QUESTIONAMENTOS ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 24/ BNDES. Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece:

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "QUESTIONAMENTOS ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 24/2015 - BNDES. Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece:"

Transcrição

1 QUESTIONAMENTOS ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 24/ BNDES Prezado Senhor, Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece: 1. Item Onde podemos encontrar os procedimentos, processos, padrões e políticas do BNDES em relação à implantação de sistemas em produção? O serviço de instalação do SISTEMA, realizado em ambiente de produção, será realizado de acordo com procedimentos, processos, padrões e políticas do BNDES no que se refere à aquisição de ferramentas de Tecnologia da Informação. Tratam-se de ações internas que orientam a instalação de softwares e que serão apresentadas em Reunião Preliminar conforme item do Termo de Referência anexo ao Edital. 2. Item O item solicita que seja mensurado um processo de implantação que seja de acordo com políticas e padrões que desconhecemos. Caso o nosso sistema não seja adequado com estas políticas precisaremos saber antecipadamente. A infraestrutura e requisitos necessários estão especificados no Edital. Os procedimentos, processos, padrões e políticas do BNDES tratam de ações internas que orientam a instalação de softwares e que serão apresentadas em Reunião Preliminar conforme item do Termo de Referência anexo ao Edital. Tais políticas internas não inviabilizarão a instalação do software caso o mesmo atenda a todos os requisitos exigidos em Edital. 3. Item Onde podemos encontrar todas as normativas e políticas do BNDES que serão usadas para a "adequação" do sistema? As necessidades de customização/adequação do SISTEMA serão avaliadas de acordo com as funcionalidades que o SISTEMA trará nativamente aliadas às necessidades específicas do BNDES não contempladas no SISTEMA a ser instalado. 4. Item II - Com a recente atualização do Google Chrome não é mais possível utilizar plugins em Java. Como o BNDES espera que a contratada forneça as ações de assinatura digital de documentos neste caso? (exemplo, item 2.3.9) 1

2 O item permite a adoção de autenticação mútua, através de certificado digital ou usuário/senha. 5. Item A contratada deverá fornecer as licenças para o SGBD escolhido ou o BNDES disponibilizará os schemas para o trabalho? Se o SGDB estiver dentro dos definidos pelo BNDES não será necessária a disponibilização de licenças, porém, caso o SGDB seja embarcado, o Contratado deverá arcar com os custos de licenciamento e suporte técnico do SGDB. 6. Item A contratada deverá fornecer as licenças para o IBM Websphere e demais ferramentas e componentes IBM? Não, o Contratado não deverá fornecer as licenças. 7. Item A contratada terá acesso SSH ao servidor Linux onde encontra-se instalado o IBM Websphere ou o acesso será apenas na área de gestão do IBM Websphere? Em desenvolvimento e teste o Contratado tem acesso para realizar os procedimentos e elaborar roteiros que serão executados pela equipe do BNDES em produção. 8. Item Uma aplicação no padrão J2EE que possa ser instalada em outros servidores de aplicação como JBOSS ou webcontainers como Tomcat, é aceita pelo BNDES? Não é aceita. 9. Item O sistema entregue poderá contar com softwares licenciados de outras empresas (nacionais ou estrangeiras) ou todos os componentes do software devem ser de propriedade intelectual da contratada? O item prevê somente que "o objeto contratado deverá ser composto de software específico, licença e todos os recursos necessários ao pleno funcionamento de um SISTEMA DE IDENTIFICAÇÃO E AVALIAÇÃO DE DOCUMENTOS ARQUIVÍSTICOS". Não há impedimento previsto para que o sistema possa contar com software de outras empresas desde que a licença e 2

3 suporte sejam entregues junto com a SOLUÇÃO, atendidos todos os requisitos do Edital. 10. Item O item cita que deve poder existir comunicação com servidores remotos. Já o item diz que não pode existir comunicação com redes externas. Poderiam esclarecer? Os referidos servidores remotos estão localizados na rede interna do BNDES. 11. Item O que significa "coleta de dados"? Não achamos que este seja um termo de navegabilidade comumente utilizado então ficamos em dúvida. Coleta de dados refere-se ao cadastro de itens documentais no SISTEMA pela equipe técnica do BNDES, ou seja, trata-se da própria utilização da ferramenta para inserção de dados. 12. Item O sistema poderá se fazer uso de Applets Java para as operações de assinatura digital e comunicação com tokens? Não existe requisito para assinatura digital dos documentos. O item registra de quem é a competência para assinar aquele tipo documental. 13. Item Entendemos que o "ou" na frase dos formatos "PDF, xlsx ou docx" tornam os formatos opcionais, sendo apenas um necessário. Qual o entendimento do BNDES sobre este item? O Edital exige apenas um formato. 14. Item Como será feita a comprovação deste item em prova prática? A comprovação será feita por meio de prova de conceito (item 4.14 do Edital) e, posteriormente, na fase de operação assistida, conforme item do Termo de Referência anexo ao Edital. 15. Item Não localizamos a especificação referente a gestão de unidades dos usuários. Como deverá funcionar? 3

4 A informação da unidade do usuário deve fazer parte do seu perfil. 16. Item Este backup deverá ser automático (batch no servidor) ou deve ser uma operação manual do administrador? Deverá ser automático. 17. Item O backup deverá considerar também os binários dos arquivos (doc, pdf, zip etc..) que foram enviados pelos usuários ou apenas dos dados do banco de dados? O SISTEMA não contempla o envio de arquivos pelo usuário. 18. Item O "ou" no item significa, no nosso entendimento, que o sistema deverá suportar a autenticação por "login e senha OU certificado digital", ou seja, apenas um deles é necessário. Qual o entendimento do BNDES? O Edital exige apenas um modo de autenticação. 19. Item Os prazos de instalação e integração solicitados no certame exigem períodos de trabalho úteis maiores. Apenas 8 horas corridas não fecham com os prazos solicitados. Solicitamos revisão para adequar o horário para 08:00 até 18hs ou 10hs até 20hs. O horário base é informado no Edital, porém no que se refere à instalação, esta deverá ser realizada em dias e horários previamente estipulados pelo BNDES, podendo inclusive ocorrer fora do horário comercial e/ou em dias não úteis (item do Termo de Referência anexo ao Edital). 20. Item O profissional técnico possui sua estação de trabalho em um notebook. Ele precisará conectar na rede do BNDES, seja através de wireless ou cabo local para poder desempenhar seu trabalho de instalação, configuração e testes e integrações. Este acesso será concedido? Se negativo precisaremos saber antecipadamente as configurações técnicas e softwares disponíveis na estação de trabalho que será entregue ao profissional da contratada. O Contratado poderá trazer notebook para acesso a rede do BNDES. O notebook será colocado em um segmento controlado com as permissões necessárias para a realização das atividades pertinentes à instalação. 4

5 21. Item Haja vista a complexidade do tema e validações necessárias imaginamos que será preciso outras reuniões. O prazo das demais entregas se mantém inalterado ou será postergado no caso de outras reuniões após a primeira? Fica a critério do BNDES conceder prazos adicionais aos previstos, mediante o requerimento justificado do Contratado (item do Termo de Referência anexo ao Edital). 22. Item A instalação será feita apenas no ambiente de produção e neste ambiente serão realizados TESTES concomitantemente com a operação assistida? Não compreendemos pois parece muito confuso. Normalmente instala-se em um ambiente próprio para testes. Qual o entendimento do BNDES? Os testes compõem a fase de operação assistida e serão realizados após colocar toda a solução em produção. 23. Item Desconhecemos as políticas e normativas do BNDES que servirão de base para estas customizações - Como podemos garantir que 50 horas seja suficiente? Solicitamos maior detalhamento para que se possa orçar corretamente. O item cita inclusive que os processos são complexos e que podem existir prazos de até 30 dias (não fecha com 50 horas) - A quantidade de horas parece insuficiente embora limitada. O serviço de customização do SISTEMA consistirá na adequação do SISTEMA aos normativos e políticas do BNDES, como, por exemplo, políticas de arquivo e segurança da informação, além de ajustes de layout de acordo com as necessidades específicas do BNDES. Será previsto um quantitativo de até 50 (cinquenta) horas de serviços de customização/adequação do SISTEMA aos requisitos específicos identificados. O prazo de conclusão de cada serviço de customização do SISTEMA será objeto de negociação entre o Contratado e o BNDES, em função da complexidade dos processos e não poderá ser superior a 30 (trinta) dias úteis, contados a partir da solicitação do BNDES. Consideramos adequado o quantitativo previsto frente aos requisitos de sistema apresentados e o prazo máximo de 30 dias de conclusão de cada serviço de customização não possui relação direta com o número de horas acordada entre o BNDES e o Contratado para a realização do serviço conforme itens e do Termo de Referência anexo ao Edital. 24. Item O quantitativo de horas a ser apresentado pelo contratado deverá obrigatoriamente estar dentro das 50 horas estimada? 5

6 O prazo de conclusão de cada serviço de customização do SISTEMA será objeto de negociação entre o Contratado e o BNDES sendo previsto um quantitativo de até 50 (cinquenta) horas de serviços de customização/adequação do SISTEMA conforme itens e do Termo de Referência anexo ao Edital. 25. Item O BNDES irá/poderá aprovar customizações cujo orçamento exceda as 50 horas estimadas? Consideramos adequado o quantitativo previsto frente aos requisitos de sistema apresentados, por isso não serão aprovadas customizações que excedam o quantitativo de horas estipulado. 26. Item O prazo de 6 meses inicia a partir de quando? da instalação em produção? da assinatura do contrato? O prazo inicia a partir da assinatura do Contrato. 27. Item Aqui pede-se que o suporte técnico seja "on site", ou seja, que possua atendimento LOCAL/PRESENCIAL para abordar suspeitas de defeitos. Já o item cita a possibilidade de "suporte técnico não executados nas dependências do BNDES". Qual será o criterio de suporte técnico afinal? Não será permitido o acesso remoto do Contratado ao ambiente de TI do BNDES (item do Termo de Referência anexo ao Edital). 28. Item e item 3 - Para empresas que são localizadas fora do estado do RJ qual será o SLA exigido para o atendimento on site? O SLA será o mesmo para todos os Licitantes. 29. Item 3 - O prazo exigido para início de atendimento, até mesmo em níveis de severidade baixas, somado com a proibição de acesso externo ao ambiente do BNDES, restringe a participação de empresas que já possuam técnicos próximos ao BNDES, requisito este que não existe na especificação do edital. Pedimos esclarecimento e ajuste neste item do edital para que os prazos possam ser realistas para a ampliação da concorrência ou que seja concedido acesso externo através de VPN segura para que haja possibilidade de participação de empresas que estejam distantes geograficamente do BNDES. 6

7 O SLA especificado é para início de atendimento e não exige acesso remoto. O início de atendimento pode ser realizado através de contatos por telefone, troca de s, etc., com auxílio de mensagens de log ou outros mecanismos fornecidos pelo software. Assim sendo os prazos serão mantidos face à necessidade de continuidade de negócios do BNDES. 7

CEP 2 100 99010-640 0 (XX) 54 3316 4500 0 (XX)

CEP 2 100 99010-640 0 (XX) 54 3316 4500 0 (XX) ANEXO 2 INFORMAÇÕES GERAIS VISTORIA 1. É obrigatória a visita ao hospital, para que a empresa faça uma vistoria prévia das condições, instalações, capacidade dos equipamentos, migração do software e da

Leia mais

HP Router Advanced Implementation

HP Router Advanced Implementation HP Router Advanced Implementation Dados técnicos O HP Router Advanced Implementation tem como objetivo, baseado na entrevista para coleta de informações junto ao Cliente e na análise dos equipamentos existente,

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA MANUTENÇÔES EVOLUTIVAS NO SITE PRO-SST DO SESI

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA MANUTENÇÔES EVOLUTIVAS NO SITE PRO-SST DO SESI ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA MANUTENÇÔES EVOLUTIVAS NO SITE PRO-SST DO SESI 1. OBJETO 1.1. Contratação de empresa especializada para executar serviços de manutenção evolutiva, corretiva, adaptativa e normativa

Leia mais

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO N. 052/2010 ESCLARECIMENTO 4

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO N. 052/2010 ESCLARECIMENTO 4 MENSAGEM Assunto: Esclarecimento 4 Referência: Pregão Eletrônico n. 052/2010 Data: 19/11/2010 Objeto: Contratação de serviços técnicos especializados de atendimento remoto e presencial a usuários de tecnologia

Leia mais

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO XVII MODELOS DE DECLARAÇÕES E ATESTADOS MODELO 01 DECLARAÇÃO DE DISPONIBILIDADE DE ESTRUTURA

CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO XVII MODELOS DE DECLARAÇÕES E ATESTADOS MODELO 01 DECLARAÇÃO DE DISPONIBILIDADE DE ESTRUTURA CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 BNDES ANEXO XVII MODELOS DE DECLARAÇÕES E ATESTADOS MODELO 01 DECLARAÇÃO DE DISPONIBILIDADE DE ESTRUTURA Referência: CONCORRÊNCIA AA Nº 05/2009 - BNDES Data: / / Licitante: CNPJ:

Leia mais

HP Router Basic Implementation

HP Router Basic Implementation HP Router Basic Implementation Dados técnicos O HP Router Basic Implementation tem como objetivo, baseado na entrevista para coleta de informações junto a equipe designada pelo cliente, realizar a instalação

Leia mais

Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento PNUD CONCORRÊNCIA PÚBLICA INTERNACIONAL Nº 02430/2008

Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento PNUD CONCORRÊNCIA PÚBLICA INTERNACIONAL Nº 02430/2008 Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento PNUD CONCORRÊNCIA PÚBLICA INTERNACIONAL Contratação de empresa especializada em tecnologia da informação para o desenvolvimento de Sistema Nacional de

Leia mais

LEI DE ACESSO A INFORMAÇÃO DIREITO DO CIDADÃO

LEI DE ACESSO A INFORMAÇÃO DIREITO DO CIDADÃO DESCRIÇÃO DO SIGAI O SIGAI (Sistema Integrado de Gestão do Acesso à Informação) é uma solução de software que foi desenvolvida para automatizar os processos administrativos e operacionais visando a atender

Leia mais

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO N. 64/2008 ESCLARECIMENTO 4

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO N. 64/2008 ESCLARECIMENTO 4 MENSAGEM Assunto: Esclarecimento 4 Referência: Pregão Eletrônico n. 64/2008 Data: 17/11/2008 Objeto: Aquisição de certificado digital, na hierarquia da ICP-Brasil, do tipo A3 para pessoa física (e-cpf)

Leia mais

Serviço Público Estadual GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Secretaria de Estado de Agricultura e Pecuária COMISSÃO DE PREGÃO BANCO MUNDIAL - BIRD

Serviço Público Estadual GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Secretaria de Estado de Agricultura e Pecuária COMISSÃO DE PREGÃO BANCO MUNDIAL - BIRD BANCO MUNDIAL - BIRD PROJETO DE DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL EM MICROBACIAS HIDROGRÁFICAS RIO RURAL EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO N.º 019/2013 PROCESSO N.º E-02/001/00583/2013 ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA

Leia mais

Manual Do Usuário ClinicaBR

Manual Do Usuário ClinicaBR Manual Do Usuário ClinicaBR SUMÁRIO 1 Introdução... 01 2 ClinicaBR... 01 3 Como se cadastrar... 01 4 Versão experimental... 02 5 Requisitos mínimos p/ utilização... 03 6 Perfis de acesso... 03 6.1 Usuário

Leia mais

CONSULTA PÚBLICA AA 01/2014 BNDES QUESTIONAMENTO 08

CONSULTA PÚBLICA AA 01/2014 BNDES QUESTIONAMENTO 08 CONSULTA PÚBLICA AA 01/2014 BNDES QUESTIONAMENTO 08 Questionamento 08.1: 1) Considerando que o item 13.1.11. do Anexo I dispõe sobre a possibilidade de fiscalização nos serviços executados. (i) A proponente

Leia mais

ESTRUTURA PARA PORTAIS ELETRÔNICOS MUNICIPAIS

ESTRUTURA PARA PORTAIS ELETRÔNICOS MUNICIPAIS ESTRUTURA PARA PORTAIS ELETRÔNICOS MUNICIPAIS 1. Apresentação Os sites e sistemas web desenvolvidos pela Dynamika apresentam um conjunto de critérios de desenvolvimento que visam entregar o projeto de

Leia mais

CONSULTA PÚBLICA BNDES 01/2008 QUESTIONAMENTOS DA EMPRESA SAS

CONSULTA PÚBLICA BNDES 01/2008 QUESTIONAMENTOS DA EMPRESA SAS 1 CONSULTA PÚBLICA BNDES 01/2008 QUESTIONAMENTOS DA EMPRESA SAS QUESTÃO 1 2. DESCRIÇÃO DO OBJETO 2.1. Aquisição do SISTEMA DE RISCO 2.1.1. Fornecimento e cessão de direito de uso definitivo, não exclusivo,

Leia mais

QUESTINAMENTOS AO EDITAL DE CONCORRÊNCIA 01/2013

QUESTINAMENTOS AO EDITAL DE CONCORRÊNCIA 01/2013 QUESTINAMENTOS AO EDITAL DE CONCORRÊNCIA 01/2013 Prezados Senhores da comissão de licitação da UENF, seguem alguns questionamentos acerca do edital de concorrência 01/2013 para esclarecimentos: 1. ANEXO

Leia mais

CONSULTA PÚBLICA. d) Certificação CERTICS informar se o software possui a referida certificação.

CONSULTA PÚBLICA. d) Certificação CERTICS informar se o software possui a referida certificação. CONSULTA PÚBLICA O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social - BNDES está preparando procedimento licitatório visando a aquisição de software comparador de documentos do tipo texto, compreendendo

Leia mais

ATA DE REUNIÃO. 1) Recebimento de eventuais questionamentos e/ou solicitações de esclarecimentos Até 18/02/2009 às 18:00 horas;

ATA DE REUNIÃO. 1) Recebimento de eventuais questionamentos e/ou solicitações de esclarecimentos Até 18/02/2009 às 18:00 horas; ATA DE REUNIÃO CONSULTA PÚBLICA PARA AQUISIÇÃO DE SOLUÇÃO WEB-EDI Troca Eletrônica de Dados. Local Dataprev Rua Cosme Velho nº 06 Cosme Velho Rio de Janeiro / RJ. Data: 06/03/2009 10:30 horas. Consolidação

Leia mais

QUESTIONAMENTOS ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 34/2014 - BNDES. Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece:

QUESTIONAMENTOS ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 34/2014 - BNDES. Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece: QUESTIONAMENTOS ACERCA DO EDITAL DO PREGÃO ELETRÔNICO AA Nº 34/2014 - BNDES Prezado Senhor, Em resposta aos questionamentos formulados, o BNDES esclarece: 1. Itens 4.14, 4.17.1, 4.17.2, 4.19, 6.2 e 18

Leia mais

ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 04/14 CREMEB

ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 04/14 CREMEB ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 04/14 CREMEB 1 - DO OBJETO Constitui objeto da presente licitação a aquisição de: 1.1-08 (oito) LICENÇAS modalidade MICROSOFT OPEN, sendo: 01

Leia mais

ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 07/13 CREMEB

ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 07/13 CREMEB ANEXO I T E R M O DE R E F E R Ê N C I A EDITAL DE PREGÃO Nº 07/13 CREMEB 1 -DO OBJETO Constitui objeto da presente licitação a aquisição de 70 (setenta) licenças de software antivírus coorporativo para

Leia mais

A Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais PRODEMGE

A Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais PRODEMGE Belo Horizonte, 06 de Maio de 2010 A Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais PRODEMGE Referente: CONSULTA PÚBLICA PARA CONTRATAÇÃO DE UMA SOLUÇÃO DE GERENCIAMENTO DE SERVIÇOS DE

Leia mais

SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO SISTEMA DE GESTÃO DE PESSOAS SEBRAE/TO UNIDADE: GESTÃO ESTRATÉGICA PROCESSO: TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO Competências Analista 1. Administração de recursos de infra-estrutura de tecnologia da informação 2.

Leia mais

Termos de Uso Sistema Diário de Obras Online

Termos de Uso Sistema Diário de Obras Online Termos de Uso Sistema Diário de Obras Online Estes são os termos que determinarão o nosso relacionamento Este contrato refere-se ao sistema Diário de Obras Online, abrangendo qualquer uma de suas versões

Leia mais

UTILIZAÇÃO DE RECURSOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO - TIC

UTILIZAÇÃO DE RECURSOS DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO - TIC Código: NO01 Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região Comitê de Segurança da Informação Secretaria de Tecnologia da Informação Núcleo de Segurança da Informação Revisão: 00 Vigência:20/04/2012 Classificação:

Leia mais

Pregão Eletrônico 51/12 1. SOFTWARE ONE: Questionamento 1 - Duvida: RESPOSTA Questionamento 2 - Duvida: RESPOSTA Questionamento 3 - Duvida: RESPOSTA

Pregão Eletrônico 51/12 1. SOFTWARE ONE: Questionamento 1 - Duvida: RESPOSTA Questionamento 2 - Duvida: RESPOSTA Questionamento 3 - Duvida: RESPOSTA Disponibilizamos, para o conhecimento das interessadas, a resposta da área técnica deste TRT, acerca dos questionamentos aos termos do Edital do Pregão Eletrônico 51/12, formulados pelas seguintes empresas:

Leia mais

Certificado CERTICS para Software

Certificado CERTICS para Software Certificado CERTICS para Software Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) ATIVOS: Equipe: 29 profissionais 2 (CTI), 18 (FACTI), 9 bolsistas Plataformas: CERTICSys, politicsys Metodologias:

Leia mais

Sumário. Versão 00 - Agosto/2013 1

Sumário. Versão 00 - Agosto/2013 1 Breve definição de todos os serviços prestados pela DGTI Diretoria de Gestão da Tecnologia da Informação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais. O intuito deste documento

Leia mais

É desejável que o Proponente apresente sua proposta para ANS considerando a eficiência e conhecimento do seu produto/serviço.

É desejável que o Proponente apresente sua proposta para ANS considerando a eficiência e conhecimento do seu produto/serviço. 1 Dúvida: PROJETO BÁSICO Item 4.1.1.1.2 a) Entendemos que o Suporte aos usuários finais será realizado pelo PROPONENTE através de um intermédio da CONTRATANTE, que deverá abrir um chamado específico para

Leia mais

Apresentação FilePort Tracking System

Apresentação FilePort Tracking System Apresentação FilePort Tracking System www.mscti.com.br 1 Conteúdo do Documento Sobre a MSCTI... 3 FilePort Tracking System... 4 Parceiros... 9 Certificações... 9 e 10 Estrutura de Atendimento... 10 www.mscti.com.br

Leia mais

Microsoft CRM Passo a Passo

Microsoft CRM Passo a Passo Microsoft CRM Passo a Passo Sumário 1 Apresentação... 19 1.1 O que é CRM, afinal?... 19 1.1.1 Introdução... 19 1.1.2 CRM é um Conjunto de Processos... 19 1.1.3 CRM é um Repositório de Informações... 20

Leia mais

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO N. 45/2014 ESCLARECIMENTO N. 2

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO N. 45/2014 ESCLARECIMENTO N. 2 MENSAGEM Assunto: Esclarecimento Referência: Pregão Eletrônico n. 45/2014 Data: 06/3/2015 Objeto: Registro de Preços para fornecimento de equipamentos, componentes de solução de rede local, incluindo instalação

Leia mais

PESQUISA DE PREÇOS 03/2014

PESQUISA DE PREÇOS 03/2014 PESQUISA DE PREÇOS 03/2014 Considerando a necessidade de aquisição de software integrado de gestão, para atender as necessidades desta Prefeitura Municipal de Porto Alegre, solicitamos que as empresas

Leia mais

ANEXO III DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA

ANEXO III DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA CONCORRÊNCIA DIRAT/CPLIC 001/2007 1 ANEXO III DAS OBRIGAÇÕES DA CONTRATADA ESTABELECE, RESPONSABILIDADES DIVERSAS, TIPOS E HORÁRIO DE COBERTURA DE SUPORTE, E DEMAIS RESPONSABILIDADES DA CONTRATADA RELATIVAS

Leia mais

Termo de Referência. Anexo II - Especificações Técnicas - Requisitos Funcionais. Diretoria Técnica-Operacional. Gerência de Tecnologia da Informação

Termo de Referência. Anexo II - Especificações Técnicas - Requisitos Funcionais. Diretoria Técnica-Operacional. Gerência de Tecnologia da Informação Diretoria Técnica-Operacional Gerência de Tecnologia da Informação Termo de Referência Anexo II Especificação Técnica 1 - INTRODUÇÃO Página 2 de 9 do TR-007-3700 de Este anexo tem por objetivo detalhar

Leia mais

Segue abaixo respostas aos questionamentos sobre o Pregão Eletrônico n 78/2014-SRP

Segue abaixo respostas aos questionamentos sobre o Pregão Eletrônico n 78/2014-SRP Prezada Pregoeira, PODER JUDICIÁRIO Segue abaixo respostas aos questionamentos sobre o Pregão Eletrônico n 78/2014-SRP 1. Item 8.7 do Termo de Referencia: 8.7 O monitoramento remoto de alarme deverá ser

Leia mais

Sistema Web para Cotação de Preços. Vitae Tec Tecnologia a Serviço da Vida!

Sistema Web para Cotação de Preços. Vitae Tec Tecnologia a Serviço da Vida! Sistema Web para Cotação de Preços Vitae Tec Tecnologia a Serviço da Vida! Segue abaixo descritivo do sistema web de cotação de preço. A solução proposta pela Vita Tec oferece: 1) Maior controle, organização,

Leia mais

SLA - Service Level Agreement (Acordo de Nível de Serviço) Gerenciamento de Estoque

SLA - Service Level Agreement (Acordo de Nível de Serviço) Gerenciamento de Estoque 1 / 7 SLA - Service Level Agreement (Acordo de Nível de Serviço) Gerenciamento de Estoque Código: : Data de Publicação: Cliente: Faculdade de Tecnologia SENAC-GO 2 / 7 Identificação e Histórico do Documento

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. 1. Objeto. 2. Antecedentes. 3. Objeto da Licitação

TERMO DE REFERÊNCIA. 1. Objeto. 2. Antecedentes. 3. Objeto da Licitação TERMO DE REFERÊNCIA 1. Objeto 1.1. Contratação de empresa especializada em auditoria de tecnologia da informação e comunicações, com foco em segurança da informação na análise de quatro domínios: Processos

Leia mais

Orientações para contratação de SIGAD e serviços correlatos

Orientações para contratação de SIGAD e serviços correlatos Conselho Nacional de Arquivos Câmara Técnica de Documentos Eletrônicos Orientação Técnica n.º 1 Abril / 2011 Orientações para contratação de SIGAD e serviços correlatos Este documento tem por objetivo

Leia mais

Pré-Requisitos do Software Themis Pré-Requisitos do Software Themis

Pré-Requisitos do Software Themis Pré-Requisitos do Software Themis Pré-Requisitos do Software Themis Pré-Requisitos do Software Themis 1. Pré-requisitos para Servidores - até 2 licenças: 1.1 Plano Básico: Processador: 3.0 GHz ou superior. Recomenda-se 3.2 GHz Dual-Core.

Leia mais

CONSULTA PÚBLICA até 28/08/2009. até a data acima mencionada

CONSULTA PÚBLICA até 28/08/2009. até a data acima mencionada CONSULTA PÚBLICA O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social BNDES está preparando processo licitatório para contratação de serviços de consultoria técnica especializada, conforme detalhado

Leia mais

Soluções em Mobilidade

Soluções em Mobilidade Soluções em Mobilidade Soluções em Mobilidade Desafios das empresas no que se refere a mobilidade em TI Acesso aos dados e recursos de TI da empresa estando fora do escritório, em qualquer lugar conectado

Leia mais

MANUAL COM PASSO-A-PASSO. PARA CADASTRO DE EMISSOR DE NF-E (on-line)

MANUAL COM PASSO-A-PASSO. PARA CADASTRO DE EMISSOR DE NF-E (on-line) MANUAL COM PASSO-A-PASSO PARA CADASTRO DE EMISSOR DE NF-E (on-line) Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais Versão: Dezembro/2010 Conteúdo CADASTRO EMISSOR NF-e ONLINE...2 LIBERAÇÃO DO AMBIENTE

Leia mais

Sistemas de Produtividade

Sistemas de Produtividade Sistemas de Produtividade Os Sistemas de Produtividade que apresentaremos em seguida são soluções completas e podem funcionar interligadas ou não no. Elas recebem dados dos aplicativos de produtividade,

Leia mais

Software de Controle de Acesso

Software de Controle de Acesso Software de Controle de Acesso O W-Access é um software de controle de acesso 100% nacional, com padrões internacionais de qualidade, adequado ao mercado brasileiro e totalmente gerenciável por navegadores

Leia mais

Introdução ao. Linux do MEC

Introdução ao. Linux do MEC Introdução ao Linux do MEC Abril/2006 ÍNDICE Software Livre 3 Linux do MEC 4 Inicializando e finalizando o sistema 5 Área de trabalho 6 Operações com arquivos 7 Administração do ambiente 9 Navegador Internet

Leia mais

TERMO DE HOMOLOGAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 015/2015 LICITANTE - AMC INFORMÁTICA LTDA

TERMO DE HOMOLOGAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 015/2015 LICITANTE - AMC INFORMÁTICA LTDA TERMO DE HOMOLOGAÇÃO PREGÃO ELETRÔNICO Nº 015/2015 LICITANTE - AMC INFORMÁTICA LTDA Brasília, 03 de julho de 2015. C. DITEC/SUPRO/GEMOL-2015/016 Brasília, 03 de julho de 2015. À SUSEG/GECON GERÊNCIA DE

Leia mais

PESQUISA DE PREÇOS 01/2014

PESQUISA DE PREÇOS 01/2014 PESQUISA DE PREÇOS 01/2014 Considerando a necessidade de aquisição de software integrado de gestão, para atender as necessidades desta Prefeitura Municipal de Porto Alegre, solicitamos que as empresas

Leia mais

PATRONAGE - ADMINISTRAÇÃO DE BOLSAS E AUXÍLIOS FAPEMA FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA E AO DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO DO MARANHÃO Rua

PATRONAGE - ADMINISTRAÇÃO DE BOLSAS E AUXÍLIOS FAPEMA FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA E AO DESENVOLVIMENTO CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO DO MARANHÃO Rua 1 Sumário INTRODUÇÃO... 3 1 COMO ACESSAR O PATRONAGE... 4 2 INFORMAÇÕES SOBRE O PROJETO... 5 3 PRESTAÇÃO DE CONTAS... 8 3.1 Execução do projeto... 8 3.2 Autorização de recursos (remanejamento de recurso,

Leia mais

Termo de Referência. Aquisição de Solução de Gerenciamento de Impressão para plataforma baixa.

Termo de Referência. Aquisição de Solução de Gerenciamento de Impressão para plataforma baixa. Termo de Referência Aquisição de Solução de Gerenciamento de Impressão para plataforma baixa. CGAD/COAR - Gerenciamento de Impressão Plataforma Baixa / RQ DSAO nº xxx/2009 1/8 Termo de Referência Aquisição

Leia mais

Software Web para: Empresas, Governo, Organizações, Entidades de Classe, Sindicatos, ONG's e Profissionais Liberais

Software Web para: Empresas, Governo, Organizações, Entidades de Classe, Sindicatos, ONG's e Profissionais Liberais MANUAL DO USUÁRIO BITÁVEL GERENCIADOR ONLINE DE NEWSLETTERS (GOLNEWS) Software Web para: Empresas, Governo, Organizações, Entidades de Classe, Sindicatos, ONG's e Profissionais Liberais Versão 1.0 1 Índice

Leia mais

1 de 8 15/01/2015 16:47

1 de 8 15/01/2015 16:47 1 de 8 15/01/2015 16:47 389320.532013.10661.4808.1269663231.219 Conselho Federal de Enfermagem Ata de Realização do Pregão Eletrônico Nº 00053/2013 Às 09:16 horas do dia 30 de janeiro de 2014, reuniram-se

Leia mais

Ferramentas de Acesso Remoto

Ferramentas de Acesso Remoto Ferramentas de Acesso Remoto Minicurso sobre Ferramentas de Acesso remoto Instrutor Marcelino Gonçalves de Macedo Tópicos Abordados O que é acesso remoto? Por que utilizar acesso remoto? Características

Leia mais

A CMNet disponibilizou no dia 24 de junho para download no Mensageiro a nova versão do Padrão dos Sistemas CMNet.

A CMNet disponibilizou no dia 24 de junho para download no Mensageiro a nova versão do Padrão dos Sistemas CMNet. Prezado Cliente, A CMNet disponibilizou no dia 24 de junho para download no Mensageiro a nova versão do Padrão dos Sistemas CMNet. No Padrão 9 você encontrará novas funcionalidades, além de alterações

Leia mais

Serviço HP IMC EAD Implementation

Serviço HP IMC EAD Implementation Serviço HP IMC EAD Implementation Dados técnicos O serviço HP IMC EAD Implementation tem o objetivo de fornecer a personalização do módulo Endpoint Admission Defense de acordo com as necessidades do Cliente

Leia mais

INSTRUÇÃO TÉCNICA 06 PROJETOS DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS, COMUNICAÇÃO E SISTEMAS DE PREVENÇÃO DE DESCARGAS ATMOSFÉRICAS

INSTRUÇÃO TÉCNICA 06 PROJETOS DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS, COMUNICAÇÃO E SISTEMAS DE PREVENÇÃO DE DESCARGAS ATMOSFÉRICAS INSTRUÇÃO TÉCNICA 06 PROJETOS DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS, COMUNICAÇÃO E SISTEMAS DE PREVENÇÃO DE DESCARGAS ATMOSFÉRICAS 1 OBJETIVO Revisão 00 fev/2014 1.1 Estas Instruções Normativas de Projeto apresentam

Leia mais

Caixa Econômica Federal Gerência Nacional de Suprimentos

Caixa Econômica Federal Gerência Nacional de Suprimentos Caixa Econômica Federal Gerência Nacional de Suprimentos CAIXA GESUP Brasília Janeiro/2010 1 SUMÁRIO 1 Introdução... 3 2 Acesso... 4 3 Pregão Eletrônico... 5 3.1 Como consultar editais... 6 3.2 Credenciamento...

Leia mais

MANUAL DO CLIENTE DE CONTAS DE EMAIL

MANUAL DO CLIENTE DE CONTAS DE EMAIL MANUAL DO CLIENTE DE CONTAS DE EMAIL Índice 1 Introdução 2 2 Contas de Emails 2 3 Conceitos do Serviço de Emails 2 4 Acesso Webmail 3 6 Alterar Senha Via Web 9 7 Solução de Problemas 10 ocedimento 11 8

Leia mais

RESPOSTA AO QUESTIONAMENTO FORMULADO POR EMPRESA INTERESSADA NO CERTAME.

RESPOSTA AO QUESTIONAMENTO FORMULADO POR EMPRESA INTERESSADA NO CERTAME. RESPOSTA AO QUESTIONAMENTO FORMULADO POR EMPRESA INTERESSADA NO CERTAME. Brasília, 10 de fevereiro de 2010. Pregão n 062/2009 Lote 1: Lote 2: Operação, Gerenciamento de Redes, Servidores, Storage & Archive,

Leia mais

Realizando Compras no Site do Cartão BNDES

Realizando Compras no Site do Cartão BNDES Realizando Compras no Site do Cartão BNDES Comprador Atualizado em 30/06/2014 Pág.: 1/17 Introdução Este manual destina-se a orientar os portadores do Cartão BNDES que irão realizar compras de produtos

Leia mais

Tutorial Rede sem Fio - WFU para Windows 7 Ia UNESP V7

Tutorial Rede sem Fio - WFU para Windows 7 Ia UNESP V7 Tutorial Rede sem Fio - WFU para Windows 7 Ia UNESP V7 1 Baixe do site o programa wireless-unesp em: http://www.ia.unesp.br/home/redesemfio/wireless-unesp_.exe Clique com o botão direito sobre ele, e selecione

Leia mais

Banco de Preços. www.licitacoes-e.com.br/bpe. Opções do usuário

Banco de Preços. www.licitacoes-e.com.br/bpe. Opções do usuário Banco de Preços www.licitacoes-e.com.br/bpe Opções do usuário 1 1. Acesso ao Banco de Preços Para utilizar o sistema é necessário que o Contratante faça sua adesão ao Banco de Preços. Para tanto, deve:

Leia mais

APRESENTAÇÃO DE SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS PARA EQUIPAMENTOS DE ACELERADORES WAN

APRESENTAÇÃO DE SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS PARA EQUIPAMENTOS DE ACELERADORES WAN APRESENTAÇÃO DE SISTEMA DE REGISTRO DE PREÇOS PARA EQUIPAMENTOS DE ACELERADORES WAN Prezados Senhores, A Control Teleinformática Ltda. é uma empresa Grupo Mahvla, nacional, que foi criada para atender

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. ANEXO l

TERMO DE REFERÊNCIA. ANEXO l TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO l 1. OBJETO Aquisição de certificados digitais para pessoa física e jurídica, para servidores WEB, incluindo opcionalmente serviços de validação on site, leitoras, cartões inteligentes

Leia mais

Questão: Entendemos que apenas um atestado atende as duas solicitações. Está correto nosso entendimento?

Questão: Entendemos que apenas um atestado atende as duas solicitações. Está correto nosso entendimento? ILMA. SRA. PREGOEIRA DO MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SECRETARIA EXECUTIVA SUBSECRETARIA DE PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E ADMINISTRAÇÃO COORDENAÇÃO GERAL DE RECURSOS LOGÍSTICOS PREGÃO ELETRÔNICO Nº 13/2009

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA. ANEXO l

TERMO DE REFERÊNCIA. ANEXO l TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO l 1. OBJETO Aquisição de certificados digitais para pessoa física e jurídica, para servidores WEB, incluindo opcionalmente serviços de validação on site, leitoras, cartões inteligentes

Leia mais

ipbras MUNDIAL VOIP DESENVOLVIMENTO PROJETO / ORÇAMENTO Orçamento para desenvolvimento de sistema web based Página w w w. i p b r a s.

ipbras MUNDIAL VOIP DESENVOLVIMENTO PROJETO / ORÇAMENTO Orçamento para desenvolvimento de sistema web based Página w w w. i p b r a s. 1 Orçamento para desenvolvimento de sistema web based MUNDIAL VOIP Quem é a IPBRAS.COM 2 Desde sua criação, no início de 2003 a IPBRAS, uma empresa 100%.COM, localizada em Penápolis-SP, Brasil, tem uma

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA SERVIÇOS DE SUPORTE TÉCNICO EM SISTEMA DE COLABORAÇÃO ZIMBRA 1. OBJETO

TERMO DE REFERÊNCIA SERVIÇOS DE SUPORTE TÉCNICO EM SISTEMA DE COLABORAÇÃO ZIMBRA 1. OBJETO TERMO DE REFERÊNCIA SERVIÇOS DE SUPORTE TÉCNICO EM SISTEMA DE COLABORAÇÃO ZIMBRA 1. OBJETO 1.1. Prestação de serviços de suporte técnico em sistema de colaboração ZIMBRA. 2. DESCRIÇÃO GERAL DOS SERVIÇOS

Leia mais

1. LICENCIAMENTO 2. SUPORTE TÉCNICO

1. LICENCIAMENTO 2. SUPORTE TÉCNICO 1. LICENCIAMENTO 1.1. Todos os componentes da solução devem estar licenciados em nome da CONTRATANTE pelo período de 36 (trinta e seis) meses; 1.2. A solução deve prover suporte técnico 8 (oito) horas

Leia mais

Ass.: Programa BNDES para o Desenvolvimento da Indústria Nacional de Software e Serviços de Tecnologia da Informação BNDES Prosoft - Comercialização

Ass.: Programa BNDES para o Desenvolvimento da Indústria Nacional de Software e Serviços de Tecnologia da Informação BNDES Prosoft - Comercialização Classificação: Documento Ostensivo Unidade Gestora: AOI CIRCULAR SUP/AOI Nº 11/2015-BNDES Rio de Janeiro, 16 de abril de 2015. Ref.: Produto BNDES Automático Ass.: Programa BNDES para o Desenvolvimento

Leia mais

Manual do Usuário. SefazNET com Bootstrap

Manual do Usuário. SefazNET com Bootstrap Manual do Usuário SefazNET com Bootstrap Versão: 01.03 Data: 05/12/2014 Responsável: Armando Wodson de Sousa Vieira E-mail: centraldeservicos@sefaz.ma.gov.br Célula de Gestão de Pessoas e Administração

Leia mais

Versão 1.6. Março, 2012 DTI Depto. de Tecnologia e Informação

Versão 1.6. Março, 2012 DTI Depto. de Tecnologia e Informação Versão 1.6 Março, 2012 DTI Depto. de Tecnologia e Informação Página de Revisão Versão Atual Data da Revisão 1.6 Novembro, 2013 Aprovações Diretoria (Assinatura) Gerencia de Tecnologia (Assinatura) Páginas

Leia mais

MANUAL DO ADMINISTRADOR

MANUAL DO ADMINISTRADOR WinShare Proxy admin MANUAL DO ADMINISTRADOR Instalação do WinShare Índice 1. Instalação 2. Licenciamento 3. Atribuindo uma senha de acesso ao sistema. 4. Configurações de rede 5. Configurações do SMTP

Leia mais

Edital Porto de Imbituba S.A.

Edital Porto de Imbituba S.A. Edital Porto de Imbituba S.A. Análise do Anexo I Termo de Referência Itens: 2.3.1.2 - Identificar as parametrizações necessárias para atender as especificidades da CONTRATANTE, observado o escopo da contratação;

Leia mais

Termos de Serviço Servidores Dedicados

Termos de Serviço Servidores Dedicados Termos de Serviço Servidores Dedicados CONTRATADA: Estado Virtual, sociedade com razão social Estado Virtual Soluções Corporativas Ltda e sede em SRTVS Quadra 701 Bloco O Sala 676 Ed. Multi Empresarial

Leia mais

EDITAL DO PREGÃO PRESENCIAL Nº. 002/2008

EDITAL DO PREGÃO PRESENCIAL Nº. 002/2008 EDITAL DO PREGÃO PRESENCIAL Nº. 002/2008 ANEXO I - TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETO: 1.1 - O presente Termo de Referência tem por objeto a contratação de empresa especializada em: a) desenvolvimento de software

Leia mais

Manual do Usuário GEFRE

Manual do Usuário GEFRE Manual do Usuário GEFRE Gestão de Frequência - Versão 1.2 Março, 2015 Página 1 de 84 Sumário Sumário... 2 Objetivo deste Manual do Usuário... 5 1. Instalação do GEFRE... 7 1.1. Configuração Mínima Recomendada...

Leia mais

Termo de Referência. (Storage) do ambiente de Migração, composta pelo do subsistema de disco IBM DS8300.

Termo de Referência. (Storage) do ambiente de Migração, composta pelo do subsistema de disco IBM DS8300. Termo de Referência Expansão da solução s de armazenamento (Storage) do ambiente de Migração, composta pelo do subsistema de disco IBM DS8300. Termo de Referência Expansão da solução de armazenamento do

Leia mais

Manual do usuário Processo Judicial eletrônico. Justiça Militar do estado de São paulo

Manual do usuário Processo Judicial eletrônico. Justiça Militar do estado de São paulo Manual do usuário Processo Judicial eletrônico Justiça Militar do estado de São paulo 2015 Prezado Usuário: Colocamos à sua disposição este manual contendo orientações quanto ao uso do Processo Judicial

Leia mais

REGULAMENTO DO SELO DE QUALIDADE, check-list

REGULAMENTO DO SELO DE QUALIDADE, check-list 1. PADRÕES EM SERVIÇOS (SELO DE QUALIDADE EMPRESARIAL, SQE) 1.1. Procedimentos COMERCIAIS. 400 (quatrocentos) pontos ou mais. Abaixo o check-list completo (pontuação individual e forma de avaliação na

Leia mais

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO N. 22/2013 ESCLARECIMENTO N. 2

MENSAGEM PREGÃO ELETRÔNICO N. 22/2013 ESCLARECIMENTO N. 2 MENSAGEM Assunto: Esclarecimento n. 2 Referência: Pregão Eletrônico n. 22/2013 Data: 23/4/2013 Objeto: Contratação de serviços técnicos especializados de atendimento remoto e presencial a usuários de Tecnologia

Leia mais

SNGPC versão 2.0 Antimicrobianos

SNGPC versão 2.0 Antimicrobianos SNGPC versão 2.0 Antimicrobianos Farm. Adam Macedo Adami Especialista em Dependências Químicas e Farmacologia Gerente de Medicamentos e Produtos da VISA Estadual Gestor Estadual do SNGPC de Mato Grosso

Leia mais

EDITAL SAL/MJ Nº 7, DE 2 DE JULHO DE 2015. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Contrato de Pessoa Física Modalidade Produto Nacional

EDITAL SAL/MJ Nº 7, DE 2 DE JULHO DE 2015. PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Contrato de Pessoa Física Modalidade Produto Nacional MINISTÉRIO DA JUSTIÇA Secretaria de Assuntos Legislativos Esplanada dos Ministérios, Ed. Sede, bloco T, 4º andar, sala 434 (6) 2025 3376 / 34 E-mail: sal@mj.gov.br EDITAL SAL/MJ Nº 7, DE 2 DE JULHO DE

Leia mais

IREasy Manual do Usuário Versão do manual - 0.0.9

IREasy Manual do Usuário Versão do manual - 0.0.9 OBJETIVOS DO PROGRAMA DE COMPUTADOR IREasy Permitir a apuração do Imposto de Renda dos resultados das operações em bolsa de valores (mercado à vista, a termo e futuros). REQUISITOS MÍNIMOS DO COMPUTADOR

Leia mais

RESPOSTAS DE QUESTIONAMENTOS - IV

RESPOSTAS DE QUESTIONAMENTOS - IV Conselho Federal de Contabilidade CPL - Comissão Permanente de Licitação SAS Quadra 05 - Bloco J Edifício CFC CEP: 70070-920 - Brasília-DF E-mail: cpl@cfc.org.br RESPOSTAS DE QUESTIONAMENTOS - IV PREGÃO

Leia mais

Processo para transformar a mensagem original em uma mensagem ilegível por parte de uma pessoa não autorizada

Processo para transformar a mensagem original em uma mensagem ilegível por parte de uma pessoa não autorizada Criptografia Processo para transformar a mensagem original em uma mensagem ilegível por parte de uma pessoa não autorizada Criptografia Onde pode ser usada? Arquivos de um Computador Internet Backups Redes

Leia mais

Projeto Disciplinar de Infra-Estrutura de Software SISCOP TORRE FORTE CONSTRUÇÕES LTDA.

Projeto Disciplinar de Infra-Estrutura de Software SISCOP TORRE FORTE CONSTRUÇÕES LTDA. 1 Projeto Disciplinar de Infra-Estrutura de Software SISCOP TORRE FORTE CONSTRUÇÕES LTDA. EDILBERTO SILVA 1, ADRIANO MARRA (1012295) 2, BRUNO OLIVEIRA (1012415) 2, BRUNO MOTTA (1012509) 2, JANAÍNA LIMA

Leia mais

DOCUMENTO DE REGRAS DE NEGÓCIO

DOCUMENTO DE REGRAS DE NEGÓCIO SISGED - SISTEMA DE GERENCIAMENTO ELETRÔNICO DE DOCUMENTOS DOCUMENTO DE REGRAS DE NEGÓCIO VERSÃO 1.0 HISTÓRICO DE REVISÃO Data Versão Descrição Autor 04/2011 1.0 Primeira versão. Priscila Drielle Sumário

Leia mais

EXIN Cloud Computing Fundamentos

EXIN Cloud Computing Fundamentos Exame Simulado EXIN Cloud Computing Fundamentos Edição Maio 2013 Copyright 2013 EXIN Todos os direitos reservados. Nenhuma parte desta publicação pode ser publicado, reproduzido, copiado ou armazenada

Leia mais

Tutorial Wireless para Windows XP IA- UNESP v8

Tutorial Wireless para Windows XP IA- UNESP v8 Tutorial Wireless para Windows XP IA- UNESP v8 1. Fazer o download do Programa Wireless-unesp.exe no site: http://www.ia.unesp.br/home/redesemfio/wireless-unesp_.exe 2. Verificar se o seu PC está com o

Leia mais

Manual para novos servidores da UTFPR-FB

Manual para novos servidores da UTFPR-FB Manual para novos servidores da UTFPR-FB Esse manual tem a finalidade de orientar novos servidores da UTFPR-FB no que se refere a utilização dos recursos de TI. Sejam bem vindos! CÂMPUS FRANCISCO BELTRÃO

Leia mais

Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento S/A

Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento S/A PREGÃO PRESENCIAL N. 2010/169 OBJETO: AQUISIÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE ARMAZENAMENTO EXTERNO - STORAGE E TAPE LIBRARY. Ref.: Esclarecimentos A unidade de Tape Library será instalada em servidor dedicado a

Leia mais

PROCEDIMENTOS PARA OBTENÇÃO DO CERTIFICADO DIGITAL E INSTALAÇÃO DO TOKEN

PROCEDIMENTOS PARA OBTENÇÃO DO CERTIFICADO DIGITAL E INSTALAÇÃO DO TOKEN PROCEDIMENTOS PARA OBTENÇÃO DO CERTIFICADO DIGITAL E INSTALAÇÃO DO TOKEN Página 1 de 46 1. Emissão dos Certificados... 3 2. Documentos Necessários para Emissão dos Certificados... 3 3. Responsabilidades...

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Setor de Ciências Agrarias

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ Setor de Ciências Agrarias ATIBUIÇÕES DO SETOR DE INFORMÁTICA Segue abaixo as atribuições atualizadas da Comissão de Informática do SETOR AGRÁRIAS: 1. Manter e verificar os equipamentos de informática ligados ao campus, bem como,

Leia mais

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE INFORMÁTICA

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA DIRETORIA DE INFORMÁTICA PARECER.DIN 27/08 TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SANTA CATARINA PROCESSO: ELC 08/00327969 UNIDADE GESTORA: RESPONSÁVEL: ASSUNTO: FUNDO MUNICIPAL DE ÁGUA E ESGOTO DE CAMBORIU EDSON OLEGÁRIO Contratação

Leia mais

Contrato de Serviço (SLA) Para Hipermercados Extra Por Esperança_TI S.A

Contrato de Serviço (SLA) Para Hipermercados Extra Por Esperança_TI S.A Esperança_TI S.A S/A Contrato de Serviço (SLA) Para Hipermercados Extra Por Esperança_TI S.A 25/11/2014 Gerador do documento: Gerente de Negociação: Marcos Alves de Oliveira Marcos Antônio de Morais Aprovação

Leia mais

EVOLUÇÃO DOS SIST. DE COMPUTAÇÃO DÉC. DE 50 E 60

EVOLUÇÃO DOS SIST. DE COMPUTAÇÃO DÉC. DE 50 E 60 INTRODUÇÃO REDES EVOLUÇÃO DOS SIST. DE COMPUTAÇÃO DÉC. DE 50 E 60 Computadores eram máquinas grandes e complexas, operadas por pessoas altamente especializadas; Não havia interação direta entre usuários

Leia mais

Atualização Volare 17 Release 010

Atualização Volare 17 Release 010 Atualização Volare 17 Release 010 Principais novidades do Volare 17: Release 010 CORREÇÕES: Ao trazer um item da base SINAPI ou SICRO2 DNIT para o orçamentos. Ele não estava deixando adicionar componentes

Leia mais

ONE Service Desk. O Service Desk ONE fornece uma infraestrutura de serviços de suporte ITIL completa, contendo:

ONE Service Desk. O Service Desk ONE fornece uma infraestrutura de serviços de suporte ITIL completa, contendo: ONE Service Desk O Service Desk ONE fornece uma infraestrutura de serviços de suporte ITIL completa, contendo: Gerenciamento de Incidentes Gerenciamento de Problemas Gerenciamento de Mudanças BDGC (Banco

Leia mais