EPULMÃO. Nota de Abertura. Maio Nº 05. Boletim informativo 05 - MAIO

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "EPULMÃO. Nota de Abertura. Maio 2012 - Nº 05. Boletim informativo 05 - MAIO 2012 1"

Transcrição

1 Boletim informativo Maio Nº 05 Nota de Abertura Por Teles de Araújo Em Maio, entre as atividades da Fundação, devemos destacar a existência dum novo espaço em Lisboa que abre perspectivas para um desempenho mais amplo da nossa função, no âmbito da promoção da saúde respiratória. No mesmo âmbito está a instituição do núcleo local da Figueira da Foz, graças ao entusiasmo dum grupo pluridisciplinar de pessoas interessadas em colaborar com os objectivos da FPP. Simultaneamente são reconhecidos os núcleos das cidades do Porto e Portimão. A Fundação cumpre assim o desígnio estatutário de criar núcleos em todos os locais do país em que se encontrem pessoas interessadas em desenvolver ações que cumpram os objectivos da FPP, e que a nós se queiram juntar. Comemorando-se em Maio os Dias Mundiais da Espirometria e Sem Tabaco, as atividades da Fundação foram orientadas para esses dois temas, de grande relevância para a saúde respiratória. Saúda-se o entusiasmo de muitas das Delegações Distritais, cujo labor assinalou condignamente essas datas MAIO

2 ACTIVIDADES DA FUNDAÇÃO DIA MUNDIAL DA ASMA 1 de Maio DIA MUNDIAL SEM TABACO - 31 de Maio A Fundação, através do seu núcleo do Algarve, dirigido pelos Drs. Ulisses de Brito (Faro) e Munhã Fernandes (Portimão) esteve presente nos dias 2 a 4 de Maio no espaço Saúde em Diálogo em Faro, onde foram realizadas espirometrias, facultada informação e aconselhamento sobre doenças respiratórias, conforme documentado no nosso site e no Facebook. Dedicamos a segunda quinzena de Maio a um conjunto de ações dirigidas ao combate ao tabagismo, nomeadamente em meio escolar. No âmbito das Escolas as atividades encontram-se documentadas nas nossas páginas na internet e Facebook e realizaram-se em Viana do Castelo, Beja, Coimbra e Lisboa, abrangendo algumas centenas de alunos e professores. No dia 1 de Maio, através dos nossos meios de comunicação na web, divulgamos uma nota sobre a situação da Asma em Portugal. Utilizando esses mesmos meios publicamos uma entrevista com uma doente asmática, que transmitiu a sua vivência da situação. Esta entrevista despertou grande interesse e adesão dos que nos acompanham através desses meios. A análise desta campanha está ainda numa fase preliminar, mas alguns dados são de salientar. Em primeiro lugar o fumo de tabaco é um problema real no ambiente escolar, sobretudo a partir dos 15 anos. De facto no inquérito feito em Viana do Castelo a 260 alunos 56% referiam já ter experimentado o tabaco e 13% fumavam diariamente uma média de 8 cigarros. É pois uma situação a merecer uma ação concertada da Fundação, Sociedades Científicas, professores e encarregados de educação. No âmbito das comemorações do Dia Mundial da Asma publicamos ainda no canal do Youtube TVPulmão uma entrevista na qual o Dr. Miguel Paiva, imunoalergologista, como doente asmático, dá uma visão clara do que o doente sente faça á sua situação e transmite importantes informações e conselhos. Em contraponto as a ações realizadas nas escolas têm boa receptividade por parte dos alunos, sobretudo até ao nono ano de escolaridade. Parece-nos pois evidente a necessidade de reforçar as campanhas antitabágicas a partir dos 15 anos de idade MAIO

3 ACTIVIDADES DA FUNDAÇÃO (Cont.) A Fundação colaborou numa ação organizada pelos Serviços Sociais da Câmara Municipal de Lisboa, no dia 31 de Maio, facultando informação sobre o tabagismo e as vantagens de deixar de fumar. Mais uma vez se notou boa receptividade do público e, curiosamente, as crianças procuraram essa informação com a finalidade de a transmitirem aos pais fumadores. Verificou-se ainda que por parte dos mais novos havia grande preocupação com os riscos que os pais estavam a correr. Utilizando esses mesmos meios publicamos uma entrevista com uma ex-fumadora que transmite a sua experiência pessoal e dá conta das dificuldades em abandonar o vício e as vantagens que encontra em ter deixado o consumo de tabaco. Para este dia a Fundação elaborou um folheto que se encontra disponível nas nossas páginas e que pode ser livremente descarregado. Nos nossos meios de comunicação electrónicos publicamos ainda notas sobre as vantagens de deixar de fumar e sobre os riscos do tabagismo durante a gravidez. No canal TV Pulmão publicamos no dia 31 uma entrevista com a Drª Ana Cristina Duarte que nos conta a sua vasta experiência no combate ao tabagismo em meio escolar na zona de Beja e nos transmite uma realidade que é o desrespeito, relativamente frequente, de não fumar na escola, o mau exemplo dado por pais e professores que continuam a fumar e a facilidade com que, apesar da legislação, os jovens continuam a aceder à compra de tabaco. Esta última realidade foi também verificada no estudo realizado em Viana do Castelo MAIO

4 NOTAS BREVES Novas Instalações em Lisboa No dia 22 de Maio foi inaugurado um novo espaço em Lisboa, no Areeiro (Rua Presidente Wilson, Nº 6, 1º Esquerdo). Este novo espaço, mais amplo do que o anterior, permitiu criar um pequeno Auditório e possibilitará no futuro a criação e funcionamento de grupos de trabalho, de grupos de doentes, a realização de ações de formação a técnicos de saúde, e o pleno funcionamento da Liga de Amigos. Pensamos ter assim conseguido as condições para o melhor desempenho da nossa missão. Núcleo da Figueira da Foz A proposta da criação do núcleo partiu do Delegado Distrital de Coimbra o Dr. João Rui Gaspar de Almeida e foi aprovada na reunião do Conselho de Administração da Fundação de 10 de Abril. O núcleo conta com a coordenação do Dr. António Conceição Antunes (pneumologista) que encara com grande entusiasmo esta forma de atuar junto da comunidade. Nesse dia inauguramos um ciclo de conferencias sobre temas abrangentes da saúde respiratória, através da conferencia A IMPORTÂNCIA DO SERVIÇO NACIONAL DE SAÚDE NAS DOENÇAS RESPIRATÓRIAS. QUE FUTURO? A Sociedade Civil está representada no núcleo por personalidades com diversas formações: António Cândido Alves (Engenheiro), Fernanda Margarida Carvalho Azevedo Neto (cardiopneumografista), João Manuel Ferreira Pedrosa (enfermeiro) e José Manuel Ferreira Santos (jornalista). Foi ainda inaugurada uma exposição com trabalhos fotográficos da autoria do Dr. João Taborda, pneumologista e fotografo de categoria reconhecida internacionalmente, que doou à Fundação um conjunto de obras de grande qualidade e nas quais é patente a preocupação do autor com factores ambientais relevantes para a saúde respiratória. No dia 14 os componentes do núcleo foram empossados em cerimónia que se realizou no Hospital Distrital da Figueira da Foz, com a presença do seu Diretor, do Presidente do CA da FPP (Teles de Araújo), Presidente do C. Científico da Fundação (Professor Fontes Baganha) e Dr João Rui Gaspar de Almeida. No decurso da cerimónia foi salientada a importância de que se revestem estes núcleos e a certeza de que, com o empenhamento e entusiasmo 05 - MAIO

5 NOTAS BREVES (Cont.) sentido em todos, certamente que se alcançarão importantes resultados e benefícios para a população. Jornadas da Guarda A Fundação Portuguesa do Pulmão, e a sua Delegação da Guarda, participaram pelo segundo ano nas Jornadas SAÚDE SEM FRONTEIRAS, organizadas pelo Centro de Estudos Ibéricos, coordenado pela Drª Alexandra Cunha. A reunião teve lugar na Sala Tempo e Poesia, Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço sob o tema QUALIDADE DO AR E SAÚDE. Na mesa de abertura participaram os Professores Paz Bousa da Universidade de Salamanca e Santos Rosa da Universidade de Coimbra, os Drs. Teles de Araújo e Luís Ferreira da Fundação Portuguesa do Pulmão, tendo presidido o Senhor Presidente da Câmara Municipal da Guarda. Com a participação duma interessada audiência, com diversas formações, foram tratados os temas "Ambiente Interior e Saúde Respiratória" (Dr. Teles de Araújo), "Factores ambientales físicos como determinantes de la salud" (Professora Ramona Mateos da Universidade de Salamanca), "Alterações climatéricas e infecções respiratórias" ( Dr. Jaime Pina) e "Categorização das águas minerais da Beira Interior" (Professor André Araújo e alunos do curso de Farmácia da Escola Superior de Saúde da Guarda) No final houve um período de debate moderado pelo Professor Doutor Manuel Santos Rosa e pelo Dr. Luís Ferreira. Fundação Portuguesa do Pulmão Rua Alberto de Oliveira, 29 - R/C Esq LISBOA Tlf Fax mail: web: facebook: YouTube: MAIO

Relatório formação b-on 2009

Relatório formação b-on 2009 Índice Índice...2 Índice de Tabelas...2 Índice de Figuras...2 Índice de Gráficos...3 1 Sumário...4 1.1 Enquadramento...4 2 Formadores...4 2.1 Objectivos...4 2.1.1 Utilizadores finais...5 2.1.2 Profissionais

Leia mais

Normas Orientadoras. Centros de Recursos TIC para a Educação Especial

Normas Orientadoras. Centros de Recursos TIC para a Educação Especial Normas Orientadoras Centros de Recursos TIC para a Educação Especial Julho 2007 1 Contexto Plano de Acção para a Integração das Pessoas com Deficiência ou Incapacidade A criação de uma rede nacional de

Leia mais

Apoios gratuitos a doentes e seus familiares

Apoios gratuitos a doentes e seus familiares União Humanitária dos Doentes com Cancro Quanto mais olharmos o cancro de frente, mais ele se afasta de nós Exmo(a). Senhor(a), Os melhores cumprimentos. A União Humanitária dos Doentes com Cancro está

Leia mais

Serviço de Estrangeiros e Fronteiras

Serviço de Estrangeiros e Fronteiras SEDE Serviço de Estrangeiros e Fronteiras Rua Conselheiro José Silvestre Ribeiro, 4 1649-007 LISBOA Telefone: 21 7115000 Fax: 21 7161595 Direcções e Delegações Regionais DIRECÇÃO REGIONAL DO CENTRO Director

Leia mais

COMISSÃO DE SAÚDE ACTA NÚMERO 145/XII/ 4.ª SL

COMISSÃO DE SAÚDE ACTA NÚMERO 145/XII/ 4.ª SL Aos 24 dias do mês de setembro de 2014, pelas 14:00 horas, reuniu a Comissão de Saúde, na sala 2 do Palácio de S. Bento, na presença dos Senhores Deputados constantes da folha de presenças que faz parte

Leia mais

ATIVIDADES do CENTRO DE FORMAÇÃO APEFP

ATIVIDADES do CENTRO DE FORMAÇÃO APEFP Ano-letivo 2014/2015 ATIVIDADES do CENTRO DE FORMAÇÃO APEFP APEFP ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE ÉTICA E FILOSOFIA PRÁTICA 1 - INTRODUÇÃO A Comissão Pedagógica do Centro de Formação da APEFP e a Direção da APEFP

Leia mais

PLANO DESENVOLVIMENTO SOCIAL MAFRA 2013-2015

PLANO DESENVOLVIMENTO SOCIAL MAFRA 2013-2015 PLANO DESENVOLVIMENTO SOCIAL MAFRA 2013-2015 APROVADO EM SESSÃO PLENÁRIA DO CLAS 21 DE MAIO DE 2013 1 NOTA INTRODUTÓRIA O Diagnóstico Social constituiu a base de trabalho da ação dos Parceiros Locais.

Leia mais

Pobreza e Exclusão Social

Pobreza e Exclusão Social Pobreza e Exclusão Social Fontes de Informação Sociológica Carlos Ramos Coimbra, 2010 Ficha Técnica Titulo: Pobreza, Exclusão Social e Integração Este trabalho foi elaborado por Carlos Miguel Pereira Ramos,

Leia mais

MINISTÉRIO DO TRABALHO E DA SOLIDARIEDADE SOCIAL. Gabinete do Secretário de Estado da Segurança Social DESPACHO Nº 9-I/SESS/2008

MINISTÉRIO DO TRABALHO E DA SOLIDARIEDADE SOCIAL. Gabinete do Secretário de Estado da Segurança Social DESPACHO Nº 9-I/SESS/2008 DESPACHO Nº 9-I/SESS/2008 O Despacho n.º 16790/2008, de 20 de Junho, 2.ª Série, criou a Medida de Apoio à Segurança dos Equipamentos Sociais, adiante designada por Medida de Apoio à Segurança, dirigida

Leia mais

Associaram-se à iniciativa 34 entidades, desde organizações não governamentais, institutos públicos, tribunais e associações de cidadãos.

Associaram-se à iniciativa 34 entidades, desde organizações não governamentais, institutos públicos, tribunais e associações de cidadãos. 12.1. Semana Advogar pela Cidadania No seguimento do Dia da Consulta Jurídica Gratuita, realizado a 18 de Maio de 2006, o Conselho Distrital de Lisboa organizou a Semana ADVOGAR pela Cidadania que decorreu

Leia mais

VEÍCULOS EM FIM DE VIDA

VEÍCULOS EM FIM DE VIDA TEMA 7 VEÍCULOS EM FIM DE VIDA B. NÍVEL MAIS AVANÇADO De acordo com o Decreto-lei nº 196/2003, de 23 de Agosto, entende-se por veículo qualquer veículo classificado nas categorias M1 1 ou N1 2 definidas

Leia mais

Arquitecto João Santa-Rita, adiante designado por Ordem dos Arquitectos;

Arquitecto João Santa-Rita, adiante designado por Ordem dos Arquitectos; Entre CONTRATO Ordem dos Arquitectos, pessoa colectiva nº 500802025, com sede em Lisboa, na Travessa do Carvalho, nº 23, representada neste acto pelo Presidente do Conselho Directivo Nacional, Arquitecto

Leia mais

PLANO DE ACTIVIDADES APPASSI

PLANO DE ACTIVIDADES APPASSI PLANO DE ACTIVIDADES 2016 APPASSI índice Nota explicativa 1 Objectivos 2 Acções a Desenvolver 3 Outros Serviços Intervenientes 4 Equipa Técnica 5 Tel: +351 21 3957763 - Fax: +351 21 3968700; e-mail: geralfalappassi.ofg.pt

Leia mais

Relatório final das acções de formação de RH

Relatório final das acções de formação de RH Relatório final das acções de formação de RH Tal como consta no programa de formação «controlo de infecção/resíduos hospitalares», destinado às assistentes operacionais, enviado a V. Ex.ª em 6/05/2011,

Leia mais

melhoria e inovação da contratação colectiva; dignificação e melhoria das condições de trabalho.

melhoria e inovação da contratação colectiva; dignificação e melhoria das condições de trabalho. REGULAMENTO O Prémio Manuel Lopes foi instituído 1 pelo Ministério do Trabalho e da Solidariedade no sentido de homenagear Manuel Lopes considerando a sua dedicação à implementação da contratação colectiva

Leia mais

Gabinete da Juventude (separador do site da CMPM)

Gabinete da Juventude (separador do site da CMPM) IV. Contactos: * morada * e-mail * página FB * horário * telefone EJ I. * descrição geral * destinatários * objectivos Gabinete da Juventude (separador do site da CMPM) II. * valências * áreas de acção

Leia mais

Reunião com Maria João da SPP

Reunião com Maria João da SPP Reunião com Maria João da SPP Fui a Lisboa dia 26 de Novembro de 2007 Nomeação de médicos para contactos com imprensa: Norte: José Luís Centro: Helena Sul: Leonor Reunião com Maria João da SPP Curso da

Leia mais

O SISMO DE 17 DE DEZEMBRO DE 2009 E A PERCEPÇÃO DO EVENTO

O SISMO DE 17 DE DEZEMBRO DE 2009 E A PERCEPÇÃO DO EVENTO SÍSMICA 2010 8º CONGRESSO DE SISMOLOGIA E ENGENHARIA SÍSMICA 1 O SISMO DE 17 DE DEZEMBRO DE 2009 E A PERCEPÇÃO DO EVENTO CARLOS SOUSA OLIVEIRA Prof. Catedrático ICIST/IST Lisboa-Portugal MÓNICA AMARAL

Leia mais

NOTÍCIAS COSEC DISTINGUIDA COMO "MELHOR SEGURADORA"

NOTÍCIAS COSEC DISTINGUIDA COMO MELHOR SEGURADORA NESTA EDIÇÃO Melhor Seguradora 1 A COSEC mais perto de si 2 Acordo COSEC e Mapfre 2 Revisão Favorável 2 Produtos COSEC 3 NOTÍCIAS Carregamento de Balanços 4 Análise COSEC 5 Nº 4. 2014 COSEC DISTINGUIDA

Leia mais

ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE SAÚDE DO CENTRO, IP: Projecto de intervenção comunitária pão.come

ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE SAÚDE DO CENTRO, IP: Projecto de intervenção comunitária pão.come ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE SAÚDE DO CENTRO, IP: Projecto de intervenção comunitária pão.come ENQUADRAMENTO E FUNDAMENTAÇÃO O projecto pão.come é um projecto de intervenção comunitária que visa a redução

Leia mais

Anexo 2 - Avaliação de necessidades de formação em H.S.T.

Anexo 2 - Avaliação de necessidades de formação em H.S.T. Anexo 2 - Avaliação de necessidades de formação em H.S.T. 54 3Inquérito às necessidades de formação profissional em higiene e segurança do trabalho 59 Inquérito às necessidades de formação profissional

Leia mais

Quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015 RELAÇÕES DE TRABALHO. Direção Regional do Trabalho. Regulamentação do Trabalho. Despachos:...

Quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015 RELAÇÕES DE TRABALHO. Direção Regional do Trabalho. Regulamentação do Trabalho. Despachos:... - REGIÃO AUTÓNOMA DA MADEIRA JORNAL OFICIAL Quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015 III Série RELAÇÕES DE TRABALHO Sumário SECRETARIA REGIONAL DA EDUCAÇÃO E RECURSOS HUMANOS Direção Regional do Trabalho

Leia mais

CALENDÁRIO DE ACTIVIDADES

CALENDÁRIO DE ACTIVIDADES DOSSIER DE PROJECTOS E ACTIVIDADES 2014 CALENDÁRIO DE ACTIVIDADES 2014 CALENDÁRIO DE ACTIVIDADES Mês Data Tipologia Actividade Local Inicio da Preparação do campo de férias, 2ª Semana Pediatria (CRECE).

Leia mais

JOÃO CARLOS DE ALMEIDA VIDAL

JOÃO CARLOS DE ALMEIDA VIDAL CURRICULUM VITAE JOÃO CARLOS DE ALMEIDA VIDAL ÍNDICE Identificação... 3 Habilitações literárias... 4 Experiência profissional... 5 Experiência académica..... 7 Outras actividades... 13 Diversos... 15 2

Leia mais

Apresentação do GIS - Grupo Imigração e Saúde / Parte 2: a utilidade do GIS para os imigrantes

Apresentação do GIS - Grupo Imigração e Saúde / Parte 2: a utilidade do GIS para os imigrantes Iolanda Évora Apresentação do GIS - Grupo Imigração e Saúde / Parte 2: a utilidade do GIS para os imigrantes Apresentado no II Fórum Rede Portuguesa de Cidades Saudáveis Viana do Castelo25-26 de Outubro

Leia mais

JOVENS PROMOTORES DE SAÚDE

JOVENS PROMOTORES DE SAÚDE AGRUPAMENTO VERTICAL DE ESCOLAS DE FRAGOSO JOVENS PROMOTORES DE SAÚDE Equipa Dinamizadora: Elisa Neiva Cruz e Fernanda Cunha Ano letivo 2014/2015 Índice 1. Introdução 3 2. Objetivos Gerais e Específicos

Leia mais

Escola Profissional do Sindicato do Escritório e Comércio da Região Autónoma dos Açores. Projeto Educativo. Educar para a Cidadania

Escola Profissional do Sindicato do Escritório e Comércio da Região Autónoma dos Açores. Projeto Educativo. Educar para a Cidadania Escola Profissional do Sindicato do Escritório e Comércio da Região Autónoma dos Açores Projeto Educativo Educar para a Cidadania Preâmbulo O Projeto Educativo é o documento que consagra a orientação educativa

Leia mais

PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO

PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO Entre: PRIMEIRA: MOVIJOVEM MOBILIDADE JUVENIL, COOPERATIVA DE INTERESSE PÚBLICO DE RESPONSABILIDADE LIMITADA, titular do Cartão de Identificação de Pessoa Colectiva número 502530863,

Leia mais

Levantamento dos Temas Prioritários 2006 nos Programas de Trabalho dos Centros Europe Direct

Levantamento dos Temas Prioritários 2006 nos Programas de Trabalho dos Centros Europe Direct Levantamento dos Temas Prioritários 2006 nos Programas de Trabalho dos Centros Europe Direct CENTROS Europe Direct 9 de Maio 20 anos de adesão Primavera da Europa Estratégia de Lisboa (Crescimento & Emprego)

Leia mais

APRENDIZAGEM AO LONGO DA VIDA

APRENDIZAGEM AO LONGO DA VIDA 1 de Abril de 2004 População e Sociedade Educação e Formação 2003 (Dados provisórios) APRENDIZAGEM AO LONGO DA VIDA No último ano, mais de um milhão e meio de indivíduos com 15 ou mais anos, ou seja, 18,7,

Leia mais

A Direção Municipal da Cultura dispõe de um conjunto de exposições e de apresentações multimédia, sobre diversos temas, que poderá disponibilizar

A Direção Municipal da Cultura dispõe de um conjunto de exposições e de apresentações multimédia, sobre diversos temas, que poderá disponibilizar A Direção Municipal da Cultura dispõe de um conjunto de exposições e de apresentações multimédia, sobre diversos temas, que poderá disponibilizar através de empréstimo, a instituições, nomeadamente, de

Leia mais

INÊS NOBRE MARTINS CAMACHO CURRICULUM VITAE

INÊS NOBRE MARTINS CAMACHO CURRICULUM VITAE INÊS NOBRE MARTINS CAMACHO CURRICULUM VITAE Informação Pessoal Nome Morada INÊS NOBRE MARTINS CAMACHO Av. 25 de Abril nº 32 5º D 2800-299 ALMADA Telemóvel Correio electrónico, icamacho@fmh.utl.pt de nascimento

Leia mais

No caminho de uma maior inclusão social

No caminho de uma maior inclusão social SUSTENTABILIDADE NA GESTÃO DOS PRODUTOS DE APOIO NA SANTA CASA DA MISERICÓRDIA DE LISBOA No caminho de uma maior inclusão social Serviço de gestão de produtos de apoio Cristina Vaz de Almeida Licenciada

Leia mais

CRIANÇAS E JOVENS EM RISCO E PREVENÇÃO NA PRIMEIRA INFÂNCIA

CRIANÇAS E JOVENS EM RISCO E PREVENÇÃO NA PRIMEIRA INFÂNCIA 1 CRIANÇAS E JOVENS EM RISCO E PREVENÇÃO NA PRIMEIRA INFÂNCIA ENQUADRAMENTO Um projecto de prevenção em saúde mental na área da primeira infância implica sempre uma união de esforços e um trabalho em conjunto

Leia mais

8 de Março 2011- E urgente acabar com as discriminações que a mulher continua sujeita em Portugal Pág. 2

8 de Março 2011- E urgente acabar com as discriminações que a mulher continua sujeita em Portugal Pág. 2 8 de Março 2011- E urgente acabar com as discriminações que a mulher continua sujeita em Portugal Pág. 1 A SITUAÇÃO DA MULHER EM PORTUGAL NO DIA INTERNACIONAL DA MULHER DE 2011 RESUMO DESTE ESTUDO No dia

Leia mais

Portugal Prevenção e Controlo do Tabagismo em números 2013

Portugal Prevenção e Controlo do Tabagismo em números 2013 ISSN: 2183-0762 Portugal Prevenção e Controlo do Tabagismo em números 2013 Programa Nacional para a Prevenção e Controlo do Tabagismo www.dgs.pt Portugal. Direção-Geral da Saúde. Direção de Serviços de

Leia mais

das Doenças Cérebro Cardiovasculares

das Doenças Cérebro Cardiovasculares Programa Regional de Prevenção e Controlo das Doenças Cérebro Cardiovasculares Índice Siglas e Acrónimos... 2 1. Contextualização... 3 2. População Alvo... 3 3. Objectivos... 4 4. Indicadores para Avaliação

Leia mais

ONG S E ASSOCIAÇÕES. Aproveite bem todas as dicas, fotos e textos deste guia, pois eles são muito importantes.

ONG S E ASSOCIAÇÕES. Aproveite bem todas as dicas, fotos e textos deste guia, pois eles são muito importantes. ONG S E ASSOCIAÇÕES PARA COMEÇAR Você tem vontade de participar mais do que acontece ao seu redor, dar uma força para resolver questões que fazem parte da rotina de certos grupos e comunidades e colocar

Leia mais

PLANO DE PREVENÇÃO DE RISCOS DE GESTÃO, INCLUINDO OS RISCOS DE CORRUPÇÃO E INFRAÇÕES CONEXAS

PLANO DE PREVENÇÃO DE RISCOS DE GESTÃO, INCLUINDO OS RISCOS DE CORRUPÇÃO E INFRAÇÕES CONEXAS Plano de Prevenção de Riscos de Corrupção e Infrações Conexas PLANO DE PREVENÇÃO DE RISCOS DE GESTÃO, INCLUINDO OS RISCOS DE CORRUPÇÃO E INFRAÇÕES CONEXAS

Leia mais

Simintera BOLETIM INFORMATIVO. Escola Agropecuária de NHACRA-TEDA F U N D A Ç Ã O E D U C A Ç Ã O E D E S E N V O L V I M E N T O

Simintera BOLETIM INFORMATIVO. Escola Agropecuária de NHACRA-TEDA F U N D A Ç Ã O E D U C A Ç Ã O E D E S E N V O L V I M E N T O F U N D A Ç Ã O E D U C A Ç Ã O E D E S E N V O L V I M E N T O Escola Agropecuária de NHACRA-TEDA Boletim nº2 Oct-Nov-Dez 2013 BOLETIM INFORMATIVO Simintera Foto. Instalaçoes da Escola Agropecuaria de

Leia mais

II CONCURSO ESCOLAR JOVENS PELA ÁGUA

II CONCURSO ESCOLAR JOVENS PELA ÁGUA II CONCURSO ESCOLAR JOVENS PELA ÁGUA A Direcção Regional do Ordenamento do Território e Recursos Hídricos, da Secretaria Regional do Ambiente e do Mar, conjuntamente com outros parceiros e colaboradores

Leia mais

Decreto Regulamentar n.º 41/90 de 29 de Novembro

Decreto Regulamentar n.º 41/90 de 29 de Novembro Decreto Regulamentar n.º 41/90 de 29 de Novembro O Decreto-Lei n.º 497/88, de 30 de Dezembro, estabelece o regime de férias, faltas e licenças dos funcionários e agentes da Administração Pública, disciplinando,

Leia mais

A RELEVÂNCIA DAS COMPETÊNCIAS DE PRODUÇÃO, EDIÇÃO E DIVULGAÇÃO/VENDAS NUM SERVIÇO DE INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO: ESTUDO DE CASO

A RELEVÂNCIA DAS COMPETÊNCIAS DE PRODUÇÃO, EDIÇÃO E DIVULGAÇÃO/VENDAS NUM SERVIÇO DE INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO: ESTUDO DE CASO A RELEVÂNCIA DAS COMPETÊNCIAS DE PRODUÇÃO, EDIÇÃO E DIVULGAÇÃO/VENDAS NUM SERVIÇO DE INFORMAÇÃO E DOCUMENTAÇÃO: ESTUDO DE CASO Júlia Maria Maia Costa, Açucena Olivença Cotrim, Cristina Cabaço da Mata,

Leia mais

Receção aos alunos e encarregados de educação da Educação Pré-Escolar, nos respetivos jardins de infância. Dia 18 de setembro 2015 6.

Receção aos alunos e encarregados de educação da Educação Pré-Escolar, nos respetivos jardins de infância. Dia 18 de setembro 2015 6. Receção aos alunos e encarregados de educação da Educação Pré-Escolar, nos respetivos jardins de infância Dia 18 de setembro 2015 6.ª feira 09h00 Jardim de Infância Buarcos Vila Verde Educadora Titular

Leia mais

Perspectivas da Educação Inclusiva. Seminário Uma Escola Para Todos São Miguel 22/23 de Fevereiro 2008

Perspectivas da Educação Inclusiva. Seminário Uma Escola Para Todos São Miguel 22/23 de Fevereiro 2008 Perspectivas da Educação Inclusiva Seminário Uma Escola Para Todos São Miguel 22/23 de Fevereiro 2008 DA INTEGRAÇÃO À EDUCAÇÃO INCLUSIVA Ano Internacional do Deficientes 1981 Normas das N.U. sobre a Igualdade

Leia mais

A PARTICIPAÇÃO DOS PAIS NA ESCOLA

A PARTICIPAÇÃO DOS PAIS NA ESCOLA b o l e t i m i n f o r m a t i v o Nº85 PRO DIGNITATE PRESIDENTE: MARIA DE JESUS BARROSO SOARES SEMINÁRIO A PARTICIPAÇÃO DOS PAIS NA ESCOLA A Fundação Pro Dignitate e o Conselho Nacional de Educação organizaram

Leia mais

PARECER COREN-SP 003/2015 - CT PRCI nº 102.705 Tickets nº 298.347

PARECER COREN-SP 003/2015 - CT PRCI nº 102.705 Tickets nº 298.347 PARECER COREN-SP 003/2015 - CT PRCI nº 102.705 Tickets nº 298.347 Ementa: Paciente fumante. 1. Do fato Profissional Auxiliar de Enfermagem informa que a direção da instituição em que trabalha determinou

Leia mais

Estes cursos estão organizados de acordo com o Sistema Europeu de Transferência de créditos (ECTS).

Estes cursos estão organizados de acordo com o Sistema Europeu de Transferência de créditos (ECTS). Lisboa, 23 de Fevereiro de 2007 Exmo. Senhor Engenheiro Técnico, O Instituto Superior de Educação e Ciências (ISEC) é um estabelecimento de ensino superior privado reconhecido oficialmente em 9 de Agosto

Leia mais

MUNICÍPIO DE VAGOS Câmara Municipal Rua da Saudade 3840-420 VAGOS

MUNICÍPIO DE VAGOS Câmara Municipal Rua da Saudade 3840-420 VAGOS -------------------- ACTA DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO -------------------- -----------------------------------------------ACTA Nº 5---------------------------------------------------- ------Aos trinta

Leia mais

SISTEMA DE ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO DE ESTÁGIO (Art.º 22.º do Regulamento de Estágio, publicado no Diário da República de 9 de Fevereiro de 2010)

SISTEMA DE ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO DE ESTÁGIO (Art.º 22.º do Regulamento de Estágio, publicado no Diário da República de 9 de Fevereiro de 2010) SISTEMA DE ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO DE ESTÁGIO (Art.º 22.º do Regulamento de Estágio, publicado no Diário da República de 9 de Fevereiro de 2010) 1 SISTEMA DE ACOMPANHAMENTO E AVALIAÇÃO DE ESTÁGIO (Artigo

Leia mais

Licenciaturas em Psicologia Top Diplomados 1996/2006

Licenciaturas em Psicologia Top Diplomados 1996/2006 Durante o ano que agora está a terminar foram divulgados, pela primeira vez, dados relativos aos inscritos nos Centro de Emprego desagregados pela instituição de ensino que frequentaram. Sem grande surpresa,

Leia mais

PROJECTO EDUCATIVO DA CRECHE

PROJECTO EDUCATIVO DA CRECHE PROJECTO EDUCATIVO DA CRECHE Uma proposta educativa própria de uma instituição e a forma global como se organiza para proporcionar às crianças o desenvolvimento do seu potencial, a experienciá-lo e a vivenciá-lo.

Leia mais

PALAVRAS CHAVE: Jornalismo. Projeto de Extensão. Programa Ade!. Interatividade.

PALAVRAS CHAVE: Jornalismo. Projeto de Extensão. Programa Ade!. Interatividade. 13. CONEX Apresentação Oral Resumo Expandido 1 ISSN 2238-9113 ÁREA TEMÁTICA: ( x ) COMUNICAÇÃO ( ) CULTURA ( ) DIREITOS HUMANOS E JUSTIÇA ( ) EDUCAÇÃO ( ) MEIO AMBIENTE ( ) SAÚDE ( ) TRABALHO ( ) TECNOLOGIA

Leia mais

Divulgação da Ciência em Portugal

Divulgação da Ciência em Portugal Num país com uma cultura científica ainda relativamente débil e onde os recursos relacionados com a ciência são ainda escassos, é oportuno proceder ao seu levantamento, divulgando-os ao público, em particular

Leia mais

SERVIÇO DE RECEITA DE TIMOR LOROSAE RELATÓRIO ANUAL ANO 2000

SERVIÇO DE RECEITA DE TIMOR LOROSAE RELATÓRIO ANUAL ANO 2000 SERVIÇO DE RECEITA DE TIMOR LOROSAE RELATÓRIO ANUAL ANO 2000 Funcionários do Departamento Fiscal de Díli Maio.2001 Díli, Maio.2001 2 Ao Director da Autoridade Fiscal Central De acordo com o artigo 8º do

Leia mais

LICENÇA Nº ICP 01/2001-SP

LICENÇA Nº ICP 01/2001-SP LICENÇA Nº ICP 01/2001-SP O Conselho de Administração do Instituto das Comunicações de Portugal (ICP), em reunião efectuada em 1 de Outubro de 2001, deliberou, ao abrigo da alínea j) do nº 1 e do nº 2,

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 03

CÂMARA MUNICIPAL PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 03 DE PAMPILHOSA DA SERRA ACTA Nº 03 DA REUNIÃO ORDINÁRIA REALIZADA NO DIA 03/02/1999 (Contém 9 folhas) Estiveram presentes os seguintes membros: Presidente: Hermano Manuel Gonçalves Nunes de Almeida (PSD)

Leia mais

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA RCTS

POLÍTICA DE SEGURANÇA DA RCTS POLÍTICA DE SEGURANÇA DA RCTS ACTA DA REUNIÃO Nº 1 Data: 27/01/2011 10:00 Ordem de trabalhos: Ponto um: Enquadramento do trabalho a desenvolver neste grupo Ponto dois: Definição do âmbito da política de

Leia mais

A FESTA DO SENHOR SANTO CRISTO DOS MILAGRES NA RTP AÇORES. Rádio e Televisão

A FESTA DO SENHOR SANTO CRISTO DOS MILAGRES NA RTP AÇORES. Rádio e Televisão A FESTA DO SENHOR SANTO CRISTO DOS MILAGRES NA RTP AÇORES Rádio e Televisão É na ambiência única de religiosidade, fé e partilha, do Campo de São Francisco, em Ponta Delgada, que vão decorrer as grandes

Leia mais

MINISTÉRIO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES AVISO

MINISTÉRIO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES AVISO MINISTÉRIO DAS OBRAS PÚBLICAS, TRANSPORTES E COMUNICAÇÕES AVISO Concurso interno de acesso geral para a categoria de especialista de informática de grau 2, nível 1 da carreira de especialista de informática,

Leia mais

MEMÓRIAS DE A FILANTRÓPICA

MEMÓRIAS DE A FILANTRÓPICA MEMÓRIAS DE A FILANTRÓPICA Factos e Documentos (1928-1935) Inauguração da Casa dos Operários, no edifício do Montepio, Rua da Lapa, em 2/12/1933 A Biblioteca Municipal Rocha Peixoto é o centro de informação

Leia mais

COMUNICAÇÃO DA COMISSÃO AO CONSELHO, AO PARLAMENTO EUROPEU, AO COMITÉ ECONÓMICO E SOCIAL EUROPEU E AO COMITÉ DAS REGIÕES

COMUNICAÇÃO DA COMISSÃO AO CONSELHO, AO PARLAMENTO EUROPEU, AO COMITÉ ECONÓMICO E SOCIAL EUROPEU E AO COMITÉ DAS REGIÕES PT PT PT COMISSÃO EUROPEIA Bruxelas, 6.1.2010 COM(2009)708 final COMUNICAÇÃO DA COMISSÃO AO CONSELHO, AO PARLAMENTO EUROPEU, AO COMITÉ ECONÓMICO E SOCIAL EUROPEU E AO COMITÉ DAS REGIÕES sobre a aplicação

Leia mais

CAFAP Traços e Trajetos Serviço de Desenvolvimento para a Autonomia REGULAMENTO INTERNO

CAFAP Traços e Trajetos Serviço de Desenvolvimento para a Autonomia REGULAMENTO INTERNO CAFAP Traços e Trajetos Serviço de Desenvolvimento para a Autonomia REGULAMENTO INTERNO CAPÍTULO I DISPOSIÇÕES GERAIS Artigo 1º (Disposições gerais) A Associação para o Planeamento da Família (APF) - Instituição

Leia mais

Regulamento Interno do Voluntariado. Aprovado em 20 de Maio de 2002

Regulamento Interno do Voluntariado. Aprovado em 20 de Maio de 2002 Aprovado em 20 de Maio de 2002 www.faad.online.pt 1/1 CAPÍTULO I NATUREZA, FINS E DEFINIÇÃO ARTIGO 1º 1. A Fundação de Aurélio Amaro Diniz é uma Instituição Particular de Solidariedade Social registada

Leia mais

RevelarLx O Espaço e O Tempo

RevelarLx O Espaço e O Tempo RevelarLx O Espaço e O Tempo Mónica Queiroz E-mail: monica.marques.cm-lisboa.pt Marta Marques E-mail: marta.marques.cm-lisboa.pt Departamento de Bibliotecas e Arquivos Câmara Municipal de Lisboa Palácio

Leia mais

Estudo sobre situação profissional dos. jovens enfermeiros em Portugal

Estudo sobre situação profissional dos. jovens enfermeiros em Portugal Ordem dos Enfermeiros Rede de Jovens Enfermeiros Estudo sobre situação profissional dos jovens enfermeiros em Portugal Autores: Raul Fernandes (Coordenador) Beto Martins, Bruno Maurício, Daniela Matos,

Leia mais

Transição dos quadros distritais de vinculação para o quadro de zona pedagógica

Transição dos quadros distritais de vinculação para o quadro de zona pedagógica Federação Nacional dos Professores www.fenprof.pt Transição dos quadros distritais de vinculação para o quadro de zona pedagógica Ministério da Educação Portaria n.º 1298/03 de de Novembro A unificação

Leia mais

ACTIVIDADE ACUMULADA ATÉ ABRIL DE 2008

ACTIVIDADE ACUMULADA ATÉ ABRIL DE 2008 LINHA DE CRÉDITO PARA ESTUDANTES DO ENSINO SUPERIOR COM GARANTIA MÚTUA ACTIVIDADE ACUMULADA ATÉ ABRIL DE 2008 Comissão de Acompanhamento 29 de Maio de 2008 Introdução, e principais conclusões Este documento

Leia mais

PLANO DE ACTIVIDADES PARA O ANO DE 2014

PLANO DE ACTIVIDADES PARA O ANO DE 2014 ASSOCIAÇÃO NACIONAL DA ESPONDILITE ANQUILOSANTE PLANO DE ACTIVIDADES PARA O ANO DE 2014 I INTRODUÇÃO Nos termos da alínea b) do Artigo 35.º dos Estatutos da ANEA, a Direcção desta associação apresenta

Leia mais

PROJETO TÉCNICO. Associação ou federação comunitária Ponto de cultura

PROJETO TÉCNICO. Associação ou federação comunitária Ponto de cultura ANEXO IV CINE MAIS CULTURA BAHIA PROJETO TÉCNICO I. Identificação da Iniciativa 1. Nome da Proponente: 2. Esta ação é inscrita por: [Indique somente 1 (uma) alternativa] Organização da Sociedade Civil

Leia mais

Porquê respeitar a diversidade?

Porquê respeitar a diversidade? 32 Pró Inclusão ANDEE NOTÍCIAS Janeiro de 2012 (1ª Quinzena) ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE DOCENTES DE EDUCAÇÃO ESPECIAL Quinta da Arreinela de Cima, 2800-305 Almada TLM: 927 138 311 - E-mail: proandee@gmail.com

Leia mais

ESCOLA SUPERIOR DE ARTES E DESIGN DE MATOSINHOS REGULAMENTO DE ADMISSÃO NO MESTRADO EM DESIGN. Preâmbulo

ESCOLA SUPERIOR DE ARTES E DESIGN DE MATOSINHOS REGULAMENTO DE ADMISSÃO NO MESTRADO EM DESIGN. Preâmbulo ESCOLA SUPERIOR DE ARTES E DESIGN DE MATOSINHOS REGULAMENTO DE ADMISSÃO NO MESTRADO EM DESIGN Preâmbulo De acordo com o novo Regime Jurídico das Instituições do Ensino Superior, a Escola Superior de Artes

Leia mais

MATRÍCULA ELECTRÓNICA. Manual do Utilizador ESCOLAS / DRE

MATRÍCULA ELECTRÓNICA. Manual do Utilizador ESCOLAS / DRE MATRÍCULA ELECTRÓNICA Manual do Utilizador ESCOLAS / DRE ÍNDICE 1 PREÂMBULO... 2 2 UTILIZAÇÃO PELOS SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS DOS ESTABELECIMENTOS DE ENSINO... 3 2.1 Matrícula Electrónica - Acesso através

Leia mais

Relatório da visita da Comissão para a Ética, a Cidadania e a Comunicação ao Porto, nos dias 18 e 19 de fevereiro de 2013

Relatório da visita da Comissão para a Ética, a Cidadania e a Comunicação ao Porto, nos dias 18 e 19 de fevereiro de 2013 Relatório da visita da Comissão para a Ética, a Cidadania e a Comunicação ao Porto, nos dias 18 e 19 de fevereiro de 2013 20 de fevereiro de 2013 Índice 1 Objetivo da visita... 3 2 Delegação... 3 3 Visita

Leia mais

PLANO DE ACTIVIDADES PARA O ANO DE 2015

PLANO DE ACTIVIDADES PARA O ANO DE 2015 ASSOCIAÇÃO NACIONAL DA ESPONDILITE ANQUILOSANTE PLANO DE ACTIVIDADES PARA O ANO DE 2015 I INTRODUÇÃO Nos termos da alínea b) do Artigo 35.º dos Estatutos da ANEA, a Direcção desta associação apresenta

Leia mais

Gripe A (H1N1)_PLANO DE CONTINGÊNCIA

Gripe A (H1N1)_PLANO DE CONTINGÊNCIA ESCOLA SECUNDÁRIA ANTERO DE QUENTAL Largo Mártires da Pátria 9504 520 Ponta Delgada Tel.: 296 20 55 40 Fax: 296 20 55 44 www.esaq.pt Gripe A (H1N1)_PLANO DE CONTINGÊNCIA Gripe H1N1_PLANO DE CONTIGÊNCIA

Leia mais

3. Actividade Pedagógica e Cientifica. 1) Experiência no Ensino Superior Ao Nível do 2º Ciclo do Ensino Superior:

3. Actividade Pedagógica e Cientifica. 1) Experiência no Ensino Superior Ao Nível do 2º Ciclo do Ensino Superior: 1. Informação Biográfica Naturalidade: Coimbra (Sé Nova) Data de Nascimento: 10 de Fevereiro de 1970 Bilhete de Identidade: 8832094 de 12/10/2004 Coimbra Nacionalidade: Portuguesa Estado Civil: casada

Leia mais

Telemóveis e os jovens: utilização e preocupações (Resultados dos Inquéritos Realizados em Estabelecimentos de Ensino no Ano Letivo 2010/ /2011) Resumo Durante o ano letivo de 2010/2011 foram realizados

Leia mais

NOTAS CURRICULARES. João Manuel Alves da Silveira Ribeiro Nascido a 19 de novembro de 1951, na freguesia de Cedofeita, concelho do Porto.

NOTAS CURRICULARES. João Manuel Alves da Silveira Ribeiro Nascido a 19 de novembro de 1951, na freguesia de Cedofeita, concelho do Porto. NOTAS CURRICULARES João Manuel Alves da Silveira Ribeiro Nascido a 19 de novembro de 1951, na freguesia de Cedofeita, concelho do Porto. Formação académica: 2007 - Programa de Alta Direção de Instituições

Leia mais

CONCURSO. A nossa escola pela não violência

CONCURSO. A nossa escola pela não violência CONCURSO A nossa escola pela não violência O concurso A nossa escola pela não violência pretende premiar produtos e acções de sensibilização produzidos por alunos e alunas do 3º Ciclo do Ensino Básico

Leia mais

CÂMARA MUNICIPAL DE SANTARÉM

CÂMARA MUNICIPAL DE SANTARÉM Diário da República, 2.ª série N.º 188 29 de Setembro de 2008 CÂMARA MUNICIPAL DE SANTARÉM Aviso n.º 24229/2008 Francisco Maria Moita Flores, Presidente da Câmara Municipal de Santarém, torna público,

Leia mais

Sítios e Achados Arqueológicos em Darque

Sítios e Achados Arqueológicos em Darque Sítios e Achados Arqueológicos em Darque Em Darque, e ao longo dos anos, têm vindo a ser assinalados vários sítios nos quais foram detectados vestígios arqueológicos que, infelizmente, nunca foram alvo

Leia mais

Análise dos Resultados

Análise dos Resultados Município de Odivelas Câmara Municipal Divisão de Saúde e da Prevenção das Toxicodependências Sector do Observatório da Saúde Odivelas Concelho Saudável Programa Odivelas Sem Tabaco Rastreio à Doença Pulmonar

Leia mais

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA REGIONAL DOS AÇORES. Decreto Legislativo Regional Nº 18/2000/A de 8 de Agosto

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA REGIONAL DOS AÇORES. Decreto Legislativo Regional Nº 18/2000/A de 8 de Agosto ASSEMBLEIA LEGISLATIVA REGIONAL DOS AÇORES Decreto Legislativo Regional Nº 18/2000/A de 8 de Agosto Planeamento Familiar e Educação Afectivo-sexual No quadro normativo nacional, aplicável à Região Autónoma

Leia mais

Salão Nobre dos Paços do Concelho. Reunião Ordinária de 24-07-2013. Acta nº 14

Salão Nobre dos Paços do Concelho. Reunião Ordinária de 24-07-2013. Acta nº 14 Página 1 Salão Nobre dos Paços do Concelho Reunião Ordinária de 24-07-2013 Acta nº 14 Membros da Cargo P/F/S António Rui Esteves Solheiro Presidente da F Manoel Batista Calçada Pombal Vereador P Maria

Leia mais

PLATAFORMA SUPRACONCELHIA DO BAIXO ALENTEJO

PLATAFORMA SUPRACONCELHIA DO BAIXO ALENTEJO PLATAFORMA SUPRACONCELHIA DO BAIXO ALENTEJO ACTA NÚMERO QUATRO Aos 20 dias do mês de Setembro de 2007, reuniu nas instalações cedidas pelo Instituto Português da Juventude Delegação de Beja, às 15 horas,

Leia mais

Escola E.B. 2/3 Ciclos do Paul. Trabalho elaborado por: Frederico Matias 8ºA nº8 João Craveiro 8ºA nº5

Escola E.B. 2/3 Ciclos do Paul. Trabalho elaborado por: Frederico Matias 8ºA nº8 João Craveiro 8ºA nº5 Escola E.B. 2/3 Ciclos do Paul Trabalho elaborado por: Frederico Matias 8ºA nº8 João Craveiro 8ºA nº5 Introdução Este trabalho foi-nos proposto na aula de Área de Projecto pela Professora. Pretendemos

Leia mais

anos em imagens TRABALHO, SOLIDARIEDADE E SEGURANÇA SOCIAL

anos em imagens TRABALHO, SOLIDARIEDADE E SEGURANÇA SOCIAL 1 anos em imagens TRABALHO, SOLIDARIEDADE E SEGURANÇA SOCIAL A 21 de abril de 1916, no Decreto n.º 2:354 publicado no Diário do Governo, surgiu pela primeira vez uma referência ao lugar de Secretário-Geral,

Leia mais

A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E DESPORTO DO MUNICÍPIO DE AQUIRAZ, no uso de suas atribuições legais, RESOLVE:

A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E DESPORTO DO MUNICÍPIO DE AQUIRAZ, no uso de suas atribuições legais, RESOLVE: EDITAL Nº /26, DE 30 DE JUNHO DE 26. Abertura de seleção para monitores das oficinas das escolas de tempo integral A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E DESPORTO DO MUNICÍPIO DE AQUIRAZ, no uso de suas atribuições

Leia mais

Este documento constitui um instrumento de documentação e não vincula as instituições

Este documento constitui um instrumento de documentação e não vincula as instituições 1980L0155 PT 31.07.2001 002.001 1 Este documento constitui um instrumento de documentação e não vincula as instituições B DIRECTIVA DO CONSELHO de 21 de Janeiro de 1980 que tem por objectivo a coordenação

Leia mais

RELATÓRIO INTERCALAR DA CONVENÇÃO DE DISPONIBILIZAÇÃO DE FUNDOS. Referência: GCI-PG-B-PT-COMM-Nº12

RELATÓRIO INTERCALAR DA CONVENÇÃO DE DISPONIBILIZAÇÃO DE FUNDOS. Referência: GCI-PG-B-PT-COMM-Nº12 RELATÓRIO INTERCALAR DA CONVENÇÃO DE DISPONIBILIZAÇÃO DE FUNDOS Referência: GCI-PG-B-PT-COMM-Nº12 em aplicação da convenção de delegação GCI-PG-A-PT-COMM-Nº1 Página 1 de 12 Índice 1. Introdução... 3 2.

Leia mais

ENFERMAGEM HUMANITÁRIA COOPERAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO

ENFERMAGEM HUMANITÁRIA COOPERAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO S. Tomé e Príncipe ENFERMAGEM HUMANITÁRIA COOPERAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO São Tomé e Príncipe A República Democrática de São Tomé e Príncipe, é um estado insular localizado no Golfo da Guiné. Composto

Leia mais

ENVIAR PARA: A. Carvalho Pereira Rua Abel Salazar 272, 7º 4425-005 Maia Telem.: 917 509 740 Mail: a.carvalhopereira@tvtel.pt

ENVIAR PARA: A. Carvalho Pereira Rua Abel Salazar 272, 7º 4425-005 Maia Telem.: 917 509 740 Mail: a.carvalhopereira@tvtel.pt Inscric?a?o 2010:Convite 01.02.10 10:34 Page 1 ENVIAR PARA: A. Carvalho Pereira Rua Abel Salazar 272, 7º 4425-005 Maia Telem.: 917 509 740 Mail: a.carvalhopereira@tvtel.pt Inscric?a?o 2010:Convite 01.02.10

Leia mais

III. Comissão Revisora de Contas Relatório e Parecer

III. Comissão Revisora de Contas Relatório e Parecer III. Comissão Revisora de Contas Relatório e Parecer Relatório da Comissão Revisora de Contas 1. Introdução 1.1. No cumprimento do disposto nos artigos 25.º e 26.º dos estatutos da Fundação Calouste Gulbenkian,

Leia mais

RELATÓRIO FRANCHISING

RELATÓRIO FRANCHISING RELATÓRIO FRANCHISING ESTUDO DO PERFIL E SATISFAÇÃO DO FRANCHISADO EM PORTUGAL JULHO 2013 Índice ENQUADRAMENTO... 3 METODOLOGIA (FICHA TÉCNICA)... 4 ANÁLISE DE RESULTADOS... 5 CARACTERIZAÇÃO DO FRANCHISADO...

Leia mais

O QUE ERA NECESSÁRIO QUE O GOVERNO ESCLARECESSE SOBRE A REFORMA DA ADMINISTRAÇÃO PUBLICA NAS REUNIÕES DISTRITAIS

O QUE ERA NECESSÁRIO QUE O GOVERNO ESCLARECESSE SOBRE A REFORMA DA ADMINISTRAÇÃO PUBLICA NAS REUNIÕES DISTRITAIS O que era necessário que o Secretário de Estado da Administração Pública esclarecesse Pág. 1 O QUE ERA NECESSÁRIO QUE O GOVERNO ESCLARECESSE SOBRE A REFORMA DA ADMINISTRAÇÃO PUBLICA NAS REUNIÕES DISTRITAIS

Leia mais

Ministérios da Administração Interna, do Trabalho e da Solidariedade Social e da Educação PROTOCOLO. Entre MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA,

Ministérios da Administração Interna, do Trabalho e da Solidariedade Social e da Educação PROTOCOLO. Entre MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA, PROTOCOLO Entre MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO INTERNA, MINISTÉRIO DO TRABALHO E DA SOLIDARIEDADE SOCIAL e MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO 2/7 A aposta na qualificação dos portugueses constitui uma condição essencial

Leia mais

COMPOSIÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DA EQUIPE DE ENFERMAGEM NA MACRORREGIÃO OESTE DO PARANÁ, 2014

COMPOSIÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DA EQUIPE DE ENFERMAGEM NA MACRORREGIÃO OESTE DO PARANÁ, 2014 COMPOSIÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DA EQUIPE DE ENFERMAGEM NA MACRORREGIÃO OESTE DO PARANÁ, 2014 Gabriela Souza Alves 1 Manoela de Carvalho Maria Lúcia Frizon Rizzotto Neide Tiemi Murofuse RESUMO: Trata-se de um

Leia mais

REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, EMPREGO E SEGURANÇA SOCIAL INSPECÇÃO GERAL DO TRABALHO

REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, EMPREGO E SEGURANÇA SOCIAL INSPECÇÃO GERAL DO TRABALHO REPÚBLICA DE ANGOLA MINISTÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA, EMPREGO E SEGURANÇA SOCIAL INSPECÇÃO GERAL DO TRABALHO RUA DA MISSÃO 123, 4º ANDAR, TELEFONES 00244-222-398749 / 371705 FAX: 00244-222-398749 E-mail:

Leia mais