SERVIÇO EDUCATIVO APRESENTAÇÃO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "SERVIÇO EDUCATIVO APRESENTAÇÃO"

Transcrição

1

2 APRESENTAÇÃO O Serviço Educativo foi concebido com a missão de ressignificar o Museu da CARRIS como lugar de vivência coletiva, diálogo e partilha de múltiplas vozes, como território de reflexão e experimentação de relações entre o património cultural e o papel histórico-simbólico dos transportes públicos na cidade de Lisboa, em articulação com as exposições temporárias e eventos pontuais do Museu. A ação educativa é vocacionada e adaptada a públicos variados, crianças, jovens, escolas, famílias, adultos e públicos com necessidades específicas, e define como estratégia a realização de atividades pedagógicas, lúdicas e interativas que estimulem o pensamento, sensações e ideias, incentivando a participação e a releitura dos lugares e objetos, através de visitas orientadas, oficinas, cursos, férias temáticas e festas de aniversário. Venha conhecer o Museu através de uma experiência orientada, pedagógica e divertida que não vai esquecer!

3 OBJETIVOS O Serviço Educativo do Museu da CARRIS cumpre os seguintes objetivos: Adquirir competências sociais e cognitivas como espírito de equipa, pensamento crítico, unicidade, sentido de partilha, respeito pelo próximo, estimulando a responsabilidade, a igualdade e o dever cívico. Criar, inventar, surpreender e provocar com o intuito de desenvolver o conhecimento e as emoções. Promover a comunicação através de múltiplas expressões. Apreender a informação sendo capaz de analisar, refletir, relacionar, imaginar, interpretar, aceitar e debater conteúdos e pontos de vista subjetivos. Tomar consciência do conceito de mobilidade temporal e espacial sob a ótica dos transportes públicos. Compreender a função e materialidade dos objetos, fomentando a ação construtiva, o engenho e o alcance motor do próprio corpo. Sensibilização estética por via da observação e prática artística. Alertar para a importância da preservação do património material e imaterial composto pelo serviço prestado à cidade e pelo acervo museológico. Reflexão e exercício em torno do espaço público e privado. Sensibilização para a gestão dos recursos comuns e consciencialização ecológica.

4 INFORMAÇÃO O Museu da CARRIS está atualmente a realizar obras no seu Núcleo I, com vista a melhorar este espaço e nele integrar a componente histórica do Metropolitano de Lisboa, de forma a melhor poder receber os seus visitantes. Prometemos ser breves. Não quisemos, no entanto, deixar de apresentar a oferta do Serviço Educativo do Museu para as Escolas. Em novembro voltaremos a entrar em contacto com mais novidades e um programa de oferta de atividades mais alargado. Não perca!

5 ACOMPANHAMENTO Todas as atividades realizadas pelo Serviço Educativo do Museu da CARRIS são acompanhadas por uma equipa de monitores especializada, do Coletivo Tempos de Vista.

6 VISITA-JOGO VISITA-HISTÓRIA Era uma vez uma visita ao Museu da CARRIS muito bem acompanhada. As portas da CARRIS abrem-se e o interior do nosso livro transporta-os para um percurso museológico cheio de fantasia, desenhos e interação. O livro de visita da CARRIS é um complemento da visita orientada que propõe a valorização da história enquanto espaço imaginário. O grupo é convidado, de forma participativa e dinâmica, a relacionar o espólio do Museu com uma narrativa ilustrada do percurso, objetos e factos documentais. Em média, uma visita tem a duração de 50 minutos.

7 VISITA-JOGO COM OFICINA Esta atividade inicia-se com uma visita-jogo, contudo, as pistas/questões direcionam-se à temática da oficina a desenvolver, permitindo uma ligação direta entre a exposição/coleção do Museu e a atividade. Proporcionam-se diversas experiências e abordam-se diferentes temáticas dentro das vocações próprias do Museu. Propõem-se cursos interdisciplinares que atuem, essencialmente, nas áreas artísticas (desenho, pintura, escultura e fotografia), mas que se articulem com a música, a expressão corporal e a escrita. Direcionam-se a diversas faixas etárias e áreas de formação. Atualmente temos disponíveis dois programas de visita-jogo com oficina. Conheça-os nas páginas seguintes!

8 VISITA-JOGO COM OFICINA OFICINA DE FANTOCHES DE DEDOS Rápido, temos meia hora para inventar uma história e idealizar as nossas personagens, com base no que vimos dentro do Museu! Agora, uma hora para dar vida às personagens imaginárias e fazermos um mini teatro de fantoches com tecidos coloridos, lã, feltro, muitos botões e canetas! Destinatários: dos 4 aos 6 anos Número mín: 15 crianças Número máx: 25 crianças Número de Monitores: 2 Duração: 1 hora e 30 minutos de oficina após visita ao Museu Horários: por marcação

9 VISITA-JOGO COM OFICINA OFICINA DE CONSTRUÇÃO DE TRANSPORTE À NOSSA ESCALA E DESFILE! Vamos construir um transporte à nossa medida com vários caixotes de cartão e nele vamos entrar e fazer um percurso. Cada dupla vai ficar encarregue da construção/ilustração de um módulo, haverão aberturas para a cabeça e braços (janelas) e no fim vamos unir todos os módulos e formar um grande transporte coletivo onde cada um tem o seu lugar no interior. Agora estamos prontos para o desfile! Destinatários: dos 7 aos 10 anos Número mín: 15 crianças Número máx: 25 crianças Número de Monitoras: 2 Duração: 1 hora e 30 minutos de oficina após visita ao Museu Horários: por marcação

10 LISBOA QUEM ÉS TU? Complete um dos programas do Serviço Educativo do Museu da CARRIS com aquele, que é considerado um dos mais bem conseguidos espetáculos de multimédia culturais sobre a história da nossa cidade "Lisboa Quem És Tu?. Este espetáculo utiliza a tecnologia mais recente de desenho digital e animação, ligando o passado ao presente. Sem qualquer barreira linguística, recorre exclusivamente à imagem e a música 100% portuguesa. Usando sistemas de multiprojeção vídeo e multidifusão sonora, conduz os espetadores, durante 30 minutos, numa viagem encantatória pelo universo da capital portuguesa. Sessões: 10:00, 11:00, 12:00, 14:00, 15:00 e 16:00 horas (de 2.ª a 6.ª feira) Lisboa é um palco/plateia onde cada visitante é ator/espectador na tarefa fascinante de descobrir Quem és Tu, Lisboa. Consulte na página seguinte as propostas de bilhete conjunto que temos disponíveis.

11 PREÇOS BILHETES PARA GRUPO ESCOLARES (15 a 25 CRIANÇAS) MUSEU Lisboa quem és tu? MUSEU + Lisboa quem és tu? Visita Livre (idade inferior a 6 anos) Gratuito Visita Livre (idade entre 6 e 18 anos) 1,00 2,00 3,00 Visita Orientada (idade entre 4 e 18 anos) 3,00 2,00 3,50 Visita-Jogo (idade até aos 14 anos) 3,50 2,00 4,00 Visita-Jogo com Oficina (idade até aos 14 anos) 5,00 2,00 6,00

12 CONTACTOS: Serviço Educativo do Museu da CARRIS M: Rua 1º de Maio, , Lisboa T: E: S:

Férias de Verão no Museu da CARRIS Semanas Temáticas Expressão Plástica Expressão Corporal Expressão Musical

Férias de Verão no Museu da CARRIS Semanas Temáticas Expressão Plástica Expressão Corporal Expressão Musical A ação educativa nas Semanas Temáticas do Museu da CARRIS é vocacionada para crianças e jovens adolescentes. Propõe a realização de atividades lúdicas e interativas que estimulem o pensamento, sensações

Leia mais

EXPOSIÇÕES. PROGRAMAÇÃO GERAL Público Geral Setembro 2012 NOVAS EXPOSIÇÕES TEMPORÁRIAS

EXPOSIÇÕES. PROGRAMAÇÃO GERAL Público Geral Setembro 2012 NOVAS EXPOSIÇÕES TEMPORÁRIAS PROGRAMAÇÃO GERAL Público Geral Setembro 2012 EXPOSIÇÕES Exposições Permanentes Exposições Temporárias Vencer a Distância - Cinco Séculos de Comunicações em Portugal História dos Correios e Telecomunicações

Leia mais

Festa de Aniversário Tabela de Serviços

Festa de Aniversário Tabela de Serviços Festa de Aniversário Tabela de Serviços Serviço Condições Preço FESTA DA IMAGEM - bolo de aniversário brinde da casa para o aniversariante Sábado e Domingo: 8* FESTA DA CASA - bolo de aniversário brinde

Leia mais

Museu e Memória: os objectos contam a sua história Os objectos que encontras nos museus contam diversas histórias, sobre quem os fez, onde foram

Museu e Memória: os objectos contam a sua história Os objectos que encontras nos museus contam diversas histórias, sobre quem os fez, onde foram 4 Museu e Memória: os objectos contam a sua história Os objectos que encontras nos museus contam diversas histórias, sobre quem os fez, onde foram feitos e quando foram feitos. Queres saber algumas das

Leia mais

Ateliers de Verão Câmara Municipal do Barreiro

Ateliers de Verão Câmara Municipal do Barreiro Programação de Actividades Julho 02 (4ª) 15h00 Edifício Américo Marinho Hum! Hum! Hum! Que delícia!, sessão I 04 (6ª) 15h00 Auditório Municipal Augusto Cabrita Atelier de Movimento, sessão I 07 (2ª) 15h00

Leia mais

ATELIER-MUSEU JÚLIO POMAR. Em Torno do Acervo Abril a Setembro 2013 Serviço Educativo. coordenação / documentação Teresa Santos

ATELIER-MUSEU JÚLIO POMAR. Em Torno do Acervo Abril a Setembro 2013 Serviço Educativo. coordenação / documentação Teresa Santos ATELIER-MUSEU JÚLIO POMAR Em Torno do Acervo Abril a Setembro 2013 Serviço Educativo coordenação / documentação Teresa Santos O Atelier-Museu Júlio Pomar é um espaço dedicado à conservação, ao estudo e

Leia mais

Agrupamento de Escolas António Rodrigues Sampaio Planificação Anual das Atividades Letivas

Agrupamento de Escolas António Rodrigues Sampaio Planificação Anual das Atividades Letivas Departamento Curricular/Ciclo: 1º Ciclo Disciplina: Expressões Artísticas e Físico-Motora Ano de escolaridade: 4º ano Ano letivo: 2015/2016 Perfil do aluno à saída do 1º ciclo: Participar na vida sala

Leia mais

WORKSHOPS Jovens dos 12 aos 15 anos

WORKSHOPS Jovens dos 12 aos 15 anos VERÃO 2011 WORKSHOPS Jovens dos 12 aos 15 anos Oficina de BD Neste workshop não se faz apenas banda desenhada: faz-se um fanzine de banda desenhada! Vamos criar uma história com base no teu imaginário

Leia mais

Livro com atividades para colorir, desenhar, construir, e muito mais! Este livro pertence a

Livro com atividades para colorir, desenhar, construir, e muito mais! Este livro pertence a Livro com atividades para colorir, desenhar, construir, e muito mais! Este livro pertence a CENTRO DE PSICOLOGIA APLICADA DO EXÉRCITO NÚCLEO DE APOIO PSICOLÓGICO E INTERVENÇÃO NA CRISE Edição - Julho 2014

Leia mais

É possível conjugar uma sessão de cinema com uma oficina.

É possível conjugar uma sessão de cinema com uma oficina. 12 18 Anos ESTAS IMAGENS SÃO UM RODOPIO!/////////////////////////////////////// 3 CINEMA EM CASA!////////////////////////////////////////////////////////////////////// 4 BRINQUEDOS ÓPTICOS///////////////////////////////////////////////////////////////

Leia mais

2 Grupos com Necessidades Especiais Programa de actividades criadas para grupos com necessidades educativas especiais. 3 Passaporte Escolar

2 Grupos com Necessidades Especiais Programa de actividades criadas para grupos com necessidades educativas especiais. 3 Passaporte Escolar ACTIVIDADES 2014-2015 Público Escolar de Actividades 2014-2015 Actividades de Ano Lectivo de actividades desenvolvidas de acordo com os objectivos preconizados nos programas escolares em vigor para cada

Leia mais

Envolver Programa do Serviço Educativo 2014-2015 ANIVERSÁRIOS. www.museuberardo.pt/educacao/atividades/aniversarios

Envolver Programa do Serviço Educativo 2014-2015 ANIVERSÁRIOS. www.museuberardo.pt/educacao/atividades/aniversarios Envolver Programa do Serviço Educativo 2014-2015 www.museuberardo.pt/educacao/atividades/aniversarios 4-6 anos / Duração média: 2 horas a 2 horas e 30 minutos 2 MAGIA NO MUSEU Há magia no ar! As obras

Leia mais

É possível conjugar uma sessão de cinema com uma oficina.

É possível conjugar uma sessão de cinema com uma oficina. 7 12 Anos ESTAS IMAGENS SÃO UM RODOPIO!///////////////////// 3 CINEMA EM CASA!//////////////////////////////////////////////////// 4 QUE FEITIÇO É ESTE?/////////////////////////////////////////////////

Leia mais

FÉRIAS DE VERÃO 2014

FÉRIAS DE VERÃO 2014 FÉRIAS DE VERÃO 2014 O Museu da Carris oferece ateliers didáticos, interdisciplinares e criativos, que vão motivar as suas crianças durante o período de férias de Verão! Há muito para aprender, descobrir

Leia mais

Family Days PORTO. Informação aos Media

Family Days PORTO. Informação aos Media 3 e 4 de Outubro O maior salão de miúdos e graúdos Informação aos Media A 000 Eventos - Organização de Eventos Temáticos, irá realizar, nos próximos dias 3 e 4 de Outubro, de, entre as 0h e as 23h, no

Leia mais

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE REDONDO PROJETO EDUCATIVO. Indicações para Operacionalização 2012-2015

AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE REDONDO PROJETO EDUCATIVO. Indicações para Operacionalização 2012-2015 AGRUPAMENTO DE ESCOLAS DE REDONDO PROJETO EDUCATIVO Indicações para Operacionalização 2012-2015 O Plano Anual de Atividades do Agrupamento é relevante para toda a Comunidade Educativa. Por ele se operacionalizam

Leia mais

É possível conjugar uma sessão de cinema com uma oficina.

É possível conjugar uma sessão de cinema com uma oficina. 3 7 Anos ONDE ESTÁ O ARCO-ÍRIS?//////////////////////////////////3 CAIXA MÁGICA////////////////////////////////////////////////////4 CASINHA, CASARÃO, ONDE É QUE ELES VIVERÃO?////////////////////////////5

Leia mais

Educação Física Inclusiva

Educação Física Inclusiva LUIZ HENRIQUE DE PAULA CONCEIÇÃO 1 RODRIGO HÜBNER MENDES 2 Educação Física Inclusiva O esporte para pessoas com deficiência teve seu início após a Primeira Guerra Mundial, como forma de tratamento de soldados

Leia mais

Instituto de Educação

Instituto de Educação Instituto de Educação Universidade de Lisboa Oferta Formativa Pós-Graduada Doutoramento em Educação Especialização: Administração e Política Educacional Edição Instituto de Educação da Universidade de

Leia mais

20 Anos de Tradição Carinho, Amor e Educação.

20 Anos de Tradição Carinho, Amor e Educação. Colégio Tutto Amore Colégio Sapience Carinho, Amor e Educação. Trabalhamos com meio-período e integral em todos os níveis de ensino. www.tuttoamore.com.br Nossa História No ano de 1993 deu-se o ponto de

Leia mais

Implantação de Núcleos de Ação Educativa em Museus 1/72

Implantação de Núcleos de Ação Educativa em Museus 1/72 Implantação de Núcleos de Ação Educativa em Museus 1/72 Acessibilidade em Museus. 2/72 Ações para ampliar a acessibilidade em museus 3/72 A acessibilidade nos museus é um tema que interessa a todos e está

Leia mais

(formação + emprego) = oportunidade

(formação + emprego) = oportunidade (formação + emprego) = oportunidade Crescendo juntos Crescer Fazendo Gerando oportunidades aos nossos jovens A União Meridianos, constitui-se como uma organização especializada na intervenção com jovens

Leia mais

- Visitas orientadas Público-alvo: público geral

- Visitas orientadas Público-alvo: público geral Criado em 2006, o Serviço Educativo do Museu de Santa Maria de Lamas (MSML) tem desenvolvido um conjunto de actividades pedagógicas e lúdicas, no sentido de divulgar o património integrado no seu vasto

Leia mais

O ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO -AEE E O ALUNO COM SURDOCEGUEIRA E OU COM

O ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO -AEE E O ALUNO COM SURDOCEGUEIRA E OU COM O ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO -AEE E O ALUNO COM SURDOCEGUEIRA E OU COM DEFICIÊNCIA MÚLTPLA A pessoa com Surdocegueira O conceito de surdocegueira Surdocegueira é uma condição que apresenta outras

Leia mais

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA ARQUIVO DO TEATRO NACIONAL D. MARIA II, E.P.E.

REGULAMENTO DA BIBLIOTECA ARQUIVO DO TEATRO NACIONAL D. MARIA II, E.P.E. REGULAMENTO DA BIBLIOTECA ARQUIVO DO TEATRO NACIONAL D. MARIA II, E.P.E. Preâmbulo A Biblioteca Arquivo do Teatro Nacional D. Maria II, E.P.E., também designada por B A, é responsável pela salvaguarda

Leia mais

REDE MUSEOLÓGICA DO CONCELHO DE PENICHE ATIVIDADES DE SERVIÇO EDUCATIVO ANO LETIVO 2012/2013

REDE MUSEOLÓGICA DO CONCELHO DE PENICHE ATIVIDADES DE SERVIÇO EDUCATIVO ANO LETIVO 2012/2013 REDE MUSEOLÓGICA DO CONCELHO DE PENICHE ATIVIDADES DE SERVIÇO EDUCATIVO ANO LETIVO 2012/2013 A REDE MUSEOLÓGICA A é um projeto estratégico promovido pelo município que visa a qualificação, estudo, preservação

Leia mais

Atividades de educação ambiental

Atividades de educação ambiental 1213 Centro Atividades de educação ambiental Ambiental da Pena 1 Introdução / Com vista à preservação e gestão equilibrada dos recursos naturais existentes no nosso planeta e face às alterações que o mesmo

Leia mais

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA LOGOTIPO MACMILLAN BRASIL Utilização colorido; preto/branco e negativo Professor, nós, da Editora Moderna, temos como propósito uma educação de qualidade, que

Leia mais

REDE MUSEOLÓGICA DO CONCELHO DE PENICHE ATIVIDADES DE SERVIÇO EDUCATIVO ANO LETIVO 2014/2015

REDE MUSEOLÓGICA DO CONCELHO DE PENICHE ATIVIDADES DE SERVIÇO EDUCATIVO ANO LETIVO 2014/2015 REDE MUSEOLÓGICA DO CONCELHO DE PENICHE ATIVIDADES DE SERVIÇO EDUCATIVO ANO LETIVO 2014/2015 A REDE MUSEOLÓGICA A é um projeto estratégico promovido pelo município que visa a qualificação, estudo, preservação

Leia mais

CONFERÊNCIA INTERNACIONAL SOBRE OS SETE SABERES NECESSÁRIOS À EDUCAÇÃO DO FUTURO PROPOSTA DE MINI-CURSO

CONFERÊNCIA INTERNACIONAL SOBRE OS SETE SABERES NECESSÁRIOS À EDUCAÇÃO DO FUTURO PROPOSTA DE MINI-CURSO CONFERÊNCIA INTERNACIONAL SOBRE OS SETE SABERES NECESSÁRIOS À EDUCAÇÃO DO FUTURO PROPOSTA DE MINI-CURSO HISTÓRIAS DE VIDA: O PAPEL DA LITERATURA DA REALIDADE NO DESPERTAR DE UMA CONSCIÊNCIA CIDADÃ. Viviane

Leia mais

A Universidade do Porto

A Universidade do Porto 1 CDI 2013/14. Licenciatura em Ciências da Comunicação, U.P. Desenho e produção de um Sítio Web A Universidade do Porto Apesar da já existência de vários sites ligados à Universidade do Porto, optámos

Leia mais

Agrupamento de Escolas de Santiago do Cacém Plano Anual de Atividades de Animação 2015/2016

Agrupamento de Escolas de Santiago do Cacém Plano Anual de Atividades de Animação 2015/2016 Calendarização / Mês Tema Objetivos Responsáveis pela Atividade Outubro Outono - Desenvolver o gosto pelo saber; Halloween - Valorizar diferentes formas de conhecimento, Dia Mundial da Alimentação comunicação

Leia mais

O UniBH quer ser seu parceiro em seu projeto de vida!

O UniBH quer ser seu parceiro em seu projeto de vida! Pósgraduação 2016 O UniBH quer ser seu parceiro em seu projeto de vida! Estamos na era do conhecimento: não existe mais data para encerrar os estudos para atender a um mercado em constantes mudanças. Para

Leia mais

INGLÊS. 1. Objeto de avaliação INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA. Prova 06 2015

INGLÊS. 1. Objeto de avaliação INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA. Prova 06 2015 INFORMAÇÃO PROVA DE EQUIVALÊNCIA À FREQUÊNCIA INGLÊS Prova 06 2015 1ª e 2ª Fase Tipo de prova: Escrita / Oral 2º Ciclo do Ensino Básico (Decreto-Lei nº 139/2012, de 5 de julho) O presente documento divulga

Leia mais

Planificação Anual 3º ano

Planificação Anual 3º ano ESCOLA BÁSICA E SECUNDÁRIA DA GRACIOSA Planificação Anual 3º ano Expressões e Cidadania Página1 Desenho de expressão livre Desenhar no chão do recreio; Desenhar no quadro da sala; Planificação Anual de

Leia mais

Sessões Temáticas. Centro de Monitorização e Interpretação Ambiental de Viana do Castelo

Sessões Temáticas. Centro de Monitorização e Interpretação Ambiental de Viana do Castelo Sessões Temáticas Centro de Monitorização e Interpretação Ambiental de Viana do Castelo Apresentação O Centro de Monitorização e Interpretação Ambiental (CMIA) foi desenvolvido no âmbito do Programa Polis,

Leia mais

SERVIÇO EDUCATIVO DA EXPO CELEBRAR OEIRAS

SERVIÇO EDUCATIVO DA EXPO CELEBRAR OEIRAS SERVIÇO EDUCATIVO DA EXPO CELEBRAR OEIRAS A Expo Celebrar Oeiras passado, presente e futuro, que irá estar patente ao público entre Maio e Dezembro, procura dar a conhecer aos visitantes o desenvolvimento

Leia mais

TENDÊNCIAS RECENTES DOS ESTUDOS E DAS PRÁTICAS CURRICULARES

TENDÊNCIAS RECENTES DOS ESTUDOS E DAS PRÁTICAS CURRICULARES TENDÊNCIAS RECENTES DOS ESTUDOS E DAS PRÁTICAS CURRICULARES Inês Barbosa de Oliveira O desafio de discutir os estudos e as práticas curriculares, sejam elas ligadas à educação de jovens e adultos ou ao

Leia mais

DGEstE Direção de Serviços da Região Centro

DGEstE Direção de Serviços da Região Centro DGEstE Direção de Serviços da Região Centro Bibliotecas Escolares - Plano Anual de Atividades (PAA) Ano letivo 2014/2015 Este PAA encontra-se estruturado em 4 domínios (seguindo as orientações da RBE)

Leia mais

Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias

Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias Projeto Pedagógico e de Animação Do Estremoz Férias Índice 1. Objetivos gerais:... 4 2. Objetivos específicos:... 5 3. Estratégias Educativas e Pedagógicas... 6 4. Atividades Sócio-Educativas... 7 5. Propostas

Leia mais

Mão na roda. Projetos temáticos

Mão na roda. Projetos temáticos Material elaborado pelo Ético Sistema de Ensino Educação infantil Publicado em 2011 Projetos temáticos Educação Infantil Data: / / Nível: Escola: Nome: Mão na roda Justificativa A origem da invenção da

Leia mais

Novas Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil

Novas Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil Novas Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil Zilma de Moraes Ramos de Oliveira zilmaoliveira@uol.com.br Apoio Parceria Coordenação Técnica Iniciativa OBJETIVOS Discutir as implicações

Leia mais

COM CONTA, PESO E MEDIDA!

COM CONTA, PESO E MEDIDA! COM CONTA, PESO E MEDIDA! Poderemos nós medir uma obra de arte Terão as ideias e as sensações que ela nos provoca um peso certo O que teremos de utilizar para medir as obras muito pequeninas e as muito

Leia mais

Planificação Anual. Competências Aprendizagens Atividades/Estratégias Avaliação. Registo e produções - Confiança

Planificação Anual. Competências Aprendizagens Atividades/Estratégias Avaliação. Registo e produções - Confiança Planificação Anual Professor: Gabriela Maria R. D. T. L. C. Silva Disciplina: Ano: préescolar Turma: I Ano letivo: 2014-2015 Competências Aprendizagens Atividades/Estratégias Avaliação Facilitar a adaptação

Leia mais

PLANIFICAÇÃO ANUAL Actividades de Enriquecimento Curricular Expressão Dramática/Teatro e Corporal

PLANIFICAÇÃO ANUAL Actividades de Enriquecimento Curricular Expressão Dramática/Teatro e Corporal PLANIFICAÇÃO ANUAL Actividades de Enriquecimento Curricular Expressão Dramática/Teatro e Corporal Ano de escolaridade: 3.º e 4.º Ano Ano lectivo: 2011/2012 Professor/a da Disciplina:... Agrupamento/Escola:.

Leia mais

QUESTÃO 1. 1. a Certificação de Habilidade Específica de 2011 Prova de Habilidades Específicas Arquitetura e Urbanismo 1

QUESTÃO 1. 1. a Certificação de Habilidade Específica de 2011 Prova de Habilidades Específicas Arquitetura e Urbanismo 1 QUESTÃO 1 Desenho de Observação A mão desenhava. Mas não desenhava em uma superfície plana. Gravar era desenhar em três dimensões. Era cavar ou criar um relevo. Ver o volume. E o volume tanto era interno

Leia mais

AEC ALE EXPRESSÃO PLÁSTICA. Planificação. 1.º Ciclo do Ensino Básico

AEC ALE EXPRESSÃO PLÁSTICA. Planificação. 1.º Ciclo do Ensino Básico ATIVIDADES DE ENRIQUECIMENTO CURRICULAR ANO LETIVO AEC ALE EXPRESSÃO PLÁSTICA Planificação 1.º Ciclo do Ensino Básico 1. Introdução A atividade de enriquecimento curricular, ALE (atividades lúdico-expressivas)

Leia mais

AULA 07. Profª Matilde Flório. Concurso PMSP- 2011 Reflexões Gerais para as dissertativas (recorte...)

AULA 07. Profª Matilde Flório. Concurso PMSP- 2011 Reflexões Gerais para as dissertativas (recorte...) AULA 07 Profª Matilde Flório Concurso PMSP- 2011 Reflexões Gerais para as dissertativas (recorte...) Concurso PMSP- 2011 Reflexões Gerais para as dissertativas (recorte...) FÁBRICA DE IDÉIAS PEDAGÓGICAS

Leia mais

Plano de Intervenção 2014-15

Plano de Intervenção 2014-15 Plano de Intervenção 2014-15 Os agrupamentos de escolas que já integram a Rede aler+ são convidados a apresentarem um Plano de Intervenção que evidencie a centralidade da leitura e envolva os jardins de

Leia mais

O Ateliê. PROGRAMA DE ATIVIDADES PARA GRUPOS ESCOLARES TODOS OS NÍVEIS DE ENSINO Março/Abril 2013. 6 anos. >7 anos. > 10 anos

O Ateliê. PROGRAMA DE ATIVIDADES PARA GRUPOS ESCOLARES TODOS OS NÍVEIS DE ENSINO Março/Abril 2013. 6 anos. >7 anos. > 10 anos Av. República, 300 2750-475 Cascais tel. +351 214 826 970 actividades.se@casadashistorias.com www.casadashistoriaspaularego.com Fevereiro 2013 O Ateliê PROGRAMA DE ATIVIDADES PARA GRUPOS ESCOLARES TODOS

Leia mais

Profa. Ma. Adriana Rosa

Profa. Ma. Adriana Rosa Unidade I ALFABETIZAÇÃO E LETRAMENTO Profa. Ma. Adriana Rosa Ementa A teoria construtivista: principais contribuições, possibilidades de trabalho pedagógico. Conceito de alfabetização: história e evolução.

Leia mais

MATEMÁTICA EM TODA PARTE II

MATEMÁTICA EM TODA PARTE II MATEMÁTICA EM TODA PARTE II Episódio: Matemática na Cidade Resumo O Episódio Matemática na Cidade, o segundo da série Matemática em Toda Parte II, vai abordar situações envolvendo fluxo e movimento nas

Leia mais

OFICINA DA PESQUISA. Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos carlos@oficinadapesquisa.com.br www.oficinadapesquisa.com.br

OFICINA DA PESQUISA. Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos carlos@oficinadapesquisa.com.br www.oficinadapesquisa.com.br OFICINA DA PESQUISA Prof. Ms. Carlos José Giudice dos Santos carlos@oficinadapesquisa.com.br www.oficinadapesquisa.com.br APOSTILA 5 INTRODUÇÃO À ENGENHARIA Belo Horizonte Introdução ao Projeto em Engenharia

Leia mais

Cursos de Verão. Ficha de Inscrição. Candidato Dados Pessoais. Candidato Dados Escolares

Cursos de Verão. Ficha de Inscrição. Candidato Dados Pessoais. Candidato Dados Escolares Cursos de Verão A 5ª edição dos Cursos de Verão, a realizar no Verão de 2009, será para mais de 5000 estudantes. Tu também podes ser um deles! Por isso, se estás a frequentar, neste ano lectivo (08/09),

Leia mais

Orientações para Professores. Prezado professor,

Orientações para Professores. Prezado professor, Orientações para Professores Prezado professor, No ano em que a Oficina do texto comemora 10 anos, todos os olhares se voltam para um país em especial: a África do Sul sede da Copa do Mundo de Futebol.

Leia mais

CONCURSO PARA A REDE DE ESCOLAS ASSOCIADAS DA UNESCO

CONCURSO PARA A REDE DE ESCOLAS ASSOCIADAS DA UNESCO CONCURSO PARA A REDE DE ESCOLAS ASSOCIADAS DA UNESCO AGRICULTURA FAMILIAR Comissão Nacional da UNESCO ; u r l: h t t p : / / w w w. u n e s c o p o r t u g a l. m n e. p t Concurso para a Rede de Escolas

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE EDUCAÇÃO CEPAE Centro de Ensino, Pesquisa, Extensão e Atendimento em Educação Especial

UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE EDUCAÇÃO CEPAE Centro de Ensino, Pesquisa, Extensão e Atendimento em Educação Especial UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA FACULDADE DE EDUCAÇÃO CEPAE Centro de Ensino, Pesquisa, Extensão e Atendimento em Educação Especial RELATÓRIO DE ATIVIDADES O CEPAE Centro de Ensino, Pesquisa, Extensão

Leia mais

Sticker Art: Uma ferramenta de inclusão e conscientização do valor da arte

Sticker Art: Uma ferramenta de inclusão e conscientização do valor da arte Sticker Art: Uma ferramenta de inclusão e conscientização do valor da arte Priscila de Macedo Pereira e Souza Resumo: Uma experiência numa escola pública de Goiânia, usando da técnica Sticker Art para

Leia mais

DA LITERATURA AO TEATRO: LEITURA E CRIAÇÃO NO ESPAÇO ESCOLAR

DA LITERATURA AO TEATRO: LEITURA E CRIAÇÃO NO ESPAÇO ESCOLAR DA LITERATURA AO TEATRO: LEITURA E CRIAÇÃO NO ESPAÇO ESCOLAR MARINA COELHO PEREIRA (FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE NITERÓI), KAREN CERDEIRA BECK (FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE NITERÓI), TATIANA

Leia mais

Competências Gerais a Desenvolver no Pré-Escolar

Competências Gerais a Desenvolver no Pré-Escolar Competências Gerais a Desenvolver no Pré-Escolar ÁREA DA FORMAÇÃO PESSOAL E SOCIAL SOCIALIZAÇÃO Desenvolver atitudes procedimentos e conceitos Interiorizar valores espirituais morais e críticos Desenvolver

Leia mais

Programa para Cultura e Educação no Porto 07-Jul-2009

Programa para Cultura e Educação no Porto 07-Jul-2009 Programa para Cultura e Educação no Porto 07Jul2009 Numa cidade «com fortes tradições culturais, com a maior universidade e a maior escola de artes do país, com uma enorme diversidade de instituições de

Leia mais

Ficha de Caracterização de Entidade/Projecto Emprega o Futuro

Ficha de Caracterização de Entidade/Projecto Emprega o Futuro Ficha de Caracterização de Entidade/Projecto Emprega o Futuro 2 A. IDENTIFICAÇÃO GERAL DA ENTIDADE Projecto(s) Emprega o Futuro Programa Escolhas 4ª Geração Promotor(es): ISU - Instituto de Solidariedade

Leia mais

29 de julho de 2014. 1ª Reunião do Observatório da Mobilidade Urbana de Belo Horizonte

29 de julho de 2014. 1ª Reunião do Observatório da Mobilidade Urbana de Belo Horizonte 1ª Reunião do Observatório da Mobilidade Urbana de Belo Horizonte Mesa 1: Acessibilidade e qualidade do transporte coletivo e das calçadas de Belo Horizonte Em que medida o PlanMob-BH considerou e avançou

Leia mais

Aniversários. no CCB

Aniversários. no CCB Aniversários no CCB Para quem quer crescer de verdade e trazer sempre consigo os melhores amigos escolhidos a dedo... Fazer uma travessia no lago do tempo, numa jangada habitada por atores, bailarinos,

Leia mais

Direito de Autor e Internet

Direito de Autor e Internet Direito de Autor e Internet Sabes o que estás a fazer? P2P Peer-to-peer (P2P) partilha de ficheiros em que dois computadores são ao mesmo tempo cliente e servidor, conseguindo assim, por exemplo, com recurso

Leia mais

5 Congresso Internacional. Marista de Educação. 2º Congresso Marista de Educandos e Famílias

5 Congresso Internacional. Marista de Educação. 2º Congresso Marista de Educandos e Famílias o 5 Congresso Internacional Marista de Educação 2º Congresso Marista de Educandos e Famílias Educação de Qualidade: sentidos, experiências e horizontes 11 a 14 outubro 2016 Centro de Convenções de Pernambuco

Leia mais

EMPREENDEDORISMO: O CONTEXTO NACIONAL

EMPREENDEDORISMO: O CONTEXTO NACIONAL EMPREENDEDORISMO: O CONTEXTO NACIONAL Entrevista com Eng.º Victor Sá Carneiro N uma época de grandes transformações na economia dos países, em que a temática do Empreendedorismo assume uma grande relevância

Leia mais

Dia da Criança é a 1 de Junho

Dia da Criança é a 1 de Junho 1 de 5 24-05-2016 21:05 Versão web Actualizar preferências Remover subscrição Gostar Tweet Reenviar Dia da Criança é a 1 de Junho Apesar do trabalho que dão, as crianças são o melhor que o mundo tem para

Leia mais

Escola da Ponte PROJETO EDUCATIVO

Escola da Ponte PROJETO EDUCATIVO PROJETO EDUCATIVO PRINCÍPIOS FUNDADORES I - SOBRE OS VALORES MATRICIAIS DO PROJECTO 1- Uma equipa coesa e solidária e uma intencionalidade educativa claramente reconhecida e assumida por todos (alunos,

Leia mais

Instituto de Arqueologia constrói castelo islâmico em Anchieta, no Rio de Janeiro (RJ), e atrai interessados

Instituto de Arqueologia constrói castelo islâmico em Anchieta, no Rio de Janeiro (RJ), e atrai interessados Instituto de Arqueologia constrói castelo islâmico em Anchieta, no Rio de Janeiro (RJ), e atrai interessados Instituto mantém o Museu da Humanidade com itens que mostram a evolução do homem. Crianças fazem

Leia mais

MNN MARKETING NÚCLEO DE NEGÓCIOS

MNN MARKETING NÚCLEO DE NEGÓCIOS MNN MARKETING NÚCLEO DE NEGÓCIOS QUAIS SÃO SEUS OBJETIVOS? O QUE VOCÊ QUER CONQUISTAR NOS PRÓXIMOS 12 MESES? CASA QUAIS SÃO SEUS SONHOS? VIAGEM CARRO Imagens meramente ilustrativas. ESTILO DE VIDA QUANTAS

Leia mais

INSTITUTO BRASIL SOLIDÁRIO

INSTITUTO BRASIL SOLIDÁRIO INSTITUTO Programa de Desenvolvimento BRASIL da Educação SOLIDÁRIO - PDE Programa de Desenvolvimento da Educação PDE REFERÊNCIAS VISUAIS INCENTIVO A LEITURA O Instituto Brasil Solidário IBS é uma OSCIP

Leia mais

Coleção Caminhos para o desenvolvimento de Organizações da Sociedade Civil

Coleção Caminhos para o desenvolvimento de Organizações da Sociedade Civil Coleção Caminhos para o desenvolvimento de Organizações da Sociedade Civil Elaborar bons projetos: diferenciais.4 Transformar esforço em resultado Espera-se que uma equipe ao elaborar um projeto desenvolva

Leia mais

*Doutora em Lingüística (UNICAMP), Professora da Universidade Federal de Viçosa (UFV).

*Doutora em Lingüística (UNICAMP), Professora da Universidade Federal de Viçosa (UFV). PRÁTICAS DE LEITURA EM SALA DE AULA: O USO DE FILMES E DEMAIS PRODUÇÕES CINEMATOGRÁFICAS EM AULAS DE LÍNGUA - PORTUGUESA 52 - Adriana da Silva* adria.silva@ufv.br Alex Caldas Simões** axbr1@yahoo.com.br

Leia mais

COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS Equipa de Animação Pastoral

COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS Equipa de Animação Pastoral COLÉGIO INTERNATO DOS CARVALHOS Equipa de Animação Pastoral Advento 2014 (Campanha de Preparação para o Natal) A ALEGRIA E A BELEZA DE VIVER EM FAMÍLIA. O tempo do Advento, que devido ao calendário escolar

Leia mais

Plano Anual de Atividades do Agrupamento de Escolas Sá de Miranda. Planificação de Atividades - Ano Letivo 2014/2015

Plano Anual de Atividades do Agrupamento de Escolas Sá de Miranda. Planificação de Atividades - Ano Letivo 2014/2015 Plano Anual de Atividades do de Escolas Sá de Miranda Planificação de Atividades - Ano Letivo 2014/2015 (devem ser indicadas as atividades que ultrapassem a dimensão do pequeno grupo ou da turma) Calendarizaç

Leia mais

Cumprimento das actividades definidas no Plano Curricular Anual

Cumprimento das actividades definidas no Plano Curricular Anual Cumprimento das actividades definidas no Plano Curricular Anual Áreas de Conteúdo Actividades planificadas e realizadas Actividades planificadas e não realizadas Actividades não planificadas e realizadas

Leia mais

INICIAÇÃO CIENTÍFICA PARA DEFICIENTE AUDITIVO: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA DE TRABALHO REALIZADO EM COLÉGIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

INICIAÇÃO CIENTÍFICA PARA DEFICIENTE AUDITIVO: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA DE TRABALHO REALIZADO EM COLÉGIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO INICIAÇÃO CIENTÍFICA PARA DEFICIENTE AUDITIVO: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA DE TRABALHO REALIZADO EM COLÉGIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO Adriana Oliveira Bernardes UENF (Universidade do Estado do Norte

Leia mais

Programa Educativo da Bienal na exposição Em Nome dos Artistas

Programa Educativo da Bienal na exposição Em Nome dos Artistas Programa Educativo da Bienal na exposição Em Nome dos Artistas O Programa Educativo da Bienal é responsável pela relação direta da Bienal com o público. Sob curadoria de Stela Barbieri, o programa tem

Leia mais

agenda de Maio :: DIA INTERNACIONAL DOS MUSEUS Em Maio os Museus Estão em Festa Museus como agentes de mudança social e de desenvolvimento (ICOM)

agenda de Maio :: DIA INTERNACIONAL DOS MUSEUS Em Maio os Museus Estão em Festa Museus como agentes de mudança social e de desenvolvimento (ICOM) agenda de Maio :: DIA INTERNACIONAL DOS MUSEUS 2009 O Museu da Chapelaria associa-se mais uma vez às comemorações do Dia Internacional dos Museus com a realização de diferentes actividades. "Museus como

Leia mais

REFLEXÕES SOBRE A PRODUÇÃO DE SIGNIFICADO NA MATEMÁTICA ESCOLAR

REFLEXÕES SOBRE A PRODUÇÃO DE SIGNIFICADO NA MATEMÁTICA ESCOLAR REFLEXÕES SOBRE A PRODUÇÃO DE SIGNIFICADO NA MATEMÁTICA ESCOLAR Patrícia Lima da Silva¹ Brunna Sordi Stock² RESUMO No segundo semestre do ano de 2009, em uma das disciplinas obrigatórias do currículo de

Leia mais

COMO TRABALHAR COM VÍDEOS DE INTERNET. A presente metodologia que se construiu foi desenvolvida e aplicada em uma

COMO TRABALHAR COM VÍDEOS DE INTERNET. A presente metodologia que se construiu foi desenvolvida e aplicada em uma COMO TRABALHAR COM VÍDEOS DE INTERNET Jackes Alves de Oliveira 1º momento: Contextualização A presente metodologia que se construiu foi desenvolvida e aplicada em uma tradicional escola da Rede Municipal

Leia mais

Vamos à Biblioteca Actividades de animação para escolas

Vamos à Biblioteca Actividades de animação para escolas Vamos à Biblioteca Actividades de animação para escolas Ano lectivo 2011-2012 histórias oficinas visitas leituras Bibliotecas Municipais do Porto Biblioteca Municipal Almeida Garrett (BMAG) Biblioteca

Leia mais

SOBRE A HISTÓRIA BOM TRABALHO PARA TODOS!

SOBRE A HISTÓRIA BOM TRABALHO PARA TODOS! As pistas e propostas de trabalho que se seguem são apenas isso mesmo: propostas e pistas, pontos de partida, sugestões, pontapés de saída... Não são lições nem fichas de trabalho, não procuram respostas

Leia mais

Associação Espaço Mundo Associação de Apoio ao Estudante Africano APEAL ARAL-Associação Associação de Residentes do Alto do Lumiar

Associação Espaço Mundo Associação de Apoio ao Estudante Africano APEAL ARAL-Associação Associação de Residentes do Alto do Lumiar REFERÊNCIA: 081 DESIGNAÇÃO: ALL ARTES - Espaço MuDança BIP/ZIP em que pretende intervir: 25. Cruz Vermelha 26. Pedro Queiróz Pereira ENTIDADES: Promotoras: Parceira: Associação Espaço Mundo Associação

Leia mais

Bases legais do Passatempo A Promod, eu e Paris

Bases legais do Passatempo A Promod, eu e Paris Bases legais do Passatempo A Promod, eu e Paris Passatempo gratuito exclusivo, organizado para os clientes da Promod Portugal com obrigação de compra, organizado desde o 24 de Maio de 2016 até o 17 de

Leia mais

Envolver Programa do Serviço Educativo 2014-2015 ESCOLAS. www.museuberardo.pt/educacao/atividades/escolas

Envolver Programa do Serviço Educativo 2014-2015 ESCOLAS. www.museuberardo.pt/educacao/atividades/escolas Envolver Programa do Serviço Educativo 2014-2015 www.museuberardo.pt/educacao/atividades/escolas Envolver Programa do Serviço Educativo 2014-2015 O programa ENVOLVER do Serviço Educativo do Museu Coleção

Leia mais

Jéssica Victória Viana Alves, Rospyerre Ailton Lima Oliveira, Berenilde Valéria de Oliveira Sousa, Maria de Fatima de Matos Maia

Jéssica Victória Viana Alves, Rospyerre Ailton Lima Oliveira, Berenilde Valéria de Oliveira Sousa, Maria de Fatima de Matos Maia PSICOMOTRICIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL Jéssica Victória Viana Alves, Rospyerre Ailton Lima Oliveira, Berenilde Valéria de Oliveira Sousa, Maria de Fatima de Matos Maia INTRODUÇÃO A psicomotricidade está

Leia mais

Desde 1995, tem sido desenvolvido no Centro Municipal de Juventude, um espaço no âmbito da dança contemporânea, através da ESCOLA DE DANÇA.

Desde 1995, tem sido desenvolvido no Centro Municipal de Juventude, um espaço no âmbito da dança contemporânea, através da ESCOLA DE DANÇA. Desde 1995, tem sido desenvolvido no Centro Municipal de Juventude, um espaço no âmbito da dança contemporânea, através da ESCOLA DE DANÇA. Destinando a formação a alunos de todas as idades, o ensino da

Leia mais

Roteiro semanal. 3º ano Matutino. Entregue o seu caminho ao Senhor, confie Nele, e Ele agirá. (Salmo 37:5) Segunda-feira 23/03/2015

Roteiro semanal. 3º ano Matutino. Entregue o seu caminho ao Senhor, confie Nele, e Ele agirá. (Salmo 37:5) Segunda-feira 23/03/2015 Roteiro semanal 3º ano Matutino De 23 a 27 de março Colégio Guilherme Ramos. Goiânia, 23 de março de 2015. Professora: Nome: Segunda-feira 23/03/2015 Matemática - no caderno 1 - O diagrama a seguir possibilita

Leia mais

... IV - as obras literárias, arquitetônicas, artísticas e científicas ou qualquer criação estética;

... IV - as obras literárias, arquitetônicas, artísticas e científicas ou qualquer criação estética; De: Nelson Parente Junior [mailto:parente@santos.sp.gov.br] Enviada em: segunda-feira, 30 de agosto de 2010 11:56 Para: Consulta Direito Autoral Assunto: Consulta Pública Prezado Senhores, encaninho para

Leia mais

Projeto: TE Conhecer, aprender, saber...

Projeto: TE Conhecer, aprender, saber... Colégio Pe. João Bagozzi Formação de Educadores Tecnologias da Informação e da Comunicação - TICs http://blog.portalpositivo.com.br/ticbagozzi Projeto: TE Conhecer, aprender, 1 Objetivos e Atividades:

Leia mais

Trabalhos prioritários do ensino não superior e dos assuntos juvenis do ano lectivo de 2015/2016

Trabalhos prioritários do ensino não superior e dos assuntos juvenis do ano lectivo de 2015/2016 Trabalhos prioritários do ensino não superior e dos assuntos juvenis do ano lectivo de 2015/2016 Para que o início das aulas do novo ano lectivo se realize com facilidade, a Direcção dos Serviços de Educação

Leia mais

Despertar os sentidos!

Despertar os sentidos! Despertar os sentidos! Tudo o que conhecemos chega-nos, de uma forma ou de outra, através de sensações sobre as realidades que nos rodeiam. Esta consciência sensorial pode e deve ser estimulada! Quanto

Leia mais

PROJETOS CRIATIVOS TURNO 2016

PROJETOS CRIATIVOS TURNO 2016 PROJETOS CRIATIVOS TURNO 2016 Tema: Mundo dos games Mês: Maio Habilidade Socioemocional: Cooperação e empatia Período: 02 a 06 de Maio Duração: até 1h Público: Creche e Pré Descrição da atividade (resumo

Leia mais

JOGOS MATEMÁTICOS E AÇÕES DO PROJETO VISITAS

JOGOS MATEMÁTICOS E AÇÕES DO PROJETO VISITAS JOGOS MATEMÁTICOS E AÇÕES DO PROJETO VISITAS Thais Fernanda Pinto 1 Fernando Henrique de Lima 2, Amanda Caroline de Freitas Santos 3, Jefferson Antônio Baêta 4, Maria Gabriela Hortência Mendes Braga 5,

Leia mais

FICHA TÉCNICA DO CURSO FISCALIZAÇÃO DE OBRA FERRAMENTAS E METODOLOGIAS

FICHA TÉCNICA DO CURSO FISCALIZAÇÃO DE OBRA FERRAMENTAS E METODOLOGIAS FICHA TÉCNICA DO CURSO FISCALIZAÇÃO DE OBRA FERRAMENTAS E METODOLOGIAS EDIÇÃO Nº1/2013 1. DESIGNAÇÃO DO CURSO Fiscalização de obra ferramentas e metodologias 2. COMPETÊNCIAS A DESENVOLVER A construção

Leia mais

Apresentam: Pacotes Divertidos com Teatro, Palhaços, Pintura, Oficinas, Brincadeiras, Personagens para Festas e Eventos!

Apresentam: Pacotes Divertidos com Teatro, Palhaços, Pintura, Oficinas, Brincadeiras, Personagens para Festas e Eventos! Fabiana Queiroz & Apresentam: Pacotes Divertidos com Teatro, Palhaços, Pintura, Oficinas, Brincadeiras, Personagens para Festas e Eventos! Caros clientes, Nossa equipe é formada por atores, circenses,

Leia mais

Escola Mangwana. Escolha do local para implementação do Projeto

Escola Mangwana. Escolha do local para implementação do Projeto Escola Mangwana Construção de uma escola comunitária de acesso gratuito, destinada a crianças e jovens desfavorecidos, em Macanda. A escola compreenderá o ensino pré-escolar, primário e secundário completos

Leia mais

Residência para coletivos na Casa do Povo. Inscrições até 15 de maio

Residência para coletivos na Casa do Povo. Inscrições até 15 de maio Residência para coletivos na Casa do Povo Inscrições até 15 de maio Sobre a Casa do Povo A Casa do Povo começou a ser construída logo após a Segunda Guerra Mundial por meio de um esforço coletivo da comunidade

Leia mais