Sistemas de Informação em Saúde. Informatização da Atenção Básica Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo (SMS-SP)

Save this PDF as:
 WORD  PNG  TXT  JPG

Tamanho: px
Começar a partir da página:

Download "Sistemas de Informação em Saúde. Informatização da Atenção Básica Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo (SMS-SP)"

Transcrição

1 Sistemas de Informação em Saúde Informatização da Atenção Básica Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo (SMS-SP)

2 Contato Cláudio Giulliano Alves da Costa, MD, MSc. Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação Fone:

3 São Paulo em números Conhecendo a realidade...

4 Organização da SMS-SP 5 coordenações regionais 24 supervisões de saúde 5 autarquias

5 Regional Norte Regionais / Coordenadorias/ Número de Unidades Casa Verde 16 Freg/Brasilandia 26 Perus 9 Pirituba 25 Santana 20 Regional Leste Tiradentes 15 E. Matarazzo 18 Guianases 20 Itaim Paulista 22 Itaquera 31 São Mateus 28 São Miguel 24 Tremembe/Jacana 13 V Maria/V Guilherme 18 População: habitantes População: Regional Sudeste Regional Centro-Oeste Aricanduva 12 Ipiranga 29 Jabaquara 13 Butantã 27 Lapa 29 Pinheiros 14 Sé 36 População: Regional Sul Campo Limpo 29 Cidade Ademar 20 Boi Mirim 34 Parelheiros 9 Socorro 24 Sto Amaro 20 População: Mooca 25 Penha 29 V Mariana 31 V Prudente 36 População:

6 Rede SUS do Município de São Paulo Unidades Ambulatoriais TOTAL Unidades Básicas UBS/AMA 399 Ambulatórios de Especialidades - AE/AMA PAM/NGA 32 DST/AIDS 21 SAUDE MENTAL 69 Unidades Hospitalares Hospitais Geral 36 Hospitais Especializados 14 PA - PA/UBS - UBS/AMA 29 Pronto Socorro Geral (municipal) 12 Centro de Parto Normal 1 Outros * 555 de gestão direta da SMS Outras unidades especializadas 17 Laboratório 9 Saúde do Trabalhador 6 Total Geral (555 da SMS) 621

7 Produção SUS do Município de São Paulo Consultas Básicas Internações Consultas Especializadas Atendimentos de Urgência Procedimentos de Baixa, Média e Alta Complexidade Fonte: SIA/SUS - SIH/SUS CNES/MS 2005

8 Informatização da Atenção Básica SMS-SP Início do Projeto

9 Modelo de Operação para a Saúde adotado pela SMS-SP através do SIGA Apoio Apoio à Atenção em em Saúde Saúde Protocolos Protocolos Evidências Evidências Conhecimento Gestão Operacional Gestão Clínica Clínica Prontuário Eletrônico do do Paciente Informação no no Ponto Ponto de de Atenção Agregação Agregação de de dados dados não-identificados não-identificados (datawarehousing) (datawarehousing) Gestão Administrativa Gestão da da Qualidade Gestão Estratégica

10 O que é o SIGA? É um projeto da Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo que visa prover um Sistema de Informação integrado e distribuído, voltado para a Gestão Plena do SUS. Um sistema de Prontuário Eletrônico do Paciente (Registro Eletrônico de Saúde) da Prefeitura de São Paulo Um sistema on-line, 100% aberto, baseado em arquitetura de Internet.

11 Visão Esquemática: Informação SMS-SP Gestão (Vigilância, Auditoria, e Faturamento) SMS + SP Internet Regulação (CMC, Leitos, SADT) Registro do Atendimento (Baixa, Média e Alta) PRODAM Acesso AcessoControlado

12 Módulos Essenciais do SIGA Cadastro de Usuários (Cartão SUS) Identifica Pacientes Univocamente e Nacionalmente Cadastro Municipal de Estabelecimentos e Profissionais (CMES) Identificação Unívoca do Profissional de Saúde Identificação Unívoca dos Estabelecimentos de Saúde Regulação do Atendimento Distribuição de Cotas de Acordo com a PPI / FPO Agendamento de Consultas Básicas e de Especialidades Regulação de Consultas de Especialidades, Exames Complementares, Internação, Urgência e Emergência Autorização Prévia de APACs e AIHs Prontuário Eletrônico do Paciente Ambulatorial Integra e Distribui os Dados de Atenção Implementa Inteligência (APACs e Notificações, p. ex.)

13 CADASTRO DE USUÁRIO

14 AGENDAMENTO REGULADO Busca de Vagas pelo AMB ESPEC PEDREIRA Possui cotas somente para agendamento de retornos!! Lista de Vagas disponíveis para agendamento, de acordo com regras da regulação (Pactuações, Regionalização e demais regras de negócio)

15 CENTRAL DE INTERNAÇÃO HOSPITALAR Configuração da Oferta de Leitos Regionalização Busca on-line de Informações da FCES

16 CENTRAL DE INTERNAÇÃO HOSPITALAR Informações para Gestão em Tempo Real Mapa de Leitos e Relatórios

17 REGISTRO DO ATENDIMENTO Dados do CNS Colhe dados do atendimento Atendimento a Gestante Eventos disparados automaticamente Preenchimento Notificação de Laudos compulsória Permite (APAC, visualizar AIH) resumo Utiliza as de informações atendimentos da FCES anteriores para consistências em Toda tempo a real rede assistencial Referência e contra-referência

18 REGISTRO DO ATENDIMENTO Escopo do Registro de Atendimento Atendimento Nível Médio Atendimento Nível Superior Atendimento Agente Comunitário Registro de Coleta de Exames Vacinação Campanha e Rotina Registro de Procedimentos realizados Registro de Realização de Procedimentos de Alto Custo/Complexidade Digitação posterior do Atendimento Dispensação dos Medicamentos Prescritos Emissão do Faturamento Ambulatorial Entre outros

19 Outros Projetos GSS Dispensação de Medicamentos Controle de Estoque das UBS Abastecimento automático no Almoxarifado Central Controle do projeto Remédio em Casa Sistema desenvolvido pela PRODAM Agendamento de Consultas no Estado Agendamento de Consultas de Especialidades nos NGAs Sistema do Call Center da SES Implantado em todas as unidades

20 SIGA em São Paulo Números da Implantação

21 Números de Cadastros Nº de Cadastros de usuários Nº de Usuários cadastrados em Setembro/ Fonte: SMS São Paulo

22 Solicitações de APAC Jan Mar Mai Jul Set Nov jan/06 mar/06 nº Eletrônica de APAC's solicitadas SIGA nº Manual de APAC's solicitadas Papel APAC s já emitidas através do SIGA, sendo só em Setembro de 2006.

23 Números da Agenda Agendamentos / Região / Mês-ano Centro Leste Norte Sudeste Sul Número total acumulado de agendamentos: São mais de agendamentos todos os dias out-04 nov-04 dez-04 jan-05 fev-05 mar-05 abr-05 mai-05 jun-05 jul-05 ago-05 set-05 out-05 nov-05 dez-05 jan-06 fev-06 mar/06

24 Dispensações no GSS prescrições atendidas no sistema desde a sua implantação prescrições em média por dia prescrições realizadas em Setembro/ prescrições do Remédio em Casa desde a implantação 466 prescrições em média por dia do Remédio em Casa prescrições do Remédio em Casa realizadas em Setembro/2006

25 Status Geral da Implantação 372 UBS informatizadas, de um total de 404 Faltam informatizar 170 unidades de saúde (CAPS, Saúde do Idoso, Saúde do Trabalhador...) Agenda de Especialidades em ampliação Duas UBS utilizam o módulo de Prontuário Eletrônico

26 Desafios Atuais Ampliar a capacidade de conectividade das unidades Garantir o investimento contínuo Concluir a implantação em 100% das unidades Integrar com os sistemas do Ministério da Saúde Investir no Datacenter (Servidores) Parceria com outros Municípios e Estados para ampliação do SIGA Desenvolver novos módulos: Acompanhamento dos Contratos das OS Resultados de Exames via Internet Gestão Hospitalar

27 Mensagens O sucesso de um Sistema de Informação depende em 80% das pessoas e somente em 20% da tecnologia. Através do uso adequado da Tecnologia da Informação é possível melhorar a Saúde da População

28 Contato Cláudio Giulliano Alves da Costa, MD, MSc. Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação Fone:

Projeto de Informatização. Como implantar um Sistema de Informação para a Saúde Pública em SP?

Projeto de Informatização. Como implantar um Sistema de Informação para a Saúde Pública em SP? Projeto de Informatização Como implantar um Sistema de Informação para a Saúde Pública em SP? Contato Cláudio Giulliano Alves da Costa, MD, MSc. Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo Assessoria Técnica

Leia mais

Telebrasil 2006. TeleComunicações para a Inclusão Social. Prefeitura Municipal de São Paulo Secretaria Municipal de Saúde (SMS-SP)

Telebrasil 2006. TeleComunicações para a Inclusão Social. Prefeitura Municipal de São Paulo Secretaria Municipal de Saúde (SMS-SP) Telebrasil 2006 PANORAMA DA REGULAÇÃO SMS-SP Diagnóstico Não possui dados sistematizados; TeleComunicações para a Inclusão Social não existe uma uniformidade nas ações; as atividades da área, não estão

Leia mais

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação. Sistemas de Informação no SUS Informação para Gestão

Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação. Sistemas de Informação no SUS Informação para Gestão Assessoria Técnica de Tecnologia da Informação Sistemas de Informação no SUS Informação para Gestão Contato Cláudio Giulliano Alves da Costa, MD, MSc. Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo Assessoria

Leia mais

PADRÕES EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO EM SAÚDE NO BRASIL

PADRÕES EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO EM SAÚDE NO BRASIL 1er Congreso Iberoamericano de Informática Médica M Normalizada PADRÕES EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO EM SAÚDE NO BRASIL Dr. Marivan Santiago Abrahão Presidente HL7 BRASIL Agenda 1. Brasil - the soft power

Leia mais

Sistemas de Informação em Saúde: Um Olhar Crítico. Lincoln de Assis Moura Jr, MSc, PhD lincoln.moura@vidatis.com.br

Sistemas de Informação em Saúde: Um Olhar Crítico. Lincoln de Assis Moura Jr, MSc, PhD lincoln.moura@vidatis.com.br Sistemas de Informação em Saúde: Um Olhar Crítico Lincoln de Assis Moura Jr, MSc, PhD lincoln.moura@vidatis.com.br As 4 Estações do Ano Cerca de 95% dos graduados por Harvard crêem que as 4 estações do

Leia mais

Análise de dados e uso da informação no SUS

Análise de dados e uso da informação no SUS Análise de dados e uso da informação no SUS Contato Cláudio Giulliano Alves da Costa, MD, MSc. Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo E-mail : cgcosta@prefeitura.sp.gov.br ou claudio.giulliano@gmail.com

Leia mais

Revisão Participativa dos Instrumentos de Planejamento e Gestão Urbana do Município de São Paulo

Revisão Participativa dos Instrumentos de Planejamento e Gestão Urbana do Município de São Paulo Revisão Participativa dos Instrumentos de Planejamento e Gestão Urbana do Município de São Paulo Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano - SMDU Departamento de Urbanismo - DEURB Departamento de

Leia mais

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO AGOSTO DE 2013

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO AGOSTO DE 2013 PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO AGOSTO DE 2013 As pessoas que procuraram moradias para alugar em agosto de 2013 encontraram locações com valores mais altos em relação

Leia mais

ATTI - ASSESSORIA TÉCNICA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

ATTI - ASSESSORIA TÉCNICA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO ATTI - ASSESSORIA TÉCNICA DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO A Secretaria Municipal da Saúde, visando a modernização da gestão, investiu na implantação de um Sistema Integrado de Gestão da Assistência à Saúde,

Leia mais

Como a Tecnologia pode democratizar o acesso à saúde

Como a Tecnologia pode democratizar o acesso à saúde Como a Tecnologia pode democratizar o acesso à saúde Smartcity Business América 2015 Curitiba PR Brazil Maio de 2015 Sociedades Inteligentes e Governaça Airton Coelho, MsC, PMP Secretário de Ciência e

Leia mais

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO NOVEMBRO DE 2015

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO NOVEMBRO DE 2015 PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO NOVEMBRO DE 2015 No mês de novembro, os valores médios observados caíram 0,1%, em relação ao mês anterior. No acumulado de 12 meses,

Leia mais

GSUS Sistema de Gestão Hospitalar e Ambulatorial do SUS

GSUS Sistema de Gestão Hospitalar e Ambulatorial do SUS GSUS Sistema de Gestão Hospitalar e Ambulatorial do SUS O sistema GSUS é uma aplicação WEB para gestão operacional da assistência de saúde executada a nível hospitalar ou ambulatorial, tendo como foco

Leia mais

CRAS - Centro de Referência de Assistência Social

CRAS - Centro de Referência de Assistência Social CRAS - Centro de Referência de Assistência Social O Centro de Referência de Assistência Social CRAS é uma unidade pública estatal de base territorial, localizada em áreas de vulnerabilidade social. Executa

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DA SAÚDE DE SÃO PAULO

SECRETARIA MUNICIPAL DA SAÚDE DE SÃO PAULO SECRETARIA MUNICIPAL DA SAÚDE DE SÃO PAULO A Secretaria Municipal da Saúde, gestora do Sistema Único de Saúde no Município, é responsável pela formulação e implantação de políticas, programas e projetos

Leia mais

Estoque de Outorga Onerosa não Residencial

Estoque de Outorga Onerosa não Residencial Estoque de Outorga Onerosa não Residencial Outubro 2013 O relatório sobre o Estoque de Outorga Onerosa é realizado com o objetivo de analisar as informações sobre o estoque de potencial construtivo na

Leia mais

REGULAMENTO OPERACIONAL DA CENTRAL DE REGULAÇÃO CENTRAL DE CONSULTAS E EXAMES ESPECIALIZADOS

REGULAMENTO OPERACIONAL DA CENTRAL DE REGULAÇÃO CENTRAL DE CONSULTAS E EXAMES ESPECIALIZADOS REGULAMENTO OPERACIONAL DA CENTRAL DE REGULAÇÃO CENTRAL DE CONSULTAS E EXAMES ESPECIALIZADOS Aprovado através da Resolução nº 06/CMS/2010, de 09 de março de 2010, Ananindeua PA Capítulo I DO CADASTRAMENTO

Leia mais

Nutrição e dietética:

Nutrição e dietética: O sistema permite o cadastro de vários almoxarifados, e controla os estoques separadamente de cada um, bem como o cadastro de grupos de estocagem, visando o agrupamento dos insumos estocáveis, classificados

Leia mais

MOVIMENTO NOSSA SÃO PAULO GRUPO DE TRABALHO DE ORÇAMENTO DA PREFEITURA DA CIDADE DE SÃO PAULO

MOVIMENTO NOSSA SÃO PAULO GRUPO DE TRABALHO DE ORÇAMENTO DA PREFEITURA DA CIDADE DE SÃO PAULO MOVIMENTO NOSSA SÃO PAULO GRUPO DE TRABALHO DE ORÇAMENTO PROPOSTA DE ORÇAMENTO PARA O ANO 2009 DA PREFEITURA DA CIDADE DE SÃO PAULO Novembro de 2008 RECEITAS Composição da Arrecadação Orçamento 2009 Receita

Leia mais

Município de Guarulhos População: 1.244.518 habitantes

Município de Guarulhos População: 1.244.518 habitantes Município de Guarulhos População: 1.244.518 habitantes 1 2 EQUIPAMENTOS DE SAÚDE NO MUNICÍPIO Hospitais Municipais: 03 Hospitais Estaduais: 02 Hospitais Filantrópicos: 02 Policlínicas: 06 Unidade de Pronto

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 1.72.380,00 0,00 0,00 0,00 361.00,00 22,96 22,96 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl

Leia mais

SÃO PAULO SOB O OLHAR DAS CONSULTORAS NATURA

SÃO PAULO SOB O OLHAR DAS CONSULTORAS NATURA SÃO PAULO SOB O OLHAR DAS CONSULTORAS NATURA Metodologia e Amostra Pesquisa junto às consultoras Natura da cidade de São Paulo. Metodologia quantitativa, questionário auto-preenchido COLETA DOS DADOS Setembro

Leia mais

Módulo Autorizador de Procedimentos

Módulo Autorizador de Procedimentos Módulo Autorizador de Procedimentos Lucia Beatriz de A. L. Alves, César O. Polachini, Miguel L. E. Montania Atech Tecnologias Críticas, São Paulo, SP Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo, São Paulo,

Leia mais

http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2008/prt1559_01_08_2008.html

http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2008/prt1559_01_08_2008.html Página 1 de 5 ADVERTÊNCIA Este texto não substitui o publicado no Diário Oficial da União Ministério da Saúde Gabinete do Ministro PORTARIA Nº 1.559, DE 1º DE AGOSTO DE 2008 Institui a Política Nacional

Leia mais

Atendimento Vivo ATA RP 04/SEMPLA/COBES

Atendimento Vivo ATA RP 04/SEMPLA/COBES Atendimento Vivo ATA RP 04/SEMPLA/COBES Contato de Vendas e Pós-Vendas Telefônica Vivo Business Solutions Plano de Comunicação Vivo x Prefeitura SP 29.01.2015 ESTRUTURA 1- GERENTE DE NEGÓCIOS 2- CONSULTORIA

Leia mais

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO NOVEMBRO DE 2014

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO NOVEMBRO DE 2014 PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO NOVEMBRO DE 2014 Os contratos novos de aluguéis de casas e de apartamentos na capital paulista subiram em média 0,6% em novembro relativamente

Leia mais

Wilson Modesto Pollara Secretário Adjunto da Saúde Do Estado de São Paulo. wpollara@saude.sp.gov.br

Wilson Modesto Pollara Secretário Adjunto da Saúde Do Estado de São Paulo. wpollara@saude.sp.gov.br Wilson Modesto Pollara Secretário Adjunto da Saúde Do Estado de São Paulo wpollara@saude.sp.gov.br ACESSO QUALIDADE CUSTO ATENDER ÀS NECESSIDADES ASSISTENCIAIS A S S I S T Ê N C I A R E G U L A Ç Ã O R

Leia mais

Sistema Integrado de Saúde

Sistema Integrado de Saúde Sistema Integrado de Saúde Além de gerar automaticamente todas as informações obrigatórias para o SUS, o sistema permite a identificação de cada pessoa dentro da sua família, com seu histórico de saúde,

Leia mais

Uma dose de BOM SENSO em tudo o que a gente faz. Alinhamento Comitê 5S maio/07

Uma dose de BOM SENSO em tudo o que a gente faz. Alinhamento Comitê 5S maio/07 Uma dose de BOM SENSO em tudo o que a gente faz. Alinhamento Comitê 5S maio/07 REGRAS DE TRÂNSITO Para maior êxito e qualidade no resultado dos nossos trabalhos, precisamos colaborar no sentido de: Sermos

Leia mais

Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte SISTEMA SAÚDE EM REDE - SISREDE

Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte SISTEMA SAÚDE EM REDE - SISREDE Projeto de Informatização da Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte SISTEMA SAÚDE EM REDE - SISREDE Belo Horizonte Pop. estimada: 2.375.151 hab. (estimativas IBGE 2010) Informatização da Rede

Leia mais

SAÚDE. Coordenador: Liliane Espinosa de Mello

SAÚDE. Coordenador: Liliane Espinosa de Mello Coordenador: Liliane Espinosa de Mello SAÚDE Visão: Que Santa Maria seja o principal Polo na Área de Saúde do interior do Rio Grande do Sul, contribuindo para a melhor qualidade de vida da população da

Leia mais

Projetos desenvolvidos para o Hospital e Maternidade Municipal de Uberlândia e a o Hospital Escola de Uberlândia - UFU

Projetos desenvolvidos para o Hospital e Maternidade Municipal de Uberlândia e a o Hospital Escola de Uberlândia - UFU Projetos desenvolvidos para o Hospital e Maternidade Municipal de Uberlândia e a o Hospital Escola de Uberlândia - UFU AMBULATÓRIO Cadastro de paciente ( caso o paciente já tenha consultado no hospital

Leia mais

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO JUNHO DE 2014.

PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO JUNHO DE 2014. PESQUISA MENSAL DE VALORES DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL CIDADE DE SÃO PAULO JUNHO DE 2014. O mercado de contratos novos de locação residencial realizados em junho na cidade de São Paulo registrou variação de

Leia mais

AME. Levando mais saúde para o cidadão. Junho 2009. PROCERGS - Centro de Soluções em Governo Eletrônico. Prêmio CONIP de Excelência

AME. Levando mais saúde para o cidadão. Junho 2009. PROCERGS - Centro de Soluções em Governo Eletrônico. Prêmio CONIP de Excelência PROCERGS - Centro de Soluções em Governo Eletrônico AME Levando mais saúde para o cidadão Prêmio CONIP de Excelência Categoria: Administração Pública Eficiente e Eficaz - Aplicações Voltadas para o Cidadão

Leia mais

A Saúde de São Paulo entra na era do bit!!!!

A Saúde de São Paulo entra na era do bit!!!! A Saúde de São Paulo entra na era do bit!!!! Medeiros, Rogerio 1, Heloisa Helena A. Corral 2 1 Pós-graduando do Departamento de Informática em Saúde (DIS) da Universidade Federal de São Paulo/Escola Paulista

Leia mais

A Incidência de Homicídios entre a População Jovem Negra no Brasil. 02 de Dezembro de 2015

A Incidência de Homicídios entre a População Jovem Negra no Brasil. 02 de Dezembro de 2015 A Incidência de Homicídios entre a População Jovem Negra no Brasil 02 de Dezembro de 2015 Adolescentes são assassinados na Baixada Fluminense Rio de Janeiro Diário da Manhã 02/10/2015 Estudo mostra que

Leia mais

ANAIS PRODUTIVIDADE DE UMA ASSISTÊNCIA MÉDICA AMBULATORIAL (AMA) DA REGIÃO SUL DA CIDADE DE SÃO PAULO EM 2012

ANAIS PRODUTIVIDADE DE UMA ASSISTÊNCIA MÉDICA AMBULATORIAL (AMA) DA REGIÃO SUL DA CIDADE DE SÃO PAULO EM 2012 PRODUTIVIDADE DE UMA ASSISTÊNCIA MÉDICA AMBULATORIAL (AMA) DA REGIÃO SUL DA CIDADE DE SÃO PAULO EM 2012 RÔMULO PARIS SOARES ( romulo.soares@einstein.br, soaresrp@live.com ) SOCIEDADE BRASILEIRA ISRAELITA

Leia mais

Projeto Saúde On-line

Projeto Saúde On-line Projeto Saúde On-line Sistemas de computadorizados de registro médico e tecnologia de informação em saúde. INTRODUÇÃO: Visando organizar o acesso aos serviços, agilizar processo, impactar na qualidade

Leia mais

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA. Secretaria Municipal da Saúde Centro de Assistência à Saúde

PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA. Secretaria Municipal da Saúde Centro de Assistência à Saúde PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA Secretaria Municipal da Saúde Centro de Assistência à Saúde PREFEITURA MUNICIPAL DE CURITIBA Secretaria Municipal da Saúde Centro de Assistência a Saúde CONTRIBUIÇÃO DA

Leia mais

REGULAÇÃO DO ACESSO À ASSISTÊNCIA

REGULAÇÃO DO ACESSO À ASSISTÊNCIA REGULAÇÃO DO ACESSO À ASSISTÊNCIA Consiste na organização de estruturas, tecnologias e ações dirigidas aos prestadores públicos e privados, gerentes e profissionais de saúde para viabilizar o acesso do

Leia mais

Prontuário Eletrônico do Paciente

Prontuário Eletrônico do Paciente Bem vindo a apresentação Prontuário Eletrônico do Paciente InfoSaúde Cristina Bona 02 UPA s 04 CAPS 04 Policlínicas SMS Florianópolis 51 Unidades Básicas Tela Principal Disponibiliza todos os ícones que

Leia mais

Secretaria de Estado de Saúde Pública UHE BELO MONTE AÇÕES MITIGADORAS NA REGIÃO DE SÁUDE DO XINGU

Secretaria de Estado de Saúde Pública UHE BELO MONTE AÇÕES MITIGADORAS NA REGIÃO DE SÁUDE DO XINGU Secretaria de Estado de Saúde Pública UHE BELO MONTE AÇÕES MITIGADORAS NA REGIÃO DE SÁUDE DO XINGU PLANO BÁSICO AMBIENTAL Saúde Equipamentos de saúde Controle da malária Saúde indígena O Plano de Saúde

Leia mais

DEMONSTRATIVO DE CÁLCULO DE APOSENTADORIA - FORMAÇÃO DE CAPITAL E ESGOTAMENTO DAS CONTRIBUIÇÕES

DEMONSTRATIVO DE CÁLCULO DE APOSENTADORIA - FORMAÇÃO DE CAPITAL E ESGOTAMENTO DAS CONTRIBUIÇÕES Página 1 de 28 Atualização: da poupança jun/81 1 133.540,00 15,78 10,00% 13.354,00 10,00% 13.354,00 26.708,00-0,000% - 26.708,00 26.708,00 26.708,00 jul/81 2 133.540,00 15,78 10,00% 13.354,00 10,00% 13.354,00

Leia mais

Seminário de Doenças Crônicas

Seminário de Doenças Crônicas Seminário de Doenças Crônicas LINHA DE CUIDADO DE HIPERTENSÃO ARTERIAL E DIABETES EXPERIÊNCIA DE DIADEMA SP Dra Lidia Tobias Silveira Assistente Gabinete SMS Diadema Linha de cuidado de HAS e DM Experiência

Leia mais

Uso de Serviços Públicos de Saúde

Uso de Serviços Públicos de Saúde Uso de Serviços Públicos de Saúde Metodologia Pesquisa quantitativa, com aplicação de questionário estruturado através de entrevistas pessoais. OBJETIVO GERAL Levantar junto à população da área em estudo

Leia mais

Fotos: SPTURIS/Caio Silveira e Jefferson Pancieri. Relatório Mensal Março

Fotos: SPTURIS/Caio Silveira e Jefferson Pancieri. Relatório Mensal Março Fotos: SPTURIS/Caio Silveira e Jefferson Pancieri 2012 Relatório Mensal Março OUVIDORIA GERAL Prefeitura da Cidade de São Paulo A Ouvidoria Geral da Cidade de São Paulo registrou 5.290 atendimentos gerais,

Leia mais

Ministério Público Federal Procuradoria da República em Pernambuco

Ministério Público Federal Procuradoria da República em Pernambuco Procedimento Administrativo n. º 1.26.000.000365/2013-03 Promoção de Arquivamento nº 572-2013/MPF/PRPE/AT PROMOÇÃO Cuida-se de processo administrativo instaurado no âmbito desta Procuradoria da República

Leia mais

08/05 DRE Pirituba Subprefeitura Lapa Local Emei Santos Dumont - Rua Diana, 250 - Pompéia Telefone: 3873-6281/ 3864-0999 Horário - 9h às 13h

08/05 DRE Pirituba Subprefeitura Lapa Local Emei Santos Dumont - Rua Diana, 250 - Pompéia Telefone: 3873-6281/ 3864-0999 Horário - 9h às 13h Relação de locais para as plenárias públicas 04/05 DRE - São Mateus Subprefeitura - São Mateus Local - CEU São Mateus - Rua Curumatim, 221 - Parque Boa Esperança Telefone: 11 2732-8117 05/05 DRE - Ipiranga

Leia mais

O PEP: Uma Visão Unificada

O PEP: Uma Visão Unificada O PEP: Uma Visão Unificada Beatriz de Faria Leão, MD, PhD bleao@atech.br Fundação Atech Vidatis Sistemas de Informação em Saúde Rua do Rocio, 351-5º andar - cj 51 04552-000 São Paulo, SP Fone: 11 3053-3770

Leia mais

Aluguéis Residenciais valores por m² de área privativa ou construída.

Aluguéis Residenciais valores por m² de área privativa ou construída. Aluguéis Residenciais valores por m² de área privativa ou construída. Dados por região da Cidade de São Paulo, por número de dormitórios e estado de conservação. 1 DORMITÓRIO 2 DORMITÓRIOS 3 DORMITÓRIOS

Leia mais

Objetivo Principal. Objetivos Secundários

Objetivo Principal. Objetivos Secundários Objetivo Principal O Personal Med Hospitalar foi resultado de um longo esforço de O&M em hospitais de vários portes e regiões do Brasil. O sistema foi concebido a partir do detalhamento de 176 processos

Leia mais

Aluguéis Residenciais valores por m² de área privativa ou construída.

Aluguéis Residenciais valores por m² de área privativa ou construída. Aluguéis Residenciais valores por m² de área privativa ou construída. Dados por região da Cidade de São Paulo, por número de dormitórios e estado de conservação. ALUGUÉIS EM FAIXAS DE VALORES EM R$ POR

Leia mais

A Tecnologia da Informação como Ferramenta de Efetividade na Gestão da Saúde

A Tecnologia da Informação como Ferramenta de Efetividade na Gestão da Saúde A Tecnologia da Informação como Ferramenta de Efetividade na Gestão da Saúde Lincoln de Assis Moura Jr, MSc, DIC, PhD lincoln.a.moura@gmail.com.br 11 8426-6276 Convicção Métodos artesanais são incompatíveis

Leia mais

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10

PRÓ-TRANSPORTE - MOBILIDADE URBANA - PAC COPA 2014 - CT 318.931-88/10 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE Simpl Acum Simpl Acum jul/10 a jun/11 jul/11 12 13 (%) (%) (%) (%) 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 0,00 1/11 AMPLIAÇÃO DA CENTRAL DE ago/11 Simpl Acum Simpl Acum Simpl Acum 14 set/11 15

Leia mais

Abordagens para Drenagem Urbana no Município de São Paulo: Ações de curto e longo prazos

Abordagens para Drenagem Urbana no Município de São Paulo: Ações de curto e longo prazos Abordagens para Drenagem Urbana no Município de São Paulo: Ações de curto e longo prazos Miguel Luiz Bucalem Secretário Municipal de Desenvolvimento Urbano Organização Agosto / 2010 São Paulo e a Bacia

Leia mais

GSUS Sistema de Gestão da Assistência de Saúde do SUS

GSUS Sistema de Gestão da Assistência de Saúde do SUS GSUS Sistema de Gestão da Assistência de Saúde do SUS Sigla do Sistema: GSUS Nome do Sistema: Sistema de Gestão da Assistência de Saúde do SUS Responsável pelo Projeto: Antonio Francisco Peixoto Baptista

Leia mais

A Experiência do HESAP na Implementação do Protocolo TEV: Desafios e Estratégias

A Experiência do HESAP na Implementação do Protocolo TEV: Desafios e Estratégias CULTURA A Experiência do HESAP na Implementação do Protocolo TEV: Desafios e Estratégias 01/10/2014 Drª Monica Pinheiro Enfª Karina Tomassini HOSPITAL ESTADUAL DE SAPOPEMBA Liderança Superintendente Maria

Leia mais

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO Cargo: ENFERMEIRO/ÁREA 1. DESCRIÇÃO SUMÁRIA DO CARGO: Prestar assistência ao paciente e/ou usuário em clínicas, hospitais, ambulatórios, navios, postos de saúde e em domicílio, realizar consultas e procedimentos

Leia mais

Igualdade Racial em São Paulo: Avanços e Desafios

Igualdade Racial em São Paulo: Avanços e Desafios Igualdade Racial em São Paulo: Avanços e Desafios PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO PAULO Fernando Haddad Prefeito Antonio da Silva Pinto Secretário da Secretaria Municipal de Promoção da Igualdade Racial Maurício

Leia mais

TI e a Saúde em Campinas

TI e a Saúde em Campinas Informática de Municípios Associados S/A TI e a Saúde em Campinas Luciano Benato Junho de 2010 Agenda Apresentação IMA Informática de Municípios Associados S/A DIM SIGA Disque-Saúde Informática de Municípios

Leia mais

SOFTWARE DE GERENCIAMENTO DA SECRETARIA DA SAUDE PROJETO DE TRABALHO

SOFTWARE DE GERENCIAMENTO DA SECRETARIA DA SAUDE PROJETO DE TRABALHO SOFTWARE DE GERENCIAMENTO DA SECRETARIA DA SAUDE PROJETO DE TRABALHO INTRODUÇÃO O avanço da tecnologia trouxe inúmeros benefícios à população. Quando usada de maneira saudável e inteligente, auxilia na

Leia mais

Impactos dos ruídos urbanos no cotidiano dos cidadãos paulistanos. Lucila Lacreta Arquiteta Urbanista 27 de abril de 2015

Impactos dos ruídos urbanos no cotidiano dos cidadãos paulistanos. Lucila Lacreta Arquiteta Urbanista 27 de abril de 2015 Impactos dos ruídos urbanos no cotidiano dos cidadãos paulistanos Lucila Lacreta Arquiteta Urbanista 27 de abril de 2015 PSIU no combate à poluição sonora O Programa de Silêncio Urbano (PSIU) da Prefeitura

Leia mais

Quadro da desigualdade em São Paulo

Quadro da desigualdade em São Paulo Quadro da desigualdade em São Paulo CULTURA Acervo de livros infanto-juvenis das bibliotecas municipais per capita Número de livros infanto-juvenis disponíveis em acervos de bibliotecas e pontos de leitura

Leia mais

Resultados da Plataforma dos Centros Urbanos São Paulo 1ª. Edição

Resultados da Plataforma dos Centros Urbanos São Paulo 1ª. Edição Resultados da Plataforma dos Centros Urbanos São Paulo 1ª. Edição Análise das metas municipais 1. Reduzir a mortalidade neonatal precoce 2. Ampliar a cobertura dos programas de atendimento à saúde da família

Leia mais

C.F.A. Controle de Fluxo Assistencial

C.F.A. Controle de Fluxo Assistencial C.F.A. Controle de Fluxo Assistencial Manual Operacional Axial Méd - Rua Comendador Araújo 323 conj 102 Curitiba/Pr Fone 0xx41-3233-0349 EMail: rafe@rafe.com.br juarezr@matrix.com.br Fone 0xx41-9961-5827

Leia mais

SISAM Sistema Integrado de Saúde e Administração de Materiais

SISAM Sistema Integrado de Saúde e Administração de Materiais SISAM Sistema Integrado de Saúde e Administração de Materiais PREFEITURA MUNICIPAL DE SANTOS DEMGI - Departamento de Modernização Administrativa e Gestão da Tecnologia da Informação 126 tipos de especialidades

Leia mais

Configuração e tipologias

Configuração e tipologias OsE s p a ç o sp ú b l i c o ses u ai n f l u ê n c i an ame l h o r i ad aq u a l i d a d ed ev i d a O que são Espaços Públicos? P O espaço público é considerado como aquele que, dentro do território

Leia mais

O PEP como Instrumento de Otimização Clinica Marcos Sobral

O PEP como Instrumento de Otimização Clinica Marcos Sobral O PEP como Instrumento de Otimização Clinica Marcos Sobral São Paulo, 19 de setembro de 2005 Agenda Introdução Desafios MVPEP Formas de acessos Funcionalidades Formulários eletrônicos Índices clínicos

Leia mais

PROPOSTA ORÇAMENTÁRIA 2015 PREFEITURA DE SÃO PAULO

PROPOSTA ORÇAMENTÁRIA 2015 PREFEITURA DE SÃO PAULO PROPOSTA ORÇAMENTÁRIA 2015 PREFEITURA DE SÃO PAULO Projeto de Lei 467/2014 SUMÁRIO I. Resumo das Receitas e Despesas por Categoria Econômica... 3 II. III. IV. Investimentos em Obras e Instalações (Administração

Leia mais

Atenção de Média e Alta Complexidade Hospitalar: Financiamento, Informação e Qualidade. Experiência da Contratualização no Município de Curitiba

Atenção de Média e Alta Complexidade Hospitalar: Financiamento, Informação e Qualidade. Experiência da Contratualização no Município de Curitiba Atenção de Média e Alta Complexidade Hospitalar: Financiamento, Informação e Qualidade Experiência da Contratualização no Município de Curitiba 9º - AUDHOSP Águas de Lindóia Setembro/2010 Curitiba População:1.818.948

Leia mais

Calendário Pós-graduação 2014 - MBA em Gestão de Projetos

Calendário Pós-graduação 2014 - MBA em Gestão de Projetos Calendário Pós-graduação 2014 - MBA em Gestão de Projetos Disciplina Data Início Data fim Atividade acadêmica ENTRADA 1 10/03/2014 20/12/2014 17/03/2014 24/03/2014 Análise de Cenários Econômicos (Disciplina

Leia mais

PASSO A PASSO PARA A EXECUÇÃO DOS PROCEDIMENTOS CIRÚRGICOS ELETIVOS.

PASSO A PASSO PARA A EXECUÇÃO DOS PROCEDIMENTOS CIRÚRGICOS ELETIVOS. PASSO A PASSO PARA A EXECUÇÃO DOS PROCEDIMENTOS CIRÚRGICOS ELETIVOS. Este documento tem por objetivo orientar Estados, Distrito Federal e Municípios como proceder no planejamento dos procedimentos Cirúrgicos

Leia mais

MINISTÉRIO DA SAÚDE COORDENAÇÃO-GERAL DE SAÚDE BUCAL. Monitoramento da produção de próteses dentárias

MINISTÉRIO DA SAÚDE COORDENAÇÃO-GERAL DE SAÚDE BUCAL. Monitoramento da produção de próteses dentárias MINISTÉRIO DA SAÚDE COORDENAÇÃO-GERAL DE SAÚDE BUCAL Monitoramento da produção de próteses dentárias 2015 2004 Política Nacional de Saúde Bucal Ações de promoção, prevenção, recuperação e manutenção da

Leia mais

SIGA Saúde. Sistema Integrado de Gestão da Assistência à Saúde. Manual operacional. Módulo Agenda Agendamento Local

SIGA Saúde. Sistema Integrado de Gestão da Assistência à Saúde. Manual operacional. Módulo Agenda Agendamento Local SIGA Saúde Sistema Integrado de Gestão da Assistência à Saúde Manual operacional Módulo Agenda Agendamento Local Sumário Introdução... 3 Agendamento... 4 Pesquisa de vagas... 5 Perfil de Agenda... 6 Dados

Leia mais

A Tecnologia da Informação e a saúde em Campinas.

A Tecnologia da Informação e a saúde em Campinas. A Tecnologia da Informação e a saúde em Campinas. BENATO, L. Informática dos Municípios Associados (IMA) Resumo Campinas-SP conta com mais de 1 milhão de usuários do SUS, incluindo os munícipes de Campinas

Leia mais

Nova Plataforma Tecnológica. Barramento/Cartão SUS. XXVII CONGRESSO DE SECRETÁRIOS MUNICIPAIS DE SAÚDE DO ESTADO DE SÃO PAULO 05 a 08 de Março de 2013

Nova Plataforma Tecnológica. Barramento/Cartão SUS. XXVII CONGRESSO DE SECRETÁRIOS MUNICIPAIS DE SAÚDE DO ESTADO DE SÃO PAULO 05 a 08 de Março de 2013 Nova Plataforma Tecnológica A construção atual feita pelo DATASUS: Barramento/Cartão SUS XXVII CONGRESSO DE SECRETÁRIOS MUNICIPAIS DE SAÚDE DO ESTADO DE SÃO PAULO 05 a 08 de Março de 2013 Principais ações

Leia mais

Regulação de Urgência e suas Implicações A experiência de Belo Horizonte

Regulação de Urgência e suas Implicações A experiência de Belo Horizonte Regulação de Urgência e suas Implicações A experiência de Belo Horizonte Capital População estimada 2013 Belo Horizonte 20.593.356 População 2010 19.597.330 Área (km²) 586.522,122 Densidade demográfica

Leia mais

EXPERIÊNCIA DA IMPLANTAÇÃO DA ATENÇÃO FARMACÊUTICA NO SUS APS SANTA MARCELINA / SP:

EXPERIÊNCIA DA IMPLANTAÇÃO DA ATENÇÃO FARMACÊUTICA NO SUS APS SANTA MARCELINA / SP: APS SANTA MARCELINA INTRODUÇÃO EXPERIÊNCIA DA IMPLANTAÇÃO DA NO SUS APS SANTA MARCELINA / SP: UM PROCESSO EM CONSTRUÇÃO Parceria com a Prefeitura de São Paulo no desenvolvimento de ações e serviços voltados

Leia mais

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE SÃO PAULO COORDENADORIA REGIONAL DE SAÚDE SUDESTE

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE SÃO PAULO COORDENADORIA REGIONAL DE SAÚDE SUDESTE SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE SÃO PAULO COORDENADORIA REGIONAL DE SAÚDE SUDESTE Karina Barros Calife Batista Coordenadoria Regional de Saúde Sudeste MUNICIPIO DE SÃO PAULO 11.581.798 habitantes (SEADE

Leia mais

Implantação dos Requisitos Acreditação RN 277 (ANS)

Implantação dos Requisitos Acreditação RN 277 (ANS) Implantação dos Requisitos Acreditação RN 277 (ANS) Debates GVSaúde Acreditação Operadoras de Planos de Saúde Helton Marcondes Coordenação de Processos e Qualidade - GEPP Roteiro Unimed-BH em Números;

Leia mais

ATRIBUIÇÕES DA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL

ATRIBUIÇÕES DA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL ATRIBUIÇÕES DA EQUIPE MULTIPROFISSIONAL Das Atribuições dos Profissionais dos Recursos Humanos Atribuições comuns a todos os profissionais que integram a equipe: Conhecer a realidade das famílias pelas

Leia mais

Secretário Municipal da Saúde Abril de 2008

Secretário Municipal da Saúde Abril de 2008 A SAÚDE PÚBLICA NA CIDADE DE SÃO PAULO 1º Fórum Nossa São Paulo Propostas para uma Cidade Justa e Sustentável Januario Montone Secretário Municipal da Saúde Abril de 2008 Visão Geral de São Paulo Área:

Leia mais

Coordenação de Políticas para Migrantes QUALIFICAÇÃO DA ATENÇÃO À POPULAÇÃO MIGRANTE POR AGENTES PÚBLICOS ÁREA DE REFERÊNCIA: SAÚDE / ANO: 2014

Coordenação de Políticas para Migrantes QUALIFICAÇÃO DA ATENÇÃO À POPULAÇÃO MIGRANTE POR AGENTES PÚBLICOS ÁREA DE REFERÊNCIA: SAÚDE / ANO: 2014 QUALIFICAÇÃO DA ATENÇÃO À POPULAÇÃO MIGRANTE POR AGENTES PÚBLICOS ÁREA DE REFERÊNCIA: SAÚDE / ANO: 2014 RELATÓRIO FINAL Coordenação de Políticas para Migrantes Secretaria Municipal de Direitos Humanos

Leia mais

LEI MUNICIPAL Nº 871/2010, de 08-02-10.

LEI MUNICIPAL Nº 871/2010, de 08-02-10. LEI MUNICIPAL Nº 871/2010, de 08-02-10. DISPÕE SOBRE A CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA EMERGENCIAL DE PROFISSIONAIS PARA ÁREA MÉDICA ESPECIALIZADA E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. IRANI LEONARDO CHERINI PREFEITO MUNICIPAL

Leia mais

Implantação da Regulação Ambulatorial Informatizada

Implantação da Regulação Ambulatorial Informatizada Implantação da Regulação Ambulatorial Informatizada SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE/RS DEPARTAMENTO DE ASSISTÊNCIA HOSPITALAR E AMBULATORIAL DAHA COMPLEXO REGULADOR ESTADUAL CENTRAL DE REGULAÇÃO AMBULATORIAL

Leia mais

PROJETO DE LEI Nº 272/2015 (DISCIPLINA DO PARCELAMENTO, USO E OCUPAÇÃO DO SOLO NO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO)

PROJETO DE LEI Nº 272/2015 (DISCIPLINA DO PARCELAMENTO, USO E OCUPAÇÃO DO SOLO NO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO) PROJETO DE LEI Nº 272/2015 (DISCIPLINA DO PARCELAMENTO, USO E OCUPAÇÃO DO SOLO NO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO) CALENDÁRIO DE AUDIÊNCIAS PÚBLICAS - AUDIÊNCIA PÚBLICA GERAL PARA APRESENTAÇÃO DO PROJETO DE LEI

Leia mais

TERMO DE REFERÊNCIA FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DE CANOAS SUPERINTENDÊNCIA DE PROJETOS E SISTEMAS

TERMO DE REFERÊNCIA FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DE CANOAS SUPERINTENDÊNCIA DE PROJETOS E SISTEMAS FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DE CANOAS SUPERINTENDÊNCIA DE PROJETOS E SISTEMAS CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO PARA FORNECIMENTO DE LICENÇA

Leia mais

UPAs. Ambulatórios Especializados ESF NASF APS. Fila TRAD. Rede. 110 mil consultas. médicas por mês. 120 mil consultas.

UPAs. Ambulatórios Especializados ESF NASF APS. Fila TRAD. Rede. 110 mil consultas. médicas por mês. 120 mil consultas. SAMU UAs 110 mil consultas médicas por mês Rede Ambulatórios Especializados AS ESF TRAD 160 mil consultas médicas por mês; Consultas de Enf Saúde bucal NASF Fila CMCE normal ou priorizado 120 mil consultas

Leia mais

3º ENCONTRO DE GRUPOS REGIONAIS DE ARTICULAÇÃO DE ABRIGOS

3º ENCONTRO DE GRUPOS REGIONAIS DE ARTICULAÇÃO DE ABRIGOS 3º ENCONTRO DE GRUPOS REGIONAIS DE ARTICULAÇÃO DE ABRIGOS 2º SEMESTRE/2009 Organização do Sistema - SUAS A Assistência Social está organizada em Sistema de Proteção Social Básica e Especial: Sistema de

Leia mais

QUALIHOSP 2013 Secretaria de Saúde de São Bernardo do Campo

QUALIHOSP 2013 Secretaria de Saúde de São Bernardo do Campo REDES DE ATENÇÃO EM SAÚDE: A EXPERIÊNCIA DE SÃO BERNARDO DO CAMPO QUALIHOSP 2013 Secretaria de Saúde de São Bernardo do Campo SÃO BERNARDO DO CAMPO É O 5º MUNICÍPIO DO ESTADO DE SP EM POPULAÇÃO E ORÇAMENTO

Leia mais

Prontuário Eletrônico do Paciente

Prontuário Eletrônico do Paciente Prontuário Eletrônico do Paciente Estrutura Componentes Implementação Agenda O HU-USP em números A informática no HU-USP A estratégia HU-USP para o PEP O PEP HU-USP: Estrutura Componentes Implementação

Leia mais

O PSF COMO PORTA DE ENTRADA DO SUS: UMA EXPERIÊNCIA DA REGULAÇÃO EM PIRIPIRI

O PSF COMO PORTA DE ENTRADA DO SUS: UMA EXPERIÊNCIA DA REGULAÇÃO EM PIRIPIRI O PSF COMO PORTA DE ENTRADA DO SUS: UMA EXPERIÊNCIA DA REGULAÇÃO EM PIRIPIRI III MOSTRA NACIONAL DE PRODUÇÃO EM SAÚDE DA FAMÍLIA AGOSTO - 2008 JORGE OTÁVIO MAIA BARRETO SECRETÁRIO MUNICIPAL DE SAÚDE DE

Leia mais

AV. PAULISTA, 688 SÃO PAULO / SP CEP: 01310-909 TEL. (11) 3549-5500

AV. PAULISTA, 688 SÃO PAULO / SP CEP: 01310-909 TEL. (11) 3549-5500 ZONA SECCIONAL FISCAL Nº DISTRITO DISTRITOS Oeste Oeste Seccional Lapa Rua: Pio XI, 999 Alto da Lapa CEP: 05060-000 Tel.(11) 3834-0530 lapa@crosp.org.br Seccional Lapa Rua: Pio XI, 999 Alto da Lapa CEP:

Leia mais

Indicadores técnicos e de percepção

Indicadores técnicos e de percepção Indicadores técnicos e de percepção Observatório Cidadão Nossa São Paulo Banco virtual que disponibiliza um conjunto de indicadores sociais, ambientais, econômicos, políticos e culturais sobre a cidade

Leia mais

Núcleo de Pesquisas em Qualidade de Vida FCECA 79. Renda e Trabalho

Núcleo de Pesquisas em Qualidade de Vida FCECA 79. Renda e Trabalho Núcleo de Pesquisas em Qualidade de Vida FCECA 79 Renda e Trabalho A dimensão Renda e Trabalho aparece naturalmente como um importante indicador de qualidade de vida. Não há como discutir o assunto dentro

Leia mais

CONCEITO OBJETIVO 24/9/2014. Indicadores de Saúde. Tipos de indicadores. Definição

CONCEITO OBJETIVO 24/9/2014. Indicadores de Saúde. Tipos de indicadores. Definição Indicadores de Saúde Definição PROFª FLÁVIA NUNES É a quantificação da realidade, que permite avaliar/comparar níveis de saúde entre diferentes populações ao longo do tempo. Tipos de indicadores IMPORTÂNCIA

Leia mais

LEI Nº 10.216, DE 6 DE ABRIL DE 2001

LEI Nº 10.216, DE 6 DE ABRIL DE 2001 LEI Nº 10.216, DE 6 DE ABRIL DE 2001 Dispõe sobre a proteção e os direitos das pessoas portadoras de transtornos mentais e redireciona o modelo assistencial em saúde mental. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço

Leia mais

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DOS ITENS DE VERIFICAÇÃO - UPA

RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DOS ITENS DE VERIFICAÇÃO - UPA RELAÇÃO DE DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA COMPROVAÇÃO DOS ITENS DE VERIFICAÇÃO - UPA Quando da apresentação de protocolos, manual de normas e rotinas, procedimento operacional padrão (POP) e/ou outros documentos,

Leia mais

Cidade de Direitos. 15 Jornada de 7 horas no Ensino. 1 1 novo hospital. 16 9 anos no Ensino Fundamental. 17 120.000 novas famílias no Programa de

Cidade de Direitos. 15 Jornada de 7 horas no Ensino. 1 1 novo hospital. 16 9 anos no Ensino Fundamental. 17 120.000 novas famílias no Programa de Cidade de Direitos 1 1 novo hospital Freguesia do Ó 2 1 novo hospital Parelheiros 3 1 novo hospital Vila Matilde 4 10 novas unidades AMA-Especialidades 5 50 unidades de atendimento odontológico AMA-Sorriso

Leia mais

Experiências Nacionais na Abordagem de Hipertensão e Diabetes na Rede de Atenção Primária A Experiência de São Bernardo do Campo

Experiências Nacionais na Abordagem de Hipertensão e Diabetes na Rede de Atenção Primária A Experiência de São Bernardo do Campo Experiências Nacionais na Abordagem de Hipertensão e Diabetes na Rede de Atenção Primária A Experiência de São Bernardo do Campo VIII Encontro Nacional de Prevenção da Doença Renal Crônica Dra. Patrícia

Leia mais