Curso Pré-Jornada: A Integralidade na Assistência de Enfermagem ao Paciente Portador de Feridas e Estomas

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Curso Pré-Jornada: A Integralidade na Assistência de Enfermagem ao Paciente Portador de Feridas e Estomas"

Transcrição

1 Curso Pré-Jornada: A Integralidade na Assistência de Enfermagem ao Paciente Portador de Feridas e Estomas (Somente inscritos no PACOTE Cursos Pré-Jornada + XXI Jornada de Enfermagem terão direito a este conteúdo. Vagas limitadas) Dia 09/04/15 Manhã 8h00 8h20 Inscrição e entrega do material 8h20 9h00 MASD - Recomendações para prevenção e gestão dos danos da pele associada à umidade 9h00 9h30 Entendendo as UP relacionadas a equipamentos médicos e o papel da Enfermagem na prevenção - da internação ao cuidado domiciliar 9h30 10h00 Coffee break e networking 10h 00 10h30 A importância da integração das diversas unidades nas estratégias de sucesso para prevenção de lesões 10h30 12h00 Talk Show: Compreender as peculiaridades dos diversos estomas, o papel da Enfermagem, questões éticas e legais 10h30 10h50 - Estoma respiratório 10h50 11h10 - Estoma gástrico 11h10 11h30 - Estoma urinário 11h30 11h50 - Estoma intestinal 11h50 12h00 Discussão 12h00 13h00 Simpósio Satélite

2 Curso Pré-Jornada: A Integralidade na Assistência de Enfermagem ao Paciente Portador de Cateter Venoso Central (Somente inscritos no PACOTE Cursos Pré-Jornada + XXI Jornada de Enfermagem terão direito a este conteúdo. Vagas limitadas) Dia 09/04/15 Tarde 14h00 14h20 Inscrição e entrega do material 14h00 15h00 Heparenização x Salinização 15h00 15h30 Coffee break e networking 15h30 16h00 Interações Medicamentos na Terapia Intravenosa 16h00 17h15 Mesa Redonda: Experiência e Vivencia no uso do cateter de PICC 17h00 17h15 Discussão 17h15 17h30 Encerramento XXI JORNADA DE ENFERMAGEM O DESAFIO DE INTEGRAR AS DIVERSAS ÁREAS DA ENFERMAGEM PARA UM MELHOR RESULTADO NO CUIDADO ONCOLÓGICO Dia 10/04/15 sexta-feira 8h00 8h30 Inscrição e entrega do material 8h30 9h00 Abertura

3 9h00 9h40 O desafio de atuar na oncologia, tendo como foco a prevenção, o cuidado e a reabilitação 9h40 10h40 Mini-cursos Gerenciar e educar: paradigma a ser seguido 9h40 10h00 A gestão de leito a favor da segurança do paciente oncológico 10h00 10h20 A integração das áreas no gerenciamento de riscos em oncologia 10h20 10h40 Educação Permanente em Oncologia: a adoção da Educação a Distancia como meio de democratização e ampliação do acesso de minorias à aprendizagem e à qualificação profissional 10h40 11h00 Coffee break e networking 11h00 12h00 Sessão Interativa Manejo do paciente submetido às modalidades de tratamento quimioterápico e radioterápico e das situações inerentes a estes tratamentos: da teoria a prática 12h00 13h00 Simpósio Satélite 12h00 14h00 Intervalo para almoço 14h00 15h30 Mesa redonda: Compreender as peculiaridades do bloco operatório e a interferência nas diversas áreas 14h00 14h20 Admissão do paciente oncológico no CC 14h20 14h50 O papel da equipe do bloco operatório na no gerenciando de riscos do paciente cirúrgico 14h50 15h20 Conhecendo as novas tecnologias cirúrgicas e o impacto destas nas unidades de internação 15h20 15h30 Discussão 15h30 16h00 Coffee break e networking

4 16h00 17h30 Mini-cursos: O gerenciamento de protocolos com foco nas peculiaridades oncológicas e minimização das situações críticas 16h00 16h30 Sepse e o paciente oncológico: Como evitar a criticidade 16h30 17h00 Broncoaspiração em paciente internado em terapia intensiva: é possível evitar? 17h00 18h00 Sessão de Pôsteres e premiação XXI JORNADA DE ENFERMAGEM O DESAFIO DE INTEGRAR AS DIVERSAS ÁREAS DA ENFERMAGEM PARA UM MELHOR RESULTADO NO CUIDADO ONCOLÓGICO Dia 11/04/15 - sábado 8h00 12h30 Workshops - O desafio da assistência ao paciente oncológico em unidades de alta a baixa complexidade e ambulatoriais 8h00 8h30 A importância da atuação do enfermeiro na desospitalização dos pacientes crônicos 8h30 8h50 Ações para redução do impacto no tratamento do câncer em pediatria 8h50 9h10 Transplante de Célula Tronco Hematopoiética: a atuação da Enfermagem nas diversas fases 9h10 9h30 A importância do uso de escalas para a qualidade da assistência do paciente oncológico internado em unidade critica e não crítica 9h30 10h00 Coffee break e networking

5 10h00 10h30 Bioquimioterapia: entendendo a complexidade deste tratamento 10h30 10h50 Mitos e verdades no que se refere ao linfedema 10h50 11h20 Educação para o cuidado: como envolver paciente e família para o cuidado em domicílio 11h20 12h30 Oficina sobre indicação e cuidados com hipodermóclise 12h30 Organização para visita 13:00 14:30h Visita monitorada

UMA VIDA SAUDÁVEL E DIABETES

UMA VIDA SAUDÁVEL E DIABETES a 8 Semana de Atenção ao 08 a 16 de novembro de 2014 5º V ENCONTRO DE AGENTES PRIMÁRIOS DE SAÚDE DOS V PÉS DOS DIABÉTICOS UMA VIDA SAUDÁVEL E DIABETES PROGRAMA CIENTÍFICO Rio de Janeiro - RJ 08 e 09 de

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ENFERMAGEM RELATÓRIO DE CONCLUSÃO DE ESTÁGIO CURRICULAR III SERVIÇOS HOSPITALARES

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ENFERMAGEM RELATÓRIO DE CONCLUSÃO DE ESTÁGIO CURRICULAR III SERVIÇOS HOSPITALARES 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ENFERMAGEM RELATÓRIO DE CONCLUSÃO DE ESTÁGIO CURRICULAR III SERVIÇOS HOSPITALARES MARIÁ BARBALHO NARDI Orientadora: Prof.ª Drª Isabel Cristina Echer

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SANTA CATARINA

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SANTA CATARINA RESPOSTA TÉCNICA COREN/SC Nº 47/CT/2015 Assunto: Administração de Radiofármaco Palavras chaves: Oncologia; Radiofármaco; Punção Venosa. I Solicitação recebida pelo Coren/SC: A punção venosa para aplicação

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO ENFERMAGEM EM TERAPIA INTENSIVA - BH Unidade

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO ENFERMAGEM EM TERAPIA INTENSIVA - RIO Unidade

Leia mais

8 /4 SEXTA SALA AMAZONIA 8:00 8:30h Abertura

8 /4 SEXTA SALA AMAZONIA 8:00 8:30h Abertura 8 /4 SEXTA SALA AMAZONIA 8:00 8:30h Abertura 8:30 9:00h Conferencia de Abertura - Projeto ACERTO em 10 anos Evolução no HU Júlio Muller 9:00 10:30h Mesa Redonda Jejum pré-operatório 1. Jejum abreviado

Leia mais

Relatório de Conclusão do Estágio Curricular III Serviços Hospitalares

Relatório de Conclusão do Estágio Curricular III Serviços Hospitalares 1 Universidade Federal do Rio Grande do Sul Escola de Enfermagem THAÍLA TANCCINI Relatório de Conclusão do Estágio Curricular III Serviços Hospitalares Porto Alegre 2011 2 THAÍLA TANCCINI Relatório de

Leia mais

ESPECIALIZAÇÃO EM CIÊNCIAS DA ATIVIDADE FÍSICA E SAÚDE

ESPECIALIZAÇÃO EM CIÊNCIAS DA ATIVIDADE FÍSICA E SAÚDE ESPECIALIZAÇÃO EM CIÊNCIAS DA ATIVIDADE FÍSICA E SAÚDE Objetiva ampliar os estudos científicos acerca da Atividade Física e do Exercício Físico, da Saúde Pública e da Saúde Coletiva, instrumentalizando

Leia mais

Curso. Abordagem Multiprofissional na Prevenção e Tratamento de Feridas

Curso. Abordagem Multiprofissional na Prevenção e Tratamento de Feridas Curso Abordagem Multiprofissional na Prevenção e Tratamento de Feridas Promotores Coordenação Fernanda Maria Silva Graduada em Enfermagem -Bacharelado e Licenciatura- pela Universidade Estadual da Paraíba;

Leia mais

Processo Seletivo 2016.2 GABARITO DEFINITIVO

Processo Seletivo 2016.2 GABARITO DEFINITIVO CARGO: TÉCNICO EM ENFERMAGEM - CENTRO CIRÚRGICO - CME 1) 04 16) 01 26) 03 2) 02 17) 02 27) 02 3) 01 18) 01 28) 05 4) 05 19) 04 29) 05 5) 04 20) 05 30) 01 6) 02 21) 04 31) 01 7) 01 22) 02 32) 03 8) 01 23)

Leia mais

Os profissionais de enfermagem que participam e atuam na Equipe Multiprofissional de Terapia Nutricional, serão os previstos na Lei 7.498/86.

Os profissionais de enfermagem que participam e atuam na Equipe Multiprofissional de Terapia Nutricional, serão os previstos na Lei 7.498/86. Regulamento da Terapia Nutricional 1. DEFINIÇÕES: Terapia Nutricional (TN): Conjunto de procedimentos terapêuticos para manutenção ou recuperação do estado nutricional do usuário por meio da Nutrição Parenteral

Leia mais

EDITAL CONCURSO UNCISAL Nº 004/2014, de 20 de outubro 2014.

EDITAL CONCURSO UNCISAL Nº 004/2014, de 20 de outubro 2014. EDITAL CONCURSO Nº 004/2014, de 20 de outubro 2014. Retificado em 29/10/2014, com aviso publicado no Diário Oficial do Estado de Alagoas em 29/10/2014 Retificado em 07/11/2014, com aviso publicado no Diário

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC: Rodrigues de Abreu Código: 135 Município: Bauru Eixo Tecnológico: Ambiente e Saúde Habilitação Profissional: Técnica de Nível médio de Técnico em Enfermagem

Leia mais

IV Congresso Paranaense de Terapia Ocupacional. Orientações para apresentação de temas livres

IV Congresso Paranaense de Terapia Ocupacional. Orientações para apresentação de temas livres IV Congresso Paranaense de Terapia Ocupacional Orientações para apresentação de temas livres Todos os temas livres serão apresentados no dia 02/07, sexta-feira. O horário de apresentação consta no cronograma

Leia mais

01, 02 e 03 de junho de 2015 Realização: MúsiCA e Coordenação dos Cursos de Música Rua Cel. Dulcídio 638 Batel Curitiba - PR 80420-170

01, 02 e 03 de junho de 2015 Realização: MúsiCA e Coordenação dos Cursos de Música Rua Cel. Dulcídio 638 Batel Curitiba - PR 80420-170 01, 02 e 03 de junho de 2015 Realização: MúsiCA e Coordenação dos Cursos de Música Rua Cel. Dulcídio 638 Batel Curitiba - PR 80420-170 EDITAL DE CHAMADA PARA A PARTICIPAÇÃO NA 1ª SEMANA ACADÊMICA INTERATIVA

Leia mais

Curso de Aperfeiçoamento em Medicina Oral e Odontologia Hospitalar

Curso de Aperfeiçoamento em Medicina Oral e Odontologia Hospitalar MINISTÉRIO DA SAÚDE HOSPITAL FEDERAL DOS SERVIDORES DO ESTADO SERVIÇO DE ODONTOLOGIA Curso de Aperfeiçoamento em Medicina Oral e Odontologia Hospitalar JUSTIFICATIVA A Promoção de saúde só será completa

Leia mais

PLANO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PERMANENTE EM SAÚDE (PEEPS) 2014-2017

PLANO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PERMANENTE EM SAÚDE (PEEPS) 2014-2017 COORDENADORIA DE GESTÃO DO TRABALHO E DA EDUCAÇÃO NA SAÚDE CGTES PLANO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO PERMANENTE EM SAÚDE (PEEPS) 2014-2017 Novembro/2014 OBJETIVO DO PEEPS Identificar os problemas de saúde e as

Leia mais

PROPOSTA DO EVENTO. Dia 05 e 06 de novembro de 2015-2. Minicursos Palestras Campus Cidade Universitária 2015-2

PROPOSTA DO EVENTO. Dia 05 e 06 de novembro de 2015-2. Minicursos Palestras Campus Cidade Universitária 2015-2 PROPOSTA DO EVENTO Dia 05 e 06 de novembro de 2015-2 Minicursos Palestras Campus Cidade Universitária 2015-2 PROSPOSTA A UNINORTE insere no mercado acreano, o Curso de Tecnólogo em Radiologia Médica o

Leia mais

ANEXO NORMA TÉCNICA QUE REGULAMENTA A COMPETÊNCIA DA EQUIPE DE ENFERMAGEM NO CUIDADO ÀS FERIDAS

ANEXO NORMA TÉCNICA QUE REGULAMENTA A COMPETÊNCIA DA EQUIPE DE ENFERMAGEM NO CUIDADO ÀS FERIDAS ANEXO NORMA TÉCNICA QUE REGULAMENTA A COMPETÊNCIA DA EQUIPE DE ENFERMAGEM NO CUIDADO ÀS FERIDAS I. OBJETIVO Regulamentar a competência da equipe de enfermagem, visando o efetivo cuidado e segurança do

Leia mais

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico

Plano de Trabalho Docente 2013. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico Etec PROFESSOR MASSUYUKI KAWANO Código: 136 Município: TUPÃ Eixo Tecnológico: AMBIENTE, SAÚDE E SEGURANÇA Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ENFERMAGEM SAMANTHA CORREA VASQUES

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ENFERMAGEM SAMANTHA CORREA VASQUES 1 UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE ENFERMAGEM SAMANTHA CORREA VASQUES RELATÓRIO ESTÁGIO CURRICULAR III- SERVIÇOS DA REDE HOSPITALAR: UNIDADE DE RECUPERAÇÃO PÓS ANESTÉSICA PORTO ALEGRE

Leia mais

PROGRAMAÇÃO. "Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Social" 06 e 07 de Novembro. 06/NOV (QUI) CREDENCIAMENTO Local: Auditório do Fórum Miguel Sátyro

PROGRAMAÇÃO. Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Social 06 e 07 de Novembro. 06/NOV (QUI) CREDENCIAMENTO Local: Auditório do Fórum Miguel Sátyro PROGRAMAÇÃO "Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Social" 06 e 07 de Novembro DATA 06/NOV (QUI) PROGRAMAÇÃO 7h CREDENCIAMENTO Local: Auditório do Fórum Miguel Sátyro 8h ABERTURA OFICIAL LOCAL: Auditório

Leia mais

7/11 8/11 MATUTINO. PROGRAMAÇÃO* *Programação sujeita a alterações até o final do evento. 14h 18h PAVILHÃO. 10h - 12h. 14h 15h SALÃO DA VINCI (térreo)

7/11 8/11 MATUTINO. PROGRAMAÇÃO* *Programação sujeita a alterações até o final do evento. 14h 18h PAVILHÃO. 10h - 12h. 14h 15h SALÃO DA VINCI (térreo) PROGRAMAÇÃO* *Programação sujeita a alterações até o final do evento. 7/11 PAVILHÃO 8/11 MATUTINO 10h - 12h TEATRO VAN GOGH 8/11 VESPERTINO 14h 15h 14h 16h 14h 16h30 TEATRO VAN GOGH 15h - 16h30 Credenciamento

Leia mais

NOTIFICAÇÕES DE EVENTOS ADVERSOS VIA SISTEMA

NOTIFICAÇÕES DE EVENTOS ADVERSOS VIA SISTEMA GRUPO HOSPITALAR CONCEIÇÃO HOSPITAL NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO GERÊNCIA DE UNIDADES DE INTERNAÇÃO Comissão de Gerenciamento de Risco NOTIFICAÇÕES DE EVENTOS ADVERSOS VIA SISTEMA 2012 Luciane Lindenmeyer,

Leia mais

RELATÓRIO ANUAL DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS / 2014. Convênio Municipal Secretaria de Desenvolvimento Social

RELATÓRIO ANUAL DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS / 2014. Convênio Municipal Secretaria de Desenvolvimento Social RELATÓRIO ANUAL DAS ATIVIDADES DESENVOLVIDAS / 2014 Convênio Municipal Secretaria de Desenvolvimento Social Entidade: Grupo de Pesquisa e Assistência ao Câncer Infantil Endereço: Rua Antônio Miguel Pereira

Leia mais

Trajetória do INTO nos Programas de Qualidade Julho / 2010

Trajetória do INTO nos Programas de Qualidade Julho / 2010 Trajetória do INTO nos Programas de Qualidade Julho / 2010 INTO - Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia Instituição Pública do Ministério da Saúde ligada diretamente à Secretaria de Atenção à

Leia mais

VERITAE TRABALHO - PREVIDÊNCIA SOCIAL - SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX TRABALHO

VERITAE TRABALHO - PREVIDÊNCIA SOCIAL - SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX TRABALHO VERITAE TRABALHO - PREVIDÊNCIA SOCIAL - SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO LEX TRABALHO Orientador Empresarial Enfermeiros-Títulos de Pós-Graduação-Procedimentos para Registro no Sistemas COFEN e Conselhos

Leia mais

A segurança do paciente como um valor para os hospitais privados: a experiência dos hospitais da ANAHP. Laura Schiesari Diretora Técnica

A segurança do paciente como um valor para os hospitais privados: a experiência dos hospitais da ANAHP. Laura Schiesari Diretora Técnica A segurança do paciente como um valor para os hospitais privados: a experiência dos hospitais da ANAHP Laura Schiesari Diretora Técnica AGENDA I. A ANAHP II. Melhores Práticas Assistenciais III. Monitoramento

Leia mais

IV MOSTRA ACADÊMICA DE ENFERMAGEM DA UFC

IV MOSTRA ACADÊMICA DE ENFERMAGEM DA UFC UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ FACULDADE DE FARMÁCIA, ODONTOLOGIA E ENFERMAGEM - FFOE DEPARTAMENTO DE ENFERMAGEM - DENF PROGRAMA DE EDUCAÇÃO TUTORIAL - PET ENFERMAGEM UFC IV MOSTRA ACADÊMICA DE ENFERMAGEM

Leia mais

USO DO CATETER CENTRAL DE INSERÇÃO PERIFÉRICA (CCIP) EM ATENÇÃO DOMICILIAR

USO DO CATETER CENTRAL DE INSERÇÃO PERIFÉRICA (CCIP) EM ATENÇÃO DOMICILIAR USO DO CATETER CENTRAL DE INSERÇÃO PERIFÉRICA (CCIP) EM ATENÇÃO DOMICILIAR BRITO, G. A.Carvalho GOMES, M. Ribeiro Silva MONTAGNER, J. Atenção Domiciliar Unimed Campinas ADUC Introdução A terapia venosa

Leia mais

Experiência Do Município De Cascavel PR Na Atenção Domiciliar

Experiência Do Município De Cascavel PR Na Atenção Domiciliar Experiência Do Município De Cascavel PR Na Atenção Domiciliar Histórico 2005: Início dos trabalhos com financiamento da prefeitura municipal de Cascavel. 2008: ampliação dos serviços para 2 equipes de

Leia mais

AMBIENTES DE TRATAMENTO. Hospitalização

AMBIENTES DE TRATAMENTO. Hospitalização FONTE: Ferigolo, Maristela et al. Centros de Atendimento da Dependência Química - 2007- Maristela Ferigolo, Simone Fernandes, Denise C.M. Dantas, Helena M.T. Barros. Porto Alegre: Editora AAPEFATO. 2007,

Leia mais

Cuidado. Prevenção. Autoridade. Crack, é possível vencer 2011-2014. Aumento da oferta de tratamento de saúde e atenção aos usuários

Cuidado. Prevenção. Autoridade. Crack, é possível vencer 2011-2014. Aumento da oferta de tratamento de saúde e atenção aos usuários Prevenção Educação, Informação e Capacitação Cuidado Aumento da oferta de tratamento de saúde e atenção aos usuários Autoridade Enfrentamento ao tráfico de drogas e às organizações criminosas Crack, é

Leia mais

ENFERMEIRO INTENSIVISTA

ENFERMEIRO INTENSIVISTA UNIVERSIDADE POSITIVO PRÓ-REITORIA DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM ENFERMAGEM EM TERAPIA INTENSIVA ENFERMEIRO INTENSIVISTA CRONOGRAMA MÓDULOS TEÓRICOS TURMA 05 Encontros: sextas

Leia mais

Estado de Mato Grosso Município de Tangará da Serra Assessoria Jurídica www.tangaradaserra.mt.gov.br. - Fone (0xx65) 3311 4801

Estado de Mato Grosso Município de Tangará da Serra Assessoria Jurídica www.tangaradaserra.mt.gov.br. - Fone (0xx65) 3311 4801 LEI N.º 3808, DE 04 DE MAIO DE 2012. DISPÕE SOBRE A CRIAÇÃO DE CARGOS DE PROVIMENTO EFETIVO, ABERTURA DE VAGAS E ALTERAÇÃO NO ANEXO I D, DAS LEIS MUNICIPAIS Nº 2.099/2003 DE 29 DE DEZEMBRO DE 2003 E 2875,

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 7. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 7. Cronograma de Aulas Pág. 9. Coordenação Programa e metodologia; Investimento 1 SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento 3 4 6 Etapas do Processo Seletivo Pág. 7 Matrícula 9 Cronograma de Aulas Pág. 9 2 PÓS-GRADUAÇÃO EM ONCOLOGIA PEDIÁTRICA MULTIPROFISSIONAL

Leia mais

I JORNADA DE FISIOTERAPIA HGWA

I JORNADA DE FISIOTERAPIA HGWA I JORNADA DE FISIOTERAPIA HGWA 1. OBJETIVO Fomentar o conhecimento científico e investir no crescimento técnico científico da Fisioterapia sob o tema Segurança e Qualidade na Assistência Fisioterapêutica.

Leia mais

GERENCIAMENTO de Casos Especiais

GERENCIAMENTO de Casos Especiais GERENCIAMENTO de Casos Especiais Gerenciamento de Casos Especiais.indd 1 19/10/2015 15:32:28 Gerenciamento de Casos Especiais Objetivo: Facilitar o atendimento aos clientes que apresentam dificuldades

Leia mais

PROTOCOLO DE ABORDAGEM E TRATAMENTO DA SEPSE GRAVE E CHOQUE SÉPTICO DAS UNIDADES DE PRONTO ATENDIMENTO (UPA)/ ISGH

PROTOCOLO DE ABORDAGEM E TRATAMENTO DA SEPSE GRAVE E CHOQUE SÉPTICO DAS UNIDADES DE PRONTO ATENDIMENTO (UPA)/ ISGH PROTOCOLO DE ABORDAGEM E TRATAMENTO DA SEPSE GRAVE E CHOQUE SÉPTICO DAS UNIDADES DE PRONTO ATENDIMENTO (UPA)/ ISGH 1. APRESENTAÇÃO A SEPSE TEM ALTA INCIDÊNCIA, ALTA LETALIDADE E CUSTO ELEVADO, SENDO A

Leia mais

ORGANIZAÇÃO DO CUIDADO NOS DIFERENTES CAMPOS DE ATUAÇÃO: ASSISTÊNCIA DOMICILIAR

ORGANIZAÇÃO DO CUIDADO NOS DIFERENTES CAMPOS DE ATUAÇÃO: ASSISTÊNCIA DOMICILIAR Simpósio de Cuidados Paliativos para os Institutos e Hospitais Federais do Rio de Janeiro ORGANIZAÇÃO DO CUIDADO NOS DIFERENTES CAMPOS DE ATUAÇÃO: ASSISTÊNCIA DOMICILIAR Júlio César Silva de Souza Enfermeiro

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SANTA CATARINA

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SANTA CATARINA PARECER COREN/SC Nº 020/CT/2013 Assunto: Solicitação de parecer técnico sobre a solicitação de mamografia de rastreamento por Enfermeiro nas instituições de saúde. I - Do Fato Trata-se de expediente encaminhado

Leia mais

www.conbrass.com.br Inscrições no link http://www.webagil.net/conbrass/

www.conbrass.com.br Inscrições no link http://www.webagil.net/conbrass/ IV Congresso Brasileiro de Auditoria em Sistemas de Saúde 25 e 26 de setembro de 2009 Local: Hotel Braston, Rua Martins Fontes 330 Consolação - São Paulo - SP. Horário: 08:00h às 18:00h. III Prêmio CONBRASS

Leia mais

Curso de Pós-Graduação

Curso de Pós-Graduação Curso de Pós-Graduação ENFERMAGEM EM TERAPIA INTENSIVA PROJETO PEDAGÓGICO DO CURSO ENFERMAGEM EM TERAPIA INTENSIVA APRESENTAÇÃO DO CURSO A terapia intensiva apresenta-se como área de atuação de alta complexidade

Leia mais

Faculdade de Educação e Meio Ambiente FAEMA Instituto Superior de Educação ISE

Faculdade de Educação e Meio Ambiente FAEMA Instituto Superior de Educação ISE REGIMENTO INTERNO DA CLINICA-ESCOLA DE PSICOLOGIA DA FACULDADE DE EDUCAÇÃO E MEIO AMBIENTE - Capítulo I Caracterização do Serviço Clínica-Escola de Psicologia Art. 1º - O SEPsi - Serviço Escola de Psicologia

Leia mais

II Congresso e XI Jornada de Psicologia da Saúde 05, 06 e 07 de Setembro de 2014

II Congresso e XI Jornada de Psicologia da Saúde 05, 06 e 07 de Setembro de 2014 II Congresso e XI Jornada de Psicologia da Saúde 05, 06 e 07 de Setembro de 2014 Coordenação Cristiane Ferraz Prade Daniela Achette Fernanda Rizzo di Lione Francisco Carlos Gomes dos Santos Diferenciais

Leia mais

Projeto Hospitais de Excelência /Ministério da Saúde / Programa de Desenvolvimento e Apoio àgestão Hospital Samaritano

Projeto Hospitais de Excelência /Ministério da Saúde / Programa de Desenvolvimento e Apoio àgestão Hospital Samaritano Análise do processo de implementação de políticas na área hospitalar do Ministério da Saúde: contratualização de hospitais de ensino e filantrópicos no Brasil Projeto Hospitais de Excelência /Ministério

Leia mais

8:00 Horas Sessão de Temas Livres concorrendo a Premiação 8:30 8:45 INTERVALO VISITA AOS EXPOSITORES E PATROCINADORES

8:00 Horas Sessão de Temas Livres concorrendo a Premiação 8:30 8:45 INTERVALO VISITA AOS EXPOSITORES E PATROCINADORES MAPA AUDITÓRIO LARGO DA ORDEM (200 LUGARES) DOMINGO 02 DE AGOSTO DE 2015. 8:00 Horas Sessão de Temas Livres concorrendo a Premiação 8:00 8:15 TEMA LIVRE SELECIONADO 8:15 8-30 TEMA LIVRE SELECIONADO 8:30

Leia mais

RESPONSÁVEIS EDITORIAL. Selma Furtado Magalhães. Cleide Maria Carneiro da Ibiapaba. Camila Alves Machado. Joseana Taumaturgo Magalhães Falcão

RESPONSÁVEIS EDITORIAL. Selma Furtado Magalhães. Cleide Maria Carneiro da Ibiapaba. Camila Alves Machado. Joseana Taumaturgo Magalhães Falcão 1 RESPONSÁVEIS Selma Furtado Magalhães Cleide Maria Carneiro da Ibiapaba Camila Alves Machado Joseana Taumaturgo Magalhães Falcão EDITORIAL Hospital Geral Dr. Waldemar Alcântara Revisão: Setembro de 2012

Leia mais

1º CONGRESSO INTERNACIONAL EM SAÚDE DA UNIJUÍ - 15/08/2011 - SEGUNDA-FEIRA

1º CONGRESSO INTERNACIONAL EM SAÚDE DA UNIJUÍ - 15/08/2011 - SEGUNDA-FEIRA 1º CONGRESSO INTERNACIONAL EM SAÚDE DA UNIJUÍ - Saúde e Envelhecimento 15/08/2011 - SEGUNDA-FEIRA 13:30 às 14:00 - Retirada de Materiais e Inscrições 14:00 às 17:00 - Jornada dos Cursos XI JORNADA DE NUTRIÇÃO

Leia mais

A implementação de diretrizes clínicas na atenção à saúde: experiências internacionais e o caso. da saúde suplementar no Brasil

A implementação de diretrizes clínicas na atenção à saúde: experiências internacionais e o caso. da saúde suplementar no Brasil A implementação clínicas na atençã experiências inter A implementação de diretrizes da saúde supleme clínicas na atenção à saúde: experiências internacionais e o caso da saúde suplementar no Brasil A implementação

Leia mais

PARECER COREN-SP 011/2014 CT PRCI 776/2014 Revisado em setembro/2014

PARECER COREN-SP 011/2014 CT PRCI 776/2014 Revisado em setembro/2014 PARECER COREN-SP 011/2014 CT PRCI 776/2014 Revisado em setembro/2014 Ementa: Competência para a realização de testes de Tempo de Coagulação e Tempo de Sangramento. 1. Do fato Profissional questiona a qual

Leia mais

Capítulo II Habilidades: básicas e pediátricas específicas

Capítulo II Habilidades: básicas e pediátricas específicas Capítulo II Habilidades: básicas e pediátricas específicas Introdução Este capítulo encerra visão ampla das competências essenciais que nortearão residente durante o treinamento. Parte delas deve ser desenvolvida

Leia mais

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO. PARECER COREN-SP 006/2012 CT PRCI nº 99.076/2012 e Ticket n 287.306

CONSELHO REGIONAL DE ENFERMAGEM DE SÃO PAULO. PARECER COREN-SP 006/2012 CT PRCI nº 99.076/2012 e Ticket n 287.306 PARECER COREN-SP 006/2012 CT PRCI nº 99.076/2012 e Ticket n 287.306 Assunto: Recusa na execução de atividades delegadas por Enfermeiro devido ausência de competência técnica e garantia de segurança ao

Leia mais

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Ensino Técnico

Administração Central Unidade de Ensino Médio e Técnico - CETEC. Ensino Técnico Plano de Trabalho Docente 2013 Ensino Técnico ETEC Professor Massuyuki Kawano Código: 136 Município: Tupã Eixo Tecnológico: Ambiente e Saúde Habilitação Profissional: Técnica de Nível Médio de TÉCNICO

Leia mais

Programação da XXII Semana Mundial de Aleitamento Materno

Programação da XXII Semana Mundial de Aleitamento Materno Programação da XXII Semana Mundial de Aleitamento Materno JOÃO PESSOA 31/07/2013 QUARTA-FEIRA Enfoque no aconselhamento ao grupo de gestante da fisioterapia do Instituto Cândida Vargas LOCAL: Instituto

Leia mais

Associação Brasileira de Enfermagem

Associação Brasileira de Enfermagem PROGRAMAÇÃO CIENTÍFICA E SOCIAL O ponto alto da 70ª Semana Brasileira no Ceará é a realização, no Ceará, do VI Congresso Cearense, VI Mostra Enfermagem, Talento e Arte e 21ª Convenção Interiorana. São

Leia mais

RESOLUÇÃO 26 /2016 RESOLVE. Art. 1 - Aprovar o Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, em nível de Especialização, denominado Gestão em Segurança Pública.

RESOLUÇÃO 26 /2016 RESOLVE. Art. 1 - Aprovar o Curso de Pós-Graduação Lato Sensu, em nível de Especialização, denominado Gestão em Segurança Pública. RESOLUÇÃO 26 /2016 Aprova o Curso de Pós-graduação Lato Sensu, na modalidade de Especialização, com a denominação de Curso de Especialização em Gestão em Segurança Pública O COLEGIADO ACADÊMICO DA FACULDADE

Leia mais

Monitoramento e Gestão de Riscos A experiência de parceiros da Vigilância Sanitária Hospital Getúlio Vargas PE

Monitoramento e Gestão de Riscos A experiência de parceiros da Vigilância Sanitária Hospital Getúlio Vargas PE 15º Encontro Nacional da Rede Sentinela Fórum Internacional de Monitoramento e Gestão de Risco Sanitário Monitoramento e Gestão de Riscos A experiência de parceiros da Vigilância Sanitária Hospital Getúlio

Leia mais

PLANO DE DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS DOS EMPREGADOS E E SERVIDORES DO HUCAM- FILIAL EBSERH

PLANO DE DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS DOS EMPREGADOS E E SERVIDORES DO HUCAM- FILIAL EBSERH EMPRESA BRASILEIRA DE SERVIÇOS HOSPITALARES- EBSERH HOSPITAL UNIVERSITÁRIO CASSIANO ANTONIO MORAES - HUCAM PLANO DE DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS DOS EMPREGADOS E E SERVIDORES DO HUCAM- FILIAL EBSERH

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM HOME CARE Unidade Dias e Horários Período

Leia mais

CAPA 20/10/2012 3º Simpósio Internacional de Reabilitação Oncologia

CAPA 20/10/2012 3º Simpósio Internacional de Reabilitação Oncologia Notícias - Ver todas (+) Quarta-Feira, 27/2/2013 - Ribeirão Preto - SP CAPA 20/10/2012 3º Simpósio Internacional de Reabilitação Oncologia Dias 19 e 20 de outubro desse ano, o Centro de Reabilitação do

Leia mais

ENFERMAGEM DO TRABALHO - TURMA VII

ENFERMAGEM DO TRABALHO - TURMA VII Rua Rio Branco, 216, Centro, CEP 650-490, São Luís /MA - Fone: (98) 3878.21 Credenciado pela Portaria Ministerial nº 1764/06, D.O.U. 211 de 03.11.06, Seção 01, Folha14 ENFERMAGEM DO TRABALHO - TURMA VII

Leia mais

LEI Nº 1.087, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2013.

LEI Nº 1.087, DE 10 DE DEZEMBRO DE 2013. PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DO ALEGRE MG Praça Nestor Daniel de Carvalho, 129 Centro São José do Alegre MG CEP: 37.510-000 Tel/Fax: (35) 3645-1222 CNPJ: 18.025.999/0001-99 LEI Nº 1.087, DE 10 DE DEZEMBRO

Leia mais

Antonio José da Silva Magno

Antonio José da Silva Magno Antonio José da Silva Magno CURRICULUM VITAE Dados Pessoais Nome Nascimento Antonio José da Silva Magno 03/07/1981 - Belém/PA - Brasil Telefones para contato (91) 87059931 (91) 80332749 Email para contato:

Leia mais

I JORNADA DE FISIOTERAPIA HRN: Cientificidade na assistência fisioterapêutica

I JORNADA DE FISIOTERAPIA HRN: Cientificidade na assistência fisioterapêutica 1. OBJETIVO I JORNADA DE FISIOTERAPIA HRN: Cientificidade na assistência fisioterapêutica A I Jornada de Fisioterapia do Hospital Regional do Norte terá como discussão os avanços científicos, bem como

Leia mais

INTRODUÇÃO (WHO, 2007)

INTRODUÇÃO (WHO, 2007) INTRODUÇÃO No Brasil e no mundo estamos vivenciando transições demográfica e epidemiológica, com o crescente aumento da população idosa, resultando na elevação de morbidade e mortalidade por doenças crônicas.

Leia mais

Comitê Gestor do Programa de Divulgação da Qualificação dos Prestadores de Serviço na Saúde Suplementar COGEP

Comitê Gestor do Programa de Divulgação da Qualificação dos Prestadores de Serviço na Saúde Suplementar COGEP Comitê Gestor do Programa de Divulgação da Qualificação dos Prestadores de Serviço na Saúde Suplementar COGEP 2 ª Reunião do GT de Indicadores Hospitalares 09/04/2012 GERPS/GGISE/DIDES/ANS Agenda Comparação

Leia mais

Pós operatório em Transplantes

Pós operatório em Transplantes Pós operatório em Transplantes Resumo Histórico Inicio dos programas de transplante Dec. 60 Retorno dos programas Déc 80 Receptor: Rapaz de 18 anos Doador: criança de 9 meses * Não se tem informações

Leia mais

Hospital de Clínicas Gaspar Viana

Hospital de Clínicas Gaspar Viana Hospital de Clínicas Gaspar Viana Atendimento de Enfermagem na Clínica Psiquiátrica Enf. Sofia Vasconcelos Alves ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM OBJETIVO:Promover ações terapêuticas voltadas para identificar

Leia mais

PROGRAMA DE APRIMORAMENTO PROFISSIONAL PROFICIÊNCIA

PROGRAMA DE APRIMORAMENTO PROFISSIONAL PROFICIÊNCIA Disciplina: Terapia intravenosa: práticas de enfermagem para uma assistência de qualidade S NT1: A importância do processo histórico no desenvolvimento da Terapia Intravenosa (TI): da anatomia à fisiologia

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO ENFERMAGEM EM ESTOMATERAPIA (Aprovado pela Resolução N 828 - CONSEPE de 27 de abri! de 2011 )

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO ENFERMAGEM EM ESTOMATERAPIA (Aprovado pela Resolução N 828 - CONSEPE de 27 de abri! de 2011 ) Fundação lnslituida nos Imnos da i.j!in' 5.15, de 1110/1966- São Luis Maranhão. Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO ENFERMAGEM EM ESTOMATERAPIA (Aprovado pela Resolução N 88

Leia mais

Agenda. Escola de Enfermagem da USP promove ciclo de seminários no Programa de Aperfeiçoamento de Ensino

Agenda. Escola de Enfermagem da USP promove ciclo de seminários no Programa de Aperfeiçoamento de Ensino Serviços Agenda Programe-se para participar dos principais eventos da Enfermagem Escola de Enfermagem da USP promove ciclo de seminários no Programa de Aperfeiçoamento de Ensino A Escola de Enfermagem

Leia mais

EDITAL Nº 001/2009, DE 30 DE SETEMBRO DE 2009

EDITAL Nº 001/2009, DE 30 DE SETEMBRO DE 2009 EDITAL Nº 001/2009, DE 30 DE SETEMBRO DE 2009 O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas, em parceria com os municípios participantes do Programa Escola Técnica Aberta do Brasil

Leia mais

A UTILIZAÇÃO DAS NOVAS TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NO CUIDADO DE ENFERMAGEM AO CLIENTE.

A UTILIZAÇÃO DAS NOVAS TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NO CUIDADO DE ENFERMAGEM AO CLIENTE. 1 A UTILIZAÇÃO DAS NOVAS TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NO CUIDADO DE ENFERMAGEM AO CLIENTE. Atualmente, no Brasil, a maioria das instituições de saúde já conta com computadores nos seus mais

Leia mais

ALERGOLOGIA BERÇÁRIO. Tel: 2107-5123 Ordem Procedimentos e Exames OBS

ALERGOLOGIA BERÇÁRIO. Tel: 2107-5123 Ordem Procedimentos e Exames OBS Clínicas médicas ALERGOLOGIA Emissão de pareceres e laudos médicos. 3 Assistência a pacientes baixados. 4 Exames especificados na Clínica Pneumológica. BERÇÁRIO Tel: 107-513 1 Atendimento de pacientes

Leia mais

Consulta Pública nº 01/2016

Consulta Pública nº 01/2016 MAPA CONCEITUAL MATRIZ POR COMPETÊNCIAS Figura 1. Mapa conceitual da estrutura de matriz por competências As ações-chave podem ser desdobradas ainda (de acordo com o nível de especificidade de uma matriz

Leia mais

Relatório das Atividades Acadêmicas

Relatório das Atividades Acadêmicas Mês de referência: Novembro/2015 Relatório das Atividades Acadêmicas Tipo Modalidade alvo 1. Curso Básico de Direito Tributário 15/10/2015 a 27/11/2015 Distancia Servidores do MPU 76 2. Novo Código de

Leia mais

ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA O X PROGRAMA TRAINEE ENFERMEIRO 2014

ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA O X PROGRAMA TRAINEE ENFERMEIRO 2014 ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA O X PROGRAMA TRAINEE ENFERMEIRO 2014 O Hospital Estadual Mário Covas, mantendo seus princípios quanto ao atendimento médico-hospitalar de alta complexidade, resolutividade e,

Leia mais

1.2 O Processo Seletivo será realizado pelo Instituto Federal de Mato Grosso do Sul, conforme as normas deste edital.

1.2 O Processo Seletivo será realizado pelo Instituto Federal de Mato Grosso do Sul, conforme as normas deste edital. EDITAL Nº. 15/2010 PROCESSO SELETIVO DE TUTOR A DISTÂNCIA PARA OS CURSOS TÉCNICOS DE NÍVEL MÉDIO SUBSEQUENTES NA MODALIDADE A DISTÂNCIA e-tec- ESCOLA TÉCNICA ABERTA DO BRASIL O REITOR DO INSTITUTO FEDERAL

Leia mais

CONSTRUÇÃO DE MATERIAL EDUCATIVO MULTIMÍDIA SOBRE ADMINISTRAÇÃO DE MEDICAMENTOS VIA PARENTERAL: INTRAVENOSA, INTRAMUSCULAR E SUBCUTÂNEA

CONSTRUÇÃO DE MATERIAL EDUCATIVO MULTIMÍDIA SOBRE ADMINISTRAÇÃO DE MEDICAMENTOS VIA PARENTERAL: INTRAVENOSA, INTRAMUSCULAR E SUBCUTÂNEA CONSTRUÇÃO DE MATERIAL EDUCATIVO MULTIMÍDIA SOBRE ADMINISTRAÇÃO DE MEDICAMENTOS VIA PARENTERAL: INTRAVENOSA, INTRAMUSCULAR E SUBCUTÂNEA BORGES *, Ângela André PUCPR angelaborges2005@yahoo.com.br MACIEL

Leia mais

RERRATIFICAÇÃO Nº 01

RERRATIFICAÇÃO Nº 01 Edital de abertura de Concurso Público nº 01/15 RERRATIFICAÇÃO Nº 01 A presente RERRATIFICAÇÃO é ora levada a efeito, para retificar parcialmente o Edital de Abertura de Concurso Público nº 01/15. O Prefeito

Leia mais

TERÇA-FEIRA QUARTA-FEIRA

TERÇA-FEIRA QUARTA-FEIRA Programação Preliminar da SNCT (Sujeito a Alterações) TERÇA-FEIRA HORÁRIOS 01/10/2013 PROGRAMAÇÃO / EVENTO LOCAL / ESPAÇO 19h15 Abertura (Bruno / Felipe) 20h Coffee Break (Cristal) Jardim Interno 20h30

Leia mais

FICHA TÉCNICA. Cálculo de Medicação e Segurança do Paciente na Administração de Medicamentos

FICHA TÉCNICA. Cálculo de Medicação e Segurança do Paciente na Administração de Medicamentos FICHA TÉCNICA Cálculo de Medicação e Segurança do Paciente na Administração de Medicamentos Saiba como realizar cálculos, preparo, diluição e transformação de soluções medicamentosas, bem como as metas

Leia mais

Parágrafo único Compete a PROEX a coordenação das atividades de Extensão no âmbito da UFRR.

Parágrafo único Compete a PROEX a coordenação das atividades de Extensão no âmbito da UFRR. MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA CONSELHO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO Av. Ene Garcês, 2413 Bairro Aeroporto 69.304-000 - Boa Vista/RR Fone (095)621-3108 Fax (095)621-3101 Resolução

Leia mais

INSTITUTO CONSCIÊNCIA GO FORMAÇÃO DE EXCELÊNCIA PROPOSTA DE CURSOS DE EXTENSÃO E APERFEIÇOAMENTO SAÚDE E EDUCAÇÃO

INSTITUTO CONSCIÊNCIA GO FORMAÇÃO DE EXCELÊNCIA PROPOSTA DE CURSOS DE EXTENSÃO E APERFEIÇOAMENTO SAÚDE E EDUCAÇÃO INSTITUTO CONSCIÊNCIA GO FORMAÇÃO DE EXCELÊNCIA PROPOSTA DE CURSOS DE EXTENSÃO E APERFEIÇOAMENTO SAÚDE E EDUCAÇÃO PARA REALIZAÇÃO COM RECURSOS ORIUNDOS DO FNDE, PRÓPRIOS DO MUNICÍPIO E/OU INVESTIMENTO

Leia mais

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento.

SUMÁRIO. Sobre o curso Pág. 3. Etapas do Processo Seletivo Pág. 5. Cronograma de Aulas. Coordenação Programa e metodologia; Investimento. SUMÁRIO Sobre o curso Pág. 3 Coordenação Programa e metodologia; Investimento Etapas do Processo Seletivo Pág. 5 Matrícula Cronograma de Aulas Pág. PÓS-GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM PEDIÁTRICA E NEONATAL - RIO

Leia mais

PROGRAMA DE ESTÁGIO PARA ALUNOS DA UFCSPA

PROGRAMA DE ESTÁGIO PARA ALUNOS DA UFCSPA PROGRAMA DE ESTÁGIO PARA ALUNOS DA UFCSPA 1) Justificativa Os estágios, curriculares ou não, têm a finalidade de proporcionar a complementação da formação universitária e constam de atividades de prática

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ENFERMAGEM (Currículo iniciado em 2010)

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ENFERMAGEM (Currículo iniciado em 2010) EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE ENFERMAGEM (Currículo iniciado em 2010) ANATOMIA HUMANA CH 102 (2372) Estudo morfológico dos órgãos e sistemas que constituem o organismo humano, com ênfase para os

Leia mais

08h25: Abertura (palavras de boas vindas e rápidas instruções): Presidente da Associação Amigos do Rim, Ricardo Moreira de Souza

08h25: Abertura (palavras de boas vindas e rápidas instruções): Presidente da Associação Amigos do Rim, Ricardo Moreira de Souza A 1ª Jornada de Enfermagem em Nefrologia visa capacitar estudantes e profissionais de Enfermagem, dos diversos ambientes hospitalares, para o atendimento ao cliente com lesão renal, capacitando-os para

Leia mais

AUDITORIAS EM SISTEMAS HIPERBÁRICOS REALIZAÇÃO DA PRIMEIRA AUDITORIA EM SISTEMAS HIPERBÁRICOS NO BRASIL

AUDITORIAS EM SISTEMAS HIPERBÁRICOS REALIZAÇÃO DA PRIMEIRA AUDITORIA EM SISTEMAS HIPERBÁRICOS NO BRASIL CURSO INTRODUTÓRIO SOBRE QUALIDADE E SEGURANÇA DOS SERVIÇOS DE MEDICINA HIPERBÁRICA AUDITORIAS EM SISTEMAS HIPERBÁRICOS REALIZAÇÃO DA PRIMEIRA AUDITORIA EM SISTEMAS HIPERBÁRICOS NO BRASIL Dr Roberto Bamman

Leia mais

XII SEMANA DE ENFERMAGEM DA UNIVERSIDADE IGUAÇU II SEMANA INTERINSTITUCIONAL DA UNIVERSIDADE IGUAÇU E HOSPITAL GERAL DE NOVA IGUAÇU

XII SEMANA DE ENFERMAGEM DA UNIVERSIDADE IGUAÇU II SEMANA INTERINSTITUCIONAL DA UNIVERSIDADE IGUAÇU E HOSPITAL GERAL DE NOVA IGUAÇU UNIVERSIDADE IGUAÇU UNIG PRÓ-REITORIA ACADÊMICA FACULDADE DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE CURSO DE GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM XII SEMANA DE ENFERMAGEM DA UNIVERSIDADE IGUAÇU II SEMANA INTERINSTITUCIONAL

Leia mais

Sistema Único de Saúde, para fortalecimento dos processos de descentralização da gestão da saúde, em conformidade com a legislação vigente.

Sistema Único de Saúde, para fortalecimento dos processos de descentralização da gestão da saúde, em conformidade com a legislação vigente. GOVERNO DO ESTADO DO ESPIRÍTO SANTO SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE DO ESPÍRITO SANTO CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE VAGAS E FORMAÇÃO DE CADASTRO DE RESERVA EM CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR EDITAL Nº 1 SESA/ES,

Leia mais

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE PIRACICABA Estado de São Paulo Procuradoria Geral

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE PIRACICABA Estado de São Paulo Procuradoria Geral PROJETO DE LEI No. 104/08 Dispõe sobre a criação de empregos de Agente Comunitário de Saúde, junto ao Quadro de Pessoal da Prefeitura do Município de Piracicaba, nos termos da Lei Federal nº 11.350/06

Leia mais

COORDENADORES. Fabíola Peixoto Ferreira La Torre Juliana Gamo Storni Luciana Andréa Digieri Chicuto Regina Grigolli Cesar Rogério Pecchini

COORDENADORES. Fabíola Peixoto Ferreira La Torre Juliana Gamo Storni Luciana Andréa Digieri Chicuto Regina Grigolli Cesar Rogério Pecchini COORDENADORES Fabíola Peixoto Ferreira La Torre Juliana Gamo Storni Luciana Andréa Digieri Chicuto Regina Grigolli Cesar Rogério Pecchini Sumário Prefácio...XXXVII Apresentação... XXXIX Parte 1 Estabilização

Leia mais

IDOSO MUITO IDOSO. Medidas preventivas da Equipe do Gerenciamento do Idoso para reduzir quedas no Núcleo de Atenção à Saúde.

IDOSO MUITO IDOSO. Medidas preventivas da Equipe do Gerenciamento do Idoso para reduzir quedas no Núcleo de Atenção à Saúde. IDOSO MUITO IDOSO Medidas preventivas da Equipe do Gerenciamento do Idoso para reduzir quedas no Núcleo de Atenção à Saúde. CARDOSO, ECA FERREIRA,DG RAMPO, FS UNIMED LIMEIRA SP 2016 Porcentagem da população

Leia mais

CAPITAL. 12/05/14 17h Sede do COREN-PI Comemoração do Dia do Enfermeiro Palestra: Entre a teoria e a prática onde está o paciente?

CAPITAL. 12/05/14 17h Sede do COREN-PI Comemoração do Dia do Enfermeiro Palestra: Entre a teoria e a prática onde está o paciente? PROGRAMAÇÃO SEMANA DA ENFERMAGEM COREN-PI CAPITAL 17h Sede do COREN-PI Comemoração do Dia do Enfermeiro Palestra: Entre a teoria e a prática onde está o paciente? 12 a 16 de Maio HOSPITAL DO SATÉLITE Palestra:

Leia mais

Fundação Vanzolini O GERENCIAMENTO DA QUALIDADE NA SAÚDE E A ACREDITAÇÃO. Departamento de Certificação

Fundação Vanzolini O GERENCIAMENTO DA QUALIDADE NA SAÚDE E A ACREDITAÇÃO. Departamento de Certificação Fundação Vanzolini O GERENCIAMENTO DA QUALIDADE NA SAÚDE E A ACREDITAÇÃO Departamento de Certificação A FUNDAÇÃO VANZOLINI Fundada em 1967 pelos professores do Departamento de Engenharia de Produção da

Leia mais