Glossary for the Extractive Industries Transparency Initiative (EITI) Baseado nas receitas e despesas. Com base no sistema de contabilidade de caixa

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Glossary for the Extractive Industries Transparency Initiative (EITI) Baseado nas receitas e despesas. Com base no sistema de contabilidade de caixa"

Transcrição

1 Glossary for the Extractive Industries Transparency Initiative (EITI) English Accountability Accounting principles and treatments Accrual basis Accrual-based financial statement Administrator Aggregated disclosure Baseline for judging progress Benefit stream Budgetary and/or natural resource committees Business association Capacity building Capacity needs Capital intensive Cash basis Cash-base submission Civil society Code of Good Practices on Fiscal Transparency (IMF) Code of Good Practices on Fiscal Transparency (IMF) Collate payments and revenue figures Commitment to high standards Community-based organization Concession holder Conflict of interest Country ownership of EITI Country-owned Initiative process Country-specific implementation Credible independent audit Cultural and legal framework Decision making body Declaration on Fighting Corruption and Improving Transparency at Evian Disaggregated disclosure Disclosure agency Portuguese Responsabilização Princípios e tratamentos contabilísticos Baseado nas receitas e despesas Contabilidade baseada no exercício Administrador Divulgação agregada Ponto de partida para avaliar o progresso Fluxo de benefícios Comités orçamentais e/ou de recursos naturais Associações comerciais Desenvolvimento de capacidade Necessidades de capacidade Capital intensivo Com base no sistema de contabilidade de caixa Contabilidade de caixa declarada Sociedade civil Código de Boas Práticas de Transparência Fiscal (FMI) Código de Boas Práticas para a Transparência Fiscal (FMI) Arrecadar pagamentos e fazer a contabilidade das receitas Compromisso com elevados padrões Organizações comunitárias Titular da concessão Conflitos de interesse Adesão do país à EITI processo de iniciativa do próprio do país Implementação específica do país auditoria credível e independente Quadro cultural e jurídico Organismo decisor Declaração sobre a Luta contra a Corrupção e o Aumento da Transparência em Evian Divulgação desagregada Agência de divulgação

2 Disclosure and publication Disclosure of payments and revenues Domain of sovereign government Domestic and foreign direct investment Domestic initiative EITI Principles EITI process Empowered Enhanced environment Export proceeds Extractive Industries Transparency Initiative (EITI) Extractive industry companies Faith-based organization Feedback mechanism Financial transparency Financing mechanism Fiscal price Fiscal regime Formal stakeholder assessment Governance structures for decision-making Government s submission Guide on Resource Revenue Transparency (IMF) Host country Hydrocarbons Implementation phase Improve implementation Inclusivity of stakeholders International Advisory Group International benchmark prices International EITI Secretariat Investment climate Lancaster House Conference Learning by doing process Legitimate discrepancies Level playing field Licence/concession fees Local leadership and participation Divulgação e publicação Divulgação de pagamentos e receitas Atribuição dos governos soberanos Investimento directo tanto nacional como estrangeiro Iniciativas nacionais Princípios da EITI Processo EITI Capacitado Ambiente melhor Receitas de exportação Iniciativa de Transparência nas Indústrias Extractivas (EITI) Empresas do sector extractivo Organização de base religiosa Mecanismos de feedback Transparência financeira Mecanismo de financiamento Preço fiscal Regime fiscal Avaliação formal das partes interessadas Estruturas de governação para a tomada de decisão Declarações do governo Guia para a Transparência das Receitas dos Recursos Naturais (FMI) País anfitrião Hidrocarbonetos Fase de implementação Melhorar a implementação Inclusividade das partes interessadas Comité Consultivo da EITI Preços de referência internacionalmente aceites Secretariado Internacional da EITI Clima de investimento Conferência de Lancaster House Processo de aprender na prática Discrepâncias legítimas Clima de igualdade Taxas de licença/concessão Liderança e participação locais

3 Logistical capacity building Mainstreaming of the EITI approaches Manual on Fiscal Transparency Material revenue Measurable target Mismanage revenues Mitigating political and reputational risks Monthly or quarterly average exchange rate Opaque governance Outreach mechanism Pay as you earn (PAYE) тах perception of conflict of interest Pilot phase Policy advice Policy-based lending Political and financial commitments Poverty Reduction Strategy Paper Process development Production entitlement Production-sharing contract Prudent use of natural resource wealth Public administration Public dissemination and discussion Public interest concerns Reconciliation of payments and revenues Reconciliation statement Reconstruction Levy Reference price Regular cycle of disclosure, dissemination and discussion Report on the Observance of Standards and Codes (ROSCs) Reporting currency Reporting cycle Desenvolvimento de capacidade logística Aplicação generalizada das abordagens EITI Manual sobre Transparência Fiscal Receitas materiais Meta mensurável Má gestão das receitas Atenuação dos riscos políticos e à reputação Média mensal ou trimestral da taxa de câmbio Governação opaca Mecanismos para chegar a Imposto com retenção na fonte (PAYE) Percepção da existência de conflito(s) de interesse Fase-piloto Assessoria política Empréstimos baseados em políticas Compromissos políticos e financeiros Documento de Estratégia de Redução da Pobreza Desenvolvimento de processos Direitos de produção Contratos de partilha da produção Utilização prudente da riqueza proveniente dos recursos naturais Administração pública Disseminação e debates públicos Preocupações de interesse público Reconciliação de pagamentos e receitas Reconciliação integrada no seu relatório Imposto de Reconstrução Preço de referência Ciclo regular de divulgação, disseminação e discussão Relatórios sobre a Observância das Normas e Códigos (ROSCs) Moeda do relatório Ciclo de relatórios

4 Reporting entity Reporting template Resource curse Resource revenue management Resource-rich country Respect for contracts and laws Revenue collection and management Review Royalty arrangements Seed support Service company Set up Sign up Sign-up Small operators Source book Stakeholder Stakeholder perception survey Statement of Principles Statement of Recommended Practice of the Oil Industry Accounting Committee Stewardship of revenue streams Stock exchange listing requirements Streamline systems of execution Sub-national levels of government Supreme audit institutions Sustainable development Sustainable financing of programs To engage with civil society organisations and industry Total production value Transparency Compact Trial report UK Department for International Development (DFID) Undue political influence Unit of accounting Upstream activities Entidade declarante Modelos de relatórios Maldição dos recursos gestão das receitas provenientes dos recursos naturais País rico em recursos Respeito pelos contratos e leis Arrecadação e gestão de receitas Revisão Acordos relativos a royalties Apoio inicial Empresa de serviços Estabelecimento Adesão Adesão Pequenas empresas Livro de referência Parte interessada Sondagem sobre a percepção das partes interessadas Declaração de Princípios Práticas Recomendadas pelo Comité de Contabilidade da Indústria do Petróleo Tutela dos fluxos de receitas Estatuto de empresas cotadas na bolsa Racionalizar os sistemas de execução Níveis subnacionais do governo Instituições superiores de auditoria Desenvolvimento sustentável Financiamento sustentável de programas Colaborar com organizações da sociedade civil e com a indústria Valor total de produção Pacto sobre Transparência Relatório de ensaio Departamento de Desenvolvimento Internacional (DFID) do Reino Unido Influência política indevida moeda da contabilidade Actividades de exploração e

5 Valuing of in-kind benefit streams World Summit for Sustainable Development desenvolvimento petrolíferos Avaliação de fluxos de benefícios em espécie Cimeira Mundial sobre o Desenvolvimento Sustentável

6 World Bank and EITI Abbreviations and Acronyms Portuguese Actividades Analíticas e de Assessoramento English AAA Analytical and Advisory Activities AFR WB Sub Saharan Africa Region AWP Annual work program Programa anual de trabalho BB Bank budget Orçamento do Banco Mundial BTOR Back to office report Relatório de volta ao trabalho CAN Country Assistance Note Nota de Assistência ao Pais Região do Banco Mundial para a África Subsaariana CAS Country Assistance Estratégia de Assistência ao País Strategy CASM Community and Small Mineração de pequena escala Scale Mining CB Competitive bidding (in Licitação pública (em aquisições) procurement) CBP Capacity building project Projecto de reforço institucional CD Country director Director nacional CDF Comprehensive Quadro Abrangente do Desenvolvimento Development Framework CE Chief Economist Economista-Chefe CG Consultative Group Grupo Consultivo CO Country offices Representações nos países COB Close of business Fim do expediente COMDEV Community Development Programa de Desenvolvimento de Program Comunidades CPA Country Portfolio Avaliação da carteira do país Assessment CPB Corporate planning and Planeamento e elaboração do orçamento budgeting CPPR Country Portfolio Revisão do Desempenho da Carteira do Performance Review País CSO Civil society organization Organização da sociedade civil DEC Development Economics Vice-Presidência do Departamento de Vice Presidency Economia do Desenvolvimento DFID Department for International Development (UK) Departamento de Desenvolvimento Internacional ( Reino Unido) DGF Development Grant Mecanismo de Subsídios para o Facility Desenvolvimento DP Donor Partners Parceiros dadores EAP WB East Asia and Pacific Região do Banco Mundial para o Leste Region Asiático e Pacífico ECA WB Europe and Central Região do Banco Mundial para a Europa e Asia Region Ásia Central

7 ED Executive Director Director Executivo EI Extractive industries Indústria extractiva EIR Extractive Industries Revisão de Indústrias Extractivas Review EITI Extractive Industries Iniciativa de Transparência da Indústria Transparency Initiative Extractiva ESSD Environmentally and socially sustainable Desenvolvimento ambiental e socialmente sustentável development ETC Extended-term consultant Consultor de longo prazo ETT Extended-term temporary Contratado de longo prazo FY Financial year; fiscal year Exercício financeiro (1o de Julho a 30 de (July 1 June 30) Junho) GGFR Global Gas Flaring Programa Mundial de Redução da Queima Reduction Program de Gás GS Goods and services Bens e serviços GSD General Services Departamento de Serviços Gerais Department HDN Human Development Rede de Desenvolvimento Humano Network HIPC Heavily indebted poor Países pobres muito endividados countries IAG International Advisory Grupo Internacional de Assessoramento Group IAS International Accounting Padrões Internacionais de Contabilidade Standards IBRD International Bank for Reconstruction and Banco Internacional de Reconstrução e Desenvolvimento Development IBTF Initiating brief for a trust Sinopse sobre a criação de um fundo fund fiduciário IC Implementation Committee Comité de Implementação ICR Implementation Relatório Final de Implementação Completion Report IDA International Development Associação Internacional de Association Desenvolvimento IFC International Finance Corporação Financeira Internacional Corporation IFI International financial Instituição financeira internacional institution IMF International Monetary Fundo Monetário Internacional Fund INF WB Infrastructure Network Rede de Infra-Estrutura do Banco Mundial IS International shopping (in Comparação internacional de preços procurement) LEG Legal Vice Presidency Vice-Presidência do Departamento Jurídico

8 LAC Latin America and América Latina e Caraíbas Caribbean M&E Monitoring and evaluation Monitoração e avaliação MD Managing director Director-Gestor MDB Multilateral development Banco Multilateral de Desenvolvimento bank MDTF Multi-Donor Trust Fund Fundo Fiduciário com Múltiplos Dadores MENA WB Middle East and North Região do Banco Mundial para o Oriente Africa Region Médio e Norte da África MIGA Multilateral Investment Agência Multilateral de Garantia de Guarantee Agency Investimentos MOU Memorandum of Memorando de entendimento understanding NGO Nongovernmental Organização não-governamental organization NSC National stakeholders Conselho nacional de grupos interessados council NSWG National stakeholders Grupo nacional de trabalho de grupos working group interessados OP Operational policy Política operacional OSI Open Society Institute Instituto Sociedade Aberta PA Partnership Agreement Acordo de parceria PAD Project Appraisal Documento de Avaliação do Projecto Document PCD Project Concept Document Documento do conceito do projecto PIC Project Implementation Comissão de Implementação do Projecto Committee PIC Public Information Center Centro de Informação Pública PID Project Information Documento de Informações sobre o Document Projecto PREM Poverty Reduction and Economic Management Redução da Pobreza e Gestão Económica (Rede) (Network) PRSP Poverty Reduction Strategy Documentos da Estratégia de Redução da Paper Pobreza PSD Private Sector Desenvolvimento do Sector Privado Development PWYP Publish What You Pay Coalizão Publish What You Pay (Pagar o coalition que se comprou) QBS Quality-Based Selection Selecção baseada na qualidade QCBS Quality- and Cost-Based Selecção baseada na qualidade e no custo Selection RFP Request for proposal Solicitação de propostas RM Resident mission (WB) Missão residente RR Resident Representative Representante residente (PNUD) (UNDP)

9 RVP Regional vice president Vice-Presidente Regional RVPU Regional vice-presidential Unidade do Vice-Presidente Regional unit RWI The Revenue Watch The Revenue Watch Institute (Instituto de Institute Observação de Rendimentos) SA South Asia Sul da Ásia SL Sector leader Líder do sector SM Sector manager Gestor do sector SOE State-owned enterprise Empresa estatal SSA Sub-Saharan Africa África Subsaariana STC Short-term consultant Consultor de curto prazo SVP Senior Vice President Vice-Presidente Sénior SW Staff week Semana do Pessoal SWAp, SWAps Sectorwide approach Abordagem sectorial TA Technical assistance Assistência técnica TF Trust fund Fundo fiduciário TFO WB Trust Fund Operations Departamento de Operações do Fundo Department Fiduciário do Banco Mundial TM Task manager Gestor de tarefas TOR Terms of reference Termos de referência TTL Task team leader Líder da equipa de tarefas WB World Bank Banco Mundial WBG World Bank Group Grupo Banco Mundial WBI World Bank Institute Instituto do Banco Mundial WG Working group Grupo de trabalho WPA Work Program Agreement Acordo sobre o Programa de Trabalho

ANEXO Tabela 1 1 Referência para as Melhores Práticas Internacionais Geralmente Reconhecidas 2

ANEXO Tabela 1 1 Referência para as Melhores Práticas Internacionais Geralmente Reconhecidas 2 De COLUMBIA INVESTMENT YEARBOOK, 2011 2012 C H A P T E R 4 THE INTERNATIONAL BAR ASSOCIATION MODEL MINE DEVELOPMENT AGREEMENT PROJECT: A STEP TOWARD BETTER PRACTICE AND BETTER DEVELOPMENT RESULTS LUKE

Leia mais

IFC: Valorizando o Investimento Privado em Países Emergentes

IFC: Valorizando o Investimento Privado em Países Emergentes IFC: Valorizando o Investimento Privado em Países Emergentes Por: Katia Daude Goncalves Senior Country Officer and Acting Country Manager for Angola Luanda, 26 de Maio 2014 IFC é Membro do Grupo Banco

Leia mais

Procedimentos do Banco

Procedimentos do Banco Pág. 1 de 6 O presente documento é uma tradução da versão em inglês de BP 4.01, Environmental Assessment, com data de Janeiro de 1999, a qual contém o texto autorizado da presente dire tiva, conforme aprovada

Leia mais

GRUPO BANCO MUNDIAL. Page 2

GRUPO BANCO MUNDIAL. Page 2 Esta nota informativa tem como objectivo divulgar às empresas portuguesas a actividade do Grupo Banco Mundial (BM), promovendo o conhecimento dos projectos financeiros do BM e facilitar a presença de empresas

Leia mais

A -- Como líder de projecto, dirigiu as equipes de preparaçao de 8 projectos de saúde em diferentes países da América Latina e da África:

A -- Como líder de projecto, dirigiu as equipes de preparaçao de 8 projectos de saúde em diferentes países da América Latina e da África: ANEXO - Projectos A -- Como líder de projecto, dirigiu as equipes de preparaçao de 8 projectos de saúde em diferentes países da América Latina e da África: Brasil: NE Endemic Disease Control, supervisão

Leia mais

Iniciativa de Transparência nas Indústrias Extractivas

Iniciativa de Transparência nas Indústrias Extractivas Iniciativa de Transparência nas Indústrias Extractivas Livro de Referência Março de 2005 Publicado pelo Departamento de Desenvolvimento Internacional A sede do DFID fica situada em: 1 Palace Street London

Leia mais

Governancia da Água. Contributo de Portugal e da PPA para o Plano Estratégico de Implementação da Parceria Europeia para a Inovação no Domínio da Água

Governancia da Água. Contributo de Portugal e da PPA para o Plano Estratégico de Implementação da Parceria Europeia para a Inovação no Domínio da Água A Água e o Programa Horizonte 2020 (8ºPQ) Contributo de Portugal e da PPA para o Plano Estratégico de Implementação da Parceria Europeia para a Inovação no Domínio da Água Governancia da Água Francisco

Leia mais

Local & Regional Development. Expanding the positive impacts of mining projects

Local & Regional Development. Expanding the positive impacts of mining projects Local & Regional Development Expanding the positive impacts of mining projects Defining local and regional development Factors: Economic Social Specific to communities Need for ongoing consultations Link

Leia mais

Mainstreaming Sustainable Tourism

Mainstreaming Sustainable Tourism 8. Se sim, quais os meios mais apropriados para tanto? Não aplicável Em estudo Em implementação Implementado Divulgação de informações sobre as práticas de sustentabilidade realizadas ou apoiadas pelo

Leia mais

AVALIAÇÃO E GESTÃO DE IMPACTES AMBIENTAIS E SOCIAIS DE ATIVIDADES, PRODUTOS E SERVIÇOS

AVALIAÇÃO E GESTÃO DE IMPACTES AMBIENTAIS E SOCIAIS DE ATIVIDADES, PRODUTOS E SERVIÇOS AVALIAÇÃO E GESTÃO DE IMPACTES AMBIENTAIS E SOCIAIS DE ATIVIDADES, PRODUTOS E SERVIÇOS POLÍTICA E COMPROMISSOS: Na nossa Política de Responsabilidade Corporativa estabelecemos o compromisso de incluir

Leia mais

Implementação da CITES na União Europeia

Implementação da CITES na União Europeia Implementação da CITES na União Europeia Reunião com IBAMA sobre Aniba rosaeodora Manaus, 23 de fevereiro 2015 The views expressed in this presentation do not necessarily reflect the views of the European

Leia mais

Governança em TI e os objetivos estratégicos da organização

Governança em TI e os objetivos estratégicos da organização Governança em TI e os objetivos estratégicos da organização A otimização dos investimentos em TI, a importância do uso do modelo CobiT, adotado mundialmente em IT Governance Um painel sobre as certificações

Leia mais

2009-2010 SALARY GUIDE. Brazil

2009-2010 SALARY GUIDE. Brazil 2009-2010 SALARY GUIDE Brazil Conteúdo Introdução...1 Finance and Accounting...2 Engineering...3 Sales & Marketing...4 Technology...5 Banking...6 Banking (Continued)...7 Insurance...8 About Robert Half...9

Leia mais

Ações da iniciativa privada no combate à corrupção

Ações da iniciativa privada no combate à corrupção Ações da iniciativa privada no combate à corrupção IBRADEMP Instituto Brasileiro de Direito Empresarial Reunião da comissão Anticorrupção e Compliance São Paulo, 09 de agosto de 2012 Siemens no mundo Compromisso

Leia mais

ISACA Capítulo São Paulo

ISACA Capítulo São Paulo Tendências e Certificações Profissionais da ISACA ISACA Capítulo São Paulo Fabio Penna Curto, CGEIT, CISM, Diretor Cristiano Borges, Diretor ISACA SP Carmen Ozores, Vice presidente ISACA SP Contato: info@isaca.org.br

Leia mais

O Desenvolvimento do Corporate Governance em Portugal

O Desenvolvimento do Corporate Governance em Portugal 10 ANOS DO IPCG O GOVERNO SOCIETÁRIO EM PORTUGAL O Desenvolvimento do Corporate Governance em Portugal Lisboa, 09 de Julho de 2013 SUMÁRIO 1. Acontecimentos empresariais e governance 2. Fatores normativos

Leia mais

FDLI s Brazil Conference

FDLI s Brazil Conference Programa Alimentos Seguros: uma experiência brasileira Food Safety Program: a Brazilian experience FDLI s Brazil Conference Zeide Lúcia Gusmão, MSc. National Coordinator PAS SENAI Nacional Department São

Leia mais

Maio. Office Of Energy Efficiency and Renewable Energy U.S. Energy Department (DOE) Washington, DC

Maio. Office Of Energy Efficiency and Renewable Energy U.S. Energy Department (DOE) Washington, DC Dia Nome do Evento Realizador Local Maio 03 ACORE U.S.-China Renewable Energy Industry Forum American Council On Renewable Energy (ACORE) Washington, DC 04 CEO Leadership Series Luncheon Featuring U.S.

Leia mais

MINERAÇÃO, COMUNIDADES E GOVERNOS LOCAIS: É POSSÍVEL CONSTRUIR UMA AGENDA COMUM? Cecilia Balby

MINERAÇÃO, COMUNIDADES E GOVERNOS LOCAIS: É POSSÍVEL CONSTRUIR UMA AGENDA COMUM? Cecilia Balby MINERAÇÃO, COMUNIDADES E GOVERNOS LOCAIS: É POSSÍVEL CONSTRUIR UMA AGENDA COMUM? Cecilia Balby 13º Congresso Brasileiro de Mineração - Setembro 2009 Esta apresentação Razões e objetivos Iniciativas (revisão

Leia mais

Maria Rosário Bernardo, Doutoranda na Universidade de Lille Gestão de Projetos no Setor Público Desafios e Oportunidades

Maria Rosário Bernardo, Doutoranda na Universidade de Lille Gestão de Projetos no Setor Público Desafios e Oportunidades Agenda 15h00 15h15 15h45 Boas vindas e enquadramento espap A Governação de Projetos no Setor Público Melhor Estado, Maior valor entregue à sociedade Nuno Ponces de Carvalho, Perito Internacional na área

Leia mais

Overview of the GHG Protocol. - Rachel Biderman

Overview of the GHG Protocol. - Rachel Biderman Overview of the GHG Protocol - Rachel Biderman O Greenhouse Gas Protocol O GHG Protocol foi lançado em 1998 por Parceria multi-stakeholder entre empresários, ONGs, governos e outros Objetivos Simplificar

Leia mais

ERASMUS+ PROGRAM 2015/16 Degree Year Sem. Code Subject Subject (English) ECTS Notes

ERASMUS+ PROGRAM 2015/16 Degree Year Sem. Code Subject Subject (English) ECTS Notes ERASMUS+ PROGRAM 2015/16 Degree Year Sem. Code Subject Subject (English) ECTS Notes Busin. Manag. 1º 1 LGE1104 Contabilidade Empresarial I Business Accounting I 6 Not available in English Busin. Manag.

Leia mais

Asseguração de Relatórios de Sustentabilidade Denise Saboya 23 de setembro de 2009

Asseguração de Relatórios de Sustentabilidade Denise Saboya 23 de setembro de 2009 Asseguração de Relatórios de Sustentabilidade Denise Saboya 23 de setembro de 2009 Relembrando conceitos de sustentabilidade Desenvolvimento Econômico Responsabilidade Social Maximização do retorno do

Leia mais

(Environmental and Social Assessments and Audits / Due Diligences)

(Environmental and Social Assessments and Audits / Due Diligences) (Environmental and Social Assessments and Audits / Due Diligences) Agências Multilaterais Fundos de governos de países desenvolvidos para financiar projetos públicos e privados visando ao desenvolvimento

Leia mais

Gestão de Projectos Normalização

Gestão de Projectos Normalização Gestão de Projectos 10 razões para o uso de Normas 1. Melhora os Produtos e Serviços 2. Atrai Novos Clientes 3. Aumenta a Competitividade 4. Sugere Mais Confiança ao Negócio 5. Diminui os Erros 6. Reduz

Leia mais

Glossário BiSL. Bert Pranger / Michelle Hofland 28 Maio 2012 Versão 1.0-1 -

Glossário BiSL. Bert Pranger / Michelle Hofland 28 Maio 2012 Versão 1.0-1 - Glossário BiSL Bert Pranger / Michelle Hofland 28 Maio 2012 Versão 1.0-1 - 1. Glossário de Terminologia Terminologia em Inglês Terminologia em Português BiSL processes Processos de BiSL Business data management

Leia mais

Governança Corporativa Profa. Patricia Maria Bortolon

Governança Corporativa Profa. Patricia Maria Bortolon Governança Corporativa Desenvolvimento dos Códigos de Boas Práticas no Mundo Aula 3 O crescimento dos Códigos de Governança Durante a última década, todo ano uma série de novos códigos e revisões são introduzidos

Leia mais

Christopher Wells Member, GRI Stakeholders Council

Christopher Wells Member, GRI Stakeholders Council Christopher Wells Member, GRI Stakeholders Council Global Reporting Initiative Contabilidade financeira: Generally accepted accounting principles (GAAP) Objetivo do GRI: Generally accepted sustainability

Leia mais

SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata:

SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata: SAP Multinacional alemã de tecnologia, líder global em software de gestão de processos, contrata: Vaga: Estagiário Área Jurídica Área: Legal Department O Departamento Jurídico é uma área dinâmica que possui

Leia mais

egovernment The Endless Frontier

egovernment The Endless Frontier CENTRO DE GESTÃO DA REDE INFORMÁTICA DO GOVERNO (Management Center for the Electronic Government Network) egovernment The Endless Frontier Alexandre Caldas 29 th June 2010 Summary VISION AND LEADERSHIP

Leia mais

Sustentabilidade: Estratégia e Ética de Novos Negócios

Sustentabilidade: Estratégia e Ética de Novos Negócios DEG Deutsche Investitions- und Entwicklungsgesellschaft mbh Sustentabilidade: Estratégia e Ética de Novos Negócios Parceiro de Longo Prazo para Países em Desenvolvimento Nosso negócio é o Desenvolvimento

Leia mais

Federal Court of Accounts Brazil (TCU) Auditing Climate Change Policies

Federal Court of Accounts Brazil (TCU) Auditing Climate Change Policies Federal Court of Accounts Brazil (TCU) Auditing Climate Change Policies JUNNIUS MARQUES ARIFA Head of Department of Agriculture and Environmental Audit TCU s mandate and jurisdiction 1. Role of Supreme

Leia mais

DEVELOPMENT: WORKING FOR A BETTER TOMORROW.

DEVELOPMENT: WORKING FOR A BETTER TOMORROW. INTERNATIONAL DEVELOPMENT: WORKING FOR A BETTER TOMORROW. Alguns projectos: Sistema de Gestão de Recursos Humanos da Administração Pública (Governo de Timor-Leste) Sistema de gestão municipal SIGEM (Conselho

Leia mais

NUCLEARINSTALLATIONSAFETYTRAININGSUPPORTGROUP DISCLAIMER

NUCLEARINSTALLATIONSAFETYTRAININGSUPPORTGROUP DISCLAIMER NUCLEARINSTALLATIONSAFETYTRAININGSUPPORTGROUP DISCLAIMER Theinformationcontainedinthisdocumentcannotbechangedormodifiedinanywayand shouldserveonlythepurposeofpromotingexchangeofexperience,knowledgedissemination

Leia mais

Salud Brasil SECRETARIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE

Salud Brasil SECRETARIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE Salud Brasil SECRETARIA DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE IV EXPOEPI International Perspectives on Air Quality: Risk Management Principles for Oficina de Trabalho: Os Desafios e Perspectivas da Vigilância Ambiental

Leia mais

Fórum Permanente de Micro e Pequenas Empresas. Comitê de Comércio Exterior. Brasília Julho de 2011

Fórum Permanente de Micro e Pequenas Empresas. Comitê de Comércio Exterior. Brasília Julho de 2011 Fórum Permanente de Micro e Pequenas Empresas Comitê de Comércio Exterior Brasília Julho de 2011 BALANÇA BRASILEIRA DE COMÉRCIO EXTERIOR DE BENS E SERVIÇOS* US$ Bilhões BRAZILIAN FOREIGN TRADE IN GOODS

Leia mais

Auditoria em Empresa Internacionalizada Prioridades, linha de reporte e ação: a AUDITORIA INTERNA NO CONBRAI 2009.

Auditoria em Empresa Internacionalizada Prioridades, linha de reporte e ação: a AUDITORIA INTERNA NO CONBRAI 2009. Auditoria em Empresa Internacionalizada Prioridades, linha de reporte e ação: a Caso FIAT AUDITORIA INTERNA NO CONBRAI 2009. DAVIDE NICASTRO FIAT REVI / Grupo FIAT Caso FIAT Modelo de controle interno

Leia mais

XXI Conferência Anual - IPAI

XXI Conferência Anual - IPAI XXI Conferência Anual - IPAI Desenvolvimento do Plano de Auditoria Interna Lisboa, VIP Grand Lisboa Hotel & Spa 20 Novembro 2014 AGENDA 1.Etapas que precedem o Desenvolvimento do Plano 2.Desenvolvimento

Leia mais

SCORE INNOVATION Corporate Profile Luanda Maputo, 1 de Novembro 2012

SCORE INNOVATION Corporate Profile Luanda Maputo, 1 de Novembro 2012 New Standards for Business SCORE INNOVATION Corporate Profile Luanda Maputo, 1 de Novembro 2012 Quem Somos A SCORE INNOVATION é uma empresa que tem como objecto social a prestação de serviços em consultoria,

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais UNIDADE CURRICULAR Qualidade Total e Gestão das Operações MESTRADO Gestão Negócios ANO E

Leia mais

Notas de orientação 18 sobre a participação de Empresas Estatais nos Requisitos de Relatório da EITI 3.6, 4.1(c) e 4.2(c)

Notas de orientação 18 sobre a participação de Empresas Estatais nos Requisitos de Relatório da EITI 3.6, 4.1(c) e 4.2(c) Estas notas foram publicadas pela Secretaria Internacional da EITI para oferecer orientação para os países implementadores sobre como satisfazer os requisitos do Padrão da EITI. Aconselhamos os leitores

Leia mais

Empresas e as mudanças climáticas

Empresas e as mudanças climáticas Empresas e as mudanças climáticas O setor empresarial brasileiro, por meio de empresas inovadoras, vem se movimentando rumo à economia de baixo carbono, avaliando seus riscos e oportunidades e discutindo

Leia mais

Technical Reporting Requirements

Technical Reporting Requirements Technical Reporting Requirements Exploration Phase Osvair Trevisan Superintendent of Exploration Agência Nacional do Petróleo Concession Agreement Concession Agreement Signing Exploration Phase Begins

Leia mais

O Desafio de fazer o RH Estratégico. José Ricardo Amaro Diretor de Recursos Humanos

O Desafio de fazer o RH Estratégico. José Ricardo Amaro Diretor de Recursos Humanos O Desafio de fazer o RH Estratégico José Ricardo Amaro Diretor de Recursos Humanos AGENDA 1 2 3 4 Institucional Edenred Nossa Visão de RH e o Valor da Empresa Fatores Chaves de Sucesso Alinhamento Estratégico

Leia mais

Relatório Final do Grupo de Assessoria Internacional da EITI. Relatório Final. Grupo de Assessoria Internacional (International Advisory Group IAG)

Relatório Final do Grupo de Assessoria Internacional da EITI. Relatório Final. Grupo de Assessoria Internacional (International Advisory Group IAG) Relatório Final Grupo de Assessoria Internacional (International Advisory Group IAG) 1 Índice Página Prefácio 3 Resumo Geral 5 Introdução 8 o EITI: Origem e Objectivo 8 o Os Princípios da EITI 9 o Os Critérios

Leia mais

BCS Expertise para preencher

BCS Expertise para preencher BCS Expertise para preencher papéis-chave do projeto Serviço Symantec que ajuda a Suportar seu Negócio Hugo Saadi Serviços de Informática Itaú BBA Agenda Overview Institucional Business Critical Services

Leia mais

Enterprise Europe - Portugal

Enterprise Europe - Portugal Enterprise Europe - Portugal Oportunidades de Cooperação Internacional Agência de Inovação Bibiana Dantas Lisboa, 5-Jun-2012 Enterprise Europe Portugal Jun 2012 2 A União Europeia é um mercado de oportunidades!

Leia mais

14 th Americas School of Mines

14 th Americas School of Mines GAAP no Brasil (CPC) Leandro Ardito Agenda Práticas contábeis adotadas no Brasil: visão geral e convergência com IFRS Norma internacional (IFRS 6) Políticas contábeis aplicadas pela indústria de mineração

Leia mais

ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações

ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 versão DIS Principais alterações Raquel Silva 02 Outubro 2014 ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 ISO 9001:2015 e ISO 14001:2015 PUBLICAÇÃO DIS: - Draft International Standard

Leia mais

Rodrigo B. Neves, PMP Diretor Gerência de Projetos - Flag IntelliWan rbneves@flag.com.br MSN: rodrigo_neves@hotmail.com

Rodrigo B. Neves, PMP Diretor Gerência de Projetos - Flag IntelliWan rbneves@flag.com.br MSN: rodrigo_neves@hotmail.com Infocon 2004 Rodrigo B. Neves, PMP Diretor Gerência de Projetos - Flag IntelliWan rbneves@flag.com.br MSN: rodrigo_neves@hotmail.com Agenda Definição; Histórico; Governança Coorporativa de TI; O Modelo

Leia mais

A Norma ISO 14064 Mudanças Climáticas. Vitor Feitosa Coordenador do SC-09 da ABNT/CB-38

A Norma ISO 14064 Mudanças Climáticas. Vitor Feitosa Coordenador do SC-09 da ABNT/CB-38 A Norma ISO 14064 Mudanças Climáticas Vitor Feitosa Coordenador do SC-09 da ABNT/CB-38 ISO WG5 Mudanças Climáticas ISO TC 207 - Environmental Management Working Group 5 Mudanças Climáticas Implantado em

Leia mais

Id: 39464 (33 years)

Id: 39464 (33 years) Foto não disponível Id: 39464 (33 years) DADOS PESSOAIS: Gênero: Masculino Data de nascimento: 12/01/1982 País: Mozambique, Região: Maputo, Cidade: Maputo Ver CV completo Grave o CV TRABALHO DESEJADO:

Leia mais

O papel do MBA na carreira do executivo

O papel do MBA na carreira do executivo O papel do MBA na carreira do executivo Renata Fabrini 09.03.2010 CONFERÊNCIA ANAMBA E ENCONTRO REGIONAL LATINO AMERICANO DO EMBA COUNCIL 2010 sobre a Fesa maior empresa consultoria especializada com atuação

Leia mais

Desenvolvimento Local: Qualificação de Capital Social Timothy Koehnen UTAD-DESG-CETRAD

Desenvolvimento Local: Qualificação de Capital Social Timothy Koehnen UTAD-DESG-CETRAD Desenvolvimento Local: Qualificação de Capital Social Timothy Koehnen UTAD-DESG-CETRAD Desenvolvimento Local Development as the process of social change which has at its goal the improvement in the quality

Leia mais

PROJECTO ÂNCORA QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO NO SECTOR DAS TICE. Qualificação e Certificação em Gestão de Serviços de TI

PROJECTO ÂNCORA QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO NO SECTOR DAS TICE. Qualificação e Certificação em Gestão de Serviços de TI Pólo de Competitividade das Tecnologias de Informação, Comunicação e Electrónica TICE.PT PROJECTO ÂNCORA QUALIFICAÇÃO E CERTIFICAÇÃO NO SECTOR DAS TICE Qualificação e Certificação em Gestão de Serviços

Leia mais

O valor da Auditoria Interna e imperativos para o sucesso.

O valor da Auditoria Interna e imperativos para o sucesso. O valor da Auditoria Interna e imperativos para o sucesso. 29 de julho de 2011 Como Mensurar o Trabalho da Auditoria Interna e Demonstrar o Quanto a Área Agrega Valor para a Empresa Walter Batlouni Jr

Leia mais

TERCEIRA CHAMADA GLOBAL DE PROPOSTAS. Sessão de Orientação BRASIL 7 de Julho de 2015

TERCEIRA CHAMADA GLOBAL DE PROPOSTAS. Sessão de Orientação BRASIL 7 de Julho de 2015 TERCEIRA CHAMADA GLOBAL DE PROPOSTAS Sessão de Orientação BRASIL 7 de Julho de 2015 O que é o GPSA? O GPSA apoia a sociedade civil e governos para trabalharem em conjunto a fim de resolver problemas críticos

Leia mais

OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS E INVESTIMENTOS ATRAVÉS DO GERENCIAMENTO DE PROGRAMAS CONSULTORIA

OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS E INVESTIMENTOS ATRAVÉS DO GERENCIAMENTO DE PROGRAMAS CONSULTORIA OTIMIZAÇÃO DE RECURSOS E INVESTIMENTOS ATRAVÉS DO GERENCIAMENTO DE PROGRAMAS CONSULTORIA SOBRE A CONSULTORIA Alcance melhores resultados através da gestão integrada de projetos relacionados ou que compartilham

Leia mais

DUARTE PAULO TEIXEIRA DE AZEVEDO

DUARTE PAULO TEIXEIRA DE AZEVEDO DUARTE PAULO TEIXEIRA DE AZEVEDO March 2011 DUARTE PAULO TEIXEIRA DE AZEVEDO CURRICULUM VITAE PERSONAL DATA PLACE OF BIRTH: Oporto DATE OF BIRTH: 31 12 1965 MARRIED TO: Nicole Katharina Gerkrath de Azevedo

Leia mais

Institutional Skills. Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS. Passo a passo. www.britishcouncil.org.br

Institutional Skills. Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS. Passo a passo. www.britishcouncil.org.br Institutional Skills Sessão informativa INSTITUTIONAL SKILLS Passo a passo 2 2 British Council e Newton Fund O British Council é a organização internacional do Reino Unido para relações culturais e oportunidades

Leia mais

2003 / 2007 SaeR, Lda. Consultor de Estratégia e Competitividade

2003 / 2007 SaeR, Lda. Consultor de Estratégia e Competitividade Habilitações Académicas Qualificações Licenciatura em Gestão de Empresas pelo Instituto Superior de Economia e Gestão da Universidade Técnica de Lisboa, concluída em 1995. Frequência do 3º ano da licenciatura

Leia mais

THE BRAZILIAN PUBLIC MINISTRY AND THE DEFENSE OF THE AMAZONIAN ENVIRONMENT

THE BRAZILIAN PUBLIC MINISTRY AND THE DEFENSE OF THE AMAZONIAN ENVIRONMENT THE BRAZILIAN PUBLIC MINISTRY AND THE DEFENSE OF THE AMAZONIAN ENVIRONMENT Raimundo Moraes III Congresso da IUCN Bangkok, November 17-25 2004 ENVIRONMENTAL PROTECTION IN BRAZIL The Constitution states

Leia mais

Seguro Riscos Políticos e Soluções para Melhora de Crédito

Seguro Riscos Políticos e Soluções para Melhora de Crédito Seguro Riscos Políticos e Soluções para Melhora de Crédito 1. MIGA e o Grupo Banco Mundial 2. Soluções para Reforço de Credito Estudo de Caso : Usina Hidrelétrica de Cambambe, Angola 3. Riscos Políticos

Leia mais

SOBRE O WORKSHOP [ WORKSHOP

SOBRE O WORKSHOP [ WORKSHOP WORKSHOP [ WORKSHOP SOBRE O WORKSHOP O PMDome é um treinamento muito dinâmico e prático em gerenciamento de projetos onde os participantes são divididos em times que, em uma competição desafiadora e animada,

Leia mais

AGENDA 2015 ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 4 DE JUNHO DE 2015

AGENDA 2015 ÚLTIMA ATUALIZAÇÃO: 4 DE JUNHO DE 2015 Dia Nome do Evento Realizador Local Junho 01 USDA Produce Inspection Training Program > mais United Fresh Produce Association Fredericksburg, VA Conversation with Alicia Bárcena, Exectutive Secretary of

Leia mais

ENGAJAMENTO COM STAKEHOLDERS. III Seminário do Programa Brasileiro de Certificação em Responsabilidade Social 11/06/13 Tarcila Reis Ursini

ENGAJAMENTO COM STAKEHOLDERS. III Seminário do Programa Brasileiro de Certificação em Responsabilidade Social 11/06/13 Tarcila Reis Ursini ENGAJAMENTO COM STAKEHOLDERS III Seminário do Programa Brasileiro de Certificação em Responsabilidade Social 11/06/13 Tarcila Reis Ursini Sustentabilidade: por amor, por dor ou por inteligência? PROPÓSITO

Leia mais

22 de Fevereiro de 2013. Formação a Técnicos Autárquicos

22 de Fevereiro de 2013. Formação a Técnicos Autárquicos 22 de Fevereiro de 2013 Formação a Técnicos Autárquicos Certificações Internacionais Certificação AA1000 (Accountability 1000) É uma norma que define as melhores práticas para prestação de contas para

Leia mais

BREVE CURRÍCULO. HABIL. ACADÉMICAS:. Licenciatura em Economia (1978), pelo Instituto Superior de Economia (Média: 16 valores);

BREVE CURRÍCULO. HABIL. ACADÉMICAS:. Licenciatura em Economia (1978), pelo Instituto Superior de Economia (Média: 16 valores); BREVE CURRÍCULO NOME. Vítor Bento NASCIMENTO:. 25-06-1954 HABIL. ACADÉMICAS:. Licenciatura em Economia (1978), pelo Instituto Superior de Economia (Média: 16 valores);. Mestrado em Filosofia (2003), na

Leia mais

Desenvolvimento com Finanças Sustentáveis

Desenvolvimento com Finanças Sustentáveis Desenvolvimento com Finanças Sustentáveis 20 º CAROS (AS) LEITORES (AS), Em junho de 2007, a FEBRABAN - Federação Brasileira de Bancos deu início a uma série de cafés da manhã com o objetivo de discutir

Leia mais

Challenges and lessons learned from the Surui Forest Carbon Project, Brazilian Amazon. Pedro Soares / IDESAM

Challenges and lessons learned from the Surui Forest Carbon Project, Brazilian Amazon. Pedro Soares / IDESAM Challenges and lessons learned from the Surui Forest Carbon Project, Brazilian Amazon Pedro Soares / IDESAM Project Proponent & Partners Proponent: Support and supervise the project activities and will

Leia mais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais

UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais UNIVERSIDADE CATÓLICA PORTUGUESA Centro Regional das Beiras Departamento de Economia, Gestão e Ciências Sociais UNIDADE CURRICULAR Competitividade, Planeamento e Controlo nos Serviços de Saúde MESTRADO

Leia mais

MESTRADO EM CONTABILIDADE 2006-2007

MESTRADO EM CONTABILIDADE 2006-2007 MESTRADO EM CONTABILIDADE 2006-2007 PROGRAMA DAS DISCIPLINAS 1 DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS 1º TRIMESTRE Financial Reporting e Normas Internacionais - Harmonização contabilística internacional - Estrutura

Leia mais

Open Government Partnership. Roberta Solis Ribeiro Assessoria para Assuntos Internacionais - CGU

Open Government Partnership. Roberta Solis Ribeiro Assessoria para Assuntos Internacionais - CGU Open Government Partnership Roberta Solis Ribeiro Assessoria para Assuntos Internacionais - CGU Conselho da Transparência - Brasília 16 de junho de 2011 Open Government Partnership Assembleia Geral das

Leia mais

Implementação de Ferramentas de Gestão SOX ISO 20000 ISO 27001. Susana Carias Lisboa, 24 de Outubro de 2008

Implementação de Ferramentas de Gestão SOX ISO 20000 ISO 27001. Susana Carias Lisboa, 24 de Outubro de 2008 Implementação de Ferramentas de Gestão SOX ISO 20000 ISO 27001 Susana Carias Lisboa, 24 de Outubro de 2008 Agenda Introdução Desafio 1º passo Problemática ISO 27001 ISO 20000 Conclusões 2 Agenda Introdução

Leia mais

Curriculum Vitae. Elementos de Identificação. Habilitações Literárias

Curriculum Vitae. Elementos de Identificação. Habilitações Literárias Curriculum Vitae Elementos de Identificação Nome: Manuel Ricardo Fontes da CUNHA Filho de: Joaquim Manuel Martins da Cunha e de Maria Conceição Costa Castro e Fontes da Cunha Natural da Freguesia de: Nevogilde,

Leia mais

COSME - Programa Europeu para a competitividade das empresas e das PME

COSME - Programa Europeu para a competitividade das empresas e das PME COSME - Programa Europeu para a competitividade das empresas e das PME ENTERPRISE EUROPE NETWORK - PORTUGAL Escola Superior Agrária de Ponte do Lima, 17 de Julho de 2014 European Commission Enterprise

Leia mais

Especialistas em Consultoria à EF e Protocolo Familiar

Especialistas em Consultoria à EF e Protocolo Familiar Especialistas em Consultoria à EF e Protocolo Familiar Helena McDonnell e Magda Gabriel Especialistas em Consultoria à EF e Protocolo Familiar Cambridge Institute Página 1 Especialistas em Consultoria

Leia mais

POLÍTICAS DE SALVAGUARDA DO BANCO MUNDIAL PROPOSTA DE REVISÃO E ATUALIZAÇÃO DOCUMENTO DE ENFOQUE. 10 de outubro de 2012

POLÍTICAS DE SALVAGUARDA DO BANCO MUNDIAL PROPOSTA DE REVISÃO E ATUALIZAÇÃO DOCUMENTO DE ENFOQUE. 10 de outubro de 2012 POLÍTICAS DE SALVAGUARDA DO BANCO MUNDIAL PROPOSTA DE REVISÃO E ATUALIZAÇÃO DOCUMENTO DE ENFOQUE 10 de outubro de 2012 Este documento é uma tradução das Políticas de Salvaguarda do Banco Mundial Proposta

Leia mais

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA AGRICULTURA PROGRAMA DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO RURAL NAS PROVINCIAS DE MANICA E SOFALA - PADR

REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA AGRICULTURA PROGRAMA DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO RURAL NAS PROVINCIAS DE MANICA E SOFALA - PADR REPÚBLICA DE MOÇAMBIQUE MINISTÉRIO DA AGRICULTURA PROGRAMA DE APOIO AO DESENVOLVIMENTO RURAL NAS PROVINCIAS DE MANICA E SOFALA - PADR Concurso com Previa Qualificação Convite para a Manifestação de Interesse

Leia mais

Estudo de Remuneração 2015

Estudo de Remuneração 2015 2015 BANKING Temporary & permanent recruitment www.pagepersonnel.pt Editorial Page Personnel ir ao encontro do talento A Page Personnel recruta para os seus clientes os melhores perfis qualificados, sendo

Leia mais

Programas das Unidades Curriculares Mestrado em Contabilidade

Programas das Unidades Curriculares Mestrado em Contabilidade Programas das Unidades Curriculares Mestrado em Contabilidade Contabilidade de Gestão Avançada O papel da Contabilidade de Gestão nas organizações; Introdução aos conceitos e objectivos dos custos; Imputação

Leia mais

Page 1. Gestão da Mudança. Tópicos. Evolução das Organizações. As organizações COM FUTURO Network. As 5 Disciplinas (Peter M.

Page 1. Gestão da Mudança. Tópicos. Evolução das Organizações. As organizações COM FUTURO Network. As 5 Disciplinas (Peter M. Tópicos A evolução das organizações A Learning Organization as 5 disciplinas Mudança organizacional Reengenharia dos Processos de Negócio e Sistemas de Informação José Cruz Filipe JCFilipe 1 JCFilipe 2

Leia mais

GERENCIAMENTO DE PORTFÓLIO DE PROJETOS E INVESTIMENTOS CONSULTORIA

GERENCIAMENTO DE PORTFÓLIO DE PROJETOS E INVESTIMENTOS CONSULTORIA GERENCIAMENTO DE PORTFÓLIO DE PROJETOS E INVESTIMENTOS CONSULTORIA SOBRE A CONSULTORIA Como realizar inúmeros projetos potenciais com recursos limitados? Nós lhe mostraremos a solução para este e outros

Leia mais

Melhorando o ambiente de negócios por meio da transparência no Estado de São Paulo Dentro do MoU (Memorando de Entendimento) que o Governo do Estado tem com o Reino Unido estão sendo promovidos vários

Leia mais

B2G Exchange Prof. Yoshiaki Nakano FGV/EAESP January 2002

B2G Exchange Prof. Yoshiaki Nakano FGV/EAESP January 2002 Clique para editar o estilo do B2G Exchange Prof. Yoshiaki Nakano FGV/EAESP January 2002 1 E-Government: New Paradigm Clique para editar o estilo do New Information Technology, Networked Computing e Digital

Leia mais

Será que as Taxas de Juro das Instituições de Microfinanças, em Moçambique, são muito elevadas?

Será que as Taxas de Juro das Instituições de Microfinanças, em Moçambique, são muito elevadas? Será que as Taxas de Juro das Instituições de Microfinanças, em Moçambique, são muito elevadas? Nota preparada por Sandra Bila e John Rand Direcção Nacional de Estudos e Análise de Políticas (DNEAP) De

Leia mais

Metodologias para medir pegada carbônica. Stephen Russell World Resources Institute

Metodologias para medir pegada carbônica. Stephen Russell World Resources Institute Metodologias para medir pegada carbônica Stephen Russell World Resources Institute O que é uma pegada carbônica? Empresa Fonte Instalação GHG Protocol Inventário Nacional Ferramentas de cálculo GHG Protocol

Leia mais

Estudo de Remuneração 2015

Estudo de Remuneração 2015 2015 SECRETARIAL & MANAGEMENT SUPPORT Temporary & permanent recruitment www.pagepersonnel.pt Editorial Page Personnel ir ao encontro do talento A Page Personnel recruta para os seus clientes os melhores

Leia mais

Governança Corporativa e Sustentabilidade. Carlos Eduardo Lessa Brandão celb@iname.com (11) 9221-7444

Governança Corporativa e Sustentabilidade. Carlos Eduardo Lessa Brandão celb@iname.com (11) 9221-7444 Governança Corporativa e Sustentabilidade Carlos Eduardo Lessa Brandão celb@iname.com (11) 9221-7444 Londrina, 21 de outubro de 2010 Conteúdo Governança Corporativa Sustentabilidade Cooperativas IBGC Perguntas

Leia mais

Review e dos Benefícios

Review e dos Benefícios Process Improvement Project: Customer Engagement Workflow Visão do Visio 2010 Sales Representative 1.1 Handle Request Status Inactive 2 2.1 Assess Technical Feasibility Status Inactive 3 2.2 Assess Financial

Leia mais

Sourcing Travel Management Services. Patrocinado por

Sourcing Travel Management Services. Patrocinado por Sourcing Travel Management Services Patrocinado por February 2009 Components Moderator: Ricardo Mandarino Santander, Brasil Panelists: Robert Suquet DuPont, América Latina Paulo Lima TSA, Brasil Federico

Leia mais

COACHING E MENTORING EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS CONSULTORIA

COACHING E MENTORING EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS CONSULTORIA COACHING E MENTORING EM GERENCIAMENTO DE PROJETOS CONSULTORIA SOBRE A CONSULTORIA Assegure resultados superiores do seu time de projetos e dos executivos com o coaching e mentoring exclusivo da Macrosolutions.

Leia mais

Research Institute: Experience of Surviving Transferring Knowledge to Society

Research Institute: Experience of Surviving Transferring Knowledge to Society Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores: Investigação e Desenvolvimento em Lisboa http://www.inesc-id.pt Research Institute: Experience of Surviving Transferring Knowledge to Society Leonel

Leia mais

Sucessos, Fracassos e Replicação de Inovações Sociotécnicas: Implicações dos estudos de caso do projeto DESAFIO.

Sucessos, Fracassos e Replicação de Inovações Sociotécnicas: Implicações dos estudos de caso do projeto DESAFIO. Sucessos, Fracassos e Replicação de Inovações Sociotécnicas: Implicações dos estudos de caso do projeto DESAFIO. SISAR Ceará Brazil Recife Brazil Baixada Fluminense Brazil La Voragine Colombia Mondomo

Leia mais

Gestão do Risco Operacional

Gestão do Risco Operacional www.pwc.pt/academia Gestão do Risco Operacional 2ª Edição Lisboa, 13 e 14 de março de 2013 Academia da PwC Considerando que existe um conjunto de factores na questão da gestão de risco operacional, é importante

Leia mais

Gerenciamento de Projetos Fundamentos

Gerenciamento de Projetos Fundamentos Gerenciamento de Fundamentos MBA EM GESTÃO DE PROJETOS - EMENTAS Definição de Projeto. Contexto e Evolução do Gerenciamento de. Areas de conhecimento e os processos de gerenciamento do PMI - PMBoK. Ciclo

Leia mais

MBA EM GESTÃO DO MARKETING ESTRATÉGICO - EMENTAS

MBA EM GESTÃO DO MARKETING ESTRATÉGICO - EMENTAS MBA EM GESTÃO DO MARKETING ESTRATÉGICO - EMENTAS Branding Corporativo O que é Branding. O que é uma marca. História da Marcas. Naming. Arquitetura de Marcas. Tipos de Marcas. Brand Equity. Gestão de Marcas/Branding.

Leia mais

COMUNICAÇÃO, GESTÃO E PLANO DE RECUPERAÇÃO DE PROJETOS EM CRISE CONSULTORIA

COMUNICAÇÃO, GESTÃO E PLANO DE RECUPERAÇÃO DE PROJETOS EM CRISE CONSULTORIA COMUNICAÇÃO, GESTÃO E PLANO DE RECUPERAÇÃO DE PROJETOS EM CRISE CONSULTORIA SOBRE A CONSULTORIA Minimize os impactos de um projeto em crise com a expertise de quem realmente conhece o assunto. A Macrosolutions

Leia mais

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO DE GESTÃO DE PROJETOS

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO DE GESTÃO DE PROJETOS CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO DE GESTÃO DE PROJETOS COORDENADOR ENG.º JOSÉ MIGUEL RODRIGUES GASPAR Índice Designação do Curso... Erro! Marcador não definido. Duração Total... 2 Destinatários... 2 Perfil de saída...

Leia mais

Focus on Mozambique. Antonio Pinto de Abreu Bank of Mozambique

Focus on Mozambique. Antonio Pinto de Abreu Bank of Mozambique Focus on Mozambique Antonio Pinto de Abreu Bank of Mozambique CORPORATE GOVERNANCE NA GESTÃO DAS INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS Enfrentando a Crise Financeira Internacional: O Papel da Boa Governação Corporativa

Leia mais