UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA REITORIA CENTRO DE AQUICULTURA DA UNESP

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA REITORIA CENTRO DE AQUICULTURA DA UNESP"

Transcrição

1 Nível: Histórico: Mestrado/Doutorado Código Capes: AQU00032 Docente(s) Responsável(eis): Prof. Dr. SERGIO RICARDO BATLOUNI Profa. Dra. ELIZABETH ROMAGOSA Situação Ativa Dt. Aprovação 08/10/1994 Dt. Desativação Créditos 8 CH. Total 120 CH. Teórica CH. Prática CH. Teórica/Prática CH. Seminário CH. Outras Ativ Programa: Cont. Progr.: AQUICULTURA 1.BIOLOGIA REPRODUTIVA 1. Mecanismos Reprodutivos 2. Características Sexuais 3. Aparelho Reprodutor 3.1. Machos 3.2. Fêmeas 4. Escala de Maturação 5. Desenvolvimento Ovocitário 6. Época de Reprodução 7. Tipo de Desova 8. Controle Ambiental: mecanismos e processos implicados Impresso em : 16/10/2013 Pág : 1 de 5

2 II.TÉCNICAS DE REPRODUÇÃO INDUZIDA 4. Importância 5. Espécies Adequadas 6. Pré-Requisitos para o Manejo Adequado 7. Ciclo de Vida 8. Método de Indução - Principais Métodos 9. Método de Manejo de Reprodutores 10. Manejo de Seleção a)machos b)fêmeas 11. Marcação dos Reprodutores 12. Mecanismos e Processos de Reprodução 13. Indutores à Reprodução 14. Cálculo de Hormônio 15. Locais de Aplicação 16. Controle do Sexo Impresso em : 16/10/2013 Pág : 2 de 5

3 17. Controle Ambiental da Desova 18. Fases Iniciais do Desenvolvimento Embrionário Ementa: Bibliografia: Estudos dos aspectos biológicos, mecanismos e processos envolvidos durante o ciclo reprodutivo de espécies de peixes de água doce e de interesse comercial. Os pré-requisitos e manejos adequados para os reprodutores passíveis de indução hormonal. Carrillo, M.; Zanuy, S Manipulación de la Reproducción de los teleósteos y calidad de las puestas. In: Actas del V Congreso Nacional de Acuicultura. Saint Carles de la Ràpita, España. p Harvey, B.; Carosfeld, J Induced breeding in tropical fish culture. I. D. C. R., Ottawa, Ont., 144p. Harvey, B.; Howard, W. S The theory and practice of induced breeding in fish. I. D. C. R., Ottawa, Ont., 48p. Robaína, G. G Mecanismos de inducción al desove utilizadas en el cultivo de peces: una revisión. Ver. Lat. Acui. Lima, Peru, 43: Romagosa, E.; Narahara, M. Y ; Andrade Talmelli, E. F. ;Souza Braga, F. M. de 1991 Mudanças morfológicas dos testículos de pacu, Piaractus mesopotamicus em condições de confinamento. Revista Unimar, Maringá, 15 (Suplemento): Romagosa, E.; Narahara, M. Y.; Fenerich-Verani, N Stages of embryonic development of the matrinxã, Brycon cephalus (Günther, 1869) (Pisces, Characidae). J. Fish Biol, Huttindgon (prelo). Romagosa, E.; Narahara, M. Y.; Godinho, H. M Tipo de Desova do Curimbatá, Prochilodus scrofa Steind, 1881, do Rio Mogi- Guaçu, Pirassununga, São Paulo ". Boletim do Instituto de Pesca, 12 (4): 1-5". Romagosa, E.; Narahara, M. Y.; Godinho, H. M.; Paiva. P. de ;Braga, F. M. de Souza 1993 Mudanças morfológicas dos ovários de pacu, Piaractus mesopotamicus (Holmberg, l887), em condições de confinamento. Boletim do Instituto de Pesca, São Paulo, 20 (único): Romagosa, E.; Narahara, M.Y.; Borella, M. I.; Parreira, S. F. ;Fenerich-Verani, N Ultrastrucuture of the germ cells in the testis of matrinxã, Brycon cephalus (Gunther, 1869) (Teleostei, Characidae). Tissue & Cell, USA (prelo). Impresso em : 16/10/2013 Pág : 3 de 5

4 Romagosa, E.; Paiva, P. de ; Godinho, H. M.; Guilherme, M. C. M Fecundidade do pacu, Piaractus mesopotamicus (Holmberg, 1887), mantido em confinamento, durante o primeiro e o segundo período reprodutivo.boletim do Instituto de Pesca, 17 (único): Romagosa, E.; Paiva, P. de; Godinho, H. M Pattern of oocyte diameter frequency distribution in females of the pacu, Piaractus mesopotamicus (Holmberg, 1887)(= Colossoma mitrei Berg 1895), induced to spawn". Aquaculture, 86: Romagosa,E Desenvolvimento gonadal (morfologia; ultra-estrutura) e Indução da Reprodução do matrinxã, Brycon cephalus (Gunther, 1869) em cativeiro. Universidade Federal de São Carlos, UFSCar, SP. (tese de doutorado). 211p. Sato, Y Reprodução da Bacia do Rio São Francisco: Indução e Caracterização de Padrões. Universidade Federal de São Carlos, SP -UFSCar (tese de doutorado). 179p. Vazzoler, A. E. de M Biologia da Reprodução de Peixes Teleósteos: Teoria e Prática. Editora da Universidade Estadual de Maringá. EDUM, SP.: SBI. 169p. Zanuy, S. e Carrillo, M La reproducción de los teleosteos y su aplicacion en acuicultura. In: J. Espinosa de Los Monteros; U. Labata (eds). Reproducción en Acuicultura. CAICYCUT, Madrid p. Objetivo: Objetivos gerais: Estudar os mecanismos e estratégias reprodutivas envolvidas na reprodução de peixes de água doce de interesse para a piscicultura Objetivos Específicos: Capacitar os alunos a: -conhecer e compreender os processos biológicos envolvidos durante o ciclo reprodutivo das espécies de peixes de água doce; -conhecer e aplicar as técnicas de reprodução induzida em espécies passíveis de produção de alevinos; -elaborar projetos de pesquisa em reprodução de peixes de água doce e de valor comercial. Critério Aval.: Seminários, avaliações Impresso em : 16/10/2013 Pág : 4 de 5

5 Parecer: Aprovado pelo Conselho :Deliberativo em reunião realizada em 17/12/1999 Impresso em : 16/10/2013 Pág : 5 de 5

PRINCIPAIS AVANÇOS NA PRODUÇÃO DO PIRARUCU:

PRINCIPAIS AVANÇOS NA PRODUÇÃO DO PIRARUCU: PRINCIPAIS AVANÇOS NA PRODUÇÃO DO PIRARUCU: OPORTUNIDADES, DESAFIOS E PERSPECTIVAS MARTIN HALVERSON DIRETOR TECNOLÓGICO: PROJETO PACU AQUICULTURA TEMAS GERAIS Estado da Tecnologia Oportunidades Problemas

Leia mais

Projeto Estruturante de Pirarucu da Amazônia. Martin Halverson

Projeto Estruturante de Pirarucu da Amazônia. Martin Halverson Projeto Estruturante de Pirarucu da Amazônia Martin Halverson 67-9996-8739 mmhalver@terra.com.br Realidade da Industria do Paiche Hoy Industria pouca Consolidada- Precisa se Organizar Custo Elevada de

Leia mais

Reprodução induzida de curimbatá (Prochilodus affinis) com uso de extrato bruto hipofisário de rã touro (Rana catesbeiana)

Reprodução induzida de curimbatá (Prochilodus affinis) com uso de extrato bruto hipofisário de rã touro (Rana catesbeiana) Zootecnia Trop., 25(2): 143-147. 2007 Nota Técnica Reprodução induzida de curimbatá (Prochilodus affinis) com uso de extrato bruto hipofisário de rã touro (Rana catesbeiana) Rodrigo Diana Navarro, Alessandro

Leia mais

Indução da desova de curimba (Prochilodus lineatus) utilizando ecg E EBHC 1

Indução da desova de curimba (Prochilodus lineatus) utilizando ecg E EBHC 1 56(2): 156 156-160, 2009 Gilmara Junqueira Machado Pereira et al. ISSN 0034-737X Indução da desova de curimba (Prochilodus lineatus) utilizando ecg E EBHC 1 Gilmara Junqueira Machado Pereira 2 Luis David

Leia mais

Aquicultura na Amazônia Ocidental

Aquicultura na Amazônia Ocidental INSTITUTO NACIONAL DE PESQUISAS DA AMAZÔNIA Nome do GP Aquicultura na Amazônia Ocidental Nome do Líder Elizabeth Gusmão Affonso (2015) Membros do GP Lígia Uribe Gonçalves, Dra. Pesquisadora (2013-2043).

Leia mais

Impacto de barragem hidrelétrica na reprodução de peixes NILO BAZZOLI

Impacto de barragem hidrelétrica na reprodução de peixes NILO BAZZOLI Impacto de barragem hidrelétrica na reprodução de peixes NILO BAZZOLI Nos reservatórios: peixes migradores completam a vitelogênese mas a maturação final e a desova não ocorrem. Peixes muito importantes

Leia mais

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE AQUICULTURA

PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE AQUICULTURA PERFIL PROFISSIONAL TÉCNICO/A DE AQUICULTURA Publicado no Despacho n.º13456/2008, de 14 de Maio, que aprova a versão inicial do Catálogo Nacional de Qualificações. 1ª Actualização publicada no Boletim

Leia mais

RELATÓRIO DE MONITORAMENTO DA ICTIOFAUNA NA ÁREA DA UHE MAUÁ

RELATÓRIO DE MONITORAMENTO DA ICTIOFAUNA NA ÁREA DA UHE MAUÁ INSTITUTO DE TECNOLOGIA PARA O DESENVOLVIMENTO Centro de Hidráulica e Hidrologia Prof. Parigot de Souza RELATÓRIO DE MONITORAMENTO DA ICTIOFAUNA NA ÁREA DA UHE MAUÁ RELATÓRIO TÉCNICO Nº 38 2012 COORDENAÇÃO

Leia mais

REPRODUÇÃO INDUZIDA DE PACU (PIARACTUS MESOPOTAMICUS) COM O USO DE DIFERENTES HORMÔNIOS COMERCIAIS

REPRODUÇÃO INDUZIDA DE PACU (PIARACTUS MESOPOTAMICUS) COM O USO DE DIFERENTES HORMÔNIOS COMERCIAIS REPRODUÇÃO INDUZIDA DE PACU (PIARACTUS MESOPOTAMICUS) COM O USO DE DIFERENTES HORMÔNIOS COMERCIAIS Vander Bruno dos Santos Zootecnista, Dr. PqC do Pólo Regional Alta Sorocabana/APTA vander@apta.sp.gov.br

Leia mais

PROGRAMA ANALÍTICO DE DISCIPLINA

PROGRAMA ANALÍTICO DE DISCIPLINA PROGRAMA ANALÍTICO DE DISCIPLINA 15/01/2007 COORDENADORIA DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM FITOTECNIA Km 47 da BR 110 Bairro Presidente Costa e Silva CEP: 59625-900 C. postal 137 Telefone (084)3315.1796

Leia mais

MANEJO REPRODUTIVO DE PEIXES NATIVOS

MANEJO REPRODUTIVO DE PEIXES NATIVOS UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS CAMPUS JATAÍ CURSO DE GRADUAÇÃO EM ZOOTECNIA RELATÓRIO DE ESTÁGIO CURRICULAR OBRIGATÓRIO WESLLEY FERNANDES BRAGA MANEJO REPRODUTIVO DE PEIXES NATIVOS JATAÍ - GOIÁS 2013 ii

Leia mais

Criação da curimatã comum, Prochilodus cearaensis Steindachner, 1911, em tanque rede 1

Criação da curimatã comum, Prochilodus cearaensis Steindachner, 1911, em tanque rede 1 Costa et al., / Revista Brasileira de Higiene e Sanidade Animal (v.9, n.3) (2015) 482-492 Revista Brasileira de Higiene e Sanidade Animal Brazilian Journal of Hygiene and Animal Sanity ISSN: 1981-2965

Leia mais

Biologia reprodutiva da tabarana Salminus hilarii (osteichthyes, characidae) na represa de Três Marias

Biologia reprodutiva da tabarana Salminus hilarii (osteichthyes, characidae) na represa de Três Marias Biologia reprodutiva da tabarana Salminus hilarii (osteichthyes, characidae) na represa de Três Marias Reproductive biology of Salminus hilarii (osteichthyes, characidae) from a Brazilian man-made lake

Leia mais

CADEIA PRODUTIVA DO PIRARUCU. Diagnóstico, produção, industrialização e comercialização

CADEIA PRODUTIVA DO PIRARUCU. Diagnóstico, produção, industrialização e comercialização CADEIA PRODUTIVA DO PIRARUCU Diagnóstico, produção, industrialização e comercialização CARACTERÍSTICAS DA ESPÉCIE RUSTICIDADE CARNE DE ALTA QUALIDADE COM BAIXO ÍNDICE DE GORDURA ATINGE 10 A 16 KG/ANO RESPIRAÇÃO

Leia mais

Projeto de Desenvolvimento da Cadeia Produtiva da PISCICULTURA na Região do Complexo Nascentes do Pantanal no Estado de Mato Grosso

Projeto de Desenvolvimento da Cadeia Produtiva da PISCICULTURA na Região do Complexo Nascentes do Pantanal no Estado de Mato Grosso Projeto de Desenvolvimento da Cadeia Produtiva da na Região do Complexo Nascentes do Pantanal no Estado de Mato Grosso ÁREA do PROJETO LOCALIZAÇÃO Cadeia Produtiva da 42.973 km² 200.242 Hab. Em 2007 Mato

Leia mais

Mestrado em Biologia Marinha M.Afonso-Dias. Reprodução

Mestrado em Biologia Marinha M.Afonso-Dias. Reprodução Conhecer: Época de postura (desova) Tamanho ou Idade maturidade sexual Ciclo reprodutivo inactividade -> desenvolvimento e amadurecimento dos gâmetas gametogénese Espermatogénese - machos Oogénese fêmeas

Leia mais

Programa da Disciplina

Programa da Disciplina Disciplina: Patologia e Parasitologia de Organismos Aquáticos Carga horária: 60 horas / Créditos: 03 Professor (a): Rodrigo Yudi Fujimoto Número mínimo de alunos: 3 Número máximo de alunos: 15 Condições

Leia mais

Processamento e preservação de sêmen de peixes nativos

Processamento e preservação de sêmen de peixes nativos Processamento e preservação de sêmen de peixes nativos Paulo César Falanghe Carneiro Embrapa Aracaju - SE Introdução Blaxter 1950: Arenque com reprodução em épocas diferentes Uso do gelo seco Conhecimento

Leia mais

EIXO TECNOLÓGICO: RECURSOS NATURAIS. Disciplinas da Formação Técnica Específica FTE

EIXO TECNOLÓGICO: RECURSOS NATURAIS. Disciplinas da Formação Técnica Específica FTE SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO E STADO DA BAHIA SUPERINTENDÊNCIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL- SUPROF DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL DIRDEP EIXO TECNOLÓGICO: RECURSOS NATURAIS EMENTÁRIO:

Leia mais

PARECER TÉCNICO Nº. 001/08 NCA/TEC GOIÂNIA, GO, 18 DE JULHO DE REFERÊNCIA: GRADE ANTI CARDUMES UHE FOZ DO RIO CLARO OBJETIVO DO DOCUMENTO

PARECER TÉCNICO Nº. 001/08 NCA/TEC GOIÂNIA, GO, 18 DE JULHO DE REFERÊNCIA: GRADE ANTI CARDUMES UHE FOZ DO RIO CLARO OBJETIVO DO DOCUMENTO PARECER TÉCNICO Nº. 001/08 NCA/TEC GOIÂNIA, GO, 18 DE JULHO DE 2008. REFERÊNCIA: GRADE ANTI CARDUMES UHE FOZ DO RIO CLARO OBJETIVO DO DOCUMENTO Este documento faz uma avaliação técnica sobre o dimensionamento

Leia mais

Técnicas de indução da reprodução de peixes migradores 1 Induced breeding in migratory fishes

Técnicas de indução da reprodução de peixes migradores 1 Induced breeding in migratory fishes Rev Bras Reprod Anim, Belo Horizonte, v.31, n.3, p.367-373, jul./set. 2007. Disponível em www.cbra.org.br Técnicas de indução da reprodução de peixes migradores 1 Induced breeding in migratory fishes Evoy

Leia mais

RELAÇÃO PESO-COMPRIMENTO DE COLOSSOMA MACROPOMUM E PROCHILODUS NIGRICANS A PARTIR DE DADOS DE DESEMBARQUE EM MANACAPURU AM 1

RELAÇÃO PESO-COMPRIMENTO DE COLOSSOMA MACROPOMUM E PROCHILODUS NIGRICANS A PARTIR DE DADOS DE DESEMBARQUE EM MANACAPURU AM 1 RELAÇÃO PESO-COMPRIMENTO DE COLOSSOMA MACROPOMUM E PROCHILODUS NIGRICANS A PARTIR DE DADOS DE DESEMBARQUE EM MANACAPURU AM 1 Gisele Batista Correia 2 e Carlos Edwar de Carvalho Freitas 3 Resumo Os Characiformes

Leia mais

Edson Vieira Sampaio 1 & Yoshimi Sato 1

Edson Vieira Sampaio 1 & Yoshimi Sato 1 Reprodução e hipofisação de Curimatella lepidura.137 Revista Brasileira de ZOOCIÊNCIAS 9(2): 137-144, dezembro 2007 ISSN 1517-6770 Desova induzida e aspectos reprodutivos de Curimatella lepidura (Eig.

Leia mais

EXTRAÇÃO, RENDIMENTO DA HIPÓFISE E MATURAÇÃO GONADAL DA VOGA (Cyphocharax voga) NO SUL DO BRASIL

EXTRAÇÃO, RENDIMENTO DA HIPÓFISE E MATURAÇÃO GONADAL DA VOGA (Cyphocharax voga) NO SUL DO BRASIL 29 EXTRAÇÃO, RENDIMENTO DA HIPÓFISE E MATURAÇÃO GONADAL DA VOGA (Cyphocharax voga) NO SUL DO BRASIL Clarice Ribeiro Martins 1, Juvêncio Luis Fernandez Osório Pouey 2, Bernardo dos Santos Vaz 3, Paulo Rodinei

Leia mais

Estrutura populacional em peixes de água doce. O que a genética conta sobre os grupos de peixes migradores

Estrutura populacional em peixes de água doce. O que a genética conta sobre os grupos de peixes migradores Estrutura populacional em peixes de água doce. O que a genética conta sobre os grupos de peixes migradores Pedro Manoel Galetti Junior Departamento de Genética e Evolução Universidade Federal de São Carlos

Leia mais

Tipo de crescimento e aspectos reprodutivos do peixe marinho Oligoplites palometa (Osteichthyes: Carangidae), na costa do Rio Grande do Norte, Brasil.

Tipo de crescimento e aspectos reprodutivos do peixe marinho Oligoplites palometa (Osteichthyes: Carangidae), na costa do Rio Grande do Norte, Brasil. ARTIGO DOI: http://dx.doi.org/10.18561/2179-5746/biotaamazonia.v2n2p25-30 Tipo de crescimento e aspectos reprodutivos do peixe marinho Oligoplites palometa (Osteichthyes: Carangidae), na costa do Rio Grande

Leia mais

Estratégias reprodutivas de peixes aplicadas à aqüicultura: bases para o desenvolvimento de tecnologias de produção 1

Estratégias reprodutivas de peixes aplicadas à aqüicultura: bases para o desenvolvimento de tecnologias de produção 1 Rev Bras Reprod Anim, Belo Horizonte, v.31, n.3, p.351-360, jul./set. 2007. Disponível em www.cbra.org.br Estratégias reprodutivas de peixes aplicadas à aqüicultura: bases para o desenvolvimento de tecnologias

Leia mais

Traceability in management broodstocks of reophilic fish: case study Guerreiro, L.R.J.; Streit Jr.; D.P.; Rotta, M.A.

Traceability in management broodstocks of reophilic fish: case study Guerreiro, L.R.J.; Streit Jr.; D.P.; Rotta, M.A. 35 Traceability in management broodstocks of reophilic fish: case study Reception of originals: 07/19/2012 Release for publication: 03/26/2015 Luís Ricardo Jayme Guerreiro Mestre em Zootecnia pela UFRGS

Leia mais

Remoção da adesividade em ovos de Pseudoplatystoma fasciatum Daniel Guimarães Figueiredo Ariki Zootecnista

Remoção da adesividade em ovos de Pseudoplatystoma fasciatum Daniel Guimarães Figueiredo Ariki Zootecnista UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA UNESP CENTRO DE AQUICULTURA DA UNESP Remoção da adesividade em ovos de Pseudoplatystoma fasciatum Daniel Guimarães Figueiredo Ariki Zootecnista Jaboticabal, São Paulo 2014

Leia mais

ESCOLA BÁSICA DE MAFRA 2016/2017 CIÊNCIAS NATURAIS (2º ciclo)

ESCOLA BÁSICA DE MAFRA 2016/2017 CIÊNCIAS NATURAIS (2º ciclo) (2º ciclo) 5º ano Compreender a como um planeta especial. Compreender que o solo é um material terrestre de suporte de vida. Compreender a importância das rochas e dos minerais. Compreender a importância

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO AMAZONAS. Eng. de Pesca MSc. Raimunda Nonata M. Lopes. Gerente de Controle de Pesca e Aquicultura

GOVERNO DO ESTADO DO AMAZONAS. Eng. de Pesca MSc. Raimunda Nonata M. Lopes. Gerente de Controle de Pesca e Aquicultura GOVERNO DO ESTADO DO AMAZONAS PALESTRANTE: Eng. de Pesca MSc. Raimunda Nonata M. Lopes Gerente de Controle de Pesca e Aquicultura www.ipaam.am.gov.br Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas - IPAAM

Leia mais

Evolução induzida pela pesca em Tucunarés azuis ( Cichla piquiti ) no reservatório de Serra da Mesa, GO. 1. Introdução 2. Materiais e Métodos

Evolução induzida pela pesca em Tucunarés azuis ( Cichla piquiti ) no reservatório de Serra da Mesa, GO. 1. Introdução 2. Materiais e Métodos Evolução induzida pela pesca em Tucunarés azuis (Cichla piquiti) no reservatório de Serra da Mesa, GO. Leo Caetano Fernandes da SILVA 1,4, Ronaldo ANGELINI 1,2, Carollinny Vilas Boas dos PASSOS 3, Nathália

Leia mais

Rev Bras Reprod Anim, Belo Horizonte, v.30, n.3/4, p , jul./dez Disponível em

Rev Bras Reprod Anim, Belo Horizonte, v.30, n.3/4, p , jul./dez Disponível em Rev Bras Reprod Anim, Belo Horizonte, v.30, n.3/4, p.168-173, jul./dez. 2006. Disponível em www.cbra.org.br Utilização de hormônios na reprodução induzida do surubim (Pseudoplatystoma spp) Hormone utilization

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO UNIVERSITÁRIO NORTE DO ESPÍRITO SANTO PROGRAMA DE DISCIPLINA

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO CENTRO UNIVERSITÁRIO NORTE DO ESPÍRITO SANTO PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA CAMPUS: São Mateus CURSO: Agronomia DEPARTAMENTO: Departamento de Ciências da Saúde, Biológicas e Agrárias PROFESSOR: Fábio Ribeiro Pires CÓDIGO DISCIPLINA OU ESTÁGIO PERIODIZAÇÃO

Leia mais

BIOLOGIA REPRODUTIVA DE Plagioscion squamosissimus (TELEOSTEI, SCIAENIDAE) NA REPRESA DE BARRA BONITA, RIO PIRACICABA (SP)

BIOLOGIA REPRODUTIVA DE Plagioscion squamosissimus (TELEOSTEI, SCIAENIDAE) NA REPRESA DE BARRA BONITA, RIO PIRACICABA (SP) Revista UNIMAR 19(2):447-460, 1997. BIOLOGIA REPRODUTIVA DE Plagioscion squamosissimus (TELEOSTEI, SCIAENIDAE) NA REPRESA DE BARRA BONITA, RIO PIRACICABA (SP) Francisco Manoel de Souza Braga* RESUMO. O

Leia mais

AVALIAÇÃO DE MOVIMENTOS MIGRATÓRIOS DE PEIXES NO RIO PARANÁ. Sérgio Makrakis UNIOESTE/GERPEL. Cleverson Luiz de Oliveira UNIOESTE/GERPEL

AVALIAÇÃO DE MOVIMENTOS MIGRATÓRIOS DE PEIXES NO RIO PARANÁ. Sérgio Makrakis UNIOESTE/GERPEL. Cleverson Luiz de Oliveira UNIOESTE/GERPEL SNPTEE SEMINÁRIO NACIONAL DE PRODUÇÃO E TRANSMISSÃO DE ENERGIA ELÉTRICA GIA - 29 16 a 21 Outubro de 2005 Curitiba - Paraná GRUPO XI GRUPO DE ESTUDO DE IMPACTOS AMBIENTAIS (GIA) AVALIAÇÃO DE MOVIMENTOS

Leia mais

TEXTO COMPLEMENTAR ITEM 3.

TEXTO COMPLEMENTAR ITEM 3. 3) GRADE CURRICULAR TEXTO COMPLEMENTAR ITEM 3. AQ101 - AQUICULTURA: DA TEORIA A PRÁTICA Crédito: 2, C.H. 30 h. Responsável: Vera Maria Fonseca de Almeida e Val Ementa: Noções básicas sobre o processo de

Leia mais

Engenharia Ambiental e Sanitária VI Semana de Meio Ambiente e Sustentabilidade. 25/10 (Terça) 26/10 (Quarta) 27/10 (Quinta)

Engenharia Ambiental e Sanitária VI Semana de Meio Ambiente e Sustentabilidade. 25/10 (Terça) 26/10 (Quarta) 27/10 (Quinta) Engenharia Ambiental e Sanitária VI Semana de Meio Ambiente e Sustentabilidade 25/10 (Terça) 26/10 (Quarta) 27/10 (Quinta) Mostra dos TGs Anfiteatro. Mini curso: A ecotoxicologia como ferramenta no biomonitoramento

Leia mais

MÉTODO DE CULTIVO NA PRODUÇÃO DE ALEVINOS DE TILÁPIA DO NILO REVERTIDOS

MÉTODO DE CULTIVO NA PRODUÇÃO DE ALEVINOS DE TILÁPIA DO NILO REVERTIDOS Revista Educação Agrícola Superior Associação Brasileira de Educação Agrícola Superior - ABEAS - v.29, n.2, p.142-146, 2014. ISSN - 0101-756X - DOI: http://dx.doi.org/10.12722/0101-756x.v29n02a19 MÉTODO

Leia mais

I Simpósio de Piscicultura da Zona da Mata Mineira

I Simpósio de Piscicultura da Zona da Mata Mineira I Simpósio de Piscicultura da Zona da Mata Mineira Leopoldina-MG WEVERSON SCARPINI ALMAGRO Escola Agrotécnica Federal de Alegre-ES PRODUÇÃO DE PESCADO NA EAFA Foco da escola não é produção Ensino, Pesquisa

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA. CÓDIGO NOME CARGA HORÁRIA TOTAL CRÉDITO Teórica Prática Teórico Prático Zoologia dos Vertebrados 60

PROGRAMA DE DISCIPLINA. CÓDIGO NOME CARGA HORÁRIA TOTAL CRÉDITO Teórica Prática Teórico Prático Zoologia dos Vertebrados 60 CENTRO: Centro de Educação, Ciências Exatas e Naturais CURSO: Ciências Habilitação em Biológia DEPARTAMENTO: Química e Biologia PROGRAMA DE DISCIPLINA CÓDIGO NOME CARGA HORÁRIA TOTAL CRÉDITO Teórica Prática

Leia mais

MORFOLOGIA DO SÊMEN CRIOPRESERVADO DE CURIMATÃ EM MÁQUINA DE CONGELAÇÃO

MORFOLOGIA DO SÊMEN CRIOPRESERVADO DE CURIMATÃ EM MÁQUINA DE CONGELAÇÃO MORFOLOGIA DO SÊMEN CRIOPRESERVADO DE CURIMATÃ EM MÁQUINA DE CONGELAÇÃO Pinheiro, J. P. S. (1) ; Melo-Maciel, M. A. P. (1) ; Almeida, P.S. (1) ; Pinheiro, R.R.R. (1) ; Torres, T.M. (1) ; Leite, L.V.(1);

Leia mais

DINÂMICA REPRODUTIVA DE Geophagus brasiliensis (QUOY & GAIMARD, 1824), NO AÇUDE ÁGUAS BELAS, VIAMÃO, RIO GRANDE DO SUL. (TELEOSTEI CICHLIDAE)'

DINÂMICA REPRODUTIVA DE Geophagus brasiliensis (QUOY & GAIMARD, 1824), NO AÇUDE ÁGUAS BELAS, VIAMÃO, RIO GRANDE DO SUL. (TELEOSTEI CICHLIDAE)' SEÇÃO: RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS DINÂMICA REPRODUTIVA DE Geophagus brasiliensis (QUOY & GAIMARD, 1824), NO AÇUDE ÁGUAS BELAS, VIAMÃO, RIO GRANDE DO SUL. (TELEOSTEI CICHLIDAE)' GIL ORTIZ SANTOS 2, NELSON

Leia mais

Campus de Toledo, Rua da Faculdade, 2550, Cep , C. P. l 520, Toledo-Pr,

Campus de Toledo, Rua da Faculdade, 2550, Cep , C. P. l 520, Toledo-Pr, Fertilização artificial de ovócitos e qualidade das larvas de Jundiá Cinza (Rhamdia quelen) (Quoy & Gaimardm, 1824) provenientes de reprodutores alimentados com diferentes níveis de energia digestível

Leia mais

CRESCIMENTO, MORTALIDADE E RECRUTAMENTO PARA Otocinclus (PORTO MURTINHO-MS)

CRESCIMENTO, MORTALIDADE E RECRUTAMENTO PARA Otocinclus (PORTO MURTINHO-MS) CRESCIMENTO, MORTALIDADE E RECRUTAMENTO PARA Otocinclus vitattus (SILURIFORMES, LORICARIIDAE) NO PANTANAL DO NABILEQUE (PORTO MURTINHO-MS) Maiane Jardim Pereira 1 ; Dr Yzel Rondon Súarez 2 1 Programa de

Leia mais

Monitoramento do desempenho reprodutivo do tambaqui cultivado em Presidente Médici (Rondônia)

Monitoramento do desempenho reprodutivo do tambaqui cultivado em Presidente Médici (Rondônia) Monitoramento do desempenho reprodutivo do tambaqui cultivado em Presidente Médici (Rondônia) Aline Matias dos Santos 1 e Raniere Garcez Costa Sousa 2 * Submetido 26/08/2015 Aceito 16/09/2015 Publicado

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: Bovinocultura de Corte e Leite Código: VET244 Curso: Medicina Veterinária Semestre de oferta: 7 p Faculdade responsável: Medicina Veterinária Programa em vigência a partir

Leia mais

Biologia reprodutiva e desova induzida de duas espécies de bagres (Osteichthyes: Siluriformes) da bacia do rio São Francisco

Biologia reprodutiva e desova induzida de duas espécies de bagres (Osteichthyes: Siluriformes) da bacia do rio São Francisco Biologia reprodutiva e desova induzida de duas espécies de bagres (Osteichthyes: Siluriformes) da bacia do rio São Francisco Edson Vieira Sampaio * e Yoshimi Sato Estação de Hidrobiologia e Piscicultura

Leia mais

- Identificar as formas de gestão e de tomadas de decisão dentro da organização escolar

- Identificar as formas de gestão e de tomadas de decisão dentro da organização escolar Disciplina: Gestão e Organização Escolar Código da Disciplina: EDU336 Curso: Pedagogia Período: 6º Faculdade Responsável: Pedagogia Programa em vigência a partir de: 2015 Número de créditos: 05 Horas-aula:

Leia mais

Curso: CIÊNCIAS BIOMÉDICAS

Curso: CIÊNCIAS BIOMÉDICAS INSTITUTO DE BIOCIÊNCIAS - UNESP - BOTUCATU DEPARTAMENTO DE MORFOLOGIA Curso: CIÊNCIAS BIOMÉDICAS Disciplina: EMBRIOLOGIA HUMANA Docentes da Disciplina: Prof. Dr. Wellerson Rodrigo Scarano (Responsável)

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. JOÃO V ESCOLA SECUNDÁRIA c/ 2º e 3º CICLOS D. JOÃO V

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS D. JOÃO V ESCOLA SECUNDÁRIA c/ 2º e 3º CICLOS D. JOÃO V Informações aos Encarregados de Educação do trabalho a realizar no: 5º Ano Ciências Naturais Ano Letivo 2015/2016 1. Aulas previstas: Aulas (*) 5º1ª 5º2ª 5º3ª 5º4ª 1º Período: 21 de Setembro - 17 de Dezembro

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO IDENTIFICAÇÃO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA CAMPUS ITAJAÍ PLANO DE ENSINO Unidade Curricular:

Leia mais

Desenvolvimento e diferenciação dos ovócitos de pacu, Piaractus mesopotamicus (Holmberg

Desenvolvimento e diferenciação dos ovócitos de pacu, Piaractus mesopotamicus (Holmberg Desenvolvimento e diferenciação dos ovócitos de pacu, Piaractus mesopotamicus (Holmberg Holmberg,, 1887) (Osteichthyes, Characidae) Elizabeth Romagosa* e Massuka Yamane Narahara Instituto de Pesca, APTA,

Leia mais

GOVERNO DE MATO GROSSO Fundação Estadual do Meio Ambiente FEMA-MT

GOVERNO DE MATO GROSSO Fundação Estadual do Meio Ambiente FEMA-MT Atividade Conjunta Fundação Estadual do Meio Ambiente FEMA-MT e Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis IBAMA-MT de: Monitoramento da Atividade Reprodutiva dos Peixes Migradores

Leia mais

ICarga Horária Semanal: Teóricas: 02, Práticas: 02, Estágio:., Total: 04.

ICarga Horária Semanal: Teóricas: 02, Práticas: 02, Estágio:., Total: 04. 1 PLANO DE ENSNO Ficha n 1 (permanente) Departamento: Zootecnia. ' Setor: Ciências Agrárias. Disciplina: Maricultura. Código: AZ026. Natureza: Semestral. Número de Créditos: 03., Carga Horária Semanal:

Leia mais

Estimativa do Tamanho da Primeira Maturação Sexual da Rã - Touro, Rana catesbeiana, no Sistema Anfigranja de Criação Intensiva

Estimativa do Tamanho da Primeira Maturação Sexual da Rã - Touro, Rana catesbeiana, no Sistema Anfigranja de Criação Intensiva R. Bras. Zootec., v.27, n.3, p.416-420, 1998 Estimativa do Tamanho da Primeira Maturação Sexual da Rã - Touro, Rana catesbeiana, no Sistema Anfigranja de Criação Intensiva Samuel Lopes Lima 1, Cristina

Leia mais

U6 - REPRODUÇÃO ES JOSÉ AFONSO 09/10 PROFª SANDRA NASCIMENTO

U6 - REPRODUÇÃO ES JOSÉ AFONSO 09/10 PROFª SANDRA NASCIMENTO U6 - REPRODUÇÃO ES JOSÉ AFONSO 09/10 PROFª SANDRA NASCIMENTO A reprodução sexuada implica a produção de células sexuais, a promoção do seu encontro e, finalmente, a sua fusão - Fecundação Gónadas Locais

Leia mais

E.S. Andrade 1, A.F.S. Carvalho 1, M.R. Ferreira 1, F.G. Paula 2, F.S. Rodrigues 2, V.O. Felizardo 1,4, R.V. Reis Neto 3, L.D.S. Murgas 1.

E.S. Andrade 1, A.F.S. Carvalho 1, M.R. Ferreira 1, F.G. Paula 2, F.S. Rodrigues 2, V.O. Felizardo 1,4, R.V. Reis Neto 3, L.D.S. Murgas 1. Rev. Bras. Reprod. Anim., Belo Horizonte, v.38, n.4, p.230-236, out./dez. 2014. Disponível em www.cbra.org.br Indutores hormonais na reprodução artificial de curimba (Prochilodus lineatus) Inducing hormone

Leia mais

Biologia reprodutiva de peixes de água doce Reproductive biology of freshwater fish

Biologia reprodutiva de peixes de água doce Reproductive biology of freshwater fish Rev. Bras. Reprod. Anim., Belo Horizonte, v.39, n.1, p.195-201, jan./mar. 2015. Disponível em www.cbra.org.br Biologia reprodutiva de peixes de água doce Reproductive biology of freshwater fish Estefânia

Leia mais

MANEJO ALIMENTAR E REPRODUÇÃO EM PEIXES

MANEJO ALIMENTAR E REPRODUÇÃO EM PEIXES MANEJO ALIMENTAR E REPRODUÇÃO EM PEIXES Elisabeth Criscuolo Urbinati*, Ana Isabel Sanabria Ochoa, Antônio Cléber da Silva Camargo, Elisa Garcia Carvalho, Valéria Leão Souza, Flávio Daolio Gonçalves Faculdade

Leia mais

Importância da avaliação dos parâmetros reprodutivos em peixes nativos Importance of evaluation of reproductive parameters in native fish

Importância da avaliação dos parâmetros reprodutivos em peixes nativos Importance of evaluation of reproductive parameters in native fish Rev. Bras. Reprod. Anim., Belo Horizonte, v.35, n.2, p.186-191, abr./jun. 2011. Disponível em www.cbra.org.br Importância da avaliação dos parâmetros reprodutivos em peixes nativos Importance of evaluation

Leia mais

Componente Curricular: Metodologia da Pesquisa Científica

Componente Curricular: Metodologia da Pesquisa Científica CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS Reconhecimento Renovado pela Portaria MEC nº 264 de 14.07.11, DOU de 19.07.11. Componente Curricular: Metodologia da Pesquisa Científica Código: CTB-190 Pré-requisito: ----------

Leia mais

PLANO DE ENSINO. ( X ) Licenciatura ( X ) OBRIGATÓRIA DO NÚCLEO COMUM ( ) OBRIGATÓRIA

PLANO DE ENSINO. ( X ) Licenciatura ( X ) OBRIGATÓRIA DO NÚCLEO COMUM ( ) OBRIGATÓRIA PLANO DE ENSINO I IDENTIFICAÇÃO CURSO: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS MODALIDADE: ( X ) Bacharelado ( X ) Licenciatura DISCIPLINA: ZOOLOGIA DE INVERTEBRADOS III ( X ) OBRIGATÓRIA DO NÚCLEO COMUM ÁREA COMPLEMENTAR:

Leia mais

CARACTERÍSTICAS SEMINAIS DA CARPA Cyprinus carpio, LINNAEUS, 1758

CARACTERÍSTICAS SEMINAIS DA CARPA Cyprinus carpio, LINNAEUS, 1758 CARACTERÍSTICAS SEMINAIS DA CARPA Cyprinus carpio, LINNAEUS, 1758 UNITERMOS: Sêmen, peixes; Espermatozóides, peixes; Peixes, carpa JOÃO CARLOS FERNANDES DE OLIVEIRA Mestre em Reprodução Animal Faculdade

Leia mais

PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA

PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA 1 PLANO DE ENSINO IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA Curso: SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM SISTEMAS DE TELECOMUNICAÇÔES Nome da disciplina: ELETRICIDADE E MAGNETISMO Código: 54155 Carga horária: 83 horas Semestre

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: Direito do Trabalho II Código da Disciplina: JUR256 Curso: Direito Semestre de oferta da disciplina: 8 Faculdade responsável: Direito Programa em vigência a partir de:

Leia mais

HISTOLOGIA DE GONADAS DE HIBRIDOS DE SURUBINS EXPLORADOS COMERCIALMENTE

HISTOLOGIA DE GONADAS DE HIBRIDOS DE SURUBINS EXPLORADOS COMERCIALMENTE HISTOLOGIA DE GONADAS DE HIBRIDOS DE SURUBINS EXPLORADOS COMERCIALMENTE Milene Aguirre Aranda 1 ; Andrea Maria de Araújo Gabriel²; Fabiana Cavichiolo 2 ; Arlene Ventura Sobrinho 3 ; Carolina Queiroz Carollo

Leia mais

Comunicado112 Técnico

Comunicado112 Técnico Comunicado112 Técnico ISSN 1678-1937 Julho, 2011 Aracaju, SE Protocolo para Criopreservação do Sêmen de Tambaqui (Colossoma macropomum) 1 Hymerson Costa Azevedo 2 3 O tambaqui Colossoma macropomum é um

Leia mais

COLÉGIO ESTADUAL LUIZ AUGUSTO MORAIS REGO ENSINO FUNDAMENTAL,MÉDIO E PROFISSIONAL - PTD PLANO DE TRABALHO DOCENTE - 8ºANO

COLÉGIO ESTADUAL LUIZ AUGUSTO MORAIS REGO ENSINO FUNDAMENTAL,MÉDIO E PROFISSIONAL - PTD PLANO DE TRABALHO DOCENTE - 8ºANO COLÉGIO ESTADUAL LUIZ AUGUSTO MORAIS REGO ENSINO FUNDAMENTAL,MÉDIO E PROFISSIONAL - PTD PLANO DE TRABALHO DOCENTE - 8ºANO Professor ; Cesar Antônio Hubner Disciplina: Ciências Ano: 2014 Bimestre: 1º CONTEÚDOS

Leia mais

Componente Curricular: ENFERMAGEM EM ATENÇÃO À SAÚDE DA MULHER E DO HOMEM I

Componente Curricular: ENFERMAGEM EM ATENÇÃO À SAÚDE DA MULHER E DO HOMEM I CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 Componente Curricular: ENFERMAGEM EM ATENÇÃO À SAÚDE DA MULHER E DO HOMEM I Código: ENF- 209 Pré-requisito:

Leia mais

Panorama da Aqüicultura Nacional Pesquisador João Donato Scorvo Filho

Panorama da Aqüicultura Nacional Pesquisador João Donato Scorvo Filho Panorama da Aqüicultura Nacional Pesquisador João Donato Scorvo Filho jdscorvo@sp.gov.br A aqüicultura, em franco desenvolvimento, vem se impondo como atividade pecuária, embora ainda seja considerada

Leia mais

Palestra: Aquicultura Organização da cadeia e seus entraves legais e ambientais. Palestrante: Vicente Falcão de Arruda Filho Secretario

Palestra: Aquicultura Organização da cadeia e seus entraves legais e ambientais. Palestrante: Vicente Falcão de Arruda Filho Secretario Palestra: Aquicultura Organização da cadeia e seus entraves legais e ambientais. Palestrante: Vicente Falcão de Arruda Filho Secretario 01) Lei complementar n 38, de 21 de novembro de 1995. Dispõe sobre

Leia mais

CURSO DE ENFERMAGEM PLANO DE CURSO

CURSO DE ENFERMAGEM PLANO DE CURSO CURSO DE ENFERMAGEM Reconhecido pela Portaria nº 270 de 13/12/12 DOU Nº 242 de 17/12/12 Seção 1. Pág. 20 Componente Curricular: FILOSOFIA Código: ENF 304 Pré requisito: Nenhum Período Letivo: 2014.1 Professor:

Leia mais

Comparação de dois modelos estatísticos visando a otimização da proporção de espermatozóides por ovócito da piabanha

Comparação de dois modelos estatísticos visando a otimização da proporção de espermatozóides por ovócito da piabanha Comparação de dois modelos estatísticos visando a otimização da proporção de espermatozóides por ovócito da piabanha Eduardo Shimoda UCAM-Campos-RJ, Facastelo-ES Rua Anita Peçanha, 100 Campos dos Goytacazes

Leia mais

Acta Scientiarum. Animal Sciences ISSN: 1806-2636 eduem@uem.br Universidade Estadual de Maringá Brasil

Acta Scientiarum. Animal Sciences ISSN: 1806-2636 eduem@uem.br Universidade Estadual de Maringá Brasil Acta Scientiarum. Animal Sciences ISSN: 1806-2636 eduem@uem.br Universidade Estadual de Maringá Brasil Falanghe Carneiro, Paulo César; Mikos, Jorge Daniel Gonadotrofina coriônica humana e hormônio liberador

Leia mais

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04

CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 1. IDENTIFICAÇÃO PERÍODO: IV CARGA HORÁRIA SEMANAL: 04 CRÉDITO: 04 CARGA HORÁRIA SEMESTRAL: 60 NOME DA DISCIPLINA: FUNDAMENTOS TEÓRICO-METODOLÓGICOS DA GEOGRAFIA NOME DO CURSO: PEDAGOGIA 2. EMENTA Geografia:

Leia mais

PLANO DE CURSO. CURSO DE DIREITO Componente Curricular: Direito Empresarial II Código: DIR-467

PLANO DE CURSO. CURSO DE DIREITO Componente Curricular: Direito Empresarial II Código: DIR-467 CURSO DE DIREITO Componente Curricular: Direito Empresarial II Código: DIR-467 CH Total: 60 h Pré-requisito: Direito Empresarial I Período Letivo: 2016.2 Turma: 8º semestre Professor: Luciana de Oliveira

Leia mais

As principais espécies e os híbridos

As principais espécies e os híbridos 1 Por: Fernando Kubitza, Ph.D. (Acqua & Imagem) fernando@acquaimagem.com.br U m grande número de estudos científicos já foi realizado sobre diversos aspectos da biologia e cultivo dos peixes do gênero

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E tecnologia PARAÍBA. Ministério da Educação

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E tecnologia PARAÍBA. Ministério da Educação INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E tecnologia PARAÍBA Ministério da Educação Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba - Campus Cajazeiras Diretoria de Ensino / Coord. do Curso

Leia mais

Curso Vocacional 2º ciclo Planificação Anual

Curso Vocacional 2º ciclo Planificação Anual Agrupamento de Escolas General Humberto Delgado Sede na Escola Secundária/3 José Cardoso Pires Santo António dos Cavaleiros Curso Vocacional 2º ciclo Planificação Anual 2015-2016 CIÊNCIAS NATURAIS METAS

Leia mais

Biodiversidade Pampeana, PUCRS, Uruguaiana ISSN :11-18, 28 de dezembro de 2005

Biodiversidade Pampeana, PUCRS, Uruguaiana ISSN :11-18, 28 de dezembro de 2005 Biodiversidade Pampeana, PUCRS, Uruguaiana ISSN 1679-6179 3:11-18, 28 de dezembro de 2005 DESCRIÇÃO MORFO-HISTOLÓGICA DO OVÁRIO DE Acestrorhynchus pantaneiro (MENEZES, 1992) (TELEOSTEI, CHARACIDAE), EM

Leia mais

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA DE SANTARÉM

INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA DE SANTARÉM INSTITUTO POLITÉCNICO DE SANTARÉM ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA DE SANTARÉM PROVAS ESPECIALMENTE ADEQUADAS A AVALIAR A CAPACIDADE PARA A FREQUÊNCIA DOS CURSOS DE LICENCIATURA DA ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA DE SANTARÉM,

Leia mais

Série -8º ANO A. Agenda Diária - Antes de executar suas tarefas, revise a parte teórica. Correção das atividades Classificação dos triângulos

Série -8º ANO A. Agenda Diária - Antes de executar suas tarefas, revise a parte teórica. Correção das atividades Classificação dos triângulos 8º Ano - T 8º Ano - B 8º Ano - A Série -8º ANO A História Correção das atividades Classificação dos triângulos Brasil real pág.252 Condicional Simple: uso y forma Págs. 83 a 85 Ovários e testículos; Classificação

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina: ANATOMIA VEGETAL Código da Disciplina: NDC124 Curso: Agronomia Semestre de oferta da disciplina: 3 período Faculdade responsável: NÚCLEO DE DISCIPLINAS COMUNS Programa

Leia mais

Aquicultura no Brasil: Novas Perspectivas. Volume 2 Produção e Reprodução de Organismos Aquáticos

Aquicultura no Brasil: Novas Perspectivas. Volume 2 Produção e Reprodução de Organismos Aquáticos Aquicultura no Brasil: Novas Perspectivas Volume 2 Produção e Reprodução de Organismos Aquáticos O livro Aquicultura no Brasil Novas Perspectivas faz parte das ações do: Financiado por: Edital: 081/2013

Leia mais

(O enunciado a seguir serve às questões 3 e 4).

(O enunciado a seguir serve às questões 3 e 4). QiD 2 8º ANO PARTE 4 CIÊNCIAS 1. (1,0) Cite a função dos testículos no aparelho reprodutor masculino. 2. (1,0) Até o fim da gravidez, o bebe fica envolvido por membranas protetoras e permanece mergulhado

Leia mais

Efeito da Inclusão do Farelo e da Farinha de Semente de Algodão em Rações para Reprodutores de Tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus) 1

Efeito da Inclusão do Farelo e da Farinha de Semente de Algodão em Rações para Reprodutores de Tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus) 1 Rev. bras. zootec., v.28, n.6, p.1169-1177, 1999 Efeito da Inclusão do Farelo e da Farinha de Semente de Algodão em Rações para Reprodutores de Tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus) 1 Ana Lúcia Salaro

Leia mais

Reprodução induzida de híbridos do gênero Brycon em cativeiro: potencialidades e

Reprodução induzida de híbridos do gênero Brycon em cativeiro: potencialidades e Reprodução induzida de híbridos do gênero Brycon em cativeiro: potencialidades e ameaças à conservação das espécies nativas. Josi Margarete Ponzetto a,b, Carla Natacha Marcolino Polaz a*, Rita de Cássia

Leia mais

Estudo comparativo da indução hormonal da espermiação em piavuçu (Leporinus macrocephalus) com extrato de hipófise de frango, coelho e carpa

Estudo comparativo da indução hormonal da espermiação em piavuçu (Leporinus macrocephalus) com extrato de hipófise de frango, coelho e carpa Estudo comparativo da indução hormonal da espermiação em piavuçu (Leporinus macrocephalus) com extrato de hipófise de frango, coelho e carpa Danilo Pedro Streit Jr., Gentil Vanini de Moraes *, Ricardo

Leia mais

Inseminação Artificial em Tempo Fixo (IATF) Em Bovinos Leiteiros

Inseminação Artificial em Tempo Fixo (IATF) Em Bovinos Leiteiros Gado de Leite 1/27 Inseminação Artificial em Tempo Fixo (IATF) Em Bovinos Leiteiros Erick Fonseca de Castilho Doutor em Reprodução Animal (UFV/MG) efcmv@yahoo.com.br 2/27 Introdução PIB (pecuária): 21

Leia mais

UMA NOVA ABORDAGEM PARA O ENSINO DE ESTATÍSTICA NOS CURSOS DE ENGENHARIA

UMA NOVA ABORDAGEM PARA O ENSINO DE ESTATÍSTICA NOS CURSOS DE ENGENHARIA UMA NOVA ABORDAGEM PARA O ENSINO DE ESTATÍSTICA NOS CURSOS DE ENGENHARIA PEDRO FERREIRA FILHO ESTELA MARIS P. BERETA DEPARTAMENTO DE ESTATÍSTICA - UFSCar 1. AGENDA I. Motivação II. Diagnóstico III. Necessidades

Leia mais

Relatório de Peixamentos: Safra Gerente de Manutenção de Ativos de Geração Norte: Sergio Teixeira de Castro

Relatório de Peixamentos: Safra Gerente de Manutenção de Ativos de Geração Norte: Sergio Teixeira de Castro RELATÓRIO DE PEIXAMENTOS: SAFRA 2013-2014 SETE LAGOAS, SETEMBRO DE 2014. Relatório de Peixamentos: Safra 2013-2014 Gerente de Manutenção de Ativos de Geração Norte: Sergio Teixeira de Castro Coordenador

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2013 Conteúdos Habilidades Avaliação

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2013 Conteúdos Habilidades Avaliação SGAS Q. 906 Conj. E C.P. 30 Fone: (061) 3443-7878 Disciplina: Biologia Trimestre: 1º Professor(a): Elizangela (B1), Guilherme (B) e Camilla Silva(B3) Série: º Turmas: 01, 0, 03, 04 e 05 PLANEJAMENTO ANUAL

Leia mais

Modelo de produção de peixes no Baixo São Francisco

Modelo de produção de peixes no Baixo São Francisco Modelo de produção de peixes no Baixo São Francisco Carlos Alberto da Silva Pesquisador Aqüicultura: Tema estratégico no CPATC Reunião de Planejamento da Pesquisa (2006=>2007) Inclusão de um nova área:

Leia mais

C U R S O O D O N T O L O G I A Autorizado pela Portaria no 131, de 13/01/11, publicada no DOU no 11, de17/01/11, seção 1, pág.14 Componente Curricular: RADIOLOGIA Código: ODO-014 Pré-requisito: ANATOMIA

Leia mais

Manejo integrado de fauna aquática na várzea: Pirarucu, Quelônios e Jacarés. Juarez Pezzuti NAEA/UFPA Marcelo Crossa - IPAM George Rebêlo - INPA

Manejo integrado de fauna aquática na várzea: Pirarucu, Quelônios e Jacarés. Juarez Pezzuti NAEA/UFPA Marcelo Crossa - IPAM George Rebêlo - INPA Manejo integrado de fauna aquática na várzea: Pirarucu, Quelônios e Jacarés Juarez Pezzuti NAEA/UFPA Marcelo Crossa - IPAM George Rebêlo - INPA Objetivos Gerais 1) Consolidar sistemas de manejo integrado

Leia mais

PROGRAMA DE DISCIPLINA

PROGRAMA DE DISCIPLINA PROGRAMA DE DISCIPLINA Disciplina Transporte de Calor e Massa Código da Disciplina: NDC 179 Curso: Engenharia Civil Semestre de oferta da disciplina: 5 Faculdade responsável: Núcleo de Disciplinas Comuns

Leia mais

Criopreservação de sêmen de peixes no Brasil: estado da arte e perspectivas futuras

Criopreservação de sêmen de peixes no Brasil: estado da arte e perspectivas futuras Criopreservação de sêmen de peixes no Brasil: estado da arte e perspectivas futuras (Fish semen cryopreservation in Brazil: state of the art and future perspectives) Alexandre Nizio Maria 1*, Paulo César

Leia mais

ALTERAÇÕES MORFOMÉTRICAS NAS CÉLULAS GONADOTRÓPICAS DA PIRACANJUBA, Brycon orbignyanus, DURANTE O CICLO REPRODUTIVO 1

ALTERAÇÕES MORFOMÉTRICAS NAS CÉLULAS GONADOTRÓPICAS DA PIRACANJUBA, Brycon orbignyanus, DURANTE O CICLO REPRODUTIVO 1 ARS VETERINARIA, Jaboticabal, SP, Vol. 19, ISSN 0102-6380 ALTERAÇÕES MORFOMÉTRICAS NAS CÉLULAS GONADOTRÓPICAS DA PIRACANJUBA, Brycon orbignyanus, DURANTE O CICLO REPRODUTIVO 1 (MORPHOMETRICAL CHANGES IN

Leia mais

Unidade Universitária: CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE. Disciplina: Projetos Educacionais para o Ensino de Biologia

Unidade Universitária: CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE. Disciplina: Projetos Educacionais para o Ensino de Biologia Unidade Universitária: CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE Curso: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Disciplina: Projetos Educacionais para o Ensino de Biologia Professor(es): Rosana dos Santos Jordão Carga horária:

Leia mais