huxley, se faz alusão no texto, descreve uma sociedade os atos dos

9 - (CESGRANRIO) Complete CORRETAMENTE as lacunas da seguinte frase: A obra de Huxley, se faz alusão no texto, descreve uma sociedade os atos dos 9 - (CESGRANRIO) Complete CORRETAMENTE as lacunas da seguinte frase: A obra de Huxley, se faz alusão no texto, descreve uma sociedade os atos dos indivíduos são controlados por um sistema de televisão.

Leia mais

I. Sujeito e predicado: termos essenciais?

I. Sujeito e predicado: termos essenciais? Nome Nº Ano Turma Ensino Gabarito 8º Fund. II Disciplina Professora Natureza Código / Tipo Data Português Claudia Material de Apoio 5 MA5 2º / 2012 24/04/2012 Tema Estudos linguísticos: termos essenciais

Leia mais

Solecismo: inadequação ou vício de linguagem?

Solecismo: inadequação ou vício de linguagem? Solecismo: inadequação ou vício de linguagem? Não somente em textos literários (romance, conto, crônica, novela), mas também em textos jornalísticos (jornal, revista, televisão), é muito frequente lermos

Leia mais

Gramática Eletrônica. Vamos iniciar o nosso estudo, examinando as dúvidas mais freqüentes. indica tempo que já passou

Gramática Eletrônica. Vamos iniciar o nosso estudo, examinando as dúvidas mais freqüentes. indica tempo que já passou Lição 2 Dúvidas mais comuns Vamos iniciar o nosso estudo, examinando as dúvidas mais freqüentes. QUANDO USAR 1. A ou HÁ? 1. A Ela ou parou HÁ? de estudar há algum tempo. indica tempo que já passou Daqui

Leia mais

Professor Jailton. www.professorjailton.com.br

Professor Jailton. www.professorjailton.com.br Professor Jailton www.professorjailton.com.br Regra Geral O artigo, a adjetivo, o pronome adjetivo e o numeral concordam em gênero e número com o nome a que se referem: Aqueles dois meninos estudiosos

Leia mais

SUJEITO + PRONOME RELATIVO + VERBO + COMPLEMENTO. Ex.: Este é o assunto que fiz referência semana passada.

SUJEITO + PRONOME RELATIVO + VERBO + COMPLEMENTO. Ex.: Este é o assunto que fiz referência semana passada. PREPOSIÇÃO Ordem Direta da Oração: Sujeito + verbo + Complemento Ex.: Todos gostam de carnaval. Todos gostam carnaval. PREPOSIÇÃO QUEM ALGO ALGUÉM ALGUMA COISA SUJEITO + PRONOME RELATIVO + VERBO + COMPLEMENTO

Leia mais

página 1/8 Português

página 1/8 Português 50 erros mais comuns de Português 1- Anexo / Anexa Certo: Seguem anexos os documentos solicitados. Por quê? Anexo é adjetivo e deve concordar em gênero e número com o substantivo a que se refere. Obs:

Leia mais

405. Assinale a alternativa onde o verbo haver não admite plural e, por isso, está errado:

405. Assinale a alternativa onde o verbo haver não admite plural e, por isso, está errado: CONCORDÂNCIA 405. Assinale a alternativa onde o verbo haver não admite plural e, por isso, está errado: a) os soldados se houveram como herói; b) os condenados houveram o perdão para seus erros; c) se

Leia mais