A dinamização da Comunicação Interna via Intranet: instrumentos e objetivos 1

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "A dinamização da Comunicação Interna via Intranet: instrumentos e objetivos 1"

Transcrição

1 A dinamização da Comunicação Interna via Intranet: instrumentos e objetivos 1 Virgínia Borges Palmerston 2 Natália Mara Araújo Pereira 3 Ricardo Luis Oliveira Rocha Campos 4 Rúbia Danieli 5 Centro Universitário de Belo Horizonte UNI-BH Resumo O presente artigo tem como objetivo verificar em que medida os instrumentos disponibilizados nas intranets têm se constituído eficientes meios de comunicação interna no que diz respeito aos objetivos para os quais foram criados. Para tanto, este artigo aborda a comunicação interna, a intranet como veículo de comunicação e demonstra, por meio de estudos de caso, quais são os instrumentos presentes nas redes internas de uma empresa privada do ramo industrial e outra do ramo de serviços e, conseqüentemente, os resultados alcançados com a disponibilização de tais instrumentos. Palavras-chave Intranet; comunicação interna; relações-públicas 1-Introdução Agilidade na transmissão de informações, redução de custos, possibilidades de interação entre funcionários de filiais e localidades diferentes e uniformização do discurso, estas entre outras vantagens, são os motivos que fizeram com que a intranet fosse adotada pelas médias e grandes empresas brasileiras. Outro fator importante para a valorização da intranet é a preocupação das organizações com a comunicação estabelecida com o 1 Trabalho apresentado ao NP Relações Públicas e Comunicação Organizacional do VIII encontro dos Núcleos de Pesquisa da Intercom. 2 Mestre em Educação, Administração e Comunicação, Especialização em Docência do Ensino Superior: Teoria e Prática, professora extensionista e pesquisadora do UNI-BH, Docente do curso de Relações Públicas do UNI-BH. 3 Graduanda em Comunicação Social Relações Públicas pelo Centro Universitário de Belo Horizonte UNI-BH e bolsista da iniciação científica, vinculada ao projeto de pesquisa A comunicação interna via intranet: instrumentos e objetivos. 4 Graduando em Comunicação Social Relações Públicas pelo Centro Universitário de Belo Horizonte UNI-BH e voluntário da iniciação científica, vinculada ao projeto de pesquisa A comunicação interna via intranet: instrumentos e objetivos. 5 Graduanda em Comunicação Social Relações Públicas pelo Centro Universitário de Belo Horizonte UNI-BH e bolsista da iniciação científica, vinculada ao projeto de pesquisa A comunicação interna via intranet: instrumentos e objetivos. 1

2 público interno. Trata-se de uma ferramenta que dissemina e permite a rápida atualização das informações e, portanto, facilita a atividade de comunicação com os funcionários. Devido a sua importância estratégica para a disseminação de informações junto ao público interno, a utilização das redes corporativas vem sendo motivo de constantes estudos das organizações, que a cada dia incrementam a sua intranet. Conforme Mendes Suas interfaces utilizam padrões web, amigáveis, que influenciam os usuários na navegação. Este ambiente de navegação facilita o acesso e atualização de uma grande variedade de dados, inclusive de documentos com texto, imagens e objetos multimídia (áudio e vídeo). Os dados são apresentados em formas modernas e de fácil reconhecimento, bem diferentes das apresentações antigas dos relatórios, memorandos, planilhas e tabelas. Um benefício destes padrões é agilizar o aprendizado desta nova ferramenta. (MENDES, 2006) As modificações visam à utilização de novas possibilidades de divulgação e interação social, sendo que hoje os instrumentos utilizados vão desde as notícias institucionais, aos fóruns de discussão, do contracheque eletrônico aos blogs do presidente da empresa, do acesso aos s e telefones até aos formulários para solicitações administrativas, tudo para atrair a atenção dos funcionários para o conteúdo das intranets. É crescente, portanto, a preocupação por parte das empresas com os profissionais que gerenciam a rede corporativa das organizações. Esta atenção especial com a criação, atualização e manutenção das intranets tem feito com que a área seja profissionalizada por meio da atuação de profissionais de comunicação, tecnologias da informação e informática, que, em conjunto, procuram garantir a disseminação da informação associada à navegabilidade e à acessibilidade para que os empregados possam utilizar a intranet de uma forma eficaz. Diante desse cenário de transformações por que passam as intranets, é relevante verificar quais são os instrumentos dispostos nessas redes com o escopo de dinamizar a comunicação interna e se estes instrumentos têm alcançado os objetivos a que foram propostos. Utilizamos como suporte teórico autores como Pinho, Nassar, Sandi e outros estudiosos que tratam das áreas de comunicação interna e de redes corporativas. Este estudo conta ainda com pesquisas realizadas em duas empresas privadas de diferentes 2

3 segmentos: Companhia Vale do Rio Doce e Tim - Telecom Itália Móbile 6. A metodologia utilizada foi a qualitativa com entrevistas em profundidade com os profissionais responsáveis pelo gerenciamento das intranets nas respectivas organizações. Em seguida realizamos uma análise dos instrumentos presentes nessas redes corporativas. 2 O desenvolvimento da intranet no Brasil À época da revolução industrial, as organizações passaram a contar com uma nova atividade que, aos poucos, transformou-se em coadjuvante para o bom desempenho empresarial. Trata-se da comunicação que, com o desenvolvimento da sociedade e das técnicas de produção, facilitou o crescimento das organizações e passou a ser fundamental. A alta hierarquia observou que era necessária uma forma mais eficaz de comunicação entre funcionários e patrões, consolidando-se, desse modo, a comunicação organizacional, que segundo Goldhaber é: considerada como um processo dinâmico por meio do qual as organizações se relacionam com o meio ambiente e por meio do qual as subpartes da organização se conectam entre si. Por conseguinte, a comunicação organizacional pode ser vista como o fluxo de mensagens dentro de uma rede de relações interdependentes. (GOLDHABER apud KUNSCH, 1997, p. 68) As empresas, no Brasil, passaram a perceber a importância da comunicação organizacional a partir de 1985, quando ocorreu a abertura política no país e também devido ao processo da globalização, tornando a comunicação uma área estratégica imprescindível para o bom desenvolvimento organizacional. Neste ponto, o desenvolvimento da tecnologia foi essencial para o amadurecimento e desenvolvimento da comunicação. Desta forma, percebe-se que a comunicação organizacional são todas as estratégias e formas de comunicação utilizadas pela organização para relacionar-se com seus públicos, estruturando melhor seu posicionamento como empresa. Para facilitar e fomentar a comunicação interna, as organizações lançaram mão, nos últimos anos, das intranets, que podem ser definidas como redes privadas de 6 Optou-se por estas organizações utilizando como princípio a área econômica em que as organizações estão inseridas: setor industrial, setor varejista e o setor de serviços, sendo que não foi encontrada nenhuma empresa varejista que possuísse um número suficiente de funcionários que tivesse acesso a intranet e que pudessem atender aos objetivos dessa pesquisa. 3

4 informações, utilizando a tecnologia da internet, e que são acessíveis só ao seu público interno. Esse novo meio permite a comunicação da empresa com seus funcionários de uma forma rápida, segura e econômica e, além de auxiliar na disseminação da informação interna, faz parte da estratégia da comunicação organizacional. O profissional de comunicação, principalmente o relações-públicas, tem a rede como uma aliada, mas a constante atualização e desenvolvimento da tecnologia exigem desse profissional uma adaptação e domínio das técnicas para utilização desses recursos no ambiente de trabalho. A rede é um instrumento facilitador da comunicação, mas, para se tornar eficiente e eficaz aos objetivos organizacionais precisa ser empregado de forma adequada. A intranet, como instrumento de comunicação interna, permite que os funcionários obtenham informações atualizadas sobre a instituição e estas informações devem ser acessíveis a todos os membros da organização. Este veículo agiliza os processos internos e externos da instituição permitindo planejamentos estratégicos, discussão de projetos, utilização de serviços disponibilizados em links específicos, que são de interesse dos funcionários, entre outros serviços, com uma relação custo/benefício eficiente para a empresa. Dessa forma, o objetivo maior da rede on-line é a divulgação de informações relativas à empresa para funcionários. Este veículo contribui para a agilização dos processos comunicacionais e pode tornar a comunicação entre funcionários mais limpa e eficiente, proporcionando o desenvolvimento da organização como um todo. Nas palavras de Benett: A intranet é muito mais que uma mera interligação de servidores que executam tarefas semelhantes é um sistema cooperativo que envolve computadores e pessoas, sendo em sua essência um ambiente dinâmico e ativo que difere de tudo o que as pessoas conhecem (BENETT, 1997, p. 21). A comunicação das empresas que utilizam a intranet apresenta alguns aspectos positivos se comparados aos meios tradicionais, como ressalta J. B. Pinho: - Segurança: o acesso à rede, na maioria das vezes, só é possível através do uso de senhas que garante maior segurança para transmissão de informações sigilosas(...) 4

5 - Largura da banda: a conexão das intranets é mais rápida que da internet, o que possibilita uma maior quantidade de informação transmitida por unidade de tempo. - Melhoria nas comunicações internas: proporcionam uma comunicação melhor e mais rápida entre funcionários aumentando a possibilidade de colaboração com projetos da empresa. - Atualidade das informações: as informações da intranet podem ser atualizadas diariamente(...). - Redução dos custos de distribuição: a implantação da intranet em uma organização demanda um investimento grande, mas que a longo prazo é compensada pelo custo de produção, impressão e distribuição dos materiais impressos e newsletters, por exemplo. - Maior participação: viabiliza o trabalho em grupo, que pode ser de modo interativo(...). (PINHO, 2003, p. 24) Contudo, é necessário salientar que a implantação da intranet como veículo de comunicação passa por uma série de questões como a pressão interna e externa e, principalmente, as resistências, que podem ser consideradas aspectos negativos. De acordo com SANDI (2003, p.5) a transição da veiculação de informações, dos meios tradicionais para a intranet ou a introdução desta, enquanto instrumento, como um mecanismo a mais para a comunicação interna, não é algo tranqüilo. Muitos fatores estão ligados a essa resistência e um deles pode ser o desconhecimento no uso e domínio dessa ferramenta. Outro fator que dificulta a utilização da intranet está relacionado à falta de divulgação do novo veículo. Desse modo, a rede não é usada em toda sua potencialidade porque os empregados não sabem como a rede interna pode facilitar sua rotina de trabalho. Paulo Nassar, presidente executivo da Aberje, vai mais longe e afirma que as empresas ainda não utilizam a intranet em todo o seu potencial de imagem, textos, sons; além da interatividade e velocidade que o meio oferece. É preciso compreender as potencialidades e limites (positivos ou negativos) que a rede interna possui e entender sua força como instrumento de comunicação que deve ser adaptado à realidade de cada empresa. Segundo Pinho, A rede é um instrumento que visa a integração, a difusão dos valores e conceitos organizacionais e também da imagem institucional, resta aos profissionais de comunicação saberem utilizá-la e divulgá-la da forma mais adequada ao público interno para que os objetivos comunicacionais sejam atingidos. (PINHO, 2003, p. 24) No próximo item apresentaremos como as duas empresas pesquisadas utilizam a intranet enquanto mecanismo de comunicação organizacional. 5

6 2.1 A intranet da Vale do Rio Doce A CVRD (Companhia Vale do Rio Doce) se tornou a segunda maior empresa de mineração e metais do mundo, após a compra da mineradora canadense, Inco Limited, em Atua em vários ramos da economia, tais como mineração, logística, energia, entre outros negócios. Situa-se em 17 países, é líder no mercado mundial de minério de ferro e pelotas, e é a segunda maior produtora integrada de manganês e ferroligas, além de maior prestadora de serviços de logística do Brasil. Possui, atualmente, operações em 14 estados brasileiros e no exterior, tem empresas controladas e coligadas nos EUA, Argentina, Chile, Peru, França, Noruega e Baharain. Em Minas Gerais, onde foi realizada a pesquisa, possui cerca de 12 mil empregados, dos 22 mil de toda a Vale no país. O cálculo é de que 8% desses funcionários são da área administrativa. A sede fica no Rio de Janeiro, onde está a alta hierarquia da comunicação da empresa. É a matriz que disponibiliza no site as informações institucionais. A intranet recebeu o nome de Portal Vale, implantado em março de A equipe de comunicação, que é responsável pelo Portal no Brasil, possui 100 empregados, à exceção de estagiários (aproximadamente 80 pessoas). Para coordenar o Portal em Minas Gerais, a empresa conta com um comitê que hoje está concentrado em oito pessoas representando as regionais do Estado. A entrevista foi realizada com o relações-públicas Jordan Marinho, assessor da gerência de comunicação da regional MG, analista de comunicação, e com a relações-públicas Renata Mambrio, analista de comunicação e responsável pela intranet. Jordan Marinho explica que a comunicação tem no Portal a esperança de que ele se torne um excelente meio de comunicação. Para isso, está sendo preparada uma revitalização da ferramenta através da criação de comitê gestor que terá respaldo da diretoria executiva da CVRD. O comitê está focado na criação de uma governança para o Portal, uma vez que não há ainda hoje uma área que dê orientações ao desenho da rede interna. A governança vai possibilitar a orientação de forma descendente e, segundo Marinho, o processo vai gerar um resultado enriquecedor para a ferramenta. 6

7 Hoje os dados da intranet são atualizados pelos comitês responsáveis, que não abastecem a rede de informações periodicamente da mesma maneira, alguns atualizam os dados de suas áreas diariamente, outros semanalmente. Como a rede é muito lenta e de difícil atualização de dados, este é um dos motivos, segundo Marinho, que fazem com que a intranet não tenha alcançado todos os objetivos propostos, pois ela é muito lenta e difícil de atualizar os dados. A ferramenta é difícil de usar [...] mesmo quem tem afinidade com a ferramenta acha difícil inserir o conteúdo nela salienta. Por outro lado, ele acredita que a criação do Portal foi positiva porque possibilitou o enxugamento dos veículos já existentes na empresa, transformados em seis veículos, sendo que uma parte destes estabeleceu-se em uma única fonte on-line. Marinho destaca que existe o papel do gestor da informação de cada área e o papel do publicador, que apenas insere as informações na intranet. A publicação de textos ou artigos por parte do público interno já foi mais ativa, entretanto hoje a comunidade virtual está meio estagnada, foi incentivada no inicio e hoje, devido à falta de tempo, as pessoas não tem participado diz Marinho. A intranet na CVRD ainda é um veículo de comunicação utilizado mais pelo setor administrativo, no entanto os operários de turno têm um quiosque a sua disposição. De acordo com Renata Mambrio, esses empregados têm navegado cada vez mais, entretanto o acesso ainda não é o ideal, já que o intervalo que possuem para usar a rede é pequeno. Mambrio acredita que o quiosque é uma forma de democratizar a informação, no entanto somente quando os equipamentos foram implantados é que a empresa explicou como usar o Portal, mas não forneceu nenhum tipo de treinamento. Apesar da pouca orientação ao público, ela crê que os funcionários não têm muita dificuldade com o instrumento, e que quando necessitam de mais informações tiram as dúvidas com os próprios colegas. Na opinião de Mambrio, o Portal ainda não é o principal veículo de comunicação da empresa, já que os funcionários ainda não adquiriram essa cultura, mas as diretorias têm tentado estimular esse hábito. Para o pessoal de turno ainda vai demorar a ser o principal veículo de comunicação, uma vez que as atividades desenvolvidas por eles são no campo (minas). 7

8 Ela destaca os cursos on-line e o link de Recursos Humanos como os mais importantes para a dinamização da comunicação interna, pois estes servem como um chamativo para o acesso dos funcionários, que, por utilizarem muito os serviços desse link, acabam tendo acesso a mensagens institucionais. Já Marinho, acredita que a aba de Serviços do Portal é a mais interessante como estímulo à comunicação interna. A proposta é disponibilizar um maior número de serviços para o funcionário se identificar e participar. São inúmeros os itens existentes nesta aba e este estudo optou por destacar apenas os itens a cargo da Gerência de Comunicação e de Recursos Humanos, uma vez que são os mais ligados à comunicação interna. A aba serviços está disponibilizada da seguinte forma: - RH Sob responsabilidade do setor de Recursos Humanos: Benefícios (3 itens assistência médica, cesta básica e imposto de renda) Plano de saúde É separado, pois o processo é mais complexo. Portal Vale (3 links) Manual de estilo Portal Vale Cada diretoria tem um site no portal e ele ensina como se atualizar (fonte, corpo, letra, cor do título, etc) Comunicação Sob responsabilidade do setor de comunicação: Cartão de visita Manual e forma de solicitação 8

9 Apresentação padrão CRVD Power Point para apresentações Logomarcas Logos padrões Banco de imagens - Fotos Formulários (3 links) Sob a responsabilidade do setor de comunicação: Solicitação de pagamento (alguns são preenchidos na tela) Brindes 2006 listas de brindes. Estes brindes devem privilegiar a comunidade em que está inserida a unidade da Vale. Bancos (Bradesco, Real etc) Links (leva para ações da Vale, sites de outras empresas do grupo) SSO Segurança e Saúde Ocupacional ferramentas para garantir a segurança: Instruções de segurança Sistemas de gestão SSO Colônia de férias Sob responsabilidade do setor de comunicação Só é utilizado na época das férias. (Cadastro do filho para participar) Telefonia Explica como se faz para ter acesso ao telefone digital, ao correio de voz Cotações de ações (da Vale) Normas Normas da Vale, do RH (acordo coletivo, auxilio funeral), da informática, do patrimônio etc. Avaliação da festa de final de ano Sob responsabilidade do setor de comunicação (preenchido pelo funcionário após a festa de final de ano) Programa brilho nos olhos (qualidade de vida especifico para os empregados de Vitória) Clube de vantagens: Convênios com entidades 9

10 Produtos com descontos Serviços on-line: PCOL Transferência de arquivo, dicionário, problemas de informática. E-Sac Serviços Minas Gerais Sob responsabilidade do setor de comunicação e grupo MG Fim de semana (Dicas de cultura em BH, esporte em BH etc) Tutorial: 108 suporte Consulta chamado Serviços compartilhados 2.2 A intranet da TIM LESTE A TIM (Telecom Itália Móbile) Leste é um dos maiores grupo de telefonia celular do país. Atua nos estados de Minas Gerais, Bahia e Sergipe, foi criada em 2000 e possui aproximadamente 1254 funcionários do quadro administrativo e operacional em Minas Gerais e na Bahia. Esses profissionais, por exigência da empresa, possuem, no mínimo, segundo grau completo ou graduação superior completa, ou em andamento. A entrevista foi realizada com a analista de comunicação da TIM Leste, Ana Paula Cabral, jornalista e publicitária, responsável pelo setor de comunicação que, possui, ainda, uma estagiária de Publicidade e Propaganda, Irene Beatriz da Silva. As funções 10

11 do setor são atualizar os veículos de comunicação interna, criar e divulgar campanhas internas e organizar todos os eventos e reuniões de trabalho interno. A intranet da empresa foi implantada em 2001 e já foi atualizada há um ano e meio. A comunicação interna de cada operadora (TIM Leste, TIM Norte, etc) é responsável pela atualização de suas páginas e a home page (www.tim.com.br) é atualizada pela Holding. Atualmente a atualização da TIM Leste é feita pela estagiária da comunicação interna. Segundo Ana Paula todos os funcionários e estagiários da Bahia e de Minas Gerais têm acesso à intranet que enfoca prioritariamente notícias sobre o dia-a-dia da empresa (enfoque regional), campanhas motivacionais e informações para executar algum trabalho (procedimentos, informações comerciais, clipping, estrutura organizacional). Porém esse acesso só é possível dentro da empresa, pois acessos fora do local de trabalho ainda não estão disponíveis. A TIM, além da intranet, mantém outros recursos de comunicação interna como o Jornal Mural Tim Móbile, A Revista Atmosfera, as mensagens enviadas por s e os torpedos enviados pelo celular. A intranet da TIM não possui um dispositivo capaz de mensurar o número de acessos diários, mas a equipe acredita que está sendo bem acessada, pois foi implantada com o intuito de informar e ser útil para o funcionário no seu dia-a-dia na empresa. Por meio da rede interna o funcionário tem acesso aos documentos normativos da empresa, ao contracheque, serviços de TI, link para bancos e outros tipos de informações que facilitam a vida dele. 11

12 Foi criado na empresa um Comitê de Comunicação Interna para possibilitar ao empregado o acesso ao setor de comunicação, proporcionando oportunidade de participação na gestão dos processos da comunicação interna. Com a implantação desse setor a meta da TIM é proporcionar uma atualização diária da intranet, que hoje é feita de dois em dois dias. Para Ana Paula a intranet da TIM ainda não alcançou os objetivos propostos a que ela se propunha, mas, salienta que algumas mudanças na comunicação aconteceram após sua implantação como, por exemplo, no fim do mês, quando o RH disponibiliza o contracheque do funcionário, se o sistema está fora do ar, o setor recebe várias ligações. A intranet visa principalmente divulgar informações voltadas para a área pessoal dos funcionários. Uma das abas da intranet de maior visitação é a de serviços que disponibiliza vários links ao usuário, como: - Classificados (venda, troca, compra de produtos) - Lista de usuários (nome, , telefone dos colaboradores) - Meus dados (onde o colaborador pode atualizar os seus dados) - Convênio (descontos e parcerias com determinados locais) - Classificados - Plano Nossa Conquista (plano dos colaboradores exclusivo) - Gestão de desempenho (feito para os colaboradores) - Help Desk - Meus Dados - Contracheque Eletrônico - CIPA - Formulário (para solicitar materiais etc.) - Plano de Saúde - Plano Odontológico - Achados e Perdidos - Qualidade de Vida (sugestões e dicas de saúde) - Lista de Usuários - Relatório de incidentes 12

13 - Tim torpedo Intercom Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação - Lista de unidades organizacionais Segundo a estagiária Irene Beatriz, a rede interna é um instrumento no qual não somente textos e gráficos podem ser publicados, mas também áudio e vídeo. Isto fornece outras poderosas ferramentas de comunicações e aprendizagem para a organização, salienta. Para ela, a intranet ainda oferece melhores práticas em termos operacionais, pois facilita o fluxo de informação interna e isso leva a melhor tomada de decisão e maior efetividade. 3 Conclusão O estudo mostra sinais que apontam para uma preocupação na adequada utilização das intranets, oferecendo ao empregado instrumentos variados em um só suporte, com objetivos específicos para as diversas áreas empresariais que contribuem para a dinamização da comunicação interna. Porém, as empresas ainda não utilizam a rede em todo seu potencial de imagens, textos e sons, além da interatividade e velocidade que o meio oferece. Este fato acontece devido às constantes modificações por que passam as tecnologias para a intranet, que exigem das organizações atualizações constantes e investimentos em treinamento dos funcionários. Para que alcance a integração, a informação, a difusão de valores e conceitos empresariais é preciso ainda adequá-la para que o uso da intranet passe a fazer parte da cultura da organização. Segundo informações dos departamentos de comunicação das empresas pesquisadas, as intranets ainda não alcançaram os objetivos que foram propostos no lançamento da rede interna on-line. Verifica-se que na maioria das 13

14 empresas brasileiras, os funcionários ainda não estão adaptados às novas tecnologias e a todas as suas possibilidades. Muitas vezes o próprio empregado se retrai no aprendizado, em virtude dessas tecnologias ainda não estarem diretamente incorporadas as suas rotinas de trabalho na empresa. Os responsáveis pela área de comunicação interna de ambas as empresas pesquisadas consideram a rede como um veículo cada vez mais utilizado pelo empregado, entretanto ainda é necessário estimular a participação dos setores que utilizam o instrumental online em seu trabalho diário, para que a intranet realmente possa ser vista como um veículo de comunicação interna. É preciso criar uma identidade entre o funcionário e a intranet para que haja interesse no acesso as informações institucionais, na interação que o meio oferece e para que as redes internas se tornem o principal veículo de comunicação nas organizações. Os profissionais de comunicação, principalmente os relações - públicas, contam com o apoio da rede, mas a constante atualização e desenvolvimento da tecnologia exigem desse profissional uma adaptação e domínio das técnicas para utilização desses recursos no ambiente de trabalho. É necessário o conhecimento das tendências e das novas possibilidades proporcionada pelas intranets para que se obtenha o máximo de aproveitamento no contato com os funcionários. Verificou-se que o corpo administrativo das organizações utiliza intensamente a ferramenta, enquanto o operacional apresenta limitações no uso. Este fato foi observado, principalmente, na Companhia Vale do Rio Doce que dispõe de um grande efetivo trabalhando diretamente nas linhas de produção, sem lidar diretamente com computadores. Além disso, grande parte desse efetivo apresenta limitações no uso da intranet, pois nunca teve acesso à tecnologia no seu ambiente particular. Assim, surge a necessidade de treinamentos para inclusão digital dos funcionários e para que eles possam interagir com o instrumento. Os links disponibilizados nas intranets da CVRD e da TIM são bastante diversificados e estratégicos para a área de comunicação. Na aba de serviços foram encontrados links recorrentes como, Plano de Saúde, Convênios, Contracheque e Segurança no Trabalho, porém, esses serviços disponibilizados não são referentes exclusivamente à comunicação e sim às informações mais ligadas à vida particular dos empregados. 14

15 Nos demais links encontrados na página principal da intranet, verificamos que esse suporte serve para auxiliar a comunicação, mas não substitui os outros meios de comunicação interna. Devido ao preconceito dos funcionários aliado à falta de divulgação, treinamento e atrativos para acesso, a rede não está na preferência dos funcionários que ainda recorrem mais aos instrumentos tradicionais, como o mural, o jornal e as revistas internas entre outros. 4 Referências Bibliográficas GUTIERREZ FORTES, Waldy. Relações Públicas: processo, funções, tecnologia e estratégias. 2.ed.rev.e ampl. São Paulo: Summus, p. KUNSCH, Margarida Maria Krohling. Relações Públicas e modernidade: novos paradigmas na comunicação organizacional. 4. ed. São Paulo: Summus, p. MENDES, Alexandre. Revolucionando a cultura organizacional. 22 de março de Disponível em: <http://www.imasters.com.br/artigo/3920/intranets/revolucionando_a_cultura_organizacional/> Acesso em: 27 de outubro de NASSAR, Paulo. Comunicação interna: a força das empresas. São Paulo: ABERJE Associação Brasileira de Comunicação Empresarial, PINHO, J. B. Relações públicas na internet: técnicas e estratégias para informar e influenciar públicos de interesse. São Paulo: Summus, p. RODRIGUES, Bruno. Webwriting: pensando o texto para a mídia digital. 2. ed. São Paulo: Berkeley, p. SANDI, André Quiroga. A implantação de dispositivos tecnológicos nas organizações: resistências iniciais p. Disponível em: <http://reposcom.portcom.intercom.org.br/bitstream/1904/4582/1/np5sandi.pdf> Acesso em 27 de outubro de MOREIRA, Elizabeth Huber, PON, Mônica Elisa Dias. Novas tecnologias na comunicação empresarial: a intranet como ferramenta de comunicação interna. Trabalho apresentado no Núcleo de Relações Públicas e Comunicação Organizacional, XXVI Congresso Anual em Ciência da Comunicação, Belo Horizonte/MG, 02 a 06 de setembro de

Apps de Produtividade

Apps de Produtividade Apps de Produtividade Os App s de Produtividade oferecem controle, organização e recursos para profissionalização das áreas internas e externas da empresa, proporcionando: Produtividade Controle Integração

Leia mais

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO - SI

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO - SI SISTEMAS DE INFORMAÇÃO - SI Elaborado e adaptado por: Prof.Mestra Rosimeire Ayres Sistemas Colaborativos Empresariais (ECS) Os sistemas colaborativos nas empresas nos oferecem ferramentas para nos ajudar

Leia mais

Política de. [ comunicação] Forluz

Política de. [ comunicação] Forluz Política de [ comunicação] Forluz Índice Apresentação...4 Missão da Forluz...5 Condições para aplicação deste documento...6 Objetivos da Política de Comunicação...7 Diretrizes da Política de Comunicação...8

Leia mais

Sistema de Gestão de Aulas

Sistema de Gestão de Aulas Sistema de Gestão de Aulas criando cultura para o Ensino a Distância e melhorando o processo ensino-aprendizagem pela internet RICARDO CREPALDE* RESUMO O objetivo deste artigo é apresentar a experiência

Leia mais

FACULDADE DE COMUNICAÇÃO SOCIAL HABILITAÇÃO EM RELAÇÕES PÚBLICAS ASSESSORIA DE RELAÇÕES PÚBLICAS. Professora Iara Silva INTRANET E EXTRANET

FACULDADE DE COMUNICAÇÃO SOCIAL HABILITAÇÃO EM RELAÇÕES PÚBLICAS ASSESSORIA DE RELAÇÕES PÚBLICAS. Professora Iara Silva INTRANET E EXTRANET FACULDADE DE COMUNICAÇÃO SOCIAL HABILITAÇÃO EM RELAÇÕES PÚBLICAS ASSESSORIA DE RELAÇÕES PÚBLICAS Professora Iara Silva INTRANET E EXTRANET CONCEITOS, OBJETIVOS, BENEFÍCIOS E TENDÊNCIAS Renato Schumacher

Leia mais

AULA 5 Utilização da Comunicação Interna nas Organizações

AULA 5 Utilização da Comunicação Interna nas Organizações AULA 5 Utilização da Comunicação Interna nas Organizações Estratégias para Comunicação Oficial Os textos sobre Comunicação Interna apresentam, muitas vezes, um cenário utópico. É preciso sugerir estratégias

Leia mais

UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA GABINETE DA REITORIA ASCOM ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO. Relatório de Gestão Setorial do Exercício 2012

UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA GABINETE DA REITORIA ASCOM ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO. Relatório de Gestão Setorial do Exercício 2012 UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA GABINETE DA REITORIA ASCOM ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO Relatório de Gestão Setorial do Exercício 2012 Cruz das Almas BA 2013 UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO

Leia mais

Portfolio de Produtos

Portfolio de Produtos Introdução O Guia de Produtos e Serviços da Assessoria de Comunicação (ASCOM) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) foi elaborado com o objetivo de apresentar os produtos e serviços prestados

Leia mais

Intranet: as tendências na comunicação interna de organizações públicas mineiras

Intranet: as tendências na comunicação interna de organizações públicas mineiras Intranet: as tendências na comunicação interna de organizações públicas mineiras PALMERSTON, Virgínia Borges 1 CAMPOS, Ricardo 2 PEREIRA, Kelly Cristina 3 Centro Universitário de Belo Horizonte - UNI-BH-

Leia mais

Tecnologia da Informação. Prof Odilon Zappe Jr

Tecnologia da Informação. Prof Odilon Zappe Jr Tecnologia da Informação Prof Odilon Zappe Jr Internet Internet Internet é o conglomerado de redes, em escala mundial de milhões de computadores interligados, que permite o acesso a informações e todo

Leia mais

Relatório de Gestão Setorial 2010

Relatório de Gestão Setorial 2010 UFRB UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA ASCOM ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO Relatório de Gestão Setorial 2010 Cruz das Almas BA 2010 ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO RELATÓRIO DE ATIVIDADES Período: Janeiro

Leia mais

ANEXO 1 - QUESTIONÁRIO

ANEXO 1 - QUESTIONÁRIO ANEXO 1 - QUESTIONÁRIO 1. DIMENSÃO PEDAGÓGICA 1.a) ACESSIBILIDADE SEMPRE ÀS VEZES NUNCA Computadores, laptops e/ou tablets são recursos que estão inseridos na rotina de aprendizagem dos alunos, sendo possível

Leia mais

Site institucional da Secretaria de Saúde de Goiânia como comunicação estratégica¹

Site institucional da Secretaria de Saúde de Goiânia como comunicação estratégica¹ Site institucional da Secretaria de Saúde de Goiânia como comunicação estratégica¹ Serena Veloso GOMES² Thamara Rocha Ribeiro FAGURY³ Kalyne Menezes SOUZA4 Silvana Coleta Santos PEREIRA5 Universidade Federal

Leia mais

as cores locais formando um mosaico de sucesso

as cores locais formando um mosaico de sucesso 3º PRÊMIO DE COMUNICAÇÃO DO SISTEMA UNIMED Regulamento O presente regulamento tem a finalidade de estabelecer as normas aplicáveis ao Prêmio de Comunicação do Sistema Unimed, relativas aos participantes,

Leia mais

Cursos Online. Universidade do Corretor Alta Performance em Vendas de Alto Valor. Guia de Boas Vindas Primeiros passos. www.andrevinicius.

Cursos Online. Universidade do Corretor Alta Performance em Vendas de Alto Valor. Guia de Boas Vindas Primeiros passos. www.andrevinicius. Cursos Online Universidade do Corretor Alta Performance em Vendas de Alto Valor Guia de Boas Vindas Primeiros passos www.andrevinicius.com/ead Universidade do Corretor Olá! Tudo bem? É com imenso prazer

Leia mais

NOTAS DE AULA - TELECOMUNICAÇÕES

NOTAS DE AULA - TELECOMUNICAÇÕES NOTAS DE AULA - TELECOMUNICAÇÕES 1. Conectando a Empresa à Rede As empresas estão se tornando empresas conectadas em redes. A Internet e as redes de tipo Internet dentro da empresa (intranets), entre uma

Leia mais

Com a sua atuação pró-ativa a SUCESU trouxe diversos benefícios em prol do setor que representa no Brasil, podendo destacar:

Com a sua atuação pró-ativa a SUCESU trouxe diversos benefícios em prol do setor que representa no Brasil, podendo destacar: Introdução É grande a parcela da população das nações mais desenvolvidas do mundo que está se organizando em sociedades e associações civis que defendem interesses comuns. Essas pessoas já perceberam que

Leia mais

apresentação de serviços

apresentação de serviços apresentação de serviços Nos últimos 50 anos a humanidade gerou mais informações do que em toda sua história anterior. No mercado corporativo, o bom gerenciamento de informações é sinônimo de resultados.

Leia mais

Público Alvo: Investimento: Disciplinas:

Público Alvo: Investimento: Disciplinas: A Universidade Católica Dom Bosco - UCDB com mais de 50 anos de existência, é uma referência em educação salesiana no país, sendo reconhecida como a melhor universidade particular do Centro-Oeste (IGC/MEC).

Leia mais

Código: MAP-DIINF-003 Versão: 00 Data de Emissão: 0101/2013 Elaborado por: Gerência de Comunicação

Código: MAP-DIINF-003 Versão: 00 Data de Emissão: 0101/2013 Elaborado por: Gerência de Comunicação Código: MAP-DIINF-003 Versão: 00 Data de Emissão: 0101/2013 Elaborado por: Gerência de Comunicação Aprovado por: Diretoria de Informação Institucional 1 OBJETIVO Definir e padronizar os procedimentos referentes

Leia mais

Autoria Web Apresentação e Visão Geral sobre a Web

Autoria Web Apresentação e Visão Geral sobre a Web Apresentação e Visão Geral sobre a Web Apresentação Thiago Miranda Email: mirandathiago@gmail.com Site: www.thiagomiranda.net Objetivos da Disciplina Conhecer os limites de atuação profissional em Web

Leia mais

Curso de Relações Públicas: 34 anos de tradição, ética e excelência

Curso de Relações Públicas: 34 anos de tradição, ética e excelência Universidade Metodista de São Paulo Faculdade de Jornalismo e Relações Públicas Curso de Relações Públicas: 34 anos de tradição, ética e excelência Fábio França Maria Aparecida Ferrari Maio de 2006 1 Tradição

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL RESOLUÇÃO CUNI Nº 085, DE 6 DE DEZEMBRO DE 2011. O Conselho Universitário da Universidade Federal de Lavras, no uso de suas atribuições regimentais, e tendo em vista o que foi deliberado

Leia mais

Público Alvo: Investimento. Disciplinas: Profissionais graduados, que lidam ou estejam interessados em atuar com gestão e marketing de serviços.

Público Alvo: Investimento. Disciplinas: Profissionais graduados, que lidam ou estejam interessados em atuar com gestão e marketing de serviços. A Universidade Católica Dom Bosco - UCDB com mais de 50 anos de existência, é uma referência em educação salesiana no país, sendo reconhecida como a melhor universidade particular do Centro-Oeste (IGC/MEC).

Leia mais

Intranet: as tendências na comunicação interna de organizações públicas mineiras 1

Intranet: as tendências na comunicação interna de organizações públicas mineiras 1 Intranet: as tendências na comunicação interna de organizações públicas mineiras 1 PALMERSTON, Virgínia Borges, CAMPOS, Ricardo e PEREIRA, Kelly Cristina 2 Centro Univers itário de Belo Horizonte- UNI-BH

Leia mais

Soluções em Tecnologia da Informação

Soluções em Tecnologia da Informação Soluções em Tecnologia da Informação Curitiba Paraná Salvador Bahia A DTS Sistemas é uma empresa familiar de Tecnologia da Informação, fundada em 1995, especializada no desenvolvimento de soluções empresariais.

Leia mais

FERRAMENTAS PARA INCENTIVO E PROMOÇÃO

FERRAMENTAS PARA INCENTIVO E PROMOÇÃO FERRAMENTAS PARA INCENTIVO E PROMOÇÃO RECURSO DIGITAL Esta apresentação tem por finalidade contar um pouco do que a Recurso Digital faz em campanhas de incentivo, relacionamento e promoção. Reforçamos

Leia mais

Produção e publicação científica no curso de Relações Públicas da UNEB 1

Produção e publicação científica no curso de Relações Públicas da UNEB 1 Produção e publicação científica no curso de Relações Públicas da UNEB 1 Adalberto GÓES 2 Bruna CALASANS 3 Camila OLIVEIRA 4 Franciele VIANA 5 Francyele FRAGA 6 Nara ESPIÑEIRA 7 Resumo O presente trabalho

Leia mais

Pesquisa para Análise de Canais de Comunicação Realizada em julho e agosto/2013

Pesquisa para Análise de Canais de Comunicação Realizada em julho e agosto/2013 Pesquisa para Análise de Canais de Comunicação Realizada em julho e agosto/2013 Objeto: Relatório de tabulação resultante da pesquisa para análise dos canais de comunicação do Ministério Público do Estado

Leia mais

COLABORE. Um mundo novo de possibilidades

COLABORE. Um mundo novo de possibilidades COLABORE Um mundo novo de possibilidades LUIZ HENRIQUE PROHMANN 24 de Março de 2009 Quem somos nós O Grupo HSBC no mundo A maior empresa do planeta / revista Forbes 2008 A marca mais valiosa do setor bancário

Leia mais

Relato da Iniciativa

Relato da Iniciativa 1 Relato da Iniciativa 5.1 Nome da iniciativa ou projeto Novo portal institucional da Prefeitura de Vitória (www.vitoria.es.gov.br) 5.2 Caracterização da situação anterior A Prefeitura de Vitória está

Leia mais

sz propaganda propaganda sz consulting sz webdesign sz branding sz design um novo começo. um novo começo. além da marca e muito mais

sz propaganda propaganda sz consulting sz webdesign sz branding sz design um novo começo. um novo começo. além da marca e muito mais sz propaganda um novo começo. propaganda sz um novo começo. sz consulting maximizando resultados sz branding além da marca sz design e muito mais sz webdesign sem portas fechadas Planejamento estratégico,

Leia mais

webaula S/A 1 de 15 Grupo webaula Educação sem fronteiras

webaula S/A 1 de 15 Grupo webaula Educação sem fronteiras webaula S/A 1 de 15 Grupo webaula 1. LMS webaula O LMS WEBAULA (Learning Management System) foi desenvolvido especialmente para promover a capacitação e reciclagem teórica e prática dos colaboradores de

Leia mais

DISCIPLINAS CURRICULARES (PCN) INFORMÁTICA PRODUÇÃO DE MATERIAL

DISCIPLINAS CURRICULARES (PCN) INFORMÁTICA PRODUÇÃO DE MATERIAL A nossa meta é envolver alunos e professores num processo de capacitação no uso de ferramentas tecnológicas. Para isto, mostraremos ao professor como trabalhar as suas disciplinas (matemática, português,

Leia mais

PRÁTICA. Portal do Consumidor da Anatel (www.anatel.gov.br/consumidor)

PRÁTICA. Portal do Consumidor da Anatel (www.anatel.gov.br/consumidor) PRÁTICA 1) TÍTULO Portal do Consumidor da Anatel (www.anatel.gov.br/consumidor) 2) DESCRIÇÃO DA PRÁTICA - limite de 4 (quatro) páginas: O Portal do Consumidor (www.anatel.gov.br/consumidor) foi criado

Leia mais

Design, SEO, Marketing, Hospedagem e Administração de sites. Esta apresentação contém links para acesso de conteúdo na Internet.

Design, SEO, Marketing, Hospedagem e Administração de sites. Esta apresentação contém links para acesso de conteúdo na Internet. Design, SEO, Marketing, Hospedagem e Administração de sites Esta apresentação contém links para acesso de conteúdo na Internet. Agência de Publicidade Divulgando, criando e comunicando nas mais diversas

Leia mais

ANEXO À RESOLUÇÃO Nº /2010 REGIMENTO DA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO

ANEXO À RESOLUÇÃO Nº /2010 REGIMENTO DA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO ANEXO À RESOLUÇÃO Nº /2010 REGIMENTO DA DIRETORIA DE TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO Art. 1º - A Diretoria de Tecnologia de Informação e Comunicação DTIC da Universidade FEDERAL DO ESTADO DO RIO

Leia mais

Planejamento Estratégico de Comunicação Interna Comunica Pirelli A Pirelli mais perto de você Versão resumida

Planejamento Estratégico de Comunicação Interna Comunica Pirelli A Pirelli mais perto de você Versão resumida Planejamento Estratégico de Comunicação Interna Comunica Pirelli A Pirelli mais perto de você Versão resumida Análise do contexto da organização A Pirelli é a quinta maior empresa do mundo no mercado de

Leia mais

A Comunicação Institucional nos Websites Corporativos: um estudo exploratório 1

A Comunicação Institucional nos Websites Corporativos: um estudo exploratório 1 A Comunicação Institucional nos Websites Corporativos: um estudo exploratório 1 Izabella B. de C. Sant Anna 2 Natália Carolina Fernandes 2 Resumo A Internet exerce uma grande influência nas empresas nos

Leia mais

Plataforma Interativa de Vídeo

Plataforma Interativa de Vídeo Plataforma Interativa de Vídeo Milonga DWM Soluções em Comunicação e Tecnologia Interativa, empresa do Grupo Ciclotron. Desenvolvemos soluções com foco na experiência do usuário, implantado um novo conceito

Leia mais

PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO EDITAL

PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO EDITAL PROCESSO SELETIVO PARA ALUNOS/ESTÁGIARIOS FACULDADES INTEGRADAS BARROS MELO EDITAL As Faculdades Integradas Barros Melo vêm tornar público aos alunos regularmente matriculados nos Cursos de Jornalismo,

Leia mais

Unidade II COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL. Profa. Ma. Andrea Morás

Unidade II COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL. Profa. Ma. Andrea Morás Unidade II COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL Profa. Ma. Andrea Morás Comunicação empresarial Envolve todas as ferramentas de comunicação. Atividade multidisciplinar. Envolve conflitos, emoções, potencialidades e

Leia mais

Comportamento Humano: Liderança, Motivação e Gestão do Desempenho

Comportamento Humano: Liderança, Motivação e Gestão do Desempenho A Universidade Católica Dom Bosco - UCDB com mais de 50 anos de existência, é uma referência em educação salesiana no país, sendo reconhecida como a melhor universidade particular do Centro-Oeste (IGC/MEC).

Leia mais

Planejamento Estratégico 2011 para implementação de Software Livre

Planejamento Estratégico 2011 para implementação de Software Livre Planejamento Estratégico 2011 para implementação de Software Livre FÓRUM DE SOFTWARE LIVRE - 2010 Valdir Barbosa Agenda Plano estratégico 2011 para uso de Software Livre Diretrizes Objetivos e indicadores

Leia mais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Mídias Digitais

Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Mídias Digitais Programa do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu Mídias Digitais Apresentação A emergência de novas tecnologias de informação e comunicação e sua convergência exigem uma atuação de profissionais com visão

Leia mais

1. PRÁTICA EFICAZ DE GESTÃO EDUCACIONAL. 1.1. Histórico da Prática Eficaz

1. PRÁTICA EFICAZ DE GESTÃO EDUCACIONAL. 1.1. Histórico da Prática Eficaz Nome da Instituição: Universidade Feevale Segmento: IES - Instituições de Ensino Superior Categoria: Gestão Administrativa, de Pessoas ou Financeira Nome da Prática Eficaz de Gestão Educacional: Programa

Leia mais

VALIDAÇÃO DO PRÊMIO CEARÁ DE CIDADANIA ELETRÔNICA 2013

VALIDAÇÃO DO PRÊMIO CEARÁ DE CIDADANIA ELETRÔNICA 2013 VALIDAÇÃO DO PRÊMIO CEARÁ DE CIDADANIA ELETRÔNICA 2013 ABRIL/2013 PROGRAMAÇÃO 1. OBJETIVO, OBJETO E PÚBLICO ALVO 2. CARACTERÍSTICAS 3. CATEGORIAS E COMISSÕES 4. CRITÉRIOS 5. FASES 6. FORMULÁRIO 7. VENCEDORES

Leia mais

Estudo ABERJE 2012 Comunicação Interna. Comunicação Interna

Estudo ABERJE 2012 Comunicação Interna. Comunicação Interna Estudo ABERJE 2012 JULHO DE 2012 20 2012 ABERJE Pesquisa 2012 Associação Brasileira de Comunicação Empresarial Concepção e planejamento: Prof. Dr. Paulo Nassar Coordenação: Carlos A. Ramello Desenvolvimento:

Leia mais

Perfil. Nossa estratégia de crescimento reside na excelência operacional, na inovação, no desenvolvimento do produto e no foco no cliente.

Perfil. Nossa estratégia de crescimento reside na excelência operacional, na inovação, no desenvolvimento do produto e no foco no cliente. Institucional Perfil A ARTSOFT SISTEMAS é uma empresa Brasileira, fundada em 1986, especializada no desenvolvimento de soluções em sistemas integrados de gestão empresarial ERP, customizáveis de acordo

Leia mais

Sistemas de Informações Gerenciais

Sistemas de Informações Gerenciais Sistemas de Informações Gerenciais Intranets, Extranets e a Internet Uma intranet Sites é uma na rede Internet interna a uma organização que utiliza tecnologias da Internet para fornecer um ambiente do

Leia mais

2. Disseminar o conhecimento gerado no Instituto Federal do Amazonas.

2. Disseminar o conhecimento gerado no Instituto Federal do Amazonas. Extensão ETENSÃO A implementação da politica de Extensão, no Instituto Federal do Amazonas reafirma a missão deste Instituto e seu comprometimento com o desenvolvimento local e regional promovendo a integração

Leia mais

Proposta Comercial. Democratizar a internet é um dever de todos

Proposta Comercial. Democratizar a internet é um dever de todos Proposta Comercial Democratizar a internet é um dever de todos E-mail / MSN Messenger comercial@gentecnologia.com.br Skype gentecnologia.comercial Endereço Av. Presidente Epitácio Pessoa, 2234 (Sl 302

Leia mais

APRESENTAÇÃO. Aprecie as apresentações a seguir. Boa leitura!

APRESENTAÇÃO. Aprecie as apresentações a seguir. Boa leitura! APRESENTAÇÃO A Informatiza Soluções Empresariais está no mercado desde 2006 com atuação e especialização na criação de sites e lojas virtuais. A empresa conta com um sistema completo de administração de

Leia mais

Usina de Site em gênero Seus principais valores são: iniciativa, qualidade, criatividade, competência e profissionalismo. Ao adquirir serviços e

Usina de Site em gênero Seus principais valores são: iniciativa, qualidade, criatividade, competência e profissionalismo. Ao adquirir serviços e Usina de Site em número Uma agência, uma equipe, uma unidade. São vários membros, estilos diferentes e inúmeras habilidades que se complementam e dão um novo sentido à publicidade e propaganda, guiados

Leia mais

Avaliação Ergonômica da Usabilidade da Navegação Estrutural

Avaliação Ergonômica da Usabilidade da Navegação Estrutural Felipe Ferraz Pereira Memoria Avaliação Ergonômica da Usabilidade da Navegação Estrutural Dissertação de Mestrado Dissertação apresentada como requisito parcial para obtenção do título de Mestre pelo Programa

Leia mais

WEB 2.0 NA EDUCAÇÃO: O FACEBOOK COMO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM NA FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES

WEB 2.0 NA EDUCAÇÃO: O FACEBOOK COMO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM NA FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES ISSN 2316-7785 WEB 2.0 NA EDUCAÇÃO: O FACEBOOK COMO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM NA FORMAÇÃO INICIAL DE PROFESSORES Arlam Dielcio Pontes da Silva Universidade Federal Rural de Pernambuco arllan_dielcio@hotmail.com

Leia mais

A INTERNET E A NOVA INFRA-ESTRUTURA DA TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO

A INTERNET E A NOVA INFRA-ESTRUTURA DA TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO A INTERNET E A NOVA INFRA-ESTRUTURA DA TECNOLOGIA DE INFORMAÇÃO 1 OBJETIVOS 1. O que é a nova infra-estrutura informação (TI) para empresas? Por que a conectividade é tão importante nessa infra-estrutura

Leia mais

Linguagem: o desafio de quem quer se comunicar com o mundo RBS Debates Porto Alegre Setembro / 2008

Linguagem: o desafio de quem quer se comunicar com o mundo RBS Debates Porto Alegre Setembro / 2008 Linguagem: o desafio de quem quer se comunicar com o mundo RBS Debates Porto Alegre Setembro / 2008 www.lvba.com.br Web 2.0 Principais características Descentralização da produção de conteúdo Colaboração

Leia mais

criar colaborar comunicar Tecnologia para Crescer

criar colaborar comunicar Tecnologia para Crescer Tecnologia para Crescer Com o crescimento da banda larga e smartphones/ tablets, conteúdos têm sido criados e consumidos em uma taxa alarmante. Atualmente, a definição de conteúdo mudou e não se trata

Leia mais

LEVANTAMENTO BIBLIOGRÁFICO SOBRE AS METODOLOGIAS PARA O DESIGN DE INTERFACES DIGITAIS E PRODUTOS MIDIÁTICOS 1

LEVANTAMENTO BIBLIOGRÁFICO SOBRE AS METODOLOGIAS PARA O DESIGN DE INTERFACES DIGITAIS E PRODUTOS MIDIÁTICOS 1 LEVANTAMENTO BIBLIOGRÁFICO SOBRE AS METODOLOGIAS PARA O DESIGN DE INTERFACES DIGITAIS E PRODUTOS MIDIÁTICOS 1 Patrícia Marques da Silva 2 ; Aline Cardoso Militão 3 ; Sônia Cristina Soares Dias Vermelho

Leia mais

TRABALHOS TÉCNICOS Serviço de Documentação e Informação EDIÇÃO E GESTÃO DE CONTEÚDO PARA WEB

TRABALHOS TÉCNICOS Serviço de Documentação e Informação EDIÇÃO E GESTÃO DE CONTEÚDO PARA WEB TRABALHOS TÉCNICOS Serviço de Documentação e Informação EDIÇÃO E GESTÃO DE CONTEÚDO PARA WEB Gestão do Conhecimento hoje tem se materializado muitas vezes na memória organizacional da empresa. O conteúdo

Leia mais

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE INFORMÁTICA

REGULAMENTO DO NÚCLEO DE INFORMÁTICA REGULAMENTO DO NÚCLEO DE INFORMÁTICA Aprovado pela Resolução CONSUNI nº 31/13, de 21/08/13. CAPÍTULO I DAS CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES Art. 1º Este regulamento dispõe especificamente do Núcleo de Informática

Leia mais

ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário

ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário RESOLUÇÃO Nº 99, DE 24 DE NOVEMBRO DE 2009 Dispõe sobre o Planejamento Estratégico de TIC no âmbito do Poder Judiciário e dá outras providências. ANEXO I A Estratégia de TIC do Poder Judiciário Planejamento

Leia mais

Aula 1: Introdução à Disciplina Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina

Aula 1: Introdução à Disciplina Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina Programação para Internet Rica 1 Aula 1: Introdução à Disciplina Fonte: Plano de Aula Oficial da Disciplina Objetivo: Identificar os princípios que se destacam como características da Web 2.0. INTRODUÇÃO

Leia mais

1. Objetivo do Projeto

1. Objetivo do Projeto PROPOSTA DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS VISNET - INTERNET E COMUNICAÇÃO Desenvolvimento de Site para CDL 1. Objetivo do Projeto O CDL Online é o mais novo sistema interativo especialmente projetado para criar

Leia mais

Pesquisa de Avaliação do Portal da ANEEL na Internet

Pesquisa de Avaliação do Portal da ANEEL na Internet Pesquisa de Avaliação do Portal da ANEEL na Internet Período de pesquisa: 03/11/2004 a 30/12/2004 Abril 2005 1/13 Índice Página 1.0 INTRODUÇÃO...03 2.0 Análise das respostas de múltipla escolha...04 3.0

Leia mais

um país digital & continental A realidade do setor nos Estados Brasileiros Como entender e interagir com o novo consumidor na hora da compra

um país digital & continental A realidade do setor nos Estados Brasileiros Como entender e interagir com o novo consumidor na hora da compra REVISTA DIGITALKS. ano 01. número 02 um país digital & continental A realidade do setor nos Estados Brasileiros Como entender e interagir com o novo consumidor na hora da compra #Content marketing 11 passos

Leia mais

Trabalho interdisciplinar e atividade extensionista na UEPG: o projeto Portal Comunitário

Trabalho interdisciplinar e atividade extensionista na UEPG: o projeto Portal Comunitário Trabalho interdisciplinar e atividade extensionista na UEPG: o projeto Portal Comunitário SOUZA, Kauana Mendes 1 ; XAVIER, Cintia 2 Universidade Estadual de Ponta Grossa, Paraná, PR RESUMO O projeto Portal

Leia mais

Redes sociais no Terceiro Setor

Redes sociais no Terceiro Setor Redes sociais no Terceiro Setor Prof. Reginaldo Braga Lucas 2º semestre de 2010 Constituição de redes organizacionais Transformações organizacionais Desenvolvimento das organizações articuladas em redes

Leia mais

Política de Comunicação do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) - PCS

Política de Comunicação do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) - PCS Política de Comunicação do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) - PCS POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO DO SERVIÇO FEDERAL DE PROCESSAMENTO DE DADOS (SERPRO) - PCS A Política de Comunicação do Serviço

Leia mais

Aula 03 Internet. Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br http://www.profbrunogomes.com.br/

Aula 03 Internet. Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br http://www.profbrunogomes.com.br/ Aula 03 Internet Prof. Bruno Gomes bruno.gomes@ifrn.edu.br http://www.profbrunogomes.com.br/ Agenda da Aula Internet O que é a Internet? A Internet é: Rede mundial de computadores interconectados; Serve

Leia mais

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões

Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões MÍDIA KIT INTERNET Número de pessoas com acesso à internet passa de 120 milhões Segundo pesquisa da Nielsen IBOPE, até o 1º trimestre/2014 número 18% maior que o mesmo período de 2013. É a demonstração

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE SECRETARIA EXECUTIVA DOS CONSELHOS RESOLUÇÃO Nº xx/xxxx CONSELHO UNIVERSITÁRIO EM dd de mês de aaaa Dispõe sobre a criação

Leia mais

Conquistamos ao longo de nossa trajetória mais de 30.000 licenças em operação em 6.500 clientes ativos.

Conquistamos ao longo de nossa trajetória mais de 30.000 licenças em operação em 6.500 clientes ativos. Institucional Perfil A ARTSOFT SISTEMAS é uma empresa brasileira, fundada em 1986, especializada no desenvolvimento de soluções em sistemas integrados de gestão empresarial ERP, customizáveis de acordo

Leia mais

Ferramentas de informações e comunicações e as interações possíveis Tecnologias populares para uma Educação à Distância mais Popular.

Ferramentas de informações e comunicações e as interações possíveis Tecnologias populares para uma Educação à Distância mais Popular. Trabalha de Conclusão do Curso Educação a Distância : Um Novo Olhar Para a Educação - Formação de Professores/Tutores em EaD pelo Portal Somática Educar Ferramentas de informações e comunicações e as interações

Leia mais

Aula 7 Aplicações e questões do Comércio Eletrônico.

Aula 7 Aplicações e questões do Comércio Eletrônico. Aula 7 Aplicações e questões do Comércio Eletrônico. TENDÊNCIAS NO COMÉRCIO ELETRÔNICO Atualmente, muitos negócios são realizados de forma eletrônica não sendo necessário sair de casa para fazer compras

Leia mais

O Dia D. 12º Prêmio Destaque em Comunicação SINEPE. e a culturalização de um. posicionamento estratégico

O Dia D. 12º Prêmio Destaque em Comunicação SINEPE. e a culturalização de um. posicionamento estratégico O Dia D e a culturalização de um posicionamento estratégico 12º Prêmio Destaque em Comunicação SINEPE Centro Universitário Franciscano uma universidade para suas aspirações Santa Maria é um polo educacional

Leia mais

CONVITE Nº 01/2012 ANEXO I - DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS

CONVITE Nº 01/2012 ANEXO I - DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS CONVITE Nº 01/2012 ANEXO I - DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS OBJETIVO E ESCOPO 1. Informações Gerais 1.1 Objetivo geral do trabalho: desenvolvimento de novo site institucional para o Senac (www.senac.br), nas versões

Leia mais

RESISTÊNCIA X ACEITAÇÃO DA MODALIDADE SEMIPRESENCIAL DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DE UMA FACULDADE TECNOLÓGICA EM FORTALEZA-CE

RESISTÊNCIA X ACEITAÇÃO DA MODALIDADE SEMIPRESENCIAL DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DE UMA FACULDADE TECNOLÓGICA EM FORTALEZA-CE 1 RESISTÊNCIA X ACEITAÇÃO DA MODALIDADE SEMIPRESENCIAL DO CURSO DE ADMINISTRAÇÃO DE UMA FACULDADE TECNOLÓGICA EM FORTALEZA-CE Fortaleza CE, 01 de maio de 2014 Luciana Rodrigues Ramos Duarte Faculdade Ateneu

Leia mais

Blogs Corporativos como instrumentos de comunicação nas empresas: uma análise prático-teórica.

Blogs Corporativos como instrumentos de comunicação nas empresas: uma análise prático-teórica. Blogs Corporativos como instrumentos de comunicação nas empresas: uma análise prático-teórica. Além de tornar-se fundamental para a difusão do conhecimento e geração das relações interpessoais, a Internet

Leia mais

Acesse: www.eyenet.com.br ou ligue : (11) 5049-0441

Acesse: www.eyenet.com.br ou ligue : (11) 5049-0441 1 2 1) Proposta Comercial 2) Cases 3) Apresentação Eyenet 3 Objetivos do Projeto Construir uma intranet, oferecendo aos gestores, uma ferramenta web de fácil atualização de conteúdos, tornando-o um meio

Leia mais

Atividade Capitulo 6 - GABARITO

Atividade Capitulo 6 - GABARITO Atividade Capitulo 6 - GABARITO 1. A Internet é uma força motriz subjacente aos progressos em telecomunicações, redes e outras tecnologias da informação. Você concorda ou discorda? Por quê? Por todos os

Leia mais

Planejamento Estratégico de TIC. da Justiça Militar do Estado. do Rio Grande do Sul

Planejamento Estratégico de TIC. da Justiça Militar do Estado. do Rio Grande do Sul Planejamento Estratégico de TIC da Justiça Militar do Estado do Rio Grande do Sul MAPA ESTRATÉGICO DE TIC DA JUSTIÇA MILITAR DO ESTADO (RS) MISSÃO: Gerar, manter e atualizar soluções tecnológicas eficazes,

Leia mais

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA E PREVIDENCIÁRIA PLATAFORMA PENSE NO FUTURO

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA E PREVIDENCIÁRIA PLATAFORMA PENSE NO FUTURO PROGRAMA DE EDUCAÇÃO FINANCEIRA E PREVIDENCIÁRIA PLATAFORMA PENSE NO FUTURO Pesquisa de 12 a 20 de dezembro de 2013 Como parte do planejamento POUPREV para 2013, foi efetuada no período de 12 a 20 de dezembro

Leia mais

Universidade Federal de Uberlândia Diretoria de Comunicação Social (Dirco) Políticas Públicas de Comunicação

Universidade Federal de Uberlândia Diretoria de Comunicação Social (Dirco) Políticas Públicas de Comunicação Universidade Federal de Uberlândia Diretoria de Comunicação Social Políticas Públicas de Comunicação...a presença ativa duma universidade, revigorada ao contato de seu núcleo mais vivo e ciosa do seu espaço

Leia mais

Público Alvo: Investimento: Disciplinas:

Público Alvo: Investimento: Disciplinas: A Universidade Católica Dom Bosco - UCDB com mais de 50 anos de existência, é uma referência em educação salesiana no país, sendo reconhecida como a melhor universidade particular do Centro-Oeste (IGC/MEC).

Leia mais

ARKETING INTERNET SEO CRIATIVIDADE AGÊNCIA CRIAÇÃO

ARKETING INTERNET SEO CRIATIVIDADE AGÊNCIA CRIAÇÃO DESIGN CRIAÇÃO AGÊNCIA USABILIDA ARKETING INTERNET SEO DIGIT CRIATIVIDADE DESDE 1999 NO MERCADO, A M2BRNET É UMA AGÊNCIA DE MARKETING DIGITAL ESPECIALIZADA EM SOLUÇÕES PERSONALIZADAS. SI ARQ Desde 1999

Leia mais

Conheça a Fran Press, a assessoria que oferece as melhores estratégias de relacionamento com a imprensa.

Conheça a Fran Press, a assessoria que oferece as melhores estratégias de relacionamento com a imprensa. Conheça a Fran Press, a assessoria que oferece as melhores estratégias de relacionamento com a imprensa. A Fran Press está de cara nova, mantendo a sua reconhecida identidade estratégica. Nos tempos atuais

Leia mais

II SEMINÁRIO SOBRE GESTÃO DE PESSOAS NO SETOR PÚBLICO DESAFIOS DO DESENVOLVIMENTO GERENCIAL. Palestrante: Luisa Rocha Cabral

II SEMINÁRIO SOBRE GESTÃO DE PESSOAS NO SETOR PÚBLICO DESAFIOS DO DESENVOLVIMENTO GERENCIAL. Palestrante: Luisa Rocha Cabral 1 II SEMINÁRIO SOBRE GESTÃO DE PESSOAS NO SETOR PÚBLICO DESAFIOS DO DESENVOLVIMENTO GERENCIAL Palestrante: Luisa Rocha Cabral Graduada em Administração Pública pela Escola de Governo Professor Paulo Neves

Leia mais

Sobre 4YouSee. Já imaginou seu conteúdo digital publicado em 1 minuto? Digital Signage, uma tendência. Versatilidade

Sobre 4YouSee. Já imaginou seu conteúdo digital publicado em 1 minuto? Digital Signage, uma tendência. Versatilidade Sobre 4YouSee Conhecendo os recursos de mídia, bem como as necessidades do mercado publicitário, a F6 Sistemas desenvolveu 4YouSee, um software capaz de reunir rentabilidade, eficiência e rapidez no gerenciamento

Leia mais

Plano de COMUNICAÇÃO do Planejamento Estratégico da Justiça Federal

Plano de COMUNICAÇÃO do Planejamento Estratégico da Justiça Federal Plano de COMUNICAÇÃO do Planejamento Estratégico da Justiça Federal PLANO DE COMUNICAÇÃO DA ESTRATÉGIA Introdução É importante ressaltar que um plano de comunicação tem a finalidade de tornar conhecida

Leia mais

O poder da colaboração e da comunicação baseadas na Nuvem

O poder da colaboração e da comunicação baseadas na Nuvem O poder da colaboração e da comunicação baseadas na Nuvem O Microsoft Office 365 é a suíte de Produtividade da Microsoft, que oferece as vantagens da Nuvem a empresas de todos os tamanhos, ajudando-as

Leia mais

O QUE É O SITE MUNÍCIPIOS?

O QUE É O SITE MUNÍCIPIOS? O QUE É O SITE MUNÍCIPIOS? Apresentação Histórico Estratégia de comunicação e políticas para promoção do municipalismo forte e atuante A atuação da Confederação Nacional de Municípios na comunicação pública

Leia mais

Artigo: A comunicação institucional nos websites corporativos um estudo exploratório 1

Artigo: A comunicação institucional nos websites corporativos um estudo exploratório 1 Artigo: A comunicação institucional nos websites corporativos um estudo exploratório 1 Izabella Beatriz de Carvalho SANT ANNA 2 Natália Carolina FERNANDES 3 Margarida Maria Krohling KUNSCH 4 Universidade

Leia mais

A PERCEPÇÃO DOS GESTORES EM RELAÇÃO À IMPLANTAÇÃO DO E-LEARNING: UM ESTUDO EM EMPRESAS EM DIFERENTES ESTÁGIOS DE IMPLANTAÇÃO

A PERCEPÇÃO DOS GESTORES EM RELAÇÃO À IMPLANTAÇÃO DO E-LEARNING: UM ESTUDO EM EMPRESAS EM DIFERENTES ESTÁGIOS DE IMPLANTAÇÃO 1 A PERCEPÇÃO DOS GESTORES EM RELAÇÃO À IMPLANTAÇÃO DO E-LEARNING: UM ESTUDO EM EMPRESAS EM DIFERENTES ESTÁGIOS DE IMPLANTAÇÃO Porto Alegre RS Abril 2010 Bianca Smith Pilla Instituto Federal de Educação,

Leia mais

AGENDA. Interação entre comunicação interna corporativa e endomarketing. 02 de Julho. Hotel Intercontinental São Paulo/SP 5ª EDIÇÃO.

AGENDA. Interação entre comunicação interna corporativa e endomarketing. 02 de Julho. Hotel Intercontinental São Paulo/SP 5ª EDIÇÃO. AGENDA Interação entre comunicação interna corporativa e endomarketing 5ª EDIÇÃO D 02 de Julho? Hotel Intercontinental São Paulo/SP Realização: www.corpbusiness.com.br Patrocínio Bronze Apoio Realização:

Leia mais

M E M Ó R I A E M P R E S A R I A L

M E M Ó R I A E M P R E S A R I A L ! M E M Ó R I A E M P R E S A R I A L COMUNICAÇÃO INTERNA E IDENTIDADE NA ORGANIZAÇÕES ISABELA PIMENTEL Capítulo 1 Memória: usos e abusos A memória é mais uma ferramenta da comunicação corporativa, cujo

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO POLÍTICA DE SEGURANÇA DA INFORMAÇÃO Dispõe acerca de normas referentes à segurança da informação no âmbito da CILL Informática S/A. Goiânia-Go, novembro de 2015 Política de Segurança da Informação CILL

Leia mais