Manual do Site TRANSBRASA

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Manual do Site TRANSBRASA"

Transcrição

1 Manual do Site TRANSBRASA

2 Índice Manual do Site... 1 TRANSBRASA... 1 Objetivo... 3 Novidades do site... 3 Acessando o site... 4 A Tela inicial do Site... 4 Acessando a Área Vip... 5 Se você é um novo Cliente Transbrasa... 7 Opção: Extrato da situação de carga... 7 Opção: Averbação eletrônica Emissão do Extrato da Averbação Emissão do Protocolo Emissão de Requisição de Entrega (RE) Após clicar sobre Emitir RE será exibida a tela para informar o CNPJ da Transportadora autorizada no carregamento O sistema buscará na base de dados o nome da Transportadora e exibirá para confirmação. Estando correto deverá ser clicado no botão Gravar DTA Carga Pátio Reimpressão de Protocolo e Extrato de Averbações emitidas Opção: Protocolo MAPA Listas dos Protocolos já emitidos Opção: Solicitação de Serviços Serviços com impressão de Certificados Suporte ao Cliente... 51

3 Este material é propriedade intelectual da TRANSBRASA - TRANSITÁRIA BRASILEIRA LTDA sendo proibida, sem autorização prévia, a reprodução total ou parcial de seu conteúdo. Objetivo Orientar, de forma clara e objetiva, como o cliente deverá proceder para solicitar/fazer seu acesso às informações disponíveis através do site de relacionamentos Transbrasa e como proceder no caso de dúvidas e/ou necessidade de suporte. Novidades do site A Área Vip do site foi reformulada, trazendo novas funcionalidades e benefícios ao cliente com o intuito de facilitar sua vida, desburocratizando alguns procedimentos. Dentre eles podemos destacar: Extrato de Carga; Averbação Eletrônica; Requisição Eletrônica de Carregamento; Protocolo Mapa; Posicionamento de Carga; Solicitação de Serviços (desenvolvimento); Redestinação de Cargas; Pré Cálculo de Armazenagem (desenvolvimento); Tracking & Trace e muito mais. Todo o acesso a esta nova Área é realizado com a máxima segurança, garantida por necessidade de uso de certificação eletrônica (e-cpf), na qual vinculação do cpf é realizada pelo setor comercial (baseada nas procurações existentes em vossos contratos devidamente lavradas em cartório) o que garante o acesso somente aos representantes legais para as informações de suas cargas e nenhuma outra. 3

4 Acessando o site Acesse o site através do endereço A Tela inicial do Site O novo site da Transbrasa está mais clean e amigável. Dentre as novidades você encontrará: Menu suspenso de fácil navegação, contendo todas as informações institucionais da Transbrasa; Manchete e notícias principais de tudo que acontece na Transbrasa. Destacam-se neste momento: - Empresa: tudo que acontece na Transbrasa entre outras notícias; - Serviços: novidades sobre os serviços oferecidos pela Transbrasa; - Sustentabilidade: principais campanhas de envolvimento da Transbrasa. Caixa para acesso à Área Vip do site, contendo recursos para pesquisas de Extrato da Situação de Carga, Averbação Eletrônica, Desistência de Vistoria Aduaneira e Posicionamento de Carga. Consulta Pública de presença de carga. 4

5 Acessando a Área Vip O acesso à Área VIP poderá ser feito de duas maneiras: 1. Através de login e senha: os usuários do antigo site que já possuem este acesso poderão efetuar o login normalmente, porém, sem acesso a todos os serviços disponíveis por questão de segurança. Para acessar, informe seu usuário e senha no painel localizado à direita do site. 2. Através de Certificação Digital: necessidade de o cliente ter certificação digital do tipo A1 (instalado na máquina) ou A3 (e-cpf ou token). Para acessar, clique na imagem de certificação digital localizada no painel à direita do site. Inovação Tecnológica que traz segurança Adotando as melhores práticas de tecnologia da informação em E-commerce, o novo site da Transbrasa está dotado de certificação digital, o que garante a segurança de toda operação feita pelo Cliente Transbrasa. Para tal, esta deve ser adquirida junto aos órgãos competentes sua certificação digital pessoal. Acesso por Certificação Digital Todos os serviços disponibilizados na Área Vip só estão disponíveis pelo uso da Certificação Digital. Os acessos antigos adquiridos por nossos clientes no formato anterior de nosso site (login/senha), sem uso da certificação digital, não permitirá visualizar todas as opções disponíveis de serviços da Área Vip. Após cadastrar-se, basta clicar no quadro à direita (Área do Cliente) como indicado na imagem abaixo. 5

6 Será apresentada uma tela orientando o usuário sobre os tipos de certificações que o site está preparado para aceitar, como na imagem apresentada a seguir: Basta seguir a orientação que se refere à sua certificação e clicar no botão Prosseguir. No processo de acesso pela certificação, será solicitado ao usuário que identifique seu PIN (número pessoal) referente à certificação. Após a confirmação de acesso, a tela principal de nossa área Vip será exibida. Fique atento! Existem alertas exclusivos sobre procedimentos em nossa operação que visam uma melhor instrução do nosso cliente e, consequentemente, evitam perda de tempo e retrabalho. 6

7 Se você é um novo Cliente Transbrasa Se for seu primeiro acesso com a certificação ao nosso site, será solicitado um rápido cadastro das informações básicas necessárias para vossa identificação/validação. Informar: Nome, , senha, confirmar a senha (redigite a mesma senha) e os CNPJs dos importadores que você representará. Isso garantirá que somente você tenha acesso a estas informações. Opção: Extrato da situação de carga Selecione no menu à direita, a opção Extrato da situação de carga. Poderá ser consultada toda informação da situação de sua carga. Para consultar seu extrato, informe apenas o Número do Documento e selecione BL ou CE. 7

8 Serão listados todos os Navios/Viagem referentes ao Documento informado. Selecione pelo BL listado (coluna BL), que é um link para acesso a informações mais completas. 8

9 Para detalhar os dados do contêiner, clique no número do contêiner (coluna Contêiner). 9

10 Extrato de Carga Desovada Serão exibidos, além dos dados habituais de avaria do container, também os dados de avaria detectados no ato da desova da carga. Ver tela abaixo: Opção: Averbação eletrônica Por que Averbação Eletrônica? Por que é o modo mais rápido, fácil e seguro de efetuar averbação. A Transbrasa está oferecendo esta oportunidade para que nossos clientes, através de nosso site, façam averbação e já encaminhem os dados para agendamento de carregamento para suas Transportadoras, sem sair de seus escritórios. Importante: A opção de entrada ao site apenas por usuário/senha não libera o acesso a averbação eletrônica. Somente com Certificação Eletrônica será possível averbar pelo site Transbrasa. Selecione no menu à direita, a opção Averbação Eletrônica. 10

11 Neste momento, será apresentada a tela abaixo, onde o usuário deve informar o número do BL que deseja ser averbado, como demonstrado abaixo. Obs. A averbação poderá ser iniciada informando o número do BL ou o número do CE. A listagem irá apresentar as informações referentes ao BL informado. Para selecionar o registro a ser averbado, selecione com um click em cima da palavra Prosseguir. 11

12 Será então apresentada na próxima tela uma confirmação dos dados do BL para conferência, em que se deve informar a forma de prosseguimento no processo de averbação, confirmando ou endossando. Clique em: Confirmar as informações apresentadas e dar prosseguimento na averbação. Para indicar um novo importador no processo de averbação. Obs. Neste momento, será apresentada uma mensagem ao usuário para confirmar as informações apresentadas antes de prosseguir. No caso de Endosso, informar o CNPJ do novo importador. 12

13 Na continuidade da operação, devemos informar: - Tipo do documento a ser gerado (DI, DTA, DSI, DSI Manual ou Carga Pátio); - Documento e Data do Documento; - ICMS Vinculado (Sim ou Não); - Canal da BL (selecionar entre: Verde, Vermelho, Azul, Cinza, Amarelo ou Indefinido); - Valor II; - Valor IPI; - Valor CIF; - Observação (único campo não obrigatório). 13

14 Após o preenchimento dos campos, clicar no botão Validar. Serão checados todos os campos preenchidos e, se houver alguma inconsistência, será apresentada na região superior da tela uma crítica informando o que deve ser corrigido. Após correção, valide novamente. Observação: As averbações para Entreposto Aduaneiro (D.A.) deverão ser realizadas diretamente no Terminal da Transbrasa, junto ao setor de Armazém. Após a validação, será apresentada a tela abaixo para última checagem e confirmação antes da gravação da averbação. Se as informações estiverem corretas, clicar no botão Gravar. 14

15 Será então apresentada uma mensagem confirmando a gravação da averbação. Obs. Caso o CNPJ/CPF do importador esteja zerado, será apresentada mensagem de aviso informando ao usuário para entrar em contato com a Captação para correção do cadastro. 15

16 O próximo passo é a impressão dos Recibos, a saber: Emissão do Extrato da Averbação Uma opção de impressão é o Extrato da Averbação. Rolando para o final da janela que se abrirá com a prévia do extrato, encontrará o botão Imprimir. Este relatório será impresso com a identificação do certificado digital. 16

17 Emissão do Protocolo Teremos a opção da impressão do protocolo. Lembre-se que o número do protocolo é a senha que será enviada ao seu Transportador para que ele tenha acessa aos dados de sua carga no momento do Agendamento Eletrônico de Carregamento Transbrasa. Este relatório será impresso com a identificação do certificado digital. Emissão de Requisição de Entrega (RE) Para definir qual é a Transportadora devidamente autorizada para carregamento de vossa unidade de carga, basta utilizar a rotina de Requisição Eletrônica de Carregamento. 17

18 A lista contendo as RE s das averbações realizadas para o seu e-cpf será exibida para que seja feita a escolha da Transportadora. Basta clicar em Emitir RE ao lado do processo. Após clicar sobre Emitir RE será exibida a tela para informar o CNPJ da Transportadora autorizada no carregamento. 18

19 O sistema buscará na base de dados o nome da Transportadora e exibirá para confirmação. Estando correto deverá ser clicado no botão Gravar. A tela de gravação realizada com sucesso será exibida para que seja impressa a RE. Para imprimir, basta clicar sobre o botão Emitir RE. Será aberta uma janela com a prévia da Requisição de Entrega da Averbação, a qual deverá ser impressa para entregar ao Transportador. Somente de posse deste documento o Transportador consegue realizar o agendamento de vossa carga para carregamento. 19

20 Este relatório será impresso com a identificação do certificado digital. ***ALTERAÇÃO DE TRANSPORTADORAS*** Obs.: Caso seja alterada uma transportadora que já possua RE gerada em nome de outra o sistema fará: - O cancelamento deste RE anterior; - O cancelamento da janela do agendamento anterior. Com isso, será preciso passar a nova RE com novo número de protocolo eletrônico para a Transportadora nova. O sistema mostrará um aviso ao cliente para ciência antes de alterar o processo. 20

21 DTA Carga Pátio Para esta modalidade na situação em que o contêiner ainda não tenha entrado no terminal, o sistema reconhecerá e trará assinalada a opção única Carga Pátio como mostra a figura abaixo. Após o preenchimento dos campos, clicar no botão Validar. Serão checados todos os campos preenchidos e, se houver alguma inconsistência, será 21

22 apresentada na região superior da tela, uma crítica informando o que deve ser corrigido. Após correção, valide novamente. Após a validação, será apresentada a tela abaixo para última checagem e confirmação antes da gravação da averbação. Se as informações estiverem corretas, clicar no botão Gravar e prosseguir como nos demais processos de emissão dos documentos (RE, Extrato e Protocolo). Reimpressão de Protocolo e Extrato de Averbações emitidas Podemos listar as averbações já efetuadas para reimprimi-las caso tenhamos necessidade. Todas as REs associadas ao usuário logado na Área VIP serão apresentadas conforme a seguir: Acessar o menu Averbação eletrônica. Selecione Listar minhas Averbações. A listagem dos documentos averbador pelo e-cpf do cliente será exibida. Clicando sobre o botão: Protocolo, para reimpressão do Protocolo; 22

23 Extrato, para reimpressão do Extrato. Opção: Protocolo MAPA Selecione no menu à direita, a opção Protocolo MAPA. Neste momento, será apresentada a tela abaixo, onde o usuário deve informar o número do BL que deseja ser averbado, como mostra abaixo. Obs. O Protocolo MAPA poderá ser iniciado informando o número do BL ou o número do Contêiner. 23

24 A listagem irá apresentar as informações referentes ao BL informado. Para selecionar o registro a ser protocolado, selecione com um click em cima do número do BL. Será então apresentada, na próxima tela, a listagem dos contêineres referentes ao BL informado e que podem ser protocolados. O sistema vai exibir todos os contêineres amarrados ao BL consultado. Confirme sua seleção no botão Prosseguir. 24

25 Confira as informações dos itens selecionados (despachante, CNPJ, importador e contêineres). Neste momento pode-se informar: o país origem e o Nº do Cadastro MAPA 25

26 Origem: Nº Cadastro MAPA: Código do país de origem. Este campo NÃO é obrigatório, porém deve ser informado da seguinte forma: nome do país e entre parênteses o nome da cidade país (cidade): Ex.: CHINA (CHANGAI). Código que identifica a comissária (que está logada). Este número será identificado somente ao primeiro acesso. Nas próximas emissões de protocolos MAPA ele será trazido automaticamente. Este preenchimento é obrigatório. Selecione Gravar para gravar o protocolo e preparar a impressão do protocolo. Será apresentada confirmação de gravação do protocolo informando a quantidade de registros inseridos (2 no exemplo adotado) juntamente com o nome do importador. Para emitir o protocolo, deve-se clicar no item Emitir o comprovante. A impressão do protocolo MAPA será apresentada primeiramente na tela, onde o usuário deve rolar para baixo até encontrar o botão Imprimir. 26

27 Importante: Este relatório terá a certificação digital impressa. A reimpressão do Protocolo MAPA está em Solicitação de Serviços: 27

28 Listas dos Protocolos já emitidos Podemos listar os Protocolos MAPA já realizados através da opção Listar meus protocolos. 28

29 Opção: Solicitação de Serviços Esta opção está disponível no NOVO campo do menu à direita, em Solicitação de Serviços. Para efetuar a solicitação de serviços, o cliente deverá informar o número do contêiner ou BL e clicar em Solicitar. Sua solicitação será gravada com a data/hora e número do pedido para consulta futura, bem como incidirá em cobrança. Estes serviços poderão ser consultados pelo menu Solicitação de Serviços -> Histórico de solicitações -> Listar Minhas Solicitações Efetuadas. 29

30 *** Cancelamento de Serviço via site: somente será realizado e aceito através de solicitação ao SAC ou gerente de conta responsável ( /chat)*** Solicitação de Serviços -> Posicionamentos Para efetuar o posicionamento, deve-se acessar o menu Solicitação de Serviços -> Informar o número do BL ou Contêiner -> clicar em Buscar. Será listado o contêiner identificado na pesquisa. Deve-se, então, selecionar o tipo de Serviço desejado, neste caso Posicionamento. Após identificar o Motivo de posicionamento, clicar em Solicitar. 30

31 Será criado o posicionamento e gerado um número de ordem para este posicionamento. NOVIDADE: Escolha da data de posicionamento nos casos de Expurgo e Coletas. Obs.: No caso de Coleta de Amostra Inmetro será necessário o Número de LI. Para posicionamentos de EXPURGO (DETETIZACAO), COL. AMOSTRA PROD. ANIM/VEG, COLETA DE AMOSTRA ANVISA, COLETA DE AMOSTRA INMETRO, COLETA DE AMOSTRA M.A.P.A, COLETA DE AMOSTRA M.E., o cliente escolherá a Data Prevista. 31

32 32 O sistema fará a verificação de disponibilidade da data solicitada, tendo disponibilidade, o posicionamento será previsto para a data escolhida, caso contrário, o sistema sugerirá uma data disponível.

33 Para posicionamento de COLETA DE AMOSTRA INMETRO, será obrigatório a digitação das LI s (somente números, separados por barra / em caso de mais de uma LI) e a data prevista. Posicionamento: Desunitização *** O posicionamento para desunitização ou Após Desembaraço deverá ser feito exclusivamente pelo número do contêiner. O lançamento por BL é exclusivo para carga entrada solta ou já desovada. *** Ao selecionar este tipo de posicionamento, será aberta a tela abaixo para que sejam informados, os dados do NCM manifestado no BL (08 dígitos), a Data Vencimento da Demurrage (não inferior a do dia). Caso o porto necessite de madeira o sistema liberará a opção para Inspeção de Madeira ser a cargo da Transbrasa ou do Cliente ou representante legal. Todos os itens deverão ser apontados, obrigatoriamente, pelo cliente, para que o botão Solicitar seja exibido. Caso o cliente opte pela Transbrasa em executar a inspeção de madeira, ele fica o obrigado a: 33

34 1) Enviar uma cópia do BL digitalizada para o não sendo, então, mais obrigatoriedade a entrega deste documento ao setor de armazém Terminal ou unidade escritório do Centro Transbrasa; 2) Informar se poderá ser utilizado Brometo de Metila na fumigação em caso de condenação pelo MAPA. Este expediente será obrigatoriamente realizado pela Transbrasa. Ao gravar, será exibido o número de ordem do serviço, bem como dada opção de impressão do comprovante carta de Desunitização Após Desembaraço. Este documento não é mais obrigatório ser entregue ou enviado para as unidades Transbrasa Terminal Centro, pois o processo é totalmente eletrônico. 34

35 35

36 No histórico de Posicionamentos haverá dois status para o pleito de desunitização (Desova) para que o cliente possa saber em que estágio está seu pedido: PENDENTE: Este Status significa que o pleito está aguardando a autorização da eletrônica da SRF através pela Declaração de Trânsito Eletrônica (Dt-e), além do envio de eletrônico pelo setor do Equivib autorizando a abertura ou não. Quando ele é realizado pela Transbrasa, seu status muda para a data/hora de execução da desova pelo armazém Transbrasa. INDEFERIDO: Significa que o pleito não foi autorizado para desunitização (desova) por limitações operacionais, características da carga. O motivo poderá ser acompanhado através do campo Motivo, conforme exemplo abaixo: Posicionamento: Desova Após Desembaraço DDC *** O posicionamento para desunitização ou Desova Após Desembaraço deverá ser feito exclusivamente pelo número do contêiner. O lançamento por BL é exclusivo para carga entrada solta ou já desovada. *** Ao selecionar este tipo de posicionamento, será aberta a tela abaixo para que seja informado, o CNPJ da Transportadora, se a devolução da unidade vazia será realizada pela Transbrasa ou Cliente ou seu representante legal (neste caso, por sua responsabilidade a entrega). Caso a devolução do Contêiner seja definida como Transbrasa, deverá o cliente informar o terminal de entrega do contêiner vazio (caso o terminal não conste da listagem, o cliente deverá solicitar o cadastro ao SAC). Os campos dimensão/espécie e Observações devem ser preenchidos com dados que facilitem e adiantem o seu processo de carregamento. Após o preenchimento de todos os campos o botão Solicitar será exibido. 36

37 Ao gravar, será exibido o número de ordem do serviço, bem como dada opção de impressão do comprovante carta de Desunitização Após Desembaraço. Este documento não é mais obrigatório ser entregue ou enviado para as unidades Transbrasa Terminal Centro, pois o processo é totalmente eletrônico. Lembramos que este expediente não exime o cliente de realizar o agendamento para carregamento. 37

38 Comprovante Desunitização Após Desembaraço 38

39 No Histórico de Posicionamentos, haverá dois status para o pleito de Desunitização Após Desembaraço (DDC), para que o cliente possa saber em que estágio está seu pedido: INDEFERIDO: Significa que o pleito não foi autorizado para desunitização (desova) por limitações operacionais, características da carga. AGENDAR: Significa que está aguardando o agendamento eletrônico para carregamento ser realizado pela Transportadora. PENDENTE: Significa que o posicionamento foi alterado pelo Planer Transbrasa e está pendente apenas para ser realizado seu carregamento. Listar meus posicionamentos Todos os posicionamentos efetuados serão apresentados em Listar Minhas Solicitações Efetuadas, logo após solicitar o menu de Serviços através da mesma opção. 39

40 Os serviços de posicionamento poderão ser cancelados (link Cancelar) contanto que a data atual não seja maior ou igual à data prevista do posicionamento. 40

41 Serviços com impressão de Certificados Foi disponibilizado para os nossos clientes o módulo de Serviços com Impressão de Certificados para Termo de Vistoria e Certificado de Reexportação. Este módulo está totalmente integrado ao nosso sistema operacional e de faturamento. Após a solicitação será exibida a informação com o número do protocolo (para o serviço que é cobrado por processo e conforme tabela comercial!) e o botão Comprovante, para que seja feita a impressão (tantas quantas cópias o cliente necessitar). 41

42 42

43 Caso seja exibida a mensagem abaixo, significa que o armazém Transbrasa ainda não finalizou a emissão do Termo de Avaria para a Alfândega. Para maiores informações contatar o SAC Transbrasa. *** ATENÇÃO: A mensagem abaixo é exibida quando já existe GR paga pelo cliente no processo e se o cliente prosseguir com a gravação da solicitação do serviço irá BLOQUEAR o carregamento de saída da carga até a quitação do débito (pagamento de GR complementar) *** 43

44 Declaração de Reexportação Layout Seguindo a mesma dinâmica do item anterior, o módulo de Certificado de Reexportação também está totalmente integrado ao nosso sistema operacional e de faturamento. Após as solicitações destes serviços será exibida a opção de impressão conforme abaixo: Após a solicitação será exibida a informação com o número do protocolo (para o serviço que é cobrado por processo e conforme tabela comercial!) e o botão Comprovante, para que seja feita a impressão (tantas quantas cópias o cliente necessitar). 44

45 45

46 NOVO: Redestinação Para cadastro de dados básicos de Redestinação para cargas, o cliente deverá estar logado no site com seu e-cpf e seguir procedimentos conforme abaixo: Localizar no menu Área do Cliente a opção Redestinação, conforme Figura 1. Figura 1 Após selecionar a opção Redestinação, o site retornará a tela abaixo (Figura 2), sendo necessário o cliente preencher os devidos campos, a saber: Nome do Navio refere-se ao nome do navio que trará a carga (item obrigatório), após digitar cinco letras iniciais do nome do navio será exibida uma lista para seleção. Previsão de Chegada refere-se à data de previsão (formato dd/mm/aaaa) para a chegada do navio (item obrigatório) BL refere-se à numeração do bl (item obrigatório) (não utilizar ponto, hífen ou caracteres especiais) 46

47 Tipo de Carga selecionar se a carga é container ou carga solta (item obrigatório), ao selecionar a opção container será exibido campo para inclusão de pelo menos 1 container do BL Documento de Despacho Informar o tipo do documento que será utilizado para a retirada da carga, caso no momento de cadastro não possua essa informação, selecionar a opção A designar; CE Mercante refere-se ao número da CE Mercante da Carga (informar sempre que possível) Comissária a Vincular refere-se ao nome da comissária vinculado ao usuário logado (item obrigatório), caso o usuário possua vinculo com mais de uma comissária deverá selecionar a responsável pelo processo. Arquivo do Bl refere-se à cópia do bl em formato PDF (item obrigatório) com tamanho máximo de 2 Mb Figura 2 47

48 Ao clicar no botão Anexar PDF (máx 2 MB), para se anexar a cópia do bl, aparecerá a tela conforme abaixo, e deverá selecionar o local onde esta o arquivo que se deseja anexar. Lembrando que o arquivo deverá ter o tamanho no máximo de 2 MB (Figura 3) Figura 3 Após a seleção do arquivo, será apresentada a tela a seguir (Figura 4), confirmando que o arquivo selecionado foi anexado e será enviado por para a Captação Transbrasa. 48

49 Figura 4 Para finalizar o cadastro da carga, o usuário deverá clicar no botão Enviar. O site retornará a tela a seguir (Figura 5), confirmando o sucesso do envio das informações para o da Captação Transbrasa e o registro da carga. A mensagem que deverá aparecer é: Redestinação gravada com sucesso, protocolo n x, realizada em 11/11/1111 às 11:11:11 49

50 Figura 5 Para fins de comprovação de envio, deverá ser impresso o protocolo acima. A Captação Transbrasa irá receber um no modelo a seguir (Figura 6), com o anexo da cópia do bl. Figura 6 Dessa forma, o procedimento foi finalizado corretamente. 50

51 Suporte ao Cliente Casos de dúvidas referentes ao site Transbrasa poderão ser esclarecidas junto ao SAC pelo ou pelo telefone (13) ramal

Descritivo Rotinas de Importação Via Web

Descritivo Rotinas de Importação Via Web Descritivo Rotinas de Importação Via Web - Desistência de Vistoria Aduaneira, Pré-averbação, Autorização de Transportador, Monitoramento e Agendamento de Importação e Cabotagem Índice Acesso ao Sistema...3

Leia mais

Sistema de Devolução Web

Sistema de Devolução Web Manual Sistema de Devolução Web Usuário Cliente ÍNDICE Sumário 1. Prazos...3 2. Solicitação de Devolução... 4 3. Autorização de Devolução... 4 4. Coleta de Mercadoria... 4 5. Acompanhamento da Devolução...

Leia mais

Certidão Online Manual do Usuário

Certidão Online Manual do Usuário JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Certidão Online Manual do Usuário Versão 3.1 Lista de Tópicos - Navegação Rápida CADASTRANDO O USUÁRIO... 3 ACESSANDO O SISTEMA... 5 CERTIDAO SIMPLIFICADA NADA

Leia mais

SIGA Saúde. Sistema Integrado de Gestão da Assistência à Saúde. Manual operacional. Módulo Agenda Agendamento Local

SIGA Saúde. Sistema Integrado de Gestão da Assistência à Saúde. Manual operacional. Módulo Agenda Agendamento Local SIGA Saúde Sistema Integrado de Gestão da Assistência à Saúde Manual operacional Módulo Agenda Agendamento Local Sumário Introdução... 3 Agendamento... 4 Pesquisa de vagas... 5 Perfil de Agenda... 6 Dados

Leia mais

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA.

VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. VIAÇÃO SÃO BENTO LTDA. SISTEMA AUTOMÁTICO DE BILHETAGEM ELETRÔNICA MANUAL DO VTWEB CLIENT CADASTROS /PEDIDOS E PROCEDIMENTOS Resumo Esse manual tem como o seu objetivo principal a orientação de uso do

Leia mais

SISTEMA DE AVERBAÇÃO ELETRÔNICA

SISTEMA DE AVERBAÇÃO ELETRÔNICA SISTEMA DE AVERBAÇÃO ELETRÔNICA Prezado Sr. Despachante O Sistema de Averbação Eletrônica faz parte de um composto eletrônico ( Averbação Eletrônica + Registro Eletrônico ) que propiciará a Transportadora,

Leia mais

Pagamento - Fornecedor

Pagamento - Fornecedor Pagamento - Fornecedor MT-212-00137 - 1 Última Atualização 30/08/2014 I. Objetivos Após este módulo de capacitação você será capaz de: Carregar Documentos Fiscais Verificar o status de envio dos documentos

Leia mais

SUA SENHA É SIGILOSA, PESSOAL E INTRANSFERÍVEL.

SUA SENHA É SIGILOSA, PESSOAL E INTRANSFERÍVEL. DÚVIDAS MAIS FREQUENTES - DO CLIENTE 1. Qual o procedimento para se cadastrar na Guia Eletrônica? - Rolar a página e procure pelo item Novo Cliente? - Escolher o perfil: Próprio Interessado: Pessoa Física

Leia mais

Pagamentos MT-212-00137-6 Última Atualização 06/01/2015

Pagamentos MT-212-00137-6 Última Atualização 06/01/2015 Pagamentos MT-212-00137-6 Última Atualização 06/01/2015 I. Objetivos Após este módulo de capacitação você será capaz de: Carregar Documentos Fiscais Verificar o status de envio dos documentos fiscais Consultar

Leia mais

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB

MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB MANUAL DO PRESTADOR FATURAMENTO WEB 0 Sumário Introdução... 2 Funcionalidades... 2 Requisitos Necessários... 2 Faturamento Web... 3 Faturamento Simplificado... 4 Faturamento Detalhado... 9 Faturamento

Leia mais

SISTEMA DE REGISTRO ELETRÔNICO

SISTEMA DE REGISTRO ELETRÔNICO SISTEMA DE REGISTRO ELETRÔNICO Prezados Srs. Transportadores O Sistema de Registro Eletrônico faz parte de um composto ( Averbação Eletrônica + Registro Eletrônico ), que propicia a Transportadora um rápido

Leia mais

Manual Laboratório. ICS Sistemas de Gestão em Saúde ICS 01/01/2014

Manual Laboratório. ICS Sistemas de Gestão em Saúde ICS 01/01/2014 2014 Manual Laboratório ICS Sistemas de Gestão em Saúde ICS 01/01/2014 Sumário Acesso ao Sistema... 2 Menu Cadastros... 4 Cadastro de usuários... 4 Inclusão de Novo Usuário... 5 Alteração de usuários...

Leia mais

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição. Núcleo de Tecnologia da Informação

Manual do Sistema de Almoxarifado P á g i n a 2. Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição. Núcleo de Tecnologia da Informação Divisão de Almoxarifado DIAX/CGM/PRAD Manual do Sistema de Almoxarifado Módulo Requisição Versão On-Line Núcleo de Tecnologia da Informação Universidade Federal de Mato Grosso do Sul Manual do Sistema

Leia mais

Extranet Aurora Terminais

Extranet Aurora Terminais O acesso realizado através do site http://www.eadiaurora.com.br Acessar os serviços através do link e destaque na imagem Abrirá uma nova janela. Na tela principal antes de realizar o login você terá acesso

Leia mais

Manual de Utilização do Assistente do Certificado Digital Serasa Experian. Manual do Produto

Manual de Utilização do Assistente do Certificado Digital Serasa Experian. Manual do Produto Manual de Utilização do Assistente do Certificado Digital Serasa Experian Manual do Produto Índice Introdução - Assistente do Certificado Digital Serasa Experian 3 1. Verificação de Ambiente 4 2. Instalação

Leia mais

SISTEMA COOL 2.0V. (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO

SISTEMA COOL 2.0V. (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA COOL 2.0V (Certificado de Origen On Line) MANUAL DO USUÁRIO ÍNDICE Pré-requisitos para utilização do sistema....2 Parte I Navegador...2 Parte II Instalação do Interpretador de PDF...2 Parte III

Leia mais

Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado. Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel

Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado. Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel Cadastramento e compra de vale transporte para o Cartão Metrocard Metropolitano Integrado Em substituição ao Vale Transporte Temporário de Papel Acesso para cadastramento da empresa 2 Caso já tenha se

Leia mais

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.12

MANUAL DO SISTEMA. Versão 6.12 MANUAL DO SISTEMA Versão 6.12 Pagueban...2 Bancos...2 Configurando Contas...5 Aba Conta Banco...5 Fornecedores Referências Bancárias...7 Duplicatas a Pagar...9 Aba Geral...10 Aba PagueBan...11 Rastreamento

Leia mais

WebEDI - Tumelero Manual de Utilização

WebEDI - Tumelero Manual de Utilização WebEDI - Tumelero Manual de Utilização Pedidos de Compra Notas Fiscais Relação de Produtos 1. INTRODUÇÃO Esse documento descreve o novo processo de comunicação e troca de arquivos entre a TUMELERO e seus

Leia mais

Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE

Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE Manual de Utilização Portal de Serviços do Inmetro nos Estados - PSIE Sumário PRESTAÇÃO DE CONTAS DE ETIQUETAS DE REPARO...3 Figura 1.0...3 Figura 2.0...4 Figura 3.0...5 Figura 4.0...5 1. Proprietário

Leia mais

Portal Sindical. Manual Operacional Empresas/Escritórios

Portal Sindical. Manual Operacional Empresas/Escritórios Portal Sindical Manual Operacional Empresas/Escritórios Acesso ao Portal Inicialmente, para conseguir acesso ao Portal Sindical, nos controles administrativos, é necessário acessar a página principal da

Leia mais

Sistema integrado de Aquisição de Vale-transporte para Cartões Eletrônicos. SBCTrans

Sistema integrado de Aquisição de Vale-transporte para Cartões Eletrônicos. SBCTrans Sistema integrado de Aquisição de Vale-transporte para Cartões Eletrônicos SBCTrans A tecnologia facilitando a vida do cidadão Índice Cadastro e Primeiro Acesso... 05 Acessando o Sistema... 08 Menu de

Leia mais

Manual de utilização do processo de averbação on-line. www.terminal1rio.com.br

Manual de utilização do processo de averbação on-line. www.terminal1rio.com.br Manual de utilização do processo de averbação on-line www.terminal1rio.com.br Índice 1. Objetivos...Página 3 2. Pesquisa e seleção de BL (Bill of Lading)...Página 3...5 3. Possíveis problemas ao efetuar

Leia mais

1.INDÍCE... ERROR! BOOKMARK NOT DEFINED. 3.CONSULTA CIRCULARES... 6 5.PROMOÇÕES E EVENTOS... 8. Consultando Promoções e Eventos 8.

1.INDÍCE... ERROR! BOOKMARK NOT DEFINED. 3.CONSULTA CIRCULARES... 6 5.PROMOÇÕES E EVENTOS... 8. Consultando Promoções e Eventos 8. Indíce 1.INDÍCE... ERROR! BOOKMARK NOT DEFINED. 2.QUADRO DE AVISOS... 4 3.CONSULTA CIRCULARES... 6 4.CONSULTA NOTÍCIAS... 7 5.PROMOÇÕES E EVENTOS... 8 Consultando Promoções e Eventos 8 6.CONSULTAS GERAIS...

Leia mais

Manual do Assistente do Certificado Digital

Manual do Assistente do Certificado Digital Manual do Assistente do Certificado Digital Índice Bem-vindo ao Assistente do Certificado Digital Serasa Experian 3 Iniciando o Assistente do Certificado Digital Serasa Experian 4 Renovação de Certificado

Leia mais

Copyright 2004/2015 - VLC

Copyright 2004/2015 - VLC Nota Fiscal Eletrônica de Serviços Perguntas Frequentes Versão 8.1 Atualizado em 26/08/2015 Copyright 2004/2015 - VLC As informações contidas neste caderno de Perguntas e Respostas são de propriedade da

Leia mais

Manual para Cadastro de Nota Fiscal e Outros Documentos de Exportação. ÍNDICE

Manual para Cadastro de Nota Fiscal e Outros Documentos de Exportação. ÍNDICE ÍNDICE ÍNDICE... 1 Objetivo... 2 Requisitos Mínimos do Sistema... 2 Acesso ao sistema... 2... 3 CADASTRO DA NOTA FISCAL... 3 Grupo Booking... 4 Campo... 4... 4 Grupo Cliente... 5... 6 Grupo Documentos...

Leia mais

3 - Tela Principal. Itens importantes da página

3 - Tela Principal. Itens importantes da página SUMÁRIO 1 1 - Conceitos Gerais O CRQ é um sistema de controle de qualidade utilizado na etapa de recrutamento de estudos de natureza qualitativa. Ele é um banco de dados que tem como principal objetivo

Leia mais

UTILIZAÇÃO DO SISTEMA EXTRACRED

UTILIZAÇÃO DO SISTEMA EXTRACRED UTILIZAÇÃO DO SISTEMA EXTRACRED Esta parte do sistema como descrito anteriormente neste manual permite que seus agentes tenham acesso á uma área exclusiva para acessar informações pessoais como: Meu Extrato

Leia mais

- Acessar o sistema. Para acessar o sistema digite o endereço eletronico www.simpo.com.br/protocolo e clique em login na barra de menus.

- Acessar o sistema. Para acessar o sistema digite o endereço eletronico www.simpo.com.br/protocolo e clique em login na barra de menus. - Acessar o sistema. Para acessar o sistema digite o endereço eletronico www.simpo.com.br/protocolo e clique em login na barra de menus. Ou digite www.simpo.com.br/protocolo/login.php, para ir diretamente

Leia mais

Manual de Instrução Emissor de Nota Fiscal Eletrônica OSEDE

Manual de Instrução Emissor de Nota Fiscal Eletrônica OSEDE Manual de Instrução Emissor de Nota Fiscal Eletrônica OSEDE Fernandópolis SP Emissão de NFe Na aba NF-e clique no botão Gerar XML. Na tela de geração do XML, terá 2 tipos de emissão: Normal e Rápida, onde

Leia mais

Sistema de Registro de Contratos e Financiamentos

Sistema de Registro de Contratos e Financiamentos Sistema de Registro de Contratos e Financiamentos Manual de Utilização Financeiras Versão 1.2 Manual de utilização do software para os usuários do Sistema de Registro de Contratos e Financiamentos, com

Leia mais

Escritório Virtual Administrativo

Escritório Virtual Administrativo 1 Treinamento Módulos Escritório Virtual Administrativo Sistema Office Instruções para configuração e utilização do módulo Escritório Virtual e módulo Administrativo do sistema Office 2 3 1. Escritório

Leia mais

Estimativa de Cálculo e Faturamento

Estimativa de Cálculo e Faturamento Estimativa de Cálculo e Faturamento Sumário 1.Objetivo... 3 2. Fluxo de processo à vista e faturado... 3 3. Solicitação de Estimativa... 4 3.1 Gerar Estimativa de Cálculo... 5 4.0 Envio de Comprovante...

Leia mais

Consultório On-line. Tudo o que você precisa em um só lugar.

Consultório On-line. Tudo o que você precisa em um só lugar. Índice 1) Acesso ao sistema 2) Recepção do paciente 3) Envio do atendimento para faturamento: consulta médica ou procedimentos simples 4) Envio do atendimento para faturamento: procedimentos previamente

Leia mais

Utilizando o SISPC para efetuar Registros

Utilizando o SISPC para efetuar Registros Utilizando o SISPC para efetuar Registros 1. Registros O b j e t i v o Através do módulo de registros do sistema serão executadas as operações de inclusão de pessoas inadimplentes na base de dados do SPC.

Leia mais

Sistema de de Bilhetagem Eletrônica MANUAL MÓDULO PDV

Sistema de de Bilhetagem Eletrônica MANUAL MÓDULO PDV Sistema de de Eletrônica SETRANSP DOTFLEX MANUAL MÓDULO PDV REGIÃO MANUAL METROPOLITANA MÓDULO PESSOA Revisão JURÍDICA 02 / Setembro SBE de 2008 - DOTFLEX Revisão 00 / Março de 2009 MANUAL MÓDULO EMPRESA

Leia mais

MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA

MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA SISTEMA IMASUL DE REGISTROS E INFORMAÇÕES ESTRATÉGICAS DO MEIO AMBIENTE MANUAL OPERACIONAL DO SISTEMA ESTADUAL DE CONTROLE DE PESCA Manual Operacional para uso exclusivo do módulo do Sistema Estadual de

Leia mais

MÓDULO CLIENTE 1. O QUE PODE SER FEITO PELO SITE: 3 2. APRESENTAÇÃO DO SITE 4

MÓDULO CLIENTE 1. O QUE PODE SER FEITO PELO SITE: 3 2. APRESENTAÇÃO DO SITE 4 MÓDULO CLIENTE Conteúdo 1. O QUE PODE SER FEITO PELO SITE: 3 2. APRESENTAÇÃO DO SITE 4 2.2 HOME 4 2.3 A VALECARD 5 2.4 PRODUTOS 6 2.5 REDE CREDENCIADA 7 2.6 ROTA 9 2.7 CONTATO 9 3. EMPRESAS 11 3.1. ACESSO

Leia mais

ÍNDICE. ISS Online. Guia do Usuário ÍNDICE

ÍNDICE. ISS Online. Guia do Usuário ÍNDICE Guia do Usuário ÍNDICE ÍNDICE Setembro /2009 www.4rsistemas.com.br 15 3262 8444 IDENTIFICAÇÃO E SENHA... 3 Sou localizado no município... 4 Não sou localizado no município... 4 ACESSO AO SISTEMA... 5 Tela

Leia mais

MOVIMENTAÇÕES PELO SITE UNIODONTO

MOVIMENTAÇÕES PELO SITE UNIODONTO MOVIMENTAÇÕES PELO SITE UNIODONTO Com o intuito de agilizar e facilitar as adesões, cancelamentos e al terações de usuários, estamos disponibilizando em nosso site o processo de movimentação bem como o

Leia mais

Resumo das funcionalidades

Resumo das funcionalidades Resumo das funcionalidades Menu MENU Dados Cadastrais Atualizar Cadastro Troca Senha Grupo Usuários Incluir Atualizar Funcionários Incluir Atualizar Atualizar Uso Diário Importar Instruções Processar Status

Leia mais

Copyright 2004/2014 - VLC

Copyright 2004/2014 - VLC Escrituração Fiscal Manual do Usuário Versão 7.2 Copyright 2004/2014 - VLC As informações contidas neste manual são de propriedade da VLC Soluções Empresariais Ltda., e não poderão ser usadas, reproduzidas

Leia mais

Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO

Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO Sistema Integrado de Gerenciamento ARTESP MANUAL DO USUÁRIO SIGA EXTRANET - FRETAMENTO Versão 1.0 Julho/2012 ÍNDICE 1 REQUISITOS MÍNIMOS PARA INSTALAÇÃO... 4 1.1 Equipamento e Sistemas Operacionais 4 1.1.1

Leia mais

e-nota MDF-e Manifesto de Documento Fiscal eletrônico

e-nota MDF-e Manifesto de Documento Fiscal eletrônico Página1 e-nota MDF-e Manifesto de Documento Fiscal eletrônico Manual do Usuário Produzido por: Informática Educativa Página2 Índice 1. O que é MDF-e?... 03 2. Safeweb e-nota MDF-e... 04 3. Acesso e-nota

Leia mais

MANUAL DE REGRAS E NORMAS TÉCNICAS PARA WEB GUIA E DEMONSTRATIVO DE PAGAMENTO

MANUAL DE REGRAS E NORMAS TÉCNICAS PARA WEB GUIA E DEMONSTRATIVO DE PAGAMENTO MANUAL DE REGRAS E NORMAS TÉCNICAS PARA WEB GUIA E DEMONSTRATIVO DE PAGAMENTO Este Manual tem por finalidade orientar os procedimentos de preenchimento da Web Guia do CREDENCIADO no atendimento aos beneficiários

Leia mais

Objetivo...2 Requisitos mínimos do sistema...2 Acesso ao sistema...2

Objetivo...2 Requisitos mínimos do sistema...2 Acesso ao sistema...2 Índice Objetivo...2 Requisitos mínimos do sistema...2 Acesso ao sistema...2 Cadastro da Nota Fiscal...3 Grupo Booking...3 Grupo Cliente...5 Grupo Documentos...6 Grupo Contêiner...8 Anexo I... 10 Objetivo

Leia mais

MANUAL PARA CADASTRO E ACESSO

MANUAL PARA CADASTRO E ACESSO MANUAL PARA CADASTRO E ACESSO AO SISTEMA BOLETO - PESSOA JURÍDICA - DEZEMBRO 2009 SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO 3 2. CADASTRO 3 3. VINCULAR ENTIDADE 6 4. ACESSO ÀS FUNCIONALIDADES DO SISTEMA 9 4.1. NADA CONSTA

Leia mais

cartórios as funcionalidades disponíveis em todas as três Centrais de Informação (RCTO, CEP e CESDI) e servir como apoio nas ações diárias.

cartórios as funcionalidades disponíveis em todas as três Centrais de Informação (RCTO, CEP e CESDI) e servir como apoio nas ações diárias. MANUAL DO USUÁRIO - CARTÓRIOS VERSÃO 1.0 Objetivo: Este documento tem como objetivo apresentar aos usuários dos cartórios as funcionalidades disponíveis em todas as três Centrais de Informação (RCTO, CEP

Leia mais

MANUAL TISS Versão 3.02.00

MANUAL TISS Versão 3.02.00 MANUAL TISS Versão 3.02.00 1 INTRODUÇÃO Esse manual tem como objetivo oferecer todas as informações na nova ferramenta SAP que será utilizada pelo prestador Mediplan, a mesma será responsável para atender

Leia mais

Busca Por Nome da Empresa:

Busca Por Nome da Empresa: CERTIDÃO ESPECÍFICA Ao escolher o Tipo de Certidão Específica, será exibida uma breve definição da certidão simplificada e a tabela de preços. Após escolher o tipo de certidão desejada, clique no botão.

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA SERVELOJA

MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA SERVELOJA MANUAL DO USUÁRIO SISTEMA SERVELOJA A Serveloja soluções empresariais é uma empresa de tecnologia, especialista em consultoria, serviços financeiros e softwares. Disponibilizamos diversas soluções de cobranças

Leia mais

PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO

PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO Compra Direta - Guia do Fornecedor PORTAL DE COMPRAS SÃO JOSÉ DO RIO PRETO Página As informações contidas neste documento, incluindo quaisquer URLs e outras possíveis referências a web sites, estão sujeitas

Leia mais

Guia Site Empresarial

Guia Site Empresarial Guia Site Empresarial Índice 1 - Fazer Fatura... 2 1.1 - Fazer uma nova fatura por valores de crédito... 2 1.2 - Fazer fatura alterando limites dos cartões... 6 1.3 - Fazer fatura repetindo última solicitação

Leia mais

Introdução. Vantagens. Utilização

Introdução. Vantagens. Utilização Introdução O Sistema de Transferência de Propriedade online permite ao Proprietário transferir a Propriedade de um animal de forma alienada ou não, sem a necessidade de encaminhamento da Guia de Transferência

Leia mais

Antes de começar, o Solicitante e outros envolvidos dentro do projeto (Orientador, Coordenador ou outro Responsável Técnico) devem verificar:

Antes de começar, o Solicitante e outros envolvidos dentro do projeto (Orientador, Coordenador ou outro Responsável Técnico) devem verificar: SOLICITAÇÃO DE FOMENTO on-line MANUAL DO USUÁRIO 1 CONTATOS... 2 2 ANTES DE COMEÇAR... 2 3 ENTRAR NO SISTEMA INFAPERJ... 3 3.1 ACESSO AO SISTEMA...3 3.2 LOGIN...4 4 APRESENTAÇÃO GERAL DA INTERFACE... 5

Leia mais

Versão Liberada. www.gerpos.com.br. Gerpos Sistemas Ltda. info@gerpos.com.br. Av. Jones dos Santos Neves, nº 160/174

Versão Liberada. www.gerpos.com.br. Gerpos Sistemas Ltda. info@gerpos.com.br. Av. Jones dos Santos Neves, nº 160/174 Versão Liberada A Gerpos comunica a seus clientes que nova versão do aplicativo Gerpos Retaguarda, contendo as rotinas para emissão da Nota Fiscal Eletrônica, já está disponível. A atualização da versão

Leia mais

Manual do Usuário DENATRAN

Manual do Usuário DENATRAN Manual do Usuário DENATRAN Confidencial Portal SISCSV - 2007 Página 1 Índice Analítico 1. INTRODUÇÃO 5 2. ACESSANDO O SISCSV 2.0 6 2.1 Configurando o Bloqueador de Pop-Ups 6 3. AUTENTICAÇÃO DO USUÁRIO

Leia mais

Sistema de Solicitação de Pagamento de Fornecedores

Sistema de Solicitação de Pagamento de Fornecedores 2014 Sistema de Solicitação Coordenação de Tecnologia da Informação e Comunicação FUNDEPAG 04/11/2014 Sumário 1- SPF Solicitação.... 3 1.1 Acesso ao sistema:... 3 1.2 Ferramentas do sistema:... 5 2- Abertura

Leia mais

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet.

Está apto a utilizar o sistema, o usuário que tenha conhecimentos básicos de informática e navegação na internet. Conteúdo 1. Descrição geral 2 2. Resumo das funcionalidades 3 3. Efetuar cadastro no sistema 4 4. Acessar o sistema 6 5. Funcionalidades do menu 7 5.1 Dados cadastrais 7 5.2 Grupos de usuários 7 5.3 Funcionários

Leia mais

O sistema possui 5 módulos para registros:

O sistema possui 5 módulos para registros: ÍNDICE 1 DESCRIÇÃO...4 2 ACESSO...6 3 DADOS CADASTRAIS...7 3.1 ATUALIZAR CADASTRO...7 3.2 TROCAR SENHA...8 4 GRUPO DE USUÁRIO...9 4.1 INCLUIR...9 4.2 ATUALIZAR...9 5 FUNCIONÁRIOS...10 5.1 INCLUIR...10

Leia mais

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa)

SuperStore. Sistema para Automação de Óticas. MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa) SuperStore Sistema para Automação de Óticas MANUAL DO USUÁRIO (Módulo Vendas e Caixa) Contato: (34) 9974-7848 http://www.superstoreudi.com.br superstoreudi@superstoreudi.com.br SUMÁRIO 1 Vendas... 3 1.1

Leia mais

Passo a Passo do Checkout no SIGLA Digital

Passo a Passo do Checkout no SIGLA Digital Página 1 de 7 Passo a Passo do Checkout no SIGLA Digital Este é um dos principais módulos do Sigla Digital. Utilizado para vendas no balcão por ser uma venda rápida, mais simples, onde não é necessário

Leia mais

MANUAL VERSÃO 2.11 1

MANUAL VERSÃO 2.11 1 1 SUMÁRIO 1 INTRODUÇÃO... 3 2 O QUE É O EOL?... 3 3 ACESSO AO CLIENTE... 3 4 ACESSANDO O EOL... 3 5 TELA INICIAL... 4 6 EXAMES ADMISSIONAIS... 5 7 MUDANÇA DE FUNÇÃO... 7 8 EXAMES DEMISSIONAL E RETORNO

Leia mais

MANUAL DO USUÁRIO VIA FÁCIL BOMBEIROS SECRETARIA DO ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO

MANUAL DO USUÁRIO VIA FÁCIL BOMBEIROS SECRETARIA DO ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DO ESTADO DOS NEGÓCIOS DA SEGURANÇA PÚBLICA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DE SÃO PAULO CORPO DE BOMBEIROS Serviço de Segurança contra Incêndio MANUAL DO USUÁRIO versão atualizada em novembro de

Leia mais

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO RECAM ONLINE

MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO RECAM ONLINE MANUAL DE UTILIZAÇÃO DO RECAM ONLINE Tefefone: (16)37119000 email: recam@franca.sp.gov. Sumário 1. Endereço para acessar o sistema... 3 2. Tipos de acesso ao sistema... 3 3. Termo de acesso cadastrado

Leia mais

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA

NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA 1 NOTA FISCAL DE SERVIÇOS ELETRÔNICA TUTORIAL DE USO DA FERRAMENTA ANO 2012 2 Sumário 1 Nota Fiscal de Serviços eletrônica - NFS-e... 3 1.1 Considerações Iniciais... 3 1.2 Legislação... 3 1.3 Definição...

Leia mais

Como Fazer o seu Pedido

Como Fazer o seu Pedido 1 Como Fazer o seu Pedido Agora que você já está cadastrado e sabe como acessar o seu escritório virtual, é muito importante que saiba como enviar seus pedidos. No tutorial Como Fazer o seu Cadastro você

Leia mais

Manual do Usuário - Processo Certificado de Registro Pessoa Física Manual Operacional Certificado de Registro Pessoa Física CRPF

Manual do Usuário - Processo Certificado de Registro Pessoa Física Manual Operacional Certificado de Registro Pessoa Física CRPF Manual Operacional Certificado CRPF Abril Curitiba - PR 1 Sumário 1 OBJETIVO 6 2 ACESSO INICIAL PARA TODOS OS USUÁRIOS (CAC S) 7 2.1 REALIZANDO O PRIMEIRO CADASTRO. 8 2.1.1 CPF 8 2.1.2 TAPE 8 2.1.3 CÓDIGO

Leia mais

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas

V.1.0 SIAPAS. Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde. Contas Médicas 2014 V.1.0 SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Contas Médicas SIAPAS Sistema Integrado de Administração ao Plano de Assistência à Saúde Módulos CONTAS MÉDICAS Capa

Leia mais

MATRÍCULAS ABERTAS PARA

MATRÍCULAS ABERTAS PARA Olá, você acessou o Manual para Inscrição de Matrículas de Alunos Novos do Colégio Medianeira. Leia atentamente as orientações abaixo. Elas vão facilitar o correto preenchimento de seu Cadastro que é OBRIGATÓRIO

Leia mais

Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão

Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão Manual do Usuário Cidadão SIC Serviço de informação ao cidadão NOVOSIS 3ª Versão Conteúdo Introdução... 3 Principais recursos:... 4 Para o cidadão:... 4 Para os órgãos públicos:... 4 Como Utilizar o SIC...

Leia mais

Tutorial Agendamento para Carregamento de Cargas Soltas Regime: IMPORTAÇÃO Solicitação via Web

Tutorial Agendamento para Carregamento de Cargas Soltas Regime: IMPORTAÇÃO Solicitação via Web Tutorial Agendamento para Carregamento de Cargas Soltas Regime: IMPORTAÇÃO Solicitação via Web Agendamento WEB Dando continuidade ao Programa de Agendamento para programação de carregamento de contêineres

Leia mais

GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR SISTEMA INTEGRADO DE ATIVIDADES TÉCNICAS MANUAL DO USUÁRIO - CLIENTE

GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR SISTEMA INTEGRADO DE ATIVIDADES TÉCNICAS MANUAL DO USUÁRIO - CLIENTE 1 GOVERNO DO ESTADO DO ESPÍRITO SANTO CORPO DE BOMBEIROS MILITAR SISTEMA INTEGRADO DE ATIVIDADES TÉCNICAS MANUAL DO USUÁRIO - CLIENTE 1º PASSO CADASTRO DE PROPRIETÁRIO E/OU RESPONSÁVEL Prezado cliente,

Leia mais

TUTORIAL FERRAMENTA DE PRÉ-AGENDAMENTO ONLINE. MAPLO

TUTORIAL FERRAMENTA DE PRÉ-AGENDAMENTO ONLINE. MAPLO TUTORIAL FERRAMENTA DE PRÉ-AGENDAMENTO ONLINE. MAPLO Carta de Apresentação Prezados Parceiros, A Maplo traz uma inovação em seu atendimento, com o intuito de facilitar o processo de pré-matrícula em nossos

Leia mais

PAG CONTAS CARNÊ Agora ficou mais fácil pagar suas contas. PAG CONTAS CARNÊ. Geração de Boletos MANUAL DO USUÁRIO

PAG CONTAS CARNÊ Agora ficou mais fácil pagar suas contas. PAG CONTAS CARNÊ. Geração de Boletos MANUAL DO USUÁRIO PAG CONTAS CARNÊ Geração de Boletos MANUAL DO USUÁRIO MANUAL DE GERAÇÃO DE BOLETOS EMPRESAS CONVENIADAS 1) REQUISITOS DO SISTEMA: Primeiramente devemos possuir seguintes itens abaixo: - Microcomputador

Leia mais

Manual de utilização do. sistema integrado de controle médico WWW.ISA.NET.BR

Manual de utilização do. sistema integrado de controle médico WWW.ISA.NET.BR Manual de utilização do sistema integrado de controle médico WWW.ISA.NET.BR Sistema integrado de controle médico Acesso... 3 Menu principal... 4 Cadastrar... 6 Cadastro de pacientes... 6 Convênios... 10

Leia mais

MANUAL VERSÃO 2.13 1

MANUAL VERSÃO 2.13 1 1 SUMÁRIO INTRODUÇÃO... 3 1. O QUE É O EOL?... 3 2. ACESSANDO O EOL... 3 3. TELA INICIAL... 4 4. EXAMES ADMISSIONAIS... 4 5. MUDANÇA DE FUNÇÃO... 6 6. EXAMES DEMISSIONAL E RETORNO AO TRABALHO... 7 7. EXAMES

Leia mais

Poder Judiciário e órgãos da Administração Pública

Poder Judiciário e órgãos da Administração Pública Poder Judiciário e órgãos da Administração Pública A Central Nacional de Indisponibilidade é um sistema que integra ordens judiciais e administrativas sobre indisponibilidade de bens. Para acessar a Central

Leia mais

Sistema da Comissão Nacional de Residência Médica

Sistema da Comissão Nacional de Residência Médica Sistema da Comissão Nacional de Residência Médica APRESENTAÇÃO: Este Manual apresenta as telas que são utilizadas para a navegação no Sistema de Comissão Nacional de Residência Médica. Neste manual estão

Leia mais

Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital

Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital Passo a Passo do Orçamentos de Entrada no SIGLA Digital Página 1 de 9 Este é um dos principais módulos do SIGLA Digital. Utilizado para dar entrada de produtos no estoque, essa ferramenta segue a seguinte

Leia mais

Perguntas frequentes sobre o Via Rápida Empresa VRE. 1. O Cadastro WEB e o Sistema Integrado de Licenciamento - SIL não existem mais?

Perguntas frequentes sobre o Via Rápida Empresa VRE. 1. O Cadastro WEB e o Sistema Integrado de Licenciamento - SIL não existem mais? Perguntas frequentes sobre o Via Rápida Empresa VRE 1. O Cadastro WEB e o Sistema Integrado de Licenciamento - SIL não existem mais? Desde o dia 21/10/2013, esta em operação o Módulo Estadual de Licenciamento

Leia mais

Coordenação Geral de Tecnologia da Informação - CGTI. SIGED - Sistema de Gestão Eletrônica de Documentos MANUAL DO USUÁRIO Módulo de Arquivos

Coordenação Geral de Tecnologia da Informação - CGTI. SIGED - Sistema de Gestão Eletrônica de Documentos MANUAL DO USUÁRIO Módulo de Arquivos SIGED - Sistema de Gestão Eletrônica de Documentos MANUAL DO USUÁRIO Módulo de Arquivos O objetivo deste Manual é permitir a reunião de informações dispostas de forma sistematizada, criteriosa e segmentada

Leia mais

Sistema de Pedido de Registro e Inspeção online. Manual do Usuário

Sistema de Pedido de Registro e Inspeção online. Manual do Usuário Sistema de Pedido de Registro e Inspeção online Manual do Usuário Introdução O Sistema de Pedido de Registro e Inspeção online permite ao Criador e ao Inspetor proceder a todas providencias para que um

Leia mais

Sistema de Eventos - Usuário

Sistema de Eventos - Usuário 2013 Sistema de Eventos - Usuário Coordenação de Tecnologia da Informação e Comunicação FUNDEPAG 06/06/2013 Sumário 1- Sistema de eventos... 3 1.1 Eventos... 3 1.2 Eventos que participo... 4 1.3 Trabalhos...

Leia mais

MARISOL ON LINE MANUAL. IDMarisol 1

MARISOL ON LINE MANUAL. IDMarisol 1 MANUAL Índice Tela de Login.... ª Via do Boleto Bancário.... Quero me Cadastrar.... Esqueci Minha Senha...... Consulta de Ordens... Consulta de Duplicatas...0 Consulta de Notas Fiscais... Peça Fácil Proposta

Leia mais

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx

Conecta S_Line. 2.2 Downloads Para instalar o Conecta S_Line, basta acessar www.sline.com.br/downloads.aspx 1 Introdução O Conecta S_Line permite que o laboratório envie à Central S_Line os resultados de exames gerados pelo Sistema de Informação Laboratorial (LIS) em forma de arquivos digitais. Todo o processo

Leia mais

Tutorial Agendamento para Carregamento de Container Regime: IMPORTAÇÃO Solicitação via WEB

Tutorial Agendamento para Carregamento de Container Regime: IMPORTAÇÃO Solicitação via WEB Tutorial Agendamento para Carregamento de Container Regime: IMPORTAÇÃO Solicitação via WEB Agendamento WEB Dando continuidade ao Programa de Agendamento para programação de carregamento de contêineres

Leia mais

Procedimentos para Utilização do SAVI

Procedimentos para Utilização do SAVI Procedimentos para Utilização do SAVI 1. Acessando o sistema Para acessar o sistema é necessário ter instalado em seu sistema o navegador Firefox. Uma vez que ele esteja disponível acesse o link: HTTP://

Leia mais

Passos básicos para utilização de Nota Fiscal Eletrônica (NF-E)

Passos básicos para utilização de Nota Fiscal Eletrônica (NF-E) Conteúdo Solicitação de Autorização...2 Numeração da NF-E...3 Emissão de NF-E...3 Pesquisa de NF-E emitida...5 Cancelamento de NF-E emitida...5 Carta de Correção...6 Envio de Arquivo de RPS...6 Número

Leia mais

MANUAL DO PROGRAMA CSPSNet

MANUAL DO PROGRAMA CSPSNet MANUAL DO PROGRAMA CSPSNet Qualquer dúvida entre em contato: (33)32795093 01 USUÁRIO/CSPSNet O sistema CSPSNet está configurado para funcionar corretamente nos seguintes browsers: Internet Explorer 8.0,

Leia mais

MANUAL DO PRESTADOR DO WEDE ODONTOGROUP - 2010

MANUAL DO PRESTADOR DO WEDE ODONTOGROUP - 2010 Prezado (a) Prestador (a), Com o objetivo de melhorar os nossos serviços junto à rede credenciada e aos nossos beneficiários, estamos disponibilizando no portal www.odontogroup.com.br alguns serviços como:

Leia mais

Manual Agendamento de Importação Cheio e Carregamento Expresso

Manual Agendamento de Importação Cheio e Carregamento Expresso Manual Agendamento de Importação Cheio e Carregamento Expresso Sumário 1. Objetivo... 3 2. Introdução... 3 3. Agendamento Importação... 4 3.1 Reservar Janela de Agendamento... 6 3.2 Excluir Janela de Agendamento...

Leia mais

PORTAL EMPRESA SIMPLES Registro e Licenciamento de Empresas MANUAL RLE

PORTAL EMPRESA SIMPLES Registro e Licenciamento de Empresas MANUAL RLE PORTAL EMPRESA SIMPLES Registro e MANUAL RLE 2 Sumário 1 Como preparar o computador para uso do certificado digital...04 2 Primeiro acesso: cadastro do cidadão...10 3 Consulta de Classificação de Risco...13

Leia mais

MANUAL PARA ACESSO AO SISTEMA AOS REPRESENTANTES

MANUAL PARA ACESSO AO SISTEMA AOS REPRESENTANTES MANUAL PARA ACESSO AO SISTEMA AOS REPRESENTANTES Índice 1 Acesso ao Sistema... 3 2 Inclusão de Novos Pedidos... 5 3 Carteira de Pedidos... 13 4 Consulta à clientes... 15 5 Consulta a Informações dos Clientes...

Leia mais

Controle de Ordem de Serviço

Controle de Ordem de Serviço Programação Customizada Personalizada Controle de Ordem de Serviço ACCESS+VBA Manual do Usuário www.theraprogramas.hd1.com.br Telefone: (11) 8048-7280 Tela Inicial Carregando os arquivos Escolha a Opção

Leia mais

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador.

O programa Mysql acompanha o pacote de instalação padrão e será instalado juntamente com a execução do instalador. INTRODUÇÃO O Programa pode ser instalado em qualquer equipamento que utilize o sistema operacional Windows 95 ou superior, e seu banco de dados foi desenvolvido em MySQL, sendo necessário sua pré-instalação

Leia mais

Contato/Suporte = Para dúvidas ao efetuar o cadastro ou para acessar.

Contato/Suporte = Para dúvidas ao efetuar o cadastro ou para acessar. 1 Central Eletrônica de Integração e Informações (CEI) dos Atos Notariais e Registrais dos Cartórios Extrajudiciais do Estado de Mato Grosso Manual de Utilização da Central, Anoreg-MT Versão 1.2 Descrição

Leia mais

1. Tela de Acesso pg. 2. 2. Cadastro pg. 3. 3. Abas de navegação pg. 5. 4. Abas dados cadastrais pg. 5. 5. Aba grupo de usuários pg.

1. Tela de Acesso pg. 2. 2. Cadastro pg. 3. 3. Abas de navegação pg. 5. 4. Abas dados cadastrais pg. 5. 5. Aba grupo de usuários pg. Sumário 1. Tela de Acesso pg. 2 2. Cadastro pg. 3 3. Abas de navegação pg. 5 4. Abas dados cadastrais pg. 5 5. Aba grupo de usuários pg. 6 6. Aba cadastro de funcionários pg. 7 7. Pedidos pg. 12 8. Cartões

Leia mais

Passos para teste de boletos pré-produção

Passos para teste de boletos pré-produção Passos para teste de boletos pré-produção Os passos citados abaixo apenas poderão ser efetuados após a homologação dos boletos junto ao banco. Este processo é realizado pela MTI e liberado à empresa que

Leia mais