BALANÇO SOCIAL 2004 / AMPLA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "BALANÇO SOCIAL 2004 / AMPLA"

Transcrição

1

2

3 BALANÇO SOCIAL 2004 / AMPLA Em janeiro de 2004, a Empresa implementa um plano estratégico intitulado Plano de Transformação. Este processo inclui o batismo da Companhia com um novo nome, a fim de refletir as grandes mudanças que são implementadas. Assim, em setembro de 2004, nasce a Ampla. Diferente em seu modo de ser e de fazer. Mais simples, transparente, inovadora e próxima. A responsabilidade social empresarial e o conceito de sustentabilidade também ganham espaço e nova dimensão dentro da Empresa. A publicação deste balanço social, baseado no modelo Ethos, é um sinal desta nova perspectiva de gestão estratégica. Aqueles que se debruçarem sobre esta publicação encontrarão um pouco do dia-a-dia de cada colaborador. Pois esta Empresa é feita de pessoas que se recriam a cada momento, com o objetivo de estar perto de seus diversos públicos, de encontrar caminhos sustentáveis para os desafios com que se deparam e de fazer diferença em seu entorno.

4 SUMÁRIO MENSAGEM DO PRESIDENTE PERFIL DO EMPREENDIMENTO E SETOR DA ECONOMIA MISSÃO E VISÃO VALORES, PRINCÍPIOS E ÉTICA HISTÓRICO ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO INDICADORES SOCIAIS Público interno Fornecedores Consumidores/Clientes Governo, comunidade e sociedade INDICADORES AMBIENTAIS DEPOIMENTOS INDICADORES DE DESEMPENHO ECONÔMICO CRÉDITOS

5 3

6 4 MENSAGEM DO PRESIDENTE A Ampla está sempre disposta a mobilizar toda a sua capacidade criativa no sentido de encontrar soluções para todos os aspectos - dos mais simples aos mais complexos - nos seus relacionamentos com os diversos públicos: acionistas, colaboradores, clientes, fornecedores, comunidades, governos e a sociedade brasileira. Faz parte desse esforço evoluir sempre nas práticas que garantam a sustentabilidade dos negócios e representem a excelência em responsabilidade empresarial, nas dimensões econômica, social e ambiental. É por isso que a Ampla está profundamente envolvida com seu Plano de Transformação, lançado no início de O Plano compreende uma nova estratégia de gestão, e tem como objetivo criar um processo de mudança planejado, que envolva a redefinição das convicções sobre a organização e o ambiente no qual se insere. BALANÇO SOCIAL 2004 / AMPLA

7 5 Também integra esse esforço a publicação deste Relatório de Responsabilidade Social Corporativa, que amplia a transparência e o alcance da difusão das informações corporativas e tem o objetivo de apresentar as principais iniciativas, suas metas e resultados. Os atuais princípios de gestão nasceram da convicção de que o posicionamento e as atitudes da Companhia devem sempre estar relacionados com suas atividades principais. Nestas, a Ampla investe o melhor conhecimento interno e busca, com afinco, a excelência. Marcelo Llévenes Presidente MENSAGEM DO PRESIDENTE

8 6 PERFIL DO EMPREENDIMENTO E SETOR DA ECONOMIA A companhia distribuidora de energia elétrica Ampla atua no estado do Rio de Janeiro, onde atende uma população de cerca de seis milhões de habitantes, distribuídos por 66 municípios. Sua área de concessão é de quilômetros quadrados, ou 73,3% do território do estado. Sociedade anônima de capital aberto, a Ampla é regulamentada pela Lei das Sociedades Anônimas, e suas atividades são fiscalizadas e regulamentadas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A Ampla também abastece a Companhia de Eletricidade de Nova Friburgo (Cenf), responsável pela distribuição de energia elétrica ao município de Nova Friburgo, na região serrana do estado. Responde também pelo abastecimento de duas áreas onde estão 12 das principais cidades de veraneio do litoral do Rio de Janeiro, além da cidade de Niterói, onde se localiza a sede da Empresa. Por atender regiões de baixada, serra e litoral, a Empresa criou quatro regionais, para permitir uma melhor adaptação às características particulares de cada região. Dos 820 GWh/mês de energia distribuídos pela Ampla, 3% são gerados pela própria Empresa e os 97% restantes vêm de Furnas Centrais Elétricas, da Companhia de Interconexão Energética (Cien) e da Itaipu Binacional. A Ampla é uma das maiores empresas de distribuição de energia elétrica do país, com cerca de 2,45% e 25,7% do faturamento físico de energia nacional e estadual, respectivamente. BALANÇO SOCIAL 2004 / AMPLA

9 7 A Ampla é controlada pelo Grupo Endesa, que após o aumento de capital passou a deter 92% do seu controle acionário. O Grupo Endesa é a maior companhia de energia elétrica da Espanha, onde ocupa o primeiro lugar tanto em geração quanto em distribuição de energia, além de ser a segunda maior empresa de gás natural daquele país. Além do Brasil, o Grupo Endesa está presente em cinco outros países da América do Sul: Argentina, Chile, Colômbia, Venezuela e Peru. Por meio das suas controladoras, é a primeira empresa privada de energia elétrica da América Latina; a terceira da Europa e a quarta do mundo. MERCADO BRASILEIRO O mercado de distribuição de energia elétrica brasileiro é atendido por 64 concessionárias de serviços públicos: 17 estatais e 47 privadas. As concessionárias estatais estão sob controle dos governos federal, estadual e municipal. São atendidas cerca de 47 milhões de unidades consumidoras, das quais 85% são consumidores residenciais, em mais de 99% dos municípios brasileiros. PERFIL DO EMPREENDIMENTO E SETOR DA ECONOMIA

10 8 VISÃO Ser a melhor empresa distribuidora e de soluções integradas, agregando valor a todos, a todo momento. MISSÃO Ser uma empresa de referência no Brasil para seus colaboradores, clientes e acionistas, promovendo o desenvolvimento e a participação de seus recursos humanos e criando soluções que agreguem valor. Ser, para seus acionistas, uma empresa rentável, que mantém sua responsabilidade corporativa, contribui com a comunidade e respeita o meio ambiente. BALANÇO SOCIAL 2004 / AMPLA

11 9

12 10 VALORES, PRINCÍPIOS E ÉTICA A Ampla quer ser a melhor distribuidora de energia do país até Por acreditar que esta meta só será alcançada a partir de uma gestão ética e comprometida, os diretores e líderes da Companhia se reuniram para discutir os valores em dois encontros, nos meses de setembro e outubro de Seis valores foram consolidados e disseminados pela Empresa em oficinas com funcionários e por meio de uma extensa divulgação interna com cartazes, murais e até mesmo nos crachás de identificação. ESPÍRITO DE EQUIPE Colaboradores e parceiros trabalhando comprometidos com um resultado comum, interagindo com outras pessoas e equipes na busca de soluções, atuando com funções bem definidas, compartilhando informações e conhecimento e privilegiando a tomada de decisão. FOCO NAS PESSOAS Ser uma empresa que valoriza e se preocupa em ter, manter e desenvolver pessoas competentes, confiáveis, comprometidas e motivadas, fazendo-as atuar em funções compatíveis com suas competências e em um ambiente agradável, que promova a realização profissional e pessoal. BALANÇO SOCIAL 2004 / AMPLA

13 11 FOCO NO CLIENTE Direcionar as ações e processos da Empresa com o objetivo de conhecer e atender os clientes por meio de soluções competitivas, de qualidade, que antecipem e satisfaçam as necessidades de cada segmento, melhorando a percepção da sociedade em relação à imagem transmitida pela Empresa. ORIENTAÇÃO AO NEGÓCIO Promover o entendimento do negócio de forma a orientar as ações individuais e das equipes, de acordo com os objetivos estratégicos da Empresa, agregando valor para os clientes, colaboradores e acionistas. CRIATIVIDADE E INOVAÇÃO Promover e implementar a melhoria contínua dos processos e buscar soluções simples, econômicas e criativas, que agreguem valor. CONDUTA ÉTICA Colaboradores e parceiros: atuar e exigir, em todas as relações de colaboradores e parceiros, profissionalismo, integridade moral, transparência, lealdade e respeito mútuo. Clientes: garantir a relação ética entre Empresa e clientes, baseada no cumprimento dos direitos e deveres comuns. VALORES, PRINCÍPIOS E ÉTICA

14 12 HISTÓRICO A origem da Ampla está associada ao surgimento do fornecimento de energia elétrica no estado do Rio de Janeiro Inaugurada a hidrelétrica de Piabanha, em Entrerios - hoje, conhecido como Três Rios. Cândido Gaffrée e Eduardo Palassin Guinle criaram a Guinle & Companhia. A empresa, que passa a se chamar Hidrelétrica Alberto Torres, torna-se a principal fornecedora de energia elétrica do estado do Rio de Janeiro, abastecendo Niterói, São Gonçalo e Petrópolis A Guinle & Companhia passa a ser comandada pela recém-fundada Companhia Brasileira de Energia Elétrica (CBEE) A CBEE é comprada pela American and Foreign Power Company Inc., que inicia suas atividades no país adquirindo dezenas de concessionárias, principalmente no interior do estado de São Paulo A CBEE interliga seu sistema à Rio de Janeiro Tramway, Light and Power Company Limited e à Rio Light, a fim de aumentar sua capacidade de atendimento Iniciado o processo de consolidação do setor elétrico, com a fundação da empresa Centrais Elétricas Fluminense Sociedade Anônima (Celf), holding composta pela Empresa Fluminense de Energia Elétrica (Efe), o Centro Fluminense de Eletricidade (Cefe), a Empresa Força e Luz Ibero-Americana e a Companhia Norte Fluminense de Eletricidade. A Celf incorpora, quatro anos mais tarde, as empresas sobre as quais tinha influência, passando a fornecer energia a 62,7% do estado A CBEE é estatizada pelo governo federal. Seu controle é transferido para a administração estadual. BALANÇO SOCIAL 2004 / AMPLA

15 A Centrais Elétricas Fluminenses Sociedade Anônima é extinta e seus serviços de eletrificação rural passam para a CBEE No dia 17 de abril, a CBEE muda de nome, passando a se chamar Companhia de Eletricidade do Estado do Rio de Janeiro (Cerj) Ocorre a privatização das empresas do setor elétrico, com a sanção da Lei nº 8.031/1990, que cria o Programa Nacional de Desestatização (PND) A Cerj é adquirida em novembro por um consórcio de empresas de energia elétrica formado pelo Grupo Endesa (Espanha), Chilectra e Enersis (Chile) e EDP Brasil (Portugal). 1999, 2000 E 2004 A Empresa passa por mudanças na sua estrutura acionária, passando a ser controlada pelo Grupo Endesa. Início do Plano de Transformação: em setembro de 2004, a Empresa muda de nome e nasce a marca Ampla. HISTÓRICO

16 14 ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO Preocupada em ser uma organização mais ágil e capaz de responder com eficácia aos desafios do mercado, a Ampla reduziu de sete para quatro os níveis hierárquicos de sua pirâmide de cargos executivos, facilitando o processo de comunicação e tomada de decisão, bem como a implementação de um novo modelo de gestão baseado nas competências empresarial, organizacional e funcional. Presidência Coordena as diretorias e é responsável pela definição de metas globais. Gerência de Planejamento Estratégico e Controle da Gestão Desenvolve e coordena o Planejamento Estratégico, acompanhando e controlando as despesas operacionais e de investimento. Gerência de Auditoria É responsável por examinar e avaliar a eficácia e eficiência dos procedimentos e controles internos, quanto aos aspectos econômico, financeiro, de gestão, organizacional, contábil e administrativo. Gerência de Comunicação Estabelece Planejamento e Programas de Comunicação, tanto interna quanto externamente, prestando assessoria às demais diretorias e mantendo contato com a imprensa em geral. É também responsável pela gestão da Responsabilidade Social Diretoria de Regulação e Gestão de Energia Propõe estratégias de atuação frente a alterações emanadas pelo órgão regulador, elaborando e conduzindo processos de reposicionamento tarifário. BALANÇO SOCIAL 2004 / AMPLA

17 15 Diretoria Administrativa Financeira Planeja os recursos necessários à operação e expansão da Empresa, administrando a captação e aplicação de recursos financeiros, bem como a realização de estudos de viabilidade de obtenção de financiamento subsidiado junto aos órgãos oficiais. Diretoria Comercial É responsável por assegurar a qualidade do atendimento e relacionamento com os clientes, bem como pela prospecção de novos negócios. Coordena os processos de gestão da cobrança e inadimplência. Diretoria Técnica Coordena as ações de planejamento e engenharia, manutenção e obras, expansão da rede, operação e proteção do sistema elétrico. Diretoria de Recursos Humanos É responsável por viabilizar a estratégia empresarial por meio da gestão de pessoas, atuando como facilitador da mudança cultural e na promoção de um ambiente favorável ao desenvolvimento das pessoas. Diretoria Jurídica Define a estratégia para atuar nos processos judiciais nas esferas cível, criminal, trabalhista e de pequenas causas. Diretoria de Relações Institucionais Responsável pelo planejamento, projeto e desenvolvimento do programa de eficiência energética e pela coordenação geral dos programas de P&D, relacionando-se com instituições públicas, privadas e entidades de classe. Diretoria de Perdas Responsável por definir e operacionalizar a política de combate à fraude de energia elétrica, conduzindo fiscalizações e adotando providências. ESTRUTURA E FUNCIONAMENTO

18 16 POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO A Política de Comunicação apóia o Plano de Transformação da Empresa e suas atividades são estratégicas para difundir informações, mobilizar colaboradores e parceiros, assim como impulsionar resultados. Destacou-se entre seus principais objetivos, em 2004, a contribuição para a gestão da Responsabilidade Social, para a melhoria do clima laboral e da imagem da Empresa, além de ampliar o debate sobre o furto de energia elétrica nos diversos públicos de relacionamento da Ampla. A adoção da marca Ampla traduziu a transformação pela qual a Empresa passou em Toda a diretoria realizou grande esforço para comunicar externamente (meios de comunicação, clientes e setor elétrico) a visão compartilhada com os colaboradores sobre a nova identidade da Empresa. Garantir o entendimento de que a mudança de nome era parte de um processo de transformação maior da Companhia e não um fim em si mesmo era vital para a compreensão de sua nova atitude, bem como de sua política de comunicação baseada na transparência, no diálogo e na participação. BALANÇO SOCIAL 2004 / AMPLA

19 17

20 18 Os resultados positivos do conjunto de atividades de comunicação foram evidentes. No campo da comunicação externa, no primeiro trimestre de 2004, houve um aumento de 700% nas reportagens positivas sobre a Ampla nos meios de comunicação, em comparação ao mesmo período de Pesquisa do Grupo Endesa realizada com líderes de opinião externos mostram que a percepção em 2004 cresceu: Fonte: Pesquisa de Líderes de Opinião Externa da Endesa Na comunicação interna, também foram colhidos resultados concretos em Em pesquisa para medir o clima laboral realizada pelo grupo Endesa entre suas empresas na América Latina, a comunicação na Ampla foi apontada pelos funcionários como um dos três pontos mais favoráveis da Empresa. Resultado confirmado em pesquisa com líderes de opinião internos, que obteve elevação de 20% em relação a 2003, alcançando nota 7,8. BALANÇO SOCIAL 2004 / AMPLA

21 19 Dentre os momentos mais marcantes na comunicação interna, destacamos: o evento de lançamento do Plano de Transformação, realizado em 30 de março de 2004 por videoconferência, para informar os principais aspectos a todos os funcionários dos 66 municípios da área de concessão e o lançamento da nova marca Ampla, no dia 28 de setembro de NOVOS MEIOS DE COMUNICAÇÃO VEÍCULO Boletim digital eletrônico semanal Acontece CARACTERÍSTICAS Divulga os principais acontecimentos da semana PÚBLICOS Funcionários e colaboradores terceirizados Boletim digital eletrônico para formadores de opinião Enquetes relâmpago Intranet como portal corporativo Novo site internet Notícias sobre a Empresa dirigidas a formadores de opinião Jornalistas, políticos, autoridades, profissionais do setor elétrico, representantes da Aneel, do Conselho de Consumidores, clientes e outros que cadastrem seu endereço eletrônico VEÍCULOS CONSOLIDADOS VEÍCULO Linha Direta Cartazes Revista América Endesa Murais Internos CARACTERÍSTICAS Informativo digital diário com fotos, enviado por correio eletrônico para cerca de dois mil colaboradores e funcionários São confeccionados três por semana, sobre temas variados, e fixados nas dependências da Empresa em todos os municípios da área de atuação. Eventualmente, são confeccionados cartazes especiais para comunicados às empresas parceiras Revista corporativa interna das empresas do Grupo Endesa na América Latina. Cinco páginas são destinadas à Ampla. Divulgam informações de interesse dos funcionários com visual atrativo e linguagem próxima. POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO

22 20

23 21 INDICADORES SOCIAIS PÚBLICO INTERNO Investir no capital humano é uma condição básica para o sucesso da Ampla. Foi por meio de seu público interno que a Empresa conseguiu se recriar em Assim, o foco nas pessoas tornou-se um dos valores da Companhia. Tanto que a Ampla dispõe de um canal de comunicação permanente entre a presidência e os colaboradores, por meio de encontros semanais. Em 2004, foram realizados 18 encontros, que contaram com a participação de 140 empregados. Todas as segundas-feiras, entre 8h30 e 9h30, qualquer colaborador da Ampla pode apresentar-se ao Presidente e expor suas idéias ou sugestões. O Presidente também está disponível, para uma conversa informal, no café da manhã que realiza duas vezes por mês, em média, sem tema Essas iniciativas, entre outras, fazem parte do movimento interno destinado a incentivar a informalidade nos relacionamentos profissionais e imprimir ainda mais transparência à gestão da Companhia. Paralelamente, a reformulação das práticas de Recursos Humanos, ocorrida em 2003 e 2004, constituiu o primeiro passo para preparar e promover uma ampla mudança cultural interna e a melhoria do clima organizacional. Dentro das mais modernas práticas de gestão de pessoas, o papel da área de Recursos Humanos deixou de ser burocrático e normativo, e passou a ocupar posição estratégica para o Plano de Transformação da Companhia. específico, com a participação de 10 a 12 colaboradores de diferentes cargos e de diversas áreas. INDICADORES SOCIAIS

24 22 Clima organizacional Para medir o grau de satisfação de seus empregados, a Ampla elabora anualmente uma pesquisa de clima organizacional. Em 2004, a Empresa contratou especialistas em gestão de pessoas, que tiveram um papel fundamental junto às equipes de cada O grau de satisfação do empregado passou de 36%, em 2002, para 78%, em 2004, o que significa um aumento de 42%. Em 2004, o número de empregados que participou da pesquisa aumentou em 28%. Os pontos mais favoráveis apontados na pesquisa mostraram que os empregados: diretoria, apoiando-as em suas práticas e identificando as oportunidades de melhoria para que sejam trabalhadas pela organização. Reconhecem que os valores da Empresa são amplamente divulgados: 92% dos pesquisados; Estão satisfeitos no trabalho: 76% dos pesquisados; e Estão satisfeitos com o processo de comunicação da Empresa: 75% dos pesquisados. A partir desse resultado, a Ampla passou a ser a terceira colocada em satisfação interna entre as empresas do Grupo Endesa e a primeira entre as empresas do grupo no Brasil. A Associação BALANÇO SOCIAL 2004 / AMPLA

25 23 Brasileira de Recursos Humanos (ABRH) confirmou na sua pesquisa anual As Melhores Práticas de Recursos Humanos, o bom desempenho da Ampla, que ficou em segundo lugar. A Empresa procura valorizar as competências técnicas e comportamentais dos profissionais, independente de cor, raça ou credo, o que representa uma iniciativa em prol da diversidade e da não discriminação. Foram realizados 39 Programa BIS workshops antes da implantação do Mapa de O Programa BIS - Boas Idéias e Soluções - tem como objetivo estimular o envolvimento de todos os Carreira. Até dezembro, tinham sido mapeados 80% dos empregados. colaboradores na identificação de oportunidades de melhoria em indicadores importantes para a Ampla, como: produtividade, rentabilidade, qualidade de serviços prestados, perdas, inadimplência, atendimento ao cliente, melhoria do clima laboral etc. As sugestões são feitas pela intranet e em formulários impressos. A idéia selecionada premia o colaborador com vale-compras de R$ 300,00. Em 2004, foram premiados 200 colaboradores de um total de idéias recebidas, dentre as quais 836 sobre os temas Foco no Cliente, 270 sobre Clima Laboral e 256 sobre Redução de Inadimplência. Participação nos Lucros O Programa de Participação nos Resultados (PPR) usa como metodologia de cálculo o cumprimento das metas estabelecidas no Plano de Transformação com um target entre 80% e 120% sobre as metas estabelecidas para cada diretoria. PERFIL DOS COLABORADORES A Ampla encerrou dezembro de 2004 com colaboradores: empregados, 112 estagiários e terceirizados. O turnover foi de 14,10% no período, apresentando uma evolução de 15,51%, quando comparado a Mapa de Carreira O Mapa de Carreira, baseado em competências, foi iniciado em Contempla os seguintes quesitos: Desenvolvimento Movimentação de Pessoal Gestão de Conhecimento Remuneração e Promoção Fonte: Diretoria de Recursos Humanos INDICADORES SOCIAIS

26 24 Fonte: Diretoria de Recursos Humanos Fonte: Diretoria de Recursos Humanos Entre os empregados, 307 (21,8%) são mulheres e homens (78%), sendo que 475 deles (34%) têm mais de 45 anos. Eles estão assim distribuídos: 1% na diretoria, 5% nas gerências, 46% em cargos administrativos e 48% na produção. Todas as categorias de cargos são compostas em sua maioria por homens, dada a atividade operacional da Empresa. Fonte: Diretoria de Recursos Humanos Entre as mulheres, 83% ocupam funções administrativas, o que representa 40% desta categoria. Dos nove diretores, 22% são mulheres. Das 76 gerências, 24% delas são exercidas por mulheres. Fonte: Diretoria de Recursos Humanos Fonte: Diretoria de Recursos Humanos BALANÇO SOCIAL 2004 / AMPLA

27 25 A Ampla possui 34 empregados portadores de necessidades especiais, o que significa 2,41% do total. Os funcionários negros e pardos são 248, o que representa 17,61% do total. Auxílio-funeral Aos empregados, é concedido um auxílio no valor de quatro pisos salariais da Empresa e, em caso de falecimento de seus pais ou dependentes, o benefício é de dois pisos salariais. Benefícios Sociais Alimentação Todos os empregados e estagiários recebem tíquetealimentação e/ou tíquete-refeição, integralmente custeados pela Empresa, num total de 24 tíquetes, que totalizam R$ 384. Assistência Médica São usuárias do Plano Médico pessoas, das quais empregados, com dependentes e 519 agregados; e aposentados, com dependentes e 607 agregados, e 341 pensionistas com 93 dependentes. Os empregados titulares pagam o correspondente a 11,5% do salário base, obedecendo ao teto de R$ 141,05. Assistência Odontológica A Ampla concede reembolso de serviços odontológicos a beneficiários, entre empregados, dependentes e agregados, aposentados, seus dependentes e agregados, e pensionistas. Auxílio-creche Todo empregado do sexo feminino tem direito ao auxílio-creche, desde que o filho tenha entre quatro meses e seis anos incompletos. Empregados do sexo masculino também têm o direito, desde que viúvos ou separados legalmente e que detenham a guarda do(s) filho(s) enquanto permanecerem sem nova companheira. Foram beneficiados 26 empregados e 41 crianças, em Auxílio para pais de filhos excepcionais A Ampla concede aos empregados que são pais de crianças portadoras de necessidades especiais um reembolso em folha de pagamento para ajudar nas despesas com tratamento especializado. Clube Ampla de Vantagens A Empresa tem parcerias com 64 estabelecimentos comerciais e prestadores de serviços, instituições de ensino, academias de ginástica, restaurantes e clínicas de estética. Tudo isso para que seus empregados possam usufruir de descontos em suas compras. Em 2004, foram estabelecidas 20 novas parcerias e, dentre os parceiros conveniados, dez realizam exposições na Empresa. INDICADORES SOCIAIS

28 26 Complementação salarial - Acidente de trabalho É assegurada uma complementação salarial por 24 meses, correspondente à diferença entre o benefício previdenciário e a remuneração básica, representada pela soma do salário-base, do adicional por tempo de serviço e de vantagem pessoal. OUVIDORIA INTERNA Criada em abril, a Ouvidoria Interna é um canal de comunicação entre a Empresa e seus funcionários, assegurando o encaminhamento e a segurança para as questões apresentadas. Em 2004, foram recebidas 357 solicitações e 63% delas foram atendidas. Complementação salarial - Auxílio-doença É assegurada uma complementação salarial pelo período máximo de 12 meses, correspondente à diferença entre o benefício previdenciário e a remuneração básica, condicionada a concessão do benefício a uma avaliação a ser procedida pela Empresa. Previdência complementar É promovido o sustento de famílias (assistidos e pensionistas), envolvendo no total pessoas, das quais com mais de 60 anos. O benefício é administrado pela Fundação Brasiletros, criada em São dois planos: o de Benefício Definido e o de Contribuição Definida, em vigor desde A Ampla contribuiu, em 2004, com R$ mil. Seguro de Vida É extensivo a todos os empregados. Em caso de morte natural, é oferecido um prêmio aos dependentes diretos ou aos beneficiários. A Ampla participa com EVENTOS SOCIAIS A Ampla promove a integração entre seus funcionários e familiares, como forma de estreitar o relacionamento da Empresa com sua comunidade interna. Nessa linha, foram realizadas em 2004 confraternizações nas seguintes datas festivas: Dia Internacional da Mulher, Dia das Mães, Dia dos Pais e Natal. A companhia também desenvolveu duas ações especiais, voltadas à promoção da cultura e do esporte: Coral Criado em 2003, por iniciativa da área de Recursos Humanos, conta com a participação voluntária de 30 colaboradores. O regente é o maestro Luiz Abreu. Em 2004, ocorreram os seguintes eventos: Encontro de Corais de Empresas da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), Segunda Cultural Viva Idoso, Encontro Internacional de Coros, Natal na Rua e Projeto SuperAção. 40% e os empregados, com 60% do valor do seguro. BALANÇO SOCIAL 2004 / AMPLA

29 27 Olimpíadas Em 2004, ocorreu a I Olimpíada Ampla. O objetivo é promover a integração entre os colaboradores e os parceiros, além de incentivar a melhoria da qualidade de vida. Participaram 935 atletas amadores. EDUCAÇÃO E TREINAMENTO Para dar sustentabilidade ao Plano de Transformação, Centro de Desenvolvimento de Pessoas Foi criado em setembro com o objetivo de desenvolver e ampliar a empregabilidade dos colaboradores. Foi feito um mapeamento de competências e ficou claro o que a Empresa espera do empregado e qual é o seu nível na carreira. A Ampla implementou um plano de desenvolvimento individual, que mostra como o empregado pode alcançar sua meta profissional. o tema Educação e Treinamento mudou de filosofia, passando a desenvolver os funcionários e não mais simplesmente treiná-los. Com isso, a Ampla terá profissionais cada vez mais capacitados, o que resultará em benefícios para todos. Treinamentos O Programa de Treinamento contou com a participação de empregados e de terceirizados, num total de horas de treinamentos para empregados e para terceirizados. Foram investidos R$ mil, em INDICADORES SOCIAIS

30 28 Bolsas de Estudo Em 2004, foram concedidas 110 bolsas de estudo para cursos de idiomas, duas para cursos de graduação e 13 para cursos de pós-graduação. SAÚDE E SEGURANÇA Dia Mundial da Saúde A Ampla aderiu à temática sugerida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e promoveu uma campanha estimulando o uso de cintos de segurança de modo contínuo. Dia da Saúde Aberto às comunidades de Niterói, Campos, São Gonçalo e Petrópolis, o Dia da Saúde contou com Fonte: Diretoria de Recursos Humanos a participação de empregados. Foram oferecidas atividades como medição de lipidemia e glicemia, aulas de yoga (inclusive para gestantes), shiatsu terapia, orientação da saúde bucal, tratamentos estéticos e divulgação de produtos de beleza. Campanhas de Vacinação Fonte: Diretoria de Recursos Humanos Programa Menor Aprendiz Em parceira com o Serviço Nacional da Indústria (Senai - RJ), o programa visa formar eletricistas de rede de distribuição. O curso tem a duração de 18 meses e a primeira turma de Petrópolis (RJ) se iniciou em novembro e reúne 40 menores, entre 16 e 17 anos. A I Campanha de Vacinação contra a gripe teve a participação de 75,37% de empregados e estagiários. Foi extensiva aos dependentes, através de parceria assinada com a empresa Aventis Pasteur. Posto de Atendimento Unimed Em três meses de funcionamento, o posto realizou 357 atendimentos médicos. O Posto de Atendimento Unimed é responsável pelo primeiro atendimento ao empregado, além de autorizar exames, consultas e internações. BALANÇO SOCIAL 2004 / AMPLA

31 29 Exames médicos O Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO) foi reformulado e passou a oferecer outros exames em parceria com conjunto com os representantes de contratos e empresas parceiras na presença dos seus respectivos técnicos ou engenheiros de segurança. Em 2004, foram realizadas quatro auditorias. a Unimed: teste de esforço, mamografia, antígeno prostático específico, audiometria e lipidograma. Inspeções de Segurança Visam identificar e neutralizar os riscos existentes nos locais de trabalho e prevenir procedimentos de trabalho inadequados, decorrentes de negligência, imperícia e imprudência. Em 2004, foram realizadas 573 inspeções. Fonte: Diretoria de Recursos Humanos Semana Interna de PrevençãO de Acidentes do Trabalho - SIPAT Em 2004, foram realizadas 14 SIPAT s nas PLANO DE AÇÕES EM SEGURANÇA DO TRABALHO Auditoria em Segurança do Trabalho São verificadas as quantidades e as condições dos Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), os Equipamentos de Proteção Coletiva (EPCs), unidades da Ampla e participaram empregados e terceirizados. Foram escolhidos os melhores prevencionistas de cada Cipa e, ao final do ano, premiado o melhor prevencionista. A programação foi elaborada por cada Cipa, com conteúdos pertinentes ao evento. as viaturas, Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA), Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO), Atestado de Saúde Ocupacional (ASO), Serviço Especializado em Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT), Mapa de Risco, Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa). As auditorias são feitas em I Encontro de Segurança e Saúde Ocupacional com empresas contratadas Participaram técnicos e engenheiros de segurança de todas as empresas terceirizadas, além de 65 representantes de 12 empresas. Ao final, as contratadas assinaram um Termo de Compromisso. INDICADORES SOCIAIS

Sistemas de Remuneração Tradicionais e a Remuneração Estratégica

Sistemas de Remuneração Tradicionais e a Remuneração Estratégica Sistemas de Remuneração Tradicionais e a Remuneração Estratégica por Camila Hatsumi Minamide* Vivemos em um ambiente com transformações constantes: a humanidade sofre diariamente mudanças nos aspectos

Leia mais

Manual do Sistema de Gestão Ambiental - Instant Solutions. Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa

Manual do Sistema de Gestão Ambiental - Instant Solutions. Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa Manual do Sistema de Gestão Ambiental da empresa Data da Criação: 09/11/2012 Dara de revisão: 18/12/2012 1 - Sumário - 1. A Instant Solutions... 3 1.1. Perfil da empresa... 3 1.2. Responsabilidade ambiental...

Leia mais

PREMIER AMBIENTAL COMUNICAÇÃO DE PROGRESSO PACTO GLOBAL ONU - 2015 COMUNICAÇÃO DE PROGRESSO 1

PREMIER AMBIENTAL COMUNICAÇÃO DE PROGRESSO PACTO GLOBAL ONU - 2015 COMUNICAÇÃO DE PROGRESSO 1 COMUNICAÇÃO DE PROGRESSO PACTO GLOBAL ONU - 2015 COMUNICAÇÃO DE PROGRESSO 1 PERFIL DA EMPRESA A Premier Ambiental é uma empresa de Consultoria em Gerenciamento de Requisitos Legais, implantação e manutenção

Leia mais

PRS - Programa de Responsabilidade Social do Crea-RS

PRS - Programa de Responsabilidade Social do Crea-RS PRS - Programa de Responsabilidade Social do Crea-RS Gestão de Administração e Finanças Gerência de Desenvolvimento Humano e Responsabilidade Social Junho/2014 Desenvolvimento Sustentável Social Econômico

Leia mais

Valores Pessoas; Trabalho em Equipe; Conduta Ética; Orientação ao Cliente; Orientação a Resultados; Inovação; e Comunidade e Meio Ambiente.

Valores Pessoas; Trabalho em Equipe; Conduta Ética; Orientação ao Cliente; Orientação a Resultados; Inovação; e Comunidade e Meio Ambiente. CÓDIGO DE ÉTICA EMPRESARIAL 1 INTRODUÇÃO O Código de Ética Empresarial da COELCE, apresenta os princípios direcionadores das políticas adotadas pela empresa e que norteiam as ações e relações com suas

Leia mais

Página 1 de 19 Data 04/03/2014 Hora 09:11:49 Modelo Cerne 1.1 Sensibilização e Prospecção Envolve a manutenção de um processo sistematizado e contínuo para a sensibilização da comunidade quanto ao empreendedorismo

Leia mais

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013

RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013 RELATÓRIO DE ATIVIDADES 2013 Instituto Lojas Renner Instituto Lojas Renner Promover a inserção de mulheres no mercado de trabalho por meio de projetos de geração de renda é o objetivo do Instituto Lojas

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE - SMS. Elaboração Luiz Guilherme D CQSMS 10 00 Versão Data Histórico Aprovação 00 20/10/09 Emissão de documento Aldo Guedes Avaliação da Necessidade de Treinamento

Leia mais

DIRETRIZES PARA UM FORNECIMENTO SUSTENTÁVEL

DIRETRIZES PARA UM FORNECIMENTO SUSTENTÁVEL DIRETRIZES PARA UM FORNECIMENTO SUSTENTÁVEL APRESENTAÇÃO A White Martins representa na América do Sul a Praxair, uma das maiores companhias de gases industriais e medicinais do mundo, com operações em

Leia mais

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS EMPRESAS ELETROBRAS

POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS EMPRESAS ELETROBRAS POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO E ENGAJAMENTO COM PÚBLICOS DE INTERESSE DAS Versão 2.0 09/02/2015 Sumário 1 Objetivo... 3 1.1 Objetivos Específicos... 3 2 Conceitos... 4 3 Princípios... 5 4 Diretrizes... 5 4.1

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE (SMS) Sustentabilidade

POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE (SMS) Sustentabilidade POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE (SMS) Sustentabilidade POLÍTICA DE SEGURANÇA, MEIO AMBIENTE E SAÚDE (SMS) A CONCERT Technologies S.A. prioriza a segurança de seus Colaboradores, Fornecedores,

Leia mais

N REQUISITOS OBSERVAÇÕES

N REQUISITOS OBSERVAÇÕES N REQUISITOS OBSERVAÇÕES 01 02 03 04 05 06 07 A - MANUTENÇÃO E SUPORTE A empresa fornece produto de software com Verificar se a empresa fornece manual do produto (instalação), documentação de suporte ao

Leia mais

COMPANHIA ENERGÉTICA DO MARANHÃO - CEMAR

COMPANHIA ENERGÉTICA DO MARANHÃO - CEMAR COMISSÃO INTERNA DE PREVENÇÃO DE ACIDENTES DO TRABALHO CIPA MODELO CEMAR UMA CIPA DE SUCESSO! Autor José Eduardo Santos de Sousa COMPANHIA ENERGÉTICA DO MARANHÃO - CEMAR RESUMO O presente trabalho tem

Leia mais

Pessoas e Negócios em Evolução

Pessoas e Negócios em Evolução Empresa: Atuamos desde 2001 nos diversos segmentos de Gestão de Pessoas, desenvolvendo serviços diferenciados para empresas privadas, associações e cooperativas. Prestamos serviços em mais de 40 cidades

Leia mais

A Academia está alinhada também aos Princípios para Sustentabilidade em Seguros UNPSI, coordenados pelo UNEP/FI órgão da ONU dedicado às questões da

A Academia está alinhada também aos Princípios para Sustentabilidade em Seguros UNPSI, coordenados pelo UNEP/FI órgão da ONU dedicado às questões da - 1 - Prêmio CNSeg 2012 Empresa: Grupo Segurador BBMAPFRE Case: Academia de Sustentabilidade BBMAPFRE Introdução A Academia de Sustentabilidade BBMAPFRE foi concebida em 2009 para disseminar o conceito

Leia mais

Política de Responsabilidade Socioambiental

Política de Responsabilidade Socioambiental Política de Responsabilidade Socioambiental SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 OBJETIVO... 3 3 DETALHAMENTO... 3 3.1 Definições... 3 3.2 Envolvimento de partes interessadas... 4 3.3 Conformidade com a Legislação

Leia mais

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti

Governança AMIGA. Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti e d a id 4 m IN r fo a n m Co co M a n ua l Governança AMIGA Para baixar o modelo de como fazer PDTI: www.microsoft.com/brasil/setorpublico/governanca/pdti Um dos grandes desafios atuais da administração

Leia mais

ESF Estratégia de Saúde da Família GESTÃO DE PESSOAS. 40 Relatório de Gestão 2014. Copyright. Proibida cópia ou reprodução sem autorização do IABAS.

ESF Estratégia de Saúde da Família GESTÃO DE PESSOAS. 40 Relatório de Gestão 2014. Copyright. Proibida cópia ou reprodução sem autorização do IABAS. ESF Estratégia de Saúde da Família GESTÃO DE PESSOAS 40 Relatório de Gestão 2014 B lanço Soci l ESF Estratégia de Saúde da Família Relatório de Gestão 2014 41 GESTÃO DE PESSOAS Gestão de Pessoas Com o

Leia mais

Prêmio Abradee de Responsabilidade Social

Prêmio Abradee de Responsabilidade Social Prêmio Abradee de Responsabilidade Social Pedro Eugênio Pereira ABRADEE 11 de junho de 2007 ABRADEE: 99% do Mercado e 49 Associadas Reunião CIER-Eletropaulo 11.06.2007 2 Reunião CIER-Eletropaulo 11.06.2007

Leia mais

Questionário para Instituidoras

Questionário para Instituidoras Parte 1 - Identificação da Instituidora Base: Quando não houver orientação em contrário, a data-base é 31 de Dezembro, 2007. Dados Gerais Nome da instituidora: CNPJ: Endereço da sede: Cidade: Estado: Site:

Leia mais

Soluções em Tecnologia da Informação

Soluções em Tecnologia da Informação Soluções em Tecnologia da Informação Curitiba Paraná Salvador Bahia A DTS Sistemas é uma empresa familiar de Tecnologia da Informação, fundada em 1995, especializada no desenvolvimento de soluções empresariais.

Leia mais

POLÍTICAS DE GESTÃO PROCESSO DE SUSTENTABILIDADE

POLÍTICAS DE GESTÃO PROCESSO DE SUSTENTABILIDADE POLÍTICAS DE GESTÃO PROCESSO DE SUSTENTABILIDADE 1) OBJETIVOS - Apresentar de forma transparente as diretrizes de sustentabilidade que permeiam a estratégia e a gestão; - Fomentar e apoiar internamente

Leia mais

Apresentação Plano de Integridade Institucional da Controladoria-Geral da União (PII)

Apresentação Plano de Integridade Institucional da Controladoria-Geral da União (PII) PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA CONTROLADORIA-GERAL DA UNIÃO Secretaria-Executiva Diretoria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional Plano de Integridade Institucional (PII) 2012-2015 Apresentação Como

Leia mais

MODELO PARA ENVIO DE CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº /200X

MODELO PARA ENVIO DE CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº /200X MODELO PARA ENVIO DE CONTRIBUIÇÕES REFERENTE À AUDIÊNCIA PÚBLICA Nº /200X NOME DA INSTITUIÇÃO: CELESC DISTRIBUIÇÃO S/A AGÊNCIA NACIONAL DE ENERGIA ELÉTRICA ANEEL ATO REGULATÓRIO: CONSULTA PÚBLICA Nº 019/2014

Leia mais

BRIEFING BRASIL. Parceiro:

BRIEFING BRASIL. Parceiro: BRIEFING BRASIL Parceiro: 1 ÍNDICE 1 Índice... 1 2 Introdução... 2 3 Apresentação... 3 3.1 Tema 1 Consumo consciente... 3 3.2 Tema 2 - Qualidade e Satisfação no Atendimento ao Cliente... 4 4 Desenvolvimento

Leia mais

Gestão eficaz de pessoas melhorando a produtividade, qualidade e resultados organizacionais. Mário Ibide

Gestão eficaz de pessoas melhorando a produtividade, qualidade e resultados organizacionais. Mário Ibide Gestão eficaz de pessoas melhorando a produtividade, qualidade e resultados organizacionais. Mário Ibide A Nova América na vida das pessoas 8 Cultural Empresarial Missão Do valor do campo ao campo de valor

Leia mais

Apresentação da Concessão

Apresentação da Concessão MEDICINA E ENGENHARIA DO TRABALHO Apresentação da Concessão Cuidar da Saúde e Segurança do Trabalhador é a nossa Especialidade! APRESENTAÇÃO TENHA SEU PRÓPRIO NEGÓCIO COM RETORNO GARANTIDO O mercado de

Leia mais

GESTÃO DE SST DESAFIOS E POSSÍVEIS SOLUÇÕES

GESTÃO DE SST DESAFIOS E POSSÍVEIS SOLUÇÕES GESTÃO DE SST DESAFIOS E POSSÍVEIS SOLUÇÕES Nov.2014 Negócio CONTRIBUIR PARA O AUMENTO DA COMPETITIVIDADE Educação Qualidade de Vida Declaração Estratégica Missão Promover a qualidade de vida do trabalhador

Leia mais

Promover um ambiente de trabalho inclusivo que ofereça igualdade de oportunidades;

Promover um ambiente de trabalho inclusivo que ofereça igualdade de oportunidades; POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE OBJETIVO Esta Política tem como objetivos: - Apresentar as diretrizes de sustentabilidade que permeiam a estratégia e a gestão; - Fomentar e apoiar internamente as inovações

Leia mais

PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Inscrição Prêmio ABF-AFRAS - Categoria Fornecedor

PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Inscrição Prêmio ABF-AFRAS - Categoria Fornecedor PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Inscrição Prêmio ABF-AFRAS - Categoria Fornecedor Dados da empresa Razão Social: Visa do Brasil Empreendimentos Ltda. Nome Fantasia:

Leia mais

PROGRAMA EDUCAÇÃO AMBIENTAL DA SAMARCO. Programa de Educação Ambiental Interno

PROGRAMA EDUCAÇÃO AMBIENTAL DA SAMARCO. Programa de Educação Ambiental Interno PROGRAMA EDUCAÇÃO AMBIENTAL DA SAMARCO Programa de Educação Ambiental Interno Condicionante 57 LO 417/2010 SUMÁRIO 1. APRESENTAÇÃO 04 2. IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA 05 3. REGULAMENTO APLICÁVEL 06 3.1. FEDERAL

Leia mais

Outubro 2009. Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini

Outubro 2009. Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini Outubro 2009 Carlos Eduardo Bizzotto Gisa Melo Bassalo Marcos Suassuna Sheila Pires Tony Chierighini Sustentabilidade Articulação Ampliação dos limites Sistematização Elementos do Novo Modelo Incubação

Leia mais

Política de Sustentabilidade

Política de Sustentabilidade Política de Sustentabilidade Síntese O Compromisso ALIANSCE para a Sustentabilidade demonstra o nosso pacto com a ética nos negócios, o desenvolvimento das comunidades do entorno de nossos empreendimentos,

Leia mais

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR

OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR OS PRINCÍPIOS DA ESSILOR Cada um de nós, na vida profissional, divide com a Essilor a sua responsabilidade e a sua reputação. Portanto, devemos conhecer e respeitar os princípios que se aplicam a todos.

Leia mais

MANUAL DA QUALIDADE DA CONSTRUTORA COPEMA

MANUAL DA QUALIDADE DA CONSTRUTORA COPEMA 1/10 INFORMAÇÕES SOBRE A EMPRESA... 2 ABRANGÊNCIA DO SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE... 3 1. SISTEMA DE GESTÃO DA QUALIDADE:... 4 - MANUAL DA QUALIDADE... 4 Escopo do SGQ e definição dos clientes... 4 Política

Leia mais

Câmara Municipal de Barueri. Conheça a Norma SA8000. Você faz parte!

Câmara Municipal de Barueri. Conheça a Norma SA8000. Você faz parte! Câmara Municipal de Barueri Conheça a Norma SA8000 Você faz parte! O que é a Norma SA 8000? A SA 8000 é uma norma internacional que visa aprimorar as condições do ambiente de trabalho e das relações da

Leia mais

Identificação da Experiência: Gestão do Clima Organizacional Processo A Palavra é Sua.

Identificação da Experiência: Gestão do Clima Organizacional Processo A Palavra é Sua. Identificação da empresa: Viação Santa Cruz S/A Identificação da Experiência: Gestão do Clima Organizacional Processo A Palavra é Sua. Data: Implantação em 2009 aos dias atuais Categoria: Adesão dos Colaboradores

Leia mais

PNQS 2012 Categoria IGS. Inovação da Gestão em Saneamento. RDPG Relatório de Descrição de Prática de Gestão. Conselho de Clientes

PNQS 2012 Categoria IGS. Inovação da Gestão em Saneamento. RDPG Relatório de Descrição de Prática de Gestão. Conselho de Clientes 1 PNQS 2012 Categoria IGS Inovação da Gestão em Saneamento RDPG Relatório de Descrição de Prática de Gestão Conselho de Clientes Setembro 2012 ORGANOGRAMA 2 PRESIDÊNCIA ASSESSORIAS 1 2 3 4 5 ORGANIZAÇAO

Leia mais

Apresentação Institucional. Metodologia com alta tecnologia para soluções sob medida

Apresentação Institucional. Metodologia com alta tecnologia para soluções sob medida Apresentação Institucional Metodologia com alta tecnologia para soluções sob medida A empresa que evolui para o seu crescimento A VCN Virtual Communication Network, é uma integradora de Soluções Convergentes

Leia mais

A EXPERIÊNCIA BRASILEIRA NA CONSTRUÇÃO DE UM REGISTRO ÚNICO

A EXPERIÊNCIA BRASILEIRA NA CONSTRUÇÃO DE UM REGISTRO ÚNICO A EXPERIÊNCIA BRASILEIRA NA CONSTRUÇÃO DE UM REGISTRO ÚNICO Com um registro único para programas sociais é possível saber quem são as pessoas mais vulneráveis, suas necessidades e onde elas moram. É possível

Leia mais

O QUE É? Um programa que visa melhorar a Gestão dos CFCs Gaúchos, tendo como base os Critérios de Excelência da FNQ (Fundação Nacional da Qualidade).

O QUE É? Um programa que visa melhorar a Gestão dos CFCs Gaúchos, tendo como base os Critérios de Excelência da FNQ (Fundação Nacional da Qualidade). O QUE É? Um programa que visa melhorar a Gestão dos CFCs Gaúchos, tendo como base os Critérios de Excelência da FNQ (Fundação Nacional da Qualidade). Coordenação Sindicato dos Centros de Formação de Condutores

Leia mais

RELATÓRIO DE DESEMPENHO DO SISTEMA DE GESTÃO DA RESPONSABILIDADE SOCIAL SA 8000

RELATÓRIO DE DESEMPENHO DO SISTEMA DE GESTÃO DA RESPONSABILIDADE SOCIAL SA 8000 Óleo & Gás S/A RELATÓRIO DE DESEMPENHO DO SISTEMA DE GESTÃO DA RESPONSABILIDADE SOCIAL SA 8000 20 de agosto de 2013 Como parte da Política da Responsabilidade Social adotada pela IESA Óleo & Gás, publicamos

Leia mais

1 O texto da Constituição Federal de 1988 diz: Art. 7. São direitos dos trabalhadores urbanos e

1 O texto da Constituição Federal de 1988 diz: Art. 7. São direitos dos trabalhadores urbanos e 1 Introdução A presente pesquisa tem como objeto de estudo a inserção da pessoa com deficiência física no mercado de trabalho. Seu objetivo principal é o de compreender a visão que as mesmas constroem

Leia mais

PUBLICADO EM 01/08/2015 VÁLIDO ATÉ 31/07/2020

PUBLICADO EM 01/08/2015 VÁLIDO ATÉ 31/07/2020 PUBLICADO EM 01/08/2015 VÁLIDO ATÉ 31/07/2020 INDICE POLÍTICA DE RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL 1. Objetivo...2 2. Aplicação...2 3. implementação...2 4. Referência...2 5. Conceitos...2 6. Políticas...3

Leia mais

A FORMALIZAÇÃO COMO TENDÊNCIA

A FORMALIZAÇÃO COMO TENDÊNCIA EVOLUÇÃO DO SEGMENTO DE PROMOÇÃO DE CRÉDITO: A FORMALIZAÇÃO COMO TENDÊNCIA Desenvolvendo Pessoas e Fortalecendo o Sistema Renato Martins Oliva Agenda O que é ABBC Missão e valores Bancos de pequena e média

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS RESOLUÇÃO Nº xx/xxxx CONSELHO UNIVERSITÁRIO EM dd de mês de aaaa Dispõe sobre a criação

Leia mais

Planejamento Estratégico de Comunicação Interna Comunica Pirelli A Pirelli mais perto de você Versão resumida

Planejamento Estratégico de Comunicação Interna Comunica Pirelli A Pirelli mais perto de você Versão resumida Planejamento Estratégico de Comunicação Interna Comunica Pirelli A Pirelli mais perto de você Versão resumida Análise do contexto da organização A Pirelli é a quinta maior empresa do mundo no mercado de

Leia mais

Ministério de Minas e Energia Centrais Elétricas Brasileiras S.A. Eletrobras ANEXO VI DESCRIÇÃO DO PROJETO ENERGIA+

Ministério de Minas e Energia Centrais Elétricas Brasileiras S.A. Eletrobras ANEXO VI DESCRIÇÃO DO PROJETO ENERGIA+ Ministério de Minas e Energia Centrais Elétricas Brasileiras S.A. Eletrobras ANEXO VI DESCRIÇÃO DO PROJETO ENERGIA+ CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA A PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ORGANIZAÇÃO DE CONGRESSOS, EXPOSIÇÕES,

Leia mais

DELOITE TOUCHE TOHMATSU Código PO-SIGA POLITICA CORPORATIVA Revisão 02

DELOITE TOUCHE TOHMATSU Código PO-SIGA POLITICA CORPORATIVA Revisão 02 Pagina 1/6 ÍNDICE 1. OBJETIVO...3 2. ABRANGÊNCIA / APLICAÇÃO...3 3. REFERÊNCIAS...3 4. DEFINIÇÕES...3 5. DIRETRIZES E RESPONSABILIDADES...4 5.1 POLITICAS...4 5.2 COMPROMISSOS...4 5.3 RESPONSABILIDADES...5

Leia mais

Agenda Nacional de Apoio à Gestão Municipal

Agenda Nacional de Apoio à Gestão Municipal SECRETARIA DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS SUBCHEFIA DE ASSUNTOS FEDERATIVOS Agenda Nacional de Apoio à Gestão Municipal Mapa de obras contratadas pela CEF, em andamento com recursos do Governo Federal 5.048

Leia mais

Política de Comunicação do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) - PCS

Política de Comunicação do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) - PCS Política de Comunicação do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) - PCS POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO DO SERVIÇO FEDERAL DE PROCESSAMENTO DE DADOS (SERPRO) - PCS A Política de Comunicação do Serviço

Leia mais

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração

INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE. Palestra para o Conselho Regional de Administração INSTRUMENTOS DE DESENVOLVIMENTO DAS MPEs OFERTADOS PELO SEBRAE Palestra para o Conselho Regional de Administração 1 O QUE É O SEBRAE? 2 O Sebrae O Serviço de Apoio às Micros e Pequenas Empresas da Bahia

Leia mais

PRS - Programa de Responsabilidade Social do Crea-RS. Gestão de Administração e Finanças Gerência de Gestão de Pessoas

PRS - Programa de Responsabilidade Social do Crea-RS. Gestão de Administração e Finanças Gerência de Gestão de Pessoas PRS - Programa de Responsabilidade Social do Crea-RS Gestão de Administração e Finanças Gerência de Gestão de Pessoas Desenvolvimento Sustentável Social Econômico Ambiental Lucro Financeiro Resultado Social

Leia mais

O Grupo Gerdau incentiva o trabalho em equipe e o uso de ferramentas de gestão pela qualidade na busca de soluções para os problemas do dia-a-dia.

O Grupo Gerdau incentiva o trabalho em equipe e o uso de ferramentas de gestão pela qualidade na busca de soluções para os problemas do dia-a-dia. O Grupo Gerdau incentiva o trabalho em equipe e o uso de ferramentas de gestão pela qualidade na busca de soluções para os problemas do dia-a-dia. Rio Grande do Sul Brasil PESSOAS E EQUIPES Equipes que

Leia mais

Padrões para Fornecedores da GS1 BRASIL

Padrões para Fornecedores da GS1 BRASIL Padrões para Fornecedores da GS1 BRASIL O objetivo deste documento é informar aos fornecedores dos pontos e valores fundamentais de nosso processo de compras. A GS1 Brasil mantém a ética, a transparência

Leia mais

Sistema de Gestão de SMS

Sistema de Gestão de SMS DESCRIÇÃO DA EMPRESA Nome SMART EXPRESS TRANSPORTES LTDA EPP CNPJ 12.103.225/0001-52 Insc.Est. 79.477.680 Atividade: transporte rodoviário de carga em geral Código: 206-2 Nº de funcionários (inclusive

Leia mais

Política do Programa de Voluntariado do Grupo Telefônica

Política do Programa de Voluntariado do Grupo Telefônica Política do Programa de Voluntariado do Grupo Telefônica INTRODUÇÃO O Grupo Telefônica, consciente de seu importante papel na construção de sociedades mais justas e igualitárias, possui um Programa de

Leia mais

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade

O caminho para o sucesso. Promovendo o desenvolvimento para além da universidade O caminho para o sucesso Promovendo o desenvolvimento para além da universidade Visão geral Há mais de 40 anos, a Unigranrio investe em ensino diferenciado no Brasil para cumprir com seu principal objetivo

Leia mais

Sistemas Empresariais. Capítulo 3: Sistemas de Negócios. Colaboração SPT SIG

Sistemas Empresariais. Capítulo 3: Sistemas de Negócios. Colaboração SPT SIG Capítulo 3: Sistemas de Negócios Colaboração SPT SIG Objetivos do Capítulo Explicar como os SI empresariais podem apoiar as necessidades de informação de executivos, gerentes e profissionais de empresas.

Leia mais

Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais

Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais Capítulo 3: Sistemas de Apoio Gerenciais Colaboração nas Empresas SPT SIG Aplicações Empresariais Objetivos do Capítulo Explicar como os SI empresariais podem apoiar as necessidades de informação de executivos,

Leia mais

MARCA BRADESCO RECURSOS HUMANOS

MARCA BRADESCO RECURSOS HUMANOS ATIVOS INTANGÍVEIS Embora a Organização não registre seus ativos intangíveis, há evidências da percepção de sua magnitude pelos investidores e que pode ser encontrada na expressiva diferença entre o Valor

Leia mais

Ligação Nova Baixa Tensão com Agendamento. Roland Artur Salaar Junior

Ligação Nova Baixa Tensão com Agendamento. Roland Artur Salaar Junior XIX Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica SENDI 2010 22 a 26 de novembro São Paulo - SP - Brasil Ligação Nova Baixa Tensão com Agendamento Roland Artur Salaar Junior Companhia Paulista

Leia mais

1. APRESENTAÇÃO 2. OBJETIVO E FOCO TEMÁTICO INSCRIÇÕES 14º DIA DO VOLUNTARIADO 2015.

1. APRESENTAÇÃO 2. OBJETIVO E FOCO TEMÁTICO INSCRIÇÕES 14º DIA DO VOLUNTARIADO 2015. REV.: 03 Pág.: 1 de 6 A Manaus Ambiental torna público que estão abertas as inscrições para a seleção de Instituições e Projetos Sociais para o 14º Dia do Voluntariado. A empresa realizará o processo de

Leia mais

Ass. de Comunicação www.ptexto.com.br. Veículo: Jornal de Brasília Data: 22/08/2009 Seção: Sociedade Pág.: 49 Assunto: Great Place to Work

Ass. de Comunicação www.ptexto.com.br. Veículo: Jornal de Brasília Data: 22/08/2009 Seção: Sociedade Pág.: 49 Assunto: Great Place to Work Veículo: Jornal de Brasília Data: 22/08/2009 Seção: Sociedade Pág.: 49 Assunto: Great Place to Work Veículo: Site Revista Making Of Data: 20/08/2009 Seção: Marketing Pág.: www.revistamakingof.com.br Assunto:

Leia mais

POLÍTICA DE VOLUNTARIADO DA CEMIG SAÚDE

POLÍTICA DE VOLUNTARIADO DA CEMIG SAÚDE POLÍTICA DE VOLUNTARIADO DA CEMIG SAÚDE Av. Barbacena, 472 8º andar Barro Preto CEP: 30190-130 Belo Horizonte/MG Tel.: 3253.4917 E-mail: renata.gontijo@cemigsaude.org.br Portal Corporativo: www.cemigsaude.org.br

Leia mais

BPO para Empresas de Energia e Concessionárias de Serviços Públicos

BPO para Empresas de Energia e Concessionárias de Serviços Públicos BPO para Empresas de Energia e Concessionárias de Serviços Públicos Terceirização de Processos Empresariais da Capgemini Um componente da área de Serviços Públicos da Capgemini As concessionárias de serviços

Leia mais

A Responsabilidade Social no Setor Elétrico

A Responsabilidade Social no Setor Elétrico Fórum de Responsabilidade Socioambiental do Setor Elétrico Organização: ANEEL A Responsabilidade Social no Setor Elétrico Claudio J. D. Sales Presidente Instituto Acende Brasil Instituto Israel Pinheiro,

Leia mais

Experiência: Centro de Pesquisas do HCPA: inovando a gestão da pesquisa por meio de laboratórios compartilhados

Experiência: Centro de Pesquisas do HCPA: inovando a gestão da pesquisa por meio de laboratórios compartilhados Experiência: Centro de Pesquisas do HCPA: inovando a gestão da pesquisa por meio de laboratórios compartilhados Hospital de Clínicas de Porto Alegre Administração Central Responsável: Sérgio Carlos Eduardo

Leia mais

A consolidação do modelo

A consolidação do modelo C A P Í T U L O 2 A consolidação do modelo Nos últimos anos, o balanço social modelo Ibase tornou-se a principal ferramenta por meio da qual as empresas são estimuladas a conhecer, sistematizar e apresentar

Leia mais

Com o objetivo de manter um alto nível de qualidade, nossos colaboradores são rigorosamente selecionados e treinados.

Com o objetivo de manter um alto nível de qualidade, nossos colaboradores são rigorosamente selecionados e treinados. A MBS SERVIÇOS possui o conhecimento necessário e indispensável para oferecer qualidade e agilidade nas realizações dos serviços prestados. Possuímos sede própria com toda infraestrutura necessária para

Leia mais

Case de Sucesso. Integrando CIOs, gerando conhecimento. COM PLATAFORMA DE MOBILIDADE, SEPLAN AMPLIA NÚMERO E QUALIDADE DOS SERVIÇOS PÚBLICOS

Case de Sucesso. Integrando CIOs, gerando conhecimento. COM PLATAFORMA DE MOBILIDADE, SEPLAN AMPLIA NÚMERO E QUALIDADE DOS SERVIÇOS PÚBLICOS Case de Sucesso Integrando CIOs, gerando conhecimento. COM PLATAFORMA DE MOBILIDADE, SEPLAN AMPLIA NÚMERO E QUALIDADE DOS SERVIÇOS PÚBLICOS Perfil O Decreto nº 32.716/2011 fixou a nova estrutura do Poder

Leia mais

UNICEF BRASIL Edital de Licitação RH/2012/032

UNICEF BRASIL Edital de Licitação RH/2012/032 UNICEF BRASIL Edital de Licitação RH/2012/032 O UNICEF, Fundo das Nações Unidas para a Infância, a Organização mundial pioneira na defesa dos direitos das crianças e adolescentes, convida empresas e consultores

Leia mais

Novos Prefeitos e Prefeitas 2013

Novos Prefeitos e Prefeitas 2013 Novos Prefeitos e Prefeitas 2013 Curso de Prefeitos Eleitos 2013 a 2016 ARDOCE Missão Ser um banco competitivo e rentável, promover o desenvolvimento sustentável do Brasil e cumprir sua função pública

Leia mais

e das pessoas; conceitos e informações socialmente responsável funcionais e institucionais; estimular o comportamento divulgar aos colaboradores

e das pessoas; conceitos e informações socialmente responsável funcionais e institucionais; estimular o comportamento divulgar aos colaboradores Levar todas as informações decisivas da empresa, de forma rápida e simples; jornalmural divulgar aos colaboradores conceitos e informações funcionais e institucionais; reconhecer o trabalho das áreas e

Leia mais

POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE E RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL

POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE E RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE E RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL Banco Cooperativo Sicredi S.A. Versão: Julho/2015 Página 1 de 1 1 INTRODUÇÃO O Sicredi é um sistema de crédito cooperativo que valoriza a

Leia mais

Política de Sustentabilidade das empresas Eletrobras

Política de Sustentabilidade das empresas Eletrobras Política de Sustentabilidade das empresas Eletrobras 1. DECLARAÇÃO Nós, das empresas Eletrobras, comprometemo-nos a contribuir efetivamente para o desenvolvimento sustentável, das áreas onde atuamos e

Leia mais

Criando Oportunidades

Criando Oportunidades Criando Oportunidades Clima, Energia & Recursos Naturais Agricultura & Desenvolvimento Rural Mercados de Trabalho & Sector Privado e Desenvolvimento Sistemas Financeiros Comércio & Integração Regional

Leia mais

FTST Formação Técnica em Segurança do Trabalho. Módulo de Saúde Ocupacional AULA 4

FTST Formação Técnica em Segurança do Trabalho. Módulo de Saúde Ocupacional AULA 4 FTST Formação Técnica em Segurança do Trabalho Módulo de Saúde Ocupacional AULA 4 Competências a serem trabalhadas nesta aula Estabelecer os parâmetros e diretrizes necessários para garantir um padrão

Leia mais

BIBLIOTECA PROF. JOSÉ ROBERTO SECURATO RELATÓRIO DE GESTÃO 2014. São Paulo

BIBLIOTECA PROF. JOSÉ ROBERTO SECURATO RELATÓRIO DE GESTÃO 2014. São Paulo BIBLIOTECA PROF. JOSÉ ROBERTO SECURATO RELATÓRIO DE GESTÃO 2014 São Paulo 2015 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 3 2. REALIZAÇÕES... 3 2.1 Acervo... 3 2.2 Plano de atualização e expansão do acervo... 3 2.3 Divulgação...

Leia mais

Especialização em Gestão Estratégica de Projetos Sociais

Especialização em Gestão Estratégica de Projetos Sociais Especialização em Gestão Estratégica de Apresentação CAMPUS COMÉRCIO Inscrições Abertas Turma 02 --> Início Confirmado: 07/06/2013 últimas vagas até o dia: 05/07/2013 O curso de Especialização em Gestão

Leia mais

R$ 281 milhões de ebitda 52

R$ 281 milhões de ebitda 52 R$ 281 milhões de ebitda 52 Líder e pioneira em seu mercado, a Ultragaz evoluiu em 2009 na implementação de programas de eficiência operacional destinados ao mercado domiciliar, o UltraLevel, e ao mercado

Leia mais

{ 2 } Parque Tecnológico Capital Digital

{ 2 } Parque Tecnológico Capital Digital { 2 } Parque Tecnológico Capital Digital { 3 } 1. INTRODUÇÃO: PARQUE TECNOLÓGICO CAPITAL DIGITAL - PTCD Principal polo de desenvolvimento Científico, Tecnológico e de Inovação do Distrito Federal, o PTCD

Leia mais

Veículo: Correio Braziliense Data: 13/09/2009 Seção: Cidades Pág.: 41 Assunto: Prêmio da Revista Você S/A Exame

Veículo: Correio Braziliense Data: 13/09/2009 Seção: Cidades Pág.: 41 Assunto: Prêmio da Revista Você S/A Exame Veículo: Correio Braziliense Data: 13/09/2009 Seção: Cidades Pág.: 41 Assunto: Prêmio da Revista Você S/A Exame Veículo: Site Portal Nacional Data: 13/09/2009 Seção: Notícias Pág.: www.segs.com.br Assunto:

Leia mais

Quais são os objetivos dessa Política?

Quais são os objetivos dessa Política? A Conab possui uma Política de Gestão de Desempenho que define procedimentos e regulamenta a prática de avaliação de desempenho dos seus empregados, baseada num Sistema de Gestão de Competências. Esse

Leia mais

Programa de Remuneração Variável 2015

Programa de Remuneração Variável 2015 Programa de Remuneração Variável 2015 APRESENTAÇÃO A Remuneração Variável é parte representativa nas práticas de gestão de pessoas. O modelo tradicional de pagamento através de salário fixo, tornou-se

Leia mais

Planejamento Estratégico de TIC. da Justiça Militar do Estado. do Rio Grande do Sul

Planejamento Estratégico de TIC. da Justiça Militar do Estado. do Rio Grande do Sul Planejamento Estratégico de TIC da Justiça Militar do Estado do Rio Grande do Sul MAPA ESTRATÉGICO DE TIC DA JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO (RS) MISSÃO: Gerar, manter e atualizar soluções tecnológicas eficazes,

Leia mais

PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO. Categoria Franqueador Senior

PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO. Categoria Franqueador Senior PRÊMIO ABF-AFRAS DESTAQUE SUSTENTABILIDADE 2012 FORMULÁRIO DE INSCRIÇÃO Categoria Franqueador Senior Dados da empresa Razão Social: Sorridents Franchising Ltda Nome Fantasia: Sorridents Clínicas Odontológicas

Leia mais

História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo

História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo Morgana Hamester História Diferenciações Assessoria o que é? Estrutura Comunicação x Imprensa Papéis e funções Planejamento Conteúdo Processamento interno x externo Contexto atual Modelização digital contemporaneidade;

Leia mais

Política de Comunicação Integrada

Política de Comunicação Integrada Política de Comunicação Integrada agosto 2009 Política de Comunicação Integrada 4 1 Objetivos Promover a comunicação integrada entre as empresas Eletrobras e dessas com os seus públicos de relacionamento,

Leia mais

SulAmérica Odonto Empresarial

SulAmérica Odonto Empresarial SulAmérica Odonto Empresarial O sorriso dos seus colaboradores está em nossos planos. A partir de 100 vidas sulamerica.com.br Sobre a SulAmérica A SulAmérica Seguros, Previdência e Investimentos, com 116

Leia mais

FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FEA USP ARTIGO

FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FEA USP ARTIGO FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO E CONTABILIDADE DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO FEA USP ARTIGO COMO AS MUDANÇAS NAS ORGANIZAÇÕES ESTÃO IMPACTANDO A ÁREA DE RECURSOS HUMANOS Paola Moreno Giglioti Administração

Leia mais

"Estrutura do Monitoramento e Avaliação no Ministério da Previdência Social"

Estrutura do Monitoramento e Avaliação no Ministério da Previdência Social "Estrutura do Monitoramento e Avaliação no Ministério da Previdência Social" 1 Gestão por processos 2 Previdência Social: em números e histórico Estrutura: Administração Direta, 2 Autarquias e 1 Empresa

Leia mais

A ABEMD trabalha para incentivar, valorizar, desenvolver e difundir o Marketing Direto no Brasil.

A ABEMD trabalha para incentivar, valorizar, desenvolver e difundir o Marketing Direto no Brasil. A ABEMD, Associação Brasileira de Marketing Direto, é uma entidade civil, sem fins lucrativos, fundada em 1976 e constituída por pessoas jurídicas e físicas interessadas na aplicação de estratégias e técnicas

Leia mais

Fortus Consultoria Contábil Case Qualidade. Gestão de Resultados Solução Independente de Setor e Tamanho

Fortus Consultoria Contábil Case Qualidade. Gestão de Resultados Solução Independente de Setor e Tamanho Fortus Consultoria Contábil Case Qualidade Gestão de Resultados Solução Independente de Setor e Tamanho A Motivação da Busca de Programas de Qualidade 34 Experiência com manuais sobre qualidade em indústria

Leia mais

CÓDIGO DE CONDUTA DA MULTIPLAN EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS S.A.

CÓDIGO DE CONDUTA DA MULTIPLAN EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS S.A. CÓDIGO DE CONDUTA DA MULTIPLAN EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS S.A. O presente Código de Conduta da Multiplan Empreendimentos Imobiliários S.A. (a Companhia ), visa cumprir com as disposições do Regulamento

Leia mais

Política de Patrocínio

Política de Patrocínio SUMÁRIO APRESENTAÇÃO...02 1. OBJETIVO INSTITUCIONAL...03 2. OBJETIVOS ESTRATÉGICOS...04 3. LINHAS DE ATUAÇÃO...05 3.1 Projetos prioritários...05 3.2 Projetos que não podem ser patrocinados...05 4. ABRANGÊNCIA...06

Leia mais

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004

RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004 RELATÓRIO DAS ATIVIDADES 2004 1. Palestras informativas O que é ser voluntário Objetivo: O voluntariado hoje, mais do que nunca, pressupõe responsabilidade e comprometimento e para que se alcancem os resultados

Leia mais

O acesso a informações públicas será assegurado mediante:

O acesso a informações públicas será assegurado mediante: SIMRECI Sistema de Relacionamento com o Cidadão O SIMRECI é um programa de computador que oferece ferramentas para a gestão do relacionamento com o cidadão e, especialmente garante ao poder público atender

Leia mais

Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico

Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico CUSTOMER SUCCESS STORY Abril 2014 Solução CA Technologies Garante Entrega de Novo Serviço de Notícias do Jornal Valor Econômico PERFIL DO CLIENTE Indústria: Mídia Companhia: Valor Econômico Funcionários:

Leia mais

XXXII Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Farmacêutica

XXXII Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Farmacêutica XXXII Congresso da Sociedade Brasileira de Medicina Farmacêutica Mesa-Redonda: Responsabilidade Social Empresarial 23-24 de Novembro de 2006 Mário Páscoa (Wyeth/ Painel Febrafarma) E-mail: pascoam@hotmail.com

Leia mais