Condições de Oferta dos Serviços STV

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Condições de Oferta dos Serviços STV"

Transcrição

1 Condições de Oferta dos Serviços STV ÍNDICE 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRESTADOR INFORMAÇÃO SOBRE OS SERVIÇOS DE COMUNICAÇÕES ELETRÓNICAS ACESSÍVEIS AO PÚBLICO ) SERVIÇO DE TELEFONE VOZ FIXA ) OUTROS SERVIÇOS DE COMUNICAÇÕES ELETRÓNICAS ) SERVIÇO DE TELEVISÃO POR CABO ) SERVIÇO DE ACESSO À INTERNET ) SERVIÇO DE VOZ FIXA e SERVIÇO DE TELEVISÃO, ) NIVEIS DE QUALIDADE DE SERVIÇO OFERECIDOS ) NIVEIS DE QUALIDADE GERAIS PARA OS SERVIÇOS FIXOS ) NIVEIS DE QUALIDADE ESPECIFICOS PARA O SERVIÇO DE VOZ FIXA ) SERVIÇO DE ACESSO À INTERNET...5 3) PREÇOS NORMAIS ) SERVIÇO DE VOZ FIXA SERVIÇO DE TELEVISÃO SISTEMAS DE INDEMNIZAÇÃO E REEMBOLSOS TIPOS DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO OFERECIDOS MECANISMOS DE RESOLUÇÃO DE LITÍGIOS CONDIÇÕES CONTRATUAIS TÌPICAS 8

2 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRESTADOR Este documento apresenta as condições de oferta da prestação dos produtos e serviços de comunicações eletrónicas fornecidos pela STV Sociedade de Telecomunicações do Vale do Sousa S.A., com sede na AV Combatentes de Grande Guerra nº 863 Cristelos Lousada, registada na CRC de Lousada sob o número único de matrícula e de pessoa coletiva Os Clientes poderão obter mais informações sobre a oferta dos serviços descritos neste documento através do site ou contactar o Apoio ao Cliente através do nº fixo, (custo da chamada 0.05 /minuto. De outras redes: custo da chamada: 0,30 / min (IVA incluído à taxa legal em vigor). 2. INFORMAÇÃO SOBRE OS SERVIÇOS DE COMUNICAÇÕES ELETRÓNICAS ACESSÍVEIS AO PÚBLICO 2.1 SERVIÇO DE TELEFONE VOZ FIXA Ao aderir ao serviço de telefone fixo da STV tem 1 únicos planos de chamadas. Planos de telefone fixo chamado pagas a. Para todas as redes fixas nacionais e internacionais chamadas limitadas b. Para todas as redes moveis nacionais e internacionais chamadas limitadas c. Para mais enformações veja em A STV não tem chamadas gratuitas, expeto serviços de emergência 112 A STV disponibiliza aos seus Clientes a possibilidade de solicitarem até duas linhas de telefone. Caso já possua um equipamento de telefone, não precisa de substituir o seu equipamento. 2.2) OUTROS SERVIÇOS DE COMUNICAÇÕES ELETRÓNICAS 2.2.1) SERVIÇO DE TELEVISÃO POR CABO A STV disponibiliza aos seus Clientes com um pacote básico com um conjunto de serviços pagos, que garante o sinal em todas as TVs sem necessitar de qualquer tipo de equipamento. Pacotes de canais Existem um só pacotes de canais aos quais o Cliente pode aderir: O Cliente poderá consultar o pacote disponíveis em

3 Equipamentos: A STV não utiliza quaisquer tipo de equipamentos para o serviço de canais TV 2.2.2) SERVIÇO DE ACESSO À INTERNET A STV disponibiliza um serviço de Internet fixa com tarifário ilimitado de 8 Megas. O Cliente poderá consultar as diferentes características destes tarifários em Equipamentos: A STV disponibiliza aos seus Clientes 2 tipos de equipamentos: a. ROUTER WIRELESS Este equipamento é instalado quando o Cliente adere ao serviço de Net com wireless b. MODEM CABO Este equipamento é instalado quando o Cliente adere ao serviço de Net fixa OUTROS SERVIÇOS DE COMUNICAÇÕES ELETRÓNICAS 2.2.3) SERVIÇO DE VOZ FIXA e SERVIÇO DE TELEVISÃO (que inclui o serviço de televisão por cabo), A STV garante a cobertura do serviço de acesso à Internet fixa e Televisão por cabo em toda as zonas cobertas pela sua rede de distribuição por cabo. Consulte as zonas com cobertura de rede em 2.2.4) NIVEIS DE QUALIDADE DE SERVIÇO OFERECIDOS 2.2.5) NIVEIS DE QUALIDADE GERAIS PARA OS SERVIÇOS FIXOS A STV assegurará a reparação de avarias e a conservação e reparação das infraestruturas, materiais e Equipamentos de rede que seja proprietária ou que utilize na prestação dos Serviços, nos prazos por si definidos nas na clausula 3.1 das condições gerais, de acordo com os parâmetros de qualidade resultantes da legislação aplicável e/ou definidos pelo ICP-ANACOM.

4 Os níveis de qualidade dos serviços fixos da STV, relativo à instalação do serviço, encontra-se descrito na cláusula 4.1 das Condições Gerais Salvo se existir impossibilidade técnica ou devido a outro motivo de força maior, os Produtos e Serviços serão instalados, ligados e/ou ativados no prazo máximo de 30 (trinta) dias a contar da data do pedido inicial de adesão válido efetuado pelo Cliente, ou por terceiros devidamente mandatados por aquele para o efeito, e/ou do pagamento dos preços devidos pela instalação, ligação e ou ativação dos mesmos, e desde que não existam situações de pagamentos em atraso referentes a Serviços STV prestados ao Cliente, ainda que em outras moradas de instalação. Os serviços fixos da STV só estão disponíveis nas zonas geográficas cobertas pela rede de distribuição da STV, onde pode consultar em O nível de qualidade de prestação de serviço está descrito na cláusula 3.1 das Condições Gerais, a STV STV compromete-se a prestar os Serviços de forma regular e contínua, exceto quando tal não seja possível por razões de sobrecarga imprevisível das redes de distribuição e/ou dos sistemas informáticos em que os mesmos se suportam ou devido a situações de força maior (situações de natureza extraordinária ou imprevisível, exteriores à STV e que pela mesma não possam ser controladas), casos em que a STV poderá não garantir o seu funcionamento a 100% e durante as 24 horas do dia, comprometendo-se ainda, em caso de interrupção, a regularizar a situação com a celeridade possível. A STV poderá realizar ações de conservação, manutenção e desenvolvimento da sua rede de distribuição por cabo e sistemas de informação de suporte devendo, porém, quando for previsível a interrupção da prestação dos Serviços, informar o Cliente, por meio adequado, e com a antecedência de 8 (oito) dias sobre as referidas ações. A interrupção dos Serviços pela STV, devido a ações de conservação, manutenção e desenvolvimento da sua rede de distribuição por cabo e sistemas de informação de suporte não deverá exceder as 24 (vinte e quatro) horas seguidas. A informação sobre níveis mínimos de qualidade pode ser obtida através do Apoio ao Cliente 2.2.6) NIVEIS DE QUALIDADE ESPECIFICOS PARA O SERVIÇO DE VOZ FIXA Portabilidade: Ao aderir ao telefone fixo da STV, o Cliente poderá manter o seu número de sempre. A STV tratará de todo o processo nos termos regulamentares, sem quaisquer custos adicionais e inconvenientes. Durante o processo o Cliente é avisado por telefone para o número de contacto referido na adesão aos serviços STV - da evolução do pedido. Após a conclusão, caso Cliente não esteja a usar o número de telefone provisório que a STV ativou na instalação, deve ligar o telefone ao equipamento/modem da STV. A portabilidade de números do serviço telefónico fixo não tem prazo máximo. Sem dificuldades técnicas de maior, a portabilidade demora no mínimo 15 dias úteis, desde que a STV remete o seu pedido de portabilidade ao prestador atual. Se após a data e hora marcada para a portabilidade do número do Cliente para a STV, o mesmo ficar sem serviço telefónico, o Cliente terá direito a uma compensação de 20/dia, até um máximo de

5 2.2.7) SERVIÇO DE ACESSO À INTERNET Velocidades máximas Velocidades estimadas Produtos Download d Upload Download d Upload 8Mg 8Mg 1Mg 8Mg 1 Meg As velocidades máximas de acesso associadas ao Serviço de Acesso à Internet correspondem à capacidade máxima atingível nas transferências de informação (downstream e upstream) e não a velocidades garantidas. As velocidades efetivas de download e upload poderão variar em função de diversos fatores, nomeadamente o congestionamento de tráfego na rede e na Internet, bem como o desempenho e velocidade de acesso dos servidores onde estão alojados os sites e conteúdos a que o Cliente pretende aceder. O Cliente apenas poderá solicitar o downgrade ou o upgrade de serviços de acesso à Internet uma vez por mês. Os consumos de tráfego serão faturados de acordo com o preço aplicável ao produto ativo na data em que os consumos foram efetuados, pelo que o upgrade para um produto com limites de tráfego mais elevados não desonera o Cliente do pagamento dos consumos adicionais efetuados no âmbito do produto ativo antes do upgrade.o upgrade ou downgrade de um serviço de acesso à Internet poderá ter associado o débito de um valor adicional pontual definido no preçário e/ou um novo período mínimo de adesão, consoante o produto contratado 3) PREÇOS NORMAIS Observatório de Tarifários do ICP-ANACOM em 3.1) SERVIÇO DE VOZ FIXA Tarifário LIMITADO: O tarifário de voz fixa limitado inclui: a. Chamadas limitadas para as redes fixas nacionais e internacionais (nºs iniciados por 2 ), todos dias em qualquer horário Assim como as chamadas para alguns números especiais (707x, x, x, 808x) assumem uma tarifação diferente mediante o período em que são efetuadas: Poderá consultar os preços em vigor para estes horários em: A STV não aplica um preço específico para chamadas efetuadas intra-rede. Não existe uma diferenciação por escalões geográficos dos preços aplicados às comunicações fixas. Portabilidade: O processo de portabilidade tem custos de 35 para o Cliente, A STV não tem um preçário específico para números portados, sendo o preço da chamada igual ao preço de uma chamada para o operador para onde o número foi portado. poderá consultar este preçário em:

6 Instalação, está incluído no conjunto dos outros serviços TV + telefone A STV não fornece um pacote de só telefone, o cliente ao aderir ao telefone está sempre obrigado ao serviço de televisão poderá consultar este preçário em: Consumos mínimos Não aplicável Manutenção do serviço Não aplicável Aluguer de equipamentos: _ Não aplicável Condições de atribuição de descontos e créditos Não aplicável 3.2 SERVIÇO DE TELEVISÃO Instalação, reinstalação e desinstalação: relativo a estes serviço, encontra-se descrito na cláusula 4.1 das Condições Gerais 4. SISTEMAS DE INDEMNIZAÇÃO E REEMBOLSOS (Data de publicação: 30/03/2012 Data de última atualização: 19/09/2012) Instalação dos serviços: Em caso de incumprimento do tempo máximo de 30 dias para a instalação/ligação e/ou ativação dos Produtos e Serviços, por motivos comprovadamente imputáveis à STV, o Cliente terá direito a uma redução do montante correspondente ao preço de instalação/ligação ou ativação em 50%. Sempre que a instalação não possa ser efetuada dentro do referido prazo máximo, por motivos imputáveis ao Cliente, a STV poderá exigir uma sobretaxa correspondente a 50% do valor do preço da instalação/ligação e/ou ativação. Cobertura dos serviços: A instalação/ligação e/ou ativação dos Produtos e Serviços disponibilizados pela STV poderá implicar a realização prévia de testes de conectividade. Se, após a realização dos testes, a STV detetar que o Cliente não reúne as condições necessárias para a instalação/ligação e/ou ativação dos Produtos e Serviços, a STV reembolsará o mesmo, no prazo máximo de 30 (trinta) dias, dos valores relativos à instalação/ligação e/ou ativação que tenham, entretanto, sido faturados e pagos pelo Cliente, devendo este devolver à STV os Equipamentos disponibilizados por esta no âmbito da adesão aos Produtos e Serviços. Interrupção dos serviços: Em caso de interrupção temporária dos Produtos e Serviços, por período superior a 24 horas seguidas, por motivos comprovadamente imputáveis à STV, o Cliente ter direito a um desconto, de valor correspondente à duração da interrupção, no preço mensal devido pelos Produtos e Serviços afetados. Portabilidade: A portabilidade de números do serviço telefónico fixo e de números não geográficos não tem prazo máximo. Sem dificuldades técnicas de maior, a portabilidade demora no mínimo 15 dias úteis, desde que a STV remete o seu pedido de portabilidade ao prestador atual. Se após a data e hora marcada para a portabilidade do número do Cliente para a STV, o mesmo ficar sem serviço telefónico, o Cliente terá direito a uma compensação de 20/dia, até um máximo de O prazo para a portabilidade do número de telemóvel é de 3 dias úteis, a contar da apresentação do pedido pelo Cliente ou da sua

7 receção pela STV, podendo este ser superior se o Cliente assim o solicitar. Caso aquele prazo de 3 dias úteis não seja cumprido, o Cliente terá direito a uma compensação no valor de 2,5, por cada número a portar e por cada dia de atraso. Se após a data e hora marcada para a portabilidade do número do Cliente para a STV, o mesmo ficar sem serviço telefónico, o Cliente terá direito a uma compensação de 20/dia, até um máximo de TIPOS DE SERVIÇOS DE MANUTENÇÃO OFERECIDOS (Data de publicação: 30/03/2012 Data de última atualização: 16/09/2012) A STV poderá realizar ações de conservação, manutenção e desenvolvimento da sua rede de distribuição por cabo e sistemas de informação de suporte devendo, porém, quando for previsível a interrupção da prestação dos Serviços, informar o Cliente, por meio adequado, e com a antecedência de 8 (oito) dias sobre as referidas ações. A interrupção dos Serviços pela STV, devido a ações de conservação, manutenção e desenvolvimento da sua rede de distribuição por cabo e sistemas de informação de suporte não deverá exceder as 24 (vinte e quatro) horas seguidas. Após o conhecimento ou a deteção de avarias ou anomalias, a STV contactará o Cliente no prazo de 24 (vinte e quatro) horas informando-o desse facto, e assegurará a reparação de avarias e a conservação e reparação das infraestruturas, materiais e Equipamentos de rede que seja proprietária ou que utilize na prestação dos Serviços no prazo de 4 (quatro) dias úteis após a deteção de avaria ou anomalia ou após comunicação do Cliente. Sempre que, para efeitos do disposto no número anterior, seja indispensável aceder às instalações do Cliente, a STV acordará com este a data e período de tempo em que realizará as ações de conservação ou reparação. A STV não poderá ser responsabilizada por eventuais danos resultantes de avarias nas infraestruturas, materiais e Equipamentos se as intervenções destinadas à conservação e ou reparação dos mesmos não forem efetuadas por causa imputável ao Cliente, designadamente quando não for possível o acesso às instalações do Cliente pelo pessoal ao serviço da STV. Caso a avaria ou anomalia verificada seja, direta ou indiretamente, imputável ao Cliente, o custo da intervenção realizada será suportado pelo Cliente, de acordo com o Preçário em vigor. Em caso de necessidade de intervenções em infraestruturas, materiais Equipamentos, após assinatura da ordem de trabalho pelo Cliente, a STV apenas assumirá a responsabilidade pelos danos nos Equipamentos que decorram diretamente dos trabalhos realizados pela STV. No caso da ocorrência de uma avaria, os Clientes deverão reportar a mesma para o serviço de Apoio ao Cliente através do (chamada com um custo de 0.05 de redes fixas STV. De outras redes: custo da chamada: 0,30 / min (IVA incluído à taxa legal em vigor)) ou através de 6. MECANISMOS DE RESOLUÇÃO DE LITÍGIOS (Data de publicação: 30/03/2012 Data de última atualização: 17/07/2012) Sem prejuízo do recurso aos tribunais e às entidades responsáveis pela defesa e promoção dos direitos dos consumidores, o Cliente poderá reclamar perante a STV de atos ou omissões que considere violadores das Condições dos Produtos e Serviços STV, devendo fazê-lo, sob pena de caducidade do direito, no prazo de 30 (trinta) dias após o conhecimento do facto que deu origem à violação, ficando a STV obrigada a analisar as reclamações e a informar o Cliente da sua decisão no mesmo prazo. Para resolução de qualquer litígio relativo aos Produtos e Serviços fornecidos/prestados pela STV, à interpretação ou à validade das Condições dos Produtos e Serviços STV, as partes escolhem como competente o tribunal da comarca da morada de instalação dos Produtos e Serviços. As Condições dos Produtos e Serviços STV regem-se pelo disposto na lei portuguesa, designadamente pelo disposto na Lei

8 nº 5/2004 de 10 de Fevereiro (Lei das Comunicações Electrónicas). Os Clientes poderão apresentar as suas reclamações através do Apoio ao Cliente através do ao pelo (custo da chamada de redes fixas STV 0,05. De outras redes: custo da chamada: 0,30 / min (IVA incluído à taxa legal em vigor)). 7. CONDIÇÕES CONTRATUAIS TÌPICAS (Data de publicação: 27/09/2010 Data de última atualização: 27/09/2012) As condições contratuais típicas podem ser consultadas em

Condições de Oferta dos Serviços OTNETVTEL UNIPESSOAL LDA

Condições de Oferta dos Serviços OTNETVTEL UNIPESSOAL LDA Condições de Oferta dos Serviços OTNETVTEL UNIPESSOAL LDA ÍNDICE 1. IDENTIFICAÇÃO DO PRESTADOR 2 2. SERVIÇOS ACESSÍVEIS AO PÚBLICO 2 2.1) SERVIÇO DE ACESSO À INTERNET 2 2.2) SERVIÇO TELEVISÃO 2 2.3) SERVIÇO

Leia mais

Uni Teldata - Telecomunicações, S.A.

Uni Teldata - Telecomunicações, S.A. Uni Teldata - Telecomunicações, S.A. Pessoa Coletiva nº 508 105 110 Capital Social: 1.000.000,00 CRC Chaves Matricula n.º 508 105 110 SEDE: Parque Tecnológico de Chaves Lote B4, Outeiro Seco 5400-673 Chaves

Leia mais

Condições de Prestação do Serviço

Condições de Prestação do Serviço Conteúdo 1. Identificação do Prestador... 2 2. Serviços... 2 2.1. Descrição do Serviço e Possíveis Restrições... 2 2.1.1. Adesão ao serviço... 2 2.1.2. Equipamento... 2 2.1.3. Instalação e Ativação...

Leia mais

Condições contratuais gerais TVCABO?

Condições contratuais gerais TVCABO? Condições contratuais gerais TVCABO? 1. OBJECTO 1.1. As presentes Condições Gerais regulam, em conjunto com os seus Anexos e os demais elementos referidos nas mesmas (conjuntamente Condições dos Produtos

Leia mais

Condições de oferta dos serviços:

Condições de oferta dos serviços: Condições de oferta dos serviços: Identificação do prestador SIPTELNET - SOLUÇÕES DIGITAIS, UNIPESSOAL LDA., designada pela denominação SIPTEL (marca registada), com sede na Rua do Ganges, nº 6 - R/C A

Leia mais

CONDIÇÕES DE OFERTA DO SERVIÇO PME MAX VOICE

CONDIÇÕES DE OFERTA DO SERVIÇO PME MAX VOICE INI CONDIÇÕES DE OFERTA DO SERVIÇO PME MAX VOICE Índice A. IDENTIFICAÇÃO DO PRESTADOR 3 1. PONTOS DE CONTACTO 3 B. INFORMAÇÃO SOBRE OS SERVIÇOS DE COMUNICAÇÕES ELETRÓNICAS ACESSÍVEIS AO PÚBLICO 4 1. CONDIÇÕES

Leia mais

Campanha de Colaboradores Tarifários Unlimited Banda Larga

Campanha de Colaboradores Tarifários Unlimited Banda Larga Campanha de Colaboradores Tarifários Unlimited Banda Larga Campanha de Colaboradores Apresentamos uma oferta abrangente e competitiva que pretende responder às diferentes necessidades do Cliente. 1- Tarifários

Leia mais

CONDIÇÕES DE OFERTA DO SERVIÇO PME MAX BUSINESS

CONDIÇÕES DE OFERTA DO SERVIÇO PME MAX BUSINESS INI CONDIÇÕES DE OFERTA DO SERVIÇO PME MAX BUSINESS Índice A. IDENTIFICAÇÃO DO PRESTADOR 3 1. PONTOS DE CONTACTO 3 B. INFORMAÇÃO SOBRE OS SERVIÇOS DE COMUNICAÇÕES ELETRÓNICAS ACESSÍVEIS AO PÚBLICO 4 1.

Leia mais

CONSIDERANDOS PROGRAMA

CONSIDERANDOS PROGRAMA PROCEDIMENTO DE HASTA PÚBLICA PARA ATRIBUIÇÃO A TÍTULO PRECÁRIO DA EXPLORAÇÃO ECONÓMICA DE UM MÓDULO DE CAFETARIA INSTALADO A SUL DO PARQUE INFANTIL EM FRENTE AO CENTRO MULTIMEIOS DE ESPINHO CONSIDERANDOS

Leia mais

Os dados de cliente devem ser os mesmos que constam no operador detentor do(s) número(s) a portar Nome

Os dados de cliente devem ser os mesmos que constam no operador detentor do(s) número(s) a portar Nome Mod.C/0080. IDENTIFICAÇÃO DO CLIENTE C. Cidadão/BI/Passaporte Morada Cód. Postal Telemóvel de contacto E-mail Informo que, por motivos de portabilidade, pretendo rescindir o contrato de prestação de serviço

Leia mais

Regulamento da Biblioteca do Instituto de Seguros de Portugal. Capítulo I ASPECTOS GERAIS

Regulamento da Biblioteca do Instituto de Seguros de Portugal. Capítulo I ASPECTOS GERAIS Regulamento da Biblioteca do Instituto de Seguros de Portugal Capítulo I ASPECTOS GERAIS Artigo 1.º Objecto 1. O presente Regulamento estabelece um conjunto de normas a serem observadas e cumpridas pelos

Leia mais

MUNICÍPIO DE REGUENGOS DE MONSARAZ

MUNICÍPIO DE REGUENGOS DE MONSARAZ MUNICÍPIO DE REGUENGOS DE MONSARAZ AJUSTE DIRETO AQUISIÇÃO DE SERVIÇOS DE CONTRATAÇÃO DE ARTISTAS PARA OS EVENTOS A REALIZAR NO ÂMBITO DA CIDADE EUROPEIA DO VINHO CADERNO DE ENCARGOS ÍNDICE DISPOSIÇÕES

Leia mais

Acordo quadro de serviço móvel terrestre PROGRAMA DE CONCURSO

Acordo quadro de serviço móvel terrestre PROGRAMA DE CONCURSO Acordo quadro de serviço móvel terrestre PROGRAMA DE CONCURSO ANCP 2012 Índice Artigo 1.º Tipo de procedimento, designação e objeto... 3 Artigo 2.º Entidade pública adjudicante... 3 Artigo 3.º Órgão que

Leia mais

Ao aderir ao Serviço o CLIENTE autoriza a PRESTADORA a realizar, direta ou indiretamente, o envio de solicitações do AVISO como Torpedo SMS.

Ao aderir ao Serviço o CLIENTE autoriza a PRESTADORA a realizar, direta ou indiretamente, o envio de solicitações do AVISO como Torpedo SMS. TERMO DE USO Serviço Aviso As disposições abaixo regulam a utilização do serviço AVISO ( SERVIÇO ), comercializado ao CLIENTE pela TELEFÔNICA BRASIL S/A, doravante denominada simplesmente VIVO ou PRESTADORA,

Leia mais

COMPANHIA DE SEGUROS TRANQUILIDADE, S.A. PROVEDOR DO CLIENTE

COMPANHIA DE SEGUROS TRANQUILIDADE, S.A. PROVEDOR DO CLIENTE CAPÍTULO I - PRINCÍPIO GERAIS Artigo 1º - Objeto 1. O presente documento tem por objetivo definir o estatuto do Provedor do Cliente da Companhia de Seguros Tranquilidade, S.A. e estabelecer um conjunto

Leia mais

OBJETO 1 DO CONTRATO 2 Prestação dos serviços de abastecimento de água, recolha de águas residuais e gestão de resíduos.

OBJETO 1 DO CONTRATO 2 Prestação dos serviços de abastecimento de água, recolha de águas residuais e gestão de resíduos. OBJETO 1 DO CONTRATO 2 Prestação dos serviços de abastecimento de água, recolha de águas residuais e gestão de resíduos. VIGÊNCIA DO CONTRATO 1- O contrato de abastecimento de água, recolha de águas residuais

Leia mais

VICE-PRESIDÊNCIA DO GOVERNO REGIONAL, S.R. DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE SOCIAL Despacho n.º 1009/2012 de 20 de Julho de 2012

VICE-PRESIDÊNCIA DO GOVERNO REGIONAL, S.R. DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE SOCIAL Despacho n.º 1009/2012 de 20 de Julho de 2012 VICE-PRESIDÊNCIA DO GOVERNO REGIONAL, S.R. DO TRABALHO E SOLIDARIEDADE SOCIAL Despacho n.º 1009/2012 de 20 de Julho de 2012 O Decreto Regulamentar n.º 84-A/2007, de 10 de dezembro, alterado pelos Decretos

Leia mais

Termos e Condições Gerais de Vendas

Termos e Condições Gerais de Vendas Termos e Condições Gerais de Vendas 1º Escopo da aplicação (1) As condições a seguir são aplicáveis a todos os fornecimentos e serviços (por exemplo, instalações, projetos) da BrasALPLA. Estas condições

Leia mais

CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA UNIDADES DE MINIPRODUÇÃO

CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA UNIDADES DE MINIPRODUÇÃO CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE ENERGIA ELÉTRICA UNIDADES DE MINIPRODUÇÃO Entre [ ]., com sede em [ ], matriculada na Conservatória do Registo Comercial de [ ], com o número de matrícula e pessoa coletiva

Leia mais

Contrato de Assistência Técnica ao Programa pleon

Contrato de Assistência Técnica ao Programa pleon Contrato de Assistência Técnica ao Programa pleon dbgep/99999 Entre: -------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Leia mais

CONTRATO PARA AQUISIÇÃO DE SERVIÇO DE SEGUROS Nº CP 001/ENB/2014

CONTRATO PARA AQUISIÇÃO DE SERVIÇO DE SEGUROS Nº CP 001/ENB/2014 CONTRATO PARA AQUISIÇÃO DE SERVIÇO DE SEGUROS Nº CP 001/ENB/2014 Entre: A Escola Nacional de Bombeiros, NIF 503 657 190, com sede na Quinta do Anjinho, São Pedro de Penaferrim - 2710-460 Sintra, neste

Leia mais

ACADEMIA PIONEIROS Férias

ACADEMIA PIONEIROS Férias sempre a mexer (regime OCUPAÇÃO ABERTA) Regulamento Interno Férias 2013 Art.º 1 - Informações Gerais 1. As Férias Academia decorrem nas instalações da Academia Pioneiros e seus parceiros, em regime fechado;

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL

FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL A. ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO 1. Identificação da instituição de crédito 1.1. Denominação 1.2. Endereço 1.3. Contactos BEST Banco Electrónico de Serviço Total, S.A. Praça Marquês de Pombal, 3 3º, 1250-161

Leia mais

"CONCURSO PÚBLICO PARA EXPLORAÇÃO TEMPORÁRIA DE LOJAS, LOCALIZADAS NO MERCADO MUNICIPAL DE AREIAS DE SÃO JOÃO, EM ALBUFEIRA" CADERNO DE ENCARGOS

CONCURSO PÚBLICO PARA EXPLORAÇÃO TEMPORÁRIA DE LOJAS, LOCALIZADAS NO MERCADO MUNICIPAL DE AREIAS DE SÃO JOÃO, EM ALBUFEIRA CADERNO DE ENCARGOS "CONCURSO PÚBLICO PARA EXPLORAÇÃO TEMPORÁRIA DE LOJAS, LOCALIZADAS NO MERCADO MUNICIPAL DE AREIAS DE SÃO JOÃO, EM ALBUFEIRA" CADERNO DE ENCARGOS ARTIGO 1.º OBJETO O presente Caderno de Encargos diz respeito

Leia mais

DOSSIER SERVIÇOS PÚBLICOS ESSENCIAIS

DOSSIER SERVIÇOS PÚBLICOS ESSENCIAIS DOSSIER SERVIÇOS PÚBLICOS ESSENCIAIS APOIO AOS CONSUMIDORES DE SERVIÇOS PUBLICOS ESSENCIAIS Conheça os seus direitos Peça ajuda Aprenda a reclamar PROTEÇÃO DOS CONSUMIDORES Os consumidores gozam de mecanismos

Leia mais

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO Oferta de Vivo Internet Fixa"

REGULAMENTO DA PROMOÇÃO Oferta de Vivo Internet Fixa REGULAMENTO DA PROMOÇÃO Oferta de Vivo Internet Fixa" Esta Promoção é realizada pela Telefônica Brasil S.A, doravante denominada Vivo, nas seguintes condições: A promoção decorre de oferta conjunta de

Leia mais

Município do Funchal

Município do Funchal Concurso público para a aquisição de 1485 sinais de trânsito retroreflectorizados e 40 cones como dispositivos complementares para o Município do Funchal. CADERNO DE ENCARGOS - 1 - CADERNO DE ENCARGOS

Leia mais

ESTATUTO E REGULAMENTO DO PROVEDOR DO CLIENTE ESTATUTO E REGULAMENTO DO PROVEDOR DO CLIENTE. Data: 2016-01-14 Pág. 1 de 13

ESTATUTO E REGULAMENTO DO PROVEDOR DO CLIENTE ESTATUTO E REGULAMENTO DO PROVEDOR DO CLIENTE. Data: 2016-01-14 Pág. 1 de 13 ESTATUTO E REGULAMENTO DO PROVEDOR DO CLIENTE Data: 2016-01-14 Pág. 1 de 13 Artigo 1.º Âmbito Em cumprimento do disposto no Artigo 158.º, n.º 3, do Anexo I, da Lei n.º 147/2015, de 9 de setembro (que aprova

Leia mais

FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL

FICHA DE INFORMAÇÃO NORMALIZADA GERAL INFORMAÇÃO PRÉ-CONTRATUAL A. ELEMENTOS DE IDENTIFICAÇÃO 1. Identificação da instituição de crédito 1.1. Denominação 1.2. Endereço 1.3. Contactos BEST Banco Electrónico de Serviço Total, S.A. Praça Marquês de Pombal, 3 3º, 1250-161

Leia mais

Protocolos de Consumo. Exército/ Nova Oferta 2013 Tarifários

Protocolos de Consumo. Exército/ Nova Oferta 2013 Tarifários Protocolos de Consumo Exército/ Nova Oferta 2013 Tarifários Quais as vantagens para os Colaboradores? Telemóveis a custo reduzido Tarifários exclusivos mediante vinculação à rede tmn por 24 meses Serviço

Leia mais

ESTATUTO E REGULAMENTO DO PROVEDOR DO CLIENTE. CAPÍTULO I Estatuto do Provedor

ESTATUTO E REGULAMENTO DO PROVEDOR DO CLIENTE. CAPÍTULO I Estatuto do Provedor ESTATUTO E REGULAMENTO DO PROVEDOR DO CLIENTE Artigo 1.º Âmbito Em cumprimento do disposto no Artigo 158.º, n.º 3, do Anexo I, da Lei n.º 147/2015, de 9 de setembro (que aprova o regime jurídico de acesso

Leia mais

REGULAMENTO DE CEDÊNCIA DE INSTALAÇÕES ESCOLARES

REGULAMENTO DE CEDÊNCIA DE INSTALAÇÕES ESCOLARES REGULAMENTO DE CEDÊNCIA DE INSTALAÇÕES ESCOLARES O Agrupamento de Escolas de Torrão dispõe de várias salas e outras estruturas de apoio integrado, que são utilizadas, nomeadamente para aulas e outras atividades

Leia mais

www.pwc.pt Auditoria nos termos do Regulamento da Qualidade de Serviço Relatório resumo EDP Serviço Universal, S.A.

www.pwc.pt Auditoria nos termos do Regulamento da Qualidade de Serviço Relatório resumo EDP Serviço Universal, S.A. www.pwc.pt Auditoria nos termos do Regulamento da Qualidade de Serviço Relatório resumo EDP Serviço Universal, S.A. Janeiro 2014 Enquadramento A promoção da melhoria contínua da qualidade de serviço no

Leia mais

REDE ENERGIA MANUAL DO PARCEIRO. Mercado Regulado e Mercado Liberalizado de energia

REDE ENERGIA MANUAL DO PARCEIRO. Mercado Regulado e Mercado Liberalizado de energia 1 REDE ENERGIA MANUAL DO PARCEIRO edp comercial abril 2013 Mercado Regulado e Mercado Liberalizado de energia 2 No mercado regulado o preço da eletricidade e do gás natural é definido pelo governo, através

Leia mais

Descrição do Serviço Diagnóstico no Local

Descrição do Serviço Diagnóstico no Local Apresentação do serviço A Dell tem o prazer de fornecer o Serviço de (o Serviço ) de acordo com este documento (a Descrição do Serviço ). Este fornece actividades opcionais de diagnóstico no local na empresa

Leia mais

3 Direito de revogação do utilizador final no que diz respeito a contratos de venda à distância - Política de cancelamento

3 Direito de revogação do utilizador final no que diz respeito a contratos de venda à distância - Política de cancelamento I. Termos e Condições Gerais de Venda da MAGIX Software GmbH Estado: junho 2014 1 Âmbito de aplicação 1. Todas as entregas, serviços e ofertas da MAGIX Software GmbH (de ora avante denominada MAGIX ) são

Leia mais

Contrato Erasmus+ AÇÃO-CHAVE 1. Mobilidade individual para fins de aprendizagem. Mobilidade de Pessoal para missões de ensino e/ou formação

Contrato Erasmus+ AÇÃO-CHAVE 1. Mobilidade individual para fins de aprendizagem. Mobilidade de Pessoal para missões de ensino e/ou formação Contrato Erasmus+ AÇÃO-CHAVE 1 Mobilidade individual para fins de aprendizagem Mobilidade de Pessoal para missões de ensino e/ou formação (denominação legal da instituição de envio), sedeada na (morada

Leia mais

ALTERAÇÃO AO REGULAMENTO DE LIQUIDAÇÃO E COBRANÇA DE TAXAS DEVIDAS AO ICP-ANACOM

ALTERAÇÃO AO REGULAMENTO DE LIQUIDAÇÃO E COBRANÇA DE TAXAS DEVIDAS AO ICP-ANACOM I RELATÓRIO 1. Por deliberação de 1 de Julho de 2009, o Conselho de Administração aprovou o Regulamento de liquidação e cobrança de taxas devidas ao ICP-ANACOM, tendo nessa data sido igualmente aprovado

Leia mais

ÁGUAS DO CENTRO ALENTEJO, SA. PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE LIMPEZA E DESOBSTRUÇÃO DE INFRAESTRUTURAS DA AdCA CADERNO DE ENCARGOS

ÁGUAS DO CENTRO ALENTEJO, SA. PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE LIMPEZA E DESOBSTRUÇÃO DE INFRAESTRUTURAS DA AdCA CADERNO DE ENCARGOS ÁGUAS DO CENTRO ALENTEJO, SA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE LIMPEZA E DESOBSTRUÇÃO DE INFRAESTRUTURAS DA AdCA CADERNO DE ENCARGOS Página 1 de 9 ÁGUAS DO CENTRO ALENTEJO, S.A. PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE LIMPEZA

Leia mais

ARRENDAMENTO DO RESTAURANTE-BAR, NO RAMO DE ESTABELECIMENTO DE RESTAURAÇÃO, SITO NA PISCINA MUNICIPAL, RUA DR. EDMUNDO CURVELO, EM ARRONCHES

ARRENDAMENTO DO RESTAURANTE-BAR, NO RAMO DE ESTABELECIMENTO DE RESTAURAÇÃO, SITO NA PISCINA MUNICIPAL, RUA DR. EDMUNDO CURVELO, EM ARRONCHES 1 ARRENDAMENTO DO RESTAURANTE-BAR, NO RAMO DE ESTABELECIMENTO DE RESTAURAÇÃO, SITO NA PISCINA MUNICIPAL, RUA DR. EDMUNDO CURVELO, EM ARRONCHES CADERNO DE ENCARGOS Artigo 1.º Objeto A Câmara Municipal de

Leia mais

Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço

Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço Plano Nº 102 - PLANO OI MAIS CELULAR Requerimento de Homologação Nº 11514 (R1), 11488(R2) e 11490 (R3) 1. Aplicação Este Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço é aplicável

Leia mais

CONTRATO DE ADESÃO DOS TERMOS DO PRESENTE CONTRATO.

CONTRATO DE ADESÃO DOS TERMOS DO PRESENTE CONTRATO. CONTRATO DE ADESÃO DOS TERMOS DO PRESENTE CONTRATO. São sujeitos deste contrato: A empresa PEOPLE CLUB. PEOPLECLUB LTDA., inscrita no CNPJ/MF sob o n. 19.308.938/0001-00, com sede à Av. Perimetral esq.

Leia mais

REAL PPR Condições Gerais

REAL PPR Condições Gerais Entre a, adiante designada por Segurador, e o Tomador do Seguro identificado nas Condições Particulares, estabelece-se o presente contrato de seguro que se regula pelas Condições Particulares e desta apólice,

Leia mais

POPULAR SEGUROS- COMPANHIA DE SEGUROS, S.A.

POPULAR SEGUROS- COMPANHIA DE SEGUROS, S.A. PROVEDOR DO CLIENTE Capítulo I - Enquadramento Artigo 1º - Objeto do presente documento Artigo 2º - Direito de apresentação de reclamações ao provedor Artigo 3º - Funções e autonomia do provedor Capítulo

Leia mais

REGULAMENTO PROMOÇÃO 01/2012 PROMOÇÃO DE LANÇAMENTO INTERNET BEL FIBRA 28/08/12 A 24/06/2013 Banda Extra Larga: Internet + Telefonia Fixa

REGULAMENTO PROMOÇÃO 01/2012 PROMOÇÃO DE LANÇAMENTO INTERNET BEL FIBRA 28/08/12 A 24/06/2013 Banda Extra Larga: Internet + Telefonia Fixa REGULAMENTO PROMOÇÃO 01/2012 PROMOÇÃO DE LANÇAMENTO INTERNET BEL FIBRA 28/08/12 A 24/06/2013 Banda Extra Larga: Internet + Telefonia Fixa 1. - OBJETO: O objeto desta promoção é a oferta em parceria, por

Leia mais

UNDERLUX men s luxury underwear

UNDERLUX men s luxury underwear Termos & Condições Bem-vindo a UnderLux.com Os presentes Termos e condições têm por objetivo definir as condições de venda estabelecidas entre a UnderLux e o Utilizador, desde o acto da encomenda aos diversos

Leia mais

REGULAMENTO OFERTAS LIGADO EXCLUSIVO PARA A CIDADE UBERLÂNDIA

REGULAMENTO OFERTAS LIGADO EXCLUSIVO PARA A CIDADE UBERLÂNDIA REGULAMENTO OFERTAS LIGADO EXCLUSIVO PARA A CIDADE UBERLÂNDIA 1. OBJETIVO: o presente regulamento tem por objetivo estabelecer a relação entre as empresas Companhia de Telecomunicações do Brasil Central,

Leia mais

Aviso do Banco de Portugal n. o 10/2014

Aviso do Banco de Portugal n. o 10/2014 Aviso do Banco de Portugal n. o 10/2014 Índice Texto do Aviso Texto do Aviso Assunto: Assunto Mod. 99999910/T 01/14 Com a publicação do Decreto-Lei n.º 133/2009, de 2 de junho, que transpôs para a ordem

Leia mais

REGULAMENTO CONVERGENTE 50 MEGA PELO PREÇO DE 25 MEGA + 1 ANO DE HD PELO PREÇO DE DIGITAL NO COMBO CONVERGENTE HD

REGULAMENTO CONVERGENTE 50 MEGA PELO PREÇO DE 25 MEGA + 1 ANO DE HD PELO PREÇO DE DIGITAL NO COMBO CONVERGENTE HD REGULAMENTO CONVERGENTE 50 MEGA PELO PREÇO DE 25 MEGA + 1 ANO DE HD PELO PREÇO DE DIGITAL NO COMBO CONVERGENTE HD Esta Promoção é realizada pela Vivo, nas seguintes condições: 1. Das Definições 1.1 Fibra

Leia mais

Nº Solicitação Nº cliente. Localidade. Localidade. Novo cliente Cliente já existente Indique aqui o seu número de telefone atual.

Nº Solicitação Nº cliente. Localidade. Localidade. Novo cliente Cliente já existente Indique aqui o seu número de telefone atual. contrato de adesão ao serviço MEO com telemóvel Mod.C/1001785 A preencher pelos nossos serviços Data provável de instalação Nº Solicitação Nº cliente Nº venda (PRT) Vendedor 1. IDENTIFICAÇÃO DO CLIENTE

Leia mais

2. Onde posso aderir ao M5O? A adesão ao M5O deve ser feita no formulário disponível no canal Vantagens épt em http://vantagensept.telecom.pt.

2. Onde posso aderir ao M5O? A adesão ao M5O deve ser feita no formulário disponível no canal Vantagens épt em http://vantagensept.telecom.pt. FAQ M5O 1. Não vou pagar nada pelo M5O? O desconto de 100% é relativo ao valor da mensalidade do pacote. A 1ª MEO Box também continua a ser gratuita. O aluguer de filmes no MEO Videoclube, canais premium,

Leia mais

Condições Especiais para Inscritos no Conselho Distrital da Madeira Ordem dos Advogados Portugueses

Condições Especiais para Inscritos no Conselho Distrital da Madeira Ordem dos Advogados Portugueses Condições Especiais para Inscritos no Conselho Distrital da Madeira Ordem dos Advogados Portugueses 1. Proposta de Condições Comerciais 1.1 Posicionamento Proposta de condições especiais de tarifas e de

Leia mais

Concurso público para a prestação de serviços de iluminação, som e palco para a Feira do Livro a realizar entre 20 e 29 de Maio de 2011.

Concurso público para a prestação de serviços de iluminação, som e palco para a Feira do Livro a realizar entre 20 e 29 de Maio de 2011. Concurso público para a prestação de serviços de iluminação, som e palco para a Feira do Livro a realizar entre 20 e 29 de Maio de 2011. Caderno de encargos CMF Abril de 2011 Caderno de encargos Pág. 1/9

Leia mais

Regulamento de utilização dos Auditórios

Regulamento de utilização dos Auditórios Regulamento de utilização dos Auditórios REGULAMENTO DE UTILIZAÇÃO DOS AUDITÓRIOS I DISPOSIÇÕES GERAIS 1. Âmbito O presente regulamento estabelece as condições de cedência e de utilização dos dois Auditórios

Leia mais

Condições Comerciais Advantech estore

Condições Comerciais Advantech estore Condições Comerciais Advantech estore 1. Para fazer seu pedidode compras: Acesse Advantech estore online no link http://buy.advantech.com.br ou ligue para 0800- para falar com um representante estore.

Leia mais

CONSELHO EMPRESARIAL DO TÂMEGA E SOUSA (CETS) CONDIÇÕES EXCLUSIVAS PARA ASSOCIADOS

CONSELHO EMPRESARIAL DO TÂMEGA E SOUSA (CETS) CONDIÇÕES EXCLUSIVAS PARA ASSOCIADOS CONSELHO EMPRESARIAL DO TÂMEGA E SOUSA (CETS) CONDIÇÕES EXCLUSIVAS PARA ASSOCIADOS Fevereiro 2014 Para aderir ou obter mais informações: Consulte o seu gestor PT Empresas Envie email para protocoloseparceriasptempresas@telecom.pt

Leia mais

DOCUMENTO DE CONSULTA REGULAMENTO DO BCE RELATIVO ÀS TAXAS DE SUPERVISÃO PERGUNTAS E RESPOSTAS

DOCUMENTO DE CONSULTA REGULAMENTO DO BCE RELATIVO ÀS TAXAS DE SUPERVISÃO PERGUNTAS E RESPOSTAS DOCUMENTO DE CONSULTA REGULAMENTO DO BCE RELATIVO ÀS TAXAS DE SUPERVISÃO PERGUNTAS E RESPOSTAS MAIO DE 2014 1 POR QUE RAZÃO O BCE COBRA UMA TAXA DE SUPERVISÃO? Ao abrigo do Regulamento (UE) n.º 1024/2013,

Leia mais

ÁREA DE FORMAÇÃO: CONTRAIR CRÉDITO CRÉDITO AUTOMÓVEL

ÁREA DE FORMAÇÃO: CONTRAIR CRÉDITO CRÉDITO AUTOMÓVEL ÁREA DE FORMAÇÃO: CONTRAIR CRÉDITO CRÉDITO AUTOMÓVEL Índice Finalidade do crédito automóvel Modalidades de crédito automóvel Ficha de Informação Normalizada (FIN) Montante e prazo Modalidade de reembolso

Leia mais

ATRIBUIÇÃO DE DIREITO DE EXPLORAÇÃO DE QUIOSQUE SITUADO NO JARDIM DO ALMIRANTE REIS

ATRIBUIÇÃO DE DIREITO DE EXPLORAÇÃO DE QUIOSQUE SITUADO NO JARDIM DO ALMIRANTE REIS ATRIBUIÇÃO DE DIREITO DE EXPLORAÇÃO DE QUIOSQUE SITUADO NO JARDIM DO ALMIRANTE REIS CADERNO DE ENCARGOS Página 1 de 11 Índice Cláusula 1ª Objeto do Procedimento ------------------------------------------------------

Leia mais

Central Inteligente Manual de utilização

Central Inteligente Manual de utilização Central Inteligente 4 Benefícios 5 Funcionalidades 5 Portal de Configuração 5 Índice Área de Cliente 6 Registo Área de Cliente 7 Login Área de Cliente 7 Menu Área de Cliente 7 Portal de Configuração da

Leia mais

anexo ao pedido de portabilidade e rescisão do contrato

anexo ao pedido de portabilidade e rescisão do contrato pedido de portabilidade e rescisão do contrato ORIGINAL (tmn) 2. INFORMAÇÃO DE CONTACTO Telemóvel contacto 3. DADOS DE PORTABILIDADE MÓVEL E-mail Informamos que, por motivos de portabilidade, pretendemos

Leia mais

Serviço Público Federal Conselho Regional de Corretores de Imóveis Estado de São Paulo

Serviço Público Federal Conselho Regional de Corretores de Imóveis Estado de São Paulo ANEXO I PREGÃO ELETRÔNICO Nº. 011/2015 TERMO DE REFERÊNCIA 1. DO OBJETO A presente licitação tem por objetivo a contratação de pessoa jurídica para prestação de serviços, de forma contínua, ao da 2ª Região,

Leia mais

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Fazenda Departamento Geral de Administração e Finanças

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Fazenda Departamento Geral de Administração e Finanças 1. DO OBJETO: Governo do Estado do Rio de Janeiro Código de Classificação: 13.02.01.15 TERMO DE REFERÊNCIA Outorga de permissão de uso, com encargos, de área localizada no prédio sede da, situado na Avenida

Leia mais

INFORMAÇÕES PRÉ-CONTRATUAIS PARA PARTICULARES RENTING GO EXPRESS

INFORMAÇÕES PRÉ-CONTRATUAIS PARA PARTICULARES RENTING GO EXPRESS INFORMAÇÕES PRÉ-CONTRATUAIS PARA PARTICULARES RENTING GO EXPRESS Valor da retribuição a pagar pelo Cliente 4ª Valor da retribuição a pagar pelo Cliente 1. Os serviços prestados pela LeasePlan em conformidade

Leia mais

PROCEDIMENTO POR NEGOCIAÇÃO, COM PUBLICAÇÃO PRÉVIA DE ANÚNCIO, PARA ARRENDAMENTO PARA A ACTIVIDADE DE RESTAURAÇÃO CADERNO DE ENCARGOS

PROCEDIMENTO POR NEGOCIAÇÃO, COM PUBLICAÇÃO PRÉVIA DE ANÚNCIO, PARA ARRENDAMENTO PARA A ACTIVIDADE DE RESTAURAÇÃO CADERNO DE ENCARGOS PROCEDIMENTO POR NEGOCIAÇÃO, COM PUBLICAÇÃO PRÉVIA DE ANÚNCIO, PARA ARRENDAMENTO PARA A ACTIVIDADE DE RESTAURAÇÃO CADERNO DE ENCARGOS CAPITULO I DISPOSIÇÕES GERAIS ARTIGO 1º Objeto O presente Procedimento

Leia mais

Simulação de Crédito Pessoal

Simulação de Crédito Pessoal Simulação de Crédito Pessoal Data de Impressão: 15-10-2013 12:35 Número de Simulação: 13892037 Resumo Prestação Comissão de Processamento (mensal) (Acresce Imposto do Selo à Taxa em vigor) Seguro de Vida

Leia mais

NORMAS E CONDIÇÕES GERAIS DE FUNCIONAMENTO LOW COST PARKING

NORMAS E CONDIÇÕES GERAIS DE FUNCIONAMENTO LOW COST PARKING NORMAS E CONDIÇÕES GERAIS DE FUNCIONAMENTO LOW COST PARKING 1ª) DEFINIÇÕES 1) Para todos os efeitos as partes acordam as seguintes definições A) Empresa: Low Cost, Estacionamos por Si Lda. B) Parque Low

Leia mais

REGULAMENTO N.º ---/SRIJ/2015 REGRAS DO JOGO EM MÁQUINAS ONLINE

REGULAMENTO N.º ---/SRIJ/2015 REGRAS DO JOGO EM MÁQUINAS ONLINE REGULAMENTO N.º ---/SRIJ/2015 REGRAS DO JOGO EM MÁQUINAS ONLINE O Regime Jurídico dos Jogos e Apostas online (RJO), aprovado pelo Decreto-Lei n.º 66/2015, de 29 de abril, determina, no n.º 3 do seu artigo

Leia mais

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA

ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA ANEXO I TERMO DE REFERÊNCIA 1. OBJETO 1.1. Registro de preço, POR LOTES, para eventual aquisição de adesivos e recipientes (lixeiras) para acondicionamento de materiais recicláveis e materiais não recicláveis

Leia mais

TERMOS E CONDIÇÕES GERAIS DE CONTRATAÇÃO DOS SERVIÇOS. 1.1. Cliente : pessoa física ou jurídica que contrata ou utiliza os serviços da BORA DECORA.

TERMOS E CONDIÇÕES GERAIS DE CONTRATAÇÃO DOS SERVIÇOS. 1.1. Cliente : pessoa física ou jurídica que contrata ou utiliza os serviços da BORA DECORA. TERMOS E CONDIÇÕES GERAIS DE CONTRATAÇÃO DOS SERVIÇOS 1. Definições 1.1. Cliente : pessoa física ou jurídica que contrata ou utiliza os serviços da BORA DECORA. 1.2. BORA DECORA : Marca fantasia da A+D

Leia mais

Artigo. Grupo. integrante. Artigo. Artigo. novos. públicos;

Artigo. Grupo. integrante. Artigo. Artigo. novos. públicos; sedee do Grupo Desportivo Julho de 2012 CAPÍTULO I: ÂMBITO E ESTRUTURA 1º (Objeto) O presente regulamento define as regras de utilização e cedência das instalações da sede do Grupo Desportivoo e Recreativo

Leia mais

REGULAMENTO PROMOÇÃO VIVO FIXO ILIMITADO LOCAL

REGULAMENTO PROMOÇÃO VIVO FIXO ILIMITADO LOCAL REGULAMENTO PROMOÇÃO VIVO FIXO ILIMITADO LOCAL Válido para os Estados de RS, ES,MG, GO, PR, SC, BA, PE, CE, RN, PI, AP, MA, PA, DF, MS, RR e AM, AC, MT, RJ, RO e TO Antes de participar da Promoção, o usuário

Leia mais

REGULAMENTO MOCHE ROULETTE ONLINE

REGULAMENTO MOCHE ROULETTE ONLINE REGULAMENTO MOCHE ROULETTE ONLINE O presente regulamento visa estabelecer os termos aplicáveis ao passatempo MOCHE ROULETE, em que a TMN Telecomunicações, S.A., com sede na Av. Álvaro Pais, nº 2, 1649-041

Leia mais

Direção Nacional Unidade Orgânica de Logística e Finanças Departamento de Logística. Caderno de Encargos

Direção Nacional Unidade Orgânica de Logística e Finanças Departamento de Logística. Caderno de Encargos Direção Nacional Unidade Orgânica de Logística e Finanças Departamento de Logística Caderno de Encargos Caderno de Encargos Cláusula 1.ª Objeto 1. O presente caderno de encargos compreende as cláusulas

Leia mais

UNIDADE ORGÂNICA DE GESTÃO FINANCEIRA E DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO SUBUNIDADE ORGÂNICA DE APROVISIONAMENTO - APV CADERNO DE ENCARGOS AJUSTE DIRETO

UNIDADE ORGÂNICA DE GESTÃO FINANCEIRA E DESENVOLVIMENTO ECONÓMICO SUBUNIDADE ORGÂNICA DE APROVISIONAMENTO - APV CADERNO DE ENCARGOS AJUSTE DIRETO SUBUNIDADE ORGÂNICA DE APROVISIONAMENTO - APV CADERNO DE ENCARGOS AJUSTE DIRETO Aquisição de materiais de desgaste rápido, ferramentas e utensílios para diversos serviços na área da Produção e Manutenção

Leia mais

Anúncio de concurso. Serviços

Anúncio de concurso. Serviços 1 / 8 O presente anúncio no sítio web do TED: http://ted.europa.eu/udl?uri=ted:notice:102558-2016:text:pt:html Bélgica-Bruxelas: Serviços de subscrição de periódicos, publicações informativas, bases de

Leia mais

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO TELEFÔNICO FIXO COMUTADO NA MODALIDADE LOCAL PLANOS DE SERVIÇO CLARO FIXO.

CONTRATO DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO TELEFÔNICO FIXO COMUTADO NA MODALIDADE LOCAL PLANOS DE SERVIÇO CLARO FIXO. CONTRATO DE PRESTAÇÃO DO SERVIÇO TELEFÔNICO FIXO COMUTADO NA MODALIDADE LOCAL PLANOS DE SERVIÇO CLARO FIXO. Objeto O objeto do presente Contrato é a prestação, pela EMBRATEL, do Serviço Telefônico Fixo

Leia mais

Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço

Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço 1 - Aplicação Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço Plano Nº 044 - Claro Online 5GB Requerimento de Homologação Nº 8876 Este Plano Pós-Pago Alternativo de Serviço é aplicável pela autorizatária CLARO S.A.,

Leia mais

REGULAMENTO CARTÃO IDENTIFICAÇÃO

REGULAMENTO CARTÃO IDENTIFICAÇÃO REGULAMENTO DO CARTÃO DE IDENTIFICAÇÃO Artigo 1.º Agrupamento Vertical de Escolas D. Dinis Principais funcionalidades do sistema informático para a gestão integrada para a administração escolar (GIAE)

Leia mais

TERMOS E CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA SPIROL SOLUÇÕES EM FIXAÇÃO LTDA

TERMOS E CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA SPIROL SOLUÇÕES EM FIXAÇÃO LTDA TERMOS E CONDIÇÕES GERAIS DE VENDA SPIROL SOLUÇÕES EM FIXAÇÃO LTDA Os Termos e Condições Gerais de Venda definidos abaixo e a Confirmação de Pedido enviada por SPIROL SOLUÇÕES EM FIXAÇÃO LTDA., sociedade

Leia mais

REGULAMENTO DO AUDITÓRIO DA CASA DO ESTUDANTE DA ASSOCIAÇÃO ACADÉMICA DA UNIVERSIDADE DE AVEIRO

REGULAMENTO DO AUDITÓRIO DA CASA DO ESTUDANTE DA ASSOCIAÇÃO ACADÉMICA DA UNIVERSIDADE DE AVEIRO Regulamento do Auditório da Casa do Estudante 2012 REGULAMENTO DO AUDITÓRIO DA CASA DO ESTUDANTE DA ASSOCIAÇÃO ACADÉMICA DA UNIVERSIDADE DE AVEIRO Preâmbulo O Auditório da Casa do Estudante constitui um

Leia mais

TERMO DE USO. 6. O prazo para entrega é contado após a confirmação do pagamento e será:

TERMO DE USO. 6. O prazo para entrega é contado após a confirmação do pagamento e será: ANEXO I ao INSTRUMENTO DE PARCERIA COMERCIAL E OUTRAS AVENÇAS, firmado entre SARAIVA E SICILIANO S.A. e EDITORA TRÊS COMÉRCIO DE PUBLICAÇÕES LTDA., na data de 11 de junho de 2012. A) APLICABILIDADE TERMO

Leia mais

Cartilha Explicativa sobre o Software de Medição de Qualidade de Conexão (Serviço de Comunicação Multimídia)

Cartilha Explicativa sobre o Software de Medição de Qualidade de Conexão (Serviço de Comunicação Multimídia) Cartilha Explicativa sobre o Software de Medição de Qualidade de Conexão (Serviço de Comunicação Multimídia) Cartilha disponibilizada em atendimento ao disposto na Resolução Anatel n.º 574/2011 Página

Leia mais

MUNICÍPIO DE ALCOCHETE CÂMARA MUNICIPAL REGULAMENTO DE APOIO AO MOVIMENTO ASSOCIATIVO

MUNICÍPIO DE ALCOCHETE CÂMARA MUNICIPAL REGULAMENTO DE APOIO AO MOVIMENTO ASSOCIATIVO MUNICÍPIO DE ALCOCHETE CÂMARA MUNICIPAL REGULAMENTO DE APOIO AO MOVIMENTO ASSOCIATIVO Introdução 1. As Autarquias locais desempenharam ao longo dos últimos anos um papel insubstituível no desenvolvimento

Leia mais

FUNDO DE EMERGÊNCIA SOCIAL DE LISBOA. Câmara Municipal de Lisboa

FUNDO DE EMERGÊNCIA SOCIAL DE LISBOA. Câmara Municipal de Lisboa FUNDO DE EMERGÊNCIA SOCIAL DE LISBOA Câmara Municipal de Lisboa FUNDO DE EMERGÊNCIA SOCIAL DE LISBOA O que é o Fundo de Emergência Social de Lisboa (FES)? É um programa municipal criado em 2012 e que se

Leia mais

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Fazenda Departamento Geral de Administração e Finanças TERMO DE REFERÊNCIA

Governo do Estado do Rio de Janeiro Secretaria de Estado de Fazenda Departamento Geral de Administração e Finanças TERMO DE REFERÊNCIA TERMO DE REFERÊNCIA Código de Classificação: 13.02.01.15 1 DO OBJETO: A presente licitação tem por objeto a contratação de empresa para prestação dos serviços de cobertura securitária (seguro) para assegurar

Leia mais