Sorbente de troca iônica HyperCel STAR AX

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sorbente de troca iônica HyperCel STAR AX"

Transcrição

1 Life Sciences USD 2831(1) Sorbente de troca iônica Sorbente para Cromatografia de Troca Aniônica de Recuperação Avançada Tolerante a Sal Um sorbente para cromatografia de troca aniônica, escalonável industrialmente, projetado para alta produtividade de captura de proteína e remoção de impurezas em alta ou moderada condutividade de sal (2 a 1 ms/cm), típico de matérias-primas biológicas não diluídas (isto é, sobrenadantes de cultura de células de mamíferos, matéria-prima de E. coli, plasma, outros ). Filtração. Separação. Solução.SM

2 O sorbente é fabricado em larga escala e atende às necessidades de usuários industriais e autoridades reguladoras. Um Arquivo de Suporte Regulatório (RSF) está disponível para ajudar os usuários no desenvolvimento de procedimentos de validação. Este sorbente oferece: ` ` Alta capacidade de ligação dinâmica (DBC) em curto tempo de residência (2 minutos ou menos) ` ` Captura direta de proteína ou remoção de impureza da matériaprima não diluída em condutividade moderada ou alta ` ` Excelentes propriedades de taxa de fluxo para processamento rápido da matéria-prima ` ` Seletividade distintiva, consistente em uma ampla faixa de condutividade (2 1 ms/cm) ` ` Maior economia de processo Descrição O sorbente é composto de uma matriz de celulose rígida que tem excelentes propriedades de fluxo e gera baixa contra-pressão, compatível com as necessidades da produção de proteína em escala de fabricação. O sorbente está disponível em várias configurações de embalagem, bem como em colunas PRC pré-empacotadas de 1 ml e ml projetadas para um método rápido de otimização, triagem seletiva ou pequeno trabalho preparativo. O sorbente é fornecido em forma de pasta fluida/suspensão em NaCl 1M contendo % (v/v) de etanol ou como um bolo úmido para aplicações em escala de processo (o sorbente em formato de bolo úmido facilita a transferência do sorbente, evitando a agitação e a suspensão de grandes volumes de materiais). O sorbente tem uma estabilidade química que garante processo simples de limpeza in situ (CIP) e armazenamento. Para um CIP padrão, recomenda-se o tratamento com NaOH, a 1 M, sendo possível armazenamento de longo prazo em NaOH a mm. Tabela 1 Principais propriedades Tamanho médio da partícula Ligante de troca iônica Capacidade de ligação dinâmica 1 Faixa de operação típica de condutividade de matéria-prima Condições de limpeza recomendadas 2 8 μm Amina primária > mg BSA/mL na faixa de ph de 7, 8, e condutividade de 1 ms/cm 2 1 ms/cm NaOH 1 M O sorbente é muito fácil de empacotar e desempacotar em colunas de laboratório, piloto e de escala de produção, e mostra excelentes propriedades de fluxo, compatíveis com os requisitos avançados processos de produção. O sorbente pode ser empacotado em tampões baratos. Por exemplo, uma coluna com mm I.D. x 1 mm de altura empacotada em um tampão de NaCl mm pode ser operada em contra-pressão inferior a 1, bar (22 psi) (Figura 1). O desempenho do empacotamento é consistente do laboratório a colunas em larga escala ( mm I.D.), Valores típicos de N/m > placas e fatores assimétricos (AF) são: 1,<AF<1,. Figura 1 Pressão vs. Taxa de Fluxo do Sorbente Pression (bar) Vitesse linéaire (cm/h) Coluna: mm I.D. x 1 mm de altura de leito. Tampão de empacotamento: NaCl mm Características e benefícios Alta capacidade de ligação dinâmica em condições operacionais de ampla condutividade: evita a diluição da matéria-prima e agiliza o processamento downstream Figura 2 Capacidade de Ligação Dinâmica vs. Tempo de Residência como Função do ph e Condutividade do Sorbente Conductivité Temps de séjour = 1 min Temps de séjour = 2, min Temps de séjour = min ph ph ph Coluna:, cm I.D. x cm altura de leito (~1 ml). Amostra: BSA mg/ml em tampão de compensação: Tris-HCl 2 mm, ph 7, 8,. Condutividade 3 ms/cm. Tempo de residência: 1 min (,2 1 ml/min). Números indicam a capacidade de ligação do BSA em mg/ml de sorbente Determinado usando BSA mg/ml em Tris-HCl 2 mm, NaCl,1 M em tempo de residência de 2 minutos. 2. Injeção de volumes de coluna (CV) de NaOH, 1 M, 1 hora de tempo de contato. 2

3 Um estudo do Projeto de Experimentos (DoE) foi realizado para explorar a influência de vários phs (7, a 8,), condutividades (3 a ms/cm) e tempos de residência (1 a minutos) sobre a capacidade de ligação dinâmica da albumina do soro bovino (BSA) usada como um modelo. Os dados mostram o impacto do ph e da condutividade em DBC do BSA sobre o sorbente. Os diagramas de contorno na Figura 2 mostram que o sorbente alcança uma alta DBC (> mg/ml) em uma ampla faixa de phs e condutividades em curto tempo de residência, permitindo flexibilidade e produtividade de processamento ideais. Figura 3 Capacidade de Ligação Dinâmica do Sorbente para a Albumina do Soro Humano (HSA) de Plasma não diluído e diluído Excelente seletividade e eficiência de separação em uma ampla faixa de condutividades Figura Separação de uma mistura de proteína no Sorbente em ms/cm. mua 8 6 Cytochrome C Transferrine Albumine Gradient de conductivité 3 7 ms/cm 11 ms/cm 3 6 ml HSA A mg/ml Coluna pré-empacotada PRC de 1 ml; µl de mistura (citocromo C 2 mg/ml, transferrina humana mg/ml, albumina de soro bovino [BSA] mg/ml). Carga: Tris-HCl 2 mm ph 8,, ms/cm. Eluir: gradiente % Tris-HCl 2 mm, ph 8, + NaCl 1 M. A seletividade de sorbentes é um parâmetro-chave para discriminar entre a proteína-alvo e os contaminantes na matéria-prima. A triagem da seletividade de sorbentes é essencial e deve ser realizada nos estágios iniciais do desenvolvimento do processo. el STAR S TARAXAX DEAE agarose rigid agaros rigidee A Figura 3 mostra a DBC da HSA do sorbente comparado a um sorbente convencional de roca aniônica de agarose rígida DEAE em condutividades correspondentes a um plasma não diluído (11 ms/cm) e diluído (7 ms/cm). Os dados mostrados na Figura 3 confirmam que a DBC é menos afetada pela condutividade na faixa 7 11 ms/cm, se comparado ao sorbente convencional. Isso permite a carga direta do plasma não diluído no sorbente. Combinados com excelentes características de fluxo em baixas contra-pressões (Figura 1), grandes volumes de matéria-prima podem ser processados direta e rapidamente, aumentando o rendimento global do processo e limitando o risco de degradação da proteína. A alta capacidade de ligação facilita a operação usando colunas de volume e área de ocupação moderados, permitindo uma maior redução das necessidades de volume de tampão e gerando economia de equipamento e custos de investimento reduzidos em sorbentes. É possível obter uma triagem rápida e otimização de condições usando uma coluna pré-empacotada Pall 1 ml PRC. Após a química apropriada ser selecionada, as condições de uso podem ser otimizadas em uma coluna de ml PRC duplicando a altura. Duas colunas de ml podem ser conectadas em séries para aumentar a altura do leito de colunas para cm, e condições reais mais próximas do modelo em escala piloto ou para aplicações em pequena escala. As colunas de 1mL também podem ser conectadas em série. Devido à diferença na estrutura esférica, química do ligante e densidade da carga iônica específica, como mostrado na Figura, a eficiência da seletividade e separação do sorbente STAR AX é mantida em uma ampla faixa de condutividades. Aplicações e Exemplos As aplicações incluem a captura direta de proteínas recombinantes, anticorpos monoclonais e policlonais, derivados do plasma ou outros biofarmacêuticos. Devido à sua capacidade de capturar proteínas diretamente de matérias-primas não diluídas, o sorbente também pode ser usado para a remoção inicial de contaminantes (isto é, CHO Host Cell Proteins), antes da purificação-alvo, isto é, antes da captura do MAb por uma etapa de afinidade da Proteína A. 3

4 . Aplicação 1. Captura direta de albumina do plasma não diluído O objetivo é avaliar o sorbente como a primeira etapa em uma sequência de purificação de duas etapas para capturar a albumina do soro humano (HSA) do plasma não diluído (condutividade 11 ms/cm). O sorbente foi usado como uma primeira etapa de captura, seguida de uma etapa ortogonal de troca catiônica realizada no sorbente S, sem ajuste de ph ou condutividade do plasma. Plasma não diluído puro (ph 7,6, 11 ms/cm), foi carregado com DBC de 3 mg/ml (consultar Figura 3). O Projeto de Experimentos (DoE) em placas de filtro com 96 poços (Placas de filtro AcroPrep Advance, Pall) foi realizado para determinar as condições ótimas para se obter a melhor relação rendimento/pureza (um exemplo da otimização das condições de lavagem/eluição é mostrado na Figura ). Essas condições foram depois transferidas para a cromatografia de colunas em colunas pré-empacotadas Pall PRC (Figura 6). Figura 6 Transferência de condições determinadas nas Placas de 96 Poços para a Coluna Pré-Empacotada 1 ml PRC mua 2 1 Lavage 2, Fraction non retenue (FT) Lavage 1 ph 7,, ms/cm FT W1 W2 Élution, ph,, 2 ms/cm E Albumine IgG Transferrine Albumine ml FT W1 W2 E P P = Plasma As condições determinadas nas placas de 96 poços foram aplicadas à cromatografia do plasma não diluído no sorbente STAR AX em uma coluna pré-empacotada 1 ml PRC. O Cromatograma (Figura 6) e a análise de SDS-PAGE de frações confirmaram que a maioria dos contaminantes foram eliminados pela lavagem de alta condutividade, gerando, em uma única etapa, uma fração de HSA com 99% de pureza e 9% de rendimento. (%) urs antes 3, E 2, Figura Impacto da Lavagem (W) e Eluição (E) Condições de Pureza da HSA e Rendimento da Eluição (em percentagem) no sorbente (Projeto de Experimentos em Placas de Filtro de 96 poços) Conductivité du lavage (ms/cm) Conductivité de l élution (ms/cm) Conditions de lavage optimales ph du lavage Conditions d élution optimales... ph de l élution Pureté (%) < > 98 Valeurs constantes ph E 3, Cond. E 2, 7.. Rendement (%) < > 9 Valeurs constantes ph L 7, Cond. L 2, Conductivité de l élution (ms/cm) 3 3. Além disso, como mostrado antes na Figura 3, o sorbente usado na etapa de captura com plasma não diluído teve um DBC >3 mg/ml, mais do que o dobro do que o sorbente de agarose DEAE convencional testado nessas condições. A HSA foi eluída por uma simples Rendement redução (%) de ph (,), sem adição < de sal, permitindo uma carga direta em 6 uma coluna de troca catiônica ortogonal (Sorbvente S 6 ). 8 Conditions 8 9 d élution > 9 optimales Esta última etapa de limpeza no sorbente S gerou uma fração purificada da HSA eluída Valeurs em ph 7, com pureza >99%, e uma capacidade de cerca de constantes 6 mg/ml (Tabela 2). ph L 7, Cond. L 2, Tabela 2... ph de l élution Carga. Purificação em duas etapas da albumina do soro humano do plasma não diluído. Captura em sorbente Limpeza em sorbente S Plasma não diluído ph, eluído no sorbente Capacidade (mg/ml) Rendimento Pureza > 3 mg/ml 9% 99% 6 mg/ml 9% > 99% A Figura mostra que o rendimento da HSA é afetado principalmente pelas condições de eluição (zona ótima: ph 3,,2 e condutividade 2 27 ms/cm) enquanto a pureza é afetada principalmente pelas condições de lavagem (lavagem de alta condutividade a >1 ms/cm aumenta a pureza).

5 Aplicação 2. Remoção inicial de CHOPs antes da captura da Proteína A de um anticorpo monoclonal (MAb) O objetivo deste estudo foi avaliar o impacto de uma etapa de pré-purificação usando o sorbente antes da captura por um sorbente convencional da Proteína A de um anticorpo monoclonal (MAb) da matéria-prima da cultura de células de um mamífero (Figure 7). O conteúdo das CHOPs contaminantes (Proteínas do ovário de hamster chinês) foi comparado por meio de um teste ELISA comercial para os dois esquemas de purificação mostrados na Figura 7. Figura 7 Esquema de purificação do MAb convencional e alternativo incluindo a Etapa de Pré-Purificação no sorbente CCS CHOP : 13 ppm Uma etapa pré-purificação pode impactar positivamente a economia do processo ao aumentar o tempo de vida de uma coluna de Proteína A de alto valorusada como etapa padrão para a captura do MAb. Informações sobre pedidos Sorbente Descrição Código do produto ml ml ml L L L Mode negatif (FT: fraction non retenue) CHOP : 362 ppm Protéine A (mode capture/élution) CHOP : ppm Protéine A (mode capture/élution) CHOP : 3 3 ppm Colunas pré-empacotadas PRC Descrição Coluna PRC x, 1 ml PRC Coluna 8x, ml Código do produto PRCSTARAX1ML PRCSTARAXML. Teneur en CHOP x (ppm) CCS Protéine A + protéine A Os dados mostram que usando o sorbente antes da Proteína A resulta em uma melhor redução da CHOP (>8 vezes). Devido a este efeito sinérgico, começando do conteúdo de uma Proteína Celular Hospedeira inicial (HCP) de 13. ppm, o nível final da CHOP é reduzido para ~ ppm (3 logs de redução), com uma recuperação do MAb de 9%.

6 Sede Corporativa Port Washington, NY, USA (chamada gratuita nos EUA) Telefone Sede na Europa Fribourg, Switzerland +1 () Telefone Sede no Pacífico Asiático Cingapura Telefone Filtração. Separação. Solução.SM Visite nossa página na web em Envie-nos um para o endereço: Escritório internacionais A Pall Corporation possui escritórios e fábricas em todo o mundo, em locais como: África do Sul, Alemanha, Argentina, Austrália, Áustria, Bélgica, Brasil, Canadá, China, Coréia, Espanha, Estados Unidos, França, Holanda, Índia, Indonésia, Irlanda, Itália, Japão, Malásia, México, Noruega, Nova Zelândia, Polônia, Porto Rico, Reino Unido, Rússia, Singapura, Suécia, Suíça, Taiwan, Tailândia e Venezuela. Os distribuidores estão localizados em todas as principais áreas industriais do mundo. Para localizar o escritório ou distribuidor da Pall mais próximo de você, visite As informações fornecidas nesta literatura foram revisadas para garantir sua precisão no momento da publicação. Os dados do produto podem estar sujeitos a alterações sem aviso prévio. Para obter informações atuais, consulte seu distribuidor Pall local ou contate a Pall diretamente. 12, Pall Corporation. Pall,, AcroPrep, e são marcas registradas da Pall Corporation. indica uma marca registrada nos EUA e TM indica uma marca comercial da lei comum. Filtração. Separação. Solução. é uma marca dos serviços da Pall Corporation. 11/12, PDF, GN USD 2831 (1)

Sorbente de troca iônica HyperCel STAR AX

Sorbente de troca iônica HyperCel STAR AX Life Sciences USD 2831(2) Sorbente de troca iônica Sorbente para Cromatografia de Troca Aniônica de Recuperação Avançada Tolerante a Sal Um sorbente para cromatografia de troca aniônica, escalonável industrialmente,

Leia mais

Elementos Filtrantes para Remoção de Vírus Pegasus SV4

Elementos Filtrantes para Remoção de Vírus Pegasus SV4 USD 2847 Elementos Filtrantes para Remoção de Vírus Pegasus SV4 Filtros de desempenho de taxa de fluxo estável e constante, combinando eficiente e alta remoção viral a custos de processamento significativamente

Leia mais

Sistema de bioreatores XRS 20

Sistema de bioreatores XRS 20 USD 2873 Sistema de bioreatores XRS 20 Sua exclusiva agitação aumenta o desempenho das culturas celulares O Sistema de bioreatores XRS 20 é um sistema de bioreatores de uso único, com exclusivas propriedades

Leia mais

Allegro TM STR 200 Biorreator de tanque agitador de uso único

Allegro TM STR 200 Biorreator de tanque agitador de uso único USD2923 Allegro TM STR 200 Biorreator de tanque agitador de uso único Uma nova dimensão para o desempenho de cultura de células para uso único Ao trabalhar com cultura de células, existem vários parâmetros

Leia mais

Instrumento de Teste Palltronic Flowstar LGR

Instrumento de Teste Palltronic Flowstar LGR USD3015(2) Instrumento de Teste Palltronic Flowstar LGR Testes rápidos e inteiramente rastreáveis de sistemas em ponto de uso Tecnologias em aplicações de formulação e enchimento estão conquistando rápida

Leia mais

Cisco Systems Incorporation

Cisco Systems Incorporation Cisco Systems Incorporation 1. Principais Características Matriz: Cisco Systems Inc. Localização: São José, Califórnia, Estados Unidos Ano de fundação: 1984 Internet: www.cisco.com Faturamento (2000):

Leia mais

Ranking Mundial de Juros Reais SET/14

Ranking Mundial de Juros Reais SET/14 Ranking Mundial de Juros Reais SET/14 O Ranking Mundial de Juros Reais é um comparativo entre as taxas praticadas em 40 países do mundo e os classifica conforme as taxas de juros nominais determinadas

Leia mais

Ranking Mundial de Juros Reais Mar/13

Ranking Mundial de Juros Reais Mar/13 Ranking Mundial de Juros Reais Mar/13 O Ranking Mundial de Juros Reais é um comparativo entre as taxas praticadas em 40 países do mundo e os classifica conforme as taxas de juros nominais determinadas

Leia mais

Ranking Mundial de Juros Reais Jan/14

Ranking Mundial de Juros Reais Jan/14 Ranking Mundial de Juros Reais Jan/14 O Ranking Mundial de Juros Reais é um comparativo entre as taxas praticadas em 40 países do mundo e os classifica conforme as taxas de juros nominais determinadas

Leia mais

Suprimentos 1. Cartuchos de toner. Imprimindo. Usando cores. Manuseio de papel. Manutenção. Solução de problemas. Administração.

Suprimentos 1. Cartuchos de toner. Imprimindo. Usando cores. Manuseio de papel. Manutenção. Solução de problemas. Administração. Cartuchos de toner Suprimentos 1 Aviso: Não toque no rolo do cartucho de toner, localizado sob a tampa. Tampa Sua impressora utiliza quatro cartuchos de toner separados, um para cada cor: ciano, amarelo,

Leia mais

USD 2555-PT-BR. Palltronic. Flowstar IV. Instrumento de Teste de Integridade de Filtros

USD 2555-PT-BR. Palltronic. Flowstar IV. Instrumento de Teste de Integridade de Filtros USD 2555-PT-BR Palltronic Flowstar IV Instrumento de Teste de Integridade de Filtros A Última Geração em Instrumentos de Teste de Integridade de Filtros O instrumento de teste de integridade de filtros

Leia mais

Taxa de Empréstimo Estatísticas Financeiras Internacionais (FMI - IFS)

Taxa de Empréstimo Estatísticas Financeiras Internacionais (FMI - IFS) Taxa de Empréstimo Estatísticas Financeiras Internacionais (FMI - IFS) África do Sul: Taxa predominante cobrada pelos bancos de contas garantidas prime. Alemanha: Taxa sobre crédito de conta-corrente de

Leia mais

Despesas em Propaganda no Brasil e sua Interligação com a Economia Internacional. Fábio Pesavento ESPM/SUL André M. Marques UFPB

Despesas em Propaganda no Brasil e sua Interligação com a Economia Internacional. Fábio Pesavento ESPM/SUL André M. Marques UFPB Despesas em Propaganda no Brasil e sua Interligação com a Economia Internacional Fábio Pesavento ESPM/SUL André M. Marques UFPB O NÚCLEO DE ECONOMIA EMPRESARIAL ESPM-SUL PESQUISA E APOIO 1. Despesas em

Leia mais

Cromatografia e suas aplicações em purificação de proteínas e peptídeos. Alexandre Rosolia Assessor Técnico - HPLC

Cromatografia e suas aplicações em purificação de proteínas e peptídeos. Alexandre Rosolia Assessor Técnico - HPLC Cromatografia e suas aplicações em purificação de proteínas e peptídeos Alexandre Rosolia Assessor Técnico - HPLC 1 - Cromatografia Líquida História e Evolução Alexandre Rosolia Assessor Técnico - HPLC

Leia mais

SEMINÁRIO EXPORTAR, EXPORTAR, EXPORTAR. Viana do Castelo, 11de Fevereiro

SEMINÁRIO EXPORTAR, EXPORTAR, EXPORTAR. Viana do Castelo, 11de Fevereiro SEMINÁRIO EXPORTAR, EXPORTAR, EXPORTAR Viana do Castelo, 11de Fevereiro www.cosec.pt COSEC Companhia de Seguro de Créditos, S.A. 2014 Índice Sobre a COSEC Seguro de Créditos Soluções à medida em resumo

Leia mais

PLC 116/10. Eduardo Levy

PLC 116/10. Eduardo Levy PLC 116/10 Senado Federal Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania Comissão de Assuntos Econômicos Comissão de Educação, Cultura

Leia mais

VÁLVULAS SÉRIES VM ADVANTAGE

VÁLVULAS SÉRIES VM ADVANTAGE Faixa de fluxo insuperável: opções de 430 e 1,000 l/min Conexão individual, multipolo e fieldbus Altamente flexível e versátil Leve e compacto Fácil de configurar e ligar Milhões de opções disponíveis

Leia mais

RESUMO GERAL Atualizada até 31/12/2012

RESUMO GERAL Atualizada até 31/12/2012 Gabinete do Ministro - GM Coordenação Geral de Imigração - CGIg Atualizado até 30/09/2011 RESUMO GERAL Atualizada até 31/12/2012 1 Gabinete do Ministro - GM Coordenação Geral de Imigração - CGIg Autorizações

Leia mais

RESUMO GERAL Atualizada até 30/09/2012

RESUMO GERAL Atualizada até 30/09/2012 Gabinete do Ministro - GM Coordenação Geral de Imigração - CGIg Atualizado até 30/09/2011 RESUMO GERAL Atualizada até 30/09/2012 1 Gabinete do Ministro - GM Coordenação Geral de Imigração - CGIg Autorizações

Leia mais

Anuário Estatístico de Turismo - 2015

Anuário Estatístico de Turismo - 2015 Secretaria Nacional de Políticas de Turismo Ministério do Turismo Anuário Estatístico de Turismo - 2015 Volume 42 Ano base 2014 Sumário I Turismo receptivo 1. Chegadas de turistas ao Brasil - 2013-2014

Leia mais

Pesquisa Global Nielsen sobre a Confiança do Consumidor Maio de 2009

Pesquisa Global Nielsen sobre a Confiança do Consumidor Maio de 2009 Pesquisa Global Nielsen sobre a Confiança do Consumidor Maio de 2009 Observações metodológicas Página 2 Enfoque da pesquisa Mensurar o sentimento e a confiança do consumidor no futuro da economia Padrões

Leia mais

Keysight U1177A Adaptador de Infravermelho (IR) para Bluetooth. Folha de Dados

Keysight U1177A Adaptador de Infravermelho (IR) para Bluetooth. Folha de Dados Keysight U1177A Adaptador de Infravermelho (IR) para Bluetooth Folha de Dados Apresentação O adaptador de infravermelho (IR) para Bluetooth U1177A da Keysight é uma solução para conectividade remota wireless

Leia mais

Plásticos para Cultivo Celular

Plásticos para Cultivo Celular Linha Cultivo de Células e Tecidos Fabricada em poliestireno cristal virgem (GPPS), oferece produtos com alta transparência para ótima visualização e sem presença de contaminantes, assegurando integridade

Leia mais

MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES

MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES 05/07/11 02/08/11 30/08/11 27/09/11 25/10/11 22/11/11 20/12/11 17/01/12 14/02/12 13/03/12 10/04/12 08/05/12 05/06/12 03/07/12 31/07/12 28/08/12 25/09/12

Leia mais

Workshop Seguros de Pessoas: Desafios e Oportunidades Sincor-MG - 10dez2012 Hélio Marcelino Loreno João Paulo Moreira de Mello

Workshop Seguros de Pessoas: Desafios e Oportunidades Sincor-MG - 10dez2012 Hélio Marcelino Loreno João Paulo Moreira de Mello Elaboração: Maurício Tadeu Barros Morais Workshop Seguros de Pessoas: Desafios e Oportunidades Sincor-MG - 10dez2012 Hélio Marcelino Loreno João Paulo Moreira de Mello Agenda 1. Mercado Brasileiro principais

Leia mais

TAPETE DE SEGURANÇA SMS 4 / SMS 5

TAPETE DE SEGURANÇA SMS 4 / SMS 5 TAPETE DE SEGURANÇA SMS 4 / SMS 5 A-0082-09B_CAT_tapeteseguranca_ACE_01.indd 1 02.12.09 11:13:57 Tapetes de Segurança - SMS 4 / SMS 5 Tapetes de segurança são utilizados para a proteção humana na máquina

Leia mais

Retenção de Pessoas na Tokio Marine Seguradora

Retenção de Pessoas na Tokio Marine Seguradora Retenção de Pessoas na Tokio Marine Seguradora Institucional Tokio Marine Seguradora Tokio Marine no Mundo Grupo Tokio Marine é o um dos líderes entre os grupos seguradores globais. Fundada em1879 Ativos:US$98bilhões

Leia mais

LIGAMOS PEQUENAS EMPRESAS A GRANDES NEGÓCIOS.

LIGAMOS PEQUENAS EMPRESAS A GRANDES NEGÓCIOS. Soluções de Telecomunicações para Empresas LIGAMOS PEQUENAS EMPRESAS A GRANDES NEGÓCIOS. Permanência mínima para todos os serviços de 24 meses. IVA não incluido. Válido até Outubro de 2012 ZON Office ZON

Leia mais

MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES

MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES MOEDAS, JUROS, BOLSAS INTERNACIONAIS E COMMODITIES 05/11/10 05/12/10 05/01/11 05/02/11 05/03/11 05/04/11 05/05/11 05/06/11 05/07/11 05/08/11 05/09/11 05/10/11 05/11/11 05/12/11 05/01/12 05/02/12 05/03/12

Leia mais

Cafés e Restaurantes. Telefone Internet Televisão

Cafés e Restaurantes. Telefone Internet Televisão Cafés e Internet A solução HORECA que lhe dá tudo O pacote é a solução para o segmento HORECA que conjuga os melhores conteúdos de desporto nacional e internacional, com telefone e internet. Chamadas ilimitadas

Leia mais

Portugal Leaping forward

Portugal Leaping forward Portugal Leaping forward Dr. Pedro Reis Presidente da AICEP Lisboa, 16 de Março 2012 Enquadramento internacional Fonte: EIU (Fev 2012) Nota: PIB a preços de mercado Variação (%) Enquadramento internacional

Leia mais

Ação Cultural Externa Relatório Anual 2011 - Indicadores DSPDCE - 2012

Ação Cultural Externa Relatório Anual 2011 - Indicadores DSPDCE - 2012 Ação Cultural Externa Relatório Anual 0 Indicadores DSPDCE 0 .Iniciativas apoiadas pelo IC a) Número (total): 0 b) Montante global:.0,0,* Áreas Geográficas África América Ásia Europa Médio Oriente e Magrebe

Leia mais

JORGE SUKARIE NETO Campos de Jordão. 23 de Maio

JORGE SUKARIE NETO Campos de Jordão. 23 de Maio JORGE SUKARIE NETO Campos de Jordão. 23 de Maio AGENDA HORÁRIO ATIVIDADE LOCAL 07h00 Café da Manhã Restaurante Principal 08h45 Abertura Brasoftware Salão Tangará 10h00 Business Suite Salão Nobre 13h00

Leia mais

Meios de obter ajuda

Meios de obter ajuda Meios de obter ajuda Aplicativo de resolução de problemas Geralmente você pode solucionar um problema por conta própria usando o aplicativo para a resolução de problemas. Clique duas vezes no ícone HP

Leia mais

Keysight Technologies Testes de Máscara/Limite de Forma de Onda para Osciloscópios IniniiVision. Folha de Dados

Keysight Technologies Testes de Máscara/Limite de Forma de Onda para Osciloscópios IniniiVision. Folha de Dados Keysight Technologies Testes de Máscara/Limite de Forma de Onda para Osciloscópios IniniiVision Folha de Dados Apresentação Se você precisa validar a qualidade e a estabilidade dos seus componentes e sistemas

Leia mais

A aceleração da inflação de alimentos é resultado da combinação de fatores:

A aceleração da inflação de alimentos é resultado da combinação de fatores: SEGURIDADE ALIMENTARIA: apuesta por la agricultura familiar Seminario: Crisis alimentaria y energética: oportunidades y desafios para América Latina e el Caribe O cenário mundial coloca os preços agrícolas

Leia mais

CONHECENDO O CHILE ATRAVÉS DE SEU SETOR SERVIÇOS. www.prochile.gob.cl

CONHECENDO O CHILE ATRAVÉS DE SEU SETOR SERVIÇOS. www.prochile.gob.cl CONHECENDO O CHILE ATRAVÉS DE SEU SETOR SERVIÇOS www.prochile.gob.cl O Chile surpreende pela sua variada geografia. Suas montanhas, vales, desertos, florestas e milhares de quilômetros de costa, o beneficiam

Leia mais

Serviços Adicionais. 12400 - Portal de Voz

Serviços Adicionais. 12400 - Portal de Voz Serviços Adicionais 12400 - Portal de Voz Descrição Totoloto, Totobola, Lotarias e Euro Milhões Pode conhecer os números do Euro Milhões meia hora antes do sorteio na TV. Saiba os resultados e o valor

Leia mais

Es t i m a t i v a s

Es t i m a t i v a s Brasileiros no Mundo Es t i m a t i v a s Ministério das Relações Exteriores - MRE Subsecretaria Geral das Comunidades Brasileiras no Exterior - SGEB Departamento Consular e de Brasileiros no Exterior

Leia mais

Soluções de medição de produção e exploração

Soluções de medição de produção e exploração Soluções de medição de produção e exploração Medição superior de fluxo e densidade A melhor medição do setor É desafiador manter um equilíbrio entre operações, manutenção e conformidade, atingindo as metas

Leia mais

TLC 60 TORRE LUMINOSA COMPACTA

TLC 60 TORRE LUMINOSA COMPACTA TLC 60 TORRE LUMINOSA COMPACTA TLC-60 Torre Luminosa Compacta Desenvolvida para ser a melhor opção em custo/benefício, a Torre Luminosa Compacta - TLC-60 combina tecnologia e performance na medida ideal

Leia mais

Módulos TFF para uso único Cadence

Módulos TFF para uso único Cadence USD2902 Módulos TFF para uso único Cance Uma solução TFF uso único mais simples, fácil e segura para P&D e fabricação clínica ou comercial Os módulos filtração fluxo tangencial (TFF) uso único Cance são

Leia mais

Gestores mundiais mais confiantes na recuperação económica

Gestores mundiais mais confiantes na recuperação económica 27 de Janeiro, 2010 13ª edição Anual do CEO Survey da PricewaterhouseCoopers em Davos Gestores mundiais mais confiantes na recuperação económica Cerca de 40% dos CEOs prevê aumentar o número de colaboradores

Leia mais

RPM International Inc. Instruções da linha direta

RPM International Inc. Instruções da linha direta RPM International Inc. Instruções da linha direta Embora, em geral, os problemas de conformidade possam ser solucionados a nível local, a linha direta da RPM International Inc. ( RPM ) oferece outro modo

Leia mais

Módulos de filtro em profundidade SUPRApak A filtração em profundidade agora com fluxo até às extremidades. FBSUPRAPAKENBP-PTc

Módulos de filtro em profundidade SUPRApak A filtração em profundidade agora com fluxo até às extremidades. FBSUPRAPAKENBP-PTc Módulos de filtro em profundidade SUPRApak FBSUPRAPAKENBP-PTc Módulos de filtro em profundidade SUPRApak Eficientes, econômicos e inovadores, os módulos de filtro em profundidade SUPRApak são o futuro

Leia mais

ACESSOS À BVS-PSI MEDIDOS PELO GOOGLE ANALYTICS

ACESSOS À BVS-PSI MEDIDOS PELO GOOGLE ANALYTICS ACESSOS À BVS-PSI MEDIDOS PELO GOOGLE ANALYTICS 1º. Semestre 2013 O Google Analytics é um serviço gratuito oferecido pelo Google que permite analisar as estatísticas de visitação de um site. Este é o primeiro

Leia mais

CONHEÇA A ADT. A empresa que protege seus bens e sua família.

CONHEÇA A ADT. A empresa que protege seus bens e sua família. CONHEÇA A ADT A empresa que protege seus bens e sua família. NOSSA EMPRESA MAIOR EMPRESA ESPECIALIZADA EM SEGURANÇA E INCÊNDIO A ADT pertence à Tyco, a maior empresa de segurança e incêndio do mundo, com

Leia mais

Motorola Incorporation

Motorola Incorporation Motorola Incorporation 1. Principais Características Matriz: Motorola Incorporation Localização: Illinois, Estados Unidos Ano de fundação: 1928 Internet: www.motorola.com Faturamento (2000): US$ 37.580

Leia mais

Toshiba Corporation. Faturamento (2000): US$ 47.950 mi. Empregados (2000): 190.870

Toshiba Corporation. Faturamento (2000): US$ 47.950 mi. Empregados (2000): 190.870 Toshiba Corporation 1. Principais Características Matriz: Toshiba Corporation Localização: Minato-Ku, Tóquio, Japão Ano de fundação: 1875 Internet: www.toshiba.co.jp Faturamento (2000): US$ 47.950 mi Empregados

Leia mais

hp hardware support On-Site - GLOBAL

hp hardware support On-Site - GLOBAL hp hardware support On-Site - descrição geral do O de resposta global no dia útil seguinte da HP proporciona aos utilizadores de computadores portáteis uma solução de suporte de hardware para Produtos

Leia mais

Biologia Celular e Molecular

Biologia Celular e Molecular DEPARTAMENTO DE ZOOLOGIA FACULDADE DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA UNIVERSIDADE DE COIMBRA Biologia Celular e Molecular Detecção de proteínas por western-blotting 2007-2008 Na electroforese em gel de poliacrilamida

Leia mais

Preçário dos Cartões Telefónicos PT

Preçário dos Cartões Telefónicos PT Preçário dos Cartões Telefónicos PT Cartão Telefónico PT 5 e (Continente)... 2 Cartão Telefónico PT 5 e (Região Autónoma dos Açores)... 6 Cartão Telefónico PT 5 e (Região Autónoma da Madeira)... 10 Cartão

Leia mais

JORGE SUKARIE NETO Campos de Jordão. 19 de Setembro

JORGE SUKARIE NETO Campos de Jordão. 19 de Setembro JORGE SUKARIE NETO Campos de Jordão. 19 de Setembro HORÁRIO ATIVIDADE LOCAL 07h00 Café da Manhã Restaurante Principal 08h45 Abertura Brasoftware Salão Tangará 10h00 Business Suite Salão Nobre 13h00 Almoço

Leia mais

Bioquímica. Purificação de proteínas

Bioquímica. Purificação de proteínas Bioquímica Purificação de proteínas Estratégia geral - Liberação da proteína do material biológico - Podem ser separados por fracionamento celular - Pode-se separar proteínas por características: Solubilidade

Leia mais

Separação e Cromatografia de Proteínas

Separação e Cromatografia de Proteínas QBQ0316N: Bioquímica Experimental Farmácia São Paulo, 11 de setembro 2013 Separação e Cromatografia de Proteínas Universidade de São Paulo QBQ0316N: Bioquímica Experimental Farmácia São Paulo, 11 de setembro

Leia mais

CONHECENDO O CHILE ATRAVÉS DE SEU SETOR INDÚSTRIAS. www.prochile.gob.cl

CONHECENDO O CHILE ATRAVÉS DE SEU SETOR INDÚSTRIAS. www.prochile.gob.cl CONHECENDO O CHILE ATRAVÉS DE SEU SETOR INDÚSTRIAS www.prochile.gob.cl O Chile surpreende pela sua variada geografia. Suas montanhas, vales, desertos, florestas e milhares de quilômetros de costa, o beneficiam

Leia mais

Série PC EMIC. Prensas de Compressão para Laboratório

Série PC EMIC. Prensas de Compressão para Laboratório Série PC EMIC Prensas de Compressão para Laboratório 2 Tome uma Decisão Segura Desempenho e Aceitação no Mercado As tradicionais Prensas de Compressão da EMIC são as mais requisitadas pelos laboratórios

Leia mais

A agricultura moderna está sendo revolucionada pela introdução de plantas geneticamente modificadas;

A agricultura moderna está sendo revolucionada pela introdução de plantas geneticamente modificadas; EXPRESSÃO DE HORMÔNIO DE CRESCIMENTO HUMANO PROCESSADO EM SEMENTES DE PLANTAS TRANSGÊNICAS DE TABACO ADILSON LEITE, EDSON L. KEMPER, MÁRCIO J. DA SILVA, AUGUSTO D. LUCHESI, RODRIGO M.P. SILOTO, ERIC D.

Leia mais

BIOQUÍMICA EXPERIMENTAL

BIOQUÍMICA EXPERIMENTAL Departamento de Bioquímica Instituto de Química USP Apostila de protocolos BIOQUÍMICA EXPERIMENTAL QBQ 036N 203 Professores Carlos Takeshi Hotta Guilherme Menegon Arantes Esta apostila foi desenvolvida

Leia mais

O valor da certificação acreditada

O valor da certificação acreditada Certificado uma vez, aceito em toda parte O valor da certificação acreditada Relatório de Pesquisa Publicado em maio de 212 Em 21/11, o IAF realizou uma pesquisa mundial para capturar o feedback de mercado

Leia mais

mídiakit www.tvgazeta.com.br

mídiakit www.tvgazeta.com.br mídiakit www.tvgazeta.com.br JUNHO / 2015 #HISTÓRIA Fundada no aniversário da cidade de São Paulo, a TV Gazeta fala com uma metrópole globalizada com a intimidade de quem esteve presente na vida e no coração

Leia mais

WORLD INVESTMENT REPORT 2013 Cadeias de Valor Global: Investimento e Comércio para o Desenvolvimento

WORLD INVESTMENT REPORT 2013 Cadeias de Valor Global: Investimento e Comércio para o Desenvolvimento WORLD INVESTMENT REPORT 2013 Cadeias de Valor Global: Investimento e Comércio para o Desenvolvimento Sobeet São Paulo, 26 de junho de 2013 EMBARGO 26 Junho 2013 12:00 horas Horário de Brasília 1 Recuperação

Leia mais

"Faça tudo o mais simples possível, mas com qualidade." (Adaptado livremente de A. Einstein)

Faça tudo o mais simples possível, mas com qualidade. (Adaptado livremente de A. Einstein) Fácil assim. 12345 "Faça tudo o mais simples possível, mas com qualidade." (Adaptado livremente de A. Einstein) 12345 Tudo é mais fácil com Lenze. O forte dinamismo dos tempos atuais o coloca em confronto

Leia mais

4Pro. Telemóvel Telefone Internet Televisão

4Pro. Telemóvel Telefone Internet Televisão 4Pro A oferta mais competitiva, desenhada para empresas e profissionais que lhe garante os melhores resultados 2 cartões de telemóvel com comunicações ilimitadas para todas as redes nacionais, para uma

Leia mais

Anuário Estatístico de Turismo - 2012

Anuário Estatístico de Turismo - 2012 Secretaria Nacional de Políticas de Turismo Ministério do Turismo Anuário Estatístico de Turismo - 2012 Volume 39 Ano base 2011 Sumário I Turismo receptivo 1. Chegadas de turistas ao Brasil - 2010-2011

Leia mais

Comércio (Países Centrais e Periféricos)

Comércio (Países Centrais e Periféricos) Comércio (Países Centrais e Periféricos) Considera-se a atividade comercial, uma atividade de alto grau de importância para o desenvolver de uma nação, isso se dá pela desigualdade entre o nível de desenvolvimento

Leia mais

Exportações Brasileiras de Carne Bovina Brazilian Beef Exports. Fonte / Source: SECEX-MDIC

Exportações Brasileiras de Carne Bovina Brazilian Beef Exports. Fonte / Source: SECEX-MDIC Categorias / Products:, INDUSTRIALIZADA / PROCESSED,,, 1 de 16 2000 1999 %(2000x1999) Janeiro / January US$ (000) US$/Ton 25.537 9.793 2.608 15.392 4.375 3.518 66% 124% -26% INDUSTRIALIZADA / PROCESSED

Leia mais

Soluções de medição de terminal

Soluções de medição de terminal Soluções de medição de terminal Medição superior de vazão e densidade Melhor medição do setor Preciso ter mais controle sobre meu terminal de modo que possa operá-lo mais perto de seu objetivo operacional.

Leia mais

MACRO AMBIENTE DA INOVAÇÃO

MACRO AMBIENTE DA INOVAÇÃO MACRO AMBIENTE DA INOVAÇÃO Ambiente de Inovação em Saúde EVENTO BRITCHAM LUIZ ARNALDO SZUTAN Diretor do Curso de Medicina Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo SOCIEDADES CONHECIMENTO

Leia mais

Por que a CPMF é um problema para o Brasil?

Por que a CPMF é um problema para o Brasil? Por que a CPMF é um problema para o Brasil? 1 A Carga Tributária Brasileira Muito pesada para um país que precisa crescer 2 A carga tributária brasileira vem apresentando crescimento 40% 30% 26,9% 27,8%

Leia mais

17ª TRANSPOSUL FEIRA E CONGRESSO DE TRANSPORTE E LOGÍSTICA

17ª TRANSPOSUL FEIRA E CONGRESSO DE TRANSPORTE E LOGÍSTICA 17ª TRANSPOSUL FEIRA E CONGRESSO DE TRANSPORTE E LOGÍSTICA PALESTRA FALTA DE COMPETITIVIDADE DO BRASIL FRENTE AO MERCADO EXTERNO JOSÉ AUGUSTO DE CASTRO Porto Alegre, 24 de JUNHO de 2015 2 - TEORIAS No

Leia mais

PERFIL DE MERCADO PRODUCTO: SISTEMAS DE INSPECCION POR VIDEO N.C.M.: 9031.80.99

PERFIL DE MERCADO PRODUCTO: SISTEMAS DE INSPECCION POR VIDEO N.C.M.: 9031.80.99 PERFIL DE MERCADO PRODUCTO: SISTEMAS DE INSPECCION POR VIDEO N.C.M.: 9031.80.99 Perfil elaborado en octubre de 2008 TRATAMIENTO ARANCELARIO E IMPOSITIVO 1) IMPUESTOS Y TASAS: 1.1) ARANCELES DE IMPORTACIÓN

Leia mais

GE Oil & Gas BR200/BR400. Relés Amplificadores de Volume de Alta Capacidade Masoneilan* Manual de Instruções

GE Oil & Gas BR200/BR400. Relés Amplificadores de Volume de Alta Capacidade Masoneilan* Manual de Instruções GE Oil & Gas BR200/BR400 Relés Amplificadores de Volume de Alta Capacidade Masoneilan* Manual de Instruções Descrição do Produto Masoneilan BR400 e BR200 da GE são amplificadores de volume de alta capacidade

Leia mais

2.2-75 kw. Série EN Compressores de parafuso Encapsulados. www.elgi.br.com

2.2-75 kw. Série EN Compressores de parafuso Encapsulados. www.elgi.br.com 2.2-75 kw Série EN Compressores de parafuso Encapsulados inovadora TECNOLOGIA Os elementos compressores parafuso são manufaturados internamente usando centros de usinagem de ponta para retificação de rotores

Leia mais

FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SÃO PAULO - FIESP

FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SÃO PAULO - FIESP FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE SÃO PAULO - FIESP CONSELHO SUPERIOR DE COMÉRCIO EXTERIOR DA FIESP - COSCEX PALESTRA AS DIFICULDADES DO COMÉRCIO EXTERIOR BRASILEIRO NA ARGENTINA, VENEZUELA, EUA E

Leia mais

TOSHIBA INFRAESTRUTURA AMÉRICA DO SUL. Rafaele D. Nicolotti Abril, 2014

TOSHIBA INFRAESTRUTURA AMÉRICA DO SUL. Rafaele D. Nicolotti Abril, 2014 TOSHIBA INFRAESTRUTURA AMÉRICA DO SUL Rafaele D. Nicolotti Abril, 2014 TOSHIBA CORPORATION Fundada em Tóquio, em 1875 Nr. de funcionários: 206.087 Áreas de atuação: - Infraestrutura e energia - Médica

Leia mais

Enterprise Resource Planning ERP. A importância da informação na organização

Enterprise Resource Planning ERP. A importância da informação na organização Enterprise Resource Planning ERP A importância da informação na organização Jeferson Mantovani Outubro de 2008 Agenda ERP Mercado (Necessidades e Desafios) Benefícios do ERP (Atendendo às Necessidades

Leia mais

Soluções Globais de Mobilidade

Soluções Globais de Mobilidade Soluções Globais de Mobilidade Soluções Globais de Mobilidade POLÍTICAS PARA A GESTÃO DE EXPATRIADOS Se a sua empresa está criando sua primeira política de transferências internacionais ou revisando sua

Leia mais

INSTALAÇÃO DO SOFTWARE DE PROGRAMAÇÃO CPS-4000

INSTALAÇÃO DO SOFTWARE DE PROGRAMAÇÃO CPS-4000 INSTALAÇÃO DO SOFTWARE DE PROGRAMAÇÃO CPS-4000 CONTEÚDO 1 INSTALAÇÃO SOFTWARE DE PROGRAMAÇÃO...3 2 PROGRAMAÇÃO INICIAL...7 2.1 INSTALAÇÃO TARGET E USO DO TEMPLATE...7 3 UTILIZANDO O ARQUIVO TEMPLATE...9

Leia mais

PT PRIME PREÇÁRIOS DE VOZ EMPRESARIAL 2006. PT Prime Preçário Voz Empresarial 2006

PT PRIME PREÇÁRIOS DE VOZ EMPRESARIAL 2006. PT Prime Preçário Voz Empresarial 2006 PT PRIME PREÇÁRIOS DE VOZ EMPRESARIAL 2006 Versão: 1.0 Pág.: 1/7 1. ACESSO DIRECTO Chamadas DENTRO DO PAÍS Não Corp Corp Local 0,0201 0,0079 Local Alargado 0,0287 0,0105 Nacional 0,0287 0,0105 FIXO MÓVEL

Leia mais

PÚBLICO ALVO: Promotores de viagens; agentes de viagens; consultores de viagens; operadores de emissivo e receptivo; atendentes.

PÚBLICO ALVO: Promotores de viagens; agentes de viagens; consultores de viagens; operadores de emissivo e receptivo; atendentes. 3. Geografia Turística 3.1 Geografia Turística: Brasil de Ponta a Ponta Proporcionar ao participante melhor compreensão geográfica do país; Apresentar as principais especificidades existentes nos continentes

Leia mais

Soluções de seguro de créditos no apoio à exportação. COSEC - Estamos onde estiver o seu negócio. www.cosec.pt

Soluções de seguro de créditos no apoio à exportação. COSEC - Estamos onde estiver o seu negócio. www.cosec.pt Soluções de seguro de créditos no apoio à exportação. COSEC - Estamos onde estiver o seu negócio. www.cosec.pt COSEC Companhia de Seguro de Créditos 2012 1 2 Sobre a COSEC O que é o Seguro de Créditos

Leia mais

Educação para o Desenvolvimento

Educação para o Desenvolvimento Educação para o Desenvolvimento FIESC Jornada pela Inovação e Competitividade Florianópolis, 19 de julho de 2012 gustavo.ioschpe@g7investimentos.com.br gioschpe A Educação no Brasil 74% da população brasileira

Leia mais

Procedimentos de montagem e instalação

Procedimentos de montagem e instalação Procedimentos de montagem e instalação das cápsulas filtrantes Pall Supracap 100 1. Introdução Os procedimentos abaixo devem ser seguidos para a instalação das cápsulas Pall Supracap 100. As instruções

Leia mais

1.a. Atividades principais concepção, produção, desenvolvimento e distribuição de bens duráveis e produtos profissionais. São três as suas divisões:

1.a. Atividades principais concepção, produção, desenvolvimento e distribuição de bens duráveis e produtos profissionais. São três as suas divisões: Electrolux AB 1. Principais Características Matriz: Electrolux AB Localização: Estocolmo, Suécia Ano de fundação: 1901 Internet: www.electrolux.com Faturamento (2000): US$ 11.537 mi Empregados (2000):

Leia mais

MÉTODOS CROMATOGRÁFICOS

MÉTODOS CROMATOGRÁFICOS MÉTODOS CROMATOGRÁFICOS Aula 5 Cromatografia a Gás Profa. Daniele Adão CROMATÓGRAFO CROMATOGRAMA Condição para utilização da CG Misturas cujos constituintes sejam VOLÁTEIS Para assim dissolverem-se, pelo

Leia mais

BIOQUÍMICA EXPERIMENTAL

BIOQUÍMICA EXPERIMENTAL Departamento de Bioquímica Instituto de Química USP Apostila de protocolos BIOQUÍMICA EXPERIMENTAL QBQ 06N 0 Professores Carlos T. Hotta Ronaldo B. Quaggio Eduardo M. Reis Esta apostila foi desenvolvida

Leia mais

CHAVES DE FIM DE CURSO. Linha Pesada 441, 461 e 500 Linha à Prova de Explosão

CHAVES DE FIM DE CURSO. Linha Pesada 441, 461 e 500 Linha à Prova de Explosão CHAVES DE FIM DE CURSO Linha Pesada 441, 461 e 500 Linha à Prova de Explosão Índice Importância das Normas Técnicas página 3 Produtos Especiais página 4 Chaves de Emergência Linha 500 página 5 Chaves de

Leia mais

FARMACOPEIA MERCOSUL: DETERMINAÇÃO DE AFLATOXINAS

FARMACOPEIA MERCOSUL: DETERMINAÇÃO DE AFLATOXINAS MERCOSUL/XLIII SGT Nº 11/P.RES. Nº FARMACOPEIA MERCOSUL: DETERMINAÇÃO DE AFLATOXINAS TENDO EM VISTA: O Tratado de Assunção, o Protocolo de Ouro Preto e as Resoluções Nº 31/11 e 22/14 do Grupo Mercado Comum.

Leia mais

MAIS PROTEÇÃO PARA O SEU NEGÓCIO. CÁ DENTRO E LÁ FORA.

MAIS PROTEÇÃO PARA O SEU NEGÓCIO. CÁ DENTRO E LÁ FORA. MAIS PROTEÇÃO PARA O SEU NEGÓCIO. CÁ DENTRO E LÁ FORA. www.cosec.pt COSEC Companhia de Seguro de Créditos, S.A. 2014 Índice Sobre a COSEC Porquê a COSEC Seguro de Créditos Soluções à medida COSEC em resumo

Leia mais

SOLUÇÕES CONSUMÍVEIS PARA BIOANÁLISE. Soluções para cromatografia líquida e preparação de amostra para BIOANÁLISE

SOLUÇÕES CONSUMÍVEIS PARA BIOANÁLISE. Soluções para cromatografia líquida e preparação de amostra para BIOANÁLISE SLUÇÕES CNSUMÍVEIS PARA BIANÁLISE Soluções para cromatografia líquida e preparação de amostra para BIANÁLISE quantitativa Na Waters, entendemos cada um dos desafios enfrentados pela comunidade bioanalítica,

Leia mais

Jabra SPEAK 410. Manual do Utilizador. www.jabra.com

Jabra SPEAK 410. Manual do Utilizador. www.jabra.com Jabra SPEAK 410 Manual do Utilizador www.jabra.com Índice BEM-VINDO...3 Descrição Geral do Produto...3 Instalação...4 ligação...4 CONFIGURAÇÃO...4 Funções de chamada...4 Obter Assistência...6 2 BEM-VINDO

Leia mais

Audiência Pública sobre a Consulta Pública 31/2009. Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática do Senado Federal.

Audiência Pública sobre a Consulta Pública 31/2009. Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática do Senado Federal. Audiência Pública sobre a Consulta Pública 31/2009. Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática do Senado Federal. Brasília, 07 de abril de 2010. Espectro para telefonia móvel:

Leia mais

CONTRATO DE ADESÃO AOS PLANOS ALTERNATIVOS Nº 119 (REGIÕES I, II, III DO PGO) PACOTE DE MINUTOS DDI

CONTRATO DE ADESÃO AOS PLANOS ALTERNATIVOS Nº 119 (REGIÕES I, II, III DO PGO) PACOTE DE MINUTOS DDI CONTRATO DE ADESÃO AOS PLANOS ALTERNATIVOS Nº 119 (REGIÕES I, II, III DO PGO) PACOTE DE MINUTOS DDI Por este instrumento, em que fazem parte de um lado, TELEFÔNICA BRASIL S.A., com sede na Av. Engenheiro

Leia mais

FOSFATO DISSÓDICO DE DEXAMETASONA

FOSFATO DISSÓDICO DE DEXAMETASONA FSFAT DISSÓDIC DE DEXAMETASNA Dexamethasoni natrii phosphas H H H P Na Na F H C 22 H 28 FNa 2 8 P 516,41 02821 Fosfato dissódico de 9-fluoro-11β,17 diidroxi-16α-metil-3, 20- dioxopregna- 1,4 dieno-21-il

Leia mais

Planos Voipten Ilimitados

Planos Voipten Ilimitados Planos Voipten Ilimitados Todos os Planos Voipten Ilimitados incluem: - Ligações gratuitas a outros telefones Voipten, bem como de outras operadoras VoIP credenciadas. - Encaminhar Chamadas Encaminhe suas

Leia mais

Anuário Estatístico de Turismo - 2013

Anuário Estatístico de Turismo - 2013 Secretaria Nacional de Políticas de Turismo Ministério do Turismo Anuário Estatístico de Turismo - 2013 Volume 40 Ano base 2012 Guia de leitura Guia de leitura O Guia de Leitura tem o propósito de orientar

Leia mais

Crescimento Econômico. Professor Afonso Henriques Borges Ferreira

Crescimento Econômico. Professor Afonso Henriques Borges Ferreira Crescimento Econômico Professor Afonso Henriques Borges Ferreira PIB do Brasil 1947 / 2006 R$ de 1980 PIB do Brasil tendência linear Y t = Y 0 e rt ln Y t = ln Y 0 + rt 3 2 1 0-1 50 55 60 65 70 75 80 85

Leia mais

+Gás Brasil. A energia que pode revolucionar a economia brasileira. São Paulo, 17 de Outubro de 2012

+Gás Brasil. A energia que pode revolucionar a economia brasileira. São Paulo, 17 de Outubro de 2012 +Gás Brasil A energia que pode revolucionar a economia brasileira São Paulo, 17 de Outubro de 2012 A hora do gás na agenda nacional Mudanças tecnológicas, econômicas e políticas globais e locais impõem

Leia mais

CRESCER COM SEGURANÇA. CÁ DENTRO E LÁ FORA. www.cosec.pt

CRESCER COM SEGURANÇA. CÁ DENTRO E LÁ FORA. www.cosec.pt CRESCER COM SEGURANÇA. CÁ DENTRO E LÁ FORA. www.cosec.pt COSEC Companhia de Seguro de Créditos, S.A. 2014 Índice Sobre a COSEC Porquê a COSEC Seguro de Créditos Soluções à medida 2 Sobre a COSEC Quem somos

Leia mais