Aula 3 30/03/15. Plano da aula. Burocracias. O texto da oficina! Burocracias Formação de bancas Defesa do TCC. Entrega dos sumários

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Aula 3 30/03/15. Plano da aula. Burocracias. O texto da oficina! Burocracias Formação de bancas Defesa do TCC. Entrega dos sumários"

Transcrição

1 Aula 3 Ritual de defesa Plano da aula O texto da oficina! Burocracias Formação de bancas Burocracias Entrega dos sumários Entrega dos documentos de aceite dos orientadores 1

2 Do ponto de vista da estrutura acadêmica, o que seria exatamente um Trabalho de Conclusão de Curso? Qual é a diferença entre um TCC, uma dissertação de mestrado e uma tese de doutorado? Todo trabalho acadêmico de ordem científica deve ser compreendido como um argumento. Mas o que é um argumento? Um argumento é uma estrutura lógica fundamentada na linguagem que tem como objetivo convencer o interlocutor a respeito da pertinência de uma tese. 2

3 Ao tentar convencer o interlocutor, o defensor procura persuadi-lo a adotar a tese e a considerá-la aceitável. Como estruturar um TCC para que ele tenha a forma de um argumento? É só seguir o esquema apresentado na primeira aula. ARGUMENTO: (SE) Premissa 1, (SE) Premissa 2 (SE) Premissa 3... (ENTÃO) Conclusão. 3

4 Na Introdução, além de se resumir o trabalho, é necessário apresentar claramente a tese. A tese é uma declaração afirmativa que você pretende defender ( defesa do TCC ). A tese: Apresenta a importância do tema escolhido, Indica ao leitor o que ele pode esperar do trabalho de conclusão de curso, Traduz-se em uma pergunta clara, Avança uma resposta - uma ideia normalmente controversa - que outras pessoas podem colocar em questão. Na Colocação do Problema Apresenta-se uma série de teses a respeito do problema da pesquisa (revisão da literatura), Argumenta-se em favor de umas e critica outras, Indica-se qual questão precisa ser respondida como resultado da argumentação e da adoção de certas teses. 4

5 À colocação do problema segue-se a Teoria porque a sua resolução pode ter várias explicações! As teorias são explicações epistemologicamente posicionadas, capazes de ajudar a sustentar teses. Nas ciências humanas e sociais, as teorias dependem muito das crenças dos pesquisadores. Elas também se sustentam em conceitos ou noções que as tornam coerentes. As teorias são a alma do argumento. A estrutura argumentativa deve sempre seguir os preceitos das teorias porque elas permitem a construção de uma explicação. 5

6 A Metodologia é o momento em que o pesquisador apresenta como, instrumentalizado pela teoria, ele pretende organizar o percurso de investigação. O objetivo? Assegurar a demonstração da tese. Análise e interpretação dos dados: depois de coletados, são analisados através de conceitos teóricos. Premissas postas, na Conclusão defendemos a pertinência (ou não) da tese. Os avaliadores têm a responsabilidade de analisar a qualidade do percurso. Eles participam das bancas com o objetivo de avaliar o trabalho escrito e questionar a defesa da validade da tese. 6

7 Os estudantes devem preparar uma apresentação enxuta e objetiva de 5 minutos. Nela, a tese é apresentada, assim como o argumento usado para defendê-la (as premissas que levam à conclusão). Dicas: Vestir-se bem, Falar com clareza e firmeza, fazendo uso do corpo na apresentação (gestos), Conhecer o seu trabalho de cor e salteado, Não se intimidar diante das questões e respondê-las defendendo a qualidade do trabalho. Problema: Trabalho sem qualidade... Aula 3 Obrigado! 7

LÍNGUA PORTUGUESA INTERATIVIDADE FINAL DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CONTEÚDO E HABILIDADES AULA. AULA: 23.1 Conteúdo: Texto dissertativo-argumentativo

LÍNGUA PORTUGUESA INTERATIVIDADE FINAL DINÂMICA LOCAL INTERATIVA CONTEÚDO E HABILIDADES AULA. AULA: 23.1 Conteúdo: Texto dissertativo-argumentativo : 23.1 Conteúdo: Texto dissertativo-argumentativo Habilidades: Perceber como se organizam os parágrafos de um texto dissertativo-argumentativo. Texto dissertativo O texto dissertativo é um tipo de texto

Leia mais

Unidade IV. Ciência - O homem na construção do conhecimento. APRENDER A APRENDER LÍNGUA PORTUGUESA APRENDER A APRENDER DINÂMICA LOCAL INTERATIVA

Unidade IV. Ciência - O homem na construção do conhecimento. APRENDER A APRENDER LÍNGUA PORTUGUESA APRENDER A APRENDER DINÂMICA LOCAL INTERATIVA A A Unidade IV Ciência - O homem na construção do conhecimento. 2 A A Aula 39.2 Conteúdos: Anúncio publicitário: A construção de um anúncio publicitário. 3 A A Habilidades: Relacionar linguagem verbal

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS COORDENAÇÃO DO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS COORDENAÇÃO DO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS COORDENAÇÃO DO BACHARELADO EM ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA OFICINA DE PRODUÇÃO ACADÊMICA Material de apoio à construção do TCC Prezados,

Leia mais

Sugestão de Roteiro para Elaboração de Monografia de TCC

Sugestão de Roteiro para Elaboração de Monografia de TCC Sugestão de Roteiro para Elaboração de Monografia de TCC Sugerimos, para elaborar a monografia de TCC (Trabalho de Conclusão de Curso), que o aluno leia atentamente essas instruções. Fundamentalmente,

Leia mais

Universidade Estadual de Santa Cruz Licenciatura em Física UAB Profs. Geraldo Fernandes e Talita Duarte. Aula 01 Preparando a coleta de dados

Universidade Estadual de Santa Cruz Licenciatura em Física UAB Profs. Geraldo Fernandes e Talita Duarte. Aula 01 Preparando a coleta de dados Universidade Estadual de Santa Cruz Licenciatura em Física UAB Profs. Geraldo Fernandes e Talita Duarte Aula 01 Preparando a coleta de dados Trabalho de Conclusão de Curso II Objetivos Ao final desta aula,

Leia mais

RESOLUÇÃO. São Paulo, 24 de junho de 2010. Prof. Héctor Edmundo Huanay Escobar Presidente

RESOLUÇÃO. São Paulo, 24 de junho de 2010. Prof. Héctor Edmundo Huanay Escobar Presidente RESOLUÇÃO CONSEPE 18/2010 APROVAÇÃO DO REGULAMENTO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO, DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS, DO CAMPUS DE BRAGANÇA PAULISTA DA UNIVERSIDADE SÃO FRANCISCO. O Presidente do Conselho

Leia mais

Tipos de Resumo. Resumo Indicativo ou Descritivo. Resumo Informativo ou Analítico

Tipos de Resumo. Resumo Indicativo ou Descritivo. Resumo Informativo ou Analítico Resumir é apresentar de forma breve, concisa e seletiva um certo conteúdo. Isto significa reduzir a termos breves e precisos a parte essencial de um tema. Saber fazer um bom resumo é fundamental no percurso

Leia mais

P2CEM. Pesquisa 2015/1. Elaboração de trabalho escrito. Profa. Dra. Zélia Soares Macedo Departamento de Física

P2CEM. Pesquisa 2015/1. Elaboração de trabalho escrito. Profa. Dra. Zélia Soares Macedo Departamento de Física P2CEM Pesquisa 2015/1 Elaboração de trabalho escrito Profa. Dra. Zélia Soares Macedo Departamento de Física Tipos de trabalho escrito: - monografia (1º semestre); - projeto (1º ou 2º semestre); - relatório

Leia mais

------------------------------------------------------------------ MÉTODO CIENTÍFICO E LOGANÁLISE:

------------------------------------------------------------------ MÉTODO CIENTÍFICO E LOGANÁLISE: MÉTODO CIENTÍFICO E LOGANÁLISE: PLANO DO CURSO Terceiro Módulo Plano do módulo 1. Revisão de Percurso: 1.1. Tecnologia depende de teoria 1.2. Adequada construção teórica depende de clareza metateórica:

Leia mais

PESQUISA EM INFORMÁTICA -ESTILOS DE PESQUISA EM COMPUTAÇÃO. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc.

PESQUISA EM INFORMÁTICA -ESTILOS DE PESQUISA EM COMPUTAÇÃO. Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. PESQUISA EM INFORMÁTICA -ESTILOS DE PESQUISA EM COMPUTAÇÃO Prof. Angelo Augusto Frozza, M.Sc. O TRABALHO DE CONCLUSÃO Introdução O texto que segue resume os Capítulo 2 e 8, do livro Metodologia de Pesquisa

Leia mais

FACULDADE LOURENÇO FILHO PEQUENO GUIA PARA INSCRIÇÃO E APRESENTAÇÃO DA MONOGRAFIA DA FLF

FACULDADE LOURENÇO FILHO PEQUENO GUIA PARA INSCRIÇÃO E APRESENTAÇÃO DA MONOGRAFIA DA FLF FACULDADE LOURENÇO FILHO PEQUENO GUIA PARA INSCRIÇÃO E APRESENTAÇÃO DA MONOGRAFIA DA FLF 2015 SUMÁRIO Introdução... 01 2. Da Inscrição... 03 3. Da Orientação... 03 4. Da Apresentação... 03 5. Da Avaliação...

Leia mais

Trabalhode Conclusão de Curso 1 GSI535. Prof. Dr. Rodrigo Sanches Miani FACOM/UFU

Trabalhode Conclusão de Curso 1 GSI535. Prof. Dr. Rodrigo Sanches Miani FACOM/UFU Trabalhode Conclusão de Curso 1 GSI535 Prof. Dr. Rodrigo Sanches Miani FACOM/UFU Trabalhode Conclusão de Curso 1 GSI535 Slides criados com base no livro Metodologia de Pesquisa para Ciência da Computação

Leia mais

Aula 2: Projeto de pesquisa

Aula 2: Projeto de pesquisa 1 Metodologia da Pesquisa Científica Aula 2: Projeto de pesquisa 1 O projeto de pesquisa O projeto de pesquisa é a base da organização do seu trabalho de pesquisa. Ao elaborar o projeto você organiza suas

Leia mais

Técnico em Biotecnologia Módulo III Prof. Fernando Domingo Zinger

Técnico em Biotecnologia Módulo III Prof. Fernando Domingo Zinger Elaboração de Projetos Técnico em Biotecnologia Módulo III Prof. Fernando Domingo Zinger OBJETIVOS RESENHAS: Resenha-resumo: É um texto que se limita a resumir o conteúdo de um livro, de um capítulo, de

Leia mais

3 Aun (2005) adota a definição de contexto como regras de relação que são estabelecidas pelo(s)

3 Aun (2005) adota a definição de contexto como regras de relação que são estabelecidas pelo(s) Resenha AUN, J.G.; ESTEVES DE VASCONCELLOS, M. J.; COELHO, S.V. Atendimento sistêmico de famílias e redes sociais. Volume I - Fundamentos teóricos e epistemológicos (2005); Volume II - O processo de atendimento

Leia mais

Prof. Daniel Santos Redação RECEITA PARA DISSERTAÇÃO ARGUMENTAÇÃO ESCRITA - ENEM. E agora José?

Prof. Daniel Santos Redação RECEITA PARA DISSERTAÇÃO ARGUMENTAÇÃO ESCRITA - ENEM. E agora José? Prof. Daniel Santos Redação RECEITA PARA DISSERTAÇÃO ARGUMENTAÇÃO ESCRITA - ENEM E agora José? Respondam Rápido: O que encanta um homem? O que encanta uma mulher? E o que ENCANTA um corretor do ENEM?

Leia mais

TAMANHO DAS FOLHAS - DEMONSTRATIVOS

TAMANHO DAS FOLHAS - DEMONSTRATIVOS TAMANHO DAS FOLHAS - DEMONSTRATIVOS INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS IFAM CAMPUS HUMAITÁ CURSO DE... NOME DO(A) DISCENTE TÍTULO DA PESQUISA HUMAITÁ AM ANO EM QUE O TRABALHO

Leia mais

Tópico 7 Planejamento e Projetos. O que você deverá saber. Ao final do estudo do Tópico 7 você deverá:

Tópico 7 Planejamento e Projetos. O que você deverá saber. Ao final do estudo do Tópico 7 você deverá: Tópico 7 Planejamento e Projetos n. O que você deverá saber Ao final do estudo do Tópico 7 você deverá: - ser capaz de elaborar e orientar projetos de serviços e projetos de pesquisa; - ter adquirido conhecimentos

Leia mais

Manual do pré-projeto MANUAL PARA O PROJETO DE TRABALHO MONOGRÁFICO DE CONCLUSÃO DE CURSO. 1 manual de pré-projeto

Manual do pré-projeto MANUAL PARA O PROJETO DE TRABALHO MONOGRÁFICO DE CONCLUSÃO DE CURSO. 1 manual de pré-projeto Manual do pré-projeto MANUAL PARA O PROJETO DE TRABALHO MONOGRÁFICO DE CONCLUSÃO DE CURSO 1 manual de pré-projeto Manual do pré-projeto MANUAL PARA O PROJETO DE TRABALHO MONOGRÁFICO DE CONCLUSÃO DE CURSO

Leia mais

Filosofia e Redação Interpretação, Argumentação e Produção Textual. Analisando o Conteúdo Filosófico Presente nas Redações nota 1000 do ENEM

Filosofia e Redação Interpretação, Argumentação e Produção Textual. Analisando o Conteúdo Filosófico Presente nas Redações nota 1000 do ENEM Filosofia e Redação Interpretação, Argumentação e Produção Textual Analisando o Conteúdo Filosófico Presente nas Redações nota 1000 do ENEM Projeto de Produção Discente Elaborado pelo Departamento de Filosofia

Leia mais

Projeto de Pesquisa. Profª Drª Lívia Haygert Pithan Supervisora do Setor de TCC da FADIR livia.pithan@pucrs.br

Projeto de Pesquisa. Profª Drª Lívia Haygert Pithan Supervisora do Setor de TCC da FADIR livia.pithan@pucrs.br PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE DO SUL FACULDADE DE DIREITO Projeto de Pesquisa Profª Drª Lívia Haygert Pithan Supervisora do Setor de TCC da FADIR livia.pithan@pucrs.br 1 1. Definição Projeto

Leia mais

Texto 4 Composição em prosa não literária

Texto 4 Composição em prosa não literária Curso de Redação: Do texto ao texto Professora: Maria Aparecida Araújo Texto 4 Composição em prosa não literária Conteúdo Descrição Narração Dissertação Bibliografia: 1. CARNEIRO, Agostinho Dias: Redação

Leia mais

Prof. Carlos Ruberto Fragoso Jr.

Prof. Carlos Ruberto Fragoso Jr. Prof. Carlos Ruberto Fragoso Jr. Essa modalidade é muito mais prática e objetiva que o modelo de dissertação tradicional Propicia uma divulgação mais prática e rápida dos resultados obtidos Maior visibilidade

Leia mais

Etapas de um Projeto de Pesquisa. Robledo Lima Gil

Etapas de um Projeto de Pesquisa. Robledo Lima Gil Etapas de um Projeto de Pesquisa Robledo Lima Gil Etapas... Escolha do tema Formulação do problema 1) Introdução; 2) Revisão de literatura (Referenciais teóricos); 3) Justificativa; 4) Objetivos (geral

Leia mais

ORIENTAÇÃO DE TCC CURSO: PROF(A):

ORIENTAÇÃO DE TCC CURSO: PROF(A): ORIENTAÇÃO DE TCC CURSO: PROF(A): MATRÍCUL A ALUNO (A) REUNI ÃO ORIENTAÇ ÕES TCC Entregue Corrigida Nota Assinatura do Orientador: Data: / / Assinatura do Orientador: Data: / / Assinatura do Orientador:

Leia mais

Regulamento do TCC APRESENTAÇÃO ORAL DE TRABALHOS CIENTÍFICOS. Resolução TCC. Apresentação oral de trabalhos 03/11/2011 FALAR EM PUBLICO É UM DESAFIO?

Regulamento do TCC APRESENTAÇÃO ORAL DE TRABALHOS CIENTÍFICOS. Resolução TCC. Apresentação oral de trabalhos 03/11/2011 FALAR EM PUBLICO É UM DESAFIO? Regulamento do TCC Para a defesa do TCC, o trabalho deverá ser apresentado oralmente perante comissão julgadora em sessão pública. Para a apresentação, o aluno terá mínimo de 15 e APRESENTAÇÃO ORAL DE

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC de Nova Odessa Código: 234 Município: Nova Odessa Eixo Tecnológico: Segurança no Trabalho Habilitação Profissional: Técnico em Segurança do Trabalho Qualificação:

Leia mais

FACULDADE DE IBAITI FEATI

FACULDADE DE IBAITI FEATI FACULDADE DE IBAITI FEATI Rua Tertuliano de Moura Bueno conj. Paineiras CAMPUS FEATI Ibaiti PR FONE / FAX: (43) 3546-1263 Endereço da web: www.feati.com.br REGULAMENTO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO IBAITI

Leia mais

Redação: critérios de correção dos exames da Fuvest, Unicamp, Unesp e Enem. FUVEST e UNESP

Redação: critérios de correção dos exames da Fuvest, Unicamp, Unesp e Enem. FUVEST e UNESP Singular-Anglo Vestibulares Professora Natália Sanches Redação: critérios de correção dos exames da Fuvest, Unicamp, Unesp e Enem. Retirado do site oficial do vestibular. FUVEST e UNESP Na correção, três

Leia mais

:: Cuidados na Elaboração de uma Redação Científica

:: Cuidados na Elaboração de uma Redação Científica :: Cuidados na Elaboração de uma Redação Científica José Mauricio Santos Pinheiro em 21/04/2005 Os princípios indispensáveis à redação científica podem ser resumidos em quatro pontos fundamentais: clareza,

Leia mais

Algoritmos e Estruturas de Dados I

Algoritmos e Estruturas de Dados I Algoritmos e Estruturas de Dados I Pedro Olmo Stancioli Vaz de Melo olmo@dcc.ufmg.br Sala 4040 Algoritmos e Estruturas de Dados I Objetivos Introduzir o aluno aos conceitos de algoritmos e estruturas de

Leia mais

1. Escolha do Tema. 2. Formulação do Problema. 1 Escolha do Tema II. PLANEJAMENTO DA PESQUISA

1. Escolha do Tema. 2. Formulação do Problema. 1 Escolha do Tema II. PLANEJAMENTO DA PESQUISA II. PLANEJAMENTO DA PESQUISA 1. Escolha do tema 2. Formulação do problema 3. Justificativa 4. Determinação dos objetivos 5. Referencial teórico 6. Referências 1 Escolha do Tema 1. Escolha do Tema Nesta

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS DE UBERLÂNDIA MG

FACULDADE PITÁGORAS DE UBERLÂNDIA MG FACULDADE PITÁGORAS DE UBERLÂNDIA MG T exto dissertativo: ponto de vista acerca de um tema Profa. Ketiuce Ferreira Silva ketiuce@yahoo.com.br www.ketiuce.com.br Algumas perguntas O quê? Por quê? Para quê?

Leia mais

Traduzido e adaptado livremente pelo Prof. Dr. Eloi L. Favero (favero@ufpa.br)

Traduzido e adaptado livremente pelo Prof. Dr. Eloi L. Favero (favero@ufpa.br) Como organizar sua Tese, Dissertação, Monografia ou Artigo [A pesar do texto falar sobre uma tese de doutorado (ou dissertação de mestrado), a forma de estruturar logicamente um artigo técnico segue este

Leia mais

Arnaldo Chagas. PRODUÇÃO DE TEXTOS ACADÊMICOS Dos bastidores à elaboração do texto. 1ª Edição

Arnaldo Chagas. PRODUÇÃO DE TEXTOS ACADÊMICOS Dos bastidores à elaboração do texto. 1ª Edição Arnaldo Chagas PRODUÇÃO DE TEXTOS ACADÊMICOS Dos bastidores à elaboração do texto 1ª Edição Rio de Janeiro Barra Livros 2014 Copyright 2013 by Arnaldo Chagas Todos os direitos reservados à Barra Livros

Leia mais

Metodologia Científica. César de Paula Diego Vilela Elisane Silva Fabrício Aranda Wesley Sato

Metodologia Científica. César de Paula Diego Vilela Elisane Silva Fabrício Aranda Wesley Sato Metodologia Científica César de Paula Diego Vilela Elisane Silva Fabrício Aranda Wesley Sato Metodologia Científica Introdução Métodos Introdução Metodologia científica é a forma como se conduz uma pesquisa,

Leia mais

TCC TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC SUPERVISÃO EDUCACIONAL REGIÃO BAURU CETEC / 2011

TCC TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC SUPERVISÃO EDUCACIONAL REGIÃO BAURU CETEC / 2011 TCC TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO TCC SUPERVISÃO EDUCACIONAL REGIÃO BAURU CETEC / 2011 III IV ELEMENTOS BASILARES DO CURRÍCULO Módulo I CH Módulo II CH Módulo III CH Linguagem, Trabalho e Tecnologia 40/50

Leia mais

Prof.: Michele Nasu Tomiyama Bucci ELABORAÇÃO DE TEXTOS II

Prof.: Michele Nasu Tomiyama Bucci ELABORAÇÃO DE TEXTOS II Prof.: Michele Nasu Tomiyama Bucci ELABORAÇÃO DE TEXTOS II RESUMO, RESENHA, SINOPSE E SÍNTESE Uma dúvida muito frequente que incomoda principalmente os alunos, em qualquer estágio de aprendizagem é a diferença

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2015. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2015 Ensino Técnico Etec Etec: Rodrigues de Abreu Código: 135 Município: Bauru Eixo Tecnológico: Segurança Habilitação Profissional: Técnica de nível médio de Técnico em Segurança

Leia mais

NORMAS PARA ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE MONOGRAFIA DO CURSO DE DIREITO

NORMAS PARA ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE MONOGRAFIA DO CURSO DE DIREITO NORMAS PARA ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE MONOGRAFIA DO CURSO DE DIREITO Aprovado pelo Colegiado do Curso através da Resolução nº 03 de 13 de agosto de 2010 NORMAS PARA ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE MONOGRAFIA

Leia mais

Nome do candidato TÍTULO DO PROJETO

Nome do candidato TÍTULO DO PROJETO Nome do candidato TÍTULO DO PROJETO Projeto de Pesquisa apresentado ao Programa de Pós- Graduação em Comunicação da Universidade Federal de Santa Maria como requisito parcial para a seleção de ingresso

Leia mais

Oficina inaugural sobre o texto dissertativo-argumentativo

Oficina inaugural sobre o texto dissertativo-argumentativo Caro Monitor, Oficina inaugural sobre o texto dissertativo-argumentativo Esta oficina tem como objetivo geral favorecer o primeiro contato do aluno da EJA Ensino Médio com o tipo textual que será exigido

Leia mais

1 Apresentação 2 Formatação do texto Papel: Margens: Tipo de Letra: Tamanho da fonte: Espaço entre as linhas:

1 Apresentação 2 Formatação do texto Papel: Margens: Tipo de Letra: Tamanho da fonte: Espaço entre as linhas: 1 2 1 Apresentação Este documento tem por objetivo apresentar orientações para a redação e formatação do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) na modalidade de Artigo Científico. Para a elaboração do artigo

Leia mais

Avaliar uma resenha... Ana Matte/Texto Livre/FALE/UFMG

Avaliar uma resenha... Ana Matte/Texto Livre/FALE/UFMG Basicamente, são 6 pontos a considerar Mas voce não pode deixar de ter em mente a definição: Resenhar é criar um texto próprio e compacto que permita ao leitor conhecer um texto maior, de outro autor,

Leia mais

Redação Técnico/Científica

Redação Técnico/Científica Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina Departamento Acadêmico de Eletrônica Metodologia de Estudos e Pesquisas Redação Técnico/Científica Florianópolis, novembro de 2013.

Leia mais

Projeto de Pesquisa: Estrutura e natureza

Projeto de Pesquisa: Estrutura e natureza Projeto de Pesquisa: Estrutura e natureza Após a entrega do exercício D (folha síntese do projeto de pesquisa, vamos rever o projeto de pesquisa e a introdução da tese. Após a aula, além do exercício D

Leia mais

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE GOIÁS IESGO FACULDADES IESGO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA

INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE GOIÁS IESGO FACULDADES IESGO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA INSTITUTO DE ENSINO SUPERIOR DE GOIÁS IESGO FACULDADES IESGO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA MANUAL DE NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS DE CONCLUSÃO DO CURSO DE GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA FORMOSA/GO

Leia mais

Título do projeto: subtítulo

Título do projeto: subtítulo Universidade Federal da Paraíba Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes Núcleo de Cidadania e Direitos Humanos Programa de Pós-Graduação em Direitos Humanos, Cidadania e Políticas Públicas ANEXO 05

Leia mais

PROJETO DE PESQUISA: O QUE É E COMO SE FAZ

PROJETO DE PESQUISA: O QUE É E COMO SE FAZ 1 Projeto de pesquisa: o que é e como se faz PROJETO DE PESQUISA: O QUE É E COMO SE FAZ Ronaldo Martins projeto. 1. Idéia que se forma de executar ou realizar algo, no futuro; plano, intento, desígnio.

Leia mais

CAPÍTULO 5 CONCLUSÕES, RECOMENDAÇÕES E LIMITAÇÕES. 1. Conclusões e Recomendações

CAPÍTULO 5 CONCLUSÕES, RECOMENDAÇÕES E LIMITAÇÕES. 1. Conclusões e Recomendações 153 CAPÍTULO 5 CONCLUSÕES, RECOMENDAÇÕES E LIMITAÇÕES 1. Conclusões e Recomendações Um Estudo de Caso, como foi salientado no capítulo Metodologia deste estudo, traz à baila muitas informações sobre uma

Leia mais

COMUNICAÇÃO CIENTÍFICA

COMUNICAÇÃO CIENTÍFICA COMUNICAÇÃO CIENTÍFICA O I Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência e Tecnologia/FACIT oportunizará a apresentação de Trabalhos Científicos sob a forma de Comunicação Oral para professores, profissionais

Leia mais

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE GOIÁS LICENCIATURA PLENA EM QUÍMICA. Nome do(s) autor(es)

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE GOIÁS LICENCIATURA PLENA EM QUÍMICA. Nome do(s) autor(es) 1 INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE GOIÁS LICENCIATURA PLENA EM QUÍMICA Nome do(s) autor(es) TÍTULO DO TRABALHO: SUBTÍTULO (SE HOUVE) LOCAL Ano 2 Nome do(s) autor(es) TÍTULO DO TRABALHO:

Leia mais

RESOLUÇÃO N. 03/2014

RESOLUÇÃO N. 03/2014 RESOLUÇÃO N. 03/2014 Regulamenta os Trabalhos de Conclusão de Curso de Graduação e de Pós-Graduação da Faculdade Palotina O DIRETOR GERAL da Faculdade Palotina, no uso de suas atribuições legais e regimentais,

Leia mais

CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO PRÉ-PROJETO DE TCC

CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO PRÉ-PROJETO DE TCC CURSO DE EDUCAÇÃO FÍSICA MANUAL PARA ELABORAÇÃO DO PRÉ-PROJETO DE TCC Cuiabá/MT 2013 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO... 3 2. JUSTIFICATIVA... 3 3. OBJETIVOS... 3 3.1 GERAL... 4 3.2 ESPECÍFICOS... 4 4. REFERENCIAL

Leia mais

FACULDADE ESTÁCIO DE BELÉM ESTÁCIO BELÉM REGULAMENTO PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO BELÉM PA

FACULDADE ESTÁCIO DE BELÉM ESTÁCIO BELÉM REGULAMENTO PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO BELÉM PA FACULDADE ESTÁCIO DE BELÉM ESTÁCIO BELÉM REGULAMENTO PARA ELABORAÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO BELÉM PA 1 2015 2 CAPÍTULO I DA NATUREZA E DOS OBJETIVOS DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO Art. 1º.

Leia mais

Projeto de pesquisa: passo a passo

Projeto de pesquisa: passo a passo Projeto de pesquisa: passo a passo A função e a redação do projeto de pesquisa Para Severino (2000), o projeto de pesquisa: serve para facilitar a organização do tempo e o cumprimento dos prazos preestabelecidos;

Leia mais

UNIVERSIDADE DO PLANALTO CATARINENSE Av. Castelo Branco, 170 -CEP 88.509-900 - Lages - SC - Cx. P. 525 - Fone (0XX49) 251-1022 Fax 251-1051

UNIVERSIDADE DO PLANALTO CATARINENSE Av. Castelo Branco, 170 -CEP 88.509-900 - Lages - SC - Cx. P. 525 - Fone (0XX49) 251-1022 Fax 251-1051 UNIVERSIDADE DO PLANALTO CATARINENSE Av. Castelo Branco, 170 -CEP 88.509-900 - Lages - SC - Cx. P. 525 - Fone (0XX49) 251-1022 Fax 251-1051 EDITAL N.º 149/2005 Publica o sorteio dos ítens das ementas disciplinas

Leia mais

Gestão de Talentos. Aula 2. Organização da Aula. Contextualização. Instrumentalização

Gestão de Talentos. Aula 2. Organização da Aula. Contextualização. Instrumentalização Gestão de Talentos Aula 2 Prof. Me. Maria Tereza F. Ribeiro 1. Contextualização Apresentação dos tópicos a serem abordados atualidades 2. Instrumentalização Conceitos principais 3. Aplicação Exemplos e

Leia mais

REGULAMENTAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DO CURSO DE BIOMEDICINA

REGULAMENTAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO (TCC) DO CURSO DE BIOMEDICINA MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Alfenas. UNIFAL-MG Rua Gabriel Monteiro da Silva, 700. Alfenas/MG. CEP 37130-000 Fone: (35) 3299-1000. Fax: (35) 3299-1063 REGULAMENTAÇÃO DO TRABALHO DE CONCLUSÃO

Leia mais

FACULDADE PITÁGORAS DE UBERLÂNDIA MG Técnicas de Comunicação Oral e Escrita

FACULDADE PITÁGORAS DE UBERLÂNDIA MG Técnicas de Comunicação Oral e Escrita FACULDADE PITÁGORAS DE UBERLÂNDIA MG Técnicas de Comunicação Oral e Escrita Uberlândia / 2014 Profa. Ketiuce Ferreira Silva ketiuce@yahoo.com.br www.ketiuce.com.br roblematizando... Qual a importância

Leia mais

Índice. 1. A Pesquisa Quantitativa...3 2. A Produção Científica nas Diversas Áreas do Conhecimento...3

Índice. 1. A Pesquisa Quantitativa...3 2. A Produção Científica nas Diversas Áreas do Conhecimento...3 GRUPO 6.3 MÓDULO 17 Índice 1. A Pesquisa Quantitativa...3 2. A Produção Científica nas Diversas Áreas do Conhecimento...3 2.1. A Produção Científica... 3 2.2. Divulgação Científica... 3 2.3. Comunicação

Leia mais

O Projeto de Pesquisa. Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior

O Projeto de Pesquisa. Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior O Projeto de Pesquisa Prof. Dr. Guanis de Barros Vilela Junior O Projeto de Pesquisa IDENTIFICAR OS ELEMENTOS DE UM PROJETO DE PESQUISA; ESCLARECER COMO ELABORAR UM PROJETO DE PESQUISA. INTRODUÇÃO O Projeto

Leia mais

PPGEM - Iniciação a Pesquisa

PPGEM - Iniciação a Pesquisa UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS ESCOLA DE ENGENHARIA Programa de Pós-Graduação em Engenharia Metalúrgica, Materiais e de Minas Av. Antonio Carlos, 6627 Bloco II - sala 2230 31270-901 Belo Horizonte,

Leia mais

Sumário. Parte I As exigências básicas das provas discursivas

Sumário. Parte I As exigências básicas das provas discursivas Sumário Prefácio à 2 a edição, revista e atualizada Apresentação XVII XXI Parte I As exigências básicas das provas discursivas Introdução 2 I. Itens mais gerais estipulados pelas bancas 2 II. Dois editais

Leia mais

Normalização de trabalhos Acadêmicos. ABNT NBR 14724-2011 -Informação e documentação - Trabalhos Acadêmicos-

Normalização de trabalhos Acadêmicos. ABNT NBR 14724-2011 -Informação e documentação - Trabalhos Acadêmicos- Normalização de trabalhos Acadêmicos ABNT NBR 14724-2011 -Informação e documentação - Trabalhos Acadêmicos- Esta norma específica os princípios gerais para a elaboração de trabalhos acadêmicos (teses,

Leia mais

BIBLIOTECA DE CIÊNCIAS JURÍDICAS. NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE DOCUMENTOS CIENTÍFICOS: TRABALHOS ACADÊMICOS Aula 1

BIBLIOTECA DE CIÊNCIAS JURÍDICAS. NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE DOCUMENTOS CIENTÍFICOS: TRABALHOS ACADÊMICOS Aula 1 BIBLIOTECA DE CIÊNCIAS JURÍDICAS NORMAS PARA APRESENTAÇÃO DE DOCUMENTOS CIENTÍFICOS: TRABALHOS ACADÊMICOS Aula 1 Paula Carina de Araújo paulacarina@ufpr.br 2014 Pesquisa Pesquisa Atividade básica da ciência

Leia mais

Normas para os ensaios

Normas para os ensaios Normas para os ensaios REGRAS DA ELABORAÇÃO DE UM ENSAIO I. Noção O ensaio escolar é uma pequena peça escrita de análise de determinado problema, com vista a identificar uma questão, discorrer sobre ela

Leia mais

Metodologia Científica

Metodologia Científica Metodologia Científica Prof. William Costa Rodrigues FAETEC/IST Paracambi 2007 Metodologia Científica: Conceitos e Definições É um conjunto de abordagens, técnicas e processos utilizados pela ciência para

Leia mais

MANUAL DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

MANUAL DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO MANUAL DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO PARA OS ESTUDANTES DE FISIOTERAPIA MONTES CLAROS - MG APRESENTAÇÃO Prezado(a) aluno(a): Este manual tem como objetivo orientá-lo quanto às normas do Trabalho de

Leia mais

Sumário. 1. Criar condições favoráveis para uma aprendizagem bem-sucedida 23. Introdução 11. Os marcos teóricos de referência 14

Sumário. 1. Criar condições favoráveis para uma aprendizagem bem-sucedida 23. Introdução 11. Os marcos teóricos de referência 14 Sumário Introdução 11 Os marcos teóricos de referência 14 Eixos didáticos convergentes 16 Anexo 1. Memória viva 19 Anexo 2. Algumas datas 22 1. Criar condições favoráveis para uma aprendizagem bem-sucedida

Leia mais

3 c m FACULDADE DE COLIDER-FACIDER ( NOME) 3 cm (TÍTULO DO PROJETO)

3 c m FACULDADE DE COLIDER-FACIDER ( NOME) 3 cm (TÍTULO DO PROJETO) 3 c m FACULDADE DE COLIDER-FACIDER ( NOME) 3 cm (TÍTULO DO PROJETO) 2 cm (arial / times roman 12 ) TIRAR NUMERAÇÃO PARA IMPRESSAO CAPA CIDADE/ESTADO 2 c m ANO (NOME) TÍTULO DO PROJETO) (arial / times roman

Leia mais

MATEMÁTICA E ENEM. Luiz Henrique Almeida de Souza do Nascimento UFMS luiz_g4@hotmail.com. Nathalia Teixeira Larrea UFMS nathalia_tl@hotmail.

MATEMÁTICA E ENEM. Luiz Henrique Almeida de Souza do Nascimento UFMS luiz_g4@hotmail.com. Nathalia Teixeira Larrea UFMS nathalia_tl@hotmail. MATEMÁTICA E ENEM Luiz Henrique Almeida de Souza do Nascimento UFMS luiz_g4@hotmail.com Nathalia Teixeira Larrea UFMS nathalia_tl@hotmail.com Luzia Aparecida de Souza UFMS luzia.souza@ufms.br Resumo Este

Leia mais

12 EXCEL MACROS E APLICAÇÕES

12 EXCEL MACROS E APLICAÇÕES INTRODUÇÃO O principal objetivo deste livro é auxiliar o leitor na sua aprendizagem sobre os recursos avançados do Excel em especial na interligação com o Visual Basic for Applications (VBA). Pretende-se

Leia mais

PRINCÍPIOS PARA A REDAÇÃO DE UMA DISSERTAÇÃO OU TESE

PRINCÍPIOS PARA A REDAÇÃO DE UMA DISSERTAÇÃO OU TESE 1 PRINCÍPIOS PARA A REDAÇÃO DE UMA DISSERTAÇÃO OU TESE Prof. Dr. Flávio Villaça Professor Titular de Planejamento Urbano da FAU-USP Versão de 20/12/04 Flavila@uol.com.br INTRODUÇÀO Este texto foi elaborando

Leia mais

DICAS PARA O TRABALHO FINAL Artigo Acadêmico

DICAS PARA O TRABALHO FINAL Artigo Acadêmico DEPARTAMENTO... : ADMINISTRAÇÃO GERAL E RECURSOS HUMANOS (ADM) CURSO... : MESTRADO EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS (CMAE) DISCIPLINA... : TRANSFORMAÇÃO ORGANIZACIONAL PROFESSOR... : - MIGUEL P. CALDAS PERÍODO...

Leia mais

INSTITUTO FLORENCE DE ENSINO COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM (TÍTULO DO PROJETO) Acadêmico: Orientador:

INSTITUTO FLORENCE DE ENSINO COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM (TÍTULO DO PROJETO) Acadêmico: Orientador: INSTITUTO FLORENCE DE ENSINO COORDENAÇÃO DE PÓS-GRADUAÇÃO CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO EM (TÍTULO DO PROJETO) Acadêmico: Orientador: São Luis 2015 (TÍTULO DO PROJETO) (NOME DO ALUNO) Projeto de Pesquisa do Programa

Leia mais

FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL - UniBrasil CURSO DE ADMINISTRAÇÃO NÚCLEO DE PESQUISAS E PRÁTICAS EM ADMINISTRAÇÃO ESTAGIÁRIO(A): XXXXXXXXXXXXXX

FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL - UniBrasil CURSO DE ADMINISTRAÇÃO NÚCLEO DE PESQUISAS E PRÁTICAS EM ADMINISTRAÇÃO ESTAGIÁRIO(A): XXXXXXXXXXXXXX 1 FACULDADES INTEGRADAS DO BRASIL - UniBrasil CURSO DE ADMINISTRAÇÃO NÚCLEO DE PESQUISAS E PRÁTICAS EM ADMINISTRAÇÃO ESTAGIÁRIO(A): XXXXXXXXXXXXXX RELATÓRIO FINAL DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO Relatório Final

Leia mais

As Etapas da Pesquisa D R. G U A N I S D E B A R R O S V I L E L A J U N I O R

As Etapas da Pesquisa D R. G U A N I S D E B A R R O S V I L E L A J U N I O R As Etapas da Pesquisa D R. G U A N I S D E B A R R O S V I L E L A J U N I O R INTRODUÇÃO A pesquisa é um procedimento reflexivo e crítico de busca de respostas para problemas ainda não solucionados. O

Leia mais

ORIENTAÇÕES METODOLÓGICAS PARA SUBMISSÃO DE PROJETO DE PESQUISA AO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA DA UPE

ORIENTAÇÕES METODOLÓGICAS PARA SUBMISSÃO DE PROJETO DE PESQUISA AO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA DA UPE ORIENTAÇÕES METODOLÓGICAS PARA SUBMISSÃO DE PROJETO DE PESQUISA AO COMITÊ DE ÉTICA EM PESQUISA DA UPE PREÂMBULO A avaliação metodológica segue a orientação do Artigo 9.2. do Manual Operacional dos CEPs,

Leia mais

PRODUÇÃO DE SIGNIFICADOS NA SALA DE AULA DE MATEMÁTICA DO ENSINO FUNDAMENTAL

PRODUÇÃO DE SIGNIFICADOS NA SALA DE AULA DE MATEMÁTICA DO ENSINO FUNDAMENTAL PRODUÇÃO DE SIGNIFICADOS NA SALA DE AULA DE MATEMÁTICA DO ENSINO FUNDAMENTAL Amarildo Melchiades da Silva Universidade Federal de Juiz de Fora xamcoelho@terra.com.br José Eduardo Ferreira da Silva C.A.

Leia mais

Aula 7: Métodos de raciocínio

Aula 7: Métodos de raciocínio Aula 7: Métodos de raciocínio São modelos conscientes de organização do pensamento Desde pequenos, ouvimos que a principal característica que diferencia os seres humanos dos animais é o fato de aqueles

Leia mais

Faculdades Integradas de Taquara

Faculdades Integradas de Taquara Faculdades Integradas de Taquara Credenciada pela Portaria 921, de 07/11/2007, D.O.U. de 08/11/2007 NORMAS PARA A REDAÇÃO DO ARTIGO CIENTÍFICO *Berenice Gonçalves Hackmann 1 *Daiana Campani de Castilhos

Leia mais

Curso de Especialização em DOCÊNCIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL E ANOS INICIAIS

Curso de Especialização em DOCÊNCIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL E ANOS INICIAIS Curso de Especialização em DOCÊNCIA NA EDUCAÇÃO INFANTIL E ANOS INICIAIS ÁREA DO CONHECIMENTO: Educação NOME DO CURSO: Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, especialização em Docência na Educação Infantil

Leia mais

Pré-texto. Texto. Pós-texto. Estrutura do Trabalho Final de Curso. A estrutura do Trabalho Final de Curso compreende: pré-texto, texto e pós-texto.

Pré-texto. Texto. Pós-texto. Estrutura do Trabalho Final de Curso. A estrutura do Trabalho Final de Curso compreende: pré-texto, texto e pós-texto. Estrutura do Trabalho Final de Curso A estrutura do Trabalho Final de Curso compreende: pré-texto, texto e pós-texto. Pré-texto Capa Folha de Rosto Dedicatória Agradecimentos Epígrafe Resumo Sumário Texto

Leia mais

Escrita de Dissertações e Teses

Escrita de Dissertações e Teses Escrita de Dissertações e Teses - Dicas para Melhorar - Prof. Rolf Bertrand Schroeter 25/9/2013 Dicas para Escrever R. Schroeter 1/31 Tópicos da Apresentação Motivação Etapas de um Mestrado/Doutorado Dissertação

Leia mais

TÍTULO DA FUTURA MONOGRAFIA: SUBTÍTULO, SE HOUVER.

TÍTULO DA FUTURA MONOGRAFIA: SUBTÍTULO, SE HOUVER. 1 UNIVERSIDADE METODISTA DE SÃO PAULO FACULDADE DE HUMANIDADES E DIREITO CURSO DE DIREITO NOME DO AUTOR TÍTULO DA FUTURA MONOGRAFIA: SUBTÍTULO, SE HOUVER. SÃO BERNARDO DO CAMPO 2014 2 NOME DO AUTOR TÍTULO

Leia mais

Sumário. Agradecimentos... 7 Introdução... 15 SOCIOLOGIA. 2.3.4.1. Primeiro momento da alienação... 43 2.3.4.2. Segundo momento da alienação...

Sumário. Agradecimentos... 7 Introdução... 15 SOCIOLOGIA. 2.3.4.1. Primeiro momento da alienação... 43 2.3.4.2. Segundo momento da alienação... Cód. barras: STJ00095025 (2013) Sumário Agradecimentos... 7 Introdução....................... 15 Parte I SOCIOLOGIA 1. Origens da Sociologia... 27 1.1. As origens históricas e conceituais da Sociologia...

Leia mais

PROVA DE REDAÇÃO NO VESTIBULAR DA UFSM 2014

PROVA DE REDAÇÃO NO VESTIBULAR DA UFSM 2014 1 PROVA DE REDAÇÃO NO VESTIBULAR DA UFSM 2014 Prova de redação na perspectiva de gênero textual Com o propósito de avaliar a proficiência dos candidatos na leitura e na escrita pelo uso da língua portuguesa

Leia mais

SITUAÇÃO DE PRODUÇÃO DA RESENHA NO ENSINO SUPERIOR

SITUAÇÃO DE PRODUÇÃO DA RESENHA NO ENSINO SUPERIOR RESENHA Neste capítulo, vamos falar acerca do gênero textual denominado resenha. Talvez você já tenha lido ou elaborado resenhas de diferentes tipos de textos, nas mais diversas situações de produção.

Leia mais

ESTILO DE REDAÇÃO LITERÁRIA

ESTILO DE REDAÇÃO LITERÁRIA ESTILO DE REDAÇÃO LITERÁRIA Estrutura do Texto Dissertativo A estrutura de um texto dissertativo está baseada em três momentos: 1. Introdução: Também chamada de "Tese", nesse momento, o mais importante

Leia mais

PORTIFÓLIO DA OFICINA CURRICULAR DE ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS ATIVIDADES DO MAIS EDUCAÇÃO

PORTIFÓLIO DA OFICINA CURRICULAR DE ORIENTAÇÃO DE ESTUDOS ATIVIDADES DO MAIS EDUCAÇÃO ESCOLA ESTADUAL FERNANDO NOBRE TEMPO INTEGRAL ALMERI CASTRO (Monitor Mais Educação) ROSELI DE PAULA RAMOS (8ª série) VALDIRENE LUCIA VIEIRA DEHEZA (6º, 7º e 8º ano) PORTIFÓLIO DA OFICINA CURRICULAR DE

Leia mais

ORIENTAÇÃO PARA MELHORAR A ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS TÉCNICOS NO ENSINO DE ENGENHARIA

ORIENTAÇÃO PARA MELHORAR A ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS TÉCNICOS NO ENSINO DE ENGENHARIA Artigo apresentado no III Encontro de Professores de Engenharia da UERJ Rio de Janeiro, novembro de 1997 ORIENTAÇÃO PARA MELHORAR A ELABORAÇÃO DE RELATÓRIOS TÉCNICOS NO ENSINO DE ENGENHARIA José Paulo

Leia mais

MANUAL DE NORMATIZAÇÃO ATELIER TÉCNICO-CIENTÍFICO

MANUAL DE NORMATIZAÇÃO ATELIER TÉCNICO-CIENTÍFICO MANUAL DE NORMATIZAÇÃO ATELIER TÉCNICO-CIENTÍFICO Vitória/2012 - Atualização/2014 2 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO... 3 PAINÉL OU PÔSTER... 4 RESUMO EXPANDIDO... 6 RESENHAS: CRÍTICA E/OU TEMÁTICA... 7 PAPER... 9

Leia mais

REDAÇÃO. Colégio Anísio Teixeira Redação 1 ano

REDAÇÃO. Colégio Anísio Teixeira Redação 1 ano REDAÇÃO Colégio Anísio Teixeira Redação 1 ano Por onde começar? Transforme a proposta em pergunta, como por exemplo: Quais são as regras que regem os comportamentos nas redes sociais?. Com base isso, tente

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE DIREITO (2014)

MATRIZ CURRICULAR DO CURSO DE DIREITO (2014) 1º SEMESTRE 1 História e Institutos Jurídicos 4 80 2 Informática Aplicada ao Direito 4 80 3 Linguagem Jurídica 4 80 4 Ciência Política e TGE 4 80 5 Teoria Geral do Direito 4 80 6 Iniciação à Pesquisa Científica

Leia mais

1. Normas para inscrição de trabalhos

1. Normas para inscrição de trabalhos I CONGRESSO DE ENFERMAGEM DA FACULDADE ASCES DESAFIOS DO CUIDADO INTEGRAL: UM OLHAR PARA OS CENÁRIOS DE TRANSFORMAÇÃO 25 e 26/09/2014 FACULDADE ASCES, CAMPUS II NORMAS E PROCEDIMENTOS PARA SUBMISSÃO, SELEÇÃO

Leia mais

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras realizar a pesquisa

Núcleo de Pós Graduação Pitágoras realizar a pesquisa Núcleo de Pós Graduação Pitágoras realizar a pesquisa Como fazer pesquisa? interpretar resultados Especialização em Engenharia de Software com Ênfase em Java Disciplina: Orientação de Conclusão de Curso

Leia mais

TJ/RJ. Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro ANALISTA JUDICIÁRIO

TJ/RJ. Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro ANALISTA JUDICIÁRIO Edição 1ª 7 8 9 8 4 8 1 9 2 4 2 9 7 Inclui questões gabaritadas! TJ/RJ Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro ANALISTA JUDICIÁRIO Data de fechamento desta edição: 08/08/2011 O conteúdo desta apostila é

Leia mais

Normas técnicas para a monografia de graduação da Faculdade de Letras

Normas técnicas para a monografia de graduação da Faculdade de Letras UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO FACULDADE DE LETRAS DIREÇÃO ADJUNTA DE GRADUAÇÃO SEÇÃO DE ENSINO Normas técnicas para a monografia de graduação da Faculdade de Letras 2 SUMÁRIO 1 APRESENTAÇÃO...

Leia mais

FACULDADE D. PEDRO II MANUAL DE PROCEDIMENTOS DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE SERVIÇO SOCIAL

FACULDADE D. PEDRO II MANUAL DE PROCEDIMENTOS DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE SERVIÇO SOCIAL FACULDADE D. PEDRO II MANUAL DE PROCEDIMENTOS DO TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO DE SERVIÇO SOCIAL TÍTULO I CARACTERIZAÇÃO E OBJETIVOS CAPÍTULO I DA FINALIDADE E CARACTERIZAÇÃO Art. 1º - Este manual destina-se

Leia mais