Aquicultura na Amazônia Ocidental

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Aquicultura na Amazônia Ocidental"

Transcrição

1 INSTITUTO NACIONAL DE PESQUISAS DA AMAZÔNIA Nome do GP Aquicultura na Amazônia Ocidental Nome do Líder Elizabeth Gusmão Affonso (2015) Membros do GP Lígia Uribe Gonçalves, Dra. Pesquisadora ( ). Alexandre Honczarick, M.Sc. Pesquisador (2018) Jorge Daniel I. Fim, M.Sc. Pesquisador (2020) Atílio Storti Filho, Bel Tecnologista (2015) Técnicos e Apoio Valdelira Lia Araújo Fernandes Bel (2040) Daniel Locatelli Bel (2044) Marcos Makiyama (2018) Gabriel da Rocha Nobre Filho Bel (2014) Waldir Bitar França Bel (2015) Maria Inês de Oliveira Pereira (2011) Yoshiko Kawashima (2010) Osvaldino dos Santos Moreira (2014) José Olegário da Silva Filho (2015 Roberto Araújo da Silva (2015) 1

2 Objetivo Subsidiar o aumento da produção de alimentos de origem animal, por meio das pesquisas e técnicas para criação de peixes regionais, assim como promover o desenvolvimento de áreas rurais através da piscicultura. Além disso, contribuir para a formação de recursos humanos (técnicos, graduação e pósgraduação. Linhas de Pesquisas Reprodução de peixes Larvicultura e alevinagem Fisiologia de peixes em cativeiro Sistemas de criação e manejo Alimentação e nutrição de peixes Sanidade de peixes 2

3 Estação experimental de Piscicultura Infraestrutura Área inundada total de m2: 1 viveiro natural com 1000 m2; 2 viveiros naturais com 390 m2 cada; 6 viveiros naturais com paredes de alvenaria com 50 m2 cada; 4 viveiros naturais com paredes de alvenaria com 120 m2 cada; 4 viveiros naturais com paredes de alvenaria com 160 m2 cada; Galpão para experimentos cerca de 200 m2. Laboratórios de Fisiologia Aplicada à Piscicultura, Nutrição de peixes, Enzimas digestivas, Organismo-alimento e Monitoramento de viveiros; Sala de armazenamento de ingredientes e de processamento de ração para peixes, Fábrica experimental de ração extrusada.

4 INSTITUTO NACIONAL DE PESQUISAS DA AMAZÔNIA Resultados relevantes (principais conquistas em ações de pesquisa nos últimos 5 anos) Os resultados com nutrição de pirarucu já são bastante conclusivos sobre suas exigências nutricionais, inclusive validados em sistemas de produção; O farelo de soja pode ser um ingrediente importante, em termos nutricionais, para substituir a farinha de peixe, insumo muito utilizado na dieta de peixes. Os problemas sanitários, que podem matar mais de 80% dos alevinos de pirarucu e juvenis de tambaqui, vêm sendo controlados, com elevada eficácia, por meio de plantas da biodiversidade amazônica, evidenciando o potencial terapêutico destes produtos no tratamento de diferentes doenças. Espera-se que, em curto tempo, esses possam ser industrializados e disponíveis para o produtor. 3

5 Lista de projetos aprovados e/ou em andamento (últimos 5 anos) Projeto Fronteira - FINEP Subprojeto: Apoio ao Desenvolvimento da Piscicultura no Alto Rio Negro Coordenador: Elizabeth Gusmão Valor: R$ , Reprodução induzida do pirarucu, Arapaima gigas (Cuvier, 1929), em cativeiro MPA/CNPq Coordenadora: Elizabeth Gusmão Affonso Valor: R$ , Desenvolvimento científico e tecnológico da piscicultura na região do Alto Rio Negro - CNPq Coordenador: Elizabeth Gusmão Valor: R$ ,00 4

6 Lista de projetos aprovados e/ou em andamento (últimos 5 anos) Estudo de alguns aspectos da nutrição, reprodução, sanidade e fisiologia da criação de matrinxã (Brycon amazonicus), tambaqui (Colossoma macropomum) e pirarucu (Arapaima gigas). Valor: R$ ,00 CANCELADO Atual Desenvolvimento da Aquicultura e de Recursos Pesqueiros na Amazônia Subprojeto 02: Biologia e fisiologia reprodutiva do Arapaima gigas Valor: R$ ,00 Subprojeto 03: Nutrição e alimentação artificial de peixes Valor: R$ ,00 Coordenadora: Elizabeth Gusmão Affonso Centro de Estudos de Adaptações da Biota Aquática da Amazônia ADAPTA-AMAZÔNIA Subprojeto: Aquicultura na /Amazônia Ocidental Valor: R$ ,00 Coordenador: Elizabeth Gusmão Affonso 4

7 Lista de projetos aprovados e/ou em andamento (últimos 5 anos) Implantação de Unidades Demonstrativas Agroflorestais na Amazônia Finep Subprojeto: Centro Avançado de Pesquisa, Capacitação e Treinamento em Aquicultura. Coordenadora do subprojeto: Elizabeth Gusmão Affonso Valor: R , Cultivo do tambaqu, matrinxã e pirarucu em ambiente controlado MCTI/INPA Coordenadora: Elizabeth Gusmão Affonso Valor: R$ , Atual Exigências nutricionais do pirarucu (Arapaima gigas) em condições laboratoriais e de cativeiro. Universal FAPEAM Coordenador: Elizabeth Gusmão Affonso Valor: R$ 50.00, Atual Edificações do Centro de Aquicultura na Amazônia - FINEP Coordenadora: Elizabeth Gusmão Affonso Valor: R$ ,00 4

8 Pesquisa:

9 Capacitação (Graduação e Pós-graduação) Programa de Pós-graduação em Aquicultura (UNINILTON LINS/INPA) Programa de Pós-graduação em Biologia d eágua Doce e Pesca Interior PPG-BADPI (INPA)

10 Extensão e Apoio Técnico:

11 INSTITUTO NACIONAL DE PESQUISAS DA AMAZÔNIA Quadro de Publicações (últimos 5 anos) Ano Periódicos Indexados SCI Periódicos ISSN Cap. Livro Livros Trab. Anais Divulgação Total Quadro de Orientações (últimos 5 anos) Ano Pósdoutorado Doutorado Mestrado TCC Pibic Outros Total

12 Edificações do Centro de Aquicultura na Amazônia - FINEP Coordenadora: Elizabeth Gusmão Affonso

13 Grupo de Pesquisa Aquicultura na Amazônia Ocidental INSTITUTO NACIONAL DE PESQUISAS DA AMAZÔNIA Implantação de Unidades Demonstrativas Agroflorestais na Amazônia Finep Subprojeto: Centro Avançado de Pesquisa e Capacitação em Aquicultura.

14 Grata pela atenção! Elizabeth G. Affonso

Sub-projeto: Alternativas para alimentação de peixes da Amazônia: uso de subprodutos agroflorestais e resíduos de pescado.

Sub-projeto: Alternativas para alimentação de peixes da Amazônia: uso de subprodutos agroflorestais e resíduos de pescado. Rede: Conservação e Manejo de Espécies de Peixes de Água Doce da Amazônia. Sub-projeto: Alternativas para alimentação de peixes da Amazônia: uso de subprodutos agroflorestais e resíduos de pescado. Instituição:

Leia mais

Coordenação de Pesquisas em Tecnologia e Inovação - COTI

Coordenação de Pesquisas em Tecnologia e Inovação - COTI Coordenação de Pesquisas em Tecnologia e Inovação - COTI Nome do GP Nome do Líder Membros do GP BIOLOGIA E MANEJO DE SOLOS AMAZÔNICOS Luiz Antonio de Oliveira Ph.D. Sonia Sena Alfaia Ph.D. Francisco Wesen

Leia mais

Coordenação de Tecnologia e Inovação - COTI

Coordenação de Tecnologia e Inovação - COTI Coordenação de Tecnologia e Inovação - COTI Nome do GP Caracterização e Inovação Tecnológica de Produtos Madeireiros e não Madeireiros na Amazônia Central Nome do Líder Bazilio Frasco Vianez Membros do

Leia mais

I Simpósio de Piscicultura da Zona da Mata Mineira

I Simpósio de Piscicultura da Zona da Mata Mineira I Simpósio de Piscicultura da Zona da Mata Mineira Leopoldina-MG WEVERSON SCARPINI ALMAGRO Escola Agrotécnica Federal de Alegre-ES PRODUÇÃO DE PESCADO NA EAFA Foco da escola não é produção Ensino, Pesquisa

Leia mais

CADEIA PRODUTIVA DO PIRARUCU. Diagnóstico, produção, industrialização e comercialização

CADEIA PRODUTIVA DO PIRARUCU. Diagnóstico, produção, industrialização e comercialização CADEIA PRODUTIVA DO PIRARUCU Diagnóstico, produção, industrialização e comercialização CARACTERÍSTICAS DA ESPÉCIE RUSTICIDADE CARNE DE ALTA QUALIDADE COM BAIXO ÍNDICE DE GORDURA ATINGE 10 A 16 KG/ANO RESPIRAÇÃO

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO AMAZONAS. Eng. de Pesca MSc. Raimunda Nonata M. Lopes. Gerente de Controle de Pesca e Aquicultura

GOVERNO DO ESTADO DO AMAZONAS. Eng. de Pesca MSc. Raimunda Nonata M. Lopes. Gerente de Controle de Pesca e Aquicultura GOVERNO DO ESTADO DO AMAZONAS PALESTRANTE: Eng. de Pesca MSc. Raimunda Nonata M. Lopes Gerente de Controle de Pesca e Aquicultura www.ipaam.am.gov.br Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas - IPAAM

Leia mais

PROGRAMAÇÃO DO XXIV SEMINÁRIO FINAL PIBIC/UNIR/CNPq 2014/2015 CAMPUS DE PRESIDENTE MÉDICI. Ciências Exatas e da Terra. 04 de agosto de 2015

PROGRAMAÇÃO DO XXIV SEMINÁRIO FINAL PIBIC/UNIR/CNPq 2014/2015 CAMPUS DE PRESIDENTE MÉDICI. Ciências Exatas e da Terra. 04 de agosto de 2015 FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA. PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA PROPesq PROGRAMAÇÃO DO XXIV SEMINÁRIO FINAL PIBIC/UNIR/CNPq 2014/2015 CAMPUS DE PRESIDENTE MÉDICI Ciências Exatas e da

Leia mais

PRINCIPAIS AVANÇOS NA PRODUÇÃO DO PIRARUCU:

PRINCIPAIS AVANÇOS NA PRODUÇÃO DO PIRARUCU: PRINCIPAIS AVANÇOS NA PRODUÇÃO DO PIRARUCU: OPORTUNIDADES, DESAFIOS E PERSPECTIVAS MARTIN HALVERSON DIRETOR TECNOLÓGICO: PROJETO PACU AQUICULTURA TEMAS GERAIS Estado da Tecnologia Oportunidades Problemas

Leia mais

Projeto Estruturante de Pirarucu da Amazônia. Martin Halverson

Projeto Estruturante de Pirarucu da Amazônia. Martin Halverson Projeto Estruturante de Pirarucu da Amazônia Martin Halverson 67-9996-8739 mmhalver@terra.com.br Realidade da Industria do Paiche Hoy Industria pouca Consolidada- Precisa se Organizar Custo Elevada de

Leia mais

Matriz curricular do Curso Superior de Engenharia de Aquicultura Cargahorária. Carga Código Componente Curricular

Matriz curricular do Curso Superior de Engenharia de Aquicultura Cargahorária. Carga Código Componente Curricular Período letivo íoerp1º d o Matriz curricular do Curso Superior de Engenharia de Aquicultura Cargahorária Carga Código Componente Curricular horária (horaaularelógio) (hora- AQUI 101 Aquicultura Geral 54

Leia mais

TÍTULO: Validação e Introdução de Tecnologia Apropriada à Produção de Tambaqui (Piscicultura)

TÍTULO: Validação e Introdução de Tecnologia Apropriada à Produção de Tambaqui (Piscicultura) TÍTULO: Validação e Introdução de Tecnologia Apropriada à Produção de Tambaqui (Piscicultura) 1. IDENTIFICAÇÃO: Nome do Programa ao qual pertence: PROTA Data de início: Previsão de duração: Nome do responsável:

Leia mais

Coordenação de Pesquisas em Sociedade Ambiente e Saúde - CSAS

Coordenação de Pesquisas em Sociedade Ambiente e Saúde - CSAS Coordenação de Pesquisas em Sociedade Ambiente e Saúde - CSAS Nome do GP EM ALIMENTOS E NUTRIÇÃO NA AMAZÔNIA Nome do Líder Membros do GP Francisca das C do A Souza Pesquisadores Danilo Fernandes da Silva

Leia mais

Núcleo de Estudos em Aquicultura com enfoque agroecológico Cantuquiriguaçu - AquaNEA -

Núcleo de Estudos em Aquicultura com enfoque agroecológico Cantuquiriguaçu - AquaNEA - Núcleo de Estudos em Aquicultura com enfoque agroecológico Cantuquiriguaçu - AquaNEA - Edital: N.º 81/2013 Universidade Federal da Fronteira Sul UFFS Campus Laranjeiras do Sul, PR A UFFS é multicampi,

Leia mais

O maior Agronegócio do Mundo

O maior Agronegócio do Mundo O maior Agronegócio do Mundo US$ 600 bilhões Responde por 16% da oferta mundial de proteína animal; Soma US$ 55 bilhões em Exportações Anuais; Mercado duas vezes maior do que o complexo soja; Sete vezes

Leia mais

Criação de Pirarucu em cativeiro prospera no sul do Pará

Criação de Pirarucu em cativeiro prospera no sul do Pará CASOS DE SUCESSO Imagem aérea dos tanques para criação de Pirarucu Criação de Pirarucu em cativeiro prospera no sul do Pará 58 Emater apoia bovinocultores a trocar pecuária por piscicultura Arquivo Emater

Leia mais

CURSO AQUACULTURA - QUADRO DE HORÁRIOS 2013/2

CURSO AQUACULTURA - QUADRO DE HORÁRIOS 2013/2 CURSO AQUACULTURA - QUADRO DE HORÁRIOS 2013/2 1º PERÍODO Horário SEGUNDA TERÇA QUARTA QUINTA Horário SEXTA 7:30 8:20 :20 9:10 Química Geral B (QUI003) Química Geral B (QUI003) Química Geral B (QUI003)

Leia mais

Engenharia Ambiental e Sanitária VI Semana de Meio Ambiente e Sustentabilidade. 25/10 (Terça) 26/10 (Quarta) 27/10 (Quinta)

Engenharia Ambiental e Sanitária VI Semana de Meio Ambiente e Sustentabilidade. 25/10 (Terça) 26/10 (Quarta) 27/10 (Quinta) Engenharia Ambiental e Sanitária VI Semana de Meio Ambiente e Sustentabilidade 25/10 (Terça) 26/10 (Quarta) 27/10 (Quinta) Mostra dos TGs Anfiteatro. Mini curso: A ecotoxicologia como ferramenta no biomonitoramento

Leia mais

Serviço Público Federal Universidade Federal da Bahia Escola de Nutrição

Serviço Público Federal Universidade Federal da Bahia Escola de Nutrição Serviço Público Federal Universidade Federal da Bahia Escola de Nutrição Endereço: R. Basílio da Gama, S/N - Canela - Salvador / Bahia CEP 40.110.907 Telefone: (071) 3283-7700 /7701 e-mail: enufba@ufba.br

Leia mais

Modelo de produção de peixes no Baixo São Francisco

Modelo de produção de peixes no Baixo São Francisco Modelo de produção de peixes no Baixo São Francisco Carlos Alberto da Silva Pesquisador Aqüicultura: Tema estratégico no CPATC Reunião de Planejamento da Pesquisa (2006=>2007) Inclusão de um nova área:

Leia mais

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO. GABINETE DO MINISTRO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 2, DE 29 DE JANEIRO DE 2007.

MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO. GABINETE DO MINISTRO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 2, DE 29 DE JANEIRO DE 2007. MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO. GABINETE DO MINISTRO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 2, DE 29 DE JANEIRO DE 2007. O MINISTRO DE ESTADO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO, no uso da atribuição

Leia mais

O contributo da ESAC para a formação no âmbito do uso sustentável dos Produtos Fitofarmacêuticos. Maria José Cunha

O contributo da ESAC para a formação no âmbito do uso sustentável dos Produtos Fitofarmacêuticos. Maria José Cunha 20-03-2014 1 O contributo da ESAC para a formação no âmbito do uso sustentável dos Produtos Fitofarmacêuticos Maria José Cunha 20-03-2014 2 ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA DE COIMBRA MISSÃO Formar profissionais

Leia mais

Daniel Latorraca Ferreira Gestor de projetos do IMEA-

Daniel Latorraca Ferreira Gestor de projetos do IMEA- Daniel Latorraca Ferreira Gestor de projetos do IMEA- Índice Sobre o diagnóstico Aspectos sociais e produtivos Aspectos econômicos e mercadológicos Mercado consumidor Análise estratégica Sobre o diagnóstico

Leia mais

MINISTÉRIO DA PESCA E AQUICULTURA GABINETE DO MINISTRO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 3, DE 13 DE ABRIL DE 2012

MINISTÉRIO DA PESCA E AQUICULTURA GABINETE DO MINISTRO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 3, DE 13 DE ABRIL DE 2012 MINISTÉRIO DA PESCA E AQUICULTURA GABINETE DO MINISTRO INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 3, DE 13 DE ABRIL DE 2012 O MINISTRO DA PESCA E AQUICULTURA, no uso de suas atribuições que lhe confere a art. 87 da Constituição,

Leia mais

Coordenação de Pesquisas em Dinâmica Ambiental - CDAM

Coordenação de Pesquisas em Dinâmica Ambiental - CDAM Coordenação de Pesquisas em Dinâmica Ambiental - CDAM Nome do GP Nome do Líder Membros do GP Ecofisiologia e fitossanidade de árvores Ricardo A. Marenco Estudantes: Joanne K. Santos,Giordane A. Martins,

Leia mais

PISCICULTURA NO ESTADO DO PARÁ

PISCICULTURA NO ESTADO DO PARÁ Universidade Federal do Pará Pró-Reitoria de Extensão PISCICULTURA NO ESTADO DO PARÁ CUSTO DE PRODUÇÃO E INDICADORES ECONÔMICOS Marcos Ferreira Brabo Galileu Crovatto Veras Daniel Abreu Vasconcelos Campelo

Leia mais

Sistema AGRIS - Categorias de Assuntos: A AGRICULTURA. A01 Agricultura - aspectos gerais. A50 Investigação B GEOGRAFIA E HISTÓRIA.

Sistema AGRIS - Categorias de Assuntos: A AGRICULTURA. A01 Agricultura - aspectos gerais. A50 Investigação B GEOGRAFIA E HISTÓRIA. Sistema AGRIS - Categorias de Assuntos: A AGRICULTURA A01 Agricultura - aspectos gerais A50 Investigação B GEOGRAFIA E HISTÓRIA B10 Geografia B50 História C EDUCAÇÃO, EXTENSÃO E INFORMAÇÃO C10 Educação

Leia mais

CULTIVO DE PEIXE EM TANQUES-REDE Minas Gerais. Palestrante: Elizabeth Lomelino Cardoso

CULTIVO DE PEIXE EM TANQUES-REDE Minas Gerais. Palestrante: Elizabeth Lomelino Cardoso CULTIVO DE PEIXE EM TANQUESREDE Minas Gerais Palestrante: Elizabeth Lomelino Cardoso 16 bacias hidrográficas Altitude acima de 600 m (57%) Temperatura média anual inferior a 20 o C Reservatórios públicos

Leia mais

PISCICULTURA PARA MULHERES EM COMUNIDADE RURAL DO MUNICÍPIO DE AREIA/PB

PISCICULTURA PARA MULHERES EM COMUNIDADE RURAL DO MUNICÍPIO DE AREIA/PB PISCICULTURA PARA MULHERES EM COMUNIDADE RURAL DO MUNICÍPIO DE AREIA/PB SANTOS, Adriano Prazeres dos ¹ RODRIGUES, Marcelo Luis² Centro de Ciências Agrárias/Departamento de Zootecnia/ PROBEX RESUMO Esta

Leia mais

TEXTO COMPLEMENTAR ITEM 3.

TEXTO COMPLEMENTAR ITEM 3. 3) GRADE CURRICULAR TEXTO COMPLEMENTAR ITEM 3. AQ101 - AQUICULTURA: DA TEORIA A PRÁTICA Crédito: 2, C.H. 30 h. Responsável: Vera Maria Fonseca de Almeida e Val Ementa: Noções básicas sobre o processo de

Leia mais

FORMULÁRIO DE CADASTRO DE TÍTULOS NOME DO CANDIDATO: ÁREA / DISCIPLINA: NÚMERO DE INSCRIÇÃO:

FORMULÁRIO DE CADASTRO DE TÍTULOS NOME DO CANDIDATO: ÁREA / DISCIPLINA: NÚMERO DE INSCRIÇÃO: CONCURSO PÚBLICO DO INSTITUTO NACIONAL DE EDUCAÇÃO DE SURDOS EDITAL Nº 29/2013 E EDITAL Nº 04/2014 PROVA DE TÍTULOS PARA OS CARGOS DE PROFESSOR DA CARREIRA DO MAGISTÉRIO SUPERIOR FORMULÁRIO DE CADASTRO

Leia mais

Edital n o 79/2013 ANEXO II TIPOS, REQUISITOS E VALORES DE BOLSAS. Não possuir vínculo empregatício ou bolsa de pesquisa ou extensão

Edital n o 79/2013 ANEXO II TIPOS, REQUISITOS E VALORES DE BOLSAS. Não possuir vínculo empregatício ou bolsa de pesquisa ou extensão Edital n o 79/2013 ANEXO II TIPOS, REQUISITOS E VALORES DE BOLSAS TIPO REQUISITO C.H. Semanal VALOR Mensal PIBIC-JR Estar no segundo ano do ensino médio Não possuir vínculo empregatício ou bolsa de pesquisa

Leia mais

BAREMA PARA PROVA DE TÍTULOS EM CONCURSO PARA PROFESSOR ASSISTENTE DA ESCOLA POLITÉCNICA DA UFBA*

BAREMA PARA PROVA DE TÍTULOS EM CONCURSO PARA PROFESSOR ASSISTENTE DA ESCOLA POLITÉCNICA DA UFBA* Para cada título as pontuações listadas abaixo devem ser interpretadas de forma relativa. Para a atribuição de uma nota absoluta a cada candidato a banca examinadora deverá observar os seguintes aspectos:

Leia mais

Projeto de Desenvolvimento da Cadeia Produtiva da PISCICULTURA na Região do Complexo Nascentes do Pantanal no Estado de Mato Grosso

Projeto de Desenvolvimento da Cadeia Produtiva da PISCICULTURA na Região do Complexo Nascentes do Pantanal no Estado de Mato Grosso Projeto de Desenvolvimento da Cadeia Produtiva da na Região do Complexo Nascentes do Pantanal no Estado de Mato Grosso ÁREA do PROJETO LOCALIZAÇÃO Cadeia Produtiva da 42.973 km² 200.242 Hab. Em 2007 Mato

Leia mais

REVISÃO DO PERFIL DOS PROGRAMAS - atribuição de nota. (Efetuada na reunião de coordenadores na UFSC/Florianópolis nos dias: 06 e 07 março de 2003)

REVISÃO DO PERFIL DOS PROGRAMAS - atribuição de nota. (Efetuada na reunião de coordenadores na UFSC/Florianópolis nos dias: 06 e 07 março de 2003) REVISÃO DO PERFIL DOS PROGRAMAS - atribuição de nota (Efetuada na reunião de coordenadores na UFSC/Florianópolis nos dias: 06 e 07 março de 2003) A seguir estão definidos os critérios para avaliação e

Leia mais

EIXO TECNOLÓGICO: RECURSOS NATURAIS. Disciplinas da Formação Técnica Específica FTE

EIXO TECNOLÓGICO: RECURSOS NATURAIS. Disciplinas da Formação Técnica Específica FTE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO E STADO DA BAHIA SUPERINTENDÊNCIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL- SUPROF DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DIRDEP EIXO TECNOLÓGICO: RECURSOS NATURAIS EMENTÁRIO:

Leia mais

Coleta de parasitos em peixes de cultivo

Coleta de parasitos em peixes de cultivo Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Amapá Embrapa Agropecuária Oeste Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Universidade Federal de Santa Catarina Coleta de parasitos em peixes

Leia mais

Universidade Federal de Santa Catarina Departamento de Aquicultura LABNUTRI Nutrição de Espécies Aquícolas UFSC

Universidade Federal de Santa Catarina Departamento de Aquicultura LABNUTRI Nutrição de Espécies Aquícolas  UFSC Universidade Federal de Santa Catarina Departamento de Aquicultura LABNUTRI Nutrição de Espécies Aquícolas www.aqi.ufsc.br UFSC Tópicos a serem abordados Necessidade do conhecimento das exigências nutricionais

Leia mais

ESTUDO DA FREQÜÊNCIA ALIMENTAR DO PIRARUCU, Arapaima gigas (CUVIER, 1829)

ESTUDO DA FREQÜÊNCIA ALIMENTAR DO PIRARUCU, Arapaima gigas (CUVIER, 1829) UNIVERSIDADE DO AMAZONAS Faculdade de Ciências da Saúde Programa de Pós-Graduação em Ciência de Alimentos ESTUDO DA FREQÜÊNCIA ALIMENTAR DO PIRARUCU, Arapaima gigas (CUVIER, 1829) André Lima Gandra Dissertação

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE RONDÔNIA PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO PROGRAMA DE ACESSO AO ENSINO TÉCNICO E EMPREGO - PRONATEC EDITAL PROFESSOR INTERNO - Nº 27/2015

Leia mais

SEMINÁRIO NACIONAL DO PIRARUCU DA AMAZÔNIA CENÁRIOS E PERSPECIVAS DO MERCADO Ricardo Vasconcelos

SEMINÁRIO NACIONAL DO PIRARUCU DA AMAZÔNIA CENÁRIOS E PERSPECIVAS DO MERCADO Ricardo Vasconcelos SEMINÁRIO NACIONAL DO PIRARUCU DA AMAZÔNIA CENÁRIOS E PERSPECIVAS DO MERCADO Ricardo Vasconcelos A MAR & TERRA - INTRODUÇÃO A Mar & Terra foi fundada pelo Grupo Axial em 2001, com uma abordagem de investimento

Leia mais

Sistemas de Produção de peixe. Eduardo Gianini Abimorad Centro Avançado do Pescado Continental Instituto de Pesca

Sistemas de Produção de peixe. Eduardo Gianini Abimorad Centro Avançado do Pescado Continental Instituto de Pesca Sistemas de Produção de peixe Eduardo Gianini Abimorad Centro Avançado do Pescado Continental Instituto de Pesca Extensivo Produção: Até 2000 kg/ha/ano Técnicas e insumos usados * Sem uso de fertilizante

Leia mais

FENACAM 14 PROGRAMAÇÃO DE VISITAS TÉCNICAS

FENACAM 14 PROGRAMAÇÃO DE VISITAS TÉCNICAS FENACAM 14 PROGRAMAÇÃO DE VISITAS TÉCNICAS VISITA TÉCNICA 01: Fazendas de cultivo de camarão L. vannamei em águas oligohalinas. Data: 14 de novembro de 2014. Saída: 06h00min - Centro de Eventos do Ceará.

Leia mais

II Encontro de Piscicultores de Mato Grosso do Sul Piscicultura, uma atividade ao alcance de todos. PESQUISA EM REDE Uma nova forma de pesquisar?

II Encontro de Piscicultores de Mato Grosso do Sul Piscicultura, uma atividade ao alcance de todos. PESQUISA EM REDE Uma nova forma de pesquisar? Bases tecnológicas para o desenvolvimento sustentável da aquicultura no Brasil. AQUABRASIL II Encontro de Piscicultores de Mato Grosso do Sul Piscicultura, uma atividade ao alcance de todos PESQUISA EM

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA BOLSA DE PÓS-DOUTORADO PNPD/CAPES

PROCESSO SELETIVO PARA BOLSA DE PÓS-DOUTORADO PNPD/CAPES UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE RONDONÓPOLIS INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO PROCESSO SELETIVO PARA BOLSA DE PÓS-DOUTORADO PNPD/CAPES

Leia mais

MANEJO ALIMENTAR DE PEIXES

MANEJO ALIMENTAR DE PEIXES MANEJO ALIMENTAR DE PEIXES Paula Adriane Perez Ribeiro 1 Juliana Sampaio Guedes Gomiero 2 Priscila Vieira Rosa Logato 3 1 Introdução Dentre os diversos aspectos relacionados à piscicultura, aqueles envolvidos

Leia mais

Panorama da Aqüicultura Nacional Pesquisador João Donato Scorvo Filho

Panorama da Aqüicultura Nacional Pesquisador João Donato Scorvo Filho Panorama da Aqüicultura Nacional Pesquisador João Donato Scorvo Filho jdscorvo@sp.gov.br A aqüicultura, em franco desenvolvimento, vem se impondo como atividade pecuária, embora ainda seja considerada

Leia mais

ORGANIZAÇÃO E DESEMPENHO DA PESQUISA CIENTÍFICA NO BRASIL. Simon Schwartzman. Quadros do capítulo II

ORGANIZAÇÃO E DESEMPENHO DA PESQUISA CIENTÍFICA NO BRASIL. Simon Schwartzman. Quadros do capítulo II ORGANIZAÇÃO E DESEMPENHO DA PESQUISA CIENTÍFICA NO BRASIL Simon Schwartzman Quadros do capítulo II Quadro II.1 - Campos de especialização das unidades de pesquisa a) Unidades de pesquisa em ciências biológicas

Leia mais

Medicamentos e Assistência Farmacêutica no Brasil: Problemas, Necessidades, Estratégias e Perspectivas

Medicamentos e Assistência Farmacêutica no Brasil: Problemas, Necessidades, Estratégias e Perspectivas Medicamentos e Assistência Farmacêutica no Brasil: Problemas, Necessidades, Estratégias e Perspectivas Odorico de Moraes Unidade de Farmacologia Clínica - UNIFAC Departamento de Fisiologia e Farmacologia

Leia mais

A Congregação da Faculdade de Farmácia da Universidade Federal da Bahia, no uso de suas atribuições, considerando que:

A Congregação da Faculdade de Farmácia da Universidade Federal da Bahia, no uso de suas atribuições, considerando que: PORTARIA 02 Estabelece critérios e escalas para aferição de na avaliação de títulos em concursos para Professor Adjunto da Faculdade de Farmácia da UFBA. A Congregação da Faculdade de Farmácia da Universidade

Leia mais

Projetos de pesquisa em rede: Rede Aquabrasil REPIMAR

Projetos de pesquisa em rede: Rede Aquabrasil REPIMAR UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCOLA SUPERIOR DE AGRICULTURA LUIZ DE QUEIROZ DEPARTAMENTO DE AGROINDÚSTRIA, ALIMENTOS E NUTRIÇÃO Projetos de pesquisa em rede: Rede Aquabrasil REPIMAR Juliana Antunes Galvão

Leia mais

PARÂMETROS DE AVALIAÇÃO DE CURSOS NOVOS MESTRADO ACADÊMICO

PARÂMETROS DE AVALIAÇÃO DE CURSOS NOVOS MESTRADO ACADÊMICO PARÂMETROS DE AVALIAÇÃO DE CURSOS NOVOS MESTRADO ACADÊMICO Os projetos de cursos novos serão julgados pela Comissão de Avaliação da área de Educação com base nos dados obtidos pela aplicação dos critérios

Leia mais

Ações do Sistema SEPROR para o incentivo a produção de orgânicos. Sonia Alfaia Secretaria Executiva Adjunta de Planejamento

Ações do Sistema SEPROR para o incentivo a produção de orgânicos. Sonia Alfaia Secretaria Executiva Adjunta de Planejamento Ações do Sistema SEPROR para o incentivo a produção de orgânicos Sonia Alfaia Secretaria Executiva Adjunta de Planejamento Política Institucional da SEPROR QUEM SOMOS NÓS? O Amazonas possui 270 mil produtores

Leia mais

FORMULÁRIO DO PROGRAMA DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOCENTE AVALIADO :

FORMULÁRIO DO PROGRAMA DE AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DOCENTE AVALIADO : I. Capacitação Profissional Pontos 1. Participação em Simpósio, Congresso, Seminário e outros eventos na área pedagógica, na área de atuação do docente ou em áreas afins (1,0 por evento, máximo 4,0 pontos).

Leia mais

Treinamento RLM Corte 2014

Treinamento RLM Corte 2014 Treinamento RLM Corte 2014 Campo Grande - MS 12 e 13 de Novembro de 2014 Patrocinador Introdução Desenvolvido na Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" ESALQ, USP, Piracicaba, este software formula

Leia mais

Produção Sustentável de Tilápias em Tanques-rede

Produção Sustentável de Tilápias em Tanques-rede Produção Sustentável de Tilápias em Tanques-rede Alex Frederico de Novaes Consultor Técnico Guabi Novaes & Martins Aquicultura - T Ó P I C O S - MERCADO LOCALIZAÇÃO DA PISCICULTURA ESTRUTURA: TANQUES,

Leia mais

RESPONSABILIDADE IMPORTANTE:

RESPONSABILIDADE IMPORTANTE: RESPONSABILIDADE IMPORTANTE: Toda a informação contida neste documento é de propriedade da Biofish Projetos Consultoria Ind. Com. Imp. & Exp. LTDA ( Biofish Aquicultura), sua reprodução de qualquer natureza

Leia mais

TAXA DE ARRAÇOAMENTO DO Astyanax bimaculatus

TAXA DE ARRAÇOAMENTO DO Astyanax bimaculatus TAXA DE ARRAÇOAMENTO DO Astyanax bimaculatus Cristhian Roberto Hartmann¹, Anderson Sloboda 1, Álvaro Célio Grocholski 1, Luiz Henrique da Silva 2, Moreira, Luiz Sérgio 3, Adolfo JATOBÁ 4. ¹Bolsista 170/2014

Leia mais

ANEXO II FICHA DE AVALIAÇÃO DO CURRÍCULO DO PROPONENTE Pontuação Comprovante Válido Por item Máxima Obtida Formação acadêmica (não cumulativo)

ANEXO II FICHA DE AVALIAÇÃO DO CURRÍCULO DO PROPONENTE Pontuação Comprovante Válido Por item Máxima Obtida Formação acadêmica (não cumulativo) Item de avaliação 1. Diploma de doutorado, obtido em programa de pós-graduação reconhecido pela CAPES ANEXO II FICHA DE AVALIAÇÃO DO CURRÍCULO DO PROPONENTE Pontuação Comprovante Válido Por item Máxima

Leia mais

Bom dia... Manejo e Aleitamento Artificial de Cabritos. Programa. Mas tem mais... Importância do aleitamento Objetivos

Bom dia... Manejo e Aleitamento Artificial de Cabritos. Programa. Mas tem mais... Importância do aleitamento Objetivos Bom dia... Manejo e Aleitamento Artificial de Cabritos * * * Prof. Dr. Silvio Doria de Almeida Ribeiro Profa. Dra. Anamaria Cândido Ribeiro 1/39 Programa Introdução Introdução Cuidados com o recém- nascido

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FITOTECNIA

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FITOTECNIA UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO SEMI-ÁRIDO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FITOTECNIA COMPONENTES CURRÍCULARES Código Nome Nível de Ensino 1 FTC0001 AGROECOLOGIA STRICTO

Leia mais

Piscicultura. Fatores competitivos. Valor aproximado. Agronegócios

Piscicultura. Fatores competitivos. Valor aproximado. Agronegócios Piscicultura Descrição Empreender e atrair projetos para consolidação e expansão da piscicultura em Alagoas, envolvendo todos os elos da cadeia produtiva: criadores, beneficiadores, fornecedores de insumos

Leia mais

Piscicultores discutem custos de produção da aquicultura na região central do estado do Tocantins

Piscicultores discutem custos de produção da aquicultura na região central do estado do Tocantins Edição1 2014 Piscicultores discutem custos de produção da aquicultura na região central do estado do Tocantins Piscicultores e técnicos da região central do Tocantins se reuniram no dia 24 de julho de

Leia mais

OS FLUXOS DE CONHECIMENTOS NA PISCICULTURA DO ESTADO DO AMAZONAS: UMA ANÁLISE DA TRAJETÓRIA E DAS CONDIÇÕES INSTITUCIONAIS

OS FLUXOS DE CONHECIMENTOS NA PISCICULTURA DO ESTADO DO AMAZONAS: UMA ANÁLISE DA TRAJETÓRIA E DAS CONDIÇÕES INSTITUCIONAIS 1 OS FLUXOS DE CONHECIMENTOS NA PISCICULTURA DO ESTADO DO AMAZONAS: UMA ANÁLISE DA TRAJETÓRIA E DAS CONDIÇÕES INSTITUCIONAIS Mariomar de Sales Lima * Sinopse: A atividade de piscicultura é considerada

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TRIÂNGULO MINEIRO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO TRIÂNGULO MINEIRO PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E INOVAÇÃO Visando subsidiar a proposição de propostas a CHAMADA INTERNA DA PROPI/IFTM EDITAL MCT/FINEP/CT-INFRA-PROINFRA 02/2014, apresentamos a seguir os critérios a serem considerados quando da avaliação das mesmas:

Leia mais

Anais da XII Jornada de Iniciação Científica da Embrapa Amazônia Ocidental

Anais da XII Jornada de Iniciação Científica da Embrapa Amazônia Ocidental Anais da XII Jornada de Iniciação Científica da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Anais da XII Jornada de Iniciação Científica da Adauto Maurício

Leia mais

UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE MATERIAIS E PROCESSOS SUSTENTÁVEIS

UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE MATERIAIS E PROCESSOS SUSTENTÁVEIS UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENGENHARIA DE MATERIAIS E PROCESSOS SUSTENTÁVEIS EDITAL Nº 01/PROPG-PPGEMPS/2014 SELEÇÃO EXTERNA DE

Leia mais

29ª Reunião Ordinária da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Flores e Plantas Ornamentais. José Luiz Mosca

29ª Reunião Ordinária da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Flores e Plantas Ornamentais. José Luiz Mosca 29ª Reunião Ordinária da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Flores e Plantas Ornamentais José Luiz Mosca Pesquisador, Doutor Fisiologia e Tecnologia Pós-colheita de Frutos e Flores Tropicais EMBRAPA

Leia mais

CURRÍCULO DO CURSO. Atividade Curricular Créditos T E P EAD Estrutura Tipo pré-requisito Pré-requisito

CURRÍCULO DO CURSO. Atividade Curricular Créditos T E P EAD Estrutura Tipo pré-requisito Pré-requisito 1º Semestre 0040045 - ANATOMIA DOS ANIMAIS DE PRODUÇÃO I 4 004004 - HISTOLOGIA DOS ANIMAIS 4 0304 - CÁLCULO 1 A 4 4 0170070 - QUÍMICA ORGÂNICA 4 4 1151 - INTRODUÇÃO À COMPUTAÇÃO 4 1430001 - INICIAÇÃO A

Leia mais

ZOOTECNIA. COORDENADOR Edenio Detmann

ZOOTECNIA. COORDENADOR Edenio Detmann ZOOTECNIA COORDENADOR Edenio Detmann detmann@ufv.br 96 Currículos dos Cursos do CCA UFV Currículo do Curso de Zootecnia Zootecnista ATUAÇÃO O Zootecnista é um profissional com sólida base de conhecimentos

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: Bovinocultura de Corte e Leite Código: VET244 Curso: Medicina Veterinária Semestre de oferta: 7 p Faculdade responsável: Medicina Veterinária Programa em vigência a partir

Leia mais

SELEÇÃO DE BOLSISTA PNPD CAPES BOLSA DE PÓS-DOUTORADO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS

SELEÇÃO DE BOLSISTA PNPD CAPES BOLSA DE PÓS-DOUTORADO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA CENTRO DE CIÊNCIAS EXATAS PROGRAMA DE PÓS-GRADUÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE ALIMENTOS Viçosa, MG 36570-000 Tel: (31)3899-2226 Fax: (31)3899-2735 E-Mail: tcaufv@gmail.com

Leia mais

Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES

Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES Prof. Dr. Jorge Almeida Guimarães Presidente da Capes Brasília, 28 de junho de 2012 Evolução da concessão de bolsas de estudo

Leia mais

Rio Doce Piscicultura

Rio Doce Piscicultura Rio Doce Piscicultura (19) 3633 2044 / (19) 3633 8587 / (19) 9 9512 2879 / (19) 9 8961-8180 contatos@riodocepiscicultura.com.br contatos@riodocepeixes.com.br Orientações para Arraçoamento (Ração) O consumo

Leia mais

RELATÓRIO PARA AUXÍLIO DE PARTICIPAÇÃO EM EVENTO RESUMO DA PARTICIPAÇÃO

RELATÓRIO PARA AUXÍLIO DE PARTICIPAÇÃO EM EVENTO RESUMO DA PARTICIPAÇÃO RELATÓRIO PARA AUXÍLIO DE PARTICIPAÇÃO EM EVENTO Projeto Agrisus No: 1875/16 Nome do Evento: FertBio 2016 Rumo aos novos desafios Interessado: Luiz Gustavo de Oliveira Denardin Instituição: Universidade

Leia mais

Ideli Salvatti Ministra da Pesca e Aquicultura

Ideli Salvatti Ministra da Pesca e Aquicultura Comissão da Amazônia, Integração Nacional e de Desenvolvimento Regional Ideli Salvatti Ministra da Pesca e Aquicultura 24/5/2011 1 Panorama Mundial 2007/2008 Produção Regional 2008/2009 Produção por estado

Leia mais

Marcos Tavares Dias Embrapa Amapá

Marcos Tavares Dias Embrapa Amapá poderá ser necessário excluir a imagem e inseri-la novamente. Sanidade de Peixes Nativos Marcos Tavares Dias Embrapa Amapá Produção de peixes nativos oriundos da piscicultura em 2011 (MPA, 2013) 120000

Leia mais

Reprodução e engorda do pirarucu. Levantamento de processos produtivos e tecnologias

Reprodução e engorda do pirarucu. Levantamento de processos produtivos e tecnologias Reprodução e engorda do pirarucu Levantamento de processos produtivos e tecnologias Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Pesca e Aquicultura Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Leia mais

E I X O S

E I X O S 0011 0010 1010 1101 0001 0100 1011 5 E I X O S 10 dimensões 5 eixos 8- Planejamento e Avaliação. 1- Missão e Plano de Desenvolvimento Institucional. 0011 3- Responsabilidade 0010 1010 1101 Social 0001

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO ACADÊMICO DE VITÓRIA CAV

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO ACADÊMICO DE VITÓRIA CAV CONCURSO PÚBLICO DE PROVAS E TÍTULOS PARA DOCENTES DO MAGISTÉRIO SUPERIOR Edital nº 0, de 05 de abril de 0, publicado no Diário Oficial da União nº 66, de 08 de abril de 0. INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES,

Leia mais

Produtos com BI: rastreabilidade aquícola

Produtos com BI: rastreabilidade aquícola Produtos com BI: rastreabilidade aquícola Ricardo Calado Newton Gomes Dourada de Aquacultura da Ria de Aveiro DIA EUROPEU DO MAR CESAM Centro de Estudos do Ambiente e do Mar Rastreabilidade - a capacidade

Leia mais

MESTRADO PROFISSIONAL EM CIÊNCIAS DA SAÚDE INFORMAÇÕES:

MESTRADO PROFISSIONAL EM CIÊNCIAS DA SAÚDE INFORMAÇÕES: MESTRADO PROFISSIONAL EM CIÊNCIAS DA SAÚDE INFORMAÇÕES: 1. Breve histórico O Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde PROCISA, mantém em atividade o mestrado profissional em Ciências da Saúde, recomendado

Leia mais

TECNOLOGIA E CONFIABILIDADE DOS COLETORES DE AMOSTRAS INDIVIDUAIS DE LEITE DOS ANIMAIS IV CBQL FLORIANÓPOLIS - SC

TECNOLOGIA E CONFIABILIDADE DOS COLETORES DE AMOSTRAS INDIVIDUAIS DE LEITE DOS ANIMAIS IV CBQL FLORIANÓPOLIS - SC TECNOLOGIA E CONFIABILIDADE DOS COLETORES DE AMOSTRAS INDIVIDUAIS DE LEITE DOS ANIMAIS IV CBQL FLORIANÓPOLIS - SC JOSÉ AUGUSTO HORST horst@holandesparana.com.br (41) 2105-1723 Gerente PARLPR ASSOCIAÇÃO

Leia mais

TÉCNICAS DE MANEJO DA ENGORDA DO

TÉCNICAS DE MANEJO DA ENGORDA DO TÉCNICAS DE MANEJO DA ENGORDA DO PIRARUCU João L. Campos Eng. Agrônomo, M. Sc. Aquicultura Brasília/DF, 09 de novembro de 2016 Projeto Estruturante Pirarucu da Amazônia Projeto de conhecimento e tecnologia

Leia mais

CONQUISTAS E DESAFIOS DO INPI NA CAPACITAÇÃO E FORMAÇÃO EM PI

CONQUISTAS E DESAFIOS DO INPI NA CAPACITAÇÃO E FORMAÇÃO EM PI CONQUISTAS E DESAFIOS DO INPI NA CAPACITAÇÃO E FORMAÇÃO EM PI Lucia Fernandes ACADEMIA DA PROPRIEDADE INTELECTUAL MISSÃO Formação e capacitação em PI; Desenvolvimento de P&D em PI; Disseminação do uso

Leia mais

ISSN Dezembro, Plano Estratégico da Embrapa Amazônia Ocidental para a Aquicultura

ISSN Dezembro, Plano Estratégico da Embrapa Amazônia Ocidental para a Aquicultura ISSN 1517-3135 Dezembro, 2013 110 Plano Estratégico da Embrapa Amazônia Ocidental para a Aquicultura ISSN 1517-3135 Julho, 2013 Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária Embrapa Amazônia Ocidental Ministério

Leia mais

Piscicultura. Piscicultura

Piscicultura. Piscicultura 1 de 5 10/17/aaaa 08:38 Nome Produto Informação Tecnológica Data Maio - 2000 Preço - Linha Informações resumidas Resenha sobre a Criação de Peixes José Eduardo Aracena Rasguido Med Vet Autor(es) João Ricardo

Leia mais

Palestra: Aquicultura Organização da cadeia e seus entraves legais e ambientais. Palestrante: Vicente Falcão de Arruda Filho Secretario

Palestra: Aquicultura Organização da cadeia e seus entraves legais e ambientais. Palestrante: Vicente Falcão de Arruda Filho Secretario Palestra: Aquicultura Organização da cadeia e seus entraves legais e ambientais. Palestrante: Vicente Falcão de Arruda Filho Secretario 01) Lei complementar n 38, de 21 de novembro de 1995. Dispõe sobre

Leia mais

COMISSÃO ESPECIAL DE CONCURSOS E AVALIAÇÃO DOCENTE, CESCAD ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO MEMORIAL DESCRITIVO

COMISSÃO ESPECIAL DE CONCURSOS E AVALIAÇÃO DOCENTE, CESCAD ROTEIRO PARA ELABORAÇÃO DO MEMORIAL DESCRITIVO ANEXO VI DO REGULAMENTO DA AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO DE DOCENTE PARA A AQUISIÇÃO DA ESTABILIDADE NO CARGO DE PROVIMENTO EFETIVO EM VIRTUDE DE CONCURSO PÚBLICO PARA A CARREIRA DO MAGISTÉRIO PÚBLICO DO ENSINO

Leia mais

Embrapa Uva e Vinho. Produtos & Serviços. Missão Institucional. Infra-Estrutura e Recursos Humanos

Embrapa Uva e Vinho. Produtos & Serviços. Missão Institucional. Infra-Estrutura e Recursos Humanos Embrapa Uva e Vinho A vitivinicultura é uma atividade que apresenta grande importância sócio-econômica em vários Estados brasileiros, com especial destaque para o Rio Grande do Sul. Por esta razão, a Embrapa

Leia mais

Práticas Ambientais na Universidade Feevale

Práticas Ambientais na Universidade Feevale Práticas Ambientais na Universidade Feevale Engenheira de Gerenciamento Ambiental Sheila Maria Leuck Novembro/2014 Universidade Feevale Missão: Promover a produção do conhecimento, a formação dos indivíduos

Leia mais

Gerencia de Arranjos Produtivos Locais. Governo do Estado do Pará Secretaria de Estado de Desenvolvimento Ciência e Tecnologia

Gerencia de Arranjos Produtivos Locais. Governo do Estado do Pará Secretaria de Estado de Desenvolvimento Ciência e Tecnologia Governo do Estado do Pará Secretaria de Estado de Desenvolvimento Ciência e Tecnologia Diretoria de Desenvolvimento Econômico Gerencia de Arranjos Produtivos Locais APL Pesca e Aqüicultura Região Bragantina

Leia mais

RESOLUÇÃO CPG/IESA Nº 01/2012

RESOLUÇÃO CPG/IESA Nº 01/2012 RESOLUÇÃO CPG/IESA Nº 01/2012 Normatiza o ingresso no pós-doutorado no Programa de Pós-Graduação em Geografia. A Coordenadoria do Programa de Pós-Graduação em Geografia (CPG) do Instituto de Estudos Socioambientais

Leia mais

Concurso Público FIOCRUZ 2016 Edital 03 - Técnico em Saúde Pública Gabarito Definitivo da Prova Objetiva

Concurso Público FIOCRUZ 2016 Edital 03 - Técnico em Saúde Pública Gabarito Definitivo da Prova Objetiva Perfil: TE3001 Análises Clínicas Perfil: TE3002 Análises microbiológicas de insumos e produtos estéreis para a saúde 1 C 31 E 1 C 31 C 2 A 32 D 2 A 32 B 3 D 33 B 3 D 33 D 4 B 34 A 4 B 34 A 5 C 35 B 5 C

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA CAMPUS: São Mateus CURSO: Agronomia DEPARTAMENTO RESPONSÁVEL: Ciências Agrárias e Biológicas-DCAB PROFESSOR RESPONSÁVEL: Thasia Martins Macedo CÓDIGO DISCIPLINA OU ESTÁGIO PERIODIZAÇÃO

Leia mais

AQUICULTURA. Curso Sanidade em Aqüicultura. CRMVSP, 25 de maio de 2012

AQUICULTURA. Curso Sanidade em Aqüicultura. CRMVSP, 25 de maio de 2012 LEGISLAÇÃO SANITÁRIA EM AQUICULTURA Curso Sanidade em Aqüicultura CRMVSP, 25 de maio de 2012 CONCEITOS - A saúde é um direito de todos e dever do Estado (Constituição Federal); - Ações indelegáveis de

Leia mais

PROJETO DE LEI N 047/2012

PROJETO DE LEI N 047/2012 PROJETO DE LEI N 047/2012 Institui a Política Intersetorial de Plantas Medicinais e de Medicamentos Fitoterápicos no Município de Gramado e dá outras providências. Art. 1º. Fica instituída a Política Intersetorial

Leia mais

O PROGRAMA PEIXE VIVO

O PROGRAMA PEIXE VIVO O PROGRAMA PEIXE VIVO Programa Peixe Vivo O Programa Peixe Vivo foi lançado em junho de 2007 por iniciativa da Cemig. Ele prevê a criação e expansão de ações voltadas para a preservação da fauna aquática

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA. Disciplina: Olericultura Orgânica Código da Disciplina: AGR383. Semestre de oferta da disciplina: I e II

PROGRAMA DE DISCIPLINA. Disciplina: Olericultura Orgânica Código da Disciplina: AGR383. Semestre de oferta da disciplina: I e II PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: Olericultura Orgânica Código da Disciplina: AGR383 Curso: Agronomia Semestre de oferta da disciplina: I e II Faculdade responsável: Agronomia Matriz 120 Programa em vigência

Leia mais

Cálculo de povoamento de viveiros e tanques-rede

Cálculo de povoamento de viveiros e tanques-rede ISSN 2447-262X Cálculo de povoamento de viveiros e tanques-rede 1 Sinop, MT Agosto, 2015 Autor Daniel Rabello Ituassú Engenheiro de Pesca, Mestre em Biologia de Água Doce e Pesca Interior, pesquisador

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL TRATADOR/A DE ANIMAIS EM CATIVEIRO

PERFIL PROFISSIONAL TRATADOR/A DE ANIMAIS EM CATIVEIRO PERFIL PROFISSIONAL TRATADOR/A DE ANIMAIS EM CATIVEIRO Publicação e atualizações Publicado no Despacho n.º13456/2008, de 14 de Maio, que aprova a versão inicial do Catálogo Nacional de Qualificações. PERFIL

Leia mais