WORKSHOPS Jovens dos 12 aos 15 anos

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "WORKSHOPS Jovens dos 12 aos 15 anos"

Transcrição

1 VERÃO 2011 WORKSHOPS Jovens dos 12 aos 15 anos Oficina de BD Neste workshop não se faz apenas banda desenhada: faz-se um fanzine de banda desenhada! Vamos criar uma história com base no teu imaginário e depois paginá-la, encaderná-la e fazer-lhe uma bonita capa. Vais ver que fazer um livro de BD é fácil! De 4 a 8 de Julho, das 14h00 às 17h30 PREÇO: 95, % IVA (inclui todos os materiais) Orientador: José Feitor> Licenciatura em História da Arte. Professor, ilustrador e editor. Dirige o projecto editorial Imprensa Canalha. Ilustra com frequência para diferentes suportes. Desenho Neste workshop vamos trabalhar diferentes abordagens do desenho: de observação, desenho livre e de imaginação. Experimentamos diferentes materiais como o grafite, carvão, tinta-da-índia, canetas de feltro e diferentes processos criativos como o decalque, o stencil e a imagem projectada. O espírito é de descoberta, procurando de forma criativa e intuitiva compreender o fenómeno da perspectiva e da

2 representação visual. De 11 a 15 de Julho, das 14h00 às 17h30 PREÇO: 95, % IVA (inclui todos os materiais) Orientador: Francisco Pinheiro> Licenciatura em Pintura pela Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa. Artista representado pela Galeria Módulo. Um anel à tua medida O objectivo deste workshop é a criação de um anel cuja única medida obrigatória é a do dedo a que se destina. A medida criativa é ilimitada podendo ir da sua forma estrutural ao tratamento de superfícies com a aplicação do desenho gravado. Neste workshop serão ensinadas as técnicas básicas necessárias à manipulação dos metais adequando-as às suas qualidades, características e possibilidades criativas. De 18 a 22 de Julho, das 14h00 às 17h30 PREÇO: 110, % IVA (inclui todos os materiais) Orientador: Alexandra Lisboa> Formação académica: Ar.Co, Centro de Arte e Comunicação Visual; Massana Escola Superior de Arte e Desenho, Barcelona, Espanha; Fachhochhule Köln, Fachbereich Künst und Design, Colónia, Alemanha. Actualmente professora de Realização Plástica do Espectáculo e Joalharia na Escola Secundária Artística António Arroio, Lisboa. Dá-me Música Workshop prático de ilustração Os alunos começarão por inventar um título para um CD fictício de um músico ou de uma banda. A partir desse título e das características da banda que escolherem, irão conceber uma

3 capa, utilizando para esse fim a Ilustração. De sessão para sessão, irão projectar, experimentar, esboçar e finalizar ilustrações para a frente, o verso e o interior da capa, assim como para o próprio CD, utilizando diferentes técnicas e materiais, como têmperas, riscadores diversos e colagem. De 25 a 29 de Julho, das 14h00 às 17h30 PREÇO: 95, % IVA (inclui todos os materiais) Orientador: Mimi Tavares> Licenciatura em Pintura pela Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa. Artista representada pela Galeria Monumental. o 2º irmão usufrui de um desconto de 5% ATELIERS Crianças dos 6 aos 12 anos Artistas de Campo Estreitar as relações entre arte e natureza. Utilizando o jardim como laboratório e o atelier como oficina, vamos conhecer melhor o mundo natural que nos rodeia, realizando actividades práticas de observação, registo, catalogação e construção artística. No final teremos uma malamostruário contendo entre outras coisas, um caderno de campo, um fóssil natural, um herbário e uma intervenção artística (pintura ou escultura). 27 Junho a 1 Julho (de 2ª a 6ª feira) das 14h00 às 17h30 Dos 8 aos 12 anos PREÇO: 95, % IVA (INCLUÍ TODO O MATERIAL E EVENTUAIS SAÍDAS A MUSEUS)

4 Orientador: Vanda Vilela> Licenciatura em Pintura (FBAUL). Artista representada pela Galeria Pedro Serrenho. Colaboração regular com o Serviço Educativo Jardins Gulbenkian. Lupa Partindo de uma "expedição" ao Museu de História Natural que incluirá uma visita à exposição-montagem "Gabinete da Politécnica" do artista plástico Pedro Portugal, as crianças vão observar "à lupa" objectos e materiais, tanto orgânicos como sintéticos e identificar a partir deles formas, padrões, ritmos e estruturas. Tendo estes elementos como motivo, e usando diversos materiais e suportes (Pintura, desenho, escultura, etc.) vamos passar da micro à macroestrutura. No decorrer das aulas, as crianças vão gradualmente transitar dos suportes bidimensionais para exercícios tridimensionais. Vamos dar inicialmente ênfase ao treino do olhar, numa observação atenta e direccionada e posteriormente à criatividade e capacidade elaborativa de cada criança. 4 a 8 Julho (de 2ª a 6ª feira) das 9h30 às 17h00 Dos 7 aos 11 anos PREÇO: 220, % IVA* (INCLUÍ TODO O MATERIAL E EVENTUAIS SAÍDAS A MUSEUS). * Caso o aluno frequente apenas as manhãs ou as tardes, o valor do atelier será de 95, % IVA. Orientadores: Mimi Tavares> Licenciatura em Pintura pela Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa. Artista representada pela Galeria Monumental. Paula Prates> Mestrado em Artes Visuais pela Central Saint Martins School of

5 Art and Design, Londres e Licenciatura em Pintura, pela Faculdade de Belas- Artes da Universidade de Lisboa. Artista representada pela Galeria Sopro. Desenho+Cerâmica Neste atelier vamos explorar a relação do desenho e a cerâmica. Começamos pela feitura de pigmentos e argilas com os quais iremos desenhar e modelar. Iremos trabalhar o desenho à vista, desenho livre e desenho colectivo, desenvolvendo diferentes abordagens e linguagens. Utilizaremos materiais como o grafite, o carvão, aguadas e projecção de luz. Ao nível da cerâmica iremos explorar o molde, a modelação, e a criação de volumes - pequenas esculturas e objectos. Numa dinâmica entre a bidimensão e a tridimensão, entre a visão e o tacto, exploramos processos criativos de fusão entre estas duas disciplinas. 11 a 15 Julho (de 2ª a 6ª feira) das 9h30 às 17h00 Dos 8 aos 12 anos PREÇO: 220, % IVA* (INCLUÍ TODO O MATERIAL E EVENTUAIS SAÍDAS A MUSEUS). * Caso o aluno frequente apenas as manhãs ou as tardes, o valor do atelier será de 95, % IVA. Orientadores: Francisco Pinheiro> Licenciatura em Pintura pela Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa. Artista representado pela Galeria Módulo. Margarida Melo Fernandes> Licenciatura em Design de Equipamento, Faculdade de Belas Artes. Adquiriu formação em cerâmica em estúdios de cerâmica na Dinamarca e Holanda. Tem um interesse especial pelos objectos do antigamente. Trabalha actualmente no seu atelier em Lisboa.

6 Histórias de Barro O que a árvore tem para nos dar? Atelier de modelação e instalação das peças finais com o meio ambiente. Objectivos: 1. Desenvolver a capacidade criativa das crianças para construção de peças tridimensionais, partindo de uma pintura da colecção do Museu1, recorrendo à modelação de barro; 2. Contributo com conteúdos válidos - a) adquirir conhecimentos técnicos sobre o barro; b) aproximação das crianças ao espaço físico da Escola Arte Ilimitada, com uma instalação das peças resultantes do atelier no jardim (da escola ou da Estrela) 3. Explorar as capacidades individuais de cada participante, estimulando a cooperação e partilha de tarefas em grupo. 11 a 15 Julho (de 2ª a 6ª feira) das 9h30 às 13h00 Dos 7 aos 11 anos PREÇO: 95, % IVA (INCLUÍ TODO O MATERIAL E EVENTUAIS SAÍDAS A MUSEUS) Margarida Fernandes> Licenciatura em Design de Equipamento, Faculdade de Belas Artes. Adquiriu formação em cerâmica em estúdios de cerâmica na Dinamarca e Holanda. Tem um interesse especial pelos objectos do antigamente. Trabalha actualmente no seu atelier em Lisboa.

7 1 Artista por dia Os pontos de cor de Seurat. As esculturas fabulosas de Rui Chafes. Os auto-retratos de Andy Warhol. As maravilhosas paisagens de João Queiroz. Os alunos vão ser introduzidos às obras destes 4 artistas. Serão de seguida convidados a desenvolver um projecto influenciado por cada um deles onde aplicarão as técnicas do desenho à vista, da pintura, da fotomontagem e da escultura. No segundo dia de atelier, iremos visitar a exposição Five Rings de Rui Chafes e Orla Barry, que se encontra patente no Museu Berardo. 18 a 22 Julho (de 2ª a 6ª feira) das 9h30 às 13h00 Dos 7 aos 11 anos PREÇO: 95, % IVA (INCLUÍ TODO O MATERIAL E EVENTUAIS SAÍDAS A MUSEUS) Orientador: Paula Prates> Mestrado em Artes Visuais pela Central Saint Martins School of Art and Design, Londres e Licenciatura em Pintura, pela Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa. Artista representada pela Galeria Sopro. Construtores no Jardim E se um jardim fosse como uma paleta onde vamos buscar todas as cores, formas e materiais? E se fosse como uma folha de papel onde instalamos as nossas pinturas de folhas e construções de ramos. E os pássaros que vivem no jardim, será que nos podem ensinar a construir uma escultura? Vamos olhar

8 para a natureza de uma forma diferente, fazendo das pedras, ramos, folhas, e flores os nossos materiais de construção, vamos criar obras efémeras para o jardim da Estrela e dar a ver os nossos trabalhos às pessoas que passam e aos animais que lá vivem. 25 a 29 Julho (de 2ª a 6ª feira) das 9h30 às 13h00 Dos 8 aos 12 anos PREÇO: 95, % IVA (INCLUÍ TODO O MATERIAL E EVENTUAIS SAÍDAS A MUSEUS) Orientador: Carla Rebelo> Artista plástica licenciada em Escultura pela Faculdade de Belas Artes de Lisboa. Tem formação na área da Tapeçaria, Desenho e Cenografia. Desde 2001 tem vindo a trabalhar na área educativa junto de diferentes entidades públicas e privadas, nomeadamente no serviço educativo do Centro de Arte Moderna. o 2º irmão usufrui de um desconto de 5%

Férias de Verão no Museu da CARRIS Semanas Temáticas Expressão Plástica Expressão Corporal Expressão Musical

Férias de Verão no Museu da CARRIS Semanas Temáticas Expressão Plástica Expressão Corporal Expressão Musical A ação educativa nas Semanas Temáticas do Museu da CARRIS é vocacionada para crianças e jovens adolescentes. Propõe a realização de atividades lúdicas e interativas que estimulem o pensamento, sensações

Leia mais

Programa de Educação Ambiental

Programa de Educação Ambiental Programa de Educação Ambiental 2015 / 2016 Escolas Centro de Formação Ambiental SEDE - Lisboa 2 Horário de Funcionamento das Actividades 2ª feira a 6ª feira: 9h30 às 13h00 e das 14h00 às 17h30 4 horários:

Leia mais

COMPETÊNCIAS. Reconhecer a importância das artes visuais como valor cultural indispensável ao desenvolvimento do ser humano.

COMPETÊNCIAS. Reconhecer a importância das artes visuais como valor cultural indispensável ao desenvolvimento do ser humano. COMPETÊNCIAS COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS Ao longo do ensino básico as competências que o aluno deve adquirir em Artes Visuais articulam-se em três eixos estruturantes fruição - contemplação, produção criação,

Leia mais

MI - NEW ART CONCEPT AVENIDA 25 DE ABRIL, Nº672, LOJA F 2750-512 CASCAIS PORTUGAL

MI - NEW ART CONCEPT AVENIDA 25 DE ABRIL, Nº672, LOJA F 2750-512 CASCAIS PORTUGAL MI - NEW ART CONCEPT AVENIDA 25 DE ABRIL, Nº672, LOJA F 2750-512 CASCAIS PORTUGAL MI - NEW ART CONCEPT A Galeria MI (Magia Imagem) iniciou a sua actividade em 1996, junto à Av. de Roma, em Lisboa, onde

Leia mais

Vanda Vilela. Curriculum Vitae

Vanda Vilela. Curriculum Vitae Vanda Vilela. Curriculum Vitae Nasceu em Lisboa em 1968. Vive e trabalha em Lisboa. Formação Licenciatura em Pintura pela Faculdade de Belas Artes de Lisboa, 1995. Curso de Introdução ao Cinema de Animação,

Leia mais

PLANO DE ORGANIZAÇÃO DO ENSINO APRENDIZAGEM. EDUCAÇÃO VISUAL - 7º Ano

PLANO DE ORGANIZAÇÃO DO ENSINO APRENDIZAGEM. EDUCAÇÃO VISUAL - 7º Ano Ano Lectivo 2011/2012 Covilhã PLANO DE ORGANIZAÇÃO DO ENSINO APRENDIZAGEM - A definir em função das características das Turmas e dos interesses dos alunos. COMUNICAÇÃO TEMÁTICOS CONTEÚDOS COMPETÊNCIAS

Leia mais

ATELIER-MUSEU JÚLIO POMAR. Em Torno do Acervo Abril a Setembro 2013 Serviço Educativo. coordenação / documentação Teresa Santos

ATELIER-MUSEU JÚLIO POMAR. Em Torno do Acervo Abril a Setembro 2013 Serviço Educativo. coordenação / documentação Teresa Santos ATELIER-MUSEU JÚLIO POMAR Em Torno do Acervo Abril a Setembro 2013 Serviço Educativo coordenação / documentação Teresa Santos O Atelier-Museu Júlio Pomar é um espaço dedicado à conservação, ao estudo e

Leia mais

SERVIÇO EDUCATIVO APRESENTAÇÃO

SERVIÇO EDUCATIVO APRESENTAÇÃO APRESENTAÇÃO O Serviço Educativo foi concebido com a missão de ressignificar o Museu da CARRIS como lugar de vivência coletiva, diálogo e partilha de múltiplas vozes, como território de reflexão e experimentação

Leia mais

ESPAÇOS HABITADOS O CORPO COMO FERRAMENTA VIVA

ESPAÇOS HABITADOS O CORPO COMO FERRAMENTA VIVA ESPAÇOS HABITADOS O CORPO COMO FERRAMENTA VIVA 19 e 20 Março 2011 10h00 > 13h00 14h30 > 17h30 Sinopse Muitos são os artistas para quem as fronteiras entre o corpo e a obra se esbatem, usando a Performance

Leia mais

Projecto Anual com Escolas Ano lectivo 2010/2011

Projecto Anual com Escolas Ano lectivo 2010/2011 Projecto Anual com Escolas Ano lectivo 2010/2011 1. Enquadramento O Serviço Educativo da Casa das Histórias Paula Rego é entendido como um sector de programação que visa uma mediação significativa entre

Leia mais

Rua Soares dos Reis, 612 4400-313 Vila Nova de Gaia 223 752 119 969 607 812 http://www.casa.fmleao.pt/

Rua Soares dos Reis, 612 4400-313 Vila Nova de Gaia 223 752 119 969 607 812 http://www.casa.fmleao.pt/ Rua Soares dos Reis, 612 4400-313 Vila Nova de Gaia 223 752 119 969 607 812 http://www.casa.fmleao.pt/ Naan novos artistas artistas novos é um projeto que visa divulgar a produção artística de novos artistas

Leia mais

É possível conjugar uma sessão de cinema com uma oficina.

É possível conjugar uma sessão de cinema com uma oficina. 7 12 Anos ESTAS IMAGENS SÃO UM RODOPIO!///////////////////// 3 CINEMA EM CASA!//////////////////////////////////////////////////// 4 QUE FEITIÇO É ESTE?/////////////////////////////////////////////////

Leia mais

É possível conjugar uma sessão de cinema com uma oficina.

É possível conjugar uma sessão de cinema com uma oficina. 12 18 Anos ESTAS IMAGENS SÃO UM RODOPIO!/////////////////////////////////////// 3 CINEMA EM CASA!////////////////////////////////////////////////////////////////////// 4 BRINQUEDOS ÓPTICOS///////////////////////////////////////////////////////////////

Leia mais

Metas de Aprendizagem Pré-escolar Expressões. Introdução

Metas de Aprendizagem Pré-escolar Expressões. Introdução Metas de Aprendizagem Pré-escolar Expressões Introdução A apresentação das metas para as Expressões baseia-se nas Orientações Curriculares para a Educação Pré-Escolar integrando, as Expressões Motora.

Leia mais

OFERTA PEDAGÓGICA. Educação Pré-Escolar

OFERTA PEDAGÓGICA. Educação Pré-Escolar OFERTA PEDAGÓGICA Educação Pré-Escolar ANO LECTIVO 2014 2015 Durante todo o percurso escolar, é importante desenvolver ferramentas que permitam a compreensão do mundo que nos rodeia e despertar a curiosidade

Leia mais

Despertar os sentidos!

Despertar os sentidos! Despertar os sentidos! Tudo o que conhecemos chega-nos, de uma forma ou de outra, através de sensações sobre as realidades que nos rodeiam. Esta consciência sensorial pode e deve ser estimulada! Quanto

Leia mais

- Visitas orientadas Público-alvo: público geral

- Visitas orientadas Público-alvo: público geral Criado em 2006, o Serviço Educativo do Museu de Santa Maria de Lamas (MSML) tem desenvolvido um conjunto de actividades pedagógicas e lúdicas, no sentido de divulgar o património integrado no seu vasto

Leia mais

LISBOA. Em Lisboa é que nascem as gaivotas. Que pena meu amor o mar não ser Um copo de água pura. De água para A sede que em Lisboa eu vi nascer.

LISBOA. Em Lisboa é que nascem as gaivotas. Que pena meu amor o mar não ser Um copo de água pura. De água para A sede que em Lisboa eu vi nascer. EXPOSIÇÃO DE ARTES VISUAIS Abril MMVIII TÍTULO: IMPRESSÕES DE LISBOA TÉCNICA: DIGITAL MEDIA Nº DE QUADROS : 18 PREÇO : NEGOCIÁVEL NOTA : Originais em formato digital concebidos em alta resolução. Todas

Leia mais

Artes Visuais Estudantis (AVE)

Artes Visuais Estudantis (AVE) Artes Visuais Estudantis (AVE) O que é O projeto Artes Visuais Estudantis (AVE) é parte integrante do desenvolvimento de políticas culturais com a juventude estudantil, para a promoção das diversas linguagens

Leia mais

Metas de Aprendizagem 1.º Ciclo Expressões Artísticas. Introdução

Metas de Aprendizagem 1.º Ciclo Expressões Artísticas. Introdução Metas de Aprendizagem 1.º Ciclo Expressões Artísticas Introdução A Educação Artística no Ensino Básico desenvolve-se em quatro grandes áreas (Expressão Plástica e Educação Visual; Expressão e Educação

Leia mais

Proposta para a construção de um Projecto Curricular de Turma*

Proposta para a construção de um Projecto Curricular de Turma* Proposta para a construção de um Projecto Curricular de Turma* Glória Macedo, PQND do 4º Grupo do 2º Ciclo do EB e Formadora do CFAE Calvet de Magalhães, Lisboa A Reorganização Curricular do Ensino Básico

Leia mais

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO

RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO RELATÓRIO DE AVALIAÇÃO ACÇÕES CONJUNTAS INSTITUIÇÕES PARTICULARES DE SOLIDARIEDADE SOCIAL DO SEIXAL NA ÁREA DA INFÂNCIA 2009 Elaborado por: Isabel Rosinha Seixal, 28 de Setembro de 2009 Página 1 de 19

Leia mais

Ateliers de Verão Câmara Municipal do Barreiro

Ateliers de Verão Câmara Municipal do Barreiro Programação de Actividades Julho 02 (4ª) 15h00 Edifício Américo Marinho Hum! Hum! Hum! Que delícia!, sessão I 04 (6ª) 15h00 Auditório Municipal Augusto Cabrita Atelier de Movimento, sessão I 07 (2ª) 15h00

Leia mais

C U R R I C U L U M V I T A E

C U R R I C U L U M V I T A E C U R R I C U L U M V I T A E INFORMAÇÃO PESSOAL Nome Morada Correio electrónico Endereço electrónico Luís Miguel Pereira Araújo da Rocha Rua do Teixeira, nº43, 1º 1200-390 Lisboa Telefone 96 252 74 53

Leia mais

EXPOSIÇÃO DE FOTOGRAFIA AGOSTO MMVII TÍTULO: AUTO-RETRATO TÉCNICA: FOTOGRAFIA Nº DE FOTOS : 10 AUTO-RETRATO

EXPOSIÇÃO DE FOTOGRAFIA AGOSTO MMVII TÍTULO: AUTO-RETRATO TÉCNICA: FOTOGRAFIA Nº DE FOTOS : 10 AUTO-RETRATO EXPOSIÇÃO DE FOTOGRAFIA AGOSTO MMVII TÍTULO: AUTO-RETRATO TÉCNICA: FOTOGRAFIA Nº DE FOTOS : 10 AUTO-RETRATO Durante muitos anos dediquei-me profissionalmente à fotografia em todas as fases de pequenas

Leia mais

Ciências / TIC na Escola Dimensões de Cidadania. Adelina Machado João Carlos Sousa

Ciências / TIC na Escola Dimensões de Cidadania. Adelina Machado João Carlos Sousa Ciências / TIC na Escola Dimensões de Cidadania Adelina Machado João Carlos Sousa Ser cidadão hoje... é algo de complexo... integra na construção da sua identidade duas dimensões: uma referente às pertenças

Leia mais

Escola Básica e Secundária de Velas LINHAS DE EXPLORAÇÃO DO QUADRO DE COMPETÊNCIAS. Educação Visual

Escola Básica e Secundária de Velas LINHAS DE EXPLORAÇÃO DO QUADRO DE COMPETÊNCIAS. Educação Visual Escola Básica e Secundária de Velas LINHAS DE EXPLORAÇÃO DO QUADRO DE COMPETÊNCIAS Educação Visual Escola Básica e Secundária de Velas DISCIPLINA: EDUCAÇÃO VISUAL COMPETÊNCIAS ESSENCIAIS REGIONAIS COMPETÊNCIAS

Leia mais

Agrupamento de Escolas António Rodrigues Sampaio Planificação Anual das Atividades Letivas

Agrupamento de Escolas António Rodrigues Sampaio Planificação Anual das Atividades Letivas Departamento Curricular/Ciclo: 1º Ciclo Disciplina: Expressões Artísticas e Físico-Motora Ano de escolaridade: 4º ano Ano letivo: 2015/2016 Perfil do aluno à saída do 1º ciclo: Participar na vida sala

Leia mais

Museu e Memória: os objectos contam a sua história Os objectos que encontras nos museus contam diversas histórias, sobre quem os fez, onde foram

Museu e Memória: os objectos contam a sua história Os objectos que encontras nos museus contam diversas histórias, sobre quem os fez, onde foram 4 Museu e Memória: os objectos contam a sua história Os objectos que encontras nos museus contam diversas histórias, sobre quem os fez, onde foram feitos e quando foram feitos. Queres saber algumas das

Leia mais

2 Grupos com Necessidades Especiais Programa de actividades criadas para grupos com necessidades educativas especiais. 3 Passaporte Escolar

2 Grupos com Necessidades Especiais Programa de actividades criadas para grupos com necessidades educativas especiais. 3 Passaporte Escolar ACTIVIDADES 2014-2015 Público Escolar de Actividades 2014-2015 Actividades de Ano Lectivo de actividades desenvolvidas de acordo com os objectivos preconizados nos programas escolares em vigor para cada

Leia mais

Artistas Convidados exposição 2014 30

Artistas Convidados exposição 2014 30 Artistas Convidados exposição 2014 30 Daniel Antunes Pinheiro Nascido em Moçambique, vive e trabalha em Lisboa. É professor auxiliar da Escola de Belas Artes da Universidade de Lisboa na graduação de arte

Leia mais

EXPOSIÇÕES. PROGRAMAÇÃO GERAL Público Geral Setembro 2012 NOVAS EXPOSIÇÕES TEMPORÁRIAS

EXPOSIÇÕES. PROGRAMAÇÃO GERAL Público Geral Setembro 2012 NOVAS EXPOSIÇÕES TEMPORÁRIAS PROGRAMAÇÃO GERAL Público Geral Setembro 2012 EXPOSIÇÕES Exposições Permanentes Exposições Temporárias Vencer a Distância - Cinco Séculos de Comunicações em Portugal História dos Correios e Telecomunicações

Leia mais

Departamento de Ciências da Educação Licenciatura em Educação de Infância 3º Ano

Departamento de Ciências da Educação Licenciatura em Educação de Infância 3º Ano Departamento de Ciências da Educação Licenciatura em Educação de Infância 3º Ano Programa da disciplina de Oficina de Materiais Educativos Ano lectivo 2008/2009 3 horas semanais Docente: Prof. Doutor Paulo

Leia mais

agenda de Maio :: DIA INTERNACIONAL DOS MUSEUS Em Maio os Museus Estão em Festa Museus como agentes de mudança social e de desenvolvimento (ICOM)

agenda de Maio :: DIA INTERNACIONAL DOS MUSEUS Em Maio os Museus Estão em Festa Museus como agentes de mudança social e de desenvolvimento (ICOM) agenda de Maio :: DIA INTERNACIONAL DOS MUSEUS 2009 O Museu da Chapelaria associa-se mais uma vez às comemorações do Dia Internacional dos Museus com a realização de diferentes actividades. "Museus como

Leia mais

OFICINA DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES EM EMPREENDEDORISMO

OFICINA DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES EM EMPREENDEDORISMO OFICINA DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES EM EMPREENDEDORISMO Modalidade: Oficina de Formação Registo de Acreditação: CCPFC/ACC-79411/14 Duração: 25 horas presenciais + 25 horas não presenciais Destinatários:

Leia mais

plano de acção para a leitura

plano de acção para a leitura plano de acção para a leitura ACTIVIDADES DESENVOLVIDAS ANO LECTIVO 2007-2008 De modo a fazer o enquadramento dos objectivos do Plano Nacional de Leitura o Departamento do Préescolar organizou um projecto

Leia mais

CENTRO DE ARTES DE SINES. Serviço Educativo e Cultural

CENTRO DE ARTES DE SINES. Serviço Educativo e Cultural CENTRO DE ARTES DE SINES Serviço Educativo e Cultural SEMANA DE EDUCAÇÃO ARTISTICA 2015 Em 2015 o Centro de Artes de Sines volta a dedicar especial atenção àquela que é uma das suas prioridades a Educação

Leia mais

2. RAZÕES JUSTIFICATIVAS DA ACÇÃO E SUA INSERÇÃO NO PLANO DE ACTIVIDADES DA ENTIDADE PROPONENTE

2. RAZÕES JUSTIFICATIVAS DA ACÇÃO E SUA INSERÇÃO NO PLANO DE ACTIVIDADES DA ENTIDADE PROPONENTE 1. DESIGNAÇÃO DA ACÇÃO DE FORMAÇÃO Educação Artística Contributos para a Educação para a Sustentabilidade, Ambiente e Reutilização Criativa 2. RAZÕES JUSTIFICATIVAS DA ACÇÃO E SUA INSERÇÃO NO PLANO DE

Leia mais

Jardim de Infância Professor António José Ganhão

Jardim de Infância Professor António José Ganhão Jardim de Infância Professor António José Ganhão Jardim de Infância nº2 ( Brejo ) Jardim de Infância do Centro Escolar de Samora Correia Agrupamento de Escolas de Samora Correia Direcção Executiva Conselho

Leia mais

ACTIVIDADES PARA CRIANÇAS - ASTRONOMIA

ACTIVIDADES PARA CRIANÇAS - ASTRONOMIA ACTIVIDADES PARA CRIANÇAS - ASTRONOMIA Oficina Pedagógica construção de Instrumentos Datas e Locais: 5 e 6 de Agosto às 10:00 - Museu de Lagar Mário Gomes Figueira, Vila Franca da Serra, Gouveia 5 de Agosto

Leia mais

WORKSHOPS ENCONTRO NACIONAL APEVT 28 DE MAIO DE 2011

WORKSHOPS ENCONTRO NACIONAL APEVT 28 DE MAIO DE 2011 WORKSHOPS ENCONTRO NACIONAL APEVT 28 DE MAIO DE 2011 WORKSHOP 1 Cianotipia os desenhos azuis da luz Formador(a) Ricardo Gonçalves WORKSHOP 2 O design gráfico e o design de comunicação na sala de aula de

Leia mais

SERVIÇO EDUCATIVO DA EXPO CELEBRAR OEIRAS

SERVIÇO EDUCATIVO DA EXPO CELEBRAR OEIRAS SERVIÇO EDUCATIVO DA EXPO CELEBRAR OEIRAS A Expo Celebrar Oeiras passado, presente e futuro, que irá estar patente ao público entre Maio e Dezembro, procura dar a conhecer aos visitantes o desenvolvimento

Leia mais

REGULAMENTO CONDIÇÕES GERAIS DE PARTICIPAÇÃO

REGULAMENTO CONDIÇÕES GERAIS DE PARTICIPAÇÃO CRIADORES Jovens Criadores 14 JOVENS 14 REGULAMENTO O concurso Jovens Criadores, visa incentivar e promover valores emergentes de diferentes áreas artísticas. As áreas a concurso são:artes Plásticas, Banda

Leia mais

CURSO LIVRE ILUSTRAÇÃO CIENTÍFICA & DESENHO DE NATUREZA

CURSO LIVRE ILUSTRAÇÃO CIENTÍFICA & DESENHO DE NATUREZA MARCO NUNES CORREIA designer de comunicação ilustrador científico CURSO LIVRE ILUSTRAÇÃO CIENTÍFICA & DESENHO DE NATUREZA CURSO DE LONGA DURAÇÃO: 1 ano letivo 3 MÓDULOS TRIMESTRAIS 1 dia por semana 4 horas

Leia mais

PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO 12ª Classe

PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO 12ª Classe república de angola ministério da educação PROGRAMA DE EMPREENDEDORISMO 12ª Classe 2º Ciclo do Ensino Secundário Geral Ensino Técnico-Profissional FASE DE EXPERIMENTAÇÃO Ficha Técnica Título Programa de

Leia mais

Comunicado de imprensa

Comunicado de imprensa Comunicado de imprensa A educação para a cidadania nas escolas da Europa Em toda a Europa, o reforço da coesão social e a participação activa dos cidadãos na vida social estão no centro das preocupações

Leia mais

1 plano de trabalho. NO CAMINHO PARA CASA ÂNGELA SALDANHA doutoramento em educação artística FBAUP

1 plano de trabalho. NO CAMINHO PARA CASA ÂNGELA SALDANHA doutoramento em educação artística FBAUP NO CAMINHO PARA CASA ÂNGELA SALDANHA doutoramento em educação artística FBAUP Quem nunca se encontrou num ponto em que tudo lhe parece incerto, nunca chegará a nenhuma certeza (...) o espanto (...) é o

Leia mais

anos Serviço Educativo ESCOLAS 2014/2015

anos Serviço Educativo ESCOLAS 2014/2015 40 anos Serviço Educativo ESCOLAS 2014/2015 Em busca da música perdida Em busca da música perdida Todos a bordo? Ignição. E aí vamos nóoooos! Em 2014/2015 o Conservatório de Música de Sintra aposta numa

Leia mais

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ARQUITECTURA I Ano Lectivo 2015/2016

UNIVERSIDADE LUSÍADA DE LISBOA. Programa da Unidade Curricular ARQUITECTURA I Ano Lectivo 2015/2016 Programa da Unidade Curricular ARQUITECTURA I Ano Lectivo 2015/2016 1. Unidade Orgânica Arquitectura e Artes (1º Ciclo) 2. Curso Arquitectura 3. Ciclo de Estudos 1º 4. Unidade Curricular ARQUITECTURA I

Leia mais

BLOCOS CONTEÚDOS OBJETIVOS ATIVIDADES

BLOCOS CONTEÚDOS OBJETIVOS ATIVIDADES 1.º PERÍODO PLANIFICAÇÃO DA ATIVIDADE DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR BLOCOS CONTEÚDOS OBJETIVOS ATIVIDADES. Reconhecimento da importância das artes plásticas;. Desenvolvimento progressivo das possibilidades

Leia mais

MESTRADO EM ARTES VISUAIS INTERMÉDIA ESCOLA DE ARTES DAVD 01/08 MESTRADO ARTES VISUAIS INTERMÉDIA 2010-2012

MESTRADO EM ARTES VISUAIS INTERMÉDIA ESCOLA DE ARTES DAVD 01/08 MESTRADO ARTES VISUAIS INTERMÉDIA 2010-2012 MESTRADO EM ARTES VISUAIS INTERMÉDIA ESCOLA DE ARTES DAVD 01/08 MESTRADO ARTES VISUAIS EM INTERMÉDIA 2010-2012 MESTRADO EM ARTES VISUAIS INTERMÉDIA ESCOLA DE ARTES DAVD 02/08 ORGANIZAÇÃO Universidade de

Leia mais

Centro de Informação Europeia Jacques Delors. Oferta formativa

Centro de Informação Europeia Jacques Delors. Oferta formativa Oferta formativa 2009/2010 Centro de Informação Europeia Jacques Delors DGAE / Ministério dos Negócios Estrangeiros Curso de Formação «A Cidadania Europeia e a Dimensão Europeia na Educação» Formação acreditada,

Leia mais

Apresentação do GIS - Grupo Imigração e Saúde / Parte 2: a utilidade do GIS para os imigrantes

Apresentação do GIS - Grupo Imigração e Saúde / Parte 2: a utilidade do GIS para os imigrantes Iolanda Évora Apresentação do GIS - Grupo Imigração e Saúde / Parte 2: a utilidade do GIS para os imigrantes Apresentado no II Fórum Rede Portuguesa de Cidades Saudáveis Viana do Castelo25-26 de Outubro

Leia mais

Anexo F Grelha de Categorização da Entrevista à Educadora Cooperante

Anexo F Grelha de Categorização da Entrevista à Educadora Cooperante Anexo F Grelha de Categorização da Entrevista à Educadora Cooperante CATEGORIAS SUBCATEGORIAS INDICADORES 1.1. Tempo de serviço docente ( ) 29 anos (1) 1.2. Motivações pela vertente artística ( ) porque

Leia mais

Levantamento dos Temas Prioritários 2006 nos Programas de Trabalho dos Centros Europe Direct

Levantamento dos Temas Prioritários 2006 nos Programas de Trabalho dos Centros Europe Direct Levantamento dos Temas Prioritários 2006 nos Programas de Trabalho dos Centros Europe Direct CENTROS Europe Direct 9 de Maio 20 anos de adesão Primavera da Europa Estratégia de Lisboa (Crescimento & Emprego)

Leia mais

Rodrigo Alzamora. Entre sombras

Rodrigo Alzamora. Entre sombras Rodrigo Alzamora Entre sombras Oriente, 2013 Acrílico s/ tela, 100x81 cm (capa) Ao longo dos últimos cinco anos a obra de Rodrigo Alzamora tem mantido, entre diferenças, os seus dois estilos : O das

Leia mais

FACCAMP FACULDADE CAMPO LIMPO PAULISTA COORDENADORIA DE EXTENSÃO E PESQUISA

FACCAMP FACULDADE CAMPO LIMPO PAULISTA COORDENADORIA DE EXTENSÃO E PESQUISA FACCAMP FACULDADE CAMPO LIMPO PAULISTA COORDENADORIA DE EXTENSÃO E PESQUISA CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU EM ARTE-EDUCAÇÃO 1. Nome do Curso e Área do Conhecimento Curso de Especialização Lato Sensu

Leia mais

ARTE: DA GALERIA À SALA DE AULA

ARTE: DA GALERIA À SALA DE AULA 9. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ÁREA TEMÁTICA: ( X ) CULTURA ARTE: DA GALERIA À SALA DE AULA BASTIANI, Ana Claudia 1 ANDRADE JÚNIOR, Anselmo Rodrigues de 2 PAZ, Wilton 3 RESUMO Com o objetivo

Leia mais

Docentes responsáveis 1 Actividades 1. Workshops. 9. 19 Balanço final do projecto. 22

Docentes responsáveis 1 Actividades 1. Workshops. 9. 19 Balanço final do projecto. 22 Índice: Docentes responsáveis 1 Actividades 1 Grupo1: Actividades desenvolvidas durante as observações nocturnas... 1 Grupo 2: Construção de um espaço na Mediateca reservado à Astronomia, chamado de Cosmoteca

Leia mais

visitas a t e l i e r s workshops criancas, jovens e adultos

visitas a t e l i e r s workshops criancas, jovens e adultos museu visitas da eletricidade set dez 2014 a t e l i e r s workshops criancas, jovens e adultos A programação educativa do Museu da Eletricidade tem como missão motivar públicos, enriquecer a sua experiência

Leia mais

8,9,10 maio 2015. 7 a edição do salão ser mamã. Este vai ser o maior salão ser mamã! salão da pré-mamã, bebé e criança. 7a edição

8,9,10 maio 2015. 7 a edição do salão ser mamã. Este vai ser o maior salão ser mamã! salão da pré-mamã, bebé e criança. 7a edição salão da pré-mamã, bebé e criança ENA! Este vai ser o maior salão ser mamã! informação aos media 8,9,10 maio 2015 7 a edição do salão ser mamã A 1000 Eventos Organização de Eventos Temáticos, irá realizar,

Leia mais

Vamos à Biblioteca Actividades de animação para escolas

Vamos à Biblioteca Actividades de animação para escolas Vamos à Biblioteca Actividades de animação para escolas Ano lectivo 2011-2012 histórias oficinas visitas leituras Bibliotecas Municipais do Porto Biblioteca Municipal Almeida Garrett (BMAG) Biblioteca

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS BÁSICA E SECUNDÁRIA DR. VIEIRA DE CARVALHO SERVIÇO DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS BÁSICA E SECUNDÁRIA DR. VIEIRA DE CARVALHO SERVIÇO DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO OBJETIVOS Os cursos artísticos especializados têm como objectivos proporcionar formação artística, preparando profissionais para diferentes ramos artísticos e fomentar práticas artísticas individuais e

Leia mais

agenda de novembro Feltros do mundo. Arquitecturas de cabeça

agenda de novembro Feltros do mundo. Arquitecturas de cabeça agenda de novembro Feltros do mundo. Arquitecturas de cabeça :: EXPOSIÇÕES TEMPORÁRIAS Feltros do Mundo. Arquitecturas de Cabeça Inserida no âmbito das actividades promovidas em S. João da Madeira a propósito

Leia mais

Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias 2015

Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias 2015 Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias 2015 Índice 1. Objetivos gerais:... 4 2. Objetivos específicos:... 5 3. Estratégias Educativas e Pedagógicas... 6 4. Atividades Sócio-Educativas... 7

Leia mais

Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias

Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias Índice 1. Objectivos gerais:... 4 2. Objectivos específicos:... 5 3. Estratégias Educativas e Pedagógicas... 5 4. Actividades Sócio-Educativas... 6 5.

Leia mais

Lugar dos Gnomos. Um projeto inserido no âmbito da Pedagogia Waldorf

Lugar dos Gnomos. Um projeto inserido no âmbito da Pedagogia Waldorf Lugar dos Gnomos Um projeto inserido no âmbito da Pedagogia Waldorf O Projeto Este projeto nasceu do encontro de três mulheres com uma vontade comum: ver crescer uma Sociedade com pessoas mais saudáveis,

Leia mais

Histórias com sombras

Histórias com sombras Histórias com sombras Oficina de planificação, preparação e apresentação de um teatro de sombras Descobrir as técnicas para construção de um teatro de sombras, é a proposta desta oficina, em que as crianças

Leia mais

PROJETO PEDAGÓGICO PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Ano lectivo 2014/2015 EBI João Gonçalves Zarco

PROJETO PEDAGÓGICO PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Ano lectivo 2014/2015 EBI João Gonçalves Zarco PROJETO PEDAGÓGICO PLANO ANUAL DE ATIVIDADES Ano lectivo 2014/2015 EBI João Gonçalves Zarco Objectivos pedagógicos e gerais do projecto VITAMINA: Proporcionar um espaço onde as famílias, por razões profissionais

Leia mais

Programa Educativo 2014/15 MUSEU ENSINA

Programa Educativo 2014/15 MUSEU ENSINA Programa Educativo 2014/15 MUSEU ENSINA Câmara Municipal de Vila Franca de Xira MUSEU ENSINA Museu Ensina é o programa educativo anual das atividades do Museu do Neo-Realismo que tem como missão dar a

Leia mais

Com o apoio de. Programação e Gestão Cultural Formação Avançada

Com o apoio de. Programação e Gestão Cultural Formação Avançada Com o apoio de Programação e Gestão Cultural EAB Escola de Estudos Avançados das Beiras Programação Instalações da EAB, Edifício Expobeiras, Parque Industrial de Coimbrões, Viseu Contacto Ana Henriques

Leia mais

É possível conjugar uma sessão de cinema com uma oficina.

É possível conjugar uma sessão de cinema com uma oficina. 3 7 Anos ONDE ESTÁ O ARCO-ÍRIS?//////////////////////////////////3 CAIXA MÁGICA////////////////////////////////////////////////////4 CASINHA, CASARÃO, ONDE É QUE ELES VIVERÃO?////////////////////////////5

Leia mais

Um lugar de encontro...sempre!

Um lugar de encontro...sempre! Caro(a) leitor(a) e amigo(a), Um lugar de encontro...sempre! Num mês que se adivinha frio, a Biblioteca surge como uma alternativa, onde pode disfrutar de momentos bem passados, num local aconchegante

Leia mais

Workshop PROCESSING > Marius Watz 11-15 Outubro, 2004 no Espaço Atmosferas em Lisboa.

Workshop PROCESSING > Marius Watz 11-15 Outubro, 2004 no Espaço Atmosferas em Lisboa. Workshop PROCESSING > Marius Watz 11-15 Outubro, 2004 no Espaço Atmosferas em Lisboa. > Sobre o Workshop Nos últimos anos surgiu um novo movimento de designers e artistas que reconhece o potencial do uso

Leia mais

Centro de Estudos Volte Face

Centro de Estudos Volte Face Centro de Estudos Volte Face Curriculum Vitae HISTÓRIA A história do Projecto Volte Face Medalha Contemporânea é recente, pois é fundado no ano lectivo de 1997/1998, na Cadeira de Medalhística da Faculdade

Leia mais

Formadores (1º ano) Locais das oficinas. Data limite de inscrições

Formadores (1º ano) Locais das oficinas. Data limite de inscrições Sementes para a Criatividade É uma acção de formação constituída por duas oficinas, uma de escrita criativa e outra de artes plásticas, em que se prevê: a criação de uma narrativa ilustrada que será submetida

Leia mais

Setembro.2010 F +351 239 499 239

Setembro.2010 F +351 239 499 239 SOFTWARE EDUCATIVO PARA PROMOÇÃO DA LEITURA E LITERACIA PLANO NACIONAL DE LEITURA 1. Apresentação... 2 2. O Plano Nacional de Leitura... 2 3. Ler+com Imagina: Promoção da Leitura e da Literacia com Recurso

Leia mais

PROJECTO PEDAGÓGICO Sala 1-2 anos

PROJECTO PEDAGÓGICO Sala 1-2 anos PROJECTO PEDAGÓGICO Sala 1-2 anos Ano letivo 2015/2016 «Onde nos leva uma obra de arte» Fundamentação teórica (justificação do projeto): As crianças nesta faixa etária (1-2 anos) aprendem com todo o seu

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO SERVIÇO DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DR. VIEIRA DE CARVALHO SERVIÇO DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO PSICÓLOGA ÁUREA SANTOS OBJECTIVOS Os cursos artísticos especializados têm como objectivos proporcionar formação artística, preparando profissionais para diferentes ramos artísticos e fomentar práticas

Leia mais

Conteúdos Bimestrais Sugeridos para a Área Artes Visuais 6º Ano

Conteúdos Bimestrais Sugeridos para a Área Artes Visuais 6º Ano Bimestrais Sugeridos para a Área Artes Visuais 6º Ano Compreendendo as Artes Visuais como área de conhecimento, que busca a formação de um sujeito atuante nos diferentes contextos da sociedade, pretendemos

Leia mais

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA EDUCAÇÃO VISUAL (14) Abril de 2015

INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA EDUCAÇÃO VISUAL (14) Abril de 2015 Direção Geral dos Estabelecimentos Escolares Direção de Serviços Região Algarve Agrupamento de Escolas Manuel Teixeira Gomes - Cód.145464 ESCOLA EB 2.3 PROFESSOR JOSÉ BUÍSEL INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE LISBOA

CÂMARA MUNICIPAL DE LISBOA CÂMARA MUNICIPAL DE LISBOA DIRECÇÃO MUNICIPAL DE CULTURA GRUPO DE TRABALHO PARA AS COMEMORAÇÕES MUNICIPAIS DO CENTENÁRIO DA REPÚBLICA PLANO DE ACTIVIDADES (2010) Lisboa, Dezembro de 2009 1 Comemorações

Leia mais

Regulamento do Ninho de Empresas

Regulamento do Ninho de Empresas Regulamento do Ninho de Empresas Aprovado em Assembleia Geral, a 30 de Março de 2012. Artigo 1.º (Âmbito) O presente regulamento define as condições para a utilização do serviço de ninho de empresas da

Leia mais

Plano de Actividades 2009

Plano de Actividades 2009 Plano de Actividades 2009 Introdução No prosseguimento da sua missão consultiva, instituída no quadro da Lei de Bases do Sistema Educativo de 1986, e tendo por referência a Lei Orgânica (Decreto-lei nº

Leia mais

ARTE CIRCENSE E A EDUCAÇÃO

ARTE CIRCENSE E A EDUCAÇÃO ARTE CIRCENSE E A EDUCAÇÃO Magali Deckert Arndt 1 Noemi Boer 2 Marjorie Dariane da Silva Machado³ Ingrid Mello 4 INTRODUÇÃO O teatro é uma das mais antigas manifestações culturais do homem e o tem acompanhado

Leia mais

Projeto Pedagógico e de Animação 5 dias 5 passos na Cultura. Projeto Pedagógico e de Animação 5 dias 5 passos na Cultura

Projeto Pedagógico e de Animação 5 dias 5 passos na Cultura. Projeto Pedagógico e de Animação 5 dias 5 passos na Cultura Projeto Pedagógico e de Animação 5 dias 5 passos na Cultura 1 Índice 1. Objetivos gerais:... 4 2. Objetivos específicos:... 5 3. Estratégias Educativas e Pedagógicas... 6 4. Atividades Sócio-Educativas...

Leia mais

Eliana Teixeira Filipa Loff Antónia Loff APRESENTAM-NOS A ARTE COMO INSPIRAÇÃO. Espaço Cultura do Edifício AXA janeiro 2015 AXA.

Eliana Teixeira Filipa Loff Antónia Loff APRESENTAM-NOS A ARTE COMO INSPIRAÇÃO. Espaço Cultura do Edifício AXA janeiro 2015 AXA. Antónia Loff APRESENTAM-NOS A ARTE COMO INSPIRAÇÃO Espaço Cultura do Edifício AXA janeiro 2015 AXA Corações em Acção Exposição coletiva de pintura de 3 artistas: Antónia Loff Eliana Moreira Teixeira nasceu

Leia mais

Family Days PORTO. Informação aos Media

Family Days PORTO. Informação aos Media 3 e 4 de Outubro O maior salão de miúdos e graúdos Informação aos Media A 000 Eventos - Organização de Eventos Temáticos, irá realizar, nos próximos dias 3 e 4 de Outubro, de, entre as 0h e as 23h, no

Leia mais

Agrupamento de Escolas Dr. Vieira de Carvalho SERVIÇO DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO

Agrupamento de Escolas Dr. Vieira de Carvalho SERVIÇO DE PSICOLOGIA E ORIENTAÇÃO OBJECTIVOS Os cursos artísticos especializados têm como objectivos proporcionar formação artística, preparando profissionais para diferentes ramos artísticos e fomentar práticas artísticas individuais

Leia mais

Relatório de Actividades no Agrupamento de Escolas de Arraiolos Ano lectivo 2007-2008 Projecto ParticipAR Inovação para a inclusão em Arraiolos

Relatório de Actividades no Agrupamento de Escolas de Arraiolos Ano lectivo 2007-2008 Projecto ParticipAR Inovação para a inclusão em Arraiolos Relatório de Actividades no Agrupamento de Escolas de Arraiolos Ano lectivo 2007-2008 Projecto ParticipAR Inovação para a inclusão em Arraiolos Arraiolos Outubro 2008 Introdução O presente documento apresenta

Leia mais

O Dia Mundial da Poesia comemora-se a 21 de março, tendo sido criado na 30ª Conferência Geral da UNESCO realizada a 16 de novembro de 1999.

O Dia Mundial da Poesia comemora-se a 21 de março, tendo sido criado na 30ª Conferência Geral da UNESCO realizada a 16 de novembro de 1999. O Dia Mundial da Poesia comemora-se a 21 de março, tendo sido criado na 30ª Conferência Geral da UNESCO realizada a 16 de novembro de 1999. A data visa fazer uma reflexão sobre a livre criação de ideias

Leia mais

PROGRAMA DE METODOLOGIA DO ENSINO DE MATEMÁTICA 11ª Classe

PROGRAMA DE METODOLOGIA DO ENSINO DE MATEMÁTICA 11ª Classe PROGRAMA DE METODOLOGIA DO ENSINO DE MATEMÁTICA 11ª Classe Formação de Professores do 1º Ciclo do Ensino Secundário Formação Profissional Ficha Técnica Título Programa de Metodologia do Ensino de Matemática

Leia mais

REGULAMENTO PARA CONCURSO LOGOTIPO SÍMBOLO LETTERING

REGULAMENTO PARA CONCURSO LOGOTIPO SÍMBOLO LETTERING REGULAMENTO PARA CONCURSO LOGOTIPO SÍMBOLO LETTERING A Administração Regional de Saúde do Norte, I.P. (ARSN) desafia o talento dos alunos de design para a concepção de logótipo, símbolo institucional a

Leia mais

FÉRIAS DE VERÃO 2014

FÉRIAS DE VERÃO 2014 FÉRIAS DE VERÃO 2014 O Museu da Carris oferece ateliers didáticos, interdisciplinares e criativos, que vão motivar as suas crianças durante o período de férias de Verão! Há muito para aprender, descobrir

Leia mais

WORKSHOP MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA CASAS POUCO BANAIS ÍNDICE

WORKSHOP MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA CASAS POUCO BANAIS ÍNDICE WORKSHOP MANUAL DE INSTRUÇÕES PARA CASAS POUCO BANAIS organização e coordenação: Apoio: Participação: Local: ÍNDICE 1. WORKSHOP 1.1. Apresentação 1.2. Estrutura 1.3. Objectivos 1.4. Participantes 1.5.

Leia mais

20/01/2016 Quarta-feira MATERNAL I EDUCAÇÃO INFANTIL

20/01/2016 Quarta-feira MATERNAL I EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL I TARDE MATERNAL I MANHÃ 20/01/2016 Quarta-feira MATERNAL I EDUCAÇÃO INFANTIL MATERNAL I MANHÃ - Antes de executar suas tarefas, revise a parte teórica 2ª E 3ª AULA CONHECENDO AS VOGAIS- JOGOS

Leia mais

ESCOLA ARTÍSTICA DE SOARES DOS REIS

ESCOLA ARTÍSTICA DE SOARES DOS REIS ESCOLA ARTÍSTICA DE SOARES DOS REIS 125 anos de ensino artístico A actual Escola Artística de Soares dos Reis foi criada oficialmente em Janeiro de 1884, sendo designada nessa altura como Escola de Desenho

Leia mais

ESCOLA ARTÍSTICA DE SOARES DOS REIS

ESCOLA ARTÍSTICA DE SOARES DOS REIS ESCOLA ARTÍSTICA DE SOARES DOS REIS 125 anos de ensino artístico A actual Escola Artística de Soares dos Reis foi criada oficialmente em Janeiro de 1884, sendo designada nessa altura como Escola de Desenho

Leia mais

Novembro de 2008 ISBN: 978-972-614-430-4. Desenho gráfico: WM Imagem Impressão: Editorial do Ministério da Educação Tiragem: 5 000 exemplares

Novembro de 2008 ISBN: 978-972-614-430-4. Desenho gráfico: WM Imagem Impressão: Editorial do Ministério da Educação Tiragem: 5 000 exemplares Título: Educação em Números - Portugal 2008 Autoria: Gabinete de Estatística e Planeamento da Educação (GEPE)/Ministério da Educação Edição: Gabinete de Estatística e Planeamento da Educação (GEPE)/Ministério

Leia mais

Aula-passeio: como fomentar o trabalho docente em Artes Visuais

Aula-passeio: como fomentar o trabalho docente em Artes Visuais Aula-passeio: como fomentar o trabalho docente em Artes Visuais Introdução O objetivo deste trabalho é demonstrar como as artes visuais podem ser trabalhadas com visitas a museus e centros culturais. Apresenta

Leia mais