A língua, a arte e a voz do trabalhador

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A língua, a arte e a voz do trabalhador"

Transcrição

1 ANO VII NÚMERO de Abril de 2012 A língua, a arte e a voz do trabalhador dia 1º de maio foi definido como o Dia do Trabalho O ou o Dia do Trabalhador em diversos países do mundo a partir do ano de 1886, quando, na industrializada Chicago (Estados Unidos), milhares de trabalhadores foram às ruas reivindicar melhores condições de trabalho, entre elas, a redução da jornada de treze para oito horas diárias. No Brasil, a data tornou-se oficial somente em setembro de 1925, após a criação de um decreto do então presidente Artur Bernardes. Também foi num 1 de maio, mas em 1940, que o presidente Getúlio Vargas instituiu o salário mínimo, valor mensal destinado a suprir as necessidades básicas da família do trabalhador. Após todos esses anos, e conscientes dos avanços obtidos desde a revolta de Chicago, sabemos que muitos ainda sofrem com jornadas de trabalho abusivas, péssimas condições de trabalho e salários mínimos muito aquém do suprimento das necessidades básicas que um ser humano tem para viver em sociedade. Por conta disso, o Dia do Trabalho é sempre mundialmente marcado por manifestações, passeatas, greves e movimentos reivindicatórios, que viraram a principal forma de expressão do trabalhador explorado a sua voz. Foi preciso usar a linguagem como instrumento de mudança para que os trabalhadores se reunissem e se organizassem em torno de seus ideais comuns. É preciso usar a linguagem para que os trabalhadores do mundo entendam a língua dos seus direitos, a língua da justiça social. E a linguagem na forma de arte sempre esteve presente, em todas as suas formas, para falar da dor, do sonho, da vida de quem trabalha. Café com literatura Na quinta, 29 de abril, a FALE lançou o seu Cafezinho Literário com a presença ilustre do Reitor da PUCRS, Ir. Joaquim Clotet. O Reitor usou os trinta minutos para falar de Charles Dickens e do romance David Copperfield. O reitor contou um pouco da vida de Dickens e de algumas aproximações entre o autor e obra, enfocando as qualidades da personagem e trazendo aos espectadores muitas referências de sua principal área de atuação, a Bioética. O tempo foi curto para tantas reflexões e referências! Essa é a principal ideia do projeto: trazer pessoas das mais diversas áreas para uma conversa rápida sobre um livro, um autor que marcou sua vida. Ao final, todos os convidados recebem um marcador de página com uma frase escolhida pelo convidado. Ana Ibaños David Copperfield, um dos livros que marcou a vida do reitor Joaquim Clotet Divulgação Marcador de página oferecido à plateia no primeiro Cafezinho Literário Os encontros serão sempre nas últimas quintasfeiras, às 13h, no saguão da Faculdade de Arquitetura. O próximo Cafezinho Literário será dia 31 de maio e o convidado será o professor Ivan Izquierdo, que vai falar sobre Jorge Luis Borges. O evento é aberto para toda a comunidade acadêmica. Esperamos todos lá! (Colaboração: Juliana Grünhäuser)

2 FALE em notícias II Congresso Internacional de Leitura e Literatura Infantil e Juvenil - II CILLIJ 9, 10 e 11 de maio, das 14h às 21h, no Auditório do Prédio 40 e nas salas da FALE Na segunda semana de maio, o Congresso Internacional de Leitura e Literatura Infantil e Juvenil chega a sua terceira edição bienal e traz para o foco das discussões acadêmicas as tecnologias relacionadas à leitura e à literatura. Na edição de 2012, então, o evento coloca-se como uma proposta de cartografia da construção contemporânea do indivíduo pela mediação, seja por computador, celulares, ou gadgets em relação íntima com os formatos possíveis de livro de literatura. A palestra de abertura ficará sob a tutela de Elias José Torres Feijó, da Universidade de Santiago de Compostela. Serão dez Grupos de Reflexão (círculos de debates temáticos) e doze Simpósios (apresentação de trabalhos), além de atividades culturais e de dois cursos paralelos: um direcionado para a pós-graduação ( Literatura e cultura: novas linhas de pesquisa e transferência de resultados, ministrado por Elias José Torres Feijó) e outro para a graduação ( Formação de Agentes de Leitura: novas práticas leitoras e nossa função, ministrado por Nilza Rezende, da Cátedra Unesco, e Jéferson Assumção, da SEDAC- RS). Pós-Graduação oferece curso com professora de Portugal O Programa de Pós-Graduação da Faculdade de Letras oportuniza aos alunos de mestrado e doutorado o curso O Riso na História da Literatura Brasileira, ministrado pela professora Doutora Beatriz Weigert, titular da Universidade de Évora e pesquisadora do CLEPUL (Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias) da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, onde integra o Grupo de Investigação Brasil Portugal: Cultura, Literatura, Memória. O curso acontece de 14 a 18 de maio, no horário das 14h30min às 17h30min, e tem como objetivo estudar as formas de provocação do riso, percorrendo os diferentes períodos da história da Literatura Brasileira. A atividade vale como um crédito (15 horas) para os estudantes da pós. A organização é do professor Paulo Ricardo Kralik. Informações pelo ou Beatriz Weigert falará sobre o riso na literatura brasileira FALE em revista Aula inaugural No último dia 18, a FALE contou com a presença do professor e linguista Carlos Alberto Faraco para iniciar oficialmente o semestre letivo da Faculdade. Tomando como pano de fundo o tema Letras: entre a ciência, a arte e a política, Faraco suscitou a reflexão quanto às dificuldades que a Linguística enfrenta para ser aceita como ciência pela sociedade e até mesmo pelos acadêmicos de Letras. Abordou, dessa forma, o árduo trabalho que as faculdades da área administram para formar alunos que sejam capazes de perceber a importância das variedades linguísticas e que resistiam às críticas das ondas intelectuais que negam a Linguística como ciência. No seu ponto de vista, cabe à escola oferecer aos estudantes condições para ampliar sua experiência de letramento, ou seja, ensinar a linguagem padrão em contraste com variações da língua, a fim de que eles aceitem com naturalidade o fato de os falantes poderem dominar mais de uma dessas variedades existentes. Ao comentar, de forma geral, sobre o curso de Letras, Faraco afirmou que este não é baseado apenas na literatura, mas também no estudo científico da linguagem verbal, da linguagem histórica e no desenvolvimento da atividade científica. Para ele, o curso oferece uma oportunidade de olhar para o mundo e para a arte literária da perspectiva científica, pois o bom estudo da literatura deve dar atenção, também, ao estudo da ciência e da linguagem.

3 Ao comentar, de forma geral, sobre o curso de Letras, Faraco afirmou não ser baseado só no estudo da literatura, como muitos acreditam, mas também no estudo científico da linguagem verbal, da linguagem histórica e no desenvolvimento da atividade científica. Para ele, o curso oferece uma oportunidade de olhar o mundo e a arte literária da perspectiva científica, pois o bom estudo da literatura deve dar atenção, também, ao estudo da ciência e da linguagem. Anote! Enquanto seres de linguagem, o mundo ganha sentido semioticamente e não há conhecimento fora das linguagens. Carlos Alberto Faraco IV Seminário Internacional de Fonologia O IV Seminário Internacional de Fonologia, realizado na PUCRS entre os dias 25 e 27 de abril do presente ano, foi uma promoção conjunta dos programas de Pós-Graduação em Letras da PUCRS e da UFRGS, coordenada pelas professoras Dr. Leda Bisol e Dr. Gisela Collischonn. A quarta edição dá continuidade à proposta das edições anteriores, de promover o debate sobre temas atuais da fonologia com a presença de conceituados pesquisadores internacionais e brasileiros. Este ano, o Seminário, contou com quatro conferências: Mudança sonora e fonologização, proferida por Paul Kiparsky da Stanford University; Traços de mudança na fonologia sincrônica: silabação no inglês e o ciclo de vida da lenição, abordada por Ricardo Bermúdez-Otero, da University of Manchester; A janela de três sílabas, proferida por Ben Hermans, do Meertens Institut-Amsterdam; e Consoantes de contorno nas línguas indígenas da América do Sul: aspectos fonéticos, fonológicos e tipológicos, proferida por Leo Wetzels, da Vrije Universiteit Amsterdam. O Seminário contou com 95 trabalhos apresentados em forma de comunicação oral ou pôster. Também contou com três mesas redondas: de Teoria Fonológica, que teve como participantes Maria Bernadete Abaurre (UNICAMP), Luiz Carlos da Silva Schwindt (UFRGS) e Seung Hwa-Lee (UFMG); de Variação e Mudança, com Dermeval da Hora (UFPB), Carmen Matzenauer (UCPel), Ubiratã Kickhöfel Alves (UFRGS) e Elisa Battisti (UFRGS); e de Fonologia das Línguas Indígenas, com Kristine Stenzel (UFRJ), Gean Damulakis (UFRJ) e Filomena Spatti Sândalo (UNICAMP). Antes do Seminário, os participantes tiveram a oportunidade de participar de três cursos com ministrantes internacionais nos dias 23 e 24 de abril: Teoria Fonológica e Prosódica, ministrado por Ben Hermans; Representações Fonológicas e Representações Fonéticas: Mecanismo de Aumento de Contraste, proferido por Léo Wetzels; e Interface e Mudança Fonológica, conduzido por Ricardo Bermúdez-Otero. Destaca-se a oportunidade de conhecimento oferecida ao público de diversas áreas relacionadas com a Fonologia e a divulgação de resultados recentes da pesquisa nacional, nas áreas de Fonética, Fonologia Teórica, Descrição Fonológica das Línguas Indígenas, Variação e Mudança Fonológica, Aquisição Fonológica, entre outras. O sucesso do evento deve-se à participação de todos: alunos, professores e pesquisadores. (Colaboração da Comissão Organizadora do Evento) Paul Kiparsky, da Stanford University, proferiu a palestra Mudança sonora e fonologização As coordenadoras do evento: Gisela Collischom (UFRGS) e Leda Bisol (PUCRS)

4 Enciclopédia no Curta um Conto Um menino que via o mundo através de verbetes de enciclopédia, um diretor de cinema que lia dicionários e enciclopédias quando criança. O menino é o protagonista do curta-metragem Enciclopédia. O diretor é Bruno Gularte Barreto, que inspirado nas suas memórias de infância escreveu o roteiro e dirigiu o curta. O encontro entre o menino e o diretor aconteceu na segunda edição do Curta um conto, realizado no di 17 de abril. Estavam presentes cerca de 50 alunos da graduação e da pós-graduação da Fale, que puderam ver o filme na íntegra e conversar com o diretor após a sessão. A conversa girou em torno, como era de se esperar, de enciclopédias, mas também de livros, discos e recordações de infância. O debate foi mediado por Luiz Roberto Amabile, jornalista e mestrando de Escrita Criativa. O próximo Curta um Conto será no dia 16 de maio, às 18h, na Arena do Celin, com a exibição do filme Terra Prometida, de Guilherme Castro. O diretor estará presente para conversar com a plateia. Mais informações estão disponíveis no blog: fragmentosdesentido-pucrs.blogspot.com.br/ Maria Eugênia Bonocore Bruno Gularte Barreto e Luis Roberto Amabile no Curta um Conto Transcriações no Limiar das Narrativas: Hibridismo e Multilinearidade Na sexta-feira, dia 27 de abril, a Arena do CELIN sediou o debate Transcriações: adaptação e literatura. A fala ficou ao encargo de Caroline Becker e Fernanda Borges, alunas do PPGL. Becker, mestranda, falou sobre a adaptação do romance de Machado de Assis para a televisão, na minissérie Capitu, dirigida por Luiz Fernando Carvalho. A doutoranda Fernanda Borges trabalhou o caminho inverso, ou seja, a adaptação de uma obra cinematográfica para um texto literário. Seu enfoque foi no conto Aqueles dois, de Caio Fernando Abreu, e no filme Infâmia, dirigido por William Wyler. O debate faz parte do evento No Limiar das Narrativas: hibridismo e multilinearidade, promovido pelo grupo de pesquisa Limiares Comparatistas e Diásporas Disciplinares: Estudo de Paisagens Identitárias na Contemporaneidade, com coordenação do professor Ricardo Barberena. A próxima edição será no dia 25 de maio, das 17h30 às 19h, sobre o tema Literatura na sala de aula. (Colaboração: Augusto Paim) Fernanda Borges e Caroline Becker no Transcriações no Limiar das Narrativas Hibridismo e Multilinearidade

5 Nova representante discente do PPGL No dia 18 de abril foi eleita como representante discente do PPGL a aluna Cristiane Dall Cortivo, doutoranda do 7º semestre de Linguística. Cristiane participará das reuniões da Comissão Coordenadora do Pós em Letras e do Colegiado da FALE; e, ainda, da Comissão Própria de Avaliação da PUCRS, que é responsável por todo o processo de avaliação e autoavaliação institucional, e também da Câmara de Pesquisa e Pós-Graduação. Arquivo Pessoal Representante discente do PPGL Anote! O de contato da Cristiane é Apitaço da Graduação Na última quinta feira, 26 de abril, ocorreu nos corredores da FALE o tradicional apitaço dos formandos da graduação. Esse acontecimento, que interrompe com sua barulhenta alegria e contagiante emoção algumas aulas, tem a intenção de convidar determinados professores para serem homenageados na cerimônia de formatura, e também de escolher a paraninfa ou paraninfo. Essa é uma etapa importantíssima para os graduandos que se encontram às vésperas da conclusão do curso. É certamente um marco que os separa da etapa quase concluída e os coloca frente a frente com um futuro promissor e cheio de novos desafios. Em 2012/1 serão homenageados Jane Rita Caetano da Silveira (Paraninfa), Adriana Angelim Rossa (Inglês), Antonio Dalpicol (Português), Maria Izabel De La Puerta Chitao (Espanhol), Bruno Jorge Bergamin (Paraninfo Espiritual) e Claudia Castro (Funcionária). Alunas preparadas para o apitaço

6 FALE no mundo Nesta edição, a doutoranda em Teoria da Literatura Paloma Laitano nos conta como está sendo o seu doutorado-sanduíche em Coimbra. As monumentais de Coimbra A Universidade de Coimbra foi fundada em 1290, o que a torna a mais antiga universidade de Portugal. Para chegar até as faculdades, os alunos passam antes por uma prova de fôlego: subir as escadas monumentais (são 125 longos degraus). Passei pelo teste em fevereiro, quando iniciei meu estágio de doutorado sanduíche, com bolsa da Capes. Na Faculdade de Letras, sob a orientação da professora Ana Paula Arnaut, estou realizando a pesquisa para minha tese de doutorado Crônica, memórias e romance: do espaço autobiográfico ao espaço ficcional de José Saramago. A professora é uma das principais estudiosas da obra saramaguiana, e na biblioteca da Faculdade de Letras é possível encontrar diversos estudos sobre Saramago e obras teóricas sobre a autobiografia. Durante os primeiros três meses do estágio, frequentei a disciplina do curso de doutorado Poiesis e (des)construção de identidades, ministrada pela Arnaut e tive a oportunidade de assistir diversas palestras e conferências organizadas pelos institutos da Faculdade. Esse período de estudo em Portugal tem possibilitado acesso aos textos teóricos sobre José Saramago, principalmente os relacionados aos primeiros anos de produção do autor, que dizem respeito à produção das crônicas. Além dos estudos teóricos, nos próximos meses, pretendo visitar a Fundação José Saramago, com sede na Casa dos Bicos, em Lisboa, que deve abrir ao público em junho, com uma exposição sobre a vida e a obra do autor. Arquivo Pessoal Paloma em frente à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra FALE por aí I Seminário de Língua e Literatura: Interações e Interfaces De 29 de maio a 1 de junho a FACCAT realizará o I Seminário de Língua e Literatura: Interações e Interfaces com palestras, mesas redondas, atrações artísticas e sessões de comunicações. Uma das organizadoras do evento é Luciane Maria Wagner Raupp, professora na FACCAT e doutoranda em Teoria da Literatura na PUCRS. Entre a programação estão duas mesas redondas que contarão com a presença de alunos da pós-graduação da FALE: no dia 31 de maio, às 21h, Ângela Inês Klei e Bárbara de Lavra Pinto discutem Aspectos cognitivos envolvidos na produção e na compreensão da linguagem, e no dia 1 de junho, às 19h30min, Juliana Grünhäuser, Camila Doval e Bruno Mazolini de Barros debatem Nas veredas de Riobaldo: as relações amorosas, as paixões e os ciúmes em Grande sertão: veredas, sob coordenação de Luciane Raupp. Agende-se! As inscrições de comunicadores serão recebidas até 20 de maio e de ouvintes até 29 de maio pelo site Poeminha sobre o Trabalho Chego sempre à hora certa, contam comigo, não falho, pois adoro o meu emprego: o que detesto é o trabalho. Millôr Fernandes

7 Palco PUCRS terá 20 bandas A Pró-Reitoria de Assuntos Comunitários (Prac) divulga as 20 bandas selecionadas pela comissão julgadora para próxima fase do concurso Palco PUCRS no site Essa primeira edição teve 73 inscrições, entre bandas, duplas e diferentes formações com estilo musical variado. A etapa seguinte ocorre nos dias 26 e 27/5, no Salão de Atos, entre 17h e 22h, com uma apresentação ao vivo das 20 selecionadas. Confira em youtube.com/user/concursopalcopucrs/videos Ei, você! Você é aluno da FALE e está participando do Palco PUCRS? Mande o nome da sua banda para que possamos divulgar e torcer juntos! Professor da FALE ministra curso sobre Eça de Queirós O professor visitante da FALE Carlos Reis ministrará o curso Arqueologia Literária: como Eça de Queirós escrevia romances, na Oficina Literária Charles Kiefer (Rua Itororó, 175/sala 206 bairro Menino Deus), a partir do dia 18 de maio, sempre às sextas-feiras, em um total de quatro encontros. As aulas serão das 17h30min às 19h. O curso toma como ponto de partida a análise de diversos manuscritos, em diferentes momentos de elaboração, observando os procedimentos de escrita da narrativa que, desde os seus momentos mais remotos, conduziram ao estágio final do relato. Incluem-se neste processo diversas revisões e novas versões publicadas, sempre com o apoio de textos trabalhados pelo escritor. Informações e inscrições pelo telefone ou pelo site Curso tem como base manuscritos de Eça de Queirós Biblioteca Central da PUCRS adquire coleção de revista de Crítica Genética A Biblioteca Central Irmão José Otão, adquiriu a coleção da revista internacional de crítica genética Genesis (Manuscritos Pesquisa Invenção). A revista, criada em 1992, Genesis é elaborada pelo Institut des Textes et Manuscrits Modernes (ITEM), situado em Paris. É uma revista semestral que visa promover o manuscrito literário como objeto científico e, de forma mais geral, tem o intuito de apresentar e discutir os processos de criação na literatura, nas artes e nas ciências. Para isso, Genesis pretende ser um lugar de divulgação, de debate, de troca e de construção teórica a serviço de uma disciplina em plena expansão a crítica genética. São 29 os exemplares disponíveis para consulta na Biblioteca Central. Cada exemplar traz um dossiê acerca de um tema, mas também, estudos, resenhas, críticas, entrevistas, testemunhos e textos inéditos. Colaboram à revista, pesquisadores, professores e estudiosos dos processos criativos, como Antoine Compagnon, Philippe Lejeune ou Julia Kristeva. As entrevistas trazem depoimentos de escritores de renome tais como Pascal Quignard, Erri de Luca, Umberto Eco ou Serge Dubrovsky. A revista apresenta também inéditos de, entre outros, Roland Barthes, Francis Ponge, Merleau- Ponty ou ainda Miguel Angel Asturias. Alguns dos temas debatidos nos números da coleção são, por exemplo Arquivos, Cinema, Teatro, Formas, Filosofia, Melancolia, Escrita científica, Roland Barthes, A crítica genética no Brasil, Autobiografia, Correspondência, Semiótica, Arquitetura, Psicanálise, Escritura Musical, Poesia. Visite a Biblioteca ainda hoje!

8 FALE em livros Nesta quinzena, o NF traz a indicação de leitura do professor Jorge Campos da Costa, a obra Internet Linguistics, de David Crystal. David Crystal, reconhecido linguista conservador, tem desenvolvido uma valiosa discussão sobre a relação linguagem e internet. Em seu mais recente livro, Internet Linguistics, David Crystal se propôs a fornecer uma apropriada base descritiva dessa relação e possibilidades de aplicação dessa abordagem (incluindo Linguística Forense). Conforme o autor, não é mais racional se ignorar o maior banco de dados de linguagem do mundo e muito menos os linguistas ficarem indiferentes a esse novo campo de investigação. Conecte-se! Saiba mais sobre o trabalho do linguista David Crystal no site: E foi assim que o operário Do edifício em construção Que sempre dizia sim Começou a dizer não. E aprendeu a notar coisas A que não dava atenção: Notou que sua marmita Era o prato do patrão Que sua cerveja preta Era o uísque do patrão Que seu macacão de zuarte Era o terno do patrão Que o casebre onde morava Era a mansão do patrão Que seus dois pés andarilhos Eram as rodas do patrão Que a dureza do seu dia Era a noite do patrão Que sua imensa fadiga Era amiga do patrão. E o operário disse: Não! E o operário fez-se forte Na sua resolução. Trecho de O operário em construção, de Vinicius de Moraes

9 Dica FALE Eu receberia as piores notícias de seus lindos lábios Está em cartaz em alguns (poucos, infelizmente) cinemas de Porto Alegre um filme nacional que tem o surpreendente título Eu receberia as piores notícias de seus lindos lábios. Só pelo título já valeria a pena saber do que se trata, mas a grande notícia é que o filme é inspirado no romance homônimo do escritor Marçal Aquino, e tem recebido elogios da crítica pela qualidade da adaptação e pela atuação da atriz Camila Pitanga. Em 2003, durante sua participação na Festa Literária Internacional de Paraty, Marçal Aquino decidiu ler para a plateia um capítulo do romance Eu Conecte-se! receberia as piores notícias dos seus lindos lábios, que ainda não estava pronto. Na cabeça de Marçal, ele estava lidando ainda com um título provisório, quilométrico, extravagante e nada comercial. Durante a sua palestra na FLIP, instigado pelo jornalista Flávio Pinheiro, o escritor foi pressionado pelo público a revelar o nome da obra, acrescentando em seguida ter plena consciência de que nenhum editor publicaria um romance com um título daqueles. Foi então que o editor Luiz Schwarcz, da Companhia das Letras, que estava sentado na primeira fileira, ergueu o dedo e respondeu: Eu publico. Leia o texto de Marçal Aquino sobre o título do romance no blog da FLIP: param=2012%2f04%2f11%2faconteceu-na-flip%2f A obra de Aquino foi adaptada ao cinema por Beto Brant e Renato Ciasca Alana Vizentin, mestranda de Teoria da Literatura, é fã do romance de Aquino e enviou o seu convite à leitura: Um livro movido por grandes paixões, uma trama que envolve morte, traição e loucura. Eu receberia as piores notícias dos seus lindos lábios, de Marçal Aquino, não é uma obra que impacta somente pelo título. Um enredo envolvente e intrigante, no qual as personagens são joguetes de um destino trágico. A história se passa num ambiente sufocante, miserável e violento. A corrida pelo ouro cega os homens em um lugar no coração do Brasil em que tudo pode acontecer. E acontece. As personagens Cauby e Lavínia são fogo e palha, o incêndio está prestes a começar. Escrito em uma linguagem simples e direta, mesmo assim Aquino imprime um ritmo poético que irá prender o leitor até a última página. Eu recomendo a leitura àqueles que são capazes de confrontar-se com a loucura de uma paixão. O NF indica: leia o livro (disponível na Biblioteca Central da PUCRS) e assista ao filme antes que saia de cartaz! A obra de Marçal Aquino é um livro movido por grandes paixões

10 FALE em programas 9, 10 e 11 de maio II CILLIJ Congresso Internacional de Leitura e Literatura Infantil e Juvenil Horário: 8h - 22h Teatro do Prédio 40 e salas da FALE 16 de maio Curta um conto Horário: 17h30min - 19h Local: Prédio 08 - Sala 223 (Arena do CELIN) 21 a 23 de maio VI EnELLE Encontro sobre Ensino de Língua e Literatura Estrangeira Horário: a ser divulgado Local: a ser divulgado 25 e 26 de junho Portugal no Brasil: a cena do Rio Grande do Sul Horário: 8h30min - 18h Local: Prédio 08 - Sala 305 Novidades na equipe NF A equipe do NF precisou mudar. Nosso muito obrigado a Christiê Linhares, Juliana Grünhäuser e Monica Rodrigues, que agora passam a assumir outras atividades. Vocês sempre serão parte do nosso NF! Aline Job, Carolina Moreira Lewis, Daisy Pail e Jonas Saraiva passam a integrar a nossa equipe, juntamente com os já veteranos Camila Doval, Maurício Amaro e Natasha Centenaro, e o trabalho de diagramação do Murillo de Souza Rodrigues. Buscando sempre a qualidade e a renovação, a nossa equipe promete muito empenho, contando sempre com a participação dos nossos leitores. Maria Tereza Amodeo Coordenadora do NF Comunique, divulgue, participe: Coordenação: Maria Tereza Amodeo Edição: Camila Doval Redação: Aline Job, Camila Doval, Carolina Lewis, Daisy Pail, Jonas Saraiva, Maurício Amaro e Natasha Centenaro Diagramação: Murillo de Souza Rodrigues

Foi notícia: Reunião geral marca abertura do ano para pós-graduação

Foi notícia: Reunião geral marca abertura do ano para pós-graduação Olá. Eis o segundo Notícias FALE de 2015: fique atento, a partir deste novo número traremos sempre um pequeno índice dos textos. Na edição de maio, sendo assim, falamos do encontro do PPGL, da participação

Leia mais

Pré-requisito: Conhecimentos básicos de língua inglesa.

Pré-requisito: Conhecimentos básicos de língua inglesa. Pare de assistir e comece a escrever, criar e produzir para a televisão! A arte de contar histórias é a força cultural dominante no mundo contemporâneo, e as séries televisivas são o meio mais atraente

Leia mais

Como elaborar um relatório de pesquisa

Como elaborar um relatório de pesquisa Como elaborar um relatório de pesquisa Profa. Dra. Maria José B. Finatto - UFRGS - Instituto de Letras www.ufrgs.br/textecc Seminários Temáticos PROPESQ - 2012 Preâmbulo - sério! O Programa Institucional

Leia mais

Uma Biblioteca e a vontade de formar leitores.

Uma Biblioteca e a vontade de formar leitores. Uma Biblioteca e a vontade de formar leitores. Prof. Ms. Deisily de Quadros (FARESC) deisily@uol.com.br Graduando Mark da Silva Floriano (FARESC) markfloriano@hotmail.com Resumo: Este artigo apresenta

Leia mais

INFORME UVV-ES Nº21 29/07-04/08 de 2013 UVV POST. Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional

INFORME UVV-ES Nº21 29/07-04/08 de 2013 UVV POST. Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional UVV POST Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional EDITAIS DE MONITORIA E ESTÁGIO Até o dia 16 de agosto de 2013, estão abertas as inscrições para o preenchimento

Leia mais

Não Era uma Vez... Contos clássicos recontados

Não Era uma Vez... Contos clássicos recontados elaboração: PROF. DR. JOSÉ NICOLAU GREGORIN FILHO Não Era uma Vez... Contos clássicos recontados escrito por Vários autores Os Projetos de Leitura: concepção Buscando o oferecimento de subsídios práticos

Leia mais

Relatório de Atividades 2014

Relatório de Atividades 2014 Relatório de Atividades 2014 Aula Inaugural da Psicologia No dia 13 de março de 2014 no auditório da IES ocorreu a aula inaugural do semestre que abordou a temática Psicologia e políticas públicas: reflexões

Leia mais

Um grupo de alunos e uma professora. que decidiram escrever um livro...

Um grupo de alunos e uma professora. que decidiram escrever um livro... Um grupo de alunos e uma professora que decidiram escrever um livro... Tudo começou com um garoto chamado Luan que, num belo dia, resolveu compartilhar sua história... Luan Cardoso era um menino de apenas

Leia mais

ESCOLA ESTADUAL JOSÉ ROBERTO PACHECO

ESCOLA ESTADUAL JOSÉ ROBERTO PACHECO Planejamento Anual 2014 ESCOLA ESTADUAL JOSÉ ROBERTO PACHECO Identificação da turma: 3 Colegial A 1 Semestre de 2014 Identificação do professor: Tiago Silva de Oliveira Área do conhecimento: Língua Portuguesa

Leia mais

Curso: Letras Português ( 1 ª Licenciatura) II Bloco

Curso: Letras Português ( 1 ª Licenciatura) II Bloco Curso: Letras Português ( 1 ª Licenciatura) I Bloco Filosofia da Educação 60 horas Metodologia Científica 60 horas Iniciação à Leitura e Produção de Textos Acadêmicos 60 horas Introdução à filosofia e

Leia mais

Foi notícia: 50 anos do golpe militar

Foi notícia: 50 anos do golpe militar A Faculdade de Letras da PUCRS, em parceria com o Instituto Cervantes de Porto Alegre, promoveu no dia 23 de abril, às 19h30min, no Auditório da FAMECOS, a conferência Ortega y Gasset e a sociedade leitora

Leia mais

NADJA VLADI - Editora da revista Muito.

NADJA VLADI - Editora da revista Muito. NADJA VLADI - Editora da revista Muito. Jornalista, doutora em Comunicação e Cultura Contemporâneas pela Faculdade de Comunicação da UFBA. Atualmente atua como editora-coordenadora da revista Muito do

Leia mais

SECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DE MATO GROSSO SEDUC CENTRO DE FORMAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO DE PROFESSORES CEFAPRO ESCOLA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA

SECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DE MATO GROSSO SEDUC CENTRO DE FORMAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO DE PROFESSORES CEFAPRO ESCOLA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA SECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DE MATO GROSSO SEDUC CENTRO DE FORMAÇÃO E APERFEIÇOAMENTO DE PROFESSORES CEFAPRO ESCOLA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO BÁSICA ANDRÉ ANTÔNIO MAGGI SACOLA MÁGICA E LATA LITERÁRIA Claudia

Leia mais

III Línguas e Culturas Tupí. Histórico dos Encontros Internacionais sobre

III Línguas e Culturas Tupí. Histórico dos Encontros Internacionais sobre III Línguas e Culturas Tupí Histórico dos Encontros Internacionais sobre O III Encontro Internacional sobre Línguas e Culturas dos Povos Tupí foi estimulado pelos resultados positivos dos encontros anteriores

Leia mais

RELENDO A HISTÓRIA AO LER HISTÓRIAS

RELENDO A HISTÓRIA AO LER HISTÓRIAS RELENDO A HISTÓRIA AO LER HISTÓRIAS BRASÍLIA ECHARDT VIEIRA (CENTRO DE ATIVIDADES COMUNITÁRIAS DE SÃO JOÃO DE MERITI - CAC). Resumo Na Baixada Fluminense, uma professora que não está atuando no magistério,

Leia mais

edgar allan poe a filosofia da composição p r e fá c i o pedro süssekind t r a d u ç ã o léa viveiros de castro

edgar allan poe a filosofia da composição p r e fá c i o pedro süssekind t r a d u ç ã o léa viveiros de castro edgar allan poe a filosofia da composição p r e fá c i o pedro süssekind t r a d u ç ã o léa viveiros de castro sumário 9 prefácio. A lição aristotélica de Poe [Pedro Süssekind] 17 A filosofia da composição

Leia mais

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID

PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSA DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA - PIBID DETALHAMENTO DO SUBPROJETO 1. Unidade: 2. Área do Subprojeto: Dourados 3. Curso(s) envolvido(s) na proposta: Letras - Inglês Obs.: Para proposta

Leia mais

Colaboradores deste número

Colaboradores deste número Colaboradores deste número Angela Maria Soares Mendes Taddei é mestre em Memória Social pela Unirio na linha de pesquisa Memória e Linguagem. Tem licenciatura plena em Letras pela Uerj e especialização

Leia mais

MESTRADO EM MEMÓRIA SOCIAL E BENS CULTURAIS. 1.1 Matriz Curricular Disciplinas obrigatórias

MESTRADO EM MEMÓRIA SOCIAL E BENS CULTURAIS. 1.1 Matriz Curricular Disciplinas obrigatórias MESTRADO EM MEMÓRIA SOCIAL E BENS CULTURAIS 1.1 Matriz Curricular Disciplinas obrigatórias C/H Memória Social 45 Cultura 45 Seminários de Pesquisa 45 Oficinas de Produção e Gestão Cultural 45 Orientação

Leia mais

ORIENTAÇÕES PARA PRODUÇÃO DE TEXTOS DO JORNAL REPORTAGEM RESENHA CRÍTICA TEXTO DE OPINIÃO CARTA DE LEITOR EDITORIAL

ORIENTAÇÕES PARA PRODUÇÃO DE TEXTOS DO JORNAL REPORTAGEM RESENHA CRÍTICA TEXTO DE OPINIÃO CARTA DE LEITOR EDITORIAL ORIENTAÇÕES PARA PRODUÇÃO DE TEXTOS DO JORNAL REPORTAGEM RESENHA CRÍTICA TEXTO DE OPINIÃO CARTA DE LEITOR EDITORIAL ORIENTAÇÕES PARA OS GRUPOS QUE ESTÃO PRODUZINDO UMA: REPORTAGEM Tipos de Textos Características

Leia mais

Relatório de Atividades 2013

Relatório de Atividades 2013 Relatório de Atividades 2013 Aula Inaugural do 1º Semestre - O Curso de Psicologia realizou na noite de 7 de março a aula inaugural do semestre. A aula foi intitulada O papel do psicólogo em emergências

Leia mais

Projeto EI São José do Rio Preto Assessoria: Debora Rana e Silvana Augusto 2 o encontro: 09 de abril de 2014 *Anotações do Grupo de CPs da manhã

Projeto EI São José do Rio Preto Assessoria: Debora Rana e Silvana Augusto 2 o encontro: 09 de abril de 2014 *Anotações do Grupo de CPs da manhã Projeto EI São José do Rio Preto Assessoria: Debora Rana e Silvana Augusto 2 o encontro: 09 de abril de 2014 *Anotações do Grupo de CPs da manhã Pauta de encontro Olá coordenadoras, mais uma vez estaremos

Leia mais

SISEB Informa. 7º Seminário Internacional de Bibliotecas Públicas e Comunitárias. Ensino a distância (EAD) SisEB Curso: Ação cultural em bibliotecas

SISEB Informa. 7º Seminário Internacional de Bibliotecas Públicas e Comunitárias. Ensino a distância (EAD) SisEB Curso: Ação cultural em bibliotecas Ano I Número 6 setembro 2014 3 Ensino a distância (EAD) SisEB Curso: Ação cultural em bibliotecas 7º Seminário Internacional de Bibliotecas Públicas e Comunitárias página 4 6 Encontro Prêmio São Paulo

Leia mais

CURRICULUM VITAE. José Carlos Salgueiro Vasconcelos e Sá. Lisboa, Fevereiro de 2015

CURRICULUM VITAE. José Carlos Salgueiro Vasconcelos e Sá. Lisboa, Fevereiro de 2015 CURRICULUM VITAE DE José Carlos Salgueiro Vasconcelos e Sá Lisboa, Fevereiro de 2015 I - DADOS PESSOAIS NOME - José Carlos Salgueiro de Vasconcelos e Sá MORADA - Rua Prof. Henrique Vilhena 11, 1 - D 1600

Leia mais

DOUTORADO EM MEMÓRIA SOCIAL E BENS CULTURAIS

DOUTORADO EM MEMÓRIA SOCIAL E BENS CULTURAIS DOUTORADO EM MEMÓRIA SOCIAL E BENS CULTURAIS DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS Tópicos Avançados em Memória Social 45 Tópicos Avançados em Cultura 45 Tópicos Avançados em Gestão de Bens Culturais 45 Seminários

Leia mais

É verdade que só começo um livro quando descubro uma pluma branca. Isso é um ritual que me impus apesar se só escrever uma vez cada dois anos.

É verdade que só começo um livro quando descubro uma pluma branca. Isso é um ritual que me impus apesar se só escrever uma vez cada dois anos. 1) Como está sendo a expectativa do escritor no lançamento do livro Ser como um rio que flui? Ele foi lançado em 2006 mas ainda não tinha sido publicado na língua portuguesa, a espera do livro pelos fãs

Leia mais

COMO ESCREVER UM LIVRO INFANTIL. Emanuel Carvalho

COMO ESCREVER UM LIVRO INFANTIL. Emanuel Carvalho COMO ESCREVER UM LIVRO INFANTIL Emanuel Carvalho 2 Prefácio * Edivan Silva Recebi o convite para prefaciar uma obra singular, cujo título despertou e muita minha atenção: Como escrever um livro infantil,

Leia mais

PIC. Componentes da PIC 2. o bimestre. Produção Integrada ao Conteúdo

PIC. Componentes da PIC 2. o bimestre. Produção Integrada ao Conteúdo PIC VERSÃO PARA O PROFESSOR VERSÃO PARA O PROFESSOR 9. o ano Ensino Fundamental Produção Integrada ao Conteúdo Componentes da PIC 2. o bimestre Arte Ciências Geografia História A nota da PIC é a média

Leia mais

DURAÇÃO APROXIMADAMENTE 15 MESES

DURAÇÃO APROXIMADAMENTE 15 MESES GRUPO SANTA RITA INSCRIÇÕES ABERTAS! PÓS-GRADUAÇÃO ESPECIALIZAÇÃO LATO SENSU CONTAÇÃO DE MENSALIDADE R e R$ MEC CURSOS AUTORIZADOS s o lu ç ã o C N E /C n ES 1, º. 7 129, /2 6 / 8 HISTÓRIAS música, dança,

Leia mais

(30h/a 02 créditos) Dissertação III (90h/a 06 Leituras preparatórias para a

(30h/a 02 créditos) Dissertação III (90h/a 06 Leituras preparatórias para a GRADE CURRICULAR DO MESTRADO EM LETRAS: LINGUAGEM E SOCIEDADE DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS 34 CRÉDITOS Teorias da Linguagem (60h/a 04 Teorias Sociológicas (60h/a 04 Metodologia da Pesquisa em Linguagem (30h/a

Leia mais

JORNADA DE ESTUDOS JURÍDICOS DA UFMG

JORNADA DE ESTUDOS JURÍDICOS DA UFMG JORNADA DE ESTUDOS JURÍDICOS DA UFMG Uma vida sem busca não é digna de ser vivida. SOCRÁTES Belo Horizonte, Outubro de 2009. 1. Resumo e Apresentação Iniciativa do Centro Acadêmico Afonso Pena, associação

Leia mais

FACULDADE DE ARTES DO PARANÁ CURSO DE BACHARELADO EM CINEMA E VÍDEO Ano Acadêmico de 2008 MATRIZ CURRICULAR

FACULDADE DE ARTES DO PARANÁ CURSO DE BACHARELADO EM CINEMA E VÍDEO Ano Acadêmico de 2008 MATRIZ CURRICULAR MATRIZ CURRICULAR Carga Horária Semestral por Disciplina Disciplinas 1º semestre 2º semestre 3º semestre 4º semestre 5º semestre 6º semestre 7º semestre 8º semestre Total Obrigatórias Optativas Fundamentos

Leia mais

Assessoria de Comunicação & Marketing Assessoria de Imprensa e Divulgação Científica

Assessoria de Comunicação & Marketing Assessoria de Imprensa e Divulgação Científica Assessoria de Comunicação & Marketing Assessoria de Imprensa e Divulgação Científica Monitoramento das Notícias da UNISUL Dia 27 de Fevereiro de 2013 JORNAIS Sobre a saúde e a doença no Mundo Diário Catarinense

Leia mais

Capacitar o aluno nas: 2015

Capacitar o aluno nas: 2015 Quando colocamos e estruturamos nossas ideias e pensamentos no papel, damos o primeiro passo para tornar real e concreta uma nova realidade: um projeto, um produto ou serviço, um desejo. O curso Põe no

Leia mais

Projetos Integrados da Prática Docente: Literatura Infantil

Projetos Integrados da Prática Docente: Literatura Infantil 2015. 1 Projetos Integrados da Prática Docente: Literatura Infantil FACULDADE POLIS DAS ARTES Rua Tancredo Neves, 90 / 70 Jardim Pres. Kennedy Embu das Artes/SP Telefax: (11) 4782-4835 / 4244-2237 Professor:

Leia mais

Primeira Circular Convite Bem-vindo à primeira circular do ICA 55 A Comissão Organizadora do 55 º Congresso Internacional de Americanistas saúda cordialmente a comunidade acadêmica mundial e torna público

Leia mais

Os Amigos do Pedrinho

Os Amigos do Pedrinho elaboração: PROF. DR. JOSÉ NICOLAU GREGORIN FILHO Os Amigos do Pedrinho escrito por & ilustrado por Ruth Rocha Eduardo Rocha Os Projetos de Leitura: concepção Buscando o oferecimento de subsídios práticos

Leia mais

Literatura infantil e juvenil Formação de leitores

Literatura infantil e juvenil Formação de leitores Coleção educação em análise A literatura é um campo privilegiado para ocultar/desocultar sentidos, e os livros contemporâneos (muitas vezes plenos de mensagens que vão além do texto literário, estabelecendo

Leia mais

Gestão de Comunicação Assessoria de Promoção e Inteligência Competitiva

Gestão de Comunicação Assessoria de Promoção e Inteligência Competitiva Gestão de Comunicação Assessoria de Promoção e Inteligência Competitiva Monitoramento das Notícias da UNISUL Dia 04 de Junho de 2014 JORNAIS Presente Notícias do Dia Controle seu dinheiro por meio da Contabilidade

Leia mais

PROJETO MULTIPLICADORES DE LEITURA NA ESCOLA PÚBLICA

PROJETO MULTIPLICADORES DE LEITURA NA ESCOLA PÚBLICA PROJETO MULTIPLICADORES DE LEITURA NA ESCOLA PÚBLICA Elize Huegel Pires 1 1 Apresentação O projeto Multiplicadores de Leitura foi desenvolvido no ano de 2008 com alunos de 5ª série da Escola Municipal

Leia mais

20 a 23 de novembro de 2008 Galpões da Rotunda. Autor homenageado Ariano Suassuna

20 a 23 de novembro de 2008 Galpões da Rotunda. Autor homenageado Ariano Suassuna 20 a 23 de novembro de 2008 Galpões da Rotunda Autor homenageado Ariano Suassuna Apresentação : Realização: Patrocínio: Apresentação : Apoio: O 2º FELIT foi realizado nos Galpões da Rotunda, que integram

Leia mais

GRUPO DE ESTUDOS LINGUÍSTICOS DO NORDESTE UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO DEPARTAMENTO DE LETRAS www.gelne.org.br. Primeira Circular VI ECLAE

GRUPO DE ESTUDOS LINGUÍSTICOS DO NORDESTE UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO DEPARTAMENTO DE LETRAS www.gelne.org.br. Primeira Circular VI ECLAE GRUPO DE ESTUDOS LINGUÍSTICOS DO NORDESTE UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO DEPARTAMENTO DE LETRAS www.gelne.org.br Primeira Circular VI ECLAE CONVITE O Grupo de Estudos Linguísticos do Nordeste

Leia mais

PNAIC. CEAD-UFOP: Coordenadora Geral: Profa. Dra. Gláucia Jorge Coordenador Adjunto: Prof. Dr. Hércules Corrêa

PNAIC. CEAD-UFOP: Coordenadora Geral: Profa. Dra. Gláucia Jorge Coordenador Adjunto: Prof. Dr. Hércules Corrêa PNAIC POLO DE POÇOS OS DE CALDAS Equipe do PNAIC-CEAD CEAD-UFOP: Coordenadora Geral: Profa. Dra. Gláucia Jorge Coordenador Adjunto: Prof. Dr. Hércules Corrêa Supervisão de avaliação ão: Profa. Dra. Carla

Leia mais

Fazendo cinema na escola

Fazendo cinema na escola Fazendo cinema na escola Arte audiovisual dentro e fora da sala de aula Alex Moletta FAZENDO CINEMA NA ESCOLA Arte audiovisual dentro e fora da sala de aula Copyright 2014 by Alex Moletta Direitos desta

Leia mais

AGENDA DE NOVEMBRO E DEZEMBRO DE 2014

AGENDA DE NOVEMBRO E DEZEMBRO DE 2014 AGENDA DE NOVEMBRO E DEZEMBRO DE 2014 O Agrupamento de Escolas N.º2 de Abrantes tem como um dos seus objetivos a plena integração na comunidade de que faz parte. Surge assim como natural a divulgação das

Leia mais

Filme: O Lobisomem e o Coronel

Filme: O Lobisomem e o Coronel Filme: O Lobisomem e o Coronel Gênero: Animação Diretor: Elvis K. Figueiredo, Ítalo Cajueiro Ano: 2002 Duração: 10 min Cor: Colorido Bitola: 35mm País: Brasil Disponível no Porta Curtas: www.portacurtas.com.br/curtanaescola/filme.asp?cod=1518

Leia mais

Atividades Complementares

Atividades Complementares Centro de Ciências da Educação, Artes e Humanidades CCEAH-UNISANTOS Atividades Complementares ENGENHARIA AMBIENTAL ENGENHARIA CIVIL ENGENHARIA ELÉTRICA ENGENHARIA PETRÓLEO ENGENHARIA PORTUÁRIA ENGENHARIA

Leia mais

Para pensar o. livro de imagens. Para pensar o Livro de imagens

Para pensar o. livro de imagens. Para pensar o Livro de imagens Para pensar o livro de imagens ROTEIROS PARA LEITURA LITERÁRIA Ligia Cademartori Para pensar o Livro de imagens 1 1 Texto visual Há livros compostos predominantemente por imagens que, postas em relação,

Leia mais

OS MEDIADORES NAS HISTÓRIAS DE LEITURA DOS PROFESSORES Jeovana Alves de Lima Oliveira Secretaria de Educação do Estado da Bahia

OS MEDIADORES NAS HISTÓRIAS DE LEITURA DOS PROFESSORES Jeovana Alves de Lima Oliveira Secretaria de Educação do Estado da Bahia OS MEDIADORES NAS HISTÓRIAS DE LEITURA DOS PROFESSORES Jeovana Alves de Lima Oliveira Secretaria de Educação do Estado da Bahia INTRODUÇÃO: A proposta desse trabalho é apresentar a pesquisa de Mestrado,

Leia mais

PROGRAMAÇÃO 06 A 11 DE JULHO DE 2015

PROGRAMAÇÃO 06 A 11 DE JULHO DE 2015 PROGRAMAÇÃO 06 A 11 DE JULHO DE 2015 06 de julho segunda-feira - - 10h30-10h45-11h30 2 ano B - AI Digital historytelling 3 ano A - AI Oficina Criando histórias com Zu Escobar e Antônio 6 ano A - AF Oficina

Leia mais

2. 1 A poesia trovadoresca - Leitura de cantigas de amor e de amigo semântico, sintático, lexical e sonoro;

2. 1 A poesia trovadoresca - Leitura de cantigas de amor e de amigo semântico, sintático, lexical e sonoro; EIXO TEMÁTICO: 1 TEXTO LITERÁRIO E NÃO LITERÁRIO 1) Analisar o texto em todas as suas dimensões: semântica, sintática, lexical e sonora. 1. Diferenciar o texto literário do não-literário. 2. Diferenciar

Leia mais

INFORMAÇÕES GERAIS: CURSO MESTRADO

INFORMAÇÕES GERAIS: CURSO MESTRADO 1 INFORMAÇÕES GERAIS: CURSO MESTRADO Caro (a) Mestrando (a), Seja bem-vindo (a) ao Programa de Pós-Graduação em Psicologia da PUC Minas. Desejamos que você tenha um bom curso. Seguem algumas informações

Leia mais

FORMULÁRIO DE PROJETO DE PESQUISA

FORMULÁRIO DE PROJETO DE PESQUISA FORMULÁRIO DE PROJETO DE PESQUISA 1. IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO Título do projeto: Significações de Curitiba: práticas e discursos - etapa II Pesquisador responsável: Adriana Tulio Baggio Contatos: Telefones:

Leia mais

Palavras-chave: gêneros textuais, resenha crítica, ensino, leitura e produção textual

Palavras-chave: gêneros textuais, resenha crítica, ensino, leitura e produção textual RESENHA CRÍTICA NO ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA: PRÁTICAS DE ANÁLISE E PRODUÇÃO DE TEXTOS Valdisnei Martins de CAMPOS Letras - CAC/UFG; valdis_martins@hotmail.com Erislane Rodrigues RIBEIRO Letras - CAC/UFG;

Leia mais

A Fundação Victor Civita (FVC) divulgou nesta terça-feira, 7, a relação de projetos e professores vencedores da 15ª edição do Prêmio Educador Nota

A Fundação Victor Civita (FVC) divulgou nesta terça-feira, 7, a relação de projetos e professores vencedores da 15ª edição do Prêmio Educador Nota A Fundação Victor Civita (FVC) divulgou nesta terça-feira, 7, a relação de projetos e professores vencedores da 15ª edição do Prêmio Educador Nota 10. Entre os cerca de 2.500 professores, coordenadores

Leia mais

Que lugar é este, bicho? Texto: Regina de Sá Ilustrações: Anita Dominoni

Que lugar é este, bicho? Texto: Regina de Sá Ilustrações: Anita Dominoni Que lugar é este, bicho? Texto: Regina de Sá Ilustrações: Anita Dominoni COLEÇÃO PACTOS DE LEITURAS Regina de Sá Que lugar é este, bicho? Ilustrado por Anita Dominoni Salvador Bahia Secretaria da Educação

Leia mais

O PIBID E A FORMAÇÃO DE ALUNOS DA EJA: UMA EXPERIÊNCIA COM EDUCAÇÃO FINANCEIRA 1

O PIBID E A FORMAÇÃO DE ALUNOS DA EJA: UMA EXPERIÊNCIA COM EDUCAÇÃO FINANCEIRA 1 O PIBID E A FORMAÇÃO DE ALUNOS DA EJA: UMA EXPERIÊNCIA COM EDUCAÇÃO FINANCEIRA 1 Resumo: Delane Santos de Macedo 2 Universidade Federal do Recôncavo da Bahia delayne_ba@hotmail.coml Gilson Bispo de Jesus

Leia mais

OMEP/DOURADOS/BR/MS. Participou de 10 a 13 de junho de 2009 - Campo Grande- MS

OMEP/DOURADOS/BR/MS. Participou de 10 a 13 de junho de 2009 - Campo Grande- MS ATIVIDADES 2009 OMEP/DOURADOS/BR/MS. Participou de 10 a 13 de junho de 2009 - Campo Grande- MS 20º ENCONTRO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL E PRIMEIROS ANOS DO ENSINO FUNDAMENTAL CRIANÇA E FORMAÇÃO DE PROFESSORES:

Leia mais

Circuito de Oficinas: Mediação de Leitura em Bibliotecas Públicas

Circuito de Oficinas: Mediação de Leitura em Bibliotecas Públicas Circuito de Oficinas: Mediação de Leitura em Bibliotecas Públicas outubro/novembro de 2012 A leitura mediada na formação do leitor. Professora Marta Maria Pinto Ferraz martampf@uol.com.br A leitura deve

Leia mais

Dalcídio Jurandir inspira projeto teatral Por Luciana Medeiros, colaboradora do Guiart

Dalcídio Jurandir inspira projeto teatral Por Luciana Medeiros, colaboradora do Guiart Dalcídio Jurandir inspira projeto teatral Por Luciana Medeiros, colaboradora do Guiart Ponta de Pedras, ilha do Marajó, Pará, 10 de janeiro de 1909. Nasce ali e naquela data uma das maiores expressões

Leia mais

Cine Dom E.E. Ryoiti Yassuda sala 1 - sessão 2

Cine Dom E.E. Ryoiti Yassuda sala 1 - sessão 2 Cine Dom E.E. Ryoiti Yassuda sala 1 - sessão 2 Professor(es) Apresentador(es): Daniela Saar e Saar José Augusto Ribeiro Realização: Foco Levando-se em consideração a dificuldade apresentada pelos alunos

Leia mais

Anselmo Peres Alós Benjamin Abdala Junior Eunice Piazza Gai

Anselmo Peres Alós Benjamin Abdala Junior Eunice Piazza Gai Sobre os autores Anselmo Peres Alós: doutor em Literatura Comparada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Foi professor-leitor junto ao Instituto Superior de Ciência e Tecnologia de Moçambique,

Leia mais

Bolsas Templeton para Professores Visitantes

Bolsas Templeton para Professores Visitantes Bolsas Templeton para Professores Visitantes Ciência, Filosofia e Teologia na América Latina Ian Ramsey Centre (IRC) for Science and Religion University of Oxford Chamada Objetivo e Resumo As Bolsas Oxford

Leia mais

colégio santo américo

colégio santo américo prosa centro de estudos 1º semestre / 2010,,,,, colégio santo américo P a l e s t r a s A arte do desenho na educação O desenho é um fazer criativo e reflexivo, imprescindível na escola. Seu percurso na

Leia mais

Concurso Literário. O amor

Concurso Literário. O amor Concurso Literário O Amor foi o tema do Concurso Literário da Escola Nova do segundo semestre. Durante o período do Concurso, o tema foi discutido em sala e trabalhado principalmente nas aulas de Língua

Leia mais

MEMÓRIA URBANA DE PALMAS-TO: LEVANTAMENTO DE INFORMAÇÕES E MATERIAL SOBRE O PLANO DE PALMAS E SEUS ANTECEDENTES

MEMÓRIA URBANA DE PALMAS-TO: LEVANTAMENTO DE INFORMAÇÕES E MATERIAL SOBRE O PLANO DE PALMAS E SEUS ANTECEDENTES MEMÓRIA URBANA DE PALMAS-TO: LEVANTAMENTO DE INFORMAÇÕES E MATERIAL SOBRE O PLANO DE PALMAS E SEUS ANTECEDENTES Tânia de Sousa Lemos 1 ; Ana Beatriz Araujo Velasques 2 1 Aluna do Curso de Arquitetura e

Leia mais

Disponível em: http://www.portacurtas.com.br/filme.asp?cod=2844

Disponível em: http://www.portacurtas.com.br/filme.asp?cod=2844 Filme: Juro que vi: O Curupira Gênero: Animação Diretor: Humberto Avelar Ano: 2003 Duração: 11 min Cor: Colorido Bitola: 35mm País: Brasil Disponível em: http://www.portacurtas.com.br/filme.asp?cod=2844

Leia mais

RESOLUÇÃO DE REITORIA Nº 109/2008, DE 05 DE MAIO DE 2008.

RESOLUÇÃO DE REITORIA Nº 109/2008, DE 05 DE MAIO DE 2008. RESOLUÇÃO DE REITORIA Nº 109/2008, DE 05 DE MAIO DE 2008. Institui Normas e Procedimentos para as Solenidades de Colação de Grau dos Cursos de Graduação e Graduação Tecnológica do Unilasalle. O Reitor

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.931, DE 22 DE JANEIRO DE 2010

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.931, DE 22 DE JANEIRO DE 2010 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.931, DE 22 DE JANEIRO DE 2010 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura em

Leia mais

Condições didáticas geradas para o desenvolvimento do Projeto

Condições didáticas geradas para o desenvolvimento do Projeto Condições didáticas geradas para o desenvolvimento do Projeto Propor a reflexão sobre o literário a partir de situações de leitura e essencialmente de escrita. Propor situações didáticas que favoreçam

Leia mais

Palavras-chave: LEITURA E ESCRITA, CIDADANIA, PROTAGONISMO SOCIAL. OFICINA PALAVRA MAGICA DE LEITURA E ESCRITA

Palavras-chave: LEITURA E ESCRITA, CIDADANIA, PROTAGONISMO SOCIAL. OFICINA PALAVRA MAGICA DE LEITURA E ESCRITA OFICINA PALAVRA MAGICA DE LEITURA E ESCRITA ELAINE CRISTINA TOMAZ SILVA (FUNDAÇÃO PALAVRA MÁGICA). Resumo A Oficina Palavra Mágica de Leitura e Escrita, desenvolvida pela Fundação Palavra Mágica, é um

Leia mais

PLANO DE AULA/ROTINA DIÁRIA

PLANO DE AULA/ROTINA DIÁRIA EJA - Ensino Fundamental 2º Segmento GOVERNO DO ESTADO DO AMAZONAS PLANO DE AULA/ROTINA DIÁRIA Fase/Ano: 4ª Fase -6º e 7º Ano Ano Letivo: 2014 Componente Curricular: História Professores do Estúdio: Cláudio

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.934, DE 22 DE JANEIRO DE 2010

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.934, DE 22 DE JANEIRO DE 2010 SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ CONSELHO SUPERIOR DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO RESOLUÇÃO N. 3.934, DE 22 DE JANEIRO DE 2010 Aprova o Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura em

Leia mais

Prepare-se para o XXIII Seminário Estadual dos Orientadores Educacionais de SC, de 19 a 21 de agosto

Prepare-se para o XXIII Seminário Estadual dos Orientadores Educacionais de SC, de 19 a 21 de agosto EDITORIAL Prepare-se para o XXIII Seminário Estadual dos Orientadores Educacionais de SC, de 19 a 21 de agosto Nosso maior objetivo sempre foi lutar pela defesa dos interesses e direitos, como também promover,

Leia mais

As 11 dúvidas mais frequentes

As 11 dúvidas mais frequentes As 11 dúvidas mais frequentes Deyse Campos Assessora de Educação Infantil dcampos@positivo.com.br Frequentemente recebemos solicitações de professores de escolas que estão utilizando o Sistema Positivo

Leia mais

Olimpíada de LP Escrevendo o futuro

Olimpíada de LP Escrevendo o futuro Olimpíada de LP Escrevendo o futuro QUATRO GÊNEROS EM CARTAZ: OS CAMINHOS DA ESCRITA Cristiane Cagnoto Mori 19/03/2012 Referências bibliográficas RANGEL, Egon de Oliveira. Caminhos da escrita: O que precisariam

Leia mais

LITERATURA PORTUGUESA II AULA 04: A PROSA REALISTA TÓPICO 02: A PROSA DE EÇA DE QUEIRÓS Fonte [1] Eça de Queirós em 1882. José Maria de Eça de Queirós (Póvoa de Varzim, 1845 Neuilly-sur- Seine, 1900) estudou

Leia mais

IV CONGRESSO INTERNACIONAL DE CIÊNCIAS, TECNOLOGIAS E CULTURAS

IV CONGRESSO INTERNACIONAL DE CIÊNCIAS, TECNOLOGIAS E CULTURAS 9 12 de outubro de 2015, Universidade de Santiago do Chile CONVOCATÓRIA PARA A APRESENTAÇÃO DE SIMPÓSIOS Estimad@s Colegas, Estamos convidando a tod@s para apresentarem simpósios para o próximo congresso

Leia mais

PROJETO DE LEITURA E ESCRITA. Era uma vez... E conte outra vez.

PROJETO DE LEITURA E ESCRITA. Era uma vez... E conte outra vez. PROJETO DE LEITURA E ESCRITA Era uma vez... E conte outra vez. CARACTERIZAÇÃO DO PROJETO TEMA; PROJETO DE LEITURA E ESCRITA. Era uma vez... E conte outra vez. INSTITUIÇÃO Escola Estadual Lino Villachá

Leia mais

O Projeto. Polo Rio de Cine e Video Rua Carlos Machado, 155, 2º andar 21. 2439 3667 www.cineticafilmes.com.br

O Projeto. Polo Rio de Cine e Video Rua Carlos Machado, 155, 2º andar 21. 2439 3667 www.cineticafilmes.com.br O Projeto O Homem e a Bolsa é uma investigação documental a partir das principais bolsas de valores mundiais, incluindo-se aí a do Brasil. Em nossos levantamentos preliminares, buscamos as Bolsas de Nova

Leia mais

Na abertura de mais um COLE: compromissos e emoções - TEXTO DE ABERTURA 17º COLE

Na abertura de mais um COLE: compromissos e emoções - TEXTO DE ABERTURA 17º COLE Na abertura de mais um COLE: compromissos e emoções - TEXTO DE ABERTURA 17º COLE O COLE nasceu criado. Parece contraditório dizer a expressão nascer criado, mas a idéia é de que o COLE, ao nascer, não

Leia mais

Projeto São João Literário Promovendo a cultura popular, incentivando a leitura e a produção literária.

Projeto São João Literário Promovendo a cultura popular, incentivando a leitura e a produção literária. Projeto São João Literário Promovendo a cultura popular, incentivando a leitura e a produção literária. Histórico e Justificativa No ano de 2012, ao participar de uma quadrilha temática, em homenagem ao

Leia mais

Edital de Produção Audiovisual Escola de Ciências Sociais FGV/CPDOC Núcleo de Audiovisual e Documentário

Edital de Produção Audiovisual Escola de Ciências Sociais FGV/CPDOC Núcleo de Audiovisual e Documentário Edital de Produção Audiovisual Escola de Ciências Sociais FGV/CPDOC Núcleo de Audiovisual e Documentário O Núcleo de Audiovisual e Documentário do CPDOC convida alunos inscritos regularmente em cursos

Leia mais

Avaliação dos hábitos de estudos, culturais e nível de inclusão digital dos alunos da UNIGRANRIO. Fevereiro/2012

Avaliação dos hábitos de estudos, culturais e nível de inclusão digital dos alunos da UNIGRANRIO. Fevereiro/2012 Avaliação dos hábitos de estudos, culturais e nível de inclusão digital dos alunos da UNIGRANRIO Fevereiro/2012 UM POUCO SOBRE O ALUNO Etnia segundo classificação do ENADE Amarelo (de Origem Oriental)

Leia mais

IFA MIRIM PROJETO: LEIA PARA MIM!

IFA MIRIM PROJETO: LEIA PARA MIM! IFA MIRIM PROJETO: LEIA PARA MIM! Meus filhos terão computadores, sim, mas antes terão livros. Sem livros, sem leitura, os nossos filhos serão incapazes de escrever - inclusive a sua própria história.

Leia mais

Letras Tradução Inglês-Português Ementário

Letras Tradução Inglês-Português Ementário Letras Tradução Inglês-Português Ementário Componentes Curriculares CH Ementa Cultura Clássica 04 Estudo da cultura das civilizações clássica em suas diversas fases, tendo em vista reflexões sobre a contribuição

Leia mais

EDITAL Nº 072/2014. 1.2. O cronograma letivo será desenvolvido, conforme a seguir:

EDITAL Nº 072/2014. 1.2. O cronograma letivo será desenvolvido, conforme a seguir: 1 EDITAL Nº 072/2014 PROCESSO DE SELEÇÃO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM ENSINO DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA (MESTRADO PROFISSIONAL EM ENSINO DE CIÊNCIAS E MATEMÁTICA), DA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA

Leia mais

Pense em quem pensa por mim. A relação afetiva entre o colaborador e a Universidade por meio da Comunicação Social da Ciência

Pense em quem pensa por mim. A relação afetiva entre o colaborador e a Universidade por meio da Comunicação Social da Ciência Pense em quem pensa por mim. A relação afetiva entre o colaborador e a Universidade por meio da Comunicação Social da Ciência Marilisa de Melo Freire Rossilho Li Li Min Santiago, outubro de 2015. UNICAMP

Leia mais

Leitura e Literatura

Leitura e Literatura MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO BÁSICAB Diretoria de Políticas de Formação, Materiais Didáticos e de Tecnologias para Educação BásicaB Leitura e Literatura Dia e Semana Nacional da Leitura

Leia mais

2. Laboratório: uso do avental, organização e relatório 3. Tarefas. 1. Avaliação da Semana de Geociências e Meio Ambiente 2.

2. Laboratório: uso do avental, organização e relatório 3. Tarefas. 1. Avaliação da Semana de Geociências e Meio Ambiente 2. PIC VERSÃO PARA O PROFESSOR Produção Integrada ao Conteúdo 6. o ano Ensino Fundamental Componentes da PIC 2. o bimestre Arte Ciências A nota da PIC é a média entre a nota de tarefa (avaliação do conjunto

Leia mais

Departamento de Políticas de Comunicação. Gerência de Patrocínio

Departamento de Políticas de Comunicação. Gerência de Patrocínio Departamento de Políticas de Comunicação Gerência de Patrocínio PRINCIPAIS ATRIBUIÇÕES DO DEPARTAMENTO Implementar as estratégias de comunicação para o Sistema BNDES, divulgando sua atuação e programas;

Leia mais

Findo o segundo quadrimestre (janeiro- agosto 2011) da atividade do gabinete de

Findo o segundo quadrimestre (janeiro- agosto 2011) da atividade do gabinete de GABINETE DE FORMAÇÃO PRÓ-REITORIA PARA O DESENVOLVIMENTO E INTERNACIONALIZAÇÃO Volume 1 Número 2 MAIO/ AGOSTO 2011 Ficha Técnica Director: António José Silva 1 - EDITORIAL Equipa GFORM: Cristiana Rego,

Leia mais

Retomar as avaliações feitas e montar um quadro que reflita o cenário do trabalho com a leitura hoje nas suas escolas.

Retomar as avaliações feitas e montar um quadro que reflita o cenário do trabalho com a leitura hoje nas suas escolas. Projeto EI São José do Rio Preto Assessoria: Debora Rana e Silvana Augusto 2 o encontro: 09 de abril de 2014 *Anotações do Grupo de CPs da tarde Pauta de encontro Olá coordenadoras, mais uma vez estaremos

Leia mais

COM CRIANÇAS INGRESSANTES NO ENSINO FUNDAMENTAL: UMA EXPERIÊNCIA POSSÍVEL NOS DIFERENTES MODOS DE ENSINAR

COM CRIANÇAS INGRESSANTES NO ENSINO FUNDAMENTAL: UMA EXPERIÊNCIA POSSÍVEL NOS DIFERENTES MODOS DE ENSINAR O USO DO BLOG COM CRIANÇAS INGRESSANTES NO ENSINO FUNDAMENTAL: UMA EXPERIÊNCIA POSSÍVEL NOS DIFERENTES MODOS DE ENSINAR Isnary Aparecida Araujo da Silva 1 Introdução A sociedade atual vive um boom da tecnologia,

Leia mais

O ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA E OS GÊNEROS TEXTUAIS

O ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA E OS GÊNEROS TEXTUAIS CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM LÍNGUA PORTUGUESA COM ÊNFASE EM MULTILETRAMENTOS O ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA E OS GÊNEROS TEXTUAIS Monissa Mattos - 2 Ten CMPA LETRAMENTO letrar é mais do que alfabetizar,

Leia mais

MEMÓRIAS DE ADOLESCENTES: UM PROJETO DE ESCRITA COM ALUNOS DO 1º ANO DO ENSINO MÉDIO

MEMÓRIAS DE ADOLESCENTES: UM PROJETO DE ESCRITA COM ALUNOS DO 1º ANO DO ENSINO MÉDIO MEMÓRIAS DE ADOLESCENTES: UM PROJETO DE ESCRITA COM ALUNOS DO 1º ANO DO ENSINO MÉDIO PATRÍCIA CAPPUCCIO DE RESENDE (FUNDAÇÃO DE ENSINO DE CONTAGEM), MARCELO GUIMARÃES BELGA (FUNEC - UNIDADE NOVO PROGRESSO),

Leia mais

ANAIS DA 66ª REUNIÃO ANUAL DA SBPC - RIO BRANCO, AC - JULHO/2014

ANAIS DA 66ª REUNIÃO ANUAL DA SBPC - RIO BRANCO, AC - JULHO/2014 1 ANAIS DA 66ª REUNIÃO ANUAL DA SBPC - RIO BRANCO, AC - JULHO/2014 O Pibid: ações de formação de professores que impactam a escola e a universidade Maurivan Güntzel Ramos mgramos@pucrs.br O presente texto

Leia mais

UVV POST Nº61 11 a 17/08 de 2014 UVV POST. Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional

UVV POST Nº61 11 a 17/08 de 2014 UVV POST. Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional UVV POST Publicação semanal interna Universidade Vila Velha - ES Produto da Comunicação Institucional ESTÁGIO CURRICULAR E MONITORIA DE ENSINO Estão abertas inscrições para alunos regularmente matriculados

Leia mais

DINÂMICA CURRICULAR DO CURSO DE PEDAGOGIA - 2008. Disciplinas Teórica Prática Estágio Total. 1º Período

DINÂMICA CURRICULAR DO CURSO DE PEDAGOGIA - 2008. Disciplinas Teórica Prática Estágio Total. 1º Período MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO Universidade Federal de Alfenas. UNIFAL-MG Rua Gabriel Monteiro da Silva, 700. Alfenas/MG. CEP 37130-000 Fone: (35) 3299-1000. Fax: (35) 3299-1063 DINÂMICA CURRICULAR DO CURSO DE

Leia mais