TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA SÉTIMA CÂMARA CÍVEL

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA SÉTIMA CÂMARA CÍVEL"

Transcrição

1 TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA SÉTIMA CÂMARA CÍVEL Apelação Cível nº Apelante (1): Companhia Mutual de Seguros Apelante (2): Turismo Transmil Ltda Apelado (1): os mesmos Apelado (2): Vitor Silva Marques Relator: Des. Elton M. C. Leme R E L A T Ó R I O sentença de fls Adota-se, na forma regimental, o relatório lançado na Trata-se de ação indenizatória, sob o rito sumário, ajuizada por Vitor Silva Marques em face de Turismo Transmil Ltda, alegando que no dia 06/04/2009, às 20:50 horas, trafegava pela Rodovia Presidente Dutra, quando seu veículo (táxi) foi abalroado na parte traseira por um caminhão, que foi atingido pelo veículo do réu, conduzido por seu preposto. Afirma que não há dúvida que a culpa pelo acidente é do preposto da ré. No entanto, a ré, procurada pelo autor, não realizou o conserto, o que deixou o veículo do autor parado entre a data do acidente e o dia 28/07/2009, ou seja, num período de 113 dias. Sustenta que sua renda bruta é de R$ 580,00 e, descontada a taxa de manutenção, a renda líquida é de R$ 319,00 por dia, sendo este o valor de cálculo para a indenização do lucro cessante sofrido. Postula a condenação da ré ao

2 pagamento dos danos emergentes no valor de R$ ,31 e lucros cessantes no valor de R$36.047,00. A transportadora ré ofereceu contestação a fls , requerendo o chamamento ao processo ou a denunciação da lide à seguradora. Argumenta que não há prova dos danos materiais sofridos, já que o autor não prova ter reembolsado a cooperativa. Assevera que os lucros cessantes pleiteados não correspondem à realidade. Requer a improcedência do pedido. Decisão a fls. 101 deferiu o chamamento ao processo da seguradora e determinou a citação. Contestação da seguradora a fls , arguindo, preliminarmente, conexão com outra ação aforada em razão do mesmo acidente. Quanto à lide secundária, ressalta os limites da apólice. Em relação ao mérito, impugna a indenização por danos materiais postulada pelo autor, requerendo a improcedência dos pedidos. A sentença de fls julgou procedente o pedido para condenar as rés solidariamente a pagarem ao autor a quantia de R$ ,31 a título de danos materiais, corrigida monetariamente a partir do desembolso e ser acrescida de juros de 1% ao mês a partir do evento danoso, bem como ao pagamento da quantia equivalente aos lucros cessantes, tendo por base o valor diário de R$ 319,00, considerando o período compreendido entre 06/04/2009 e 28/07/2009, deduzindo daí um dia de repouso em cada semana, devendo a verba ser corrigida e

3 acrescida de juros legais de 1% ao mês a partir do evento danoso, condenando os réus ao pagamento das custas processuais e honorários advocatícios fixados em 10% sobre o valor da condenação. Apelou a seguradora a fls , sustentando que o limite da apólice é de R$ ,00 para danos causados a terceiros, com abatimento da franquia de R$ 2.000,00, devendo ser deduzido o valor de R$ R$ ,40, já que, por conta do mesmo fato, indenizou Jairo Clementino Gonçalves em outra demanda, só restando R$ ,60. Postula, assim, o provimento do recurso unicamente para limitar o valor indenizatório, nos termos da apólice. A transportadora ré ofereceu recurso a fls requerendo a improcedência dos pedidos, porque o apelado não produziu provas de seu efetivo prejuízo, já que a cooperativa arcou com os custos do conserto, sem prova de ter o autor reembolsado à cooperativa. Afirma que não provou a renda diária, devendo os lucros cessantes ser calculados de acordo com o salário mínimo. Postula a reforma da sentença, para que os danos materiais sejam julgados improcedentes ou que a correção monetária seja fixada a partir da sentença, bem como a improcedência dos lucros cessantes, ou que os mesmos sejam fixados com base no salário mínimo, ou ainda o abatimento com os custos com a utilização do veículo, aferindo-se a renda líquida do apelado. Contrarrazões da parte autora a fls e da transportadora ré a fls , pugnando pelo desprovimento dos recursos.

4 É o relatório. Peço dia. Rio de Janeiro, 13 de maio de Des. Elton M. C. Leme Relator

5 TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA SÉTIMA CÂMARA CÍVEL Apelação Cível nº Apelante (1): Companhia Mutual de Seguros Apelante (2): Turismo Transmil Ltda Apelado (1): os mesmos Apelado (2): Vitor Silva Marques Relator: Des. Elton M. C. Leme APELAÇÃO. INDENIZATÓRIA. ACIDENTE DE TRÂNSITO. DANOS MATERIAIS COMPROVADOS. LUCROS CESSANTES. TÁXI. DECLARAÇÃO DE RENDA LÍQUIDA DIÁRIA EMITIDA PELO SINDICATO. SEGURADORA CHAMADA AO PROCESSO. LIMITE DA APÓLICE. OBSERVÂNCIA. DEDUÇÃO DO VALOR INDENIZATÓRIO PAGO A OUTRA VÍTIMA EM PROCESSO DISTINTO REFERENTE AO MESMO SINISTRO. CORREÇÃO MONETÁRIA. FLUÊNCIA DO EVENTO DANOSO. PROVIMENTO PARCIAL DO PRIMEIRO RECURSO. DESPROVIMENTO DO SEGUNDO. 1. Ocorrendo colisão pela traseira e não tendo o réu ilidido a presunção de culpa decorrente da falta do dever de atenção e de guarda da distância adequada em relação ao veículo à frente, prevalece a responsabilidade do preposto do réu pela colisão traseira. 2. Danos emergentes devidamente demonstrados pelas notas fiscais relativas ao conserto do veículo. 3. A declaração emitida pelo sindicato dos motoristas de táxi, com a indicação da renda diária líquida auferida pelo

6 autor, é suficiente para comprovar os lucros cessantes pleiteados. 4. Em que pese o valor da diária ter sido fixado em valor superior ao usualmente adotado, é de se registrar que o táxi dirigido pelo autor é da categoria luxo, sendo certo que a ré nada trouxe aos autos para mitigar o valor probante da declaração emitida pelo sindicato. 5. Condenação da seguradora na lide secundária que deve observar os limites da apólice, nos termos dos artigos 757 e 781, do Código Civil, abatendo-se a franquia pactuada e deduzindo-se o valor da indenização paga em favor de outra vítima em demanda diversa referente ao mesmo sinistro, observando-se o disposto no art. 80 do CPC, ressaltando-se que o valor histórico deve sofrer correção monetária desde o evento danoso, nos termos da súmula 43 do Superior Tribunal de Justiça. 6. Provimento parcial do primeiro recurso e desprovimento do segundo. ACÓRDÃO VISTOS, relatados e discutidos estes autos de Apelação Cível nº , julgada na sessão de 12/06/2013, originária da 2ª Vara Cível da Região Oceânica da Comarca de Niterói, em que são apelantes (1) Companhia Mutual de Seguros e (2) Turismo Transmil Ltda, apelados (1) os mesmos e (2) Vitor Silva Marques. ACORDAM, por unanimidade de votos, os Desembargadores que compõem a Décima Sétima Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, em dar parcial

7 provimento ao primeiro recurso e negar provimento ao segundo, nos termos do voto do relator. ACÓRDÃO apresentado na data da sessão. V O T O Trata-se de ação em que a parte autora pretende a condenação da ré a indenizar os danos emergentes e lucros cessantes sofridos em razão de um acidente de trânsito envolvendo veículo da ré, segurado pela chamada ao processo, e o veículo do autor. Versando a hipótese dos autos sobre acidente automobilístico com colisão pela traseira, compete à parte que abalroou o veículo da frente demonstrar que o acidente ocorreu por circunstâncias outras não relacionadas à quebra do dever de cautela, ou seja, de dirigir guardando a devida distância do outro veículo e com a atenção compatível com a tarefa, de modo a evitar acidente relacionado às variações do fluxo de trânsito comuns em qualquer via pública com grande movimento, como no caso dos autos. Assim, na falta de outros elementos de prova, afigura-se incontroversa a culpa do preposto da ré pelo acidente. Os danos materiais restaram comprovados por meio das notas fiscais anexadas (fls ) e a declaração da cooperativa a que pertence o autor (fls. 28), afirmando que este reembolsou a cooperativa dos gastos com o conserto.

8 Os lucros cessantes, de igual forma, restaram comprovados, pelo período que o autor ficou impossibilitado de trabalhar em decorrência do acidente, cuja base de cálculo deve ser o valor da diária constante da declaração de fls. 35. A ré afirma que não é verossímil o valor apresentado, de R$ 319,00 a título de renda líquida diária, mas não apresenta contraprova ou qualquer outro argumento apto a infirmar a declaração. Não é possível, a toda evidência, fixar o valor dos lucros cessantes de acordo com o salário mínimo, pois é razoável admitir que um taxista que presta serviço diferenciado por meio de carro luxuoso, ou seja, um Honda Accord, tenha condições de auferir quantia superior ao mínimo declarado pelo sindicato. Assim, à míngua de prova em contrário, admite-se o valor da diária apresentada por declaração do sindicato, nos termos da jurisprudência deste Tribunal de Justiça: Apelação Cível. Responsabilidade civil da seguradora ao pagamento dos lucros cessantes ao autor pelo tempo do conserto das avarias decorrentes do acidente envolvendo seu taxi e o automóvel segurado pela ré - demora de quase três meses. Demora da oficina mecânica no conserto. Fato de terceiro não excludente Solidariedade entre a seguradora e oficina credenciada - art. 34 do CDC. Lucros cessantes - diária em valor razoável.

9 Precedente desta E. Câmara. Inocorrência de dano moral. Reforma da sentença. Recurso parcialmente provido. ( APELAÇÃO - DES. KATYA MONNERAT - Julgamento: 31/08/ SÉTIMA CÂMARA CÍVEL) APELAÇÃO CÍVEL. SUMÁRIO. RESPONSABILIDADE CIVIL. ACIDENTE DE TRÂNSITO. CULPA ADMITIDA PELO RÉU, AFIRMANDO QUE DORMIU AO VOLANTE. PROCEDÊNCIA DO PEDIDO. RECURSO DO RÉU PRETENDENDO A IMPROCEDÊNCIA DO PEDIDO OU A SUA REDUÇÃO DAS VERBAS INDENIZATÓRIAS. CARACTERIZADO O DEVER DE INDENIZAR. DANO MATERIAL DEVIDAMENTE COMPROVADO. APRESENTAÇÃO DE NOTA FISCAL (FLS. 19/20). LUCRO CESSANTE REPRESENTADO PELO VALOR QUE DEIXOU O AUTOR DE GANHAR EM RAZÃO DO TEMPO DE INDISPONIBILIDADE DO VEÍCULO EM REPARO. DECLARAÇÃO DA ASSOCIAÇÃO DOS MOTORISTAS DE TAXI DO CENTRO EMPRESARIAL RIO COM A MÉDIA DIÁRIA DA RENDA DO MOTORISTA. ADOÇÃO DA TABELA POR ELA FORNECIDA (FLS. 20). DANO MORAL CONFIGURADO E FIXADO EM OBSERVÂNCIA AOS PRINCÍPIOS DA PROPORCIONALIDADE E RAZOABILIDADE. DESPROVIMENTO DO RECURSO. ( APELAÇÃO - DES.

10 NORMA SUELY - Julgamento: 22/05/ OITAVA CÂMARA CÍVEL) A correção monetária é devida desde quando se verificou o prejuízo, conforme entendimento sedimentado no enunciado 43 da Súmula do Superior Tribunal de Justiça, in verbis: incide correção monetária sobre dívida por ato ilícito a partir da data do efetivo prejuízo. Por sua vez, assiste razão à seguradora recorrente, pois, nos termos dos artigos 757 e 781, do Código Civil, não é possível sua condenação por valor superior àquele estabelecido na apólice de R$ ,00 para danos causados a terceiros não transportados, cabendo o abatimento da franquia de R$ 2.000,00, conforme apólice a fls. 144, sendo o limite indenizatório em favor de terceiros para riscos por danos materiais no valor de R$ ,00. Note-se que a cláusula 7.1 do contrato de seguro (fls. 176) estabelece que A importância segurada definida pelo segurado e constante do contrato de seguro, por ônibus urbano, representa o Limite Máximo de Responsabilidade a cargo da sociedade seguradora, por reclamação ou série de reclamações resultantes de um mesmo evento. No presente caso, constata-se que a seguradora chamada ao processo foi condenada a indenizar o autor Jairo Clementino Gonçalves no processo nº , que tramitou perante a 2ª

11 Vara Cível da Comarca de Volta Redonda, o valor de R$ ,40, conforme comprova a cópia da guia de depósito judicial a fls Todavia, não cabe a atualização monetária do valor do capital segurado desde a data da contratação como menciona a transportadora ré nas contrarrazões, uma vez que esta só seria devida se não tivesse ocorrido o pagamento da indenização pela seguradora, o que não se observa no caso. Assim, assiste razão em parte a alegação da transportadora ré nas contrarrazões, devendo o valor restante passível de pagamento pela seguradora, de R$ ,60, ser corrigido monetariamente desde a data do evento, nos termos da cláusula 10.6 do Contrato (fls. 181). Desse modo, incumbe à seguradora arcar com a obrigação indenizatória até o limite da apólice (R$ ,00), deduzida a quantia paga a terceiro vitimado no mesmo sinistro (R$ ,40), restando, portanto, o valor de R$ ,60, a ser corrigido desde o evento danoso. Nesse sentido, observam-se os julgados a seguir: Ementa: Apelação cível. Ação de indenização para reparação de danos materiais. Colisão de veículo da parte ré com ambulância da autora, que se encontrava parada no estacionamento. Sentença de procedência. Inconformismo da ré e da seguradora denunciada. Restou caracterizada a responsabilidade da primeira

12 apelante quanto aos danos sofridos pelo autor, sobretudo diante dos documentos e manifestações trazidas aos autos. A existência de lucros cessantes foi comprovada. Correta a condenação da seguradora litisdenunciada a pagar à ré, litisdenunciante, o quantum indenizatório a que esta restou condenada, observado o limite definido na apólice, incidindo os juros de mora e a correção monetária na mesma forma estabelecida para a condenação da ré/segurada. Provimento parcial dos recursos. ( APELAÇÃO - DES. CARLOS JOSE MARTINS GOMES - Julgamento: 02/08/ DÉCIMA SEXTA CÂMARA CÍVEL) EMBARGOS DE DECLARAÇÃO EM EMBARGOS DE DECLARAÇÃO EM APELAÇÃO CÍVEL. PARCIAL OMISSÃO. NO MAIS, PERSECUÇÃO DE EFEITOS INFRINGENTES. IMPOSSIBILIDADE DE ATUALIZAÇÃO MONETÁRIA DO PRÓPRIO LIMITE DA APÓLICE DE SEGURO (VALOR HISTÓRICO), UMA VEZ QUE JÁ INCIDENTE A CORREÇÃO SOBRE O REEMBOLSO A SER PAGO. APLICAÇÃO A ESTE DOS ÍNDICES DE ADOTADOS PELA CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA. VEDAÇÃO AO BIS IN IDEM. EMBARGOS CONHECIDOS E PARCIALMENTE PROVIDOS. ( APELAÇÃO - DES. GILBERTO GUARINO - Julgamento: 10/05/ DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL).

13 Entretanto, importa salientar que a limitação indenizatória reconhecida no contrato de seguro não atinge a integralidade da indenização devida ao autor da presente demanda, que permanece hígida em relação à transportadora ré, observando-se o disposto no art. 80 do CPC. Por tais fundamentos, voto no sentido de dar parcial provimento ao primeiro recurso para fixar o limite indenizatório imposto à seguradora denunciada no valor de R$ ,60 (quatorze mil, cento e oitenta reais e sessenta centavos), a ser corrigido desde a data do evento até o efetivo pagamento, e negar provimento ao segundo apelo, mantida, quanto ao mais, a douta sentença. Rio de Janeiro, 12 de junho de Des. Elton M. C. Leme Relator

Ação Indenizatória em virtude de Acidente de Trânsito. Rito. sumário. Sentença que julgou procedente o pedido,

Ação Indenizatória em virtude de Acidente de Trânsito. Rito. sumário. Sentença que julgou procedente o pedido, Apelação Cível nº: 0007807-80.2007.8.19.0209 Apelante: Bradesco Auto/RE Companhia de Seguros Apelada 1: Camila Silva Ferreira Apelado 2: Assad Esteves Administradora de Imóveis Ltda. Relator: Desembargador

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado o do Rio de Janeiro Terceira Câmara Cível Apelação Cível nº 0007038-45.2010.8.19.0087

Tribunal de Justiça do Estado o do Rio de Janeiro Terceira Câmara Cível Apelação Cível nº 0007038-45.2010.8.19.0087 APELANTE: APELADO 1: APELADO 2: RELATOR: RONALDO BARROS PERES ITAÚ SEGUROS S.A. CASA BAHIA COMERCIAL LTDA. Desembargador MARIO ASSIS GONÇALVES Consumidor. Obrigação de fazer. Danos materiais e morais.

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo Registro: 2014.0000638904 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 4010718-83.2013.8.26.0114, da Comarca de Campinas, em que é apelante ALVARO JACO KICE (JUSTIÇA GRATUITA), é apelado

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL Agravo Interno no Agravo de Instrumento nº 0007110-60.2014.8.19.0000 Agravante: Tim Celular S/A Agravado: Miguel da Silva Virgem

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0701.12.011997-2/001 Númeração 0119972- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) Alexandre Santiago Des.(a) Alexandre Santiago 08/05/2014 16/05/2014 APELAÇÃO

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo Registro: 2017.0000658746 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 1095575-53.2016.8.26.0100, da Comarca de, em que é apelante ELBRUS EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA, é apelado

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO VIGÉSIMA CÂMARA CÍVEL R E L A T Ó R I O

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO VIGÉSIMA CÂMARA CÍVEL R E L A T Ó R I O APELAÇÃO CÍVEL NO PROCESSO N.º 0193850-02.2009.8.19.0001 APELANTE: TNL PCS S/A APELADA: COMISSÃO DE DEFESA DO CONSUMIDOR DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO RELATOR: DES. LUCIANO SILVA

Leia mais

ESTADO DO ESPÍRITO SANTO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DESEMB - ANNIBAL DE REZENDE LIMA 5 de novembro de 2013

ESTADO DO ESPÍRITO SANTO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DESEMB - ANNIBAL DE REZENDE LIMA 5 de novembro de 2013 ESTADO DO ESPÍRITO SANTO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DESEMB - ANNIBAL DE REZENDE LIMA 5 de novembro de 2013 APELAÇÃO Nº 0012952-92.2009.8.08.0035 (035090129525) - VILA VELHA - 1ª VARA CÍVEL

Leia mais

QUARTA CÂMARA CÍVEL RECURSO DE APELAÇÃO CÍVEL Nº 23079/ CLASSE II COMARCA CAPITAL

QUARTA CÂMARA CÍVEL RECURSO DE APELAÇÃO CÍVEL Nº 23079/ CLASSE II COMARCA CAPITAL APELANTE: APELADAS: SUL AMÉRICA TERRESTRES MARÍTIMOS E ACIDENTES CIA. DE SEGUROS ALTINA PEREIRA DA SILVA E TRANSPORTES NOVA ERA LTDA. Número do Protocolo: 23079/2004 Data de Julgamento: 14-3-2005 EMENTA

Leia mais

ACÓRDÃO Nº COMARCA DE ALVORADA CALECA MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO E AGROPECUÁRIA LTDA APELANTE LIFE INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA

ACÓRDÃO Nº COMARCA DE ALVORADA CALECA MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO E AGROPECUÁRIA LTDA APELANTE LIFE INDÚSTRIA E COMÉRCIO LTDA DESCONSTITUIÇÃO DE TÍTULO DE CRÉDITO. INDENIZAÇÃO POR DANOS MATERIAIS E MORAIS. DUPLICATAS. MERCADORIAS NÃO ENTREGUES. AUSÊNCIA DE AGIR ILÍCITO OU DE MÁ-FÉ DA EMPRESA DE FACTORING. VALOR INDENIZATÓRIO

Leia mais

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Desembargadores HERALDO DE OLIVEIRA (Presidente), JACOB VALENTE E TASSO DUARTE DE MELO.

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Desembargadores HERALDO DE OLIVEIRA (Presidente), JACOB VALENTE E TASSO DUARTE DE MELO. fls. 2 Registro: 2016.0000901596 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 0001438-05.2014.8.26.0541, da Comarca de Santa Fé do Sul, em que é apelante EXPRESSO ITAMARATI S/A, é

Leia mais

VIGÉSIMA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA

VIGÉSIMA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA VIGÉSIMA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA APELAÇÃO CÍVEL n.º 0029389-71.2013.8.19.0001-E Obrigação de Fazer 14ª Vara de Fazenda Pública da Comarca da Capital APELANTE: SINDICATO DOS TRABALHADORES AUTÔNOMOS,

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Registro: 2016.0000101332 ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Registro: 2016.0000101332 ACÓRDÃO fls. 2 Registro: 2016.0000101332 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 0102423-13.2004.8.26.0547, da Comarca de Santa Rita do Passa Quatro, em que são apelantes RENILSON AUGUSTO

Leia mais

SENTENÇA. Ribeirao Niterói Empreendimentos Imobiliários Spe Ltda e outro

SENTENÇA. Ribeirao Niterói Empreendimentos Imobiliários Spe Ltda e outro fls. 1 SENTENÇA Processo Físico nº: 0050964-80.2013.8.26.0506 - Controle nº 2161/13 Classe - Assunto Procedimento Ordinário - Indenização por Dano Moral Requerente: Ana Paula Ikuma Requerido: Ribeirao

Leia mais

Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro Vigésima Câmara Cível A C Ó R D Ã O

Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro Vigésima Câmara Cível A C Ó R D Ã O FLS.1 Apelante: Apelado: Relator: Desembargador Alcides da Fonseca Neto A C Ó R D Ã O APELAÇÃO CÍVEL. AÇÃO INDENIZATÓRIA. INJÚRIA RACIAL. DANO MORAL CONFIGURADO. MANUTENÇÃO DA SENTENÇA. As partes controvertem

Leia mais

SEGUNDA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

SEGUNDA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO SEGUNDA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO AGRAVO INTERNO NA APELAÇÃO CÍVEL Nº 0143817-03.2012.8.19.0001 AGRAVANTE: BANCO SANTANDER (BRASIL) S/A AGRAVADO: ALINE DOS SANTOS

Leia mais

Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul

Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul fls. 187 9 de setembro de 2014 2ª Câmara Cível Apelação - Nº - Campo Grande Relator Exmo. Sr. Des. Atapoã da Costa Feliz Apelante : Seguradora Líder dos Consórcios do Seguro DPVAT S/A Advogada : Luciana

Leia mais

SEGUNDA CÂMARA CÍVEL RECURSO DE APELAÇÃO CÍVEL Nº 8785/2004 CLASSE II COMARCA DE SINOP APELANTE: BRASIL TELECOM S. A.

SEGUNDA CÂMARA CÍVEL RECURSO DE APELAÇÃO CÍVEL Nº 8785/2004 CLASSE II COMARCA DE SINOP APELANTE: BRASIL TELECOM S. A. APELANTE: BRASIL TELECOM S. A. APELADO: STELA MARIS SCHUTZ Número do Protocolo : 8785/2004 Data de Julgamento : 29-6-2004 EMENTA APELAÇÃO CÍVEL DECLARATÓRIA DE INEXISTÊNCIA DE DÉBITO TELEFÔNICO COMBINADA

Leia mais

EMENTA: CONSÓRCIO - DEVOLUÇÃO DE PARCELAS PAGAS - CORREÇÃO MONETÁRIA - JUROS - TERMO INICIAL.

EMENTA: CONSÓRCIO - DEVOLUÇÃO DE PARCELAS PAGAS - CORREÇÃO MONETÁRIA - JUROS - TERMO INICIAL. EMENTA: CONSÓRCIO - DEVOLUÇÃO DE PARCELAS PAGAS - CORREÇÃO MONETÁRIA - JUROS - TERMO INICIAL. - O Consorciado desistente tem o direito de obter a devolução do que pagou, devidamente corrigido, nos termos

Leia mais

SEGUNDA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA

SEGUNDA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA SEGUNDA CÂMARA CÍVEL DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA APELAÇÃO CÍVEL Nº 0014628-88.2009.8.19.0061 Ação Declaratória 2.ª Vara Cível da Comarca de Teresópolis APELANTE: VANIA DOS SANTOS APELADO: DETRAN- DEPARTAMENTO

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA SÉTIMA CÂMARA CÍVEL

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA SÉTIMA CÂMARA CÍVEL TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA SÉTIMA CÂMARA CÍVEL Apelação Cível nº. 0020935-20.2009.8.19.0203 Apelante: Semeg Saúde Ltda Apelado: Rosany Moreira Xavier Mourão Relator: Des. Elton M. C. Leme RELATÓRIO de

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA QUINTA CÂMARA CÍVEL

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO DÉCIMA QUINTA CÂMARA CÍVEL 1 TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO DÉCIMA QUINTA CÂMARA CÍVEL Apelante: Apple Computer Brasil Ltda. Apelado: Luiz Henrique Assunção Guerson Direito do consumidor. Vício do produto. Revelia. Danos morais configurados.

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO VIGÉSIMA QUINTA CÂMARA CÍVEL

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO VIGÉSIMA QUINTA CÂMARA CÍVEL APELAÇÃO N 0000280-37.2012.8.19.0004 Apelante: UNIMED-RIO COOPERATIVA DE TRABALHO MÉDICO DO RIO DE JANEIRO Apelada: ALICE RABELLO BRANDÃO Origem: Juízo de Direito da 10ª Vara Cível da Comarca de Niterói/RJ

Leia mais

APELAÇÃO CÍVEL Nº , DA 9ª VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA.

APELAÇÃO CÍVEL Nº , DA 9ª VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA. APELAÇÃO CÍVEL Nº 1.401.899-0, DA 9ª VARA CÍVEL DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA. APELANTE: CONDOMÍNIO RESIDENCIAL SCHOENSTATT. APELADO: LUIZ ADRIANO DE VEIGA BOABAID. RELATOR:

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO A C Ó R D Ã O 8ª T U R M A Cinto de segurança é EPI que deve proteger o empregado, proteção esta que deve ocorrer, inclusive, quando realiza movimentos inesperados, já que se utiliza cinto quando o equilíbrio

Leia mais

Reunida a RT 0069000-68.2009.5.01.0471, por conexão, conforme ata de folha 334, encontrando-se os autos apensados ao 2º volume do processo.

Reunida a RT 0069000-68.2009.5.01.0471, por conexão, conforme ata de folha 334, encontrando-se os autos apensados ao 2º volume do processo. Acórdão 10a Turma INDENIZAÇÃO POR DANOS MATERIAIS. JUROS CONTRAÍDOS POR EMPRÉSTIMOS REALIZADOS PELO EMPREGADO DECORRENTES DA MORA SALARIAL. É devida a indenização por danos materiais sofridos pela empregada

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo fls. 453 Registro: 2017.0000263732 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 1022104-38.2014.8.26.0564, da Comarca de São Bernardo do Campo, em que é apelante ACS BETA EMPREENDIMENTOS

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo fls. 1 TRIBUNAL DE JUSTIÇA São Paulo ACÓRDÃO Registro: 2015.0000075074 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 0055307-76.2012.8.26.0564, da Comarca de São Bernardo do Campo, em que é

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO PODER JUDICIÁRIO DE SÃO PAULO DE SÃO PAULO ACÓRDÃO/DECISÃO MONOCRÁTICA 154 7 REGISTRADO(A) SOB N {r\ ACÓRDÃO!! 1 *03498880* Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação n 0110976-27.2007.8.26.0003,

Leia mais

PROVIDO O APELO. Nº COMARCA DE SANTO ANTÔNIO DA PATRULHA KATIA SIMONE MACHADO DA APELANTE CUNHA A C Ó R D Ã O

PROVIDO O APELO. Nº COMARCA DE SANTO ANTÔNIO DA PATRULHA KATIA SIMONE MACHADO DA APELANTE CUNHA A C Ó R D Ã O APELAÇÃO CÍVEL. ENSINO PARTICULAR. RETENÇÃO DO DIPLOMA EM FACE DO INADIMPLEMENTO. IMPOSSIBILIDADE. DANOS MORAIS CONFIGURADOS. O inadimplemento das mensalidades não pode representar óbice à realização de

Leia mais

EMENTA. 2. Recurso parcialmente conhecido e improvido. ACÓRDÃO

EMENTA. 2. Recurso parcialmente conhecido e improvido. ACÓRDÃO INCIDENTE DE UNIFORMIZAÇÃO JEF (PR E SC) Nº 2002.70.11.010420-0/PR RELATOR : Juiz JOÃO BATISTA LAZZARI RECORRENTE : INSTITUTO NACIONAL DO SEGURO SOCIAL - INSS RECORRIDO : Clovis Juarez Kemmerich : ORLANDA

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO 38ª CÂMARA DE DIREITO PRIVADO. Registro: ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO 38ª CÂMARA DE DIREITO PRIVADO. Registro: ACÓRDÃO fls. 835 ACÓRDÃO Registro: 2016.0000249970 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 1022798-41.2014.8.26.0100, da Comarca de São Paulo, em que é apelante PETRA CONSTRUTORA LTDA., é apelado

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo Registro: 2014.0000279160 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Agravo de Instrumento nº 2012499-94.2014.8.26.0000, da Comarca de, em que é agravante DALLAS RENT A CAR (EM RECUPERAÇÃO JUDICIA),

Leia mais

Acórdão. Processo ri. 048.2009.000.257-6/001

Acórdão. Processo ri. 048.2009.000.257-6/001 Processo ri. 048.2009.000.257-6/001 ESTADO DA PARAÍBA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Gabinete do Desembargador Marcos Cavalcanti de Albuquerque Acórdão Apelação Chiei - no. 048.2009.000.257-6/001

Leia mais

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores GILBERTO DOS SANTOS (Presidente), WALTER FONSECA E GIL COELHO.

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores GILBERTO DOS SANTOS (Presidente), WALTER FONSECA E GIL COELHO. fls. 1 Registro: 2017.0000040073 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 0005356-26.2012.8.26.0108, da Comarca de Cajamar, em que é apelante BANPAR FOMENTO COMERCIAL E SERVIÇOS

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO ESTADO DO RIO DE JANEIRO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Vigésima Sétima Câmara Cível/Consumidor

PODER JUDICIÁRIO ESTADO DO RIO DE JANEIRO TRIBUNAL DE JUSTIÇA Vigésima Sétima Câmara Cível/Consumidor APELAÇÃO CÍVEL nº 0002795-29.2007.8.19.0066 APELANTE : LABORATÓRIO VOLTA REDONDA (ANACLIN LABORATÓRIO MÉDICO) APELADA : JÉSSICA DE JESUS CHAVES RELATOR : DES. ANTONIO CARLOS DOS SANTOS BITENCOURT E M E

Leia mais

Apelação Cível n , de Videira Relator: Des. Joel Dias Figueira Júnior

Apelação Cível n , de Videira Relator: Des. Joel Dias Figueira Júnior Apelação Cível n. 2010.078282-8, de Videira Relator: Des. Joel Dias Figueira Júnior APELAÇÃO CÍVEL. AÇÃO DE COBRANÇA SECURITÁRIA C/C COMPENSAÇÃO POR DANOS MORAIS. CONTRATO DE SEGURO DE VIDA EM GRUPO. PRESCRIÇÃO.

Leia mais

151 VIGÉSIMA SEXTA CÂMARA CÍVEL / CONSUMIDOR APELAÇÃO CÍVEL PROCESSO Nº APELANTE: NASCIMENTO TURISMO LTDA

151 VIGÉSIMA SEXTA CÂMARA CÍVEL / CONSUMIDOR APELAÇÃO CÍVEL PROCESSO Nº APELANTE: NASCIMENTO TURISMO LTDA VIGÉSIMA SEXTA CÂMARA CÍVEL / CONSUMIDOR APELAÇÃO CÍVEL APELANTE: NASCIMENTO TURISMO LTDA. APELADO: JOSÉ CARLOS VARANDA DOS SANTOS RELATOR: DES. ANA MARIA PEREIRA DE OLIVEIRA Responsabilidade Civil. Ação

Leia mais

Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro Décima Nona Câmara Cível Apelação Cível n.º 0130706-88.2008.8.19.0001

Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro Décima Nona Câmara Cível Apelação Cível n.º 0130706-88.2008.8.19.0001 FLS. 1 Apelante: COMPANHIA ESTADUAL DE ÁGUAS E ESGOTOS - CEDAE Apelado: JOVINO GONÇALVES DA CRUZ RELATOR: DESEMBARGADOR FERDINALDO NASCIMENTO APELAÇÃO CÍVEL. AÇÃO DE CONHECIMENTO. RITO SUMÁRIO. OBRIGAÇÃO

Leia mais

DANO MORAL PRÁTICA ABUSIVA DE SUSPENSÃO E DESCONTO SALARIAL SEM A COMPROVAÇÃO DA CULPA

DANO MORAL PRÁTICA ABUSIVA DE SUSPENSÃO E DESCONTO SALARIAL SEM A COMPROVAÇÃO DA CULPA Acórdão 5ª Turma DANO MORAL PRÁTICA ABUSIVA DE SUSPENSÃO E DESCONTO SALARIAL SEM A COMPROVAÇÃO DA CULPA A Ré não reconheceu que a autora tenha furtado o dinheiro, porque não conseguiu comprovar, mas por

Leia mais

Poder Judiciário Estado do Rio de Janeiro Vigésima Quinta Câmara Cível

Poder Judiciário Estado do Rio de Janeiro Vigésima Quinta Câmara Cível APELAÇÃO CÍVEL N. 0424596-24.2013.8.19.0001 APELANTE: ELEVADORES FUJI FLF DO BRASIL LTDA. APELADO: CONDOMÍNIO MORADAS DO ITANHAGÁ - BLOCO 03 RELATOR: DESEMBARGADOR WERSON RÊGO DIREITO DO CONSUMIDOR. PRETENSÃO

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO 38ª CÂMARA DE DIREITO PRIVADO. Registro: ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO 38ª CÂMARA DE DIREITO PRIVADO. Registro: ACÓRDÃO ACÓRDÃO Registro: 2012.0000390065 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 0035685-43.2010.8.26.0576, da Comarca de São José do Rio Preto, em que são apelantes ARANTES ALIMENTOS LTDA.

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo ACÓRDÃO Registro: 2015.0000578466 Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 0133073-16.2010.8.26.0100, da Comarca de, em que é apelante GOOGLE BRASIL INTERNET LTDA, é apelado THAMIRES FURLAN.

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça RECURSO ESPECIAL Nº 1.198.479 - PR (2010/0114090-4) RELATORA : MINISTRA NANCY ANDRIGHI EMENTA DIREITO CIVIL. RECURSO ESPECIAL. DÉBITOS CONDOMINIAIS. CONDENAÇÃO JUDICIAL. CORREÇÃO MONETÁRIA. ÍNDICE APLICÁVEL.

Leia mais

Apelante: Apelado: Constante Zahn Comarca: São Paulo (18ª Vara Cível Foro Central) Juíza: Renata Barros Souto Maior Baião

Apelante: Apelado: Constante Zahn Comarca: São Paulo (18ª Vara Cível Foro Central) Juíza: Renata Barros Souto Maior Baião fls. 253 Registro: 2016.0000000747 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 102270493.2014.8.26.0100, da Comarca de São Paulo, em que é apelante (JUSTIÇA GRATUITA), é apelado CONSTANCE

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo fls. 238 Registro: 2014.0000492060 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº 1005329-60.2013.8.26.0053, da Comarca de, em que é apelante PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PAULO, é apelado.

Leia mais

I RELATÓRIO Trata-se de recurso ordinário interposto pela Ré, às fls , em face da respeitável sentença da MM. 50ª Vara do

I RELATÓRIO Trata-se de recurso ordinário interposto pela Ré, às fls , em face da respeitável sentença da MM. 50ª Vara do Acórdão 1a Turma PODER JUDICIÁRIO FEDERAL RECURSO ORDINÁRIO. DANO MORAL. ACIDENTE DE TRÂNSITO. DESVIO DE FUNÇÃO. Considerando que a ré transferiu o autor da função de motociclista, para motorista de carro

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE RONDÔNIA Tribunal de Justiça 1ª Câmara Especial

PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE RONDÔNIA Tribunal de Justiça 1ª Câmara Especial 1 PODER JUDICIÁRIO DO ESTADO DE RONDÔNIA Tribunal de Justiça 1ª Câmara Especial Data de distribuição : 12/12/2008 Data de julgamento : 20/05/2009 100.001.2008.016120-0 Apelação Origem : 00120080161200

Leia mais

DECISÃO MONOCRÁTICA ADVOCATÍCIOS CORRETAMENTE FIXADOS EM

DECISÃO MONOCRÁTICA ADVOCATÍCIOS CORRETAMENTE FIXADOS EM VIGÉSIMA SEGUNDA CÂMARA CÍVEL APELAÇÃO CÍVEL N.º 0029266-43.2012.8.19.0087 APELANTE: LUCIANA LOYOLA DE ARAÚJO APELADO: BANCO BRADESCO S A RELATORA: DES. ODETE KNAACK DE SOUZA DECISÃO MONOCRÁTICA APELAÇÃO

Leia mais

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores MIGUEL PETRONI NETO (Presidente) e SIMÕES DE VERGUEIRO.

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores MIGUEL PETRONI NETO (Presidente) e SIMÕES DE VERGUEIRO. fls. 1 ACÓRDÃO Registro: 2013.0000525371 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 0111987-18.2012.8.26.0100, da Comarca de São Paulo, em que é apelante FELIPPE MENDONÇA, é apelado COMPANHIA

Leia mais

JF CONVOCADO ANTONIO HENRIQUE CORREA DA SILVA em substituição ao Desembargador Federal PAULO ESPIRITO SANTO

JF CONVOCADO ANTONIO HENRIQUE CORREA DA SILVA em substituição ao Desembargador Federal PAULO ESPIRITO SANTO Apelação Cível - Turma Especialidade I - Penal, Previdenciário e Propriedade Industrial Nº CNJ : 0101807-06.2014.4.02.5101 (2014.51.01.101807-8) RELATOR JF CONVOCADO ANTONIO HENRIQUE CORREA DA SILVA em

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo Registro: 2015.0000XXXX ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Apelação nº XXXXX-62.2014.8.26.0565, da Comarca de São Caetano do Sul, em que é apelante GAFISA S/A, são apelados ALEXANDRE

Leia mais

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Desembargadores DONEGÁ MORANDINI (Presidente sem voto), EGIDIO GIACOIA E VIVIANI NICOLAU.

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Desembargadores DONEGÁ MORANDINI (Presidente sem voto), EGIDIO GIACOIA E VIVIANI NICOLAU. fls. 449 Registro: 2015.0000811614 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 1010646-24.2015.8.26.0100, da Comarca de 5 São Paulo, em que é apelante ACCESS CONSULTORIA IMOBILIÁRIA

Leia mais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais

Tribunal de Justiça de Minas Gerais Número do 1.0520.12.001992-9/001 Númeração 0019929- Relator: Relator do Acordão: Data do Julgamento: Data da Publicação: Des.(a) José Arthur Filho Des.(a) José Arthur Filho 18/08/2015 01/09/2015 EMENTA:

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA OITAVA CÂMARA CÍVEL APELAÇÃO CÍVEL Nº 0001290-15.2010.8.19.0028 APELANTE: AMPLA ENERGIA E SERVIÇOS S.A. APELADOS: R.S.R. DE MACAÉ EMPREENDIMENTOS E PARTICIPAÇÕES IMOBILIÁRIAS

Leia mais

CLINICA DE CIRURGIA PLÁSTICA DE BOTAFOGO LTDA

CLINICA DE CIRURGIA PLÁSTICA DE BOTAFOGO LTDA Décima Nona Câmara Cível Apelação nº 0407490-25.2008.8.19.0001 Apelante: CLINICA DE CIRURGIA PLÁSTICA DE BOTAFOGO LTDA Apelante: MARIA LUIZA DE OLIVEIRA SIGAUD DANIEL (REC ADESIVO) Apelado: OS MESMOS Apelado:

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO. São Paulo, 27 de abril de 2011. REBOUÇAS DE CARVALHO RELATOR

PODER JUDICIÁRIO. São Paulo, 27 de abril de 2011. REBOUÇAS DE CARVALHO RELATOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACORDAO/DECISÃO MONOCRÁTICA ntcalstrado(a) SOB N líl HIIU Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação n 0024524-98.2009.8.26.0114,

Leia mais

VOTO: I - R E L A T Ó R I O

VOTO: I - R E L A T Ó R I O Acórdão 10a Turma FÉRIAS NÃO GOZADAS. DOBRA. TERÇO CONSTITUCIONAL. Conforme artigo 137 da CLT, as férias concedidas fora do prazo concessivo previsto no artigo 134 da CLT serão pagas em dobro. O mesmo

Leia mais

ACÓRDÃO SJCST Nº (Nº CNJ: ) 2013/CÍVEL

ACÓRDÃO SJCST Nº (Nº CNJ: ) 2013/CÍVEL APELAÇÃO CÍVEL. LOCAÇÃO. AÇÃO DE COBRANÇA. SEGURO DPVAT. LITISCONSÓRCIO ATIVO NECESSÁRIOS ENTRE OS HERDEIROS. EXISTÊNCIA DE INCAPAZ. NECESSIDADE DE INTERVENÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO. 1) Trata-se de recurso

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Acórdão 5ª Turma RECURSO ADMINISTRATIVO DA EMPRESA JUNTO AO INSS NEXO TÉCNICO EPIDEMIOLÓGICO O efeito suspensivo dado ao recurso administrativo contra a aplicação do nexo técnico epidemiológico, de que

Leia mais

APELO DESPROVIDO. Nº COMARCA DE CACHOEIRA DO SUL ANTONIO PEIXOTO DA CRUZ BARCHET E CIA LTDA ACÓRDÃO

APELO DESPROVIDO. Nº COMARCA DE CACHOEIRA DO SUL ANTONIO PEIXOTO DA CRUZ BARCHET E CIA LTDA ACÓRDÃO APELAÇÃO CÍVEL. EMBARGOS À EXECUÇÃO. NOVAÇÃO. FACTORING. CONFISSÃO DE DÍVIDA. NOTAS PROMISSÓRIAS. Hipótese em que o risco assumido pela empresa de factoring, ainda que inerente aos contratos desta espécie,

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO. Gabinete do Desembargador Zacarias Neves Coêlho

PODER JUDICIÁRIO. Gabinete do Desembargador Zacarias Neves Coêlho AGRAVO INTERNO NA APELAÇÃO CÍVEL N. 103257-71.2014.8.09.0051 (201491032570) COMARCA DE GOIÂNIA AGRAVANTE : GOL LINHAS AEREAS INTELIGENTES S/A AGRAVADA : CAMILA VILELA MEDEIROS BARBOSA REIS RELATOR : DES.

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Registro: ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Registro: ACÓRDÃO ACÓRDÃO Registro: 2017.0000000482 Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 1013875-84.2015.8.26.0037, da Comarca de Araraquara, em que são apelados FABIANO FERNANDO DA SILVA (JUSTIÇA GRATUITA)

Leia mais

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Desembargadores MIGUEL BRANDI (Presidente sem voto), LUIS MARIO GALBETTI E MARY GRÜN.

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Desembargadores MIGUEL BRANDI (Presidente sem voto), LUIS MARIO GALBETTI E MARY GRÜN. fls. 395 Registro: 2017.0000018342 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 1040341-23.2015.8.26.0100, da Comarca de São Paulo, em que é apelante PDG SPE 19 EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Registro: 2015.000096XXX ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Registro: 2015.000096XXX ACÓRDÃO Registro: 2015.000096XXX ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 1015XXX- XX.2014.8.26.0576, da Comarca de São José do Rio Preto, em que é apelante MRV ENGENHARIA E PARTICIPAÇÕES

Leia mais

ANDRÉ ANDRADE DESEMBARGADOR RELATOR

ANDRÉ ANDRADE DESEMBARGADOR RELATOR SÉTIMA CÂMARA CÍVEL APELAÇÃO CÍVEL Nº 2007.001.63552 APELANTE: TV SBT CANAL 4 DE SÃO PAULO S/A APELADO: GIOVANNA ANTONELLI RELATOR: DES. ANDRÉ ANDRADE Classe regimental: 1 AÇÃO DE INDENIZAÇÃO. DIREITO

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA ESTADO DO PARANÁ AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 1.158.383-4, ORIGINÁRIO DO FORO CENTRAL DA COMARCA DA REGIÃO METROPOLITANA DE CURITIBA - 1ª VARA CÍVEL. Agravante Agravados

Leia mais

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Desembargadores VITO GUGLIELMI (Presidente) e PERCIVAL NOGUEIRA. São Paulo, 11 de setembro de 2014.

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Desembargadores VITO GUGLIELMI (Presidente) e PERCIVAL NOGUEIRA. São Paulo, 11 de setembro de 2014. PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO Registro: 2014.0000565XXX ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº XXXXXXX-21.2014.8.26.0576, da Comarca de São José

Leia mais

126 SÉTIMA CÂMARA CÍVEL AGRAVO DO ARTIGO 557, 1º, DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL NA APELAÇÃO CÍVEL PROCESSO Nº

126 SÉTIMA CÂMARA CÍVEL AGRAVO DO ARTIGO 557, 1º, DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL NA APELAÇÃO CÍVEL PROCESSO Nº SÉTIMA CÂMARA CÍVEL AGRAVO DO ARTIGO 557, 1º, DO CÓDIGO DE PROCESSO CIVIL NA APELAÇÃO CÍVEL PROCESSO Nº 0384618-74.2012.8.19.0001 RELATOR: DES. CAETANO E. DA FONSECA COSTA AGRAVO DO ART. 557, 1º DO CÓDIGO

Leia mais

RELATÓRIO. 3. Foi atribuído o efeito suspensivo ao presente recurso. 4. Foram apresentadas contrarrazões. 5. É o que havia de relevante para relatar.

RELATÓRIO. 3. Foi atribuído o efeito suspensivo ao presente recurso. 4. Foram apresentadas contrarrazões. 5. É o que havia de relevante para relatar. PROCESSO Nº: 0804286-21.2014.4.05.0000 - AGRAVO DE INSTRUMENTO RELATÓRIO 1. Trata-se AGTR interposto pela UNIÃO FEDERAL, contra decisão do douto Juiz Federal da 1ª Vara da SJ/RN que, nos autos da ação

Leia mais

Nº 70009037631 COMARCA DE PORTO ALEGRE A C Ó R D Ã O

Nº 70009037631 COMARCA DE PORTO ALEGRE A C Ó R D Ã O APELAÇÃO. ALIMENTOS. EXONERAÇÃO. DECISÃO JUDICIAL. SITUAÇÃO FÁTICA. CONFRONTO. REPETIÇÃO SISTEMÁTICA E CONTINUADA DE UM COMPORTAMENTO. SURRECTIO. Preliminar. Embora o processo tenha sido extinto sem julgamento

Leia mais

TURMA RECURSAL ÚNICA RECURSO CÍVEL INOMINADO Nº 949/2009 CLASSE II JUIZADO DO PORTO TEREZINHA SATIKO HOSAKI SILVINO DA SILVA

TURMA RECURSAL ÚNICA RECURSO CÍVEL INOMINADO Nº 949/2009 CLASSE II JUIZADO DO PORTO TEREZINHA SATIKO HOSAKI SILVINO DA SILVA RECORRENTE(S): RECORRIDO(S): ÓTICA MATIZ LTDA TEREZINHA SATIKO HOSAKI SILVINO DA SILVA Número do Protocolo : 949/ 2009 Data de Julgamento : 28-04-2010 EMENTA RECURSO INOMINADO REPARAÇÃO DE DANO MATERIAL

Leia mais

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS

CONSELHO DE CONTRIBUINTES DO ESTADO DE MINAS GERAIS Acórdão: 15.672/02/1ª Impugnação: 40.10106969.03 Impugnante: Camargo Corrêa Cimentos S/A Proc. S. Passivo: Aloísio Augusto Mazeu Martins/Outro(s) PTA/AI: 01.000138181.29 Inscrição Estadual: 758.014206.0358

Leia mais

Superior Tribunal de Justiça

Superior Tribunal de Justiça EMENTA ADMINISTRATIVO. AGRAVO REGIMENTAL EM AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL. RESPONSABILIDADE CIVIL. DANOS MORAIS. REDUÇÃO DO QUANTUM. VALOR RAZOÁVEL (R$ 17.500,00). REEXAME DO CONJUNTO FÁTICO-PROBATÓRIO. SÚMULA

Leia mais

IV - APELACAO CIVEL

IV - APELACAO CIVEL RELATOR : DESEMBARGADOR FEDERAL LUIZ ANTONIO SOARES APELANTE : FAZENDA NACIONAL APELADO : MARIO PICCAGLIA - ESPOLIO REP/ P/ WALLY PIA PICCAGLIA PEREIRA CARDOS ADVOGADO : NEWTON LOBO DE CARVALHO E OUTRO

Leia mais

ACÓRDÃO 3ª TURMA NULIDADE JULGAMENTO EXTRA PETITA É nula a sentença que julga pretensão diversa da formulada pelo Autor. Buffet Amanda Ltda.

ACÓRDÃO 3ª TURMA NULIDADE JULGAMENTO EXTRA PETITA É nula a sentença que julga pretensão diversa da formulada pelo Autor. Buffet Amanda Ltda. ACÓRDÃO 3ª TURMA NULIDADE JULGAMENTO EXTRA PETITA É nula a sentença que julga pretensão diversa da formulada pelo Autor. Recorrente: Buffet Amanda Ltda. Recorridos: Alex Sandro Farias de Oliveira Marina

Leia mais

ACÓRDÃO. Vistos, relatados e discutidos os autos.

ACÓRDÃO. Vistos, relatados e discutidos os autos. Apelação cível. Seguros. DPVAT. Invalidez permanente oriunda de acidente de trânsito. Correção monetária. Termo inicial alterado. Data do pagamento parcial. Juros de mora. Termo inicial inallterado. Data

Leia mais

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro Vigésima Câmara Cível

Poder Judiciário Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro Vigésima Câmara Cível EMBARGOS DE DECLARAÇÃO AGRAVO DE INSTRUMENTO 0046297-12.2013.8.19.0000 PARTE EMBARGANTE: CONMEDH CONVÊNIOS MÉDICOS HOSPITALARES LTDA. PARTE EMBARGADA: CLÁUDIA COUTINHO GUIMARÃES MANES RELATOR: DES. MARCO

Leia mais

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL ESTADO DO RIO DE JANEIRO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA PRIMEIRA CÂMARA CÍVEL APELAÇÃO CÍVEL Nº 0050462-41.2009.8.19.0001 ORIGEM: 15ª VARA DE FAZENDA PÚBLICA DA COMARCA DA CAPITAL APELANTE: VAGNER

Leia mais

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PODER JUDICIÁRIO NONA CÂMARA CÍVEL

ESTADO DO RIO DE JANEIRO PODER JUDICIÁRIO NONA CÂMARA CÍVEL NONA CÂMARA CÍVEL Apelação nº 0015111-07.2009.8.19.0001 Apelante: JOÃO CAMPOS DA SILVA Apelado: ESTADO DO RIO DE JANEIRO Relator: Desembargador ROBERTO DE ABREU E SILVA AÇÃO ORDINÁRIA. LEGITIMIDADE DO

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 11ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 11ª REGIÃO Identificação PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 11ª REGIÃO PROCESSO nº 0001876-26.2014.5.11.0015 (AIRO) AGRAVANTE: SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDÚSTRIAS URBANAS

Leia mais

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores ERBETTA FILHO (Presidente) e RAUL DE FELICE. São Paulo, 4 de maio de 2017.

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores ERBETTA FILHO (Presidente) e RAUL DE FELICE. São Paulo, 4 de maio de 2017. Registro: 2017.0000327714 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 1023287-36.2014.8.26.0114, da Comarca de Campinas, em que é apelante ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA IGREJA DE JESUS CRISTO

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO

PODER JUDICIÁRIO FEDERAL JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 1ª REGIÃO Acórdão 1ª Turma TERCEIRIZAÇÃO. FRAUDE. VÍNCULO DE EMPREGO COM O TOMADOR DE SERVIÇOS. Quando se vislumbra que sob a forma de terceirização há camuflada verdadeira atividade de locação de mão-de-obra, que

Leia mais

CÍVEL Nº COMARCA DE PORTO ALEGRE A C Ó R D Ã O

CÍVEL Nº COMARCA DE PORTO ALEGRE A C Ó R D Ã O RECURSO INOMINADO. AÇÃO INDENIZATÓRIA. MENSAGENS ENVIADAS À AUTORA PELO APLICATIVO WHATSAPP QUE POSSUEM TEOR OFENSIVO. EXPRESSÕES OFENSIVAS QUE ULTRAPASSAM O MERO DISSABOR INFIDELIDADE CONJUGAL QUE, MESMO

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo

TRIBUNAL DE JUSTIÇA PODER JUDICIÁRIO São Paulo Registro: 2017.0000320784 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 1082065-07.2015.8.26.0100, da Comarca de, em que são apelantes JOSÉ AUGUSTO LIMA DE CARVALHO FRANCO, VERA FRANCO

Leia mais

PROVIMENTO PARCIAL DO RECURSO. DECISÃO MONOCRÁTICA:

PROVIMENTO PARCIAL DO RECURSO. DECISÃO MONOCRÁTICA: Primeira Câmara Cível Apelante: SEGURADORA LIDER DOS CONSÓRCIOS DO SEGURO DPVAT S.A. Apelado: EVA CASSIMIRA DIAS Relator: Desembargador MALDONADO DE CARVALHO SEGURO OBRIGATÓRIO (DPVAT). ACIDENTE DE TRÂNSITO.

Leia mais

APELAÇÃO CÍVEL E REEXAME NECESSÁRIO Nº , DE APUCARANA - 1ª VARA CÍVEL E DA FAZENDA PÚBLICA APELANTE : JANAINA CORDEIRO ZANETTI

APELAÇÃO CÍVEL E REEXAME NECESSÁRIO Nº , DE APUCARANA - 1ª VARA CÍVEL E DA FAZENDA PÚBLICA APELANTE : JANAINA CORDEIRO ZANETTI Certificado digitalmente por: VICENTE DEL PRETE MISURELLI APELAÇÃO CÍVEL E REEXAME NECESSÁRIO Nº 1456834-4, DE APUCARANA - 1ª VARA CÍVEL E DA FAZENDA PÚBLICA APELANTE : JANAINA CORDEIRO ZANETTI APELADO

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA SÉTIMA CÂMARA CÍVEL

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA SÉTIMA CÂMARA CÍVEL TRIBUNAL DE JUSTIÇA DÉCIMA SÉTIMA CÂMARA CÍVEL Apelação Cível nº 0016159-04.2010.8.19.0021 Apelante: Osais Gonçalves Lobato Apelado: Eletrolux do Brasil Ltda Relator: Des. Elton M. C. Leme R E L A T Ó

Leia mais

V I S T O S, relatados e discutidos estes autos de

V I S T O S, relatados e discutidos estes autos de EMENTA RECURSO ORDINÁRIO, provenientes da UMUARAMA - PR, sendo Recorrente CONTRIBUIÇÃO ASSISTENCIAL/NEGOCIAL - HONORÁRIOS ADVOCATÍCIOS - Nas ações de cobrança de contribuição sindical, figurando nos pólos

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 9ª REGIÃO I. RELATÓRIO

PODER JUDICIÁRIO JUSTIÇA DO TRABALHO TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO DA 9ª REGIÃO I. RELATÓRIO SE EMENTA AGRAVO DE PETIÇÃO, provenientes da ARAUCÁRIA - PR, sendo Agravante LTDA. e Agravados CARVALHO DE OLIVEIRA. RESPONSABILIDADE SUBSIDIÁRIA - BENEFÍCIO DE ORDEM EM RELAÇÃO AOS SÓCIOS DO DEVEDOR PRINCIPAL

Leia mais

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Registro: ACÓRDÃO

PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Registro: ACÓRDÃO fls. 152 Registro: 2017.0000534243 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de Apelação nº 1009150-33.2015.8.26.0011, da Comarca de São Paulo, em que é apelante JOABES FERNANDES DE SANT ANA,

Leia mais

Acórdão em Apelação Cível Processo n º Relator: DES. Antônio Iloízio Barros Bastos

Acórdão em Apelação Cível Processo n º Relator: DES. Antônio Iloízio Barros Bastos Acórdão em Apelação Cível Processo n º 0095306-76.2009.8.19.0001 Relator: DES. Antônio Iloízio Barros Bastos Ação de obrigação de fazer cumulada com pedido de indenização por danos morais. Videogame XBox,

Leia mais

Tribunal de Justiça do Estado do Paraná

Tribunal de Justiça do Estado do Paraná APELAÇÃO CÍVEL Nº 1494371-6 NOS AUTOS Nº 0023604-39.2014.8.16.0014 (PROJUDI), DA 2ª VARA CÍVEL DE LONDRINA APELANTE: CAMPOS DO CONDE PRIVATE ADMINISTRAÇÃO LTDA - SPE e URBPLAN DESENVOLVIMENTO URBANO S/A

Leia mais

APELAÇÃO CÍVEL Nº 316976-78.2010.8.09.0051 (201093169761) COMARCA GOIÂNIA APELANTE

APELAÇÃO CÍVEL Nº 316976-78.2010.8.09.0051 (201093169761) COMARCA GOIÂNIA APELANTE 6ª Câmara Cível APELAÇÃO CÍVEL Nº 316976-78.2010.8.09.0051 (201093169761) COMARCA GOIÂNIA APELANTE MARCELO LOPES DE SOUZA APELADO MERCADOLIVRE.COM ATIVIDADES DE INTERNET LTDA RECURSO ADESIVO (FLS 266/299)

Leia mais

sendo apelado MIRA FACTORING FOMENTO MERCANTIL LTDA.

sendo apelado MIRA FACTORING FOMENTO MERCANTIL LTDA. TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SAO PAULO ACÓRDÃO/DECISÃO MONOCRATICA REGISTRADO(A) SOB N ^ISP "02953389* PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos de

Leia mais

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores RICARDO FEITOSA (Presidente) e FERREIRA RODRIGUES.

ACÓRDÃO. O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores RICARDO FEITOSA (Presidente) e FERREIRA RODRIGUES. Registro: 2013.0000381181 ACÓRDÃO Vistos, relatados e discutidos estes autos do Reexame Necessário nº 900032-14.1990.8.2.0014, da Comarca de São Paulo, em que é recorrente JUIZO EX OFFICIO, é recorrido

Leia mais

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESPÍRITO SANTO TERCEIRA CÂMARA CÍVEL 13/4/2009 SESSÃO EXTRAORDINÁRIA APELAÇÃO CÍVEL Nº Ementa:

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESPÍRITO SANTO TERCEIRA CÂMARA CÍVEL 13/4/2009 SESSÃO EXTRAORDINÁRIA APELAÇÃO CÍVEL Nº Ementa: TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESPÍRITO SANTO TERCEIRA CÂMARA CÍVEL 13/4/2009 SESSÃO EXTRAORDINÁRIA APELAÇÃO CÍVEL Nº 12060001547 Ementa: APELAÇÃO CÍVEL - DPVAT - REQUISITOS - INVALIDEZ PERMANENTE - ART. 3º DA

Leia mais

ESTADO DO ESPÍRITO SANTO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DESEMB - FÁBIO CLEM DE OLIVEIRA 12 de junho de 2012

ESTADO DO ESPÍRITO SANTO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DESEMB - FÁBIO CLEM DE OLIVEIRA 12 de junho de 2012 ESTADO DO ESPÍRITO SANTO PODER JUDICIÁRIO TRIBUNAL DE JUSTIÇA GAB. DESEMB - FÁBIO CLEM DE OLIVEIRA 12 de junho de 2012 AGRAVO DE INSTRUMENTO Nº 0901387-12.2012.8.08.0000 (030129000284) - LINHARES - 2ª

Leia mais

RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 899.348 DISTRITO FEDERAL RELATOR : MIN. DIAS TOFFOLI

RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 899.348 DISTRITO FEDERAL RELATOR : MIN. DIAS TOFFOLI RECURSO EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO 899.348 DISTRITO FEDERAL RELATOR RECTE.(S) RECTE.(S) ADV.(A/S) RECDO.(A/S) RECDO.(A/S) ADV.(A/S) : MIN. DIAS TOFFOLI :CARLOS AUGUSTO DE OLIVEIRA FRANCO :VANJA MAGALI PAULINO

Leia mais

i iiiiii um um um um um mu mu m mi

i iiiiii um um um um um mu mu m mi TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DE SÃO PAULO ACÓRDÃO/DECISÃO MONOCRÁTICA REGISTRADO(A) SOB N i iiiiii um um um um um mu mu m mi *03119670* Vistos, relatados e discutidos estes

Leia mais