Programa de Medição da Qualidade da Banda Larga Fixa no Brasil

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Programa de Medição da Qualidade da Banda Larga Fixa no Brasil"

Transcrição

1 Programa de Medição da Qualidade da Banda Larga Fixa no Brasil Lançamento Agência Nacional de Telecomunicações Brasília, 29 de agosto de

2 RGQ-SCM Prestadoras de SCM com mais de acessos em serviço Oi, NET, Telefonica/Vivo, Telefonica Data, Ajato, GVT, CTBC Telecom, Embratel, Sercomtel e Cabo Telecom Indicadores de Rede Aferidos e suas Metas Velocidade instantânea (SCM4: 20%, 30%, 40%), velocidade média (SCM5: 60%, 70%, 80%), latência (SCM6: 80ms), variação da latência (SCM7: 50ms), perda de pacotes (SCM8: 2%) e disponibilidade (SCM9: 99%) Grupo de Implantação de Processos de Aferição da Qualidade (GIPAQ) Entidade Aferidora da Qualidade (EAQ) 2

3 Plano Amostral Define a quantidade de medidores destinada a cada Unidade da Federação (UF) Metodologia sólida e estatisticamente válida Considera: Dimensão Geográfica (granularidade), faixas de velocidade ofertadas e quantidade de acessos em serviço por prestadora Granularidade Recorte geográfico por áreas correspondentes aos Códigos de Numeração (CN) 67 CNs no total Faixas de velocidade Plano amostral para faixas de velocidade até 2 Mbps e acima de 2 Mbps Plano Amostral MAPA DOS CÓDIGOS NACIONAIS DISTRIBUIÇÃO DE MEDIDORES POR UF TOTAL: Metodologia Aplicada 3

4 Modelo de Medição Modelo de medição adotado: OFF-NET Servidores de medição serão localizados no PTT.Metro Adoção da plataforma PTT.Metro administrada pelo NIC.Br Garantia de neutralidade e credibilidade do processo de medição 4

5 Modelo de Medição DIAGRAMA ILUSTRATIVO 5

6 Medidor (Whitebox) Equipamento instalado na residência ou empresa do usuário Fácil instalação pelo usuário e não requer manutenção Não interfere ou degrada a conexão do usuário Não coleta dados de navegação do usuário Envio do medidor ao usuário por via postal Suporte técnico disponível 6

7 Adesão de Voluntários Poderão participar como voluntários no programa quaisquer usuários de banda larga fixa, exceto funcionários das prestadoras envolvidas Voluntários poderão se cadastrar por meio das páginas da Anatel ou MiniCom, ou diretamente em A participação no programa é gratuita O voluntário poderá solicitar sua exclusão do programa a qualquer tempo e sem ônus Importância da manutenção de uma base de voluntários ao longo do tempo 7

8 Relatórios das Medições Haverá dois tipos de relatórios: i. Relatórios individuais disponíveis mensalmente aos voluntários selecionados ii. Relatórios regulamentares enviados mensalmente à Anatel para a aferição dos indicadores de rede 8

9 Divulgação de Resultados OS PRIMEIROS RESULTADOS CONSOLIDADOS SERÃO DIVULGADOS PELA ANATEL EM DEZEMBRO EM SUA PÁGINA NA INTERNET 9

10 Vídeo Demonstrativo Obrigado! Bruno Ramos Superintendente de Serviços Privados 10

Metas de banda larga; Oi ainda apresenta deficiências em alguns estados

Metas de banda larga; Oi ainda apresenta deficiências em alguns estados Metas de banda larga; Oi ainda apresenta deficiências em alguns estados SINTTEL - Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicaçãoes de Minas Gerais SINTTEL - Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicaçãoes

Leia mais

Qualidade da Banda Larga Fixa (SCM) Relatório de Indicadores de Desempenho Operacional

Qualidade da Banda Larga Fixa (SCM) Relatório de Indicadores de Desempenho Operacional Qualidade da Banda Larga Fixa (SCM) Relatório de Indicadores de Desempenho Operacional 2014 Superintendência de Controle de Obrigações - SCO Gerência de Controle de Obrigações de Qualidade - COQL Brasília,

Leia mais

Gestão da Qualidade da Banda Larga

Gestão da Qualidade da Banda Larga Gestão da Qualidade da Banda Larga Agência Nacional de Telecomunicações Brasília, 17 de maio de 2013 METODOLOGIA DE MEDIÇÃO INDICADORES DE BANDA LARGA FIXA Avaliações realizadas através de medidores instalados

Leia mais

Agência Nacional de Telecomunicações. Entidade Aferidora da Qualidade

Agência Nacional de Telecomunicações. Entidade Aferidora da Qualidade Agência Nacional de Telecomunicações Entidade Aferidora da Qualidade Qualidade da Banda Larga Publicação de Indicadores (Junho/14) Medição Banda Larga Fixa (SCM) Para a medição da banda larga fixa (SCM)

Leia mais

Agência Nacional de Telecomunicações. Entidade Aferidora da Qualidade

Agência Nacional de Telecomunicações. Entidade Aferidora da Qualidade Agência Nacional de Telecomunicações Entidade Aferidora da Qualidade Qualidade da Banda Larga Publicação de Indicadores (julho/2015) Medição Banda Larga Fixa (SCM) Para a medição da banda larga fixa (SCM)

Leia mais

I I F ó r u m N a c i o n a l d o s. Conselhos de Usuár ios

I I F ó r u m N a c i o n a l d o s. Conselhos de Usuár ios I I F ó r u m N a c i o n a l d o s Conselhos de Usuár ios PESQUISA DE SATISFAÇÃO E QUALIDADE PERCEBIDA Destaques dos Resultados Coletiva de Imprensa Superintendência de Relações com Consumidores 29/03/2016

Leia mais

Agência Nacional de Telecomunicações. Entidade Aferidora da Qualidade

Agência Nacional de Telecomunicações. Entidade Aferidora da Qualidade Agência Nacional de Telecomunicações Entidade Aferidora da Qualidade Qualidade da Banda Larga Publicação de Indicadores (setembro/13) outubro de 2013 Medição Banda Larga Fixa (SCM) Para a medição da banda

Leia mais

Agência Nacional de Telecomunicações. Entidade Aferidora da Qualidade

Agência Nacional de Telecomunicações. Entidade Aferidora da Qualidade Agência Nacional de Telecomunicações Entidade Aferidora da Qualidade Qualidade da Banda Larga Publicação de Indicadores (Setembro/14) Medição Banda Larga Fixa (SCM) Para a medição da banda larga fixa (SCM)

Leia mais

NOVA REGULAMENTAÇÃO DO SERVIÇO DE COMUNICAÇÃO MULTIMÍDIA

NOVA REGULAMENTAÇÃO DO SERVIÇO DE COMUNICAÇÃO MULTIMÍDIA NOVA REGULAMENTAÇÃO DO SERVIÇO DE COMUNICAÇÃO MULTIMÍDIA Luiz Fernando Fauth Agência Nacional de Telecomunicações ANATEL ibusiness 2011 Curitiba, 24/11/2011 SUMÁRIO Cenário atual do SCM Consulta Pública

Leia mais

Agência Nacional de Telecomunicações. Entidade Aferidora da Qualidade

Agência Nacional de Telecomunicações. Entidade Aferidora da Qualidade Agência Nacional de Telecomunicações Entidade Aferidora da Qualidade Qualidade da Banda Larga Publicação de Indicadores (dezembro/13) Janeiro de 2014 Medição Banda Larga Fixa (SCM) Para a medição da banda

Leia mais

Regulamento de Gestão da Qualidade do SCM e do SMP. Bruno de Carvalho Ramos Superintendente de Serviços Privados - SPV Anatel

Regulamento de Gestão da Qualidade do SCM e do SMP. Bruno de Carvalho Ramos Superintendente de Serviços Privados - SPV Anatel Regulamento de Gestão da Qualidade do SCM e do SMP Bruno de Carvalho Ramos Superintendente de Serviços Privados - SPV Anatel Brasília/DF Março/2012 Agenda Base Regulatória; GIPAQ; Princípios; Processo

Leia mais

Universalização de acesso à internet de alto desempenho. Presidência da Anatel

Universalização de acesso à internet de alto desempenho. Presidência da Anatel Universalização de acesso à internet de alto desempenho Presidência da Anatel Brasília/DF Outubro/2012 Panorama Global CRESCIMENTO DA BANDA LARGA NO MUNDO - O Brasil foi o quinto país que mais ampliou

Leia mais

Desafios no acesso à internet móvel: penetração, qualidade e gestão do espectro

Desafios no acesso à internet móvel: penetração, qualidade e gestão do espectro Desafios no acesso à internet móvel: penetração, qualidade e gestão do espectro Miriam Wimmer Diretora do Departamento de Serviços e de Universalização de Telecomunicações Secretaria de Telecomunicações

Leia mais

Cartilha Explicativa sobre o Software de Medição de Qualidade de Conexão (Serviço de Comunicação Multimídia)

Cartilha Explicativa sobre o Software de Medição de Qualidade de Conexão (Serviço de Comunicação Multimídia) Cartilha Explicativa sobre o Software de Medição de Qualidade de Conexão (Serviço de Comunicação Multimídia) Cartilha disponibilizada em atendimento ao disposto na Resolução Anatel n.º 574/2011 Página

Leia mais

Audiência Pública Câmara dos Deputados Comissão de Educação. Novembro de 2015

Audiência Pública Câmara dos Deputados Comissão de Educação. Novembro de 2015 Audiência Pública Câmara dos Deputados Comissão de Educação Novembro de 2015 acesso móvel TV por assinatura telefone fixo banda larga fixa Panorama Setorial - Tradicional 44,1 milhões de assinantes 25,2

Leia mais

Ministério das Comunicações

Ministério das Comunicações IV Seminário Telcomp 2011 Competição e Inovação A Perspectiva de Governo e Políticas Públicas: Políticas Públicas para incentivo à expansão de redes e serviços de telecomunicações Maximiliano S. Martinhão

Leia mais

PNBL e deficiências na transmissão de dados via internet Região Norte. Bruno de Carvalho Ramos Superintendente de Serviços Privados Anatel

PNBL e deficiências na transmissão de dados via internet Região Norte. Bruno de Carvalho Ramos Superintendente de Serviços Privados Anatel PNBL e deficiências na transmissão de dados via internet Região Norte Bruno de Carvalho Ramos Superintendente de Serviços Privados Anatel Agenda Região Norte Ações da Anatel* Anuência Prévia Oi-BrT Projeto

Leia mais

Aferição da Banda Larga Móvel no Brasil Serviço Móvel Pessoal - SMP

Aferição da Banda Larga Móvel no Brasil Serviço Móvel Pessoal - SMP Aferição da Banda Larga Móvel no Brasil Serviço Móvel Pessoal - SMP 01/04/2013 ÍNDICE 1. Projeto de aferição da banda larga móvel no Brasil 2. Resolução 575/2011: Serviço Móvel Pessoal (SMP) 3. O projeto

Leia mais

Infra-estrutura para inovação e desenvolvimento

Infra-estrutura para inovação e desenvolvimento Infra-estrutura para inovação e desenvolvimento Painel: Telecomunicações, acessibilidade, TICs e inovação As telecomunicações constituem um setor de infra-estrutura de importante impacto no crescimento

Leia mais

Comissão de Defesa do Consumidor Audiência Pública Brasília, 13 de novembro de 2013

Comissão de Defesa do Consumidor Audiência Pública Brasília, 13 de novembro de 2013 Comissão de Defesa do Consumidor Audiência Pública Brasília, 13 de novembro de 2013 Os Regimes de Prestação dos Serviços de Telecomunicações A Lei Geral de Telecomunicações (Lei nº 9.472/1996) estabelece

Leia mais

Larga Brasil 2005-2010

Larga Brasil 2005-2010 Barômetro Cisco de Banda Larga Brasil 2005-2010 Resultados de Junho de 2010 Preparado para Meta de Banda Larga em 2010 no Brasil: 15 milhões de conexões Elaborado por IDC Copyright 2010 IDC. Reproduction

Leia mais

www.pwc.com/br Audiência no Senado Escolha e Contratação da Entidade Aferidora da Qualidade 22 de Março de 2012 Luiz Eduardo Viotti Sócio da PwC

www.pwc.com/br Audiência no Senado Escolha e Contratação da Entidade Aferidora da Qualidade 22 de Março de 2012 Luiz Eduardo Viotti Sócio da PwC www.pwc.com/br Audiência no Senado Escolha e Contratação da Entidade Aferidora da Qualidade 22 de Março de 2012 Luiz Eduardo Viotti Sócio da PwC Participamos do processo de escolha da Entidade Aferidora

Leia mais

PGMC. Obrigações de compartilhamento e medidas de incentivo à construção de redes

PGMC. Obrigações de compartilhamento e medidas de incentivo à construção de redes Simpósio da Cullen International sobre Regulação TIC em América Latina e União Europeia PGMC Obrigações de compartilhamento e medidas de incentivo à construção de redes Carlos Baigorri Anatel Estrutura

Leia mais

A Regulamentação do Marco Civil da Internet. Conselheiro Rodrigo Zerbone Loureiro

A Regulamentação do Marco Civil da Internet. Conselheiro Rodrigo Zerbone Loureiro A Regulamentação do Marco Civil da Internet Conselheiro Rodrigo Zerbone Loureiro Agência Nacional de Telecomunicações Brasília, 30/09/2015 Lei N o 12.965/2014 - Marco Civil da Internet O Marco Civil da

Leia mais

3 CONTEXTO DO ESTUDO DE CASO

3 CONTEXTO DO ESTUDO DE CASO 27 3 CONTEXTO DO ESTUDO DE CASO Este capítulo apresenta o setor de telecomunicações no Brasil e o mercado de banda larga residencial. 3.1 O setor de telecomunicações no Brasil O setor de telecomunicações

Leia mais

Documento publicado em atenção às determinações constantes da Resolução n.º 574/2011.

Documento publicado em atenção às determinações constantes da Resolução n.º 574/2011. Documento publicado em atenção às determinações constantes da Resolução n.º 574/2011. Cartilha Informativa acerca da Qualidade do SCM (Serviço de Comunicação Multimídia) Documento publicado em atenção

Leia mais

PLANOS DE AÇÃO REDUÇÃO DOS ÍNDICES DE TV POR ASSINATURA

PLANOS DE AÇÃO REDUÇÃO DOS ÍNDICES DE TV POR ASSINATURA PLANOS DE AÇÃO REDUÇÃO DOS ÍNDICES DE RECLAMAÇÕES E MELHORIA DA QUALIDADE DOS SERVIÇOS DE TV POR ASSINATURA Brasília, março de 2013 BREVE HISTÓRICO No período compreendido entre os meses de agosto de 2011

Leia mais

Folha de S. Paulo. Valor Econômico. Governo fará lobby pela banda larga. Nvidia paga US$ 367 milhões por Icera

Folha de S. Paulo. Valor Econômico. Governo fará lobby pela banda larga. Nvidia paga US$ 367 milhões por Icera Folha de S. Paulo Governo fará lobby pela banda larga O ministro Paulo Bernardo (Comunicações) decidiu fazer lobby na Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) para acelerar as votações que vão estimular

Leia mais

8º CONGRESSO BRASILEIRO DE JORNAIS ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE JORNAIS (ANJ) PAINEL: LIBERDADE DE EXPRESSÃO NA ERA DIGITAL.

8º CONGRESSO BRASILEIRO DE JORNAIS ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE JORNAIS (ANJ) PAINEL: LIBERDADE DE EXPRESSÃO NA ERA DIGITAL. 8º CONGRESSO BRASILEIRO DE JORNAIS ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE JORNAIS (ANJ) São Paulo, 19 de agosto de 2010 PAINEL: LIBERDADE DE EXPRESSÃO NA ERA DIGITAL Apresentação: A Anatel, a ampliação dos acessos de

Leia mais

Qualidade na Telefonia Fixa

Qualidade na Telefonia Fixa Qualidade na Telefonia Fixa Este tutorial apresenta os indicadores básicos utilizados pela Anatel para acompanhar a Qualidade do Serviço prestado pelas operadoras do Serviço Telefônico Fixo Comutado no

Leia mais

Fabrício Tamusiunas. Aferição da Qualidade pelo Usuário e defesa de seus direitos. 5º Encontro de Telecomunicações respeito ao consumidor. NIC.

Fabrício Tamusiunas. Aferição da Qualidade pelo Usuário e defesa de seus direitos. 5º Encontro de Telecomunicações respeito ao consumidor. NIC. 5º Encontro de Telecomunicações respeito ao consumidor Aferição da Qualidade pelo Usuário e defesa de seus direitos Fabrício Tamusiunas NIC.br O que é Qualidade da Internet? Qualidade da Internet é muito

Leia mais

Revisão dos Contratos de Concessão. O PGMU. Desafio do Backhaul 390 Encontro Tele.Síntese

Revisão dos Contratos de Concessão. O PGMU. Desafio do Backhaul 390 Encontro Tele.Síntese Revisão dos Contratos de Concessão. O PGMU. Desafio do Backhaul 390 Encontro Tele.Síntese Mario Dias Ripper F&R Consultores Brasília, 02 de setembro de 2014. PGMU III Geografia Características do Brasil

Leia mais

Serviço Público Federal Conselho Regional de Corretores de Imóveis Estado de São Paulo

Serviço Público Federal Conselho Regional de Corretores de Imóveis Estado de São Paulo ANEXO I PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 011/2015 TERMO DE REFERÊNCIA 1. DO OBJETO A presente licitação tem por objetivo a contratação de pessoa jurídica para prestação de serviços, de forma contínua, ao da 2ª Região,

Leia mais

Programa Nacional de Banda Larga

Programa Nacional de Banda Larga Programa Nacional de Banda Larga Metas e eixos de ação Comissão de Ciência e Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática Senado Federal Brasília, 31 de agosto de 2011 Dados de acesso à Internet em

Leia mais

SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES AUDIÊNCIA PÚBLICA SENADO FEDERAL EDUARDO LEVY BRASÍLIA, 24 DE SETEMBRO DE 2013

SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES AUDIÊNCIA PÚBLICA SENADO FEDERAL EDUARDO LEVY BRASÍLIA, 24 DE SETEMBRO DE 2013 SERVIÇOS DE TELECOMUNICAÇÕES AUDIÊNCIA PÚBLICA SENADO FEDERAL EDUARDO LEVY BRASÍLIA, 24 DE SETEMBRO DE 2013 o Marco Civil da Internet deve preservar a privacidade do cidadão brasileiro hoje, os provedores

Leia mais

Superintendência de Competição PGMC A NOVA REALIDADE DO

Superintendência de Competição PGMC A NOVA REALIDADE DO Superintendência de Competição PGMC A NOVA REALIDADE DO Abraão Balbino e Silva Gerente de Monitoramento das Relações entre Prestadoras asilva@anatel.gov.br Brasília, maio de 2013 Agenda Nova Estrutura

Leia mais

Serviço de Comunicação Multimídia - SCM

Serviço de Comunicação Multimídia - SCM Serviço de Comunicação Multimídia - SCM Carlos Evangelista Gerência de Outorga e Licenciamento de Estações - ORLE Superintendência de Outorga e Recursos à Prestação - SOR Agência Nacional de Telecomunicações

Leia mais

PLANO DE SERVIÇO DO SERVIÇO DE COMUNICAÇÃO MULTIMÍDIA DENOMINADO NET VÍRTUA 2Mbps Internet Popular

PLANO DE SERVIÇO DO SERVIÇO DE COMUNICAÇÃO MULTIMÍDIA DENOMINADO NET VÍRTUA 2Mbps Internet Popular PLANO DE SERVIÇO DO SERVIÇO DE COMUNICAÇÃO MULTIMÍDIA DENOMINADO NET VÍRTUA 2Mbps Internet Popular Plano de Serviço 1. Aplicação Este Plano de Serviço do Serviço de Comunicação Multimídia é aplicável a

Leia mais

AUDIÊNCIA PÚBLICA CFFC / CINDRA 29/05/2013. Rio de Janeiro Maio 2013

AUDIÊNCIA PÚBLICA CFFC / CINDRA 29/05/2013. Rio de Janeiro Maio 2013 AUDIÊNCIA PÚBLICA CFFC / CINDRA 29/05/2013 Rio de Janeiro Maio 2013 A Oi TEM PAPEL FUNDAMENTAL PARA O DESENVOLVIMENTO DO PAÍS, INVESTINDO, GERANDO IMPOSTOS E EMPREGOS E DISTRIBUINDO SEUS RESULTADOS R$

Leia mais

Milton Kashiwakura (Fabrício Tamusiunas)

Milton Kashiwakura (Fabrício Tamusiunas) Medição de Tráfego Internet de Banda Fixa usando os PTTs Milton Kashiwakura (Fabrício Tamusiunas) NIC.br NIC.BR conduz projeto de medição de qualidade desde 2006 IDEC São Paulo, em 2007 TTM-box do RIPE

Leia mais

Barômetro Cisco de Banda Larga Brasil 2005-2010

Barômetro Cisco de Banda Larga Brasil 2005-2010 Barômetro Cisco de Banda Larga Brasil 2005-2010 Resultados de Setembro/2007 Preparado para Meta de Banda Larga em 2010 no Brasil: 10 milhões de conexões Mauro Peres, Research Director IDC Brasil Copyright

Leia mais

Aplicação de Métodos de Escolha Discreta na Estimação da Demanda por Serviços de Acesso à Internet Igor Vilas Boas de Freitas

Aplicação de Métodos de Escolha Discreta na Estimação da Demanda por Serviços de Acesso à Internet Igor Vilas Boas de Freitas Aplicação de Métodos de Escolha Discreta na Estimação da Demanda por Serviços de Acesso à Internet Igor Vilas Boas de Freitas Brasília, 11 de setembro de 2014 1T07 2T07 3T07 4T07 1T08 2T08 3T08 4T08 1T09

Leia mais

SERVIÇO DE COMUNICAÇÃO MULTIMÍDIA RODRIGO SANTANA DOS SANTOS ANATEL

SERVIÇO DE COMUNICAÇÃO MULTIMÍDIA RODRIGO SANTANA DOS SANTOS ANATEL 1 SERVIÇO DE COMUNICAÇÃO MULTIMÍDIA RODRIGO SANTANA DOS SANTOS ANATEL 2 Sumário Conceitos Gerais SCM em Números Proteção e Defesa de Direitos dos Assinantes Regulamentos em Estudo 3 Conceitos Gerais Lei

Leia mais

EAQ Entidade Aferidora da Qualidade de Banda Larga Workshop 5: Qualidade da Banda Larga no Brasil

EAQ Entidade Aferidora da Qualidade de Banda Larga Workshop 5: Qualidade da Banda Larga no Brasil EAQ Entidade Aferidora da Qualidade de Banda Larga Workshop 5: Qualidade da Banda Larga no Brasil 21 de maio de 2013 Workshop de Qualidade da Banda Larga 1. Introdução 2. A origem 3. Infraestrutura e Cadeia

Leia mais

Melhorias da Infraestrutura de Rede das Operadoras de Telefonia Móvel e das condições de prestação do serviço. João Batista de Rezende Anatel

Melhorias da Infraestrutura de Rede das Operadoras de Telefonia Móvel e das condições de prestação do serviço. João Batista de Rezende Anatel Melhorias da Infraestrutura de Rede das Operadoras de Telefonia Móvel e das condições de prestação do serviço João Batista de Rezende Anatel Brasília/DF Dezembro/2012 Medida Cautelar Contextualização Suspensão

Leia mais

Ações do Ministério das Comunicações

Ações do Ministério das Comunicações Ações do Ministério das Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática Brasília, março de 2012. Crescimento do setor alguns destaques Serviço Número de Acessos Taxa de Crescimento

Leia mais

BANDA LARGA FIXA NO BRASIL CARLOS DUPRAT BRASÍLIA, 03 DE MAIO DE 2016 SENADO FEDERAL

BANDA LARGA FIXA NO BRASIL CARLOS DUPRAT BRASÍLIA, 03 DE MAIO DE 2016 SENADO FEDERAL BANDA LARGA FIXA NO BRASIL COMISSÃO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA, INOVAÇÃO, COMUNICAÇÃO E INFORMÁTICA COMISSÃO DE MEIO AMBIENTE, DEFESA DO CONSUMIDOR E FISCALIZAÇÃO E CONTROLE SENADO FEDERAL CARLOS DUPRAT BRASÍLIA,

Leia mais

Serviço Telefônico Fixo Comutado (STFC)

Serviço Telefônico Fixo Comutado (STFC) Serviço Telefônico Fixo Comutado (STFC) Superintendência de Serviços Públicos (SPB) Gerência-Geral de Outorga, Acompanhamento e Controle das Obrigações Contratuais (PBOA) Gerência de Outorga de Serviços

Leia mais

Resumo do Barômetro Cisco Banda Larga Brasil 2005-2010

Resumo do Barômetro Cisco Banda Larga Brasil 2005-2010 Copyright 2008 IDC. Reproduction is forbidden unless authorized. All rights reserved. Resumo do Barômetro Cisco Banda Larga Brasil 2005-2010 Resultados de Dezembro/2008 Preparado para Meta de Banda Larga

Leia mais

FIXO FIXO ... Data de vencimento: 19/01/2013 Valor de sua conta: 353,02. Fatura de Serviços de Telecomunicações

FIXO FIXO ... Data de vencimento: 19/01/2013 Valor de sua conta: 353,02. Fatura de Serviços de Telecomunicações FIXO Oi S.A. ROD. BR 153 - S/N - KM 06 - PARTE U VILA REDENÇÃO CEP 74845-060 - Goiânia U GO CNPJ Matriz: 76.535.764/0001-43 Fatura de Serviços de Telecomunicações 000001 de 00010751 CTCE GOIANIA GO PL8

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA LINK LOJA ALDEOTA

TERMO DE REFERÊNCIA LINK LOJA ALDEOTA SECRETARIA DAS CIDADES CAGECE COMPANHIA DE ÁGUA E ESGOTO DO CEARA TERMO DE REFERÊNCIA LINK LOJA ALDEOTA PROCESSO Nº 0664.000146/2015-10 Outubro/2015 Página 1 de 5 1. DO OBJETO Contratação por 12 (doze)

Leia mais

Qualidade dos Serviços de Telecomunicações

Qualidade dos Serviços de Telecomunicações Qualidade dos Serviços de Telecomunicações Senado Federal Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática 24 de setembro de 2013 Agenda Contextualização do Setor Qualidade Indicadores

Leia mais

COMO ADICIONAR VALOR A BANDA LARGA

COMO ADICIONAR VALOR A BANDA LARGA Associação Brasileira de Provedores de Internet e Telecomunicações COMO ADICIONAR VALOR A BANDA LARGA ENCONTRO DE PROVEDORES REGIONAIS BIT SOCIAL RIO DE JANEIRO - RJ Euclydes Vieira Neto Diretor Administrativo

Leia mais

05) Um mesmo assinante poderá ter em casa o acesso normal do STFC e o AICE? - O assinante poderá ter somente um AICE e poderá ter outro plano.

05) Um mesmo assinante poderá ter em casa o acesso normal do STFC e o AICE? - O assinante poderá ter somente um AICE e poderá ter outro plano. 01) O que é AICE? Significa Acesso Individual Classe Especial. É um Plano básico e com regulamentação própria (Regulamentado pela Resolução Nº 586, da ANATEL, de 05 de abril de 2012). Modalidade de telefonia

Leia mais

BANDA LARGA FIXA NO BRASIL CARLOS DUPRAT BRASÍLIA, 8 DE JUNHO DE 2016 AUDIÊNCIA PÚBLICA NA CÂMARA DOS DEPUTADOS

BANDA LARGA FIXA NO BRASIL CARLOS DUPRAT BRASÍLIA, 8 DE JUNHO DE 2016 AUDIÊNCIA PÚBLICA NA CÂMARA DOS DEPUTADOS BANDA LARGA FIXA NO BRASIL AUDIÊNCIA PÚBLICA NA CÂMARA DOS DEPUTADOS COMISSÃO DE FISCALIZAÇÃO FINANCEIRA E CONTROLE COMISSÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA, COMUNICAÇÃO E INFORMÁTICA CARLOS DUPRAT BRASÍLIA, 8

Leia mais

Programa Nacional de Banda Larga: principais ações e resultados Brasília, novembro de 2014

Programa Nacional de Banda Larga: principais ações e resultados Brasília, novembro de 2014 Programa Nacional de Banda Larga: principais ações e resultados Brasília, novembro de 2014 Meta do PNBL Se pacote PNBL de 1 Mbps for ofertado por R$ 15 em todos os municípios Se pacote PNBL de 1 Mbps for

Leia mais

Resumo do Barômetro Cisco Banda Larga Brasil 2005-20102010

Resumo do Barômetro Cisco Banda Larga Brasil 2005-20102010 Resumo do Barômetro Cisco Banda Larga Brasil 2005-20102010 Resultados de Junho 2009 Preparado para Meta de Banda Larga em 2010 no Brasil: 15 milhões de conexões Elaborado por IDC Copyright 2009 IDC. Reproduction

Leia mais

Senado Federal Comissão de Ciência e Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática. Audiência Pública Plano Nacional de Banda Larga

Senado Federal Comissão de Ciência e Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática. Audiência Pública Plano Nacional de Banda Larga Senado Federal Comissão de Ciência e Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática Audiência Pública Plano Nacional de Banda Larga Eduardo Levy Diretor Executivo do SindiTELEBRASIL Brasília, 26 de maio

Leia mais

TELECOMUNICAÇÕES DO BRASIL EDUARDO LEVY BRASÍLIA, 15 DE JULHO DE 2015

TELECOMUNICAÇÕES DO BRASIL EDUARDO LEVY BRASÍLIA, 15 DE JULHO DE 2015 TELECOMUNICAÇÕES DO BRASIL AUDIÊNCIA PÚBLICA NA COMISSÃO DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA, INOVAÇÃO, COMUNICAÇÃO E INFORMÁTICA DO SENADO FEDERAL EDUARDO LEVY BRASÍLIA, 15 DE JULHO DE 2015 R$ 31 bilhões de investimentos

Leia mais

A Regulação dos Serviços de Telecomunicações Convergentes para a Inclusão Social

A Regulação dos Serviços de Telecomunicações Convergentes para a Inclusão Social A Regulação dos Serviços de Telecomunicações Convergentes para a Inclusão Social 50 0 PAINEL TELEBRASIL 2006 Angra dos Reis, RJ, 2 de junho de 2006 José Leite Pereira Filho Conselheiro Diretor Conselheiro

Leia mais

REGULAMENTO PROMOÇÃO 01/2012 PROMOÇÃO DE LANÇAMENTO INTERNET BEL FIBRA 28/08/12 A 24/06/2013 Banda Extra Larga: Internet + Telefonia Fixa

REGULAMENTO PROMOÇÃO 01/2012 PROMOÇÃO DE LANÇAMENTO INTERNET BEL FIBRA 28/08/12 A 24/06/2013 Banda Extra Larga: Internet + Telefonia Fixa REGULAMENTO PROMOÇÃO 01/2012 PROMOÇÃO DE LANÇAMENTO INTERNET BEL FIBRA 28/08/12 A 24/06/2013 Banda Extra Larga: Internet + Telefonia Fixa 1. - OBJETO: O objeto desta promoção é a oferta em parceria, por

Leia mais

BANDA LARGA FIXA NO BRASIL

BANDA LARGA FIXA NO BRASIL BANDA LARGA FIXA NO BRASIL AUDIÊNCIA PÚBLICA NA CÂMARA DOS DEPUTADOS COMISSÃO DE CIÊNCIA E TECNOLOGIA, COMUNICAÇÃO E INFORMÁTICA CARLOS DUPRAT BRASÍLIA, 14 DE JUNHO DE 2016 1. Mercado 2. Mundo 3. Infraestrutura

Leia mais

Audiência Pública Câmara dos Deputados. Elisa Leonel Superintendente de Relações com Consumidores

Audiência Pública Câmara dos Deputados. Elisa Leonel Superintendente de Relações com Consumidores Audiência Pública Câmara dos Deputados Elisa Leonel Superintendente de Relações com Consumidores Mais celulares do que gente: 257 milhões de acessos em serviço 24% dos entrevistados já acordam com o celular

Leia mais

Internet 3G - VIVO ZAP

Internet 3G - VIVO ZAP O Vivo Zap 3G é a banda larga da Vivo que você acessa no seu computador ou notebook usando o mesmo modem. E você também pode contratar o Vivo Zap 3G para acessar a internet pelo seu smartphone. VANTAGENS

Leia mais

JARBAS JOSÉ VALENTE. Conselheiro da Agência Nacional de Telecomunicações - ANATEL

JARBAS JOSÉ VALENTE. Conselheiro da Agência Nacional de Telecomunicações - ANATEL JARBAS JOSÉ VALENTE Conselheiro da Agência Nacional de Telecomunicações - ANATEL Outubro/2013 Modelo Regulatório Princípios Legais QUANTO AO REGIME DA PRESTAÇÃO DO SERVIÇO: REGIME PÚBLICO: CONCESSÃO COM

Leia mais

Gestão da Qualidade da Banda Larga

Gestão da Qualidade da Banda Larga Gestão da Qualidade da Banda Larga Agência Nacional de Telecomunicações Brasília, 21 de maio de 2013 METODOLOGIA DE MEDIÇÃO INDICADORES DE BANDA LARGA FIXA Avaliações realizadas através de medidores instalados

Leia mais

Agência Nacional de Telecomunicações. Entidade Aferidora da Qualidade

Agência Nacional de Telecomunicações. Entidade Aferidora da Qualidade Agência Nacional de Telecomunicações Entidade Aferidora da Qualidade Qualidade da Banda Larga Publicação de Indicadores (agosto/13) setembro de 2013 Medição Banda Larga Fixa (SCM) Para a medição da banda

Leia mais

A nova distribuição do audiovisual no Brasil. Ara Apkar Minassian Superintendente de Serviços de Comunicação de Massa

A nova distribuição do audiovisual no Brasil. Ara Apkar Minassian Superintendente de Serviços de Comunicação de Massa A nova distribuição do audiovisual no Brasil Ara Apkar Minassian Superintendente de Serviços de Comunicação de Massa São Paulo, 8 de novembro de 2011 Dados do Setor Base de Assinantes 2011 2010 2008 22%

Leia mais

Pesquisa sobre Provedores de Serviços Internet no Brasil. São Paulo, 30 de novembro de 2011

Pesquisa sobre Provedores de Serviços Internet no Brasil. São Paulo, 30 de novembro de 2011 Pesquisa TIC Provedores 2011 Coletiva de Imprensa Pesquisa sobre Provedores de Serviços Internet no Brasil São Paulo, 30 de novembro de 2011 CGI.br Comitê Gestor da Internet no Brasil NIC.br Núcleo de

Leia mais

MONITOR BANDA LARGA: TRANSFORMANDO USUÁRIOS EM FISCALIZADORES DA INTERNET. Fabrício Tamusiunas NIC.br

MONITOR BANDA LARGA: TRANSFORMANDO USUÁRIOS EM FISCALIZADORES DA INTERNET. Fabrício Tamusiunas NIC.br MONITOR BANDA LARGA: TRANSFORMANDO USUÁRIOS EM FISCALIZADORES DA INTERNET Fabrício Tamusiunas NIC.br O que é uma internet de qualidade? Qualidade da internet é muito mais que velocidade! Teste de Vazão

Leia mais

GUIA DE PRODUTOS E SERVIÇOS NET

GUIA DE PRODUTOS E SERVIÇOS NET GUIA DE PRODUTOS E SERVIÇOS NET 1 SEJA BEM-VINDO à net! Caro cliente, Este guia foi desenvolvido para você conhecer um pouco mais sobre os produtos e serviços NET que estão à sua disposição. Aproveite

Leia mais

Telefonia Fixa Ruralcel / Ruralvan

Telefonia Fixa Ruralcel / Ruralvan Agência Nacional de Telecomunicações Superintendência de Serviços Públicos Telefonia Fixa Ruralcel / Ruralvan Gilberto Alves Superintendente de Serviços Públicos Outubro, 2007 1 Agenda 1. Como era a prestação:

Leia mais

A Convergência do Ponto de Vista Regulatório

A Convergência do Ponto de Vista Regulatório A Convergência do Ponto de Vista Regulatório 48 0 Painel da Telebrasil Ilha de Comandatuba, 1 a 4 de julho de 2004 José Leite Pereira Filho Conselheiro 1 Conteúdo Conceituação da Convergência Questões

Leia mais

TERMOS E CONDIÇÕES DE USO PLANOS PÓS PAGO CLARO ONLINE

TERMOS E CONDIÇÕES DE USO PLANOS PÓS PAGO CLARO ONLINE O presente Termo tem a finalidade de registrar as características e a oferta dos novos Planos Pós Pago da e regular as relações entre a S.A., empresa autorizatária do Serviço Móvel Pessoal, inscrita no

Leia mais

PLANO ALTERNATIVO PA nº. 107 - Pacote de Minutos Locais Mensais V

PLANO ALTERNATIVO PA nº. 107 - Pacote de Minutos Locais Mensais V PLANO ALTERNATIVO PA nº. 107 - Pacote de Minutos Locais Mensais V A. Empresa Telecomunicações de São Paulo S.A. TELESP B. Nome do Plano Técnico: Planos de Minutos Locais Mensais V Comercial: em definição

Leia mais

Condições de Oferta dos Serviços STV

Condições de Oferta dos Serviços STV Condições de Oferta dos Serviços STV ÍNDICE 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRESTADOR...2 2. INFORMAÇÃO SOBRE OS SERVIÇOS DE COMUNICAÇÕES ELETRÓNICAS ACESSÍVEIS AO PÚBLICO... 2 2.1) SERVIÇO DE TELEFONE VOZ FIXA...

Leia mais

Marketing Empresarial Ofertas Fixo e Banda Larga. Rio de Janeiro, 04 de Setembro de 2013

Marketing Empresarial Ofertas Fixo e Banda Larga. Rio de Janeiro, 04 de Setembro de 2013 Marketing Empresarial Ofertas Fixo e Banda Larga Rio de Janeiro, 04 de Setembro de 2013 Fixo 1 Portfolio de Fixo Oi Fixo Empresa Franquia Quantidade de Terminais 600 min 1 2.000 min 1 a 2 4.000 min 2 a

Leia mais

Instruções para Candidatos a Bolsa de Mestrado Sanduíche vinculados a Projetos Conjuntos da Coordenação-Geral de Cooperação Internacional

Instruções para Candidatos a Bolsa de Mestrado Sanduíche vinculados a Projetos Conjuntos da Coordenação-Geral de Cooperação Internacional Instruções para Candidatos a Bolsa de Mestrado Sanduíche vinculados a Projetos Conjuntos da Coordenação-Geral de Cooperação Internacional 1. APRESENTAÇÃO Este documento orienta a apresentação de candidaturas

Leia mais

Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço

Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço 1 - Aplicação Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço Plano Nº 044 - Claro Online 5GB Requerimento de Homologação Nº 8876 Este Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço é aplicável pela autorizatária CLARO S.A.,

Leia mais

A partir de agora, a oferta de Oi Fixo (ZC e ZNC) passa a ter preços diferenciados por franquia e por quantidade de terminais.

A partir de agora, a oferta de Oi Fixo (ZC e ZNC) passa a ter preços diferenciados por franquia e por quantidade de terminais. Manual da Oferta Oferta Oi Fixo R2 Agosto /2011 1. Apresentação da Oferta A partir de agora, a oferta de Oi Fixo (ZC e ZNC) passa a ter preços diferenciados por franquia e por quantidade de terminais.

Leia mais

Evolução das Receitas Operacionais Líquidas, Receitas Médias por Usuário e Investimento dos principais Grupos de Telecomunicações

Evolução das Receitas Operacionais Líquidas, Receitas Médias por Usuário e Investimento dos principais Grupos de Telecomunicações H u m b e r t o B r u n o P o n t e s S i l v a G e r ê n c i a d e A c o m p a n h a m e n t o E c o n ô m i c o d a P r e s t a ç ã o - C P A E Evolução das Receitas Operacionais Líquidas, Receitas Médias

Leia mais

ANIS ENSINO RELIGIOSO

ANIS ENSINO RELIGIOSO ANIS ENSINO RELIGIOSO RESUMO EXECUTIVO PROSARE, ANO 2007 1. Instituição: Anis Instituto de Bioética, Direitos Humanos e Gênero CLSW 304, bloco B, sala 134, Brasília/DF, 70673-632. Endereço para correspondência:

Leia mais

ANÁLISE IGOR VILAS BOAS DE FREITAS

ANÁLISE IGOR VILAS BOAS DE FREITAS CONSELHEIRO RELATOR ANÁLISE NÚMERO EORIGEM: 34/2016-GCIF DATA: 26/2/2016 IGOR VILAS BOAS DE FREITAS 1. ASSUNTO Acompanhamento dos Condicionamentos do Item nº 8 do Anexo ao Ato nº 7.828, de 19/12/2008,

Leia mais

Internet e telefonia rural Possibilidades a partir da faixa de 450 MHz

Internet e telefonia rural Possibilidades a partir da faixa de 450 MHz Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática (CCTCI) Internet e telefonia rural Possibilidades a partir da faixa de 450 MHz Maximiliano Salvadori Martinhão Secretário de Telecomunicações

Leia mais

Barômetro Cisco de Banda Larga Brasil 2005-2010

Barômetro Cisco de Banda Larga Brasil 2005-2010 Barômetro Cisco de Banda Larga Brasil 2005-2010 Resultados de Junho/2008 Preparado para Meta de Banda Larga em 2010 no Brasil: 15 milhões de conexões Mauro Peres, Country Manager IDC Brasil Copyright 2008

Leia mais

PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO SCM PLANO ALTERNATIVO N 001 - SCM

PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO SCM PLANO ALTERNATIVO N 001 - SCM PLANO ALTERNATIVO DE SERVIÇO SCM PLANO ALTERNATIVO N 001 - SCM EMPRESA CLARO S/A., incorporadora Embratel S.A. NOME DO PLANO BUSINESS LINK DIRECT TIPO DE SERVIÇO Serviço Internet DESCRIÇÃO RESUMIDA Este

Leia mais

Agência Nacional de Telecomunicações. Entidade Aferidora da Qualidade

Agência Nacional de Telecomunicações. Entidade Aferidora da Qualidade Agência Nacional de Telecomunicações Entidade Aferidora da Qualidade Qualidade da Banda Larga Publicação de Indicadores (Março/15) Medição Banda Larga Fixa (SCM) Para a medição da banda larga fixa (SCM)

Leia mais

Agência Nacional de Telecomunicações. Entidade Aferidora da Qualidade

Agência Nacional de Telecomunicações. Entidade Aferidora da Qualidade Agência Nacional de Telecomunicações Entidade Aferidora da Qualidade Qualidade da Banda Larga Publicação de Indicadores (Maio/15) Medição Banda Larga Fixa (SCM) Para a medição da banda larga fixa (SCM)

Leia mais

INTERNET FIXA VELOCIDADES CONDIÇÕES GERAIS

INTERNET FIXA VELOCIDADES CONDIÇÕES GERAIS INTERNET FIXA VELOCIDADES CONDIÇÕES GERAIS ÍNDICE 1. FATORES QUE INFLUENCIAM O DÉBITO DE TRANSFERÊNCIA DE DADOS IP 2. LARGURA DE BANDA E DÉBITO DE TRANSFERÊNCIA IP 3. RECOMENDAÇÕES E VERIFICAÇÕES A EFETUAR

Leia mais

Cartilha Informativa sobre o Software de Medição de Qualidade de Conexão

Cartilha Informativa sobre o Software de Medição de Qualidade de Conexão Cartilha Informativa sobre o Software de Medição de Qualidade de Conexão Draft para avaliação 1 de 1 SOFTWARE DE MEDIÇÃO DA QUALIDADE DE CONEXÂO Em cumprimento às obrigações previstas no Regulamento de

Leia mais

PROGRAMA BANDA LARGA POPULAR

PROGRAMA BANDA LARGA POPULAR PROGRAMA BANDA LARGA POPULAR Outubro/2009 1 1. Objetivo 2. Benefícios 3. Programa 4. Impacto 2 OBJETIVO Facilitar o acesso da população do Estado de São Paulo ao serviço de Internet em banda larga por

Leia mais

TERMO DE SUBLICENCIAMENTO E AUTORIZAÇÃO DE USO DE SOFTWARE

TERMO DE SUBLICENCIAMENTO E AUTORIZAÇÃO DE USO DE SOFTWARE TERMO DE SUBLICENCIAMENTO E AUTORIZAÇÃO DE USO DE SOFTWARE GLOBAL VILLAGE TELECOM S.A., com sede na cidade de Maringá, estado do Paraná, na Rua João Paulino Vieira Filho, nº 752, 2º andar, Novo Centro,

Leia mais

Anatel. Regulamentação e Licenciamento para Cidades Digitais. Porto Alegre Wireless 3º Encontro Nacional de Banda Larga para Municípios

Anatel. Regulamentação e Licenciamento para Cidades Digitais. Porto Alegre Wireless 3º Encontro Nacional de Banda Larga para Municípios Anatel Regulamentação e Licenciamento para Cidades Digitais Porto Alegre Wireless 3º Encontro Nacional de Banda Larga para Municípios Porto Alegre, 4 de junho de 2009. Eng. Mauricio Peroni Especialista

Leia mais

AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES ANATEL PAUTA DA 720ª REUNIÃO DO CONSELHO DIRETOR

AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES ANATEL PAUTA DA 720ª REUNIÃO DO CONSELHO DIRETOR AGÊNCIA NACIONAL DE TELECOMUNICAÇÕES ANATEL PAUTA DA 720ª REUNIÃO DO CONSELHO DIRETOR DATA: 7 de novembro de 2013 HORÁRIO: 15:00h LOCAL: SALA DE REUNIÃO DO CONSELHO DIRETOR - SAUS - QUADRA 06 - BLOCO H

Leia mais

SAIBA COMO O MERCADO DE TV POR ASSINATURA UTILIZA MODELOS DE GEOMARKETING

SAIBA COMO O MERCADO DE TV POR ASSINATURA UTILIZA MODELOS DE GEOMARKETING SAIBA COMO O MERCADO DE TV POR ASSINATURA UTILIZA MODELOS DE GEOMARKETING O mercado de TV por assinatura já está próximo de atingir 20 milhões de assinantes no Brasil, sendo que desses, 7 milhões estão

Leia mais

REGULAMENTO OFERTAS LIGADO EXCLUSIVO PARA A CIDADE UBERLÂNDIA

REGULAMENTO OFERTAS LIGADO EXCLUSIVO PARA A CIDADE UBERLÂNDIA REGULAMENTO OFERTAS LIGADO EXCLUSIVO PARA A CIDADE UBERLÂNDIA 1. OBJETIVO: o presente regulamento tem por objetivo estabelecer a relação entre as empresas Companhia de Telecomunicações do Brasil Central,

Leia mais

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO PAIS 2014 O PRESENTE REGULAMENTO TEM POR OBJETO REGULAR AS RELAÇÕES ENTRE A CLARO E OS PARTICIPANTES DA PROMOÇÃO PAIS 2014

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO PAIS 2014 O PRESENTE REGULAMENTO TEM POR OBJETO REGULAR AS RELAÇÕES ENTRE A CLARO E OS PARTICIPANTES DA PROMOÇÃO PAIS 2014 REGULAMENTO DA PROMOÇÃO PAIS 2014 O PRESENTE REGULAMENTO TEM POR OBJETO REGULAR AS RELAÇÕES ENTRE A CLARO E OS PARTICIPANTES DA PROMOÇÃO PAIS 2014 1. Condições gerais 1.1 REALIZADORAS: CLARO S/A, empresa

Leia mais

Por meio destes canais o usuário registra pedidos de informação, reclamações, denúncias, sugestões e elogios.

Por meio destes canais o usuário registra pedidos de informação, reclamações, denúncias, sugestões e elogios. Pg: 1 de 139 Missão Conhecendo a Anatel A Anatel é uma Autarquia Especial vinculada ao Ministério das Comunicações, administrativamente independente e financeiramente autônoma, que tem entre suas principais

Leia mais

Corporativo PME. Agosto 2013

Corporativo PME. Agosto 2013 Corporativo PME Agosto 2013 Plano Sob Medida - Promoção Claro Flex 28 107 minutos local Minutos ilimitados para falar com o grupo 107 minutos para falar com a rede Claro VC1 R$ 0,28 Flat dentro e fora

Leia mais

TAXIONOMIA DE SITES. Prof. Ruy Alexandre Generoso

TAXIONOMIA DE SITES. Prof. Ruy Alexandre Generoso TAXIONOMIA DE SITES Prof. Ruy Alexandre Generoso Taxionomia de Sites É a classificação do tipo de site segundo sua natureza, tipo de informação ou serviço prestado e quanto a abrangência. Taxionomia de

Leia mais