QUALIDADE DE SERVIÇO EM UM PONTO DE VENDA À VAREJO: UMA ANÁLISE DE PERFORMANCE E IMPORTÂNCIA SOB O PONTO DE VISTA DO CLIENTE

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "QUALIDADE DE SERVIÇO EM UM PONTO DE VENDA À VAREJO: UMA ANÁLISE DE PERFORMANCE E IMPORTÂNCIA SOB O PONTO DE VISTA DO CLIENTE"

Transcrição

1 QUALIDADE DE SERVIÇO EM UM PONTO DE VENDA À VAREJO: UMA ANÁLISE DE PERFORMANCE E IMPORTÂNCIA SOB O PONTO DE VISTA DO CLIENTE Kissila Goncalves Lourenco (ISECENSA) Henrique Rego Monteiro da Hora (ISE/UFF) Helder Gomes Costa (UFF) O trabalho apresentado trata a qualidade de serviço direcionada a um ponto varejista com relação à visão dos clientes, uma vez que, diante de consumidores mais exigentes, mercado mais competitivo e globalização, a Qualidade do Serviço deve atender ou superar as expectativas dos mesmos. Através deste artigo pretende-se verificar a Qualidade do Serviço de uma loja, considerando os conceitos e as dimensões da qualidade. Para isso foi aplicado um questionário a uma determinada quantidade de clientes, ou seja, uma amostra representativa, usando a ferramenta API para concluir tal investigação. Os resultados mostram que o estabelecimento possui qualidade em seus serviços e atende as necessidades de seus clientes. Palavras-chaves: Qualidade em Serviços, API (Análise de Performance versus Importância), Qualidade no Varejo e cliente.

2 1. 2. Introdução Segundo Garcia et al (2001), com o avanço tecnológico, produzir produtos de qualidade não garante a sobrevivência da empresa, devido a grande concorrência que provem da globalização, nivelando os fabricantes. Estes tendem produzir bens com os mesmos níveis de qualidade, portanto o diferencial está na qualidade do serviço. A qualidade total no setor de serviços está vinculada ao fornecimento do produto serviço com qualidade superior aos clientes, proprietários e funcionários. Diante disso, nota-se que a análise não deve se limitar aos clientes externos e sim a todos os indivíduos da cadeia administrativa, considerando a importância de cada um na conquista do objetivo comum, que é a qualidade (OLIVEIRA, 2009). De acordo com Paladini (2000 apud OLIVEIRA, 2009) a área de prestação de serviços envolve a produção de serviços no real sentido da palavra e a estruturação de métodos. Neste caso não há possibilidade de separar o processo produtivo do serviço, ambos se confundem. Diante disso, no ambiente de prestação de serviços, a gestão da qualidade concentra-se na interação com o usuário. É nesse processo interativo que a qualidade aparece. Segundo Andretta (2009), dos temas abordados pela Qualidade na prestação de serviço, o Atendimento é fundamental. É o Atendimento que realiza a interação organização-cliente. As pessoas conhecem a organização através de suas instalações físicas e de seu contato com os funcionários dessa organização. Quando a empresa busca a qualidade em seus serviços, conseqüentemente ela está buscando a satisfação do cliente. E esse é o segredo para o sucesso, concentrar-se nas necessidades e desejos do cliente e superar as suas expectativas. Segundo Cronin & Taylor (1992), em geral, administradores, gerentes e pesquisadores buscam identificar, dentre outros aspectos: os critérios que melhor definem a qualidade de um serviço particular, os critérios que são mais importantes e que os que geram mais satisfação ou insatisfação do cliente; o relacionamento entre a qualidade dos serviços e o grau de satisfação do cliente; o impacto da qualidade do serviço e satisfação do cliente nas intenções de consumo do serviço. Outro aspecto importante é que em algumas situações o resultado de um serviço é difícil de ser previsto. Entretanto, nota-se que atualmente os consumidores estão consultando pessoas que já tenham experimentado um serviço/produto específico, antes de adquiri-lo. Nestas circunstâncias é importante notar que os clientes não avaliam somente os aspectos tangíveis de um produto/serviço, mas também os aspectos intangíveis a ele agregados (FREITAS, 2005). Segundo Slack et al (2007), a qualidade é algo que o consumidor considera fundamental e relativamente fácil de julgar. Em função disso, ela exerce grande influência sobre a satisfação ou insatisfação do consumidor. Produtos e serviços de boa qualidade significam alta satisfação do consumidor e, ainda, a probabilidade de o consumidor retornar. O cliente é a razão da existência das organizações e, por esta razão, suas necessidades e requisitos devem ser claramente identificados, atendidos e, se possível, superados para segurar sua efetiva satisfação (VIEIRA FILHO, 2007). Este trabalho teve como objetivo fazer uma análise crítica da qualidade dos serviços oferecidos em um ponto de venda no varejo, no município de Campos dos Goytacazes, a fim de identificar aspectos a serem trabalhados visando melhoria, conceituando e definindo 2

3 prestação de serviços e adaptando o instrumento de mensuração API (Análise de Importância versus Performance). 3. Revisão da Literatura 3.1. Qualidade na Prestação de Serviços Quando tratamos de prestação de serviços, é preciso estar atento para não jogar toda a responsabilidade da qualidade nas costas do pessoal do atendimento. É necessário construir um ambiente especial na empresa, em que a excelência do serviço oferecido ao cliente seja um compromisso de todos os membros integrantes da organização (SENAC, 2001). Conforme Paladini (2000 apud OLIVEIRA, 2009), as principais características da gestão da qualidade no ambiente de serviço são: Produção e consumo são simultâneas e não há como definir o término de um e o início do outro; A gestão dos processos produtivos deve ser altamente flexível e ajustável a momentos, situações, contextos etc. A gestão da qualidade é direcionada para ações que busquem maior contato com o cliente, definição de seus interesses, preferências, exigências, necessidades, conveniências, tudo o que é considerado importante no processo de prestação do serviço; A gestão da qualidade prioriza um projeto de avaliação global que envolve qualquer aspecto da interação com o cliente e busca um aprimoramento contínuo, sempre mais próximo do que efetivamente deseja; A gestão da qualidade enfatiza o direcionamento da empresa para um modelo específico de relacionamento com o cliente. Esse aspecto confere ao modelo de atendimento uma característica específica, que diferenciará a empresa no mercado e possibilitará a obtenção da fidelidade do usuário. A qualidade resulta do modelo de interação com o cliente; O serviço não pode dispor da propriedade da estocagem. Isso requer um modelo de gestão que torne a oferta adequada à demanda. O serviço não tem como ser produzido antecipadamente nem pode ser utilizado em momentos posteriores a sua geração. A qualidade de um serviço é muito importante para o bom funcionamento de qualquer empresa prestadora de serviço. O segredo para a plena satisfação do cliente é concentrar-se em suas necessidades e desejos, oferecendo um serviço que atenda ou supere as suas expectativas. Este é um dos principais impulsionadores para o sucesso da empresa. Quando uma organização satisfaz o cliente, oferece um preço justo e proporciona um bom serviço, o cliente certamente retornará e será um divulgador daquele serviço e de sua qualidade. A partir disso se ganha a confiança e a satisfação do cliente que, garantirá a sobrevivência da empresa (SENAC, 1997). De acordo com Oliveira (2009) os serviços apresentam as características de intangibilidade, inseparabilidade, heterogeneidade e simultaneidade. Um serviço intangível significa que são abstratos, que passa a emoção do provedor de serviço. Esta informação é corroborada por SENAC (1997). A característica inseparabilidade é referente à impossibilidade de estocagem e produção do serviço, como são feitos com os bens. Os serviços são prestados com vendedor e clientes frente a frente. O aspecto heterogeneidade refere-se à impossibilidade de manter qualidade do serviço constantemente, pois são produzidos pelo ser humano e este é um ser instável. A simultaneidade está relacionada com o fato que a produção e o consumo de 3

4 Importância XXXI ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUCAO serviço ocorrerem ao mesmo tempo, sendo assim deve ser sempre considerado o momento de contado com o cliente como fator principal Análise de Performance versus Importância (API) Análise de Performance versus Importância é um dos instrumentos que tem sido desenvolvidos ao longo dos anos para analisar os conceitos de qualidade e satisfação do cliente. O API é um procedimento que mostra a importância relativa dos diversos atributos e o desempenho da empresa (HUDSON et al, 2004). De acordo com Souza (2008) a performance e a importância serão questionadas em cada serviço prestado pela empresa e utilizado para obter um julgamento amplo da qualidade. Os resultados são apresentados graficamente em uma matriz bidimensional e por uma simples análise visual desta matriz (HUDSON et al, 2004). Prestar Atenção aqui 2 1 Manter o bom trabalho Baixa prioridade 3 4 Possível excesso Performance Figura1: Modelo de análise da API. Fonte: Gomes et al, De acordo com a Figura 1, identifica-se no eixo da vertical a importância de determinado item e no eixo da horizontal, a performance, ou seja, satisfação do cliente de acordo com este mesmo item. São inseridas no gráfico as médias correspondentes ao grau de satisfação e importância do cliente referentes aos itens investigados. Cada quadrante possui uma interpretação diferente, tais como: O primeiro quadrante representa que o cliente está satisfeito e considera aquele atributo importante; O segundo quadrante representa que o cliente está insatisfeito com algo que considera importante; O terceiro quadrante representa que o cliente está insatisfeito, e considera o atributo pouco importante; O quarto quadrante representa que o cliente está satisfeito com um atributo que ele considera pouco importante. Neste trabalho o modelo API é utilizado como instrumento para análise dos dados coletados durante a pesquisa de qualidade de serviço em um ponto de venda à varejo. 4. Metodologia 4.1. Classificação Segundo Silva & Menezes (2001) a classificação da pesquisa é, do ponto de vista da sua natureza, aplicada por gerar conhecimento sobre o serviço prestado, com o intuito de resolver possíveis problemas a serem encontrados, e por fim, propor soluções eficazes. Do ponto de vista da forma de abordagem do problema é qualitativa no recolhimento dos dados, e 4

5 quantitativa após a coleta. Do ponto de vista de seus objetivos é descritiva, por descrever as características da população analisada e do estabelecimento através de questionários e uma observação de como é prestado o serviço. Do ponto de vista dos procedimentos técnicos é bibliográfica e de levantamentos. Bibliográfica por elaborar a partir de material já publicado, constituído principalmente de livros, artigos de periódicos e atualmente com material disponibilizado na Internet. Considera-se de levantamentos por levantar dados através da aplicação de um questionário assistido Pesquisa Metodológica Vários são os métodos para se mensurar a qualidade em serviços, Hudson et al (2004) faz um estudo comparando Análise Performance versus Importância (API) e SERVQUAL. A aplicação do instrumento API (Análise Performance versus Importância) pode ser observada em vários trabalhos como Gomes et al (2010), onde avaliou-se a qualidade de serviço em um ponto varejista, interrogando diretamente os clientes, por meio da aplicação de um questionário. A amostra foi determinada aleatoriamente, mas sem técnica estatística, mas a significância da mesma foi atestada. Moura et al (2010) avaliaram a qualidade de serviços de um shopping Center na percepção dos clientes internos, inquirindo gerentes e funcionários de cada estabelecimento, e aplicando o instrumento à toda população (lojistas) Procedimentos Técnicos Para composição da base conceitual e revisão bibliográfica, é realizada uma pesquisa bibliográfica nos portais científicos, como CAPES, Google Scholar e SCIELO. O levantamento junto à população pesquisada foi feito através de formulário preenchido com auxílio de um agente da pesquisa. Esta técnica é preferida às demais pelo público do ponto de venda escolhido não ser freqüentemente alfabetizado. As análises são foram feitas através dos estratos de sexo, freqüência de compra e como conheceu a loja População & Amostra A população é determinada pelos clientes do ponto de venda em questão e é estimada para o período de duas semanas em três turnos cada semana. Este número é considerado como o representativo da população pesquisada. Apesar da técnica não probabilística casual (SILVA & MENEZES, 2001), é realizado um estudo de significância, para verificar a representatividade da amostra, utilizando se a forma de estimação proposta por Mattar (2008), considerando os seguintes parâmetros: Equação 1: Técnica de amostragem para uma população finita. Fonte: Mattar, Onde: n - Número de elementos da amostra; N - Número de elementos da população; Z - Intervalo de confiança; e - Erro estimado; σ - Desvio padrão da população. 5

6 5. Estudo de Caso XXXI ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUCAO 5.1. Descrição do Objeto de Estudo O estabelecimento onde é realizado o estudo de caso é um ponto de venda à varejo no setor de fechaduras e acessórios de esquadrias, localizado na cidade de Campos dos Goytacazes. O nome do estabelecimento não é divulgado para preservar as estratégias da empresa, mas o estudo é realizado com total apoio por parte da gerência. A loja conta com 108 metros quadrados, e é localizada no centro comercial da cidade, em uma região que concentra estabelecimentos que exploram o mesmo nicho econômico. No mercado há 12 anos, a loja conta com 6 funcionários, e funciona de segunda a sexta das 8 às 18 horas e aos sábados das 8 às 13 horas Descrição da Amostra Pesquisada De acordo com o gráfico da Figura 2, pode-se notar que 43% dos clientes compraram mais de cinco vezes no estabelecimento. É importante considerar esta parcela dos clientes, pois estes se configuram como público alvo do estabelecimento. Figura 21: Gráfico referente à quantidade de compras efetuadas pelos clientes no estabelecimento. Fonte: Elaboração Própria. 6

7 Figura 32: Gráfico referente à quantidade de cliente do sexo masculino e feminino. Fonte: Elaboração Própria. Segundo o gráfico da Figura 3, a maior parte dos clientes avaliados é do sexo feminino. Figura 4: Gráfico referente ao método utilizado pelos clientes para chegarem à loja. Fonte: Elaboração Própria. De acordo com os resultados obtidos através dos questionários aplicados e ilustrados na Figura 4, pode-se perceber que a opção Outros apareceu com maior frequência, ou seja, 37% do total de questionários. Já a opção Rádio não apareceu, ou seja, 0%. A opção outros, como pode ser verificado no, possui um campo para indicar qual o método para chegar à loja. Foi constatado uma predominância dos itens passar em frente à loja, e residir perto da loja Estudo de Significância São considerados uma população de 500 indivíduos, um erro de medição de 0,3, e um nível de significância de 10% para a realização de um estudo de significância, isto é, para saber se a 7

8 amostra coletada por técnica não-probabilística pode ser considerada representativa da população pesquisada. O estudo realizado segundo a fórmula apresentada na Equação 1 indica 18 indivíduos representam satisfatoriamente a população. Foram inquiridos 30 indivíduos aleatoriamente, o que é suficientemente representativo para os critérios adotados nesta pesquisa, sendo inclusive possível adotar um nível de significância mais rigoroso (5%), e ainda permanecer representativo Resultados & Discussão A seguir, são apresentados os resultados aferidos pela pesquisa estratificados por gênero (feminino e masculino), freqüência de compra (primeira compra, de duas a cinco compras e mais de cinco compras). Descrição dos Itens Contidos no Questionário 1 Disposição e prontidão dos funcionários em auxiliar os clientes. 2 Capacidade do vendedor em apresentar produto alternativo. 3 Aparência dos funcionários. 4 Limpeza e organização da loja. 5 Conhecimento dos funcionários sobre os produtos. 6 Exposição dos produtos com seus preços. 7 Demonstração de confiança dos funcionários. 8 Funcionário soluciona o problema de forma imediata. 9 O serviço prestado atende a expectativa. 10 Atendimento através do respeito, educação e desejo de agradar. 11 Atenção dos funcionários. 12 Preço competitivo com relação a outras lojas. Quadro1: Legenda utilizada para os gráficos das API s. Fonte: Elaboração Própria. O Quadro 1 apresenta a descrição da legenda que é utilizada ao longo dos gráficos dos resultados. Nos comentários e descrição dos gráficos serão somente comentados os resultados mais relevantes a fim de utilizar melhor o espaço disponível para desenvolvimento do mesmo Estrato por Gênero São apresentados a seguir gráficos com os resultados obtidos através das opiniões femininas e masculinas sobre os itens citados acima, contidos no questionário aplicado. (a) (b) Figura 5: Gráfico da API do estratificado por gênero. (a) Feminino e (b) Masculino. Fonte: Elaboração Própria. 8

9 É possivel observar no gráfico da Figura 5a, que para o estrato feminino existem itens que estão abaixo da média de satisfação e que são considerados importantes, são eles os itens 1, 5, 6, e 12. O item 11 apresenta bom desempenho, no entanto é considerado um aspecto de baixa importância no momento. A Figura 13b apresenta o gráfico baseado no estrato masculino, no qual é possível observar que os itens que se encontram em uma situação crítica são os itens 4 e 5. Percebe-se que, no quarto quadrante, o item 9 é o único que os clientes estão satisfeitos mas não o consideram importante Estrato por Freqüência de Compra São apresentados abaixo, os gráficos com os resultados obtidos através da opinião de todos os clientes investigados referente à freqüência de compra no estabelecimento. (a) (b) (c) Figura 63: Gráfico da API do Estrato de Primeira Compra (a), de duas a cinco compras (b) e mais de cinco compras (c). Fonte: Elaboração Própria. O gráfico da Figura 6a mostra o resultado estratificado pelos clientes que efetuaram uma compra no estabeleciemento pela primeira vez. Observa-se que os clientes não estão satisfeitos com itens que os mesmos consideram importantes, e que deve-se ter uma atenção maior. Estes itens são, 4, 5, 6 e 7. No quarto quadrante somente o item 8 apresenta satisfação dos clientes, mas estes consideram como um aspecto pouco relevante no momento. 9

10 O gráfico da Figura 14b apresenta o resultado estratificado pelos clientes que efetuaram de duas a cinco compras no estabelecimento. Neste gráfico pode-se observar que os itens 3, 5, 6 e 12 são os pontos críticos, os clientes estão insatisfeitos com o que consideram importante. Já com os itens 7 e 11 os clientes estão satisfeitos com o que não consideram importante. A Figura 14c apresenta o gráfico com o resultado estratificado pelos clientes que efetuaram mais de cinco compras. Percebe-se que os itens 1 e 5 são itens que devem ser analisados pois os clientes estão insatisfeitos com algo que consideram importante. De acordo com o quarto quadrante, o item 11 é o único aspecto em que os clientes estão satisfeitos, mas no momento não é relevante Estrato Geral A seguir é apresentado o gráfico geral na Figura 7, ou seja, contendo as opiniões de todos os clientes analisados e todas as freqüências de compra. Figura 7: Gráfico da API de Todos os Clientes e de Todas as Freqüências de Compra. Fonte: Elaboração Própria. Neste gráfico é possível observar que apenas os itens 5 e 12 estão em uma situação critica, em que os clientes estão satisfeitos com aspectos que consideram importante. Com relação ao quarto quadrante, o item 9 é o único em que os clientes estão satisfeitos, no entanto não o consideram importante. 10

11 Figura 8: Gráfico da API do Estrato Feminino Com Mais de Cinco Compras. Fonte: Elaboração Própria. Com base nos resultados obtidos através das Figuras 2 e 3, foi feito um gráfico do estrato feminino com mais de cinco compras. É possível observar que o gráfico da Figura 8 apresenta pontos que são considerados importantes, mas os clientes estão insatisfeitos, são os pontos 5, 6 e 7. Já os itens 2, 8 e 11 são pouco relevantes no momento e os clientes estão satisfeitos Sugestões de Melhoria Observa-se no Quadro 2 que o item 5 aparece como crítico em todos os estratos analisados e refere-se ao conhecimento dos funcionários acerca dos produtos comercializados. Sugere-se para este item um curso de reciclagem para os funcionários em atividade e a criação de um manual sobre os principais conceitos do setor explorado pelo estabelecimento. Estrato Quadrante II Quadrante IV Feminino 1; 5; 6; Masculino 5; 4 9 Primeira Compra 4; 5; 6; 7 8 De duas a Cinco Compras 3; 5; 6; Mais do que Cinco Compras 5; 1 11 Gráfico Geral 5; 12 9 Quadro 2: Resumo dos resultados obtidos. Fonte: Elaboração Própria. Como foi possivel observar na Figura 4, a opção rádio não foi mencionada, sugere-se que o investimento utilizado para a propaganda via rádio seja revista e substituída por outra forma de divulgação, como por exemplo, propaganda feita por carro de som, onde pode ser usados anúncios musicados e promoções inesperadas. 6. Conclusões A análise da qualidade do serviço no estabelecimento foi realizada com êxito e a finalidade de propor sugestões de melhoria foi alcançada. O trabalho realizado aponta pontos críticos que demandam atenção por melhoria, tanto no contexto geral, quanto no contexto da análise de estratos, fornecendo assim ao gestor informações importantes para condução do negócio e aumento da competitividade. 11

12 Após a implementação das melhorias sugeridas, é interessante aplicar o mesmo instrumento da metodologia, para verificar a efetividade das ações tomadas. Diante dos resultados obtidos nos questionários aplicados no estabelecimento comercial, concluímos que as mulheres fazem parte da clientela mais importante e exigente, pois fazem mais críticas e compram com mais freqüência. Por se tratar de um estabelecimento comercial aberto ao público, a loja possui clientes mistos e, a partir disso, pode-se notar que os clientes de primeira a quinta compra acharam a loja boa em quase todos os aspectos e os clientes com mais de cinco compras, tiveram algumas críticas. Todavia, por se tratar de tipos diferentes de clientes, conclui-se que os clientes mais visados para melhoria são do sexo feminino que fazem parte de 53% do total dos clientes investigados e os clientes que compram com uma freqüência maior que cinco vezes, fazendo parte de 43% do valor total dos investigados. 7. Bibliografia ANDRETTA, C. A Qualidade na Prestação de Serviço. Artigos.com Disponível: acesso em abril CRONIN, J. J. ; TAYLOR, S. A. Measuring service quality: a reexamination and extension. Journal of marketing, julho FREITAS, A. L. P. A qualidade em serviços no contexto da competitividade. Revista Produção on-line, V. 5, N p, GARCIA, G. E. et al. A qualidade no serviço público: um estudo de caso sobre a implantação e a continuidade de programa de gestão pela qualidade total. VIII SIMPEP, GOMES, S. N. et al. Análise da qualidade de serviço oferecida em um ponto de venda varejista pela ótica do cliente. XXX ENEGEP, HUDSON, S. et al. The Measurement of Service Quality in the Tour Operating Sector: A Methodological Comparison. Journal of Travel Research, Vol. 42, , MATTAR, F. N. Pesquisa em marketing. São Paulo: Editora atlas, p. OLIVEIRA, O. J. Gestão da qualidade: introdução à história e fundamentos in OLIVEIRA, O. J. (org) Gestão da Qualidade: tópicos avançados. Ed. Cengace, São Paulo, pp.3-20, SENAC. Qualidade em prestação de serviços. Rio de Janeiro: Ed. SENAC Nacional, p. SENAC. Qualidade em prestação de serviços. Rio de Janeiro: Ed. SENAC Nacional, p. SILVA, E. L.; MENEZES, E. M. Metodologia da Pesquisa e Elaboração de Dissertação. Florianópolis: Laboratório de Ensino a Distância da UFSC, SLACK, N. et al. Administração da Produção. Segunda edição. Ed. Atlas, São Paulo, 747p SOUZA, C. H. M. uma ferramenta para avaliação da qualidade em serviços A janela do cliente. Revista Perspectivas on-line. V. 5, N. 1, Campos dos Goytacazes, pp VIEIRA FILHO, G. Gestão da Qualidade Total. São Paulo: Ed. Alínea,

A RESPONSABILIDADE SOCIAL COMO CONTRIBUIDORA PARA O APRIMORAMENTO DA INTERAÇÃO HUMANA - UM ESTUDO DE CASO 1

A RESPONSABILIDADE SOCIAL COMO CONTRIBUIDORA PARA O APRIMORAMENTO DA INTERAÇÃO HUMANA - UM ESTUDO DE CASO 1 A RESPONSABILIDADE SOCIAL COMO CONTRIBUIDORA PARA O APRIMORAMENTO DA INTERAÇÃO HUMANA - UM ESTUDO DE CASO 1 BACH, Cláudia 2 ; MARTINS, Ana 3, GODOY, Leoni 4 1 Artigo apresentado no XV Simpósio de Ensino,

Leia mais

TCC: PESQUISA MERCADOLÓGICA SHOPPING VIA DIRETA 1

TCC: PESQUISA MERCADOLÓGICA SHOPPING VIA DIRETA 1 TCC: PESQUISA MERCADOLÓGICA SHOPPING VIA DIRETA 1 Juliana Brancaglioni CASCIATORI 2 Letícia Prado dos SANTOS 3 Bruno Monteiro ZONATTO³ Joyce VIEIRA³ Jakeline CASARIN³ Paulo CRISP³ Rodolfo BASSETO³ Weder

Leia mais

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DE ATENDIMENTO DOS BARES E RESTAURANTES DA CIDADE DE SERRA TALHADA (PE)

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE DE ATENDIMENTO DOS BARES E RESTAURANTES DA CIDADE DE SERRA TALHADA (PE) XXX ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Maturidade e desafios da Engenharia de Produção: competitividade das empresas, condições de trabalho, meio ambiente. São Carlos, SP, Brasil, 12 a15 de outubro

Leia mais

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE PERCEBIDA EM EMPRESAS DE TELECOMUNICAÇÕES DA CIDADE DO RECIFE: UM ESTUDO DE CASO

AVALIAÇÃO DA QUALIDADE PERCEBIDA EM EMPRESAS DE TELECOMUNICAÇÕES DA CIDADE DO RECIFE: UM ESTUDO DE CASO AVALIAÇÃO DA QUALIDADE PERCEBIDA EM EMPRESAS DE TELECOMUNICAÇÕES DA CIDADE DO RECIFE: UM ESTUDO DE CASO Rebecca Pires dos Santos (UFPE) rebecca.piress@hotmail.com Marcella Brito Galvao (UFPE) marcella_brito@yahoo.com.br

Leia mais

A BUSCA DA QUALIDADE NOS SERVIÇOS DE SAÚDE

A BUSCA DA QUALIDADE NOS SERVIÇOS DE SAÚDE A BUSCA DA QUALIDADE NOS SERVIÇOS DE SAÚDE Heliton E. M. Damasceno 1, Aline R. Gomes Damasceno 2, Antônio Pascoal Del arco Júnior 3, Francisco Cristovão de Melo 4 1 Graduação,Rua Visconde do Rio Branco,210,Centro,122000-000,Taubaté,SP,helitondamasceno@ig.com.br

Leia mais

UM ESTUDO SOBRE O INTERESSE DOS COLABORADORES EM SEGUIR CARREIRA PROFISSIONAL NAS LOJAS AMERICANAS EM MARINGÁ/PR

UM ESTUDO SOBRE O INTERESSE DOS COLABORADORES EM SEGUIR CARREIRA PROFISSIONAL NAS LOJAS AMERICANAS EM MARINGÁ/PR 25 a 28 de Outubro de 2011 ISBN 978-85-8084-055-1 UM ESTUDO SOBRE O INTERESSE DOS COLABORADORES EM SEGUIR CARREIRA PROFISSIONAL NAS LOJAS AMERICANAS EM MARINGÁ/PR Marcelo Cristian Vieira 1, Carolina Zavadzki

Leia mais

ANÁLISE DAS MELHORIAS OCORRIDAS COM A IMPLANTAÇÃO DO SETOR DE GESTÃO DE PESSOAS NA NOVA ONDA EM ARACATI CE

ANÁLISE DAS MELHORIAS OCORRIDAS COM A IMPLANTAÇÃO DO SETOR DE GESTÃO DE PESSOAS NA NOVA ONDA EM ARACATI CE ISBN 978-85-61091-05-7 Encontro Internacional de Produção Científica Cesumar 27 a 30 de outubro de 2009 ANÁLISE DAS MELHORIAS OCORRIDAS COM A IMPLANTAÇÃO DO SETOR DE GESTÃO DE PESSOAS NA NOVA ONDA EM ARACATI

Leia mais

PROPOSTA PARA UM MODELO DE GESTÃO SUSTENTÁVEL NO GERENCIAMENTO DA QUALIDADE DOS SERVIÇOS INTERNOS

PROPOSTA PARA UM MODELO DE GESTÃO SUSTENTÁVEL NO GERENCIAMENTO DA QUALIDADE DOS SERVIÇOS INTERNOS ISSN 1984-9354 PROPOSTA PARA UM MODELO DE GESTÃO SUSTENTÁVEL NO GERENCIAMENTO DA QUALIDADE DOS SERVIÇOS INTERNOS Andrea Cristina Costa (LATEC/UFF) andreacristina.costa@gmail.com Resumo: Este artigo sugere

Leia mais

Satisfação dos consumidores: estudo de caso em um supermercado de Bambuí/MG

Satisfação dos consumidores: estudo de caso em um supermercado de Bambuí/MG Satisfação dos consumidores: estudo de caso em um supermercado de Bambuí/MG Ana Clara Rosado Silva (1) ; Daiane Oliveira Borges (2) ; Tatiana Morais Leite (3) ; Vanessa Oliveira Couto (4) ; Patrícia Carvalho

Leia mais

A PARTICIPAÇÃO DOS ENGENHEIROS DE PRODUÇÃO NA GESTÃO AMBIENTAL EMPRESARIAL

A PARTICIPAÇÃO DOS ENGENHEIROS DE PRODUÇÃO NA GESTÃO AMBIENTAL EMPRESARIAL XXIX ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO. A PARTICIPAÇÃO DOS ENGENHEIROS DE PRODUÇÃO NA GESTÃO AMBIENTAL EMPRESARIAL Júlio César de Almeida (FASA) julioc.almeida@hotmail.com Gisele Figueiredo Braz

Leia mais

TÉCNICA DE VENDAS: UMA ABORDAGEM DIRETA

TÉCNICA DE VENDAS: UMA ABORDAGEM DIRETA 1 TÉCNICA DE VENDAS: UMA ABORDAGEM DIRETA Alan Nogueira de Carvalho 1 Sônia Sousa Almeida Rodrigues 2 Resumo Diversas entidades possuem necessidades e interesses de negociações em vendas, e através desses

Leia mais

PROPOSIÇÃO DE UMA METODOLOGIA DE DIAGNÓSTICO DA QUALIDADE DO SERVIÇO PARA MICRO E PEQUENAS EMPRESAS: UM ESTUDO DE CASO

PROPOSIÇÃO DE UMA METODOLOGIA DE DIAGNÓSTICO DA QUALIDADE DO SERVIÇO PARA MICRO E PEQUENAS EMPRESAS: UM ESTUDO DE CASO PROPOSIÇÃO DE UMA METODOLOGIA DE DIAGNÓSTICO DA QUALIDADE DO SERVIÇO PARA MICRO E PEQUENAS EMPRESAS: UM ESTUDO DE CASO Heitor Vitor Chaves Galindo (UFPE) heitorgalindo@hotmail.com Renata Maciel de Melo

Leia mais

Satisfação do Consumidor com os Serviços Oferecidos em uma Academia de Ginástica e Musculação

Satisfação do Consumidor com os Serviços Oferecidos em uma Academia de Ginástica e Musculação Satisfação do Consumidor com os Serviços Oferecidos em uma Academia de Ginástica e Musculação Diana Stachetti Gomes da Silva claudia.cobero@terra.com.br FAQ Claudia Cobêro diana_stachetti@hotmail.com FAQ

Leia mais

XVII Semana do Administrador do Sudoeste da BahiaISSN: 2358-6397 O Administrador da Contemporaneidade: desafios e perspectivas

XVII Semana do Administrador do Sudoeste da BahiaISSN: 2358-6397 O Administrador da Contemporaneidade: desafios e perspectivas A influência do endomarketing para a melhoria do ambiente organizacional: case faculdade Guanambi. Autoria: Fabrício Lopes Rodrigues 1 e Rogério Santos Marques 2 1 UNEB, E-mail: fabriciolopesr@hotmail.com

Leia mais

A decisão de fazer um projeto Universidade-Empresa: uma simples decisão de comprar ou fazer?

A decisão de fazer um projeto Universidade-Empresa: uma simples decisão de comprar ou fazer? A decisão de fazer um projeto Universidade-Empresa: uma simples decisão de comprar ou fazer? José Luiz Moreira de Carvalho (UFSCar) pjlmc@iris.ufscar.br José Carlos de Toledo (UFSCar) toledo@power.ufscar.br

Leia mais

ANÁLISE DA QUALIDADE DE SERVIÇO PERCEBIDA: aplicação do modelo SERVQUAL em uma Instituição de Ensino.

ANÁLISE DA QUALIDADE DE SERVIÇO PERCEBIDA: aplicação do modelo SERVQUAL em uma Instituição de Ensino. 1 ANÁLISE DA QUALIDADE DE SERVIÇO PERCEBIDA: aplicação do modelo SERVQUAL em uma Instituição de Ensino. RESUMO Camila Rezende Bambirra 1 Ronaldo Maciel Guimarães 2 Este artigo tem como objetivo Identificar

Leia mais

Qualidade é o grau no qual um conjunto de características inerentes satisfaz a requisitos. ISO 9001:2008

Qualidade é o grau no qual um conjunto de características inerentes satisfaz a requisitos. ISO 9001:2008 1 Sumário 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. Introdução...3 Ferramentas da Qualidade...4 Fluxograma...5 Cartas de Controle...7 Diagrama de Ishikawa...9 Folha de Verificação...11 Histograma...13 8. 9. 10. Gráfico de

Leia mais

4 Metodologia e estratégia de abordagem

4 Metodologia e estratégia de abordagem 50 4 Metodologia e estratégia de abordagem O problema de diagnóstico para melhoria da qualidade percebida pelos clientes é abordado a partir da identificação de diferenças (gaps) significativas entre o

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CENTRO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO MAX ALEXANDRE AMERICO CANAL DE VENDA - INTERNET

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CENTRO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO MAX ALEXANDRE AMERICO CANAL DE VENDA - INTERNET UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ CENTRO DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO EM ADMINISTRAÇÃO MAX ALEXANDRE AMERICO CANAL DE VENDA - INTERNET CURITIBA 2014 MAX ALEXANDRE AMERICO CANAL DE VENDA - INTERNET Monografia

Leia mais

MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional.

MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional. Empresa MAISMKT - Ações em Marketing e uma empresa voltada para avaliação do atendimento, relacionamento com cliente, e marketing promocional. Nossa filosofia e oferecer ferramentas de gestão focadas na

Leia mais

PESQUISA EXPLORATÓRIA EM GESTÃO DAS ORGANIZAÇÕES

PESQUISA EXPLORATÓRIA EM GESTÃO DAS ORGANIZAÇÕES 1 PESQUISA EXPLORATÓRIA EM GESTÃO DAS ORGANIZAÇÕES Área de conhecimento: Administração Eixo Temático: Outro RESUMO Nézio José da Silva 1 Lirane Elize Defante Ferreto de Almeida 2 O campo científico das

Leia mais

Uso de Ferramentas de Gerenciamento de Projetos no Processo de Aprendizagem dos Alunos de Graduação em Engenharia Civil

Uso de Ferramentas de Gerenciamento de Projetos no Processo de Aprendizagem dos Alunos de Graduação em Engenharia Civil Uso de Ferramentas de Gerenciamento de Projetos no Processo de Aprendizagem dos Alunos de Graduação em Engenharia Civil Ricardo Mendes Junior (UFPR) mendesjr@ufpr.br Áurea Araújo Bruel (UFPR) aabruel@yahoo.com.br

Leia mais

RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO DA FACULDADE DE ROLIM DE MOURA (FAROL)

RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO DA FACULDADE DE ROLIM DE MOURA (FAROL) 1 RELATÓRIO DE AUTOAVALIAÇÃO DA FACULDADE DE ROLIM DE MOURA (FAROL) Rolim de Moura 2015 2 RESUMO O relatório apresentado é o resultado do processo auto avaliativo desta Instituição, realizado pela Comissão

Leia mais

QUALIDADE NO ATENDIMENTO E GRAU DE SATISFAÇÃO ATRIBUÍDO PELO CONSUMIDOR AO COMÉRCIO VAREJISTA DE TRÊS LAGOAS/MS

QUALIDADE NO ATENDIMENTO E GRAU DE SATISFAÇÃO ATRIBUÍDO PELO CONSUMIDOR AO COMÉRCIO VAREJISTA DE TRÊS LAGOAS/MS 1 QUALIDADE NO ATENDIMENTO E GRAU DE SATISFAÇÃO ATRIBUÍDO PELO CONSUMIDOR AO COMÉRCIO VAREJISTA DE TRÊS LAGOAS/MS Elisângela de Aguiar Alcalde (Docente MSc. das Faculdades Integradas de Três Lagoas-AEMS)

Leia mais

Avaliação da qualidade em serviços em sala de cinema: Um estudo de caso no município de Campos dos Goytacazes

Avaliação da qualidade em serviços em sala de cinema: Um estudo de caso no município de Campos dos Goytacazes Avaliação da qualidade em serviços em sala de cinema: Um estudo de caso no município de Campos dos Goytacazes Phillipe José Reis Mendonça phillipe.reis@hotmail.com ISECENSA Maria Eugenia Santana Soares

Leia mais

AULA. Natércia do Céu Andrade Pesqueira Menezes UNIVERSIDADE PORTUCALENSE. npmeneses@gmail.com. Doutora Sónia Rolland Sobral

AULA. Natércia do Céu Andrade Pesqueira Menezes UNIVERSIDADE PORTUCALENSE. npmeneses@gmail.com. Doutora Sónia Rolland Sobral MOTIVAÇÃO DE ALUNOS COM E SEM UTILIZAÇÃO DAS TIC EM SALA DE AULA Natércia do Céu Andrade Pesqueira Menezes UNIVERSIDADE PORTUCALENSE npmeneses@gmail.com Doutora Sónia Rolland Sobral UNIVERSIDADE PORTUCALENSE

Leia mais

O USO DE FERRAMENTAS DA QUALIDADE VISANDO A PADRONIZAÇÃO DO TAMANHO DA MASSA DA LASANHA PRODUZIDA EM UMA INDÚSTRIA ALIMENTÍCIA

O USO DE FERRAMENTAS DA QUALIDADE VISANDO A PADRONIZAÇÃO DO TAMANHO DA MASSA DA LASANHA PRODUZIDA EM UMA INDÚSTRIA ALIMENTÍCIA O USO DE FERRAMENTAS DA QUALIDADE VISANDO A PADRONIZAÇÃO DO TAMANHO DA MASSA DA LASANHA PRODUZIDA EM UMA INDÚSTRIA ALIMENTÍCIA Wherllyson Patricio Goncalves (UFCG) wherllyson@yahoo.com.br Suelyn Fabiana

Leia mais

Sistema de indicadores de qualidade como ferramenta de gestão em um restaurante universitário: estudo de caso.

Sistema de indicadores de qualidade como ferramenta de gestão em um restaurante universitário: estudo de caso. Sistema de indicadores de qualidade como ferramenta de gestão em um restaurante universitário: estudo de caso. Lúcia Rosa de Carvalho (UFF) lucianut@hotmail.com Sérgio Leusin de Amorim (UFF) leusin@civil.uff.br

Leia mais

A METODOLOGIA DA PESQUISA DE MERCADOAPLICADA À PRODUÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DE PRODUTOS ALIMENTÍCIOS

A METODOLOGIA DA PESQUISA DE MERCADOAPLICADA À PRODUÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DE PRODUTOS ALIMENTÍCIOS 1 A METODOLOGIA DA PESQUISA DE MERCADOAPLICADA À PRODUÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DE PRODUTOS ALIMENTÍCIOS Maria Lúcia Ribeiro Da COSTA 1 João Cezario Giglio MARQUES 2 RESUMO: O estudo e a pesquisa de mercado

Leia mais

Elaboração e Avaliação de Projetos Sociais. Prof. Lucas Henrique da Luz E-mail: lhluz@unisinos.br Telefone:(51) 95076495

Elaboração e Avaliação de Projetos Sociais. Prof. Lucas Henrique da Luz E-mail: lhluz@unisinos.br Telefone:(51) 95076495 Elaboração e Avaliação de Projetos Sociais com Prof. Lucas Henrique da Luz Elaboração e Avaliação de Projetos Sociais Prof. Lucas Henrique da Luz E-mail: lhluz@unisinos.br Telefone:(51) 95076495 O que

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO DO RELACIONAMENTO COM O CLIENTE

ADMINISTRAÇÃO DO RELACIONAMENTO COM O CLIENTE ADMINISTRAÇÃO DO RELACIONAMENTO COM O CLIENTE Módulo 15 AVALIAÇÃO DA SATISFAÇÃO E DA INSATISFAÇÃO DOS CLIENTES Objetivo: Ao final desta aula, você deverá saber (1) sobre os fatores que causam a satisfação

Leia mais

ELEMENTOS DO PLANO DE NEGÓCIOS

ELEMENTOS DO PLANO DE NEGÓCIOS INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ - CAMPUS DE PARNAÍBA CURSO: Técnico em Informática DISCIPLINA: Empreendedorismo PROFESSORA: CAROLINE PINTO GUEDES FERREIRA ELEMENTOS DO PLANO

Leia mais

FORMAÇÃO INICIAL: AS EXPECTATIVAS DE ALUNOS DE PEDAGOGIA ACERCA DA PEDAGOGIA EMPRESARIAL

FORMAÇÃO INICIAL: AS EXPECTATIVAS DE ALUNOS DE PEDAGOGIA ACERCA DA PEDAGOGIA EMPRESARIAL FORMAÇÃO INICIAL: AS EXPECTATIVAS DE ALUNOS DE PEDAGOGIA ACERCA DA PEDAGOGIA EMPRESARIAL Regina Lúcia Maciel De Sousa RESUMO As constantes mudanças econômicas e sociais configuram um novo cenário de valorização

Leia mais

Efeitos das ações educativas do Curso de Qualificação Profissional Formação de Jardineiros na vida dos participantes.

Efeitos das ações educativas do Curso de Qualificação Profissional Formação de Jardineiros na vida dos participantes. Efeitos das ações educativas do Curso de Qualificação Profissional Formação de Jardineiros na vida dos participantes. Katiúcia Dias Fernandes 1 Silvério José Coelho 2 Introdução Entre os grandes temas

Leia mais

SIGNIFICADOS ATRIBUÍDOS ÀS AÇÕES DE FORMAÇÃO CONTINUADA DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DO RECIFE/PE

SIGNIFICADOS ATRIBUÍDOS ÀS AÇÕES DE FORMAÇÃO CONTINUADA DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DO RECIFE/PE SIGNIFICADOS ATRIBUÍDOS ÀS AÇÕES DE FORMAÇÃO CONTINUADA DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO DO RECIFE/PE Adriele Albertina da Silva Universidade Federal de Pernambuco, adrielealbertina18@gmail.com Nathali Gomes

Leia mais

Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler

Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler Faculdade Internacional de Curitiba MBA em Planejamento e Gestão Estratégica Mapas Estratégicos Prof. Adriano Stadler AULA 3 - AS PERSPECTIVAS DO BSC - FINANCEIRA E CLIENTES PLANEJAMENTO E GESTÃO ESTRATÉGICA

Leia mais

A QUALIDADE DOS SERVIÇOS BANCÁRIOS NO BRASIL

A QUALIDADE DOS SERVIÇOS BANCÁRIOS NO BRASIL A QUALIDADE DOS SERVIÇOS BANCÁRIOS NO BRASIL RESUMO O setor bancário sofre crescente modificação no que tange aos seus canais de vendas e comunicação com os clientes. O atendimento, que era feito através

Leia mais

3 Definição da metodologia

3 Definição da metodologia 3 Definição da metodologia A Pesquisa-ação foi a metodologia escolhida para a realização desta pesquisa, por indicar a participação do autor e a interação de outros atores na produção de conhecimento a

Leia mais

Análise Preditiva de Vantagem Comercial

Análise Preditiva de Vantagem Comercial PESQUISA TDWI PRIMEIRO TRIMESTRE DE 2014 RESUMO EXECUTIVO RELATÓRIO DE MELHORES PRÁTICAS TDWI Análise Preditiva de Vantagem Comercial Por Fern Halper tdwi.org RESUMO EXECUTIVO Análise Preditiva de Vantagem

Leia mais

Escola Secundária de Jácome Ratton

Escola Secundária de Jácome Ratton Escola Secundária de Jácome Ratton Ano Lectivo 2010/2011 Matemática Aplicada às Ciências Sociais Amostragem Sondagem Uma sondagem pressupõe a escolha de uma amostra. A selecção da amostra é uma das fases

Leia mais

Marketing e qualidade em atendimento no Novotel

Marketing e qualidade em atendimento no Novotel 57 Marketing e qualidade em atendimento no Novotel Ana Carolina Prado Marques* Lidiane Aparecida Souza da Silva* Fabiana Gonçalves Artigas** Teodomiro Fernandes da Silva*** Resumo: O Novotel Campo Grande

Leia mais

Os 4 P s. P de PRODUTO

Os 4 P s. P de PRODUTO Os 4 P s P de PRODUTO O que é um Produto? Produto é algo que possa ser oferecido a um mercado para aquisição, uso ou consumo e que possa satisfazer a um desejo ou necessidade. Os produtos vão além de bens

Leia mais

III-070 - GERENCIAMENTO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS GERADOS PELA REDE HOTELEIRA DO PÓLO DE TURISMO COSTA DAS DUNAS

III-070 - GERENCIAMENTO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS GERADOS PELA REDE HOTELEIRA DO PÓLO DE TURISMO COSTA DAS DUNAS 22º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental 14 a 19 de Setembro 2003 - Joinville - Santa Catarina III-070 - GERENCIAMENTO DOS RESÍDUOS SÓLIDOS GERADOS PELA REDE HOTELEIRA DO PÓLO DE TURISMO

Leia mais

Aplicação da Matriz Importância x Desempenho com usuários de uma pizzaria no Município de Marabá- Sudeste do Pará

Aplicação da Matriz Importância x Desempenho com usuários de uma pizzaria no Município de Marabá- Sudeste do Pará Aplicação da Matriz Importância x Desempenho com usuários de uma pizzaria no Município de Marabá- Sudeste do Pará Bruna Dayanne da Silva Tavares (brunaday_tavares@hotmail.com / UEPA) Lenilton Godinho da

Leia mais

PESQUISA DE MERCADO AMOSTRAGEM

PESQUISA DE MERCADO AMOSTRAGEM PESQUISA DE MERCADO Universo, população e amostra Coleta de dados: é impossível adquirir informações de um todo (universo ou população); Por essa razão escolhe-se uma parte do todo (amostra) representação

Leia mais

Nível de Satisfação dos Clientes da Empresa Visual Mídia Formação Profissional: Um Estudo de Caso.

Nível de Satisfação dos Clientes da Empresa Visual Mídia Formação Profissional: Um Estudo de Caso. 1 Nível de Satisfação dos Clientes da Empresa Visual Mídia Formação Profissional: Um Estudo de Caso. Daiane Maria ALONGE 1 Edson Leite Lopes GIMENEZ 2 Resumo Com a atual concorrência, entender os desejos

Leia mais

ESTRATÉGIAS MERCADOLÓGICAS UTILIZADAS PELAS OPERADORAS, TIM, CLARO E VIVO.

ESTRATÉGIAS MERCADOLÓGICAS UTILIZADAS PELAS OPERADORAS, TIM, CLARO E VIVO. 1 ESTRATÉGIAS MERCADOLÓGICAS UTILIZADAS PELAS OPERADORAS, TIM, CLARO E VIVO. Juliana da Silva RIBEIRO 1 RESUMO: O presente trabalho enfoca as estratégias das operadoras de telefonia móvel TIM,VIVO e CLARO

Leia mais

COMUNICADO TÉCNICO IBRACON Nº XX/2012. Relatórios de sustentabilidade emitidos por auditores independentes INTRODUÇÃO E OBJETIVOS

COMUNICADO TÉCNICO IBRACON Nº XX/2012. Relatórios de sustentabilidade emitidos por auditores independentes INTRODUÇÃO E OBJETIVOS COMUNICADO TÉCNICO IBRACON Nº XX/2012 Relatórios de sustentabilidade emitidos por auditores independentes INTRODUÇÃO E OBJETIVOS Nos últimos anos tem havido evolução dos conceitos econômicos, sociais e

Leia mais

5 Considerações Finais 5.1 Conclusão

5 Considerações Finais 5.1 Conclusão 5 Considerações Finais 5.1 Conclusão Nos dias atuais, nota-se que a marca exerce papel relevante para criar a diferenciação da empresa e de seus produtos tanto no mercado interno como nos mercados internacionais.

Leia mais

PLANO DE ENSINO 2009

PLANO DE ENSINO 2009 Fundamental I ( ) Fundamental II ( ) Médio ( ) PLANO DE ENSINO 2009 Médio Profissionalizante ( ) Profissionalizante ( ) Graduação ( X ) Pós-graduação ( ) I. Dados Identificadores Curso Superior de Tecnologia

Leia mais

A IMPORTÂNCIA DA PESQUISA DE MARKETING PARA GESTORES DE NEGÓCIO

A IMPORTÂNCIA DA PESQUISA DE MARKETING PARA GESTORES DE NEGÓCIO A IMPORTÂNCIA DA PESQUISA DE MARKETING PARA GESTORES DE NEGÓCIO Mariana Ferreira Soares, Priscila Petrusca Messias Gomes Silva e Marcos Alexandre de Melo Barros. Faculdade Senac de Pernambuco. E-mail:

Leia mais

INTERPRETANDO A GEOMETRIA DE RODAS DE UM CARRO: UMA EXPERIÊNCIA COM MODELAGEM MATEMÁTICA

INTERPRETANDO A GEOMETRIA DE RODAS DE UM CARRO: UMA EXPERIÊNCIA COM MODELAGEM MATEMÁTICA INTERPRETANDO A GEOMETRIA DE RODAS DE UM CARRO: UMA EXPERIÊNCIA COM MODELAGEM MATEMÁTICA Marcos Leomar Calson Mestrando em Educação em Ciências e Matemática, PUCRS Helena Noronha Cury Doutora em Educação

Leia mais

O CONSUMO VIRTUAL NO BRASIL

O CONSUMO VIRTUAL NO BRASIL O CONSUMO VIRTUAL NO BRASIL Março 2015 1. PANORAMA DO CONSUMO VIRTUAL NO BRASIL Eletroeletrônicos, livros e calçados foram os itens mais comprados em 2014. Índice de satisfação do consumidor virtual brasileiro

Leia mais

Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro Profª Sandra Regina da Rocha-Pinto /Profª. Lea Mara BeenattiAssaid

Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro Profª Sandra Regina da Rocha-Pinto /Profª. Lea Mara BeenattiAssaid 1 Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro Profª Sandra Regina da Rocha-Pinto /Profª. Lea Mara BeenattiAssaid Currículos Resumidos: Autor Hannah Cláudia Neves de Andrade Graduada em Administração

Leia mais

MARKETING DE RELACIONAMENTO COM OS FORNECEDORES 1

MARKETING DE RELACIONAMENTO COM OS FORNECEDORES 1 MARKETING DE RELACIONAMENTO COM OS FORNECEDORES 1 Roseli Fistarol Krüger 2, Lucinéia Felipin Woitchunas 3. 1 Trabalho de Conclusão de Curso Pós-Graduação 2 Aluna do Mestrado em Desenvolvimento da UNIJUÍ,

Leia mais

A PRÁTICA PEDAGÓGICA DO PROFESSOR DE PEDAGOGIA DA FESURV - UNIVERSIDADE DE RIO VERDE

A PRÁTICA PEDAGÓGICA DO PROFESSOR DE PEDAGOGIA DA FESURV - UNIVERSIDADE DE RIO VERDE A PRÁTICA PEDAGÓGICA DO PROFESSOR DE PEDAGOGIA DA FESURV - UNIVERSIDADE DE RIO VERDE Bruna Cardoso Cruz 1 RESUMO: O presente trabalho procura conhecer o desempenho profissional dos professores da faculdade

Leia mais

Estudo do processo de comunicação, de construção e de uso da informação no contexto da Ciência da Informação

Estudo do processo de comunicação, de construção e de uso da informação no contexto da Ciência da Informação Estudo do processo de comunicação, de construção e de uso da informação no contexto da Ciência da Informação Andressa Mello Davanso Faculdade de Biblioteconomia Centro de Ciências Humanas Sociais Aplicadas

Leia mais

MENSURAÇÃO E DETERMINAÇÃO DO PREÇO DE SERVIÇOS: UM ESTUDO COM PROFISSIONAIS LIBERAIS EM FLORIANÓPOLIS/SC

MENSURAÇÃO E DETERMINAÇÃO DO PREÇO DE SERVIÇOS: UM ESTUDO COM PROFISSIONAIS LIBERAIS EM FLORIANÓPOLIS/SC ! "#$ " %'&)(*&)+,.- /10.2*&4365879&4/1:.+58;.2*=?5.@A2*3B;.- C)D 5.,.5FE)5.G.+ &4- (IHJ&?,.+ /?=)5.KA:.+5MLN&OHJ5F&4E)2*EOHJ&)(IHJ/)G.- D - ;./);.& MENSURAÇÃO E DETERMINAÇÃO DO PREÇO DE SERVIÇOS:

Leia mais

GESTÃO EDUCACIONAL EM RIO CLARO: UMA PROPOSTA DE FORMAÇÃO CONTINUADA CENTRADA NA ESCOLA

GESTÃO EDUCACIONAL EM RIO CLARO: UMA PROPOSTA DE FORMAÇÃO CONTINUADA CENTRADA NA ESCOLA 1 GESTÃO EDUCACIONAL EM RIO CLARO: UMA PROPOSTA DE FORMAÇÃO CONTINUADA CENTRADA NA ESCOLA Valéria Aparecida Vieira Velis Orientador: Prof. Dr. Celso Luiz Ap. Conti Mestrado em Educação Linha de pesquisa:

Leia mais

PROPOSTA PARA ESTÁGIO SUPERVISIONADO II ENSINO DE CIÊNCIAS 2010

PROPOSTA PARA ESTÁGIO SUPERVISIONADO II ENSINO DE CIÊNCIAS 2010 PROPOSTA PARA ESTÁGIO SUPERVISIONADO II ENSINO DE CIÊNCIAS 2010 OBSERVAÇÃO NA ESCOLA Localização da Escola 29/03 16/04 Espaço Físico PPP e o Ensino de Ciências OBSERVAÇÃO NA SALA Relação Professor/Alunos

Leia mais

Professor Esp. Geonir Paulo Schnorr Licenciado em Matemática Esp. em Banco de Dados

Professor Esp. Geonir Paulo Schnorr Licenciado em Matemática Esp. em Banco de Dados Professor Esp. Geonir Paulo Schnorr Licenciado em Matemática Esp. em Banco de Dados Dato bruto Análise Informação Se a informação é a base do Marketing, a pesquisa é seu braço direito. O papel da pesquisa

Leia mais

PROPOSTA DE UM MODELO DE ANÁLISE ESTRATÉGICA COM ENFOQUE EM MARKETING PARA EMPRESAS DE SERVIÇOS

PROPOSTA DE UM MODELO DE ANÁLISE ESTRATÉGICA COM ENFOQUE EM MARKETING PARA EMPRESAS DE SERVIÇOS PROPOSTA DE UM MODELO DE ANÁLISE ESTRATÉGICA COM ENFOQUE EM MARKETING PARA EMPRESAS DE SERVIÇOS Rogério Chimionato Escola de Engenharia de São Carlos - USP - Área de Engenharia de Produção - Av. Dr. Carlos

Leia mais

Questões de Concurso Público para estudar e se preparar... Prefeitura Olinda - Administrador. 1. Leia as afirmativas a seguir.

Questões de Concurso Público para estudar e se preparar... Prefeitura Olinda - Administrador. 1. Leia as afirmativas a seguir. Questões de Concurso Público para estudar e se preparar... Prefeitura Olinda - Administrador 1. Leia as afirmativas a seguir. I. O comportamento organizacional refere-se ao estudo de indivíduos e grupos

Leia mais

Sumário Executivo. Pesquisa Quantitativa de Avaliação do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil PETI

Sumário Executivo. Pesquisa Quantitativa de Avaliação do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil PETI Sumário Executivo Pesquisa Quantitativa de Avaliação do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil PETI Fundação Euclides da Cunha FEC/Data UFF Secretaria de Avaliação e Gestão da Informação Ministério

Leia mais

3 Gerenciamento de Projetos

3 Gerenciamento de Projetos 34 3 Gerenciamento de Projetos Neste capítulo, será abordado o tema de gerenciamento de projetos, iniciando na seção 3.1 um estudo de bibliografia sobre a definição do tema e a origem deste estudo. Na

Leia mais

SISTEMAS DE GESTÃO DE ESTOQUES EX-PROJECT RESUMO INTRODUÇÃO

SISTEMAS DE GESTÃO DE ESTOQUES EX-PROJECT RESUMO INTRODUÇÃO SISTEMAS DE GESTÃO DE ESTOQUES EX-PROJECT Antonio Evangelino de Carvalho Soares Cintia Silvia Victor dos Santos Claudinei Candido Vieira Érica Natália Martins Silva Kátia Ribeiro dos Santos Marco Túlio

Leia mais

MARKETING DE RELACIONAMENTO: UM ESTUDO DE CASO NO COMÉRCIO DE TRÊS LAGOAS

MARKETING DE RELACIONAMENTO: UM ESTUDO DE CASO NO COMÉRCIO DE TRÊS LAGOAS MARKETING DE RELACIONAMENTO: UM ESTUDO DE CASO NO COMÉRCIO DE TRÊS LAGOAS ADRIELI DA COSTA FERNANDES Aluna da Pós-Graduação em Administração Estratégica: Marketing e Recursos Humanos da AEMS PATRICIA LUCIANA

Leia mais

Confederação Nacional da Indústria. - Manual de Sobrevivência na Crise -

Confederação Nacional da Indústria. - Manual de Sobrevivência na Crise - RECOMENDAÇÕES PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS - Manual de Sobrevivência na Crise - Janeiro de 1998 RECOMENDAÇÕES PARA PEQUENAS E MÉDIAS EMPRESAS - Manual de Sobrevivência na Crise - As empresas, principalmente

Leia mais

TÍTULO: O CRM NA FIDELIZAÇÃO DE CLIENTES EM UMA EMPRESA DE MATERIAL PARA CONSTRUÇÃO

TÍTULO: O CRM NA FIDELIZAÇÃO DE CLIENTES EM UMA EMPRESA DE MATERIAL PARA CONSTRUÇÃO TÍTULO: O CRM NA FIDELIZAÇÃO DE CLIENTES EM UMA EMPRESA DE MATERIAL PARA CONSTRUÇÃO CATEGORIA: CONCLUÍDO ÁREA: CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS SUBÁREA: ADMINISTRAÇÃO INSTITUIÇÃO: FACULDADE DE AURIFLAMA AUTOR(ES):

Leia mais

Pesquisa de Mercado e Formação de Preço: um Estudo de Caso Referente Ao Serviço de Internet em uma Empresa que Atua no Município de Bambuí Mg

Pesquisa de Mercado e Formação de Preço: um Estudo de Caso Referente Ao Serviço de Internet em uma Empresa que Atua no Município de Bambuí Mg Pesquisa de Mercado e Formação de Preço: um Estudo de Caso Referente Ao Serviço de Internet em uma Empresa que Atua no Município de Bambuí Mg José Willer do Prado jwprado@gmail.com IFMG - Campus Bambuí

Leia mais

A QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO E SATISFAÇÃO: UM ESTUDO MULTI-CASOS COM OS FUNCIONÁRIOS DAS EMPRESAS DO SISTEMA S

A QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO E SATISFAÇÃO: UM ESTUDO MULTI-CASOS COM OS FUNCIONÁRIOS DAS EMPRESAS DO SISTEMA S A QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO E SATISFAÇÃO: UM ESTUDO MULTI-CASOS COM OS FUNCIONÁRIOS DAS EMPRESAS DO SISTEMA S Marcos Henrique Pazini (Pós-Graduado da UNICENTRO), Sílvio Roberto Stefano (Orientador),

Leia mais

5 Conclusão. FIGURA 3 Dimensões relativas aos aspectos que inibem ou facilitam a manifestação do intraempreendedorismo. Fonte: Elaborada pelo autor.

5 Conclusão. FIGURA 3 Dimensões relativas aos aspectos que inibem ou facilitam a manifestação do intraempreendedorismo. Fonte: Elaborada pelo autor. 5 Conclusão Este estudo teve como objetivo a análise dos diversos fatores que influenciam tanto de maneira positiva quanto negativa no exercício do papel dos gerentes e também dos elementos que facilitam

Leia mais

NORMA BRASILEIRA DE CONTABILIDADE TÉCNICA DO SETOR PÚBLICO NBCT (IPSAS)

NORMA BRASILEIRA DE CONTABILIDADE TÉCNICA DO SETOR PÚBLICO NBCT (IPSAS) NORMA BRASILEIRA DE CONTABILIDADE TÉCNICA DO SETOR PÚBLICO NBCT (IPSAS) Temas para Discussão 1) DISPOSIÇÕES GERAIS 2) DEFINIÇÕES GERAIS 3) CARACTERÍSTICAS E ATRIBUTOS DA INFORMAÇÃO DE CUSTOS 4) EVIDENCIAÇÃO

Leia mais

XXVI$ENANGRAD$ $ $ $ $ $ $ $ $ $ $ $ $ $ $ $ $ $ $ $ $ $ $ $

XXVI$ENANGRAD$ $ $ $ $ $ $ $ $ $ $ $ $ $ $ $ $ $ $ $ $ $ $ $ XXVIENANGRAD AVALIAÇÃO DA QUALIDADE NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS NA AMAZÔNIA SETENTRIONAL: UM LEVANTAMENTO ACERCA DO ABASTECIMENTO DE ÁGUA NA REGIÃO CENTRAL DE BOA VISTA Juliana Matos Eduardo Codevilla Soares

Leia mais

MELHORIA DA QUALIDADE e MASP (Prof. José Carlos de Toledo GEPEQ/DEP-UFSCar) 1. Introdução

MELHORIA DA QUALIDADE e MASP (Prof. José Carlos de Toledo GEPEQ/DEP-UFSCar) 1. Introdução MELHORIA DA QUALIDADE e MASP (Prof. José Carlos de Toledo GEPEQ/DEP-UFSCar) 1. Introdução A Melhoria da Qualidade é uma atividade que deve estar presente nas rotinas de toda a empresa. Isto significa que

Leia mais

PROPOSTA DE ESTRUTURA DE FLUXO DE CAIXA PARA A METALÚRGICA SEGATTO

PROPOSTA DE ESTRUTURA DE FLUXO DE CAIXA PARA A METALÚRGICA SEGATTO PROPOSTA DE ESTRUTURA DE FLUXO DE CAIXA PARA A METALÚRGICA SEGATTO SEGATTO, Priscila 1 ; MARETH, Taciana 2 Palavras-Chave: Fluxo de caixa. Controles financeiros. Administração Financeira. 1. Introdução

Leia mais

CAPÍTULO 6 INTENÇÕES REPRODUTIVAS E PLANEAMENTO DA FECUNDIDADE

CAPÍTULO 6 INTENÇÕES REPRODUTIVAS E PLANEAMENTO DA FECUNDIDADE CAPÍTULO 6 INTENÇÕES REPRODUTIVAS E PLANEAMENTO DA FECUNDIDADE O questionário do IDS de 1997 conteve várias questões para investigar as preferências reprodutivas da população entrevistada. Foi recolhida

Leia mais

Avaliação da usabilidade em sites de hotéis considerados de grande porte em Natal RN

Avaliação da usabilidade em sites de hotéis considerados de grande porte em Natal RN 2º Contecsi Congresso Internacional de Gestão da Tecnologia e Sistemas de Informação / Internacional Conference on Information Systems and Technology Management 01-03 de Junho de 2005 São Paulo/SP Brasil

Leia mais

SATISFAÇÃO DOS USUÁRIOS DO TRANSPORTE COLETIVO DE ESTEIO

SATISFAÇÃO DOS USUÁRIOS DO TRANSPORTE COLETIVO DE ESTEIO SATISFAÇÃO DOS USUÁRIOS DO TRANSPORTE COLETIVO DE ESTEIO RELATÓRIO DE PESQUISA Equipe: Prof. Guilherme Trez Prof. Marcelo Jacques Fonseca Silvia Kihara Porto Alegre, junho de 2010 SUMÁRIO APRESENTAÇÃO...

Leia mais

PESQUISADORES. Pesquisadores

PESQUISADORES. Pesquisadores Pesquisadores Objetivos 2 Conhecer a opinião dos pesquisadores apoiados pela FAPESP sobre o tema Ciência e Tecnologia. 3 Principais resultados Principais resultados 4 Melhores recursos financeiros e credibilidade

Leia mais

Perfil Caliper SUPER de Vendas The Inner Seller Report

Perfil Caliper SUPER de Vendas The Inner Seller Report Perfil Caliper SUPER de Vendas The Inner Seller Report Avaliação de: Sr. João Vendedor Preparada por: Consultor Caliper consultor@caliper.com.br Data: Copyright 2012 Caliper & Tekoare. Todos os direitos

Leia mais

A SATISFAÇÃO DO CLIENTE COMO BASE PARA A QUALIDADE EM SERVIÇOS: O CADO DE UM SUPERMERCADO DE PEQUENO PORTE

A SATISFAÇÃO DO CLIENTE COMO BASE PARA A QUALIDADE EM SERVIÇOS: O CADO DE UM SUPERMERCADO DE PEQUENO PORTE A SATISFAÇÃO DO CLIENTE COMO BASE PARA A QUALIDADE EM SERVIÇOS: O CADO DE UM SUPERMERCADO DE PEQUENO PORTE Antonio Brandão Junior Waleska Silveira Lira Geuda Anazile da Costa Gonçalves RESUMO O objetivo

Leia mais

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA Pró-Reitoria Acadêmica Setor de Pesquisa

CENTRO UNIVERSITÁRIO CATÓLICA DE SANTA CATARINA Pró-Reitoria Acadêmica Setor de Pesquisa FORMULÁRIO PARA INSCRIÇÃO DE PROJETO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA. Coordenação/Colegiado ao(s) qual(is) será vinculado: Curso (s) : Ciências Contábeis Nome do projeto: LEVANTAMENTO E APLICAÇÃO DO OS MÉTODOS

Leia mais

O JOGO COMO UMA PROPOSTA DE INVESTIGAÇÃO E DE TRABALHO NA ESCOLA DE TEMPO INTEGRAL

O JOGO COMO UMA PROPOSTA DE INVESTIGAÇÃO E DE TRABALHO NA ESCOLA DE TEMPO INTEGRAL O JOGO COMO UMA PROPOSTA DE INVESTIGAÇÃO E DE TRABALHO NA ESCOLA DE TEMPO INTEGRAL Resumo Regiane Laura Loureiro 1 - UFPR Verônica Branco 2 - UFPR Grupo de Trabalho - Didática: Teorias, Metodologias e

Leia mais

Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Novembro 2014

Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Novembro 2014 Texto para Coluna do NRE-POLI na Revista Construção e Mercado Pini Novembro 2014 PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO EM EMPRESAS DE CONSTRUÇÃO CIVIL DE MÉDIO PORTE NO BRASIL. Elisabete Maria de Freitas Arquiteta

Leia mais

RESUMO DE CONCLUSÃO DE CURSO

RESUMO DE CONCLUSÃO DE CURSO RESUMO DE CONCLUSÃO DE CURSO A onda de modernização no ambiente econômico mundial, e no brasileiro em particular tem, aparentemente, criado diversos problemas gerenciais para as empresas em geral, independente

Leia mais

9º ENTEC Encontro de Tecnologia: 23 a 28 de novembro de 2015

9º ENTEC Encontro de Tecnologia: 23 a 28 de novembro de 2015 PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO DE UM PRODUTO NO CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO Cleidiane Silva e Silva¹; Tassyane Lara Souza²; Patrícia Caroline Verissimo³; Antônio Luiz Ferreira Junior 4 1234 Universidade

Leia mais

Utilização do QFD como ferramenta para hierarquizar requisitos de projeto

Utilização do QFD como ferramenta para hierarquizar requisitos de projeto Utilização do QFD como ferramenta para hierarquizar requisitos de projeto Magnos R. Klein (FAHOR) mk000856@fahor.com.br Luciano Schaedler (FAHOR) ls000859@fahor.com.br Cristiano Eich (FAHOR) ce000701@fahor.com.br

Leia mais

Artigo publicado. na edição 18. www.revistamundologistica.com.br. Assine a revista através do nosso site. setembro e outobro de 2011

Artigo publicado. na edição 18. www.revistamundologistica.com.br. Assine a revista através do nosso site. setembro e outobro de 2011 Artigo publicado na edição 18 Assine a revista através do nosso site setembro e outobro de 2011 www.revistamundologistica.com.br :: artigo Cálculo do estoque de segurança as suas diferentes abordagens

Leia mais

IDENTIDADE DO PEDAGOGO: QUAL A VISÃO QUE O ESTUDANTE DE PEDAGOGIA TEM DE SUA PROFISSÃO

IDENTIDADE DO PEDAGOGO: QUAL A VISÃO QUE O ESTUDANTE DE PEDAGOGIA TEM DE SUA PROFISSÃO IDENTIDADE DO PEDAGOGO: QUAL A VISÃO QUE O ESTUDANTE DE PEDAGOGIA TEM DE SUA PROFISSÃO Deise Sachetti Pinar,Maria José Gomes Moreira de Miranda 2, Sumiko Hagiwara Sakae 3 Orientadora: Drª. Maria Tereza

Leia mais

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS» ADMINISTRAÇÃO (MARKETING) «

CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS» ADMINISTRAÇÃO (MARKETING) « CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS» ADMINISTRAÇÃO (MARKETING) «21. É falacioso falar que o marketing é filho do capitalismo e, portanto, apenas ajudaria a concentrar a renda satisfazendo necessidades supérfluas

Leia mais

PERFIL DO GESTOR ESPORTIVO NOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA: UMA REVISÃO DA LITERATURA

PERFIL DO GESTOR ESPORTIVO NOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA: UMA REVISÃO DA LITERATURA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA PERFIL DO GESTOR ESPORTIVO NOS PAÍSES DE LÍNGUA PORTUGUESA: UMA REVISÃO DA LITERATURA Gabriel Silveira Karnas Porto Alegre 2010 2 UNIVERSIDADE

Leia mais

Pesquisa Quantitativa Top of Mind 1

Pesquisa Quantitativa Top of Mind 1 Pesquisa Quantitativa Top of Mind 1 Amanda Aguiar Emilayni Silva Flávio Martins Paula Cristina Pereira Raphael Cordeiro Rodrigo Geraldo Tadeu Granziol Vivian R. Barboni 2 Samia Cruañes de Souza Dias 3

Leia mais

Prefácio à 6ª edição, xi

Prefácio à 6ª edição, xi Prefácio à 6ª edição, xi 1 Marketing na área de serviços, 1 1.1 Definição de serviços, 6 1.2 Tipos de serviços, 7 1.4 Diferenças entre marketing de serviços e de bens, 15 1.5 Características dos serviços,

Leia mais

PERFIL EMPREENDEDOR DOS APICULTORES DO MUNICIPIO DE PRUDENTÓPOLIS

PERFIL EMPREENDEDOR DOS APICULTORES DO MUNICIPIO DE PRUDENTÓPOLIS PERFIL EMPREENDEDOR DOS APICULTORES DO MUNICIPIO DE PRUDENTÓPOLIS Elvis Fabio Roman (Bolsista programa universidade sem fronteiras/projeto associativismo apícola no município de Prudentópolis), e-mail:

Leia mais

Varejo: será que o foco está mesmo no cliente?

Varejo: será que o foco está mesmo no cliente? Revista da ESPM -101 Varejo: será que o foco está mesmo no cliente? FÁTIMA MOTTA Graduada em Administração de Empresas (FMU) e Comunicação (ECA/USP) Pós -Graduada em Administração de Empresas (PUC/SP)

Leia mais

UM MODELO SERVPERF PARA AVALIAÇÃO DE SERVIÇOS HOSPITALARES

UM MODELO SERVPERF PARA AVALIAÇÃO DE SERVIÇOS HOSPITALARES UM MODELO SERVPERF PARA AVALIAÇÃO DE SERVIÇOS HOSPITALARES André Luís Policani Freitas (UENF) policani@uenf.br Manaara Iack Cozendey (UENF/UCAM) manaara@uenf.br Nos últimos anos, as organizações hospitalares,

Leia mais

O PROJETO POLÍTICO-PEDAGÓGICO: REFLEXÕES SOBRE O ESTADO DO AMAPÁ. André Marcio Picanço Favacho 1

O PROJETO POLÍTICO-PEDAGÓGICO: REFLEXÕES SOBRE O ESTADO DO AMAPÁ. André Marcio Picanço Favacho 1 O PROJETO POLÍTICO-PEDAGÓGICO: REFLEXÕES SOBRE O ESTADO DO AMAPÁ. André Marcio Picanço Favacho 1 Introdução O estudo em andamento procura analisar o projeto político-pedagógico de uma escola pública de

Leia mais

DIAGNÓSTICO SOBRE SAÚDE, SEGURANÇA E EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM UMA EMPRESA DE MINERAIS NÃO METÁLICOS DA PARAÍBA

DIAGNÓSTICO SOBRE SAÚDE, SEGURANÇA E EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM UMA EMPRESA DE MINERAIS NÃO METÁLICOS DA PARAÍBA DIAGNÓSTICO SOBRE SAÚDE, SEGURANÇA E EDUCAÇÃO AMBIENTAL EM UMA EMPRESA DE MINERAIS NÃO METÁLICOS DA PARAÍBA Isabel Cristina Farias QUIRINO 1, Vera Lúcia Meira de Morais SILVA 2, Lígia Maria Ribeiro LIMA

Leia mais

A PRÁTICA DA GESTÃO AMBIENTAL AGROINDUSTRIAL: UM ESTUDO DE CASO EM UMA AGROINDÚSTRIA QUE PRODUZ ENERGIA ELÉTRICA A PARTIR DA CASCA DO ARROZ

A PRÁTICA DA GESTÃO AMBIENTAL AGROINDUSTRIAL: UM ESTUDO DE CASO EM UMA AGROINDÚSTRIA QUE PRODUZ ENERGIA ELÉTRICA A PARTIR DA CASCA DO ARROZ A PRÁTICA DA GESTÃO AMBIENTAL AGROINDUSTRIAL: UM ESTUDO DE CASO EM UMA AGROINDÚSTRIA QUE PRODUZ ENERGIA ELÉTRICA A PARTIR DA CASCA DO ARROZ Andressa Rocha Lhamby (1) Acadêmica do curso de Gestão Ambiental

Leia mais