1º ano. 2º ano. Os seres vivos, Evolução e Classificação

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "1º ano. 2º ano. Os seres vivos, Evolução e Classificação"

Transcrição

1 1º ano A Origem da Vida Histórico da busca pela origem da vida Livro 1- Unidade 2 - p. 52 Abiogênese Livro 1- Unidade 2 - p. 52 Criacionismo Livro 1- Unidade 2 - p. 52 A origem da vida através da Evolução Livro 1- Unidade 2 - p. 52 Características dos seres vivos Livro 1- Unidade 2 - p. 52 Organização dos ambientes Livro 1- Unidade 2 - p. 52 Níveis de organização Biológica: das moléculas à biosfera Livro 1- Unidade 2 - p. 52 Constituintes da Matéria Viva Substâncias inorgânicas Livro 1- Unidade 3 - p. 76 Substâncias orgânicas Livro 1- Unidade 3 - p. 76 Microscopia Tipos de microscópios Livro 1 - Unidade 4 - Tema 1 - p. 110 Estrutura do microscópio óptico Livro 1 - Unidade 4 - Tema 1 - p. 110 Célula Estrutura Celular Livro 1 - Unidade 4 - p. 108 Membrana Plasmática: estrutura, transporte atraves da membrana. Livro 1 - Unidade 4 - p. 108 Citoplasma: organelas citoplasmáticas Livro 1 - Unidade 4 - p. 108 Núcleo e cromossomos Livro 1 - Unidade 5 - p. 136 Permeabilidade celular, difusão, osmose, transporte ativo, endocitose e exocitose. Livro 1 - Unidade 4 - p. 108 Estrutura nuclear Livro 1 - Unidade 5 - p. 136 Alterações cromossomicas na espécie humana Livro 1 - Unidade 5 - p. 136 Divisão celular Fases da Mitose, da meiose e interfase. Livro 1 - Unidade 5 - Tema 6 - p. 154 Metabolismo Energético Respiração celular Livro 1 - Unidade 6 - p. 170 Fermentação Livro 1 - Unidade 6 - p. 170 Fotossintese Livro 1 - Unidade 6 - p. 170 Quimiossintese Livro 1 - Unidade 6 - p. 170 Histologia animal e vegetal Estrutura e fisiologia dos tecidos animais e vegetais. Livro 1 - Unidade 7 - p. 192 Os seres vivos, Evolução e Classificação O surgimento dos seres vivos Classificação dos seres vivos Evolução e diversidade da vida Características dos seres vivos Níveis de organização dos seres vivos Vírus, Monera, Protistas e Fungos 2º ano Estrutura e classificação dos vírus Livro 2 - Unidade 1 - Tema 6 - p. 43 Principais viroses animais e vegetais Livro 2 - Unidade 1 - Tema 6 - p. 43 Estrutura e classificação das bactérias Livro 2 - Unidade 1 - Tema 3 - p.23 Doenças causadas por bactérias Livro 2 - Unidade 1 - Tema 3 - p.23 Características e Classifiação dos protozoários Livro 2 - Unidade 1 - Tema 4 - p. 29 Protozoário amebóides, flagelados, ciliados e esporozoários. Livro 2 - Unidade 1 - Tema 4 - p. 29 Protozoário e saude humana Livro 2 - Unidade 1 - Tema 4 - p. 29

2 2º ano Filo Euglenophyta Livro 2 - Unidade 1 - Tema 4 - p. 29 Filo Dinophyta Livro 2 - Unidade 1 - Tema 4 - p. 29 Filo Bacillariophyta Livro 2 - Unidade 1 - Tema 4 - p. 29 Filo Phaeophyta Livro 2 - Unidade 1 - Tema 4 - p. 29 Filo Rhodophyta Livro 2 - Unidade 1 - Tema 4 - p. 29 Filo Chlorophyta Livro 2 - Unidade 1 - Tema 4 - p. 29 Características dos Fungos Livro 2 - Unidade 1 - Tema 5 - p. 38 Diversidade dos Fungos Livro 2 - Unidade 1 - Tema 5 - p. 38 Fungos decompositores, paarsitas, mutualisticos e predadores Livro 2 - Unidade 1 - Tema 5 - p. 38 Utilização dos fungos pelo homem. Livro 2 - Unidade 1 - Tema 5 - p. 38 Reino das Plantas Classificação das plantas Livro 2 - Unidade 2 - Tema 1 - p. 58 Ciclos de vida das plantas Livro 2 - Unidade 2 - Tema 1 - p. 58 Características e classificação das Briófitas Livro 2 - Unidade 2 - Tema 4 - p. 70 Caracteríticas e classificação das Pteridófitas Livro 2 - Unidade 2 - Tema 4 - p. 70 Ciclo de vida das Pteridófitas Livro 2 - Unidade 2 - Tema 4 - p. 70 Caracteríticas e classificação das Gimnospermas Livro 2 - Unidade 2 - Tema 4 - p. 70 Características e classificação das Angiospermas Livro 2 - Unidade 2 - Tema 4 - p. 70 Ciclo de vida das Angiospermas Livro 2 - Unidade 2 - Tema 5 - p. 78 Flores (estruturas, germinação e polinização) Livro 2 - Unidade 2 - Tema 3 - p. 66 Semente e fruto Livro 2 - Unidade 2 - Tema 3 - p. 66 Tipos de raizes Livro 2 - Unidade 2 - Tema 3 - p. 66 Tipos de caule Livro 2 - Unidade 2 - Tema 3 - p. 66 Morfologia da folha Livro 2 - Unidade 2 Morfologia dos frutos Livro 2 - Unidade 2 Fotossintese e respiração Livro 2 - Unidade 3 - Tema 1 - p. 94 Absorção e transpiração Livro 2 - Unidade 2 Condução das seivas bruta e elaborada. Livro 2 - Unidade 2 Hormônio vegetais Livro 2 - Unidade 3 - p. 92 Tipos de reprodução Livro 2 - Unidade 2 - Tema 5 - p. 78 Histologia vegetal das Angiospermas Estrutura germinativa de uma semente Livro 2 - Unidade 2 Crescimento primário e secundário Livro 2 - Unidade 2 Tecidos meristemáticos primários: protoderme, meristema fundamental procâmbio). Livro 2 - Unidade 2 Tecidos secundários nas angiospermas Livro 2 - Unidade 2 Epiderme e periderme Livro 2 - Unidade 2 Parênquima Livro 2 - Unidade 2 Sistema vascular Livro 2 - Unidade 2 Caracteríticas dos animais Livro 2 - Unidade 4 - Tema 1 - p. 120 Caracteríticas e diversidade do Filo Porifera Livro 2 - Unidade 4 - Tema 2 - p. 126 Ciclo de vida das esponjas Livro 2 - Unidade 4 Características e diversidade do Filo Cnidária Livro 2 - Unidade 4 - Tema 3 - p. 128 Características dos Platelmintos Livro 2 - Unidade 4 - Tema 4 - p. 131 Estrutura do Filo Nematoda Livro 2 - Unidade 4 - Tema 5 - p. 134 Características gerais dos Moluscos Livro 2 - Unidade 4 - Tema 6 - p. 136 Fisiologia dos Moluscos Livro 2 - Unidade 4 Classificação dos Moluscos Livro 2 - Unidade 4 - Tema 6 - p. 136 Características dos Annelídios Livro 2 - Unidade 4 - Tema 7 - p. 139 Característica dos Artropodos Livro 2 - Unidade 4 - Tema 8 - p. 142 O grupo dos Artropodos Livro 2 - Unidade 4 - Tema 8 - p. 142 Grupos de Echinodermatas Livro 2 - Unidade 4 - Tema 9 - p. 148 Característica dos Chordata Livro 2 - Unidade 5 - p. 160 Diversidade do Filo Chordata Livro 2 - Unidade 5 - p. 160

3 2º ano Anatomia e Fisiologia Animal Fisiologia e Morfologia do sistema digestório Livro 2 - Unidade 7 - Tema 2 - p. 233 Diversidades e especificidades do sistema digestório entre os animais Livro 2 - Unidade 7 - Tema 2 - p. 233 Fisiologia e Morfologia do sistema respiratório entre os animais. Livro 2 - Unidade 7 - Tema 1 - p. 226 Fisiologia e Morfologia do sistema circulatório Livro 2 - Unidade 7 - Tema 3 - p. 241 Circulação sanguinea nos animais Livro 2 - Unidade 7 - Tema 3 - p. 241 Tipos de excreção e de excretas Livro 2 - Unidade 7 - Tema 5 - p. 250 Excreção humana Livro 2 - Unidade 7 - Tema 5 - p. 250 Estrutura do sistema nervoso humano. Livro 2 - Unidade 8 - Tema 3 - p. 275 Atos voluntários e atos reflexos Livro 2 - Unidade 8 - Tema 3 - p. 275 Sistema sensorial: estrurura dos sentidos Livro 2 - Unidade 8 - Tema 4 - p. 284 Glandulas endócrinas e exócrinas do corpo humano Livro 2 - Unidade 8 Os hormônios e sua atuação no corpo humano Livro 2 - Unidade 8 3º ano Genética Básica Herança e meio Livro 3 - Unidade 1 - p. 16 Mendelismo Livro 3 - Unidade 1 - p. 16 Noções básicas de probabilidade aplicada à genética Livro 3 - Unidade 1 - p. 16 Alelos multiplos. Genética dos grupos sanguíneos: ABO, Rh e MN Livro 3 - Unidade 1 - p. 16 Interações gênicas. Noções gerais de genética quantitativa Livro 3 - Unidade 1 - p. 16 Ácidos nucleicos: DNA e RNA Livro 3 - Unidade 1 - p. 16 Estrutura e composição Livro 3 - Unidade 1 - p. 16 Replicação e reparo de DNA Livro 3 - Unidade 1 - p. 16 Transcrição e pensamento de RNA Livro 3 - Unidade 1 - p. 16 Controle da expressão gênica Livro 3 - Unidade 1 - p. 16 Mutação e agentes mutagênicos Livro 3 - Unidade 1 - p. 16 Transposons Livro 2 - Unidade 1 Código genético e tradução Livro 3 - Unidade 1 - p. 16 Teoria cromossômica da herança Livro 3 - Unidade 1 - p. 16 Primeira e Segunda Leis de Mendel Experimentos de Mendel Livro 3 - Unidade 1- Tema 2 - p. 21 A Primeira Lei de Mendel e características humanas Livro 3 - Unidade 1- Tema 2 - p. 21 A Segunda Lei de Mendel Livro 3 - Unidade 1 - Tema 3 - p. 27 Herança genética e grupos sanguíneos Livro 3 - Unidade 1 - Tema 7 - p. 42 Genética e Probabilidade Genes e Cromossomos Livro 3 - Unidade 1 - Tema 6 - p. 38 Ligação Fatorial e Recombinação Livro 3 - Unidade 1 Determinação genética do sexo e herança ligada ao sexo Livro 3 - Unidade 1 Aberrações cromossomicas Livro 3 - Unidade 1 - Tema 7 - p. 42 Biotecnologia Aplicações do conhecimento genético no melhoramento de espécies e no desenvolvimento cientifico e tecnológico Livro 3 - Unidade 2 - p. 60 Evolução Evidencias da Evolução Livro 3 - Unidade 3 - p. 94 Teorias Evolutivas Livro 3 - Unidade 3 - p. 94 Evolução Humana Livro 3 - Unidade 5 - p. 154 Genética das Populações Especiação Livro 3- Unidade Ecologia Componentes bióticos e abióticos de um ecossistema Livro 3 - Unidade 6 - Tema 2 - p. 186 Cadeia e rede alimentar Livro 3 - Unidade 7 - Tema 1 - p. 222 Habitat e Nicho Ecológico Livro 3 - Unidade 6 - Tema 1 - p. 182 Ciclo da água Livro 3 - Unidade 7 -Tema 3 - p. 228 Ciclo do carbono Livro 3 - Unidade 7 -Tema 3 - p. 228 Ciclo do Oxigênio Livro 3 - Unidade 7 -Tema 3 - p. 228 Ciclo do Nitrogênio Livro 3 - Unidade 7 -Tema 3 - p. 228

4 3º ano Relações interespecíficas harmonicas Livro 3 - Unidade 7 - Tema 4 - p. 233 Relações interespecíficas desarmonicas Livro 3 - Unidade 7 - Tema 4 - p. 233 Ecologia de Populações Densidade Populacional Livro 3 - Unidade 7 - Tema 6 - p. 240 Taxas Livro 3 - Unidade 7 - Tema 6 - p. 240 Potencial biótico e resistência ambiental Livro 3 - Unidade 7 - Tema 6 - p. 240 Estrutura etária Livro 3 - Unidade 7 - Tema 6 - p. 240 Fatores reguladores do tamanho de uma população. Livro 3 - Unidade 7 - Tema 6 - p. 240 Ecossistemas Principais biomas da Terra Livro 3 - Unidade 6 - Tema 3 - p. 189 Tundra Livro 3 - Unidade 6 - Tema 3 - p. 189 Floresta Boreal Livro 3 - Unidade 6 - Tema 3 - p. 189 Floresta Temperada Livro 3 - Unidade 6 - Tema 3 - p. 189 Floresta Tropical Livro 3 - Unidade 6 - Tema 3 - p. 189 Campos Livro 3 - Unidade 6 - Tema 3 - p. 189 Desertos Livro 3 - Unidade 6 - Tema 3 - p. 189 Ecossistemas brasileiros Livro 3 - Unidade 6 - Tema 5 - p.202 Ecossistemas aquáticos Livro 3 - Unidade 6 - Tema 5 - p.202 Sucessão ecológica Livro 3 - Unidade 8 - Tema 1 - p. 258 Equilíbrio ambiental Livro 3 - Unidade 8 - Tema 1 - p. 258 Fale Conosco:

5 1º ano A Origem da Vida Histórico da busca pela origem da vida Livro 1 - Módulo 1 - Capítulo 1 - p. 28 Abiogênese Livro 1 - Módulo 1 - Capítulo 1 - p. 28 Criacionismo Livro 1 - Módulo 1 - Capítulo 1 - p. 28 Panspermia Livro 1 - Módulo 1 - Capítulo 1 - p. 28 A origem da vida através da Evolução Livro 1 - Módulo 1 - Capítulo 1 - p. 28 Características dos seres vivos Livro 1 - Módulo 1 - Capítulo 1 - p. 28 Organização dos ambientes Livro 1 - Módulo 1 - Capítulo 1 - p. 28 Níveis de organização Biológica: das moléculas à biosfera Livro 1 - Módulo 1 - Capítulo 2 - p. 46 Constituintes da Matéria Viva Substâncias inorgânicas Livro 1 - Módulo 4 Substâncias orgânicas Livro 1 - Módulo 4 Microscopia Tipos de microscópios Livro 1 - Módulo 3 - Capítulo 10 - p. 186 Estrutura do microscópio óptico Livro 1 - Módulo 3 - Capítulo 10 - p. 186 Célula Estrutura Celular Livro 1 - Módulo 3 - Capítulo 9 - p. 172 Membrana Plasmática: estrutura, transporte atraves da membrana. Livro 1 - Módulo 3 - Capítulo 10 - p. 186 Citoplasma: organelas citoplasmáticas Livro 1 - Módulo 3 - Capítulo 10 - p. 186 Núcleo e cromossomos Livro 1 - Módulo 4 - Capítulo 12 - p.244 Permeabilidade celular, difusão, osmose, transporte ativo, endocitose e exocitose. Livro 1 - Módulo 4 - Capítulo 12 - p.244 Estrutura nuclear Livro 1 - Módulo 4 - Capítulo 12 - p.244 Alterações cromossomicas na espécie humana Livro 1 - Módulo 4 - Capítulo 12 - p.244 Divisão celular Fases da Mitose, da meiose e interfase. Livro 1 - Módulo 4 - Capítulo 12 - p.244 Metabolismo Energético Respiração celular Fermentação Fotossintese Quimiossintese Histologia animal e vegetal Livro 1 - Módulo 4 - Capítulo 11 - p Livro 1 - Módulo 4 - Capítulo 11 - p Livro 1 - Módulo 4 - Capítulo 11 - p Livro 1 - Módulo 4 - Capítulo 11 - p Estrutura e fisiologia dos tecidos animais e vegetais. Livro 3 - Módulo 4 - Capítulo 12 - p º ano Os seres vivos, Evolução e Classificação O surgimento dos seres vivos Livro 3 - Módulo 1- Capítulo 1 - p. 12 Classificação dos seres vivos Livro 3 - Módulo 1- Capítulo 1 - p. 12 Evolução e diversidade da vida Livro 3 - Módulo 1- Capítulo 1 - p. 12 Características dos seres vivos Livro 3 - Módulo 1- Capítulo 1 - p. 12 Níveis de organização dos seres vivos Livro 3 - Módulo 1- Capítulo 1 - p. 12

6 2º ano Vírus, Monera, Protistas e Fungos Estrutura e classificação dos vírus Livro 3 - Módulo 1 - Capítulo 2 - p. 26 Principais viroses animais e vegetais Livro 3 - Módulo 1 - Capítulo 2 - p. 26 Estrutura e classificação das bactérias Livro 3 - Módulo 1 - Capítulo 2 - p. 26 Doenças causadas por bactérias Livro 3 - Módulo 1 - Capítulo 2 - p. 26 Características e Classifiação dos protozoários Livro 3 - Módulo 1- Capítulo 3 - p. 42 Protozoário amebóides, flagelados, ciliados e esporozoários. Livro 3 - Módulo 1- Capítulo 3 - p. 42 Protozoário e saude humana Livro 3 - Módulo 1- Capítulo 3 - p. 42 Filo Euglenophyta Livro 3 - Módulo 1- Capítulo 3 - p. 42 Filo Dinophyta Livro 3 - Módulo 1- Capítulo 3 - p. 42 Filo Bacillariophyta Livro 3 - Módulo 1- Capítulo 3 - p. 42 Filo Phaeophyta Livro 3 - Módulo 1- Capítulo 3 - p. 42 Filo Rhodophyta Livro 3 - Módulo 1- Capítulo 3 - p. 42 Filo Chlorophyta Livro 3 - Módulo 1- Capítulo 3 - p. 42 Características dos Fungos Livro 3 - Módulo 1- Capítulo 3 - p. 42 Diversidade dos Fungos Livro 3 - Módulo 1- Capítulo 3 - p. 42 Fungos decompositores, paarsitas, mutualisticos e predadores Livro 3 - Módulo 1- Capítulo 3 - p. 42 Utilização dos fungos pelo homem. Livro 3 - Módulo 1- Capítulo 3 - p. 42 Reino das Plantas Classificação das plantas Livro 3 - Módulo 2- Capítulo 4 - p. 70 Ciclos de vida das plantas Livro 3 - Módulo 2- Capítulo 4 - p. 70 Características e classificação das Briófitas Livro 3 - Módulo 2- Capítulo 4 - p. 70 Caracteríticas e classificação das Pteridófitas Livro 3 - Módulo 2- Capítulo 4 - p. 70 Ciclo de vida das Pteridófitas Livro 3 - Módulo 2- Capítulo 4 - p. 70 Caracteríticas e classificação das Gimnospermas Livro 3 - Módulo 2- Capítulo 4 - p. 70 Características e classificação das Angiospermas Livro 3 - Módulo 2 - Capítulo 5 - p. 90 Ciclo de vida das Angiospermas Livro 3 - Módulo 2 - Capítulo 5 - p. 90 Flores (estruturas, germinação e polinização) Livro 3 - Módulo 2 - Capítulo 5 - p. 90 Semente e fruto Livro 3 - Módulo 2 - Capítulo 5 - p. 90 Tipos de raizes Livro 3 - Módulo 2 - Capítulo 5 - p. 90 Tipos de caule Livro 3 - Módulo 2 - Capítulo 5 - p. 90 Morfologia da folha Livro 3 - Módulo 2 Morfologia dos frutos Livro 3 - Módulo 2 Fotossintese e respiração Livro 3 - Módulo 3 - Capítulo 6 - p. 114 Absorção e transpiração Livro 3 - Módulo 3 - Capítulo 6 - p. 114 Condução das seivas bruta e elaborada. Livro 3 - Módulo 3 - Capítulo 6 - p. 114 Hormônio vegetais Livro 3 - Módulo 3 - Capítulo 6 - p. 114 Tipos de reprodução Livro 3 - Módulo 3 - Capítulo 6 - p. 114 Histologia vegetal das Angiospermas Estrutura germinativa de uma semente Livro 3 - Modulo 2 - Capítulo 5 - p. 90 Crescimento primário e secundário Livro 3 - Modulo 2 - Capítulo 5 - p. 90 Tecidos meristemáticos primários: protoderme, meristema fundamental procâmbio). Livro 3 - Modulo 2 - Capítulo 5 - p. 90 Tecidos secundários nas angiospermas Livro 3 - Modulo 2 - Capítulo 5 - p. 90 Epiderme e periderme Livro 3 - Modulo 2 - Capítulo 5 - p. 90 Parênquima Livro 3 - Modulo 2 - Capítulo 5 - p. 90 Sistema vascular Livro 3 - Modulo 2 - Capítulo 5 - p. 90 Caracteríticas dos animais Livro 3 - Módulo 3 - Capítulo 8 - p. 158 Caracteríticas e diversidade do Filo Porifera Livro 3 - Módulo 3 - Capítulo 8 - p. 158 Ciclo de vida das esponjas Livro 3 - Módulo 3 - Capítulo 8 - p. 158

7 2º ano Características e diversidade do Filo Cnidária Livro 3 - Módulo 3 - Capítulo 8 - p. 158 Características dos Platelmintos Livro 3 - Módulo 3 - Capítulo 8 - p. 158 Classe Tubellaria, Tremadota e Cestoda Livro 3 - Módulo 3 - Capítulo 8 - p. 158 Estrutura do Filo Nematoda Livro 3 - Módulo 3 - Capítulo 8 - p. 158 Nermátodos parasitas humanos Livro 3 - Módulo 3 - Capítulo 8 - p. 158 Características gerais dos Moluscos Livro 3 - Módulo 3 - Capítulo 8 - p. 158 Fisiologia dos Moluscos Livro 3 - Módulo 3 - Capítulo 8 - p. 158 Classificação dos Moluscos Livro 3 - Módulo 3 - Capítulo 8 - p. 158 Características dos Annelídios Livro 3 - Módulo 3 - Capítulo 8 - p. 158 Característica dos Artropodos Livro 3 - Módulo 3 - Capítulo 8 - p. 158 O grupo dos Artropodos Livro 3 - Módulo 3 - Capítulo 8 - p. 158 Grupos de Echinodermatas Livro 3 - Módulo 3 - Capítulo 8 - p. 158 Característica dos Chordata Livro 3 - Módulo 3 - Capítulo 9 - p. 194 Diversidade do Filo Chordata Livro 3 - Módulo 3 - Capítulo 9 - p. 194 Anatomia e Fisiologia Animal Fisiologia e Morfologia do sistema digestório Diversidades e especificidades do sistema digestório entre os animais Fisiologia e Morfologia do sistema respiratório entre os animais. Fisiologia e Morfologia do sistema circulatório Circulação sanguinea nos animais Tipos de excreção e de excretas Osmorregulação Excreção humana Estrutura do sistema nervoso humano. Atos voluntários e atos reflexos Sistema sensorial: estrurura dos sentidos Glandulas endócrinas e exócrinas do corpo humano Os hormônios e sua atuação no corpo humano Livro 3 - Módulo 3 - Capítulo 7 3º ano Genética Básica Herança e meio Livro 2 - Módulo 2 - Capítulo 4 - p. 76 Mendelismo Livro 2 - Módulo 2 - Capítulo 4 - p. 76 Noções básicas de probabilidade aplicada à genética Livro 2 - Módulo 2 - Capítulo 4 - p. 76 Alelos multiplos. Genética dos grupos sanguíneos: ABO, Rh e MN Livro 2 - Módulo 2 - Capítulo 4 - p. 76 Interações gênicas. Noções gerais de genética quantitativa Livro 2 - Módulo 2 - Capítulo 4 - p. 76 Ácidos nucleicos: DNA e RNA Livro 2 - Módulo 3 - Capítulo 7 - p. 154

8 3º ano Estrutura e composição Livro 2 - Módulo 3 - Capítulo 7 - p. 154 Replicação e reparo de DNA Livro 2 - Módulo 3 - Capítulo 7 - p. 154 Transcrição e pensamento de RNA Livro 2 - Módulo 3 - Capítulo 7 - p. 154 Controle da expressão gênica Livro 2 - Módulo 3 - Capítulo 7 - p. 154 Mutação e agentes mutagênicos Livro 2 - Módulo 3 - Capítulo 7 - p. 154 Código genético e tradução Livro 2 - Módulo 3 - Capítulo 7 - p. 154 Teoria cromossômica da herança Livro 2 - Módulo 2 - Capítulo 6 - p. 138 Primeira e Segunda Leis de Mendel Experimentos de Mendel Livro 2 - Módulo 2 - Capítulo 4 - p. 76 A Primeira Lei de Mendel e características humanas Livro 2 - Módulo 2 - Capítulo 4 - p. 76 A Segunda Lei de Mendel Livro 2 - Módulo 2 - Capítulo 4 - p. 76 Proporções fenotípicas mendelianas do monoibridismo Livro 2 - Módulo 2 - Capítulo 4 - p. 76 Herança genética e grupos sanguíneos Livro 2 - Módulo 2 - Capítulo 4 - p. 76 Genética e Probabilidade Genes e Cromossomos Livro 1 - Módulo 4 Ligação Fatorial e Recombinação Livro 2 - Módulo 4 Determinação genética do sexo e herança ligada ao sexo Livro 2 - Módulo 2 - Capítulo 5 - p. 112 Aberrações cromossomicas Livro 2 - Módulo 2 - Capítulo 5 - p. 112 Biotecnologia Aplicações do conhecimento genético no melhoramento de espécies e no desenvolvimento cientifico e tecnológico Livro 2 - Módulo 3 - Capítulo 8 - p. 182 Evolução Evidencias da Evolução Livro 2 -Módulo 4 - Capítulo 9 - p. 206 Teorias Evolutivas Livro 2 - Módulo 4 - Capítulo 10 - p. 242 Evolução Humana Livro 2 - Módulo 4 - Capítulo 11- p. 280 Genética das Populações Especiação Livro 2 - Módulo 4 Ecologia Componentes bióticos e abióticos de um ecossistema Livro 1 - Módulo 1 - Capítulo 3 - p. 60 Cadeia e rede alimentar Livro 1 - Módulo 1 - Capítulo 3 - p. 60 Habitat e Nicho Ecológico Livro 1 - Módulo 1 - Capítulo 3 - p. 60 Ciclo da água Livro 1 - Módulo 1- Capítulo 4 - p. 72 Ciclo do carbono Livro 1 - Módulo 1- Capítulo 4 - p. 72 Ciclo do Oxigênio Livro 1 - Módulo 1- Capítulo 4 - p. 72 Ciclo do Nitrogênio Livro 1 - Módulo 1- Capítulo 4 - p. 72 Relações interespecíficas harmonicas Livro 1 - Módulo 2 - Capítulo 6 - p. 108 Relações interespecíficas desarmonicas Livro 1 - Módulo 2 - Capítulo 6 - p. 108 Ecologia de Populações Densidade Populacional Livro 1 - Módulo 2 - Capítulo 5 - p. 88 Taxas Livro 1 - Módulo 2 - Capítulo 5 - p. 88 Potencial biótico e resistência ambiental Livro 1 - Módulo 2 - Capítulo 5 - p. 88 Estrutura etária Livro 1 - Módulo 2 - Capítulo 5 - p. 88 Fatores reguladores do tamanho de uma população. Livro 1 - Módulo 2 - Capítulo 5 - p. 88 Ecossistemas Principais biomas da Terra Livro 1 - Módulo 2 - Capítulo 7 - p. 124 Tundra Livro 1 - Módulo 2 - Capítulo 7 - p. 124

9 3º ano Floresta Boreal Livro 1 - Módulo 2 - Capítulo 7 - p. 124 Floresta Temperada Livro 1 - Módulo 2 - Capítulo 7 - p. 124 Floresta Tropical Livro 1 - Módulo 2 - Capítulo 7 - p. 124 Campos Livro 1 - Módulo 2 - Capítulo 7 - p. 124 Desertos Livro 1 - Módulo 2 - Capítulo 7 - p. 124 Ecossistemas brasileiros Livro 1 - Módulo 2 - Capítulo 7 - p. 124 Ecossistemas aquáticos Livro 1 - Módulo 2 - Capítulo 7 - p. 124 Sucessão ecológica Livro 1 - Módulo 2 - Capítulo 7 - p. 124 Equilíbrio ambiental Livro 1 - Módulo 2 - Capítulo 7 - p. 124 Fale Conosco:

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ BIOLOGIA PROSEL/ PRISE 1ª ETAPA

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ BIOLOGIA PROSEL/ PRISE 1ª ETAPA UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ BIOLOGIA PROSEL/ PRISE 1ª ETAPA EIXO TEMÁTICO I Elementos básicos de formação e desenvolvimento dos seres vivos COMPETÊNCIAS HABILIDADES CONTEÚDOS Perceber e utilizar os

Leia mais

SUMÁRIO. Raven Biologia Vegetal. Amostras de páginas não sequenciais e em baixa resolução. Copyright 2014 Editora Guanabara Koogan Ltda.

SUMÁRIO. Raven Biologia Vegetal. Amostras de páginas não sequenciais e em baixa resolução. Copyright 2014 Editora Guanabara Koogan Ltda. SUMÁRIO Introdução, 1 1 Botânica Introdução, 2 Evolução das plantas, 3 Evolução das comunidades, 8 Aparecimento dos seres humanos, 10 seção 1 Biologia da Célula Vegetal, 17 2 Composição Molecular das Células

Leia mais

PROCESSO SELETIVO BIOLOGIA ÁREA: CIÊNCIAS DA NATUREZA, MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS

PROCESSO SELETIVO BIOLOGIA ÁREA: CIÊNCIAS DA NATUREZA, MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS PROCESSO SELETIVO BIOLOGIA ÁREA: CIÊNCIAS DA NATUREZA, MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS Perceber e utilizar os códigos intrínsecos da Biologia. Relacionar o conhecimento das diversas disciplinas para o entendimento

Leia mais

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS EAD (Currículo 2015)

EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS EAD (Currículo 2015) EMENTÁRIO DAS DISCIPLINAS DO CURSO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS EAD (Currículo 2015) ANATOMIA E FISIOLOGIA HUMANA C/H 105 D0232 Estudo anatômico e fisiológico dos sistemas: digestório, circulatório,

Leia mais

Programas das Matérias

Programas das Matérias Processo Seletivo Programas das Matérias Programa de Língua Portuguesa 1. Ortografia 2. Acentuação tônica e acentuação gráfica 3. Pontuação. Estudo das palavras: estrutura, formação, flexão, classificação

Leia mais

Planos de Ensino Biologia/Ciências 2016

Planos de Ensino Biologia/Ciências 2016 UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA CENTRO DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO COLÉGIO DE APLICAÇÃO Planos de Ensino Biologia/Ciências 2016 Organização Direção de Ensino: Marina Guazzelli Soligo Bolsista: Kelly

Leia mais

Programação Anual. 6 ọ ano (Regime 9 anos) 5 ạ série (Regime 8 anos) VOLUME VOLUME

Programação Anual. 6 ọ ano (Regime 9 anos) 5 ạ série (Regime 8 anos) VOLUME VOLUME Programação Anual 6 ọ ano (Regime 9 anos) 5 ạ série (Regime 8 anos) 1. Astronomia: estudando o céu Estrelas e constelações Estudo do Universo Sistema Solar 2. Movimentos da Terra e da Lua Dia e noite Estações

Leia mais

2. EMBASAMENTO TEÓRICO. Revista Tecnologias na Educação Ano 7 - número 12 Julho 2015 -http://tecnologiasnaeducacao.pro.br/

2. EMBASAMENTO TEÓRICO. Revista Tecnologias na Educação Ano 7 - número 12 Julho 2015 -http://tecnologiasnaeducacao.pro.br/ 1 BLOG COMO INSTRUMENTO PARA DISPONIBILIZAÇÃO DE LINKS DE ANIMAÇÕES PARA O ENSINO DE BIOLOGIA Jonas da Paz Aguiar 1 Laís Soares dos Santos 2 José Almir Moraes Rocha 3 Resumo Este trabalho visa mostrar

Leia mais

Faculdade de Enfermagem Nova Esperança de Mossoró

Faculdade de Enfermagem Nova Esperança de Mossoró Faculdade de Enfermagem Nova Esperança de Mossoró PROCESSO SELETIVO PARA ADMISSÃO DE TRANSFERIDOS E GRADUADOS 2013.2 PERÍODO DE INSCRIÇÃO 11 de abril de 2013 a 13 de junho de 2013. TRANSFERIDOS DOCUMENTAÇÃO

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2013 Conteúdos Habilidades Avaliação

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2013 Conteúdos Habilidades Avaliação SGAS Q. 906 Conj. E C.P. 30 Fone: (061) 3443-7878 Disciplina: Biologia Trimestre: 1º Professor(a): Elizangela (B1), Guilherme (B) Série: 3º Turmas: 301, 30, 303, 304 PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 013

Leia mais

PROPOSTA PEDAGÓGICA CURRICULAR BIOLOGIA APRESENTAÇÃO

PROPOSTA PEDAGÓGICA CURRICULAR BIOLOGIA APRESENTAÇÃO PROPOSTA PEDAGÓGICA CURRICULAR BIOLOGIA APRESENTAÇÃO A Biologia tem como objeto de estudo o fenômeno Vida, contribuindo para formar sujeitos críticos e atuantes, por meios dos conteúdos que ampliem seu

Leia mais

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA Professor, nós, da Editora Moderna, temos como propósito uma educação de qualidade, que respeita as particularidades de todo o país. Desta maneira, o apoio ao

Leia mais

2º ANO DO ENSINO MÉDIO OBJETIVOS

2º ANO DO ENSINO MÉDIO OBJETIVOS 2º ANO DO ENSINO MÉDIO OBJETIVOS 1. Reconhecer a diversidade de seres vivos; 2. Perceber as principais interações entre os seres vivos; 3. Saber que podem existir diversas maneiras de se classificar os

Leia mais

BIOLOGIA. Questão 01 A B. Em relação aos desenhos acima, é CORRETO afirmar que:

BIOLOGIA. Questão 01 A B. Em relação aos desenhos acima, é CORRETO afirmar que: Questão 01 BIOLOGIA A B 2 1 5 4 C 3 Fonte: AMABIS, JM e MARTHO, G. Biologia das Células. 1 a ed. São Paulo: Moderna, 2004, p. 130-132. Em relação aos desenhos acima, é CORRETO afirmar que: 01. o desenho

Leia mais

Durante. Utilize os conteúdos multimídia para ilustrar a matéria de outras formas.

Durante. Utilize os conteúdos multimídia para ilustrar a matéria de outras formas. \ Olá, Professor! Assim como você, a Geekie também tem a missão de ajudar os alunos a atingir todo seu potencial e a realizar seus sonhos. Para isso, oferecemos recomendações personalizadas de estudo,

Leia mais

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA

MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA MATERIAL DE DIVULGAÇÃO DA EDITORA MODERNA Professor, nós, da Editora Moderna, temos como propósito uma educação de qualidade, que respeita as particularidades de todo o país. Desta maneira, o apoio ao

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2014 Conteúdos Habilidades Avaliação

PLANEJAMENTO ANUAL / TRIMESTRAL 2014 Conteúdos Habilidades Avaliação COLÉGIO LA SALLE BRASÍLIA SGAS Q. 906 Conj. E C.P. 320 Fone: (061) 3443-7878 CEP: 70390-060 - BRASÍLIA - DISTRITO FEDERAL Disciplina: Biologia Trimestre: 1º Professor(a): Camilla Silva (B1) e Elisangela

Leia mais

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO/2013 1.ª SÉRIE

MATRIZ CURRICULAR CURRÍCULO PLENO/2013 1.ª SÉRIE MATRIZ CURRICULAR Curso: Graduação: Regime: Duração: CIÊNCIAS BIOLÓGICAS LICENCIATURA PLENA SERIADO ANUAL NOTURNO 3 (TRÊS) ANOS LETIVOS Integralização: A) TEMPO TOTAL - MÍNIMO = 03 (TRÊS) ANOS LETIVOS

Leia mais

2º ANO PLANO DE DISCIPLINA (PLADIS) PELO ADT BOL INTR / DEP, DE

2º ANO PLANO DE DISCIPLINA (PLADIS) PELO ADT BOL INTR / DEP, DE Fl-1 SISTEMA COLÉGIO MILITAR DO BRASIL COLÉGIO MILITAR DE CURITIBA ENSINO MÉDIO ELABORADO EM 2007 BIOLOGIA 2º ANO CARGA HORÁRIA: 90 HORAS Nr SESSÕES: 120 HORAS-AULA PLANO DE DISCIPLINA (PLADIS) PELO ADT

Leia mais

3ª série Identificar relações entre conhecimento científico, produção de tecnologia e. condição de vida, no mundo de hoje e em sua evolução histórica.

3ª série Identificar relações entre conhecimento científico, produção de tecnologia e. condição de vida, no mundo de hoje e em sua evolução histórica. DISCIPLINA DE BIOLOGIA OBJETIVOS: 1ª série Compreender a natureza como um todo dinâmico e o ser humano como agente de transformação do mundo em que vive, em relação essencial com os demais seres vivos

Leia mais

O esquema representa uma provável filogenia dos Deuterostomados. Assinale a opção que apresenta CORRETAMENTE as características I, II, III e IV.

O esquema representa uma provável filogenia dos Deuterostomados. Assinale a opção que apresenta CORRETAMENTE as características I, II, III e IV. 1 PROVA DE BIOLOGIA I QUESTÃO 31 O esquema representa uma provável filogenia dos Deuterostomados. Assinale a opção que apresenta CORRETAMENTE as características I, II, III e IV. I II III IV a) Coluna vertebral

Leia mais

Conteúdo Básico Comum (CBC) de BIOLOGIA do Ensino Médio Exames Supletivos/2015

Conteúdo Básico Comum (CBC) de BIOLOGIA do Ensino Médio Exames Supletivos/2015 SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MINAS GERAIS SUBSECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO BÁSICA SUPERINTENDÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DO ENSINO MÉDIO DIRETORIA DE EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS Conteúdo

Leia mais

Fatos e Conceitos Procedimentos e Habilidades Atitudes, Normas e Valores

Fatos e Conceitos Procedimentos e Habilidades Atitudes, Normas e Valores Unidade Universitária: CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE Curso: FARMÁCIA Disciplina: FARMACOBOTÂNICA Professor(es): FÁTIMA MARIA MOTTER MAGRI Carga horária: DRT: 1125359 Código da Disciplina: 061.1303.6

Leia mais

PLANEJAMENTO ANUAL DE CIÊNCIAS

PLANEJAMENTO ANUAL DE CIÊNCIAS COLÉGIO VICENTINO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio Rua Rui Barbosa, 1324, Toledo PR Fone: 3277-8150 PLANEJAMENTO ANUAL DE CIÊNCIAS 7º ANO PROFESSORA: LUCIANA PERES

Leia mais

EMENTA LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Currículo 2006

EMENTA LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Currículo 2006 EMENTA LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS Currículo 2006 ANATOMIA HUMANA - MOR 05823 (60 h, OBR, T:30 E:0 L:30) Princípios fundamentais para o ensino da Anatomia. Descrição dos sistemas ósseo, articular,

Leia mais

PROGRAMA CURRICULAR - ENSINO MÉDIO

PROGRAMA CURRICULAR - ENSINO MÉDIO DISCIPLINA Biologia-3EM PROGRAMA CURRICULAR - ENSINO MÉDIO FUNDAMENTAÇÃO: O ensino da Biologia para o 3 ano, exerce grande fascínio em todos que nela se aprofundam, pois tenta explicar os fenômenos ligados

Leia mais

CONTEÚDOS DE BIOLOGIA POR BIMESTRE PARA O ENSINO MÉDIO COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO

CONTEÚDOS DE BIOLOGIA POR BIMESTRE PARA O ENSINO MÉDIO COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO CONTEÚDOS DE BIOLOGIA POR BIMESTRE PARA O ENSINO MÉDIO COM BASE NOS PARÂMETROS CURRICULARES DO ESTADO DE PERNAMBUCO GOVERNADOR DE PERNAMBUCO João Lyra Neto SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO E ESPORTES Ricardo Dantas

Leia mais

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE

COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE COLÉGIO NOSSA SENHORA DA PIEDADE PLANEJAMENTO ANUAL / 2016 DISCIPLINA: Ciências PROFESSORA: Luciana Santos de Jesus Oliveira TURMA: 7º Anos CARGA HORÁRIA: 120h PLANEJAMENTO DO 1º AO 4º BIMESTRE / 2016

Leia mais

Questão 1. Questão 3. Questão 2 1ª PARTE: QUESTÕES OBJETIVAS. alternativa E. alternativa B. A, B e C pertenceriam, respectivamente, a organismos

Questão 1. Questão 3. Questão 2 1ª PARTE: QUESTÕES OBJETIVAS. alternativa E. alternativa B. A, B e C pertenceriam, respectivamente, a organismos 1ª PARTE: QUESTÕES OBJETIVAS Questão 1 O exame de um epitélio e do tecido nervoso de um mesmo animal revelou que suas células apresentam diferentes características. Isso ocorre porque a) as moléculas de

Leia mais

-VÍDEOAULA Geração saúde 2 As grandes transformações da puberdade

-VÍDEOAULA Geração saúde 2 As grandes transformações da puberdade RECURSOS DIGITAIS ARTICULADOS COM O CURRÍCULO DO ESTADO DE SÃO PAULO DE BIOLOGIA CURRÍCULO + BIOLOGIA - VÍDEO Adaptação das raízes: raízes subterrâneas AULA Aula 01 Biologia Ens. Médio Telecurso AULA Aula

Leia mais

PlanetaBio Resolução de Vestibulares FUVEST 2010 1ª fase www.planetabio.com

PlanetaBio Resolução de Vestibulares FUVEST 2010 1ª fase www.planetabio.com 1- O Índice de Massa Corporal (IMC) é o número obtido pela divisão da massa de um indivíduo adulto, em quilogramas, pelo quadrado da altura, medida em metros. É uma referência adotada pela Organização

Leia mais

Botânica Aplicada (BOT) Assunto: Célula Vegetal

Botânica Aplicada (BOT) Assunto: Célula Vegetal Botânica Aplicada (BOT) Assunto: Célula Vegetal Técnico em Agroecologia Módulo I Prof. Fábio Zanella As células são as menores unidades funcionais que formam os tecidos vegetais. Vários processos ocorrentes

Leia mais

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ CAMPUS CORRENTE

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ CAMPUS CORRENTE MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO PIAUÍ CAMPUS CORRENTE EDITAL Nº 02, 19 DE FEVEREIRO DE 2015. O DIRETOR GERAL

Leia mais

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE EDUCAÇÃO COLÉGIO DE APLICAÇÃO

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE EDUCAÇÃO COLÉGIO DE APLICAÇÃO SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO CENTRO DE EDUCAÇÃO COLÉGIO DE APLICAÇÃO CONCURSO PÚBLICO PARA PROFESSOR DA EDUCAÇÃO BÁSICA, TÉCNICA E TECNOLÓGICA Edital nº 19, de 27 de abril

Leia mais

Biologia Professor da SEDF

Biologia Professor da SEDF Aula 00 Biologia Origem da Vida Professora: Cândida Ivi www.pontodosconcursos.com.br Ivi 1 Aula 00 Aula Demonstrativa Aula Conteúdo Programático Data 00 01 02 03 1. Origem da vida: 1.1. História e filosofia

Leia mais

Sumário. Unidade 1 Introdução à Biologia 10. Unidade 2 Citologia 64. Capítulo 1 O que é Biologia?... 12. Capítulo 2 As bases químicas da vida...

Sumário. Unidade 1 Introdução à Biologia 10. Unidade 2 Citologia 64. Capítulo 1 O que é Biologia?... 12. Capítulo 2 As bases químicas da vida... Sumário Unidade 1 Introdução à Biologia 10 Capítulo 1 O que é Biologia?... 12 Características dos seres vivos... 13 Níveis de organização... 16 Áreas da Biologia... 17 A Biologia e a investigação científica...

Leia mais

BIOLOGIA NO ENEM: CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

BIOLOGIA NO ENEM: CONTEÚDO PROGRAMÁTICO BIOLOGIA NO ENEM: CONTEÚDO PROGRAMÁTICO O ENEM, Exame Nacional do Ensino Médio, em sua versão 2012, apresentará uma redação e 180 questões objetivas, divididas nas quatro áreas do conhecimento: - Ciências

Leia mais

Biologia. Inter-relações nos ecossistemas

Biologia. Inter-relações nos ecossistemas Biologia FASCÍCULO 1 Módulo 1 Introdução à Biologia O que é vida? O que é ciência O método científico Experimentos: fazendo ciência O cientista inserido em seu tempo Ciência e ética Módulo 2 Origem da

Leia mais

PROGRAMAÇÃO CURRICULAR DE CIÊNCIAS

PROGRAMAÇÃO CURRICULAR DE CIÊNCIAS PROGRAMAÇÃO CURRICULAR DE CIÊNCIAS 6 ano 1 volume CONTEÚDOS OBJETIVOS 1.Astronomia: estudando o céu Estrelas e constelações Sistema Solar e exploração do Universo - Movimentos da - Terra e da Lua Reconhecer

Leia mais

CESEP Centro de Serviços educacionais do Pará Coordenação do Ensino Médio

CESEP Centro de Serviços educacionais do Pará Coordenação do Ensino Médio CESEP Centro de Serviços educacionais do Pará Coordenação do Ensino Médio PLANO DE CURSO/2015 PROFESSOR: LEONAM DISCIPLINA: BIOLOGIA SÉRIE: 1º ANO MATRIZ DE REFERÊNCIA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS

Leia mais

Quadro de conteúdos CIÊNCIAS

Quadro de conteúdos CIÊNCIAS Quadro de conteúdos CIÊNCIAS 1 6 o ano UNIDADE CAPÍTULO CONTEÚDO 1 Ecologia: seres vivos e ambiente 2 Água: substância vital 3 O ar e a atmosfera 1 O mundo dos seres vivos 2 Os seres vivos e as suas interações

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. TURMA: 3 ano EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. TURMA: 3 ano EMENTA Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO EIXO TECNOLÓGICO: Controle processos industriais CURSO: Técnico em química integrada ao ensino médio FORMA/GRAU:(x)integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado

Leia mais

Modelos BioMatemáticos

Modelos BioMatemáticos Modelos BioMatemáticos http://correio.fc.ul.pt/~mcg/aulas/biopop/ Pedro J.N. Silva Sala 4.1.16 Departamento de Biologia Vegetal Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa Pedro.Silva@fc.ul.pt Genética

Leia mais

Centro de Educação Integrada

Centro de Educação Integrada Centro de Educação Integrada 1º ANO BIOLOGIA Origem da vida Citologia Teoria da geração espontânea e biogênese. Teoria de Oparin e Haldane. Panspermia. Criacionismo. Os primeiros seres vivos. Água. Sais

Leia mais

a) Que característica do coração dos mamíferos impede a mistura do sangue venoso e arterial?

a) Que característica do coração dos mamíferos impede a mistura do sangue venoso e arterial? Q.01 Os esquemas representam cortes transversais de regiões jovens de uma raiz e de um caule de uma planta angiosperma. Alguns tecidos estão identificados por um número e pelo nome, enquanto outros estão

Leia mais

REINO PROTISTA. Protistas. Filo Myxomycota Filo Dictyosteliomycota Filo Oomycota. Protista heterotróficos

REINO PROTISTA. Protistas. Filo Myxomycota Filo Dictyosteliomycota Filo Oomycota. Protista heterotróficos REINO PROTISTA Protistas Protista heterotróficos Filo Myxomycota Filo Dictyosteliomycota Filo Oomycota Protistas fotossintetizantes (algas) Filo Euglenopyta Filo Cryptophyta Filo Rhodopyta Filo Dinopyta

Leia mais

BIOLOGIA. Questão 2 a) Criptógamas. b) Fanerógamas. c) Espermatófitas. d) avasculares. e) vasculares ou traqueófitas. f) Monera.

BIOLOGIA. Questão 2 a) Criptógamas. b) Fanerógamas. c) Espermatófitas. d) avasculares. e) vasculares ou traqueófitas. f) Monera. BIOLOGIA Prof. Fred AULA 1 EVOLUÇÃO E REPRODUÇÃO DOS GRUPOS VEGETAIS SERIE AULA a) Final do Carbonífero: Final do Carbonífero: raízes, caules e folhas. Início do Cretáceo: Início do Cretáceo: raízes, caules,

Leia mais

Questão 21. Questão 23. Questão 22. alternativa B. alternativa B. alternativa D

Questão 21. Questão 23. Questão 22. alternativa B. alternativa B. alternativa D Questão 21 A recente descoberta de uma vasta região de mar descongelado no Pólo Norte é um exemplo dos efeitos do aquecimento global pelo qual passa o planeta. Alarmados com a situação, alguns países industrializados

Leia mais

BIOLOGIA. Questão 31. Assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S).

BIOLOGIA. Questão 31. Assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S). BIOLOGIA A prova de 2011 foi pensada de maneira a avaliar não apenas o conhecimento conceitual, mas também a capacidade do candidato estabelecer relações entre os diversos assuntos tratados dentro da biologia.

Leia mais

ATIVIDADES DE REVISÃO PARA AVALIAÇÃO FINAL. Professor (a): Aline Tonin Ano /Série: 7º ano Componente Curricular: Ciências 17A,17B, 17C, 17D e E.

ATIVIDADES DE REVISÃO PARA AVALIAÇÃO FINAL. Professor (a): Aline Tonin Ano /Série: 7º ano Componente Curricular: Ciências 17A,17B, 17C, 17D e E. ATIVIDADES DE REVISÃO PARA AVALIAÇÃO FINAL Professor (a): Aline Tonin Ano /Série: 7º ano Componente Curricular: Ciências Turma: 17A,17B, 17C, 17D e E. Lista dos conteúdos Características dos Seres Vivos

Leia mais

Programação anual de conteúdos

Programação anual de conteúdos Programação anual de conteúdos 6.ºa n o 1. De olho no Universo 2. Terra e Universo 3. Terra: lugar da vida 4. Relações ecológicas 5. Solo e vida Estrelas, constelações e galáxias História da Astronomia

Leia mais

PLANO DE TRABALHO DOCENTE BIOLOGIA 1º SEMESTRE

PLANO DE TRABALHO DOCENTE BIOLOGIA 1º SEMESTRE PLANO DE TRABALHO DOCENTE BIOLOGIA 1º SEMESTRE Estabelecimento: Colégio Estadual Cecília Meireles Ensino Médio e Normal Curso: Ensino Médio Professora: Maria Anita dos Santos Série: 1ª Turma: A Ano: 2011

Leia mais

BIOLOGIA. (III) Duplicação dos centríolos (IV) Duplicação do material genético (V) Transcrição do RNA ribossômico

BIOLOGIA. (III) Duplicação dos centríolos (IV) Duplicação do material genético (V) Transcrição do RNA ribossômico BIOLOGIA Questão 01 Observe a coluna 1, que apresenta processos ocorridos em uma célula eucariótica, e a coluna 2, que apresenta o local da célula onde eles ocorrem. COLUNA 1 COLUNA 2 (I) Osmose (II) Fotossíntese

Leia mais

Questões complementares

Questões complementares Questões complementares 1. Definir célula e os tipos celulares existentes. Caracterizar as diferenças existentes entre os tipos celulares. 2. Existe diferença na quantidade de organelas membranares entre

Leia mais

1º ano. Construir um modelo para representar o processo de duplicação do DNA. Livro 1- Unidade 5 - p. 136

1º ano. Construir um modelo para representar o processo de duplicação do DNA. Livro 1- Unidade 5 - p. 136 Estudo das Origens O que é a Biologia? A Biologia no contexto histórico. A Biologia e suas áreas de atuação. Os Métodos científicos utilizados em pesquisas nas áreas da Biologia em Roraima, no Brasil e

Leia mais

MATRIZ DE REFERÊNCIA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA PROVA FLORIPA CIÊNCIAS DA NATUREZA - 6º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL

MATRIZ DE REFERÊNCIA DE CIÊNCIAS DA NATUREZA PROVA FLORIPA CIÊNCIAS DA NATUREZA - 6º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL CIÊNCIAS DA NATUREZA - 6º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL D01 Interpretar situações de equilíbrio e desequilíbrio ambiental, provocadas pela ação humana. D02 Identificar o calor do sol como principal causa da

Leia mais

Uma perspectiva de ensino para as áreas de conhecimento escolar CIÊNCIAS NATURAIS

Uma perspectiva de ensino para as áreas de conhecimento escolar CIÊNCIAS NATURAIS Uma perspectiva de ensino para as áreas de conhecimento escolar CIÊNCIAS NATURAIS A proposta A proposta de ensino das Ciências Naturais se fundamenta na construção do pensamento científico acerca dos fenômenos

Leia mais

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. SEMESTRE ou ANO DA TURMA: 2 ano EMENTA

Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO. SEMESTRE ou ANO DA TURMA: 2 ano EMENTA EIXO TECNOLÓGICO: Gestão e Negócios Plano de Ensino IDENTIFICAÇÃO CURSO: Técnico em Vendas FORMA/GRAU:( X )integrado ( )subsequente ( ) concomitante ( ) bacharelado ( ) licenciatura ( ) tecnólogo MODALIDADE:

Leia mais

Curso: Biomedicina PROGRAMA DE APRENDIZAGEM

Curso: Biomedicina PROGRAMA DE APRENDIZAGEM Curso: Biomedicina 1º. Semestre: DISCIPLINA: Anatomia Humana I SUPERINTEDÊNCIA B108508 04 1º 80 Estruturas anatômicas. Posição anatômica: planos, eixos e conceitos. Estruturas aplicadas às situações em

Leia mais

Provas de Conhecimento Específico. Módulo I (conhecimentos básicos) (resposta obrigatória a todas as Partes: I, II e III) Programa

Provas de Conhecimento Específico. Módulo I (conhecimentos básicos) (resposta obrigatória a todas as Partes: I, II e III) Programa Provas de Admissão para maiores de 23 anos Ano lectivo: 2012 Curso de Engenharia do Ambiente Provas de Conhecimento Específico Módulo I (conhecimentos básicos) (resposta obrigatória a todas as Partes:

Leia mais

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2ª PROVA PARCIAL DE CIÊNCIAS

COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2ª PROVA PARCIAL DE CIÊNCIAS COLÉGIO XIX DE MARÇO excelência em educação 2012 2ª PROVA PARCIAL DE CIÊNCIAS Aluno(a): Nº Ano: 7º Turma: Data: 11/08/2012 Nota: Professor(a): Karina Valor da Prova: 40 pontos Orientações gerais: 1) Número

Leia mais

Biologia 1. 01 Alternativa E. 02 Alternativa D. 01 Alternativa D. 02 Alternativa E. 03 Alternativa E. 04 Alternativa A.

Biologia 1. 01 Alternativa E. 02 Alternativa D. 01 Alternativa D. 02 Alternativa E. 03 Alternativa E. 04 Alternativa A. Biologia 1 Aula 1 21 Aula 2 Aula 3 1 Aula 4 a) A "Chlamydia trachomatis" é uma bactéria, pois, como mostra a tabela, não apresenta núcleo celular organizado, porém possui DNA, RNA, membrana plasmática

Leia mais

QUESTÕES OBJETIVAS QUESTÕES APLICADAS A TODOS OS CANDIDATOS QUE REALIZARAM A PROVA ESPECÍFICA DE BIOLOGIA.

QUESTÕES OBJETIVAS QUESTÕES APLICADAS A TODOS OS CANDIDATOS QUE REALIZARAM A PROVA ESPECÍFICA DE BIOLOGIA. 2006 PROVA 3 CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS BIOLOGIA QUESTÕES OBJETIVAS QUESTÕES APLICADAS A TODOS OS CANDIDATOS QUE REALIZARAM A PROVA ESPECÍFICA DE BIOLOGIA. UEM Comissão Central do Vestibular Unificado BIOLOGIA

Leia mais

QUESTÕES OBJETIVAS QUESTÕES APLICADAS A TODOS OS CANDIDATOS QUE REALIZARAM A PROVA ESPECÍFICA DE BIOLOGIA.

QUESTÕES OBJETIVAS QUESTÕES APLICADAS A TODOS OS CANDIDATOS QUE REALIZARAM A PROVA ESPECÍFICA DE BIOLOGIA. 2006 PROVA 3 CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS BIOLOGIA QUESTÕES OBJETIVAS QUESTÕES APLICADAS A TODOS OS CANDIDATOS QUE REALIZARAM A PROVA ESPECÍFICA DE BIOLOGIA. UEM Comissão Central do Vestibular Unificado BIOLOGIA

Leia mais

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ BIOLOGIA PRISE/PROSEL- 1ª ETAPA. Tema: Identidade dos Seres Vivos COMPETÊNCIA HABILIDADE CONTEÚDO

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ BIOLOGIA PRISE/PROSEL- 1ª ETAPA. Tema: Identidade dos Seres Vivos COMPETÊNCIA HABILIDADE CONTEÚDO BIOLOGIA PRISE/PROSEL- 1ª ETAPA Tema: Identidade dos Seres Vivos Perceber e utilizar os códigos intrínsecos da Biologia. Relacionar o conhecimento das diversas disciplinas para o entendimento de fatos

Leia mais

Questão 1. Questão 2. Questão 3. Resposta. Resposta

Questão 1. Questão 2. Questão 3. Resposta. Resposta Questão 1 Os esquemas representam cortes transversais de regiões jovens de uma raiz e de um caule de uma planta angiosperma. Alguns tecidos estão identificados por um número e pelo nome, enquanto outros

Leia mais

QUESTÃO 01 BIOLOGIA A) O processo descrito no texto é a sucessão ecológica, que é caracterizada pelo conjunto de mudanças gradativas na composição das comunidades ao longo do tempo. B) Ao longo da sucessão

Leia mais

SUMÁRIO EDIÇÃO NOVA BIOLOGIA 1 O ANO. Unidade 1 Introdução à Biologia...10. Unidade 2 Citologia...72

SUMÁRIO EDIÇÃO NOVA BIOLOGIA 1 O ANO. Unidade 1 Introdução à Biologia...10. Unidade 2 Citologia...72 BIOLOGIA 1 O ANO Unidade 1 Introdução à Biologia...10 CAPÍTULO 1 O que é Biologia?... 12 Características dos seres vivos...13 Níveis de organização...17 Áreas da Biologia...18 A Biologia e a investigação...19

Leia mais

b) Represente um segmento de mrna usando como molde a cadeia de DNA complementar à do enunciado.

b) Represente um segmento de mrna usando como molde a cadeia de DNA complementar à do enunciado. Instituto Politécnico de Coimbra / ESCOLA SUPERIOR AGRÁRIA Exame de Biologia para Avaliação da Capacidade para Acesso ao Ensino Superior dos maiores de 23 anos Data: 2 de Maio de 2013 Duração: 2 horas

Leia mais

Segundo a classificação de Whittaker (1969), as plantas são organismos eucariontes, multicelulares, autótrofos, que realizam fotossíntese.

Segundo a classificação de Whittaker (1969), as plantas são organismos eucariontes, multicelulares, autótrofos, que realizam fotossíntese. 1 2 Segundo a classificação de Whittaker (1969), as plantas são organismos eucariontes, multicelulares, autótrofos, que realizam fotossíntese. Neste caso, incluem-se as algas multicelulares (Chlorophyta,

Leia mais

É a parte da Botânica que estuda os tecidos

É a parte da Botânica que estuda os tecidos É a parte da Botânica que estuda os tecidos vegetais - Crescimento Tecidos vegetais -Adultos permanentes -Meristema primário -Meristema secundário -De revestimento -De sustentação -De condução -Parênquimas

Leia mais

CIÊNCIAS Esta disciplina é importante

CIÊNCIAS Esta disciplina é importante CIÊNCIAS De acordo com a DCE, é fundamental considerar a evolução do pensamento do ser humano, pois é a partir dele que a historia da ciência se constrói. Sendo assim a que se levar em conta a medida que

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DA AMAZÔNIA COMISSÃO DE PROCESSO SELETIVO PONTOS ÁREA: ENGENHARIA I

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DA AMAZÔNIA COMISSÃO DE PROCESSO SELETIVO PONTOS ÁREA: ENGENHARIA I UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DA AMAZÔNIA COMISSÃO DE PROCESSO SELETIVO PONTOS ÁREA: ENGENHARIA I 1. Matriz: Conceito, notação e representação; Tipos de matriz; operação com matrizes; Aplicações; 2. Vetor:

Leia mais

ALGAS COPÉPODES PEIXES FRAGATA

ALGAS COPÉPODES PEIXES FRAGATA UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA - Comissão Permanente do Vestibular BIOLOGIA E MATEMÁTICA BIOLOGIA 4ª QUESTÃO Considerando-se apenas a cadeia alimentar: 1ª QUESTÃO Organismo eucarionte, heterótrofo por

Leia mais

DISCIPLINA: Biologia dos Vegetais Inferiores? O que são VEGETAIS INFERIORES???

DISCIPLINA: Biologia dos Vegetais Inferiores? O que são VEGETAIS INFERIORES??? DISCIPLINA: Biologia dos Vegetais Inferiores? O que são VEGETAIS INFERIORES??? Vegetais inferiores? Vegetais inferiores Classificação dos organismos em cinco Reinos: Reino no. de espécies Monera bactérias

Leia mais

Figura 1. Habitats e nichos ecológicos diversos. Fonte: UAN, 2014.

Figura 1. Habitats e nichos ecológicos diversos. Fonte: UAN, 2014. Ecologia de Comunidades e Ecossistemas Habitat e nicho ecológico Para entendermos o funcionamento da vida dos seres vivos em comunidade (dentro de um ecossistema) se faz necessário abordarmos dois conceitos

Leia mais

CIENCIAS MOLECULARES E CELULARES

CIENCIAS MOLECULARES E CELULARES CIENCIAS MOLECULARES E CELULARES Profa. Ms Solange A O Neves Curso: Enfermagem 1 Apresentação do docente Professora Ms Solange Aparecida de Oliveira Neves 2 Curso: Enfermagem Disciplina: Ciências Moleculares

Leia mais

a) Que característica do coração dos mamíferos impede a mistura do sangue venoso e arterial?

a) Que característica do coração dos mamíferos impede a mistura do sangue venoso e arterial? Q.01 Os esquemas representam cortes transversais de regiões jovens de uma raiz e de um caule de uma planta angiosperma. Alguns tecidos estão identificados por um número e pelo nome, enquanto outros estão

Leia mais

DESCRITIVO DE VAGA (S) Local: SESC C. Grande/MS

DESCRITIVO DE VAGA (S) Local: SESC C. Grande/MS DESCRITIVO DE VAGA (S) Local: SESC C. Grande/MS O SESC/MS torna público que, nos termos da Resolução SESC nº 1163/2008, está aberto processo seletivo para contratação de pessoal, nos termos e condições

Leia mais

A evolução contribui para o aparecimento de grande variedade de seres vivos que foram adquirindo diferentes características que os permitiam

A evolução contribui para o aparecimento de grande variedade de seres vivos que foram adquirindo diferentes características que os permitiam A evolução contribui para o aparecimento de grande variedade de seres vivos que foram adquirindo diferentes características que os permitiam adaptaremse aos diversos habitat. A enorme diversidade dificulta

Leia mais

CURSO DE FARMÁCIA Autorizado pela Portaria nº 991 de 01/12/08 DOU Nº 235 de 03/12/08 Seção 1. Pág. 35 PLANO DE CURSO

CURSO DE FARMÁCIA Autorizado pela Portaria nº 991 de 01/12/08 DOU Nº 235 de 03/12/08 Seção 1. Pág. 35 PLANO DE CURSO CURSO DE FARMÁCIA Autorizado pela Portaria nº 991 de 01/12/08 DOU Nº 235 de 03/12/08 Seção 1. Pág. 35 Componente Curricular: Botânica Aplicada a Farmácia Código: FAR 102 Pré-requisito: - Período Letivo:

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DA AMAZÔNIA COMISSÃO DE PROCESSO SELETIVO PONTOS PARA CONCURSO PROFESSOR EFETIVO EDITAL 16/2010

UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DA AMAZÔNIA COMISSÃO DE PROCESSO SELETIVO PONTOS PARA CONCURSO PROFESSOR EFETIVO EDITAL 16/2010 UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DA AMAZÔNIA COMISSÃO DE PROCESSO SELETIVO PONTOS PARA CONCURSO PROFESSOR EFETIVO EDITAL 16/2010 Quadro 1 Demonstrativo dos pontos e respectivas áreas, para o Campus UFRA/Belém.

Leia mais

Sondar os conhecimentos prévios dos alunos antes da abordagem do conteúdo a ser trabalhado.

Sondar os conhecimentos prévios dos alunos antes da abordagem do conteúdo a ser trabalhado. PLANO DE AULAS-REPOSIÇÃO - lº BIMESTRE/2015 Disciplina: Biologia 2 ano A, B, C, D. Período: de 20/03/2015a 30/04/2015 As funções vitais básicas: O papel da membrana na interação entre célula e ambiente

Leia mais

BIOVESTIBA.NET BIOLOGIA VIRTUAL Profº Fernando Teixeira UFRGS FISIOLOGIA VEGETAL

BIOVESTIBA.NET BIOLOGIA VIRTUAL Profº Fernando Teixeira UFRGS FISIOLOGIA VEGETAL UFRGS FISIOLOGIA VEGETAL 1. (Ufrgs 2015) A coluna à esquerda, abaixo, lista dois hormônios vegetais; a coluna à direita, funções que desempenham. Associe adequadamente a coluna direita com a esquerda.

Leia mais

PLANO DE ENSINO. Período/ Fase: 1ª. Semestre: 1º Ano: 2011

PLANO DE ENSINO. Período/ Fase: 1ª. Semestre: 1º Ano: 2011 PLANO DE ENSINO 1. DADOS DE IDENTIFICAÇÃO Instituição: Universidade Alto Vale do Rio do Peixe Curso: Engenharia Ambiental Professora: Andréa Tozzo Marafon andreamarafon@uniarp.edu.br Período/ Fase: 1ª.

Leia mais

Biologia PROFESSOR, VOCÊ É O PROTAGONISTA! 1 º - ao 3 º - ANO. ENSINO Médio

Biologia PROFESSOR, VOCÊ É O PROTAGONISTA! 1 º - ao 3 º - ANO. ENSINO Médio Biologia ENSINO Médio 1 º - ao 3 º - ANO PROFESSOR, VOCÊ É O PROTAGONISTA! Professor, você é o protagonista! Uma campanha que valoriza atitudes transformadoras Professor protagonista é aquele que pauta

Leia mais

Níveis de Organização

Níveis de Organização Níveis de Organização Indivíduo Átomos Moléculas Células Tecidos Órgãos Sistemas capazes de se cruzarem entre si, originando indivíduos férteis. Ex: Cachorro População: grupo de indivíduos da mesma espécie

Leia mais

1º ano. Conteúdo presente ao longo dos volumes Análise e previsão de fenômenos ou resultados de experimentos científicos.

1º ano. Conteúdo presente ao longo dos volumes Análise e previsão de fenômenos ou resultados de experimentos científicos. Relação entre informações e processos com seus contextos e com diversas áreas do conhecimento. Identificação das dimensões sociais e éticas em questões técnicas e científicas. Livro 1 - Unidade 2 - p.

Leia mais

Solução Comentada Prova de Biologia

Solução Comentada Prova de Biologia 11. Em relação à importância dos organismos autotróficos na modificação da atmosfera na Terra primitiva, analise as proposições abaixo e marque com V as verdadeiras e com F as falsas. 1 ( ) Com a liberação

Leia mais

ATIVIDADE INTERAÇÕES DA VIDA. CAPÍTULOS 1, 2, 3 e 4

ATIVIDADE INTERAÇÕES DA VIDA. CAPÍTULOS 1, 2, 3 e 4 ATIVIDADE INTERAÇÕES DA VIDA CAPÍTULOS 1, 2, 3 e 4 Questão 1) Abaixo representa uma experiência com crisântemo, em que a planta foi iluminada, conforme mostra o esquema. Com base no esquema e seus conhecimentos,

Leia mais

Fotomicrografias e Slides Coloridos de 35 mm 169

Fotomicrografias e Slides Coloridos de 35 mm 169 Fotomicrografias e Slides Coloridos de 35 mm 169 FOTOMICROGRAFIAS D518 Ranunculus, typical monocot ro t.s. of central stele D762 Motor nerve cells smear from spinal cord of cow with nerve cells and their

Leia mais

Aula 2 Organelas Celulares, Cortes histológicos, Célula Vegetal x Animal 22/03/2011. Profº Skiba all rights reserved

Aula 2 Organelas Celulares, Cortes histológicos, Célula Vegetal x Animal 22/03/2011. Profº Skiba all rights reserved Aula 2 Organelas Celulares, Cortes histológicos, Célula Vegetal x Animal 22/03/2011 Prokariotic Cell Model Prokariotic Cell Micrograph - MEV Eukariotic Cell Micrograph Eukariotic Cell Model Tipos de Cortes:

Leia mais

MATRIZ GEEKIE 1º Ano 1ª Aplicação Área Matéria Assunto

MATRIZ GEEKIE 1º Ano 1ª Aplicação Área Matéria Assunto MATRIZ GEEKIE 1º Ano 1ª Aplicação Estrutura celular Impactos ambientais da ação humana Método científico e o estudo da Tratamento de resíduos Estudo do movimento: aceleração Estudo do movimento: velocidade

Leia mais

Exercícios com Gabarito de Biologia Pteridófitas

Exercícios com Gabarito de Biologia Pteridófitas Exercícios com Gabarito de Biologia Pteridófitas 1) (PUC - SP-2008) No ciclo de vida de uma samambaia ocorre meiose na produção de esporos e mitose na produção de gametas. Suponha que a célula-mãe dos

Leia mais

Biologia. Questão 1. Questão 2. Avaliação: Aluno: Data: Ano: Turma: Professor:

Biologia. Questão 1. Questão 2. Avaliação: Aluno: Data: Ano: Turma: Professor: Avaliação: Aluno: Data: Ano: Turma: Professor: Biologia Questão 1 (Fuvest 2010) Um determinado animal adulto é desprovido de crânio e apêndices articulares. Apresenta corpo alongado e cilíndrico. Esse

Leia mais

Unidade IV Os seres vivos e o meio ambiente.

Unidade IV Os seres vivos e o meio ambiente. CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL INTERATIVA Unidade IV Os seres vivos e o meio ambiente. CONTEÚDO E HABILIDADES FORTALECENDO SABERES DESAFIO DO DIA DINÂMICA LOCAL

Leia mais

CIÊNCIAS DESCRITORES

CIÊNCIAS DESCRITORES CIÊNCIAS DESCRITORES 1. BIMESTRE - 2015 4.º ANO Identificar a permeabilidade nos diferentes tipos de solo. Identificar a presença de água no interior do corpo dos seres vivos. Identificar as condições

Leia mais

3) As afirmativas a seguir referem-se ao processo de especiação (formação de novas espécies). Com relação a esse processo é INCORRETO afirmar que

3) As afirmativas a seguir referem-se ao processo de especiação (formação de novas espécies). Com relação a esse processo é INCORRETO afirmar que Exercícios Evolução - parte 2 Professora: Ana Paula Souto Nome: n o : Turma: 1) Selecione no capítulo 7 duas características de defesa de plantas. a) DESCREVA cada característica. b) Para cada característica,

Leia mais